UK Intellectual Property Office:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UK Intellectual Property Office:"

Transcrição

1 UK Intellectual Property Office: Agenda no Brasil

2 Propriedade Intelectual no Reino Unido O Reino Unido é um dos países que mais se baseiam na economia do conhecimento em todo mundo. Estima-se que metade do crescimento da produtividade do Reino Unido seja devido à inovação. Propriedade intelectual e inovação são cruciais para a economia do Reino Unido. Em 2009, as exportações de PI totalizaram 113 bilhões. PI é um foco importante nos investimentos das empresas: em 2008, as empresas do Reino Unido 141 bilhões em investimentos em intangíveis, comparado 104 bilhões em investimentos tangíveis.

3 Fast Facts O investimento em PI mais que dobrou desde 1990 O investimento anual em direitos de PI representa cerca de 4,3% do PIB As firmas britânicas i investem 30% a mais em PI e outros ativos intangíveis que em ativos tangíveis 141 bilhões contra 104 bilhões em 2009 De 2000 a 2008, cerca de 48% dos investimentos britânicos em conhecimento foram protegidos por PI 75% dos investimentos de PI são protegidos por copyright e registro p g p py g g de design

4 Intellectual Property Office UK IPO Agência executiva do Departamento de Negócios, Inovação e Especialidades (BIS) O UK IPO está baseado em Newport (+ 850 staff), com um pequeno time de política com base em Londres. O objetivo principal da diretoria de Política Internacional é estimular inovação e aumentar a competitividade da indústria por meio dos direitos de propriedade intelectual Os direitos de propriedade industrial apoiam o crescimento econômico pelo encorajamento aos investimentos em novas tecnologias, marcas e industrias criativas, além de ajudar a comercialização A meta do UK IPO é um respeitado sistema internacional de propriedade intelectual que estimule a inovação e criatividade enquanto permite que a economia e a sociedade se beneficiem do conhecimento e das novas ideias

5 O programa dos attachés de PI PI cresce em importância como ferramenta para permitir o crescimento do Reino Unido em comercio e investimento em mercados líderes estrangeiros e economias emergentes. No entanto, PI é um tema complexo com interesses diversos de diferentes grupos. Para garantir que a política de PI do Reino Unido seja comunicada de forma efetiva e para oferecer às empresas britânicas um ponto focal onde podem dirigir seus interesses em PI, o Reino Unido formou uma rede de adidos de PI. A rede inicial consiste em 4 attachés, baseados em mercados chave para as empresas britânicas: China, Índia, Brasil e SE Ásia (baseado em Cingapura)

6 O Papel dos Attachés Trabalhar com os governos locais para fortalecer os regimes nacionais de PI e a aplicação da lei (enforcement) Criar relacionamento com os governos locais em questões e problemas de PI domésticos e internacionais i i Prover um ponto focal de suporte às empresas britânicas em questões relacionadas a PI Coletar dados de inteligência e reportar os desenvolvimentos políticos Identificar stakeholders em PI e engajar com estes

7 Por que o Brasil Grande mercado consumidor, crescimento da classe média Brasil é um dos principais parceiros comerciais do Reino Unido, cujo comercio bilateral atingiu aproximadamente 9 bilhões em 2011 Reino Unido foi o 14 principal parceiro comercial do Brasil em 2011, sendo o 9 th em exportações e15 th em importações Reino Unido foi o segundo maior investidor no Brasil em 2011, chegando a US$ 12b em valores de IED Oportunidades para a Copa do mundo e Olimpíadas

8 Problemas de PI no Brasil Enforcement, regulação e acesso ao mercado Contrafação, pirataria, i e vazamento do conhecimento Estrutura legal e procedimentos jurídicos Registro de PI, contratos ou comercialização de tecnologia, procedimentos jurídicos Atrasos nos registros de PI Backlogs das marcas e patentes

9 Cooperação UK IPO e INPI O UK IPO trabalha próximo ao INPI e juntos desenvolveram um construtivo e abrangente plano de trabalho sob o Memorando de Entendimento, assinado A cooperação técnica inclui: - Estimular a disseminação da cultura de PI em ambos os países; - Trocar experiências e conhecimento em gerenciamento da qualidade; - Trocar informações não confidenciais sobre experiências técnicas e melhores praticas em patentes, transferência de tecnologia, registro de marcas, designs e enforcement. O primeiro plano de trabalho anual sob o MoU incluiu o treinamento promovido pelo UK IPO ao INPI de examinadores de patentes e técnicas de resolução alternativa de disputas, e cooperação para aumentar o compartilhamento de trabalho entre os dois institutos.

10 Obrigada! Sheila Alves Senior IP Liaison Officer UK Intellectual Property Office tel:

LIFE SCIENCES NO BRASIL

LIFE SCIENCES NO BRASIL LIFE SCIENCES NO BRASIL L IFE S CIENCES NO B R A presença da iniciativa privada no setor da saúde é cada vez mais relevante para a indústria de medicamentos e para as áreas de assistência à saúde, serviços

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI GUIA PARA MELHORAR O SEU Principais Práticas para a Proteção de PI PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI 2013 Centro para Empreendimento e Comércio Responsáveis TABELA DE CONTEÚDO CAPÍTULO 1: Introdução à Proteção

Leia mais

Jorge Ávila INPI. Mesa 2 - Open Innovation e o sistema nacional de inovação

Jorge Ávila INPI. Mesa 2 - Open Innovation e o sistema nacional de inovação 16 de junho de 2008 São Paulo/SP Jorge Ávila INPI Mesa 2 - Open Innovation e o sistema nacional de inovação Pannel 2 - Open Innovation and the Brazilian national innovation system Open Innovation Seminar

Leia mais

Faculdade INED 26/08/2008. Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Projeto Integrador III. Banco de Dados e Sistemas para Internet.

Faculdade INED 26/08/2008. Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Projeto Integrador III. Banco de Dados e Sistemas para Internet. Faculdade INED Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Projeto Integrador III Legislação Propriedade Intelectual do Software Banco de Dados e Sistemas para Internet Agosto-2008 1 2 Referências Agenda PRESIDÊNCIA

Leia mais

A Contribuição da Informação Tecnológica de Patentes para a Plataforma itec

A Contribuição da Informação Tecnológica de Patentes para a Plataforma itec Atribuição-Sem Derivações-Sem Derivados CC BY-NC-ND A Contribuição da Informação Tecnológica de Patentes para a Plataforma itec Encontro de Negócios em Inovação e Tecnologia itec 2015 São Paulo, SP 28

Leia mais

Estratégias de Comercialização de Ativos Intangíveis: formação de gestores. Rio de Janeiro, RJ 28 de Novembro, 2012

Estratégias de Comercialização de Ativos Intangíveis: formação de gestores. Rio de Janeiro, RJ 28 de Novembro, 2012 Estratégias de Comercialização de Ativos Intangíveis: formação de gestores Rio de Janeiro, RJ 28 de Novembro, 2012 Apresentação A OMPI O Brasil Formação de Gestores de Tecnologia e PI no Brasil parcerias

Leia mais

PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL

PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL Políticas de Inovação para o Crescimento Inclusivo: Tendências, Políticas e Avaliação PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL Rafael Lucchesi Confederação Nacional da Indústria Rio

Leia mais

Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do

Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do regime internacional sobre mudanças climáticas Brasília,

Leia mais

O Cenário Econômico Brasileiro e as Oportunidades de Investimentos

O Cenário Econômico Brasileiro e as Oportunidades de Investimentos O Cenário Econômico Brasileiro e as Oportunidades de Investimentos Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos Apex-Brasil Alessandro Teixeira Presidente Novo Ciclo do Crescimento Econômico

Leia mais

Seminário: Inovação e Tecnologia no Desenvolvimento da Amazônia. 28 de Novembro de 2013

Seminário: Inovação e Tecnologia no Desenvolvimento da Amazônia. 28 de Novembro de 2013 Seminário: Inovação e Tecnologia no Desenvolvimento da Amazônia 28 de Novembro de 2013 PAINEL 1: Estratégias para a Inovação Necessidades e Demandas Futuras Conceituação Inovação é o resultado positivo

Leia mais

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia Descrição do Sistema de Franquia Franquia é um sistema de distribuição de produtos, tecnologia e/ou serviços. Neste sistema uma empresa detentora de know-how de produção e/ou distribuição de certo produto

Leia mais

Glauco Arbix Observatório da Inovação Instituto de Estudos Avançados - USP. Senado Federal Comissão de infra-estrutura Brasília, 10.08.

Glauco Arbix Observatório da Inovação Instituto de Estudos Avançados - USP. Senado Federal Comissão de infra-estrutura Brasília, 10.08. No mundo mundo de hoje, é preciso preciso correr muito pra ficar no mesmo mesmo lugar. (Rainha (Rainha Vermelha Vermelha para a Alice) Glauco Arbix Observatório da Inovação Instituto de Estudos Avançados

Leia mais

A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE

A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE AUMENTAR O INVESTIMENTO PRIVADO EM P&D ------------------------------------------------------- 3 1. O QUE É A PDP? ----------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Profa. Dra. Cristina Castro Lucas de Souza Depieri

Profa. Dra. Cristina Castro Lucas de Souza Depieri Inovação e Tecnológia na Gestão Pública Profa. Dra. Cristina Castro Lucas de Souza Depieri Doutorado em Administração (UnB) Mestrado em Contabilidade e Controladoria (UFMG) Graduação em Ciências Contábeis

Leia mais

Flexibilidades do Acordo Trips e o Instituto da Anuência Prévia.

Flexibilidades do Acordo Trips e o Instituto da Anuência Prévia. Flexibilidades do Acordo Trips e o Instituto da Anuência Prévia. Luis Carlos Wanderley Lima Coordenação de Propriedade Intelectual-COOPI Agência Nacional de Vigilância Sanitária-Anvisa Ministério da Saúde-MS

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE PATENTES DO JAPÃO

ADMINISTRAÇÃO DE PATENTES DO JAPÃO ADMINISTRAÇÃO DE PATENTES DO JAPÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE FORMADORES WIPO/SMES/LIS/14/INF/1 PROV ORIGINAL: INGLÊS DATA: 28 DE JANEIRO DE 2014 Programa de Formação de Formadores sobre a Gestão Eficaz de

Leia mais

DESTAQUES ESTRATÉGICOS: PROJETOS E INICIATIVAS INTEGRAÇÃO COM A ÁFRICA

DESTAQUES ESTRATÉGICOS: PROJETOS E INICIATIVAS INTEGRAÇÃO COM A ÁFRICA Destaques Estratégicos: projetos e iniciativas DESTAQUES ESTRATÉGICOS: PROJETOS E INICIATIVAS INTEGRAÇÃO COM A ÁFRICA Legenda: branco = PDP original Amarelo = modificação posterior ao lançamento da PDP

Leia mais

Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria. Luanda, 26.05.2014

Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria. Luanda, 26.05.2014 Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria Luanda, 26.05.2014 Agenda 1. Cenário Internacional 2. Formas de apoio 3. Estratégia de atuação na África Depto. de Suporte a Operações

Leia mais

CARLOS CAIXETA. Vendas e Gestão Estratégica

CARLOS CAIXETA. Vendas e Gestão Estratégica CARLOS CAIXETA Vendas e Gestão Estratégica PERFIL Carlos Caixeta é um palestrante de destaque nacional por convergir conceito e prática em estratégias empresariais, vendas, performance e negociação. Essa

Leia mais

POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA ESTEVÃO FREIRE estevao@eq.ufrj.br DEPARTAMENTO DE PROCESSOS ORGÂNICOS ESCOLA DE QUÍMICA - UFRJ Tópicos: Ciência, tecnologia e inovação; Transferência de tecnologia; Sistemas

Leia mais

3. Estrutura do Sítio "Web" O sítio "web" terá uma estrutura de módulos e incluirá:

3. Estrutura do Sítio Web O sítio web terá uma estrutura de módulos e incluirá: MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, O MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES DA FEDERAÇÃO DA RÚSSIA, O MINISTÉRIO DE ASSUNTOS EXTERIORES

Leia mais

Propriedade Intelectual e Inovação em Saúde

Propriedade Intelectual e Inovação em Saúde Seminário Complexo Econômico-Industrial da Saúde Em Busca da Articulação entre Inovação, Acesso e Desenvolvimento Industrial Propriedade Intelectual e Inovação em Saúde Jorge Avila INPI Presidente Sede

Leia mais

Gestão de Propriedade Intelectual aplicada ao Desenvolvimento de Inovações e Aceleração de Empresas de Base Tecnológica

Gestão de Propriedade Intelectual aplicada ao Desenvolvimento de Inovações e Aceleração de Empresas de Base Tecnológica Gestão de Propriedade Intelectual aplicada ao Desenvolvimento de Inovações e Aceleração de Empresas de Base Tecnológica Resumo As experiências vivenciadas pela equipe da Accelera IP evidenciam a dificuldade

Leia mais

Brasil-China: Uma Agenda de

Brasil-China: Uma Agenda de Brasil-China: Uma Agenda de Colaboração Jorge Arbache BNDES Palácio do Itamaraty, Rio de Janeiro, 17 de junho de 2011 1 China Principal parceiro comercial do Brasil Um dos principais investidores estrangeiros

Leia mais

Exportação de Serviços

Exportação de Serviços Exportação de Serviços 1. Ementa O objetivo deste trabalho é dar uma maior visibilidade do setor a partir da apresentação de algumas informações sobre o comércio exterior de serviços brasileiro. 2. Introdução

Leia mais

2ª CHAMADA PARA A PRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DE COOPERAÇÃO EM P&D INDUSTRIAL ENTRE BRASIL E ISRAEL.

2ª CHAMADA PARA A PRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DE COOPERAÇÃO EM P&D INDUSTRIAL ENTRE BRASIL E ISRAEL. 2ª CHAMADA PARA A PRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DE COOPERAÇÃO EM P&D INDUSTRIAL ENTRE BRASIL E ISRAEL. CONTEXTO MOU 2007 O governo da República Federativa do Brasil e o governo do Estado de Israel assinaram

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Israel: Inovando para um mundo melhor

Israel: Inovando para um mundo melhor Israel: Inovando para um mundo melhor O futuro, Israel e você Boaz Albaranes Cônsul para Assuntos Econômicos Missão Econômica de Israel no Brasil O que todos estes têm em comum? Dilema atual Tecnologias

Leia mais

Agenda de Políticas para Inovação. Brasília, 14 de fevereiro de 2013

Agenda de Políticas para Inovação. Brasília, 14 de fevereiro de 2013 Agenda de Políticas para Inovação Brasília, 14 de fevereiro de 2013 Recursos Humanos para Inovação Horácio Lafer Piva - Klabin A Agenda Promover uma mudança no ensino brasileiro com direcionamento claro

Leia mais

3 º D i á l o g o s d a M E I. P r o p r i e d a d e I n t e l e c t u a l Acordos Internacionais de Cooperação para Exame de Patentes

3 º D i á l o g o s d a M E I. P r o p r i e d a d e I n t e l e c t u a l Acordos Internacionais de Cooperação para Exame de Patentes 3 º D i á l o g o s d a M E I P r o p r i e d a d e I n t e l e c t u a l Acordos Internacionais de Cooperação para Exame de Patentes CICLO VIRTUOSO DA I N O VA Ç Ã O Investimento em pesquisa e desenvolvimento

Leia mais

Desafios para a Indústria Eletroeletrônica

Desafios para a Indústria Eletroeletrônica Desafios para a Indústria Eletroeletrônica 95 O texto aponta as características das áreas da indústria eletroeletrônica no país e os desafios que este setor tem enfrentado ao longo das últimas décadas.

Leia mais

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES FINAIS ADOTADAS PARA O RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO. Introdução

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES FINAIS ADOTADAS PARA O RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO. Introdução MUS-12/1.EM/3 Rio de Janeiro, 13 Jul 2012 Original: Inglês ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA REUNIÃO DE ESPECIALISTAS NA PROTEÇÃO E PROMOÇÃO DE MUSEUS E COLEÇÕES Rio

Leia mais

PI Brasil e BRICS: A Construção de uma Agenda de Inserção Internacional do Sistema Brasileiro de PI

PI Brasil e BRICS: A Construção de uma Agenda de Inserção Internacional do Sistema Brasileiro de PI PI Brasil e BRICS: A Construção de uma Agenda de Inserção Internacional do Sistema Brasileiro de PI Jorge de P. C. Avila Presidente do INPI FIERGS Novembro de 2011 1. Contexto A institucionalidade da PI

Leia mais

PROGRAMAS PARA FORTALECER A COMPETITIVIDADE MADEIRA E MÓVEIS

PROGRAMAS PARA FORTALECER A COMPETITIVIDADE MADEIRA E MÓVEIS Programas para fortalecer a PROGRAMAS PARA FORTALECER A COMPETITIVIDADE MADEIRA E MÓVEIS 1 Madeira e Móveis Estratégias: conquista de mercados, focalização, diferenciação e ampliação do acesso Objetivos:

Leia mais

Políticas de Propriedade

Políticas de Propriedade Políticas de Propriedade Intelectual Rubens de Oliveira Martins SETEC/MCT Ministério da Ciência e Tecnologia Propriedade Intelectual Conceito: sistema de proteção que gera direito de propriedade ou exclusividade

Leia mais

O Projeto da OMPI sobre Propriedade Intelectual e Política da Concorrência. Secretaria da OMPI

O Projeto da OMPI sobre Propriedade Intelectual e Política da Concorrência. Secretaria da OMPI I Conferência Internacional de Defesa da Concorrência do SBDC São Paulo, 15 e 16 de outubro de 2009 O Projeto da OMPI sobre Propriedade Intelectual e Política da Concorrência Secretaria da OMPI Alpes suíços,

Leia mais

Audiência Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) Senado Federal

Audiência Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) Senado Federal Audiência Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) Senado Federal Brasília 22 de março o de 2009 Inovação Chave para a competitividade das empresas e o desenvolvimento do país Determinante para o aumento

Leia mais

PROGRAMAS PARA FORTALECER A COMPETITIVIDADE MADEIRA E MÓVEIS

PROGRAMAS PARA FORTALECER A COMPETITIVIDADE MADEIRA E MÓVEIS Programas para fortalecer a PROGRAMAS PARA FORTALECER A COMPETITIVIDADE MADEIRA E MÓVEIS Legenda: branco = PDP original Amarelo = modificação posterior ao lançamento da PDP Vermelho = destaques para novas

Leia mais

Contracting Excellence Magazine - Jan 2014 Janeiro de 2014

Contracting Excellence Magazine - Jan 2014 Janeiro de 2014 Contracting Excellence Magazine - Jan 2014 Janeiro de 2014 Fechando o cerco contra o roubo de propriedade intelectual O roubo e a violação de Propriedade Intelectual (PI) estão se agravando e vão continuar

Leia mais

A Importância da Propriedade Intelectual no Contexto do Desenvolvimento Tecnológico e Industrial

A Importância da Propriedade Intelectual no Contexto do Desenvolvimento Tecnológico e Industrial A Importância da Propriedade Intelectual no Contexto do Desenvolvimento Tecnológico e Industrial Jorge Avila INPI Presidente Florianópolis, 12 de maio de 2009 Cenário Geral Aprofundamento do processo de

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

A INTERNACIONALIZAÇÃO DA EMPRESA BRASILEIRA

A INTERNACIONALIZAÇÃO DA EMPRESA BRASILEIRA São Paulo Rio de Janeiro Brasília Curitiba Recife Belo Horizonte Londres Lisboa Shanghai Miami Buenos Aires Johannesburg A INTERNACIONALIZAÇÃO DA EMPRESA BRASILEIRA DURVAL DE NORONHA GOYOS JR. PRES. COMITÊ

Leia mais

inovação e normalização José Augusto A. K. Pinto de Abreu Rio de Janeiro, 2 de Setembro de 2010

inovação e normalização José Augusto A. K. Pinto de Abreu Rio de Janeiro, 2 de Setembro de 2010 inovação e normalização José Augusto A. K. Pinto de Abreu Rio de Janeiro, 2 de Setembro de 2010 Bilhões de US$ A explosão do comércio internacional 18.000 16.000 14.000 12.000 10.000 8.000 6.000 4.000

Leia mais

Formação do Engenheiro de Produção: Competências Acadêmicas e Profissionais

Formação do Engenheiro de Produção: Competências Acadêmicas e Profissionais Formação do Engenheiro de Produção: Competências Acadêmicas e Profissionais Propriedade Intelectual e seu impacto nos programas de pós-graduação XVI ENCEP Encontro Nacional de Coordenadores de Cursos de

Leia mais

Gestão da Propriedade Industrial

Gestão da Propriedade Industrial Gestão da Propriedade Industrial ZEA DUQUE VIEIRA LUNA MAYERHOFF Rio de Janeiro Julho/2009 Sistema de Propriedade Intelectual Consiste em um conjunto de instrumentos importantes para o processo de Inovação:

Leia mais

Boletim Benchmarking Internacional. Extensão Tecnológica

Boletim Benchmarking Internacional. Extensão Tecnológica Boletim Benchmarking Internacional Extensão Tecnológica Dezembro de 2012 Apresentação Visando contribuir para os objetivos estratégicos do SEBRAE, são apresentadas neste boletim informações relacionadas

Leia mais

Sumário. p.3. 1 I SUEZ environnement. p.8. 2 I SUEZ environnement, pronta a revolução dos recursos. p.14

Sumário. p.3. 1 I SUEZ environnement. p.8. 2 I SUEZ environnement, pronta a revolução dos recursos. p.14 Apresentação corporativa Março de 2015 Sumário 1 I SUEZ environnement Pontos chaves e figuras 2 I SUEZ environnement, pronta a revolução dos recursos Estamos prestes a começar a revolução dos recursos

Leia mais

PROPRIEDADE INTELECTUAL O Que é? Para Que Serve? Eduardo Winter Coordenador de Programas de Pós- Graduação e Pesquisa INPI

PROPRIEDADE INTELECTUAL O Que é? Para Que Serve? Eduardo Winter Coordenador de Programas de Pós- Graduação e Pesquisa INPI PROPRIEDADE INTELECTUAL O Que é? Para Que Serve? Eduardo Winter Coordenador de Programas de Pós- Graduação e Pesquisa INPI Maio / 2011 Propriedade Intelectual É o conjunto de direitos que incidem sobre

Leia mais

Pós-Venda Internacional. Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013

Pós-Venda Internacional. Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013 Pós-Venda Internacional Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013 POR QUE COLÔMBIA? Por que Colômbia? A Colômbia é um dos países mais promissores da América do Sul na atualidade. Com uma perspectiva

Leia mais

CONTEÚDO. & Benchmarking internacional, Priorização de setores e cadeias produtivas. ) Implementação do Piloto

CONTEÚDO. & Benchmarking internacional, Priorização de setores e cadeias produtivas. ) Implementação do Piloto ! " #$!% &'()* CONTEÚDO ( + & Benchmarking internacional, Priorização de setores e cadeias produtivas ) Implementação do Piloto Investimento Estrangeiro Direto (IED) no Brasil caiu em 2013, mas ainda continua

Leia mais

Lei de Inovação, Universidades e Núcleos de Inovação

Lei de Inovação, Universidades e Núcleos de Inovação Lei de Inovação, Universidades e Núcleos de Inovação Prof. Oswaldo Massambani Diretor A Política de Desenvolvimento Produtivo Autonomia Universitária 24º. 25º. 3º. 4º. 5º. 7º. 8º. 9º. 10º. 23º. 1º. 2º.

Leia mais

ANO % do PIB (Aproximadamente) 2003 9% do PIB mundial 2009 14% do PIB mundial 2010 18% do PIB mundial 2013/2014 25% do PIB mundial

ANO % do PIB (Aproximadamente) 2003 9% do PIB mundial 2009 14% do PIB mundial 2010 18% do PIB mundial 2013/2014 25% do PIB mundial ANO % do PIB (Aproximadamente) 2003 9% do PIB mundial 2009 14% do PIB mundial 2010 18% do PIB mundial 2013/2014 25% do PIB mundial ANO Os BRICS EUA União Europeia PIB 2013 (aproximadamente) US$ 19 trilhões

Leia mais

U S P I n o v a ç ã o

U S P I n o v a ç ã o O contexto Nacional e Estadual em prol da Inovação Autonomia Universitária 3º. 4º. 5º. 24º. 25º. 7º. 8º. 9º. 10º. 23º. 21º. 22º. 1º. 2º. 11º. 12º. 13º. 14º. 15º. 16º. 17º. 18º. 19º. 20º. A USP nesse contexto

Leia mais

PROPRIEDADE INTELECTUAL O Que é? Para Que Serve? Eduardo Winter Coordenador de Programas de Pós- Graduação e Pesquisa INPI

PROPRIEDADE INTELECTUAL O Que é? Para Que Serve? Eduardo Winter Coordenador de Programas de Pós- Graduação e Pesquisa INPI PROPRIEDADE INTELECTUAL O Que é? Para Que Serve? Eduardo Winter Coordenador de Programas de Pós- Graduação e Pesquisa INPI Abril / 2011 Propriedade Intelectual É o conjunto de direitos que incidem sobre

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECEX SECRETARIA DE COMÉRCIO EXTERIOR Grupo de Harmonização Estatística Brasil x China Em 2006 foi assinada em Beijing a criação do GHE Brasil x China, com o início do intercâmbio de dados. MINISTÉRIO

Leia mais

Desafios para a Expansão das Exportações de TI ENAEX 2011. Antonio Gil Presidente

Desafios para a Expansão das Exportações de TI ENAEX 2011. Antonio Gil Presidente Desafios para a Expansão das Exportações de TI ENAEX 2011 Antonio Gil Presidente São Paulo, Agosto 2011 Sobre a BRASSCOM VISÃO Posicionar o Brasil como um dos cinco maiores centros de TI do mundo. MISSÃO

Leia mais

BRICS Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul

BRICS Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul MECANISMOS INTER-REGIONAIS BRICS Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul O que faz o BRICS? Desde a sua criação, o BRICS tem expandido suas atividades em duas principais vertentes: (i) a coordenação

Leia mais

Perspectivas para o Setor de TI

Perspectivas para o Setor de TI Perspectivas para o Setor de TI Irecê Loureiro Maio / 2013 BNDES Fundado em 20 de Junho de 1952: empresa pública de propriedade da União Papel fundamental como investidor em equityatravés da BNDESPare

Leia mais

PRINCÍPIOS CORPORATIVOS

PRINCÍPIOS CORPORATIVOS PRINCÍPIOS CORPORATIVOS Os princípios corporativos do grupo Witzenmann Witzenmann GmbH Östliche Karl-Friedrich-Str. 134 75175 Pforzheim Telefone +49 7231 581-0 Fax +49 7231 581-820 wi@witzenmann.com www.witzenmann.de

Leia mais

RECONHECENDO a geometria variável dos sistemas de pesquisa e desenvolvimento dos países membros do BRICS; ARTIGO 1: Autoridades Competentes

RECONHECENDO a geometria variável dos sistemas de pesquisa e desenvolvimento dos países membros do BRICS; ARTIGO 1: Autoridades Competentes MEMORANDO DE ENTENDIMENTO SOBRE A COOPERAÇÃO EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO ENTRE OS GOVERNOS DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, FEDERAÇÃO DA RÚSSIA, REPÚBLICA DA ÍNDIA, REPÚBLICA POPULAR DA CHINA E

Leia mais

Propriedade Intelectual como ferramenta no processo de inovação. Agência de Inovação e Propriedade Intelectual AGIPI

Propriedade Intelectual como ferramenta no processo de inovação. Agência de Inovação e Propriedade Intelectual AGIPI Propriedade Intelectual como ferramenta no processo de inovação Agência de Inovação e Propriedade Intelectual AGIPI 2015 Propriedade Intelectual é tão atual quanto a Inovação Primeiras leis de PI: 1623

Leia mais

Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior Construindo o Brasil do Futuro

Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior Construindo o Brasil do Futuro Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior Construindo o Brasil do Futuro Mario Sergio Salerno Diretor de Estudos Setoriais do IPEA 1 de julho de 2005 Uma nova trajetória de desenvolvimento

Leia mais

Inovação no Brasil nos próximos dez anos

Inovação no Brasil nos próximos dez anos Inovação no Brasil nos próximos dez anos XX Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas XVIII Workshop ANPROTEC Rodrigo Teixeira 22 de setembro de 2010 30/9/2010 1 1 Inovação e

Leia mais

Cenário Geral do Desenvolvimento Econômico da China A Política de GO OUT da China

Cenário Geral do Desenvolvimento Econômico da China A Política de GO OUT da China Cenário Geral do Desenvolvimento Econômico da China A Política de GO OUT da China A aplicação da Estratégia de GO OUT --Investimento direto chinês para o exterior em 2007 As principais medidas para apoiar

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

LISTA DE ESPECIALISTAS DA OMPI DADOS BIOGRÁFICOS. ana.montenegro@cbsg.com.br FORMAÇÃO ACADÊMICA E QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

LISTA DE ESPECIALISTAS DA OMPI DADOS BIOGRÁFICOS. ana.montenegro@cbsg.com.br FORMAÇÃO ACADÊMICA E QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL LISTA DE ESPECIALISTAS DA OMPI DADOS BIOGRÁFICOS Ana Amélia Araripe MONTENEGRO Castro, Barros, Sobral, Gomes Advogados Av. Rio Branco, nº 110, 14 and 15th floors Centro Rio de Janeiro RJ Brasil Tel: +55

Leia mais

Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil

Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil Thayne Garcia, Assessora-Chefe de Comércio e Investimentos (tgarcia@casacivil.rj.gov.br) Luciana Benamor, Assessora de Comércio e Investimentos

Leia mais

Quem somos Em que acreditamos Acreditamos nas pessoas

Quem somos Em que acreditamos Acreditamos nas pessoas Prioridades para 2014-2019 Quem somos Somos o maior grupo político da Europa, orientado por uma visão política de centro-direita. Somos o Grupo do Partido Popular Europeu do Parlamento Europeu. Em que

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 002/2009 SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE COORDENAÇÃO DO PROJETO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Relações Institucionais)

Leia mais

O Marketing Esportivo evoluiu. A Escala também.

O Marketing Esportivo evoluiu. A Escala também. O Marketing Esportivo evoluiu. A Escala também. O número de academias dobrou de 2007 a 2010; O futebol do Brasil é o 6º mais rico do mundo; Se na década de 70 tivemos as primeiras transmissões de eventos

Leia mais

Buscando cooperação no mundo pós-crise: DECLARAÇÃO CONJUNTA

Buscando cooperação no mundo pós-crise: DECLARAÇÃO CONJUNTA 3 º Encontro Empresarial Brasil-UE Buscando cooperação no mundo pós-crise: DECLARAÇÃO CONJUNTA Estocolmo, 6 de outubro de 2009 A Confederação de Empresas Suecas (SN), O BUSINESSEUROPE e a Confederação

Leia mais

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Como agilizar a tomada de decisão na sua empresa com resultados

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Como agilizar a tomada de decisão na sua empresa com resultados INTELIGÊNCIA COMPETITIVA Como agilizar a tomada de decisão na sua empresa com resultados 22/07/2014 Agenda A diferença entre as Inteligências Empresarial e Competitiva (de Mercado) O que não é Inteligência

Leia mais

O COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO E AS RELAÇÕES COMERCIAIS BRASIL-JAPÃO

O COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO E AS RELAÇÕES COMERCIAIS BRASIL-JAPÃO Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil, São Paulo 25 de outubro de 2010 O COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO E AS RELAÇÕES COMERCIAIS BRASIL-JAPÃO Dr. Ivan Ramalho, Secretário-Executivo Ministério

Leia mais

Integração Produtiva Brasil/Argentina Setor de Lácteos Cândida Maria Cervieri SECEX/MDIC Brasília, 03 de agosto de 2010

Integração Produtiva Brasil/Argentina Setor de Lácteos Cândida Maria Cervieri SECEX/MDIC Brasília, 03 de agosto de 2010 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior Integração Produtiva Brasil/Argentina Setor de Lácteos Cândida Maria Cervieri SECEX/MDIC Brasília, 03 de agosto

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Presença nacional, reconhecimento mundial. Conheça a Fundação Dom Cabral Uma das melhores escolas de negócios do mundo, pelo ranking de educação executiva

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 93 Exposição na abertura do encontro

Leia mais

O Crescimento da Indústria da Moda e o Papel do Fashion Lawyer

O Crescimento da Indústria da Moda e o Papel do Fashion Lawyer O Crescimento da Indústria da Moda e o Papel do Fashion Lawyer A moda brasileira em números Dados Gerais Dados gerais do setor atualizados em 2013, referentes ao ano de 2012 Faturamento da Cadeia Têxtil

Leia mais

EDITAL SENAI SESI DE INOVAÇÃO. Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui. Complexidade das tecnologias critério de avaliação que

EDITAL SENAI SESI DE INOVAÇÃO. Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui. Complexidade das tecnologias critério de avaliação que ANEXO II Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui registro em base de patentes brasileira. Também serão considerados caráter inovador para este Edital os registros de patente de domínio público

Leia mais

Rumo à abertura de capital

Rumo à abertura de capital Rumo à abertura de capital Percepções das empresas emergentes sobre os entraves e benefícios 15º Encontro Nacional de Relações com Investidores e Mercado de Capitais 4 de julho de 2013 Pontos de partida

Leia mais

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015 O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil Mario Lima Maio 2015 1 A Matriz Energética no Brasil A base da matriz energética brasileira foi formada por recursos

Leia mais

Resumo Aula-tema 05: Análise Comparativa do Desenvolvimento Econômico da Índia e da China

Resumo Aula-tema 05: Análise Comparativa do Desenvolvimento Econômico da Índia e da China Resumo Aula-tema 05: Análise Comparativa do Desenvolvimento Econômico da Índia e da China Esta aula tratará da análise comparativa do processo de desenvolvimento da China e da Índia, países que se tornaram

Leia mais

Ministério das Relações Exteriores

Ministério das Relações Exteriores Programa de Promoção das Exportações para o Sistema das Nações Unidas PPE-ONU/MRE Ministério das Relações Exteriores Departamento de Promoção Comercial Divisão de Informação Comercial Departamento de Promoção

Leia mais

Propriedade Intelectual e Inovação em Saúde

Propriedade Intelectual e Inovação em Saúde Seminário Valor Economico Propriedade Intelectual e Inovação em Saúde Jorge Avila INPI Presidente São Paulo, 7 de junho de 2009 A missão do sistema de propriedade intelectual Favorecer o desenvolvimento,

Leia mais

WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE A NOVA LEGISLAÇÃO DA UNIÃO EUROPÉIA PARA PRODUTOS QUÍMICOS- REACH 07/04/2009 BRASÍLIA - DF

WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE A NOVA LEGISLAÇÃO DA UNIÃO EUROPÉIA PARA PRODUTOS QUÍMICOS- REACH 07/04/2009 BRASÍLIA - DF WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE A NOVA LEGISLAÇÃO DA UNIÃO EUROPÉIA PARA PRODUTOS QUÍMICOS- REACH 07/04/2009 BRASÍLIA - DF 1 REACH REGISTER EVALUATION AUTHORIZATION OF CHEMICALS RESTRICTION 2 O que é o REACH?

Leia mais

VI Conferência Anpei: Inovação como Estratégia Competitiva

VI Conferência Anpei: Inovação como Estratégia Competitiva REVISTA DO BNDES, RIO DE JANEIRO, V. 13, N. 26, P. 303-308, DEZ. 2006 VI Conferência Anpei: Inovação como Estratégia Competitiva Data: 5 a 7 de junho de 2006 Local: Rio de Janeiro (RJ) Representante do

Leia mais

Receita do Network PwC cresce 6% e atinge US$ 34 bilhões no ano fiscal encerrado em junho

Receita do Network PwC cresce 6% e atinge US$ 34 bilhões no ano fiscal encerrado em junho Press release Data Contato EMBARGO 00h01min (horário Brasília) Terça-feira, 7 de outubro de 2014 Márcia Avruch Tel: +55 11 3674 3760 Email: marcia.avruch@br.pwc.com Pages 4 Receita do Network PwC cresce

Leia mais

SEMINÁRIO ANDIFES. Ana Gabas Assessora do Ministro Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI

SEMINÁRIO ANDIFES. Ana Gabas Assessora do Ministro Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI SEMINÁRIO ANDIFES Ana Gabas Assessora do Ministro Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI Brasília, 13 de março de 2012 Percentual do PIB aplicado em C,T&I Comparação Internacional Fontes: Main

Leia mais

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ 2009 Índice Introdução...3 O que é Base Tecnológica?...3 O que é o Programa de Incubação?...3 Para quem é o Programa de Incubação?...4 Para que serve o

Leia mais

INFORMATIVO DO DEREX JANEIRO DE 2015

INFORMATIVO DO DEREX JANEIRO DE 2015 INFORMATIVO DO DEREX JANEIRO DE 2015 SUMÁRIO Sumário CONHEÇA O DEREX 1 PLEITOS DA INDÚSTRIA 1 Acompanhamento legislativo de matérias da indústria...1 Propostas para alavancar as exportações...1 ANÁLISE

Leia mais

PROJETO EXPORTAR BRASIL

PROJETO EXPORTAR BRASIL CNPJ: 10692.348/0001-40 PROJETO EXPORTAR BRASIL Apresentação da GS Educacional A GS Educacional faz parte de um grupo que trabalha há vários anos com cursos e serviços na área de comércio exterior e vem

Leia mais

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS Ensinar para administrar. Administrar para ensinar. E crescermos juntos! www.chiavenato.com GESTÃO E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS Para Onde Estamos Indo? Idalberto Chiavenato Algumas empresas são movidas

Leia mais

COMUNICADO CONJUNTO POR OCASIÃO DO ENCONTRO DA PRESIDENTA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, DILMA ROUSSEFF, COM O PRIMEIRO-MINISTRO

COMUNICADO CONJUNTO POR OCASIÃO DO ENCONTRO DA PRESIDENTA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, DILMA ROUSSEFF, COM O PRIMEIRO-MINISTRO COMUNICADO CONJUNTO POR OCASIÃO DO ENCONTRO DA PRESIDENTA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, DILMA ROUSSEFF, COM O PRIMEIRO-MINISTRO DO REINO UNIDO, DAVID CAMERON - BRASÍLIA, 28 DE SETEMBRO DE 2012 No

Leia mais

Suíça e Brasil Relações econômicas e perspectivas

Suíça e Brasil Relações econômicas e perspectivas 5ª Oficina de Trabalho Rede Nacional de Informações sobre o Investimento Manaus, 30 de agosto de 2006 Suíça e Brasil Relações econômicas e perspectivas Olivier Zehnder Primeiro Secretário Embaixada da

Leia mais

Maximize o desempenho das suas instalações. Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil

Maximize o desempenho das suas instalações. Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil Maximize o desempenho das suas instalações Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil Sua empresa oferece um ambiente de trabalho com instalações eficientes e de qualidade? Como você consegue otimizar

Leia mais

O ECOSSISTEMA DA INDÚSTRIA SUÍÇA UMA PLATAFORMA DE NEGOCIOS

O ECOSSISTEMA DA INDÚSTRIA SUÍÇA UMA PLATAFORMA DE NEGOCIOS O ECOSSISTEMA DA INDÚSTRIA SUÍÇA UMA PLATAFORMA DE NEGOCIOS O que você sabe sobre a Suíça? Roger Federer Chocolates Relógios de luxo 2 O que você também deve saber Hotspot para Pesquisa e Desenvolvimento

Leia mais

Como ter sucesso no matchmaking entre as PMEs brasileiras e britânicas UKTI no Brasil. Richard Turner 28 de agosto de 2014

Como ter sucesso no matchmaking entre as PMEs brasileiras e britânicas UKTI no Brasil. Richard Turner 28 de agosto de 2014 Como ter sucesso no matchmaking entre as PMEs brasileiras e britânicas UKTI no Brasil Richard Turner 28 de agosto de 2014 1 UK Trade & Investment (UKTI) UKTI é uma organização internacional que dá apoio

Leia mais

Controles Internos e Governança de TI. Charles Holland e Gianni Ricciardi

Controles Internos e Governança de TI. Charles Holland e Gianni Ricciardi Controles Internos e Governança de TI Para Executivos e Auditores Charles Holland e Gianni Ricciardi Alguns Desafios da Gestão da TI Viabilizar a inovação em produtos e serviços do negócio, que contem

Leia mais

Cooperação Técnica para Modernização dos Serviços Relativos à Propriedade Industrial

Cooperação Técnica para Modernização dos Serviços Relativos à Propriedade Industrial Programa 0393 PROPRIEDADE INTELECTUAL Objetivo Garantir a propriedade intelectual e promover a disseminação de informações, visando estimular e diversificar a produção e o surgimento de novas tecnologias.

Leia mais

Plano Brasil Maior 2011/2014

Plano Brasil Maior 2011/2014 Plano Brasil Maior 2011/2014 Inovar para competir. Competir para crescer 1ª. Reunião do Conselho de Competitividade Serviços Brasília, 12 de abril de 2012 Definições O PBM é: Uma PI em sentido amplo: um

Leia mais

Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial

Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial NAÇÕES UNIDAS PACTO GLOBAL O que é o Pacto Global da ONU? Nunca houve um alinhamento tão perfeito entre os objetivos da comunidade internacional e os do

Leia mais