04/02/2016. Tratamento das Convulsões. Epilepsia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "04/02/2016. Tratamento das Convulsões. Epilepsia"

Transcrição

1 Tratamento das Convulsões Prof. Herval de Lacerda Bonfante Departamento de Farmacologia Epilepsia Convulsão: alteração transitória do comportamento decorrente disparo rítmico, sincrônico e desordenado de populações de neurônios cerebrais Epilepsia: distúrbio da função cerebral caracterizado pela ocorrência periódica e imprevisível de convulsões 1

2 Epilepsia Epilepsia - Patogenia Aproximadamente 0,5% da população Crises parciais ou generalizadas Perda da consciência (formação reticular envolvida) Terapia medicamentosa atual eficaz em 70-80% dos pacientes Aumento da transmissão de aminoácidos excitatórios Comprometimento da transmissão inibitória Propriedades elétricas anômalas das células afetadas Epilepsia Ou Antiepilépticos 2

3 simples determinadas regiões sem perda da consciência complexas perda da consciência (linguagem, memória, emoções) evoluindo para tônico clônicas (generalizada) Vários Tipos 3

4 Ausência Tônico-Clônica Tônico clônicas grande mal epiléptico Perda da consciência Foco Parcial Ausência pequeno mal Crianças Generalizada Secundária Generalizada Primária Foco Tálamo 4

5 Fases da Crise Convulsiva Tônica Clônica Grande Mal Fase Tônica Fases da Crise Convulsiva Tônica Clônica Grande Mal Fase Clônica Fases da Crise Convulsiva Tônica Clônica Grande Mal Depressão pós crise Principais Barbitúricos: fenobarbital Hidantoinas: fenitoina Carbamazepina Ácido valpróico Benzodiazepínicos: Diazepam e Clonazepam Etossuximida Gabapentina Lamotrigina 5

6 Principais Barbitúricos: fenobarbital Hidantoinas: fenitoina Ácido valpróico Benzodiazepínicos: Diazepam e Clonazepam Mecanismo de Ação Potencialização da ação do GABA Fenobarbital e benzodiazepínicos Inibição da função dos canais de sódio Fenitoina, carbamazepina, valproato, lamotrigina Inibição da Função dos canais de cálcio Etossuximida e Gabapentina ABERTO INATIVADO BENZODIAZEPÍNICOS BARBITÚRICOS FENITOINA CARBAMAZEPI NA ACIDO VALPROICO 6

7 ACIDO VALPROICO Farmacocinética Uso crônico: via oral Vários compostos Uso agudo: via intravenoso Diazepam Fenitoina Efeitos Adversos Fenobarbital (gardenal ) Sonolência (mais frequente) Indução enzimática CYP famílias 2C e 3A do sistema P450 crianças: hiperatividade e irritabilidade Idosos: agitação e confusão Anemia megaloblástica Osteomalácia Efeitos Adversos Fenitoina difenilhidantoina (hidantal ) Disfunção cerebelar ataxia,nistagmo e vertigem (dose tóxica) Hirsutismo e hiperplasia da gengiva (20% dos pacientes) Osteomalácia alteração do metabolismo de Vitamina D e absorção de Ca metabolismo de vitamina K Anemia (deficiência de ácido fólico e vitamina B12) 7

8 Efeitos Adversos Carbamazepina (tegretol ) Sonolência Visão, turva, diplopia e ataxia Anemia aplásica e agranulocitose Efeitos Adversos Ácido Valpróico (depakene ) Inibe a atividade de enzimas do sistema microssomal Elevação dos níveis de drogas metabolizadas pelo fígado Hepatopatia (aumento de enzimas hepáticas (TGO e TGP) Usos Terapêuticos Fenobarbital Usos Terapêuticos Fenitoina Crises Tônico-clônicas generalizadas e parciais Crises Tônico-clônicas generalizadas e parciais 8

9 Usos Terapêuticos Carbamazepina Crises Tônico-clônicas generalizadas parciais simples e complexas Usos Terapêuticos Crises de ausência Tônico-clônicas Ácido Valpróico 9

Tema: ANTICONVULSIVANTES

Tema: ANTICONVULSIVANTES Resumo dos slides apresentados na palestra realizada no Minicurso de Psicofarmacologia, em novembro de 2012, na FAMAM, pelo Prof. Edilberto A. S. Oliveira. Tema: ANTICONVULSIVANTES ANTICONVULSIVANTES Prof.

Leia mais

Aminoácidos-neurotransmissores

Aminoácidos-neurotransmissores Aminoácidos-neurotransmissores Síntese e metabolismo de aminoácidos no SNC Receptores dos aminoácidos excitatórios Ketamina Memantina Dizolcilpina (MK801) Fenciclidina Receptores NMDA e GABA A Potenciação

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 330/2014. Beum (tiamina), Tegretol (carbamazepina), Prebictal (pregabalina)

RESPOSTA RÁPIDA 330/2014. Beum (tiamina), Tegretol (carbamazepina), Prebictal (pregabalina) 22/06/2014 RESPOSTA RÁPIDA 330/2014 Beum (tiamina), Tegretol (carbamazepina), Prebictal (pregabalina) SOLICITANTE :Dra. Herilene de Oliveira Andrade Juíza de Direito de Itapecerica - MG NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

1ª Edição Fortaleza/CE

1ª Edição Fortaleza/CE 1ª Edição Fortaleza/CE ELABORAÇÃO Luciana de Oliveira Neves Neurologia e Clínica Médica HGWA Gabriela Joca Martins Neurologia e Clínica Médica HGWA Janaina Bastos de Sousa Neurologia e Clínica Médica HGWA

Leia mais

EPILEPSIA. EPILEPSIA é uma palavra de origem grega, derivada de epilambaneim, foi

EPILEPSIA. EPILEPSIA é uma palavra de origem grega, derivada de epilambaneim, foi EPILEPSIA Newra Tellechea Rotta Neurologista infantil, professora adjunta do departamento de pediatria da UFRGS, coordenadora do programa de pós-graduação em ciências médicas: pediatria da UFRGS Maria

Leia mais

23/07/2013. É um sintoma fundamental de muitos distúrbios psiquiátricos e um componente de muitas condições clínicas e cirúrgicas.

23/07/2013. É um sintoma fundamental de muitos distúrbios psiquiátricos e um componente de muitas condições clínicas e cirúrgicas. Psicofarmacologia Prof. Herval de Lacerda Bonfante Departamento de Farmacologia PSICOFARMACOLOGIA Distúrbios Psiquiátricos - Tratamento : 1950 10 a 15% de prescrições - EUA Brasil prevalência de transtornos

Leia mais

Ácido valpróico. Bromazepam. Instituto Hermes Pardini - Drogas Terapêuticas 1

Ácido valpróico. Bromazepam. Instituto Hermes Pardini - Drogas Terapêuticas 1 Ácido valpróico O ácido valpróico (Depakene, Epilenil ) é um anticonvulsivante também usado em distúrbios bipolares e na profilaxia da enxaqueca. Sua dosagem é útil para monitorização dos níveis terapêuticos

Leia mais

Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml

Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml 5 Kanakion MM pediátrico fitomenadiona Roche Vitamina K Micelas Mistas APRESENTAÇÃO Solução injetável.

Leia mais

lamotrigina Comprimido 100mg

lamotrigina Comprimido 100mg lamotrigina Comprimido 100mg MODELO DE BULA COM INFORMAÇÕES AO PACIENTE lamotrigina Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. APRESENTAÇÕES Comprimido 100mg Embalagens contendo 30 e 60 comprimidos. USO

Leia mais

Lista de medicamentos genéricos registrados sujeitos a controle especial - por ordem alfabética Atualizado até Diário Oficial da União de 18/06/07

Lista de medicamentos genéricos registrados sujeitos a controle especial - por ordem alfabética Atualizado até Diário Oficial da União de 18/06/07 Lista de medicamentos genéricos registrados sujeitos a controle especial - por ordem alfabética Atualizado até Diário Oficial da União de 18/06/07 Genérico Labor.(genérico) Referência Concentração Forma

Leia mais

5.º Congresso Nacional AMACC Praia de Mira Março 2013. Isabel Pires. CHSJ-EPE-Porto

5.º Congresso Nacional AMACC Praia de Mira Março 2013. Isabel Pires. CHSJ-EPE-Porto 5.º Congresso Nacional AMACC Praia de Mira Março 2013 Isabel Pires CHSJ-EPE-Porto EPILEPSIA Doença neurológica crónica que afecta cerca de 1 em cada 200 indivíduos; em Portugal estima-se uma prevalência

Leia mais

A depressão e a mania são vistas frequentemente como extremos opostos de um espectro afetivo ou do humor;

A depressão e a mania são vistas frequentemente como extremos opostos de um espectro afetivo ou do humor; Curso - Psicologia Disciplina: Psicofarmacologia Resumo Aula 6- Psicofármacos: Transtorno Bipolar e Manias Descrição dos Transtornos do Humor Conhecidos como transtorno afetivos (afeto é a expressão externa

Leia mais

Doença Bipolar e Gravidez. Índice

Doença Bipolar e Gravidez. Índice Doença Bipolar e Gravidez Índice Introdução... 3 Questões prévias à Gravidez... 4 Aspectos Gerais... 4 Planeamento Familiar... 4 Medicação... 5 Estabilizadores do Humor... 5 Outros medicamentos Psiquiátricos...

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 158/2014

RESPOSTA RÁPIDA 158/2014 RESPOSTA RÁPIDA 158/2014 SOLICITANTE Sabrina da Cunha Peixoto Ladeira Juíza de Direito do Juizado Especial NÚMERO DO PROCESSO 0512.14.000278-7 DATA 02/04/2014 Para fins de apreciação do pedido de liminar

Leia mais

Tema: Informações técnicas sobre a substituição do Depakene pelo Ácido Valpróico genérico em crises convulsivas.

Tema: Informações técnicas sobre a substituição do Depakene pelo Ácido Valpróico genérico em crises convulsivas. Data: 19/11/2012 Nota técnica18/2012 Solicitante Des. Vanessa Verdolim Hudson Andrade 1ª Câmara Cível - TJMG Medicamento Material Procedimento Cobertura x Tema: Informações técnicas sobre a substituição

Leia mais

Tratamento das Epilepsias Generalizadas Idiopáticas

Tratamento das Epilepsias Generalizadas Idiopáticas Journal of Epilepsy and Clinical Neurophysiology J Epilepsy Clin Neurophysiol 2008; 14(Suppl 2):20-24 Tratamento das Epilepsias Generalizadas Idiopáticas Luiz Eduardo Betting*, Carlos A. M. Guerreiro**

Leia mais

Monitoração Neurofisiológica Intraoperatória. Dr. Paulo André Teixeira Kimaid SBNC - 2013

Monitoração Neurofisiológica Intraoperatória. Dr. Paulo André Teixeira Kimaid SBNC - 2013 Monitoração Neurofisiológica Intraoperatória Dr. Paulo André Teixeira Kimaid SBNC - 2013 MNIO: Uma peculiaridade do Sistema Nervoso é que o conhecimento de sua Anatomia e Fisiologia permite a localização

Leia mais

Roberto Satler Cetlin R2 CLN ANCP

Roberto Satler Cetlin R2 CLN ANCP Roberto Satler Cetlin R2 CLN ANCP Aspectos Históricos Final do século XIX: primeiras descrições da associação entre SNC e anemia megaloblástica (Leichtenstern e Lichtheim). Início do séc. XX: descritas

Leia mais

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES FARMANGUINHOS ISONIAZIDA comprimidos de 300 mg em blisteres com 10 comprimidos.

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES FARMANGUINHOS ISONIAZIDA comprimidos de 300 mg em blisteres com 10 comprimidos. FARMANGUINHOS ISONIAZIDA Isoniazida FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES FARMANGUINHOS ISONIAZIDA comprimidos de 300 mg em blisteres com 10 comprimidos. USO ADULTO E PEDIÁTRICO USO ORAL COMPOSIÇÃO Cada

Leia mais

INTRODUÇÃO. A doença de Parkinson (DP) é uma enfermidade neurodegenerativa de causa desconhecida, com grande prevalência na população idosa.

INTRODUÇÃO. A doença de Parkinson (DP) é uma enfermidade neurodegenerativa de causa desconhecida, com grande prevalência na população idosa. DOENÇA DE PARKINSON INTRODUÇÃO A doença de Parkinson (DP) é uma enfermidade neurodegenerativa de causa desconhecida, com grande prevalência na população idosa. Acomete homens e mulheres de diferentes etnias

Leia mais

CARBAMAZEPINA INPHARMA

CARBAMAZEPINA INPHARMA FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR CARBAMAZEPINA INPHARMA Comprimidos Composição: Cada comprimido contém 200 mg de Carbamazepina. Excipientes: Celulose microcristalina, amido glicolato de

Leia mais

Programa Nacional de Controle de Qualidade Ltda. PNCQ Patrocinado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS SBAC

Programa Nacional de Controle de Qualidade Ltda. PNCQ Patrocinado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS SBAC QUIMIOLUMINESCÊNCIA pg/ml 5,6 1,9 ACTH B-HCG CALCITONINA CORTISOL ESTRADIOL DPC MEDLAB / IMMULITE / SIEMENS pg/ml 6,5 2,4 TODOS OS PARTICIPANTES pg/ml 6,7 2,5 TODOS OS ANALISADORES pg/ml 5,6 2,1 ELISA

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 159/2014. Doxepina, cetirizina, duloxetina, tramadol, sulfato de glucosamina e condroitina

RESPOSTA RÁPIDA 159/2014. Doxepina, cetirizina, duloxetina, tramadol, sulfato de glucosamina e condroitina RESPOSTA RÁPIDA 159/2014 Doxepina, cetirizina, duloxetina, tramadol, sulfato de glucosamina e condroitina NAPOLEÃO DA SILVA CHAVES SOLICITANTE Juiz de Direito do 3º JESP da Unidade Jurisdicional do Juizado

Leia mais

COMISSÃO EPILEPSIA NO FEMININO

COMISSÃO EPILEPSIA NO FEMININO COMISSÃO EPILEPSIA NO FEMININO Vigilância e tratamento da Mulher com Epilepsia: Proposta de Normas no âmbito da LPCE Coordenadora da Comissão: Élia Baeta, Neurologista, Unidade Local de Saúde do Alto Minho

Leia mais

O Luminaletas pertence a uma classe de medicamentos chamados antiepiléticos e anticonvulsivantes.

O Luminaletas pertence a uma classe de medicamentos chamados antiepiléticos e anticonvulsivantes. Folheto informativo: Informação para o utilizador Luminaletas 15 mg comprimidos Fenobarbital Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois contém informação importante

Leia mais

APROVADO EM 04-06-2009 INFARMED

APROVADO EM 04-06-2009 INFARMED RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1. NOME DO MEDICAMENTO Lamotrigina AZEVEDOS 25 mg Comprimidos Lamotrigina AZEVEDOS 50 mg Comprimidos Lamotrigina AZEVEDOS 100 mg Comprimidos Lamotrigina AZEVEDOS

Leia mais

1 -Polimialgia reumática (dor crônica)

1 -Polimialgia reumática (dor crônica) RESPOSTA RÁPIDA 131/2014 Medicamentos para diabetes e depressão SOLICITANTE NÚMERO DO PROCESSO Dra. Renata Perdigão Juiza de Campo Belo 0112.14.001472-4 DATA 13/03/2014 SOLICITAÇÃO Trata-se de Ação Cominatória

Leia mais

Ministério da Saúde Consultoria Jurídica/Advocacia Geral da União

Ministério da Saúde Consultoria Jurídica/Advocacia Geral da União Brasília, Nota Técnica janeiro N de 932012. /2012 Nomes Princípio Comerciais1: Ativo: paracetamol Ultracet, + cloridrato Paratram. de tramadol. Medicamento Medicamentos de Similares: Referência: Paratram.

Leia mais

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA.

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA. GRETIVIT (acetato de retinol cloridrato de tiamina riboflavina cloridrato de piridoxina cianocobalamina colecalciferol nicotinamida ácido pantotênico sulfato ferroso sulfato de magnésio sulfato de manganês)

Leia mais

MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nº 1564 DEPACON valproato de sódio

MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nº 1564 DEPACON valproato de sódio MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nº 1564 DEPACON valproato de sódio APRESENTAÇÕES Solução injetável de 100 mg/ml: embalagem com 10 frascos-ampola de 5 ml cada - dose única.

Leia mais

Medicamentos. Esses medicamentos são Dispensados nas Unidades Básicas, Centro de Saúde e Policlínicas com a apresentação de Receituário Médico.

Medicamentos. Esses medicamentos são Dispensados nas Unidades Básicas, Centro de Saúde e Policlínicas com a apresentação de Receituário Médico. Medicamentos 1. REMUME (RELAÇÃO MUNICIPAL DE MEDICAMENTOS ESSENCIAIS). apresentação de Receituário Médico. AAS 500mg Aminofilina 100 Comp. Amoxicilina 500mg Amoxicilina 250-150 ml Susp. Ampicilina 500mg

Leia mais

Objetivos: Descrever os neurotransmissores -Catecolaminas dopamina, noradrenalina, adrenalina -Acetilcolina

Objetivos: Descrever os neurotransmissores -Catecolaminas dopamina, noradrenalina, adrenalina -Acetilcolina FACULDADE DE MEDICINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA VIDA PUC-Campinas DISCIPLINA DE BASES MORFOFISIOLÓGICAS DO SISTEMA NERVOSO, SENSORIAL E LOCOMOTOR BIOQUÍMICA A 2012 Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes Objetivos:

Leia mais

Pode ser velhice ou carência de B12

Pode ser velhice ou carência de B12 Por Jane E. Brodyre, The New York Times News Service/Syndicate Pode ser velhice ou carência de B12 Ilsa Katz tinha 85 anos quando sua filha, Vivian Atkins, começou a notar que ela estava ficando cada vez

Leia mais

Abordagens Integrativas e Planos Terapêuticos

Abordagens Integrativas e Planos Terapêuticos 1 Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Estudos e Pesquisas sobre Álcool e outras Drogas Centro Regional de Referência sobre Drogas do Espírito

Leia mais

Pregabalina Novo Avanço no Tratamento da Dor Neuropática

Pregabalina Novo Avanço no Tratamento da Dor Neuropática Pregabalina Novo Avanço no Tratamento da Dor Neuropática Luiz Fernando de Oliveira Recentes Avanços Academia Nacional de Medicina - 2009 DOR NEUROPÁTICA Dor por lesão do sistema nervoso periférico ou central

Leia mais

Epilepsia e distúrbio de aprendizagem: tem relação?

Epilepsia e distúrbio de aprendizagem: tem relação? Epilepsia e distúrbio de aprendizagem: tem relação? Apresentação: Daniele Istile (2º ano) Maria Gabriela Cavalheiro (4ºano) Orientação: Doutoranda Thaís dos Santos Gonçalves Local: Anfiteatro da Biblioteca

Leia mais

OS-CAL 500 + D carbonato de cálcio 500 mg colecalciferol (vit. D) 200 UI

OS-CAL 500 + D carbonato de cálcio 500 mg colecalciferol (vit. D) 200 UI ESTA BULA É CONTINUAMENTE ATUALIZADA. FAVOR PROCEDER A SUA LEITURA ANTES DE UTILIZAR O MEDICAMENTO OS-CAL 500 + D carbonato de cálcio 500 mg colecalciferol (vit. D) 200 UI Uso adulto e pediátrico Uso oral

Leia mais

Diana Pais (Estagiária de Dietética) Centro Hospitalar de Tondela - Viseu

Diana Pais (Estagiária de Dietética) Centro Hospitalar de Tondela - Viseu 1 Diana Pais (Estagiária de Dietética) Estilo de Vida Saudável Ter uma alimentação saudável; 2 Tomar sempre o pequeno-almoço; Praticar exercício físico, pelo menos, 30 minutos por dia; Dormir, pelo menos,

Leia mais

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 9 Família Lima. Fundamentação Teórica: Epilepsia

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 9 Família Lima. Fundamentação Teórica: Epilepsia CASO COMPLEXO 9 Família Lima : Elza Márcia Targas Yacubian Como iniciar a abordagem da possível epilepsia de Luciana? A caracterização das crises deverá considerar os principais tipos de crises epilépticas.

Leia mais

Projeto Medicina. Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC

Projeto Medicina. Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC Projeto Medicina Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC Neurociência DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso Central Sistema

Leia mais

fenitoína sódica União Química Farmacêutica Nacional S.A Solução Injetável 50 mg/ml

fenitoína sódica União Química Farmacêutica Nacional S.A Solução Injetável 50 mg/ml fenitoína sódica União Química Farmacêutica Nacional S.A Solução Injetável 50 mg/ml fenitoína sódica Medicamento genérico, Lei nº 9.787, de 1999. Solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMA FARMACÊUTICA

Leia mais

Transtorno Bipolar Aspectos do Diagnóstico e Tratamento. Alexandre Pereira

Transtorno Bipolar Aspectos do Diagnóstico e Tratamento. Alexandre Pereira Transtorno Bipolar Aspectos do Diagnóstico e Tratamento Alexandre Pereira Esquizofrenia x T. Bipolar Delírios, Alucinações, Alterações da consciência do eu,alterações do afeto e da percepção corporal Evolução

Leia mais

valproato de sódio Xarope 250mg/5mL

valproato de sódio Xarope 250mg/5mL valproato de sódio Xarope 250mg/5mL MODELO DE BULA COM INFORMAÇÕES AO PACIENTE valproato de sódio Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. APRESENTAÇÃO Xarope 250mg/5mL Embalagem contendo 50 frascos

Leia mais

Imunossupressores e Agentes Biológicos

Imunossupressores e Agentes Biológicos Imunossupressores e Agentes Biológicos Histórico Início da década de 1960 Transplantes Prof. Herval de Lacerda Bonfante Departamento de Farmacologia Doenças autoimunes Neoplasias Imunossupressores Redução

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 366/2014 Dor Difusa - Duloxetina

RESPOSTA RÁPIDA 366/2014 Dor Difusa - Duloxetina RESPOSTA RÁPIDA 366/2014 Dor Difusa - Duloxetina SOLICITANTE Dra. Renata Abranches Perdigão Juíza de Direito do JESP da Fazenda Pública de Campo Belo NÚMERO DO PROCESSO Autos nº. 0112.14.005276-5 DATA

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 305/2014 Rivaroxabana (Xarelto )

RESPOSTA RÁPIDA 305/2014 Rivaroxabana (Xarelto ) RESPOSTA RÁPIDA 305/2014 Rivaroxabana (Xarelto ) SOLICITANTE Eduardo Soares de Araújo Juíz de Direito Comarca de Andradas MG NÚMERO DO PROCESSO 14.2723-1 DATA 03/06/2014 Proc. 14.2723-1 Autor: VALDECI

Leia mais

Efeitos adversos no sistema nervoso central dos fármacos antiepiléticos em idosos*

Efeitos adversos no sistema nervoso central dos fármacos antiepiléticos em idosos* ARTIGO DE REVISÃO no sistema nervoso central dos fármacos antiepiléticos em idosos* Adverse effects on the central nervous system by antiepileptic drugs in elderly Brígida Caroline Saraiva Barreto 1, Paulo

Leia mais

VITAMINAS. Valores retirados de Tabela da composição de Alimentos. Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge

VITAMINAS. Valores retirados de Tabela da composição de Alimentos. Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge PELO SEU BEM ESTAR baixo teor de Gordura e Sódio; é rica em Vitamina B12; fonte de Vitamina D, Energia (Kcal) 83 Gordura (g) 1.4 Ác. gordos saturados (g) 0.2 Ác. gordos monoinsaturados (g) 0.4 Ác. gordos

Leia mais

Modelo de bula Paciente Bipogine 25mg, 50mg e 100mg. Bipogine lamotrigina. Comprimidos 25 mg, 50 mg & 100 mg

Modelo de bula Paciente Bipogine 25mg, 50mg e 100mg. Bipogine lamotrigina. Comprimidos 25 mg, 50 mg & 100 mg Bipogine lamotrigina Comprimidos 25 mg, 50 mg & 100 mg LEIA ESTA BULA ATENTAMENTE ANTES DE INICIAR O TRATAMENTO. I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO COMPOSIÇÃO Bipogine lamotrigina FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES

Leia mais

PRIMID. primidona APSEN

PRIMID. primidona APSEN PRIMID primidona APSEN FORMA FARMACÊUTICA Comprimidos APRESENTAÇÕES Comprimidos de 100 mg: Caixa com 100 comprimidos. Comprimidos de 250 mg: Caixa com 20 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA

Leia mais

TEMA: Zonegram (zonizamida) para paciente com encefalopatia crônica e epilepsia refratária a tratamento convencional

TEMA: Zonegram (zonizamida) para paciente com encefalopatia crônica e epilepsia refratária a tratamento convencional NTRR 243/2013 Solicitante: Dr. Max Wild de Souza Município de Iturama Minas Gerais Data: 03/12/2013 Medicamento x Material Procedimento Cobertura Número do processo: 0037924-92.2013.8.13.0344 Réu: Estado

Leia mais

Profº André Montillo www.montillo.com.br

Profº André Montillo www.montillo.com.br Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: Uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a lesão tecidual real ou potencial, ou descrita nestes termos Associação Internacional para

Leia mais

Samba, suor e cerveja!

Samba, suor e cerveja! A UU L AL A Samba, suor e cerveja! O carnaval está chegando e você não vê a hora de sambar ao ritmo da bateria das escolas de samba ou de ir atrás do trio elétrico. Tanto calor e tanto exercício vão dar

Leia mais

MODELO BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE. Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento.

MODELO BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE. Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. MODELO BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. Folonin ácido fólico FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Comprimidos

Leia mais

ÇÃO O DE EXAMES LABORATORIAIS

ÇÃO O DE EXAMES LABORATORIAIS INTERPRETAÇÃ ÇÃO O DE EXAMES LABORATORIAIS TRANSAMINASES HEPÁTICAS (TGO/TGP) Everton José Moreira Rodrigues Transaminases: enzimas que catalisam a transferência de um grupo alfa-amino de um aminoácido

Leia mais

8 Amoxicilina + Clavulanato de potassio comprimido 500 mg \ 125mg. Obs. Protocolo

8 Amoxicilina + Clavulanato de potassio comprimido 500 mg \ 125mg. Obs. Protocolo Secretaria de Saúde BOLETIM DE PUBLICAÇÃO Nº 005/09 Despacho da Secretaria de Saude em 22/07/09. Processo(s) 2294/08. De acordo com o parecer da Comissao de Elaboracao da Relacao de Medicamentos da Farmacia

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 355/2014 Informações sobre Questran Light

RESPOSTA RÁPIDA 355/2014 Informações sobre Questran Light RESPOSTA RÁPIDA 355/2014 Informações sobre Questran Light SOLICITANTE Drª. Mônika Alessandra Machado Gomes Alves, Juíza de Direito do Juizado Especial de Unaí NÚMERO DO PROCESSO 0049989-72.2014 DATA 07/06/2014

Leia mais

CALDE Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Mastigável

CALDE Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Mastigável CALDE Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Mastigável Carbonato de Cálcio (1500 mg) + Colecalciferol (400 UI) Caldê carbonato de cálcio + colecalciferol (vit. D3) APRESENTAÇÕES Comprimidos mastigáveis

Leia mais

DEPAKOTE SPRINKLE divalproato de sódio

DEPAKOTE SPRINKLE divalproato de sódio MODELO DE BULA DEPAKOTE SPRINKLE divalproato de sódio IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: Formas Farmacêuticas, vias de administração e apresentações: DEPAKOTE SPRINKLE (divalproato de sódio) Cápsulas 125 mg:

Leia mais

Rivastigmina (Port.344/98 -C1)

Rivastigmina (Port.344/98 -C1) Rivastigmina (Port.344/98 -C1) Alzheimer DCB: 09456 CAS: 129101-54-8 Fórmula molecular: C 14 H 22 N 2 O 2.C 4 H 6 O 6 Nome químico: (S)-N-Ethyl-3-[(1-dimethylamino)ethyl]-N-methylphenylcarbamate hydrogen

Leia mais

Diretrizes Assistenciais DIRETRIZ DE TRATAMENTO FARMACOLOGICO DA DOR

Diretrizes Assistenciais DIRETRIZ DE TRATAMENTO FARMACOLOGICO DA DOR Diretrizes Assistenciais DIRETRIZ DE TRATAMENTO FARMACOLOGICO DA DOR Versão eletrônica atualizada em março/2012 Definição Diretriz que orienta a prescrição de fármacos que visam aliviar a Dor Aguda e Crônica

Leia mais

MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nº 6214/6215 DEPAKOTE divalproato de sódio

MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nº 6214/6215 DEPAKOTE divalproato de sódio MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nº 6214/6215 DEPAKOTE divalproato de sódio APRESENTAÇÕES Comprimido revestido de: 250 mg: embalagem com 30 comprimidos revestidos. 500 mg:

Leia mais

Legifol CS folinato de cálcio. APRESENTAÇÕES Legifol CS solução injetável de 10 mg/ml em embalagens contendo 10 ampolas de 5 ml (50 mg).

Legifol CS folinato de cálcio. APRESENTAÇÕES Legifol CS solução injetável de 10 mg/ml em embalagens contendo 10 ampolas de 5 ml (50 mg). Legifol CS folinato de cálcio I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Legifol CS Nome genérico: folinato de cálcio APRESENTAÇÕES Legifol CS solução injetável de 10 mg/ml em embalagens contendo

Leia mais

LAMITOR. lamotrigina. Comprimido - 25 mg Comprimido - 50 mg Comprimido - 100 mg

LAMITOR. lamotrigina. Comprimido - 25 mg Comprimido - 50 mg Comprimido - 100 mg LAMITOR lamotrigina Comprimido - 25 mg Comprimido - 50 mg Comprimido - 100 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 LAMITOR lamotrigina I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO LAMITOR

Leia mais

Réu: Estado de Minas Gerais e do Município de Barão de Cocais

Réu: Estado de Minas Gerais e do Município de Barão de Cocais NTRR 53/2014 Solicitante: JUÍZ: DR FELIPE ALEXANDRE VIEIRA RODRIGUES Comarca de Barão de Cocais. Data: 25/03/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Número do processo: 0054 14 000790-4 Réu:

Leia mais

Controle farmacológico da ansiedade

Controle farmacológico da ansiedade Controle farmacológico da ansiedade Prof. Dr. Lucélio Bernardes Couto - Curso de Medicina - Disciplina de Farmacologia - Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP ANSIEDADE GENERALIZADA: "Várias pessoas

Leia mais

Nifedipina Inpharma 20 mg

Nifedipina Inpharma 20 mg FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Nifedipina Inpharma 20 mg Comprimido de libertação prolongada Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, pois contém

Leia mais

RETEMIC UD. cloridrato de oxibutinina APSEN

RETEMIC UD. cloridrato de oxibutinina APSEN RETEMIC UD cloridrato de oxibutinina APSEN FORMA FARMACÊUTICA Comprimidos revestidos de liberação controlada APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 10 mg. Caixas com 15 e 30 comprimidos revestidos de

Leia mais

Tratamento da dor crônica secundária à fibromilagia

Tratamento da dor crônica secundária à fibromilagia Data: 14/05/2014 NOTA TÉCNICA 88/2014 Medicamento x Material Procedimento x Cobertura x Solicitante: Juíza de Direito JACQUELINE DE SOUZA TOLEDO E DUTRA Processo: 006658-71.2014.8.13.0525 Requerente: IRAILDES

Leia mais

DEPAKOTE ER divalproato de sódio

DEPAKOTE ER divalproato de sódio MODELO DE BULA DEPAKOTE ER divalproato de sódio Formas farmacêuticas e apresentações DEPAKOTE ER (divalproato de sódio) 500 mg: embalagem com 20 ou 30 comprimidos revestidos de liberação prolongada (Lista

Leia mais

MODELO DE BULA OLEPTAL. oxcarbazepina

MODELO DE BULA OLEPTAL. oxcarbazepina MODELO DE BULA OLEPTAL oxcarbazepina I IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO Nome do produto: OLEPTAL Nome genérico: oxcarbazepina Forma farmacêutica e apresentações: OLEPTAL 300 mg: embalagens contendo 30 comprimidos

Leia mais

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO: MEDICINA DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS DISCIPLINA: FARMACOLOGIA II CARGA HORÁRIA: 120 HORAS CRÉDITOS: 06 CÓDIGO: SCF0020 PROFESSOR: CARLOS ALBERTO LACERDA

Leia mais

FARMÁCIA BÁSICA. Ácido Acetilsalicílico 100mg. Água destilada para injeção 10mL. Albendazol 40mg/mL Suspensão Oral Alendronato de Sódio 70mg

FARMÁCIA BÁSICA. Ácido Acetilsalicílico 100mg. Água destilada para injeção 10mL. Albendazol 40mg/mL Suspensão Oral Alendronato de Sódio 70mg FARMÁCIA BÁSICA Medicamento Acetato de Retinol (Vitamina A) 50.000UI/mL + Colecalciferol (Vitamina D) 10.000UI/mL Solução Oral Acetazolamida 250mg Aciclovir 200mg Ácido Acetilsalicílico 100mg Ácido Fólico

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DIETAS ENTERAIS

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DIETAS ENTERAIS TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS 82026 82025 82021 MEDICAMENTOS NUTRICAO, NUTRICAO ENTERAL, HIPERCALORICA, OLIGOMERICA, COM PROTEINA DE ORIGEM ANIMAL HIDROLISADA. ISENTA DE SACAROSE, LACTOSE E GLUTEN. PRINCIPIO/CONCENTRACAO1:

Leia mais

DEPAKENE ácido valproico MODELO DE BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE

DEPAKENE ácido valproico MODELO DE BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE DEPAKENE ácido valproico 250 mg CÁPSULA MODELO DE BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE Depakene_Buka_Profissional 1 I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO DEPAKENE ácido valproico APRESENTAÇÃO DEPAKENE (ácido valproico)

Leia mais

Distúrbios do Na+ 0 7 / 1 2 / 2 0 1 5

Distúrbios do Na+ 0 7 / 1 2 / 2 0 1 5 Distúrbios do Na+ MARIANA PEREIRA RIBEIRO 6 SEMESTRE 0 7 / 1 2 / 2 0 1 5 Principais problemas clínicos na emergência; Cuidado com pacientes críticos: Grande queimado; Trauma; Sepse; ICC e IRA; Iatrogenia.

Leia mais

NUPLAM ISONIAZIDA + RIFAMPICINA

NUPLAM ISONIAZIDA + RIFAMPICINA NUPLAM ISONIAZIDA + RIFAMPICINA ISONIAZIDA + RIFAMPICINA D.C.B. 05126.01-0 FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES NUPLAM ISONIAZIDA + RIFAMPICINA é apresentado em: Cápsulas duras, para ADMINISTRAÇÃO ORAL,

Leia mais

Epilepsia e Anestesia

Epilepsia e Anestesia Rev Bras Anestesiol 2011; 61: 2: 232-254 Artigo DE REVISÃO Artigo DE REVISÃO Epilepsia e Anestesia Marcius Vinícius Mulatinho Maranhão, TSA 1, Eni Araújo Gomes 2, Priscila Evaristo de Carvalho 2 Resumo:

Leia mais

Metabolismo do Etanol. Daniel Zimmermann Stefani FFFCMPA - AD 2009

Metabolismo do Etanol. Daniel Zimmermann Stefani FFFCMPA - AD 2009 Metabolismo do Etanol Daniel Zimmermann Stefani FFFCMPA - AD 2009 Roteiro de estudo Absorção e oxidação do etanol Alcool desidrogenase(adh) Aldeido Desidrogenase(ALDH) MEOS Efeitos tóxicos Interferência

Leia mais

Eficácia da Dieta Cetogênica no Tratamento da Epilepsia Refratária em Crianças e em Adolescentes Ana Maria Figueiredo Ramos*

Eficácia da Dieta Cetogênica no Tratamento da Epilepsia Refratária em Crianças e em Adolescentes Ana Maria Figueiredo Ramos* 127 ARTIGO Eficácia da Dieta Cetogênica no Tratamento da Epilepsia Refratária em Crianças e em Adolescentes Ana Maria Figueiredo Ramos* RESUMO A dieta cetogênica, usada inicialmente na década de vinte,

Leia mais

A SINDROME DO X FRÁGIL

A SINDROME DO X FRÁGIL A SINDROME DO X FRÁGIL I N G R I D T R E M E L B A R B A T O LABORATÓRIO NEUROGENE ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DA SXF Florianópolis 28 de setembro de 2009-SC 1 Histórico da Síndrome S do X Frágil (SXF) J. Purdon

Leia mais

ESCLEROVITAN PL. Merck S/A. Cápsulas gelatinosas palmitato de retinol 5.000 UI cloridrato de piridoxina 100 mg acetato de racealfatocoferol 300 mg

ESCLEROVITAN PL. Merck S/A. Cápsulas gelatinosas palmitato de retinol 5.000 UI cloridrato de piridoxina 100 mg acetato de racealfatocoferol 300 mg ESCLEROVITAN PL Merck S/A Cápsulas gelatinosas palmitato de retinol 5.000 UI cloridrato de piridoxina 100 mg acetato de racealfatocoferol 300 mg Esclerovitan PL palmitato de retinol, cloridrato de piridoxina,

Leia mais

5-HT 1A Núcleos da rafe, hipocampo Gi, AMPc. 5-HT 1B Substância negra, globo pálido, gânglios da base Gi, AMPc. 5-HT 1D Cérebro Gi, AMPc

5-HT 1A Núcleos da rafe, hipocampo Gi, AMPc. 5-HT 1B Substância negra, globo pálido, gânglios da base Gi, AMPc. 5-HT 1D Cérebro Gi, AMPc UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA SEROTONINA Serotonina: funções e distribuição Receptores centrais e periféricos Neurotransmissor: neurônios

Leia mais

Psicofarmacologia. Transtornos de Ansiedade. Transtornos de Ansiedade PSICOFARMACOLOGIA 15/05/2015

Psicofarmacologia. Transtornos de Ansiedade. Transtornos de Ansiedade PSICOFARMACOLOGIA 15/05/2015 Psicofarmacologia Prof. Herval de Lacerda Bonfante Departamento de Farmacologia PSICOFARMACOLOGIA Distúrbios Psiquiátricos - Tratamento : 1950 10 a 15% de prescrições - EUA Brasil prevalência de transtornos

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO SUCO DE UVAS PRETAS NA BIODISPONIBILIDADE DA CICLOSPORINA ORAL

A INFLUÊNCIA DO SUCO DE UVAS PRETAS NA BIODISPONIBILIDADE DA CICLOSPORINA ORAL Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas A INFLUÊNCIA DO SUCO DE UVAS PRETAS NA BIODISPONIBILIDADE DA CICLOSPORINA ORAL Vera Lorentz de Oliveira Freitas, Luciane Beitler

Leia mais

CARGO DE MÉDICO COM ESPECIALIDADE EM SAÚDE MENTAL

CARGO DE MÉDICO COM ESPECIALIDADE EM SAÚDE MENTAL Assinale a alternativa correta: Questão 01 A) A presença de interesses estereotipados e de empatia afetiva é característico do transtorno de personalidade esquizóide. B) Raramente o transtorno de personalidade

Leia mais

DEPAKENE ácido valpróico valproato de sódio

DEPAKENE ácido valpróico valproato de sódio DEPAKENE ácido valpróico valproato de sódio Formas Farmacêuticas, vias de administração e apresentações: DEPAKENE (ácido valpróico): embalagens contendo 25 cápsulas com 250 mg de ácido valpróico - Via

Leia mais

TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR

TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR Até recentemente o Transtorno Bipolar era conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva. É um transtorno no qual ocorrem alternâncias do humor, caracterizando-se por períodos

Leia mais

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO? DEPAKENE

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO? DEPAKENE MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nº D925/E509 DEPAKENE valproato de sódio APRESENTAÇÃO DEPAKENE (valproato de sódio) 300 mg comprimido revestido de liberação entérica: embalagem

Leia mais

Instituto de Farmacologia e Terapêutica FARMACOLOGIA

Instituto de Farmacologia e Terapêutica FARMACOLOGIA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO Instituto de Farmacologia e Terapêutica FARMACOLOGIA Interacções farmacológicas O problema das interacções farmacológicas é, hoje, e será cada vez mais, uma

Leia mais

Propil* propiltiouracila. Propil* comprimidos de 100 mg em embalagem contendo 30 comprimidos.

Propil* propiltiouracila. Propil* comprimidos de 100 mg em embalagem contendo 30 comprimidos. Propil* propiltiouracila I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Propil* Nome genérico: propiltiouracila APRESENTAÇÕES Propil* comprimidos de 100 mg em embalagem contendo 30 comprimidos. VIA DE

Leia mais

I Encontro Multidisciplinar em Dor do HCI

I Encontro Multidisciplinar em Dor do HCI I Encontro Multidisciplinar em Dor do HCI Princípios do Tratamento da Dor Oncológica Odiléa Rangel Gonçalves Serviço de Anestesiologia Área de Controle da Dor Princípios do Tratamento da Dor Oncológica

Leia mais

EXCLUSIVAMENTE PARA ADMINISTRAÇÃO INTRAVENOSA

EXCLUSIVAMENTE PARA ADMINISTRAÇÃO INTRAVENOSA CDS22MAR13 ALIMTA pemetrexede dissódico D.C.B. 06898 APRESENTAÇÕES ALIMTA é apresentado na forma de pó estéril liofilizado para uso intravenoso, em frascos de vidro incolor tipo I, contendo pemetrexede

Leia mais

23ª Imagem da Semana: Tomografia computadorizada de crânio

23ª Imagem da Semana: Tomografia computadorizada de crânio 23ª Imagem da Semana: Tomografia computadorizada de crânio Enunciado Paciente do sexo feminino, 86 anos, previamente hígida, há 4 meses com queixas de problemas de memória, déficit de atenção, lentificação

Leia mais