Gabinete-gaveteiro para material de modelismo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gabinete-gaveteiro para material de modelismo"

Transcrição

1 Gabinete-gaveteiro para material de modelismo Material ½ Placa MDF 3mm 3 puxadores de madeira, tipo botão, de ¼ a ½ polegada de diâmetro 1 Estilete modelo Olpha H-1 (7mm) 1 Lata de cera marca Cristalina (para madeira) 1 Taco para lixa 1 régua de alumínio (1 m) Cola para madeira Cascorex secagem rápida 1 pincel chato 8mm para aplicação de cola 1 rolo de fita adesiva larga 2 flanelas 1 escova de sapatos ou de roupas, de cerdas de nylon Lixas (1 folha de cada):

2 Gabinete (cortes): Peça QTD Largura Comprimento (mm) (mm) Laterais (1) x 450 (2) Base (1) x 414 (3) Trazeira (3) x 450 (2) Tampa x 414 Frente x 180 (2) Tiras x 174 Tiras x 408 Gavetas (cortes): Peça Gaveta QTD Largura Comprimento (mm) (mm) Laterais G x 260 (1) Frente/fundo G x 399 (2) Laterais G2/G x 260 (1) Frente/fundo G x 399 (2) Base G1/G2/G (2) x 260 (1) Tampa G x 128 Tampa G2/G x 69 Mesa x 408 Suportes1 G1/G2/G3/Mesa x 5 Suportes2 Mesa x 5 Observações: Cortar as peças 1 ou 2 mm a maior e depois acertar com a lixa 80 (o MDF é macio e fica fácil lixar para acerto); O MDF de 3 mm exige cerca de 6 passadas de estilete para o corte (a lâmina sugerida é suficientemente boa para aguentar todos os cortes sem a necessidade de quebrar a parte); Depois de cortar as peças, lixe, delicadamente, com a lixa 80, primeiro a cara da peça e depois, a espessura; Os números entre parênteses, na descrição das peças, indicam o que será colado com que. Após o corte e durante o acerto do tamanho, compare-os e meça-os, para que haja exatidão das medidas; Em dias quentes e secos, a cola promete aderência em 15 minutos, mas sugere-se aguardar no mínimo 1 hora para manusear uma peça colada; De uma colagem para outra, aguarde a perfeita secagem; Marque a linha de corte com lápis e faça o risco já com o estilete, cuidando para que não se afaste da régua; Muito cuidado ao segurar a régua enquanto faz o risco com o estilete. Se o estilete escorregar, o corte será profundo e dolorido (e vai sujar a peça!); Acostume-se sempre fechar o estilete após cada corte; Após usar o pincel e cola, ponha-o na água; Utilize a cola em um potinho à parte, mantendo o tubo original sempre fechado; Sempre que colar uma peça, procure apoiá-la de modo a manter o ângulo de 90º e sob pressão (muito importante existir pressão entre as partes coladas), para que haja uma boa adesão (sugestão: providencie um suporte em L perfeito, com uma madeira mais grossa, de modo a poder apoiar as peças unidas em ângulo. Elásticos com ganchos, presos atrás deste suporte, poderão ajudar na pressão, puxando uma das peças para baixo, enquanto sobre a outra, e ambas apoiadas no L. Outra forma de fazer pressão é aplicar pesos sobre as partes coladas entre si) e Após colar duas peças entre si, aplique, pelo lado de dentro do ângulo, a fita adesiva, garantindo a união das peças, além da cola (essa etapa não é necessária, mas é indicada para evitar quaisquer problemas de adesão, em virtude da pequena espessura da madeira já foi sugerido o uso de cola tipo Superbonder ao invés de Cascorex - tenho dúvidas em função da alta porosidade e fator de absorção do MDF e demora na montagem em contrapartida à rápida secagem do adesivo e impossibilidade de correção dos encaixes sem que a peça se danifique, devido à rápida adesão).

3 Montagem do gabinete: 1) Cortar as partes conforme as medidas; 2) Colar os suportes1 das gavetas dois a dois, lado a lado, de modo que se obtenha 8 suportes de 266 mm de comprimento, 5 mm de altura e 6 mm de largura; 3) Colar os suportes2 das gavetas dois a dois, lado a lado, de modo que se obtenha 2 suportes de 408 mm de comprimento, 5 mm de altura e 6 mm de largura; 4) Separe a base e eleja uma das larguras como parte de trás ; 5) Aplique cola na largura de cada lateral (1) e cole cada lateral sobre a base (1), alinhando com a parte de trás da base (a largura das laterais é 3 mm menor que a largura da base, de modo que ao alinhar-se a lateral pelo fundo da base, deverá sobrar 3mm na parte da frente). A peça final estará no formato de um U; 6) Aplique cola nos comprimentos (2) e em uma das larguras da trazeira (3) e cole sobre a parte de trás da base (3), entre as laterais (2); 7) Tomando o gabinete de frente, que deverá estar parecido com uma caixa (sem a parte superior e sem a parte frontal), colaremos a frente sobre as laterais, de modo que o topo da frente fique alinhado com o topo das laterais; 8) Colar cada suporte1, em pares, simetricamente, nas laterais, nas seguintes alturas (tomadas a partir da base): a. 0 mm (colado também na base); b. 130 mm (espaço de 125 mm entre este e o suporte1 anterior); c. 200 mm (espaço de 70 mm entre este e o suporte1 anterior); d. 270 mm (espaço de 70 mm entre este e o suporte1 anterior); e. A base deste último par de suporte1 deverá estar alinhada exatamente com a base (parte de baixo) da frente do gabinete, ficando os suportes escondidos pela frente. 9) Colar o suporte2, em par, simetricamente, na parte de trás da frente e na trazeira do gabinete, na altura de 270 mm, devendo findar alinhado com o último par de suporte1 (e entre estes); 10) Chanfre as tiras1 e tiras2, em 45º, em cada extremidade, de modo que fiquem com formato de losango, sendo que a base menor será 40 mm menor que a base maior do losango; 11) Cole as tiras sobre uma das faces da tampa, uma ligada à outra pela extremidade chanfrada, perfazendo o perímetro da tampa, de modo que fiquem 3 a 4 mm distante das extremidades da tampa. Se necessário, faça ajustes lixando as extremidades (a tampa deverá encaixar sobre o gabinete, sem forçar as laterais). Lixar toda parte externa do gabinete com a lixa 80, deixando-o com as arestas perfeitas. Em seguida, passe um pano LEVEMENTE umedecido para tirar todo o pó. Convém passar um pincel ou escova antes do pano. Repita este procedimento (lixar e limpar) com a lixa 160, depois com a 320 e, numa última etapa, com a 700 e, por fim, passe uma generosa camada de cera, usando uma das flanelas. Após a cera secar, escove bem a superfície com a escova e, depois, lustre com a outra flanela. Repita esse procedimento novamente. Faça isso também na tampa e na mesa (não esquecer as espessuras das laterais, base e frente). O interior do gabinete também deverá ser encerado e lustrado (a escovação é desnecessária), para um bom deslizamento das gavetas. Montagem das gavetas: As três gavetas seguem as mesmas etapas e deve-se ser rigoroso no esquadro os ângulos devem estar perfeitos, para bom funcionamento: 1) Colar as laterais (1) sobre as extremidades das bases (1); 2) Colar as frente/fundo (2) sobre as extremidades das bases (2), entre as laterais (aplique cola também nestes pontos de encontro); 3) Verifique o encaixe das gavetas no gabinete e, se necessário, lixe delicadamente as laterais das gavetas com a lixa 80, até que deslizem com suavidade;

4 4) O comprimento das gavetas será ligeiramente mais curto que o comprimento do gabinete (cerca de 5 mm), o que fará com que a gaveta avance para dentro mais que o necessário mas isso faz parte do projeto, como veremos adiante; 5) Faça um apoio de aproximadamente 5 mm de largura (apoio A) e outro de 1 mm de espessura (apoio B); 6) Coloque o apoio A no fundo do gabinete, atrás da gaveta inferior, de modo que a frente da gaveta fique alinhada com a lateral do gabinete (alinhada com a lateral do gabinete, a frente da gaveta deverá estar deslocada para trás em 3 mm em relação a frente da base). Coloque o apoio B sobre a base do gabinete, passe cola sobre toda a frente da gaveta G1 e posicione a tampa G1 sobre a frente da gaveta, deixando a tampa apoiada sobre o apoio B e alinhada com as laterais do gabinete (o apoio B garante que a tampa fique 1 mm acima da base); 7) Após secagem completa da peça, coloque o apoio A no fundo do gabinete, atrás da gaveta intermediaria, conforme feito anteriormente. O apoio B deve ser colocado sobre a tampa da gaveta de baixo, para manter a distancia de 1 mm ao aplicar-se a tampa desta gaveta, tal como a gaveta anterior; 8) Proceder da mesma forma com a terceira gaveta que deverá estar distando 1 mm da parte inferior da frente do gabinete; 9) O espaço acima e abaixo de cada tampa deve ser de 1 mm (conforme o apoio B). Caso fique muito menor que isso, uma gaveta atrapalhará a abertura e fechamento da outra. Nesse caso, faça o ajuste com a lixa. Se o espaço for maior, não há problema, exceto estético (o que pode ser corrigido ajustando-se o tamanho das outras frentes); 10) Aplique os puxadores em cada gaveta, aderindo-os com a cola. A mesa deve ser colocada dentro do gabinete, pela parte de cima, ficando apoiada sobre os suportes mais superiores. Pode ser ou não colada aos suportes. Podem ser recortadas tiras de 10 ou 15 mm de largura para montagem de divisões nas gavetas. Não colocar alças: o ideal é transportá-lo segurando-o pela base, que suporta todo o peso do gabinete. Este gabinete acondiciona perfeitamente até 3 caixas de modelos 1:72, 2 aerógrafos, mais de 50 vidros de tinta, vidros de misturas, pinceis, espátulas, panos e algumas ferramentas.

5

INSTRUÇÃO DE TRABALHO OPERACIONAL Título: EMENDA À FRIO EM CORREIA TRANSPORTADORA TEXTIL COM ACABAMENTO SOBREPOSTO. Responsabilidade: Vulcanizadores

INSTRUÇÃO DE TRABALHO OPERACIONAL Título: EMENDA À FRIO EM CORREIA TRANSPORTADORA TEXTIL COM ACABAMENTO SOBREPOSTO. Responsabilidade: Vulcanizadores 1- DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA: Manual Básico de Vulcanização 2- MATERIAIS E FERRAMENTAL: 2.1) Materiais: IT Quant Descrição 01 Tab. Solvente 02 Tab. Adesivo vulcanizante 03 Tab. Catalisador 04 Tab. Lâmina

Leia mais

2-10. Espelho Banheiro. Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura. Criação:

2-10. Espelho Banheiro. Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura. Criação: Apresenta Espelho Banheiro 2-10 Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura Criação: Artesão/Engenheiro: Carlos Mury 3-10 Construção totalmente, tornando a peça única,

Leia mais

Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA. Revisão: 2

Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA. Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Forros Minerais OWA Cuidados Iniciais Cuidados iniciais: SEMPRE manter as mãos limpas para manusear os forros

Leia mais

PORTAS COMPONENTES DO PRODUTO DETALHES GERAIS. 1. Porta Pivotante Pet Demolição. Pet Demolição Biombo. Pet Demolição Biombo

PORTAS COMPONENTES DO PRODUTO DETALHES GERAIS. 1. Porta Pivotante Pet Demolição. Pet Demolição Biombo. Pet Demolição Biombo PORTAS As portas Mentha são divididas em três tipos: 1. Porta Pivotante Pet Demolição 2. Porta Roldana Aparente Pet Demolição Biombo 3. Porta Roldana Invisível Pet Demolição Biombo COMPONENTES DO PRODUTO

Leia mais

MINI KIT MARTELINHO DE OURO

MINI KIT MARTELINHO DE OURO *Imagens meramente ilustrativas MINI KIT MARTELINHO DE OURO Manual de Instruções Prezado Cliente Este Manual tem como objetivo orientá-lo na instalação, operação e informações gerais de seu Mini Kit Martelinho

Leia mais

Aula Prática 1 - Gerador Van de Graaff e interação entre corpos carregados

Aula Prática 1 - Gerador Van de Graaff e interação entre corpos carregados Aula Prática 1 - Gerador Van de Graaff e interação entre corpos carregados Disciplinas: Física III (DQF 06034) Fundamentos de Física III (DQF 10079) Departamento de Química e Física- CCA/UFES Objetivo:

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM DA FECHADURA SYNTER EXECUÇÃO DO ALOJAMENTO DA FECHADURA:

MANUAL DE MONTAGEM DA FECHADURA SYNTER EXECUÇÃO DO ALOJAMENTO DA FECHADURA: MANUAL DE MONTAGEM DA FECHADURA SYNTER EXECUÇÃO DO ALOJAMENTO DA FECHADURA: Para fazer o alojamento da Máquina da Fechadura em uma porta, é necessário deixar 1,10m do centro do furo quadrado da maçaneta

Leia mais

Instrução de aplicação

Instrução de aplicação Instrução de aplicação Sistema mural acústico Vescom Novembro de 2013 Para a aplicaçăo do sistema mural acústico elaborou-se uma instruçăo especial. Os seguintes passos deverăo ser seguidos: 1. Fazer o

Leia mais

Textura modelada Elisabete Tonin

Textura modelada Elisabete Tonin Textura modelada Elisabete Tonin Tempo de execução: 2 horas sem contar os tempos de secagem Dificuldade: média Atenção: Adapte sua peça de maneira a técnica aplicada neste passo. Material: Nature Colors

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2013 GERÊNCIA ADMINISTRATIVA TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2013 GERÊNCIA ADMINISTRATIVA TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO MOBILIÁRIO DIRETORIA 1 MESAS COM TAMPO DE MADEIRA 1.1 MESA PRINCIPAL COM TAMPO DE MADEIRA C/ DETALHE EM COURO - O Tampo da mesa deverá ser confeccionado em

Leia mais

Limpeza da tampa e do vidro de originais

Limpeza da tampa e do vidro de originais 11_chap11.fm Page 307 Thursday, March 3, 2005 12:53 PM 1. Limpe o exterior com um pano macio umedecido com água. 2. Retire o excesso de água do exterior com um pano macio. Limpeza da tampa e do vidro de

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DE UTILIZAÇÃO

RECOMENDAÇÕES DE UTILIZAÇÃO RECOMENDAÇÕES DE UTILIZAÇÃO ARMAZENAMENTO Os rolos de películas vinilo Teckwrap devem ser guardados em posição vertical nas suas embalagens de origem até à sua utilização efetiva. Se o rolo for colocado

Leia mais

Como fazer uma faca tanto.

Como fazer uma faca tanto. Como fazer uma faca tanto. Fotos passo a passo por André Sato O manual foi dividido em quatro partes. Lâmina. Bainha. Cabo. Habaki. Para fazer o desbaste irei usar um caibro de madeira com dois parafusos

Leia mais

Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior. Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS

Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior. Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS Sistema TEPROTERM 2 / 19 1. INTRODUÇÃO I Cerca de 1/3 do consumo mundial de energia destina-se a habitações

Leia mais

Confecção de plaina de madeira pequena sem capa. A.Etapas do processo de confecção de uma plaina de madeira:

Confecção de plaina de madeira pequena sem capa. A.Etapas do processo de confecção de uma plaina de madeira: Confecção de plaina de madeira pequena sem capa A.Etapas do processo de confecção de uma plaina de madeira: 1. Escolha dos componentes 2. Linhas de referência 3. Corte e desbastes B.Sobre as plainas 1.

Leia mais

Mini-maletinha de desenho by Patricia Escanho

Mini-maletinha de desenho by Patricia Escanho Mini-maletinha de desenho by Patricia Escanho Material necessário 30 cm tecido 1 (neste projeto: estampado) 30 cm tecido 2 (neste projeto: xadrez) 20 cm tecido 3 (neste projeto: bolinhas) retalhos de entretela

Leia mais

LIGAÇÕES SANITÁRIAS. Saiba como fazer ligações sanitárias. www.aki.pt CANALIZAÇÃO

LIGAÇÕES SANITÁRIAS. Saiba como fazer ligações sanitárias. www.aki.pt CANALIZAÇÃO LIGAÇÕES SANITÁRIAS Saiba como fazer ligações sanitárias. www.aki.pt FERRAMENTAS Mola de dobrar tubo Cortatubos Serra de metais Protecção térmica Gás Para condutas de gás utilize, de preferência, tubos

Leia mais

BIANA. Escala 1/10. Por Eduardo Dias Nunes. www.artimanha.com.br

BIANA. Escala 1/10. Por Eduardo Dias Nunes. www.artimanha.com.br Por Eduardo Dias Nunes O conjunto da estrutura é formado por uma quilha, 4 balizas, dois espelhos e três vaus. Identificados por números, coloque cada baliza em seu devido local encaixando e colando as

Leia mais

A m a r c a d a c o n s tr u ç ã o

A m a r c a d a c o n s tr u ç ã o Passo-a-passo 1. Analisando o Contrapiso Verifique se o contrapiso apresenta irregularidades, com a utilização de uma régua. Faça a medição de parede a parede em tiras de 1,5 metro. Se apresentar saliências

Leia mais

Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD

Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD Antes de iniciar qualquer manutenção ou operação mantenha o equipamento desligado das fontes de energia, retire os bits da máquina, em seguida meça o

Leia mais

Além de fazer uma ótima escolha, você ainda está ajudando a natureza e garantindo a preservação do meio ambiente.

Além de fazer uma ótima escolha, você ainda está ajudando a natureza e garantindo a preservação do meio ambiente. Obrigado por adquirir um produto Meu Móvel de Madeira. Agora, você tem em suas mãos um produto de alta qualidade, produzido com matérias-primas derivadas de floresta plantada. Além de fazer uma ótima escolha,

Leia mais

Yep. Armário Superior Baixo 70/80/100 Pistão. Partes do Produto. Componentes

Yep. Armário Superior Baixo 70/80/100 Pistão. Partes do Produto. Componentes Yep Partes do Produto Armário Superior Baixo 70/80/00 Pistão - Lateral Direita/Esquerda (x) - Base/Tampo (x) Porta Vendida Separadamente 3- Traseiro (x) Componentes A- Parafuso de União (x) B- Tambor (8x)

Leia mais

Coleções. manual de montagem. Kit com 3 Nichos. ou... tempo 20 minutos. montagem 2 pessoas. ferramenta martelo de borracha. ferramenta chave philips

Coleções. manual de montagem. Kit com 3 Nichos. ou... tempo 20 minutos. montagem 2 pessoas. ferramenta martelo de borracha. ferramenta chave philips manual de montagem montagem 2 pessoas Coleções ferramenta martelo de borracha Kit com 3 Nichos ferramenta chave philips tempo 30 minutos ou... ferramenta parafusadeira tempo 20 minutos DICAS DE CONSERVAÇÃO

Leia mais

Instruções para Instalação

Instruções para Instalação Instruções para Instalação 1- PARA MARCAR A POSIÇÃO DE COLOCAÇÃO DA FECHADURA NA PORTA: Marque uma linha horizontal na altura que será colocada a fechadura, sugerimos que a maçaneta fique a 1,10m de altura

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CAATINGA PROJETO NO CLIMA DA CAATINGA ELABORAÇÃO: INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E ENERGIAS RENOVÁVEIS

ASSOCIAÇÃO CAATINGA PROJETO NO CLIMA DA CAATINGA ELABORAÇÃO: INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E ENERGIAS RENOVÁVEIS ASSOCIAÇÃO CAATINGA PROJETO NO CLIMA DA CAATINGA ELABORAÇÃO: INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E ENERGIAS RENOVÁVEIS Índice Apresentação Introdução Eficiência na cozinha Material de Construção A

Leia mais

CABELO ELÁSTICO TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

CABELO ELÁSTICO TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER CABELO ELÁSTICO TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER O QUE É UM CABELO EMBORRACHADO? O cabelo emborrachado, elástico ou chiclete é um cabelo em que a fibra perdeu a elasticidade natural, além da umidade, o que

Leia mais

Viu só esses desenhos geométricos nas paredes? Eles são feitos simplesmente com fita crepe!

Viu só esses desenhos geométricos nas paredes? Eles são feitos simplesmente com fita crepe! TEXTURA & CORES Viu só esses desenhos geométricos nas paredes? Eles são feitos simplesmente com fita crepe! Como fazer? 1 Forre todo piso com jornal para não sujar com os respingos. 2 Coloque fita crepe

Leia mais

TUTORIAL LIMPEZA DE ESPELHO DE TELESCÓPIO NEWTONIANO: PROCEDIMENTOS, MATERIAIS E ETAPAS. Por: James Solon

TUTORIAL LIMPEZA DE ESPELHO DE TELESCÓPIO NEWTONIANO: PROCEDIMENTOS, MATERIAIS E ETAPAS. Por: James Solon TUTORIAL LIMPEZA DE ESPELHO DE TELESCÓPIO NEWTONIANO: PROCEDIMENTOS, MATERIAIS E ETAPAS. Por: James Solon Com o passar do tempo e principalmente do uso, os espelhos dos telescópios de modelo Newtoniano

Leia mais

Projeção ortográfica e perspectiva isométrica

Projeção ortográfica e perspectiva isométrica Projeção ortográfica e perspectiva isométrica Introdução Para quem vai ler e interpretar desenhos técnicos, é muito importante saber fazer a correspondência entre as vistas ortográficas e o modelo representado

Leia mais

Yep. Balcão Inferior Porta Temperos 20-57cm. Partes do Produto. Componentes

Yep. Balcão Inferior Porta Temperos 20-57cm. Partes do Produto. Componentes Yep Partes do Produto Balcão Inferior Porta Temperos 0-57cm Tampo Vendido Separadamente - Lateral Direita/Esquerda (x) - Base (x) 3- Travessa (x) Porta Vendida Separadamente 4- Traseiro (x) 5- Porta Temperos

Leia mais

Site Faça Você Mesmo. Guia de Furadeira. - pequenas dimensões;

Site Faça Você Mesmo. Guia de Furadeira. - pequenas dimensões; 1 www. Site Faça Você Mesmo Guia de Furadeira Quando utilizamos uma Furadeira Elétrica para, por exemplo, fazer uma canaleta, um furo para passar um parafuso longo ou instalar uma dobradiça numa porta

Leia mais

Componentes básicos de Bijutaria em Arame Parte 2

Componentes básicos de Bijutaria em Arame Parte 2 Componentes básicos de Bijutaria em Arame Parte 2 Introdução Para além do arame, um dos materiais que dá mais interesse às peças de bijutaria são as contas. Podem ser de vidro, cristal, metal, madeira,

Leia mais

Autoria: Fernanda Maria Villela Reis Orientadora: Tereza G. Kirner Coordenador do Projeto: Claudio Kirner. Projeto AIPRA (Processo CNPq 559912/2010-2)

Autoria: Fernanda Maria Villela Reis Orientadora: Tereza G. Kirner Coordenador do Projeto: Claudio Kirner. Projeto AIPRA (Processo CNPq 559912/2010-2) Autoria: Fernanda Maria Villela Reis Orientadora: Tereza G. Kirner Coordenador do Projeto: Claudio Kirner 1 ÍNDICE Uma palavra inicial... 2 Instruções iniciais... 3 Retângulo... 5 Quadrado... 6 Triângulo...

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT 0800-833-2248 DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) 2902-5522 DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT 0800-833-2248 DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) 2902-5522 DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto CIMENTOL é uma tinta impermeável de grande durabilidade, que mantém a boa aparência por mais tempo. Apresenta ótima aderência sobre alvenaria, concreto e fibrocimento. Características Aparência:

Leia mais

This page should not be printed.

This page should not be printed. Nº MODIFICAÇÃO POR DATA 0 Liberação de Arquivo Ari Jr 24-04-2015 This page should not be printed. This document is property of Britannia AND CAN NOT BE USED BY A THIRD PARTY PROJ. DATA MATERIAL QUANTIDADE

Leia mais

M053 V02. comercialipec@gmail.com

M053 V02. comercialipec@gmail.com M053 V02 comercialipec@gmail.com PARABÉNS Você acaba de adquirir um produto com alta tecnologia IPEC. Fabricado dentro dos mais rígidos padrões de qualidade, os produtos IPEC primam pela facilidade de

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha de mais um produto de nossa linha. Para garantir o melhor desempenho de seu produto, o usuário deve ler atentamente as instruções a seguir. Recomenda-se

Leia mais

SUPER PRESS GRILL INSTRUÇÕES. Ari Jr. DATA. Diogo APROV. Nayana. Super Press Grill. Folheto de Instrução - User Manual 940-09-05. Liberação do Arquivo

SUPER PRESS GRILL INSTRUÇÕES. Ari Jr. DATA. Diogo APROV. Nayana. Super Press Grill. Folheto de Instrução - User Manual 940-09-05. Liberação do Arquivo N MODIFICAÇÃO POR 0 Liberação do Arquivo Ari Jr 10-12-2012 1 Inclusão da informação sobe uso doméstico (certificação) Ari Jr 14-02-2013 PODERÁ SER UTILIZADO POR TERCEIROS DA BRITÂNIA ELETRODOMÉSTICOS LTDA.

Leia mais

Sofá Cama. manual de montagem. Flora. ou... 2 pessoas. montagem. ferramenta martelo de borracha. ferramenta martelo. chave philips.

Sofá Cama. manual de montagem. Flora. ou... 2 pessoas. montagem. ferramenta martelo de borracha. ferramenta martelo. chave philips. manual de montagem montagem 2 pessoas ferramenta martelo de borracha ferramenta martelo Sofá Cama lora ferramenta chave philips tempo 1:30 horas ou... ferramenta parafusadeira tempo 1 hora ICS E CONSERVÇÃO

Leia mais

PORTARIA DAAE Nº 0031/10 ANEXO I MANUAL DE INSTALAÇÃO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA

PORTARIA DAAE Nº 0031/10 ANEXO I MANUAL DE INSTALAÇÃO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA PORTARIA DAAE Nº 0031/10 ANEXO I MANUAL DE INSTALAÇÃO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA O Novo Padrão de Ligações Residenciais do DAAE facilita muito sua vida. Algumas vantagens que o Novo Padrão traz

Leia mais

Nome. Data. Tarefa C1. diferentes, folha de papel A3, fita-cola.

Nome. Data. Tarefa C1. diferentes, folha de papel A3, fita-cola. Tarefa C1 Material por grupo: palhinhas com diferentes padrões diferentes, folha de papel A3, fita-cola. e/ou cores, de três tamanhos Observa bem as palhinhas que estão em cima da mesa e pensa numa maneira

Leia mais

1 Circuitos Pneumáticos

1 Circuitos Pneumáticos 1 Circuitos Pneumáticos Os circuitos pneumáticos são divididos em várias partes distintas e, em cada uma destas divisões, elementos pneumáticos específicos estão posicionados. Estes elementos estão agrupados

Leia mais

Cerimonial é a linguagem mais completa para disciplinar a convivência humana seja pelo aspecto formal ou informal, onde utilizamos as normas de

Cerimonial é a linguagem mais completa para disciplinar a convivência humana seja pelo aspecto formal ou informal, onde utilizamos as normas de Cerimonial é a linguagem mais completa para disciplinar a convivência humana seja pelo aspecto formal ou informal, onde utilizamos as normas de protocolo, rituais, civilidade e etiqueta, unidas à criatividade,

Leia mais

Sistema de colagem elástica para painéis em fachadas

Sistema de colagem elástica para painéis em fachadas Ficha de Produto Edição de Agosto de 2007 Nº de identificação: 5.43 Versão nº 4 SikaTack -Panel Sistema de colagem elástica para painéis em fachadas Descrição do sistema SikaTack -Panel é um sistema de

Leia mais

I-152A-PORB Acoplamento de Junta de Expansão

I-152A-PORB Acoplamento de Junta de Expansão ADVERTÊNCIA Leia e entenda todas as instruções antes de tentar instalar qualquer produto de tubulação Victaulic. Um profissional treinado deve instalar esses produtos de acordo com todas as instruções.

Leia mais

Treinamento IMPERGEL PU

Treinamento IMPERGEL PU Treinamento IMPERGEL PU Posicionamento do Produto (Versões) Os Produtos do sistema IMPERGEL O que é tinta??? O que é um substrato??? Sistemas de pintura Tratamento de superfície ou substrato Principais

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES TRANSFORMADOR A SECO ÍNDICE DESCRIÇÃO PÁGINA 1 Instruções para a instalação.................................... 02 2 Instruções para a manutenção..................................

Leia mais

Lista de Exercícios Aula 04 Propagação do Calor

Lista de Exercícios Aula 04 Propagação do Calor Lista de Exercícios Aula 04 Propagação do Calor 1. (Halliday) Suponha que a barra da figura seja de cobre e que L = 25 cm e A = 1,0 cm 2. Após ter sido alcançado o regime estacionário, T2 = 125 0 C e T1

Leia mais

Manual de Montagem e Ajuste de Castanhas

Manual de Montagem e Ajuste de Castanhas Manual de Montagem e Ajuste de Castanhas Materiais Utilizados A montagem e ajuste de pré-carga de uma castanha é um processo bastante simples, é necessário apenas o uso de um alicate e de chaves Allen,

Leia mais

Peso do asfalto ou pavimento de concreto; Vento empurrando os lados sobre a estrutura; Forças causadas por terremotos, entre outros.

Peso do asfalto ou pavimento de concreto; Vento empurrando os lados sobre a estrutura; Forças causadas por terremotos, entre outros. Concurso de Pontes de Papel Instruções para montagem das estruturas Abaixo segue um tutorial para a montagem de um modelo de estrutura. Para o seu projeto, você deve seguir as mesmas instruções, considerando,

Leia mais

A escolha do processo de pintura depende dos fatores:

A escolha do processo de pintura depende dos fatores: Processos de pintura Um problema A técnica de pintar é uma questão importante porque não basta simplesmente passar tinta na superfície dos materiais. Uma série de requisitos deve ser considerado para que

Leia mais

João Francisco Walendowsky * Aluno do Curso de Licenciatura em Física UFSC José de Pinho Alves Filho Depto. de Física UFSC Florianópolis SC

João Francisco Walendowsky * Aluno do Curso de Licenciatura em Física UFSC José de Pinho Alves Filho Depto. de Física UFSC Florianópolis SC LABORATÓRIO CASEIRO APARELHO DE SILBERMANN João Francisco Walendowsky * Aluno do Curso de Licenciatura em Física UFSC José de Pinho Alves Filho Depto. de Física UFSC Florianópolis SC Certamente, muitos

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Obrigado por adquirir o Ventilador, modelos VTR500 503 505, um produto de alta tecnologia, seguro, eficiente, barato e econômico. É muito importante ler atentamente este manual de instruções, as informações

Leia mais

Como fazer sushi. Sushi sem frescura (Para 2 pessoas Receita para 4 rolos de alga Nori 35 sushis) Arroz:

Como fazer sushi. Sushi sem frescura (Para 2 pessoas Receita para 4 rolos de alga Nori 35 sushis) Arroz: Como fazer sushi Sushi sem frescura (Para 2 pessoas Receita para 4 rolos de alga Nori 35 sushis) Arroz: 1 e 1/2 xicaras de arroz para sushi - que aparece à direita (ele é mais mole e mais gordinho que

Leia mais

D O S S I Ê T É C N I C O

D O S S I Ê T É C N I C O D O S S I Ê T É C N I C O Modelagem de bolsas em tecido Salete Dal Mas Rogério Da Ré Graziela Vendreme SENAI-RS Centro de Educação Profissional SENAI Giuseppe Fasolo Maio 2011 Copyright Serviço Brasileiro

Leia mais

Catálogo 2015. Plataformas Cubos Escadas. Acessórios para acesso à piscina

Catálogo 2015. Plataformas Cubos Escadas. Acessórios para acesso à piscina Catálogo 2015 Plataformas Cubos Escadas Acessórios para acesso à piscina Acessibilidade A Actual dedica-se ao desenvolvimento, fabricação e comercialização de plataformas para fundo de piscina e escadas

Leia mais

CARIOCA SHOPPING - EXPANSÃO

CARIOCA SHOPPING - EXPANSÃO CARIOCA SHOPPING - EXPANSÃO ÍNDICE: Introdução...03 2. Impermeabilização A pisos e paredes em contato com o solo... 04 3. Impermeabilização B reservatórios... 06 4. Impermeabilização C pisos frios... 08

Leia mais

MATERNAL EDUCAÇÃO INFANTIL

MATERNAL EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL EDUCAÇÃO INFANTIL adquiridos antes do início das aulas: 03/02/2014 A preferência por determinadas marcas se deve à constatação, em anos anteriores, de fatores como durabilidade, qualidade, entre

Leia mais

PROCESSO CALCOGRÁFICO

PROCESSO CALCOGRÁFICO PROCESSO CALCOGRÁFICO ALUMÍNIO ZINCO COBRE ÁGUA-FORTE O processo baseia-se na protecção da chapa - que pode ser de alumínio, cobre, latão ou zinco - com um verniz de proteçção, seguido do desenho que se

Leia mais

1.1- Vamos começar com a planta baixa, na escala 1:20. Obs: passe a planta, com as medidas indicadas em uma folha separada, na escala 1:20.

1.1- Vamos começar com a planta baixa, na escala 1:20. Obs: passe a planta, com as medidas indicadas em uma folha separada, na escala 1:20. 1 PONTO DE FUGA 1.1- Vamos começar com a planta baixa, na escala 1:20. Obs: passe a planta, com as medidas indicadas em uma folha separada, na escala 1:20. 30 1.2- Coloque essa planta na parte de cima

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE ADEQUAÇÃO

Leia mais

SUMÁRIO. 1 Instruções Básicas de segurança 1

SUMÁRIO. 1 Instruções Básicas de segurança 1 SUMÁRIO 1 Instruções Básicas de segurança 1 1.1 Aplicação prevista 1 1.2 Seu equipamento de proteção individual 1 1.3 Soluções de molha, solventes e revestimentos. 1 1.4 Trabalhando na impressora sem riscos

Leia mais

Cortina Plissada. Descrição do Produto. equalizador/puxador tampa trilho inferior trilho inferior tecido celular 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.

Cortina Plissada. Descrição do Produto. equalizador/puxador tampa trilho inferior trilho inferior tecido celular 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. Cortina Plissada 1 2 3 4 5 9 6 8 7 acionamento monocontrole Omnirise Descrição do Produto 1. 2. 3. 4. 5. tampa lateral do trilho suporte de instalação tampa do freio freio/comando corda 6. 7. 8. 9. equalizador/puxador

Leia mais

Mesa de centro com tabuleiro integrado

Mesa de centro com tabuleiro integrado Mesa de centro com tabuleiro integrado Vamos para a mesa Mesa de centro com tabuleiro integrado Esta mesa de centro é genial: ela dispõe de um tabuleiro para que possa mimar as suas vistas com todo o tipo

Leia mais

DIA 6 - Como montar, cortar, fazer uma pré-cobertura com ganache e cobrir um bolo com pasta americana

DIA 6 - Como montar, cortar, fazer uma pré-cobertura com ganache e cobrir um bolo com pasta americana DIA 6 - Como montar, cortar, fazer uma pré-cobertura com ganache e cobrir um bolo com pasta americana Uma recomendação da Cake Design, Elisa Strauss de Confetti Cakes é manter a seguinte proporção ao cortar

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES - SISTEMA DE ACABAMENTO SKANIA

MANUAL DE INSTRUÇÕES - SISTEMA DE ACABAMENTO SKANIA MANUAL DE INSTRUÇÕES - SISTEMA DE ACABAMENTO SKANIA O produto O Sistema de Acabamento Skania é composto por produtos específicos para cada etapa necessária à melhor conservação do piso de madeira: SELADORA

Leia mais

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA ASSESSORIA DE OBRAS E MANUTENÇÃO Processo: Sistema de Custo para Obras e Serviços de Engenharia SC- SERVIÇOS COMPLEMENTARES Ano referência:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SINALIZAÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO SINALIZAÇÃO PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTALINA OBRA: SINALIZAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL MEMORIAL DESCRITIVO SINALIZAÇÃO INTRODUÇÃO Devido ao pequeno tráfego de pessoas nos locais a serem pavimentados foi

Leia mais

Catálogo de itens aprovados PE n 40/2014 Brinquedos e Playgrounds Região Sul

Catálogo de itens aprovados PE n 40/2014 Brinquedos e Playgrounds Região Sul Catálogo de itens aprovados PE n 40/2014 Brinquedos e Playgrounds Item 22 - Balanço 2 lugares (frente a frente) Empresa fornecedora: Capricórnio S/A Produto Certificado pelo Inmetro: nº IP-PLG 5119/14

Leia mais

NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues.

NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. Lista 12: Equilíbrio do Corpo Rígido NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção. iii.

Leia mais

Condução. t x. Grupo de Ensino de Física da Universidade Federal de Santa Maria

Condução. t x. Grupo de Ensino de Física da Universidade Federal de Santa Maria Condução A transferência de energia de um ponto a outro, por efeito de uma diferença de temperatura, pode se dar por condução, convecção e radiação. Condução é o processo de transferência de energia através

Leia mais

Guia Técnico de Pintura

Guia Técnico de Pintura Guia Técnico de Pintura IV - Varandas e Terraços As infiltrações de água são uma das maiores causas da degradação de algumas pinturas, e mesmo da estrutura de varandas e terraços. Para evitar este tipo

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04 PREGÃO AMPLO 009/2003 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANATEL ER04 MINAS GERAIS CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE

Leia mais

Editorial Módulo: Física

Editorial Módulo: Física 1. No gráfico a seguir, está representado o comprimento L de duas barras e em função da temperatura θ. Sabendo-se que as retas que representam os comprimentos da barra e da barra são paralelas, pode-se

Leia mais

IMPORTANTE LER COM ATENÇÃO E GUARDAR PARA EVENTUAIS CONSULTAS.

IMPORTANTE LER COM ATENÇÃO E GUARDAR PARA EVENTUAIS CONSULTAS. MANUAL DE INSTRUÇÕES e informações importantes para manutenção e limpeza dos nossos produtos Cercado PLAYGROUND Ref. IXCE5030 BÁSICO Foto meramente ilustrativa Obrigado mamãe e papai. Nós da BURIGOTTO,

Leia mais

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO -

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Material elaborado pelo departamento técnico da OfficeBrasil Desenvolvimento de Projetos e Produtos Última atualização: Março de 2013 Belo Horizonte, MG Linha Ohra

Leia mais

Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO. 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m.

Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO. 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m. Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO OBRAS / LOCALIZAÇÃO 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m. 01 BUEIRO triplo na RS 715 com 3,00m X 2,00m X 19m,

Leia mais

MP C N ONSELHO. logomarca em silk nas cores vermelho, branco e preto, textos em vinil adesivo recortado na cor vermelha, frente em

MP C N ONSELHO. logomarca em silk nas cores vermelho, branco e preto, textos em vinil adesivo recortado na cor vermelha, frente em 2.6 MP C ONSELHO N 2.6 6.7 Dr. José Adécio Leite Sampaio Secretário-Geral Descrição: Confecção de placa de identificação de portas em aço escovado medindo 30x10cm, cantos arredondados, logomarca em silk

Leia mais

DIRETRIZ DE AERONAVEGABILIDADE

DIRETRIZ DE AERONAVEGABILIDADE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL DIRETRIZ DE AERONAVEGABILIDADE DATA DE EFETIVIDADE: DA Nº: 03 Agosto 1979 79-08-02 Esta Diretriz de Aeronavegabilidade (DA), emitida pelo Departamento

Leia mais

Diebold Procomp. We won t t rest. Treinamento Técnico. agosto/2009

Diebold Procomp. We won t t rest. Treinamento Técnico. agosto/2009 Treinamento Técnico agosto/2009 Modelo de Impressora Mecanismo impressor para TSP143MF Características técnicas Velocidade de impressão 100 mm/s Interface de comunicação Serial (RS232) Nível de sinal:

Leia mais

PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO

PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Fabia Roberta P. Eleutério

Leia mais

Escalas ESCALAS COTAGEM

Escalas ESCALAS COTAGEM Escalas Antes de representar objectos, modelos, peças, etc. Deve-se estudar o seu tamanho real. Tamanho real é a grandeza que as coisas têm na realidade. Existem coisas que podem ser representadas no papel

Leia mais

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções.

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções. Manual de instruções. Esquadrias Metálicas Ltda. PORTA DE CORRER A Atimaky utiliza, na fabricação das janelas, aço galvanizado adquirido diretamente da Usina com tratamento de superfície de ultima geração

Leia mais

PROFESSOR: Guilherme Franklin Lauxen Neto

PROFESSOR: Guilherme Franklin Lauxen Neto ALUNO TURMA: 2 Ano DATA / /2015 PROFESSOR: Guilherme Franklin Lauxen Neto DEVOLUTIVA: / /2015 1) Dado um cilindro de revolução de altura 12 cm e raio da base 4 cm, determine: a) a área da base do cilindro.

Leia mais

BALANÇA DIGITAL Luxury Collection Alta Sensibilidade

BALANÇA DIGITAL Luxury Collection Alta Sensibilidade BALANÇA DIGITAL Luxury Collection Alta Sensibilidade MODELO 28002 Manual de Instruções Parabéns por ter adquirido um produto da qualidade INCOTERM. Este é um produto de grande precisão e qualidade comprovada.

Leia mais

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Manual de Instalação e Manutenção Torniquete Hexa revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Índice 1 - Apresentação pg.03 2 - Dimensões principais e vão livre para manutenção pg.04 3.1. Identificação dos

Leia mais

Atenção às regras para a utilização da piscina de Nagahama Entrada restrita ~as pessoas descritas abaixo não poderão usufruir das instalações~

Atenção às regras para a utilização da piscina de Nagahama Entrada restrita ~as pessoas descritas abaixo não poderão usufruir das instalações~ Atenção às regras para a utilização da piscina de Nagahama Entrada restrita ~as pessoas descritas abaixo não poderão usufruir das instalações~ Pessoas que estejam passando mal (diarreia, febre, etc), pessoas

Leia mais

09/11 658-09-05 773987 REV.2. FRITADEIRA Frita-Fácil. Plus 3. www.britania.com.br/faleconosco.aspx MANUAL DE INSTRUÇÕES

09/11 658-09-05 773987 REV.2. FRITADEIRA Frita-Fácil. Plus 3. www.britania.com.br/faleconosco.aspx MANUAL DE INSTRUÇÕES 09/11 658-09-05 773987 REV.2 FRITADEIRA Frita-Fácil Plus 3 www.britania.com.br/faleconosco.aspx MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha de mais um produto da linha Britânia. Para garantir

Leia mais

ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS

ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS ITEM 125 Código: 1085448 Frasco de 120g Detalhe da tampa com abertura Flip Top (Meramente ilustrativo) : CARACTERÍSTICAS: Creme bloqueador solar, mínimo

Leia mais

ANTROPOMETRIA E BIOMECÂNICA EM POSTOS DE TRABALHO. Prof. Manuel Salomon Salazar Jarufe

ANTROPOMETRIA E BIOMECÂNICA EM POSTOS DE TRABALHO. Prof. Manuel Salomon Salazar Jarufe ANTROPOMETRIA E BIOMECÂNICA EM POSTOS DE TRABALHO Prof. Manuel Salomon Salazar Jarufe Movimentos extremos Postos de trabalho com muitos equipamentos tornam mais freqüentes movimentos extremos e posturas

Leia mais

Não fique desligado! - Está ao seu alcance poupar energia

Não fique desligado! - Está ao seu alcance poupar energia Frigorífico / arca congeladora / combinado l Coloque o equipamento afastado de fontes de calor (ex.: forno, aquecedor, janela, etc.). l Afaste o equipamento da parede de modo a permitir a ventilação da

Leia mais

PROJECTO CRIAÇÃO DE PEQUENAS UNIDADES DE NEGÓCIO PROMOVIDAS POR MULHERES - EIXO NOW

PROJECTO CRIAÇÃO DE PEQUENAS UNIDADES DE NEGÓCIO PROMOVIDAS POR MULHERES - EIXO NOW PROJECTO CRIAÇÃO DE PEQUENAS UNIDADES DE NEGÓCIO PROMOVIDAS POR MULHERES - 2ª FASE ACTIVIDADES DE SIMULAÇÃO Higiene e Segurança no Trabalho CASO PRÁTICO I Ramos Jorge 2ª FASE - SIMULAÇÃO 1. TEMA A TRATAR

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [M03 11052010] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções contidas neste manual antes de utilizar o produto, pois elas garantirão sua segurança.

Leia mais

Manual de como eu fiz (Passo a passo)

Manual de como eu fiz (Passo a passo) Manual de como eu fiz (Passo a passo) 2014 - Ano I - Manual- VI Deixo um exemplo de como fazer. Assim como eu fiz, Façam vocês também Editorial Presados companheiros de hobby, Com estes manuais com pequenas

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias para o processo de inventário em um estoque, filial ou loja no APLWeb.

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias para o processo de inventário em um estoque, filial ou loja no APLWeb. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP Nº 1511.0009 DIRECTA SISTEMAS INTELIGENTES SISTEMA APLWEB DEPARTAMENTO(S) ESTOQUE/EXPEDIÇÂO/ALMOXARIFADO/LOJAS MÓDULO/MENU PRODUTOS/SERVIÇOS Versão do Documento Nº

Leia mais

Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios

Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios O Método Intuitivo de elaboração de circuitos: As técnicas de elaboração de circuitos eletropneumáticos fazem parte

Leia mais

Observando embalagens

Observando embalagens Observando embalagens A UUL AL A O leite integral é vendido em caixas de papelão laminado por dentro. Essas embalagens têm a forma de um paralelepípedo retângulo e a indicação de que contêm 1000 ml de

Leia mais

Determinação de lipídios em leite e produtos lácteos pelo método butirométrico

Determinação de lipídios em leite e produtos lácteos pelo método butirométrico Página 1 de 10 1 Escopo Este método tem como objetivo determinar a porcentagem de lipídios em leite e produtos lácteos pelo método butirométrico (Gerber). 2 Fundamentos Baseia-se na separação e quantificação

Leia mais

Espremedor de suco FreshMix

Espremedor de suco FreshMix Espremedor de suco FreshMix LEIA ANTES DE USAR Visite o site www.hamiltonbeach.com,br para conhecer a nossa linha de produtos completa. Dúvidas? Por Favor, ligue - nossos associados estão prontos para

Leia mais

Procuradoria-Geral de Justiça Pregoeiro - Portaria n.º 0124/2013-GAB/PGJ/MP-AP

Procuradoria-Geral de Justiça Pregoeiro - Portaria n.º 0124/2013-GAB/PGJ/MP-AP ANEXO II MODELO DA PROPOSTA COMERCIAL Proposta que faz a empresa_, inscrita no CNPJ/CGC(MF) nº_, e inscrição estadual nº, estabelecida no(a), para atendimento do objeto destinado ao Ministério Público

Leia mais