Manual de Acertos / Contagens de Stock

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Acertos / Contagens de Stock"

Transcrição

1 Manual de Acertos / Contagens de Stock Dezembro de 2008

2

3 ÍNDICE O MANUAL DE ACERTOS / CONTAGENS DE STOCK... 1 Introdução... 1 Objectivos... 1 Condições de Utilização... 1 ACERTOS / CONTAGENS DE STOCK... 2 O que é?... 2 Acerto de Stock... 2 Contagem de Stock... 2 Configuração do sistema... 2 Aplicação dos acertos e contagens de stock... 2 Parametrização dos acertos e contagens de stock... 2 Acerto de Stock... 2 Contagem de Stock... 3 Encerramento da contagem de stock... 4 Movimentação... 5 Acerto de Stock... 5 Contagem de Stock Encerramento da contagem de stock Reset de Quantidades Lança Entradas/Saídas Técnicas de registo de produtos na contagem/acerto de stock Importar PDT Copiar Linhas Adicionar produtos Relatórios Perguntas e respostas... 21

4

5 O manual de acertos / contagens de stock Introdução Face ao novo contexto nacional e internacional em que operam as organizações portuguesas, contexto esse que obriga a uma permanente adaptação e modernização, cada vez mais é necessário apostar na aquisição de novos equipamentos e novas tecnologias, uma vez que a capacidade de resistir e competir reside cada vez mais na potencialidade dos recursos informáticos. Deste modo, a actualização desses recursos deverá sempre ser pensada tendo em consideração qual o seu contributo para uma maior produtividade, consequência directa da eficácia na implementação e utilização dos mesmos. As aplicações informáticas só terão interesse se estiverem inseridas na estratégia da organização e em pleno funcionamento, contribuindo de forma inequívoca para o seu desenvolvimento. Objectivos O presente manual foi elaborado com o objectivo de detalhar o funcionamento dos Acertos e Contagens de stock existente no GesPOS, guiar o utilizador na sua configuração ou esclarecer eventuais dúvidas que possam surgir aquando da movimentação. Na concepção deste manual existiu a preocupação de não o tornar demasiado exaustivo, de modo que a sua leitura seja o mais agradável possível. Toda a estrutura foi elaborada tendo sempre presente a figura do utilizador, por se considerar que é este último aquele que irá retirar o máximo proveito da sua leitura, de modo a que todos os procedimentos possam ser explorados. Condições de Utilização Para maior comodidade e para obter melhores resultados na exploração da aplicação, concebemos este manual para ser consultado pelos operadores em geral e pelos administradores do sistema informático. Ao longo do manual os exemplos dados têm como base a empresa de demonstração, cujo objectivo é mostrar as funcionalidades do sistema. Convenções usadas no manual Texto a verde ou negrito Indica ficheiros, tabelas, opções de menu ou outras secções do manual, cuja leitura deve fazer de forma a completar a informação; Texto a verde em itálico Refere botões, campos ou zonas das tabelas ou dos ecrãs; Texto a verde com o símbolo ou sublinhado Notas e chamadas de atenção; Texto em itálico Exemplos das funcionalidades documentadas. 1

6 Acertos / Contagens de Stock Base Prime Vision GesCafé Necessário Módulo (*) PME01 PME02 PME03 PME05 PME07 PME08 PME09 SQL01 SQL02 ENT01 SQL88 Este manual aborda a gestão de Acertos e Contagens de Stock. Para uma melhor performance e viabilidade deverá ser efectuado um bom planeamento de forma a optimizar a configuração. O que é? Acerto de Stock Como o próprio nome indica, acerto de stock é um documento que permite efectuar um acerto do stock. Vulgarmente utilizado para acertar as existências em períodos em que a empresa se encontra sem laborar, permite ao utilizador definir as quantidades de cada produto sendo, a partir dessa data, o cálculo de stock efectuado com base nesses valores. Contagem de Stock A contagem de stock é um documento de stock que permite gerar um acerto (ou documento de entrada e/ou saída) com base nas quantidades contadas para cada produto. Útil para situações em que há necessidade de acertar o stock sem que a empresa pare o normal funcionamento. Configuração do sistema De seguida serão mencionadas quais as configurações que influenciam a gestão de acertos e contagens de stock. Aplicação dos acertos e contagens de stock Verifique se a licença que possui contempla esta funcionalidade. Parametrização dos acertos e contagens de stock Acerto de Stock O documento Acerto de Stock é um documento de stock com comportamento de Acerto no que diz respeito à quantidade existente e disponível do produto. Ou seja, nem será considerado como uma entrada nem como uma saída, será sim um acerto. Certifique-se que o documento AS-ACERTO DE STOCK existe em Diversos Configurações Configurações de Documentos Tabela de Documentos. O documento AS-ACERTO DE STOCK já consta na base de dados criada pela aplicação GesPOS. Caso o tenha eliminado deverá criá-lo respeitando as parametrizações default. 2

7 Contagem de Stock O documento Contagem de Stock, por si só, não tem qualquer influência no stock do produto, simplesmente permite uma comparação entre a quantidade contada pelo utilizador e a que a aplicação retorna. Uma vez encerrada a contagem de stock será gerado um documento de acerto (ou documento de entrada e/ou saída), e, aí sim, será afectado o stock do artigo. Certifique-se que o documento CON-CONTAGEM DE STOCK existe em Diversos Configurações Configurações de Documentos Tabela de Documentos. O documento CON-CONTAGEM DE STOCK já consta na base de dados criada pela aplicação GesPOS. Caso o tenha eliminado deverá criá-lo respeitando as parametrizações default. 3

8 Encerramento da contagem de stock Normalmente, pelo encerramento da contagem de stock é gerado um documento de acerto de stock. É este o comportamento usual, no entanto, poderá optar por lançar um documento de entrada e/ou de saída com a diferença entre a quantidade contada e a que o GesPOS apresenta, sendo então o stock acertado de acordo com os valores obtidos na contagem física efectuada. Em Diversos Configurações Parâmetros Movimentação defina o comportamento desejado para o encerramento da contagem de stock: Reset de Quantidades: gerado documento acerto de stock com a diferença entre a quantidade contada e a que aplicação retorna. Lança Entradas/Saídas: gerado documento entrada de stock e/ou saída de stock com a diferença entre a quantidade contada e a que aplicação retorna. 4

9 Movimentação A qualquer momento poderá se verificar a necessidade de efectuar uma inventariação de stock e proceder aos devidos acertos tendo em conta que poderá estar em falta o registo de alguma entrada ou saída de produtos, quer por falha do operador, quer mesmo por furtos ou degradação de produtos. Por vezes este processo tem que decorrer durante o normal funcionamento da firma, isto é, enquanto são vendidos produtos e dada entrada de outros, pelo que deverá ser ponderada a melhor forma de efectuar os devidos acertos do stock emissão de documento Acerto de Stock ou emissão de documento Contagem de Stock. Caso sejam usados diferentes armazéns terá que ser acertado cada um deles separadamente. Acerto de Stock Considerado como último movimento do dia, deverá apenas ser seleccionado como método de acerto das existências caso o processo de inventariação seja efectuado com o estabelecimento encerrado período nocturno, de férias, encerramento para balanço... Após a contagem física do stock poderá emitir o documento de acerto de stock Movimentos Movimentos de Stock Documentos de Stock. Seleccione o documento ACERTO DE STOCK e indique o armazém a acertar. Insira cada um dos produtos e respectiva quantidade contada no campo Quant. Em Existência será apresentada a quantidade que o GesPOS retorna de acordo com os registos efectuados até ao momento. A diferença entre esta quantidade e a contada pelo utilizar será reflectida no campo Dif. Stock. Acerto de stock de 32Uni para o armazém 1 do produto MB - MotherBoard ASRock. O GesPOS apresentava uma existência de 22Uni na altura do acerto de stock. 5

10 Se for lançada mais que uma linha para o mesmo produto, armazém, propriedade, edição e combinação de cor e tamanho, será considerada como quantidade de acerto a soma das quantidades das duas linhas O documento de acerto de stock será registado em stock como um movimento de acerto, sendo esquecidos os movimentos anteriores. Ou seja, a partir deste momento o stock do produto começará a ser calculado a partir do valor do acerto. Seguindo o exemplo do produto MB - MotherBoard ASRock... A quantidade existente e disponível do produto é 32Uni. 6

11 A partir do dia 18/11/2008 o stock do produto MB - MotherBoard ASRock vai ser calculado tendo por base as 32Uni definidas no acerto... Para produtos com cores e tamanhos ou edições associadas, terá que ser efectuado o acerto para cada combinação de cor e tamanho ou edição. Analisemos o produto M01 - Mala de portátil que existe em três cores (preto, castanho e cinza) e em dois tamanhos diferentes (39*30 e 45*35)... 7 A existência do produto deverá ser analisada por cada combinação de cor e tamanho. No dia 28/11/2008 existem: 10Uni Castanho / 39*30 e 10Uni Castanho / 45*35 10Uni Cinza / 39*30 e 9Uni Cinza / 45*35 9Uni Preto 39*30 e 10Uni Preto / 45*35

12 Supondo que se verificou a necessidade de efectuar um acerto de stock, também este terá que ser analisado por combinação de cor/tamanho. Acerto de 15Uni do produto na cor preto tamanho 45*35... Apenas a existência da combinação preto/45*35 será alterada, as restantes combinações cor/tamanho não serão afectadas... 8

13 Caso o produto tenha propriedades associadas o acerto será por propriedade. Analisemos o stock do produto MON - Monitor TFT ASUS com propriedade nº de série... Se ao inventariar o armazém apenas existem os nº de série A03 e A02 deverá ser efectuado um acerto de stock para acertar o nº de série A04 PARA 0Uni... 9

14 O documento de acerto de stock é considerado o último movimento do dia. Ainda que no mesmo dia do acerto sejam registadas novas saídas e/ou entradas em stock, no final do dia será considerada a existência conforme documento de acerto de stock. O acerto deverá então ser efectuado em dias de encerramento ou ao final do dia, após fecho da firma, evitando assim diferenças devido às unidades que vão sendo vendidas, compradas ou até eventualmente transferidas de armazém durante o dia. Contagem de Stock Com a particularidade de gravar, no momento de registo, a diferença entre a quantidade contada e a resultante dos movimentos existentes, é um precioso método para acerto das existências caso o processo de inventariação seja efectuado com o estabelecimento a laborar. À medida que vai efectuando a contagem física do stock poderá registá-la no documento de contagem de stock Movimentos Movimentos de Stock Documentos de Stock. Seleccione o documento CONTAGEM DE STOCK e indique o armazém a contar. Insira cada um dos produtos e respectiva quantidade contada no campo Quant. Em Existência será apresentada a quantidade que o GesPOS retorna de acordo com os registos efectuados até ao momento. A diferença entre esta quantidade e a contada pelo utilizar será reflectida no campo Dif. Stock. Acerto de stock de 32Uni para o armazém 1 do produto MB - MotherBoard ASRock. O GesPOS apresentava uma existência de 22Uni na altura da contagem de stock. 10

15 Não deverá lançar mais que uma linha para o mesmo produto, a não ser que se trate de um outro armazém, propriedade, edição ou combinação de cor e tamanho. Se pretende proceder desta forma deverá activar a configuração geral 47 confirmando o agrupamento. Para produtos com cores e tamanhos, propriedades ou edições associadas, terá que ser efectuado o acerto para cada combinação de cor, tamanho, lote ou edição. Após gravar o documento de contagem de stock este não será registado em stock, ou seja, o stock do produto permanecerá inalterável (até que a contagem seja encerrada). Para mais informações consulte Encerramento da contagem de stock. Seguindo o exemplo do produto MB - MotherBoard ASRock... A quantidade existente e disponível do produto continua como 22Uni. 11

16 Encerramento da contagem de stock A existência do produto apenas será actualizada quando a contagem de stock for encerrada. Aí será efectuado o lançamento em stock de acordo com a parametrização efectuada: Reset de Quantidades Lança Entradas/Saídas 12

17 Reset de Quantidades Este é o processo mais usual. Aquando encerramento da contagem será gerado um acerto de stock com base na diferença apurada no momento de registo da contagem. De acordo com o exemplo do produto MB - MotherBoard ASRock... Aquando registo da contagem a diferença de stock era +10Uni = 32 (contadas) 22 (retornadas pelo GesPOS). Contagem encerrada dia 18/11/2008: Criado acerto de stock com 32Uni = 22Uni indicadas no GesPOS + 10Uni). Contagem encerrada dia 20/11/2008 (após registo de entradas e saídas): Entradas desde dia 18/11/2008: FCO nº 3 de 15Uni Saídas desde dia 18/11/2008: VD nº 1 de 1Uni VB nº 2 de 1Uni Existência retornada pelo GesPOS dia 20/11/2008: 35Uni = 22Uni (existência de dia 18/11/2008) + 15Uni (entradas) 2Uni (saídas) 13

18 Criado acerto de stock com 45Uni = 35Uni indicadas no GesPOS + 10Uni). Lança Entradas/Saídas Optando por Lança Entradas/Saídas, ao encerrar a contagem de stock será criado documento de entrada e/ou saída de stock com base na diferença apurada no momento de registo da contagem. De acordo com o exemplo do produto MB - MotherBoard ASRock... Aquando registo da contagem a diferença de stock era +10Uni = 32 (contadas) 22 (retornadas pelo GesPOS). Contagem encerrada dia 18/11/2008: Criado documento de entrada de stock com 10Uni de forma a perfazer as 32 contadas. 14

19 Contagem encerrada dia 20/11/2008 (após registo de entradas e saídas): Entradas desde dia 18/11/2008: FCO nº 3 de 15Uni Saídas desde dia 18/11/2008: VD nº 1 de 1Uni VB nº 2 de 1Uni Existência retornada pelo GesPOS dia 20/11/2008: 35Uni = 22Uni (existência de dia 18/11/2008) + 15Uni (entradas) 2Uni (saídas) Criado documento de entrada de stock com 10Uni que correspondem à diferença apurada aquando contagem. 15

20 Técnicas de registo de produtos na contagem/acerto de stock Importar PDT Nos exemplos acima foi demonstrado o acerto/contagem para um produto apenas. A inventariação de uma empresa será certamente mais fácil recorrendo à leitura por um recolector de dados. Após a leitura dos produtos em armazém efectue a descarga no documento de acerto/contagem de stock botão Importar PDT. Uma vez que poderá ser lido mais que uma vez o mesmo produto deverá activar a configuração geral 47 - Ao registar verifica se a linha já existe no documento (critério definido em parâmetros) de forma a que seja efectuado o agrupamento de linhas por referência. Para não obrigar o utilizador a confirmar cada agrupamento poderá activar ainda a configuração geral 54 - Quando configurado para agrupar linhas ao registar (Cfg 47), não pergunta para agrupar. 16

21 Copiar Linhas Além do período em que será efectuado o acerto/contagem, deverá ter especial atenção aos produtos não existentes fisicamente em stock... Se um produto não consta no armazém não será obviamente contado e por isso será facilmente esquecido ao emitir o documento stock. Esta situação poderá resultar em incoerências de valores caso no GesPOS existam movimentos para esse mesmo produto que resultem numa determinada existência. Se o produto MB - MotherBoard ASRock não existisse no armazém 1 não seria contado e por isso no GesPOS seria considerada a existência de 22Uni erradamente. Para evitar este tipo de situações poderá ser emitido um documento de acerto de stock com quantidade zero e posteriormente o documento com as quantidades contadas. Desta forma, caso determinado produto não seja contado irá manter a existência a zero resultante do primeiro acerto de stock. O acerto de stock com quantidades zero terá que ser emitido no dia anterior, não poderá haver mais que um acerto de stock para o mesmo produto e armazém no mesmo dia. Existe um pequeno truque para emitir o documento de acerto de stock com quantidade zero opção Copiar Linhas. 17

22 Através desta rotina poderá rapidamente registar os produtos no documento de acerto... 18

23 Adicionar produtos Uma outra técnica que facilita o registo dos produtos no documento de acerto/contagem de stock é Adicionar Produtos. Rapidamente poderá inserir no documento os produtos. Seleccionando-os por famílias ou fornecedores......com base em critérios de stock e campos extra excluir/incluir produtos descontinuados ou com stock zero... 19

24 Relatórios O stock de produtos poderá ser analisado em diversos mapas Relatórios Relatórios de Stock. Poderá analisar separadamente cada produto Extracto de produto, por armazém Inventário por armazém, Inventário Existência por Armazém, Inventário discriminando armazém... ou a nível geral Inventário existência global. 20

25 Perguntas e respostas Lancei uma contagem de stock, mas o stock dos produtos não sofreu qualquer alteração?! O stock do produto apenas será afectado aquando encerramento da contagem. Após encerrar uma contagem de stock, ao consultar o extracto do produto não consta qualquer acerto de stock, mas sim um documento de entrada de stock?! O comportamento do encerramento da contagem é definido em Diversos Configurações Parâmetros Movimentação Comportamento ao encerrar uma contagem. Poderá optar pelo reset de quantidades acerto de stock ou por lançamento de entrada/saída entrada de stock e/ou saída de stock. Lancei um acerto de stock com as unidades que contei no armazém, mas após isso existência do produto não se altera mais! Lancei vendas e o stock não diminui!? O acerto de stock é considerado o último movimento do dia, assim sendo, ainda que lance entradas e/ou saídas de stock após o acerto de stock, mas no mesmo dia, não irá haver qualquer alteração em termos de existência do produto. Ou seja, ao lançar um acerto de Xuni estará a indicar à aplicação que hoje ao final do dia tem Xuni desse produto. Apenas no dia seguinte o stock será alterado de acordo com as novas entradas e saídas. Lancei 4Uni numa contagem de stock, mas depois de a encerrar foi criado um acerto de stock com10uni??!! Aquando registo da contagem de stock é analisada a existência que o GesPOS apresenta no momento, sendo gravada a diferença entre essa existência e as unidades contadas. Quando é gerado o acerto de stock será com base nessa diferença apurada. Imagine que o GesPOS retorna 10Uni mas na contagem indicam 4Uni. Quando for gerado o acerto serão consideradas +6Uni (10-4) que a existência da altura. Ou seja, se quando encerrar a contagem o GesPOS apresenta 20Uni será lançado acerto de stock com 26Uni. Durante processo de acerto do stock, como devo registar os produtos que não existem fisicamente em armazém, mas que no GesPOS apresentam existência diferente de zero? Se determinado produto não for englobado na contagem/acerto de stock a sua existência manter-se-á inalterável. Assim sendo, de forma a evitar que determinados produtos fiquem com existência errada uma vez que não existem fisicamente em armazém, poderá emitir um documento de acerto de stock com quantidade zero antes do acerto com a contagem correcta. Este acerto de stock com quantidade zero deverá ser com data anterior à contagem. Existe alguma forma de rapidamente criar um acerto com quantidade zero para todos os produtos? Poderá recorrer à rotina Copiar Linhas separador Outros da barra de opções. Seleccione a cópia por Existências e active a opção Colocar todas as quantidades a zero. 21

Manual Gespos Impostos

Manual Gespos Impostos Manual Gespos Impostos ÍNDICE O MANUAL DE IMPOSTOS... 1 Introdução... 1 Objectivos... 1 Condições de Utilização... 1 IMPOSTOS... 3 Definições de Impostos... 3 Regiões de Impostos... 4 Taxas por Imposto...

Leia mais

Manual Gespos Talões de Reembolso Cheques Prenda

Manual Gespos Talões de Reembolso Cheques Prenda Manual Gespos Talões de Reembolso Cheques Prenda ÍNDICE O MANUAL DE TALÕES DE REEMBOLSO/CHEQUES PRENDA... 1 Introdução... 1 Objectivos... 1 Condições de Utilização... 1 TALÕES DE REEMBOLSO/CHEQUE PRENDA...

Leia mais

Manual Gespos Propriedades

Manual Gespos Propriedades Manual Gespos Propriedades ÍNDICE O MANUAL DE PROPRIEDADES... 1 Introdução... 1 Objectivos... 1 Condições de Utilização... 1 PROPRIEDADES... 2 O que são?... 2 Configuração do sistema... 2 Aplicação das

Leia mais

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano ÍNDICE PASSAGEM DE DADOS / FECHO DE ANO... 1 Objectivo da função... 1 Antes de efectuar a Passagem de dados / Fecho de Ano... 1 Cópia de segurança da base de

Leia mais

BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED

BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED www.xdsoftware.pt Gestão de Stocks XD UNLIMITED 1. O que necessita para Controlar Stock...4 2. Criação de Armazéns...5 3. Configuração do Artigo...6 4. Configuração

Leia mais

Procedimentos Fim de Ano - PRIMAVERA

Procedimentos Fim de Ano - PRIMAVERA Procedimentos Fim de Ano - PRIMAVERA A finalidade deste documento é, essencialmente, clarificar os procedimentos a considerar antes da abertura de ano e a forma como realizar esta operação. O manual está

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SIPART (versão Setembro/2004) Manual de Utilização ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ACEDER À APLICAÇÃO...4 3. CRIAR NOVO UTILIZADOR...5 4. CARACTERIZAÇÃO GERAL

Leia mais

Passagem de Ano Primavera Software

Passagem de Ano Primavera Software Passagem de Ano Primavera Software Linha Profissional v 7 Manual Dezembro 2009 Procedimentos Fim de Ano A finalidade deste documento é, essencialmente, clarificar os procedimentos a considerar antes da

Leia mais

Fecho de Ano WEuroGest 2000

Fecho de Ano WEuroGest 2000 Fecho de Ano WEuroGest 2000 INTRODUÇÃO Neste documento são descritos os passos a seguir para uma boa execução do fecho de ano e respectiva conversão da empresa em euros. No final é apresentada uma checklist

Leia mais

Manual do GesFiliais

Manual do GesFiliais Manual do GesFiliais Introdução... 3 Arquitectura e Interligação dos elementos do sistema... 4 Configuração do GesPOS Back-Office... 7 Utilização do GesFiliais... 12 Outros modos de utilização do GesFiliais...

Leia mais

Manual Gespos Recovery

Manual Gespos Recovery Manual Gespos Recovery Introdução...3 Edição de dados Edicão directa de dados...4 Eliminar todos os dados excluindo tabelas e configurações...6 Estrutura Verificar valores Null das tabelas...6 Recriar

Leia mais

B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S.

B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S. Procedimentos Abertura/Fecho Ano Primavera V750 B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S.PT MCRC LISBOA 11492

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador

Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador Novas funcionalidades: - Fatura Simplificada (Certificação AT Janeiro de 2013) - Ficheiro SAFT (Certificação AT Janeiro de 2013) - Séries de Faturação (Certificação

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

Gerar o Ficheiro de Inventário

Gerar o Ficheiro de Inventário Gerar o Ficheiro de Inventário Data: 05-12-2014 Os dados a enviar no ficheiro são os seguintes Código do Artigo Código de Barras (se não existir deve preencher neste campo o código do artigo) Descrição

Leia mais

Perguntas e Respostas via WebCast Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC

Perguntas e Respostas via WebCast Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC Perguntas e Respostas via WebCast Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC PERGUNTAS VIA WEB CAST: Dado que vamos ter necessariamente durante o período de transição que efectuar lançamentos manuais na contabilidade,

Leia mais

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda.

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda. 1 P á g i n a Procedimentos Inventário AT 2014 Software Olisoft-SIG.2014 Verificar Versão dos Módulos Instalados Em primeiro lugar deveremos verificar se o programa SIG está actualizado. Esta nova rotina

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. Manual de Utilizador. Portal TRH

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. Manual de Utilizador. Portal TRH MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Manual de Utilizador Portal TRH Novembro de 2009 ÍNDICE 1. Introdução...2 2. Registo...4 3. Visualização e criação de operadores...8 4. Introdução

Leia mais

www.sysdevsolutions.com Driver Eticadata Versão 1.0 de 07-03-2011 Português

www.sysdevsolutions.com Driver Eticadata Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Driver Eticadata Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Índice Configuração dos documentos no Backoffice.... 3 Driver ERP Eticadata... 5 Configurações principais... 5 Configurações do vendedor... 6 Configurações

Leia mais

EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS

EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS Gostaríamos previamente de transmitir alguma informação que a Autoridade Tributária considera sobre este tema: Empresas sem existências As empresas sem existências

Leia mais

Software-Global 1/11

Software-Global 1/11 Não esquecer que a senha do Administrador é ADMIN Botões do programa: Acesso ao Programa: O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir

Leia mais

Manual de Instalação. Gestão Comercial Golfinho. Gestão Comercial Golfinho - Manual de Instalação

Manual de Instalação. Gestão Comercial Golfinho. Gestão Comercial Golfinho - Manual de Instalação Manual de Instalação Gestão Comercial Golfinho 1 Caro Utilizador, É com muito gosto que lhe damos as boas vindas agradecendo a sua preferência pelos nossos produtos. Este manual tenta auxilia-lo na instalação

Leia mais

PHC InterOp CS. O aumento da produtividade da área financeira

PHC InterOp CS. O aumento da produtividade da área financeira PHC InterOp CS O aumento da produtividade da área financeira A solução para o aumento significativo da produtividade da área financeira, através da execução simplificada e rápida de tarefas e operações

Leia mais

GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE

GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE Devido a um bug detectado no motor da base de dados, situação agora corrigida pelo fabricante, esta nova actualização do GIAE é disponibilizada numa

Leia mais

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes Título: MÓDULO DE GESTÃO DE BANCOS & CONTROLO LETRAS Pag.: 1 Módulo Gestão Contas Bancárias O módulo Gestão de Contas Bancárias, tem como principal objectivo, permitir ao utilizador saber num exacto momento,

Leia mais

Transição de POC para SNC

Transição de POC para SNC Transição de POC para SNC A Grelha de Transição surge no âmbito da entrada em vigor, no ano de 2010, do Sistema de Normalização Contabilística (SNC). O SNC vem promover a melhoria na contabilidade nacional,

Leia mais

MANUAL DE CONTROLE BANCÁRIO

MANUAL DE CONTROLE BANCÁRIO MANUAL DE CONTROLE BANCÁRIO Prezado Cliente, Este é o material de apoio aos usuários e implantadores do SOFTLAND COMERCIAL, o seu sistema integrado de gestão empresarial. O bom uso deste manual o habilitará

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto Como efetuo a mudança de ano do Ponto de Venda? No Programa Express aceda a Tabelas Pontos de Venda Postos de Venda abrir o separador Movimentos Caixa e: -

Leia mais

DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO

DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO CHEQUE PRINT Versão 1.0 de 01-01-2010 Um produto da empresa World Solutions Unip. Lda. Telefone +351 22 9720375 E-Mail: INTRODUÇÃO Este documento tem como finalidade servir

Leia mais

Alteração da taxa de IVA

Alteração da taxa de IVA Manual do Utilizador Alteração da taxa de IVA Software Sisgarbe Data última versão: 24-06-2010 Data última versão Base de Dados: Data criação: 01-06-2010 Versão: 1.00 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31

Leia mais

Arranque do FrontOffice

Arranque do FrontOffice TOUCH Arranque do FrontOffice O FrontOffice Touch-Screen do Gespos permite-nos criar várias páginas com uma grande variedade de botões. Esses botões poderão ser usados para chamar artigos e funções. O

Leia mais

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov. Versão 1.0 GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.pt Índice Folha 2 ÍNDICE Folha 1 - Requisitos -------------------------------------------------------------

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais:

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: GESTÃO DE STOCKS Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: 1. Garantir que têm os artigos todos criados no Sublime 2. Fazer a contagem de todos os artigos que estão a uso, em expositores

Leia mais

Tire ainda mais partido das aplicações PHC CS. Obtenha acesso privilegiado a atualizações de software, formação online e conteúdos exclusivos.

Tire ainda mais partido das aplicações PHC CS. Obtenha acesso privilegiado a atualizações de software, formação online e conteúdos exclusivos. PHC On Tire ainda mais partido das aplicações PHC CS Obtenha acesso privilegiado a atualizações de software, formação online e conteúdos exclusivos. BUSINESS AT SPEED Visite www.phc.pt/phcon Destinatários

Leia mais

Manual de Actualização de Firmware para câmaras fotográficas digitais Cyber-shot da Sony - DSC-F828

Manual de Actualização de Firmware para câmaras fotográficas digitais Cyber-shot da Sony - DSC-F828 Manual de Actualização de Firmware para câmaras fotográficas digitais Cyber-shot da Sony - DSC-F828 O termo "Firmware" refere-se ao software da sua câmara Cyber-shot. Pode actualizar este software para

Leia mais

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida Flagsoft, Lda 2015 Índice 1. Introdução...3 2. Integrador - Interface com o utilizador...4 3. Registo de actividade - Folha de horas...5 4. Agenda e colaboração...7

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP Financeira Recursos Humanos Operações & Logística Comercial & CRM Analytics & Reporting

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 3 Elementos necessários 4 Descrição geral da instalação 4 Passo 1: Verificar se existem actualizações 4 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

Conteúdo deste Manual

Conteúdo deste Manual GestCom 64 intelli 1 Conteúdo deste Manual Parte I:>> Introdução...4 Parte II:>> Instalação do Programa...5 1. Configuração mínima exigida...5 2. Como instalar...5 3. Licenciamento e Registo...6 3.1. Instalar

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Contéudo 3 Introdução 4 Elementos necessários 5 Descrição geral da instalação 5 Passo 1: Verificar se existem actualizações 5 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO: - SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO - SUBMISSÃO DE CHECK-LIST

Leia mais

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Validação e Encriptação Manual de Operação Versão 1.1 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

Sistema Online de Emissão de Declarações

Sistema Online de Emissão de Declarações Sistema Online de Emissão de Declarações OBJECTIVOS DO SISTEMA A ANET, satisfazendo um compromisso assumido com os Engenheiros Técnicos, passou a disponibilizar um sistema online para a emissão de declarações

Leia mais

Adenda ao Manual. Versão 3.96

Adenda ao Manual. Versão 3.96 Adenda ao Manual Versão 3.96 Aviso: A adenda ao manual da versão 3.96 do RESTUS Touchscreen não pode ser reproduzida e distribuída sem autorização da itbase SA. 1999 2011 itbase SA Todos os direitos reservados

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Manual de instruções BIOMUDA

Manual de instruções BIOMUDA Manual de instruções BIOMUDA Helder Cardoso Introdução Instalação 2 Introdução O programa Biomuda, gentilmente cedido pelo Instituto Catalão de Ornitologia (ICO) e adaptado para Português, é uma ferramenta

Leia mais

Actualizar o Firmware da Câmara Digital SLR. Windows

Actualizar o Firmware da Câmara Digital SLR. Windows Actualizar o Firmware da Câmara Digital SLR Windows Obrigado por ter escolhido um produto Nikon. Este guia descreve como actualizar este firmware. Se não tiver a certeza de que pode executar correctamente

Leia mais

3. PLANEAMENTO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1)

3. PLANEAMENTO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) 3. PLANEAMENTO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) Neste ponto, são abordados os módulos de planeamento da produção do software BaaN. Este software dispõe dos seguintes três módulos complementares de planeamento: MPS

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado Manual Avançado Menus v2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 4. Menus... 4 b) Novo Produto:... 5 i. Separador Geral.... 5 ii. Separador Preços e Impostos... 7 iii.

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO DOS RECENSEAMENTOS

PROGRAMA DE GESTÃO DOS RECENSEAMENTOS PROGRAMA DE GESTÃO DOS RECENSEAMENTOS APLICAÇÃO TRATAIHRU Versão 03.04 INDICE 1. CANDIDATURA...3 a) Tratar... Error! Bookmark not defined. b) Fechar... Error! Bookmark not defined. c) Converter...3 d)

Leia mais

Módulo de Administração MANUAL DO UTILIZADOR

Módulo de Administração MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.5 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2 2. REQUISITOS DO SISTEMA 3 3. INÍCIO DA UTILIZAÇÃO 4 4. IDENTIFICAÇÃO DO OPERADOR 5 4.1 MUDAR SENHA DE ACESSO 5 5. GESTÃO DE UTILIZADORES 6 5.1 PERMISSÕES

Leia mais

4. CONTROLO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1)

4. CONTROLO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) 4. CONTROLO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) No módulo SFC - Shop Floor Control é controlada a execução das ordens de fabrico. Através das sessões deste módulo, o responsável pelo fabrico pode introduzir novas ordens

Leia mais

Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno

Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno 1) Procedimentos que deverão ser executados antes do primeiro acesso ao sistema. (Caso você já acesse o sistema com regularidade vá para o item 2). Abra

Leia mais

Um Software com mais funcionalidades...a pensar no seu negócio

Um Software com mais funcionalidades...a pensar no seu negócio Manual SM Contratos & Avenças Versão 2.8.4 Um Software com mais funcionalidades...a pensar no seu negócio 1 Índice SoftSolutions, Lda 2000/2012. Todos os direitos reservados...3 Todos os direitos reservados...3

Leia mais

Excel - Ficha de Trabalho

Excel - Ficha de Trabalho Excel - Ficha de Trabalho Facturação Avançada O trabalho que se segue consistirá numa folha de cálculo com alguma complexidade, em que existirão diferentes folhas no mesmo livro. Neste serão criadas Bases

Leia mais

ZSRest. Manual Profissional. Comandos Rádio X64. V2011-Certificado

ZSRest. Manual Profissional. Comandos Rádio X64. V2011-Certificado Manual Profissional Comandos Rádio X64 V2011-Certificado 1 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. Configuração inicial... 3 4. Configurações X64... 5 a) Definições Gerais... 5 b) Documentos e Periféricos... 8

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de facturação, encomendas, compras,

Leia mais

Principais correcções efectuadas

Principais correcções efectuadas GIAE Versão 2.0.5 Setembro de 2010 Com o objectivo de unificar a versão em todos os módulos do GIAE, incluindo o GestorGIAE, alguns módulos passam directamente da versão 2.0.x para a versão 2.0.5. Muito

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

FAQ s para os Administradores do Sistema

FAQ s para os Administradores do Sistema FAQ s para os Administradores do Sistema Este documento disponibiliza FAQ s sobre vários temas. Clique sobre o tema que lhe interessa para aceder às respetivas FAQ s. FAQ s sobre a credenciação do Administrador

Leia mais

Manual Upgrade para a Versão 6

Manual Upgrade para a Versão 6 Manual Upgrade para a Versão 6 Gabinete de Manutenção Informática Unipessoal, Lda. Rua Rui de Pina, 1B 2805-241 Almada Tel. 21 274 34 41 Fax. 21 274 34 43 www.gmi.co.pt * geral@gmi.mail.pt -1- Conteúdo

Leia mais

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI)

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) 4. Montagem do Computador Disco rígido limpeza; Disco rígido verificação de erros (modo gráfico); Disco rígido verificação de erros (linha de comandos;

Leia mais

MANUAL DE CONTROLO INTERNO

MANUAL DE CONTROLO INTERNO MANUAL DE CONTROLO INTERNO ARSN, IP Página 1 de 9 Ed. Rev. Data Autor 00 00 s/ data Implementação do Modelo de Controlo Interno nas ACSS ARS. 01 00 jan./2013 Adequação dos procedimentos à ARSN,IP. UACI

Leia mais

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO www.xdsoftware.pt A partir de Janeiro de 2015 todas as empresas com faturação superior a cem mil euros são obrigadas a comunicar o

Leia mais

Wingiic Gestão Integrada Indústria da Moda

Wingiic Gestão Integrada Indústria da Moda Wingiic Integrada Indústria da Moda Wingiic Integrada Indústria de Moda de Dados Técnicos Codificação de Materiais; Conceito de escalas e cartazes de cores ; Fichas Técnicas; Processos de Fabrico; Fichas

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA PROGRAMA EUROSTARS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ACOMPANHAMENTO FINANCEIRO COMPONENTES DO RELATÓRIO A verificação da execução financeira dos projectos EUROSTARS é suportada

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES OBRIGADO por ter adquirido a aplicação ClickFree Backup. Estas instruções foram reunidas para o ajudar a utilizar o produto, mas de um modo geral esperamos que

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP Financeira Recursos Humanos Operações & Logística Comercial & CRM Analytics & Reporting

Leia mais

Perguntas e Respostas Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC

Perguntas e Respostas Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC Perguntas e Respostas Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC Perguntas do RoadShow Mais PHC O novo SNC O que é necessário para produzir a demonstração de fluxos de caixa pelo método directo (único aceite a

Leia mais

Alterações Efectuadas na Versão 3.x da Contabilidade

Alterações Efectuadas na Versão 3.x da Contabilidade Criação de novos campos no ficheiro de contas para indicação das contas que são retenção de IRS/IRC na Fonte ou que dizem respeito a pagamento de Imposto do Selo. Nas contas que são contas de retenção

Leia mais

PHC Letras CS BUSINESS AT SPEED

PHC Letras CS BUSINESS AT SPEED PHC Letras CS A gestão de todas as tarefas relacionadas com Títulos de Dívida A execução de todos os movimentos com títulos de dívida a receber ou a pagar e o controle total da situação por Cliente ou

Leia mais

Tire ainda mais partido das aplicações PHC CS. Obtenha acesso privilegiado a atualizações de software, formação online e conteúdos exclusivos.

Tire ainda mais partido das aplicações PHC CS. Obtenha acesso privilegiado a atualizações de software, formação online e conteúdos exclusivos. PHC On Tire ainda mais partido das aplicações PHC CS Obtenha acesso privilegiado a atualizações de software, formação online e conteúdos exclusivos. BUSINESS AT SPEED Visite www.phcsoftware.net/phcon Destinatários

Leia mais

SOLUTIO 1.4. actualização gratuita. novidades da versão 1.4

SOLUTIO 1.4. actualização gratuita. novidades da versão 1.4 ~ SOLUTIO 1.4 novidades da versão 1.4 personalização da factura edição online de minutas e modelos; requisição de IMT para todos os factos previstos no portal das finanças; indicação no processo da entidade

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

ServidorEscola Plataforma Web de apoio Administrativo

ServidorEscola Plataforma Web de apoio Administrativo ServidorEscola Plataforma Web de apoio Administrativo Introdução Co-habitamos uma sociedade de informação universal, aliados ao paradigma da evolução tecnológica que se verifica e se revela como um meio

Leia mais

Novas funcionalidades do Snc2010. e melhoramentos em relação ao Poc2005. Versão 7.0

Novas funcionalidades do Snc2010. e melhoramentos em relação ao Poc2005. Versão 7.0 Novas funcionalidades do Snc2010 e melhoramentos em relação ao Poc2005 Versão 7.0 1. Sistema de Normalização Contabilística: 1.1 Tabela de equivalências do POC para o SNC. 1.2 Conversão automática do plano

Leia mais

www.sysdevsolutions.com Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português

www.sysdevsolutions.com Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Índice Configuração dos documentos no Backoffice.... 3 Driver ERP Artsoft... 5 Configurações principais... 5 Configurações do vendedor... 6 Configurações

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE AVALIAÇÕES INTERMÉDIAS SPAI

SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE AVALIAÇÕES INTERMÉDIAS SPAI SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE AVALIAÇÕES INTERMÉDIAS SPAI Resumo de Configurações e Parametrização Optimizado para EXCEL 2007 Aplicação de suporte e gestão das operações de registo e processamento de avaliações

Leia mais

Câmara dos Solicitadores

Câmara dos Solicitadores Exmos. Colegas, As alterações introduzidas com vista à conciliação dos movimentos bancários têm, conforme já se havia previsto, provocado alguns problemas na infra-estrutura, obrigando a várias intervenções

Leia mais

PHC InterOp CS. ππ Automatizar procedimentos repetitivos ππ Executar rapidamente a mesma tarefa em diferentes empresas de seguida

PHC InterOp CS. ππ Automatizar procedimentos repetitivos ππ Executar rapidamente a mesma tarefa em diferentes empresas de seguida PHCInterOp CS DESCRITIVO PHC InterOp CS Aumento significativo da produtividade da área financeira através da execução simplificada e rápida de tarefas e operações em todas as empresas BENEFÍCIOS ππ Automatizar

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

Perguntas Frequentes para o Transformer TF201

Perguntas Frequentes para o Transformer TF201 Perguntas Frequentes para o Transformer TF201 PG7211 Gerir ficheiros... 2 Como acedo aos meus dados armazenados no cartão microsd, SD e dispositivo USB?... 2 Como movo o ficheiro seleccionado para outra

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

MANUAL TPROFESSOR VERSÃO 1.0. Com base na versão 34 da aplicação

MANUAL TPROFESSOR VERSÃO 1.0. Com base na versão 34 da aplicação MANUAL DO TPROFESSOR VERSÃO 1.0 Com base na versão 34 da aplicação Truncatura / "Manual TProfessor" / 2 INDICE INTRODUÇÃO... 3 CONVENÇÕES... 3 INÍCIO DA UTILIZAÇÃO... 4 SUMÁRIOS... 5 COMO SUMARIAR....

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Iniciação para docentes Universidade Atlântica Versão: 1 Data: Fevereiro 2010 Última revisão: Fevereiro 2010 Autor: Ricardo Gusmão Índice Introdução... 1 Registo no Moodle...

Leia mais

Empacotar o software TI-Nspire com o Microsoft SMS 2003

Empacotar o software TI-Nspire com o Microsoft SMS 2003 Empacotar o software TI-Nspire com o Microsoft SMS 2003 Este documento fornece informações detalhadas para criar e implementar um pacote de rede do TI-Nspire com a plataforma do Microsoft SMS 2003. Este

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.04 Inventário Manual...2 Relatório de contagem...2 Contagem...3 Digitação...3 Inventário Programado...6 Gerando o lote...7 Inserindo produtos manualmente no lote...8 Consultando

Leia mais

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo Índice 1. Acesso à Plataforma... 2 2. Consulta dos Programas de Beneficios Públicos em Curso... 3 3. Entrar na Plataforma... 4 4. Consultar/Entregar Documentos... 5 5. Consultar... 7 6. Entregar Comprovativos

Leia mais

Tarefa 18: Criar Tabelas Dinâmicas a partir de Listas de Excel

Tarefa 18: Criar Tabelas Dinâmicas a partir de Listas de Excel Tarefa 18: Criar Tabelas Dinâmicas a partir de 1. Alguns conceitos sobre Tabelas Dinâmicas Com tabelas dinâmicas podemos criar dinâmica e imediatamente resumos de uma lista Excel ou de uma base de dados

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida Português Índice Instalação do Software... 1 Instalação do Controlador e Actualização do Controlador... 4 Motic Images Plus 2.0 ML...11 Calibração

Leia mais

Índice. Manual do programa Manage and Repair

Índice. Manual do programa Manage and Repair Manual do programa Manage and Repair Índice 1 Menu Ficheiro... 3 1.1 Entrar como... 3 1.2 Opções do utilizador... 3 2 Administração... 5 2.1 Opções do Programa... 5 2.1.1 Gerais (1)... 5 2.1.2 Gerais (2)...

Leia mais

CONTABILIDADE GERAL e GESTÃO PREVISIONAL PARA ESNL Versões 5.220/5.230

CONTABILIDADE GERAL e GESTÃO PREVISIONAL PARA ESNL Versões 5.220/5.230 CONTABILIDADE GERAL e GESTÃO PREVISIONAL PARA ESNL Versões 5.220/5.230 Para as Entidades até agora classificadas como IPSS utilizadoras da Aplicação de Contabilidade PMR, vimos disponibilizar a passagem

Leia mais