Introdução à Informática

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução à Informática"

Transcrição

1 Introdução à Informática Aula 4 Aula 4-14/09/2007 1

2 Ementa Conceitos Básicos de Computação (Hardware, Software e Internet) Softwares Aplicativos Tutorial: Word Tutorial: Powerpoint Tutorial: Excel Sistemas Operacionais Tutorial: DOS Processadores Entrada e Saída Armazenamento e Multimídia Tutorial: Access Redes de Computadores A Internet Tutorial: HTML Histórico dos Computadores Aula 4-14/09/2007 2

3 Software Aplicativo Software usado para solucionar um problema ou realizar uma tarefa específica para um usuário. É o que torna o computador útil. Diferente do software de sistema que controla o funcionamento do hardware. Aula 4-14/09/2007 3

4 Adquirindo Software: Maneiras Tradicionais Software customizado Escrito por programadores contratados pela organização. Software empacotado (comercial) Comprado em uma loja, por meio de catálogo, ou por um site Web. Aula 4-14/09/2007 4

5 Software Customizado Feito sob medida, especificamente para as necessidades de uma organização. A organização contrata programadores de computador para projetar, escrever, testar e implementar software. Pode ser extremamente complexo e levar anos para ser escrito. Aula 4-14/09/2007 5

6 Software Empacotado Vendido em lojas, catálogos ou sites Web. Às vezes, é baixado da Internet. O pacote contém um ou mais CDs ou DVDs, que contêm o software. Tipicamente, contém a documentação do software. Normalmente é oferecida uma opção de instalaçãopadrão para usuários comuns. Projetado para ser amigável (user-friendly). Aula 4-14/09/2007 6

7 Fácil de usar: Software Amigável (User-Friendly) Deve ser intuitivo até mesmo para o usuário iniciante. Pode ser usado com um mínimo de treinamento e documentação. Ex.: Word, Internet Explorer, Powerpoint Aula 4-14/09/2007 7

8 Tipos de Software Aplicativos Softwares orientados para tarefa Servem para facilitar a vida do usuário e tornar seu trabalho mais rápido. Software de negócios Servem para controlar um negócio ou auxiliar no funcionamento de uma empresa. Aula 4-14/09/2007 8

9 Software Orientado para Tarefas Freqüentemente, chamado de software de produtividade. Categorias comuns: Processamento de texto/editoração eletrônica Planilhas eletrônicas Gerenciamento de banco de dados Gráficos Comunicações Outros Aula 4-14/09/2007 9

10 Trabalhando com Palavras Processamento de Texto O software de computador pessoal mais amplamente usado. Crie memorandos, relatórios e papers. Incorpore gráficos em documentos. Ex: MS Word, BrOffice Writer Editoração Eletrônica (Desktop Publishing) Necessidades de editoração de alto nível. Boletins (newsletters). Brochuras, materiais promocionais. Ex:QuarkXPress, Adobe InDesign, MS Publisher. Aula 4-14/09/

11 Planilhas Eletrônicas Compostas de linhas e colunas de números. Realizam análise What if ( E se...? ). Altere uma célula e faça com que a planilha seja recalculada. Apresentam dados graficamente. Exiba as despesas como gráficos de pizza. Ex: MS Excel, BrOffice Calc Aula 4-14/09/

12 Gerenciamento de Banco de Dados Encarrega-se do gerenciamento de uma coleção de fatos interrelacionados. O software pode armazenar, recuperar, atualizar e manipular dados. Também pode apresentar relatório de dados de muitas maneiras e imprimi-los. Transforma grandes quantidades de dados em informação. Ex: Oracle, MS SQL Server, IBM DB2. Aula 4-14/09/

13 Gráficos Softwares gráficos são utilizados por artistas e designers gráficos para criar arte visual no computador. Ex.: Adobe Photoshop Softwares de apresentação gráfica cria apresentações de slide show : Combine gráficos, áudio e vídeo de alta qualidade. Ex: MS Powerpoint Aula 4-14/09/

14 Comunicações O software de navegação (browser) é utilizado para visualizar páginas na Internet. Ex: MS Explorer, Mozilla Firefox Outro exemplo de software de comunicação é aquele que permite a comunicação por voz pela internet. Ex: Skype Aula 4-14/09/

15 Outros Softwares Orientados para Tarefas Gerenciadores de Informação Pessoal (Personal Information Managers PIM): Controla as atividades. Tipicamente, inclui um gerenciador da agenda de compromissos, calendário, catálogo de endereços e gerenciador de tarefas. Suíte de Programas de Escritório: Um grupo de aplicações básicas de software que funciona em conjunto. Fácil de compartilhar dados entre aplicativos. Look and feel similar entre os aplicativos. Aplicação integrada. Uma versão despojada da suíte de escritório. Aula 4-14/09/

16 Software de Negócios Software de Mercado Vertical Software para Grupos de Trabalho Software para Pequenos Negócios Aula 4-14/09/

17 Software de Mercado Vertical Escrito para um tipo de negócio em particular. Escrito por companhias que possuem um conhecimento completo dessa indústria. Permite aos negócios manterem facilmente informações sobre seus negócios, clientes e fornecedores. Abrange todas as atividades do negócio. Ex.: Software para controle de uma oficina mecânica Emite ordens de serviço, processa transações de vendas, emite faturas, avalia vendas e lucros, controla o estoque de peças, imprime relatórios de reabastecimento e atualiza a lista de mala direta. Existem pacotes de software que podem ser customizados para as necessidades de cada empresa. Ex.: SAP, PeopleSoft (Oracle) Aula 4-14/09/

18 Groupware Permite a um grupo de pessoas compartilhar ou rastrear informações em conjunto. Também chamado de software colaborativo. Freqüentemente combina tecnologia de correio eletrônico, rede, programação (scheduling) e banco de dados. Os dados são armazenados em uma localização central. Freqüentemente usado por organizações que têm empregados em locais distantes. Ex.: Lotus Notes Aula 4-14/09/

19 Software para Pequenos Negócios Small Office/Home Office (SOHO). Software de preços módicos para executar funções voltadas a pequenos negócios. Exemplos: Software contábil Redação e publicidade Atendimento ao cliente Manutenção de contatos Promoções de vendas Aula 4-14/09/

20 Aspectos Legais do Software Diferença fundamental entre hardware e software. Hardware é um bem material, físico. Logo não é possível copiá-lo sem custos. Software é um bem imaterial, é informação. Assim como música e conhecimento, uma vez criado pode ser copiado e difundido indefinidamente. Com a presença mais forte das redes de computador, tornou-se mais fácil a sua difusão ilegal. Surgiram debates sobre o modelo de direito autoral e licenciamento que ocorrem até hoje. Aula 4-14/09/

21 Aspectos Legais do Software Programas de computador não são vendidos. O que se vende é uma licença de uso, normalmente sob certas condições. O título de propriedade =direito autoral (copyright) permanece com seu proprietário original. No Brasil, os direitos sobre software são regulados pela Lei do Software. Confere proteção a programas nacionais e estrangeiros, independente de registro. São proibidas a comercialização, a importação e a utilização de cópias de programas de computador sem a devida autorização do titular. Concede garantias ao usuário. Aula 4-14/09/

22 Adquirindo Software: Freeware Domínio Público Software de Fonte Aberta Software Livre Shareware Adware Software Comercial Aula 4-14/09/

23 Freeware O autor fornece-o gratuitamente para ser usado por todos. O autor detém o copyright. Ele pode impor restrições ao uso. O software não pode ser alterado ou redistribuído sem permissão. Aula 4-14/09/

24 Domínio Público Software cujo direito autoral foi liberado pelos seus autores. Pode ser usado e até mesmo alterado sem permissão. Tipicamente, é desenvolvido por universidades e/ou instituições de pesquisa usando subvenções do governo. Aula 4-14/09/

25 Software de Fonte Aberta Open Source = Fonte Aberta. O código-fonte é disponibilizado. Código-fonte: legível por seres humanos. Outros programadores podem modificar e redistribuir os programas livremente. Ajuda a identificar erros (bugs) e a criar melhorias mais facilmente. Aula 4-14/09/

26 Software Livre Uma variação do software de fonte aberta, que segue a licença GPL. Criada no final da década de 1980 como parte do projeto GNU. A GPL baseia-se em quatro liberdades: A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar o programa e adaptá-lo para as suas necessidades. O acesso ao código-fonte é um pré-requisito. A liberdade de redistribuir cópias. A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos. O acesso ao código-fonte é um pré-requisito. A licença não permite, por exemplo, que o código seja apoderado por outra pessoa. Aula 4-14/09/

27 Software Livre (cont.) As liberdades não fazem referência aos custos envolvidos. Empresas que exploram comercialmente o software livre cobram pelo serviço envolvido (principalmente suporte). Exemplos de software livre. Sistema Operacional: GNU/Linux. Compilador de C: GCC Compilador Pascal: Free Pascal Editor de texto: Emacs Banco de dados relacionais: MySQL Navegador web: Firefox Aula 4-14/09/

28 Questão Ética vs. Questão Pragmática A idéia da liberação do código-fonte tem duas motivações: Motivação Pragmática Traz diversas vantagens técnicas e econômicas porque ajuda a identificar erros (bugs) e a criar melhorias mais facilmente. Motivação Ética Seguidores do Movimento Software Livre consideram anti-ético aprisionar conhecimento científico, que deve estar sempre disponível, para permitir assim a evolução da humanidade. Aula 4-14/09/

29 Shareware Software garantido por copyright, distribuído gratuitamente por um período experimental. Se você gostar dele, deve registrá-lo, pagando uma taxa. A maioria dos autores acrescenta documentação, ampliações, suporte e atualizações gratuitas para estimular as pessoas a fazer o registro. Aula 4-14/09/

30 Adware Ad = Anúncio comercial em inglês. Software garantido por copyright, distribuído gratuitamente, mas que contém anúncios comerciais que são exibidos ao usuário. Normalmente exibem o anúncio em janelas, no formato de banners ou pop-ups. Às vezes, há a possibilidade de se adquirir um registro, pagando uma taxa para remover a propaganda. Alguns adwares são considerados spywares (programas maliciosos) porque enviam dados sobre o comportamento do usuário e são de difícil remoção. Aula 4-14/09/

31 Software Comercial São os produtos para os quais são vendidas licenças. A licença normalmente inclue as condições sob as quais o produto pode ser copiado. Normalmente uma das seguintes alternativas é usada: Uso de uma cópia única. Uso de múltiplas cópias até um valor limite. Licença institucional Uso ilimitado de cópias dentro da instituição Aula 4-14/09/

32 Comprando Software Licença local Comercial Distribuição eletrônica de software Provedor de aplicativos (Application Service Provider ASP) Aula 4-14/09/

33 Licença Local Software instalado em alguns ou em todos os computadores, dependendo dos termos da licença. O cliente controla quantos usuários o usam. O número de usuários não pode ultrapassar o número de licenças. O cliente copia e distribui software e manuais aos usuários. Algumas organizações usam licenças de rede. Software instalado no servidor. A taxa de licenciamento baseia-se no número de usuários simultâneos. Aula 4-14/09/

34 Distribuição Eletrônica de Software Obtém software da Internet: Tipicamente, freeware e shareware. Alguns softwares comerciais. Cenário típico: Baixar software para um período experimental. O software se desabilita depois do período experimental, a menos que você o registre (pague). Aula 4-14/09/

35 Provedor de Aplicativos Application Service Provider Fornece aplicativos a negócios por meio da Internet. O ASP mantém os softwares e dados em seus sistemas Quando necessário, os clientes acessam os aplicativos por meio da Internet. Alternativa à criação e manutenção de software customizado ou à compra de software empacotado. Arrendar software, pagando em função do uso. Aula 4-14/09/

36 Ética e Software Aplicativo Pirataria: a aquisição e uso ilegal de cópias de software comercial. Falsificação: copiar grandes quantidades de CD-ROMs ou DVD-ROMs e empacotálos de forma a se assemelharem aos originais. Cópia não-autorizada de software é roubo. Aula 4-14/09/

Informática I. Aula 25. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson

Informática I. Aula 25. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson Informática I Aula 25 Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 25-12/07/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de

Leia mais

Software Aplicativo. Introdução a Computação. Software Customizado. Software Amigável (User-Friendly) Software Empacotado

Software Aplicativo. Introdução a Computação. Software Customizado. Software Amigável (User-Friendly) Software Empacotado Software Aplicativo Introdução a Computação Software Aplicativos Software usado para solucionar um problema em particular ou realizar uma tarefa específica. Imposto de Renda Impressão MSN Adquirindo Software:

Leia mais

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson Informática I Aula 26 Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 26-17/07/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de

Leia mais

Softwares Aplicativos. (Capítulo 2)

Softwares Aplicativos. (Capítulo 2) Softwares Aplicativos (Capítulo 2) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definição 2. Aquisição 3. Classificações 4. Ética 5. Profissionais 03

Leia mais

Software Utilitário; Software Orientado a Tarefas; Software de Negócios;

Software Utilitário; Software Orientado a Tarefas; Software de Negócios; NOÇÕES DE SOFTWARE II Disciplina: Introdução à Microinformática Software Utilitário; Software Orientado a Tarefas; Software de Negócios; 2 ... do mundo empresarial 3 Executam tarefas secundárias. Exemplos:

Leia mais

Introdução à Computação: Softwares Aplicativos

Introdução à Computação: Softwares Aplicativos Introdução à Computação: Softwares Aplicativos Ricardo de Sousa Bri.o rbri.o@ufpi.edu.br DIE- UFPI 2004 by Pearson Education Objetivos Estabelecer a dis=nção entre sistemas operacionais e sobware aplica=vo.

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 CONCEITOS DE SOFTWARE

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 CONCEITOS DE SOFTWARE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 CONCEITOS DE SOFTWARE Profª Danielle Casillo SUMÁRIO O que é software? Software x Hardware

Leia mais

Como é o desenvolvimento de Software?

Como é o desenvolvimento de Software? Como é o desenvolvimento de Software? Fases do Desenvolvimento Modelo Cascata Define atividades seqüenciais Outras abordagens são baseadas nesta idéia Especificação de Requisitos Projeto Implementação

Leia mais

Software 3. Software. Quando pessoas e empresas compram computadores, em geral, háh Entretanto, é o software que torna um computador útil

Software 3. Software. Quando pessoas e empresas compram computadores, em geral, háh Entretanto, é o software que torna um computador útil 1 Software 3 Software Formado por algoritmos e suas representações para o computador (programas) Instruções codificadas necessárias para transformar dados em informações 2 X Quando pessoas e empresas compram

Leia mais

SUMÁRIO. O que é Software? Tipos de Software Desenvolvimento de Software Linguagem de Programação. Adquirindo Software Ética e Software Aplicativo

SUMÁRIO. O que é Software? Tipos de Software Desenvolvimento de Software Linguagem de Programação. Adquirindo Software Ética e Software Aplicativo SOFTWARE Wagner de Oliveira SUMÁRIO O que é Software? Tipos de Software Desenvolvimento de Software Linguagem de Programação Tendências em Software Adquirindo Software Ética e Software Aplicativo O QUE

Leia mais

São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar.

São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar. São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar. Quais são eles? Vários outros programas 1 Sistema Básico

Leia mais

Informática. Prof. Macêdo Firmino. O Mundo dos Softwares e Introdução aos Sistemas Operacionais

Informática. Prof. Macêdo Firmino. O Mundo dos Softwares e Introdução aos Sistemas Operacionais Informática Prof. Macêdo Firmino O Mundo dos Softwares e Introdução aos Sistemas Operacionais Macêdo Firmino (IFRN) Informática Março de 2012 1 / 26 Software O Hardware não consegue executar qualquer ação

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA. Classificação / Licenciamento de Software

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA. Classificação / Licenciamento de Software Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA Classificação / Licenciamento de Software MATERIAL PARA ESTUDO PRIMEIRO BIMESTRE Componentes de um Sistema Computacional

Leia mais

UNIDADE 6 APLICATIVOS

UNIDADE 6 APLICATIVOS UNIDADE 6 APLICATIVOS Professor: Leandro M. Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br 19/11/2010 Colégio Politécnico da UFSM 1 Tipos de Software Software de sistema Executa tarefas que são comuns nos sistemas

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Aula 34 Software livre e código aberto Aula 34 2 Gestão em Sistemas

Leia mais

Informática Instrumental

Informática Instrumental 1º PERÍODO.: GRADUAÇÃO EM REDES DE COMPUTADORES :. Madson Santos madsonsantos@gmail.com 2 Unidade I Unidade I Software 3 Software o é uma sentença escrita em uma linguagem de computador, para a qual existe

Leia mais

Introdução. Hardware X Software. Corpo Humano Parte Física. Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes

Introdução. Hardware X Software. Corpo Humano Parte Física. Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes Introdução Hardware X Software Corpo Humano Parte Física Componentes 18 Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes Hardware Introdução Parte física: placas, periféricos,

Leia mais

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Prof. Ricardo Beck www.aprovaconcursos.com.br Página 1 de 5 Noções de Informática SISTEMA OPERACIONAL Software O hardware consiste nos equipamentos que compõe

Leia mais

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc.

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Informática Software Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Objetivos Definir e classificar os principais tipos de softwares Básico Aplicativos Software Categorias Principais de Software Básico Chamado de

Leia mais

Aula 04. Prof Wesley Sathler www.wesleysathler.webnode.com.br

Aula 04. Prof Wesley Sathler www.wesleysathler.webnode.com.br Aula 04 Prof Wesley Sathler www.wesleysathler.webnode.com.br Atualmente existe uma enorme quantidade de softwares (ou programas, ou sistemas de software) disponíveis para diversas finalidades. Desde o

Leia mais

Software Livre Introdução ao Linux

Software Livre Introdução ao Linux Software Livre Introdução ao Linux Instituto Granbery 06/03/2004 Carlos de Castro Goulart Departamento de Informática-UFV goulart@dpi.ufv.br Parte I - Software Livre O que é Software Livre? Vantagens da

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação 08 - Licenças, Tipos de Softwares, Tradutores. Linguagens de Máquina, de Baixo Nível e de Alto Nível Márcio Daniel Puntel marcio.puntel@ulbra.edu.br Software Livre GPL BSD Software

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RAFAEL D. RIBEIRO, M.SC,PMP. RAFAELDIASRIBEIRO@GMAIL.COM HTTP://WWW.RAFAELDIASRIBEIRO.COM.BR @ribeirord CRIMES DE PIRATARIA DE SOFTWARE Prática ilícita caracterizada

Leia mais

Sist i em em I a n I fo f rm r at m i at zad

Sist i em em I a n I fo f rm r at m i at zad Sistema Informatizado Software Software Formado por algoritmos e suas representações para o computador (programas) Instruções codificadas necessárias para transformar dados em informações X Quando pessoas

Leia mais

PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA

PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA O que é Software Livre? Software Livre (Free Software) é o software disponível com a permissão para qualquer um usá-lo, copiá-lo, e distribuí-lo, seja na sua forma

Leia mais

IIH Introdução à Informática e Hardware

IIH Introdução à Informática e Hardware Prof. MSc. André Luis Gobbi Primo andre.gobbi@ifsp.edu.br INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO - CAMPUS VOTUPORANGA Técnico em Manutenção e Suporte em Informática IIH Introdução

Leia mais

Sistemas Operacionais: Aplicativos. Prof. Rafael J. Sandim

Sistemas Operacionais: Aplicativos. Prof. Rafael J. Sandim Sistemas Operacionais: Aplicativos Prof. Rafael J. Sandim Aplicativos Programa de computador que desempenha uma tarefa específica; Em geral ligada ao processamento de dados; Podem ser divididos em duas

Leia mais

SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA. Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP

SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA. Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP 2015 A SETRANSP Criada em 2005, tem como missão estabelecer os fundamentos

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Tipos de Software (Básico) Tipos de Software. Curso Conexão Noções de Informática

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Tipos de Software (Básico) Tipos de Software. Curso Conexão Noções de Informática Curso Conexão Noções de Informática Aula 2 Arquitetura de Computadores (Software) Agenda Introdução; Tipos de Software; Básico; Aplicativo; Livre; Proprietário. Pirataria de Software; Demos, Freewares

Leia mais

Introdução 12/06/2012. Software Livre

Introdução 12/06/2012. Software Livre Software Livre Introdução Software Livre, software de código aberto ou software aberto é qualquer programa de computador cujo código-fonte deve ser disponibilizado para permitir o uso, a cópia, o estudo

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Prof. Edberto Ferneda Software 1 Sistema Operacional Sistema Operacional Sistema Operacional Softwares aplicativos U s u á r i o s Freeware é o software pelo qual não se cobra

Leia mais

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 02 Software e Operações Básicas Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Revisando Como um computador funciona: Entrada (Dados) Processamento (Análise dos Dados)

Leia mais

ICE INSTITUTO CUIABADO DE EDUCAÇÃO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 4º SEMESTRE RECURSOS HUMANOS CARLOS EDUARDO JULIANI

ICE INSTITUTO CUIABADO DE EDUCAÇÃO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 4º SEMESTRE RECURSOS HUMANOS CARLOS EDUARDO JULIANI ICE INSTITUTO CUIABADO DE EDUCAÇÃO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 4º SEMESTRE RECURSOS HUMANOS CARLOS EDUARDO JULIANI SOFTWARE LIVRE E SOFTWARE PROPRIETARIO Software Livre. O software livre foi desenvolvido,

Leia mais

CONCEITOS DE SOFTWARE. Prof. Erion Monteiro

CONCEITOS DE SOFTWARE. Prof. Erion Monteiro CONCEITOS DE SOFTWARE Prof. Erion Monteiro PENSAMENTO DO DIA Imagine uma nova história para a sua vida e acredite nela! Paulo Coelho O QUE É SOFTWARE? É o produto que os engenheiros de software projetam

Leia mais

São programas de computador com a função de interagir a maquina com o usuário. Licenciados Livres - Gratuitos ou uso limitados 18/10/2010 1

São programas de computador com a função de interagir a maquina com o usuário. Licenciados Livres - Gratuitos ou uso limitados 18/10/2010 1 Softwares São programas de computador com a função de interagir a maquina com o usuário Tipos : Licenciados Livres - Gratuitos ou uso limitados 18/10/2010 1 Licenciados São software autorizados, cedidos

Leia mais

Introdução ao Processamento de Dados (IPD)

Introdução ao Processamento de Dados (IPD) Universidade Federal de Pelotas Instituto de Física e Matemática Departamento de Informática Introdução ao Processamento de Dados (IPD) Estrutura da Apresentação Conceitos Básicos Processamento de Dados

Leia mais

Software Livre. para concursos. Questões comentadas

Software Livre. para concursos. Questões comentadas Software Livre para concursos Questões comentadas Prefácio Hoje, qualquer instituição, seja ela pública ou privada, necessita utilizar programas de computadores para auxiliar os seus processos, gerando

Leia mais

Confrontada com o gabarito oficial e comentada. 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral)

Confrontada com o gabarito oficial e comentada. 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral) Prova Preambular Delegado São Paulo 2011 Módulo VI - Informática Confrontada com o gabarito oficial e comentada 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral) a) Garante

Leia mais

software livre: a tecnologia que liberta!

software livre: a tecnologia que liberta! software livre: a tecnologia que liberta! conteúdo original de www.cachorrosurtado.blogspot.com www.escolaep.blogspot.com copyleft 2010 (((SLIDE 01))) RELEMBRANDO O CONCEITO DE SOFTWARE SOFTWARE é o mesmo

Leia mais

Aula 01. Introdução ao Linux

Aula 01. Introdução ao Linux Aula 01 Introdução ao Linux Introdução Objetivos aprender a usar um novo sistema aprender a usar uma nova interface Como no Windows navegar pela internet (e-mails, facebook, etc) criar pastas e arquivos

Leia mais

O que é software livre

O que é software livre O que é software livre Publicado por brain em Sáb, 2006-03-25 17:12. :: Documentação [http://brlinux.org/linux/taxonomy/term/13] por Augusto Campos Este artigo responde a diversas dúvidas comuns de novos

Leia mais

Software de sistema Software aplicativo

Software de sistema Software aplicativo SOFTWARE O que é Software? Software, logicial ou programa de computador é uma sequência de instruções a serem seguidas e/ou executadas, na manipulação, redireccionamento ou modificação de um dado/informação

Leia mais

Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo

Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo História do Linux 1987 S.O Minix Andrew S. Tanembaum 1960 Multics Unics - Unix S.O Ken

Leia mais

Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric

Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric Versão 1.0 Autores Bruna Cirqueira Mariane Dantas Milton Alves Robson Prioli Nova Odessa, 10 de Setembro de 2013 Sumário Apoio 1. Licença deste

Leia mais

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS 3.INTERNET 3.1. Internet: recursos e pesquisas 3.2. Conhecendo a Web 3.3. O que é um navegador?

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 06/10/2009 10:21 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 06/10/2009 10:21 Leite Júnior ÍNDICE SOFTWARE LIVRE / OPEN SOURCE...2 PROPRIEDADE INTELECTUAL...2 GRAUS DE RESTRIÇÃO EM LICENÇAS DE SOFTWARE...2 LICENÇAS DE SOFTWARE...2 OPEN SOURCE...2 SOFTWARE LIVRE...2 GNU GPL...4 GNU LGPL...4 SOFTWARE

Leia mais

Que tipo de arranjo de computadores e processamento computacional traria o maior benefício para a organização?

Que tipo de arranjo de computadores e processamento computacional traria o maior benefício para a organização? Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 08 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com. Curso Introdução ao Linux Desmistificando o Software Livre Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.br Índice 1 O que é Software Livre? 2 A história por trás do Software Livre.

Leia mais

Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado?

Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado? Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado? Professor: Luciano Matéria: Informática Trabalho apresentado

Leia mais

Principais diferenciais do Office 365

Principais diferenciais do Office 365 Guia de compras O que é? é um pacote de soluções composto por software e serviços, conectados à nuvem, que fornece total mobilidade e flexibilidade para o negócio. Acessível de qualquer dispositivo e qualquer

Leia mais

Taciano Amorim - tacianolamorim@gmail.com. Informática básica. Software

Taciano Amorim - tacianolamorim@gmail.com. Informática básica. Software Informática básica Ementa: 1- O que é um software 2- Tipos de software 3- utilitário 4- aplicativo O que é um software O ou programa de computador é composto por uma sequência de instruções, que é interpretada

Leia mais

Licenças Livres. Terry Laundos Aguiar

Licenças Livres. Terry Laundos Aguiar Licenças Livres Terry Laundos Aguiar "Quando nos referimos a software livre, estamos nos referindo a liberdade e não a preço." Licença GPL Licenças de Softwares Comprar um software, geralmente, é como

Leia mais

A necessidade de realizar pesquisas em PDF... 3. Desempenho e escalabilidade são essenciais... 6

A necessidade de realizar pesquisas em PDF... 3. Desempenho e escalabilidade são essenciais... 6 1 Sumário A necessidade de realizar pesquisas em PDF... 3 Visão geral sobre pesquisa e índice... 3 Arquitetura IFilter... 4 Desempenho e escalabilidade são essenciais... 6 Procure documentos PDF com o

Leia mais

SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! CURSO

SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! CURSO 1 AULA SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! ROTEIRO PRÉ-REQUISITOS 1 INTRODUÇÃO 2 DISTRIBUIÇÕES LINUX 3 AJUDA PARA ESCOLHER SUA DISTRIBUIÇÃO LINUX 4 DÚVIDAS FREQUENTES

Leia mais

Software Livre e proprietário: Coexistência de diferentes formas de Licenciamento, interoperabilidade e eficiência na inclusão digital e social.

Software Livre e proprietário: Coexistência de diferentes formas de Licenciamento, interoperabilidade e eficiência na inclusão digital e social. Software Livre e proprietário: Coexistência de diferentes formas de Licenciamento, interoperabilidade e eficiência na inclusão digital e social. Palestrante: Paulo Cesar Alves 19/09/2005 Agenda Formulação

Leia mais

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Universidade Federal de Goiás Ubuntu Desktop Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Conpeex / 2010 Agenda Introdução Conceitos Categorias de Software História do Linux Arquitetura do Linux Ubuntu Projeto

Leia mais

Introdução 13/06/2012. Software Livre

Introdução 13/06/2012. Software Livre Software Livre Introdução Software Livre, software de código aberto ou software aberto é qualquer programa de computador cujo código-fonte deve ser disponibilizado para permitir o uso, a cópia, o estudo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal AULA Informática: Aplicações e Benefícios Advocacia

Leia mais

Projeto Escritório em Nuvem. Projeto Escritório em Nuvem

Projeto Escritório em Nuvem. Projeto Escritório em Nuvem Projeto Escritório em Nuvem GIE-ND/024/2014 Projeto Escritório em Nuvem Assunto: Especificação do Projeto Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia Gerência de Estratégia e Segurança da Informação Setembro

Leia mais

1 / 6. Cartilha O ABC do Software Livre. O que é PcLivre?

1 / 6. Cartilha O ABC do Software Livre. O que é PcLivre? 1 / 6 Cartilha O ABC do Software Livre O que é PcLivre? O PC Livre é um projeto de iniciativa do PSL-Brasil, coordenado por voluntários e operado por vários parceiros que apoiam a iniciação de novos usuários

Leia mais

Controles gerais iguais aos de pacotes de softwares: Instalação, Configuração, Manutenção, Utilitários.

Controles gerais iguais aos de pacotes de softwares: Instalação, Configuração, Manutenção, Utilitários. $XWDUTXLD(GXFDFLRQDOGR9DOHGR6mR)UDQFLVFR± $(96) )DFXOGDGHGH&LrQFLDV6RFLDLVH$SOLFDGDVGH3HWUROLQD± )$&$3( &XUVRGH&LrQFLDVGD&RPSXWDomR $8',725,$'$7(&12/2*,$'$,1)250$d 2 &RQWUROHVVREUHEDQFRGHGDGRVH PLFURFRPSXWDGRUHV

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BUENO BRANDÃO ESTÂNCIA CLIMÁTICA E HIDROMINERAL CNPJ: 18.940.098/0001-22

PREFEITURA MUNICIPAL DE BUENO BRANDÃO ESTÂNCIA CLIMÁTICA E HIDROMINERAL CNPJ: 18.940.098/0001-22 1. Qual programa não faz parte do pacote BrOffice.org? a) Groove b) Writer c) Draw d) Math e) Calc 2. Considerando a figura abaixo que apresenta uma parte da Barra de ferramentas de formatação do LibreOffice

Leia mais

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 -

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 - DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO - Professor Esp. Wellington de Oliveira Graduação em Ciência da Computação Pós-Graduação em Docência do Ensino Superior Pós-Graduação MBA em Gerenciamento de

Leia mais

Software. Prof. Demétrios Coutinho. C a m p u s N a t a l C e n t r a l D i s c i p l i n a d e I n f o r m á t i c a B á s i c a 0 6 / 0 5 / 2 0 1 2

Software. Prof. Demétrios Coutinho. C a m p u s N a t a l C e n t r a l D i s c i p l i n a d e I n f o r m á t i c a B á s i c a 0 6 / 0 5 / 2 0 1 2 Software Prof. Demétrios Coutinho C a m p u s N a t a l C e n t r a l D i s c i p l i n a d e I n f o r m á t i c a B á s i c a 0 6 / 0 5 / 2 0 1 2 COMPUTADOR X SOFTWARE X É o software que torna um computador

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial

Sistemas de Informação Gerencial Sistemas de Informação Gerencial Aula 07 Prof.ª Bruna Patrícia da Silva Braga Infraestrutura de TI: Software Infraestrutura de TI - Software Parte lógica do sistema computacional; Constituída de programas

Leia mais

Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo

Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo É a integração de componentes atuando como uma entidade, com o propósito de processar dados e produzir informações. Esses componentes são: Hardware: parte física ou material

Leia mais

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL LINUX Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL Para que o computador funcione e possibilite a execução

Leia mais

INFORMÁTICA. Prof. Rafael Fernando Zimmermann

INFORMÁTICA. Prof. Rafael Fernando Zimmermann INFORMÁTICA Prof. Rafael Fernando Zimmermann SOFTWARE O software é um conjunto de instruções, composto de uma seqüência ordenada de passos que dizem ao computador e às partes do mesmo, o que fazer. A execução

Leia mais

BANCO DE DADOS CONTEÚDO INFORMÁTICA. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br BANCO DE DADOS SGBD TABELA CONCEITOS BÁSICOS

BANCO DE DADOS CONTEÚDO INFORMÁTICA. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br BANCO DE DADOS SGBD TABELA CONCEITOS BÁSICOS CONTEÚDO HARDWARE - 2 AULAS SISTEMA OPERACIONAL - 2 AULAS INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br APLICATIVOS OFFICE - 3 AULAS INTERNET - 1 AULA REDE - 2 AULA SEGURANÇA - 1 AULA BANCO DE

Leia mais

SUÍTES DE APLICATIVOS PARA ESCRITÓRIO. Prof. Erion Monteiro

SUÍTES DE APLICATIVOS PARA ESCRITÓRIO. Prof. Erion Monteiro SUÍTES DE APLICATIVOS PARA ESCRITÓRIO Prof. Erion Monteiro Pensamento do Dia Sabemos o que somos, mas não o que poderíamos ser. William Shakespeare SUÍTES DE APLICATIVOS São pacotes de programas disponibilizados

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: leandro.uff.puro@gmail.com site:

Leia mais

TERMOS DE LICENÇA PARA SOFTWARES HSC

TERMOS DE LICENÇA PARA SOFTWARES HSC TERMOS DE LICENÇA PARA SOFTWARES HSC LEIA COM ATENÇÃO ANTES DE USAR ESSE PRODUTO DE SOFTWARE: Este Termo de Aceite é um Contrato de Licença do Usuário Final ("EULA" - End-User License Agreement) é um contrato

Leia mais

Conteúdo. Uma visão social. O que é? Dá certo? Custos. Recomendações. Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems. Software Livre Junho de 2011

Conteúdo. Uma visão social. O que é? Dá certo? Custos. Recomendações. Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems. Software Livre Junho de 2011 Conteúdo Uma visão social O que é? Dá certo? Custos Recomendações Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems Página 2 Uma visão social História da computação: o começo de tudo 1936 década de 40 Máquina

Leia mais

Universidade do Contestado Campus Concórdia. Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry. Noções de Software

Universidade do Contestado Campus Concórdia. Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry. Noções de Software Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry Noções de Software DISCIPLINA: Fundamentos em Informática Definição A rigor, tudo o que pode ser armazenado

Leia mais

HP Mobile Printing para Pocket PC

HP Mobile Printing para Pocket PC HP Mobile Printing para Pocket PC Guia de Iniciação Rápida O HP Mobile Printing para Pocket PC permite imprimir mensagens de e-mail, anexos e arquivos em uma impressora Bluetooth, de infravermelho ou de

Leia mais

9. Quais as características a tecnologia de conexão à Internet denominada ADSL A) Conexão permanente, custo variável, linha telefônica liberada e

9. Quais as características a tecnologia de conexão à Internet denominada ADSL A) Conexão permanente, custo variável, linha telefônica liberada e 9. Quais as características a tecnologia de conexão à Internet denominada ADSL A) Conexão permanente, custo variável, linha telefônica liberada e velocidade maior do que as linhas tradicionais. B) Conexão

Leia mais

Software Livre na UFG e em Casa

Software Livre na UFG e em Casa UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CONPEEX 2010 Software Livre na UFG e em Casa Hugo Alexandre Dantas do Nascimento Diretor do CERCOMP diretor@cercomp.ufg.br hadn@inf.ufg.br Sumário Introdução Definição de

Leia mais

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online Page 1 of 5 Windows SharePoint Services Introdução a listas Ocultar tudo Uma lista é um conjunto de informações que você compartilha com membros da equipe. Por exemplo, você pode criar uma folha de inscrição

Leia mais

Informática. Informática. Valdir

Informática. Informática. Valdir Informática Informática Valdir Questão 21 A opção de alterar as configurações e aparência do Windows, inclusive a cor da área de trabalho e das janelas, instalação e configuração de hardware, software

Leia mais

CURSOS OFERECIDOS. seus objetivos e metas. E também seus elementos fundamentais de Administração, como: PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E CONTROLE.

CURSOS OFERECIDOS. seus objetivos e metas. E também seus elementos fundamentais de Administração, como: PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E CONTROLE. CURSOS OFERECIDOS Access 2007 Aproximadamente 20 horas O aluno aprenderá criar Banco de Dados de forma inteligente, trabalhar com estoques, número de funcionários, clientes etc. Conhecerá ferramentas aprimoradas

Leia mais

IV Seminário de Iniciação Científica

IV Seminário de Iniciação Científica ANÁLISE DA APLICABILIDADE DE SOFTWARE LIVRE NAS INSTITUIÇÕES DO ESTADO DE GOIÁS E A INCLUSÃO DIGITAL Daniel Seabra 1,4 e Ly Freitas Filho 1,4 RESUMO Este estudo tem o intuito de auxiliar os gestores organizacionais

Leia mais

Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br

Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Informática Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Roteiro de Aula Softwares Conceito, Classificação, exemplos, uso e aplicações Formas de distribuição

Leia mais

Hardware. Computador. Hardware parte do computador em que você normalmente mete o pé quando seu computador não executa uma tarefa solicitada por você.

Hardware. Computador. Hardware parte do computador em que você normalmente mete o pé quando seu computador não executa uma tarefa solicitada por você. Computador Hardware Hardware é a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Hardware parte do

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO:

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO: SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br FUNÇÃO: GERENCIAR, ADMINISTRAR OS RECURSOS DA MÁQUINA. SISTEMA OPERACIONAL EXEMPLOS MS-DOS WINDOWS 3.1 WINDOWS 95 WINDOWS

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais

Sistemas de Informações Gerenciais Sistemas de Informações Gerenciais Intranets, Extranets e a Internet Uma intranet Sites é uma na rede Internet interna a uma organização que utiliza tecnologias da Internet para fornecer um ambiente do

Leia mais

AULA 01-02-03 SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS

AULA 01-02-03 SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS AULA 01-02-03 SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS Curso: Sistemas de Informação (Subseqüente) Disciplina: Administração de Banco de Dados Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.br História

Leia mais

SOFTWARE LIVRE DISCIPLINA:

SOFTWARE LIVRE DISCIPLINA: SOFTWARE LIVRE DISCIPLINA: Introdução a Ciência da Computação DOCENTE: Ricardo Sant ana DISCENTE: Matheus Vieira e Silva 1º ANO ARQUIVOLOGIA Junho de 2006 Entendendo o que é Software Livre: Liberdade dos

Leia mais

Roteiro. BCC321 - Banco de Dados I. Conceitos Básicos. Conceitos Básicos. O que é um banco de dados (BD)?

Roteiro. BCC321 - Banco de Dados I. Conceitos Básicos. Conceitos Básicos. O que é um banco de dados (BD)? Roteiro BCC321 - Banco de Dados I Luiz Henrique de Campos Merschmann Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto luizhenrique@iceb.ufop.br www.decom.ufop.br/luiz Conceitos Básicos Banco

Leia mais

Pontos alterados na Política Comercial

Pontos alterados na Política Comercial POLÍTICA COMERCIAL VIGENTE VERSÃO 1.1 POLÍTICA COMERCIAL REVISADA 2 DISTRIBUIDORES de Market Data BM&FBOVESPA DISTRIBUIDOR de market data é qualquer organização que distribui o Market Data BM&FBOVESPA.

Leia mais

Pontos alterados na Política Comercial

Pontos alterados na Política Comercial POLÍTICA COMERCIAL VIGENTE VERSÃO 1.1 POLÍTICA COMERCIAL REVISADA 2 DISTRIBUIDORES de Market Data BM&FBOVESPA DISTRIBUIDOR de market data é qualquer organização que distribui o Market Data BM&FBOVESPA.

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof. Esp. Lucas Cruz

Tecnologia da Informação. Prof. Esp. Lucas Cruz Tecnologia da Informação Prof. Esp. Lucas Cruz Software A utilização comercial da informática nas empresas iniciou-se por volta dos anos 1960. O software era um item menos dispendioso que o hardware, e

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Sistema operacional Internet Softwares aplicativos. Relembrando: O computador

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Sistema operacional Internet Softwares aplicativos. Relembrando: O computador Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Sistema operacional Internet Softwares aplicativos Prof. Renato Pimentel 1 Relembrando: O computador Equipamento eletrônico capaz de processar

Leia mais

Banco de Dados I. Introdução. Fabricio Breve

Banco de Dados I. Introdução. Fabricio Breve Banco de Dados I Introdução Fabricio Breve Introdução SGBD (Sistema Gerenciador de Banco de Dados): coleção de dados interrelacionados e um conjunto de programas para acessar esses dados Coleção de dados

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Computadores: Ferramentas para a Era da Informação Material Didático do Livro: Introdução à Informática Capron,, H. L. e Johnson, J. A Pearson Education Componentes de um Sistema

Leia mais

Administração de Sistemas. E-mail: fdenis_natal@yahoo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com

Administração de Sistemas. E-mail: fdenis_natal@yahoo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com Administração de Sistemas de Informação PROF. FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA E-mail: fdenis_natal@yahoo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com Infraestrutura de TI - Software Parte atelógica ógcadosste sistema

Leia mais

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD)

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD) ******* O que é Internet? Apesar de muitas vezes ser definida como a "grande rede mundial de computadores, na verdade compreende o conjunto de diversas redes de computadores que se comunicam e que permitem

Leia mais

A melhor ferramenta para criar e gerenciar Nota Fiscal Eletrônica

A melhor ferramenta para criar e gerenciar Nota Fiscal Eletrônica A melhor ferramenta para criar e gerenciar Nota Fiscal Eletrônica Gestor NFe Características Tecnologia Diferenciais Como Instalar e Licenciar Custos Contatos Características O objetivo do Gestor NFe é

Leia mais

Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1

Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1 Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1 Fundação Getúlio Vargas Estudantes na Escola de Administração da FGV utilizam seu laboratório de informática, onde os microcomputadores estão em rede

Leia mais

O modelo Bazar de Produção de Softwares. O caso das Comunidades Virtuais de Software livre.

O modelo Bazar de Produção de Softwares. O caso das Comunidades Virtuais de Software livre. O modelo Bazar de Produção de Softwares O caso das Comunidades Virtuais de Software livre. Por Vicente Aguiar Fonte: Lucas Rocha Feced/2005 Sobre esta apresentação 2008 Vicente Aguiar

Leia mais