Fazenda Recreio 1º lugar Cereja Descascado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fazenda Recreio 1º lugar Cereja Descascado"

Transcrição

1 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Recreio 1º lugar Cereja Descascado A Fazenda Recreio está localizada em São Sebastião da Grama, na divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais, e tem uma área total de 605 hectares, onde aproximadamente 240 hectares destinam-se à produção de café. A altitude talhão varia de 1100m a 1300m. O produtor e agrônomo, Joaquim José de Carvalho Dias, hoje, aos 87 anos, dedica-se integralmente ao café. Ele pertence a uma família que acumula experiência de 114 anos na cafeicultura. Recebeu o Prêmio Aldir Alves Teixeira do IV Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo e disputou na categoria Café Cereja Descascado, tendo arrematado a R$ 2.000,00 cada saca, um novo recorde estadual. Em 2003, a Fazenda ganhou o primeiro lugar na Brazil Cup of Excellence. Neste ano de 2005, a Fazenda realiza sua 112ª colheita. As terras férteis e bem cuidadas, clima favorável e tratos culturais realizados manualmente são propícios para a produção de cafés finos e equilibrados. A família Carvalho Dias mantém uma constante atenção com a conservação do solo. Além das técnicas de plantio, é feita a análise de solo anualmente, bem como a fertilização orgânica, mineral, e rotação do plantio com vegetais leguminosos.

2 Há 4 décadas José Taramelli, agricultor de grande visão, plantou a primeira semente de uma tradição. Na região montanhosa da Serra da Mantiqueira em São Sebastião da Grama, estado de São Paulo, ele cultivou seus primeiros pés de café Arábica. Seu espírito empreendedor ansiava por levar o produto já beneficiado e pronto para o consumo ao maior número possível de pessoas e há duas décadas ele fundou a Torrefação e Moagem de Café Serra da Grama. Durante todos esses anos dedicamos todos os esforços no plantio, comercialização e industrialização de café e também no posicionamento da marca que hoje é sinônimo de qualidade. Hoje a marca Café Serra da Grama representa tradição e confiança para os consumidores que preferem seu sabor e aroma diferenciados. O Café Serra da Grama é elaborado exclusivamente com grãos 100% Arábica, produzidos em altitude superior a m, em fazendas próprias, em São Sebastião da Grama, famosa por produzir um dos melhores cafés do mundo. A qualidade superior e a satisfação dos consumidores mais exigentes é o nosso constante objetivo. Principais Características Fragrância: Achocolatada Aroma: Intenso Acidez: Normal Amargor: Equilibrado Corpo: Acentuado Aftertaste: Marcante e adocicado

3 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Terra Preta 1º lugar Café Natural A Fazenda Terra Preta, pertencente a Fernanda Silveira Maciel Raucci, situa-se no município de Pedregulho-SP, Região da Alta Mogiana. Possui 236 hectares, sendo que a plantação de café ocupa cerca de 43 hectares. A lavoura ali é desenvolvida a uma altitude que varia de 900 a 1000 m. O talhão premiado encontra-se a 980 m. Predomina na Terra Preta a variedade de café Mundo Novo. Fernanda mantém a tradição da família produzindo cafés com alta qualidade e empregando técnicas modernas de cultivo. A Fazenda Terra Preta beneficia-se das características de sua localização, por isso desenvolve trabalho de preservação de suas matas ciliares, conscientização e treinamento dos seus funcionários.

4 A COCAPEC Cooperativa de Cafeicultores e Agropecuaristas, atua na região da Alta Mogiana, reconhecida mundialmente por oferecer cafés de qualidade especial. Graças às condições naturais, a altitude entre 900 e 1100 metros e temperatura média anual de 23,5 C favorecem o desenvolvimento do cafeeiro. Contando com mais de 1600 cooperados, a COCAPEC participa em todas as fases da produção cafeeira, desde a formação das mudas até a apresentação do melhor café ao consumidor final. Nossa marca SENHOR CAFÉ, é resultado da seleção dos nossos melhores lotes, sinônimo de excelência, com sabor suave, adocicado, caramelado e com aromas especiais. Todas estas características traduzem um café de sabor e q u i l i b r a d o e incomparável. Principais Características Fragrância: Adocicado Aroma: Adocicado Amargor: Normal Corpo: Intenso Acidez: Equilibrada Aftertaste: Adocicado e Agradável

5 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Santa Maria 2º lugar Cereja Descascado Localizada no município de Caconde, a Fazenda Santa Maria pertence a Virgulino Adriano Muniz, cuja família trabalha na cafeicultura desde Fundada em 1982, a propriedade conta com 155 alqueire e a plantação de café aproximadamente 40 hectares. O segundo colocado no concurso estadual de qualidade vem de uma região que apresenta características muito favoráveis à cafeicultura. Como explica Muniz, que também é engenheiro agrônomo, o café maduro na planta é uma dádiva da região. Os procedimentos adequados durante a colheita e pós-colheita são determinantes para o produto. A Fazenda Santa Maria dá treinamento a seu pessoal e segue normas rígidas de produção, garantindo a qualidade do produto. A premiação dos cafés da propriedade reverte-se em benefícios aos trabalhadores e em estímulo à adoção de técnicas eficazes. A área de reserva legal e de preservação permanente tem sido outra grande preocupação do produtor. Ele avalia que a melhoria das condições ambientais é essencial para a manutenção da qualidade de sua produção. Equilíbrio ecológico é sinônimo de redução do uso de agro-defensivos.

6 A Torrefação do Spress Café teve início em 2000, embora a família já seja produtora de café desde 1890, e tem recebido prêmios de qualidade nos últimos 6 anos. Estamos localizados no Vale de São Sebastião da Grama, região Mogiana, que tem se destacado na produção de cafés finos. A torrefação se dedica exclusivamente à torrefação de cafés especiais. A nossa intenção foi oferecer aos consumidores brasileiros aquele café que antes era somente exportado. Principais Características Fragrância: Floral Aroma: Complexo Amargor: Baixo Corpo: Envolvente Acidez: Fina Aftertaste: Longo e agradável

7 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Nª Srª Aparecida 3º lugar Café Natural A Fazenda Nossa Senhora Aparecida foi fundada em 1985, por Florindo Marconato, produtor descendente de uma família que se dedica à cafeicultura há várias gerações, quando seu bisavô veio da Itália e se fixou na região de Marília em Desde então, a família Marconato dedica-se a lavoura de café. Florindo diz que o segredo para a produção de cafés de alta qualidade está nos cuidados dispensados à produção. O capricho no terreiro é fundamental. Todo nosso café é colhido no pano. Depois, é só espalhar bem fininho no terreiro e rodar várias vezes. Dessa forma obtemos um café com boas qualidades e igualado, diz ele. A Fazenda Nossa Senhora Aparecida tem 15 hectares e possui cinco empregados. Ela está situada a uma altitude de 620 metros. A variedade predominante na propriedade é a obatã. Café é trabalho e um pouco de sorte. O tempo tem de ajudar também, acrescenta Florindo, destacando também que as qualidades climáticas e o relevo da região de Marília são fundamentais para o desenvolvimento da lavoura. Os cuidados que o produtor tem com a lavoura e com a colheita são compatíveis com a tradição familiar na cafeicultura.

8 Oferecer uma xícara de café tem para nós um significado muito maior. É a tradição familiar que prima pela responsabilidade de se trabalhar com um produto tão popular e ao mesmo tempo tão requintado. Tratar o café com tanto cuidado e passar essa filosofia de geração para geração, nos faz hoje uma empresa moderna, com responsabilidade social e padrão internacional de qualidade. Em comemoração aos nossos 75 anos, apresentamos a Edição Limitada Morro Grande da Safra um dos vencedores do Prêmio Aldir AlvesTeixeira no IV Concurso Estadual de Qualidade. Ao degustar você vai perceber porque, para nós, o Café é um produto tão Especial. Principais Características Fragrância: Adocicada Aroma da Bebida: Intenso Acidez: Baixa Amargor: Normal Corpo: Encorpado Aftertaste: Persistente

9 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Santo Antônio 2º lugar Café Natural A Fazenda Santo Antonio, pertencente a Maria Aparecida Ferreira Azevedo, está localizada no município paulista de Espírito Santo do Pinhal. O clima da região é tropical de altitude, e ela está situada a uma altitude de 1000 m na sede e na lavoura de 1150 m, sendo o regime de chuvas de novembro a abril. A fazenda foi fundada por Joaquim Villas Boas e contava, originalmente, com área de 390 hectares. Hoje a fazenda é gerida pela quarta geração da família, João Carlos de Azevedo Netto. Segundo ele, os cuidados no processo de produção mais importantes para garantir a qualidade dos cafés começam com um bom controle de doenças e contra ataques de pragas, para então colher a maior porcentagem de grãos maduros e secos, que são derriçados em panos e não misturados com grãos do chão. A Santo Antonio utiliza lavadores para separação correta dos grãos. A secagem é feita em camadas bem finas, revolvidas em torno de 14 vezes ao dia. A propriedade está registrada no IBAMA como criatório conservacionista e é fiel depositária de animais apreendidos para posterior soltura.

10 Nossos cafés são certificados pela Fundação Vanzolini, o que significa que todos os lotes do café Gran Reserva passam por uma bateria de testes de qualidade, sendo que para a certificação a nota mínima alferida deve ser 7,61, numa escala de zero a dez. Sempre obtivemos notas muito próximas às notas máximas, e é claro, com os cafés finalistas do concurso, não é diferente, estamos cada vez mais próximos da nota máxima. Café arábica ultra fino, selecionado, classificado e catado, com excelentes características de sabor e aroma. Principais Características Bebida: Mole Fragrância: Suave Aroma: Excelente e Agradabilíssimo Amargor: Normal Corpo: Acentuado Acidez: Leve Aftertaste: Excelente - intenso e agradável

11 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Floresta 3º lugar Cereja Descascado Esmerino Joaquim Ribeiro do Vale, iniciou suas atividades na cafeicultura há mais de 45 anos. Descendente de uma tradicional família de cafeicultores da cidade de Caconde, adquiriu uma pequena propriedade em 1991, dando início a sua atividade independente na cafeicultura. Localizada em região privilegiada, a Fazenda Floresta possui 1,5 milhão de pés de café distribuídos em 350 hectares e emprega atualmente 87 funcionários fixos. Possui talhões de café que superam os 1200m de altitude e seus terreiros de secagem também estão localizados em pontos altos. Aliados a essas características, os cuidados na condução da lavoura e no processamento do café colhido, fazem da Fazenda Floresta uma tradicional produtora de cafés de alto padrão de qualidade. O produtor acredita que a colheita, feita em via úmida, é o momento mais importante para quem se esmera em alcançar um produto de qualidade. Esmerino já venceu o concurso estadual de qualidade por duas vezes, uma na categoria Cereja Descascado, outra na Natural.

12 CAFÉ Fundada em 1962, com o nome de Cormanich e Gatti Ltda, com sede em Campinas/SP, o Café Canecão foi totalmente reestruturado a partir de 1976, quando passou a ser controlado pela empresa Moacafé Comercial de Café Ltda, da cidade de Lins. Esta por sua vez é especializada no beneficiamento, padronização e comercialização de café cru para a indústria. A empresa Café Canecão (matriz) conta com 67 colaboradores, além disso é responsável pela torrefação, moagem e comercialização de café. Equipada com tecnologia de ponta, dotada de um revolucionário sistema de torra suspensa por aeração a quente, que garante maior uniformidade e preservação dos óleos essenciais e aromáticos dos grãos de café. A matriz em Campinas, possui o sistema da Qualidade ISO 9001:2000, certificado pela empresa SGS ICS, atuando no mercado com muita seriedade e respeito, seu principal objetivo é melhorar o processo de industrialização, bem como os nossos produtos e serviç os, para conquistarmos cada vez mais nossos clientes e consumidores. Principais Características Fragrância: Amêndoas Torradas Aroma: Estimulante e Envolvente Amargor: Leve Corpo: Encorpado e Consistente Acidez: Equilibrada Aftertaste: Marcante

13 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Santa Alina Cereja Descascado Joaquim Bernardes da Silva Dias, proprietário da Fazenda Santa Alina, produz café bourbon de alta qualidade, mantendo uma das características de São Sebastião da Grama, Região Mogiana de São Paulo. A propriedade de 745 hectares tem uma área cultivada de 401 hectares com café. Desde 1929, Joaquim Bernardes de Carvalho Dias assumiu a Fazenda Santa Alina e então foram formados pés de café da variedade bourbon vermelho. A produção de café beneficiado era em torno de sacas. Na área ambiental, a legislação é seguida à risca, com a conservação das matas nativas e ciliares e o descarte correto de embalagens de defensivos agrícolas. A produção tem o acompanhamento monitorado por engenheiros agrônomos contratados e da Cooperativa Cooxupé. Há constantes investimos em tratores e implementos agrícolas e implantação de sistema de secagem com caldeira, além da construção do terreiro em nível mais elevado para melhor ventilação e secagem com baixa incidência de fungos e bactérias. A Fazenda Santa Alina tem a certificação da inglesa Bettys & Taylors of Harrogate, empresa tradicional da Grâ Bretanha de varejo de café finos.

14 A tradição do melhor café. A Moka Trading foi fundado em 1912, por imigrantes Italianos que introduziam o café no mercado. Grãos selecionados eram moídos na hora e comercializados em feiras livres. O sistema se alastrou a empórios, mercearias e supermercados. Sempre mantendo a qualidade de seus produtos, o Café Moka constrói uma história de sucesso, sendo uma das marcas mais tradicionais, conhecidas e lembradas quando o assunto é café. Com sede e fábrica em Osasco há 18 anos, o Café Moka tem capacidade para processar hoje 1,8 milhão de kg de café por mês, graças a investimentos da ordem de 2,5 milhões em reestruturação e maquinário de última geração, como o seletor óptico e o torrador turbo de última geração (sistema de torra mais moderno do mundo e o único de São Paulo). O controle de qualidade de todos os produtos é extremamente rigoroso, atendendo a todas as especificações de pureza exigidas. Café Moka foi certificado pela ABIC (Associação Brasileira das Industrias de Café) no programa PQC (Programa de Qualidade de Café), um certificado que garante ao consumidor a constância da qualidade. Principais Características Fragrância: Amêndoas Aroma: Intenso Amargor: Normal Corpo: Encorpado Acidez: Leve Aftertaste: Duradouro

15 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Sítio Fazendinha Café Natural O Sitio Fazendinha, desde 1992, pertence ao produtor Carlos Roberto Souza Dias. A propriedade abrange 48 hectares, sendo que a produção do café ocupa 33 hectares. Situado no município de São Sebastião da Grama, o Fazendinha está a uma altitude de metros e produz variedades de café como Mundo Novo e Catuaí. Filho de Benevides Souza Dias, Carlos Roberto, assim como seus dois irmãos, prossegue com as atividades da família na cafeicultura e, desde 1992, iniciou no Sítio Fazendinha sua própria produção. Algumas lições são seguidas à risca por Carlos Roberto: os cuidados com o manejo nos terreiros e colheita no pano, sua presença constante em todas as etapas da produção e a supervisão atenta aos procedimentos são também um das características deste produtor. Carlos Roberto, que se esforça para manter seus funcionários bem treinados e informados e para sempre assimilar e transmitir novos conhecimentos técnicos e experiências, com apoio da Cooxupé, além de preservar a mata nativa. Carlos Roberto objetiva ainda manter um padrão próprio para cada talhão.

16 O Café Toledo é uma empresa de classificadores, provadores e professor de café, voltada aos apreciadores de cafés especiais. Nasceu da paixão por este produto tão brasileiro e da união entre o conhecimento e a experiência para compor e manter blends. O Café Toledo é elaborado com grãos premiados, 100% arábica, preparo diferenciado, isentos de defeitos e torra adequada para preservar as substâ ncias nutritivas. Principais Características Fragrância: Adocicada (bebida mole), achocolatado Aroma: Atraente Amargor: Normal Corpo: Encorpado Acidez: Baixa Aftertaste: Agradável sem interferência de sabores indesejáveis

17 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Cachoeira Cereja Descascado A Fazenda Cachoeira pertence à família Carvalho Dias desde 1890 e colheu a sua 108a safra este ano. A fazenda, localizada a cerca de 5 km da fronteira com Minas Gerais, possui as características das regiões montanhosas da Mogiana e do Sul de Minas. O manejo da lavoura e a colheita são feitos manualmente, já que a topografia local não permite qualquer tipo de mecanização. A área cultivada com café é de 165 hectares, numa área total de 417 hectares. Os aspectos sociais e ambientais são considerados fundamentais na administração da fazenda. Lindolpho de Carvalho Dias, o proprietário, possui um programa de plantio de espécies nativas para manter o equilíbrio ecológico. A fazenda fica a uma altitude entre e metros, com precipitação de cerca de a mm por ano e temperatura média de 19 C - condições ideais para o cultivo de café. A qualidade do café produzido na Fazenda Cachoeira é fruto de uma grande dedicação e cuidado, do plantio à colheita e desta ao beneficiamento, ficando entre os finalistas do Concurso Cup of Excellence nas edições 1999, 2000 e A Fazenda Cachoeira continua produzindo cafés da variedade Bourbon, famosa pela sua qualidade excepcional.

18 O Floresta surgiu em 1940 com a fusão de sete tradicionais companhias cafeeiras no Brasil. Pioneira na produção de café espresso, a empresa vem selecionando cuidadosamente os melhores grãos de café para diferentes blends e buscando sempre o ponto de torra ideal. Tudo isso para assegurar a qualidade natural de seus produtos. Líder na Baixada Santista e há três gerações presentes no ramo cafeeiro, o Floresta utiliza de grãos provenientes das regiões mais nobres do país, oferecendo a você o prazer único de apreciar uma linha completa de cafés especiais, excelentes por natureza. Principais Características Fragrância: Amêndoas tostadas Aroma: Frutado Amargor: Equilibrado Corpo: Médio Acidez: Média e equilibrada Aftertaste: Suavemente doce e agradável

19 Safra ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Sertãozinho Café Natural A Fazenda Sertãozinho, localizada a 1200 m de altitude na serra de São Sebastião da Grama, na Região da Alta Mogiana de São Paulo, nasce na década de 1950 pelo idealismo do proprietário João Archanjo, entusiasta na produção de café natural. O aprendizado diário e constante e a aplicação de novas técnicas de manejo, resultam em um café unico. Este reflete a busca da excelência e qualidade, aliadas à modernidade e ao homem do campo, o tripé base para a Fazenda Sertãozinho. A propriedade possui 90 hectares e foi fundada em A altitude máxima do talhão de café é de aproximadamente 1300 metros, e a variedade da planta do lote premiado é a Mundo Novo. Antonio Archanjo prepara o cultivo de forma natural, com a ajuda de 20 empregados.

20 A Cafés Bom Retiro para atender uma demanda do mercado brasileiro por um café de qualidade internacional, desenvolveu o BRAVOcafé. Além de fazendas próprias, com total controle da produção, a empresa tem o conhecimento necessário para produzir o melhor café. Utiliza as mais avançadas técnicas de plantio e colheita, que aproveitam ao máximo a área plantada, buscando em todos os momentos os grãos mais saborosos e sempre respeitando o meio ambiente. Nas fazendas da empresa existem áreas demarcadas, com fauna e flora abundantes. São mais de 40 anos dedicados unicamente à produção de café de altíssima qualidade e reconhecimento internacional. Principais Características Fragrância: Muito Bom Aroma da Bebida: Muito Bom Acidez: Baixa Amargor: Fraco Corpo: Normal a Intenso Aftertaste: Desejável

ATENÇÃO. www.poscolheita.com.br. juarez@ufv.br ESTA PALESTRA E OUTROS MATERIAIS IMPORTANTES PARA A PÓS-COLHEITA DO CAFÉ ESTÃO DISPONÍVEIS NO ENDEREÇO:

ATENÇÃO. www.poscolheita.com.br. juarez@ufv.br ESTA PALESTRA E OUTROS MATERIAIS IMPORTANTES PARA A PÓS-COLHEITA DO CAFÉ ESTÃO DISPONÍVEIS NO ENDEREÇO: ATENÇÃO ESTA PALESTRA E OUTROS MATERIAIS IMPORTANTES PARA A PÓS-COLHEITA DO CAFÉ ESTÃO DISPONÍVEIS NO ENDEREÇO: www.poscolheita.com.br juarez@ufv.br CAFEICULTURA DE MONTANHA & CAFÉ COM QUALIDADE Tecnologias

Leia mais

Melhores da Qualidade do Café no PQC em 2012

Melhores da Qualidade do Café no PQC em 2012 Edição 068 - Edição Especial / Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2012 Melhores da Qualidade do Café no PQC em 2012 A ABIC Homenageará durante o Encafé as empresas que se destacaram na qualidade no ano

Leia mais

Data: 24/11/2012 Assunto:

Data: 24/11/2012 Assunto: Veículo: Rede Lajeado Data: 24/11/2012 Assunto: Pesquisa e indústria incrementam consumo do café pelos brasileiros http://www.redelajeado.com.br/2012/11/24/pesquisa-e-industria-de-cafe-incrementam-consumo-doproduto-pelos-brasileiros/

Leia mais

QUALIDADE DO CAFÉ - CLASSIFICAÇÃO POR TIPOS E BEBIDA

QUALIDADE DO CAFÉ - CLASSIFICAÇÃO POR TIPOS E BEBIDA ISSN 1983-6015 PESAGRO-RIO - Nº 26 - agosto/2014 - Niterói - RJ QUALIDADE DO CAFÉ - CLASSIFICAÇÃO POR TIPOS E BEBIDA 1 Wander Eustáquio de Bastos Andrade 1 ( Pesquisador da Pesagro-Rio) INTRODUÇÃO Além

Leia mais

Influência dos diferentes processos de pós-colheita na agregação de valor do café conilon

Influência dos diferentes processos de pós-colheita na agregação de valor do café conilon Universidade Federal do Espírito Santo Mestrado em Produção Vegetal Influência dos diferentes processos de pós-colheita na agregação de valor do café conilon Orientado: Marcos Moulin Teixeira Orientador:

Leia mais

ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em

ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em cafeicultura, J.B. Matiello Eng Agr Fundação Procafé e

Leia mais

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO. 12 MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.indd 12-1 CAPA 1 30.10.09 16:08:10 Data (M/D/A): 10/30/09 Contato: (61) 3344-8502 Formato (F): 200x200 mm Formato (A): 400x200 mm Data (M/D/A): 10/30/09 Ministério

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE CAFÉS SUTENTÁVEIS: PROGRAMAS EM ANDAMENTO NO BRASIL SÉRGIO PARREIRAS PEREIRA

CERTIFICAÇÃO DE CAFÉS SUTENTÁVEIS: PROGRAMAS EM ANDAMENTO NO BRASIL SÉRGIO PARREIRAS PEREIRA CERTIFICAÇÃO DE CAFÉS SUTENTÁVEIS: PROGRAMAS EM ANDAMENTO NO BRASIL SÉRGIO PARREIRAS PEREIRA Imperial Estação Agronômica de Campinas 27/06/1887 Centro de Café Alcides Carvalho INTRODUÇÃO O Agronegócio

Leia mais

Data: ABN. Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados

Data: ABN. Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados Veículo: Assunto: Data: ABN 28/09/2012 Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados http://www.abn.com.br/editorias1.php?id=71860 Que o Brasil há muitos anos produz cafés de qualidade excepcional

Leia mais

Texto use sempre a fonte Arial Café Produzido com Atitude Ético,rastrável e de alta qualidade

Texto use sempre a fonte Arial Café Produzido com Atitude Ético,rastrável e de alta qualidade Café Produzido com Atitude Ético,rastrável e de alta qualidade Francisco Sérgio de Assis Diretor Pres. da Federação dos Cafeicultores do Cerrado Quem Título Somos: Uma Texto origem use produtora sempre

Leia mais

ACADEMIA DO CAFÉ Rua Grão Pará, n.º 1.024, Bairro Funcionários Belo Horizonte - MG CEP 30150-341

ACADEMIA DO CAFÉ Rua Grão Pará, n.º 1.024, Bairro Funcionários Belo Horizonte - MG CEP 30150-341 A Semana Internacional do Café institui a RODADA DE NEGÓCIOS & COFFEE OF THE YEAR 2014, que serão realizados durante a Semana Internacional de Café - 9º Espaço Café Brasil, no período de 15 a 18 de setembro

Leia mais

AGREGAÇÃO DE VALOR PRODUZINDO CAFÉ DE QUALIDADE SUPERIOR (Colheita e Pós-colheita)

AGREGAÇÃO DE VALOR PRODUZINDO CAFÉ DE QUALIDADE SUPERIOR (Colheita e Pós-colheita) WWW.CETCAF.COM.BR AGREGAÇÃO DE VALOR PRODUZINDO CAFÉ DE QUALIDADE SUPERIOR (Colheita e Pós-colheita) Autores: Frederico de Almeida Daher Marcos Moulin Teixeira ÍNDICE Pág. Prefácio... 03 Ações a Serem

Leia mais

PROGRAMA CERTIFICA MINAS CAFÉ COMO UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA PRODUÇÃO DE CAFÉ DE MINAS GERAIS

PROGRAMA CERTIFICA MINAS CAFÉ COMO UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA PRODUÇÃO DE CAFÉ DE MINAS GERAIS PROGRAMA CERTIFICA MINAS CAFÉ COMO UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA PRODUÇÃO DE CAFÉ DE MINAS GERAIS Tertuliano de Andrade Silveira; Renato José de Melo; Eduardo Carvalho Dias; Priscila Magalhães de Carli

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O ARTIGO 1 O 10º Concurso Nacional ABIC de Qualidade do Café e a 10ª Edição Especial dos Melhores Cafés do Brasil, instituídos pela ABIC, têm como objetivo incentivar a produção de

Leia mais

Press release. Café de Atitude: A nova estratégia da Região do Cerrado Mineiro.

Press release. Café de Atitude: A nova estratégia da Região do Cerrado Mineiro. Press release Café de Atitude: A nova estratégia da Região do Cerrado Mineiro. Café de Atitude: a nova estratégia da Região do Cerrado Mineiro Em evento realizado em Uberlândia (MG), na noite do dia 19

Leia mais

COMPARATIVO ENTRE COLHEITA MECANIZADA E SELETIVA DO CAFÉ

COMPARATIVO ENTRE COLHEITA MECANIZADA E SELETIVA DO CAFÉ COMPARATIVO ENTRE COLHEITA MECANIZADA E SELETIVA DO CAFÉ João Luiz P. Toratti¹,Wesley Gabriel C. Prates¹,Jose Vitor Salvi² ¹Discente FATEC Shunji Nishimura, Pompéia-SP ²Eng.Agrônomo,Mestre,Professor Associado

Leia mais

PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA

PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA Os produtores de Luís Eduardo Magalhães se reuniram, em 09/04, para participarem do levantamento de custos de produção de café

Leia mais

PRODUÇÃO INTEGRADA DE CAFÉ. Caderno de informações gerais

PRODUÇÃO INTEGRADA DE CAFÉ. Caderno de informações gerais PRODUÇÃO INTEGRADA DE CAFÉ Caderno de informações gerais Propriedade Nome do Proprietário: Nome da Propriedade: Cidade: Telefone: ( ) Organização PIC a que pertence: Número de registro na PIC: Ano Agrícola:

Leia mais

33º. Congr. Bras. De Pesquisa Cafeeira As novas cultivares do IAPAR

33º. Congr. Bras. De Pesquisa Cafeeira As novas cultivares do IAPAR 33º. Congr. Bras. De Pesquisa Cafeeira As novas cultivares do IAPAR Eng. Agr. TUMORU SERA, AD Gerente de projetos de Melhoramento de Café tsera@iapar.br 33º.CBPC Caxambu,23-26/10/2012 MELHORAMENTO DE CAFÉ

Leia mais

Controle Alternativo da Broca do Café

Controle Alternativo da Broca do Café Engº Agrº - Pablo Luis Sanchez Rodrigues Controle Alternativo da Broca do Café Trabalho realizado na região de Ivaiporã, na implantação de unidade experimental de observação que visa o monitoramento e

Leia mais

História!do!café! O!café!começou!a!ser!consumido!em!meados!do!século!IX!na!Etiópia!e,!esse! é!um!hábito!que!ainda!hoje!se!mantém!atual.!

História!do!café! O!café!começou!a!ser!consumido!em!meados!do!século!IX!na!Etiópia!e,!esse! é!um!hábito!que!ainda!hoje!se!mantém!atual.! Índice Históriadocafé...3 Espéciesbotânicasdecafé...5 OProcessodeTorrefaçãoeMisturadocafé...7 MoagemdoCafé...9 MáquinasdeCafé...10 QueCaféComprar?...11 Qualamelhorformadeguardarocafé?...13 Caféinstantâneo...14

Leia mais

Pesquisa da EPAMIG garante produção de azeitonas

Pesquisa da EPAMIG garante produção de azeitonas Pesquisa da EPAMIG garante produção de azeitonas De origem européia, a oliveira foi trazida ao Brasil por imigrantes há quase dois séculos, mas somente na década de 50 foi introduzida no Sul de Minas Gerais.

Leia mais

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ Planejamento Boa Gestão Consciência Política Sustent bilidade Participação

Leia mais

Reabilitação experimental de lavouras de café abandonadas como pequenas unidades de produção familiar em Angola CFC/ICO/15 (AEP: INCA)

Reabilitação experimental de lavouras de café abandonadas como pequenas unidades de produção familiar em Angola CFC/ICO/15 (AEP: INCA) PJ 29 fevereiro 2012 Original: inglês 29/12 Add. 1 (P) P Comitê de Projetos/ Conselho Internacional do Café 5 8 março 2012 Londres, Reino Unido Resumo dos relatórios de andamento apresentados pelas Agências

Leia mais

RESUMO DO PLANO DE MANEJO FLORESTAL

RESUMO DO PLANO DE MANEJO FLORESTAL RESUMO DO PLANO DE MANEJO FLORESTAL Introdução Este documento é um resumo dos programas e procedimentos da International Paper para a gestão do seu processo florestal, sendo revisado anualmente. I N T

Leia mais

Características da fazenda: Características do lote de café:

Características da fazenda: Características do lote de café: EDUARDO PINHEIRO CAMPOS FAZENDA DONA NENEM Características do lote de café: Processamento tipo: Cereja Descascado Variedade: Bourbon Amarelo Quantidade de sacas: 11Sacas Altitude média das áreas de onde

Leia mais

CENTRAL DE SABORES REGULAMENTO PARA O 2º CONCURSO DE QUALIDADE DO SISTEMA COCCAMIG

CENTRAL DE SABORES REGULAMENTO PARA O 2º CONCURSO DE QUALIDADE DO SISTEMA COCCAMIG CENTRAL DE SABORES REGULAMENTO PARA O 2º CONCURSO DE QUALIDADE DO SISTEMA COCCAMIG **O presente regulamento contém 10 capítulos e 42 artigos. I - Do concurso de qualidade, objetivo, data de realização

Leia mais

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Organização Internacional do Café - OIC Londres, 21 de setembro de 2010. O Sistema Agroindustrial do Café no Brasil - Overview 1 Cafés

Leia mais

SAUDAÇÕES À MESA SAUDAÇÕES AOS ASSOCIADOS DO SICOOB E DA COOABRIEL - 20 ANOS DE SICOOB E 46 DA COOABRIEL.

SAUDAÇÕES À MESA SAUDAÇÕES AOS ASSOCIADOS DO SICOOB E DA COOABRIEL - 20 ANOS DE SICOOB E 46 DA COOABRIEL. Discurso para dia 16/09/2009 CONILON. VI SIMPOSIO BRASIL CAFÉ SAUDAÇÕES À MESA SAUDAÇÕES AOS ASSOCIADOS DO SICOOB E DA COOABRIEL - 20 ANOS DE SICOOB E 46 DA COOABRIEL. EM NOME DO SICOOB, QUERO DAR AS BOAS

Leia mais

Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento RESUMO

Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento RESUMO Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento 87 Felipe Carlos Spneski Sperotto 1, Fernando João Bispo Brandão 1, Magnun Antonio Penariol

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS SAFRA 2008/2009 67% Exportação 89% Café verde 18% Alemanha 18% EUA 10% Japão 9% Itália CAFÉ 49,2 milhões de sacas de

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE CAFÉ NO ESPÍRITO SANTO HISTÓRICO:

INFORMAÇÕES SOBRE CAFÉ NO ESPÍRITO SANTO HISTÓRICO: INFORMAÇÕES SOBRE CAFÉ NO ESPÍRITO SANTO HISTÓRICO: O Estado do Espírito Santo encontra-se como o segundo maior produtor nacional de café, destacando-se o plantio das espécies Arábica e Conilon, sendo

Leia mais

AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS

AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS Evento reúne toda a cadeia de produção do café em Três Pontas, no Sul de Minas, até o dia 3 de julho Três Pontas, julho de 2015 Com presenças

Leia mais

Proprietários de uma fazenda

Proprietários de uma fazenda enviaram uma amostra para o concurso. Além do prêmio de 50 mil dólares, que Mônica usou para comprar um carro novo, a cafeicultora ajudou a divulgar a cidade de Araponga, MG, e contribuiu para a consolidação

Leia mais

Boa pós-colheita. Uma boa pós-colheita é é segredo da para qualidade

Boa pós-colheita. Uma boa pós-colheita é é segredo da para qualidade Boa pós-colheita Uma boa pós-colheita é é segredo da para qualidade Cada etapa da produção de café tem um papel decisivo na qualidade do café. Dentre elas, a pós-colheita é considerada uma das mais importantes,

Leia mais

Bureau de Inteligência Competitiva do. Café. Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013. www.icafebr.

Bureau de Inteligência Competitiva do. Café. Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013. www.icafebr. Bureau de Inteligência Competitiva do Café Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013 www.icafebr.com PARA TER ACESSO AOS DEMAIS RELATÓRIOS DO BUREAU, NOTÍCIAS E COTAÇÕES, ACESSE:

Leia mais

CLIPPING 21/10/2014 Acesse: www.cncafe.com.br

CLIPPING 21/10/2014 Acesse: www.cncafe.com.br CLIPPING Acesse: www.cncafe.com.br Revista espresso: entrevista exclusiva no site com Silvio Leite Revista espresso Especialista em classificação, degustação e controle de qualidade de café, Silvio Leite

Leia mais

Articles of PPOW :: PEOPLE POWER

Articles of PPOW :: PEOPLE POWER Articles of PPOW :: PEOPLE POWER Quinta dos Murças, uma nova era do Esporão 2011-10-13 07:10:24 Luiz Gastão Bolonhez O conglomerado Esporão, sucesso absoluto no Alentejo, lança vinhos de seu novo empreendimento,

Leia mais

BRAZILNUTS 2.112.815 78.231 3.720.306 1.260.306 1.052.001 801.546 566.963 1.724.172

BRAZILNUTS 2.112.815 78.231 3.720.306 1.260.306 1.052.001 801.546 566.963 1.724.172 BRAZILNUTS BRAZILNUTS A castanha-do-brasil (Bertholletia excelsa Humb. Bompl), conhecida no mercado nacional como castanha-do-pará, faz parte de um conjunto ou cesta de nozes ou castanhas que são comercializadas

Leia mais

COLHEITA MECANIZADA DE CAFÉ DO CHÃO ALINO PEREIRA DUARTE ENGENHEIRO AGRÔNOMO ADMINISTRADOR DA FAZENDA DONA NENEM

COLHEITA MECANIZADA DE CAFÉ DO CHÃO ALINO PEREIRA DUARTE ENGENHEIRO AGRÔNOMO ADMINISTRADOR DA FAZENDA DONA NENEM COLHEITA MECANIZADA DE CAFÉ DO CHÃO ALINO PEREIRA DUARTE ENGENHEIRO AGRÔNOMO ADMINISTRADOR DA FAZENDA DONA NENEM Realidade: colher café com mínimo de mão de obra ou zero dia homem por ha Evolução tecnológicas

Leia mais

Círculo do Café de Qualidade - CCQ Passo a Passo

Círculo do Café de Qualidade - CCQ Passo a Passo 1. O que é? O Círculo do Café de Qualidade é uma evolução em relação ao PQC ABIC, lançado em 2004, e está inserido dentro das diretrizes da ABIC de aumento do consumo interno de café no Brasil, visando

Leia mais

Para produzir milho, soja, trigo e feijão, ele conta com 26 empregados fixos,

Para produzir milho, soja, trigo e feijão, ele conta com 26 empregados fixos, colônias de café nas regiões de Araraquara e Ribeirão Preto, SP, enquanto outros se deslocaram para a capital paulista, onde viraram operários na construção civil. Anos depois, João e os filhos mudaramse

Leia mais

PRODUÇÃO DA AÇÚCAR ORGÂNICO

PRODUÇÃO DA AÇÚCAR ORGÂNICO PRODUÇÃO DA AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S/A Idealizadores: Elias Alves de Souza Neusa Esperândio Santos Suporte e material: Lucas Marllon R. da Silva O CULTIVO ORGÂNICO Vamos conhecer e compreender

Leia mais

Roteiro de visita a campo

Roteiro de visita a campo Roteiro de visita a campo 4Fs Brasil - The Forest Dialogue (TFD) 11-14 Novembro 2012, Capão Bonito, Brasil Dia 1 Domingo, 11 de Novembro 8:00 Saída dos hotéis 8:30 Chegada ao IDEAS e informações sobre

Leia mais

RESUMO DO PLANO DE MANEJO FLORESTAL

RESUMO DO PLANO DE MANEJO FLORESTAL RESUMO DO PLANO DE MANEJO FLORESTAL Introdução Este documento é um resumo dos programas e procedimentos da International Paper para a gestão do seu processo florestal, sendo revisado anualmente. I N T

Leia mais

BéticAaceitera S.C.A.

BéticAaceitera S.C.A. Estamos a producir azeite de oliva e temos as instalaçoes de produção mais modernas e mais actual da Europa. O objetivo é fornecer diretamente da fonte: "NOS ", ao comerciante: "VOCÊS", sem ter que passar

Leia mais

(Colheita e Pós-colheita) Frederico de Almeida Daher Marcos Moulin Teixeira

(Colheita e Pós-colheita) Frederico de Almeida Daher Marcos Moulin Teixeira CAFÉ COM QUALIDADE (Colheita e Pós-colheita) Frederico de Almeida Daher Marcos Moulin Teixeira VITÓRIA ES 204 0 JUSTIFICATIVA A cafeicultura no Estado do Espírito Santo vem se destacando de maneira bastante

Leia mais

ARMAZENAMENTO NA FAZENDA

ARMAZENAMENTO NA FAZENDA Adriano Mallet adrianomallet@agrocult.com.br ARMAZENAMENTO NA FAZENDA O Brasil reconhece que a armazenagem na cadeia do Agronegócio é um dos principais itens da logística de escoamento da safra e fator

Leia mais

Comércio de Café Arábica em Iúna - Es: Análise da Lucratividade em Função da Bebida (bebida Dura Tipo 6 e Bebida Rio Tipo 7)

Comércio de Café Arábica em Iúna - Es: Análise da Lucratividade em Função da Bebida (bebida Dura Tipo 6 e Bebida Rio Tipo 7) Comércio de Café Arábica em Iúna - Es: Análise da Lucratividade em Função da Bebida (bebida Dura Tipo 6 e Bebida Rio Tipo 7) Bruno Peisini brunopeisini@hotmail.com Doctum Josiel Carvalho josielvalho@hotmail.com

Leia mais

WP Board No. 980/05 Rev. 1

WP Board No. 980/05 Rev. 1 WP Board No. 980/05 Rev. 1 International Coffee Organization Organización Internacional del Café Organização Internacional do Café Organisation Internationale du Café 12 janeiro 2006 Original: inglês Projetos/Fundo

Leia mais

Microbacia: Ouro. Município: Porciúncula, RJ. Bacia do Rio Itabapoana

Microbacia: Ouro. Município: Porciúncula, RJ. Bacia do Rio Itabapoana Microbacia: Ouro Microbacia: Ouro Bacia do Rio Itabapoana Localização: 36 km da sede do município de Porciúncula, RJ Área total: 6.178 ha Área focal: 2.850 ha Comunidades envolvidas: Cedro, Fortaleza,

Leia mais

13º Curso de Atualização

13º Curso de Atualização 13º Curso de Atualização Manejo Tecnológico da Lavoura Cafeeira Desafios da Assistência Técnica na Cafeicultura Gustavo Rennó Reis Almeida Engenheiro Agrônomo - MSc. Varginha 15 de julho de 2015 Consultoria

Leia mais

PJ 71/14. 29 janeiro 2014 Original: francês. Comitê de Projetos 7. a reunião 6 março 2014 Londres, Reino Unido

PJ 71/14. 29 janeiro 2014 Original: francês. Comitê de Projetos 7. a reunião 6 março 2014 Londres, Reino Unido PJ 71/14 29 janeiro 2014 Original: francês P Comitê de Projetos 7. a reunião 6 março 2014 Londres, Reino Unido Desenvolvimento do setor cafeeiro nos Camarões através de uma estrutura de cooperação com

Leia mais

COMPRADOR VENDEDOR SACAS PREÇO QUALIDADE. M dcheg. CLIMA (Varginha/MG) r Aberto (hoje) BOLSA / DÓLAR

COMPRADOR VENDEDOR SACAS PREÇO QUALIDADE. M dcheg. CLIMA (Varginha/MG) r Aberto (hoje) BOLSA / DÓLAR M dcheg BARÃO COMISSÁRIA DE CAFÉ LTDA Alameda Otávio Marques de Paiva, 220 Bairro Santa Luiza CEP 37062-670 - Varginha-MG (35) 3214-7725 / 8855-0050 / 8879-0040 / 8876-0030 www.baraocomissariadecafe.com.br

Leia mais

Info-Guide On-line: Palmito Pupunha

Info-Guide On-line: Palmito Pupunha Info-Guide On-line: Palmito Pupunha Introdução Nas décadas de 40 e 50 o Estado de São Paulo foi um dos maiores produtores nacional de palmito juçara atingindo praticamente 50% da produção nacional. Atualmente

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 14.973/01/3 a Impugnação: 40.010103925-56 Impugnante: Célio Sôda PTA/AI: 01.000138006-11 IPR: 095/0927 Origem: AF/Guaxupé Rito: Sumário EMENTA EXPORTAÇÃO - DESCARACTERIZAÇÃO - FALTA DE COMPROVAÇÃO

Leia mais

Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café

Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Marcus Vinícius Martins M.Sc. em Agronomia Fiscal Federal Agropecuária

Leia mais

Dossier documentaire

Dossier documentaire DCL PO 06/12 02 Dossier documentaire Page 1 sur 8 DCL PORTUGAIS Diplôme de Compétence en Langue Session du vendredi 1 juin 2012 Dossier documentaire Support de la phase 1 Document 1 Document 2 E mail Carte,

Leia mais

COOPERAÇÃO PORTUGUESA COOPERAÇÃO FRANCESA PAMEA - CIAT. São Tomé e Príncipe: Missão de apoio ao estudo da fileira do café

COOPERAÇÃO PORTUGUESA COOPERAÇÃO FRANCESA PAMEA - CIAT. São Tomé e Príncipe: Missão de apoio ao estudo da fileira do café COOPERAÇÃO PORTUGUESA COOPERAÇÃO FRANCESA PAMEA - CIAT São Tomé e Príncipe: Missão de apoio ao estudo da fileira do café Introdução Objectivos da missão Propostas concretas para melhorar a produção e comercialização

Leia mais

ÁCIDOS ORGÂNICOS, SACAROSE E QUALIDADE DE CAFÉS ESPECIAIS

ÁCIDOS ORGÂNICOS, SACAROSE E QUALIDADE DE CAFÉS ESPECIAIS ÁCIDOS ORGÂNICOS, SACAROSE E QUALIDADE DE CAFÉS ESPECIAIS Luisa. P. Figueiredo Profa. Dra. IFSULDEMINAS; Fabiana. C. Ribeiro Profa. Dra. UNB; Flávio. M. Borém Professor Dr. UFLA; Terezinha. J. G. Salva

Leia mais

Safra 2013. Segunda Estimativa Maio/2013. Safra 2010/2011 Terceiro Levantamento Janeiro/2011

Safra 2013. Segunda Estimativa Maio/2013. Safra 2010/2011 Terceiro Levantamento Janeiro/2011 Safra 2013 Segunda Estimativa Maio/2013 Safra 2010/2011 Terceiro Levantamento Janeiro/2011 Avaliação da Safra Agrícola Cafeeira 2013 Segunda Estimativa Maio/2013 1 Ministério da Agricultura, Pecuária e

Leia mais

PANORAMA DA CAFEICULTURA ARÁBICA NO PARANÁ. Armando Androcioli Filho Iapar Londrina, Pr.

PANORAMA DA CAFEICULTURA ARÁBICA NO PARANÁ. Armando Androcioli Filho Iapar Londrina, Pr. PANORAMA DA CAFEICULTURA ARÁBICA NO PARANÁ Armando Androcioli Filho Iapar Londrina, Pr. VIII Curso de Atualização Manejo Tecnológico da Lavoura Cafeeira Varginha, MG 13 a 15 de julho de 2010 ZONEAMENTO

Leia mais

Biodiversidade, Agrobiodiversidade e Agroecologia

Biodiversidade, Agrobiodiversidade e Agroecologia Biodiversidade, Agrobiodiversidade e Agroecologia Hoje, um grande desafio para a agropecuária, principalmente em relação à inovação tecnológica, é a harmonização do setor produtivo com os princípios da

Leia mais

Culturas. A Cultura do Milho. Nome A Cultura do Milho Produto Informação Tecnológica Data Outubro de 2000 Preço - Linha Culturas Resenha

Culturas. A Cultura do Milho. Nome A Cultura do Milho Produto Informação Tecnológica Data Outubro de 2000 Preço - Linha Culturas Resenha 1 de 5 10/16/aaaa 11:24 Culturas A Cultura do Milho Nome A Cultura do Milho Produto Informação Tecnológica Data Outubro de 2000 Preço - Linha Culturas Resenha Informações resumidas sobre a cultura do milho

Leia mais

RELATORIO QUANTITATIVO

RELATORIO QUANTITATIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA RELATORIO QUANTITATIVO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA O Programa de Aquisição de Alimentos - PAA, tem como finalidades

Leia mais

Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos

Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos Julio César Paneguini Corrêa A filosofia lean não mais se restringe às empresas de manufatura. Muitos setores

Leia mais

CONSELHO PERMANENTE DE AGROMETEOROLOGIA APLICADA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CONSELHO PERMANENTE DE AGROMETEOROLOGIA APLICADA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO PERMANENTE DE AGROMETEOROLOGIA APLICADA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prognósticos e recomendações para o período Maio/junho/julho de 2014 Boletim de Informações nº

Leia mais

Grupo 1 Cadeias que sofreriam menores ameaças com a liberalização

Grupo 1 Cadeias que sofreriam menores ameaças com a liberalização Grupo 1 Cadeias que sofreriam menores ameaças com a liberalização 1.1 Café Diagnóstico Desde meados da década de 90, a produção mundial de café tem apresentado aumentos significativos, mas que não estão

Leia mais

EMISSÃO DE GASES DO EFEITO ESTUFA NA CAFEICULTURA. Carlos Clemente Cerri

EMISSÃO DE GASES DO EFEITO ESTUFA NA CAFEICULTURA. Carlos Clemente Cerri EMISSÃO DE GASES DO EFEITO ESTUFA NA CAFEICULTURA Carlos Clemente Cerri Conteúdo Conceitos e Definições Aquecimento Global Potencial de aquecimento global Feedback Inventário dos GEE (Gases do Efeito Estufa)

Leia mais

AGRICULTURA ORGÂNICA

AGRICULTURA ORGÂNICA Conceitos básicos Oficina do Grupo Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Pobreza Setembro 2009 O que é De modo geral, a agricultura orgânica é uma forma de produção agrícola que não utiliza agrotóxicos,

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO OPERACIONAL DE UM EQUIPAMENTO ITINERANTE PARA DESCASCAMENTO DE FRUTOS DE MAMONA DA CULTIVAR BRS PARAGUAÇU

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO OPERACIONAL DE UM EQUIPAMENTO ITINERANTE PARA DESCASCAMENTO DE FRUTOS DE MAMONA DA CULTIVAR BRS PARAGUAÇU AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO OPERACIONAL DE UM EQUIPAMENTO ITINERANTE PARA DESCASCAMENTO DE FRUTOS DE MAMONA DA CULTIVAR BRS PARAGUAÇU Gedeão Rodrigues de Lima Neto¹, Franklin Magnum de Oliveira Silva¹, Odilon

Leia mais

Cooxupé faz investimento milionário em complexo de armazenamento

Cooxupé faz investimento milionário em complexo de armazenamento Cooxupé faz investimento milionário em complexo de armazenamento 7 8 Carlos Paulino discursando A cidade de Guaxupé, no sul de Minas Gerais, é conhecida por ser um dos grandes centros cafeeiros nacionais

Leia mais

Safra 2008 Primeira Estimativa Janeiro/2008

Safra 2008 Primeira Estimativa Janeiro/2008 Safra 2008 Primeira Estimativa Janeiro/2008 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Produção e Agroenergia SPAE Departamento do Café DCAF Companhia Nacional de Abastecimento CONAB

Leia mais

Cadernos Universidade do Café. Volume 7. Editores Técnicos: Prof. Dr. Samuel Ribeiro Giordano e Profa. Dra. Christiane Leles Rezende De Vita

Cadernos Universidade do Café. Volume 7. Editores Técnicos: Prof. Dr. Samuel Ribeiro Giordano e Profa. Dra. Christiane Leles Rezende De Vita 1 Cadernos Universidade do Café 2013 Volume 7 Editores Técnicos: Prof. Dr. Samuel Ribeiro Giordano e Profa. Dra. Christiane Leles Rezende De Vita Designer Gráfico: Marcelo Dias 2 ÍNDICE EDITORIAL...05

Leia mais

Alimentos e Bebidas Vinhos e Espumantes

Alimentos e Bebidas Vinhos e Espumantes Comemorativo 80 Anos Este vinho foi especialmente elaborado para comemorar os 80 anos do patriarca Laurindo Brandelli, e os 20 anos da Vinícola Don Laurindo. O cuidado com a terra, o cultivo da videira,

Leia mais

Além disto, haverá uma nova forma de financiamento do Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) para exportações indiretas. O chamado ACC Indireto

Além disto, haverá uma nova forma de financiamento do Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) para exportações indiretas. O chamado ACC Indireto Informativo PSI APEX, 03/04/2012 Na continuidade do Plano Brasil Maior, uma das principais medidas para aumentar a competitividade do setor exportador brasileiro anunciadas hoje é a redução do percentual

Leia mais

MOGNO BRASILEIRO. "Mogno resssurge no cerrado mineiro

MOGNO BRASILEIRO. Mogno resssurge no cerrado mineiro MOGNO BRASILEIRO A valiosa madeira mogno está sendo cultivada no norte de MG. Cresce rápido, e agricultores já a veem como futura fonte de lucro. Vejam: "Mogno resssurge no cerrado mineiro A valiosa madeira

Leia mais

DEZEMBRO/2006 PARABÉNS PARANÁ!

DEZEMBRO/2006 PARABÉNS PARANÁ! CONJUNTURA ESPECIAL DO CAFÉ DEZEMBRO/2006 DEZEMBRO/2006 PARABÉNS PARANÁ! No período de 22 a 25/11/06, foi realizado na cidade de Guarapari, no Estado do Espírito Santo, o 14º ENCAFÉ. Nesse evento, que

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Evair de Melo) Institui a Política Nacional de Incentivo à Produção de Café de Qualidade. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º Esta Lei institui a Política Nacional

Leia mais

A TERCEIRA ONDA DO CONSUMO DE CAFÉ

A TERCEIRA ONDA DO CONSUMO DE CAFÉ A TERCEIRA ONDA DO CONSUMO DE CAFÉ Eduardo Cesar Silva Elisa Reis Guimarães Lavras, MG Julho de 2012 Eduardo Cesar Silva Mestre em Administração (UFLA). Coordenador do Bureau de Inteligência Competitiva

Leia mais

PROTOTIPAÇÃO DE APLICAÇÃO PORTÁTIL PARA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE DEGUSTAÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS

PROTOTIPAÇÃO DE APLICAÇÃO PORTÁTIL PARA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE DEGUSTAÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS PROTOTIPAÇÃO DE APLICAÇÃO PORTÁTIL PARA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE DEGUSTAÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS JOÃO PAULO MENDES DOS SANTOS 1, DIMAS SAMID LEME 2, BRUNO HENRIQUE GROENNER BARBOSA 3, ROSEMARY GUALBERTO

Leia mais

Você atingiu o estágio: Recomendações. NOME: MUNICIPIO: Ipiranga Data de preenchimento do guia: 2012-02-14 Data de devolução do relatório:

Você atingiu o estágio: Recomendações. NOME: MUNICIPIO: Ipiranga Data de preenchimento do guia: 2012-02-14 Data de devolução do relatório: Guia de sustentabilidade na produção de soja na Agricultura Familiar Relatório individual NOME: Prezado senhor (a), Em primeiro lugar, no nome dacoopafi, da Gebana e da Fundação Solidaridad,gostaríamos

Leia mais

Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo

Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo Os polos irrigados do Estado do Ceará são seis, conforme relacionados: Baixo

Leia mais

Melhoramento de Café Robusta/Conilon

Melhoramento de Café Robusta/Conilon Melhoramento de Café Robusta/Conilon Maria Amélia Gava Ferrão Pesquisadora Embrapa Café/Incaper APRESENTAÇÃO Introdução Histórico Estratégias Melhoramento Brasil Principais Resultados Espécies Café Identificadas

Leia mais

Os nossos prémios Ao longo dos anos, para além de comentários como os do Robert Parker, temos assistido à distinção e premiação dos nossos vinhos.

Os nossos prémios Ao longo dos anos, para além de comentários como os do Robert Parker, temos assistido à distinção e premiação dos nossos vinhos. Quem Somos A nova geração de uma família tradicional Portuguesa que sempre nutriu uma enorme paixão pelo vinho. Foi na Quinta do Cruzeiro Mangualde, Dão - que nasceu essa paixão. Foi também na Quinta do

Leia mais

REGULAMENTO DOS CONCURSOS DE QUALIDADE: CUP OF EXCELLENCE NATURAL LATE HARVEST

REGULAMENTO DOS CONCURSOS DE QUALIDADE: CUP OF EXCELLENCE NATURAL LATE HARVEST PROJETO CAFES ESPECIAIS BRASILEIROS REGULAMENTO DOS CONCURSOS DE QUALIDADE: CUP OF EXCELLENCE EARLY HARVEST e CUP OF EXCELLENCE NATURAL LATE HARVEST Artigo 1 O concurso Cup of Excellence Early Harvest

Leia mais

ICC 115-7 COFFEE IN CHINA. 10 agosto 2015 Original: inglês. o café na China.

ICC 115-7 COFFEE IN CHINA. 10 agosto 2015 Original: inglês. o café na China. ICC 115-7 10 agosto 2015 Original: inglês P Conselho Internacional do Café 115. a sessão 28 de setembro 2 de outubro de 2015 Milão, Itália O café na China COFFEE IN CHINA Antecedentes Cumprindo o disposto

Leia mais

Resultado em tecnologias marcam 12 anos da Embrapa Café em 2011

Resultado em tecnologias marcam 12 anos da Embrapa Café em 2011 Veículo: Assunto: Agro notícias Data: 16/01/2012 Resultado em tecnologias marcam 12 anos da Embrapa Café em 2011 http://www.sonoticias.com.br/agronoticias/mostra.php?id=49198 Pesquisa Projetos com a participação

Leia mais

CLIPPING 18/03/2013 Acesse: www.cncafe.com.br

CLIPPING 18/03/2013 Acesse: www.cncafe.com.br CLIPPING Acesse: www.cncafe.com.br Governo de Minas lança em Belo Horizonte a Semana Internacional do Café Agência Minas Em entrevista coletiva à imprensa nesta segunda-feira (18), o secretário de Estado

Leia mais

Discente: Marcelo Caetano de Oliveira Orientador: José Darlan Ramos

Discente: Marcelo Caetano de Oliveira Orientador: José Darlan Ramos Serra da Mantiqueira: Turismo e Fruticultura Discente: Marcelo Caetano de Oliveira Orientador: José Darlan Ramos Objetivo Apresentar uma síntese sobre a Serra da Mantiqueira, desafios e potencialidades

Leia mais

LEVANTAMENTO DE PLANTAS DANINHAS E MONITORAMENTO DE RESULTADOS EM ÁREAS DE CANA-DE-AÇÚCAR

LEVANTAMENTO DE PLANTAS DANINHAS E MONITORAMENTO DE RESULTADOS EM ÁREAS DE CANA-DE-AÇÚCAR LEVANTAMENTO DE PLANTAS DANINHAS E MONITORAMENTO DE RESULTADOS EM ÁREAS DE CANA-DE-AÇÚCAR Consultoria e Projetos Agrícolas Ltda. Marcos A. Kuva, Eng. Agrônomo, Dr. Sede administrativa Rua Nicolino Filardi,

Leia mais

Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais

Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Nº 60/2013 novembro Informativo digital sobre temas da cadeia produtiva da soja Produtor rural muda conceito de trabalho na fazenda com o Soja Plus

Leia mais

Érika Dolores Izenez Portela Karina do Espírito Santo Laís Guerra Taynãn Paes

Érika Dolores Izenez Portela Karina do Espírito Santo Laís Guerra Taynãn Paes Érika Dolores Izenez Portela Karina do Espírito Santo Laís Guerra Taynãn Paes POLÍTICAS PÚBLICAS ATRAVÉS DA VALORAÇÃO DE SERVIÇOS AMBIENTAIS: ESTUDO DE CASO PARANÁ / MATA CILIAR Juiz de Fora 2008 3 Érika

Leia mais

AS CIDADES DO AGRONEGÓCIO NO SUL DE MINAS: A CONSTITUIÇÃO DE MUZAMBINHO COMO UMA CIDADE FUNCIONAL À PRODUÇÃO CAFEEIRA.

AS CIDADES DO AGRONEGÓCIO NO SUL DE MINAS: A CONSTITUIÇÃO DE MUZAMBINHO COMO UMA CIDADE FUNCIONAL À PRODUÇÃO CAFEEIRA. AS CIDADES DO AGRONEGÓCIO NO SUL DE MINAS: A CONSTITUIÇÃO DE MUZAMBINHO COMO UMA CIDADE FUNCIONAL À PRODUÇÃO CAFEEIRA. Larissa Chiulli Guida lalaguida@yahoo.com.br Discente do curso de Geografia - Unifal-MG

Leia mais

EXPLORAÇÃO DO CERRADO BRASILEIRO

EXPLORAÇÃO DO CERRADO BRASILEIRO EXPLORAÇÃO DO CERRADO BRASILEIRO CARACTERIZAÇÃO DO CERRADO BRASILEIRO É o maior bioma brasileiro depois da Amazônia, com aproximadamente 2 milhões de km² e está concentrado na região Centro Oeste do Brasil;

Leia mais

Reconhecendo um Café Especial Por que Investir em Qualidade?

Reconhecendo um Café Especial Por que Investir em Qualidade? Reconhecendo um Café Especial Por que Investir em Qualidade? Antes de investir em um café de qualidade superior é importante conhecer o que o diferencia dos outros. O objetivo central dos proprietários

Leia mais

1. Resumo. Norma de Qualidade Recomendável e Boas Práticas de Fabricação de Cafés Torrados em Grão e Cafés Torrados e Moídos

1. Resumo. Norma de Qualidade Recomendável e Boas Práticas de Fabricação de Cafés Torrados em Grão e Cafés Torrados e Moídos Página 1 de 8 1. Resumo Esta norma estabelece requisitos técnicos para a concessão do Símbolo da Qualidade ABIC do Programa da Qualidade do Café ABIC (PQC). Ela foi elaborada pela equipe técnica da ABIC

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. ISSN 1678-9644 Dezembro, 2007 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Documentos 213 Produção Comunitária de Sementes: Segurança

Leia mais

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18 Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18 Características Agropecuárias A sociedade brasileira viveu no século XX uma transformação socioeconômica e cultural passando de uma sociedade agrária para uma sociedade

Leia mais

Sanidade das Sementes

Sanidade das Sementes Uberlândia - 13 a 16 de agosto de 2007 Sanidade das Sementes Brasileiras de Algodão Palestrante: Wanderley K. Oishi Gerente de Produção-MDM Sementes de Algodão Ltda. Situação Atual da Cotonicultura Brasileira

Leia mais