REVISÃO PROFESSORA FÁTIMA DANTAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REVISÃO PROFESSORA FÁTIMA DANTAS"

Transcrição

1 REVISÃO PROFESSORA FÁTIMA DANTAS

2 RELATOS DE VIAGEM Características e finalidade

3 VAMOS RECORDAR? O autor regista fatos e acontecimentos ocorridos ao longo de uma viagem, por meio de suas próprias perspectivas (por isso o texto apresenta subjetividade). O autor seleciona e descreve com detalhes o que achou mais relevante, dessa forma ele reconstrói com sua escrita os cenários vistos e as sensações que teve. A finalidade não é apenas informar, mas para explicar, orientar, opinar e auxiliar o leitor a formar uma imagem dos lugares, povos e culturas desconhecidos. A finalidade pode variar de acordo com a intenção do autor e também de acordo com o público-alvo. O tempo e o espaço são determinados, porque os acontecimentos se realizam em um lugar e em uma época específicos.

4 O narrador é também personagem da história, narrada em 1ª pessoa. Já que os relatos são textos que narram histórias reais, vividas pelo autor, esses três elementos se confundem: o narrador é personagem e é também o autor do texto. A linguagem utilizada está relacionada com a intenção do texto e dos leitores. Geralmente, apresentam uma linguagem menos formal, com expressões típicas da oralidade, fazendo com que o leitor interaja diretamente com o texto e dialogue com ele.

5 Qual alternativa revela corretamente características dos relatos de viagem? a) São textos curtos e que não apresentam subjetividade, pois apresentam somente descrições objetivas. b) O tempo e o espaço não são determinados, porque não podemos saber com certeza se o que foi narrado é verdade. c) O narrador será sempre observador, visto que ele somente observa as coisas e as pessoas a sua volta. d) A linguagem usada é menos formal, com expressões típicas da oralidade.

6 Sobre a finalidade do relato de viagem, indique a alternativa incorreta: a) A finalidade do relato de viagem não é apenas informar o leitor sobre acontecimentos que ocorreram em determinado tempo e lugar. b) Os relatos de viagem não auxiliam os leitores a formar uma imagem dos povos e das culturas que eles não conhecem. c) São muitas as finalidades de um relato de viagem e cada texto pode apresentar uma diferente, a depender da intenção do autor e de quem seja seu público-alvo. d) Além de informar, o relato de viagem serve para explicar, orientar e opinar.

7 VERBOS Tempos e modos verbais

8 VAMOS RECORDAR? Modos verbais: INDICATIVO, SUBJUNTIVO E IMPERATIVO. Tempos verbais: INDICATIVO: presente, pretérito perfeito, pretérito imperfeito, pretérito mais-que-perfeito, futuro do presente e futuro do pretérito. SUBJUNTIVO: presente, pretérito imperfeito e futuro. IMPERATIVO: não se flexiona em relação ao tempo, mas apresenta flexão em função das formas afirmativa e negativa.

9 O verbo destacado "para nunca se separar de sua esposa, o índio macuxi COSTUROU uma tipóia" está no: a) presente do indicativo b) pretérito perfeito do indicativo c) pretérito imperfeito do indicativo d) pretérito mais-que-perfeito do indicativo

10 "Talvez ele não CUMPRA suas obrigações." O verbo destacado está no : a) presente do indicativo b) pretérito imperfeito do indicativo. c) presente do subjuntivo. d) pretérito imperfeito do subjuntivo.

11 "Ele não FALARIA uma única palavra sob pressão". O verbo destacado está no: a) pretérito imperfeito do indicativo b) presente do subjuntivo c) futuro do subjuntivo d) futuro do pretérito do indicativo

12 "LUTAMOS diariamente contra nossos medos". O verbo destacado está no: a) presente do indicativo b) pretérito perfeito do indicativo c) pretérito imperfeito do indicativo d) presente do subjuntivo

13 "Não FALTARÃO oportunidades para esta discussão." O verbo destacado está no: a) futuro do subjuntivo b) futuro do presente do indicativo c) futuro do pretérito do indicativo d) pretérito perfeito do indicativo

14 "Se eu FOSSE mais esperto, teria saído daqui antes". O verbo em destaque está no: a) pretérito imperfeito do indicativo b) pretérito imperfeito do subjuntivo c) futuro do pretérito do indicativo d) futuro do subjuntivo

15 O modo verbal que expressa uma atitude duvidosa, incerta é o: a) indicativo b) subjuntivo c) imperativo d) subjuntivo e o imperativo

16 O modo verbal que expressa uma atitude certa e fatos definidos é o: a) indicativo b) subjuntivo c) imperativo d) subjuntivo e o imperativo

17 O modo verbal que expressa uma ordem, uma sugestão ou um pedido é o: a) indicativo b) subjuntivo c) imperativo d) subjuntivo e o imperativo

18 LOCUÇÃO VERBAL

19 VAMOS RECORDAR? Quando dois verbos são empregados juntos, com valor de um único verbo, temos uma locução verbal. Hoje eu teria feito mais coisas, se não fosse pela hora. Um dia, vou ser mais rápido que o meu amigo. Não notei que ela havia deixado tudo na sala.

20 Será que a menina TERIA FEITO sua escolha certa? O verbo que poderia substituir a locução verbal em destaque é: a) fazia b) faria c) fará d) fazia

21 Os amigos teriam ajudado se pudessem. A locução destacada pode ser substituída pelo verbo: a) ajudarão b) ajudavam c) ajudariam d) ajudaram

22 ADVÉRBIOS E LOCUÇÃO ADVERBIAL

23 VAMOS RECORDAR? Advérbios são palavras que indicam circunstâncias, modificando verbos, adjetivos, outros advérbios e até mesmo frases inteiras. Lembro bem do cheiro. Meus amigos foram bem amáveis comigo. Fui muito bem recebido na casa dos meus amigos. Infelizmente, eu não tive uma impressão boa do lugar. CUIDADO! São classificados de acordo com o sentido que eles indicam no texto.

24 Já vimos que os advérbios são palavras que indicam circunstâncias, modificando verbos, adjetivos, advérbios e até frases inteiras. Quando essas circunstâncias são expressas por mais de uma palavra, temos uma locução adverbial. Iniciam, geralmente, por uma preposição. Ex.: de longe, de perto, sem dúvida, em vão, em geral, de noite, nunca mais.

25 "Ela mora TÃO longe da escola que precisa sair de cada de madrugada." O advérbio destacado indica: a) Intensidade b) Modo c) Afirmação d) Tempo.

26 Estou cansada demais para sair HOJE. O advérbio destacado indica: a) Intensidade b) Modo c) Lugar d) Tempo.

27 "NÃO cheguei tarde hoje. O advérbio destacado indica: a) Intensidade b) Negação c) Inclusão d) Tempo

28 Os jogadores chegarão EM BREVE. A locução adverbial destacada indica: a) Intensidade b) Modo c) Afirmação d) Tempo.

29 A turma estava EM SILÊNCIO quando a atividade começou." A locução adverbial destacada indica: a) Intensidade b) Modo c) Negação d) Tempo

30 Meu irmão permaneceu NA SALA DE ESTAR." A locução adverbial destacada indica: a) Intensidade b) Modo c) Lugar d) Tempo

31 MEMÓRIAS LITERÁRIAS Características

32 VAMOS RECORDAR? São textos que narram histórias de uma época passada por meio das lembranças e recordações pessoais do autor. Nem sempre aquilo que é contado é a realidade exata dos fatos, porque o narrador pode transformar algumas situações de acordo com as impressões que ele tem em suas lembranças. A finalidade de memórias literárias é recordar fatos e experiências vividas pelo autor no passado, de modo a cativar o leitor. Por isso, o autor utiliza uma linguagem menos formal e recria sentidos (linguagem figurada). Elementos essenciais da estrutura narrativa: ENREDO, TEMPO, ESPAÇO, NARRADOR (narradorpersonagem) e PERSONAGENS.

33 Sobre o gênero memórias literárias, indique a alternativa incorreta: a) O autor não deve escrever de modo a encantar o leitor com sua história. b) O narrador conta suas experiências vividas no passado do modo como ele se recorda no presente. c) Existe uma parte real, mas é possível que o narrador transforme algumas situações. d) A finalidade desse gênero é recordar fatos e experiências vividas, de forma cativante e encantadora.

34 Sobre o gênero memórias literárias: a) A linguagem utilizada deverá ser somente a formal. b) As narrativas são fantásticas, ou seja, apresentam seres imaginárias ou animais falantes, por exemplo. c) O narrador é também personagem. d) A linguagem é sempre denotativa, já que o autor nunca emprega outros sentidos às palavras que usa.

35 PRONOMES

36 VAMOS RECORDAR? São palavras que apontam as pessoas do discurso: quem fala, com quem se fala e sobre o quê ou sobre quem se fala. (Podem substituir nomes que já foram empregados ou acompanhar um nome.) PRONOMES PESSOAIS: substituem os nomes e indicam as pessoas do discurso. PRONOMES POSSESSIVOS: indicam posse. PRONOMES DEMONSTRATIVOS: explicam a posição de uma palavra. PRONOMES INDEFINIDOS: referem-se à terceira pessoa do discurso (sobre o quê ou sobre quem se fala). PRONOMES INTERROGATIVOS: utilizados no início de frases interrogativas. PRONOMES DE TRATAMENTO: referem-se à segunda pessoa do discurso (com quem se fala).

37 Pronome é: a) Palavra que modifica o verbo. b) Palavra que substitui o adjetivo. c) Palavra que substitui ou acompanha o substantivo. d) Palavra que antecede o adjetivo

38 Em "peguei o meu diário e também o TEU." Temos um: a) Pronome reflexivo. b) Pronome possessivo. c) Pronome reto. d) Pronome de tratamento.

39 Em "vou visitar o SENHOR Mário". Temos um: a) Pronome Substantivo b) Pronome Demonstrativo c) Pronome Possessivo d) Pronome de Tratamento

40 Na frase A encomenda já está pronta. ELA já pode ser entregue. Temos um: a) Pronome Pessoal Reto b) Pronome Demonstrativo c) Pronome de Tratamento d) Pronome Pessoal Oblíquo

41 Na oração isso ME fazia sonhar com as terras estranhas, o pronome é classificado como: a) Pronome Possessivo. b) Pronome Demonstrativo. c) Pronome Pessoal Oblíquo. d) Pronomede Tratamento.

42 Qual alternativa apresenta um pronome demonstrativo? a) Aquela caneta é a minha. b) Gostaria que ela fosse conosco. c) Seria ótimo se eles estudassem mais para a prova. d) Ele não me contou a verdade.

43 CRÔNICAS Características e Finalidade

44 VAMOS RECORDAR? A crônica é geralemente um texto curto em que o escritor, depois de observar algum acontecimento do cotidiano, retira desse episódio algo de relevante e o narra como numa conversa com o leitor. São textos capazes de emocionar, divertir e provocar reflexões sobre o que está sendo narrado. Uma das principais finalidades da crônica é despertar no leitor sentimentos e sensações, fazendo-o refletir sobre a vida, sobre as pessoas e suas atitudes. Por isso, o objetivo do cronista não é informar! A linguagem utilizada é simples e informal. O narrador pode ser observador ou personagem. A crônica pode ter um desfecho surpreendente / inesperado / curioso.

45 Não é característica da crônica: a) Relata fatos do cotidiano b) Possui Introdução, desenvolvimento e Conclusão c) Pode ser Jornalística d) Pode ser Humorística

46 A crônica é um tipo de texto: a) Dissertativo b) Descritivo c) Argumentativo d) Narrativo

47 BONS ESTUDOS!

Classes de Palavras (Morfologia) Flexão Nominal e Verbal. Prof Carlos Zambeli

Classes de Palavras (Morfologia) Flexão Nominal e Verbal. Prof Carlos Zambeli Classes de Palavras (Morfologia) Flexão Nominal e Verbal Prof Carlos Zambeli A morfologia está agrupada em dez classes, denominadas classes de palavras ou classes gramaticais. São elas: Substantivo, Artigo,

Leia mais

MODO PROFª MARIA CECÍLIA

MODO PROFª MARIA CECÍLIA MODO PROFª MARIA CECÍLIA Os modos verbais indicam a atitude de quem está falando diante dos fatos declarados: Indicativo certeza. Subjuntivo dúvida, desejo, hipótese. Imperativo ordem, pedido. O modo imperativo

Leia mais

Curso FIC Espanhol Básico I, II, III e IV

Curso FIC Espanhol Básico I, II, III e IV Curso FIC Espanhol Básico I, II, III e IV Descrição do Curso O Curso tem como objetivo o desenvolvimento de habilidades básicas de compreensão, conversação, leitura e escrita da língua espanhola, com o

Leia mais

Pronomes. Prof. Flaverlei A. Silva

Pronomes. Prof. Flaverlei A. Silva Pronomes Prof. Flaverlei A. Silva Pronomes São palavras que substituem ou acompanham outras palavras, principalmente os substantivos. Podem também remeter a palavras, orações e frases expressas anteriormente.

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Termos acessórios da oração Apesar de prescindíveis são necessários para

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Planificação Anual º Ciclo- Português- Curso Vocacional

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Planificação Anual º Ciclo- Português- Curso Vocacional Módulo 1 - Texto narrativo Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Planificação Anual 2015-2016 2º Ciclo- Português- Curso Vocacional Organização modular Módulos Conteúdos Carga horária Conto Popular

Leia mais

VERBO. Flávia Andrade

VERBO. Flávia Andrade VERBO Flávia Andrade DEFINIÇÃO Verbo é a palavra que exprime ação, estado, mudança de estado, fenômeno natural e outros processos, flexionando-se em pessoa, número, modo, tempo e voz. a. Ação: andar, causou,

Leia mais

Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro

Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro Exercícios preparatórios com respostas para o exame de Língua Portuguesa Texto 01: Leia a tirinha a

Leia mais

M O D O S V E R B A I S I N D I C A T I V O / S U B J U N T I V O / I M P E R A T I V O

M O D O S V E R B A I S I N D I C A T I V O / S U B J U N T I V O / I M P E R A T I V O Centro Educacional MENINO JESUS Aluno (a): Data: / / Professor (a): Disciplina: L. Portuguesa 6ª série / 7º ano: M O D O S V E R B A I S I N D I C A T I V O / S U B J U N T I V O / I M P E R A T I V O

Leia mais

Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos

Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos Ensino Fundamental 9º ano Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa Nome: Ano: 4º Ano 2º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Códigos e Linguagens

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS - P2 1º TRIMESTRE

CALENDÁRIO DE PROVAS - P2 1º TRIMESTRE 6º Ano Conteúdo Interpretação de texto, Livro Pitágoras até a página 65, Linguagem e língua, Linguagem verbal, não verbal e mista, Onomatopeia, Oralidade e escrita, norma padrão, tipos de frase. Livro

Leia mais

Advérbios. Os advérbios modificam o sentido de um verbo, de um adjectivo, de outro advérbio ou de uma oração inteira.

Advérbios. Os advérbios modificam o sentido de um verbo, de um adjectivo, de outro advérbio ou de uma oração inteira. Advérbios Os advérbios modificam o sentido de um verbo, de um adjectivo, de outro advérbio ou de uma oração inteira. Advérbios de tempo: quando? agora, ainda, amanhã, antes, antigamente, cedo, dantes,

Leia mais

QUESTÃO SOBRE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

QUESTÃO SOBRE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO COMENTÁRIOS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA E À QUESTÃO 38 DO CONCURSO PARA ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS CERTAME REALIZADO NO DIA 21 DE JUNHO DE 2015 QUESTÃO

Leia mais

quarta-feira, 29 de agosto de

quarta-feira, 29 de agosto de quarta-feira, 29 de agosto de 2012 1 CRASE Conceito: crase é a fusão de a (preposição) + a (artigo). Ex.: Ele vai a + o teatro = Ele vai ao teatro. Ele vai a + a igreja = Ele vai à igreja. Regra prática:

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO LÍNGUA PORTUGUESA

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO  LÍNGUA PORTUGUESA CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 3 o DESAFIO CENM - 2015 LÍNGUA PORTUGUESA 1. Explique o uso do pronome demonstrativo na tira abaixo. Direção: ANO : 5 EF Complete as frases usando adequadamente

Leia mais

Pronomes. Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto.

Pronomes. Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto. Pronomes Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto. Pessoais Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos

Leia mais

*SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA

*SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA * AULA 07 PRONOME *SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI ALGUÉM BATEU À PORTA *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA ALGUMAS ALUNAS VIERAM À AULA

Leia mais

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo 2015 2016 1º PERIODO CONTEÚDOS COMPREENSÃO DO ORAL Vocabulário (sinónimos, antónimos, famílias de palavras, instruções, indicações)

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Língua Portuguesa 8º ano

Língua Portuguesa 8º ano Língua Portuguesa 8º ano Conteúdos por Unidade Didática 1º Período A - Comunicação Oral. Ideias principais.. Ideias secundárias..adequação comunicativa ( processos persuasivos; recursos verbais e não verbais)..

Leia mais

USO DA CRASE. Bruna Camargo

USO DA CRASE. Bruna Camargo USO DA CRASE Bruna Camargo Conceito Fusão entre duas vogais idênticas. A + A = À Justificativa Sua correta utilização é, sobretudo, sinal de competência linguística em regência nominal e verbal, em se

Leia mais

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 18.2 Conteúdos:

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 18.2 Conteúdos: 2 Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 18.2 Conteúdos: Modos Verbais; O conceito de Flexão Verbal. 3 Habilidades: Observar os usos dos modos verbais; Compreender o conceito de flexão

Leia mais

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López FUNDAMENTACIÓN: PROGRAMA DE IDIOMA PORTUGUÊS CONTENIDO TEMÁTICO Llevando en consideración las directrices del Marco Europeo Común de Referencia, el examen será encuadrado en un nivel Intermedio Superior.

Leia mais

2º Bimestre Aula 94 Revisão e avaliação de Linguagens

2º Bimestre Aula 94 Revisão e avaliação de Linguagens 2 MATEMÁTICA E HABILIDADES REVISÃO 1 REVISÃO 2 2º Bimestre Aula 94 Revisão e avaliação de Linguagens 3 MATEMÁTICA E HABILIDADES INTERATIVIDADE PRONOME PESSOAL DO CASO RETO E DE TRATAMENTO Pronome Pessoal

Leia mais

Conteúdos Curriculares 3.º ano PORTUGUÊS

Conteúdos Curriculares 3.º ano PORTUGUÊS PORTUGUÊS 1.º Período ORALIDADE Interação discursiva Princípio de cortesia Pedido de esclarecimento; informação, explicação Compreensão e expressão Tom de voz, articulação, ritmo Vocabulário: alargamento,

Leia mais

Dados pessoais. Nome. Apelido. Morada. Estado Civil

Dados pessoais. Nome. Apelido. Morada. Estado Civil Competências Gerais Competências gerais de comunicação: competência lexical, competência gramatical, competência sociolinguística, competência pragmática, competência discursiva, competência estratégica.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA com DUDA NOGUEIRA Comentários da prova BANCO do BRASIL Aplicada 15/03/2015

LÍNGUA PORTUGUESA com DUDA NOGUEIRA Comentários da prova BANCO do BRASIL Aplicada 15/03/2015 1 PROVA Escriturário BANCO DO BRASIL - aplicada 15/03/2015 LÍNGUA PORTUGUESA Alunos nossos, como foi comentado no curso SÓ BB (http://www.sobb.com.br/), a prova foi muito tranquila e não há possibilidade

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDO 6 º ANO 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Elementos narrativos. Uso do diálogo. Paragrafação. 2) Texto: Leitura

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

Os alunos fizeram uma visita ao zoológico, onde puderam observar várias espécies de animais.

Os alunos fizeram uma visita ao zoológico, onde puderam observar várias espécies de animais. Uso do onde e aonde O advérbio é uma classe de palavras cuja função gramatical é acompanhar e modificar um verbo, exprimindo a circunstância da ação verbal, por isso o nome ad-vérbio, ou seja, a palavra

Leia mais

Tipologia textual. Prof Carlos Zambeli

Tipologia textual. Prof Carlos Zambeli Tipologia textual Prof Carlos Zambeli Que que é isso? é a forma como um texto se apresenta. As tipologias existentes são: narração, descrição, dissertação, exposição, argumentação, informação e injunção.

Leia mais

Recuperação. Nome: Nº 8º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português

Recuperação. Nome: Nº 8º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios Recuperação Nome: Nº 8º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português Data: Professor(a): Érica Beatriz Nota: Leia o texto de Clarice Lispector e veja

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSARÁ A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2012. Disciplina: PoRTUGUÊs

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSARÁ A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2012. Disciplina: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSARÁ A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2012 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Leia o microconto abaixo para responder às questões

Leia mais

M O R F O L O G I A P R O N O M E S R E L A T I V O S

M O R F O L O G I A P R O N O M E S R E L A T I V O S P R O N O M E S R E L A T I V O S PRONOMES RELATIVOS: São pronomes que retomam um substantivo (ou outro pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. CARACTERÍSTICAS: Os pronomes

Leia mais

Verbo é a palavra variável que:

Verbo é a palavra variável que: 1ª. PARTE pode vir precedida pelos pronomes pessoais retos: eu, tu, ele, ela, nós, vós, eles, elas, que representam as pessoas gramaticais ou pessoas verbais. Verbo é a palavra variável que: muda as terminações

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II

PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II 1º Período PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II 5º Ano Ano Lectivo: 2010/2011 Estratégias. Nós e a Escola -Organização do material -Conhecer o Manual -Outros auxiliares de estudo -O uso do Dicionário -

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS - 5 ANO DANIELA E CAROL

REUNIÃO DE PAIS - 5 ANO DANIELA E CAROL REUNIÃO DE PAIS - 5 ANO DANIELA E CAROL LÍNGUA PORTUGUESA PRODUÇÃO DE TEXTOS Projeto jornal eletrônico (blog) http://www.escolasanti.com.br/santinews Reescrevendo sob um novo olhar Narrativas de enigma

Leia mais

Categorias morfossintáticas do verbo

Categorias morfossintáticas do verbo Categorias morfossintáticas do verbo A- Tempo O tempo identifica o momento em que se realiza a ação. Presente: situa a ação no momento da enunciação. Pretérito: situa a ação num momento anterior ao da

Leia mais

O conto é a forma narrativa, em prosa, de menor extensão (no sentido estrito de tamanho), ainda que contenha os mesmos componentes do romance.

O conto é a forma narrativa, em prosa, de menor extensão (no sentido estrito de tamanho), ainda que contenha os mesmos componentes do romance. Ensino Médio 1º ano O conto é a forma narrativa, em prosa, de menor extensão (no sentido estrito de tamanho), ainda que contenha os mesmos componentes do romance. Entre suas principais características,

Leia mais

a) Qual das formas verbais destacadas nas frases transmite a ideia de uma ação completamente concluída?

a) Qual das formas verbais destacadas nas frases transmite a ideia de uma ação completamente concluída? VERBO CONTINUAÇÃO III FLEXÃO DE TEMPO TEMPOS VERBAIS A) Modo Indicativo Leia esta piada: Chovia há três dias sem parar e o campo de futebol estava completamente inundado. Era domingo e sem futebol o pessoal

Leia mais

2014/ º Período Unidades. Domínios / Conteúdos. Unidade 3 Narrativas juvenis. Unidade 0 Uma nova viagem

2014/ º Período Unidades. Domínios / Conteúdos. Unidade 3 Narrativas juvenis. Unidade 0 Uma nova viagem Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio Escola E.B. 2, 3 professor Gonçalo Sampaio Departamento de línguas Português - 8ºano Planificação anual simplificada 2014/2015 1º Período Unidade 0 Uma nova viagem

Leia mais

PRONOMES CONCEITO E CLASSIFICAÇÃO

PRONOMES CONCEITO E CLASSIFICAÇÃO PRONOMES CONCEITO E CLASSIFICAÇÃO Colégio 7 de Setembro Pronome é a palavra que substitui ou acompanha o substantivo, relacionando-o à pessoa do discurso. PRONOMES PESSOAIS Os pronomes pessoais substituem

Leia mais

Programa para processo admissional 2017

Programa para processo admissional 2017 2º ano do Ensino Fundamental Interpretação de texto; Produção de texto: construção textual de sequência lógica, com a interpretação de imagens, aplicando a linguagem adequada ao tema proposto, letras maiúscula

Leia mais

Professor Jailton.

Professor Jailton. Professor Jailton www.professorjailton.com.br Pronomes Possessivos São aqueles que se referem às pessoas do discurso, indicando ideia de posse. número pessoa Pronomes possessivos singular (um possuidor)

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS - 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS - 5.º ANO DE PORTUGUÊS - 5.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No final do 5.º ano de escolaridade, o aluno deve ser capaz de: interpretar discursos orais com diferentes finalidades e coerência; produzir

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 17 de setembro a 17 de dezembro 1ª INTERRUPÇÃO 18 de dezembro a 3 de janeiro 2º PERÍODO 04 de janeiro a 18 de março 2ª INTERRUPÇÃO

Leia mais

rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo

rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo Crase É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo

Leia mais

Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro

Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro Exercícios preparatórios para o exame de Língua Portuguesa Texto 01: Leia a tirinha a seguir. 1) No

Leia mais

Emprego de palavras e expressões

Emprego de palavras e expressões Emprego de palavras e expressões Livro 01 Prof. Eugênio Torres Módulo 02 POR QUE POR QUÊ PORQUE PORQUÊ o Por que- Emprega-se quando equivale a por qual motivo ou a pelo qual. Usado também no início ou

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação e personagens Espaço e tempo Narrador e modalidades do discurso Narrativas de tradição popular Chocolate à Chuva: as férias de Mariana Chocolate

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro. Programação Anual 2011/ 2012

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro. Programação Anual 2011/ 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro Programação Anual 2011/ 2012 Manual adotado: Club Prisma A2 da Editora Edinumen Espanhol LE II 8º Ano Competências específicas

Leia mais

Português. Tempos e Modos Verbais Verbos. Professor Carlos Zambeli.

Português. Tempos e Modos Verbais Verbos. Professor Carlos Zambeli. Português Tempos e Modos Verbais Verbos Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português TEMPOS E MODOS VERBAIS VERBOS Tempos verbais do Indicativo 1. Presente é empregado para expressar

Leia mais

Tempos e modos verbais

Tempos e modos verbais Tempos e modos verbais Modo verbal é a forma como a ação é expressa: Indicativo: é o modo que dá uma indicação sobre o momento em que se desenvolve a ação. Ele permite situar o processo no tempo. Subjuntivo:

Leia mais

Escrita (expressiva e lúdica) Texto narrativo Texto poético Texto descritivo Texto instrucional

Escrita (expressiva e lúdica) Texto narrativo Texto poético Texto descritivo Texto instrucional Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Língua Portuguesa 6º ano Ano letivo 2012 2013 1º PERIODO CONTEÚDOS Expressão Oral Exposição oral Texto oral Leitura expressiva Leitura coral Dramatização de

Leia mais

COLÉGIO ALMIRANTE TAMANDARÉ

COLÉGIO ALMIRANTE TAMANDARÉ Língua Portuguesa: Interpretação de texto. CONTEÚDOS APS 4º BIMESTRE/2016 2º ANO Gramática: Unidade 20 Adjetivo: concordância; Unidade 21 Aumentativo e diminutivo (páginas 190 a 209). Linguagens: A letra

Leia mais

AULAS 3 E 4 - ADJETIVO

AULAS 3 E 4 - ADJETIVO AULAS 3 E 4 - ADJETIVO O ADJETIVO CLASSE QUE DELIMITA, QUALIFICA OU CARACTERIZA O SUBSTANTIVO, REVELANDO A OPINIÃO, A SUBJETIVIDADE DO NARRADOR. A LOCUÇÃO ADJETIVA EXPRESSÃO FORMADA DE PREPOSIÇÃO + SUBSTANTIVO

Leia mais

FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS. 7º ano - Ciências Físicas e Biológicas - Prof: LILIANE Data da Prova: 16/11/2016-3ª AE - Duração: 120 min

FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS. 7º ano - Ciências Físicas e Biológicas - Prof: LILIANE Data da Prova: 16/11/2016-3ª AE - Duração: 120 min 7º ano - Ciências Físicas e Biológicas - Prof: LILIANE Data da Prova: 16/11/2016-3ª AE - Duração: 120 min Estudar pelo livro, nota de aula, VI, exercícios e relatório de laboratório. Caneta azul ou preta.

Leia mais

Exercícios complementares para R.O de Gramática

Exercícios complementares para R.O de Gramática Exercícios complementares para R.O de Gramática 1.Complete com eu ou mim : - eles chegaram antes de. - há algum trabalho para fazer? - há algum trabalho para? - ele pediu para elaborar alguns exercícios;

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDO 6 º ANO 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Uso do diálogo. Paragrafação. 2) Texto: Leitura e interpretação. 3) Gramática: Letra

Leia mais

Resoluções de Exercícios

Resoluções de Exercícios Resoluções de Exercícios 01 Compreensão da Ideia Central do Texto; o Estudo do Verbo: Conceito, Conjugação e Estrutura 01 1 a conjugação preciso, ficar, aguarde, treinar etc. 2 a conjugação deve, ser,

Leia mais

MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL. SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação.

MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL. SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação. MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação. PREPOSIÇÃO É a classe de palavras que liga palavras entre si;

Leia mais

Planificação anual Português 6º ano

Planificação anual Português 6º ano Planificação anual Português 6º ano Unidades / Textos Unidade 0 Leitura 1.º período Domínios / Conteúdos Nº de aulas previstas Começar de novo Apresentação Texto não literário Texto narrativo. 65 Avaliação

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense Sistema Objetivo de Ensino. Pronome relativo. Prof.ª Caliana Medeiros. Caicó/RN 05/10/2015

Colégio Diocesano Seridoense Sistema Objetivo de Ensino. Pronome relativo. Prof.ª Caliana Medeiros. Caicó/RN 05/10/2015 Colégio Diocesano Seridoense Sistema Objetivo de Ensino Pronome relativo Prof.ª Caliana Medeiros Caicó/RN 05/10/2015 Tente Outra Vez Raul Seixas Veja! Não diga que a canção Está perdida Tenha fé em Deus

Leia mais

Nome: Número: Data: Série: 6ª Turma: Disciplina: Redação Professor: Aline Augustin MATERIAL DE APOIO EXAME FINAL Narração Descritiva

Nome: Número: Data: Série: 6ª Turma: Disciplina: Redação Professor: Aline Augustin MATERIAL DE APOIO EXAME FINAL Narração Descritiva Nome: Número: Data: Série: 6ª Turma: Disciplina: Redação Professor: Aline Augustin MATERIAL DE APOIO EXAME FINAL - 2012 Narração Descritiva Narração - Ao encadear uma sequência de fatos (reais ou imaginários)

Leia mais

Aula 18.1 Conteúdos: O uso da vírgula (, ) e o ponto e vírgula ( ; ) na construção de textos. LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES

Aula 18.1 Conteúdos: O uso da vírgula (, ) e o ponto e vírgula ( ; ) na construção de textos. LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 18.1 Conteúdos: O uso da vírgula (, ) e o ponto e vírgula ( ; ) na construção de textos. 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2016 / 2017 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Notícia Frio arrasta centenas de corvos marinhos

Leia mais

Desinência: são os elementos mórficos que se juntam ao radical para indicar a flexão do tempo, modo, número e pessoa.

Desinência: são os elementos mórficos que se juntam ao radical para indicar a flexão do tempo, modo, número e pessoa. AULA 04 GRAMÁTICA VERBO O verbo indica: Ação: Beijaram-se ininterruptamente. Estado (verbo de ligação): Estou livre Fenômenos naturais: Nevou durante três dias Ocorrências: Aconteceram acidentes no sábado.

Leia mais

Pronomes Relativos. Gramatica Morfologia

Pronomes Relativos. Gramatica Morfologia Pronomes Relativos Gramatica Morfologia Definição São pronomes relativos aqueles que representam nomes já mencionados anteriormente e com os quais se relacionam. Introduzem as orações subordinadas adjetivas.

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES

INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES ANEXO II- EDITAL Nº 02/2013 PERÍODO: 2013/01 INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES MONITORIA REMUNERADA CURSOS ICHLA DISCIPLINA VAGAS HORÁRIO Estúdio I Iluminação e produto 01 6M CARGA HORÁRIA

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação Personagens Narrador Espaço Tempo Modalidades do discurso Diários e memórias Narrativas de tradição popular Saga: Vig, a ilha do mar do Norte Saga:

Leia mais

Metodologia Científica

Metodologia Científica Metodologia Científica O PROCESSO DE LEITURA E DA PRODUÇÃO DE TEXTOS Profª Ma. Fabiana Rocha O PROCESSO DE LEITURA Importância da Leitura Aprendizagem do ser humano; Enriquecer o vocabulário; Obter conhecimento;

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Modalidades da língua 2 1.6 Funções da

Leia mais

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21 sumário CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO...14 1.1.TIPOS DE TEXTO... 15 1.2.GÊNERO DE TEXTO... 20 1.3.TIPOS DE DISCURSO... 21 1.3.1. DISCURSO DIRETO... 22 1.3.2. DISCURSO INDIRETO... 22 1.3.3. DISCURSO

Leia mais

Usa-se ainda, neste caso, sujeito antes do verbo ou a palavra interrogativa no fim da oração: De quem você falava? Ele comprou o quê?

Usa-se ainda, neste caso, sujeito antes do verbo ou a palavra interrogativa no fim da oração: De quem você falava? Ele comprou o quê? Usa-se ainda, neste caso, sujeito antes do verbo ou a palavra interrogativa no fim da oração: De quem você falava? Ele comprou o quê? 7. ) Nas orações exclamativas, de sentido optativo ou não, é frequente

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

PRESENTE DO INDICATIVO:

PRESENTE DO INDICATIVO: PRESENTE DO INDICATIVO: - Fatos atuais, indica ações e estados permanentes, ação habitual. Estou no Casd agora. Ali é onde almoço sempre. Marcador temporal igual ao Tempo verbal = SENTIDO LITERAL DO TEMPO

Leia mais

6º ANO A 6º ANO B. São Paulo, 09 de março de São Paulo, 09 de março de COMUNICADO Nº /2016. COMUNICADO Nº /2016.

6º ANO A 6º ANO B. São Paulo, 09 de março de São Paulo, 09 de março de COMUNICADO Nº /2016. COMUNICADO Nº /2016. 6º ANO A HISTÓRIA 16/3 APOSTILA 1 CAP 1, 2 e 3. GEOGRAFIA 17/3 CAPÍTULOS 1 E 2 + ATIVIDADES NO CADERNO INGLÊS 18/3 CAPÍTULOS 1 E 2 - VOCABULÁRIO (PERMITIDO O USO DE MATEMÁTICA 21/3 CAPITULOS 1, 2, 3, 4

Leia mais

CLASSES GRAMATICAIS. Parte 2. Professora Idilvânia

CLASSES GRAMATICAIS. Parte 2. Professora Idilvânia CLASSES GRAMATICAIS Parte 2 Professora Idilvânia 1 Existem 10 Classes Gramaticais Artigo Substantivo Adjetivo Advérbio Preposição Pronomes Verbo Conjunção Numeral Interjeição 2 PRONOME São estruturas que

Leia mais

MPU Português Crase Eli Castro Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

MPU Português Crase Eli Castro Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. MPU Português Crase Eli Castro 2013 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Crase O uso do acento grave é, às vezes, produto da contração de duas vogais idênticas; em outras,

Leia mais

Planificação anual Ano letivo: 2016/2017

Planificação anual Ano letivo: 2016/2017 Módulo 1 Número total de aulas previstas: 44 Competências Compreensão oral: Compreender globalmente intervenções sobre temas relacionados com a escola, os seus interesses, as atividades e relações quotidianas,

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg. Visite o Portal dos Concursos Públicos

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg.  Visite o Portal dos Concursos Públicos Português Aula: 09/12 Prof. Felipe Oberg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

índice geral Prefácio, X/77

índice geral Prefácio, X/77 índice geral Prefácio, X/77 Capítulo I CONCEITOS GERAIS, / Linguagem, língua, discurso, estilo / Língua e sociedade: variação e conservação linguística, 2 Diversidade geográfica da língua: dialecto e falar,

Leia mais

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada.

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada. PREPOSIÇÃO Ordem Direta da Oração: Sujeito + verbo + Complemento Ex.: Todos gostam de carnaval. Todos gostam carnaval. PREPOSIÇÃO QUEM ALGO ALGUÉM ALGUMA COISA SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO

Leia mais

SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco 1. Aposto e a vírgula. 2. Adjunto Adverbial e a vírgula. 3. Vocativo e a vírgula. 4. Uso da Vírgula. Resumo. 5. Exercícios. 1. Aposto e a vírgula.

Leia mais

Conteúdos Programáticos Português Oralidade Leitura e escrita

Conteúdos Programáticos Português Oralidade Leitura e escrita Conteúdos Programáticos 4º ano de escolaridade Português Oralidade Informação essencial Informação implícita Planificação de discurso Ideia-chave Ideia principal Articulação, acento, entoação, pausa Facto

Leia mais

A escrita que faz a diferença

A escrita que faz a diferença A escrita que faz a diferença Inclua a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro em seu planejamento de ensino A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do Ministério

Leia mais

GUIA DE AULAS - PORTUGUÊS - SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR

GUIA DE AULAS - PORTUGUÊS - SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR GUIA DE AULAS - PORTUGUÊS - SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também quer ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Por isso, oferecemos

Leia mais

Este, esta, esse ou essa: como usar?

Este, esta, esse ou essa: como usar? Este, esta, esse ou essa: como usar? Respondido por Reinaldo Passadori, do Instituto Passadori Educação Corporativa No mundo da informação é indiscutível que a língua escrita faz toda a diferença no momento

Leia mais

Sumarizando: o que é uma língua. Métodos para seu estudo...44

Sumarizando: o que é uma língua. Métodos para seu estudo...44 sumário APRESENTAÇÃO...13 1. O que se entende por língua Estudando a língua portuguesa...17 1.1 O Vocabulário: nascimento e morte das palavras. Consultando um dicionário...20 1.2 A Semântica: o sentido

Leia mais

Ficha da semana 4º ano A, B e C. Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 7/4/2015

Ficha da semana 4º ano A, B e C. Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 7/4/2015 Ficha da semana 4º ano A, B e C. Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

Aluno: Nº: 1) Os termos destacados da fábula a seguir são adjuntos adverbiais. Identifique as circunstâncias que cada um deles expressa.

Aluno: Nº: 1) Os termos destacados da fábula a seguir são adjuntos adverbiais. Identifique as circunstâncias que cada um deles expressa. TER 7ºAno 4º Bimestre 2014 Aluno: Nº: Vamos rever Adjunto Adverbial Adjunto Adverbial é o termo que exprime circunstâncias de modo, lugar, tempo, intensidade... modificando o verbo e, mais raramente, o

Leia mais

Colégio FAAT - Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT - Ensino Fundamental e Médio Língua Portuguesa Substantivo e sua Classificação Adjetivo e locução Adjetiva Artigo e sua Classificação Numeral e sua classificação Verbo Tempos e Modos Verbais 4º Bimestre Locução Verbal Adverbio e sua

Leia mais

Colégio FAAT - Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT - Ensino Fundamental e Médio Língua Portuguesa Texto com função informativa. Pronomes relativos. Adjunto adverbial. Artigo de opinião. Conjunção e locução conjuntiva. Concordância nominal. Colocação pronominal. Texto de divulgação

Leia mais

11.º ano. Maria Serafina Roque

11.º ano. Maria Serafina Roque 11.º ano Maria Serafina Roque O aspeto é uma categoria gramatical que nos dá informação acerca do início, do curso e do fim da ação expressa pelo verbo. A categoria aspeto, apesar de se relacionar com

Leia mais

Adjetivos. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas.

Adjetivos. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas. Classes Gramaticais Adjetivos SIMPLES grande, belo, manso, leal. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. PRIMITIVOS bom, humano, fácil. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas. Gêneros

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Variedades linguísticas 2 1.6 Funções da

Leia mais

Conteúdo: - Emprego do Eu e Mim, Onde e Aonde, Há e A. LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER 1 FORTALECENDO SABERES

Conteúdo: - Emprego do Eu e Mim, Onde e Aonde, Há e A. LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER 1 FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA APRENDER 1 Conteúdo: - Emprego do Eu e Mim, Onde e Aonde, Há e A. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA APRENDER 1 Habilidades:

Leia mais