VARIAÇÃO PATRIM. DIMINUTIVA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VARIAÇÃO PATRIM. DIMINUTIVA"

Transcrição

1 VARIAÇÃO PATRIM. DIMINUTIVA Nº Conta Contábil Nome da conta contábil Função Natureza Compreende o decrescimo nobenefício economico durante o periodo contabil sob a forma de saida de recurso ou redução de ativo ou VARIAÇÃO PATRIMONIAL incremento em passivo, que resulte em decrescimo do patrimonio DIMINUTIVA líquido e que não seja proveniente de distribuição aos proprietarios da entidade. omp rem pess ativo civil/mil, corr VPD subs, venc, sold e vant pec fix ou var estab em lei dec do pag pelo efet exer do car, empr ou fun de conf no set púb, bem como as VPD com contr terc. mao-de-obra ref PESSOAL E ENCARGOS subst serv e emp púb. ainda, obrig trab resp do emp, inc s/ folha pag org e dem ent do setor púb, cont a entid fech de previ e benef event a pess civil e militar, dest cust de pess e encar iner as CMV e CPV e CSP REMUNERAÇÃO A PESSOAL Compreende a remuneração do pessoal ativo civil ou militar, correspondente ao somatorio das VPD com subsidios, vencimentos, soldos e vantagens pecuniárias fixas e variaveis estabelecidas em lei decorrentes do pagamento pelo efetivo exercício do cargo, emprego ou função de confianca no setor público, bem como as com contratos de terceirização de mao-de-obra que se refiram a subst de serv e empregados públicos REMUNERAÇÃO A PESSOAL ATIVO CIVIL ABRANGIDOS PELO RPPS Compreende a remuneração do pessoal ativo civil abrangidos pelo RPPS, correspondente ao somatório das variações patrimoniais diminutivas com subsídios, vencimentos e vantagens pecuniárias fixas e variáveis estabelecidas em lei decorrentes do pagamento pelo efetivo exercício do cargo ou função de confiança no setor público.

2 REMUNERAÇÃO A PESSOAL ATIVO CIVIL ABRANGIDOS PELO RPPS - CONSOLIDAÇÃO Compreende a remuneração do pessoal ativo civil abrangidos pelo RPPS, correspondente ao somatório das variações patrimoniais diminutivas com subsídios, vencimentos e vantagens pecuniárias fixas e variáveis estabelecidas em lei decorrentes do pagamento pelo efetivo exercício do cargo ou função de confiança no setor público. Compreende os saldos que não serão excluídos nos demonstrativos consolidados do orçamento fiscal e da seguridade social (OFSS) REMUNERAÇÃO A PESSOAL ATIVO CIVIL ABRANGIDOS PELO RGPS VENCIMENTO SERVIDOR CIVIL VENCIMENTO CARGO PROVIMENTO TEMPORÁRIO GRATIFICAÇÃO NATALINA ADICIONAL TEMPO DE SERVIÇO ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE ADICIONAL NOTURNO REMUNERAÇÃO DO GOVERNADOR, VICE - GOVERNADOR E SECRETÁRIOS REMUNERAÇÃO DE FÉRIAS (ACRÉSCIMO DE 1/3) Compreende a remuneração do pessoal ativo civil abrangidos pelo RGPS, correspondente ao somatório das variações patrimoniais diminutivas com vencimentos e vantagens pecuniárias fixas e variáveis estabelecidas em lei decorrentes do pagamento pelo efetivo exercício do emprego, inclusive os ocupantes de cargos em comissão não investidos em cargo efetivo, no setor público. patrimônio com despesas de vencimento servidor civil. patrimônio com despesas de vencimento cargo provimento temporário. patrimônio com despesas de gratificação natalina. patrimônio com despesas de adicional tempo de serviço. patrimônio com despesas de adicionais de insalubridade e periculosidade. patrimônio com despesas de adicional noturno. patrimônio com despesas de remuneração do governador, vice - governador e secretários. patrimônio com despesas de remuneração de férias (acréscimo de 1/3).

3 ABONO PECUNIÁRIO (CONVERSÃO DE 1/3 DO PERÍODO DE FÉRIAS) ESTABILIDADE ECONÔMICA GRATIFICAÇÃO POR CONDIÇÕES ESPECIAIS DE TRABALHO REGIME DE TEMPO INTEGRAL ADICIONAL DE FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO PELAS ATIVIDADES DE PRECEPTORIA GRATIFICAÇÃO PELO EXERCÍCIO EM UNIDADE HOSPITALAR GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO PROFissIONAL GRATIFICAÇÃO DE INTERIORIZAÇÃO GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO À MELHORIA DA QUALIDADE DE ASSISTÊNCIA MÉDICA GRATIFICAÇÃO A TÍTULO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRATIFICAÇÃO ESPECIAL AOS DOCENTES AVANÇO HORIZONTAL PREVISTO NO ART 3 DA LEI patrimônio com despesas de abono pecuniário (conversão de 1/3 do período de férias). patrimônio com despesas de estabilidade econômica. patrimônio com despesas gratificação por condições especiais de trabalho. patrimônio com despesas de regime de tempo integral. patrimônio com despesas de adicional de função. patrimônio com despesas de gratificação pelas atividades de preceptoria. patrimônio com despesas de gratificação pelo exercício em unidade hospitalar. patrimônio com despesas de gratificação de incentivo à qualificação profissional. patrimônio com despesas de gratificação de interiorização. patrimônio com despesas de gratificação de incentivo à melhoria da qualidade de assistência médica. patrimônio com despesas de gratificação a título de atividades complementares. patrimônio com despesas de gratificação especial aos docentes. patrimônio com despesas de avanço horizontal previsto no art 3 da lei

4 GRATIFICAÇÃO PELO EXERCÍCIO DE CARGOS EM LOCALIDADES ESPECÍFICAS GRATIFICAÇÃO DE PRODUÇÃO PREVISTA NOS ARTIGOS 33 E DA LEI N.º 4.794/ GRATIFICAÇÃO DE FUNÇÃO ARTÍSTICA GRATIFICAÇÃO POR FUNÇÃO POLICIAL - CIVIL VANTAGENS PESSOAIS - HORAS EXTRAS INCORPORADAS E RISCO DE VIDA GRATIFICAÇÃO POR TRABALHO TÉCNICO - CIENTÍFICO ABONOS CONCEDIDOS NA FORMA DA LEI SALÁRIO DO SERVIDOR EM REGIME DA CLT ADICIONAL NOTURNO E PLANTÃO NOTURNO AVISO PRÉVIO CUMPRIDO OU INDENIZADO REMUNERAÇÃO DECORRENTE DE LICENÇAS PREVISTAS EM LEI SUBSTITUIÇÕES REMUNERAÇÃO DE DEPUTADOS patrimônio com despesas de gratificação pelo exercício de cargos em localidades específicas. patrimônio com despesas de gratificação de produção prevista nos artigos 33 e 34 da lei n.º 4.794/88. patrimônio com despesas de gratificação de função artística. patrimônio com despesas de gratificação por função policial - civil. patrimônio com despesas de vantagens pessoais - horas extras incorporadas e risco de vida. patrimônio com despesas de gratificação por trabalho técnico - científico. patrimônio com despesas de abonos concedidos na forma da lei. patrimônio com despesas de salário do servidor em regime da CLT. patrimônio com despesas de adicional noturno e plantão noturno. patrimônio com despesas de aviso prévio cumprido ou indenizado. patrimônio com despesas de remuneração decorrente de licenças previstas em lei. patrimônio com despesas de substituições. patrimônio com despesas de remuneração de deputados.

5 ADIANTAMENTO DE GRATIFICAÇÃO NATALINA CRÉDITO HABITACIONAL / PAR PIS/PASEP REEMBOLSO PLANSERV GRATIFICAÇÃO PESSOAL CIVIL AUTO CONVOCAÇÃO DOS DEPUTADOS DO ESTADO DA BAHIA patrimônio com despesas de adiantamento de gratificação natalina. patrimônio com despesas de crédito habitacional / par. patrimônio com despesas de PIS/PASEP. patrimônio com despesas de reembolso PLANSERV. patrimônio com despesas de gratificação pessoal civil. patrimônio com despesas de auto convocação dos deputados do Estado da Bahia. INCENTIVO ESPECIAL À APOSENTADORIA - LEI N.8.831/03 - patrimônio com despesas de incentivo especial à aposentadoria (Lei ASSEMBLEIA LEGISLATIVA n.8.831/03) da Assembleia Legislativa. GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE patrimônio com despesas de gratificação por tempo de serviço - SERVIÇO - GTS GTS DESPESAS POR INTEGRAÇÃO OUTRAS VPD VARIAVEIS - PESSOAL CIVIL - RPPS AJUDA DE CUSTO AUXÍLIO MORADIA ADICIONAL POR SERVIÇOS EXTRAORDINÁRIOS SUBSTITUIÇÃO PELO EXERCÍCIO DE CARGO DE PROVIMENTO TEMPORÁRIO patrimônio com despesas de gratificação por tempo de serviço - GTS. outras VPD variaveis - pessoal civil - RPPS. patrimônio com despesas de ajuda de custo. patrimônio com despesas de auxílio moradia. patrimônio com despesas de adicional por serviços extraordinários. patrimônio com despesas de substituição pelo exercício de cargo de provimento temporário.

6 HORA EXTRA PARA SERVIDORES CELETISTAS patrimônio com despesas de hora extra para servidores celetistas JETONS patrimônio com despesas de jetons AULAS EXTRAORDINÁRIAS GRATIFICAÇÃO DESPESA VARIÁVEL - PESSOAL CIVIL / ESTATUTÁRIO GRATIFICAÇÃO ESPECIAL PELA REPRESENTAÇÃO DE GABINETE ABONOS CONCEDIDOS NA FORMA DA LEI HONORARIO ADVOCATICIOS PRÊMIO ESPECIAL PGE patrimônio com despesas de aulas extraordinárias. patrimônio com despesas de despesa variável - pessoal civil / estatutário. patrimônio com despesas de gratificação especial pela representação de gabinete. patrimônio com despesas de gratificação. patrimônio com despesas de abonos concedidos na forma da lei. patrimônio com despesas de honorario advocaticios. patrimônio com despesas de prêmio especial PGE REMUNERAÇÃO A PESSOAL - RGPS Compreende a remuneração do pessoal ativo civil abrangidos pelo RGPS, correspondente ao somatorio das variações patrimoniais diminutivas com subsidios, vencimentos e vantagens pecuniárias fixas e variaveis estabelecidas em lei decorrentes do pagamento pelo efetivo exercício do cargo ou função de confianca no setor público REMUNERAÇÃO A PESSOAL ATIVO CIVIL ABRANGIDOS PELO RGPS - CONSOLIDAÇÃO Compreende a remuneração do pessoal ativo civil abrangidos pelo RGPS, correspondente ao somatório das variações patrimoniais diminutivas com vencimentos e vantagens pecuniárias fixas e variáveis estabelecidas em lei decorrentes do pagamento pelo efetivo exercício do emprego, inclusive os ocupantes de cargos em comissão não investidos em cargo efetivo, no setor público. Compreende os saldos que não serão excluídos nos demonstrativos consolidados do orçamento fiscal e da seguridade social (OFSS).

7 VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL - RGPS VENCIMENTO SERVIDOR CIVIL VENCIMENTO CARGO PROVIMENTO TEMPORÁRIO GRATIFICAÇÃO NATALINA ADICIONAL TEMPO DE SERVIÇO ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE ADICIONAL NOTURNO REMUNERAÇÃO DO GOVERNADOR, VICE - GOVERNADOR E SECRETÁRIOS REMUNERAÇÃO DE FÉRIAS (ACRÉSCIMO DE 1/3) ABONO PECUNIÁRIO (CONVERSÃO DE 1/3 DO PERÍODO DE FÉRIAS) ESTABILIDADE ECONÔMICA GRATIFICAÇÃO POR CONDIÇÕES ESPECIAIS DE TRABALHO REGIME DE TEMPO INTEGRAL ADICIONAL DE FUNÇÃO Compreende o somatorio dos valores com vencimentos e vantagens fixas do pessoal civil do tipo: gratificação, representação, adicional insalubridade, ferias, 13 salário, licenca-premio, abono pecuniario, adicional noturno, etc. patrimônio com despesas de vencimento servidor civil. patrimônio com despesas de vencimento cargo provimento temporário. patrimônio com despesas de gratificação natalina. patrimônio com despesas de adicional tempo de serviço. patrimônio com despesas de adicionais de insalubridade e periculosidade. patrimônio com despesas de adicional noturno. patrimônio com despesas de remuneração do governador, vice - governador e secretários. patrimônio com despesas de remuneração de férias (acréscimo de 1/3). patrimônio com despesas de abono pecuniário (conversão de 1/3 do período de férias). patrimônio com despesas de estabilidade econômica. patrimônio com despesas gratificação por condições especiais de trabalho. patrimônio com despesas de regime de tempo integral. patrimônio com despesas de adicional de função.

8 GRATIFICAÇÃO PELAS ATIVIDADES DE PRECEPTORIA GRATIFICAÇÃO PELO EXERCÍCIO EM UNIDADE HOSPITALAR GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO PROFissIONAL GRATIFICAÇÃO DE INTERIORIZAÇÃO GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO À MELHORIA DA QUALIDADE DE ASSISTÊNCIA MÉDICA ESPECÍFICAS GRATIFICAÇÃO A TÍTULO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRATIFICAÇÃO ESPECIAL AOS DOCENTES AVANÇO HORIZONTAL PREVISTO NO ART 3 DA LEI GRATIFICAÇÃO PELO EXERCÍCIO DE CARGOS EM LOCALIDADES GRATIFICAÇÃO DE PRODUÇÃO PREVISTA NOS ARTIGOS 33 E DA LEI N.º 4.794/ GRATIFICAÇÃO DE FUNÇÃO ARTÍSTICA GRATIFICAÇÃO POR FUNÇÃO POLICIAL - CIVIL patrimônio com despesas de gratificação pelas atividades de preceptoria. patrimônio com despesas de gratificação pelo exercício em unidade hospitalar. patrimônio com despesas de gratificação de incentivo à qualificação profissional. patrimônio com despesas de gratificação de interiorização. patrimônio com despesas de gratificação de incentivo à melhoria da qualidade de assistência médica. patrimônio com despesas de gratificação a título de atividades complementares. patrimônio com despesas de gratificação especial aos docentes. patrimônio com despesas de avanço horizontal previsto no art 3 da lei 4.694/ 87. patrimônio com despesas de gratificação pelo exercício de cargos em localidades específicas. patrimônio com despesas de gratificação de produção prevista nos artigos 33 e 34 da lei n.º 4.794/88. patrimônio com despesas de gratificação de função artística. patrimônio com despesas de gratificação por função policial - civil.

9 VANTAGENS PESSOAIS - HORAS EXTRAS INCORPORADAS E RISCO DE VIDA GRATIFICAÇÃO POR TRABALHO TÉCNICO - CIENTÍFICO ABONOS CONCEDIDOS NA FORMA DA LEI SALÁRIO DO SERVIDOR EM REGIME DA CLT ADICIONAL NOTURNO E PLANTÃO NOTURNO AVISO PRÉVIO CUMPRIDO OU INDENIZADO REMUNERAÇÃO DECORRENTE DE LICENÇAS PREVISTAS EM LEI SUBSTITUIÇÕES REMUNERAÇÃO DE DEPUTADOS ADIANTAMENTO GRATIFICAÇÃO NATALINA CRÉDITO HABITACIONAL / PAR PIS/PASEP REEMBOLSO PLANSERV GRATIFICAÇÃO PESSOAL CIVIL patrimônio com despesas de vantagens pessoais - horas extras incorporadas e risco de vida. patrimônio com despesas de gratificação por trabalho técnico - científico. patrimônio com despesas de abonos concedidos na forma da lei. patrimônio com despesas de salário do servidor em regime da CLT. patrimônio com despesas de adicional noturno e plantão noturno. patrimônio com despesas de aviso prévio cumprido ou indenizado. patrimônio com despesas de remuneração decorrente de licenças previstas em lei. patrimônio com despesas de substituições. patrimônio com despesas de remuneração de deputados. patrimônio com despesas de adiantamento gratificação natalina. patrimônio com despesas de crédito habitacional / par. patrimônio com despesas de PIS/PASEP. patrimônio com despesas de reembolso PLANSERV. patrimônio com despesas de gratificação pessoal civil.

10 AUTO CONVOCAÇÃO DOS DEPUTADOS DO ESTADO DA BAHIA INCENTIVO ESPECIAL À APOSENTADORIA LEI N.8.831/03 ASSEMBLEIA LEGISLATIVA GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO - GTS OUTRAS VPD VARIAVEIS - PESSOAL CIVIL - RGPS AJUDA DE CUSTO AUXÍLIO MORADIA JETONS ADICIONAL POR SERVIÇOS EXTRAORDINÁRIOS SUBSTITUIÇÃO PELO EXERCÍCIO DE CARGO DE PROVIMENTO TEMPORÁRIO HORA EXTRA PARA SERVIDORES CELETISTAS AULAS EXTRAORDINÁRIAS DESPESA VARIÁVEL - PESSOAL CIVIL / ESTATUTÁRIO GRATIFICAÇÃO ESPECIAL PELA REPRESENTAÇÃO DE GABINETE patrimônio com despesas de auto convocação dos deputados do Estado da Bahia. patrimônio com despesas de incentivo especial à aposentadoria lei n.8.831/03 assembleia legislativa. patrimônio com despesas de gratificação por tempo de serviço - GTS. Compreende o valor das apropriações das despesas com outras despesas variaveis - pessoal civil abrangidos pelo regime geral, relacionadas as atividades do cargo ou função do servidor e cujo pagamento so se realiza em circustancias especiais. patrimônio com despesas de ajuda de custo. patrimônio com despesas de auxílio moradia. patrimônio com despesas de adicional por serviços extraordinários. patrimônio com despesas de substituição pelo exercício de cargo de provimento temporário. patrimônio com despesas de hora extra para servidores celetistas. patrimônio com despesas de jetons. patrimônio com despesas de aulas extraordinárias. patrimônio com despesas de despesa variável - pessoal civil / estatutário. patrimônio com despesas de gratificação especial pela representação de gabinete.

11 GRATIFICAÇÃO ABONOS CONCEDIDOS NA FORMA DA LEI HONORARIO ADVOCATICIOS PRÊMIO ESPECIAL PGE DESPESAS POR INTEGRAÇÃO ENCARGOS PATRONAIS ENCARGOS PATRONAIS - RPPS patrimônio com despesas de gratificação. patrimônio com despesas de abonos concedidos na forma da lei. patrimônio com despesas de honorario advocaticios. patrimônio com despesas de prêmio especial PGE. patrimônio com despesas por integração Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público ENCARGOS PATRONAIS - RPPS INTRA OFSS ENCARGOS PATRONAIS FUNPREV - PESSOAL CIVIL FUNPREV - PESSOAL MILITAR Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os valores de operações efetuadas entre órgãos pertencentes ao OFSS do mesmo ente público. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com o FUNPREV pessoal civil. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com FUNPREV pessoal militar.

12 BAPREV - PESSOAL CIVIL BAPREV - PESSOAL MILITAR ENCARGOS PATRONAIS - RGPS ENCARGOS PATRONAIS - RGPS - CONSOLIDAÇÃO ENCARGOS PATRONAIS SEGURO DE ACIDENTE DE TRABALHO OUTRAS OBRIGAÇÕES PATRONAIS Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com BAPREV pessoal civil. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com BAPREV pessoal militar. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os valores de operações efetuadas entre órgão pertencente ao OFSS com pessoa ou entidade não pertencente ao OFSS. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos com seguro de acidente de trabalho. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos com outra obrigações patronais ENCARGOS PATRONAIS - RGPS - INTER OFSS UNIÃO Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os valores de operações efetuadas entre duas unidades pertencentes ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social (OFSS) de entes públicos distintos com a União..

13 ENCARGOS PATRONAIS INSS PARCELAMENTO INSS SALÁRIO EDUCAÇÃO Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. patrimônio com despesas de INSS. patrimônio com despesas de parcelamento INSS. patrimônio com despesas de salário educação ENCARGOS PATRONAIS - RGPS - INTER OFSS ESTADO ENCARGOS PATRONAIS INSS PARCELAMENTO INSS SALÁRIO EDUCAÇÃO Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os valores de operações efetuadas entre duas unidades pertencentes ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social (OFSS) de entes públicos distintos com Estados. Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. patrimônio com despesas de INSS. patrimônio com despesas de parcelamento INSS. patrimônio com despesas de salário educação ENCARGOS PATRONAIS - RGPS - INTER OFSS MUNICÍPIO Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os valores de operações efetuadas entre duas unidades pertencentes ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social (OFSS) de entes públicos distintos com Municípios.

14 ENCARGOS PATRONAIS INSS PARCELAMENTO INSS SALÁRIO EDUCAÇÃO ENCARGOS PATRONAIS - FGTS ENCARGOS PATRONAIS - FGTS - CONSOLIDAÇAO ENCARGOS PATRONAIS FGTS PRCELAMENTO DO FGTS Compreende os encargos trabalhistas de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. patrimônio com despesas de INSS. patrimônio com despesas de parcelamento INSS. patrimônio com despesas de salário educação. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes do FGTS de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes do FGTS de responsab do empregador, incidentes sobre a folha de pagam dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os valores de oper efetuadas entre uma unidade pertencente ao OFSS com pessoa ou unidade que não pertenca ao OFSS de ente público, além dos demais fatos que não compreendem transações entre partes. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes do FGTS de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes do FGTS de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público, referente ao FGTS. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes do FGTS de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público, referente ao parcelamento do FGTS.

15 CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS GERAIS Compreende os encargos trabalhistas decorrentesde contribuições sociais gerais, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS GERAIS - CONSOLIDAÇAO OBRIGAÇÕES PATRONAIS OBRIGAÇÕES COM ENTIDADES PARAESTATAIS CONTRIBUIÇÃO PARA O SESI - SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA CONTRIBUIÇÕES A ENTIDADES FECHADAS DE PREVIDÊNCIA Compreende os encargos trabalhistas decorrentesde contribuições sociais gerais, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pag dos serv púb ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor púb. compree os val de opera efet entre uma unidade pertencente ao OFSS com pessoa ou unidade que não pert ao OFSS de ente público, além dos demais fatos que não compreendem transações entre partes. Compreende o valor total das despesas realizadas contribuições sociais gerais. Compreende o valor total das despesas realizadas contribuições sociais gerais com entidades paraestatais. Compreende o valor total das despesas realizadas contribuições sociais gerais com o SESI. Compreende o valor total das vpd relacionadas ao regime de previdência privada, de caráter complementar, organizado de forma autônoma em relação ao regime geral de prev. social, de caráter facultativo, baseado na constituição de reservas que garantam o benefício, nos termos do caput do art. 202 da const. federal. Entendese por entidades fechadas aquelas acessíveis, na forma regulamentada pelo órgão regulador e fiscalizador, exclusiv. aos empregados de uma empresa ou grupo de empresas e aos servidores da União, dos estados, do distrito federal municípios, entes denominados patrocinadores.

16 Compreende o valor total das vpds relacionadas ao regime de prev privada, de caráter complementar, organizado de forma autônoma CONTRIBUIÇÕES A ENTIDADES em relação ao regime geral de prev social, de caráter facultativo, FECHADAS DE PREVIDÊNCIA - baseado na constituição de reservas que garantam o benefício, nos CONSOLIDAÇÃO termos do caput do art. 202 da const federal. Compreende os saldos que não serão excluídos nos demonstrativos consolidados do orçamento fiscal e da seguridade social (OFSS). Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de encargos patronais, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a ENCARGOS PATRONAIS folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de encargos patronais, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a COMPLEMENTAÇÃO DA folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos PREVIDÊNCIA orgaos e demais entidades do setor público, referente a complementação da previdência. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a OUTROS ENCARGOS PATRONAIS folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros OUTROS ENCARGOS PATRONAIS encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a CONSOLIDAÇAO folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a ENCARGOS PATRONAIS folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos OUTRAS OBRIGAÇÕES PATRONAIS orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais.

17 Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros OUTROS ENCARGOS PATRONAIS encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a INTRA OFSS folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a ENCARGOS PATRONAIS folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos OUTRAS OBRIGAÇÕES PATRONAIS OUTROS ENCARGOS PATRONAIS - INTER OFSS UNIÃO ENCARGOS PATRONAIS OUTRAS OBRIGAÇÕES PATRONAIS OUTROS ENCARGOS PATRONAIS - INTER OFSS ESTADO orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende as transações realizadas entre órgãos que estão no OFSS, pertencentes a entes públicos diferentes. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende as transações realizadas entre órgãos que estão no OFSS, pertencentes a entes públicos diferentes.

18 ENCARGOS PATRONAIS OUTRAS OBRIGAÇÕES PATRONAIS OUTROS ENCARGOS PATRONAIS - INTER OFSS MUNICÍPIO ENCARGOS PATRONAIS OUTRAS OBRIGAÇÕES PATRONAIS Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende as transações realizadas entre órgãos que estão no OFSS, pertencentes a entes públicos diferentes. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público. Compreende os encargos trabalhistas decorrentes de outros encargos, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais BENEFICIOS A PESSOAL Compreende o val total das VPD com benef dev a pes civil e mililtar.estao excluidas deste grupo as despesas com vencimentos, soldos e quaisquer outras vantagens pecuniarias, bem como as despesas relacionadas aos benef prev ou assist, estao excluidas ainda as indenizações e restituições trabalhistas decorrentes da perda da condição de servidor ou empregado, tais como ferias, aviso previo indenizados e outras.

19 BENEFICIOS A PESSOAL - RPPS BENEFICIOS A PESSOAL - RPPS - CONSOLIDAÇAO OUTRAS DESPESAS VARIÁVEIS - PESSOAL CIVIL AJUDA DE CUSTO AUXÍLIO MORADIA AUXILIO ALIMENTAÇÃO AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO EM PECÚNIA, INCLUSIVE DE CARÁTER INDENIZATÓRIO Compreende o valor total das VPD com beneficios devidos a pessoal civil e militar, bem como as despesas relacionadas aos beneficios previdenciarios ou assistenciais, estao excluidas ainda as indenizações e restituições trabalhistas decorrentes da perda da condição de servidor ou empregado, tais como ferias, aviso previo indenizados e outras, referente a beneficios a pessoal - RPPS. compr o val tot das VPD com benef devi a pess civil e militar, estao exclu deste gru as desp com venc, sold e quaisq outras vanta pecun, bem como as desp relac benef prev ou assist, estao excl ainda as indeniz e rest trabal dec da perda da cond de serv ou empr, comp os val de oper efe entre uma unid perte ao OFSS com pes/unidade que não pert ao OFSS de ente púb, além dos dem fat que não compre trans entre partes. Compreende os benfícios a pessoal decorrentes de outras despesas variáveis de pessoal civil, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais. Compreende os benfícios a pessoal decorrentes de outras despesas variáveis deajuda de custo, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais. Compreende os benfícios a pessoal decorrentes de outras despesas variáveis de auxílio moradia, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais. Registra as variações patrimoniais diminutivas provenientes de despesas com auxilio alimentação em pecunia ao servidor. Compreende os benfícios a pessoal decorrentes de outras despesas variáveis de auxílio alimentação, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais.

20 AUXILIO TRANSPORTE AUXÍLIO TRANSPORTE EM PECÚNIA, DE CARÁTER INDENIZATÓRIO BENEFICIOS A PESSOAL - RGPS BENEFICIOS A PESSOAL - RGPS - CONSOLIDAÇAO Compreende os benfícios a pessoal decorrentes de outras despesas variáveis de auxílio transportes, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais. Compreende os benfícios a pessoal decorrentes de outras despesas variáveis de auxílio transportes, de responsabilidade do empregador, incidentes sobre a folha de pagamento dos servidores públicos ativos, pertencentes aos orgaos e demais entidades do setor público com outras obrigações patronais. patrimônio com despesas de beneficios a pessoal - RGPS. compr o valor total das VPD com benef devidos a pessoal refer ao RGPS, tais como: ajuda-de-custo, indeniz de transp, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras. Compreende os valores de operações efetuadas entre uma unidade pertenc ao OFSS com pessoa ou unidade que não pertenca ao OFSS de ente público, além dos demais fatos que não compreendem transações entre partes OUTRAS DESPESAS VARIÁVEIS - PESSOAL CIVIL AJUDA DE CUSTO AUXÍLIO MORADIA Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a outras despesas variáveis pessoal civil. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a ajuda de custo. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a auxílio moradia.

21 AUXILIO ALIMENTAÇÃO AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO EM PECÚNIA, INCLUSIVE DE CARÁTER INDENIZATÓRIO AUXILIO TRANSPORTE AUXÍLIO TRANSPORTE EM PECÚNIA, DE CARÁTER INDENIZATÓRIO BENEFICIOS A PESSOAL - MILITAR BENEFICIOS A PESSOAL - MILITAR - CONSOLIDAÇAO Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a auxílio alimentação. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a auxílio alimentação. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a auxílio transporte. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a auxílio transporte. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal militar, referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a auxílio transporte. patrimônio com despesas de beneficios a pessoal - militar. Compreende os valores de operações efetuadas entre uma unidade pertencente ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social (OFSS) com pessoa ou unidade que não pertenca ao OFSS de ente público, além dos demais fatos que não compreendem transações entre partes.

22 OUTRAS DESPESAS VARIÁVEIS PESSOAL MILITAR ETAPA ALIMENTAÇÃO AJUDA DE CUSTO AUXILIO MORADIA Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a outras despesas variáveis pessoal militar. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente aetapa alimentação. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a ajuda de custo. Compreende o valor total das variações patrimoniais diminutivas com beneficios devidos a pessoal referetente ao regime geral de previdência, tais como: ajuda-de-custo, indenização de transporte, auxilio-moradia, auxilio-alimentação,auxilio-transporte e outras, referente a auxílio moradia HONORÁRIOS DE ENSINO JETONS DESPESA VARIÁVEL - MILITAR ATIVO AUXILIO TRANSPORTE Registra as variações patrimoniais diminutivas com auxilio-transporte pagas em forma de pecunia diretamente aos servidores, destinado ao custeio parcial das despesas realizadas com transporte coletivo municipal intermunicipal ou interestadual nos deslocamentos de suas residencias para os locais de trabalho e vice-versa, ou trabalhotrabalho nos casos de acumulação licita de cargos.

23 AUXÍLIO TRANSPORTE EM PECÚNIA, DE CARÁTER INDENIZATÓRIO - PESSOAL MILITAR OUTROS BENEFICIOS A PESSOAL - MILITAR CUSTO DE PESSOAL E ENCARGOS CUSTO DE MERCADORIAS VENDIDAS - PESSOAL E ENCARGOS CUSTO DE MERCADORIAS VENDIDAS - PESSOAL E ENCARGOS - CONSOLIDAÇAO CMV - REMUNERAÇÃO A PESSOAL - RPPS CMV - REMUNERAÇÃO A PESSOAL -RGPS CMV - REMUNERAÇÃO A PESSOAL - REGIME PROPRIO DOS MILITARES CMV - ENCARGOS PATRONAIS RPPS CMV - ENCARGOS PATRONAIS RGPS Registra as variações patrimoniais diminutivas com auxilio-transporte pagas em forma de pecunia diretamente aos servidores, destinado ao custeio parcial das despesas realizadas com transporte coletivo municipal intermunicipal ou interestadual nos deslocamentos de suas residencias para os locais de trabalho e vice-versa, ou trabalhotrabalho nos casos de acumulação licita de cargos. Registra as variações patrimoniais diminutivas realizadas com outros beneficios a pessoal - militar, não classificaveis nos subitens anteriores, e/ou os valores relativos a integração de balancetes. Compreende a variação patrimonial diminutiva relativa a pessoal e encargos utilizados na produção de bens ou servicos, sendo registrado apenas no momento da venda destes. Compreende as variações patrimoniais diminutivas relativas a pessoal e encargos apropriadas as mercadorias, sendo registrado apenas no momento da venda destas. Compreende as variações patrimoniais diminutivas relativas a pessoal e encargos apropriadas as mercadorias, sendo registrado apenas no momento da venda destas. Compreende os valores de operações efetuadas entre uma unidade pertencente ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social (OFSS) com pessoa ou unidade que não pertenca ao OFSS de ente público, além dos demais fatos que não compreendem transações entre partes. Registra a apropriação de remuneração a pessoal abrangidos pelo RPPS no custo das mercadorias vendidas. Registra a apropriação de remuneração a pessoal abrangidos pelo RGPS no custo das mercadorias vendidas. Registra a apropriação de remuneração a pessoal abrangidos pelo regime proprio dos militares no custo das mercadorias vendidas. Registra a apropriação de encargos patronais - RPPS no custo das mercadorias vendidas. Registra a apropriação de encargos patronais - RGPS no custo das mercadorias vendidas.

24 CMV - ENCARGOS PATRONAIS - Registra a apropriação de encargos patronais - FGTS no custo das FGTS mercadorias vendidas. CMV - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS Registra a apropriação de contribuições sociais gerais no custo das GERAIS mercadorias vendidas. CMV - CONTRIBUIÇÕES A ENTIDADES FECHADAS DE Registra a apropriação de contribuições a entidades fechadas de PREVIDENCIA previdencia no custo das mercadorias vendidas. CMV - OUTROS ENCARGOS Registra a apropriação de outros encargos patronais no custo das PATRONAIS mercadorias vendidas. CMV - BENEFICIOS A PESSOAL - Registra a apropriação de beneficios a pessoal - RPPS no custo das RPPS mercadorias vendidas. CMV - BENEFICIOS A PESSOAL - Registra a apropriação de beneficios a pessoal - RGPS no custo das RGPS mercadorias vendidas. CMV - BENEFICIOS A PESSOAL - Registra a apropriação de beneficios a pessoal - militar no custo das MILITAR mercadorias vendidas. CMV - INDENIZAÇÕES E Registra a apropriação de indenizações e restituições trabalhistas no RESTITUIÇÕES TRABALHISTAS custo das mercadorias vendidas. CMV - OUTRAS VPD DE PESSOAL Registra a apropriação de outras VPD de pessoal e encargos no E ENCARGOS custo das mercadorias vendidas. CUSTO DE PRODUTOS VENDIDOS - PESSOAL E ENCARGOS Compreende outras variações patrimoniais diminutivas relativas a pessoal e encargos utilizadas na produção de bens, sendo registrado apenas no momento da venda destes CUSTO DE PRODUTOS VENDIDOS - PESSOAL E ENCARGOS - CONSOLIDAÇAO CPV - REMUNERAÇÃO A PESSOAL - RPPS CPV - REMUNERAÇÃO A PESSOAL - RGPS CPV - REMUNERAÇÃO A PESSOAL - REGIME PROPRIO DOS MILITARES Compreende outras VPD relativas a pessoal e encargos utilizadas na produção de bens, sendo registrado apenas no momento da venda destes. Compreende os valores de operações efetuadas entre uma unidade pertencente ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social (OFSS) com pessoa ou unidade que não pertenca ao OFSS de ente público, além dos demais fatos que não compreendem transações entre partes. Registra a apropriação de remuneração a pessoal abrangidos pelo RPPS no custo dos produtos vendidos. Registra a apropriação de remuneração a pessoal abrangidos pelo RGPS no custo dos produtos vendidos. Registra a apropriação de remuneração a pessoal abrangidos pelo regime proprio dos militares no custo dos produtos vendidos.

25 CPV - ENCARGOS PATRONAIS - Registra a apropriação de encargos patronais - RPPS no custo dos RPPS produtos vendidos. CPV - ENCARGOS PATRONAIS - Registra a apropriação de encargos patronais - RGPS no custo dos RGPS produtos vendidos. CPV - ENCARGOS PATRONAIS - Registra a apropriação de encargos patronais - FGTS no custo dos FGTS produtos vendidos. CPV - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS Registra a apropriação de contribuições sociais gerais no custo dos GERAIS produtos vendidos. CPV - CONTRIBUIÇÕES A ENTIDADES FECHADAS DE Registra a apropriação de contribuições a entidades fechadas de PREVIDENCIA previdencia no custo dos produtos vendidos. CPV - OUTROS ENCARGOS Registra a apropriação de outros encargos patronais no custo dos PATRONAIS produtos vendidos. CPV - BENEFICIOS A PESSOAL - Registra a apropriação de beneficios a pessoal - RPPS no custo dos RPPS produtos vendidos. CPV - BENEFICIOS A PESSOAL - Registra a apropriação de beneficios a pessoal - RGPS no custo dos RGPS produtos vendidos. CPV - BENEFICIOS A PESSOAL - Registra a apropriação de beneficios a pessoal - militar no custo dos MILITAR produtos vendidos. CPV - INDENIZAÇÕES E Registra a apropriação de indenizações e restituições trabalhistas no RESTITUIÇÕES TRABALHISTAS custo dos produtos vendidos. CPV - OUTRAS VPD DE PESSOAL Registra a apropriação de outras VPD de pessoal e encargos no E ENCARGOS custo dos produtos vendidos. CUSTO DE SERVIÇOS Compreende outras variações patrimoniais diminutivas relativas a PRESTADOS PESSOAL E pessoal e encargos, utilizadas na produção de serviços, sendo ENCARGOS registradas apenas no momento da venda destes CUSTO DE SERVIÇOS PRESTADOS PESSOAL E ENCARGOS - CONSOLIDAÇÃO CSP - REMUNERAÇÃO A PESSOAL - RPPS CSP - REMUNERAÇÃO A PESSOAL - RGPS Compreende outras variações patrimoniais diminutivas relativas a pessoal e encargos, utilizadas na produção de serviços, sendo registrada apenas no momento da venda destes. Compreende os saldos que não serão excluídos nos demonstrativos consolidados do orçamento fiscal e da seguridade social (OFSS). Registra a apropriação de remuneração a pessoal abrangidos pelo RPPS no custo de servicos prestados. Registra a apropriação de remuneração a pessoal abrangidos pelo RGPS no custo de servicos prestados.

expert PDF Trial PMEs: Contabilização da Folha de Pagamento Agosto 2014 O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a).

expert PDF Trial PMEs: Contabilização da Folha de Pagamento Agosto 2014 O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a). Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

Tabela de Fatos - DCA 2014

Tabela de Fatos - DCA 2014 Tabela de Fatos - DCA 2014 Element siconfi-cor:p1.0.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.1.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.2.00.00

Leia mais

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS [Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Qname siconfi-dca-anexo1abhi : BalancoPatrimonialAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoLineItems siconfi-cor :

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José da Lapa

Prefeitura Municipal de São José da Lapa Estado de Minas Gerais Demostração das Variações Patrimoniais - Anexo 15 - Lei 4.320/64 ENTIDADE: 000 - CONSOLIDADO lilian@sonner.com.br 30-03-2015 13:44:25 400000000 VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA 300000000

Leia mais

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 129.967,90D 130.464,22D 1/8 1.1.1.1.1.01 ATIVO CIRCULANTE 54.320,75D 54.817,07D E EQUIVALENTES CAIXA MOEDA NACIONAL - CONSOLIDAÇÃO 51.666,68D 497.996,11

Leia mais

10.936.971,00 3.2.4.3.1.00.00 - Benefícios Eventuais por Situações de Vulnerabilidade Temporária - Consolidação

10.936.971,00 3.2.4.3.1.00.00 - Benefícios Eventuais por Situações de Vulnerabilidade Temporária - Consolidação PREFEITURA DO RECIFE SECRETARIA DE FINANÇAS GERÊNCIA GERAL DA CONTABILIDADE DO MUNICÍPIO DEMONSTRAÇÃO DAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS - CONSOLIDADO - 2013 Demonstrativo das Variações Patrimoniais e Resultado

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO 6.735,34 8.034,62 4.211,61 10.558,35 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE 6.735,34 8.034,62

Leia mais

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 99.562,86D 118.646,81D 1/9 ATIVO CAIXA CONTA CIRCULANTE E ÚNICA EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL - CONSOLIDAÇÃO 97.962,86D 250.343,95 231.260,00

Leia mais

SÍNTESE DE ALTERAÇÕES DO PCASP ESTENDIDO 2015 PARA O PCASP ESTENDIDO 2016

SÍNTESE DE ALTERAÇÕES DO PCASP ESTENDIDO 2015 PARA O PCASP ESTENDIDO 2016 SÍNTESE DE ALTERAÇÕES DO PCASP ESTENDIDO 2015 PARA O PCASP ESTENDIDO 2016 1. Alterações de caráter geral: Além das alterações pontuais, envolvendo a criação, inativação ou alteração de contas, foram realizadas

Leia mais

Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INSS FGTS IR

Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INSS FGTS IR Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INCIDÊNCIAS RUBRICAS INSS FGTS IR de qualquer natureza, salvo o de férias Sim. Art. 28, I, Lei nº e 1º, art. 457 da CLT Abono pecuniário de férias Arts. 28, 9º, e, 6

Leia mais

ANEXO III 280.864,02 264.833,28 39.905,58 37.578,73 18.357,59 0,00 271.900,62 264.843,53 39.905,58 37.578,73 9.383,94 0,00

ANEXO III 280.864,02 264.833,28 39.905,58 37.578,73 18.357,59 0,00 271.900,62 264.843,53 39.905,58 37.578,73 9.383,94 0,00 100000000 ATIVO 110000000 ATIVO CIRCULANTE 111000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 111110000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL -

Leia mais

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA s s 100000000000 ATIVO 939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA

Leia mais

GT Contábil Agosto/2010

GT Contábil Agosto/2010 GT Contábil Agosto/2010 PORTARIA STN/SOF 163 Ajustes em Classificações Orçamentárias Aplicadas à Federação Coordenação Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação STN/CCONF 1 Última Atualização:

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS

INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS Abonos de qualquer natureza Evento Descrição INSS FGTS IRRF Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença Laboral Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências

INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências Evento Descrição INSS FGTS IRRF Abonos de qualquer natureza Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença Laboral Acidente de Trabalho -

Leia mais

15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA

15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA 15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA 15.1 - Integram a remuneração para fins de cálculos dos valores devidos à Previdência Social e a serem recolhidos para o FGTS, dentre outras, as seguintes parcelas:

Leia mais

Tabela de incidência Tributária

Tabela de incidência Tributária Tabela de incidência Tributária INCIDÊNCIAS RUBRICAS INSS FGTS IR de qualquer natureza, salvo o de férias Sim. Art. 28, I, Lei nº e 1º, art. 457 da CLT Abono pecuniário de férias Não. Arts. 28, 9º, e,

Leia mais

Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INSS FGTS IR

Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INSS FGTS IR Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INCIDÊNCIAS RUBRICAS INSS FGTS IR de qualquer natureza, salvo o de férias Sim. Art. 28, I, Lei nº e 1º, art. 457 da CLT Abono pecuniário de férias Arts. 28, 9º, e, 6

Leia mais

Contrato de Aprendizagem

Contrato de Aprendizagem COORDENAÇÃO-GERAL DE NORMAS DE CONTABILIDADE APLICADAS À FEDERAÇÃO - CCONF GERÊNCIA DE NORMAS E PROCEDIMENTOS DE GESTÃO FISCAL - GENOP Contrato de Aprendizagem GRUPO TÉCNICO DE PADRONIZAÇÃO DE RELATÓRIOS

Leia mais

RPPS X RGPS. Atuário Sergio Aureliano

RPPS X RGPS. Atuário Sergio Aureliano RPPS X RGPS Atuário Sergio Aureliano RPPS PREVIDÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO E O SISTEMA PREVIDENCIÁRIO BRASILEIRO ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE O REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL RGPS e REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA BALANCETE MÊS DE JANEIRO/2015. Página 1

ESTADO DE RONDÔNIA BALANCETE MÊS DE JANEIRO/2015. Página 1 CAMARA MUNICIPAL DE Página 1 1 ATIVO 69.111,18 60.711,80 75.399,38 1.1 ATIVO CIRCULANTE 60.711,80 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 60.711,80 1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 60.711,80

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO (MÊS) : DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c

Leia mais

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Orçamentário da Despesa Exercício : 07/2015

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Orçamentário da Despesa Exercício : 07/2015 Pág. 1 Balancete Orçamentário da Despesa Correção Código Descrição da Despesa Orçado Orçamento Exp./Ext. Suplementação Anulação Rec.Autorizado Empenhado Cancelado Saldo Órgão : 06 02.195.968/0001-46 0000

Leia mais

Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF

Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INCIDÊNCIAS RUBRICAS INSS FGTS IR de qualquer natureza, salvo o de férias Sim. Art. 28, I, Lei nº e 1º, art. 457 da Abono pecuniário de férias Não. Arts. 28, 9º, e,

Leia mais

ANEXO I DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR

ANEXO I DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR ANEXO I DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR A CPSA deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes de identificação: 1. Carteira

Leia mais

Balancete De Verificacao Do Sistema Patrimonial Plano PCASP-MT Atributo: Todos Março / 2016

Balancete De Verificacao Do Sistema Patrimonial Plano PCASP-MT Atributo: Todos Março / 2016 Março / 2016 1 ATIVO 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 1.1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL - CONSOLIDACAO

Leia mais

CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN

CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN 1. Que vantagens além do vencimento podem ser pagas ao servidor? a) indenizações, que não se incorporam

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA A NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA

CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA A NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA A NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA Demonstrações Contábeis José Rafael Corrêa Quanto mais eu sei, mais eu descubro que nada eu sei Sócrates 1 Conceitos CONTABILIDADE INFORMAÇÃO Informação

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ LEI Nº 5456, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012. Estima a receita e fixa a despesa do Município de Sumaré para o exercício financeiro de 2013, e dá outras providências.- O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ seguinte

Leia mais

Contabilidade Empresarial

Contabilidade Empresarial Contabilidade Empresarial Prof. Jackson Luis Oshiro joshiro@ibest.com.br Operações com Pessoal 1 Folha de Pagamento de Salários Conceito É o documento no qual são relacionados os nomes dos empregados com

Leia mais

13º SALARIO Posteriormente, a Constituição Federal de 1988, em seu art. 7º,

13º SALARIO Posteriormente, a Constituição Federal de 1988, em seu art. 7º, 13º SALARIO Trabalhadores beneficiados Farão jus ao recebimento do 13º salário os seguintes trabalhadores: a) empregado - a pessoa física que presta serviços de natureza urbana ou rural à empresa, em caráter

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS PROUNI 2014 PORTARIA NORMATIVA Nº2, 06/01/14

LISTA DE DOCUMENTOS PROUNI 2014 PORTARIA NORMATIVA Nº2, 06/01/14 LISTA DE DOCUMENTOS PROUNI 2014 PORTARIA NORMATIVA Nº2, 06/01/14 DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR O coordenador do ProUni deverá solicitar, salvo em caso de

Leia mais

Assunto: Comparando o Regime Próprio de Previdência Social com o INSS. ANÁLISE

Assunto: Comparando o Regime Próprio de Previdência Social com o INSS. ANÁLISE Assunto: Comparando o Regime Próprio de Previdência Social com o INSS. ANÁLISE A Previdência Social no Brasil é um direito previsto pela Constituição Federal e se organiza por três regimes previdenciários

Leia mais

PORTARIA Nº 590 DE 18 DE DEZEMBRO DE 1992. O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições legais, resolve:

PORTARIA Nº 590 DE 18 DE DEZEMBRO DE 1992. O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições legais, resolve: Ministério Público Federal PORTARIA Nº 590 DE 18 DE DEZEMBRO DE 1992 Alterada pela:portaria PGR N 869 DE 28 DE DEZEMBRO 1998 O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições legais, resolve:

Leia mais

Direitos do Empregado Doméstico

Direitos do Empregado Doméstico Direitos do Empregado Doméstico Com a aprovação da Emenda Constitucional n 72, que ocorreu em 02/04/2013, o empregado doméstico passou a ter novos direitos. Alguns deles independem de regulamentação e,

Leia mais

Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº 4.

Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº 4. PREVIDENCIA SOCIAL DO MUN. DE CAMPINA GRANDE DO SUL ESTADO DO PARANÁ Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº

Leia mais

ABANDONO DE CARGO Ausência intencional do servidor ao trabalho, por mais de 30 (trinta) dias consecutivos.

ABANDONO DE CARGO Ausência intencional do servidor ao trabalho, por mais de 30 (trinta) dias consecutivos. A ABANDONO DE CARGO Ausência intencional do servidor ao trabalho, por mais de 30 (trinta) dias consecutivos. Abandono de Cargo Lei nº 6.677, de 26.09.94 - Arts. 192, inciso II e 198. ABONO Quantia paga

Leia mais

Tabela de Classificação das Verbas Salariais

Tabela de Classificação das Verbas Salariais Despesa com Pessoal Tabela de Classificação das Verbas Salariais Considera-se despesa com pessoal os pagamentos de natureza remuneratória, que têm como característica a contraprestação pelos serviços prestados,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 Procedência: Governamental Natureza: PLC/0046.0/2013 DO: 19.729, de 31/12/2013 Fonte: ALESC/Coord. Documentação Fixa o subsídio mensal dos integrantes

Leia mais

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo 03698709/000109 Exercício: 2015 BALANCETEISOLADO EMPRESA MUNICIPAL DE TRANSPORTE URBANO EMTU (UG:5) Página 1 de 5 100000000 05 ATIVO 343.632,70 139.134,52 114.972,75 367.794,47 110000000 05 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR

DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR DOCUMENTAÇÃO APRESENTADA PELO ESTUDANTE Após concluir sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) em sua instituição de ensino e validar

Leia mais

ENCARGOS SOCIAIS. Grupo A. Subtotal. Grupo B. Subtotal. Grupo C. Subtotal Grupo D. Total de Encargos Sociais

ENCARGOS SOCIAIS. Grupo A. Subtotal. Grupo B. Subtotal. Grupo C. Subtotal Grupo D. Total de Encargos Sociais ENCARGOS SOCIAIS 1 INSS 20,00% 2 SESI ou SESC 1,50% 3 SENAI ou SENAC 1,00% 4 INCRA 0,20% 5 Salário Educação 2,50% 6 FGTS 8,00% 7 Seguro Acidente do Trabalho/SAT/INSS 3,00% 8 SEBRAE 0,60% 9 SECONCI 1,00%

Leia mais

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25.

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25. 1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.217.589,73D 1.245.340,55D Atual1/8 ATIVO CIRCULANTE 588.962,97D 151.410,23D 194.301,54 188.047,63 166.550,72 160.296,81 616.713,79D 1.1.1.1.1.50.99

Leia mais

Tabela Prática de Verbas que compõem a Base de Cálculo para incidência de INSS, FGTS e IRRF

Tabela Prática de Verbas que compõem a Base de Cálculo para incidência de INSS, FGTS e IRRF Tabela Prática de Verbas que compõem a Base de Cálculo para incidência de INSS, FGTS e IRRF Discriminação INSS Fundamento legal FGTS Fundamento legal IRRF Fundamento legal Abono de férias - pecuniário

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS LOA - LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - 2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS LOA - LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - 2014 01101 - CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ 01 - LEGISLATIVA 031 - Ação Legislativa 0001 - ATUAÇÃO LEGISLATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL 2001 - Manutenção e Conservação de Bens Imóveis 37.602.000 37.602.000 37.602.000

Leia mais

2. O que a Funpresp Exe traz de modernização para o sistema previdenciário do Brasil?

2. O que a Funpresp Exe traz de modernização para o sistema previdenciário do Brasil? Perguntas Frequentes 1. O que é a Funpresp Exe? É a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo, criada pelo Decreto nº 7.808/2012, com a finalidade de administrar

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Pará CNPJ: 14.974.293/0001-12 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 922.380,03 665.569,81 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESA CORRENTE 541.961,33 188.309,60

Leia mais

Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório de Gestão Fiscal RGF

Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório de Gestão Fiscal RGF Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório de Gestão Fiscal RGF 3º Quadrimestre/2008 Centro Administrativo do Governo Rodovia SC 401 - km. 5, nº 4600 Saco Grande II - Florianópolis - SC

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Ativo Circulante 1.149.479.180,77 989.839.743,43 Passivo Circulante 317.274.300,38 283.051.918,44 Caixa e Equiv. Caixa Moeda Nacional 800.954.874,69 676.326.925,34 Obrig.

Leia mais

JOVEM APRENDIZ. Resultado do Aprofundamento dos Estudos. Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação

JOVEM APRENDIZ. Resultado do Aprofundamento dos Estudos. Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação Resultado do Aprofundamento dos Estudos Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação Introdução A formação técnico-profissional de jovens é de grande importância para sua inserção

Leia mais

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A SEGUNDA PARCELA DO 13º. 13º Salário - Gratificação Natalina. Adiantamento do 13º Salário nas férias

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A SEGUNDA PARCELA DO 13º. 13º Salário - Gratificação Natalina. Adiantamento do 13º Salário nas férias 1 TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A SEGUNDA PARCELA DO 13º - Gratificação Natalina A Gratificação de Natal, popularmente conhecida como, foi instituída pela Lei 4.090, de 13/07/1962, regulamentada pelo Decreto

Leia mais

Empenhado Até o Período. Saldo da Dotação 33909300000 - INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES 0000009 1.000,00 28.403,01 28.403,01 28.403,01

Empenhado Até o Período. Saldo da Dotação 33909300000 - INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES 0000009 1.000,00 28.403,01 28.403,01 28.403,01 BALANCETE ANALÍTICO DA DESPESA ORÇAMENTÁRIA Descrição Ficha Orçado Autorização Atualizado Saldo da Dotação Liquidação a Liquidar Pago Liquidado a Pagar a Pagar 120 - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SEMUS

Leia mais

Documento gerado em 28/04/2015 13:31:35 Página 1 de 42

Documento gerado em 28/04/2015 13:31:35 Página 1 de 42 DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial Ativo - Ativo - 1.0.0.0.0.00.00 - Ativo 96.744.139,42 1.1.0.0.0.00.00 - Ativo Circulante 24.681.244,01 1.1.1.0.0.00.00 -

Leia mais

Ministério da Previdência Social MPS Secretaria de Políticas de Previdência Social SPS RPPS E RGPS

Ministério da Previdência Social MPS Secretaria de Políticas de Previdência Social SPS RPPS E RGPS RPPS E RGPS GUAXUPÉ MG AMOG - Associação dos Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana. Pedro Antônio Moreira - AFRFB RGPS REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL Art 201 ESTRUTURA DO SISTEMA PREVIDENCIÁRIO

Leia mais

115610000000 ALMOXARIFADO - CONSOLIDAÇÃO 115810000000 OUTROS ESTOQUES - CONSOLIDAÇÃO

115610000000 ALMOXARIFADO - CONSOLIDAÇÃO 115810000000 OUTROS ESTOQUES - CONSOLIDAÇÃO 100000000000 ATIVO 329.083,39 911.970,67 872.747,07 368.306,99 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 3.073,50 898.201,87 872.747,07 28.528,30 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA E EQUIVALENTES

Leia mais

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO SECRETARIA DA FAZENDA BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 Receita Despesa ORÇAMENTÁRIA (1) ORÇAMENTÁRIA (5) Receitas Orçamentárias Despesas

Leia mais

art. 5º - Para efeito desde Regulamento, considera-se: II - indenização: valor devido aos beneficiários, em caso de sinistro;

art. 5º - Para efeito desde Regulamento, considera-se: II - indenização: valor devido aos beneficiários, em caso de sinistro; Assessoria Jurídica da Asscontas informa sobre as indenizações do pecúlio, seguro coletivo e seguro do cônjuge do Programa Estadual de Assistência ao Pecúlio dos Servidores do Estado de Minas Gerais: Muitos

Leia mais

ALTERAÇÕES NO LAYOUT DE PESSOAL PARA 2014. Samuel Guimarães Leal Superintendência de Gestão Técnica SGT

ALTERAÇÕES NO LAYOUT DE PESSOAL PARA 2014. Samuel Guimarães Leal Superintendência de Gestão Técnica SGT ALTERAÇÕES NO LAYOUT DE PESSOAL PARA 2014 Samuel Guimarães Leal Superintendência de Gestão Técnica SGT Agenda Dados Cadastrais (ADP/CAD) Quadro de Cargos (QDR) Folha de Pagamento (REM/DES) Identificação

Leia mais

MANUAL DE CONTABILIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO

MANUAL DE CONTABILIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO MANUAL DE CONTABILIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO Das Vantagens e Descontos do Servidor Abril/2015 1 SUMÁRIO 1. Introdução 1.1 Considerações Iniciais 1.2 Dos Relatórios da Folha de Pagamento emitidos pelo

Leia mais

Resultado do Tesouro Nacional. Brasília 29 de Março, 2012

Resultado do Tesouro Nacional. Brasília 29 de Março, 2012 Resultado do Tesouro Nacional Fevereiro de 2012 Brasília 29 de Março, 2012 Resultado Fiscal do Governo Central Receitas, Despesas e Resultado do Governo Central Brasil 2011/2012 R$ Bilhões 86,8 59,6 65,9

Leia mais

BALANÇO / 2014 ESPECIFICAÇÃO 31/12/2014 31/12/2013 ESPECIFICAÇÃO 31/12/2014 31/12/2013 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR

BALANÇO / 2014 ESPECIFICAÇÃO 31/12/2014 31/12/2013 ESPECIFICAÇÃO 31/12/2014 31/12/2013 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR 7.739.191,13 1.808.013,82 1.808.013,82 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 451.688,01 0,00 218.151,78 DIÁRIO OFICIAL Balanço Patrimonial - Anexo 14 www.cmv.es.gov.br/diario Analítico ATIVO ESPECIFICAÇÃO 31/12/2014

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL 1988

CONSTITUIÇÃO FEDERAL 1988 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL MPS SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL SPPS DEPARTAMENTO DOS REGIMES DE PREVIDÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO DRPSP COORDENAÇÃO-GERAL DE AUDITORIA, ATUÁRIA, CONTABILIDADE

Leia mais

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE E AUDITORIA PÚBLICA - SICAP/CONTÁBIL ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público Portaria Conjunta STN/SOF nº 02/2012 Portaria STN nº 437/2012

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE URUCARA

CÂMARA MUNICIPAL DE URUCARA JulhoPágina 1 de 6 100000000 02 ATIVO - 726.700,48 176.211,09 176.376,09 726.535,48 110000000 02 ATIVO CIRCULANTE - 20.757,34 176.211,09 176.376,09 20.592,34 111000000 02 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

Leia mais

b) o 13º salário é quitado no decorrer do ano. Nos casos de haver parcela variável, o valor decorrente disso terá seu saldo quitado em janeiro;

b) o 13º salário é quitado no decorrer do ano. Nos casos de haver parcela variável, o valor decorrente disso terá seu saldo quitado em janeiro; 16/11/2011 (Artigo)13º SALÁRIO - ADIANTAMENTOS, PROVISÃO E BAIXA 1. Considerações Iniciais O 13º salário é um direito que o empregado vai adquirindo ao longo do ano, proporcionalmente ao número de meses

Leia mais

Tribunal Regional do Trabalho 15.ª Região (Campinas/SP) Direito Previdenciário (AJAJ e OJAF)

Tribunal Regional do Trabalho 15.ª Região (Campinas/SP) Direito Previdenciário (AJAJ e OJAF) Tribunal Regional do Trabalho 15.ª Região (Campinas/SP) Direito Previdenciário (AJAJ e OJAF) XX. (Analista Judiciário Área Judiciária/TRT-15/FCC/2013): 57. Quanto à relação entre empresas estatais e as

Leia mais

Sistema MPContab - Mult Project Software e Consultoria www.multproject.com.br - Telefone: (27) 3328-0398

Sistema MPContab - Mult Project Software e Consultoria www.multproject.com.br - Telefone: (27) 3328-0398 BALANCETE ANALÍTICO DA DESPESA 1 of 1 Data Orçado Adicional Anulação Total No Periodo da a 000005 IPS-INSTITUTO PREVIDENCIA DOS SERVID. DO MUNICIPIO DE SERRA 0025 IPS-Instituto de Previdência dos Serv.

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE RPPS

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE RPPS PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE RPPS 1 - O que vem a ser regime próprio de previdência social (RPPS)? R: É o sistema de previdência, estabelecido no âmbito de cada ente federativo, que assegure, por lei, ao

Leia mais

O número de dias de trabalho médio por mês é calculado pela fórmula:

O número de dias de trabalho médio por mês é calculado pela fórmula: Este trabalho foi realizado a pedido da Pró-Reitoria de Administração e Planejamento e trata-se de um estudo com base no Manual de Orientação para Preenchimento da Planilha de Custo e Formação de Preços,

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000484/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 09/08/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR040108/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.001341/2013-51 DATA DO

Leia mais

ANEXO I DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO SEU GRUPO FAMILIAR

ANEXO I DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO SEU GRUPO FAMILIAR ANEXO I DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO SEU GRUPO FAMILIAR - Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das Unidades da Federação;

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAQUARA - ORÇAMENTO PROGRAMA 2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAQUARA - ORÇAMENTO PROGRAMA 2015 3.0.00.00 DESPESAS CORRENTES 165.870.930,00 3.1.00.00 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 89.242.770,00 3.1.90.00 APLICAÇÕES DIRETAS 82.690.110,00 3.1.90.01 000 APOSENTADORIAS, RESERVA REMUNERADA E REFORMAS 125.000,00

Leia mais

Críticas e sugestões através do nosso e-mail: iprevi1@hotmail.com

Críticas e sugestões através do nosso e-mail: iprevi1@hotmail.com 1 CARTILHA DO SEGURADO 1. MENSAGEM DA DIRETORA PRESIDENTE Esta cartilha tem como objetivo dar orientação aos segurados do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Itatiaia IPREVI,

Leia mais

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Esclarecimentos quanto aos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social INSS, como também quanto ao montante das receitas previdenciárias. Núcleo Trabalho, Previdência e Assistência Social

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Férias

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Férias pág.: 1/6 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos para programação, concessão e pagamento de férias aos empregados da COPASA MG. 2 Referências Para aplicação desta norma poderá ser necessário

Leia mais

Cartilha Plano A. Índice

Cartilha Plano A. Índice Cartilha Plano A Cartilha Plano A Índice Apresentação A Previnorte Histórico Patrimônio Plano de Benefícios e Plano de Custeio Salário Real de Contribuição Jóia Requisitos exigidos para filiação à PREVINORTE

Leia mais

37º FONAI Maceió-AL. Atualização Técnica Princípio para assessorar a gestão.

37º FONAI Maceió-AL. Atualização Técnica Princípio para assessorar a gestão. 37º FONAI Maceió-AL Atualização Técnica Princípio para assessorar a gestão. 26 a 30/11/2012 Oficina Técnica Regras de Aposentadoria no Setor Público Pessoal Civil Cleison Faé Aposentadoria no Setor Público

Leia mais

Nº Conta Contábil Nome da conta contábil Função Natureza

Nº Conta Contábil Nome da conta contábil Função Natureza ATIVO Nº Conta Contábil Nome da conta contábil Função Natureza 1.0.0.0.0.00.00.00 ATIVO 1.1.0.0.0.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE 1.1.1.0.0.00.00.00 1.1.1.1.0.00.00.00 1.1.1.1.1.00.00.00 1.1.1.1.1.01.00.00 CAIXA

Leia mais

Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 CONSORCIO - CISGA De 01.01.2015 a 30.04.2015

Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 CONSORCIO - CISGA De 01.01.2015 a 30.04.2015 Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 100000000000000 ATIVO 746.423,74 521.047,13 478.433,06 789.037,81 110000000000000 ATIVO CIRCULANTE 718.821,28 507.893,92 470.065,45 756.649,75

Leia mais

VALE-TRANSPORTE. São beneficiários do vale-transporte os trabalhadores em geral, tais como:

VALE-TRANSPORTE. São beneficiários do vale-transporte os trabalhadores em geral, tais como: VALE-TRANSPORTE 1. Introdução O vale-transporte foi instituído pela Lei nº 7.418 de 16.12.85, regulamentada pelo Decreto nº 92.180/85, revogado pelo de nº 95.247, de 17.11.87, consiste em benefício que

Leia mais

Trataremos nesta aula das contribuições destinadas ao custeio da seguridade social

Trataremos nesta aula das contribuições destinadas ao custeio da seguridade social 1.4.7.3. Contribuições do art.195 CF Trataremos nesta aula das contribuições destinadas ao custeio da seguridade social (previdência, saúde e assistência social), espécies de contribuições sociais, como

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI COMPLEMENTAR Nº 13.757, DE 15 DE JULHO DE 2011. (publicada no DOE nº 137, de 18 de julho de 2011) Dispõe sobre

Leia mais

Atualização dos percentuais máximos para Encargos Sociais.

Atualização dos percentuais máximos para Encargos Sociais. Atualização dos percentuais máximos para Encargos Sociais. 1. Introdução 1.1 Trata-se de atualização dos estudos relativos aos percentuais máximos de encargos sociais admissíveis nas contratações de serviços

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015 1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015 Pelo presente instrumento particular, de um lado: VALE S/A, inscrita no CNPJ (MF) sob o n.º 33.592.510/0001-54,

Leia mais

112110103 FATURAS/ DUPLICATAS A RECEBER Sim DB 1211104 DIVIDA ATIVA NAO TRIBUTARIA - CLIENTES Sim DB 1211105 EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS CONCEDIDOS

112110103 FATURAS/ DUPLICATAS A RECEBER Sim DB 1211104 DIVIDA ATIVA NAO TRIBUTARIA - CLIENTES Sim DB 1211105 EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS CONCEDIDOS 112110103 FATURAS/ DUPLICATAS A RECEBER Sim DB 1211104 DIVIDA ATIVA NAO TRIBUTARIA - CLIENTES Sim DB 1211105 EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS CONCEDIDOS NÆo DB 121110501 EMPRESTIMOS CONCEDIDOS A RECEBER Sim

Leia mais

10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo

10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo 10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo Plano de Contas Aplicado ao Setor Público CH: 1:20 h Conteúdo: 1. Aspectos gerais do Plano

Leia mais

PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA.

PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA. PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA. DEMONSTRATIVO ANALÍTICO DA RECEITA EXERCÍCIO BASE 1000.00.00 1200.00.00 1210.00.00 1210.40.00 1210.40.10

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO: MÊS DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c = (a-b)

Leia mais

ADVOGADOS INGRESSO 2009. USP- Consultoria Jurídica amc

ADVOGADOS INGRESSO 2009. USP- Consultoria Jurídica amc ADVOGADOS INGRESSO 2009 USP- Consultoria Jurídica amc 1 RELAÇÕES DE TRABALHO NA UNIVERSIDADE 1 - Servidores Titulares de Cargos Efetivos DOCENTES a) Estatuto dos Funcionários Públicos P Estado de São Paulo

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTO PARA CÁLCULO E INCLUSÃO DE APOSENTADORIA

MANUAL DE PROCEDIMENTO PARA CÁLCULO E INCLUSÃO DE APOSENTADORIA MANUAL DE PROCEDIMENTO PARA CÁLCULO E INCLUSÃO DE APOSENTADORIA 2005 FIXAÇÃO DOS PROVENTOS PELA MÉDIA DAS MAIORES REMUNERAÇÕES A Emenda Constitucional nº 41, de 19.12.2003, introduziu a regra de fixação

Leia mais

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5 Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 6.780.80 2.392.725,12 2.392.725,12 4.388.074,88 VENCIMENTOS E VANTAGENS

Leia mais

Gilson Fernando Ferreira de Menezes ASPECTOS PREVIDENCIÁRIOS NA CONCESSÃO DE SALÁRIOS INDIRETOS E BENEFÍCIOS

Gilson Fernando Ferreira de Menezes ASPECTOS PREVIDENCIÁRIOS NA CONCESSÃO DE SALÁRIOS INDIRETOS E BENEFÍCIOS Gilson Fernando Ferreira de Menezes ASPECTOS PREVIDENCIÁRIOS NA CONCESSÃO DE SALÁRIOS INDIRETOS E BENEFÍCIOS Tributo Conceito Corresponde à toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DA INTEGRAÇÃO CONTABIL

CONFIGURAÇÃO DA INTEGRAÇÃO CONTABIL 1 / 13 Lançamento...: Provisão da Folha dos Empregados 368 Salários e Ordenados 337 Provisão Folha ref. 25 ADICIONAL NOTURNO (INFOR) 201 Responsabilidade Profissional 11 HORAS AFAST.C/DIR.INTEGR

Leia mais

Unidade II CONTABILIDADE FINANCEIRA. Prof. Carlos Barretto

Unidade II CONTABILIDADE FINANCEIRA. Prof. Carlos Barretto Unidade II CONTABILIDADE FINANCEIRA Prof. Carlos Barretto Contabilidade financeira Na Unidade II veremos as peculiaridades da folha de pagamento de uma empresa com funcionários mensalistas No Modulo I

Leia mais

Serviço de Administração de Pessoal. Seape

Serviço de Administração de Pessoal. Seape Serviço de Administração de Pessoal Seape Considerações da Lei 8.112/1990 e Outras Orientações aos Candidatos Classificados Carlos Viana Chefe do Serviço de Administração de Pessoal PROVIMENTO Requisitos

Leia mais

fora da hora normal de trabalho aguardando chamada, no valor de 1/3 da hora normal.

fora da hora normal de trabalho aguardando chamada, no valor de 1/3 da hora normal. Provento Descrição Legislação SALARIO Referente ao sálario base pago aos servidores municipais. Lei 5950/2010-5975/2010 e 5999/2010 GRATIFICACAO DE FUNCAO - Gratificação paga aos ocupantes do cargo efetivo

Leia mais

8 - FONTES DE FINANCIAMENTO DAS DESPESAS DO ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL

8 - FONTES DE FINANCIAMENTO DAS DESPESAS DO ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL 8 - FONTES DE FINANCIAMENTO DAS DESPESAS DO ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL Fontes de Financiamento das Despesas do Orçamento da Seguridade Social Receitas Vinculadas (A) 261.219.912.063 1.1.2.1.17.00

Leia mais

CARTILHA PREVIDENCIÁRIA

CARTILHA PREVIDENCIÁRIA CARTILHA PREVIDENCIÁRIA INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES - IPREM IPREM Instituto de Previdência Municipal APRESENTAÇÃO Prezado Servidor, A Lei Complementar nº 35 de 05 de julho de

Leia mais