Traduzido e adaptado do inglês U.S. Chess Center

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Traduzido e adaptado do inglês U.S. Chess Center"

Transcrição

1 1 IV. TORRES Objetivos desta lição: Enunciar e aplicar as regras de movimento de torres Usar as regras de movimento para contar lances e capturas Resolver problemas usando as torres Entender a estratégia de posicionamento das torres e quando usá-las O principal objetivo desta lição é ensinar as regras dos movimentos das torres. Os estudantes irão jogar o jogo dos peões com bispos e torres para praticar as regras de movimento destas duas peças. Como no jogo dos peões, ganha quem for o primeiro a colocar um peão na última fileira, ou capturar todos os peões do oponente, ou alcançar uma posição na qual o oponente deve jogar, mas ele não tem nenhum lance à disposição e o jogador tem. Muitos estudantes têm dificuldades neste ponto. Lidar com os movimentos de três peças diferentes pode ser bastante difícil. O instrutor deve estar preparado para gastar bastante tempo para permitir que os estudantes joguem o jogo dos peões com bispos e torres. Quando os estudantes tiverem assimilado bem os conceitos deste capítulo, jogar xadrez de verdade com todas as peças será fácil. Entretanto, passar muito rapidamente aqui irá privar os estudantes de muitos conceitos importantes que serão úteis para o uso de boas estratégias no jogo completo de xadrez. Sumário desta lição: 1. Revisão de problemas com os bispos 2. Movendo as torres 3. Competição para os estudantes: O jogo dos peões, bispos e torres 4. Ideias com torres e peões

2 2 1. Revisão de Problemas com Bispos Antes de ensinar os movimentos das torres, é importante que os estudantes dominem bem os movimentos de peões e de bispos Revisão de Bispos Peça para os estudantes encontrarem o número mínimo de lances para que o bispo das brancas capture todos os peões negros, assumindo que eles não se movam. O objetivo é encontrar um padrão eficiente, como Bd3 h7 g8 f7 h5 f3 c6 a4, que usa apenas oito lances. Na posição à direita, é a vez das brancas. Quem vai ganhar? Com lances corretos, as brancas devem vencer. Se as brancas atacarem o peão-ee das negras, movendo seu bispo para c3 ou d6, as brancas ganham. Mas se as brancas jogarem Bd2 (um lance passivo que fica na frente dos peões, mas não ataca nada), então as negras podem avançar seu peão para d4 e ganhar a partida. Revisão da cravada Uma cravada é uma tática que mantém algo no lugar, que pode então se tornar um alvo. Bisposs são bons para criar cravadas nas diagonais, mas não são as únicas peças boas para criar cravadas. Seja agressivo Para ganhar no xadrez, é importante ser agressivo. Crie ameaças. Capture peças desprotegidas. Avance os peões sempre que uma boa oportunidade exista.

3 3 2. Movendo as Torres Pergunte aos estudantes comoo as torres se movimentam. Eles devem usar a terminologia apropriada do xadrez. As torres se movimentam ao longo de colunas e fileiras. Elas podem se mover até serem bloqueadas por peças da própria cor ou capturarem alguma peça inimiga.. Capturas de torre Monte a posição à direita e mostre como as torres capturam. Note que a torre pode capturar o bispo em e2 ou o peão em b5, mas não pode capturar o bispo em a5, pois a torre está bloqueada pelo seu próprio peão. Ela também não pode capturar o peão-h5 na sua vez de jogar, pois uma vez que ela capture o peão-g5 ela para e a vez das brancas acabou. Torres se atacam e se defendem mutuamente Quantos lances diferentes a torre pode fazer na posição acima? (a resposta é oito). A torre tem várias casas para escolher, incluindo duas capturas diferentes. Lembre que os estudantes devem responder nomeando as casas com notação do xadrez. O instrutor pode também listar no quadro negro, usando a notação do xadrez, todos os lances que a torre pode fazer nesta posição, para ajudar os estudantes a aprender a notação. Torres de lados opostos se atacam mutuamente, enquanto que torres da mesma cor se defendem mutuamente. Torres ao longo da mesma coluna ou fileira controlam as mesmas casas entre elas, e cada uma controla a casa que a outra está.

4 4 Na posição à direita, cada par de torres de mesma cor está defendendo a outra, enquanto que ambas as torres brancas estão atacando a torre negra em f5, que por sua vez está atacando ambas as torres brancas. 3. Competição com Torres, Bispos e Peões Estudantes irão agora competir no jogo dos peões, bispos e torres. Como antes, existem três maneiras de vencer: i) avançar um peão até a última fileira, ii) capturar todos os peões do oponente (não é necessário capturar bispos ou torres para vencer) e iii) alcançar uma posição na qual é a vez do seu oponente de jogar, mas ele não tem nenhum lance legal e você tem. Prática, o reforço competitivo É extremamente importante que os estudantes jogem muitas partidas com as torres, bispos e peões. Eles precisam se sentir confortáveis com as propriedades, vantagens, diferenças e estratégias de cada peça. O instrutor pode inserir cada uma das lições em pequenos segmentos, interrompendo as partidas dos estudantes, mas permitindo que eles joguem na maior parte do tempo.

5 5 4. Ideias com Torres e Peões Monte no tabuleiro a posição à direita e peça aos estudantes para mover a torre (quantos lances forem necessários) de forma que ela irá finalmente capturar o peão. Atacar o peão lateralmente não ganha tão rapidamente quanto posicionar a torre na coluna onde ele está e depois capturá-lo. Agora monte a posição ao lado e repita o exercício. A torre deve derrotar os dois peões, de forma que nenhum deles chegue à última fileira. Agora, neste caso, a maneira mais rápida de ganhar é começar colocando a torre na fileira onde os dois peões estão posicionados, capturarr um deles no próximo lance e então posicionar a torre atrás do peão remanescente, capturando-o no quarto lance. 5. Táticas Os estudantes irão descobrir muitas estratégias úteis para ganhar partidas. Garfo Um garfo ocorre quando uma peça está atacando mais de uma peça do oponente ao mesmo tempo. Qualquer peça pode ser usada para criar um garfo. Na posição à direita, peça aos estudantes dizerem qual seria o melhor lance das brancas. Pense no que o oponente irá fazer Capturar o peão-c7 parece atraente, mas os estudantes precisam considerar o que o oponente irá fazer. Neste caso, ele provavelmente irá capturar a torre com o bispo vigiante em a5. As

6 6 brancas também poderiam avançar um peão. Embora este lance não seja mau, também não é a melhor escolha. Ataque descoberto A melhor escolha é mover a torre para c5, atacando os dois bispos simultaneamente. Atacar os dois bispos simultaneamente é chamado de garfo. Se as negras colocarem um bispo em segurança, o outro será capturado. Um lance que faz duas ameaças é melhor do que um que faz apenas uma.. Monte no tabuleiro a posição à direita. O lance é das brancas. Qual sua melhor estratégia? As brancas têm muitas opções razoáveis. Dois lances ruins são T x a5 (entregando uma torre em troca de um peão) e Tb1 (onde ela pode ser capturada de graça pelo bispo). Outros lances podem ser bons, mas não necessariamente o melhor. A melhor escolha é mover o peão de e2-e4. Este lance ataca ambos o bispo em f5 e a torre em a6. O bispo branco estava bloqueado pelo peão e não podia capturar a torre, mas agora pode. Mover uma peça para criar um ataque com uma peça atrás é conhecido como ataque descoberto. Ataques descobertos podem ser muito fortes. Neste caso, o peão está atacando o bispo enquanto o bispo está atacando a torre. As negras podem mover um deles para escapar do ataque, mas não podem mover os dois. Se o bispo negro capturar o peão-e4, o bispo branco irá capturar a torre em a6. No lance seguinte, a torre branca irá capturar o peão- a5, agora desprotegido. Enquanto as brancas não cometerem o erro de perder a torre ou de mover o peão-c3 que está seguro, elas irão ganhar a partida e devem ganhar rapidamente..

7 7 Se as negras moverem o bispo para c8 para proteger a torre, as brancas irão capturar a torre em a6 de qualquer maneira. (diagrama ao lado). Após as negras capturarem o bispo em a6, qual é o melhor lance das brancas? Novamente, a melhor escolha é capturar o peão-a5 que está desprotegido. Esta posição permite ao instrutor revisar o conceito de garfo, pois quando as brancas capturam o peão-a5 com a torre, ela ataca o bispo em a6 e o peão negro em c5 ao mesmo tempo. O valor relativo de bispos e torres Torres controlam mais casas Quem é mais forte, o bispo ou a torre? Comoo eles têm propriedades distintas, em certas posições o bispo será mais útil do que a torre. Entretanto, de forma geral, a torre é mais forte. Por que? Em primeiro lugar, uma torre controla mais casas do que um bispo. Coloque um bispo em um tabuleiro vazio e pergunte quantas casas ele controla se nada o estiver bloqueando. A resposta será 7, 9, 11 ou 13 casas, dependendo de quão próximo do centro ele estiver. Agora coloque uma torre em qualquer lugar no tabuleiro e pergunte quantas casas ela controla se nada a estiver bloqueando. Ela controla 14 casas de qualquer lugar. Desta forma, os estudantes podem ver que uma torre pode controlar até duas vezes o número de casas que um bispo controla, e ela controla mais casas que um bispo na melhor posição.

8 8 Agora monte o tabuleiro com a posição à direita. Pergunte quantos lances o bispo precisa para capturar a torre se ela não se mover. Peça aos estudantes para usar a notação de xadrez para explicar os dois métodos de captura da torre (1. Bc4 então para e6, ou 2. Bf5 então para e6) Pergunte agora quantos lances a torre precisa para capturar o bispo se ele não se mover. Peça novamente aos estudantes para usar a notação de xadrez para explicar os dois métodos de captura do bispo (1. Te3 então para d3, ou 2. Td6 então para d3) Torres controlam casas das duas cores, bispos só de uma Agora mude a posição da torre ou do bispo em apenas uma casa, como no exemplo ao lado. A torre ainda precisa de dois lances para capturar o bispo, mas o bispo jamais irá capturar a torre, pois ela está em casa de cor diferente da do bispo. Embora a torre possa alcançar qualquer casa no tabuleiro, um bispo está limitado a se mover em casas de apenas uma cor.

9 9 Como as torres podem ser mais fortes do que os bispos Agora nós temos duas razões para acreditar que as torres são mais fortes do que bispos, de maneira geral. Monte a posição à direita. Diga aos estudantes que neste jogo as regras são diferentes, e que peões não podem capturar nem ser capturados. As brancas jogam antes. O objetivo delas é capturar o bispo negro e o objetivo das negras é evitar que ele seja capturado Elaborando um plano Se as brancas não controlarem a casa f8, as negras devem mover seu bispo para f8 e depois para o espaço aberto, tendo o cuidado de não coloca-lo em uma casa controlada pela torre. As brancas precisam descobrir onde as negras desejam posicionar seu bispo e então planejar como mantê-lo sob controle. A maneira mais rápida das brancas de ganhar é jogar Tc8. As negras então têm três lances possíveis para o bispo: se elee for para f8 ou h8, ele será capturado pela torre, então ele se move para h6. O melhor lance das brancas é mover Tg8, controlando ambas as casa que o bispo negro pode ir. As brancas capturam então o bispo quando ele se mover para uma delas. É melhor que os estudantes descubram tudo isto por conta própria. O instrutor não deve fazer muito além de jogar pelas negras, movendo o bispo para f8 e então para o espaço aberto, permitindo que os estudantes tentem ganhar a partida. Táticas práticas Planejamento os próximos lances Monte a posição à direita. Diga aos estudantes que é a vez das brancas e pergunte qual seria a melhor estratégia. As brancas têm várias opções razoáveis. Esta é uma posição complexa. Mover peças para onde elas podem se capturadas de graça é na maior parte dos casos uma má estratégia. Entretanto, procurar por um sacrifício útil deve ser

10 10 encorajado. Combinação Neste caso, o melhor lance é jogar Rxh4. Embora as brancas estejam trocando uma torre mais forte por um bispo, depois que as negras jogarem Rxh4 será a vez das brancas jogarem novamente. Qual é o melhor lance das brancas? Bg5 dá um garfo nas duas torres. No final desta sequência de lances (uma combinação, como é chamada por enxadristas), as brancas ficam com um bispo a mais. Um bispo extra em uma posição complicada como esta é uma vantagem vitoriosa. As melhores posições para as torres Peça aos estudantes, enquanto eles estiverem jogando, para descobrir em que lugar as torres são mais fortes e se é melhor trazê-las o quanto antes ou se é melhor esperar até mais tarde. Com os bispos, os estudantes devem lembrarr que eles determinaram que era melhor desenvolvê-los logo no início da partida e aponta-los para o centro, onde eles são mais fortes. Torres são diferentes. As torres não devem ser usadas logo As brancas cometeram o erro de desenvolver a torre muito cedo. Qual é a melhor resposta das negras? Capturar a torre em a3 com o bispo em f8 é uma excelente troca para as negras. A decisão das brancas de mover a torre muito cedo não foi uma boa decisão. Para ajudar os estudantes a descobrir com fazer o melhor uso das torres, monte no tabuleiro a posição à direita. Peça a eles para pensar sob o ponto de vista das brancas. Pergunte então em qual casa vazia que eles gostariam de colocar uma torre, sabendo que o próximo lance é das negras. Muitas sugestões são razoáveis, incluindo colocá-la na quarta ou quinta fileira, onde ela pode se mover nas quatro direções e, se

11 11 não for nas colunas d- e e-, ela ainda atacará peões. Entretanto, se a torre estiver atacando um peão pela frente (estando na mesma coluna do peão), o peão pode se defender avançando uma casa (onde estará protegido por um peão adjacente) ou pode ser defendido por uma torre atrás do peão atacado. Entretanto, se a torre for colocada na sétima fileira, ela irá atacar mais de um peão. Como isto é chamado? Um garfo! Se um peão for defendido, o outro pode ser capturado. Torres são mais fortes na sétima fileira Coluna aberta Na maioria das partidas, muitos peões ainda não terão sido movidos. Onde as torres são mais fortes? Quando os estudantes forem jogar xadrez com todas as peças, eles verão que as torres são mais fortes na sétima fileira, que é a fileira da posição inicial dos peões do oponente. Como levar uma torre até a sétima fileira? Pergunte aos estudantes se não é mais fácil posicioná-la em uma coluna sem peões. Jogadores de xadrez chamam estas colunas de colunas abertas. Como jogadores de xadrez chamam colunas onde existem peões de ambas as cores? Coluna fechada Colunas com peões de ambas as cores são conhecidas como colunas fechadas. Onde as torres ficam mais bem posicionadas? Como elas controlam mais casas quando não são bloqueadas por peões, usualmente as torres ficam melhores em colunas abertas. Torres são mais fortes na sétima fileira e em colunas abertas Ao estar em uma coluna aberta, uma torre pode se mover para a sétima fileira, ou outras caso a boa estratégia dite. Sumarizando, torres são mais fortes na sétima fileira e em colunas abertas.

12 12 Usualmente, não se deve mover as torres muito cedo Na posição inicial, quantas colunas abertas existem? Não existe nenhuma. Somente quando peões forem capturados é que colunas abertas são criadas. Usualmente, é melhor esperar até que existam colunas abertas para mover as torres, pois somente então o jogador saberá a melhor posição para elas. Mover as torres mais cedo do que isto é simplesmente perda de tempo.

Curso básico de Xadrez

Curso básico de Xadrez Projeto LIPRA Livro Interativo Potencializado com Realidade Aumentada Curso básico de Xadrez Autor: Raryel Costa Souza Orientação: Claudio Kirner Xadrez 1 Introdução O xadrez é um jogo de tabuleiro para

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA Aula 25/08

ORGANIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA Aula 25/08 FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE UNIPAC DE CIÊNCIAS JURÍDICAS, CIÊNCIAS SOCIAIS, LETRAS E SAÚDE DE UBERLÂNDIA. Rua Tiradentes, nº. 66 Centro Uberlândia/MG - Telefax: (34) 3291-2100

Leia mais

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 6. Curso de Combinatória - Nível 2. Jogos. 1. Simetria. Prof. Bruno Holanda

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 6. Curso de Combinatória - Nível 2. Jogos. 1. Simetria. Prof. Bruno Holanda Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Combinatória - Nível 2 Prof. Bruno Holanda Aula 6 Jogos Quando falamos em jogos, pensamos em vários conhecidos como: xadrez, as damas e os jogos com baralho. Porém,

Leia mais

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas Índice Introdução Defina suas etapas de vendas corretamente Como definir suas etapas de vendas 03 05 06 2 Introdução Olá,

Leia mais

Objetivo do jogo 40 pontos todos os quadrados de um templo todos os quadrados amarelos todos os quadrados verdes Material do jogo 72 cartas

Objetivo do jogo 40 pontos todos os quadrados de um templo todos os quadrados amarelos todos os quadrados verdes Material do jogo 72 cartas Objetivo do jogo Cada jogador representa o papel de um sumo sacerdote na luta pelo poder em Tebas no antigo Egito. Ganha o jogador que primeiro: Conseguir 40 pontos, ou Ocupar todos os quadrados de um

Leia mais

MATEMÁTICA PARA VENCER. Apostilas complementares APOSTILA 10: Exercícios Cap 01. www.laercio.com.br

MATEMÁTICA PARA VENCER. Apostilas complementares APOSTILA 10: Exercícios Cap 01. www.laercio.com.br MATEMÁTICA PARA VENCER Apostilas complementares APOSTILA 10: Exercícios Cap 01 www.laercio.com.br APOSTILA 10 Exercícios cap 01 MATÉRIA FÁCIL, QUESTÕES DIFÍCEIS HORA DE ESTUDAR (cap 01) Apostila de complemento

Leia mais

Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios

Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios O Método Intuitivo de elaboração de circuitos: As técnicas de elaboração de circuitos eletropneumáticos fazem parte

Leia mais

UM JOGO BINOMIAL 1. INTRODUÇÃO

UM JOGO BINOMIAL 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO UM JOGO BINOMIAL São muitos os casos de aplicação, no cotidiano de cada um de nós, dos conceitos de probabilidade. Afinal, o mundo é probabilístico, não determinístico; a natureza acontece

Leia mais

Probabilidade. Evento (E) é o acontecimento que deve ser analisado.

Probabilidade. Evento (E) é o acontecimento que deve ser analisado. Probabilidade Definição: Probabilidade é uma razão(divisão) entre a quantidade de eventos e a quantidade de amostras. Amostra ou espaço amostral é o conjunto formado por todos os elementos que estão incluídos

Leia mais

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008 Universal Entrada 2008 Programa Programa - Manual do Aplicador Teste Universal - 2008 Teste Cognitivo Leitura/Escrita e Matemática Caro alfabetizador(a): Se você está recebendo este material, é porque

Leia mais

Parabéns por você ter chegado até aqui isso mostra o seu real interesse em aprender como se ganhar dinheiro na internet logo abaixo te darei algumas

Parabéns por você ter chegado até aqui isso mostra o seu real interesse em aprender como se ganhar dinheiro na internet logo abaixo te darei algumas Parabéns por você ter chegado até aqui isso mostra o seu real interesse em aprender como se ganhar dinheiro na internet logo abaixo te darei algumas dicas! Dica 1 para Ganhar Dinheiro na Internet Com Crie

Leia mais

Técnicas de Contagem I II III IV V VI

Técnicas de Contagem I II III IV V VI Técnicas de Contagem Exemplo Para a Copa do Mundo 24 países são divididos em seis grupos, com 4 países cada um. Supondo que a escolha do grupo de cada país é feita ao acaso, calcular a probabilidade de

Leia mais

Exemplos. Jogo dos oito :-) Mundo dos blocos (ex: torre de Hanoi) Poblema das rainhas. Criptoaritmética. Missionários e Canibais.

Exemplos. Jogo dos oito :-) Mundo dos blocos (ex: torre de Hanoi) Poblema das rainhas. Criptoaritmética. Missionários e Canibais. istemas Inteligentes, 10-11 1 Exemplos Jogo dos oito :-) Mundo dos blocos (ex: torre de Hanoi) Poblema das rainhas Criptoaritmética Missionários e Canibais Resta-um e muitos outros... istemas Inteligentes,

Leia mais

AULA 07 Distribuições Discretas de Probabilidade

AULA 07 Distribuições Discretas de Probabilidade 1 AULA 07 Distribuições Discretas de Probabilidade Ernesto F. L. Amaral 31 de agosto de 2010 Metodologia de Pesquisa (DCP 854B) Fonte: Triola, Mario F. 2008. Introdução à estatística. 10 ª ed. Rio de Janeiro:

Leia mais

1 Circuitos Pneumáticos

1 Circuitos Pneumáticos 1 Circuitos Pneumáticos Os circuitos pneumáticos são divididos em várias partes distintas e, em cada uma destas divisões, elementos pneumáticos específicos estão posicionados. Estes elementos estão agrupados

Leia mais

Divulgação de conteúdos para quem quiser APRENDER A JOGAR XADREZ

Divulgação de conteúdos para quem quiser APRENDER A JOGAR XADREZ Divulgação de conteúdos para quem quiser APRENDER A JOGAR XADREZ Este trabalho resulta de uma parceria entre a FPX e a FCCN, com o apoio do IDP. Vídeos de divulgação: Fase 1 Iniciação: Regras básicas e

Leia mais

SEO sem Limites - 3 Passos Básicos de SEO

SEO sem Limites - 3 Passos Básicos de SEO SEO sem Limites - 3 Passos Básicos de SEO Por Paulo A. Corrêa - Primer Página 1 Obrigado! Por baixar meu E-book! Espero que esse conteúdo possa ser um divisor de águas na sua carreira no Marketing Digital!

Leia mais

I-OBJETIVO DO JOGO ENQUANTO ATIVIDADE DE ENSINO

I-OBJETIVO DO JOGO ENQUANTO ATIVIDADE DE ENSINO 6 I-OBJETIVO DO JOGO ENQUANTO ATIVIDADE DE ENSINO Resolver problemas envolvendo as operações: adição subtração e multiplicação; Desenvolver a habilidade de cálculo mental. II-MATERIAL 1. Fichas com a figura

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Comunicação em Grupo Referência Sistemas operacionais modernos Andrew S. TANENBAUM Prentice-Hall, 1995 Seção 10.4 pág. 304-311 2 Comunicação em Grupo Suponha que se deseja um serviço de arquivos único

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE

ENGENHARIA DE SOFTWARE INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Curso Técnico em Informática : ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Um conjunto estruturado

Leia mais

Jogos com números Colocando números

Jogos com números Colocando números Jogos com números Colocando números 1) Coloque os dígitos de 1 a 6 sem repeti-los, cada um em um quadrado para que a igualdade expressada a seguir seja correta. Observe que dois quadrados juntos indicam

Leia mais

COMO CRIAR LANDING PAGES DE SUCESSO. Tudo sobre a Página Perfeita! COLMÉIA SITES

COMO CRIAR LANDING PAGES DE SUCESSO. Tudo sobre a Página Perfeita! COLMÉIA SITES COMO CRIAR LANDING PAGES DE SUCESSO Tudo sobre a Página Perfeita! Por que criar Landing Pages? De acordo com estudos, foi comprovado que com o uso de uma Landing Page é possível aumentar em até 46% as

Leia mais

Como acertar na contratação do consultor de TI

Como acertar na contratação do consultor de TI Como acertar na contratação do consultor de TI Esse profissional especializado normalmente atua com prazos custos e por isso é imperativo localizar o perfil adequado. A contratação de um consultor de TI

Leia mais

Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital

Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital 1 2 Por Tiago Bastos Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital Por Tiago Bastos Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa Seu Primeiro Negócio Digital" não pode fazer garantias sobre

Leia mais

Google compra empresa de segurança VirusTotal

Google compra empresa de segurança VirusTotal Google compra empresa de segurança VirusTotal A Google confirmou neste sábado (8) a aquisição da empresa VirusTotal, uma companhia ainda em fase inicial de trabalhos e com pouca experiência de mercado.

Leia mais

Gerenciamento dos Riscos do Projeto (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento dos Riscos do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento dos Riscos do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Esta é uma área essencial para aumentar as taxas de sucesso dos projetos, pois todos eles possuem riscos e precisam ser gerenciados, ou seja, saber o

Leia mais

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República Palavras do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Escola Municipal de Rio Largo, durante encontro para tratar das providências sobre as enchentes Rio Largo - AL, 24 de junho de 2010 Bem,

Leia mais

Realizando cálculos para o aparelho divisor(iii)

Realizando cálculos para o aparelho divisor(iii) Realizando cálculos para o aparelho divisor(iii) A UU L AL A A fresagem helicoidal é empregada na fresagem de ranhuras de peças como brocas, alargadores, machos e engrenagens helicoidais. Vamos supor,

Leia mais

Usando potências de 10

Usando potências de 10 Usando potências de 10 A UUL AL A Nesta aula, vamos ver que todo número positivo pode ser escrito como uma potência de base 10. Por exemplo, vamos aprender que o número 15 pode ser escrito como 10 1,176.

Leia mais

Jogo da memória dos meios de transporte

Jogo da memória dos meios de transporte A atividade proposta visa desenvolver no aluno a capacidade de identificar os diferentes meios, compreendendo a importância deles em nosso cotidiano, e, além disso, para as relações sociais e econômicas

Leia mais

Manual Groasis Waterboxx para legumes

Manual Groasis Waterboxx para legumes Manual Groasis Waterboxx para legumes 1. Use uma estufa de acordo com o desenho como se mostra na figura abaixo, com a possibilidade de ventilar os lados e com uma tela/sombra dupla de cor branca no topo

Leia mais

1.1- Vamos começar com a planta baixa, na escala 1:20. Obs: passe a planta, com as medidas indicadas em uma folha separada, na escala 1:20.

1.1- Vamos começar com a planta baixa, na escala 1:20. Obs: passe a planta, com as medidas indicadas em uma folha separada, na escala 1:20. 1 PONTO DE FUGA 1.1- Vamos começar com a planta baixa, na escala 1:20. Obs: passe a planta, com as medidas indicadas em uma folha separada, na escala 1:20. 30 1.2- Coloque essa planta na parte de cima

Leia mais

01/09/2009. Entrevista do Presidente da República

01/09/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de encerramento do 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA) Vitória-ES, 1º de setembro de 2009

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO - Basquete Duplo Instruções de Montagem

MANUAL DO USUÁRIO - Basquete Duplo Instruções de Montagem MANUAL DO USUÁRIO - Basquete Duplo Instruções de Montagem Por favor, contate-nos antes de retornar o produto à loja: (19) 3573-8999. Garantia Limite de 90 dias Este produto tem garantia de até 90 dias

Leia mais

*Este tutorial foi feito para o Windows 7, mas pode ser usado em qualquer outro Windows, basta seguir o mesmo raciocínio.

*Este tutorial foi feito para o Windows 7, mas pode ser usado em qualquer outro Windows, basta seguir o mesmo raciocínio. Tutorial Sensores *Este tutorial foi feito para o Windows 7, mas pode ser usado em qualquer outro Windows, basta seguir o mesmo raciocínio. *É necessário ter o Microsoft Excel instalado no computador.

Leia mais

Treinamento Físico e Técnico para Futebol

Treinamento Físico e Técnico para Futebol Método ANALÍTICO O método analítico onsiste em ensinar destrezas motoras por partes para, posteriormente, uni-las. Desvantagens do método Analítico Treinamento Físico e Técnico para Futebol Como característica

Leia mais

Sistemas Operacionais. Sincronização: Semáforos Problema dos Leitores/Escritores

Sistemas Operacionais. Sincronização: Semáforos Problema dos Leitores/Escritores Sistemas Operacionais Sincronização: Semáforos Problema dos Leitores/Escritores Autoria Autores Eduardo André Mallmann 0905/96-9 João Paulo Reginatto 1530/96-0 Local Instituto de Informática UFRGS disciplina:

Leia mais

Problems and Programmers

Problems and Programmers DCC / ICEx / UFMG Problems and Programmers Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo Visão Geral do PnP O jogo Problems and Programmers (PnP) simula um processo de software Fase de requisitos

Leia mais

Transplante capilar Introdução

Transplante capilar Introdução Transplante Capilar Perda de cabelo e calvície são, muitas vezes, uma parte inesperada e indesejada da vida. Felizmente, com os recentes avanços na tecnologia, a perda de cabelo pode ser diminuída ou interrompida

Leia mais

COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA.

COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA. COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA. 2016 É O ANO DA ENTREGA. Temos o melhor time. Disparado! Somos excelentes em sonhos e vamos provar que somos bons também na entrega. Trabalhamos com pessoas de caráter

Leia mais

Exemplo COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter:

Exemplo COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter: COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter: 1. Capa 2. Folha de Rosto 3. Sumário 4. Introdução 5. Texto

Leia mais

Página 2 EDITORIAL. Dhenyfe Lorrany Samarah Christina. Oficinista: Elma Torres. Legenda da imagem ou do elemento gráfico.

Página 2 EDITORIAL. Dhenyfe Lorrany Samarah Christina. Oficinista: Elma Torres. Legenda da imagem ou do elemento gráfico. VIDA ESCOLAR Página 2 VIDA ESCOLAR EDITORIAL Dhenyfe Lorrany Samarah Christina Oficinista: Elma Torres Legenda da imagem ou do elemento gráfico. Página 3 Política na Escola Assim como o Brasil, a escola

Leia mais

Treinando Tubarões. Fabiano Britto Co-Fundador da Ouro Moderno Professor de Cursos Avançados em Animação Pioneiro em Cursos de Desenvolvedor de Games

Treinando Tubarões. Fabiano Britto Co-Fundador da Ouro Moderno Professor de Cursos Avançados em Animação Pioneiro em Cursos de Desenvolvedor de Games Treinando Tubarões Fabiano Britto Co-Fundador da Ouro Moderno Professor de Cursos Avançados em Animação Pioneiro em Cursos de Desenvolvedor de Games Treinamento A ideia Do atendimento ao fechamento Sugestão

Leia mais

Objetivo. Componentes. Ficha Técnica

Objetivo. Componentes. Ficha Técnica Manual de Regras 1 O sol a pino, como o sacerdote, o juiz e o carrasco Lá embaixo, dois homens, forjados no calor da batalha, em busca de sobrevivência e liberdade... ovacionados e maltratados por uma

Leia mais

Marcos Cordeiro. O vídeo tutorial está na àrea de membros do Hotmart Club!

Marcos Cordeiro. O vídeo tutorial está na àrea de membros do Hotmart Club! Marcos Cordeiro O vídeo tutorial está na àrea de membros do Hotmart Club! 1 Índice Introdução O que é um E book Quantas páginas precisa ter um e book Como encontrar tema para o e book Como Criar Capa para

Leia mais

Vamos dar uma olhada nos Processos de Produção Musical mas, antes, começaremos com alguns Conceitos Básicos.

Vamos dar uma olhada nos Processos de Produção Musical mas, antes, começaremos com alguns Conceitos Básicos. Vamos dar uma olhada nos Processos de Produção Musical mas, antes, começaremos com alguns Conceitos Básicos. O processo da produção musical tem sete pontos bem distintos. Antes de entender melhor os sete

Leia mais

1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro. ebookcast (este ebook)

1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro. ebookcast (este ebook) 1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro Nossos conteúdos nos três formatos Minicast (ouça) ebookcast (este ebook) WebPage (leia) 2 Pagar ligações telefônicas e navegação

Leia mais

Contratar um plano de saúde é uma decisão que vai além da pesquisa de preços. Antes de

Contratar um plano de saúde é uma decisão que vai além da pesquisa de preços. Antes de Planos de saúde: Sete perguntas para fazer antes de contratar Antes de aderir a um plano de saúde, o consumidor precisa se informar sobre todas as condições do contrato, para não correr o risco de ser

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS!

INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS! INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS! Qualifying Dia 8 de Novembro ATENÇÃO! Os times inscritos no Futebol Masculino categoria livre e os tenistas inscritos no Tênis categoria A disputarão o

Leia mais

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER MEU TEMPO É PRECIOSO ROTINA INSANA CAOS COMIDA PARA FAZER CASA PARA LIMPAR FILHOS PARA CUIDAR TRABALHO COMO SER ORGANIZADA? Processo que

Leia mais

EGEA ESAPL - IPVC. Resolução de Problemas de Programação Linear, com recurso ao Excel

EGEA ESAPL - IPVC. Resolução de Problemas de Programação Linear, com recurso ao Excel EGEA ESAPL - IPVC Resolução de Problemas de Programação Linear, com recurso ao Excel Os Suplementos do Excel Em primeiro lugar deverá certificar-se que tem o Excel preparado para resolver problemas de

Leia mais

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato Índice Conteúdo Índice... 2 A Importância do Preço Correto... 3 Como chegar ao preço de venda adequado do meu produto?... 3 Como calcular o preço de venda lucro... 5 Como vender meus produtos pela internet...

Leia mais

MDS II Aula 04. Concepção Requisitos Diagrama de Casos de Uso (Use Cases)

MDS II Aula 04. Concepção Requisitos Diagrama de Casos de Uso (Use Cases) MDS II Aula 04 Concepção Requisitos Diagrama de Casos de Uso (Use Cases) 55 DIAGRAMA DE CASOS DE USO BENEFÍCIOS DOS CASOS DE USO ILUSTRAR POR QUE O SISTEMA É NECESSÁRIO OS REQUISITOS DO SISTEMA SÃO COLOCADOS

Leia mais

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO Nos encontramos na música O AfroReggae e a Natura acreditam na cultura. Por isso, estamos juntos mais uma vez para revelar talentos e dar voz aos jovens

Leia mais

Módulo de Princípios Básicos de Contagem. Segundo ano

Módulo de Princípios Básicos de Contagem. Segundo ano Módulo de Princípios Básicos de Contagem Combinação Segundo ano Combinação 1 Exercícios Introdutórios Exercício 1. Numa sala há 6 pessoas e cada uma cumprimenta todas as outras pessoas com um único aperto

Leia mais

Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil

Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil 2015 I F P A 1 0 5 a n o s SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 1 CALENDÁRIO

Leia mais

Real Madrid - Barcelona

Real Madrid - Barcelona Real Madrid - Barcelona Por: Paulo Rebelo Com estas odds não tenho dúvidas a aconselhar o Lay ao Barcelona. Por várias razões que já iremos analisar. Não só aconselhei a fazer como o fiz de facto: Foi

Leia mais

Aparelhos de localização

Aparelhos de localização Aparelhos de localização Três em cada cinco pessoas com demência desaparecem em algum momento, muitas vezes sem aviso. Não é fácil garantir simultaneamente independência e segurança. Um desaparecimento

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A CAPA LIFEPROOF FRÉ PARA IPHONE

INSTRUÇÕES PARA A CAPA LIFEPROOF FRÉ PARA IPHONE INSTRUÇÕES PARA A CAPA LIFEPROOF FRÉ PARA IPHONE A capa LifeProof é à prova d'água, à prova de queda e própria para quaisquer condições climáticas, permitindo utilizar o seu iphone dentro e debaixo d'água.

Leia mais

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial Inteligência Artificial Aula 7 Programação Genética M.e Guylerme Velasco Programação Genética De que modo computadores podem resolver problemas, sem que tenham que ser explicitamente programados para isso?

Leia mais

Dicas incríveis para vender mais... muito mais

Dicas incríveis para vender mais... muito mais 5... Dicas incríveis para vender mais... muito mais O que você vai encontrar neste ebook o que você vai encontrar neste ebook aprenda como gerar 3 mil reais em vendas no Facebook sem gastar com anúncios

Leia mais

LEITURA E ESCRITA FOTO NOME DESCRIÇÃO

LEITURA E ESCRITA FOTO NOME DESCRIÇÃO MATERIAL DE INTERVENÇÃO LEITURA E ESCRITA FOTO NOME DESCRIÇÃO 28,29 + IVA (23%) Loto Palavras e Animais Loto de 72 animais para trabalhar a associação de duas formas: imagem com imagem ou imagem com palavra.

Leia mais

Manual do Knights. Tradução: Marcus Gama

Manual do Knights. Tradução: Marcus Gama Miha Čančula Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Introdução 6 2 Como jogar 7 2.1 Objetivo........................................... 7 2.2 Iniciar o jogo......................................... 7 2.3 Janela

Leia mais

Exercícios cinemática Conceitos básicos e Velocidade média

Exercícios cinemática Conceitos básicos e Velocidade média Física II Professor Alexandre De Maria Exercícios cinemática Conceitos básicos e Velocidade média COMPETÊNCIA 1 Compreender as Ciências Naturais e as tecnologias a elas associadas como construções humanas,

Leia mais

A AGRESSIVIDADE OFENSIVA

A AGRESSIVIDADE OFENSIVA TEMA: A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO DE PÉS COMO FUNDAMENTO PARA A AGRESSIVIDADE OFENSIVA por MANUEL CAMPOS TEMA: A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO DE PÉS COMO FUNDAMENTO PARA A AGRESSIVIDADE OFENSIVA Muitos treinadores

Leia mais

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema Abaixo explicamos a utilização do sistema e qualquer dúvida ou sugestões relacionadas a operação do mesmo nos colocamos a disposição a qualquer horário através do email: informatica@fob.org.br, MSN: informatica@fob.org.br

Leia mais

Análise da Base Nacional Comum Curricular de Matemática. Revisado por Phil Daro, USA Common Core Standards

Análise da Base Nacional Comum Curricular de Matemática. Revisado por Phil Daro, USA Common Core Standards Análise da Base Nacional Comum Curricular de Matemática Revisado por Phil Daro, USA Common Core Standards Complementando a Versão Muitas características excelentes Estrutura de tabela é muito útil Perspectiva

Leia mais

4. Análise de Tarefas

4. Análise de Tarefas Interacção com o Utilizador 4. Análise de Tarefas Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Identificar necessidades e problemas dos utilizadores Avaliar solução Conceber uma solução Prototipar

Leia mais

2 Passos para Ganhar dinheiro com o Google Exatamente isso que você leu no texto acima! É possível ganhar dinheiro online utilizando uma ferramenta

2 Passos para Ganhar dinheiro com o Google Exatamente isso que você leu no texto acima! É possível ganhar dinheiro online utilizando uma ferramenta Teste 2 Passos para Ganhar dinheiro com o Google Exatamente isso que você leu no texto acima! É possível ganhar dinheiro online utilizando uma ferramenta chamada google adsense. Se você ainda não conhece

Leia mais

Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM PAG. 2 PAG. 3 PAG. 4

Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM PAG. 2 PAG. 3 PAG. 4 Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM Árbitro ou Oficial de Mesa. Uma forma diferente de jogar Basquetebol FEV 2016 Nº 04 Índice: PAG. 2 TERMINOLOGIA DA ARBITRAGEM PAG. 3 MITOS NAS

Leia mais

CONCEITO DE ADMINISTRAÇÃO

CONCEITO DE ADMINISTRAÇÃO CONCEITO DE ADMINISTRAÇÃO Sistema Aberto DISCIPLINA: Introdução à Administração FONTE: BATEMAN, Thomas S. SNELL, Scott A. Administração Construindo Vantagem Competitiva. Atlas. São Paulo, 1998. IA_02_CONCEITO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL EM FINANÇAS (PARTE III): GERENCIAMENTO DE CENÁRIOS

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL EM FINANÇAS (PARTE III): GERENCIAMENTO DE CENÁRIOS UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL EM FINANÇAS (PARTE III): GERENCIAMENTO DE CENÁRIOS! Criando cenários a partir do Solver! Planilha entregue para a resolução de exercícios! Como alterar rapidamente

Leia mais

MICROSOFT OFFICE POWERPOINT 2007

MICROSOFT OFFICE POWERPOINT 2007 MICROSOFT OFFICE POWERPOINT 2007 ÍNDICE CAPÍTULO 1 INICIANDO O POWERPOINT 2007...7 CONHECENDO A TELA...7 USANDO MODELOS...13 CAPÍTULO 2 DESIGN DO SLIDE...19 INICIAR COM UM DESIGN DO SLIDE...21 INICIAR

Leia mais

Objectivo Geral: Modulação de Amplitude: standard, com supressão de portadora e QAM.

Objectivo Geral: Modulação de Amplitude: standard, com supressão de portadora e QAM. Departamento de Engenharia Electrotécnica Secção de Telecomunicações Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Licenciatura em Engenharia Informática Introdução às Telecomunicações 2005/2006

Leia mais

Introdução ao. Script. Baltazar Tavares (Psycho Mantys) https://psychomantys.wordpress.com https://about.me/psycho_mantys

Introdução ao. Script. Baltazar Tavares (Psycho Mantys) https://psychomantys.wordpress.com https://about.me/psycho_mantys Introdução ao Script Baltazar Tavares (Psycho Mantys) https://psychomantys.wordpress.com https://about.me/psycho_mantys O que é Bash Script? O que é Bash + Script? O que é Bash? O que é Bash? Ele é um

Leia mais

REGRAS - versão simples - 2 a 4 pessoas

REGRAS - versão simples - 2 a 4 pessoas 1 REGRAS - versão simples - 2 a 4 pessoas Este jogo tem uma versão simples e outra normal. Esta regras que está a ler são da versão simples. Esta versão destina-se a jogadores que não estejam muito familiarizados

Leia mais

sabe o que é a DPOC?

sabe o que é a DPOC? sabe o que é a DPOC? Doença quer dizer mal estar Pulmonar quer dizer que se localiza nos pulmões Obstrutiva quer dizer brônquios parcialmente danificados Crónica quer dizer que é para sempre DPOC o que

Leia mais

USO DO SUSPENSÓRIO DE PAVLIK OU FRALDA FREJKA EM LUXAÇÃO CONGÊNITA DO QUADRIL - LCQ -

USO DO SUSPENSÓRIO DE PAVLIK OU FRALDA FREJKA EM LUXAÇÃO CONGÊNITA DO QUADRIL - LCQ - USO DO SUSPENSÓRIO DE PAVLIK OU FRALDA FREJKA EM LUXAÇÃO CONGÊNITA DO QUADRIL - LCQ - PAVLIK F R E J K A Ref.:FP509i Ref.: FP501i Luxação Congênita do Quadril 1-) Conceito do Aparelho e Explicação: Transcrevemos

Leia mais

Graphing Basic no Excel 2007

Graphing Basic no Excel 2007 Graphing Basic no Excel 2007 Tabela de Conteúdos 1. Inserindo e formatando os dados no Excel 2. Criando o gráfico de dispersão inicial 3. Criando um gráfico de dispersão de dados de titulação 4. Adicionando

Leia mais

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Orientação para pacientes com Cálculo (pedra) da vesícula. Quem pode ter pedra (cálculo) na vesícula? Pedra ou calculo da vesícula e uma doença bastante comum.

Leia mais

Catálogo com truques e jogos de cartas

Catálogo com truques e jogos de cartas Catálogo com truques e jogos de cartas Toque Rápido1 São colocadas cinco cartas sobre a mesa pelo Ajudante do Mágico. Um Voluntário escolhe uma, e comunica a sua escolha ao Ajudante. O Mágico entra em

Leia mais

As turmas vencedoras deste desafio extra vão receber os seguintes prémios:

As turmas vencedoras deste desafio extra vão receber os seguintes prémios: INTRODUÇÃO A atividade pedagógica deste desafio extra foi inspirada no mandamento Nº6 dos Heróis da Fruta intitulado: Os heróis lavam sempre bem as frutas, as mãos e os dentes. Para mais esclarecimentos

Leia mais

Guia de Referência OPEN PROJECT Treinamento Essencial

Guia de Referência OPEN PROJECT Treinamento Essencial Guia de Referência OPEN PROJECT Treinamento Essencial Eng. Paulo José De Fazzio Junior NOME As marcas citadas são de seus respectivos proprietários. Sumário Conceitos do OpenProj... 3 Iniciando um projeto...

Leia mais

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!!

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! Conhecimento gera Crescimento!! Porque você pode! 1 - Dizer SIM ao convite da Oportunidade Perfeita 2 - Ter sempre

Leia mais

Treinamento sobre Progress Report.

Treinamento sobre Progress Report. Treinamento sobre Progress Report. Objetivo O foco aqui é trabalhar o desenvolvimento pessoal de cada aluno. O instrutor irá analisar cada um e pensar em suas dificuldades e barreiras de aprendizado e,

Leia mais

Como utilizar a tecnologia a favor da sua central de atendimento

Como utilizar a tecnologia a favor da sua central de atendimento Como utilizar a tecnologia a favor da sua central de atendimento Conheça algumas tecnologias que podem melhorar a sua central de atendimento. URA: Como utilizar a tecnologia a favor da sua central de atendimento

Leia mais

Cinco erros na hora de monitorar seu ambiente de T.I

Cinco erros na hora de monitorar seu ambiente de T.I Cinco erros na hora de monitorar seu ambiente de T.I Autor: Hernandes Martins Revisado por: Aécio Pires http://hernandesmartins.blogspot.com.br Email: hernandss@gmail.com Junho de 2015 Página 1 Conteúdo

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017

REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO P.2 2. ESCALÕES ETÁRIOS P.3 3. CONSTITUIÇÃO DAS EQUIPAS P.3 4. REGULAMENTO TÉCNICO-PEDAGÓGICO P.3 4.1. FASE LOCAL P.4 4.2. FASE REGIONAL P.5

Leia mais

Deadlocks. Sistemas Operacionais - Professor Machado

Deadlocks. Sistemas Operacionais - Professor Machado Deadlocks Sistemas Operacionais - Professor Machado 1 Deadlock - Definição Um conjunto de processos está em situação de deadlock se todo processo pertencente ao conjunto estiver esperando por um evento

Leia mais

Frações significa a:b, sendo a e b números naturais e b diferente de zero. Chamamos: de fração; a de numerador; b de denominador.

Frações significa a:b, sendo a e b números naturais e b diferente de zero. Chamamos: de fração; a de numerador; b de denominador. O símbolo Frações significa a:b, sendo a e b números naturais e b diferente de zero. Chamamos: de fração; a de numerador; b de denominador. Se a é múltiplo de b, então é um número natural. Veja um exemplo:

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO JERNS JEES 2015

REGULAMENTO ESPECÍFICO JERNS JEES 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL JERNS JEES 2015 1 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL JERNS JEES 2015 CATEGORIA MIRIM 1. A Competição de Basquetebol será realizada de acordo com as regras oficiais da

Leia mais

www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro

www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro Esclerodermia Versão de 2016 2. DIFERENTES TIPOS DE ESCLERODERMIA 2.1 Esclerodermia localizada 2.1.1 Como é diagnosticada a esclerodermia localizada? O aspeto

Leia mais

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2009/2010. Sites dinâmicos. Com Expression Web TI2009/10 EWD_1. Filipa Pires da Silva (2009)

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2009/2010. Sites dinâmicos. Com Expression Web TI2009/10 EWD_1. Filipa Pires da Silva (2009) Cadeira de Tecnologias de Informação Ano lectivo 2009/2010 Sites dinâmicos Com Expression Web TI2009/10 EWD_1 .ASPX vs.html HTML: HTML é uma linguagem para descrever páginas web HTML significa Hyper Text

Leia mais

Colégio Adventista de Rio Preto. Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina

Colégio Adventista de Rio Preto. Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina Colégio Adventista de Rio Preto Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina Futebol de Salão - Futsal Caracterização: É um jogo coletivo desportivo, entre duas equipes, sendo cada uma constituída por doze

Leia mais

AULA 66-70 Array, Herança. Curso: Informática (Subseqüente) Disciplina: Programação Orientada a Objetos Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.

AULA 66-70 Array, Herança. Curso: Informática (Subseqüente) Disciplina: Programação Orientada a Objetos Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu. AULA 66-70 Array, Herança Curso: Informática (Subseqüente) Disciplina: Programação Orientada a Objetos Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.br Array (Vetores) Os vetores são coleções de dados de

Leia mais

Por Maximiliano Carlomagno

Por Maximiliano Carlomagno Por Maximiliano Carlomagno Como vender uma ideia inovadora? Por Maximiliano Carlomagno Copyright 2010 Innoscience Artigo publicado no Blog de Inovação 3M, em 16/01/2013 Tenho um utensílio a ser industrializado

Leia mais

JOGOS E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS TORRE DE HANÓI

JOGOS E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS TORRE DE HANÓI UNIVERDIDADE SÃO PAULO INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA JOGOS E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS TORRE DE HANÓI Kássio Luiz Lilian Renata dos Santos Marcelo Salete Rodrigues TORRE DE HANÓI Foi inventado pelo

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA 5ºAno 1.5 CIÊNCIAS 4º período 10 de dezembro de 2015 Cuide da organização da sua prova. Escreva de forma legível. Fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na correção.

Leia mais

Competências e Habilidades

Competências e Habilidades Competências e Habilidades Aula 11 Gestão da Carreira Autoconhecimento Personalidade Motivações Valores Habilidades Interesses Análise do Ambiente Definição de objetivos Ações / Estratégias 2 1 Gerenciamento

Leia mais

Virtualização: Para vencer a complexidade da TI ABERDEEN GROUP

Virtualização: Para vencer a complexidade da TI ABERDEEN GROUP Virtualização: Para vencer a complexidade da TI ABERDEEN GROUP 1 A luta da TI é real Lutar faz parte da vida. Todos os dias, tanto em nossa vida pessoal quanto profissional, lutamos para fazer nosso melhor,

Leia mais