Tutorial - ERP. Para ajudá-lo a começar, nós fizemos uma lista de alguns dos painéis mais comumente utilizados para análise de dados de ERPs:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tutorial - ERP. Para ajudá-lo a começar, nós fizemos uma lista de alguns dos painéis mais comumente utilizados para análise de dados de ERPs:"

Transcrição

1 O portal e demonstração ERP apresenta uma visão dos principais indicadores da sua empresa para CEOs, Diretores e gestores, possibilitando a gestão executiva e estratégica dos dados transacionais armazenados em seu ERP. O Memo permite o acesso, compartilhamento e integração de suas informações estratégicas em seu escritório ou em qualquer outro lugar, através do seu laptop, smartphone ou tablet. Para ajudá-lo a começar, nós fizemos uma lista de alguns dos painéis mais comumente utilizados para análise de dados de ERPs: Cockpit Faturamento Produto Contas a Pagar e Receber Relatórios Faturamento Relatórios Contas a Pagar e Receber Cockpit Tem como objetivo dar uma visão geral da situação da empresa. É um painel que apresenta os indicadores de faturamento acumulado diário, mensal e anual, a participação da equipe de vendas no faturamento e o ranking de produtos e de clientes.

2 Faturamento Diário Mês Atual Demonstra a evolução do faturamento diário no mês atual, bem como volume diário de vendas. Com ele é possível identificar tendências de vendas e o desempenho acumulado mensal da sua equipe. Faturamento Anual Demonstra o desempenho anual do faturamento, indicando se o mesmo encontra-se dentro dos limites definidos em relação a meta. Cores podem ser definidas para o intervalo de dados, de forma a indicar, por exemplo, verde como satisfatório, amarelo como cautela e vermelho como alarme.

3 Faturamento Mensal Demonstra o desempenho mensal do faturamento, indicando se o mesmo encontra-se dentro dos limites definidos em relação a meta. Cores podem ser definidas para o intervalo de dados, de forma a indicar, por exemplo, verde como satisfatório, amarelo como cautela e vermelho como alarme. Ranking de Produtos Mês Atual Apresenta o desempenho das vendas dos produtos no mês atual, ordenados pelo faturamento.

4 Ranking de Clientes Mês Atual Apresenta o desempenho das vendas para os clientes no mês atual, ordenados pelo faturamento. Faturamento diário por vendedor Apresenta uma visão comparativa e participativa. Neste caso, visualizamos o desempenho diário do faturamento de cada vendedor, bem como o dia em que foi realizado.

5 Faturamento O objetivo deste painel é demonstrar o faturamento da empresa de várias formas, destacando a evolução mensal e anual, bem como a participação territorial, de clientes/setores e vendedores. Comparativo Anual Este gráfico tem como foco comparar o faturamento do ano atual com o ano anterior, em relação a meta, permitindo identificar o crescimento obtido e quanto falta a ser realizado para atingir a meta anual.

6 Faturado Mensal por Setor Através do gráfico de barras visualizamos a evolução mensal do faturamento até o mês atual, mostrando a participação de cada setor de atuação. Evolutivo Mensal Através do gráfico de barras visualizamos a evolução mensal do faturamento acumulado até o mês atual.

7 Faturamento Clientes Gráfico com a participação anual dos clientes pelo valor acumulado do faturamento. Faturamento por Estado 2012 Gráfico com a participação anual dos estados pelo valor acumulado do faturamento.

8 Fat. Mensal por Vendedor Evolutivo mensal do faturamento por vendedor, onde é possível identificar a participação nas vendas de cada membro da equipe.

9 Produto Os indicadores deste portal tem como foco demonstrar o desempenho dos produtos e das categorias, pelo valor faturado consolidado, mensal e anualmente, com a suas participações territoriais. Produtos por Estado 2012 Apresenta uma visão comparativa e participativa. Neste caso, visualizamos o desempenho das categorias de produtos pelo faturamento consolidado, por estado. Permitindo identificar qual estado tem o maior faturamento, bem como a participação de cada categoria de produtos nas vendas de cada estado.

10 Faturamento por Produto 2012 Gráfico de Pizza com participação anual por categoria de produtos. Faturamento mensal de Produtos Indicador evolutivo do valor faturado que demonstra a participação e o crescimento de um determinado produto.

11 Faturamento por Categoria de Produto Indicador evolutivo do valor faturado que demonstra a participação e o crescimento de uma determinada categoria de produto.

12 Contas a Pagar e Receber Os indicadores que formam este painel são responsáveis por consolidar o títulos a pagar e a receber. Com uma visão mensal e anual, é possível determinar a programação do fluxo de caixa da sua empresa. Total a pagar Mensal Demonstra o total a pagar no mês atual, indicando se o mesmo encontra-se dentro dos limites definidos em relação a meta. Cores podem ser definidas para o intervalo de dados, de forma a indicar, por exemplo, verde como satisfatório, amarelo como cautela e vermelho como alarme.

13 Total a receber Mensal Demonstra o total a receber no mês atual, indicando se o mesmo encontra-se dentro dos limites definidos em relação a meta. Cores podem ser definidas para o intervalo de dados, de forma a indicar, por exemplo, verde como satisfatório, amarelo como cautela e vermelho como alarme. Total a pagar Anual Demonstra o total a pagar no ano atual, indicando se o mesmo encontra-se dentro dos limites definidos em relação a meta. Cores podem ser definidas para o intervalo de dados, de forma a indicar, por exemplo, verde como satisfatório, amarelo como cautela e vermelho como alarme.

14 Total a receber Anual Demonstra o total a receber no ano atual, indicando se o mesmo encontra-se dentro dos limites definidos em relação a meta. Cores podem ser definidas para o intervalo de dados, de forma a indicar, por exemplo, verde como satisfatório, amarelo como cautela e vermelho como alarme. Previsão de contas a pagar Gráfico com os títulos a pagar para os próximos meses classificado pela natureza do pagamento.

15 Previsão de contas a receber Gráfico com os títulos a receber para os próximos meses do ano atual, classificado pela forma de pagamento.

16 Top 10 a Receber por Cliente - Ano Lista com os 10 maiores clientes classificados pelo valor sumarizado de todos os titulos a receber.

17 Top 10 a Pagar por Fornecedor Lista com os 10 maiores forncedores classificados pelo valor sumarizado de todos os titulos a pagar.

18 Relatórios Faturamento Painel com os relatórios operacionais de faturamento, com detalhes das notas com os itens vendidos, ranking e variação mensal do faturamento.

19 Relatório Itens Faturados Relatório com detalhe do item vendido contemplando a quantidade e o valor faturados dos produtos.

20 Relatório de Variação Relatório com valor mensal do faturamento e sua variação percentual mês a mês. Ranking de Vendedores Mês Atual Ranking dos Vendedores, classificados pelo valor faturado no mês atual.

21 Ranking de Estados - Mês Atual Ranking por Estado classificados pelo valor faturado no mês atual. Ranking de Cidades - Mês Atual Ranking por cidade classificadas pelo valor faturado no mês atual.

22 Ranking de Categorias Mês Atual Ranking por Categorias de produtos, classificadas pelo valor faturado no mês atual. Ranking de Produtos Mês Atual Ranking de produtos, classificados pelo valor faturado no mês atual.

23 Relatórios Contas a Pagar e Receber Painel com os relatórios operacionais da carteira, com detalhes das contas a pagar e a receber.

24 Relatório Contas a Receber Relatório com detalhe do total de contas a receber até o final do período.

25 Relatório Contas a Pagar Relatório com detalhe do total de contas a pagar.

Tutorial Sales Force

Tutorial Sales Force A integração do Salesforce com o Memo permite à sua equipe de vendas obter informações sobre o status de cada oportunidade e novos leads para os novos negócios. O Memo permite o acesso, compartilhamento

Leia mais

5.2.1. SEGMENTAçã O DE CLIENTES

5.2.1. SEGMENTAçã O DE CLIENTES 5... SEGMENTAçã O DE CLIENTES 4 5 6 7 8 9 0 Após clicar no link Número de clientes, o sistema apresentará esta tela, onde constam os detalhes dos clientes do quadrante selecionado. Dados como: NOME DO

Leia mais

LINX GESTÃO DE LOJAS E FRANQUIAS

LINX GESTÃO DE LOJAS E FRANQUIAS LINX GESTÃO DE LOJAS E FRANQUIAS LINX GESTÃO DE LOJAS E FRANQUIAS Sistema completo de gestão, com a experiência de quem atende as maiores redes de franquias do país. Maior fornecedora de software de gestão

Leia mais

amo vc FICHA TÉCNICA Indústria

amo vc FICHA TÉCNICA Indústria amo vc 2014 FICHA TÉCNICA Indústria Gerenciar uma indústria uma tarefa complexa, pois além de acompanhar produção é preciso monitorar seu inventário, suas metas de venda e comissões. Além disso seu financeiro

Leia mais

BI Gerenciamento e Monitoramento de Informações Processuais

BI Gerenciamento e Monitoramento de Informações Processuais Tribunal de Justiça de Pernambuco Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação BI Gerenciamento e Monitoramento de Informações Processuais Manual do Usuário Recife - 2014 Histórico de Alterações

Leia mais

amo vc FICHA TÉCNICA Serviço

amo vc FICHA TÉCNICA Serviço amo vc 2014 FICHA TÉCNICA Serviço Gerenciar uma empresa de serviços é uma tarefa complexa, pois além de acompanhar o trabalho da sua equipe é preciso monitorar suas metas de venda, comissões e diversas

Leia mais

Estudo de Caso: Cookpit BSC 1

Estudo de Caso: Cookpit BSC 1 Mapa Mapa Estratégico Estratégico No No mapa mapa estratégico estratégico podemos podemos visualizar visualizar a a visão visão da da empresa, empresa, as as relações relações de de causa causa e e efeito

Leia mais

GERENCIE TUDO, NUMA SÓ PLATAFORMA OUTDOOR + BUSDOOR + RODOVIA + TAXI + PLACAS DE ESQUINA + MÍDIA EM AEROPORTO + MONITORES INDOOR + PAINEL DE LED +

GERENCIE TUDO, NUMA SÓ PLATAFORMA OUTDOOR + BUSDOOR + RODOVIA + TAXI + PLACAS DE ESQUINA + MÍDIA EM AEROPORTO + MONITORES INDOOR + PAINEL DE LED + GERENCIE TUDO, NUMA SÓ PLATAFORMA OUTDOOR + BUSDOOR + RODOVIA + TAXI + PLACAS DE ESQUINA + MÍDIA EM AEROPORTO + MONITORES INDOOR + PAINEL DE LED + TOP SIGHT + BANCA DE JORNAL + ABRIGO DE ÔNIBUS + EMPENA

Leia mais

Tutorial de Carga e Atualização Modelo ERP

Tutorial de Carga e Atualização Modelo ERP O portal modelo de ERP apresenta uma visão dos principais indicadores da empresa, possibilitando a gestão executiva e estratégica dos dados transacionais armazenados em seu ERP. Antes de atualizar o portal

Leia mais

Classificação dos Sistemas de Informação

Classificação dos Sistemas de Informação Sistemas de Informação Classificação dos Sistemas de Informação O que veremos? Estaremos examinando o tipo de sistema de informação Gerencial. Veremos também, outras classificações dos sistemas de informação.

Leia mais

Shadow 3 www.dynatech.net.br

Shadow 3 www.dynatech.net.br Resumo das funcionalidades dos módulos de Gestão Comercial Acompanhamento dos Pedidos por Cliente, por Produto, por Número do Pedido do Cliente Acompanhamento do Pedido por Data de Entrega, por Emissão

Leia mais

amo vc FICHA TÉCNICA Importação e Distribuição

amo vc FICHA TÉCNICA Importação e Distribuição amo vc 2014 FICHA TÉCNICA Importação e Distribuição Gerenciar uma importadora é uma tarefa difícil, pois além de acompanhar seu estoque é preciso monitorar seus pedidos, emitir NFs de importação, acompanhar

Leia mais

SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014

SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014 GCV GESTÃO COMERCIAL PARA VAREJO SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014 ABORDAGEM 1. O GESTÃO COMERCIAL PARA VAREJO 2. DIFICULDADE E DORES ATUAIS 3. COMO RESOLVER COM GCV 4. COMO GERIR FRANQUIA COM O GCV

Leia mais

Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015

Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015 1 de 5 Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015 1. Introdução A mobilidade corporativa deixou de ser uma tendência para fazer parte da ação estratégica das empresas. Hoje, o profissional

Leia mais

Tutorial Venda de Veículos

Tutorial Venda de Veículos Este portal é um exemplo de aplicação analítica Memo, na atividade de venda de veículos. É composto de 4 painéis: Análise de Vendas, Orçamento de Vendas, Financeiros e Relatórios. Cada painel inclui diversas

Leia mais

SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014

SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014 GCV GESTÃO COMERCIAL PARA VAREJO SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014 ABORDAGEM 1. O GESTÃO COMERCIAL PARA VAREJO 2. DIFICULDADE E DORES ATUAIS 3. COMO RESOLVER COM GCV 4. COMO GERIR FRANQUIA COM O GCV

Leia mais

www.softtecnologia.com.br smarterp Tecnologia e Gestão Empresarial

www.softtecnologia.com.br smarterp Tecnologia e Gestão Empresarial www.softtecnologia.com.br smarterp Tecnologia e Gestão Empresarial O MERCADO NOSSA METODOLOGIA DE TRABALHO GRANDES VENDORS CONTRATOS CORPORATIVOS ALTO CUSTO DE IMPLANTAÇÃO E CONSULTORIA POUCA CUSTOMIZAÇÃO

Leia mais

Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento Inovação da Gestão em Saneamento

Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento Inovação da Gestão em Saneamento Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento Inovação da Gestão em Saneamento PNQS 2010 IGS SETEMBRO/2010 ORGANOGRAMA DA ORGANIZAÇÃO CANDIDATA Vice-presidência de GO Superintendência T Gerência Prod. e Desenvolvimento

Leia mais

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1 JURÍDICO Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário versão 1 Sumário Introdução 1 Operação básica do aplicativo 2 Formulários 2 Filtros de busca 2 Telas simples, consultas e relatórios 3 Parametrização

Leia mais

Extração de indicadores Garantias Ocorrências. Agenda de vendas Gestão de qualidade Históricos Agenda de tarefas

Extração de indicadores Garantias Ocorrências. Agenda de vendas Gestão de qualidade Históricos Agenda de tarefas Fenícia CRM & SRM Introdução O Fenícia CRM (Customer Relationship Management - Sistema de Gerenciamento do Relacionamento com os Clientes) é uma ferramenta de gestão com foco no cliente, essencial para

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Sobre a OpServices Fabricante de software focada no gerenciamento de ambientes de TI e Telecom e processos de negócios. Mais de 12 anos de experiência no monitoramento de indicadores de infraestrutura;

Leia mais

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Contas à Receber.

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Contas à Receber. Manual Financeiro Contas à Receber Página 1 de 17 Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Contas à Receber. Relação dos Tópicos a serem vistos neste

Leia mais

Brasil, potência no e-commerce

Brasil, potência no e-commerce Brasil, potência no e-commerce CONTEXTO GLOBAL E REGIONAL 10º mercado em termos mundiais Maior e mais maduro mercado da AL Potencial de crescimento elevado Um país que compra cada vez mais online CONTEXTO

Leia mais

w w w. p c s i s t. c o m. b r

w w w. p c s i s t. c o m. b r w w w. p c s i s t. c o m. b r S E U P R O G R A M A D E P O N T O S P C Como gerenciar minha FORÇA DE VENDA em TEMPO REAL, pela internet, de qualquer lugar que eu estiver? Como acompanhar minhas vendas

Leia mais

PHC dmanager. O controlo remoto constante da empresa

PHC dmanager. O controlo remoto constante da empresa PHC dmanager O controlo remoto constante da empresa A solução ideal para monitorizar via Internet as áreas comercial e financeira da empresa e controlar as suas vendas, clientes e fornecedores, encomendas

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação

Estratégias em Tecnologia da Informação Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 6 Sistemas de Informações Estratégicas Sistemas integrados e sistemas legados Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados Material de apoio 2 Esclarecimentos

Leia mais

CONCEITOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CONCEITOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONCEITOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referência Tecnologia da Informação para Gestão : Transformando os negócios na Economia Digital. Bookman, sexta edição, 2010. The Economics Of The Cloud, Microsoft,

Leia mais

Bytes. www.braspress.com.br

Bytes. www.braspress.com.br Bytes www.braspress.com.br Acesse nosso site e suas informações no horário e local que quiser. Não importa o dispositivo, Notebook, tablet ou smartphone. Oferecemos ao cliente uma experiência completa

Leia mais

MRP, MRPII, ERP... Oracle, SAP, Microsiga... MRP MRP II - ERP. MRP Material Requirement Planning. MRP II Manufacturing Resources Planning

MRP, MRPII, ERP... Oracle, SAP, Microsiga... MRP MRP II - ERP. MRP Material Requirement Planning. MRP II Manufacturing Resources Planning MRP, MRPII, ERP... Oracle, SAP, Microsiga... MRP MRP II - ERP MRP Material Requirement Planning MRP II Manufacturing Resources Planning ERP Enterprise Resource Planning 1 O MRP é um software que auxilia

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL. O Planejamento e a Gestão Estratégica do INSS

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL. O Planejamento e a Gestão Estratégica do INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL O Planejamento e a Gestão Estratégica do INSS OUTUBRO/2009 REVISTA ISTO É DINHEIRO REVISTA RECONHECE EXCELÊNCIA DO INSS Estado com foco no cliente Como o INSS, que já

Leia mais

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Módulo 12 Gerenciamento Financeiro Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a

Leia mais

Desenvolvimento e utilização do Painel de Auditoria Contínua Agências pela Auditoria Interna do Banco do Brasil

Desenvolvimento e utilização do Painel de Auditoria Contínua Agências pela Auditoria Interna do Banco do Brasil PRÁTICA 1) TÍTULO Desenvolvimento e utilização do Painel de Auditoria Contínua Agências pela Auditoria Interna do Banco do Brasil 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 8 (oito) páginas: A Auditoria Interna

Leia mais

Pesquisa FGV-EAESP de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro 16 a Edição 2014

Pesquisa FGV-EAESP de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro 16 a Edição 2014 Resumo Introdução O Comércio Eletrônico é um dos aspectos relevantes no ambiente empresarial atual e tem recebido atenção especial das empresas nos últimos anos, primeiro por ser considerado como uma grande

Leia mais

Sistema representação G3.ss. Tabela de Clientes. Tabela de Representantes. Tabela de Fornecedores

Sistema representação G3.ss. Tabela de Clientes. Tabela de Representantes. Tabela de Fornecedores Tabela de Clientes Além de registrar os dados principais do cliente, pode-se registrar vários contatos, o endereço de cobrança e de entrega (se forem diferentes do principal). Cada cliente tem um registro

Leia mais

Uma parceria para o seu Sucesso

Uma parceria para o seu Sucesso Uma parceria para o seu Sucesso Solução Cadia Análise de Vendas A Cadia Consulting, com mais de 14 anos de experiência na implementação e desenvolvimento de soluções verticais, sobre a plataforma Microsoft

Leia mais

Nosso objetivo. Qual é a principal contribuição que a Positioning pode dar para o aumento dos resultados de seus Clientes? MELHORIA DA PERFORMANCE

Nosso objetivo. Qual é a principal contribuição que a Positioning pode dar para o aumento dos resultados de seus Clientes? MELHORIA DA PERFORMANCE Nosso objetivo 1 CONFIDENCIAL Todos os direitos reservados Qual é a principal contribuição que a Positioning pode dar para o aumento dos resultados de seus Clientes? MELHORIA DA PERFORMANCE Atuação da

Leia mais

Interatividade aliada a Análise de Negócios

Interatividade aliada a Análise de Negócios Interatividade aliada a Análise de Negócios Na era digital, a quase totalidade das organizações necessita da análise de seus negócios de forma ágil e segura - relatórios interativos, análise de gráficos,

Leia mais

Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL

Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Data da Pesquisa: Junho 2009 Realização: Pesquisa realizada através do Site www.indicadoresdemanutencao.com.br Divulgação e Colaboração: Divulgação e colaboração

Leia mais

[Document title] Guia de acesso rápido ao novo Portal Domino s Cliente: Domino s Pizza Brasil

[Document title] Guia de acesso rápido ao novo Portal Domino s Cliente: Domino s Pizza Brasil [Document title] Guia de acesso rápido ao novo Portal Domino s Cliente: Domino s Pizza Brasil Sumário 1. Acessando o novo Portal Consolidado... 2 1.1. Endereço de acesso... 2 1.2. Usuário e Senha cadastrados...

Leia mais

Guia de Recursos e Funcionalidades

Guia de Recursos e Funcionalidades Guia de Recursos e Funcionalidades Sobre o Treasy O Treasy é uma solução completa para Planejamento e Controladoria, com o melhor custo x benefício do mercado. Confira alguns dos recursos disponíveis para

Leia mais

Apresentação do MEX 3000 Message Express. Tecnologia em Movimento

Apresentação do MEX 3000 Message Express. Tecnologia em Movimento Apresentação do MEX 3000 Message Express Tecnologia em Movimento A WebLine e seus diferenciais 15 anos no mercado de tecnologia Sede em São Paulo, atuando em todo Brasil Equipe técnica altamente qualificada

Leia mais

Como facilitar sua Gestão Empresarial

Como facilitar sua Gestão Empresarial Divulgação Portal METROCAMP Como facilitar sua Gestão Empresarial Aplique o CANVAS - montando o seu(!) Modelo de Gestão Empresarial de Werner Kugelmeier WWW.wkprisma.com.br Por que empresas precisam de

Leia mais

MODELO DE ORIENTAÇÃO PARA OPERAÇÃO DO SOFTWARE Autoria: InfoQuality Informática e Qualidade Ltda.

MODELO DE ORIENTAÇÃO PARA OPERAÇÃO DO SOFTWARE Autoria: InfoQuality Informática e Qualidade Ltda. MODELO DE ORIENTAÇÃO PARA OPERAÇÃO DO SOFTWARE Autoria: InfoQuality Informática e Qualidade Ltda. 1. A ORGANIZAÇÃO Para realizar cadastros e consultas referentes às Diretrizes Organizacionais: Manutenção/Organização/Registro

Leia mais

Frank Cespedes P l an PlanEjamC e jam e n t o e s t r a t é g ic o c o m e r c ia l Ento EstratégiCo ComErCial Checklist

Frank Cespedes P l an PlanEjamC e jam e n t o e s t r a t é g ic o c o m e r c ia l Ento EstratégiCo ComErCial Checklist Entrevista Frank Cespedes, professor da Harvard Business School, analisa o que se faz atualmente em termos de Planejamento Estratégico Comercial e revela maneiras de usar o PEC para construir uma empresa

Leia mais

Indicadores. COMITÊ DE MARKETING Outubro/2007

Indicadores. COMITÊ DE MARKETING Outubro/2007 Indicadores COMITÊ DE MARKETING Outubro/2007 Introdução Comprovando as projeções otimistas da entidade o número de usuários residenciais de internet passou de 20 milhões. Diversos fatores contribuíram

Leia mais

Gerenciando o Fluxo de Caixa com Eficiência

Gerenciando o Fluxo de Caixa com Eficiência Gerenciando o Fluxo de Caixa com Eficiência 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Custo financeiro alto CENÁRIO ATUAL Concorrência cada vez mais competitiva Consumidores que exigem maiores

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR Roteiro para utilização do GEP Versão de referência: GEP V1.00 Índice analítico I Apresentação... 2 I.1 Controles básicos do sistema;... 2 I.2 Primeiro acesso... 2 I.3 Para trocar a senha:... 3 I.4 Áreas

Leia mais

Gerenciamento da produção

Gerenciamento da produção 74 Corte & Conformação de Metais Junho 2013 Gerenciamento da produção Como o correto balanceamento da carga de dobradeiras leva ao aumento da produtividade e redução dos custos (I) Pedro Paulo Lanetzki

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS IMA-B5 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF:

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS IMA-B5 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF: LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS IMA-B5 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF: Informações referentes a Dezembro de 2014 Esta lâmina

Leia mais

PERFIL DO SETOR DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA

PERFIL DO SETOR DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA PERFIL DO SETOR DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA São Paulo 2009 CONTEÚDO 1. PERFIL DO SETOR DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA... 3 1.1 O segmento... 3 1.2 As empresas... 6 1.3 - Postos de trabalho

Leia mais

Precision. A sua Solução de Gestão Empresarial. Características do Sistema: Principais Recursos:

Precision. A sua Solução de Gestão Empresarial. Características do Sistema: Principais Recursos: A sua Solução de Gestão Empresarial O Precision é a solução de Gestão Empresarial de baixo custo que a Maggiore Sistemas disponibiliza para pequenas e médias empresas. Desenvolvido e comercializado em

Leia mais

Dispositivos móveis como serviço - IaaS. Nilton Cardoso Tiago Miranda

Dispositivos móveis como serviço - IaaS. Nilton Cardoso Tiago Miranda Dispositivos móveis como serviço - IaaS Nilton Cardoso Tiago Miranda Cenário Atual da Utilização de Dispositivos Móveis Demanda por Mobilidade A ascensão e o consumo acelerado de Smartphones e Tablets,

Leia mais

Auto Treinamento. Versão 10.05.13

Auto Treinamento. Versão 10.05.13 Auto Treinamento Versão 10.05.13 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. CONCEITO DE BUSINESS INTELLIGENCE... 3 3. REALIZANDO CONSULTAS NO BI-PUBLIC... 4 3.2. Abrindo uma aplicação... 4 3.3. Seleções... 6 3.4. Combinando

Leia mais

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1)

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1) Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos () Março - 2014 Índice Título do documento 1. Auditoria de Movimentos (ECM) Introdução:... 3 2. Grupos de Usuário (ECM):... 3 3. Colaboradores... 4 4. Configuração

Leia mais

Concorrência nº 22/2008

Concorrência nº 22/2008 Concorrência nº 22/2008 Brasília, 20 de julho de 2009. A Comissão Permanente de Licitação (CPL) registra a seguir perguntas de empresas interessadas em participar do certame em referência e respostas da

Leia mais

Fórum de Indicadores. Fórum de Indicadores. Metadado Discussão Conceituação Validação Comunicação dos indicadores

Fórum de Indicadores. Fórum de Indicadores. Metadado Discussão Conceituação Validação Comunicação dos indicadores Fórum de Indicadores Fórum de Indicadores Metadado Discussão Conceituação Validação Comunicação dos indicadores 1 Design Center Express - DCE Drs. Kaplan e Norton e os consultores da Balanced Scorecard

Leia mais

A revolução tecnológica dos sistemas de gestão empresarial

A revolução tecnológica dos sistemas de gestão empresarial A revolução tecnológica dos sistemas de gestão empresarial Uma nova era se inicia Nosso objetivo é apresentar um nova era de oferta de soluções de sistemas de gestão empresarial. Para isso, vamos relembrar

Leia mais

Suporte Técnico. A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA

Suporte Técnico. A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA Suporte Técnico A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA Horário de Atendimento De segunda-feira à sexta-feira das 09:00 ás 19:00

Leia mais

Indicadores de Desempenho do SGQ

Indicadores de Desempenho do SGQ Módulo 3: Indicadores de Desempenho do SGQ Instrutor: Henrique Pereira Indicadores de Desempenho do SGQ Partes interessadas: Quem são? Quais são suas necessidades? Como monitorar e medir os processos:

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 08/2011

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 08/2011 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n Edifício Gerais - Bairro Serra Verde CEP: 31630-901 - Belo Horizonte - MG COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 08/2011

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE CANINDÉ DE SÃO FRANCISCO RELAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE CANINDÉ DE SÃO FRANCISCO RELAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS CATEGORIA 12 CATEGORIA 20 020569 02050 020568 02051 020902 0020584 0020582 0020581 02058 0020886 0020533 0020588 0020586 0020566 020589 0020592 0010134 002088 0020561 002053 020898 0010363 0010198 0020591

Leia mais

Aprendendo a Interpretar Dados Financeiros de uma Empresa Usando Estatística de Forma Simples e Prática

Aprendendo a Interpretar Dados Financeiros de uma Empresa Usando Estatística de Forma Simples e Prática Aprendendo a Interpretar Dados Financeiros de uma Empresa Usando Estatística de Forma Simples e Prática Ederson Luis Posselt (edersonlp@yahoo.com.br) Eduardo Urnau (dudaurnau@gmail.com) Eloy Metz (eloy@softersul.com.br)

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013 Florianópolis, 26 de fevereiro de 2013. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.11.1.7 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

Manual de Logística ISGH

Manual de Logística ISGH Manual de Logística ISGH Página 1 ELABORAÇÃO Juniana Torres Costa Gerente do Núcleo de Logística ISGH FORMATAÇÃO Comunicação Visual ISGH DATA Novembro de 2014 Manual de Logística ISGH Página 2 SUMÁRIO

Leia mais

Sigec. Soluções para Gestão de Terceiros

Sigec. Soluções para Gestão de Terceiros Sigec Soluções para Gestão de Terceiros Os Clientes ECUADOR O que é É o outsourcing dos processos operacionais de Cadastramento, Homologação e Monitoramento Documental dos Fornecedores, garantindo uma

Leia mais

Prognos SMART OPTIMIZATION

Prognos SMART OPTIMIZATION Prognos SMART OPTIMIZATION A resposta aos seus desafios Menos estimativas e mais controlo na distribuição A ISA desenvolveu um novo software que permite o acesso a dados remotos. Através de informação

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO MODELO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO: A SIMPLICIDADE QUE GERA RESULTADOS"

SISTEMA DE GESTÃO MODELO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO: A SIMPLICIDADE QUE GERA RESULTADOS SISTEMA DE GESTÃO MODELO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO: A SIMPLICIDADE QUE GERA RESULTADOS" VÍDEO INSTITUCIONAL FUNDADORES Otaviano Busnello Germano Toniolo Joaquim Toniolo Três pilares de uma sólida construção.

Leia mais

Carta Mensal do Gestor: Dezembro 2014

Carta Mensal do Gestor: Dezembro 2014 Carta Mensal do Gestor: Dezembro 2014 Prezados Investidores, O mês de Dezembro encerrou com baixa do Ibovespa de 8,62%. No acumulado do ano de 2014 o Índice Bovespa fechou em território negativo, acumulando

Leia mais

SISTEMAS CORPORATIVOS

SISTEMAS CORPORATIVOS SISTEMAS CORPORATIVOS digima Sistema Gerenciador de Arquivo Digital PARA TODAS AS EMPRESAS Hospitais Clínicas Laboratórios de Análises Escritórios de Contabilidade Escritórios de Advocacia Escolas Universidades

Leia mais

1. Estruturação da Matriz Orçamentária. O Gerenciamento Matricial de Despesas por Carlos Alexandre Sá

1. Estruturação da Matriz Orçamentária. O Gerenciamento Matricial de Despesas por Carlos Alexandre Sá O Gerenciamento Matricial de Despesas por Carlos Alexandre Sá Nos processos tradicionais, quando um executivo prepara o orçamento do departamento sob sua responsabilidade, age como somente o seu centro

Leia mais

SPEKX Platform DATA SHEET. Visão Resumida da Plataforma. Release 3.3. Versão 1.0

SPEKX Platform DATA SHEET. Visão Resumida da Plataforma. Release 3.3. Versão 1.0 SPEKX Platform DATA SHEET Visão Resumida da Plataforma Release 3.3 Versão 1.0 ÍNDICE ANALÍTICO Introdução... 3 Funcionalidade Modular... 4 de s SPEKX Platform...5 Funcionalidades Adicionais...7 Introdução

Leia mais

Channel. Módulo Gerencial. Tutorial. Atualizado com a versão 4.02

Channel. Módulo Gerencial. Tutorial. Atualizado com a versão 4.02 Channel Módulo Gerencial Tutorial Atualizado com a versão 4.02 Copyright 2009 por JExperts Tecnologia Ltda. todos direitos reservados. É proibida a reprodução deste manual sem autorização prévia e por

Leia mais

Certifico que este documento da empresa COOPERATIVA DE CRÉDITO LIVRE ADMISSÃO DO VALE DO SÃO PATRÍCIO LTDA, Nire: 52 40000248-8, foi deferido e

Certifico que este documento da empresa COOPERATIVA DE CRÉDITO LIVRE ADMISSÃO DO VALE DO SÃO PATRÍCIO LTDA, Nire: 52 40000248-8, foi deferido e Pág 38 de 74 Pág 39 de 74 Pág 40 de 74 Pág 41 de 74 Pág 42 de 74 Pág 43 de 74 Pág 44 de 74 Pág 45 de 74 Pág 46 de 74 Pág 47 de 74 Pág 48 de 74 Pág 49 de 74 Pág 50 de 74 Pág 51 de 74 Pág 52 de 74 Pág 53

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº 5496096 em 23/04/2015 da Empresa OMEGA GERACAO S.A., Nire 31300093107 e

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº 5496096 em 23/04/2015 da Empresa OMEGA GERACAO S.A., Nire 31300093107 e pág. 1/21 pág. 2/21 pág. 3/21 pág. 4/21 pág. 5/21 pág. 6/21 pág. 7/21 pág. 8/21 pág. 9/21 pág. 10/21 pág. 11/21 pág. 12/21 pág. 13/21 pág. 14/21 pág. 15/21 pág. 16/21 pág. 17/21 pág. 18/21 pág. 19/21 pág.

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº 5512916 em 22/05/2015 da Empresa UNIMED BELO HORIZONTE COOPERATIVA DE TRABALHO

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº 5512916 em 22/05/2015 da Empresa UNIMED BELO HORIZONTE COOPERATIVA DE TRABALHO pág. 2/33 pág. 3/33 pág. 4/33 pág. 5/33 pág. 6/33 pág. 7/33 pág. 8/33 pág. 9/33 pág. 10/33 pág. 11/33 pág. 12/33 pág. 13/33 pág. 14/33 pág. 15/33 pág. 16/33 pág. 17/33 pág. 18/33 pág. 19/33 pág. 20/33

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 08/05/2015 da Empresa UNIMED JUIZ DE FORA COOPERATIVA DE TRABALHO

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 08/05/2015 da Empresa UNIMED JUIZ DE FORA COOPERATIVA DE TRABALHO pág. 16/49 pág. 17/49 pág. 18/49 pág. 19/49 pág. 20/49 pág. 21/49 pág. 22/49 pág. 23/49 pág. 24/49 pág. 25/49 pág. 26/49 pág. 27/49 pág. 28/49 pág. 29/49 pág. 30/49 pág. 31/49 pág. 32/49 pág. 33/49 pág.

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 21/11/2014 da Empresa ANDRADE GUTIERREZ S/A, Nire e

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 21/11/2014 da Empresa ANDRADE GUTIERREZ S/A, Nire e pág. 1/46 pág. 2/46 pág. 3/46 pág. 4/46 pág. 5/46 pág. 6/46 pág. 7/46 pág. 8/46 pág. 9/46 pág. 10/46 pág. 11/46 pág. 12/46 pág. 13/46 pág. 14/46 pág. 15/46 pág. 16/46 pág. 17/46 pág. 18/46 pág. 19/46 pág.

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico que este documento da empresa COOPERNOVA COOPERATIVA NOVALIMENSE DE TRANSPORTE DE CARGAS E

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico que este documento da empresa COOPERNOVA COOPERATIVA NOVALIMENSE DE TRANSPORTE DE CARGAS E pág. 1/23 pág. 2/23 pág. 3/23 pág. 4/23 pág. 5/23 pág. 6/23 pág. 7/23 pág. 8/23 pág. 9/23 pág. 10/23 pág. 11/23 pág. 12/23 pág. 13/23 pág. 14/23 pág. 15/23 pág. 16/23 pág. 17/23 pág. 18/23 pág. 19/23 pág.

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 19/10/2015 da Empresa COOPERATIVA DE CONSUMO DOS SERVIDORES DO

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 19/10/2015 da Empresa COOPERATIVA DE CONSUMO DOS SERVIDORES DO pág. 1/26 pág. 2/26 pág. 3/26 pág. 4/26 pág. 5/26 pág. 6/26 pág. 7/26 pág. 8/26 pág. 9/26 pág. 10/26 pág. 11/26 pág. 12/26 pág. 13/26 pág. 14/26 pág. 15/26 pág. 16/26 pág. 17/26 pág. 18/26 pág. 19/26 pág.

Leia mais

Certifico que este documento da empresa UNIMED MONTES CLAROS COOPERATIVA DE TRABALHO MEDICO, Nire: , foi deferido e arquivado na Junta

Certifico que este documento da empresa UNIMED MONTES CLAROS COOPERATIVA DE TRABALHO MEDICO, Nire: , foi deferido e arquivado na Junta pág. 1/34 pág. 2/34 pág. 3/34 pág. 4/34 pág. 5/34 pág. 6/34 pág. 7/34 pág. 8/34 pág. 9/34 pág. 10/34 pág. 11/34 pág. 12/34 pág. 13/34 pág. 14/34 pág. 15/34 pág. 16/34 pág. 17/34 pág. 18/34 pág. 19/34 pág.

Leia mais

Certifico que este documento da empresa CELG DISTRIBUIÇÃO S.A. - CELG D, Nire: 52 30000295-8, foi deferido e arquivado na Junta Comercial do Estado

Certifico que este documento da empresa CELG DISTRIBUIÇÃO S.A. - CELG D, Nire: 52 30000295-8, foi deferido e arquivado na Junta Comercial do Estado Pág 12 de 60 Pág 13 de 60 Pág 14 de 60 Pág 15 de 60 Pág 16 de 60 Pág 17 de 60 Pág 18 de 60 Pág 19 de 60 Pág 20 de 60 Pág 21 de 60 Pág 22 de 60 Pág 23 de 60 Pág 24 de 60 Pág 25 de 60 Pág 26 de 60 Pág 27

Leia mais

Certifico que este documento da empresa COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS MAGISTRADOS, SERVIDORES DA JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS E EMPREGADOS DA CELG LTDA,

Certifico que este documento da empresa COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS MAGISTRADOS, SERVIDORES DA JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS E EMPREGADOS DA CELG LTDA, Pág 9 de 58 Pág 11 de 58 Pág 13 de 58 Pág 15 de 58 Pág 17 de 58 Pág 19 de 58 Pág 21 de 58 Pág 23 de 58 Pág 25 de 58 Pág 27 de 58 Pág 29 de 58 Pág 31 de 58 Pág 33 de 58 Pág 35 de 58 Pág 37 de 58 Pág 39

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 13/04/2016 da Empresa ALGAR TI CONSULTORIA S/A, Nire e

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 13/04/2016 da Empresa ALGAR TI CONSULTORIA S/A, Nire e pág. 1/71 pág. 2/71 pág. 3/71 pág. 4/71 pág. 5/71 pág. 6/71 pág. 7/71 pág. 8/71 pág. 9/71 pág. 10/71 pág. 11/71 pág. 12/71 pág. 13/71 pág. 14/71 pág. 15/71 pág. 16/71 pág. 17/71 pág. 18/71 pág. 19/71 pág.

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Julho de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA.

Leia mais

EXECUÇÃO DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS

EXECUÇÃO DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS EXECUÇÃO DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS 6º FÓRUM NACIONAL DE ESTRATÉGIA NA PRÁTICA & GESTÃO POR PROCESSOS Conteúdo da Apresentação Modelo de Gestão de Porto Alegre Alinhamento Planejamento Estratégico e Orçamento

Leia mais

Arquitetura física de um Data Warehouse

Arquitetura física de um Data Warehouse É um modo de representar a macroestrutura de, comunicação, processamento e existentes para usuários finais dentro da empresa. Operacionais origem Data / Arquitetura física Serviços Armazenamento de Área

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS MASTER IBRX FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS MASTER IBRX FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Dezembro de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS MASTER IBRX FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

I. Personalizando a Área de Trabalho

I. Personalizando a Área de Trabalho 1 I. Personalizando a Área de Trabalho Área de Trabalho (desktop) do Novo Painel de Negociação do Home broker: Existem quatro desktops disponíveis para uso. Para alternar entre um e outro, clique sobre

Leia mais

Demonstração de Desempenho do Tokyo-Mitsubishi UFJ Jump FI Cambial Dólar CNPJ Nº 01.789.845/0001-70 Informações referentes a 2014

Demonstração de Desempenho do Tokyo-Mitsubishi UFJ Jump FI Cambial Dólar CNPJ Nº 01.789.845/0001-70 Informações referentes a 2014 Demonstração de Desempenho do Tokyo-Mitsubishi UFJ Jump FI Cambial Dólar CNPJ Nº 01.789.845/0001-70 Informações referentes a 2014 1. Denominação completa do fundo conforme o cadastro na CVM: Tokyo-Mitsubishi

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 2. Finanças 2.1 Orçamento anual integrado Objetivo: Melhorar

Leia mais

FAQ REGISTRO DE INTERAÇÕES

FAQ REGISTRO DE INTERAÇÕES Sumário 1. O que são interações?... 3 2. Posso registrar uma interação com um parceiro?... 3 3. Posso registrar interações para empresas?... 3 4. Quando converso informalmente com um cliente, parceiro

Leia mais

Demonstração de Desempenho do Tokyo-Mitsubishi UFJ Leader FI Referenciado DI CNPJ: Nº 00.875.318/0001-16 Informações referentes a 2014

Demonstração de Desempenho do Tokyo-Mitsubishi UFJ Leader FI Referenciado DI CNPJ: Nº 00.875.318/0001-16 Informações referentes a 2014 Demonstração de Desempenho do Tokyo-Mitsubishi UFJ Leader FI Referenciado DI CNPJ: Nº 00.875.318/0001-16 Informações referentes a 2014 1. Denominação completa do fundo conforme o cadastro na CVM: Tokyo-Mitsubishi

Leia mais