Descoberta de Domínio Conceitual de Páginas Web

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Descoberta de Domínio Conceitual de Páginas Web"

Transcrição

1 paper:25 Descoberta de Domínio Conceitual de Páginas Web Aluno: Gleidson Antônio Cardoso da Silva Orientadora: Carina Friedrich Dorneles Nível: Mestrado Ingresso: Março de 2013 Conclusão prevista: Março de 2015 Etapas realizadas: Levantamento do estado da arte em extração de conceitos, classificação de páginas web e classificação de documentos. Definição do algoritmo proposto, implementação de protótipo, testes iniciais. Etapas futuras: Avaliação e evolução do algoritmo proposto, comparação com outros algoritmos. Programa de Pós Graduação em Ciência da Computação Universidade Federal de Santa Catarina Resumo. O aumento exponencial no número de documentos e dados na web demanda formas mais precisas para busca de informações e a classificação de páginas pode ser um grande aliado. Nesse contexto, o uso de informação semântica pode ser considerado essencial para a precisão da classificação. Sendo assim, este artigo propõe uma abordagem não supervisionada para a descoberta do domínio conceitual de páginas web. O algoritmo utiliza conceitos extraídos da página e de uma base de conhecimento afim de montar hierarquias de conceitos que são utilizadas para eleger um conceito mais representativo como domínio. Para avaliar o algoritmo foram realizados testes preliminares sobre conjuntos de páginas da Wikipedia. Os resultados e o potencial uso do algoritmo são apresentados e discutidos. Palavras chave: classificação de páginas web, base de conhecimento, generalização de conceitos 311

2 1. Introdução A classificação de documentos é comumente tratada como um problema de aprendizagem supervisionada, em que um conjunto predeterminado de dados é usado para treinar um classificador que atribui um ou mais rótulos de classe para cada documento [Tao et al. 2012]. Nesse contexto, as classes utilizadas são diretamente relacionadas com a capacidade de cobertura de termos pelo classificador, e a precisão de classificação é dada pela capacidade do classificador em encontrar uma ou mais classes corretas para os documentos. Quando se trata de classificação no contexto de páginas web, a abordagem supervisionada se torna pouco eficiente, uma vez que os algoritmos devem ser capazes de trabalhar com o volume crescente de informações, e o uso de dados para treino pode se tornar inviável. Além disso, é necessário observar que o escopo semântico da web é irrestrito. Sendo assim, existe a necessidade de enriquecer o conhecimento utilizado pelo classificador com informações relevantes, afim de aumentar o poder de precisão e cobertura do processo de classificação. Nesse sentido, trabalhos recentes exploram diferentes recursos com vistas à adição de semântica, considerada essencial para o avanço em algoritmos de classificação [Wang et al. 2008]. Em um deles, [Bleik et al. 2013] utiliza uma ontologia de domínio limitado para a classificação de documentos. Outros trabalhos utilizam recursos de domínio aberto como a Wikipedia [Yun et al. 2010] e a Wordnet [Luo et al. 2011] para obtenção de conceitos e relacionamentos. O grande problema de tais propostas é que necessitam de uma etapa de pré processamento supervisionada sobre o corpus utilizado. Desta forma, verifica se a necessidade de uma proposta a fim de trabalhar com dados disponíveis online, tal como uma base de conhecimento de domínio aberto. Essa alternativa fornece uma fonte de informação semântica em tempo de execução, sem que haja necessidade de treinamento. Também possibilita a adição de conhecimento novo de forma independente. Sendo assim, este trabalho de mestrado apresenta um algoritmo para a descoberta de domínio conceitual de páginas web, tendo como entrada um conjunto de conceitos extraídos da página e uma base de conhecimento online de domínio aberto. Inicialmente, os conceitos são generalizados com a utilização de uma base de conhecimento. Por fim, o algoritmo elege um conceito como domínio. Para apresentar o algoritmo proposto, o restante deste artigo está organizado da seguinte forma: a segunda seção aborda os fundamentos utilizados para a elaboração do algoritmo, apresentando também os trabalhos relacionados à proposta. Na terceira seção é apresentado em detalhes o algoritmo desenvolvido, em seguida são apresentados os testes realizados para avalização da proposta, discutindo os resultados obtidos. Por fim, são expostas considerações finais e trabalhos futuros. 312

3 2. Trabalhos relacionados Recentemente, trabalhos vêm apresentando soluções alternativas à representação do conteúdo de documentos por palavras chave com vistas à adição de semântica. Em um desses trabalhos [Barla et al. 2013] apresenta uma técnica para extração dos conceitos chave a partir de texto livre utilizando a WordNet e um corpus disponibilizado pela Google. Por meio de estudos comparativos, o autor conclui que a representação utilizando conceitos chave é mais eficiente que as técnicas convencionais de representação de conteúdo de documentos. De forma similar, porém no âmbito da classificação de documentos, [Tao et al. 2012] apresenta um método para classificar livros sem a necessidade de treinar um classificador. Inicialmente o método minera o documento em busca de padrões de características, em um segundo momento, seleciona características a serem usadas na classificação. O método então utiliza uma ontologia de domínio aberto para, com o uso das entidades e relacionamentos presentes na ontologia, generalizar os termos adquiridos e utilizar os conceitos obtidos como classes para a classificação. Essas abordagens trazem características muito importantes para um método de classificação de páginas web, como a independência de domínio e a ausência da etapa de treinamento. Entretanto, a classificação de páginas web difere em alguns aspectos da classificação de documentos [Qi et al. 2009]. Em primeiro lugar, a classificação de texto tradicional é normalmente realizada em documentos estruturados escritos com estilos consistentes (por exemplo, artigos de notícias), já páginas web normalmente não possuem essa característica. Em segundo, páginas web normalmente possuem conteúdo com assuntos diversificados (por exemplo, anúncios em blogs), enquanto documentos focam em assuntos específicos. A terceira e talvez mais importante característica, refere se ao volume de texto, que varia muito em páginas web, e é abundante em documentos (se considerarmos livros por exemplo). 3. Abordagem Proposta Neste trabalho, é definido um algoritmo não supervisionado, para a descoberta do domínio conceitual de páginas web. Para tal, assume se que o domínio de um determinado conteúdo pode ser descrito por um único conceito de maior nível semântico que seja relacionado com conceitos que melhor representam o conteúdo obtido da página. Por exemplo, suponha que alguns dos principais termos candidatos a conceitos obtidos do processo de extração sejam: presidente, estado e país; o algoritmo proposto deve ser capaz de obter algum conceito mais generalista como governo. O algoritmo se apóia na existência de conceitos mais abrangentes (que possam representar mais do que um conceito) entre aqueles que foram extraídos da página, dentre os quais alguns são mais relevantes dentro do escopo da página (que possuem maior semelhança entre si). Após encontrar o grupo dos conceitos mais relevantes e seus relacionamentos, é assumido que um conceito de maior nível hierárquico possa ser considerado o domínio. A proposta consiste em duas etapas principais expressas na Figura 1 e detalhadas a seguir. 313

4 3.1 Generalização de Conceitos Figura 1. Etapas do algoritmo proposto. O módulo de Generalização de Conceitos tem como objetivo a construção de uma lista de conceitos de maior generalidade para cada conceito extraído da página. Conforme exemplificado na Figura 2, o módulo recebe como entrada uma lista de conceitos extraídos de uma página. Para cada conceito extraído, é obtida uma lista de conceitos de maior generalidade. A obtenção dessa lista é realizada com o uso de uma base de conhecimento. Primeiro, para cada conceito extraído, são consultados conceitos ligados por relacionamento IS A, depois é realizada repetidamente a mesma consulta à base de conhecimento para cada conceito obtido na consulta anterior, até que a consulta não obtenha mais resultados. Os conceitos de maior nível na hierarquia construída compõem uma lista de conceitos candidatos a domínio para cada conceito extraído. Figura 2. Exemplo de construção da lista de conceitos candidatos a domínio. Após a geração das listas, estas devem ser ordenadas de acordo com a medida de relevância de cada conceito obtido em relação ao universo conhecido pela base consultada. No exemplo da Figura 2, a lista dos conceitos candidatos a domínio para o conceito presidente possui como conceito mais relevante Música, em seguida Política e assim em diante. Essa medida pode ser fornecida pela 314

5 própria base de conhecimento, ou calculada com uso de algoritmos como por exemplo PageRank, onde conceitos representam vértices e relacionamentos arestas. 3.2 Definição do Domínio Para eleger um domínio, são considerados dois critérios: (i) o número de conceitos extraídos da página relacionados a cada conceito candidato a domínio; e (ii) a posição de conceitos candidatos nas listas de conceitos generalizados de cada conceito extraído. O primeiro critério expressa o quão comum pode ser o emprego de cada conceito candidato com relação ao escopo semântico da página. O segundo denota a probabilidade de conceito candidato ser mais importante que os outros dentro do contexto. Esses critérios são aplicados sobre um conjunto de listas de conceitos extraídos com suas respectivas listas de conceitos candidatos, como exemplificado na Figura 3. A escolha do domínio é feita através de um algoritmo que possui os seguintes passos: Figura 3. Exemplo de lista de conceitos extraídos com respectivas listas de conceitos elegíveis. Passo 1: Para cada conceito elegível, é verificado o número de vezes (frequência) que ele se faz presente nas listas de conceitos elegíveis de cada conceito extraído. Na Tabela 1, esses valores para os conceitos da Figura 3 estão discriminado na coluna Frequência, de acordo com essa figura o conceito candidato Música está presente nos três conceitos extraídos, desta forma sua frequência correspondente será 3. Tabela 1. Exemplo de valores calculados de acordo com o algoritmo proposto Passo 2: Para cada conceito elegível, é realizado o somatório de suas respectivas posições nas lista de conceitos extraídos. Observando a Figura 3, é verificado que o conceito candidato Localização está presente nas listas dos conceitos extraídos Estado e País, nas posições 1 e 3 respectivamente. Desta forma, a soma de seus índices será igual a 4. Na Tabela 1, esses valores para os conceitos da Figura 3 estão discriminado na coluna Soma Índices. Passo 3: É construída uma lista com os conceitos candidatos, essa lista é então ordenada em ordem decrescente de acordo com a frequência desses conceitos. Em seguida para cada conceito é atribuído um valor de classificação de acordo com sua frequência. O valor de classificação da frequência é dado pela posição do valor do conceito na lista. Se observada a Tabela 1, pode se verificar que a frequência de Música, Organização e Governo é 3, esse também é o maior valor de frequência do conjunto, então a classificação de frequência é

6 Passo 4: É construída uma lista com os conceitos candidatos respeitando a ordem com que esses conceitos aparecem nas listas dos conceitos extraídos. Em seguida essa lista é ordenada em ordem crescente de acordo com a soma dos índices dos conceitos. Em caso de empate durante essa ordenação, a ordem inicial é mantida. Posteriormente, para cada conceito candidato é atribuído um valor de classificação de acordo com sua posição na lista recém criada, esse valor está presente na Tabela 1, na coluna Classificação Soma Índices. Como exemplo tomamos o conceito Política na Tabela 1, como seu valor na soma dos índices é 2 e esse valor corresponde ao menor do conjunto, então sua classificação de soma de índices é 1. Passo 3: Para cada conceito candidato, é calculado o valor de classificação final para cada conceito candidato dado por: classificação final = (CF + CSI) / F onde: CF corresponde à classificação frequência; CSI é classificação de soma de índices e F equivale à frequência. Passo 4: O conceito candidato com menor valor de classificação final é eleito como domínio, caso o valor de classificação final seja zero ou igual ao valor do segundo conceito candidato, o conceito com maior classificação de frequência. Se ambos possuírem valores iguais para classificação de frequência então o conceito com menor valor de classificação de soma de índices entre eles é adotado como domínio. 4. Avaliação do Algoritmo Para avaliar o desempenho do algoritmo foi implementado um protótipo em Java utilizando 1 2 AlchemyAPI para extração de conceitos das páginas e a API do Freebase para consulta à base de conhecimento. Com a implementação do algoritmo foi possível realizar testes em páginas da Web. 3 Inicialmente foram realizados testes com 150 páginas da Wikipedia, para avaliar diferentes domínios, foram selecionadas aleatoriamente 50 páginas de Filmes, 50 sobre Videogames e outras 50 se referindo a Localidades. De 150 páginas, 103 tiveram o domínio eleito corretamente, o que representa 69% de precisão e 1 página não obteve resultados suficientes para execução do algoritmo. Apesar de preliminares, os resultados obtidos já demonstram como o comportamento do algoritmo depende da base de conhecimento e da qualidade dos conceitos fornecidos como entrada. 5. Considerações finais Este trabalho apresenta uma proposta para a descoberta do domínio conceitual de páginas web. A informação sobre o domínio pode ser utilizada de forma a beneficiar o processo de classificação de páginas web. O algoritmo assume que para cada documento existe um conceito de maior generalizada

7 Para encontrar esse conceito são extraídos os conceitos principais da página e, a partir destes conceitos, é montada uma lista de conceitos de maior generalidade com o auxílio de uma base de conhecimento de domínio aberto. A partir dos conceitos de nível mais alto na hierarquia, o algoritmo elege um conceito que represente semanticamente o maior número de conceitos extraídos da página e o assume como domínio. Os próximos passos envolvem a avaliação de algoritmos de classificação com e sem a utilização do algoritmo proposto, afim de avaliar sua influência nos resultados em algoritmos já existentes. Além de uma avaliação mais profunda sobre algoritmo desenvolvido e possíveis ajustes e aperfeiçoamentos. Referências Barla, Michal, and Maria Bielikova. (2013). From Ambiguous Words to Key Concept Extraction. Database and Expert Systems Applications (DEXA), th International Workshop on. IEEE. Bleik, S., Mishra, M., Huan, J., & Song, M. (2013). Text Categorization of Biomedical Data Sets Using Graph Kernels and a Controlled Vocabulary. Computational Biology and Bioinformatics, IEEE/ACM Transactions on, 10(5), Luo, Q., Chen, E., & Xiong, H. (2011). A semantic term weighting scheme for text categorization. Expert Systems with Applications, 38(10), Qi, X., & Davison, B. D. (2009). Web page classification: Features and algorithms. ACM Computing Surveys (CSUR), 41(2), 12. Tao, X., Li, Y., Lau, R. Y., & Wang, H. (2012). Unsupervised multi label text classification using a world knowledge ontology. In Advances in Knowledge Discovery and Data Mining (pp ). Springer Berlin Heidelberg. Wang, P., & Domeniconi, C. (2008). Building semantic kernels for text classification using wikipedia. In Proceedings of the 14th ACM SIGKDD international conference on Knowledge discovery and data mining (pp ). ACM. Yun, J., Jing, L., Yu, J., & Huang, H. (2010). Semantics based representation model for multi layer text classification. In Knowledge Based and Intelligent Information and Engineering Systems (pp. 1 10). Springer Berlin Heidelberg. 317

MINERAÇÃO DE DADOS EDUCACIONAIS: UM ESTUDO DE CASO APLICADO AO PROCESSO SELETIVO DO IFSULDEMINAS CÂMPUS MUZAMBINHO

MINERAÇÃO DE DADOS EDUCACIONAIS: UM ESTUDO DE CASO APLICADO AO PROCESSO SELETIVO DO IFSULDEMINAS CÂMPUS MUZAMBINHO MINERAÇÃO DE DADOS EDUCACIONAIS: UM ESTUDO DE CASO APLICADO AO PROCESSO SELETIVO DO IFSULDEMINAS CÂMPUS MUZAMBINHO Fernanda Delizete Madeira 1 ; Aracele Garcia de Oliveira Fassbinder 2 INTRODUÇÃO Data

Leia mais

Recuperação de Imagens na Web Baseada em Informações Textuais

Recuperação de Imagens na Web Baseada em Informações Textuais Recuperação de Imagens na Web Baseada em Informações Textuais André Ribeiro da Silva Mário Celso Candian Lobato Universidade Federal de Minas Gerais Departamento de Ciência da Computação {arsilva,mlobato}@dcc.ufmg.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS VINICIUS DA SILVEIRA SEGALIN FLORIANÓPOLIS OUTUBRO/2013 Sumário

Leia mais

Técnicas de Seleção de Atributos utilizando Paradigmas de Algoritmos Disciplina de Projeto e Análise de Algoritmos

Técnicas de Seleção de Atributos utilizando Paradigmas de Algoritmos Disciplina de Projeto e Análise de Algoritmos Técnicas de Seleção de Atributos utilizando Paradigmas de Algoritmos Disciplina de Projeto e Análise de Algoritmos Theo Silva Lins, Luiz Henrique de Campos Merschmann PPGCC - Programa de Pós-Graduação

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE DOCUMENTOS TEXTO USANDO MODELOS PROBABILISTICOS ESTENDIDOS

RECUPERAÇÃO DE DOCUMENTOS TEXTO USANDO MODELOS PROBABILISTICOS ESTENDIDOS ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 RECUPERAÇÃO DE DOCUMENTOS TEXTO USANDO MODELOS PROBABILISTICOS ESTENDIDOS Marcello Erick Bonfim 1

Leia mais

Declaração de Pesquisa: Extração Automática de Ontologias da Wikipédia

Declaração de Pesquisa: Extração Automática de Ontologias da Wikipédia Declaração de Pesquisa: Extração Automática de Ontologias da Wikipédia Clarissa Castellã Xavier 1, Vera Lúcia Strube de Lima 1 1 Faculdade de Informática PUCRS, Av. Ipiranga, 6681 Prédio 32, Porto Alegre,

Leia mais

Administração de dados - Conceitos, técnicas, ferramentas e aplicações de Data Mining para gerar conhecimento a partir de bases de dados

Administração de dados - Conceitos, técnicas, ferramentas e aplicações de Data Mining para gerar conhecimento a partir de bases de dados Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática 2006.2 Administração de dados - Conceitos, técnicas, ferramentas e aplicações de Data Mining para gerar conhecimento

Leia mais

Extensão do WEKA para Métodos de Agrupamento com Restrição de Contigüidade

Extensão do WEKA para Métodos de Agrupamento com Restrição de Contigüidade Extensão do WEKA para Métodos de Agrupamento com Restrição de Contigüidade Carlos Eduardo R. de Mello, Geraldo Zimbrão da Silva, Jano M. de Souza Programa de Engenharia de Sistemas e Computação Universidade

Leia mais

Reconhecimento de entidades nomeadas em textos em português do Brasil no domínio do e-commerce

Reconhecimento de entidades nomeadas em textos em português do Brasil no domínio do e-commerce Reconhecimento de entidades nomeadas em textos em português do Brasil no domínio do e-commerce Lucas Hochleitner da Silva 1,2, Helena de Medeiros Caseli 1 1 Departamento de Computação Universidade Federal

Leia mais

3 Metodologia de Previsão de Padrões de Falha

3 Metodologia de Previsão de Padrões de Falha 3 Metodologia de Previsão de Padrões de Falha Antes da ocorrência de uma falha em um equipamento, ele entra em um regime de operação diferente do regime nominal, como descrito em [8-11]. Para detectar

Leia mais

3 Market Basket Analysis - MBA

3 Market Basket Analysis - MBA 2 Mineração de Dados 3 Market Basket Analysis - MBA Market basket analysis (MBA) ou, em português, análise da cesta de compras, é uma técnica de data mining que faz uso de regras de associação para identificar

Leia mais

Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos

Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos Carlos Augusto S. Rodrigues Leonardo Lino Vieira Leonardo Malagoli Níkolas Timmermann Introdução É evidente o crescimento da quantidade de informação disponível

Leia mais

Busca Estocástica Baseada em Planejamento para Maximizar Metas em Jogos de RTS

Busca Estocástica Baseada em Planejamento para Maximizar Metas em Jogos de RTS Busca Estocástica Baseada em Planejamento para Maximizar Metas em Jogos de RTS Autor:Thiago França Naves 1, Orientador: Carlos Roberto Lopes 1 1 Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade

Leia mais

Instituto de Computação, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Manaus-AM, Brasil

Instituto de Computação, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Manaus-AM, Brasil Elicitação de Requisitos a partir de Modelos de Processos de Negócio e Modelos Organizacionais: Uma pesquisa para definição de técnicas baseadas em heurísticas Marcos A. B. de Oliveira 1, Sérgio R. C.

Leia mais

DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial

DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial Aluno: André Faria Ruaro Professores: Jomi F. Hubner e Ricardo J. Rabelo 29/11/2013 1. Introdução e Motivação 2.

Leia mais

Extração de Árvores de Decisão com a Ferramenta de Data Mining Weka

Extração de Árvores de Decisão com a Ferramenta de Data Mining Weka Extração de Árvores de Decisão com a Ferramenta de Data Mining Weka 1 Introdução A mineração de dados (data mining) pode ser definida como o processo automático de descoberta de conhecimento em bases de

Leia mais

ARQUITETURA DE UM SISTEMA SPATIO-TEXTUAL. PALAVRAS-CHAVE: banco de dados espaciais, busca spatio-textual. aplicativo.

ARQUITETURA DE UM SISTEMA SPATIO-TEXTUAL. PALAVRAS-CHAVE: banco de dados espaciais, busca spatio-textual. aplicativo. ARQUITETURA DE UM SISTEMA SPATIO-TEXTUAL Fellipe de Lima Fonseca 1 ; João Batista Rocha-Junior 2 1. Bolsista CNPq, Graduando em Engenharia de Computação, Universidade Estadual de Feira de Santana, e-mail:

Leia mais

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Ricardo Terra 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Campus da Pampulha 31.270-010

Leia mais

ALGORITMO HÍBRIDO PARA SISTEMAS DE RECOMENDAÇÃO UTILIZANDO FILTRAGEM COLABORATIVA E ALGORITMO GENÉTICO

ALGORITMO HÍBRIDO PARA SISTEMAS DE RECOMENDAÇÃO UTILIZANDO FILTRAGEM COLABORATIVA E ALGORITMO GENÉTICO ALGORITMO HÍBRIDO PARA SISTEMAS DE RECOMENDAÇÃO UTILIZANDO FILTRAGEM COLABORATIVA E ALGORITMO GENÉTICO Renan de Oliveira Yamaguti Faculdade de Engenharia de Computação / CEATEC renan.yamaguti@terra.com.br

Leia mais

Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos

Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos Esse documento é parte integrante do material fornecido pela WEB para a 2ª edição do livro Data Mining: Conceitos, técnicas, algoritmos, orientações e

Leia mais

ESIMILYONTO: UM MÉTODO EFICIENTE PARA OBTENÇÃO DA SIMILARIDADE ENTRE DOCUMENTOS DA WEB SEMÂNTICA

ESIMILYONTO: UM MÉTODO EFICIENTE PARA OBTENÇÃO DA SIMILARIDADE ENTRE DOCUMENTOS DA WEB SEMÂNTICA ESIMILYONTO: UM MÉTODO EFICIENTE PARA OBTENÇÃO DA SIMILARIDADE ENTRE DOCUMENTOS DA WEB SEMÂNTICA Andréia Dal Ponte Novelli Doutoranda da área de Informática do ITA Professora da área de informática da

Leia mais

5 Extraindo listas de produtos em sites de comércio eletrônico

5 Extraindo listas de produtos em sites de comércio eletrônico 5 Extraindo listas de produtos em sites de comércio eletrônico Existem diversos trabalhos direcionadas à detecção de listas e tabelas na literatura como (Liu et. al., 2003, Tengli et. al., 2004, Krüpl

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA ANÁLISE DE AGENTES CLASSIFICADORES PARA CATEGORIZAÇÃO AUTOMÁTICA DE DOCUMENTOS DIGITAIS PROPOSTA DE TRABALHO

Leia mais

COMPARAÇÃO DOS MÉTODOS DE SEGMENTAÇÃO DE IMAGENS OTSU, KMEANS E CRESCIMENTO DE REGIÕES NA SEGMENTAÇÃO DE PLACAS AUTOMOTIVAS

COMPARAÇÃO DOS MÉTODOS DE SEGMENTAÇÃO DE IMAGENS OTSU, KMEANS E CRESCIMENTO DE REGIÕES NA SEGMENTAÇÃO DE PLACAS AUTOMOTIVAS COMPARAÇÃO DOS MÉTODOS DE SEGMENTAÇÃO DE IMAGENS OTSU, KMEANS E CRESCIMENTO DE REGIÕES NA SEGMENTAÇÃO DE PLACAS AUTOMOTIVAS Leonardo Meneguzzi 1 ; Marcelo Massoco Cendron 2 ; Manassés Ribeiro 3 INTRODUÇÃO

Leia mais

Análise de Sentimentos e Mineração de Links em uma Rede de Co-ocorrência de Hashtags

Análise de Sentimentos e Mineração de Links em uma Rede de Co-ocorrência de Hashtags Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação 2012.2 Análise de Sentimentos e Mineração de Links em uma Rede de Co-ocorrência de Hashtags Proposta de Trabalho de Graduação Aluno:

Leia mais

MARACATU. A component search tool. Especificação, Projeto e Implementação de uma Arquitetura para um Engenho de Busca de Componentes

MARACATU. A component search tool. Especificação, Projeto e Implementação de uma Arquitetura para um Engenho de Busca de Componentes MARACATU A component search tool Especificação, Projeto e Implementação de uma Arquitetura para um Engenho de Busca de Componentes Vinicius Cardoso Garcia July 29, 2005 Agenda Introdução Especificação

Leia mais

8º Congresso de Pós-Graduação MINERAÇÃO BASEADA EM GRAFOS APLICADA À ÁREA BIOMÉDICA

8º Congresso de Pós-Graduação MINERAÇÃO BASEADA EM GRAFOS APLICADA À ÁREA BIOMÉDICA 8º Congresso de Pós-Graduação MINERAÇÃO BASEADA EM GRAFOS APLICADA À ÁREA BIOMÉDICA Autor(es) RODRIGO DE SOUSA GOMIDE Co-Autor(es) MARINA TERESA PIRES VIEIRA Orientador(es) MARINA TERESA PIRES VIEIRA 1.

Leia mais

Influência do Encaminhamento de Mensagens na Topologia de Redes Sociais

Influência do Encaminhamento de Mensagens na Topologia de Redes Sociais Influência do Encaminhamento de Mensagens na Topologia de Redes Sociais Samuel da Costa Alves Basilio, Gabriel de Oliveira Machado 1 Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET MG, Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE F EDERAL DE P ERNAMBUCO ANÁLISE DE UM MÉTODO PARA DETECÇÃO DE PEDESTRES EM IMAGENS PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE F EDERAL DE P ERNAMBUCO ANÁLISE DE UM MÉTODO PARA DETECÇÃO DE PEDESTRES EM IMAGENS PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE F EDERAL DE P ERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA 2010.2 ANÁLISE DE UM MÉTODO PARA DETECÇÃO DE PEDESTRES EM IMAGENS PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno!

Leia mais

ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS DOS SITES QUE DISPONIBILIZAM OBJETOS DE APRENDIZAGEM DE ESTATÍSTICA PARA O ENSINO MÉDIO 1

ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS DOS SITES QUE DISPONIBILIZAM OBJETOS DE APRENDIZAGEM DE ESTATÍSTICA PARA O ENSINO MÉDIO 1 ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS DOS SITES QUE DISPONIBILIZAM OBJETOS DE APRENDIZAGEM DE ESTATÍSTICA PARA O ENSINO MÉDIO 1 Kethleen Da Silva 2, Tânia Michel Pereira 3, Edson Luiz Padoin 4, Matheus Reis De Almeida

Leia mais

Figura 1.1: Exemplo de links patrocinados no Google

Figura 1.1: Exemplo de links patrocinados no Google 1 Links Patrocinados 1.1 Introdução Links patrocinados são aqueles que aparecem em destaque nos resultados de uma pesquisa na Internet; em geral, no alto ou à direita da página, como na Figura 1.1. Figura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Mestrado em Ciência da Computação CENTRO DE INFORMÁTICA Análise comparativa entre os diferentes tipos De protocolos para transmissão de dados Grupo: Professora: Disciplina:

Leia mais

Fatores que Influenciam na Migração do Processo de Melhoria de Software baseado em MPS para o CMMI nas Empresas Brasileiras

Fatores que Influenciam na Migração do Processo de Melhoria de Software baseado em MPS para o CMMI nas Empresas Brasileiras Fatores que Influenciam na Migração do Processo de Melhoria de Software baseado em MPS para o CMMI nas Empresas Brasileiras Rhavy Maia Guedes, Ellen Poliana Ramos Souza, Alexandre Lins de Vasconcelos.

Leia mais

Perfil de Produção Bibliográfica dos Programas Brasileiros de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Perfil de Produção Bibliográfica dos Programas Brasileiros de Pós-Graduação em Ciência da Computação Perfil de Produção Bibliográfica dos Programas Brasileiros de Pós-Graduação em Ciência da Computação Jesús P. Mena-Chalco 1, Luciano A. Digiampietri 2, Leonardo B. Oliveira 3 1 Centro de Matemática, Computação

Leia mais

SISTEMAS DE APRENDIZADO PARA A IDENTIFICAÇÃO DO NÚMERO DE CAROÇOS DO FRUTO PEQUI LEARNING SYSTEMS FOR IDENTIFICATION OF PEQUI FRUIT SEEDS NUMBER

SISTEMAS DE APRENDIZADO PARA A IDENTIFICAÇÃO DO NÚMERO DE CAROÇOS DO FRUTO PEQUI LEARNING SYSTEMS FOR IDENTIFICATION OF PEQUI FRUIT SEEDS NUMBER SISTEMAS DE APRENDIZADO PARA A IDENTIFICAÇÃO DO NÚMERO DE CAROÇOS DO FRUTO PEQUI Fernando Luiz de Oliveira 1 Thereza Patrícia. P. Padilha 1 Conceição A. Previero 2 Leandro Maciel Almeida 1 RESUMO O processo

Leia mais

Grande parte dos planejadores

Grande parte dos planejadores ARTIGO Fotos: Divulgação Decidindo com o apoio integrado de simulação e otimização Oscar Porto e Marcelo Moretti Fioroni O processo de tomada de decisão Grande parte dos planejadores das empresas ainda

Leia mais

Palavras-chave: On-line Analytical Processing, Data Warehouse, Web mining.

Palavras-chave: On-line Analytical Processing, Data Warehouse, Web mining. BUSINESS INTELLIGENCE COM DADOS EXTRAÍDOS DO FACEBOOK UTILIZANDO A SUÍTE PENTAHO Francy H. Silva de Almeida 1 ; Maycon Henrique Trindade 2 ; Everton Castelão Tetila 3 UFGD/FACET Caixa Postal 364, 79.804-970

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS PARA DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA E DE COMPUTADORES CLÁUDIA M. ANTUNES

PLANO DE ESTUDOS PARA DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA E DE COMPUTADORES CLÁUDIA M. ANTUNES UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO PLANO DE ESTUDOS PARA DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA E DE COMPUTADORES CLÁUDIA M. ANTUNES Orientação Professor Doutor Arlindo L. Oliveira

Leia mais

O Problema do k-servidor

O Problema do k-servidor Autor: Mário César San Felice Orientador: Orlando Lee 22 de março de 2010, IC-Unicamp Estrutura A seguir temos a estrutura geral da dissertação. Otimização combinatória Computação online Análise competitiva

Leia mais

Capítulo 7 Medidas de dispersão

Capítulo 7 Medidas de dispersão Capítulo 7 Medidas de dispersão Introdução Para a compreensão deste capítulo, é necessário que você tenha entendido os conceitos apresentados nos capítulos 4 (ponto médio, classes e frequência) e 6 (média).

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação

Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação Paulo Fernando da Silva, Henrique Otte, José Leomar Todesco, Fernando A. O. Gauthier Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento

Leia mais

TÍTULO: PROPOSTA DE METODOLOGIA BASEADA EM REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MLP PARA A PROTEÇÃO DIFERENCIAL DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA

TÍTULO: PROPOSTA DE METODOLOGIA BASEADA EM REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MLP PARA A PROTEÇÃO DIFERENCIAL DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA TÍTULO: PROPOSTA DE METODOLOGIA BASEADA EM REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MLP PARA A PROTEÇÃO DIFERENCIAL DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS

Leia mais

2 Pesquisa Bibliográfica

2 Pesquisa Bibliográfica 2 Pesquisa Bibliográfica As estratégias para detecção de conteúdo relevante podem ser divididas em duas abordagens: orientada a site e orientada a página. A primeira técnica utiliza várias páginas de um

Leia mais

Sistema SeRELeP para o reconhecimento de relações

Sistema SeRELeP para o reconhecimento de relações Segundo HAREM Workshop PROPOR 2008: International Conference on Computational Processing of Portuguese Language para o reconhecimento de relações Mírian Bruckschen mirian.bruckschen@gmail.com Renata Vieira

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Planificação Anual da Disciplina de TIC Módulos 1,2,3-10.ºD CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA Ano Letivo 2015-2016 Manual adotado:

Leia mais

Uma Linguagem Específica de Domínio com Geração de Código Paralelo para Visualização de Grandes Volumes de Dados

Uma Linguagem Específica de Domínio com Geração de Código Paralelo para Visualização de Grandes Volumes de Dados Uma Linguagem Específica de Domínio com Geração de Código Paralelo para Visualização de Grandes Volumes de Dados Cleverson Ledur, Dalvan Griebler, Luiz Gustavo Fernandes, Isabel Manssour Pontifícia Universidade

Leia mais

XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO

XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO EPE0147 UTILIZAÇÃO DA MINERAÇÃO DE DADOS EM UMA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

Leia mais

Guia do professor. Ministério da Ciência e Tecnologia. Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância.

Guia do professor. Ministério da Ciência e Tecnologia. Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância. números e funções Guia do professor Objetivos da unidade 1. Analisar representação gráfica de dados estatísticos; 2. Familiarizar o aluno com gráfico de Box Plot e análise estatística bivariada; 3. Utilizar

Leia mais

6 Construção de Cenários

6 Construção de Cenários 6 Construção de Cenários Neste capítulo será mostrada a metodologia utilizada para mensuração dos parâmetros estocásticos (ou incertos) e construção dos cenários com respectivas probabilidades de ocorrência.

Leia mais

Banco de Dados - Senado

Banco de Dados - Senado Banco de Dados - Senado Exercícios OLAP - CESPE Material preparado: Prof. Marcio Vitorino OLAP Material preparado: Prof. Marcio Vitorino Soluções MOLAP promovem maior independência de fornecedores de SGBDs

Leia mais

TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR O TEMPO DA MINERAÇÃO DE DADOS: Uma análise de Tipos de Coberturas Florestais

TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR O TEMPO DA MINERAÇÃO DE DADOS: Uma análise de Tipos de Coberturas Florestais UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA CRISTIAN COSMOSKI RANGEL DE ABREU TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR

Leia mais

3 Estratégia para o enriquecimento de informações

3 Estratégia para o enriquecimento de informações 34 3 Estratégia para o enriquecimento de informações Podemos resumir o processo de enriquecimento de informações em duas grandes etapas, a saber, busca e incorporação de dados, como ilustrado na Figura

Leia mais

Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software

Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software Objetivos da aula: Introduzir os conceitos de um processo de desenvolvimento de software Definir os processos básicos Apresentar as vantagens

Leia mais

Domínios, Competências e Padrões de Desempenho do Design Instrucional (DI)

Domínios, Competências e Padrões de Desempenho do Design Instrucional (DI) Domínios, Competências e Padrões de Desempenho do Design Instrucional (DI) (The Instructional Design (ID) Domains, Competencies and Performance Statements) International Board of Standards for Training,

Leia mais

Uma Análise de Comentários Sobre Produtos e Empresas, Usando o Corpus do Reclame Aqui

Uma Análise de Comentários Sobre Produtos e Empresas, Usando o Corpus do Reclame Aqui Uma Análise de Comentários Sobre Produtos e Empresas, Usando o Corpus do Reclame Aqui Roney L. de S. Santos 1, João P. A. Vieira 1, Jardeson L. N. Barbosa 1, Carlos A. de Sá 1, Raimundo S. Moura 1 1 Departamento

Leia mais

MODELAGEM COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS DE PRIMEIRA ORDEM E APLICAÇÕES À ECONOMIA

MODELAGEM COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS DE PRIMEIRA ORDEM E APLICAÇÕES À ECONOMIA MODELAGEM COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS DE PRIMEIRA ORDEM E APLICAÇÕES À ECONOMIA PAULO, João Pedro Antunes de Universidade Estadual de Goiás UnU de Iporá jpadepaula@hotmail.com RESUMO Esta pesquisa foi feita

Leia mais

Um Método Probabilístico para o Preenchimento Automático de Formulários Web a partir de Textos Ricos em Dados

Um Método Probabilístico para o Preenchimento Automático de Formulários Web a partir de Textos Ricos em Dados Um Método Probabilístico para o Preenchimento Automático de Formulários Web a partir de Textos Ricos em Dados Guilherme Alves Toda 1, Altigran Soares da Silva (Orientador) 1 1 Departamento de Ciência da

Leia mais

PESQUISA SOBRE O PERFIL DE ALUNOS NA UTILIZAÇÃO DE UM SITE DOCENTE DO ENSINO SUPERIOR

PESQUISA SOBRE O PERFIL DE ALUNOS NA UTILIZAÇÃO DE UM SITE DOCENTE DO ENSINO SUPERIOR PESQUISA SOBRE O PERFIL DE ALUNOS NA UTILIZAÇÃO DE UM SITE DOCENTE DO ENSINO SUPERIOR Wesley Humberto da Silva (Fundação Araucária), André Luis Andrade Menolli (Orientador) e-mail: wesleyhumberto11@mail.com

Leia mais

SIPTEST System Intelligent Process Testing. Estado da arte na prática de testes tendo como referência o CMMI

SIPTEST System Intelligent Process Testing. Estado da arte na prática de testes tendo como referência o CMMI SIPTEST System Intelligent Process Testing. Estado da arte na prática de testes tendo como referência o CMMI SIPTEST - System Intelligent Testing Link Consulting,SA Pág. 0 de 10 Índice 1 Introdução...

Leia mais

Sincronização. Sincronização de Relógios. Relógios Físicos

Sincronização. Sincronização de Relógios. Relógios Físicos Sincronização Embora a comunicação entre processos seja essencial em Sistemas Distribuídos, a sincronização de processos é também muito importante. Por exemplo: o É importante que vários processos não

Leia mais

Aline de Souza Santiago (Bolsista PIBIC-UFPI), Denis Barros de Carvalho (Orientador, Departamento de Fundamentos da Educação/UFPI).

Aline de Souza Santiago (Bolsista PIBIC-UFPI), Denis Barros de Carvalho (Orientador, Departamento de Fundamentos da Educação/UFPI). A Produção de pesquisas sobre Educação dos Programas de Pós-graduação (Mestrados e Doutorados) cadastrados na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações BDTD. Aline de Souza Santiago (Bolsista PIBIC-UFPI),

Leia mais

Similaridade entre Objetos Localizados em Fontes de Dados Heterogêneas

Similaridade entre Objetos Localizados em Fontes de Dados Heterogêneas Similaridade entre Objetos Localizados em Fontes de Dados Heterogêneas Rubens Guimarães 1, Gustavo Zanini Kantorski 1 1 Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus Santa

Leia mais

Frameworks. Pasteur Ottoni de Miranda Junior

Frameworks. Pasteur Ottoni de Miranda Junior Frameworks Pasteur Ottoni de Miranda Junior 1-Definição Apesar do avanço das técnicas de desenvolvimento de software, a construção de software ainda é um processo extremamente complexo.a reutilização tem

Leia mais

Luiz Henrique Marino Cerqueira Faculdade de Engenharia de Computação CEATEC luiz.hmc@puccamp.edu.br

Luiz Henrique Marino Cerqueira Faculdade de Engenharia de Computação CEATEC luiz.hmc@puccamp.edu.br AVALIAÇÃO COMPARATIVA DE ALGORITMOS PARA SISTEMAS DE RECOMENDAÇÃO EM MÚLTIPLOS DOMÍNOS: PREVISÃO DO DESEMPENHO DE ESTUDANTES A PARTIR DE SUA INTERAÇÃO COM UM SISTEMA TUTOR. Luiz Henrique Marino Cerqueira

Leia mais

Um Assistente Virtual Inteligente Dirigido por Várias Metodologias Educacionais no Ensino em Informática

Um Assistente Virtual Inteligente Dirigido por Várias Metodologias Educacionais no Ensino em Informática Um Assistente Virtual Inteligente Dirigido por Várias Metodologias Educacionais no Ensino em Informática Abstract. This work shows the evolution of Intelligent Teaching Assistant SAE that include and provide

Leia mais

SciProvMiner: Arquitetura para Captura de Proveniência de dados de Workflows Científicos utilizando o Modelo OPM

SciProvMiner: Arquitetura para Captura de Proveniência de dados de Workflows Científicos utilizando o Modelo OPM SciProvMiner: Arquitetura para Captura de Proveniência de dados de Workflows Científicos utilizando o Modelo OPM Tatiane O. M. Alves Regina M. M. Braga Departamento de Ciência da Computação Universidade

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO AUTOMÁTICA DE PATENTES COM O MODELO VETORIAL DE REPRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS

CLASSIFICAÇÃO AUTOMÁTICA DE PATENTES COM O MODELO VETORIAL DE REPRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS III SBA Simpósio Baiano de Arquivologia 26 a 28 de outubro de 2011 Salvador Bahia Políticas arquivísticas na Bahia e no Brasil CLASSIFICAÇÃO AUTOMÁTICA DE PATENTES COM O MODELO VETORIAL DE REPRESENTAÇÃO

Leia mais

Palavras-chave: Sistema neuro-fuzzy, Sistemas de avaliação, Sistemas Adaptativos.

Palavras-chave: Sistema neuro-fuzzy, Sistemas de avaliação, Sistemas Adaptativos. ANÁLISE DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA NA UERJ A PARTIR DE INDICADORES CONSTRUÍDOS BASEADOS NO EXAME NACIONAL DE CURSOS: UM SISTEMA NEBULOSO DE AVALIAÇÃO Maria Luiza F. Velloso mlfv@centroin.com.br Universidade

Leia mais

TPref-SQL: uma linguagem de consultas para bancos de dados com suporte a preferências temporais

TPref-SQL: uma linguagem de consultas para bancos de dados com suporte a preferências temporais TPref-SQL: uma linguagem de consultas para bancos de dados com suporte a preferências temporais Autor: Marcos Roberto Ribeiro 1, Orientadora: Sandra Aparecida de Amo 1 1 Programa de Pós-Graduação em Ciência

Leia mais

Barómetro Regional da Qualidade Avaliação da Satisfação dos Utentes dos Serviços de Saúde

Barómetro Regional da Qualidade Avaliação da Satisfação dos Utentes dos Serviços de Saúde Avaliação da Satisfação dos Utentes dos Serviços de Saúde Entidade Promotora Concepção e Realização Enquadramento Avaliação da Satisfação dos Utentes dos Serviços de Saúde Índice RESUMO EXECUTIVO...

Leia mais

3 Modelo de Controle de Acesso no Projeto de Aplicações na Web Semântica

3 Modelo de Controle de Acesso no Projeto de Aplicações na Web Semântica 3 Modelo de Controle de Acesso no Projeto de Aplicações na Web Semântica Este trabalho tem o objetivo de integrar o controle de acesso no projeto de aplicações na web semântica. Uma arquitetura de software

Leia mais

Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1

Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1 Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1 O Journal Citation Reports (JCR) publica anualmente o índice conhecido por fator de impacto de um periódico para medir a freqüência com que

Leia mais

1a Maratona de programação e desenvolvimento para gestão do conhecimento e informação em saúde

1a Maratona de programação e desenvolvimento para gestão do conhecimento e informação em saúde 1a Maratona de programação e desenvolvimento para gestão do conhecimento e informação em saúde Grupo 1: VisualPS Andrei Bastos, Daniela F. Corrêa, João L. Tavares, Lilian Peters, Willian Lopes Introdução

Leia mais

Aula 5 Metodologias de avaliação de impacto

Aula 5 Metodologias de avaliação de impacto Aula 5 Metodologias de avaliação de impacto Metodologias de Avaliação de Impacto Objetiva quantificar as mudanças que o projeto causou na vida dos beneficiários. Plano de Aula Método experimental: regressão

Leia mais

Linguateca e Processamento de Linguagem Natural na Área da Saúde: Alguns Comentários e Sugestões

Linguateca e Processamento de Linguagem Natural na Área da Saúde: Alguns Comentários e Sugestões Capítulo 7 Linguateca e Processamento de Linguagem Natural na Área da Saúde: Alguns Comentários e Sugestões Liliana Ferreira, António Teixeira e João Paulo da Silva Cunha Luís Costa, Diana Santos e Nuno

Leia mais

Engenharia de Ontologias Seminário UPON

Engenharia de Ontologias Seminário UPON Engenharia de Ontologias Seminário UPON Núcleo de Estudos em Modelagem Conceitual e Ontologias Bruno Nandolpho Machado Vinícius Soares Fonseca Professor: Ricardo de Almeida Falbo Agenda RUP Método UPON

Leia mais

Organizaçãoe Recuperação de Informação GSI521. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Organizaçãoe Recuperação de Informação GSI521. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Organizaçãoe Recuperação de Informação GSI521 Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Introdução Organização e Recuperação de Informação(GSI521) Tópicos Recuperação de informação (RI); Breve histórico; O

Leia mais

Desenvolvimento de um sistema de pergunta e resposta baseado em corpus

Desenvolvimento de um sistema de pergunta e resposta baseado em corpus Desenvolvimento de um sistema de pergunta e resposta baseado em corpus Adriano Jorge Soares Arrigo e-mail: arrigo.adriano@gmail.com Elvio Gilberto Silva e-mail: elvio.silva@usc.br Henrique Pachioni Martins

Leia mais

Motor de Pesquisa Baseado na Web Semântica

Motor de Pesquisa Baseado na Web Semântica Motor de Pesquisa Baseado na Web Semântica Rui Gaspar, Ricardo Clemente {ruiandre, ricjorge}@student.dei.uc.pt Resumo: Com este projecto pretende-se desenvolver um motor de pesquisa, que implemente conceitos

Leia mais

Aula 02: Conceitos Fundamentais

Aula 02: Conceitos Fundamentais Aula 02: Conceitos Fundamentais Profa. Ms. Rosângela da Silva Nunes 1 de 26 Roteiro 1. Por que mineração de dados 2. O que é Mineração de dados 3. Processo 4. Que tipo de dados podem ser minerados 5. Que

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 27 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 27-26/07/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software Estratégias e técnicas de teste de software Métricas para software

Leia mais

Aula 5 Técnicas para Estimação do Impacto

Aula 5 Técnicas para Estimação do Impacto Aula 5 Técnicas para Estimação do Impacto A econometria é o laboratório dos economistas, que busca reproduzir o funcionamento do mundo de forma experimental, como se faz nas ciências naturais. Os modelos

Leia mais

Análise de rede de termos em Sistemas Embarcados através de análise da rede de termos em títulos de trabalhos científicos

Análise de rede de termos em Sistemas Embarcados através de análise da rede de termos em títulos de trabalhos científicos Análise de rede de termos em Sistemas Embarcados através de análise da rede de termos em títulos de trabalhos científicos Jansen Souza, Moacir L. Mendonça Júnior, Alisson V. Brito e Alexandre N. Duarte

Leia mais

Table 1. Dados do trabalho

Table 1. Dados do trabalho Título: Desenvolvimento de geradores de aplicação configuráveis por linguagens de padrões Aluno: Edison Kicho Shimabukuro Junior Orientador: Prof. Dr. Paulo Cesar Masiero Co-Orientadora: Prof a. Dr. Rosana

Leia mais

Métodos Estatísticos para Segmentação de Listas Web

Métodos Estatísticos para Segmentação de Listas Web Métodos Estatísticos para Segmentação de Listas Web William Marx 1, Sergio L. S. Mergen 1 1 Campus Alegrete - Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) CEP 97.546-550 Alegrete RS Brasil william.f.marx@gmail.com,

Leia mais

Grupo de Banco de Dados da UFSC

Grupo de Banco de Dados da UFSC Grupo de Banco de Dados da UFSC (GBD / UFSC) Oportunidades de Pesquisa e TCCs 2010 / 2 Objetivo GBD/UFSC Pesquisa e desenvolvimento de soluções para problemas de gerenciamento de dados LISA Laboratório

Leia mais

RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER

RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER Autores: Miguel Airton FRANTZ 1 ;; Angelo Augusto FROZZA 2, Reginaldo Rubens da SILVA 2. Identificação autores: 1 Bolsista de Iniciação Científica

Leia mais

TWITKNOWLEDGE - OBTENDO CONHECIMENTO A PARTIR DOS TWITTES PESSOAIS

TWITKNOWLEDGE - OBTENDO CONHECIMENTO A PARTIR DOS TWITTES PESSOAIS TWITKNOWLEDGE - OBTENDO CONHECIMENTO A PARTIR DOS TWITTES PESSOAIS Miguel Airton Frantz 1 ; Angelo Augusto Frozza 2 RESUMO A proposta básica desse projeto consiste em criar uma base de conhecimento a partir

Leia mais

4 Segmentação. 4.1. Algoritmo proposto

4 Segmentação. 4.1. Algoritmo proposto 4 Segmentação Este capítulo apresenta primeiramente o algoritmo proposto para a segmentação do áudio em detalhes. Em seguida, são analisadas as inovações apresentadas. É importante mencionar que as mudanças

Leia mais

Design Thinking O que é?

Design Thinking O que é? DESIGN THINKING O que é? É o conjunto de métodos e processos para abordar problemas, relacionados à aquisição de informações, análise de conhecimento e propostas de soluções. Como uma abordagem, é considerada

Leia mais

Etc & Tal. Volume 2 - Número 1 - Abril 2009 SBC HORIZONTES 44

Etc & Tal. Volume 2 - Número 1 - Abril 2009 SBC HORIZONTES 44 Armazenando Dados em Aplicações Java Parte 2 de 3: Apresentando as opções Hua Lin Chang Costa, hualin@cos.ufrj.br, COPPE/UFRJ. Leonardo Gresta Paulino Murta, leomurta@ic.uff.br, IC/UFF. Vanessa Braganholo,

Leia mais

6 Conclusões e recomendações 6.1. Resumo do estudo

6 Conclusões e recomendações 6.1. Resumo do estudo 6 Conclusões e recomendações 6.1. Resumo do estudo As operadoras de telefonia móvel do mercado brasileiro estão diante de um contexto em que é cada vez mais difícil a aquisição de novos clientes. Dado

Leia mais

Proposta de um método para auditoria de projetos de desenvolvimento de software iterativo e incremental

Proposta de um método para auditoria de projetos de desenvolvimento de software iterativo e incremental Proposta de um método para auditoria de projetos de desenvolvimento de software iterativo e incremental Francisco Xavier Freire Neto 1 ; Aristides Novelli Filho 2 Centro Estadual de Educação Tecnológica

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais ICEx / DCC

Universidade Federal de Minas Gerais ICEx / DCC Universidade Federal de Minas Gerais ICEx / DCC Belo Horizonte, 15 de dezembro de 2006 Relatório sobre aplicação de Mineração de Dados Mineração de Dados em Bases de Dados de Vestibulares da UFMG Professor:

Leia mais

Organizaçãoe Recuperaçãode Informação GSI521. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Organizaçãoe Recuperaçãode Informação GSI521. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Organizaçãoe Recuperaçãode Informação GSI521 Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Análisede links Page Rank Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Motivação Suponha que um modelo clássico, como

Leia mais

Paralelização do algoritmo SPRINT usando MyGrid

Paralelização do algoritmo SPRINT usando MyGrid Paralelização do algoritmo SPRINT usando MyGrid Juliana Carvalho, Ricardo Rebouças e Vasco Furtado Universidade de Fortaleza UNIFOR juliana@edu.unifor.br ricardo@sspds.ce.gov.br vasco@unifor.br 1. Introdução

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani Data Warehouse - Conceitos Hoje em dia uma organização precisa utilizar toda informação disponível para criar e manter vantagem competitiva. Sai na

Leia mais