RANKING ANUAL AVAB 2017

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RANKING ANUAL AVAB 2017"

Transcrição

1 DOS OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO Art. 1º O Ranking anual do Circuito de Corridas AVAB 2017 tem como objetivo principal a difusão e o estímulo às corridas de rua no estado da Bahia, promovidas por essa associação; Art. 2º - O Ranking anual do Circuito de Corridas AVAB será dirigido pela Diretoria Técnica AVAB; DAS PROVAS Art. 3º - O Ranking anual AVAB no ano de 2017 será disputado em 05 (cinco) etapas, a saber: 1ª Etapa Corrida do Itaigara 2ª Etapa Corrida Raimundo Balthazar 3ª Etapa Corrida Dois de Julho 4ª Etapa Volta ao Parque de Pituaçu AVAB 5ª Etapa CORRIDA DA ASA FBA/Base Área de Salvador Art. 4º - Cada prova promovida pela AVAB terá regulamento próprio. As provas do Circuito de Rua da Bahia, com supervisão técnica da Federação Bahiana de Atletismo (FBA), serão de responsabilidade da entidade promotora da mesma e terão também o seu próprio regulamento, observadas as normas estabelecidas pela FBA; DA PARTICIPAÇÃO Art. 5º - O Ranking anual AVAB será aberto a atletas de ambos os gêneros, observando-se as diretrizes regidas no regulamento de cada prova; Parágrafo Único O atleta que não esteja devidamente inscrito não pontuará individualmente e nem para a equipe a qual esteja vinculado; Art. 6º - A AVAB não se responsabilizará pelo estado físico ou por quaisquer fatos que ocorram com os atletas durante ou depois das provas;

2 Art. 7º - Para pontuar para uma equipe, o atleta terá que ter o seu nome vinculado a essa equipe, sendo somente válida a pontuação se a equipe estiver citada de forma expressa na ficha de inscrição do atleta e/ou na listagem do resultado oficial da prova; Parágrafo Segundo: O atleta que participar de provas sem o seu nome vinculado a uma equipe, conforme descrito no Art. 7º, terá computada apenas a pontuação individual. Art. 8º Para ser reconhecida como equipe, a mesma deverá ter atletas inscritos com o nome da equipe devidamente registrada na ficha de inscrição de cada prova integrante de cada etapa do Ranking anual AVAB; Art. 9º O número de identificação do atleta será o mesmo durante todo o ano e valerá para todas as provas do circuito da AVAB, exceto quando houver indicação em contrário no regulamento da prova; Parágrafo Único O número do atleta para as provas da FBA será aquele indicado no regulamento de cada prova. DA DESCLASSIFICAÇÃO Art. 10º O atleta que utilizar número de Ranking anual AVAB de anos anteriores, bem como aquele que ceder seu número, ou ainda participar de provas sem estar inscrito, estará suspenso automaticamente da etapa subsequente à infração. No caso de reincidência será afastado automaticamente do Ranking anual AVAB; Parágrafo Único O atleta que infringir as normas deste Regulamento poderá ter sua participação suspensa ou mesmo sumariamente eliminado do Ranking anual AVAB, de acordo com a avaliação de uma comissão técnica nomeada pela Diretoria da AVAB. DAS CATEGORIAS E CLASSIFICAÇÃO Art. 11º Para efeito de classificação, para se determinar a faixa etária do atleta, será levado em consideração o ano do seu nascimento no ano vigente; Art. 12º Ao final das etapas do Ranking anual AVAB serão conhecidos os campeões por faixa etária em ambos os gêneros, conforme discriminação das faixas etárias consideradas para abaixo:

3 Parágrafo Único FAIXAS ETÁRIAS CONSIDERADAS: MASCULINO FEMININO Categoria Idade Categoria Idade Juvenil Juvenil Adulto Adulta Adulto Adulta Adulto Adulta Adulto Veterana Veterano Veterana Veterano Veterana Veterano Veterana Veterano Veterana Veterano Veterana Veterano Veterana Veterano Veterana Veterano Veterano Para se determinar a faixa etária é considerado unicamente o ano de nascimento do atleta. Parágrafo Primeiro: Para o computo da pontuação de cada atleta participante será considerada a listagem oficial de resultados que contém a classificação por faixa etária de cada prova, denominada de CLASSIFICACAO GERAL POR CATEGORIA SEM PREMIAÇÃO (classificação absoluta da categoria por faixa etária). Parágrafo Segundo: Mesmo que o atleta tenha sido premiado na classificação geral, a ele será atribuída a pontuação do ranking será de acordo com a sua classificação oficial na faixa etária, conforme estabelecido no parágrafo primeiro. Art. 13º Aos 6 (seis) primeiros atletas de cada prova, classificação por faixa etária serão atribuídas à seguinte pontuação, observando-se o Artigo 5º; Tabela de Pontos 1º lugar: 15 pontos 2º lugar: 12 pontos 3º lugar: 10 pontos 4º lugar: 08 pontos 5º lugar: 06 pontos 6º lugar: 04 pontos

4 Parágrafo único: Para que o atleta possa acumular pontos e possa assim participar do Ranking anual AVAB é obrigatório que ele participe de, no mínimo, 3 (três) provas realizadas pela AVAB, não sendo válidas nesse critério as provas do Circuito de Corrida de Rua da Bahia supervisionadas pela FBA; Art. 14º Os campeões serão aqueles que obtiverem o maior número de pontos, somados e obtidos nas provas que integram o Ranking anual AVAB estabelecidas no Art. 3º; Parágrafo Primeiro: No caso de empate na contagem final de pontos, será considerado vencedor o atleta que obteve as melhores colocações ao longo do ano. Parágrafo segundo: O critério de desempate das melhores colocações levam em consideração o maior número de primeiros lugares, ou de segundo lugares ou de terceiros lugares, e assim sucessivamente (melhores classificações obtidas pelo atleta). Parágrafo terceiro: Se ainda assim houver o empate, será considerada, para critério de desempate, a melhor classificação do atleta obtida na prova do circuito AVAB (unicamente que tenha sido promovida pela AVAB), de maior percurso; Parágrafo quarto: Ainda permanecendo o empate, será considerado, para critério de desempate, o atleta que tenha a maior idade. Art. 15º Será declarada Campeã Geral do Ranking anual AVAB a equipe, que obtiver o maior número pontos, cuja identificação esteja devidamente preenchida na ficha de inscrição de cada prova, observando-se todos os pontos acumulados dos atletas classificados em todas as provas do Ranking anual AVAB, de acordo com a tabela de pontuação destinada ao atleta prevista do artigo 13º; Parágrafo Primeiro: Para apuração dos pontos de cada equipe nas provas válidas pelo Ranking anual AVAB será considerada a pontuação acumulada atribuída à colocação dos 6 melhores atletas masculinos e das 6 melhores atletas femininas de cada faixa etária que representem suas equipes (quando houver classificação por Parágrafo Segundo: Não serão consideradas em nenhuma hipótese, para a classificação das equipes, as classificações individuais de cada atleta na classificação geral da cada prova, considerando a apuração das respectivas faixas etárias, conforme descrito no parágrafo primeiro (quando houver classificação por

5 Parágrafo Terceiro: A classificação das equipes será feita de acordo com o somatório das classificações individuais de cada atleta nas suas respectivas faixas etárias (quando houver classificação por Parágrafo quarto: Será a melhor classificada em cada etapa a equipe que somar o maior número de pontos, a segunda melhor classificada a que somar a segunda maior soma de pontos e assim sucessivamente (quando houver classificação por Parágrafo quinto: No caso de empate em número de pontos acumulados, será declarada campeã a equipe que obtiver a melhor classificação de acordo com os mesmos critérios estabelecidos aos atletas, conforme descrito nos parágrafos (do primeiro ao quarto) do Art. 14º (quando houver classificação por equipes). DA PREMIAÇÃO Art. 16º- Após a última prova serão premiados com troféus, os atletas mais bem classificados na classificação por faixas etárias masculinas e faixas etárias femininas e as equipes com somaram mais pontos na classificação geral (somatório da pontuação masculina e feminina); Art. 17º Após a última prova serão premiados com troféus os atletas e as equipes classificadas de acordo com os critérios da premiação definidos pela AVAB a cada ano; Art. 18º A premiação dos atletas premiados de acordo com o Art. 15º será marcada e divulgada pela Diretoria Técnica da AVAB e será entregue no ano subsequente ao da apuração da pontuação do Ranking AVAB; Art. 19º Toda e qualquer reclamação ou questionamento, deverá ser feito por escrito para a Diretoria Técnica da AVAB, sendo o documento contendo o encaminhamento do assunto entregue e protocolado na FBA; Art. 20º Os casos disciplinares relativos ao Ranking anual AVAB serão resolvidos pela Diretoria da AVAB; Art. 21º Os casos omissos serão resolvidos pela Diretoria da AVAB ou por uma Comissão Técnica por ela instituída. André Araújo Diretor Técnico AVAB CREF G/BA

Campeonato Mineiro Infanto Juvenil de Natação de Verão X Troféu Fernanda Ferraz Santos. Participação: Exclusiva para filiadas Exclusiva para federados

Campeonato Mineiro Infanto Juvenil de Natação de Verão X Troféu Fernanda Ferraz Santos. Participação: Exclusiva para filiadas Exclusiva para federados Campeonato Mineiro Infanto Juvenil de Natação de Verão X Troféu Fernanda Ferraz Santos Entidades: Atletas: Participação: Exclusiva para filiadas Exclusiva para federados Programação: Data: 11 e 12 de novembro

Leia mais

RANKING DE CORRIDAS DE RUA DE BARBACENA (ASCORB - ASSOCIAÇÃO DE CORREDORES DE RUA DE BARBACENA-MG)

RANKING DE CORRIDAS DE RUA DE BARBACENA (ASCORB - ASSOCIAÇÃO DE CORREDORES DE RUA DE BARBACENA-MG) RANKING DE CORRIDAS DE RUA DE BARBACENA - 2016 (ASCORB - ASSOCIAÇÃO DE CORREDORES DE RUA DE BARBACENA-MG) CRONOGRAMA DATA EVENTO RESPONSABILIDADE Até 25/02 Coleta de Sugestões ASCORB 01/03 a 15/04 1º Lote

Leia mais

RANKING Regulamento Geral. O Ranking 2017 do Costão Golf Club será disputado em 08 (oito) etapas, conforme calendário que segue.

RANKING Regulamento Geral. O Ranking 2017 do Costão Golf Club será disputado em 08 (oito) etapas, conforme calendário que segue. RANKING 2017 Regulamento Geral Calendário: O Ranking 2017 do Costão Golf Club será disputado em 08 (oito) etapas, conforme calendário que segue. Etapas Datas Evento Buracos 1ª Etapa 25 e 26 de março 7ª

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS PARA DEFICIENTES INTELECTUAIS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS PARA DEFICIENTES INTELECTUAIS CAMPEONATO BRASILEIRO DE NATAÇÃO ABDEM REGULAMENTO GERAL I - Das disposições Preliminares Art.1º - O Campeonato Brasileiro de Natação será promovido pela Associação Brasileira de Desportos para Deficientes

Leia mais

COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT. Regulamento Geral

COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT. Regulamento Geral COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT Regulamento Geral Schwindt será disputada nos moldes da Copa do Mundo de Para-ciclismo da UCI, em quatro etapas a serem realizadas

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO Ranking Brasileiro de Cavaleiros de Salto Regulamento 2008 Índice 1 - PROVAS VÁLIDAS... Pág. 3 2 - FORMA DE DISPUTA... Pág. 3 3 - PARTICIPAÇÃO... Pág. 4 4 - VANTAGENS E DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS... Pág.

Leia mais

REGULAMENTO DA COPA RS DE REMO 2016

REGULAMENTO DA COPA RS DE REMO 2016 FEDERAÇÃO DE REMO DO RIO GRANDE DO SUL Decana das federações esportivas do Brasil REGULAMENTO DA COPA RS DE REMO 2016 1. Da COPA RS 1.1. A COPA RS DE REMO, doravante chamada apenas COPA RS, será disputada

Leia mais

CAMPEONATO SERGIPANO DE JUDÔ 2016

CAMPEONATO SERGIPANO DE JUDÔ 2016 CAMPEONATO SERGIPANO DE JUDÔ 2016 I. DOS OBJETIVOS 1ª ETAPA DO CIRCUITO SERGIPANO DE JUDÔ A Federação Sergipana de Judô, entidade de administração estadual do esporte Judô, cuja competência abrange todo

Leia mais

Suas provas são independentes, mas deverão respeitar o regulamento do Circuito.

Suas provas são independentes, mas deverão respeitar o regulamento do Circuito. INTRODUÇÃO: O Circuito Cuesta de Corridas de Rua, passou a partir do ano de 2.012 a fazer parte do calendário anual de atividades esportivas e comemorativas da cidade de Botucatu. Suas provas são independentes,

Leia mais

1 Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada. [TAÇA DE PORTUGAL DE TRAIL FPME] Época 2013

1 Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada. [TAÇA DE PORTUGAL DE TRAIL FPME] Época 2013 1 Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada [TAÇA DE PORTUGAL DE TRAIL FPME] Época 2013 1. Organização 1.1. A Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada vai promover, em conjunto com as entidades

Leia mais

CLUBE COMERCIAL DE LORENA

CLUBE COMERCIAL DE LORENA TORNEIO INTERNO DE FUTSAL 2014 I - Dos Objetivos: REGULAMENTO Art. 1 - O evento tem por finalidade promover o intercambio social e esportivo entre os associados do Clube Comercial de Lorena e desenvolver

Leia mais

Art.5º - Todas as etapas (Classificatórias e Final),serão realizadas em piscinas de 25 metros indicadas pela Organização.

Art.5º - Todas as etapas (Classificatórias e Final),serão realizadas em piscinas de 25 metros indicadas pela Organização. REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art.1º - Será realizado em Sergipe e aberta a todos as Escolas Públicas e Particulares, de todo o Brasil, abertas a todos os alunos FEDERADOS ou NÃO-FEDERADOS,

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO 1 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO Ranking Brasileiro de Concorrentes de Salto Regulamento 2010 Índice 1 - PROVAS VÁLIDAS... Pág. 2 2 - FORMA DE DISPUTA... Pág. 2 3 - PARTICIPAÇÃO... Pág. 3 4 - VANTAGENS...

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO DA PARTE ESPORTIVA

REGULAMENTO TÉCNICO DA PARTE ESPORTIVA REGULAMENTO TÉCNICO DA PARTE ESPORTIVA Das Modalidades Esportivas Art. 1º - A Parte esportiva da gincana conterá as seguintes modalidades: I Futsal II Voleibol Misto III Basquetebol IV Handebol V Tênis

Leia mais

2º Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC REGULAMENTO

2º Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC REGULAMENTO 2º Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC I- Disposições Gerais REGULAMENTO 1) O 2º Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC, uma realização do Diário do Grande ABC e do Governo do Estado

Leia mais

8ª LIGA INTERNA DE FUTEBOL SOCIETY 2016

8ª LIGA INTERNA DE FUTEBOL SOCIETY 2016 8ª LIGA INTERNA DE FUTEBOL SOCIETY 2016 REGULAMENTO GERAL I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 01 - Este regulamento é o conjunto das disposições preliminares que regem a 8ª LIGA INTERNA DE FUTEBOL SOCIETY

Leia mais

REGULAMENTO GERAL ANUAL

REGULAMENTO GERAL ANUAL FEDERAÇÃO GAÚCHA DE CICLISMO CAMPEONATO GAÚCHO DE CICLISMO DE ESTRADA 2016 REGULAMENTO GERAL ANUAL Art. 1º - DO CAMPEONATO 1º O CAMPEONATO GAÚCHO DE CICLISMO 2016 será realizado entre os meses de fevereiro

Leia mais

REGULAMENTO GERAL JIF - MARACANAÚ

REGULAMENTO GERAL JIF - MARACANAÚ REGULAMENTO GERAL JIF - MARACANAÚ MARACANAÚ 2017 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - Este Regulamento contém as disposições que regem os Jogos Internos do IFCE Campus Maracanaú (JIF-MARACANAÚ), no

Leia mais

Corta Mato Morávia Moreira a Correr

Corta Mato Morávia Moreira a Correr Corta Mato Morávia Moreira a Correr Artigo 1.º Introdução 1. O Corta Mato Morávia Moreira a Correr é uma iniciativa organizada pela Morávia Associação Juvenil de Moreira de Cónegos, com a parceria da Run4Fun

Leia mais

REGULAM ENTO RANKING 2016

REGULAM ENTO RANKING 2016 Página: 1/04 R E QU I S I TO S G E R A I S PA R A AT L E TA S O Ranking da CBJJD - 2016 - vai ser disputado em 03 (três) competições: Campeonato Brasileiro, Campeonato Sul Americano e Campeonato Mundial.

Leia mais

CAMPEONATO MARANHENSE DE NATAÇÃO DE VERÃO 2016 I TROFÉU ESTAÇÃO CONHECIMENTO DE NATAÇÃO

CAMPEONATO MARANHENSE DE NATAÇÃO DE VERÃO 2016 I TROFÉU ESTAÇÃO CONHECIMENTO DE NATAÇÃO CAMPEONATO MARANHENSE DE NATAÇÃO DE VERÃO 2016 I TROFÉU ESTAÇÃO CONHECIMENTO DE NATAÇÃO REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art.1º Com a participação dos clubes filiados à Federação Maranhense de Desportos

Leia mais

IX CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2014/2015

IX CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2014/2015 IX CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2014/2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I - Das Finalidades Art. 1º Com a realização do CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA, a Confederação Brasileira

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE AGILITY

REGULAMENTO DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE AGILITY REGULAMENTO DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE AGILITY A CBA COMISSÃO BRASILEIRA DE AGILITY, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela CBKC - Confederação Brasileira de Cinofilia, tendo por objetivo

Leia mais

VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA

VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA REGULAMENTO GERAL 1 DA FINALIDADE Art. 1º - Os VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, competição oficial da ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS (AMB), têm como objetivo

Leia mais

REGULAMENTO CIRCUITO SESC DE CORRIDAS

REGULAMENTO CIRCUITO SESC DE CORRIDAS REGULAMENTO CIRCUITO SESC DE CORRIDAS 2017 CAPITULO I - DA ORGANIZAÇÃO Art. 1 - Art. 2 - Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as etapas do CIRCUITO SESC DE CORRIDAS. O Circuito SESC

Leia mais

Campeonato Paraense BOLETIM OFICIAL Nº 004/2016

Campeonato Paraense BOLETIM OFICIAL Nº 004/2016 Belém, 19 de agosto de 2016. AS ASSOCIAÇÕES FILIADAS E VINCULADAS. Conforme o calendário de competições de 2016, a FPAJU vem informar que o Campeonato Paraense, será realizado nos dias 03 e 04 de Setembro

Leia mais

46ª OLIMPÍADAS DO COLÉGIO DE APLICAÇÃO

46ª OLIMPÍADAS DO COLÉGIO DE APLICAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO COMISSÃO CENTRAL ORGANIZADORA 46ª OLIMPÍADAS DO COLÉGIO DE APLICAÇÃO 13 a 17 de OUTUBRO 2015 REGULAMENTO GERAL

Leia mais

FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE - Fone: CRITÉRIOS DA TEMPORADA

FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE  - Fone: CRITÉRIOS DA TEMPORADA FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE www.fanrn.com.br - aquaticarn@gmail.com Fone: 32018008 I- NATAÇÃO FEDERADOS: a) NATAÇÃO FEDERADOS: CRITÉRIOS DA TEMPORADA - 2016 I TORNEIO NORTE NORDESTE INTERFEDERATIVO

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO SUB 17 NAIPE MASCULINO

REGULAMENTO ESPECIFICO SUB 17 NAIPE MASCULINO REGULAMENTO ESPECIFICO SUB 17 NAIPE MASCULINO Art. 1º - DA ORGANIZAÇÃO E DIREÇÃO DO CAMPEONATO a) A competição de que trata este Regulamento será organizada e dirigida pela FESFS, através da Direção Técnica,

Leia mais

II RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS

II RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS Regulamento Geral II RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS Realização: SESC Rio Grande e Caixa de Assistência OAB/RS Apoio: ACORRG e Atena 1 CAPITULO I - DA ORGANIZAÇÃO Art. 1 - Art. 2 - Este regulamento

Leia mais

CORRIDA RIO CLARO ROSA OUTUBRO 2015

CORRIDA RIO CLARO ROSA OUTUBRO 2015 CORRIDA RIO CLARO ROSA OUTUBRO 2015 Regulamento Artigo 1º - As competições Corrida Rio Claro Rosa Kids e Corrida Rio Claro Rosa serão realizadas no dia 04 de outubro de 2015, de acordo com as Normas da

Leia mais

I RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS. Realização: SESC Rio Grande e Caixa de Assistência OAB/RS. Apoio:

I RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS. Realização: SESC Rio Grande e Caixa de Assistência OAB/RS. Apoio: Regulamento Geral I RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS Realização: SESC Rio Grande e Caixa de Assistência OAB/RS Apoio: CAPÍTULO I PROVA Rio Grande, dezembro de 2015 Artigo 1º. A Night Run Caixa de

Leia mais

NOTA OFICIAL ATLETISMO

NOTA OFICIAL ATLETISMO DATA/ LOCAL/ HORÁRIOS Data: 03 de junho (DOMINGO) LIGA UNIVERSITÁRIA PAULISTA NOTA OFICIAL ATLETISMO Local: CENTRO ESPORTIVO E RECREATIVO VILA SÃO JOSÉ Estrada das Lágrimas, nº 90 Vila São José São Caetano

Leia mais

REGULAMENTO RANKING As modalidades abaixo contam pontos para o ranking XTERRA MTB CUP PRO:

REGULAMENTO RANKING As modalidades abaixo contam pontos para o ranking XTERRA MTB CUP PRO: XTERRA MTB CUP PRO REGULAMENTO RANKING 2017 A. MODALIDADES As modalidades abaixo contam pontos para o ranking XTERRA MTB CUP PRO: XTERRA MTB CUP PRO. XTERRA MTB CUP XCO PRO. Nas etapas onde houver duas

Leia mais

CAMPEONATO BAIANO DE MARATONAS AQUATICAS 2016

CAMPEONATO BAIANO DE MARATONAS AQUATICAS 2016 CAMPEONATO BAIANO DE MARATONAS AQUATICAS 2016 REGULAMENTO CAPITULO I DAS PROVAS ART. 1º - Provas do Campeonato Baiano de Maratonas Aquáticas 2016. - Iª Etapa Baiano Maratonas 2016 - Mirim, Petiz, Principal

Leia mais

32º TORNEIO CIDADE DA AMADORA EM ATLETISMO 4ª Corrida de Santo António 4 de Junho

32º TORNEIO CIDADE DA AMADORA EM ATLETISMO 4ª Corrida de Santo António 4 de Junho 2017 32º TORNEIO CIDADE DA AMADORA EM ATLETISMO 4ª Corrida de Santo António 4 de Junho Desportivo Operário do Rangel Rua Elias Garcia, 41 Loja 10 2700-312 Amadora 10 de Maio de 2017 32º TORNEIO CIDADE

Leia mais

TAÇA DOS BANCÁRIOS Regulamento. Capítulo I Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as disputas da TAÇA DOS BANCÁRIOS 2012.

TAÇA DOS BANCÁRIOS Regulamento. Capítulo I Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as disputas da TAÇA DOS BANCÁRIOS 2012. TAÇA DOS BANCÁRIOS 2012 Regulamento Capítulo I Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as disputas da TAÇA DOS BANCÁRIOS 2012. Capítulo II a competição tem por objetivo o desenvolvimento

Leia mais

COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO

COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO REGULAMENTO GERAL DA COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ O Presidente da Associação de Arbitragem de Chapecó e Região

Leia mais

X SEMANA ESPORTIVA DA UTFPR-CP (SEUT 2016) De 03 a 09 de novembro

X SEMANA ESPORTIVA DA UTFPR-CP (SEUT 2016) De 03 a 09 de novembro X SEMANA ESPORTIVA DA UTFPR-CP (SEUT 2016) De 03 a 09 de novembro REGULAMENTO GERAL 1. FINALIDADE Resgatar momentos lúdicos e de companheirismo por meio de atividades esportivas entres alunos dos cursos

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE GOLFE DIVISÃO ESPECIAL DIVISÃO A DIVISÃO B

FEDERAÇÃO PAULISTA DE GOLFE DIVISÃO ESPECIAL DIVISÃO A DIVISÃO B 1 DIVISÃO ESPECIAL A DIVISÃO ESPECIAL será composta pelos seguintes clubes: CAMPEÃO = Div Especial edição 2013 São Fernando Golf Club VICE-CAMPEÃO = Div Especial edição 2013 Bastos Golf Clube 3º colocado

Leia mais

9ª Milha Urbana de São Marcos

9ª Milha Urbana de São Marcos 9ª Milha Urbana de São Marcos 19 DE MARÇO DE 2016 UNIÃO DAS FREGUESIAS DO CACÉM E SÃO MARCOS Tel.: 21 912 93 80 Fax: 21 912 93 89 E-mail: secretariageral@uf-cacemsmarcos.pt 1 ORGANIZAÇÃO A União das Freguesias

Leia mais

REGULAMENTO CIRCUITO MARES Maratona aquática Temporada 2015 / 2016

REGULAMENTO CIRCUITO MARES Maratona aquática Temporada 2015 / 2016 REGULAMENTO CIRCUITO MARES Maratona aquática Temporada 2015 / 2016 CAPITULO I DAS FINALIDADES E REGULAMENTO Art. 1º O regulamento das provas de Maratonas Aquáticas do Circuito Mares 2014 / 2015, seguirá

Leia mais

38º. As modalidades e suas respectivas categorias e gêneros serão :

38º. As modalidades e suas respectivas categorias e gêneros serão : 38º Art. 1º- Poderão participar dos jogos: atletas holandeses, descendentes, casados com holandeses ou casados com descendentes. Os casos excepcionais deverão ser apresentados na reunião técnica e a decisão,

Leia mais

CAMPEONATO PAULISTA DE MARATONAS AQUÁTICAS Festival Paulista de Maratonas Aquáticas TEMPORADA 2014 REGULAMENTO GERAL

CAMPEONATO PAULISTA DE MARATONAS AQUÁTICAS Festival Paulista de Maratonas Aquáticas TEMPORADA 2014 REGULAMENTO GERAL CAMPEONATO PAULISTA DE MARATONAS AQUÁTICAS Festival Paulista de Maratonas Aquáticas TEMPORADA 2014 REGULAMENTO GERAL CAPITULO I DAS FINALIDADES E REGULAMENTO Art. 1º Art. 2º O regulamento das provas de

Leia mais

X CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2015/2016

X CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2015/2016 X CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2015/2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I - Das Finalidades Art. 1º Com a realização do CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA, a Confederação Brasileira

Leia mais

REGULAMENTO DO CIRCUITO ABERTO DE TÊNIS DO ASSIS TÊNIS CLUBE 2017

REGULAMENTO DO CIRCUITO ABERTO DE TÊNIS DO ASSIS TÊNIS CLUBE 2017 REGULAMENTO DO CIRCUITO ABERTO DE TÊNIS DO ASSIS TÊNIS CLUBE 2017 1. DOS TORNEIOS 1.1 O Circuito Aberto de Tênis do Assis Tênis Clube 2017 será composto de 3 Torneios Abertos e 1 Torneio Finals, conforme

Leia mais

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando VOLEIBOL Art. 1º - As partidas obedecerão às regras oficiais da FIVB, com as seguintes alterações: Inciso I - Os jogos serão realizados em 01 (um) set de 16 (dezesseis) pontos. Inciso II - Em caso de empate

Leia mais

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

OBJETIVOS ESPECÍFICOS COPA DCE 2016/02 APRESENTAÇÃO A Diretoria de Esportes do Diretório Central de Estudantes DCE, sob responsabilidade da acadêmica Jessica Tauana Pommer Noetzold, promoverá a Copa DCE 2016/02, que ocorrerá

Leia mais

45º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ C O N V I T E

45º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ C O N V I T E 45º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ C O N V I T E A SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS realizará no dia 03 de agosto de 2013 em comemoração ao 99º aniversario do clube o Tradicional TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ, no

Leia mais

REGULAMENTO NACIONAL

REGULAMENTO NACIONAL REGULAMENTO NACIONAL 27º Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto-Juvenil Troféu Chico Piscina CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º Com a participação das Federações filiadas à Confederação Brasileira

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE Paulo Afonso 2015 Docentes do curso de Educação Física TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE Paulo Afonso 2015 Torneio Integração dos Cursos da FASETE Regulamento

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO ADULTO NAIPE FEMININO

REGULAMENTO ESPECIFICO ADULTO NAIPE FEMININO REGULAMENTO ESPECIFICO ADULTO NAIPE FEMININO Art. 1º - DA ORGANIZAÇÃO E DIREÇÃO DO CAMPEONATO a) A competição de que trata este Regulamento será organizada e dirigida pela FESFS, através da Direção Técnica,

Leia mais

REGULAMENTO I. DA FINALIDADE E ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO I. DA FINALIDADE E ORGANIZAÇÃO REGULAMENTO I. DA FINALIDADE E ORGANIZAÇÃO Art. 1. Objetivo Propiciar a prática do atletismo, fundamentado na ação socioeducativa, vislumbrando a criação da cultura e do hábito esportivo, favorecendo o

Leia mais

1ª MEIA MARATONA DA FRUTICULTURA IRRIGADA

1ª MEIA MARATONA DA FRUTICULTURA IRRIGADA 1ª MEIA MARATONA DA FRUTICULTURA IRRIGADA Data: 05 de Março de 2017 Inscrições: 15 de Janeiro a 01 de Março de 2017 exclusivamente no site: www.corre10.com.br Art.1º -A I MEIA MARATONA DA FRUTICULTURA

Leia mais

FEDERAÇÃO GOIANA DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO GOIANA DE FUTEBOL COPA GOIÁS (SUB-20) 2014 N O R M A S E S P E C I A I S CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - A Copa Goiás Sub-20 Edição 2014, será disputado pelas 15 (quinze) associações que a integram na

Leia mais

Campeonato Nacional de Corrida em Montanha / Grande Prémio de Montanha Senhora da Graça

Campeonato Nacional de Corrida em Montanha / Grande Prémio de Montanha Senhora da Graça Campeonato Nacional de Corrida em Montanha / Grande Prémio de Montanha Senhora da Graça Mondim de Basto Dia 15 de Junho de 2013 16H00 Organização: Câmara Municipal de Mondim de Basto, AA Vila Real e FPA

Leia mais

Circuito de Atletismo do Barreiro. 1º Corta-Mato da Academia do Korpo Associação Grupo Desportivo Academia do Korpo

Circuito de Atletismo do Barreiro. 1º Corta-Mato da Academia do Korpo Associação Grupo Desportivo Academia do Korpo Associação Grupo Desportivo Academia do Korpo REGULAMENTO DE PROVA 1. O Corta-Mato da Academia do Korpo é aberto a atletas de ambos os sexos em representação de Clubes, Comissões de Moradores, Bairros,

Leia mais

REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE

REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE 1. Introdução: válidas a partir de 01.01.2015 Integram o ranking brasileiro de boliche todos os atletas filiados à Confederação Brasileira de Boliche CBBol,

Leia mais

RANKING METROPOLITANO SOCIEDADE HÍPICA CATARINENSE

RANKING METROPOLITANO SOCIEDADE HÍPICA CATARINENSE RANKING METROPOLITANO SOCIEDADE HÍPICA CATARINENSE 1. GENERALIDADES: Local das competições: Sociedade Hípica Catarinense SC 401, n 4677 Saco Grande Florianópolis SC Tel: (48) 3335 6144 Site: www.sociedadehipicacatarinense.com.br

Leia mais

CLUBE DESPORTIVO ESTRELA A. Tavares

CLUBE DESPORTIVO ESTRELA A. Tavares 4º Grande Prémio do CLUBE DESPORTIVO ESTRELA A. Tavares REGULAMENTO REGULAMENTO O Clube Desportivo Estrela realiza no próximo dia 11 de junho de 2017, entre as 09:30 e as 12:30, o 4º GP do Clube Desportivo

Leia mais

CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL PROFISSIONAL 2ª DIVISÃO 2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO

CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL PROFISSIONAL 2ª DIVISÃO 2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL PROFISSIONAL 2ª DIVISÃO 2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO Da Denominação e Participação. Art. 1 - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol Profissional da Segunda Divisão do

Leia mais

REGULAMENTOS (Minuta)

REGULAMENTOS (Minuta) XVIII COPA NORDESTE DE CLUBES DE PISCINA CURTA INFANTIL JUVENIL JUNIOR e SÊNIOR TROFÉU MANOEL SOUZA 2016 ÍNDICE: REGULAMENTOS (Minuta) Capítulo Descrição Página I DAS FINALIDADES 2 II DA ORGANIZAÇÃO 2

Leia mais

5ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2016

5ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2016 5ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2016 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados a CBTM,

Leia mais

Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife

Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife - 2017 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados

Leia mais

44º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ

44º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ 44º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ A Sociedade Esportiva Palmeiras realizará no dia 25 de agosto de 2012 em comemoração ao 98º aniversario do clube o Tradicional TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ, no Ginásio Palestra

Leia mais

REGULAMENTO GERAL. 1º lugar 8 pontos 2º lugar 6 pontos 3º lugar 5 pontos 4º lugar 4 pontos 5º lugar 3 pontos 6º lugar 2 pontos

REGULAMENTO GERAL. 1º lugar 8 pontos 2º lugar 6 pontos 3º lugar 5 pontos 4º lugar 4 pontos 5º lugar 3 pontos 6º lugar 2 pontos REGULAMENTO GERAL Pelo presente regulamento fica instituída a OLIMPÍADA INTERCOLEGIAL, que visa desenvolver a prática das modalidades desportivas no âmbito estudantil, bem como, possibilitar às comunidades

Leia mais

Jogos de Integração Universitária JIU

Jogos de Integração Universitária JIU Jogos de Integração Universitária JIU (Modalidades de Quadras e Corrida) REGULAMENTO GERAL A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis PROAE -, através da Coordenadoria de Formação e Integração

Leia mais

2º Campeoanto SINTTEL de Futebol de 8

2º Campeoanto SINTTEL de Futebol de 8 2º Campeoanto SINTTEL de Futebol de 8 REGULAMENTO 02 de julho a 27 de agosto de 2016 1 CAPITULO I Disposições Prliminares Art. 1º - O 2º Campeonato SINTTEL de Futebol de 8 será promovido pelo Sinditcato

Leia mais

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA 18º CAMPEONATO COBRINHAS DE FUTEBOL 2017 Fone: (44) 9963-6168 (44) 3252-1172 75.472.746/0001-05 DEPARTAMENTO DE FUTEBOL AMADOR 18º CAMPEONATO COBRINHAS DE FUTEBOL - 2.017

Leia mais

Confederação Brasileira de Futebol

Confederação Brasileira de Futebol Confederação Brasileira de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Copa de Seleções Estaduais Sub 20 2015 1 SUMÁRIO DEFINIÇÕES... 3 CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO...

Leia mais

OBJETÍADAS (OLIMPÍADAS DO COLÉGIO OBJETIVO)

OBJETÍADAS (OLIMPÍADAS DO COLÉGIO OBJETIVO) OBJETÍADAS (OLIMPÍADAS DO COLÉGIO OBJETIVO) REGULAMENTO GERAL - 2015 1 - Do Objetivo 1.1 As OBJETÍADAS visam aproximar os alunos, promover interação dentro e fora da sala de aula, fortalecer a convivência,

Leia mais

38º ZESKAMP Regulamento

38º ZESKAMP Regulamento 38º ZESKAMP 2016 Regulamento Art. 1º - Poderão participar dos jogos: atletas holandeses, descendentes, casados com holandeses ou casados com descendentes. Os casos excepcionais deverão ser apresentados

Leia mais

Art. 2º A prova será realizada no dia 12 de fevereiro de 2017 com largada no Parque Tanguá e chegada no Parque Barigui.

Art. 2º A prova será realizada no dia 12 de fevereiro de 2017 com largada no Parque Tanguá e chegada no Parque Barigui. I. DA FINALIDADE E ORGANIZAÇÃO Art. 1º A Corrida Verde Desafio 10 milhas, será promovida e organizada pela Thomé e Santos Eventos Esportivos Ltda., tem como objetivos difundir na Comunidade a prática da

Leia mais

2ª COPA 9 DE FUTSAL MENORES 2017 REGULAMENTO

2ª COPA 9 DE FUTSAL MENORES 2017 REGULAMENTO 2ª COPA 9 DE FUTSAL MENORES 2017 REGULAMENTO Capítulo I DOS OBJETIVOS Art. 1º A Diretoria de Esportes do Clube 9 de Julho através da Coordenadoria de Futsal, promovem a 2ª Copa Clube 9 de Futsal Menores

Leia mais

4ª CORRIDA NOTURNA CLÍNICA DO TÊNIS

4ª CORRIDA NOTURNA CLÍNICA DO TÊNIS 4ª CORRIDA NOTURNA CLÍNICA DO TÊNIS REGULAMENTO GERAL A 4ª Corrida Noturna Clínica do Tênis de Avaré é uma prova de pedestrianismo de rua promovida pela empresa Clínica do Tênis e organizada em caráter

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO ATLETISMO

REGULAMENTO TÉCNICO ATLETISMO Art. 1º - As competições de Atletismo serão regidas pelas Regras de Competições da Federação Internacional de Atletismo Amador, pelas normas da CBAT (Confederação Brasileira de Atletismo), por este Regulamento

Leia mais

FEDERAÇÃO GAÚCHA DOS ESPORTES EQUESTRES Ranking Gaucho de Alunos das Escolas de Equitação 2015 Regulamento. Capítulo I Generalidades

FEDERAÇÃO GAÚCHA DOS ESPORTES EQUESTRES Ranking Gaucho de Alunos das Escolas de Equitação 2015 Regulamento. Capítulo I Generalidades FEDERAÇÃO GAÚCHA DOS ESPORTES EQUESTRES Ranking Gaucho de Alunos das Escolas de Equitação 2015 Regulamento Capítulo I Generalidades Art. 1º - O Ranking Gaucho anual de Alunos das Escolas de Equitação é

Leia mais

XIII REGULAMENTO GERAL CURITIBA

XIII REGULAMENTO GERAL CURITIBA XIII REGULAMENTO GERAL CURITIBA -2016- COMITÊ ORGANIZADOR Presidente do Círculo Militar do Paraná Ten. Cel. Sérgio Cooper de Almeida Diretora Geral de Esportes Sra. Marisa Krieger Coordenadora Geral de

Leia mais

CAMINHADA/GRANDE PRÉMIO DE ATLETISMO DE VIEIRA DO MINHO. 30 de março de H30/16h30

CAMINHADA/GRANDE PRÉMIO DE ATLETISMO DE VIEIRA DO MINHO. 30 de março de H30/16h30 CAMINHADA/GRANDE PRÉMIO DE ATLETISMO DE VIEIRA DO MINHO 30 de março de 2013 15H30/16h30 REGULAMENTO 11 ORGANIZAÇÃO E DATA Numa organização da Câmara Municipal de Vieira do Minho com o apoio da Associação

Leia mais

CAMPEONATO CEARENSE CATEGORIA SUB/ REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC CAPÍTULO I. Da Denominação e Participação

CAMPEONATO CEARENSE CATEGORIA SUB/ REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC CAPÍTULO I. Da Denominação e Participação CAMPEONATO CEARENSE CATEGORIA SUB/13 2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - O Campeonato Cearense de Futebol categoria Sub/13 de 2014, doravante

Leia mais

CLUBE COMERCIAL DE LORENA

CLUBE COMERCIAL DE LORENA I TORNEIO INTERNO DE FUTEBOL 2016 I - Dos objetivos: REGULAMENTO Art. 1 - O evento tem por finalidade promover o intercâmbio social e esportivo entre os associados do Clube Comercial de Lorena e desenvolver

Leia mais

MELHOR NADADOR DO ANO POR MODALIDADE E CLASSE

MELHOR NADADOR DO ANO POR MODALIDADE E CLASSE CAPITULO I MELHOR NADADOR DO ANO POR MODALIDADE E CLASSE - 2016 DAS FINALIDADES ART. 1º Com a finalidade de motivar e desenvolver o apuro técnico dos nadadores baianos foi criado o Troféu Melhor Atleta

Leia mais

REGULAMENTO LPN Artigo 2º - O Torneio é dividido em 3 partes:

REGULAMENTO LPN Artigo 2º - O Torneio é dividido em 3 partes: REGULAMENTO LPN 2012 I Dos objetivos: Artigo 1º - A LPN (Liga Paulista de Natação) tem por objetivo incentivar a prática da natação na região, apoiar a educação das crianças e dos jovens através da atividade

Leia mais

IX DESAFIO TV SERGIPE DE NATAÇÃO

IX DESAFIO TV SERGIPE DE NATAÇÃO IX DESAFIO TV SERGIPE DE NATAÇÃO 08 E 09 DE NOVEMBRO DE 2013 PARQUE AQUÁTICO DA UNIT ARACAJU/SE CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art.1º - Competição com a participação das Escolas Públicas e Particulares, clubes

Leia mais

Regulamento Geral. - 1º Torneio de Basquetebol Interclasses ITE Bauru

Regulamento Geral. - 1º Torneio de Basquetebol Interclasses ITE Bauru 1. DA ORGANIZAÇÃO E DIREÇÃO Art. 1. O campeonato interclasses de basquete obedecerá às disposições deste regulamento, da Declaração do Termo de Responsabilidade constante na Ficha de Inscrição e das demais

Leia mais

I Copa de Judô Cidade de Registro por Equipes REGULAMENTO

I Copa de Judô Cidade de Registro por Equipes REGULAMENTO I Copa de Judô Cidade de Registro por Equipes REGULAMENTO A Associação Registrense de Judô com o apoio da Federação Paulista de Judô e Prefeitura Municipal de Registro, realizará no dia 24 de junho, no

Leia mais

FESTIVAL e TORNEIO CHIAKI ISHII de JUDÔ REGULAMENTO

FESTIVAL e TORNEIO CHIAKI ISHII de JUDÔ REGULAMENTO FESTIVAL e TORNEIO CHIAKI ISHII de JUDÔ REGULAMENTO Com objetivo de divulgar e incentivar a participação de estudantes à pratica do judô e fazer uma Homenagem ao Sensei Chiaki Ishii, realizaremos o FESTIVAL

Leia mais

REGIMENTO ESPECÍFICO FUTEBOL. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição

REGIMENTO ESPECÍFICO FUTEBOL. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição REGIMENTO ESPECÍFICO FUTEBOL Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição Índice Preâmbulo 5 Artigo 1.º Escalões Etários, Dimensões do Campo, Bola, Tempo de Jogo e Variantes

Leia mais

TORNEIO CARIOCA TERJ REGULAMENTO TERJ 2014

TORNEIO CARIOCA TERJ REGULAMENTO TERJ 2014 TORNEIO CARIOCA TERJ REGULAMENTO TERJ 2014 I- DA DURAÇÃO 1-O TERJ de Exposições de Cães Pastores Alemães terá a duração de um ano, de janeiro a dezembro. Podendo participar todos e qualquer cães de outros

Leia mais

REGULAMENTO DO VÔLEI DE PRAIA JOGUINHOS ABERTOS SC 2010 DEMONSTRAÇÃO

REGULAMENTO DO VÔLEI DE PRAIA JOGUINHOS ABERTOS SC 2010 DEMONSTRAÇÃO REGULAMENTO DO VÔLEI DE PRAIA JOGUINHOS ABERTOS SC 2010 DEMONSTRAÇÃO I - DA OBSERVÂNCIA DESTE REGULAMENTO Art.1º- Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem as disputas do Campeonato de Volei

Leia mais

15º CIRCUITO CONCELHIO CIDADE DE LAGOS, EM ATLETISMO 2015/16 REGULAMENTO GERAL A. ORGANIZAÇÃO:

15º CIRCUITO CONCELHIO CIDADE DE LAGOS, EM ATLETISMO 2015/16 REGULAMENTO GERAL A. ORGANIZAÇÃO: 15º CIRCUITO CONCELHIO CIDADE DE LAGOS, EM ATLETISMO 2015/16 REGULAMENTO GERAL A. ORGANIZAÇÃO: A Câmara Municipal de Lagos, com a colaboração da Associação de Atletismo do Algarve, das Juntas de Freguesia

Leia mais

REGULAMENTO PARA O CIRCUITO PARAIBANO Regulamento Campeonato Paraibano Regras Paraibana e Brasileira.

REGULAMENTO PARA O CIRCUITO PARAIBANO Regulamento Campeonato Paraibano Regras Paraibana e Brasileira. REGULAMENTO PARA O CIRCUITO PARAIBANO 2013 Regulamento Campeonato Paraibano Regras Paraibana e Brasileira. Art. 1º- O Campeonato Paraibano 2013 de Futmesa é um evento promovido pela FPFM que irá definir

Leia mais

REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE

REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE 1. Introdução: Válidas a partir de 01.01.2017 Integram o ranking brasileiro de boliche todos os atletas filiados à Confederação Brasileira de Boliche BOLICHE

Leia mais

A organização do InterBand 2017 é de responsabilidade do Departamento de Educação Física e Esporte do Colégio Bandeirantes.

A organização do InterBand 2017 é de responsabilidade do Departamento de Educação Física e Esporte do Colégio Bandeirantes. XXI Torneio Intercolegial do Colégio Bandeirantes Regulamento Geral Objetivos O InterBand 2017 será realizado de 05 de agosto a 02 de setembro de 2017, nas dependências do Colégio Bandeirantes, à Rua Estela

Leia mais

Sumário DO CAMPEONATO... 3 DOS CONCURSOS... 4 DA INSCRIÇÃO... 5 DA ENTREGA DOS PÁSSAROS... 5 DO JULGAMENTO... 6 DA PREMIAÇÃO... 7

Sumário DO CAMPEONATO... 3 DOS CONCURSOS... 4 DA INSCRIÇÃO... 5 DA ENTREGA DOS PÁSSAROS... 5 DO JULGAMENTO... 6 DA PREMIAÇÃO... 7 REGULAMENTO DO TORNEIO ABERTO DE GLOSTER E FIFE FANCY 2016 Sumário DO CAMPEONATO... 3 DOS CONCURSOS... 4 DA INSCRIÇÃO... 5 DA ENTREGA DOS PÁSSAROS... 5 DO JULGAMENTO... 6 DA PREMIAÇÃO... 7 DA RETIRADA

Leia mais

REGULAMENTO GERAL ARACAJU SALVADOR A DEFINIR

REGULAMENTO GERAL ARACAJU SALVADOR A DEFINIR [Digite texto] CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES REGULAMENTO GERAL Art.1º - Pelas diversas Escolas Públicas e Particulares, localizadas no Estado de Sergipe e no Estado da Bahia, abertas a todos os alunos FEDERADOS

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Federação Cearense de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Copa Cearense de Futebol Master Quarentão 2017 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO... 3 CAPÍTULO

Leia mais

CAMPEONATO REGIONAL DA LARM DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DA 2ª DIVISÃO DE 2013 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I

CAMPEONATO REGIONAL DA LARM DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DA 2ª DIVISÃO DE 2013 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA - LARM DEPARTAMENTO TÉCNICO CAMPEONATO REGIONAL DA LARM DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DA 2ª DIVISÃO DE 2013 REGULAMENTO ESPECÍFICO Disposições Preliminares: CAPÍTULO I Art.

Leia mais

FLORESTA Country Club

FLORESTA Country Club REGULAMENTO DO RANKING DO FLORESTA COUNTRY CLUB 1. PARTICIPAÇÃO : 1.1 Cada cavaleiro ou amazona poderá participar com até três animais em cada série, podendo mudar de série e retornar apenas uma vez sem

Leia mais

COPA CEPEUSP DE VOLEIBOL / 2017 REGULAMENTO

COPA CEPEUSP DE VOLEIBOL / 2017 REGULAMENTO COPA CEPEUSP DE VOLEIBOL / 2017 REGULAMENTO I DA FINALIDADE Art. 1 A COPA CEPEUSP DE VOLEIBOL tem como objetivo a integração dos docentes e funcionários da Universidade de São Paulo, incentivando-os à

Leia mais