dno 72.'-Número &sz-sabado 14 de lulho de ^ ?Wah da Emma Campeão das vaíacías, NP_ Publica-se aos 'sabadbs 'F3P "sab d?de

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "dno 72.'-Número &sz-sabado 14 de lulho de ^ ?Wah da Emma Campeão das vaíacías, NP_ Publica-se aos 'sabadbs 'F3P "sab d?de"

Transcrição

1 7Nú &zsb 93 GDTR Lããâ R 5 ^ z Pb bb 8Ê ü%% à 93? É?ê / 333 S bõ ) b F3P b? N59 J bã z S5 Nã 5 ] ããããà b y3338% b? Cã NP > â â ã & â ê Nú 8 5 BZZF G 85) B! bz 5 ó b ã > z z ó R à! P? z J Sb! b ) ó ã bb b b U T» ã D L ñ b à z S b F Sk C z õ by C P z» C D ã b ( b U Ó ó É b y b õ ] ã õ ó ã SS 35 J b b b?? ê 8zz É k 3 5 Sã [ b Q b? ê Q y zz / ó? G J y!3 b Q? «b ã T ã à H 335 Êãããã Sbâààâããêà P Pã 5 õ ó L z ã b! FzêC?à à à S ã «8 zâàãõã ã 3 &zãñ? b? P y! P à P S z! C P 93! õ C 7 b? É N C G b ã y à y y Pó b âü Ãããããê G J b PP?? z»? 83?b L ( (! G!! ó Tz! B z ó ú! F D z G

2 793 Cã P N z D ã P P ó ó ó P b b ã z ú Ó ó Q ã H» C b ó?! Fz ó U z ó! P z L bã $ ó É ã b ê zã y T b É b R ã ã «C b ã N b b S b P b Sõ z S D Tz b D ã b ô z ã É b ó ã B b S b b ã z z B C C ã õ S D Q Nã ó Q ã ó ã! U bã b B b b D S bz y ãb y b Tb b y z õ b L z z by D ã T b zq T z F S ó Cy? b z b b Q b ó Q L N õ by R ô N «Q ã T z T ã P b Q z b ó?! É ã H b õ b C D B B Sã P! 55 7 C H õ b Q TH y à? F õ b à? ã?n T Q ) b D y y bb Q b C õ b N b? «S b z b S = Fz z b b P Bz C P bb Cz b õ H b Á ó É ] b D b DL à ã ó J z z b L Nã b 3 N b É N B z L P bz T ã b Nã Nã F Q z H b Tb z õ Tb U b b b Q J Sã Ó by! H 3 N F b ó Nã 3 C ó b 9

3 Q! y Nó b b ã ã Nã ô z É ã P b b ã!) b 5 C B ã ó z z L b Dã ê ã! ó b b z T b J ã ã Sã ê» b D ô D z L ã P 793 CSTâ&C^L«^ Nó â Rúb G D ü ã à (b P ) «L õ B D ã b b «P ) zê õ z ê Rb ê bb bâ ê L C (? 6 5 $ 6 b bb ó z ( 9 ó C L) ã ô õ N ó b b L C z z? C b õ P L? S ã z N ü b ã ó ã === b ã F ã Q? Só U b z b ó b ã ã C C ú P G b G b â N bb ã ó b C L! z ó À T P ó» ó J ó C B ã P?^N ã b CS CC ê b J k 3 b ãñ à õ õ b C ã ã b G b» ê k 3 6 P 3 ú ã C L b z C Lb ã ó 6 J? Q z b ã J b? 5 3 X P b b ã? b Éã L «P z! z ã P b ã L P 8 Ú

4 793 Gâñz!!) P J H ü ã ó b b SP b U à H C b U 8 ã b b 5! U b ã b ñ É G R Cb ñc 6 b 3B L? Lb C C ã C S b] b (3 ô b N L X z z ê F ã âõ S Bãêó 8? 3?? ê b à ã b 3 Pê 3 F b âñ 9 Êã ã b?b P D ã b b ã P z F b à 5 ã z F? bõ ã # ã 3 PF 9 ã? ? R ú É à 5 b553 ã 3 C b J CS õ b ã bü b L S B C F F ã z bã 3% J 8 É õ b z Fz Q ) 6 ã D! b! ñbõ b» LRUBS b ã ã y 5 b ó ã T 3 Pb 38 b ã S b Q R ú?y? bp b 6 9( ó! ã Cãz R zñ b BR CGSSU P 3Ç 5 ã b 8 ó z? z R ã ã P ñ b ã C õ H üê 5 b b «J ã J C 3 C ã ã z SRã TS 8! QRGBÓ b êz P! ê Byà ñ 5 6 b b C b QÂ bb b PS! b É N â SF ã b C SQTSÚÊ C z Ç C à úñã$$ P J S +úy Pñ z = =ã # &bñ yã 5 õ bõ ã B) & ê Ç! S b! ñ? É 9998 S b y 98559! F b 8 b z ã Á ü»? ô õ GBC Sk! J y ã b yb G P? ü ñ ã C F C z b? ã F 8 3 ã b H

5 5 bã P 793 S!B ^? «J J» H D J G D Lz R ã D D z D L Rb F b «z 55% 37 D Ub «C (à Ê 8 J É? ^39? C Sã b bü Q S D U 55 ã ó S bú C D Bà ã z D FzFb b P à z 3 ñã By k b Bã FP «5 D [ J z C âãã êzb 889 Á C K b H S CP?3? 3 99?9 9 F R b S b» y «b C R P J D b ã Fb»3 à ã? ãã D! ÊP ã 3 à É à N L z b P Fb ó Jã ñêü ó õ ã ê SCGS) CC! Q T b 87 CUS N Q Lê 9 ñ Rãã 3 D z P ! RPBQ R ó B /z ê C b b ã z 3 (8 N Bããã ê S R S D H D &êêàâ 33 kú D Q ««F PY B ñ b yj R J C? ã ã b J G 7 D Cñ «R z y b yb 7 R 39 Q39 P 9 b b) b B zzâ ãz ãã ó 5 C à z BF 5? z b ^ z B B ó ñ úb õú ó K F b b Lk ãô b S 5 b L ^ S Fó S!? ñ H b 65 ÉNÕU õ b àà à 7 óàê ( N àzêb /à b âê»tb âêkâ à Õ É à? ü z & $?Õ #zàzã z L 96 À C? 9 =» À 9 ããããã üy õ b Dâ ã S É à bb à b õbnñü «3!96 C õbbüybñ D?7 R N N À 7 N«ó H kküzz b b T N F P? 5%83% F É 3?É)S zãã J HS!! b 3%ãã S ü b «J y «b! TJ 3 3 %?) 33 b ê z D b BB P J D É y! Ó

6 #93 Cã P!! Ê b G ã ã Dã J D Sã F R N ó J É ^ Ã à ã J8 FLQFS Y L 53 N R DJN Ê J z S z R P S Jã L ã 5!PL b b CHPU R R C 9 R L C z B LNDS DLS C ñ 6 D z b ã z N S S ã G b N ã b ã ó G J C Fb z ( Fb N? z L â b ÂPTÇBGDPSCà b Sã P J C R T b P P N ã J Cô z b z 3 J 93 S P (P S) b T z D L S Sz b Q S C NCô ó k) Gã ñ ú ú b b 85 ND U NH F ó S 3 Cb C > 35 S Fb N Fb S C UL z L z J C F ê z à Có àp R ó R S? B Rz T Lb à C â 655 UL C! ã L C S ü C B Ç ã C ü R 7 P P DTÚS D 3 DS R B Q B! 3?F/95) L Jz D ã T à D C bã D B É = Gê 7! 3 3 NÃ 38% b C P õ Q T R S Sb Xêêk G» =53 J

7 ã P 7 93 ««3 RZNS D RC S Ê R C NS G R R $F PRT L CPNT TSTÁ R Qz ÀÊKRQ ÔÓÓÔÓÔÔÓÔÔÔÔÔÔÔ QÔÓÓÔÓÔÔÓÔÔÔÔQÔÔÔÓQQQÓ T N G L U C â >! CNFCJÇÓÊÊ RTGS D NDD PÁR ô P b F P ú L R Q R H J R L UTRSD LHÕS RLSD LHÕSFUND D RSRLHÕS N 98!8! NP N 3 5 P b b B C (à $3 P zz 5 65 Lb / 5 / z b ê C b UNC b C b F = à b ñ R J ó &» ê T! N S G D N R «b J!J = ==D== 3 «7 R D L C? L P ã ó P GST ñgõé B 3 Y «9 33 z zãzü L bz ] JÃ NDNÇB NH DB LR RCH &R R 55H 53 Ã R B 36 P üê SDGS b 6 ã Sãâàâzzz 5665 SDS F õ C õ z D T!ÉF R R Jã õ b ñ à 5 3 < F ñ NÃ7 T 3 9 L Ê SüQ Ê HB H N ã P zb z RkR T J 68 É U Q 6 5 FZ JCNCHRT ã à ã P? 5 G L z F D FNT N? 65 «ã C DB D õ P F ^ L F C J N 3? z ã ]! NUL b Hñ àâ N NÊCUQQUQ 7 D# É É b > CSSÕS ó 8 y6 ( b C R b ê S 868 == Jãü ü 9H 3 b ã R H Ê õ ô? R!

8 793 Cã P b â ü ã S z ê LÉ yz b Tb B D R ( b ã â & b T P Só ã! T ó ) 37 C S 85 CÃ T P R Pó ã ãú â N P y S S ã! &9 C P Tb Q» ( «) P R? D b ê Tb RD C 33z 3 G J Rô P 3 ã 6 b 3 QÊÇÊÂ Tãàààü & C zzà zz z b ñ S! Cb 5 R CR C P C ó ÀR R P 7 R C N P (R 9 ã ã S z U C ü àú z õ ã $ ó ãüz JS P? ã & Ê C ñ «b b àã ND BNT D UR Dõ & bzzzz TRR???k$$$$$3$$ Ú $$3 ã S C R HÇRPTL 53% ó F bz D 3» «T ñ B? 9 ND 95 R Fb Lz z R BN É P b 5 D à? Sâêà B! $ $ à ã D R ã Bk R Cz B FB 5? b L b P P b b k» B 5 B» y ã P? P B &âã F P RT z P L! 5 By b BR ( Bó RBDS N P 6! b > ê F à? C 3 & k & N b C B y QÔQQQQÔ 8% L? «N P TT Ç 5 b &C

Classificação Periódica dos Elementos

Classificação Periódica dos Elementos Classificação Periódica dos Elementos 1 2 3 1 Massa atômica relativa. A incerteza no último dígito é 1, exceto quando indicado entre parênteses. Os valores com * referemse Número Atômico 18 ao isótopo

Leia mais

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação!" !" $%& '( ) %) * +, - +./0/1/+10,++$.(2

Leia mais

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO Segue abaixo dados das DDMs que mudaram para o PCASP, tanto as que mudaram de nome como as que mantiveram o mesmo nome. Para estas, os campos que serão excluídos (em 2015) estão em vermelho e os campos

Leia mais

Prgrmçã O Mu s u Év r, p r l ém f rcr s s i g ns «vi s i t s cl áss i cs» qu cri m s p nt s c nt ct nt r s di v rs s p úb l ic s qu vi s it m s c nt ú d s d s u ri c s p ó l i, p r cu r, c nc m i t nt

Leia mais

! $&% '% "' ' '# ' %, #! - ' # ' ' * '. % % ' , '%'# /%, 0! .!1! 2 / " ') # ' + 7*' # +!!! ''+,!'#.8.!&&%, 1 92 '. # ' '!4'',!

! $&% '% ' ' '# ' %, #! - ' # ' ' * '. % % ' , '%'# /%, 0! .!1! 2 /  ') # ' + 7*' # +!!! ''+,!'#.8.!&&%, 1 92 '. # ' '!4'',! "#$%% $&% '% "' ' '# '"''%(&%') '*'+&%'# ),'#+# ' %, # - ' # ' "%'''' ' * '. % % ', '%'# ''''') /%, 0.1 2 / " ') 33*&,% *"'",% '4'5&%64'' # ' + 7*' # + "*''''' 12''&% '''&")#'35 ''+,'#.8.&&%, 1 92 '. #

Leia mais

RELÉS 24V CA / CC 24 240V CA/CC 3RR21 41-1AA30 3RR21 41-1AW30 3RR21 42-1AA30 3RR21 42-1AW30

RELÉS 24V CA / CC 24 240V CA/CC 3RR21 41-1AA30 3RR21 41-1AW30 3RR21 42-1AA30 3RR21 42-1AW30 Reles de Monitoramento de Corrente SIRIUS Os reles de monitoramento de corrente supervisionam não apenas os motores ou outras cargas, mas adicionam facilidades para o monitoramento da corrente ideal do

Leia mais

! " ! % #! $% & % '() *$! +, ) *$-.) +,) */ 0 *$+1).-+,) */2.+%3 4 5 ) ' & -))) 6 *$ 7 5 8*$

!  ! % #! $% & % '() *$! +, ) *$-.) +,) */ 0 *$+1).-+,) */2.+%3 4 5 ) ' & -))) 6 *$ 7 5 8*$ xfghdfgh!" # ! " $$! % #! $% & % '() *$! +, ) *$-.) +,) */ 0 *$+1).-+,) */2.+%3 4 5 ) ' & -))) 6 *$ 7 5 8*$ &! '! -! 95,()!! +)- *$ - :! ' ')!0 ') );!4 ' -! ',*$!7 < )) 6 +=!>? @ ) *$!)2 3 ) - :! -), "

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS 1. Objetivo: 1. Esta rotina permite importar para o banco de dados do ibisoft Empresa o cadastro de pessoas gerado por outro aplicativo. 2. O cadastro de pessoas pode

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Tipo 3NP 1 3K 3NJ4

Leia mais

Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março. Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março

Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março. Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Escrita de Física e Química A Prova Escrita

Leia mais

Si, Ge, SiO 2, ZnS, etc. PF s e dureza elevados Insolúveis Isolantes (ou semicondutores)

Si, Ge, SiO 2, ZnS, etc. PF s e dureza elevados Insolúveis Isolantes (ou semicondutores) Sólidos covalentes C, diamante C, grafite Si, Ge, SiO 2, ZnS, etc. PF s e dureza elevados Insolúveis Isolantes (ou semicondutores) Sólidos covalentes TEV: rede 3D de ligações covalentes C, diamante (sp

Leia mais

'!"( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, ".6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # )

'!( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, .6 )) -2 7! 6))  ) 6 #$ ))! 6) 8 9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) !" #$%&& #% 1 !"# $%& '!"( )*+%, ( -. ) #) /)01 01)0) 2! ' 3.!1(,,, " 44425"2.6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 4442$ ))2 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) 44425"2 ))!)) 2() )! ()?"?@! A ))B " > - > )A! 2CDE)

Leia mais

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA M RJETHRTAEMCAA CM LANTAR E CLHER ALIMENT EM CAA 201 A Rzçã Ch Dvv Hb Ub CDHU I GEA é b REFEITUR A DE Ã AUL VERDE E MEI AMBIENTE FhTé Ebçã Tx Agô Jé Lz Ch T Nh Rh Rvã A M Dg Lz Egá j Nh Rh Rq L R Rf Tv

Leia mais

COMBINAR CORRESPONDENCIA, CREACIÓN DE INDICES Y TABLAS DE CONTENIDO EN MICROSOFT WORD.

COMBINAR CORRESPONDENCIA, CREACIÓN DE INDICES Y TABLAS DE CONTENIDO EN MICROSOFT WORD. COMBINAR CORRESPONDENCIA, CREACIÓN DE INDICES Y TABLAS DE CONTENIDO EN MICROSOFT WORD. I.E.S. ANDRÉS DE VANDELVIRA J. G a r r i g ó s ÍNDICE 1 COMBINAR CORRESPONDENCIA... 2 2. CREACIÓN DE ÍNDICES EN MICROSOFT

Leia mais

QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA

QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA 1 2 3 4 5 6 7 1 1 1, 00 2 3 4 Li Be 6, 94 9, 01 11 12 Na Mg 22, 99 24, 31 19 20 K Ca 39, 10 40, 08 37 38 Rb Sr 85, 47 87, 62 55 56 Cs Ba 132, 91 137, 33 87 88 Fr Ra 223,

Leia mais

! "#" $ %&& ' ( )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36 " #89 : /&*&

! # $ %&& ' ( )%*)&&&& +,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36  #89 : /&*& ! "#" %&& ' )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) 3 4 5 6 7 36 " #89 : /&*& #" + " ;9" 9 E" " """

Leia mais

Município de Gondomar. Resumo. 97.037,18 97.037,18 6737 401 04 99D Outras construções Anfiteatro junto à Igreja de Medas

Município de Gondomar. Resumo. 97.037,18 97.037,18 6737 401 04 99D Outras construções Anfiteatro junto à Igreja de Medas 3196 31 4 4D Equipamentos não integrados nos Deposito de aguas das oliveiras 29-6-2 19.75,81 151,716.257,33 637 41 4 5D Cemitérios (construções, vedações e Cemiterio de Melres - novo 31-12-29 25.887,49

Leia mais

Tópicos Quem é é a a PP aa nn dd ui t t?? PP oo rr qq ue um CC aa bb ea men tt oo PP er ff oo rr ma nn cc e? dd e AA ll tt a a Qua ll ii dd aa dd e e PP aa nn dd ui t t NN et ww oo rr k k II nn ff rr aa

Leia mais

Y Zr Nb Mo Tc Ru Rh Pd Ag Cd In Sn Sb Te I Xe

Y Zr Nb Mo Tc Ru Rh Pd Ag Cd In Sn Sb Te I Xe A H,0 Li 7,0 Na 2,0 9 K 9,0 7 Rb 85,5 55 Cs,0 87 Fr (22) 2 2A Be 9,0 2 Mg 2,0 20 Ca 0,0 8 Sr 88,0 56 Ba 7,0 88 Ra (226) Elementos de Transição B B 5B 6B 7B 8B B 2B 5 6 7 A A 5A 6A 7A 78,5 8,0 8,0 86,0

Leia mais

REGULAMENTO DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DE HOSPEDAGEM No u s o d a c o mp e t ê n c i a p r e v i s t a al í n e a v ) d o n. º 1 d o ar t i g o 64º d o De c r e t o -Le i n. º 1

Leia mais

Verifique se este Caderno contém 12 questões discursivas, distribuídas de acordo com o quadro a seguir:

Verifique se este Caderno contém 12 questões discursivas, distribuídas de acordo com o quadro a seguir: 1 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar, escrever

Leia mais

Visão Geral Métodos construtivos Métodos construtivos O Mercado Visão de Negócios Alguns números Principais diferenciais

Visão Geral Métodos construtivos Métodos construtivos O Mercado Visão de Negócios Alguns números Principais diferenciais Shw C TÓPICOS Vã Gl Mé cv Mé cv O Mc Vã Ngóc Alg ú Pcp fc Rl N vç Pc Q fz Vã Gl A ESTRUTURA ECOLÓGICA CONSTRUTORA, g c l é c cçã à v pcpçã q lz écc clógc. Sb p v é pf pívl v, p g cl c fã. N çã ppc c, c

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS 1 1 1 H 1, 00 2 3 4 2 Li 6, 94 Be 9, 01 11 12 3 Na Mg 22, 99 24, 31 19 20 4 K 39, 10 Ca 40, 08 37 38 5 Rb Sr 85, 47 87, 62 55 56 6 Cs 132, 91 Ba 137, 33 87 88 7 Fr Ra 223, 02 226, 03 CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA

Leia mais

Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães. Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães. Diretor de Operações Adriano de Magalhães

Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães. Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães. Diretor de Operações Adriano de Magalhães Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães Diretor de Operações Adriano de Magalhães Manual de Abastecimento de Água pág. 2 !"!#$$ %"&'()*%+,%-%+,%./&01

Leia mais

Nota10 ESCOLAS DA DIVERSIDADE

Nota10 ESCOLAS DA DIVERSIDADE A fl Clg, Al Glbg: l g q PÁGINA 8 N10 A 13 ú 48 bl//jh 2013 Pblçã l Fçã AlMl Bl ESCOLAS DA DIVERSIDADE Pj Fçã AlMl Bl úbl b blh lã ç fê l l l PÁGINAS 4 E 5 ARUIVO FUNDAÇÃO ARCELORMITTAL BRASIL O l Jé f

Leia mais

www.norgren.com.br Norgren Ltda. Av. Engº Alberto de Zagottis, 696B Fone: 55 11 5698-4000 Fax : 55 11 5698-4001

www.norgren.com.br Norgren Ltda. Av. Engº Alberto de Zagottis, 696B Fone: 55 11 5698-4000 Fax : 55 11 5698-4001 Norgren Ltda. Av. Engº Alberto de Zagottis, 696B Fone: 55 11 5698-4000 Fax : 55 11 5698-4001 O Globo, Norgren e IMI são marcas registradas IMI Norgren Limited 2003 Devido a nossa política de contínuo desenvolvimento,

Leia mais

Medicina. Prova Discursiva. Caderno de Prova. Instruções. Informações Gerais. Boa prova! 16/12/2012

Medicina. Prova Discursiva. Caderno de Prova. Instruções. Informações Gerais. Boa prova! 16/12/2012 Prova Discursiva Medicina 16/12/2012 Caderno de Prova Este caderno, com 16 páginas numeradas sequencialmente, contém 5 questões de Biologia e 5 questões de Química. A Classificação Periódica dos Elementos

Leia mais

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&'

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&' ! " #$$# ! " #$$# %! ' () #' (( * + ), (# -. / 0# () -. 1 234 3 5 3 0' (0 -. 1 1 6$ (7-. 1 - - 6,!" # 8( #( - 1 80 ## -!+ 8, #) -. ') #0 -. 1 ', #0( -. '' #0# - ($$ #0) - ($# $!"% ($, )(-! 9 (#$ )#- %

Leia mais

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e :

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13 DE JULH DE 2015! Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : Caso vo cê nunca t e nh a pa

Leia mais

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos Tipo de entidade Rótulos de Linha 3101 Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação De Aldreu 96-46-HD 37-36-XP 66-NX-49 75-IS-24 78-32-MM 3102 Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação De Amares 25-98-LI 03-88-QU

Leia mais

Avaliação da viabilidade do emprego dos testes VIA e. cárneos

Avaliação da viabilidade do emprego dos testes VIA e. cárneos UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Programa de Pós-graduação em Ciência dos Alimentos Área de Bromatologia Avaliação da viabilidade do emprego dos testes VIA e UNIQUE (TECRA

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Motores trifásicos Contator 1) Potências máximas Corrente Corrente AC2 / AC3, 60 Hz em nominal nominal 220 V 380 V 440 V máxima máxima

Leia mais

Cilindro de bielas de pistão Cilindro padronizado ISO 15552, série ITS. Catálogo impresso

Cilindro de bielas de pistão Cilindro padronizado ISO 15552, série ITS. Catálogo impresso ISO 15552, série ITS Catálogo impresso 2 ISO 15552, série ITS Ø 160-320 mm Conexões: G 3/4 - G 1 com efeito duplo com pistão magnético Amortecimento: pneumático, regulável Haste do pistão: rosca externa

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC MNT A AÇÃ NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - p p N Vé N Vé - 30/06/204 29/0/204 2 - p N Vâ Mq N 02/05/988 PF 23983487-09 AP 9362 q@fb g A Açã Lçã

Leia mais

Manobra e Proteção de Motores. sirius. Métodos de Partida

Manobra e Proteção de Motores. sirius. Métodos de Partida anobra e Proteção de otores sirius étodos de Partida étodos de partida Índice Páginas Partida direta coordenada com fusível... e Partida direta com reversão coordenada com fúsivel... 5 e 6 Partida estrela-triângulo

Leia mais

Missa Nossa Senhora do Brasil

Missa Nossa Senhora do Brasil é%0'.m> }JÍU Pe. José Alves Mssa Nossa Senhoa do Basl PARTTURA Paa 3 vozes guas e Assebléa (*) (*) A pate paa Assebléa é edtada sepaadaente " en cha A 10. Publcado pela: Cossão Aqudocesana de Músca Saca

Leia mais

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o NPQV Variável Educação Prof. Responsáv v el :: Ra ph aa el BB ii cc uu dd o ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO 2º Semestre de 2003 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO As atividades realizadas

Leia mais

1 3Centrs e PP esq is II DD C n MM n Astr l i Astri C h i n Re. C h e H n g K n g F i n l n i I n i F rn 0 4 C n I n n si Al e m n h E st s U n i s I

1 3Centrs e PP esq is II DD C n MM n Astr l i Astri C h i n Re. C h e H n g K n g F i n l n i I n i F rn 0 4 C n I n n si Al e m n h E st s U n i s I 1 3Mr P e re s, R e s e r h D i re t r I D C B rs i l Br 0 0metr Cis e Bn L rg n Brsil, 2005-201 0 R e s l t s P ri m e i r T ri m e s t re e 2 0 0 7 Prer r Prer r Met e Bn Lrg em 2 0 1 0 n Brs i l : 10

Leia mais

Versão 2. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 2. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Física e Química A Versão Teste Intermédio Física e Química A Versão Duração do Teste: 90 minutos 30.05.01 10.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de março Na folha de

Leia mais

Características Pretendidas (ver código de cores no desenho nº 1) Circulação na estrada. segregados. Percurso misto de peões e bicicletas em passeio

Características Pretendidas (ver código de cores no desenho nº 1) Circulação na estrada. segregados. Percurso misto de peões e bicicletas em passeio eslocação () Lazer (L) A1 887 BB A2 174 BB Via de ligação ao concelho do Barreiro, com dimensões generosas, junto ao Parque da Zona Ribeirinha. Pavimento em betuminoso, estacionamento e passeios. Tráfego

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - Ax A p N Vé N Vé - 30/06/204 04//203 2 - N Tí g Ag N 20/05/987 PF 7265577-40 M p 788725 - @fb g A Açã Lçã Ap p

Leia mais

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos Tipo de entidade Rótulos de Linha 3 Ambulâncias 111 Serviço de Transporte de Doentes e Sinistrados, S.A. 03-CG-22 03-CG-23 03-CG-24 13-72-XQ 17-EM-31 19-IX-83 19-IX-86 24-EC-12 35-79-QP 35-CD-95 45-GQ-20

Leia mais

SOLUÇÕES ELÉTRICAS APARELHAGENS DE EMBEBER

SOLUÇÕES ELÉTRICAS APARELHAGENS DE EMBEBER SOLUÇÕES ELÉTRICAS APARELHAGENS DE EMBEBER Preços de Peças Completas 2013/01/01 Interruptor Unipolar ANIMATO DG - Verde/Gelo 2 ACABAMENTOS BASE AQUARELLA ANIMATO BR - Branco GE - Gelo BB - Branco EE -

Leia mais

Edição Abril/2005 RANGER 98/ - B.1010 - SUSPENSAO E BARRA ESTABILIZADORA DIANTEIRA

Edição Abril/2005 RANGER 98/ - B.1010 - SUSPENSAO E BARRA ESTABILIZADORA DIANTEIRA RANGER 98/ - B.1010 - SUSPENSAO E BARRA ESTABILIZADORA DIANTEIRA RANGER 98/ - B.1010 - SUSPENSAO E BARRA ESTABILIZADORA DIANTEIRA 1 2L2Z/ 3078/BA/ BRACO E PIVO INFERIOR DA SUSPENSAO DIANTEIRA - LD DUPLA

Leia mais

soft starter Acione suave e naturalmente com SIRIUS e SIKOSTART

soft starter Acione suave e naturalmente com SIRIUS e SIKOSTART soft starter Acione suave e naturalmente com SIRIUS e SIKOSTART Soft Starter Índice Páginas Introdução... e 2 SIRIUS 3RW30... 3 SIKOSTART 3RW34... 4 SIKOSTART 3RW22... 5 Panorama... 6 Software Win-SIKOSTART...

Leia mais

Artigo Inicial: 4 Artigo I ("A Semente é a Palavra de Deus"): 9 Artigo II ("Alvo de Contradição"): 20 Artigo III ("Novo Adão e Nova Eva"): 26 Artigo

Artigo Inicial: 4 Artigo I (A Semente é a Palavra de Deus): 9 Artigo II (Alvo de Contradição): 20 Artigo III (Novo Adão e Nova Eva): 26 Artigo 1 !" #!#!$" %&''() 2 Artigo Inicial: 4 Artigo I ("A Semente é a Palavra de Deus"): 9 Artigo II ("Alvo de Contradição"): 20 Artigo III ("Novo Adão e Nova Eva"): 26 Artigo IV ("São José"): 37 Artigo V ("Corpo

Leia mais

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem Quadro de conteúdos Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano Língua Portuguesa Matemática História Geografia Ciências Naturais Arte Inglês ABC da passarinhada O alfabeto Quantidade A ideia de quantidade Eu, criança

Leia mais

Autômatos a pilha. UFRN/DIMAp/DIM0330 Linguagens formais. David Déharbe. http://www.consiste.dimap.ufrn.br/ david/enseignement/2003.

Autômatos a pilha. UFRN/DIMAp/DIM0330 Linguagens formais. David Déharbe. http://www.consiste.dimap.ufrn.br/ david/enseignement/2003. UFRN/DIMAp/DIM0330 Linguagens formais http://www.consiste.dimap.ufrn.br/ david/enseignement/2003.1/dim0330 1/36 Autômatos a pilha David Déharbe UFRN/DIMAp Campus Universitário, Lagoa Nova, 59072-970 Natal,

Leia mais

Parcerias Negociais. CSH300 Remessa CSH310 Retorno. Versão 1.2

Parcerias Negociais. CSH300 Remessa CSH310 Retorno. Versão 1.2 Parcerias Negociais CSH300 Remessa CSH310 Retorno Versão 1.2 12/03/2014 1 - Introdução Este manual apresenta o padrão para troca de arquivos entre Empresas e o Banco para confirmação de informações na

Leia mais

! " # $ % $ % $ & ' ( ) * % +,,' -#!...& / % / & '...&0 &...& & 1 2 3 2

!  # $ % $ % $ & ' ( ) * % +,,' -#!...& / % / & '...&0 &...& & 1 2 3 2 1 ! "#$% $%$&' () *% +,,' -#!...&/%/&'...&0&...&& 123 2 !!!" 4' -#,5,/ 36,-#3 37 8, 77',' 9' -#3 :!#!$% ;9' -?< +$ &"#9' -#& &4' @& A&49' -?& &4,-#?8,5& 2&; & &;' B8& &;',5 & &!' ;B687' 3 4,C D/'

Leia mais

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1985-2005

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1985-2005 EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1985-25 NACIONAL IMPORTADO Ano VENDAS PART % EVOL % VENDAS PART % EVOL % VENDAS EVOL % 1985 1.359.54 89,62% -1,3% 157.476

Leia mais

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 Estratégico III Seminário de Planejamento Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 G es tão Em pre sa rial O rie nta ção pa ra om erc ado Ino vaç ão et

Leia mais

Cash Management Folha de Pagamento

Cash Management Folha de Pagamento Cash Management Folha de Pagamento Layout de Arquivo Padrão CNAB 240 Padrão 240 Folha de Pagamento Versão Atualizada Composição do Arquivo Header do arquivo (registro tipo 0) Header do lote (registro tipo

Leia mais

Processabilidade nos Tratamentos de Superfícies para Elementos de Fixação

Processabilidade nos Tratamentos de Superfícies para Elementos de Fixação 1 Processabiidade nos Tratamentos de Superfícies para Eementos de Fixação (parafusos, porcas, arrueas e afins) Patricia Preikschat SurTec Deutschand GmbH D-64673 Zwingenberg 1. Legisação e Consequências

Leia mais

SITUAÇÃO DE REVISÃO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PARA OS MANUAIS ELABORADOS OU TRADUZIDOS PELA HELIBRAS (SRD 350)

SITUAÇÃO DE REVISÃO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PARA OS MANUAIS ELABORADOS OU TRADUZIDOS PELA HELIBRAS (SRD 350) SITUAÇÃO DE REVISÃO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PARA OS MANUAIS ELABORADOS OU TRADUZIDOS PELA HELIBRAS (SRD 350) NOTAS IMPORTANTES 1. Documento atualizado mensalmente com o objetivo de ser o referencial do

Leia mais

Gabarito - Química - Grupo A

Gabarito - Química - Grupo A 1 a QUESTÃO: (1,5 ponto) Avaliador Revisor A estrutura dos compostos orgânicos começou a ser desvendada nos meados do séc. XIX, com os estudos de ouper e Kekulé, referentes ao comportamento químico do

Leia mais

BIOLOGIA/QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. COLE AQUI A ETIQUETA

BIOLOGIA/QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. COLE AQUI A ETIQUETA 2 a Etapa BIOLOGIA/QUÍMICA SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Leia atentamente o CARTAZ sobre ELIMINAÇÃO AUTOMÁTICA, afixado na parede da sala, à sua frente, e as instruções

Leia mais

!"# $% & '(!)% $# $*)%+,& #-.%#(# #(# #. %/$#0 *. #"(*$& #12 &-%(3-!& $# 2-&4#(&" %2-&5%$&" 2# &!!"(6-!& $% %/$#!& $# %#!-& #7#.

!# $% & '(!)% $# $*)%+,& #-.%#(# #(# #. %/$#0 *. #(*$& #12 &-%(3-!& $# 2-&4#(& %2-&5%$& 2# &!!(6-!& $% %/$#!& $# %#!-& #7#. RELATÓRIO FINAL !"# $% & '(!)% $# $*)%+,& #-.%#(# #(# #. %/$#0 *. #"(*$& #12 &-%(3-!& $# 2-&4#(&" %2-&5%$&" 2# &!!"(6-!& $% %/$#!& $# %#!-& #7#.8-&9 :;;< 5 -=%!7%+,&0 "(%+,& $# -%8% >& 8"#-5%(3-!& $&"

Leia mais

2015.1 VESTIBULAR. Medicina. Prova Discursiva 02/11/2014

2015.1 VESTIBULAR. Medicina. Prova Discursiva 02/11/2014 VESTIBULAR 2015.1 Universidade Severino Sombra - USS Prova Discursiva Medicina 02/11/2014 Este caderno, com 16 páginas numeradas, contém 5 questões de Biologia e 5 questões de Química. A Classificação

Leia mais

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1984-2004

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1984-2004 EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1984-24 IMPORTADO Ano VENDAS PART % EVOL % VENDAS PART % EVOL % VENDAS EVOL % 1984 1.377.446 89,84% 34,51% 155.749 1,16% 3,24%

Leia mais

COD_CURSO MODALIDADE TURNO CURSO 01A Específico da Profissão Integral Curso de Arquitetura e Urbanismo - Diurno 02B Específico da Profissão Integral

COD_CURSO MODALIDADE TURNO CURSO 01A Específico da Profissão Integral Curso de Arquitetura e Urbanismo - Diurno 02B Específico da Profissão Integral COD_CURSO MODALIDADE TURNO CURSO 01A Específico da Profissão Integral Curso de Arquitetura e Urbanismo - Diurno 02B Específico da Profissão Integral Curso de Engenharia, Habilitação Engenharia Civil -

Leia mais

SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA. Condições Gerais

SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA. Condições Gerais SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA Condições Gerais VERSÃO 1.3 CNPJ 28.196.889/0001-43 Processo SUSEP nº 15414.001668/2011-41 Condições Gerais Seguro Faturamento Agrícola versão 1.3 / Processo SUSEP nº 15414.001668/2011-41

Leia mais

Catálogo 1212/8D 1214/8D 1214/8E 1216/8D 1216/8E 1218/8D 1218/8E 1414/8D 1416/8D 1416/8E 1418/8D 1418/8E 1616/8D 1618/8D 1618/8E 1818/8D

Catálogo 1212/8D 1214/8D 1214/8E 1216/8D 1216/8E 1218/8D 1218/8E 1414/8D 1416/8D 1416/8E 1418/8D 1418/8E 1616/8D 1618/8D 1618/8E 1818/8D 1212/6D 1214/6D 1214/6E 1216/6D 1216/6E 1218/6D 1218/6E 1414/6D 1416/6D 1416/6E 1418/6D 1418/6E 1616/6D 1618/6D 1618/6E 1818/6D 1212/8D 1214/8D 1214/8E 1216/8D 1216/8E 1218/8D 1218/8E 1414/8D 1416/8D 1416/8E

Leia mais

RENAVAM Registro Nacional de Veículos Automotores. Manual de Procedimentos

RENAVAM Registro Nacional de Veículos Automotores. Manual de Procedimentos RENAVAM Registro Nacional de Veículos Automotores Manual de Procedimentos!" ESTRUTURA DESTE MANUAL &'( ) *+,-./0-1 *+,2 % *+,3-445-"-4 6 *+,"-47.2-4 8 *+,4349!.4 : ; 4';

Leia mais

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-2003

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-2003 EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-23 IMPORTADO Ano VENDAS PART % EVOL % VENDAS PART % EVOL % VENDAS EVOL % 1983 1.24.25 87,16% -9,62% 15.858 12,84% 5,28%

Leia mais

White Paper. Datas Comemorativas. Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais

White Paper. Datas Comemorativas. Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais Datas Comemorativas White Paper Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais As datas comemorativas podem ser exploradas para rentabilizar o seu comércio, seja ele físico ou online. Dedique

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Motores trifásicos Contator 1) Potências máximas Corrente Corrente AC-2 / AC-3, 60 z em nominal nominal 220 V 380 V 440 V máxima máxima

Leia mais

Física e Química A. Teste Intermédio de Física e Química A. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 10.03.2010

Física e Química A. Teste Intermédio de Física e Química A. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 10.03.2010 Teste Intermédio de Física e Química A Teste Intermédio Física e Química A Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 10.03.2010 10.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Na folha de

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Motores trifásicos Contator 1) Potências máximas Corrente Corrente AC2 / AC3, 60 Hz em máxima máxima L 220 V 380 V 440 V AC1 (Dimensões

Leia mais

ESTRUTURAS IÔNICAS. Be 2+ Al 3+ Na + Cl- S 2- Mg 2+ Fe 2+ Fe 3+ Sc 3+ Ti 4+ V 5+ Cr 3+ Co 2+ Ni 2+ Cu + Zn 2+ Ga 3+ Ca 2+ K + Mn 2+ Se2- Br -

ESTRUTURAS IÔNICAS. Be 2+ Al 3+ Na + Cl- S 2- Mg 2+ Fe 2+ Fe 3+ Sc 3+ Ti 4+ V 5+ Cr 3+ Co 2+ Ni 2+ Cu + Zn 2+ Ga 3+ Ca 2+ K + Mn 2+ Se2- Br - ESTRUTURAS IÔNICAS Estamos em condição, agora, de estudar os tipos de estruturas cristalinas iônicas mais comuns. Muitos haletos dos Grupos 1 e 2 são usados como modelos estruturais básicos para compostos

Leia mais

!"#$%&'("')#*&%+,-./' 0#12"%31(/("'4"("%/5'("'6"%#/+78.&' 91#1.183'!/%(&3&':/%.1/' 2.;<.1#=8*>"=7%'?&2"+7%&@'ABCB'

!#$%&'(')#*&%+,-./' 0#12%31(/('4(%/5'('6%#/+78.&' 91#1.183'!/%(&3&':/%.1/' 2.;<.1#=8*>=7%'?&2+7%&@'ABCB' !"#$%&'("')#*&%+,-./' 0#12"%31(/("'4"("%/5'("'6"%#/+78.&' 91#1.183'!/%(&3&':/%.1/' 2.;"=7%'?&2"+7%&@'ABCB'! F7G"-2&':"%/5''!H13.8-%'$I.#1./3'("'>%&;%/+/JK&'"'"3$%8$8%/JK&' ("'(/(&3'>/%/'&'("3"#2&521+"#$&'("'>%&;%/+/3'

Leia mais

&' ( ')* + !,)-!,. *#)*!( 3,$#4 /! !!! "# $% &' ( ') * "#!+ * "#*,$,,- "#./$ 0 "#"$%1$2 " "#34,(, "0 "#$%$%( 3 "#+ $ 30 "#0+((

&' ( ')* + !,)-!,. *#)*!( 3,$#4 /! !!! # $% &' ( ') * #!+ * #*,$,,- #./$ 0 #$%1$2  #34,(, 0 #$%$%( 3 #+ $ 30 #0+(( ! "#$# 1 % &' ( ')* +!,)-!,. *#)*!( /,$0)-!1 (,2)-!!! 3,$#4 /! "# $% &' ( ') * "#!+ * "#*,$,,- "#./$ 0 "#"$%1$2 " "#34,(, "0 "#$%$%( 3 "#+ $ 30 "#0+(( 2 "2 5 $5(') 5 (5$'(') (+$') 6.$') 78 6$7$% 55 55$

Leia mais

Vestibular2014 MEDICINA. Prova Discursiva 17/11/2013

Vestibular2014 MEDICINA. Prova Discursiva 17/11/2013 Universidade Severino Sombra - USS Vestibular2014 Prova Discursiva MEDICINA 17/11/2013 Este caderno, com 16 páginas numeradas, contém 5 questões de Biologia e 5 questões de Química. A Classificação Periódica

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 220 V ( cv/kw ) Motores trifásicos Contador 1) Fusíveis Potências Máximas AC2/AC3, 60 z 380 V ( cv/kw ) 440 V ( cv/kw ) Máxima Máxima

Leia mais

Ministério da Saúde IGIF Instituto de Gestão Informática e Financeira da Saúde

Ministério da Saúde IGIF Instituto de Gestão Informática e Financeira da Saúde Ministério da Saúde IGIF Instituto de Gestão Informática e Financeira da Saúde ! " # $ % & '(# ) * + (, -& -*.- & - (+ * - ) /////////////////////////////////////////////////////////////////////// 01.")

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

Rita Alexandra Manso Araújo. As relações negociais entre jornalistas e fontes: o caso da Saúde. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais

Rita Alexandra Manso Araújo. As relações negociais entre jornalistas e fontes: o caso da Saúde. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Rita Alexandra Manso Araújo As relações negociais entre jornalistas e fontes: o caso da Saúde UMinho 2012 Rita Alexandra Manso Araújo As relações negociais entre jornalistas e fontes: o caso da Saúde Universidade

Leia mais

TABELA DA COMPETIÇÃO

TABELA DA COMPETIÇÃO TABELA DA COMPETIÇÃO REGIONAL VI FUTSAL DRE 06 N. S. das Dores 2010 1 SIGLAS DAS CIDADES Legenda Município Legenda Município Legenda Amparo do São Francisco ASF Indiaroba ID Pinhão PI Município Aquidabã

Leia mais

Na encomenda mencionar: 435... Ar - 7 bar - 20 C 439...

Na encomenda mencionar: 435... Ar - 7 bar - 20 C 439... Série 3 Tipo: CCAS CILINDROS SIMPLES E DUPLO EFEITO a mm conforme as normas ISO CETOP AFNOR NFE 0 Previstos ou não para detectores magnéticos ISOCLAIR COMPACTO ESPECIFICAÇÕES GERAIS FLUÍDO DIÂMETROS Cilindros

Leia mais

Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007

Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007 Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007 1. Visitações Diárias ( Y ) Visitas ( X ) Dia do mês 1.1) Janeiro 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15

Leia mais

INFORMAÇÕES CONTIDAS NOS DOCUMENTOS

INFORMAÇÕES CONTIDAS NOS DOCUMENTOS fupcarga Página 1 INFORMAÇÕES CONTIDAS NOS DOCUMENTOS ireland fábrica ireland Aep Guarulhos Columbia embalagem em caixas de papelão EmbPallets embalagem em pallets embalagem em pallets Invoice Ordem Conhecim

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO 2º DIA GRUPO 2 SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO 2º DIA GRUPO 2 SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO CADERNO DE QUESTÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO 2º DIA 07/06/2010 Biologia Química Redação SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

Leia mais

White Paper. Boas Práticas de E-mail Marketing

White Paper. Boas Práticas de E-mail Marketing White Paper Boas Práticas de E-mail Marketing Saiba como alguns cuidados simples podem melhorar os resultados de suas campanhas de e-mail marketing Para garantir a qualidade no mix de comunicação atual,

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Química Coordenação de Pós-graduação

Universidade Federal de Goiás Instituto de Química Coordenação de Pós-graduação Universidade Federal de Goiás Instituto de Química Coordenação de Pós-graduação EXAME DE SELEÇÃO DO MESTRADO EM QUÍMICA 2013/1 IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Número de Inscrição: INSTRUÇÕES IMPROTANTES: -

Leia mais

Apostila 03 Linguagens Livres de Contexto

Apostila 03 Linguagens Livres de Contexto Cursos: Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas de Informação Disciplinas: (1493A) Teoria da Computação e Linguagens Formais, (4623A) Teoria da Computação e Linguagens Formais e

Leia mais

Soluções em Pagamentos BB PGTO DE GUIA GRU. Manual Técnico

Soluções em Pagamentos BB PGTO DE GUIA GRU. Manual Técnico Soluções em Pagamentos BB PGTO DE GUIA GRU Layout de Arquivo Remessa Manual Técnico Orientações Técnicas Versão Fevereiro/2014 Estrutura do Arquivo 2.1 - Composição do Arquivo O Arquivo de troca de informações

Leia mais

!"!#$ %"&'$ (#!') *!"!#$ %"('$ (#')+,-#$ (,-'.,/%0,).,/%0 ).,/10 %23455623556 7899: 5;665;66 ?9@ABCD@9EF9G3H>BIJK>I9@A@BG4>I9LAB@K@JIM>D899:566566 NBCKOPQCIHBCRSG7HHBCRHBCKOTA>CUGNBCKOTA>CUIHBCR8ACUVW:X6YZ

Leia mais

Linha Pesada. Componentes de direção e suspensão

Linha Pesada. Componentes de direção e suspensão Lnha Pesada Componentes de dreção e suspensão 2013 entenda a smbologa lemförder Códgo do tem Informações técncas Item com fornecmento orgnal para montadora Modelo Ford Montadora Tpo de produto 2425 / 2626

Leia mais

003. Ciências da Natureza e Matemática

003. Ciências da Natureza e Matemática VESTIBULAR 2013 Prova de Conhecimentos Específicos e Redação 16.12.2012 Assinatura do candidato 003. Ciências da Natureza e Matemática (Questões 13-24) Confira seus dados impressos neste caderno. Assine

Leia mais

Linha Pesada. Componentes de direção e suspensão 2011 / 2012. LEMFÖRDER é uma marca da ZF

Linha Pesada. Componentes de direção e suspensão 2011 / 2012. LEMFÖRDER é uma marca da ZF Lnha Pesada Componentes de dreção e suspensão 2011 / 2012 LEMFÖRDER é uma marca da ZF Entenda a smbologa LEMFÖRDER Códgo do tem Informações Técncas Montadora Modelo Tpo de produto Axor 2035 / 2040 / 2044

Leia mais

Correção da Unicamp 2009 2ª fase - Matemática feita pelo Intergraus. 14.01.2009

Correção da Unicamp 2009 2ª fase - Matemática feita pelo Intergraus. 14.01.2009 MATEMÁTICA 1. O transporte de carga ao porto de Santos é feito por meio de rodovias, ferrovias e dutovias. A tabela abaixo for ne ce al guns da dos re la ti vos ao trans por te ao por to no pri me i ro

Leia mais

! " #! $! %! " & ' ( )!! " * + " *, %

!  #! $! %!  & ' ( )!!  * +  *, % ! " #! $! % "! &' ( )!! " * + " *, % ! " # $ %!"#$%#&'()%#*&+ *', #%!-").%",')/&%001 #2% '.32"!'.)%#%2'%%4"'&)'#.)* *.'*#' 2)%#&"'&)' *'!&%5'/65*#'& &*#78% 2*5#%#2)'29:* #;!')*

Leia mais

29º Congresso Brasileiro de Manutenção e Gestão de Ativos

29º Congresso Brasileiro de Manutenção e Gestão de Ativos 29º Congresso Brasileiro de Manutenção e Gestão de Ativos Manutenção e Gestão de Ativos: Gerenciamento de Energia em Acionamentos de Transportadores de Correia Autores: Leonardo Chisté Vanessa Malaco AGENDA

Leia mais

Gramáticas Livres de Contexto

Gramáticas Livres de Contexto Gramáticas Livres de Contexto 25 de novembro de 2011 Definição 1 Uma Regra (ou produção) é um elemento do conjunto V (V Σ). Sendo que V é um conjunto finito de elementos chamados de variáveis e Σ um conjunto

Leia mais

! &! $ '()*+,-./01234435 #78!99

! &! $ '()*+,-./01234435 #78!99 1 ! ""#$ %! &! $ '()*+,-./01234435 634432 #78!99 #:;&9 2 !" # " $!" %" # $ &'()*+(,$$#% -.*/0(1)2)3425 3 Marcelo O. Coutinho de Lima 4 )*+, 9 82 "! 9!2 $ $ $?$@; *7 A> =" " ); B$" 9 $

Leia mais

! "!!"#$$ %#&'$"!&()#*+*,&*()%#-!*$%&%./&"*$%#$/&'*%*$*$*,0'$#!1#$$!#$%#'$&' 23%&%*!#%# 4-,&"*5 5-6#/! $! " % &'

! !!#$$ %#&'$!&()#*+*,&*()%#-!*$%&%./&*$%#$/&'*%*$*$*,0'$#!1#$$!#$%#'$&' 23%&%*!#%# 4-,&*5 5-6#/! $!  % &' ! "!!"#$$ %#&'$"!&()#+,&()%#-!$%&%./&"$%#$/&'%$$,0'$#!1#$$!#$%#'$&' 23%&%!#%# 4-,&"5 5-6#/ 55!#! $! " % &' (() 5$!7$ 55+, -%! %./ 555%$/!2#'/%##%&/!#$#!38&'$"!&()%$-!$%&%./&"$ 01-21-021314501-26-0213 555'$"!&()#'/!#9%$,&+!$&2!#$$$#%"02#'/()

Leia mais

Dimensões de montagem do cilindro de acordo com a norma ISO 6020/2, DIN 24554 e NF-E48-016

Dimensões de montagem do cilindro de acordo com a norma ISO 6020/2, DIN 24554 e NF-E48-016 Cilindro Hidráulico CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ISO 6020/2 Dimensões de montagem do cilindro de acordo com a norma ISO 6020/2, DIN 24 e Diâmetros de Cilindros ------- e Diâmetros das Hastes dos Pistões 12

Leia mais

!" # $ %& ' & " ( $ ) * & +,,-

! # $ %& ' &  ( $ ) * & +,,- !"#$%& ' & "($)*&+,,- #. ( &$/01$ 2 313(&3 (&$/4&%5&/ / & 1 135& 6/1!"3$%& (7!"%1 1 3$%& /$1(&$%& "($))./&$ 8&+,,- ! "#$ ##%&!"!#$!% & " '" () $&$$' "%" ' "&(") * ) &$/9 (!) $!* "%!) +", $!!!"+!$(!($!-.#""+#"

Leia mais