CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o"

Transcrição

1 EMENTA: Direito Tributário. Tributos. Conceitos e limitações ao poder de tributar. Competência e Legislação Tributária. Interpretação e integração da norma tributária. I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. O Direito Tributário como ramo do direito público; 1.2. Atividade financeira do Estado; 1.3. Definição de tributo: Prestação pecuniária, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir; Prestação compulsória; Prestação que não constitui sanção de ato ilícito; Prestação instituída em lei; Prestação cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada; 1.4. Os tributos em espécies: A determinação da natureza jurídica específica do tributo; Os impostos: A criação dos impostos; Os impostos e o princípio da capacidade contributiva; As taxas: Taxas de polícia; Taxas de serviço; A base de cálculo das taxas; Taxas e preços públicos notas distintivas; As contribuições de melhoria; Os empréstimos compulsórios: Competência, casos e forma de instituição; Destinação da arrecadação; Restituição; As contribuições especiais: Contribuições sociais; Contribuições de seguridade social e outras contribuições sociais; Contribuições gerais; Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico CIDE; Contribuições de interesse das categorias profissionais ou econômicas Contribuições corporativas; Contribuição sindical; Contribuições corporativas para o custeio das entidades de fiscalização do exercício de profissões regulamentadas; A Contribuição de Iluminação Pública COSIP; 1.5. Classificações doutrinárias dos tributos: Quanto à discriminação das rendas por competência: federais, estaduais ou municipais; Quanto ao exercício da competência impositiva: privativos, comuns e residuais; Quanto à finalidade: fiscais, extrafiscais e parafiscais; Quanto à hipótese de incidência: vinculados e não vinculados; Quanto ao destino da arrecadação: da arrecadação vinculada e da arrecadação não vinculada; Quanto à possibilidade de repercussão do encargo econômico-financeiro: direitos e indiretos; Quanto aos aspectos objetivos e subjetivos da hipótese de incidência: reais e pessoais ; Quanto às bases econômicas de incidência - a classificação do CTN; II LIMITAÇÕES CONSTITUCIONAIS AO PODER DE TRIBUTAR 1

2 2.1. A relação tributária como relação jurídica; 2.2. As garantias como rol não exaustivo; 2.3. Quando as garantias configuram cláusulas pétreas: As limitações que constituem garantias individuais do contribuinte; As limitações que constituem proteção a outras cláusulas pétreas; 2.4. Princípios ou regras? 2.5. A legalidade: Demais matérias sujeitas à reserva legal; Exceções ao princípio; Legalidade e medida delegação legislativa; Legalidade e medida provisória; 2.6. Princípio da isonomia: Acepções do princípio; A isonomia tributária na jurisprudência do supremo Tribunal Federal: A contribuição previdenciária dos servidores inativos discriminação de servidores de diferentes esferas; Discriminação com base na função ou ocupação exercida; Discriminação entre as empresas lucrativas e deficitárias; AO SIMPLES discriminação entre empresas com base na atividade exercida; Isonomia e capacidade contributiva; 2.7. O princípio da não surpresa: Princípio da irretroatividade: Irretroatividade e CSLL; Irretroatividade e IR; Princípio da anterioridade do exercício financeiro: Exceções à anterioridade do exercício financeiro; Anterioridade e revogação de isenções; Anterioridade e medidas provisórias; Princípio da anterioridade nonagesimal ou noventena: Noventena e medidas provisórias; Exceções à noventena; 2.8. Princípio do não confisco: A configuração de confisco; Perspectivas dinâmicas e estáticas da tributação do patrimônio; Pena de perdimento e confisco; Taxas e princípio do não confisco; Multas e princípio do não confisco; 2.9. Princípio da liberdade de tráfego; Vedações específicas à União a proteção ao pacto federativo: O princípio da uniformidade geográfica da tributação; Vedação à utilização do IR como instrumento de concorrência desleal princípio da uniformidade da tributação da renda; Princípio da vedação às isenções heterônomas: Isenções heterônomas constitucionalmente permitidas; O caso da isenção decorrente de tratado internacional; Princípio da não discriminação baseada em procedência ou destino; Exigência de lei específica para concessão de benefícios ficais; Imunidades: Diferenciação de institutos assemelhados; Imunidades e isenções; Classificações doutrinárias das imunidades tributárias: Quanto ao parâmetro para a concessão: imunidades subjetivas, objetivas e mistas; Quanto à origem: ontológicas e políticas; Quanto ao alcance: gerais e específicas; 2

3 Quanto à forma de previsão: explícitas e implícitas; Quanto à necessidade de regulamentação: incondicionadas e condicionadas; As imunidades em espécie: A imunidade tributária recíproca; A imunidade tributária religiosa; A imunidade tributária dos partidos políticos, sindicatos de trabalhadores e entidades educacionais e assistenciais sem fins lucrativos; A imunidade tributária cultural; Demais imunidades previstas na CF/88 III - COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA E LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA 3.1. Competência para legislar sobre direito tributário e competência tributária diferenças: Competência para legislar sobre direito tributário: O Código Tributário Nacional como norma geral em matéria tributária teoria da recepção; A regulação das limitações constitucionais ao poder de tributar; As disposições sobre conflitos de competência; Competência tributária; A repartição da competência tributária: A competência tributária privativa; A competência tributária comum; Competência tributária cumulativa; Bitributação e bis in idem: Bis in idem; Bitributação; 3.2. Legislação Tributária: As leis: A lei em sentido estrito; As medidas provisórias; As leis delegadas; As resoluções do Senado Federal; Os decretos legislativos; Os decretos-leis; Tratados e convenções internacionais: O art. 98 do CTN: O impacto do tratado sobre o direito interno; Os tratados internacionais e a legislação tributária superveniente a visão do STF; Tratados normativos e contratuais e a legislação tributária superveniente a visão do STJ; O acordo Geral sobre Tarifas e Comércio (GATT); Os decretos; As normas complementares: Os atos normativos expedidos pelas autoridades administrativas; As decisões dos órgãos coletivos e singulares de jurisdição administrativa a que a lei atribua eficácia normativa; As práticas reiteradamente observadas pelas autoridades administrativas; Os convênios que entre si venham a celebrar União, os Estados, O Distrito Federal e os Municípios; 3.3 Vigência e aplicação da Legislação tributária: Validade, vigência e eficácia noções gerais; Vigência da legislação tributária no CTN: Vigência espacial: A extraterritorialidade prevista em convênio de cooperação; A extraterritorialidade prevista em norma geral nacional; Vigência temporal; O art. 104 do CTN e o princípio da anterioridade; 3

4 Aplicação da legislação tributária: Princípio da irretroatividade no CTN; Exceções legais ao princípio da irretroatividade: A lei expressamente interpretativa; A lei mais benéfica acerca de infrações e penalidades IV INTERPRETAÇÃO E INTEGRAÇÃO DA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA 4.1. Noções gerais de interpretação; 4.2. Critérios de interpretação: Interpretação quanto à fonte; Interpretação quanto aos efeitos ou resultados; 4.3. Interpretação da Legislação Tributária no código Tributário Nacional: A interpretação necessariamente literal de determinados institutos; A interpretação benigna em matéria de infrações; Princípios de direito privado e princípios de direito público; 4.4. O princípio do pecúnia non olet; 4.5. Integração da Legislação Tributária: Discricionariedade interpretativa e limitações ao uso das técnicas de integração. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: AMARO, Luciano. Direito Tributário Brasileiro. 11.ed.rev.atu. São Paulo: Saraiva, CARVALHO, Paulo de Barros. Curso de Direito Tributário. 18.ed.atu. São Paulo: Saraiva, SABBAG, Eduardo. Manual de Direito Tributário. 5.ed. São Paulo: Saraiva, COMPLEMENTAR: EDITORA SARAIVA. Vade Mecum Saraiva. 15.ed.atu.amp. São Paulo: Saraiva, 2013 COÊLHO, Sacha Calmon Navarro. Curso de Direito Tributário Brasileiro. 9.ed.rev.atu. Rio de Janeiro: Forense, KFOURI JR., Anis. Curso de Direito Tributário. 2.ed. São Paulo: Saraiva,

5 5

OAB 1ª Fase Direito Tributário Giuliano Menezes

OAB 1ª Fase Direito Tributário Giuliano Menezes OAB 1ª Fase Direito Tributário Giuliano Menezes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. DIREITO TRIBUTÁRIO RECEITAS ORIGINÁRIAS RECEITAS DERIVADAS OBJETO DE ESTUDO

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE MATHEUS BRITO MEIRA GUIA DE ESTUDOS Aracaju 2014 BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS 1 Matheus Brito Meira 2 No

Leia mais

DIREITO FINANCEIRO JULIANA BRAGA

DIREITO FINANCEIRO JULIANA BRAGA DIREITO FINANCEIRO JULIANA BRAGA CONCEITO DE DIREITO FINANCEIRO CONCEITO DE DIREITO FINANCEIRO Ciência das Finanças: estuda o fenômeno financeiro em geral, seus aspectos econômico,social; trata-se de uma

Leia mais

Direito Tributário Revisão Final

Direito Tributário Revisão Final Direito Tributário Revisão Final Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Tributo (Conceito): Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que

Leia mais

OAB 140º - 1ª Fase Extensivo Final de Semana Disciplina: Direito Tributário Professor Alessandro Spilborghs Data: 10/10/2009

OAB 140º - 1ª Fase Extensivo Final de Semana Disciplina: Direito Tributário Professor Alessandro Spilborghs Data: 10/10/2009 TEMAS ABORDADOS EM AULA Aula 2: Princípios (continuação), Imunidade Tributaria. I. PRINCÍPIOS 1. Irretroatividade - Art. 150, III a CF A Lei Tributária não se aplica há fatos geradores anteriores a data

Leia mais

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21 TÍTULO I Dos Princípios Fundamentais... 21 TÍTULO II Dos Direitos e Garantias

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO Parte II. Manaus, abril de 2013 Jorge de Souza Bispo, Dr. 1

DIREITO TRIBUTÁRIO Parte II. Manaus, abril de 2013 Jorge de Souza Bispo, Dr. 1 DIREITO TRIBUTÁRIO Parte II Manaus, abril de 2013 Jorge de Souza Bispo, Dr. 1 TRIBUTO Definido no artigo 3º do CTN como sendo toda prestação pecuniária compulsória (obrigatória), em moeda ou cujo valor

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSOR-AUTOR: Evandro Sérgio Lopes da Silva APRESENTAÇÃO

DIREITO TRIBUTÁRIO. NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSOR-AUTOR: Evandro Sérgio Lopes da Silva APRESENTAÇÃO NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSOR-AUTOR: Evandro Sérgio Lopes da Silva DIREITO TRIBUTÁRIO APRESENTAÇÃO O curso tem por objetivo principal abordar a teoria geral e os conceitos básicos

Leia mais

Prof. Dr. Silvio Aparecido Crepaldi www.professorcrepaldi.pro.br Página 1

Prof. Dr. Silvio Aparecido Crepaldi www.professorcrepaldi.pro.br Página 1 PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS Questões de múltipla escolha 01) Do princípio da legalidade tributária decorre a inconstitucionalidade: A. da lei que confere tratamento diferenciado a contribuintes

Leia mais

Sumário. Parte I - CAP 01 - Tributo Conceitos e Espécies Parte I - CAP 02 - Competência Tributária 2.1 Repartição das receitas tributárias 18

Sumário. Parte I - CAP 01 - Tributo Conceitos e Espécies Parte I - CAP 02 - Competência Tributária 2.1 Repartição das receitas tributárias 18 Parte I - CAP 01 - Tributo Conceitos e Espécies Parte I - CAP 02 - Competência Tributária 2.1 Repartição das receitas tributárias 18 2.2 Exercício da competência tributária 20 Parte I - CAP 03 - Princípios

Leia mais

Prefeitura Municipal de Guarapuava Exercicio de 2016 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Natureza Codigo Especificacao

Prefeitura Municipal de Guarapuava Exercicio de 2016 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Natureza Codigo Especificacao 1.0.0.0.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 327.198.765,92 1.1.0.0.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 54.932.798,74 1.1.1.0.00.00.00.00 IMPOSTOS 46.219.482,29 1.1.1.2.00.00.00.00 IMPOSTOS SOBRE O PATRIMONIO E A

Leia mais

Direito Tributário Nacional: Princípios Constitucionais Tributários. Fontes do Direito

Direito Tributário Nacional: Princípios Constitucionais Tributários. Fontes do Direito PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professor: Leandro Chiarello de Souza E-MAIL: leandrosouza@conection.com.br Período/ Fase: 5ª

Leia mais

II - Fontes do Direito Tributário

II - Fontes do Direito Tributário II - Fontes do Direito Tributário 1 Fontes do Direito Tributário 1 Conceito 2 - Classificação 3 - Fontes formais 3.1 - principais 3.2 complementares 4 Doutrina e jurisprudência 2 1 - Conceito As fontes

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. TRIBUTO Unidade 4

DIREITO TRIBUTÁRIO. TRIBUTO Unidade 4 DIREITO TRIBUTÁRIO TRIBUTO Unidade 4 TRIBUTO Conceito É uma prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e

Leia mais

2.1.3. CLASSIFICAÇÃO DOUTRINÁRIA DA COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA. Cuida, primeiramente, destacar que não há um consenso, entre os autores, para essa

2.1.3. CLASSIFICAÇÃO DOUTRINÁRIA DA COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA. Cuida, primeiramente, destacar que não há um consenso, entre os autores, para essa 2.1.3. CLASSIFICAÇÃO DOUTRINÁRIA DA COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA Cuida, primeiramente, destacar que não há um consenso, entre os autores, para essa classificação, entretanto, apresentaremos a seguir aquela que

Leia mais

Unidade II. A afirmação pode ser comprovada da leitura do dispositivo transcrito:

Unidade II. A afirmação pode ser comprovada da leitura do dispositivo transcrito: Unidade II 4 IMUNIDADES TRIBUTÁRIAS A Constituição Federal proíbe a instituição de impostos sobre certas pessoas ou situações. Baleeiro (1976, p. 87) ensina que imunidades tributárias são: vedações absolutas

Leia mais

O presente artigo tem como objetivo oferecer algumas impressões acerca de ambas as questões supracitadas.

O presente artigo tem como objetivo oferecer algumas impressões acerca de ambas as questões supracitadas. DECRETO Nº 8.426/2015 PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS VICTOR HUGO MARCÃO CRESPO advogado do Barbosa, Mussnich Aragão 1. INTRODUÇÃO LETÍCIA PELISSON SENNA pós-graduada em direito tributário pela PUC/SP

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE MATHEUS BRITO MEIRA GUIA DE ESTUDOS Aracaju 2013 BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE O DIREITO TRIBUTÁRIO. INTRODUÇÃO À DISCIPLINA 1 Matheus Brito Meira

Leia mais

CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22

CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22 CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22 1.3.1 CARACTERÍSTICAS DA COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...25 1.3.1.1 INDELEGABILIDADE...25 1.3.1.2

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professores: Cássio Furlan cassiofurlan@yahoo.com.br Período/ Fase: 6ª Semestre: 2º Ano: 2012

Leia mais

Comentários às questões de Direito Tributário da Prova de Analista de Planejamento e Orçamento APO /2010 Professor Alex Sandro.

Comentários às questões de Direito Tributário da Prova de Analista de Planejamento e Orçamento APO /2010 Professor Alex Sandro. 1 Saudações, caros alunos. Seguem abaixo os comentários sobre as questões de Direito Tributário abordadas na Prova de Analista de Planejamento e Orçamento aplicada no último dia 28/02/2010. 56- A lei que

Leia mais

SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO E PREMISSAS

SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO E PREMISSAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO E PREMISSAS 1.1 Justificativa - p. 51 1.2 Objetivo - p. 53 1.3 Pressuposto metodológico e delimitação do objeto - p. 54 1.4 O fenômeno jurídico - p. 58 1.4.1 Direito e regra jurídica

Leia mais

Fiscal - quando seu principal objetivo é a arrecadação de recursos financeiros para o Estado.

Fiscal - quando seu principal objetivo é a arrecadação de recursos financeiros para o Estado. TRIBUTO Conceito: É toda prestação pecuniária, compulsória, em moeda ou cujo valor nela possa se exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa

Leia mais

- lei ordinária: regra - lei complementar: empréstimos compulsórios e contribuição para a seguridade social. - bitributação X bis in idem

- lei ordinária: regra - lei complementar: empréstimos compulsórios e contribuição para a seguridade social. - bitributação X bis in idem I. SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL 1. COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA - lei ordinária: regra - lei complementar: empréstimos compulsórios e contribuição para a seguridade social vide arts. 146 e 148 da CF vide arts.

Leia mais

Direito Tributário Impostos Federais

Direito Tributário Impostos Federais Direito Tributário Impostos Federais Professora Lílian Souza Advogada e Consultora Especialista em Direito Tributário Impostos Federais Art. 153, e 154, CF; II, IE, IR, IPI, IOF, ITR, IGF impostos ordinários;

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: DIREITO TURMA: 8º SEMESTRE/NOTURNO DISCIPLINA: DIREITO

Leia mais

ÍNDICE VOLUME 1. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português...

ÍNDICE VOLUME 1. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português... Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia TJ/RO Técnico Judiciário ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS BÁSICOS LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (literário e não

Leia mais

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE TRIBUTÁRIO FCC

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE TRIBUTÁRIO FCC CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE TRIBUTÁRIO FCC 1- (FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO) - Analista Judiciário - Área Judiciária Admite-se constitucionalmente a bitributação e o bis in idem na seguinte hipótese:

Leia mais

Princípios Constitucionais do Direito Tributário

Princípios Constitucionais do Direito Tributário 1 Princípios Constitucionais do Direito Tributário Maria Bernadete Miranda Mestre em Direito das Relações Sociais, sub-área Direito Empresarial, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenadora

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÃMPUS JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÃMPUS JATAÍ PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO Unidade Acadêmica: Câmpus Jataí Curso: Direito Disciplina: Direito Tributário II Carga horária semestral: 64 horas Semestre/ano: 2º semestre de 2013 Turma/Turno: 2798/A

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO GFSJ08 - LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO GFSJ08 - LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Departamento / Setor ADMINISTRAÇÃO Nome da Disciplina GFSJ08

Leia mais

Maratona Fiscal ISS Direito tributário

Maratona Fiscal ISS Direito tributário Maratona Fiscal ISS Direito tributário 1. São tributos de competência municipal: (A) imposto sobre a transmissão causa mortis de bens imóveis, imposto sobre a prestação de serviço de comunicação e imposto

Leia mais

tributo e suas espécies

tributo e suas espécies CAPÍTULO I Direito Tributário, tributo e suas espécies Sumário 1. Breve introdução ao Direito Tributário 2. Tributo 3. Espécies tributárias: 3.1. Impostos; 3.2. Taxas; 3.3. Contribuição de melhoria; 3.4.

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO TRIBUTÁRIO IBET/JPA. Processo Seletivo. Candidato (a):

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO TRIBUTÁRIO IBET/JPA. Processo Seletivo. Candidato (a): CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO TRIBUTÁRIO IBET/JPA Processo Seletivo Candidato (a): Instruções: - DURAÇÃO DA PROVA: 2 horas (10:00 às 12:00); Será anulada a questão cuja resposta contiver emenda ou

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE 1 Teoria Geral da Constituição / Separação de Poderes 2 Direitos e deveres individuais e coletivos 3 Nacionalidade 4 Direitos políticos/ Partidos Políticos 5 Organização Político-Administrativa 6 Poder

Leia mais

A análise constitucional das taxas de coleta domiciliar de lixo e de limpeza

A análise constitucional das taxas de coleta domiciliar de lixo e de limpeza www.apd.adv.br +55 (27) 3019-3993 A análise constitucional das taxas de coleta domiciliar de lixo e de limpeza pública. RESUMO: O presente artigo tem por finalidade abordar a temática constitucional que

Leia mais

Limitações Constitucionais. Princípios Constitucionais Tributários. do Poder de Tributar. CAPÍTULO 2 QUESTÕES DO CAPÍTULO 2

Limitações Constitucionais. Princípios Constitucionais Tributários. do Poder de Tributar. CAPÍTULO 2 QUESTÕES DO CAPÍTULO 2 CAPÍTULO 2 Limitações Constitucionais do Poder de Tributar. Princípios Constitucionais Tributários. QUESTÕES DO CAPÍTULO 2 1. (FCC/Procurador de Contas/TCE/MG/2007) Obedece ao princípio da anterioridade

Leia mais

1º SIMULADO DO SABBAG

1º SIMULADO DO SABBAG 1º SIMULADO DO SABBAG TURMA DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL Caros Alunos do Curso DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL: este é o primeiro simulado do nosso projeto de estudo. Ele versa sobre os princípios tributários

Leia mais

Capacitação Livre em Direito Tributário

Capacitação Livre em Direito Tributário Capacitação Livre em Direito Tributário Rede LFG - Comércio S.E SERVICOS EDUCACIONAIS LTDA - ME CNPJ: 10.220.574/0001-29 Rua dos Algibebes, 26 COMÉRCIO, CEP: 40015-060/SALVADOR - BA Contato: Lauana Fontenele

Leia mais

Sumário. Coleção Sinopses para Concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Apresentação... 17 Prefácio... 19. Parte I TRIBUTOS EM ESPÉCIE

Sumário. Coleção Sinopses para Concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Apresentação... 17 Prefácio... 19. Parte I TRIBUTOS EM ESPÉCIE Sumário Coleção Sinopses para Concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Apresentação... 17 Prefácio... 19 Parte I TRIBUTOS EM ESPÉCIE Capítulo I IMPOSTO... 25 1. Imposto... 27 1.1. Sínteses das

Leia mais

RESUMIDAMENTE ESTAS SÃO AS DIFERENÇAS BÁSICAS ENTRE A CLASSIFICAÇÃO DOS TRIBUTOS:

RESUMIDAMENTE ESTAS SÃO AS DIFERENÇAS BÁSICAS ENTRE A CLASSIFICAÇÃO DOS TRIBUTOS: DIFERENÇAS BÁSICAS ENTRE A CLASSIFICAÇÃO DOS TRIBUTOS Não existe posicionamento formal de nosso Supremo Tribunal Federal acerca da quantidade de espécies tributárias vigentes hoje em dia, alguns autores

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professores: Cássio Furlan cassiofurlan@yahoo.com.br Período/ Fase: 7ª Semestre: 2º Ano: 2012

Leia mais

AS QUESTÕES DA DEFESA E O CONGRESSO NACIONAL

AS QUESTÕES DA DEFESA E O CONGRESSO NACIONAL AS QUESTÕES DA DEFESA E O CONGRESSO NACIONAL João Paulo Batista Botelho Consultor Legislativo do Senado Federal 10/4/2014 OBJETIVO Apresentar aspectos gerais do Poder Legislativo brasileiro e seu papel

Leia mais

Direito Tributário Introdução, Normas Gerais, Tributos e Espécies e Competência Tributária

Direito Tributário Introdução, Normas Gerais, Tributos e Espécies e Competência Tributária Direito Tributário Introdução, Normas Gerais, Tributos e Espécies e Competência Tributária Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Ordenamento Jurídico- Tributário 1.Constituição Federal, Título

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS OU PARAFISCAIS (Art.149 c/c 195, CF)

CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS OU PARAFISCAIS (Art.149 c/c 195, CF) CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS OU PARAFISCAIS (Art.149 c/c 195, CF) Prof. Alberto Alves www.editoraferreira.com.br O art. 149, caput, da Lei Maior prescreve a possibilidade de a União instituir Contribuições

Leia mais

1. DIREITO TRIBUTÁRIO

1. DIREITO TRIBUTÁRIO 1. DIREITO TRIBUTÁRIO Definição de Direito Tributário: Ramo didaticamente autônomo do Direito que Disciplina a criação, arrecadação e fiscalização dos tributos (V.FURLAN: 01). Direito Tributário x Ciência

Leia mais

Nota à 30a edição, xxix Prefácio à 1a edição, xxxi

Nota à 30a edição, xxix Prefácio à 1a edição, xxxi Nota à 30a edição, xxix Prefácio à 1a edição, xxxi 1 DIREITO CONSTITUCIONAL, 1 1 Constitucionalismo, 1 1.1 Estado Constitucional: Estado de Direito e Estado Democrático, 2 2 Conceito de Constituição, 6

Leia mais

Direito Tributário Constitucional

Direito Tributário Constitucional Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Tributário Direito Tributário Constitucional Carga Horária: 32 h/a 1- Ementa Repartição

Leia mais

PREFEITURA DE LEBON RÉGIS SC CONCURSO PÚBLICO

PREFEITURA DE LEBON RÉGIS SC CONCURSO PÚBLICO EDITAL 01/2016 - ERRATA 02 PREFEITURA DE LEBON RÉGIS SC CONCURSO PÚBLICO A Comissão do Concurso Público torna pública a ERRATA 02que altera o Edital de abertura e os Anexos I, II e III. EDITAL DE ABERTURA

Leia mais

Dando prosseguimento à aula anterior, neste encontro, encerraremos o

Dando prosseguimento à aula anterior, neste encontro, encerraremos o Dando prosseguimento à aula anterior, neste encontro, encerraremos o art.195, CF, comentando os seus principais parágrafos, para fins de concurso público! Alberto Alves www.editoraferreira.com.br 1º As

Leia mais

OAB 140º - 1ª Fase Extensivo Semanal Disciplina: Direito Tributário Professor Alexandre Mazza Data: 08/09/2009

OAB 140º - 1ª Fase Extensivo Semanal Disciplina: Direito Tributário Professor Alexandre Mazza Data: 08/09/2009 TEMAS ABORDADOS EM AULA 4ª Aula: Impostos (continuação), Impostos Residuais e Extraordinários de Guerra, Taxa e Tarifa, Contribuição de Melhoria, Empréstimos Compulsórios. Comentário Exame 138: Recomenda-se

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO E SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL - CESPE/UNB. Apresentação & Objetivos

DIREITO TRIBUTÁRIO E SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL - CESPE/UNB. Apresentação & Objetivos DIREITO TRIBUTÁRIO E SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL - CESPE/UNB Apresentação & Objetivos O QUE É SISTEMA TRIBUTÁRIO? A IMPORTÂNCIA DO STN PARA A FEDERAÇÃO; CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS TRIBUTÁRIOS. ATRIBUIÇÃO

Leia mais

11. Ciclo de Gestão do Governo Federal

11. Ciclo de Gestão do Governo Federal Marco Legal: Constituição de 1988 11. Ciclo de Gestão do Governo Federal Instrumentos: Planejamento Orçamento Finanças Controle LDO PPA LOA Elementos Normativos: Plano Plurianual - PPA, Lei de Diretrizes

Leia mais

AULA 06. ESPÉCIES TRIBUTÁRIAS (cont.) Empréstimo compulsório (cont.) Recepção do art.15 do CTN. Dispõe o art.15 do CTN:

AULA 06. ESPÉCIES TRIBUTÁRIAS (cont.) Empréstimo compulsório (cont.) Recepção do art.15 do CTN. Dispõe o art.15 do CTN: Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Direito Tributário / Aula 06 Professor: Mauro Luís Rocha Lopes Monitora: Mariana Simas de Oliveira AULA 06 CONTEÚDO DA AULA: (Continuação de espécies tributárias).

Leia mais

Sumário. Questões CAPÍTULOS I E II... 43 1. Questões comentadas... 43 2. Questões de concurso... 47

Sumário. Questões CAPÍTULOS I E II... 43 1. Questões comentadas... 43 2. Questões de concurso... 47 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 11 Capítulo I DIREITO TRIBUTÁRIO, TRIBUTO E SUAS ESPÉCIES... 13 1. Breve introdução ao Direito Tributário... 13 2. Tributo... 14 3. Espécies tributárias... 16 3.1. Impostos...

Leia mais

Tributos www.planetacontabil.com.br

Tributos www.planetacontabil.com.br Tributos www.planetacontabil.com.br 1 Conceitos 1.1 Art. 3º do CTN (Disposições Gerais) Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não constitua

Leia mais

ANEXO 2 da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964 Exercício de 2015 DEMONSTRAÇÃO DA RECEITA POR CATEGORIA ECONÔMICA

ANEXO 2 da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964 Exercício de 2015 DEMONSTRAÇÃO DA RECEITA POR CATEGORIA ECONÔMICA 100000000000 RECEITAS CORRENTES 14.567.731,50 110000000000 RECEITA TRIBUTARIA 267.991,50 111000000000 IMPOSTOS 111200000000 IMPOSTOS SOBRE O PATRIMONIO E A RENDA 111202000000 IPTU - DO EXERCICIO 111202010000

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA IV - OBJETIVOS ARTEC. I Curso DIREITO. II Disciplina DIREITO E LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA I (D-53) III.

PROGRAMA DE DISCIPLINA IV - OBJETIVOS ARTEC. I Curso DIREITO. II Disciplina DIREITO E LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA I (D-53) III. PROGRAMA DE DISCIPLINA I Curso DIREITO II Disciplina DIREITO E LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA I (D-53) III. PRÉ-Requisito DIREITO FINANCEIRO ECONOMICO (D-46) Área: Ciências Sociais Ano: 2013.1 IIII Ementa Período:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO FICHA DE RESPOSTA AO RECURSO CARGO: TÉCNICO DA FAZENDA MUNICIPAL

CONCURSO PÚBLICO FICHA DE RESPOSTA AO RECURSO CARGO: TÉCNICO DA FAZENDA MUNICIPAL CARGO: TÉCNICO DA FAZENDA MUNICIPAL QUESTÃO Nº 13 Gabarito divulgado: D Mantemos o gabarito apresentado na alternativa D. A candidata indicou a alternativa correta, ou seja a alternativa D. Recurso improcedente.

Leia mais

b) custeio geral da administração e das atividades públicas. Em regra, sem vinculações a órgão, fundo ou despesa

b) custeio geral da administração e das atividades públicas. Em regra, sem vinculações a órgão, fundo ou despesa UNIDADE VII 1. IMPOSTOS a) definição legal (tributo não-vinculado) b) custeio geral da administração e das atividades públicas. Em regra, sem vinculações a órgão, fundo ou despesa c) pessoalidade, em regra

Leia mais

SUMÁRIO. I. Sistema tributário nacional. 1. Introdução ao estudo do direito tributário atual - p. 12

SUMÁRIO. I. Sistema tributário nacional. 1. Introdução ao estudo do direito tributário atual - p. 12 SUMÁRIO I. Sistema tributário nacional 1. Introdução ao estudo do direito tributário atual - p. 12 2. Linguagem, direito tributário e ciência do direito tributário - p. 17 3. Noções acerca do sistema tributário

Leia mais

Direito Tributário Espécies de Tributos Contribuições de Melhoria, Empréstimos Compulsórios e Contribuições Especiais

Direito Tributário Espécies de Tributos Contribuições de Melhoria, Empréstimos Compulsórios e Contribuições Especiais Direito Tributário Espécies de Tributos Contribuições de Melhoria, Empréstimos Compulsórios e Contribuições Especiais Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Contribuições de Melhoria A contribuição

Leia mais

Exceção: Art. 156, 3º, II, CF c/c LC 116/03 Vedação da incidência de ISS na exportação de serviços para o exterior.

Exceção: Art. 156, 3º, II, CF c/c LC 116/03 Vedação da incidência de ISS na exportação de serviços para o exterior. Turma e Ano: Direito Público I (2013) Matéria / Aula: Direito Tributário / Aula 12 Professor: Mauro Lopes Monitora: Carolina Meireles (continuação) 8) Princípio da vedação de isenção heterônoma Art. 151,

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO I

DIREITO TRIBUTÁRIO I EMPRÉSTIMO COMPULSÓRIO E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS Questões de múltipla escolha 01) Sobre as contribuições parafiscais, assinale a alternativa correta: A. As contribuições de intervenção no domínio econômico

Leia mais

Direito Tributário (aula 4) Material confeccionado pelo Prof. Mauro Luís Rocha Lopes (especial para os alunos do Master Juris)

Direito Tributário (aula 4) Material confeccionado pelo Prof. Mauro Luís Rocha Lopes (especial para os alunos do Master Juris) MAGISTRATURA FEDERAL - 2014 Direito Tributário (aula 4) Material confeccionado pelo Prof. Mauro Luís Rocha Lopes (especial para os alunos do Master Juris) Jurisprudência recente PEDÁGIO PREÇO PÚBLICO O

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Direito Tributário... 1

Sumário. Capítulo 1 Direito Tributário... 1 Sumário Capítulo 1 Direito Tributário... 1 1.1. Introdução... 1 1.2. Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar... 1 1.3. Princípios Constitucionais Tributários... 2 1.3.1. Princípio da legalidade

Leia mais

IMUNIDADE TRIBUTÁRIA NA VISÃO DO STF E STJ

IMUNIDADE TRIBUTÁRIA NA VISÃO DO STF E STJ IMUNIDADE TRIBUTÁRIA NA VISÃO DO STF E STJ Sequência da Palestra Tempo da Palestra: 1 hora 1ª Parte: Expositiva 2ª Parte: Perguntas e comentários FUNDAÇÕES DE APOIO LEI 8.958/94 Definição Artigo 2º INSTITUIÇÃO

Leia mais

Sumário. 1.3.2. Exceções ao princípio da legalidade tributária. 1.3.3.1. Exceções ao princípio da anterioridade anual

Sumário. 1.3.2. Exceções ao princípio da legalidade tributária. 1.3.3.1. Exceções ao princípio da anterioridade anual Sumário CAPÍTULO 1 DIREITO TRIBUTÁRIO 1.1. Introdução 1.2. Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar 1.3. Princípios Constitucionais Tributários 1.3.1. Princípio da legalidade tributária 1.3.2. Exceções

Leia mais

Direito Tributário Exercícios Aula 2

Direito Tributário Exercícios Aula 2 Direito Tributário Exercícios Aula 2 Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com (PGE.RN.2001.FCC.47) São causas extintivas do crédito tributário, segundo o Código Tributário Nacional: a) o pagamento,

Leia mais

RECURSOS DIREITO TRIBUTÁRIO- ALEXANDRE LUGON PROVA 2 ATRFB (ÁREA GERAL) -DIREITO TRIBUTÁRIO

RECURSOS DIREITO TRIBUTÁRIO- ALEXANDRE LUGON PROVA 2 ATRFB (ÁREA GERAL) -DIREITO TRIBUTÁRIO RECURSOS DIREITO TRIBUTÁRIO- ALEXANDRE LUGON QUESTÃO 1 1 - Responda às perguntas abaixo e em seguida assinale a opção correta. I. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios cobrar

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: DIREITO TRIBUTÁRIO Código: CTB-262 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre

CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre DISCIPLINA: Direito Tributário I CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR133 1. EMENTA: Direito tributário. O tributo. Teoria da norma tributária. Espécies tributárias.

Leia mais

Unidade I DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES. Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello

Unidade I DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES. Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello Unidade I DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello Direito nas organizações Promover uma visão jurídica global do Sistema Tributário Nacional, contribuindo para a formação do

Leia mais

Gestão Tributária 03.09.2015. André Antunes Soares de Camargo

Gestão Tributária 03.09.2015. André Antunes Soares de Camargo Gestão Tributária 03.09.2015 André Antunes Soares de Camargo Meus Deus... http://www.impostometro.com.br/ Como está a tributação no Brasil? http://www.doingbusiness.org/data/exploreeconomies/brazil/ http://ibpt.com.br/home/publicacao.list.php?publicacaotipo_id=2

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA SUJEIÇÃO PASSIVA EM DIREITO TRIBUTÁRIO PROF. HELCONIO ALMEIDA

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA SUJEIÇÃO PASSIVA EM DIREITO TRIBUTÁRIO PROF. HELCONIO ALMEIDA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA SUJEIÇÃO PASSIVA EM DIREITO TRIBUTÁRIO PROF. HELCONIO ALMEIDA 1- Substituição tributária e antecipação do fato gerador (ST/AFG) Objetivos: Revisão e crítica sobre a SUBSTITUIÇÃO

Leia mais

Professor Alex Sandro.

Professor Alex Sandro. 1 (OAB 2009-3 CESPE Q. 58) Considere que João e Marcos tenham deliberado pela constituição de sociedade limitada, com atuação no segmento de transporte de cargas e passageiros na América do Sul. Nessa

Leia mais

SOARES & FALCE ADVOGADOS

SOARES & FALCE ADVOGADOS SOARES & FALCE ADVOGADOS ASPECTOS LEGAIS DA CAPTAÇÃO DE RECURSOS VIA BAZARES E VENDA DE PRODUTOS NAS ORGANIZAÇÕES Michael Soares 03/2014 BAZAR BENEFICENTE E VENDA DE PRODUTOS NAS ORGANIZAÇÕES Quais os

Leia mais

Resolução de Questões Direito Tributário Prof. Vinícius Casalino 18.03.2009

Resolução de Questões Direito Tributário Prof. Vinícius Casalino 18.03.2009 01. Analise os itens a seguir: I - Imposto direto é aquele em que a pessoa que praticou o fato tipificado na lei suporta o respectivo ônus fiscal e imposto indireto é aquele em que o ônus financeiro do

Leia mais

Provas escritas individuais ou provas escritas individuais e trabalho(s).

Provas escritas individuais ou provas escritas individuais e trabalho(s). Programa de DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO I 8º Período: 4h/s Aula : Teórica EMENTA Noções preliminares de Ciência das Finanças, Direito Financeiro e Direito Tributário. Receita Pública. Despesa Pública.

Leia mais

Reconhecer as diversas espécies de tributos cobrados pela União, pelos Estados e pelos Municípios;

Reconhecer as diversas espécies de tributos cobrados pela União, pelos Estados e pelos Municípios; 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-45 PERÍODO: 9 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO II NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Impostos.

Leia mais

Unidade I. Direito Tributário. Profª. Joseane Cauduro

Unidade I. Direito Tributário. Profª. Joseane Cauduro Unidade I Direito Tributário Profª. Joseane Cauduro Introdução Importância do Direito Tributário Definição: Conjunto de normas hierarquizadas, formado por princípios e normas, que tem por fim cuidar direta

Leia mais

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS, IMUNIDADES E ISENÇÕES E AS LIMITAÇÕES AO PODER DE TRIBUTAR

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS, IMUNIDADES E ISENÇÕES E AS LIMITAÇÕES AO PODER DE TRIBUTAR PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS, IMUNIDADES E ISENÇÕES E AS LIMITAÇÕES AO PODER DE TRIBUTAR TAXING CONSTITUTIONAL PRINCIPLES, IMMUNITY AND EXEMPTIONS AND LIMITATIONS TO THE TAXING POWER Castro,

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: DIREITO TRIBUTÁRIO Código: CTB-262 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE III

EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE III EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE III Olá pessoal, vamos à PARTE III da bateria de questões que selecionei dos últimos concursos realizados pela FCC e outras bancas, de acordo com o edital

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Tributário.

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Tributário. Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Tributário Tributos Federais Carga Horária: 56 h/a 1- Ementa Repartição de competência

Leia mais

Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho

Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho Organização sindical: Contribuições, Convenções e Acordos Coletivos do Trabalho, Dissídio Coletivo, Direito de Greve (Lei nº 7.783, de 28/6/89). Comissões de Conciliação

Leia mais

Direito Tributário Toque 1 Competência Tributária (1)

Direito Tributário Toque 1 Competência Tributária (1) É com grande satisfação que inicio minha jornada no site da Editora Ferreira. Neste espaço, iremos abordar o Direito Tributário com um único objetivo: obter, nesta disciplina, uma ótima pontuação em qualquer

Leia mais

SEMINÁRIO PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DOS SERVIDORES DA UNIÃO. Superior Tribunal de Justiça Junho de 2007

SEMINÁRIO PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DOS SERVIDORES DA UNIÃO. Superior Tribunal de Justiça Junho de 2007 SEMINÁRIO PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DOS SERVIDORES DA UNIÃO Superior Tribunal de Justiça Junho de 2007 Premissas na estruturação do regime complementar Criar um regime previdenciário orientado principalmente

Leia mais

Eduardo Tanaka. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

Eduardo Tanaka. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Eduardo Tanaka Pós-graduado em Direito Constitucional. Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Graduado em Odontologia pela USP. Auditor

Leia mais

Planejamento tributário legalidade norma geral antielisão jurisprudência administrativa e as recentes decisões do STJ

Planejamento tributário legalidade norma geral antielisão jurisprudência administrativa e as recentes decisões do STJ Planejamento tributário legalidade norma geral antielisão jurisprudência administrativa e as recentes decisões do STJ Paulo Ayres Barreto Professor Associado da Faculdade de Direito da Universidade de

Leia mais

Tributos em orçamentos

Tributos em orçamentos Tributos em orçamentos Autores: Camila de Carvalho Roldão Natália Garcia Figueiredo Resumo O orçamento é um dos serviços mais importantes a serem realizados antes de se iniciar um projeto. É através dele

Leia mais

Espécies Tributárias. 1- Impostos 2- Taxas 3- Contribuições de Melhoria 4- Empréstimos Compulsórios 5- Contribuições Especiais ESPÉCIES TRIBUTÁRIAS

Espécies Tributárias. 1- Impostos 2- Taxas 3- Contribuições de Melhoria 4- Empréstimos Compulsórios 5- Contribuições Especiais ESPÉCIES TRIBUTÁRIAS Espécies Tributárias CONCEITO Art. 3.º, da Lei 5.172/66 - Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída

Leia mais

PARTE GERAL FUNDAMENTOS CONSTITUCIONAIS DO DIREITO TRIBUTÁRIO, 1

PARTE GERAL FUNDAMENTOS CONSTITUCIONAIS DO DIREITO TRIBUTÁRIO, 1 PARTE GERAL FUNDAMENTOS CONSTITUCIONAIS DO DIREITO TRIBUTÁRIO, 1 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO TRIBUTÁRIO, 3 1.1 Introdução, 3 1.1.1 Sistema jurídico-tributário, 3 1.2 Finalidade do Estado, 5 1.3 Atividade financeira

Leia mais

Institui a chamada isonomia horizontal para que as pessoas que estejam na mesma situação, sejam tratadas de forma similar.

Institui a chamada isonomia horizontal para que as pessoas que estejam na mesma situação, sejam tratadas de forma similar. Princípio da Isonomia Tributária Primeiramente, cabe demarcar toda a difícil compreensão do princípio isonomia no Direito, vez que a mera sintetização tratamento pela igualdade, demanda a estipulação de

Leia mais

URGENTE. Para: SINDICATO DOS FISCAIS E AGENTES FISCAIS DE TRIBUTOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS- SINDIFISCO/MG PARECER

URGENTE. Para: SINDICATO DOS FISCAIS E AGENTES FISCAIS DE TRIBUTOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS- SINDIFISCO/MG PARECER URGENTE De: Departamento Jurídico do SINDIFISCO/MG Belo Horizonte, 23 de abril de 2009. Para: SINDICATO DOS FISCAIS E AGENTES FISCAIS DE TRIBUTOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS- SINDIFISCO/MG PARECER Trata-se

Leia mais

EDITAL Nº 18/2011 01* 01* OBS: O professor ao se inscrever deverá ter disponibilidade nos turnos indicados.

EDITAL Nº 18/2011 01* 01* OBS: O professor ao se inscrever deverá ter disponibilidade nos turnos indicados. EDITAL Nº 18/2011 Processo Seletivo de Docentes da Estácio FIC 2011. A DIRETORA GERAL da Faculdade Estácio do Ceará - Estácio FIC, no uso de suas atribuições e regimentais, torna pública a abertura de

Leia mais

LEGISLAÇÃO COOPERATIVISTA E TRIBUTÁRIA Curso: Administração em Agronegócios 4º. Período Carga Horária 36 h Créditos: 02 Faculdade Uniessa

LEGISLAÇÃO COOPERATIVISTA E TRIBUTÁRIA Curso: Administração em Agronegócios 4º. Período Carga Horária 36 h Créditos: 02 Faculdade Uniessa LEGISLAÇÃO COOPERATIVISTA E TRIBUTÁRIA Curso: Administração em Agronegócios 4º. Período Carga Horária 36 h Créditos: 02 Faculdade Uniessa Direito Tributário: desenvolvimento nacional Objetivo CF art. 3º

Leia mais

PORTARIA N - nº 028, de 10 de agosto de 2011.

PORTARIA N - nº 028, de 10 de agosto de 2011. 1 PORTARIA N - nº 028, de 10 de agosto de 2011. Publicação: D.O.E. de 11.8.2011 Altera a Tabela 03 (Fonte de Recursos), a Tabela 10 (Subfunções conforme Portaria SOF 42/99) e a Tabela 11 (Plano de Contas)

Leia mais

Gilson Fernando Ferreira de Menezes ASPECTOS PREVIDENCIÁRIOS NA CONCESSÃO DE SALÁRIOS INDIRETOS E BENEFÍCIOS

Gilson Fernando Ferreira de Menezes ASPECTOS PREVIDENCIÁRIOS NA CONCESSÃO DE SALÁRIOS INDIRETOS E BENEFÍCIOS Gilson Fernando Ferreira de Menezes ASPECTOS PREVIDENCIÁRIOS NA CONCESSÃO DE SALÁRIOS INDIRETOS E BENEFÍCIOS Tributo Conceito Corresponde à toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor

Leia mais

Oficial de Fazenda VOLUME II ÍNDICE. Secretaria Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro RACIOCÍNIO LÓGICO NOÇÕES DE ESTATÍSTICA NOÇÕES DE INFORMÁTICA

Oficial de Fazenda VOLUME II ÍNDICE. Secretaria Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro RACIOCÍNIO LÓGICO NOÇÕES DE ESTATÍSTICA NOÇÕES DE INFORMÁTICA SEFAZ-RJ Secretaria Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro VOLUME II RACIOCÍNIO LÓGICO ÍNDICE Conjuntos e suas operações. Números naturais, inteiros, racionais e reais e suas operações. Representação na

Leia mais