CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR Manual de Normas, Rotinas e Procedimentos Sumário

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR Manual de Normas, Rotinas e Procedimentos Sumário"

Transcrição

1 CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR Sumário NORMAS OPERACIONAIS Fluxograma dos Pacientes Fluxo de Pacientes antes ou após Cintilografia sem Ergometria e/ou Acompanhantes Fluxo de Pacientes após Ergometria Protocolo de Entrega de Exames MODELOS DE TERMOS Termo de Consentimento para Exames de Medicina Nuclear Termo de Consentimento para Pesquisa com Iodo-131 LEGISLAÇÃO Resolução Conselho Nacional Técnicos Radiologia CONTER n o 2/2012 Resolução Conselho Federal de Enfermagem COFEN 211/1998 PADRÕES DE ACREDITAÇÃO E QUALIDADE ONA ORGANIZAÇÃO NACIONAL DE ACREDITAÇÃO Itens de Verificação - Padrão Nível 1 Itens de Verificação Padrão Nível 2 Itens de Verificação Padrão Nível 3 ANVISA Roteiro de Inspeção/Vistoria COLETA E DESCARTE DE RESÍDUOS RADIOATIVOS Coleta e Descarte de Resíduos Químicos a) Ficha para Inventário de Resíduos b) Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos c) Etiqueta para Embalagens Coleta e Descarte de Resíduos Sólidos a) Ficha para Identificação de Rejeito Radioativo b) Ficha de Controle de Rejeito Radioativo Coleta e Descarte de Resíduos Líquidos a) Ficha para Identificação de Rejeito Radioativo b) Ficha de Controle de Rejeito Radioativo PESQUISAS DE SATISFAÇÃO Pesquisa de Satisfação dos usuários e funcionários do CMN FORMULÁRIOS

2 01 - Check-List Inventário 02 - Check-List Carro de Parada 03 - Check-List Desfibrilador Laringoscópio Oxigênio 04 - Controle de Temperatura da Geladeira 05 - Controle de Temperatura da Geladeira de Fármacos 06 - Controle de Temperatura da Sala de Exames 07 - Evolução de Enfermagem 08 - Ficha de Identificação de Rejeitos Contidos em cada Recipiente 09 - Monitoração de Contaminação de Superfície 10 - Programa de Garantia de Qualidade de Kits 11 - Registro de Doses 12 - Testes Diários de Curiômetro 13 - Uniformidade Diária POP s - PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS PADRÃO DE ENFERMAGEM MANUSEIO DOS EQUIPAMENTOS Câmara Milenium MG GE 001 Curiômetro 002 Geiger-Müller (Monitor de Área) 003 Impressora Phaser 6880 Xerox 004 Normas de Proteção Radiológica 122 PREPAROS DOS EXAMES E PROCEDIMENTOS DE ENFERMAGEM Angiografia Radioisotópica 111 Aspiração Pulmonar 131 Assistência de Enfermagem na realização das Cintilografias 006 Assistência de Enfermagem na realização das Cintilografias da Região da Cabeça e Pescoço 020 Assistência de Enfermagem na realização das Cintilografias da Região do Tronco 021 Assistência de Enfermagem na realização das Cintilografias do Sistema Circulatório 009 Assistência de Enfermagem na realização das Cintilografias do Sistema Digestório 022 Assistência de Enfermagem na realização das Cintilografias do Sistema Geniturinário 023 Cintilografia: Descrição, Como é o exame, Tipos de Exame, Cuidados e Preparo 005 Cintilografia Cardíaca com Gálio Cintilografia Cerebral 024 Cintilografia Cerebral com Tálio-201 ou MIBI 99M Tc 086 Cintilografia Corpo Inteiro com DMSA-V 99m Tc 096 Cintilografia Corpo Inteiro com Gálio Cintilografia Corpo Inteiro com MIBG Cintilografia Corpo Inteiro com MIBI 99m 095 Cintilografia Corpo Inteiro com Octreotide 111 IN 093 Cintilografia Corpo Inteiro com Tálio Cintilografia Esplênica 025 Cintilografia Fígado e Baço com Fitato 026 Cintilografia Fígado e Vias Biliares DISIDA 076 Cintilografia c/gálio-67 do corpo inteiro 007 Cintilografia Glândulas Salivares/parótidas 027

3 Cintilografia Hepática 028 Cintilografia Hepática com Hemácias Marcadas 029 Cintilografia c/leucócitos Marcados 090 Cintilografia Mamária 091 Cintilografia Mamas, com MIBI marcada com tecnécio-99 m 030 Cintilografia Medula Óssea 088 Cintilografia c/metaiodobenzilguanidina 031 Cintilografia c/mibg 134 Cintilografia Miocárdica: repouso/esforço 010 Cintilografia Miocárdica Perfusional 011 Cintilografia Miocárdio com Pirofosfato 070 Cintilografia c/octreotide 135 Cintilografia Óssea (convencional, trifásica ou spect ósseo) 008 Cintilografia Paratireoide com MIBI 032 Cintilografia Perfusão Cerebral 085 Cintilografia Perfusão Miocárdica 071 Cintilografia Perfusional 033 Cintilografia Pesquisa de Divertículo de Meckel 034 Cintilografia Pesquisa de Hemorragia Gastrointestinal 035 Cintilografia Pesquisa de Infarto Agudo do Miocárdio 012 Cintilografia Pulmonar 036 Cintilografia Pulmonar - Inalação 037 Cintilografia Pulmonar - Perfusão 130 Cintilografia Pulmonar com Gálio Cintilografia Radioisotópica Direta 038 Cintilografia Renal Dinâmica 015 Cintilografia Renal DTPA 123 Cintilografia Renal Estática com DMSA 016 Cintilografia c/selênio - Colesterol 082 Cintilografia Sincronizada das Câmaras Cardíacas: Angiografia Radioisotópica - Gated 013 Cintilografia Testicular ou Escrotal 039 Cintilografia Tireoide e Captação 040 Cintilografia Tireoide com Captação do Iodo Cintilografia Tireoideana com ou sem captação: tireograma 042 Cintilografia Vias Biliares 043 Cisternografia Cerebral 044 Cisternocintilografia 045 Cistocintilografia Direta 083 Cistocintilografia Indireta 084 Cistografia Direta 046 Clearence Pulmonar de DTPA 047 Dacriocistografia 048 Dacriocintilografia 049 Dacriocistocintilografia 137 Eluição do Gerador de Tecnécio 069 Estudo do Metabolismo Glicolitico com FDG 18 F 097 Estudo Shunt de Leveen 080 Esvaziamento Gástrico 066

4 Fluxo Sanguíneo Cerebral 087 Fluxo Sanguíneo das Extremidades 014 Fluxo Sanguíneo Hepático 125 Fluxo Sanguíneo Ósseo 129 Fração de Ejeção Vesicular 124 Heliocobacter Pylori, Teste Respiratório 050 Linfocintilografia para avaliação de drenagem linfática 136 Linfocintilografia de membros inferiores ou superiores 051 Linfonodo Sentinela Cintilografia 138 Localização intra-operatória de Lesão Mamária não Palpável (Roll) 099 Marcação de radiofármacos 109 Pesquisa de Corpo Inteiro com Iodeto 081 Pesquisa de Divertículo de Meckel 079 Pesquisa de Linfonodo Sentinela (mama) 098 Pesquisa de Linfonodo Sentinela (melanoma) 100 Pesquisa de Metástases de Câncer de Tireoide: varredura de corpo inteiro 052 Pesquisa de Metástases de Corpo Inteiro com Iodo Pesquisa de Refluxo Gastroesofágico 067 Pesquisa de Sangramento Gastrointestinal Ativo 077 Pesquisa de Sangramento Gastrointestinal Intermitente 078 Pesquisa de Shunt Pulmonar 072 Pet Scan 054 Rastreamento de Corpo Inteiro com TSH recombinante tirotrofina alfa 055 Rastreamento com Sestamibi 056 Roll Injeção e Imagem 139 Spect Cardiovascular 057 Spect Cerebral 128 Supressão Tireoidiana com Liotironina (T3) 058 Técnicas para Injeção em Bolo 110 Teste de Estímulo 126 Teste do Perclorato 059 Teste de Supressão 127 Tireograma com Sestamibi 060 Tomografia por emissão de fóton único (SPECT) 061 Tomografia por emissão de pósitrons (PET) 062 Trânsito Esofágico (líquidos e semissólidos) 064 Trânsito Intestinal / Seriografia do Intestino Delgado 068 Trânsito Intestino Delgado 065 Varredura Óssea 063 Venografia Radioisotópica 073

5 PREPAROS Preparo DISIDA Disofenina (99m Tc) 112 Preparo DMSA Succímer (99m Tc) 113 Preparo DTPA Pentetato de Sódio (99m Tc) 114 Preparo ECD Bicisato de Tecnécio (99m Tc) 115 Preparo FITATO Ácido Fítico (99m Tc) 116 Preparo MAA Macrosalbe (99m Tc) 117 Preparo MDP Medronato de Sódio (99m Tc) 118 Preparo MIBI Tecnécio Sestamibi (99m Tc) 119 Preparo PIRO - Pirofosfato Tetrassódico (99m Tc) 120 Preparo SHA - Albumina Humana Sérica (99m Tc) 121 PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS IN VITRO Determinação do Volume Eritrocitário 101 Determinação do Volume Plasmático 102 Fluxo Plasmático Renal Efetivo 103 Investigação de Sequestro Esplênico 104 Perda Entérica de Hemácias 105 Perda Entérica de Proteínas 106 Ritmo de Filtração Glomerular 107 Teste de Schilling 108 PROCEDIMENTOS TERAPÊUTICOS Dose terapêutica de iodo-131 p/hipertireoidismo 140 Dose terapêutica de iodo-131 p/câncer de Tireoide 141 Dose de Samário-153 p/dores ósseas 142 COLETA E DESCARTE DOS RESÍDUOS RADIOATIVOS Coleta e Descarte dos Resíduos Líquidos 017 Coleta e Descarte dos Resíduos Químicos 018 Coleta e Descarte dos Resíduos Sólidos 019

Discussão do atual estágio de desenvolvimento tecnológico da produção de energia nuclear no país

Discussão do atual estágio de desenvolvimento tecnológico da produção de energia nuclear no país Discussão do atual estágio de desenvolvimento tecnológico da produção de energia nuclear no país José Soares Junior Presidente da SBBMN (Sociedade Brasileira de Biologia, Medicina Nuclear e Imagem Molecular)

Leia mais

Medicina Nuclear. Cintilografia

Medicina Nuclear. Cintilografia Medicina Nuclear Cintilografia Conheça o serviço Corredor de Acesso Porta Entrada Sala Quente Espera Sala Injeção Injetados Espera Injetados Teste Ergométrico Conheça o Serviço Comando Sala de Exames Composição

Leia mais

www.imaginologia.com.br Imaginologia.com.br - Radiologia e Diagnóstico por Imagem para médicos clínicos e cirurgiões.

www.imaginologia.com.br Imaginologia.com.br - Radiologia e Diagnóstico por Imagem para médicos clínicos e cirurgiões. www.imaginologia.com.br Imaginologia.com.br - Radiologia e Diagnóstico por Imagem para médicos clínicos e cirurgiões. 1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA SOLICITAÇÃO DE EXAMES DE MEDICINA NUCLEAR R e d a t o r

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE MEDICINA NUCLEAR Princípios e Aplicações

PROCEDIMENTOS DE MEDICINA NUCLEAR Princípios e Aplicações PROCEDIMENTOS DE MEDICINA NUCLEAR Princípios e Aplicações VIII Encontro de Técnicos de Radiologia da Alta Noroeste Marco Antônio de Carvalho Físico Médico e Supervisor de Radioproteção em Medicina Nuclear

Leia mais

Manual de Exames Medicina Nuclear

Manual de Exames Medicina Nuclear Manual de Exames Medicina Nuclear AGENDAMENTO DE EXAMES 31-36670867 Rua Ipanema, 95 1º Andar Coronel Fabriciano MG Manual de Exames Medicina Nuclear Introdução 1. Apresentação Atuando há mais de 24 anos

Leia mais

MEDICINA NUCLEAR Lidia Vasconcellos de Sá 2011

MEDICINA NUCLEAR Lidia Vasconcellos de Sá 2011 MEDICINA NUCLEAR Lidia Vasconcellos de Sá 2011 APLICAÇÕES NA ÁREA MÉDICA RADIODIAGNÓSTICO RADIOTERAPIA MEDICINA NUCLEAR USO DE FONTES DE RADIAÇÃO NA ÁREA MÉDICA RAIOS-X DIAGNÓSTICO: equipamentos emissores

Leia mais

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Oncologia

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Oncologia Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear Oncologia Este documento foi elaborado conforme orientações da Sociedade Brasileira de Biologia e Medicina Nuclear, visando aproximar ainda mais nossa

Leia mais

Capítulo 6 - Mamografia

Capítulo 6 - Mamografia Capítulo 1 - Diagnóstico por Imagem 1.1 História 1.2 Competências da equipe de enfermagem no setor de diagnóstico por imagem 1.3 Competências gerais do enfermeiro no setor de diagnóstico por imagem 1.3.1

Leia mais

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Endocrinologia

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Endocrinologia Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear Endocrinologia Este documento foi elaborado conforme orientações da Sociedade Brasileira de Biologia e Medicina Nuclear, visando aproximar ainda mais

Leia mais

Cintilografia cerebral

Cintilografia cerebral MÉDICOS RESPONSÁVEIS Dr. José Ribamar Villela Dra. Ivana Moura Abuhid Dr. Hermes Pardini MEDICINA NUCLEAR é uma especialidade médica que utiliza pequenas quantidades de material radioativo de maneira segura

Leia mais

Sérgio Altino de Almeida

Sérgio Altino de Almeida Project and Uses of PET Scan LAS ANS SYMPOSIUM 2005 Sérgio Altino de Almeida Hospital Samaritano - Clínica Radiológica Luiz Felippe Mattoso Rio de Janeiro - Junho - 2005 Geração e Interpretação das Imagens

Leia mais

O estado da arte na produção de radiofármacos no Brasil

O estado da arte na produção de radiofármacos no Brasil O estado da arte na produção de radiofármacos no Brasil Jair Mengatti Diretor de Produtos e Serviços IPEN-CNEN/SP " XI ENAN 26 de novembro de 2013 Recife, Pernambuco Radiofármaco De acordo com a RDC nº

Leia mais

CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Manual de Normas, Rotinas e Procedimentos Sumário

CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Manual de Normas, Rotinas e Procedimentos Sumário CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Sumário NORMAS OPERACIONAIS Atendimento ao Cliente Marcação de Exames Alteração no Programa de Atendimento Gestão de Demanda Admitida Ficha de Convênio Atendimento Prioritário

Leia mais

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Ortopedia

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Ortopedia Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear Ortopedia Este documento foi elaborado conforme orientações da Sociedade Brasileira de Biologia e Medicina Nuclear, visando aproximar ainda mais nossa

Leia mais

Cintilografia Cerebral LARYSSA MARINNA RESIDENTE DE ENFERMAGEM EM NEONATOLOGIA

Cintilografia Cerebral LARYSSA MARINNA RESIDENTE DE ENFERMAGEM EM NEONATOLOGIA Cintilografia Cerebral LARYSSA MARINNA RESIDENTE DE ENFERMAGEM EM NEONATOLOGIA A cintilografia tomográfica da perfusão cerebral (SPECT) detecta alterações da perfusão sanguínea cerebral inclusive na ausência

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO N. 002/2013 ANEXO IV TABELA DE PROCEDIMENTOS PLANILHA 01

EDITAL DE CREDENCIAMENTO N. 002/2013 ANEXO IV TABELA DE PROCEDIMENTOS PLANILHA 01 EDITAL DE CREDENCIAMENTO N. 002/2013 ANEXO IV TABELA DE PROCEDIMENTOS PLANILHA 01 ECG ELETROCARDIOGRAMA 20010010 ECG ELETROCARDIOGRAMA R$ 14,05 TESTE ERGOMETRICO 20010028 TESTE ERGOMETRICO BICICLETA ESTEIRA

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO SESA/NUEPAC/Nº 001/2012 REGULAMENTO

EDITAL DE CREDENCIAMENTO SESA/NUEPAC/Nº 001/2012 REGULAMENTO EDITAL DE CREDENCIAMENTO SESA/NUEPAC/Nº 001/2012 REGULAMENTO A Secretaria de Estado da Saúde, doravante denominada SESA, realizará CREDENCIAMENTO DE ENTIDADES PRIVADAS COM FINS LUCRATIVOS, PRESTADORAS

Leia mais

Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT. Segundo diretrizes ANS

Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT. Segundo diretrizes ANS Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT Segundo diretrizes ANS Referencia Bibliográfica: Site ANS: http://www.ans.gov.br/images/stories/a_ans/transparencia_institucional/consulta_despachos_poder_judiciari

Leia mais

Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET-CT)

Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET-CT) Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Biociências Departamento de Biofísica Biofísica Biomédica III BIO10016 Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET-CT) Franciele Giongo e Luíza Fortes

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Relação dos POPs

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Relação dos POPs DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Relação dos POPs PREPAROS DOS EXAMES E PROCEDIMENTOS DE ENFERMAGEM 08.01 Ablação por Cateter com Radiofrequência 08.02 Alergia aos Contrastes Iodados 08.03 Angio Ressonância Abdome

Leia mais

O SUS na medicina nuclear do Brasil: avaliação e comparação dos dados fornecidos pelo Datasus e CNEN *

O SUS na medicina nuclear do Brasil: avaliação e comparação dos dados fornecidos pelo Datasus e CNEN * Artigo Original Pozzo L et al. / O SUS na medicina nuclear do Brasil O SUS na medicina nuclear do Brasil: avaliação e comparação dos dados fornecidos pelo Datasus e CNEN * SUS in nuclear medicine in Brazil:

Leia mais

Agenda. Nódulo da Tireóide. Medicina Nuclear. Medicina Nuclear em Cardiologia 17/10/2011

Agenda. Nódulo da Tireóide. Medicina Nuclear. Medicina Nuclear em Cardiologia 17/10/2011 Agenda Medicina Nuclear Endocrinologia Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.com O objetivo desta aula é abordar a Medicina nuclear em endocrinologia (notadamente aplicações Câncer de Tireóide).

Leia mais

Programação Pactuada e Integrada Composição dos serviços ambulatoriais de alta complexidade

Programação Pactuada e Integrada Composição dos serviços ambulatoriais de alta complexidade Bolsas - Bolsas de Urostomia 0701060026 BOLSA COLETORA P/ UROSTOMIZADOS 0701060042 CONJUNTO DE PLACA E BOLSA P/ UROSTOMIZADOS Bolsas - Coletor Urinário 0701060034 COLETOR URINARIO DE PERNA OU DE CAMA Bolsas

Leia mais

Academia Nacional de Medicina. Data: 07/04/2011 Hora: 18:00h

Academia Nacional de Medicina. Data: 07/04/2011 Hora: 18:00h Academia Nacional de Medicina Data: 07/04/2011 Hora: 18:00h Aplicabilidade Clínica da Medicina Nuclear Cláudio Tinoco Mesquita Conflito de interesse (CFM nº 1.595/00 de 18/5/2000 e ANVISA nº 120/2000 de

Leia mais

Boletim nº. 003 Resumo de Termos e procedimentos, usado com radiações ionizantes em diagnóstico médico

Boletim nº. 003 Resumo de Termos e procedimentos, usado com radiações ionizantes em diagnóstico médico Boletim nº. 003 Resumo de Termos e procedimentos, usado com radiações ionizantes em diagnóstico médico Colaboração: Paulo Mota Craveiro - Docente da Faculdade de Marília Igor R. de Castro Bienert Médico

Leia mais

Regulamentação sobre Registro de Radiofármacos

Regulamentação sobre Registro de Radiofármacos Regulamentação sobre Registro de Radiofármacos Agência Nacional de Vigilância Sanitária Setembro / 2010 www.anvisa.gov.br HISTÓRICO Constituição de 1988 Art. 21 XXIII - explorar os serviços e instalações

Leia mais

0204010136 - RADIOGRAFIA DE REGIAO ORBITARIA (LOCALIZACAO DE CORPO ESTRANHO)

0204010136 - RADIOGRAFIA DE REGIAO ORBITARIA (LOCALIZACAO DE CORPO ESTRANHO) ANEXO PT/SAS/MS Nº 420 DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009 GRUPO II 0204010012 - DACRIOCISTOGRAFIA 0204010020 - PLANIGRAFIA DE LARINGE 0204010039 - RADIOGRAFIA BILATERAL DE ORBITAS (PA + OBLIQUAS + HIRTZ) 0204010047

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE UM CONJUNTO DE INDICADORES DE DESEMPENHO APLICADOS A UMA RADIOFARMÁCIA HOSPITALAR

CONSTRUÇÃO DE UM CONJUNTO DE INDICADORES DE DESEMPENHO APLICADOS A UMA RADIOFARMÁCIA HOSPITALAR CONSTRUÇÃO DE UM CONJUNTO DE INDICADORES DE DESEMPENHO APLICADOS A UMA RADIOFARMÁCIA HOSPITALAR Priscilla BRUNELLI PUJATTI, Débora SILVA GONÇALVES e Jayda EIRAS RAMIM Endereço Profissional: Radiofarmácia

Leia mais

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny DATA hora AULA PROGRAMADA Módulo PROFESSOR 25/10/2013 14:00-14:55 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 14:55-15:50 Abdome Agudo - perfurativo e vascular/hemorrágico Clínica

Leia mais

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA Imagenologia: Técnicas Radiológicas II Prof. Msc Ana Paula de Souza Paixão Biomedicina 5º P Método de diagnóstico

Leia mais

Câncer de Tireóide. O segredo da cura é a eterna vigilância

Câncer de Tireóide. O segredo da cura é a eterna vigilância Câncer de Tireóide Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira O câncer de tireóide é um tumor maligno de crescimento localizado dentro da glândula

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CANCEROLOGIA 21. O melhor esquema terapêutico para pacientes com neoplasia maligna de bexiga, os quais são clinicamente inelegíveis para cirurgia radical, é: a) Ressecção

Leia mais

Anhanguera - Uniderp

Anhanguera - Uniderp Anhanguera - Uniderp CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA A SELEÇÃO DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICO- VETERINÁRIA - PRMV R1 / TURMA 2012 ÁREA DE CLÍNICA E CIRURGIA DE PEQUENOS ANIMAIS 1. Terapêutica Clínica Geral

Leia mais

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Neurologia

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Neurologia Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear Neurologia Este documento foi elaborado conforme orientações da Sociedade Brasileira de Biologia e Medicina Nuclear, visando aproximar ainda mais nossa

Leia mais

AVALIAÇÃO DO ESTADO DA ARTE DA RADIOPROTEÇÃO PARA LACTANTES E ELABORAÇÃO DE RECOMENDAÇÕES PARA EQUIPES MULTIDISCIPLINARES

AVALIAÇÃO DO ESTADO DA ARTE DA RADIOPROTEÇÃO PARA LACTANTES E ELABORAÇÃO DE RECOMENDAÇÕES PARA EQUIPES MULTIDISCIPLINARES 2009 International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2009 Rio de Janeiro,RJ, Brazil, September27 to October 2, 2009 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENERGIA NUCLEAR - ABEN ISBN: 978-85-99141-03-8 AVALIAÇÃO DO

Leia mais

Diagnóstico do câncer

Diagnóstico do câncer UNESC FACULDADES ENFERMAGEM - ONCOLOGIA FLÁVIA NUNES Diagnóstico do câncer Evidenciado: Investigação diagnóstica por suspeita de câncer e as intervenções de enfermagem no cuidado ao cliente _ investigação

Leia mais

2) Acesso dos candidatos à Residência Médica ou Curso de Especialização credenciado pelo CBR em Medicina Nuclear

2) Acesso dos candidatos à Residência Médica ou Curso de Especialização credenciado pelo CBR em Medicina Nuclear PROGRAMA BÁSICO DE RESIDÊNCIA MÉDICA E/OU CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CREDENCIADO PELO COLÉGIO BRASILEIRO DE RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM PARA FORMAÇÃO EM MEDICINA NUCLEAR 1) Objetivo Formação de médicos

Leia mais

1a. Aula. O que é Medicina Nuclear? Medicina Nuclear. Medicina Nuclear. Medicina Nuclear. Métodos de Imagem Medicina Nuclear Aspectos Técnicos 3/22/12

1a. Aula. O que é Medicina Nuclear? Medicina Nuclear. Medicina Nuclear. Medicina Nuclear. Métodos de Imagem Medicina Nuclear Aspectos Técnicos 3/22/12 a. Aula Métodos de Imagem Medicina Nuclear Aspectos Técnicos O que é Medicina Nuclear? Prof. Dr. Lauro Wichert Ana Medicina Nuclear Especialidade Médica Área de Atuação do Físico Médico Diagnóstico, Tratamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 DATA SALA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR 6/2/2015 102. D 13:15-14:10 Tratamento

Leia mais

2ª PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MEDICINA NUCLEAR. 22. São modos básicos de aquisição de imagem em medicina nuclear, EXCETO:

2ª PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MEDICINA NUCLEAR. 22. São modos básicos de aquisição de imagem em medicina nuclear, EXCETO: 2ª PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MEDICINA NUCLEAR 21. O teste de qualidade da Gama Câmara que deve ser realizado diariamente é denominado: a) Resolução espacial b) Verificação de Linearidade c) Verificação

Leia mais

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR Aulas teórica s Amb. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL 13:15 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 24/7/2015 Abdome Agudo

Leia mais

Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine

Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine November 24-29, 2013 Recife, Brazil Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine Celso Darío Ramos Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear, presidente. Serviço de Medicina Nuclear da UNICAMP,

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR

SISTEMA CARDIOVASCULAR SISTEMA CARDIOVASCULAR Professora: Edilene biologolena@yahoo.com.br Sistema Cardiovascular Sistema Cardiovascular Composto pelo coração, pelos vasos sanguíneos e pelo sangue; Tem por função fazer o sangue

Leia mais

Tema: Uso do pet scan em pacientes portadores de câncer

Tema: Uso do pet scan em pacientes portadores de câncer Data: 27/11/2012 Nota Técnica 23/2012 Medicamento Material Procedimento X Cobertura Solicitante: Bruna Luísa Costa de Mendonça Assessora do Juiz da 2ª Vara Cível Numeração Única: 052512020931-3 Tema: Uso

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO RS PORTARIA 13/2014

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO RS PORTARIA 13/2014 PORTARIA 13/2014 Dispõe sobre os parâmetros do exame PET-CT Dedicado Oncológico. O DIRETOR-PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL-IPERGS, no uso de suas atribuições conferidas

Leia mais

Antonie - Henri Becquerel

Antonie - Henri Becquerel FUNDAÇÃO LUSÍADA CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA MEDICINA NUCLEAR MEDICINA NUCLEAR TRABALHO DE ELABORADO NO CURSO TÉCNOLOGIA EM RADIOLOGIA COMO PARTE DE AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE

Leia mais

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof.Msc.MoisésMendes professormoises300@hotmail.com www.moisesmendes.com Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular Esse sistema é constituído por um fluido circulante (o

Leia mais

CONTROLE DA QUALIDADE DE RADIOFÁRMACOS

CONTROLE DA QUALIDADE DE RADIOFÁRMACOS CONTROLE DA QUALIDADE DE RADIOFÁRMACOS Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva Rio de Janeiro - RJ Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2015 DE RADIOFÁRMACOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS RADIOFARMÁCIA

Leia mais

FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM II. Nutrição Enteral Profª.Enfª:Darlene Carvalho

FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM II. Nutrição Enteral Profª.Enfª:Darlene Carvalho FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM II Nutrição Enteral Profª.Enfª:Darlene Carvalho NUTRIÇÃO ENTERAL INDICAÇÕES: Disfagia grave por obstrução ou disfunção da orofaringe ou do esôfago, como megaesôfago chagásico,

Leia mais

Aspectos Metrológicos na Estimativa da Atividade Administrada em Pacientes de Medicina Nuclear

Aspectos Metrológicos na Estimativa da Atividade Administrada em Pacientes de Medicina Nuclear Aspectos Metrológicos na Estimativa da Atividade Administrada em Pacientes de Medicina Nuclear A Ruzzarin 1,AM Xavier 2, A Iwahara 1, L Tauhata 1 1 Laboratório Nacional de Metrologia das Radiações Ionizantes/Instituto

Leia mais

TIN-TEC É PARA USO EXCLUSIVO EM RADIODIAGNÓSTICO NA MEDICINA NUCLEAR

TIN-TEC É PARA USO EXCLUSIVO EM RADIODIAGNÓSTICO NA MEDICINA NUCLEAR TIN-TEC fluoreto estanoso Conjunto de reagente liofilizado para marcação com solução injetável de pertecnetato de sódio (99m Tc) estanho coloidal (99m Tc) ATENÇÃO TIN-TEC É PARA USO EXCLUSIVO EM RADIODIAGNÓSTICO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES 1. PARA ENFERMEIRO ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES Requisitos para Contratação: Diploma, devidamente registrado, de conclusão do curso de graduação em Enfermagem, Registro no Órgão de Classe competente.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO Identificação do animal Nome/número RG do HV Espécie: Raça: Idade: Sexo: Peso: Cor: Data e hora do

Leia mais

O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio. Maria de Fátima Dias Gaui CETHO

O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio. Maria de Fátima Dias Gaui CETHO O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio Maria de Fátima Dias Gaui CETHO Introdução Objetivo: Definir a extensão da doença: Estadiamento TNM (American Joint Committee on Cancer ). 1- Avaliação

Leia mais

FISIOLOGIA DO SANGUE HEMATÓCRITO 08/10/2008 ERITRÓCITOS OU HEMÁCIAS HEMATÓCRITO PLASMA: CELULAR:

FISIOLOGIA DO SANGUE HEMATÓCRITO 08/10/2008 ERITRÓCITOS OU HEMÁCIAS HEMATÓCRITO PLASMA: CELULAR: FISIOLOGIA DO SANGUE Sistema Circulatório PLASMA: semelhante ao líquido intersticial PROTEÍNAS PLASMÁTICAS Albumina pressão coloidosmótica Globulinas transporte e substrato imunidade, anticorpos Fibrinogênio

Leia mais

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Saúde - Subárea Radiologia Médica. Especialização Profissional de Nível Técnico em

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Saúde - Subárea Radiologia Médica. Especialização Profissional de Nível Técnico em Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC - SP CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 03 de abril de 2003. Número do Plano: 76 Área do Plano: Saúde - Subárea Radiologia Médica PLANO

Leia mais

Apenas coparticipação em exames de alta complexidade R$ 30,00

Apenas coparticipação em exames de alta complexidade R$ 30,00 R$,00 121 R$,00 122 R$,00 Reajuste: ABRIL 123 R$,00 CREFITO 1 CARÊNCIAS PLANO UNIMED Redução Parcial de Carência para Clientes com Plano Anterior CONTRATUAL ADESÃO PME INDIVIDUAL 1 2 3 4 5 6 7 8 A - Urgência

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO

SISTEMA CIRCULATÓRIO SISTEMA CIRCULATÓRIO FUNÇÕES DO SISTEMA CIRCULATÓRIO: Transporte de substâncias : * Nutrientes para as células. * Resíduos vindos das células. *Gases respiratórios. * Hormônios. OBS: O sangue também pode

Leia mais

Data: 07/12/2012. Medicamento X Material Procedimento Cobertura. TEMA: Pet CT no câncer de colon e no câncer gástrico

Data: 07/12/2012. Medicamento X Material Procedimento Cobertura. TEMA: Pet CT no câncer de colon e no câncer gástrico NT 43/2012 Solicitante: Ilma Dra Jacqueline de Souza Toledo e Dutra Juíza de Direito do 2º JESP do Juizado Especial da Comarca de Pouso Alegre Numeração: 0162231-94.2012.8.13.0525 Data: 07/12/2012 Medicamento

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE LINFONODO SENTINELA (LINFOCINTILOGRAFIA E CIRURGIA RADIOGUIADA)

INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE LINFONODO SENTINELA (LINFOCINTILOGRAFIA E CIRURGIA RADIOGUIADA) INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE LINFONODO SENTINELA (LINFOCINTILOGRAFIA E CIRURGIA RADIOGUIADA) Importante: A linfocintilografia NÃO deve ser realizada em mulheres grávidas! Caso haja qualquer dúvida

Leia mais

Programação Preliminar do 41 Curso de Atualização em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia e Transplantes de Órgãos do Aparelho Digestivo

Programação Preliminar do 41 Curso de Atualização em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia e Transplantes de Órgãos do Aparelho Digestivo Programação Preliminar do 41 Curso de Atualização em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia e Transplantes de Órgãos do Aparelho Digestivo Cirurgia do Esôfago Painel de perguntas e filmes cirúrgicos

Leia mais

A. Patologias vasculares B. Choque C. Hemostasia. 2 Letícia C. L. Moura

A. Patologias vasculares B. Choque C. Hemostasia. 2 Letícia C. L. Moura Alterações Circulatórias Edema, Hiperemiae e Congestão, Hemorragia, Choque e Hemostasia PhD Tópicos da Aula A. Patologias vasculares B. Choque C. Hemostasia 2 Patogenia Edema A. Patologias Vasculares Fisiopatogenia

Leia mais

FÍGADO. Veia cava inferior. Lobo direito. Lobo esquerdo. Ligamento (separa o lobo direito do esquerdo) Vesícula biliar

FÍGADO. Veia cava inferior. Lobo direito. Lobo esquerdo. Ligamento (separa o lobo direito do esquerdo) Vesícula biliar FÍGADO É o maior órgão interno È a maior glândula É a mais volumosa de todas as vísceras, pesa cerca de 1,5 kg no homem adulto, e na mulher adulta entre 1,2 e 1,4 kg Possui a coloração arroxeada, superfície

Leia mais

TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO ABDOME

TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO ABDOME TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO ABDOME PROTOCOLO DE ABDOME TOTAL POSIÇÃO DORSAL: Paciente em decúbito dorsal, entrando primeiro com a cabeça, apoiada sobre o suporte reto, braços elevados acima da cabeça.

Leia mais

Radiação Ionizante e Legislação. Renato Sanchez Antonio

Radiação Ionizante e Legislação. Renato Sanchez Antonio Radiação Ionizante e Legislação Renato Sanchez Antonio Aspectos Técnicos Aparelhagem radiológica Gerador: suprido por uma força elétrica de 480 V, originada de um transformador trifásico de 300 KVA ou

Leia mais

Autor. Revisão Técnica. Durval Alex Gomes e Costa

Autor. Revisão Técnica. Durval Alex Gomes e Costa Apresentação A estrutura do Guia de Interpretação de Exames, em que cada capítulo aborda um exame diferente, foi concebida para ser uma alternativa à literatura especializada na melhor interpretação possível

Leia mais

Noções em Medicina Nuclear e Radiofármacos

Noções em Medicina Nuclear e Radiofármacos Noções em Medicina Nuclear e Radiofármacos Elementos Radioativos em Medicina Nuclear RADIONUCLÍDEOS PARA DIAGNÓSTICO EM MEDICINA NUCLEAR NUCLÍDEO MEIA-VIDA (h) DECAIMENTO ENEGRGIA (kev) 99mTc 6 IT 140

Leia mais

Saúde da Próstata. XXX Ciclo de Debate Município Saudável Envelhecimento Ativo. Claudio B. Murta

Saúde da Próstata. XXX Ciclo de Debate Município Saudável Envelhecimento Ativo. Claudio B. Murta Divisão de Clínica Urológica Saúde da Próstata XXX Ciclo de Debate Município Saudável Envelhecimento Ativo Claudio B. Murta Médico Urologista Coordenador do Centro de Referência do Homem Hospital de Transplantes

Leia mais

Anhanguera - Uniderp

Anhanguera - Uniderp Anhanguera - Uniderp CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA A SELEÇÃO DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICO- VETERINÁRIA - PRMV R1 / TURMA 2012 ÁREA DE CLÍNICA E CIRURGIA DE GRANDES ANIMAIS 1. Distúrbios locomotores de

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES 1 UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES PERÍODO LETIVO 2013.1 A Coordenação do Curso de Graduação

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE PESQUISA DE CORPO INTEIRO (PCI)

INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE PESQUISA DE CORPO INTEIRO (PCI) INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE PESQUISA DE CORPO INTEIRO (PCI) Importante: A Pesquisa de Corpo Inteiro (PCI) NÃO deve ser realizada em mulheres grávidas! Caso haja qualquer dúvida de risco de gestação,

Leia mais

TIREÓIDE E PARATIREÓIDE

TIREÓIDE E PARATIREÓIDE Disciplina de Fisiologia Veterinária TIREÓIDE E PARATIREÓIDE Prof. Fabio Otero Ascoli Localização: TIREÓIDE Caudalmente à traquéia, na altura do primeiro ou segundo anel traqueal Composição: Dois lobos,

Leia mais

COD PROTOCOLOS DE GASTROENTEROLOGIA

COD PROTOCOLOS DE GASTROENTEROLOGIA X COD PROTOCOLOS DE GASTROENTEROLOGIA ( ) 18.01 Abdome Agudo Diagnóstico (algoritmo) ( ) 18.02 Abdome Agudo Inflamatório Diagnóstico e Tratamento ( ) 18.03 Abdome Agudo na Criança ( ) 18.04 Abdome Agudo

Leia mais

Glândulas endócrinas:

Glândulas endócrinas: SISTEMA ENDOCRINO Glândulas endócrinas: Funções: Secreções de substâncias (hormônios) que atuam sobre célula alvo Regulação do organismo (homeostase) Hormônios: Substâncias químicas que são produzidas

Leia mais

CNEN NE 3.05 abril/1996 REQUISITOS DE RADIOPROTEÇÃO E SEGURANÇA PARA SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR

CNEN NE 3.05 abril/1996 REQUISITOS DE RADIOPROTEÇÃO E SEGURANÇA PARA SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR CNEN NE 3.05 abril/1996 REQUISITOS DE RADIOPROTEÇÃO E SEGURANÇA PARA SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR 2 Requisitos de Radioproteção e Segurança para Serviços de Medicina Nuclear Resolução CNEN 10/96 Publicação:

Leia mais

Carcinoma de tireóide ide na infância

Carcinoma de tireóide ide na infância Carcinoma de tireóide ide na infância Dra. Rossana Corbo INCa/UFRJ 2006 Incidência: 5 casos/milhão /ano EUA (1973 1977) crianças as com idade inferior a 20 anos Apresentação clinica: predomínio em meninas

Leia mais

Química Nuclear e Radiofarmácia

Química Nuclear e Radiofarmácia Licenciatura em Engenharia Biomédica Química Nuclear e Radiofarmácia T 7 AC Santos - 2008/2009 Outros radiometais para marcação de radiofármacos Os radiofármacos baseados em metais deram um grande contributo

Leia mais

TESTE. Avaliação do Controle de Qualidade de Radiofármacos em Serviço de Medicina Nuclear

TESTE. Avaliação do Controle de Qualidade de Radiofármacos em Serviço de Medicina Nuclear InternationalJoint Conference RADIO 2014 Gramado, RS, Brazil, Augustl 26-29, 2014 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÕGICA - SBPR TESTE Avaliação do Controle de Qualidade de Radiofármacos em Serviço

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA MÓDULO II

CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA MÓDULO II CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA MÓDULO II BASES CIENTÍFICAS E TECNOLÓGICAS PARA AS AÇÕES DO TÉCNICO EM RADIOLOGIA NOS PROCEDIMENTOS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM (704 HORAS TEÓRICO-PRÁTICAS + 500 HORAS DE ESTÁGIO)

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PET/CT NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER THE IMPORTANCE OF PET / CT DIAGNOSTIC EARLY CANCER

A IMPORTÂNCIA DO PET/CT NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER THE IMPORTANCE OF PET / CT DIAGNOSTIC EARLY CANCER Centro de Imagem e Saúde CIMAS São Paulo SP A IMPORTÂNCIA DO PET/CT NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER THE IMPORTANCE OF PET / CT DIAGNOSTIC EARLY CANCER Juliana Thaina Lopes Pinéo Fone: (85)8737-6812 Endereço:

Leia mais

Atuação do Enfermeiro na Coordenação de Sala, Perfusão e Acondicionamento de Enxertos

Atuação do Enfermeiro na Coordenação de Sala, Perfusão e Acondicionamento de Enxertos Curso Prático de Extração, Perfusão e Acondicionamento de Múltiplos Órgãos para Transplantes Atuação do Enfermeiro na Coordenação de Sala, Perfusão e Acondicionamento de Enxertos Fluxo da Captação Atuações

Leia mais

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar:

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar: A cirurgia endovascular agrupa uma variedade de técnicas minimamente invasivas mediante as quais CIRURGIA ENDOVASCULAR = CIRURGIA SEM CORTES! Técnicas Minimamente Invasivas As técnicas de cirurgia endovascular

Leia mais

Professora: Ms Flávia

Professora: Ms Flávia Professora: Ms Flávia Sua principal função é: Transporte de nutrientes necessários à alimentação das células; Transporte de gás oxigênio necessário à respiração celular; Remoção de gás carbônico produzido

Leia mais

Aula 4: Sistema digestório

Aula 4: Sistema digestório Aula 4: Sistema digestório Sistema digestório As proteínas, lípideos e a maioria dos carboidratos contidos nos alimentos são formados por moléculas grandes demais para passar pela membrana plasmática e

Leia mais

TABELA CONVÊNIOS À VISTA COM MEDICAÇÃO

TABELA CONVÊNIOS À VISTA COM MEDICAÇÃO TABELA CONVÊNIOS À VISTA COM MEDICAÇÃO CONSULTAS MÉDICAS 10101012 Cardiologia 120,00 10101012 Pneumologia 120,00 10101012 Ginecologia/Obstetrícia 120,00 10101012 Clínico Geral 120,00 10101012 Mastologia

Leia mais

Energia Nuclear. Apostila educativa. Por ELIEZER DE MOURA CARDOSO Colaboradores: Ismar Pinto Alves Claudio Braz Sonia Pestana

Energia Nuclear. Apostila educativa. Por ELIEZER DE MOURA CARDOSO Colaboradores: Ismar Pinto Alves Claudio Braz Sonia Pestana Aplicações da Energia Nuclear Por ELIEZER DE MOURA CARDOSO Colaboradores: Ismar Pinto Alves Claudio Braz Sonia Pestana Rua General Severiano, 90 - Botafogo - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22290-901 www.cnen.gov.br

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE VAGAS

ANEXO I QUADRO DE VAGAS III -ANATOMIA HUMANA II -HABILIDADES E ATITUDES I -HISTOLOGIA GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL ANEXO I QUADRO DE VAGAS - Processo Seletivo para a Atividade de Monitoria no Curso de Graduação em Medicina da

Leia mais

O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando:

O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando: PORTARIA Nº 3.432/MS/GM, DE 12 DE AGOSTO DE 1998 O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando: a importância na assistência das unidades que realizam tratamento intensivo

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR Coordenadores: Drs. Clerio Azevedo e Marcelo Hadlich 1. Objetivos do Programa Proporcionar, aos pós-graduandos, formação especializada

Leia mais

DISCIPLINA DE RADIOLOGIA UFPR

DISCIPLINA DE RADIOLOGIA UFPR DISCIPLINA DE RADIOLOGIA UFPR MÓDULO ABDOME AULA 2 AVALIAÇÃO INTESTINAL POR TC E RM Prof. Mauricio Zapparoli Neste texto abordaremos protocolos de imagem dedicados para avaliação do intestino delgado através

Leia mais

ESTADO DE RORAIMA AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE ADENDO MODIFICADOR

ESTADO DE RORAIMA AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE ADENDO MODIFICADOR ADENDO MODIFICADOR CREDENCIAMENTO Nº 002/2013 PROCESSO: 020601.10677/13-55 OBJETO: CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE, NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE BOA

Leia mais

Componente Curricular: Patologia e Profilaxia Módulo I Profª Mônica I. Wingert Turma 101E TUMORES

Componente Curricular: Patologia e Profilaxia Módulo I Profª Mônica I. Wingert Turma 101E TUMORES TUMORES Tumores, também chamados de neoplasmas, ou neoplasias, são alterações celulares que provocam o aumento anormal dos tecidos corporais envolvidos. BENIGNO: são considerados benignos quando são bem

Leia mais

Relação de exames realizados no hcraz

Relação de exames realizados no hcraz Relação de exames realizados no hcraz ANATOMO PATOLÓGICO Anátomo Patológico / Punção aspirativa CAPTURA HIBRIDA Citologia oncótica Citologia de líquido Coloração especial Anátomo Patológico Per operatório

Leia mais

Cintilografias Renais

Cintilografias Renais Cintilografias Renais Cintilografia Renal Dinâmica Traçador : 99m Tc - DTPA Eliminado por filtração glomerular Imagens : Dinâmicas Indicações : Dilatação pielocalicial Doenças renovasculares Transplante

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Parecer de Aprovação MEC n 3.607, de 3 de dezembro de 2003 -D.O.U 4/12/2003 Diretora da Faculdade: Profª Vera Lucia

Leia mais

Diretriz para tratamento da dor óssea metastática com radioisótopos

Diretriz para tratamento da dor óssea metastática com radioisótopos Diretriz para tratamento da dor óssea metastática com radioisótopos Contribuição : Alexandre Barbosa Cancela Moreira Revisão : Bárbara Juarez Amorim Edição : Elba Cristina Sá de Camargo Etchebehere I.

Leia mais

PET- TC aplicações no Tórax

PET- TC aplicações no Tórax PET- TC aplicações no Tórax Disciplina de Pneumologia InCor- HCFMUSP Prof. Dr. Mário Terra Filho 1906 1863 Eisenberg 1992 (J. Kavakama) RxTC- Sec XIX-XX Lyons-Petrucelli 1978 Sec XIX PET- Sec XX-XXI PET

Leia mais

IV SEMINÁRIO DE ARQUITETURA E ENGENHARIA HOSPITALAR CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR

IV SEMINÁRIO DE ARQUITETURA E ENGENHARIA HOSPITALAR CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR IV SEMINÁRIO DE ARQUITETURA E ENGENHARIA HOSPITALAR CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR IV Seminário de Engenharia e Arquitetura Hospitalar 26 a 28 de março de 2008 HUPES, Salvador-BA Apresentado em 27 de março

Leia mais

Prof: Andreza Martins ADAPTAÇÃO CELULAR

Prof: Andreza Martins ADAPTAÇÃO CELULAR Prof: Andreza Martins ADAPTAÇÃO CELULAR ADAPTAÇÃO CELULAR Alteração do volume celular Hipertrofia Hipotrofia Alteração da taxa de divisão celular Hiperplasia Hipoplasia Alteração da diferenciação Metaplasia

Leia mais