REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL"

Transcrição

1 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES - MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE RODOVIA : BR-101/RN TRECHO : Av. Tomaz Landim, km 83,59 e km 82,83 SUBTRECHO : Entr. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) SEGMENTO : km 83,4 ao km 85,1 e km 81,4 ao km 83,4 CÓDIGOS PNV : 101BRN0080 e 101BRN0075 PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA CONSTRUÇÃO DE PASSARELAS PARA PEDESTRES SOBRE A BR-101/RN, NOS km 83,59 E km 82,83, SOBRE A AVENIDA TOMAZ LANDIM, BAIRRO DE IGAPÓ VOLUME 4 ORÇAMENTO E PLANO DE EXECUÇÃO DA OBRA (ATUALIZAÇÃO MAIO 2014) RECIFE/PE MARÇO/2012

2 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES - MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE RODOVIA : BR-101/RN TRECHO : Av. Tomaz Landim, km 83,59 e km 82,83 SUBTRECHO : Entr. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) SEGMENTO : km 83,4 ao km 85,1 e km 81,4 ao km 83,4 CÓDIGOS PNV : 101BRN0080 e 101BRN0075 PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA CONSTRUÇÃO DE PASSARELAS PARA PEDESTRES SOBRE A BR-101/RN, NOS km 83,59 E km 82,83, SOBRE A AVENIDA TOMAZ LANDIM, BAIRRO DE IGAPÓ VOLUME 4 ORÇAMENTO E PLANO DE EXECUÇÃO DA OBRA (ATUALIZAÇÃO MAIO 2014) - Supervisão : Diretoria de Planejamento e Pesquisa - Coordenação : Coordenação Geral de Desenvolvimento e Projetos / Coordenação de Projetos - Fiscalização : Superintendência Regional no Estado do Rio Grande do Norte - Elaboração : Maia Melo Engenharia Ltda - Contrato : Processo : / Edital : TP0416/ RECIFE/PE MARÇO/2012

3 01 Índice 873-PASSARELARN-REL

4 02 Índice 1. Apresentação Mapa de Situação Resumo Geral Quadro de Quantidades e Preços Composições de Preços Unitários Composições Auxiliares Curva ABC dos Insumos Quadro Resumo das Distâncias de Transportes Premissas e Critérios Adotados para Mobilização e Desmobilização e para o Projeto de Canteiro de Obra e dos Acampamentos Plano de Execução da Obra Relação de Equipamentos Mínimos Cronograma de Utilização de Equipamento Cronograma Físico e Financeiro Cotações PASSARELARN-REL.doc

5 03 1. Apresentação 873-PASSARELARN-REL

6 873-BR101RN-MINPROJEXEC-V1-REL Introdução A Maia Melo Engenharia, empresa de consultoria sediada à Rua General Joaquim Inácio n o 136, Ilha do Leite, Recife-PE, fone (81) , fax (81) , inscrita no CNPJ sob o n o / , apresenta ao Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes - DNIT, o Projeto Executivo referente a Elaboração de Projeto Executivo de Engenharia para a construção de duas passarelas na rodovia BR-101/RN, no trecho rodoviário abaixo descrito, com as seguintes características: Edital de Tomada de Preços : 0416/ Contrato : Data da Ordem de Serviço : 04/02/2010 Data da Assinatura do Contrato : 18/01/2010 Data da Proposta : 20/11/2009 Processo : / Objeto : Elaboração de Projeto Básico e Executivo de Engenharia para a construção de duas passarelas na rodovia BR-101/RN. Rodovia : BR-101/RN Trecho : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 Subtrecho : Entr. RN-160 (P/ São Gonçalo do Amarante) Segmento : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 Códigos PNV : 101BRN0080 e 101BRN0075 0

7 873-BR101RN-MINPROJEXEC-V1-REL Síntese do Projeto Executivo A Minuta do Projeto Executivo referente à Elaboração de Projeto Básico e Executivo de Engenharia para a construção de duas passarelas na rodovia BR-101/RN é apresentado nos volumes a seguir discriminados, a saber: Volume 1 : Relatório do Projeto e Documentos para Concorrência Volume 2 : Projeto de Execução Volume 3 : Memória Justificativa Volume 3B : Memória de Cálculo de Estruturas Volume 4 : Orçamento e Plano de Execução de Obras O conteúdo de cada volume é descrito a seguir: Volume 1 - Relatório do Projeto e Documentos para Concorrência Este volume contém uma síntese dos serviços a executar e as especificações pertinentes aos serviços a serem executados. É apresentado no formato A4. Volume 2 - Projeto de Execução Este volume contém as plantas, listagem de serviços, projetos-tipo, seções transversais e demais informações de interesse para o Projeto. É apresentado em formato A3.

8 873-BR101RN-MINPROJEXEC-V1-REL 06 Volume 3 - Memória Justificativa Este volume reúne todas as metodologias que possibilitaram a definição das soluções a serem adotadas para os diversos itens de serviços. Apresenta, também, todos os estudos realizados que, de alguma forma, orientaram as tomadas de decisões com relação às soluções adotadas. É apresentado no formato A4. Volume 3B - Memória de Cálculo das Estruturas Este volume apresenta todos os cálculos necessários à perfeita definição das estruturas a executar. É apresentado no formato A4. Volume 4 Orçamento e Plano de Execução de Obras Este volume apresenta o resumo dos preços, o demonstrativo do orçamento e as composições de preços unitários, elaboradas com base na metodologia vigente no Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes DNIT, como também, o Plano de Execução da Obra, definindo o Plano de Ataque dos Serviços, Relação do Equipamento Mínimo e Cronograma. É apresentado no formato A4.

9 07 2. Mapa de Situação 873-PASSARELARN-REL

10 873-BR101RN-MINPROJEXEC-V4-MS 08 Rio Grande do Norte N O L S MAIA MELO ENGENHARIA MAPA DE SITUAÇÃO

11 09 3. Resumo Geral 873-PASSARELARN-REL

12 10 DISCRIMINAÇÃO (SUB-TOTAL DOS ITENS DO QUADRO DE QUANTIDADES E CUSTOS) 1.0 PASSARELA ESTAIADA CUSTO DOS SERVIÇOS (R$) Data Base: MAIO/ , PASSARELA METÁLICA , SINALIZAÇÃO , INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS , MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO ,20 TOTAL GERAL ,47 OBSERVAÇÕES: PREÇOS DO SICRO II - MAIO RIO GRANDE DO NORTE Rodovia : BR-101/RN Trecho : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 Subtrecho : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) Segmento : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 PNV : 101BRN0080 e 101BRN0075 RESUMO GERAL QD PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

13 11 4. Quadro de Quantidades e Preços 873-PASSARELARN-REL

14 12 ITEM CÓDIGO DMT (km) PREÇO (R$) TOTAL DISCRIMINAÇÃO ESPECIFICAÇÕES UNID. QUANT. DNIT NP P UNITÁRIO ( R$ ) 1.0 PASSARELA ESTAIADA 1.1 Serviços Preliminares S Demolição de dispositivos de concreto simples m³ 1,98 147,97 292, S Reaterro e compactação m³ 17,78 24,49 435, Limpeza de camada vegetal m² 17,60 1,38 24, Infraestrutura S Concr.estr.fck=20mpa-c.raz.c/a dit conf.lanç.ac/bc DNER-ES-330 m³ 21,60 373, , S Concr.estr.fck=25mpa-c.raz.c/a dit conf.lanç.ac/bc DNER-ES-330 m³ 12,53 392, , S Confecção e lanç.de concr.magro em betoneira ac/bc DNER-ES-330 m³ 2,85 321,01 914, S Forma comum de madeira DNER-ES-330 m² 70,44 76, , S Fornecimento, preparo e colocação formas aço ca 50 S-331 m³ 1.967,00 7, , S Escavação manual de cavas em material 1a cat m³ 66,70 51, , Estaca raiz d=250mm - em solo m 480,00 345, , Estaca raiz d=410mm (em solo) m 100,00 492, , A Bota-fora (transp. local c/ basc. 10m3 rodov. não pav) 0,30 21,70 tkm 147,41 0,81 35,82 1 A Bota-fora (transp. local c/ basc. 10m3 rodov. pav) 0,30 21,70 tkm 147,41 0, , Depósito em Aterro Sanitário t 147,41 116, , Mesoestrutura S Concr.estr.fck=30mpa-c.raz.c/a dit.conf.lanc.ac/bc DNER-ES-330 m³ 44,46 415, , S Fornecimento, preparo e colocação formas aço ca 50 S-331 kg 5.123,00 7, , S Forma de placa compensada resinada DNER-ES-333 m² 307,35 45, , S Aparelho apoio em neoprene fretado-forn. e aplic. ES-OA 36/96. kg 75,09 63, , Superestrutura S Concr.estr.fck=30mpa-c.raz.c/a dit.conf.lanc.ac/bc DNER-ES-330 m³ 175,76 415, , S Fornecimento, preparo e colocação formas aço ca 50 S-331 kg ,00 7, , S Forma de placa compensada resinada DNER-ES-333 m² 607,19 45, , S Escoramento com madeira de oae m³ 2.542,68 45, , Fornecimento e lançamento de grout m³ 0, ,64 91, S Tirante protendido p/ cort. Aço ST 85/105 D=32mm m 203,88 191, , Acabamentos Pintura com superconservado m² 914,53 37, , Pavimentação em argamassa de concreto armado m³ 8,38 342, , Guarda corpo metálico m 422,72 373, , S Dreno de pvc d=75 mm DNER-ES-AO 36/96 und 78,00 15, , Junta de dilatação m 2, , , Pintura em poliueratano p proteção anti-corrosiva m 201,94 10, , S Alvenaria de pedra argamassada ac/bc/pc DNER-ES-286 m³ 10,67 262, , Tela de fechamento m 200,00 93, ,00 Rodovia Trecho Subtrecho Segmento PNV BR-101/RN : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 : 101BRN0080 e 101BRN0075 ORÇAMENTO QD PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

15 13 ITEM CÓDIGO DMT (km) PREÇO (R$) TOTAL DISCRIMINAÇÃO ESPECIFICAÇÕES UNID. QUANT. DNIT NP P UNITÁRIO ( R$ ) 1.6 Instalações Elétricas (Sistema de Aterramento) COMPOSIÇÃO Conector parafuso fendido split-bolt - para cabo de 35mm2 - fornecimento e instalacao (SINAPI-72272) ud 30,00 8,84 265, COMPOSIÇÃO Haste copperweld 5/8 x 3,0m com conector (SINAPI ) ud 18,00 42,00 756, COMPOSIÇÃO COMPOSIÇÃO COMPOSIÇÃO Cordoalha de cobre nu, inclusive isoladores - 50,00 mm2 - fornecimento e instalacao (SINAPI ) Cordoalha de cobre nu, inclusive isoladores - 35,00 mm2 - fornecimento e instalacao (SINAPI ) Eletroduto de pvc rigido roscavel dn 20mm (3/4") incl conexoes, fornecimento e instalacao (SINAPI ) m 250,00 43, ,50 m 70,00 36, ,90 m 12,00 5,95 71,40 TOTAL ITEM ,02 Rodovia Trecho Subtrecho Segmento PNV BR-101/RN : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 : 101BRN0080 e 101BRN0075 ORÇAMENTO QD PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

16 14 ITEM CÓDIGO DMT (km) PREÇO (R$) TOTAL DISCRIMINAÇÃO ESPECIFICAÇÕES UNID. QUANT. DNIT NP P UNITÁRIO ( R$ ) 2.0 PASSARELA METÁLICA 2.1 Infraestrutura Estaca raiz d=160mm, inclusive material e cravação m 338,00 285, , S Escavação manual em material de 1a cat m³ 30,87 45, , S Eoncr.estr.fck=20mpa-c.raz.c/a dit conf.lanç.ac/bc DNER-ES-330 m³ 14,93 373, , S Confecção e lanç.de concr.magro em betoneira ac/bc DNER-ES-330 m³ 1,24 321,01 398, S Forma comum de madeira DNER-ES-330 m² 48,05 76, , S Fornecimento, preparo e colocação formas aço ca 50 S-331 kg 496,40 7, , A Bota-fora (transp. local c/ basc. 10m3 rodov. não pav) 0,30 21,70 tkm 88,69 0,81 21, A Bota-fora (transp. local c/ basc. 10m3 rodov. pav) 0,30 21,70 tkm 88,69 0, ,24 Depósito em Aterro Sanitário t 88,69 116, , Mesoestrutura S Concr.estr.fck=20mpa-c.raz.c/a dit conf.lanç.ac/bc DNER-ES-330 m³ 15,72 373, , S Forma de placa compensada plastificada DNER-ES-333 m² 127,05 46, , S Fornecimento, preparo e colocação formas aço ca 50 S-331 kg 1.420,20 7, , S Escoramento com madeira de oae m³ 85,43 45, , S Aparelho apoio em neoprene fretado-forn. e aplic. ES-OA 36/96. kg 49,07 63, , Superestrutura Estrutura metálica em aço sac-300 EP-01 kg ,00 23, , S Forma de placa compensada resinada DNER-ES-333 m² 0,75 45,93 34, S Fornecimento, preparo e colocação formas aço ca 50 S-331 kg 27,65 7,86 217, S Concr.estr.fck=18mpa-c.raz.uso ger.conf.lanç.ac/bc m³ 0,69 382,45 263, Placa de concreto pré-moldada para Piso m² 352,43 98, , Placa de concreto pré-moldada para Cobertura m² 419,10 98, , Fornecimento e lançamento de grout m³ 1, , , Acabamentos S Reaterro e compactação m³ 8,27 24,49 202, Corrimão metálico tubular m 388,20 106, , Tela de fechamento m 388,20 93, , Iluminação und 1, , , Alambrado - Tela de arame galvanizado - altura de 2,00m m 400,00 164, , S Compactação de aterros a 95% proctor normal m³ 1,67 2,52 4, Instalações Elétricas (Sistema de Aterramento) COMPOSIÇÃO Conector parafuso fendido split-bolt - para cabo de 35mm2 - fornecimento e instalacao (SINAPI-72272) ud 30,00 8,84 265, COMPOSIÇÃO Haste copperweld 5/8 x 3,0m com conector (SINAPI ) ud 25,00 42, , COMPOSIÇÃO COMPOSIÇÃO COMPOSIÇÃO Cordoalha de cobre nu, inclusive isoladores - 50,00 mm2 - fornecimento e instalacao (SINAPI ) Cordoalha de cobre nu, inclusive isoladores - 35,00 mm2 - fornecimento e instalacao (SINAPI ) Eletroduto de pvc rigido roscavel dn 20mm (3/4") incl conexoes, fornecimento e instalacao (SINAPI ) m 230,00 43, ,10 m 50,00 36, ,50 m 12,00 5,95 71,40 TOTAL ITEM 2: ,23 Rodovia Trecho Subtrecho Segmento PNV BR-101/RN : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 : 101BRN0080 e 101BRN0075 ORÇAMENTO QD PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

17 15 CÓDIGO DMT PREÇO (R$) TOTAL ITEM DISCRIMINAÇÃO ESPECIFICAÇÕES UNID. QUANT. DNIT ( km ) UNITÁRIO ( R$ ) 3.0 SINALIZAÇÃO 3.1 Sinalização vertical S forn. e implantação placa sinaliz. tot.refletiva DNER-340. m² 30,17 440, , Sinalização horizontal S pintura faixa - tinta base acrílica p/ 2 anos DNER-EM-368/00. m² 272,00 32, , S pintura setas e zebrado - tinta b.acrílica -2 anos DNER-EM-368/00. m² 25,85 39, , Diversos S defensa semi-maleável simples (forn./ impl.) DNER-144/ 85 m 110,00 226, , COMPOSIÇÃO Alambrado em tubos de aço galv (73787/001-SINAPI) m² 840,00 164, , S forn. e colocação de tacha reflet. monodirecional DNER-339. und 500,00 21, , S forn. e colocação de tachão reflet. bidirecional DNER-339. und 42,00 67, , S forn. e implantação placa sinaliz. semi-refletiva m² 15,38 244, , Fornecimento de cavalete und 2,00 220,38 440, Fornecimento de cone und 4,00 53,94 215,76 TOTAL ITEM 3: ,32 Rodovia BR-101/RN Trecho Subtrecho Segmento PNV : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 : 101BRN0080 e 101BRN0075 ORÇAMENTO QD PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

18 16 CÓDIGO DMT PREÇO (R$) TOTAL ITEM DISCRIMINAÇÃO ESPECIFICAÇÕES UNID. QUANT. DNIT ( km ) UNITÁRIO ( R$ ) 4.0 INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DO CANTEIRO 1, , , MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS 1, , ,20 TOTAL GERAL ,47 Rodovia Trecho Subtrecho Segmento PNV BR-101/RN : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 : 101BRN0080 e 101BRN0075 ORÇAMENTO QD PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

19 17 FATOR DE ÁREA EQUIVALENTE PR. UNIT. VR. TOTAL CÓDIGO DISCRIMINAÇÃO ESPECIFICAÇÃO UND. QUANT. 4.0 INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DO CANTEIRO 4.1 TERRAPLENAGEM Desmatamento, dest. e limpeza de áreas com arv. D até 0,15 m DNER-ES 278/97 m 2 880,00 0,34 299, Esc. carga e transp. de material de 1ª cat. c/ DMT 200 a 400 m DNER-ES 280/97 m³ 264,00 5, , Compactação de Aterros a 100% PN DNER-ES 282/97 m³ 264,00 2,94 776,16 Subtotal item , DEPENDÊNCIAS DA ÁREA TÉCNICA E ADMINISTRATIVA (m² - SINAPI) Escritório m 2 32,00 0,60 787, , Almoxarifado m 2 32,00 0,40 787, , Refeitório e Cozinha m 2 44,00 0,40 787, , Laboratório m 2 15,00 0,50 787, , Carpintaria m 2 32,00 0,40 787, , Cimento m 2 24,00 0,30 787, , Armação m 2 32,00 0,40 787, , Sanitário / Vestiário m 2 20,00 0,60 787, , Área de Estocagem m 2 200,00 0,30 787, , Custo de Instalação Elétrica (SINAPI /001) ud 1, , , Custo de Instalação Hidráulica (SINAPI /003) m 25,00 52, , Custo de Instalação da Rede de Esgotamento (SINAPI /002) m 30,00 69, , Manutenção do Canteiro de Obras Mês 8, , ,80 INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS Subtotal item , PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

20 18 CÓDIGO DISCRIMINAÇÃO ESPECIFICAÇÃO UND. QUANT. UND. PR. UNIT. VR. TOTAL 4.3 ALUGUEL DE EQUIPAMENTOS Laboratório de Concreto (Equipamento) Mês 8,00 Mês 3.408, , Topografia (Equipamento) Mês 8,00 Mês 1.957, ,84 Subtotal item , ALOJAMENTOS Aluguel de residências para engenheiros e técnicos Mês 8,00 Mês 2.281, , Aluguel de alojamentos para pessoal da obra Mês 8,00 Mês 1.996, ,24 Subtotal item ,00 INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS Total item , PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

21 19 Preço Total Preço Transporte Terrestre Fluvial Peso (t) Quantidade de Viagens Quantidade de Equipamentos Tempo de Viagem (horas) Distancia (Ida e Volta) Equipamentos Origem Destino Equipamentos de Grande Porte Máquina para Pintura: Consmaq 44 - Demarcação de Faixas Natal Canteiro 20,20 0, ,50 59, Motoniveladora : Caterpillar : 120m - Natal Canteiro 20,20 0, ,84 80, Trator Agrícola : Massey Ferguson : MF 4291/4 449A Natal Canteiro 20,20 0, ,84 80,72 Rolo compactador : dynapac : ca-250-p - pé de carneiro 0, autop. 11,25t vibrat Natal Canteiro 20, ,84 80, Trator de Esteiras : Caterpillar : D8T - com lâmina Natal Canteiro 20,20 0, ,06 129, Escavadeira Hidráulica : Caterpillar : 336DL - com esteira Natal Canteiro 20,20 0, ,84 80, Equipamento para estaca raiz 160mm , , Equipamento para estaca raiz 250mm , , Equipamento para estaca raiz 410mm , ,20 Subtotal (Equip Grande Porte) , Equipamento de Medio Porte Trecho Pavimentado Natal Canteiro 10,10 25,22 0,31 78,96 Subtotal (Equip. Médio Porte) 78, Veiculos de Produção (somente ida) Caminhão Basculante : Mercedes Benz : M3-8,8T Natal Canteiro 10,10 0, ,69 19, Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : 2423 K - De Madeira Natal Canteiro 10,10 0, ,50 29, Caminhão Basculante : Mercedes Benz : 2423 K - 10 M3-15 T Natal Canteiro 10,10 0, ,97 30, Caminhão Tanque : Mercedes Benz : L1620/ L Natal Canteiro 10,10 0, ,59 22, Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : 710 / 37-4 T Natal Canteiro 10,10 0, ,34 14, Veículo Leve : Chevrolet : S10 Pick Up (4X4) Natal Canteiro 10,10 0, ,53 13, Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : L 1620/51 - C/Guindauto Natal Canteiro 10,10 0, ,09 21, Caminhão Basculante : Volvo : FMX 6X4R - 40 t Natal Canteiro 10,10 0, ,45 45, Caminhão Tanque : Mercedes Benz : L1620/ l Natal Canteiro 10,10 0, ,55 21, Caminhão Tanque : Mercedes Benz : 2726 K l Natal Canteiro 10,10 0, ,63 30, Cavalo Mecânico com Reboque : M. Benz/Randon : LS-1634/45-29,5 t Natal Canteiro 10,10 0, ,84 40,36 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO Subtotal (Veículos de Produção) 289,92 Total Mobilização ,51 Total Mobilização + LDI , PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

22 20 5. Composições de Preços Unitários 873-PASSARELARN-REL

23 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 21 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: DEMOLIÇÃO DE DISPOSITIVOS DE Item: 5 S Data: 01/05/2014 CONCRETO SIMPLES Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 0,10 1, , ,97 12,68 12,20 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 12,20 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T701 SERVENTE 8, ,27 58,21 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 78,17 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 16,03 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 106,40 106,40 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A MAT DEM (L/NP) 2, , ,62 7,44 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 7,44 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 113,84 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 34,13 PRECO UNITARIO TOTAL: 147,97

24 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 22 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: REATERRO E COMPACTAÇÃO Item: 2 S Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E906 COMPACTADOR MANUAL : WACKER : ES 60 - SOQUETE VIBRATÓRIO 1,00 1, , ,69 8,89 12,70 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 12,70 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 2,00 T701 SERVENTE 1, ,27 10,91 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 12,91 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 2,65 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 28,26 18,84 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 18,84 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 5,65 PRECO UNITARIO TOTAL: 24,49

25 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 23 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: LIMPEZA DE CAMADA VEGETAL Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 18,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 2,00 T701 SERVENTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 16,55 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 2,57 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 19,12 1,06 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 1,06 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 0,32 PRECO UNITARIO TOTAL: 1,38

26 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 24 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONCR.ESTR.FCK=20MPA-C.RAZ.C/A Item: 2 S Data: 01/05/2014 DIT CONF.LANÇ.AC/BC Prod. Equipe: 5,600 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E303 BETONEIRA : ALFA : L 1,00 1, , ,49 8,89 16,49 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 8,00 0, , ,14 0,00 0,80 E305 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : A-15 - GERICA 180 L 7,00 1, , ,86 0,00 6,02 E306 VIBRADOR DE CONCRETO : DIVERSOS : VIP-MT2 - DE IMERSÃO 2,00 1, , ,99 8,89 20,00 E402 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 2423 K - DE MADEIRA 0,21 1, , ,49 12,68 24,68 E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 0,05 1, , ,97 12,68 6,10 E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 1,00 1, , ,06 8,89 25,06 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 99,15 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T604 PEDREIRO 2, ,89 17,79 T701 SERVENTE 26, ,27 189,18 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 226,93 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 46,54 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 372,62 66,54 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II , KG 0,41 127,10 M604 ADITIVO PLASTIMENT BV-40 0, KG 4,02 2,50 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 129,60 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A AREIA COMERCIAL 0, M3 27,00 24,30 1 A BRITA COMERCIAL 0, M3 47,01 39,49 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 63,79 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 0,97 1 A AREIA (C/P) 1, , ,33 13,87 1 A AREIA (C/NP) 1, , ,49 0,26 1 A BRITA (C/P) 1, , ,33 11,52 1 A BRITA (C/NP) 1, , ,49 0,74 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 27,36 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 287,29 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 86,13 PRECO UNITARIO TOTAL: 373,42

27 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 25 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONFECÇÃO E LANÇ.DE CONCR.MAGRO EM BETONEIRA Item: 2 S Data: 01/05/2014 AC/BC Prod. Equipe: 2,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E302 BETONEIRA : MENEGOTTI : L 1,00 1, , ,73 8,89 10,74 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 3,00 0, , ,14 0,00 0,30 E306 VIBRADOR DE CONCRETO : DIVERSOS : VIP-MT2 - DE IMERSÃO 2,00 1, , ,99 8,89 20,00 E402 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 2423 K - DE MADEIRA 0,06 1, , ,49 12,68 7,05 E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 0,02 1, , ,97 12,68 2,44 E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 1,00 1, , ,06 8,89 25,06 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 65,59 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 14, ,27 101,86 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 110,75 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 22,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 199,05 79,62 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II , KG 0,41 82,00 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 82,00 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A AREIA COMERCIAL 0, M3 27,00 18,90 1 A BRITA COMERCIAL 0, M3 47,01 41,84 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 60,74 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 0,63 1 A AREIA (C/P) 1, , ,33 10,79 1 A AREIA (C/NP) 1, , ,49 0,21 1 A BRITA (C/P) 1, , ,33 12,20 1 A BRITA (C/NP) 1, , ,49 0,78 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 24,61 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 246,97 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 74,04 PRECO UNITARIO TOTAL: 321,01

28 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 26 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONCR.ESTR.FCK=25MPA-C.RAZ.C/A Item: 2 S Data: 01/05/2014 DIT.CONF.LANC.AC/BC Prod. Equipe: 5,600 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E303 BETONEIRA : ALFA : L 1,00 1, , ,49 8,89 16,49 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 8,00 0, , ,14 0,00 0,80 E305 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : A-15 - GERICA 180 L 7,00 1, , ,86 0,00 6,02 E306 VIBRADOR DE CONCRETO : DIVERSOS : VIP-MT2 - DE IMERSÃO 2,00 1, , ,99 8,89 20,00 E402 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 2423 K - DE MADEIRA 0,21 1, , ,49 12,68 24,68 E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 0,05 1, , ,97 12,68 6,10 E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 1,00 1, , ,06 8,89 25,06 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 99,15 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T604 PEDREIRO 2, ,89 17,79 T701 SERVENTE 26, ,27 189,18 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 226,93 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 46,54 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 372,62 66,54 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II , KG 0,41 143,50 M604 ADITIVO PLASTIMENT BV-40 0, KG 4,02 2,82 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 146,32 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A AREIA COMERCIAL 0, M3 27,00 23,49 1 A BRITA COMERCIAL 0, M3 47,01 39,02 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 62,51 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 1,10 1 A AREIA (C/P) 1, , ,33 13,41 1 A AREIA (C/NP) 1, , ,49 0,26 1 A BRITA (C/P) 1, , ,33 11,38 1 A BRITA (C/NP) 1, , ,49 0,73 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 26,88 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 302,25 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 90,61 PRECO UNITARIO TOTAL: 392,86

29 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 27 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORMA COMUM DE MADEIRA Item: 2 S Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 0,18 1, , ,06 8,89 4,51 E904 MÁQUINA DE BANCADA : MAKSIWA : SCMA - SERRA CIRCULAR DE 12" 0,18 1, , ,52 0,00 0,27 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 4,78 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T603 CARPINTEIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 1, ,27 7,28 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 16,17 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 3,32 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 24,27 24,27 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M320 PREGOS DE FERRO 18X30 0, KG 4,40 0,44 M406 CAIBROS DE 7,5 CM X 7,5 CM 1, M 8,02 9,22 M408 TÁBUA DE 5ª 2,5 CM X 30,0 CM 1, M 10,69 20,52 M413 GASTALHO 10 X 2,5 CM 1, M 2,85 3,68 M621 DESMOLDANTE 0, KG 0,10 0,00 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 33,86 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-25 0, KG 2,97 0,74 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 0,74 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A MADEIRA (C/P) 0, , ,31 0,05 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 0,05 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 58,92 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 17,66 PRECO UNITARIO TOTAL: 76,58

30 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 28 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORNECIMENTO, PREPARO E Item: 2 S Data: 01/05/2014 COLOCAÇÃO FORMAS AÇO CA 50 Prod. Equipe: 1,000 Unid: KG Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 0,40 T605 ARMADOR 0, ,89 0,71 T701 SERVENTE 0, ,27 1,02 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 2,13 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 0,44 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 2,57 2,57 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M319 ARAME RECOZIDO Nº. 18 0, KG 4,65 0,05 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 0,05 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-50 1, KG 3,12 3,43 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 3,43 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 6,05 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 1,81 PRECO UNITARIO TOTAL: 7,86

31 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 29 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESCAVAÇÃO MANUAL DE CAVAS EM Item: 2 S Data: 01/05/2014 MATERIAL 1A CAT Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T701 SERVENTE 4, ,27 32,74 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 32,74 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 6,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 39,45 39,45 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 39,45 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 11,83 PRECO UNITARIO TOTAL: 51,28

32 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 30 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESTACA RAIZ D=250MM - EM SOLO Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 6,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E223 COMPRESSOR DE AR : ATLAS COPCO : XATS 167PD PCM 1,00 1, , ,19 8,89 59,19 E406 CAMINHÃO TANQUE : MERCEDES BENZ : ATEGO 1418/ L 1,00 0, , ,58 12,68 50,14 E501 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHM-40-36/40 KVA 1,00 1, , ,25 8,89 27,26 E907 CONJUNTO MOTO-BOMBA : HERO : 180-SH-75 - COM MOTOR 1,00 1, , ,26 0,00 16,26 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 152,85 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T312 OPERADOR DE EQUIPAMENTO LEVE 2 1, ,89 8,89 T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T605 ARMADOR 2, ,89 17,79 T702 AJUDANTE 6, ,27 43,66 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 99,19 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 20,34 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 272,38 45,40 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CRAVACAO DE ESTACA RAIZ (COTACAO) 1, M 156,18 156,18 F802 BOMBA ELETR P/ INJEÇÃO DE NATA MAC 0, H 28,12 14,06 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 170,24 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-50 10, KG 3,12 33,85 1 A ARGAMASSA CIMENTO-AREIA 1:3 AC 0, M3 321,55 16,08 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 49,93 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 265,57 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 79,62 PRECO UNITARIO TOTAL: 345,19

33 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 31 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESTACA RAIZ 410MM MATERIAL E Item: Data: 01/05/2014 CRAVAÇÃO EM SOLO Prod. Equipe: 6,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E223 COMPRESSOR DE AR : ATLAS COPCO : XATS 167PD PCM 1,00 1, , ,19 8,89 59,19 E406 CAMINHÃO TANQUE : MERCEDES BENZ : ATEGO 1418/ L 1,00 0, , ,58 12,68 50,14 E501 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHM-40-36/40 KVA 1,00 1, , ,25 8,89 27,26 E907 CONJUNTO MOTO-BOMBA : HERO : 180-SH-75 - COM MOTOR 1,00 1, , ,26 0,00 16,26 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 152,85 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T312 OPERADOR DE EQUIPAMENTO LEVE 2 1, ,89 8,89 T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T605 ARMADOR 2, ,89 17,79 T702 AJUDANTE 6, ,27 43,66 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 99,19 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 20,34 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 272,38 45,40 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CRAVAÇAO ESTACA RAIZ 410mm (COTAÇAO) 1, M 186,41 186,41 F802 BOMBA ELETR P/ INJEÇÃO DE NATA MAC 0, H 28,12 14,06 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 200,47 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-50 29, KG 3,12 91,05 1 A ARGAMASSA CIMENTO-AREIA 1:3 AC 0, M3 321,55 42,23 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 133,28 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 379,15 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 113,67 PRECO UNITARIO TOTAL: 492,82

34 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 32 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: TRANSP. LOCAL C/ BASC. 10M3 Item: 1 A Data: 01/05/2014 RODOV. NÃO PAV (CONST) Prod. Equipe: 197,000 Unid: TKM Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 1,00 1, , ,97 12,68 121,97 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 121,97 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 121,97 0,62 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 0,62 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 0,19 PRECO UNITARIO TOTAL: 0,81

35 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 33 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: TRANSP. LOCAL C/ BASC. 10M3 Item: 1 A Data: 01/05/2014 RODOV. PAV. (CONST) Prod. Equipe: 253,000 Unid: TKM Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 1,00 1, , ,97 12,68 121,97 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 121,97 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 121,97 0,48 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 0,48 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 0,14 PRECO UNITARIO TOTAL: 0,62

36 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 34 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONCR.ESTR.FCK=30MPA-C.RAZ.C/A Item: 2 S Data: 01/05/2014 DIT.CONF.LANC.AC/BC Prod. Equipe: 2,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E302 BETONEIRA : MENEGOTTI : L 1,00 1, , ,73 8,89 10,74 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 3,00 0, , ,14 0,00 0,30 E306 VIBRADOR DE CONCRETO : DIVERSOS : VIP-MT2 - DE IMERSÃO 2,00 1, , ,99 8,89 20,00 E402 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 2423 K - DE MADEIRA 0,06 1, , ,49 12,68 7,05 E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 0,02 1, , ,97 12,68 2,44 E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 1,00 1, , ,06 8,89 25,06 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 65,59 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 14, ,27 101,86 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 110,75 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 22,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 199,05 79,62 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II , KG 0,41 163,18 M604 ADITIVO PLASTIMENT BV-40 0, KG 4,02 3,21 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 166,39 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A AREIA COMERCIAL 0, M3 27,00 17,93 1 A BRITA COMERCIAL 0, M3 47,01 33,85 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 51,78 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 1,25 1 A AREIA (C/P) 0, , ,33 10,24 1 A AREIA (C/NP) 0, , ,49 0,20 1 A BRITA (C/P) 1, , ,33 9,87 1 A BRITA (C/NP) 1, , ,49 0,64 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 22,20 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 319,99 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 95,93 PRECO UNITARIO TOTAL: 415,92

37 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 35 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORMA DE PLACA COMPENSADA Item: 2 S Data: 01/05/2014 RESINADA Prod. Equipe: 1,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 0,18 1, , ,06 8,89 4,51 E904 MÁQUINA DE BANCADA : MAKSIWA : SCMA - SERRA CIRCULAR DE 12" 0,18 1, , ,52 0,00 0,27 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 4,78 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T603 CARPINTEIRO 0, ,89 6,23 T701 SERVENTE 0, ,27 5,09 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 11,32 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 2,32 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 18,42 18,42 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M320 PREGOS DE FERRO 18X30 0, KG 4,40 0,44 M406 CAIBROS DE 7,5 CM X 7,5 CM 0, M 8,02 5,61 M410 COMPENSADO RESINADO DE 17 MM 0, M2 14,61 5,85 M413 GASTALHO 10 X 2,5 CM 1, M 2,85 3,96 M621 DESMOLDANTE 0, KG 0,10 0,00 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 15,86 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-25 0, KG 2,97 1,01 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 1,01 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A MADEIRA (C/P) 0, , ,31 0,05 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 0,05 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 35,34 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 10,59 PRECO UNITARIO TOTAL: 45,93

38 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 36 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: APARELHO APOIO EM NEOPRENE Item: 2 S Data: 01/05/2014 FRETADO-FORN. E APLIC. Prod. Equipe: 1,000 Unid: KG Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 0, ,89 1,87 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 1,87 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 0,38 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 2,25 2,25 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M901 APARELHO DE APOIO NEOPRENE FRETADO 0, DM3 62,88 24,52 M982 ISOPOR DE 5CM DE ESPESSURA 0, M2 145,85 21,88 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 46,40 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 48,65 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 14,59 PRECO UNITARIO TOTAL: 63,24

39 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 37 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESCORAMENTO COM MADEIRA DE OAE Item: 2 S Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E904 MÁQUINA DE BANCADA : MAKSIWA : SCMA - SERRA CIRCULAR DE 12" 1,00 0, , ,52 0,00 0,30 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,30 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T603 CARPINTEIRO 0, ,89 5,96 T701 SERVENTE 0, ,27 4,87 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 10,83 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 2,22 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 13,35 13,35 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M320 PREGOS DE FERRO 18X30 0, KG 4,40 0,48 M401 PONTALETES D=15 CM (TRONCO P/ ESC.) 0, M 12,37 6,19 M407 TÁBUA DE 1ª 2,5 CM X 15,0 CM 1, M 5,34 10,15 M414 PRANCHÃO 7,5 X 30,0 CM 0, M 38,98 4,87 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 21,69 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A MADEIRA (C/P) 0, , ,31 0,07 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 0,07 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 35,11 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 10,53 PRECO UNITARIO TOTAL: 45,64

40 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 38 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: TIRANTE PROTENDIDO P/ CORT. Item: 2 S Data: 01/05/2014 AÇO ST 85/105 D= 32MM Prod. Equipe: 8,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T605 ARMADOR 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 43,40 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 6,73 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 50,13 6,27 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II-32 65, KG 0,41 26,65 M328 LUVA DE EMENDA D=32MM 0, UN 69,92 8,74 M390 PORCA DE ANCORAGEM D=32MM 0, UN 23,00 1,91 M391 CONTRA PORCA H=35MM D=32MM 0, UN 33,22 2,76 M392 AÇO ST 85/105 D=32MM 1, M 66,13 66,13 M393 PLACA DE ANCORAGEM - 200X200X38MM 0, UN 198,28 16,46 M394 BAINHA METÁLICA D=40MM 1, M 13,44 13,44 F813 MACACO P/ PROT. DE TIRANTE D=32MM 0, H 27,72 3,47 F814 INJEÇÃO DE NATA DE CIMENTO 0, M 11,82 1,48 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 141,04 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 147,31 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 44,16 PRECO UNITARIO TOTAL: 191,47

41 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 39 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: PINTURA COM SUPERCONSERVADO Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 2,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 2,00 T607 PINTOR 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 0, ,27 3,64 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 14,53 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 2,98 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 17,51 8,76 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário SUPERCONSERVADO (SINAPI-7362) 2, KG 6,07 17,00 SIKA CHAPISCO (SINAPI-7334) 0, L 6,76 3,24 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 20,24 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 29,00 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 8,69 PRECO UNITARIO TOTAL: 37,69

42 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 40 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: PAVIMENTAÇÃO EM ARGAMASSA DE Item: Data: 01/05/2014 CONCRETO ARMADO Prod. Equipe: 1,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E302 BETONEIRA : MENEGOTTI : L 1,00 1, , ,73 8,89 10,74 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 10,74 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 6,99 T604 PEDREIRO 3, ,89 31,13 T701 SERVENTE 18, ,27 130,97 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 169,09 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 34,68 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 214,51 143,01 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M201 CIMENTO PORTLAND CP II-32(A GRANEL) 227, KG 0,34 77,18 M704 AREIA LAVADA 1, M3 27,00 27,00 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 104,18 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 0,71 1 A AREIA (C/P) 1, , ,33 15,41 1 A AREIA (C/NP) 1, , ,49 0,29 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 16,41 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 263,60 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 79,03 PRECO UNITARIO TOTAL: 342,63

43 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 41 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: GUARDA CORPO METÁLICO Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 2,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E923 MÁQUINA MANUAL : BOSCH : - LIXADEIRA " 1,00 1, , ,88 0,00 0,89 E924 EQUIP. PARA SOLDA : MAX BANTAM : BANTAM 250 SERRALHEIRO - TRANSFORMADOR SOLDA ELÉTR. 250 AMP 1,00 1, , ,76 0,00 2,76 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 3,65 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T602 MONTADOR 3, ,89 26,68 T608 SOLDADOR 3, ,23 45,71 T701 SERVENTE 6, ,27 43,66 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 136,01 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 27,90 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 167,56 83,78 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M339 CANTONEIRA FERRO 2 1/2"X2 1/2"X3/8" 0, KG 3,11 2,49 M606 TINTA ANTI-CORROSIVA 0, L 9,68 0,97 M609 TINTA ESMALTE SINTÉTICO SEMI-FOSCO 0, L 18,52 1,85 M908 ELETRODO P/ SOLDA ELETR. OK , KG 17,86 3,57 BARRA CHATA 1/4'X25 SINAPI 554 1, KG 4,61 6,89 TUBO DE FERRO D=1.1/4" SINAPI (7698) 5, M 28,09 140,45 TUBO DE FERRO D=2" (SINAPI 7696) 1, M 43,33 43,33 CHAPA DE FERRO D=3/16" (SINAPI 1319) 0, M2 99,72 4,39 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 203,94 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 287,72 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 86,26 PRECO UNITARIO TOTAL: 373,98

44 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 42 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: JUNTA DE DILATAÇÃO Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 0,200 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 5,99 T604 PEDREIRO 2, ,89 17,79 T701 SERVENTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 38,33 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 7,86 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 46,19 230,95 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M982 ISOPOR DE 5CM DE ESPESSURA 1, M2 145,85 145,85 SIKAFLEX 2, BJ 336,42 672,84 PISTOLA PARA APLICAÇÃO 1, UD 249,35 249,35 GROUT 1, KG 0,82 0,82 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 1.068,86 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 1.299,81 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 389,68 PRECO UNITARIO TOTAL: 1.689,49

45 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 43 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: DRENO DE PVC D=75 MM Item: 2 S Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: UND Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T701 SERVENTE 1, ,27 7,28 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 7,28 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 1,49 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 8,77 8,77 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M902 TUBO DE PVC D=75 MM 0, M 11,67 3,50 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 3,50 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 12,27 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 3,68 PRECO UNITARIO TOTAL: 15,95

46 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 44 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: PINTURA EM POLIURETANO P Item: Data: 01/05/2014 PROTEÇÃO ANTI-CORROSIVA Prod. Equipe: 3,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 1,00 T607 PINTOR 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 1, ,27 7,28 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 17,17 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 3,52 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 20,69 6,90 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário PRIMER PREPARADOR A BASE DE EPOXI 0, GL 177,05 0,89 TINTA POLIURETANO SINAPI , GL 55,62 0,28 DILUENTE (SINAPI 5318) 0, L 12,24 0,05 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1,22 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 8,12 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 2,43 PRECO UNITARIO TOTAL: 10,55

47 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 45 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ALVENARIA DE PEDRA ARGAMASSADA Item: 2 S Data: 01/05/2014 AC/BC/PC Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 0,01 1, , ,97 12,68 1,22 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 1,22 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 4, ,27 29,10 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 37,99 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 7,79 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 47,00 47,00 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A RACHÃO OU PEDRA-DE-MÃO COMERCIAL (CONT E REST)/ PC 0, M3 50,84 40,67 1 A ARGAMASSA CIMENTO-AREIA 1:3 AC 0, M3 321,55 102,90 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 143,57 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A RACHÃO (C/P) 1, , ,33 10,97 1 A RACHÃO (C/NP) 1, , ,49 0,71 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 11,68 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 202,25 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 60,63 PRECO UNITARIO TOTAL: 262,88

48 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 46 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: TELA DE FECHAMENTO Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T701 SERVENTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 34,51 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 7,08 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 41,59 41,59 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário TELA DE ARAME GALVANIZADO (SINAPI 7162) 1, M2 29,96 29,96 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 29,96 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 71,55 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 21,45 PRECO UNITARIO TOTAL: 93,00

49 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 47 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESTACA RAIZ D=160MM, INCLUSIVE Item: Data: 01/05/2014 MATERIAL E CRAVAÇÃO Prod. Equipe: 6,000 Unid: m Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E223 COMPRESSOR DE AR : ATLAS COPCO : XATS 167PD PCM 1,00 1, , ,19 8,89 59,19 E406 CAMINHÃO TANQUE : MERCEDES BENZ : ATEGO 1418/ L 1,00 0, , ,58 12,68 50,14 E501 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHM-40-36/40 KVA 1,00 1, , ,25 8,89 27,26 E907 CONJUNTO MOTO-BOMBA : HERO : 180-SH-75 - COM MOTOR 1,00 1, , ,26 0,00 16,26 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 152,85 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T312 OPERADOR DE EQUIPAMENTO LEVE 2 1, ,89 8,89 T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T605 ARMADOR 2, ,89 17,79 T702 AJUDANTE 6, ,27 43,66 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 99,19 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 20,34 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 272,38 45,40 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CRAVAÇAO ESTACA RAIZ 160mm 1, M 140,06 140,06 F802 BOMBA ELETR P/ INJEÇÃO DE NATA MAC 0, H 28,12 14,06 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 154,12 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-50 4, KG 3,12 13,87 1 A ARGAMASSA CIMENTO-AREIA 1:3 AC 0, M3 321,55 6,43 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 20,30 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 219,82 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 65,90 PRECO UNITARIO TOTAL: 285,72

50 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 48 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESCAVAÇÃO MANUAL EM MATERIAL Item: 2 S Data: 01/05/2014 DE 1A CAT Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T701 SERVENTE 4, ,27 29,10 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 29,10 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 5,97 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 35,07 35,07 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 35,07 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 10,51 PRECO UNITARIO TOTAL: 45,58

51 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 49 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORMA DE PLACA COMPENSADA Item: 2 S Data: 01/05/2014 PLASTIFICADA Prod. Equipe: 1,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 0,18 1, , ,06 8,89 4,51 E904 MÁQUINA DE BANCADA : MAKSIWA : SCMA - SERRA CIRCULAR DE 12" 0,18 1, , ,52 0,00 0,27 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 4,78 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T603 CARPINTEIRO 0, ,89 6,23 T701 SERVENTE 0, ,27 5,09 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 11,32 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 2,32 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 18,42 18,42 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M320 PREGOS DE FERRO 18X30 0, KG 4,40 0,44 M406 CAIBROS DE 7,5 CM X 7,5 CM 0, M 8,02 5,61 M411 COMPENSADO PLASTIFICADO DE 17 MM 0, M2 15,10 6,04 M413 GASTALHO 10 X 2,5 CM 1, M 2,85 3,96 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 16,05 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-25 0, KG 2,97 1,01 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1,01 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 35,48 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 10,64 PRECO UNITARIO TOTAL: 46,12

52 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 50 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESTRUTURA METÁLICA EM AÇO Item: Data: 01/05/2014 SAC-300 Prod. Equipe: 40,000 Unid: KG Equipamento (A) E924 EQUIP. PARA SOLDA : MAX BANTAM : BANTAM 250 SERRALHEIRO - Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário TRANSFORMADOR SOLDA ELÉTR. 250 AMP 2,00 1, , ,76 0,00 5,52 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 5,52 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T608 SOLDADOR 4, ,23 60,94 T702 AJUDANTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 95,45 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 19,58 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 120,55 3,01 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário PEÇAS METÁLICAS SAC-300 1, KG 10,46 10,77 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 10,77 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário ICAMENTO E POSICIONAMENTO DE ESTRUTURA METALICA 0, H 695,70 3,83 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 3,83 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário PECAS MET (C/P) 0, , ,31 0,50 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 0,50 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 18,11 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 5,43 PRECO UNITARIO TOTAL: 23,54

53 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 51 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONCR.ESTR.FCK=18MPA-C.RAZ.USO Item: 2 S Data: 01/05/2014 GER.CONF.LANÇ.AC/BC Prod. Equipe: 2,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E302 BETONEIRA : MENEGOTTI : L 1,00 1, , ,73 8,89 10,74 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 3,00 0, , ,14 0,00 0,30 E306 VIBRADOR DE CONCRETO : DIVERSOS : VIP-MT2 - DE IMERSÃO 2,00 1, , ,99 8,89 20,00 E402 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 2423 K - DE MADEIRA 0,06 1, , ,49 12,68 7,05 E404 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : 2423 K - 10 M3-15 T 0,02 1, , ,97 12,68 2,44 E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 1,00 1, , ,06 8,89 25,06 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 65,59 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 14, ,27 101,86 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 110,75 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 22,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 199,05 79,62 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II , KG 0,41 120,95 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 120,95 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A AREIA COMERCIAL 0, M3 27,00 25,92 1 A BRITA COMERCIAL 0, M3 47,01 39,49 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 65,41 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 0,92 1 A AREIA (C/P) 1, , ,33 14,80 1 A AREIA (C/NP) 1, , ,49 0,28 1 A BRITA (C/P) 1, , ,33 11,52 1 A BRITA (C/NP) 1, , ,49 0,74 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 28,26 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 294,24 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 88,21 PRECO UNITARIO TOTAL: 382,45

54 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 52 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: PLACA DE CONCRETO PRÉ-MOLDADA Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E402 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 2423 K - DE MADEIRA 0,05 1, , ,49 12,68 5,88 E434 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : L 1620/51 - C/GUINDAUTO 0,05 1, , ,08 12,68 4,25 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 10,13 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 2,00 T702 AJUDANTE 1, ,27 7,28 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 9,28 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 0,00%)= 0,00 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 19,41 19,41 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-50 8, KG 3,12 25,07 1 A FÔRMA COMUM DE MADEIRA 0, M2 58,87 15,95 1 A CONCR.ESTR.FCK=25MPA C.RAZ USO GER CONF/LANÇ AC/BC 0, M3 308,71 15,44 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 56,46 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 75,87 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 22,75 PRECO UNITARIO TOTAL: 98,62

55 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 53 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORNECIMENTO E LANÇAMENTO DE Item: Data: 01/05/2014 GROUT Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E301 BETONEIRA : MENEGOTTI : L 1,00 1, , ,87 8,89 11,88 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 3,00 0, , ,14 0,00 0,30 E501 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHM-40-36/40 KVA 1,00 1, , ,25 8,89 27,26 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 39,44 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 2, ,89 17,79 T701 SERVENTE 14, ,27 101,86 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 119,65 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 0,00%)= 0,00 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 159,09 159,09 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário PEDRISCO (SINAPI 4720) 0, M3 82,32 24,70 GROUT 1500, KG 0, ,00 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 1.254,70 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 1.413,79 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 423,85 PRECO UNITARIO TOTAL: 1.837,64

56 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 54 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CORRIMÃO METÁLICO TUBULAR Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 9,98 T701 SERVENTE 1, ,27 7,28 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 17,26 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 3,54 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 20,80 20,80 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário BRAÇADEIRA (SINAPI 4365) 0, UD 3,17 1,05 LUVA FERRO GALV ROSCA 2" (SINAPI 3912) 1, UD 17,01 17,01 TUBO DE FERRO D=2" (SINAPI 7696) 1, M 43,33 43,33 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 61,39 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 82,19 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 24,64 PRECO UNITARIO TOTAL: 106,83

57 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 55 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ILUMINAÇÃO Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: UD Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário SERVIÇO TERCEIRIZADO PARA INST DE ILUMINAÇÃO 1, UD 8.263, ,20 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 8.263,20 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 8.263,20 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 15,00 %) 1.239,48 PRECO UNITARIO TOTAL: 9.502,68

58 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 56 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ALAMBRADO EM TUBOS DE ACO GALV Item: Data: 01/05/2014 (73787/001-SINAPI) Prod. Equipe: 1,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T602 MONTADOR 0, ,89 4,45 T603 CARPINTEIRO 1, ,89 8,89 T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 2, ,27 17,32 T702 AJUDANTE 1, ,27 7,28 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 46,83 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 7,26 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 54,09 54,09 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M321 ARAME FARPADO Nº. 16 GALV. SIMPLES 0, M 0,33 0,01 TUBO ACO GALV DN 2" (50MM) SINAPI (7696) 0, M 38,97 28,06 TABUA MADEIRA 2,5 X 23,0CM (10567-SINAPI) 0, M 4,61 0,50 TABUA MADEIRA 2A 2,5 X 30,0CM (6189-SINAPI) 0, M 6,79 0,54 TE FERRO GALV 90G 2" (6298-SINAPI) 0, UD 31,97 12,79 TELA ARAME GALV REVESTIDO C/ PVC FIO 12 BWG (2,77MM) MALHA 3" (7,5 X 7,5 CM) (SINAPI ) 1, M2 22,85 25,14 PREGO POLIDO 18X30 (5075-SINAPI) 0, KG 7,45 0,30 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 67,34 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A CONCR.ESTR FCK=18MPA C.RAZ USO GER CONF/LANÇ AC/BC 0, M3 290,44 5,23 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 5,23 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 126,66 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 37,97 PRECO UNITARIO TOTAL: 164,63

59 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 57 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: COMPACTAÇÃO DE ATERROS A 95% Item: 2 S Data: 01/05/2014 PROCTOR NORMAL Prod. Equipe: 224,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E006 MOTONIVELADORA CATERPILLAR 120M 1,00 0, , ,22 15,23 65,25 E007 TRATOR AGRÍCOLA MASSEY FERGUSON : MF 292/4-1,00 0, , ,00 8,89 43,47 E013 ROLO COMPACTADOR DYNAPAC CA-25-PP PÉ DE CARNEIRO AUTOP. 11,25T VIBRAT 1,00 1, , ,13 8,89 108,14 E101 GRADE DE DISCOS : MARCHESAN : GA 24 X 24 1,00 0, , ,83 0,00 1,96 E407 (*) CAMINHÃO TANQUE : MERCEDES BENZ : 2726 K L 2,00 0, , ,63 12,68 175,72 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 394,54 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T701 SERVENTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 34,51 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 5,35 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 434,40 1,94 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 1,94 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 0,58 PRECO UNITARIO TOTAL: 2,52

60 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 58 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORN. E IMPLANTAÇÃO PLACA Item: 4 S Data: 01/05/2014 SINALIZ. TOT.REFLETIVA Prod. Equipe: 4,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E408 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 710 / 37-4 T 1,00 0, , ,33 12,68 35,51 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 35,51 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 9,98 T701 SERVENTE 3, ,27 21,83 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 31,81 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 6,52 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 73,84 18,46 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M334 PARAF. ZINC. C/ FENDA 1 1/2"X3/16" 2, UN 0,07 0,14 M335 PARAF. ZINCADO FRANCÊS 4" X 5/16" 3, UN 0,73 2,19 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 2,33 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A CONFECÇÃO DE PLACA DE SINALIZAÇÃO TOT. REFLETIVA 1, M2 272,81 272,81 1 A CONFECÇÃO DE SUPORTE E TRAVESSA P/ PLACA DE SINAL. 1, UN 45,57 45,57 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 318,38 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 339,17 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 101,68 PRECO UNITARIO TOTAL: 440,85

61 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 59 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: PINTURA FAIXA - TINTA BASE Item: 4 S Data: 01/05/2014 ACRÍLICA P/ 2 ANOS Prod. Equipe: 175,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E408 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 710 / 37-4 T 1,00 0, , ,33 12,68 35,51 E416 VEÍCULO LEVE : CHEVROLET : S10 - PICK UP (4X4) 2,00 1, , ,53 8,89 105,06 E908 MÁQUINA PARA PINTURA : CONSMAQ : 44 - DEMARCAÇÃO DE FAIXAS AUTOPROP. 1,00 1, , ,99 12,68 111,00 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 251,57 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T314 OPERADOR DE EQUIP. ESPECIAL 1, ,03 18,03 T401 PRÉ-MARCADOR 1, ,89 8,89 T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T701 SERVENTE 7, ,27 50,93 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 97,81 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 20,06 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 369,44 2,11 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M601 TINTA REFLETIVA ACRÍLICA P/ 2 ANOS 0, L 33,20 19,93 M611 REDUTOR TIPO 2002 PRIM. QUALIDADE 0, L 8,51 0,51 M615 MICROESFERAS PRE-MIX 0, KG 5,83 0,87 M616 MICROESFERAS DROP-ON 0, KG 4,88 1,22 M624 TINTA PARA PRÉ-MARCAÇÃO 0, L 15,02 0,45 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 22,98 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 25,09 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 7,52 PRECO UNITARIO TOTAL: 32,61

62 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 60 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: PINTURA SETAS E ZEBRADO - Item: 4 S Data: 01/05/2014 TINTA B.ACRÍLICA -2 ANOS Prod. Equipe: 40,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E408 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 710 / 37-4 T 1,00 0, , ,33 12,68 35,51 E416 VEÍCULO LEVE : CHEVROLET : S10 - PICK UP (4X4) 1,00 1, , ,53 8,89 52,53 E908 MÁQUINA PARA PINTURA : CONSMAQ : 44 - DEMARCAÇÃO DE FAIXAS AUTOPROP. 1,00 1, , ,99 12,68 111,00 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 199,04 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T314 OPERADOR DE EQUIP. ESPECIAL 1, ,03 18,03 T401 PRÉ-MARCADOR 1, ,89 8,89 T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T701 SERVENTE 4, ,27 29,10 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 75,98 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 15,58 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 290,60 7,27 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M601 TINTA REFLETIVA ACRÍLICA P/ 2 ANOS 0, L 33,20 19,93 M611 REDUTOR TIPO 2002 PRIM. QUALIDADE 0, L 8,51 0,51 M615 MICROESFERAS PRE-MIX 0, KG 5,83 0,87 M616 MICROESFERAS DROP-ON 0, KG 4,88 1,61 M624 TINTA PARA PRÉ-MARCAÇÃO 0, L 15,02 0,45 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 23,37 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 30,64 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 9,19 PRECO UNITARIO TOTAL: 39,83

63 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 61 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: DEFENSA SEMI-MALEÁVEL SIMPLES Item: 4 S Data: 01/05/2014 (FORN./ IMPL.) Prod. Equipe: 30,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E208 COMPRESSOR DE AR : ATLAS COPCO : XAHS 107PD PCM 1,00 1, , ,17 8,89 42,18 E210 MARTELETE : ATLAS COPCO : TEX32 PS - ROMPEDOR 33 KG 1,00 1, , ,10 8,89 10,10 E408 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 710 / 37-4 T 1,00 0, , ,33 12,68 40,08 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 92,36 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T602 MONTADOR 2, ,89 17,79 T701 SERVENTE 4, ,27 29,10 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 66,85 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 13,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 172,92 5,76 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M343 DEFENSA MET. SEMI-MALEÁVEL SIMPLES 0, MOD 675,20 168,80 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 168,80 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 174,56 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 52,33 PRECO UNITARIO TOTAL: 226,89

64 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 62 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORN. E COLOCAÇÃO DE TACHA Item: 4 S Data: 01/05/2014 REFLET. MONODIRECIONAL Prod. Equipe: 80,000 Unid: UND Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E408 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 710 / 37-4 T 1,00 1, , ,33 12,68 58,34 E416 VEÍCULO LEVE : CHEVROLET : S10 - PICK UP (4X4) 1,00 1, , ,53 8,89 52,53 E508 GRUPO GERADOR : PRAMAC : BL 6500 E - MANUAL/ELETRICO 1,00 1, , ,53 8,89 15,53 E922 MARTELETE : BOSCH : GBH 5-40 DCE - PERFURADOR/ ROMPEDOR ELÉTRICO 2,00 1, , ,58 8,89 19,16 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 145,56 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T602 MONTADOR 2, ,89 17,79 T701 SERVENTE 4, ,27 29,10 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 66,85 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 13,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 226,12 2,83 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M619 COLA POLIESTER 0, KG 15,49 1,08 M972 TACHA REFLETIVA MONODIRECIONAL 1, UN 12,54 12,54 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 13,62 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 16,45 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 4,93 PRECO UNITARIO TOTAL: 21,38

65 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 63 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORN. E COLOCAÇÃO DE TACHÃO Item: 4 S Data: 01/05/2014 REFLET. BIDIRECIONAL Prod. Equipe: 35,000 Unid: UND Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E408 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 710 / 37-4 T 1,00 1, , ,33 12,68 58,34 E416 VEÍCULO LEVE : CHEVROLET : S10 - PICK UP (4X4) 1,00 1, , ,53 8,89 52,53 E508 GRUPO GERADOR : PRAMAC : BL 6500 E - MANUAL/ELETRICO 1,00 1, , ,53 8,89 15,53 E922 MARTELETE : BOSCH : GBH 5-40 DCE - PERFURADOR/ ROMPEDOR ELÉTRICO 2,00 1, , ,58 8,89 19,16 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 145,56 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T602 MONTADOR 2, ,89 17,79 T701 SERVENTE 4, ,27 29,10 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 66,85 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 13,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 226,12 6,46 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M619 COLA POLIESTER 0, KG 15,49 3,10 M975 TACHÃO REFLETIVO BIDIRECIONAL 1, UN 42,24 42,24 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 45,34 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 51,80 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 15,53 PRECO UNITARIO TOTAL: 67,33

66 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 64 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORN. E IMPLANTAÇÃO PLACA Item: 4 S Data: 01/05/2014 SINALIZ. SEMI-REFLETIVA Prod. Equipe: 4,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E408 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : 710 / 37-4 T 1,00 0, , ,33 12,68 35,51 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 35,51 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 9,98 T701 SERVENTE 3, ,27 21,83 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 31,81 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 6,52 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 73,84 18,46 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M334 PARAF. ZINC. C/ FENDA 1 1/2"X3/16" 2, UN 0,07 0,14 M335 PARAF. ZINCADO FRANCÊS 4" X 5/16" 3, UN 0,73 2,19 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 2,33 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A CONFECÇÃO DE PLACA DE SINALIZAÇÃO SEMI-REFLETIVA 1, M2 121,37 121,37 1 A CONFECÇÃO DE SUPORTE E TRAVESSA P/ PLACA DE SINAL. 1, UN 45,57 45,57 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 166,94 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 187,73 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 56,28 PRECO UNITARIO TOTAL: 244,01

67 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 65 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORNECIMENTO DE CAVALETE Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: UND Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T701 SERVENTE 0, ,27 0,73 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 0,73 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 0,11 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 0,84 0,84 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CAVALETE 1, UND 168,71 168,71 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 168,71 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 169,55 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 50,83 PRECO UNITARIO TOTAL: 220,38

68 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 66 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORNECIMENTO DE CONE Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: UND Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T701 SERVENTE 0, ,27 0,73 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 0,73 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 0,11 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 0,84 0,84 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CONE 1, UND 40,66 40,66 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 40,66 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 41,50 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 12,44 PRECO UNITARIO TOTAL: 53,94

69 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 67 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONECTOR PARAFUSO FENDIDO Item: Data: 01/05/ MM2 (SINAPI ) Prod. Equipe: 1,000 Unid: UND Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T702 AJUDANTE 0, ,27 1,46 ELETRICISTA (SINAPI ) 0, ,43 1,69 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 3,15 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 0,00%)= 0,00 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 3,15 3,15 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CONECTOR PARAFUSO FENDIDO CABO 35MM2 (SINAPI ) 1, UND 3,65 3,65 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 3,65 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 6,80 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 2,04 PRECO UNITARIO TOTAL: 8,84

70 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 68 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: HASTE COPPERWELD 5/8X3,0M Item: Data: 01/05/2014 C/ CONECTOR (SINAPI ) Prod. Equipe: 1,000 Unid: UND Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T702 AJUDANTE 0, ,27 2,91 ELETRICISTA (SINAPI ) 0, ,43 3,37 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 6,28 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 0,00%)= 0,00 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 6,28 6,28 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M3579 HASTE DE ATERRAMENTO DN 5/8X 3000MM (SINAPI ) 1, UND 26,03 26,03 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 26,03 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 32,31 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 9,69 PRECO UNITARIO TOTAL: 42,00

71 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 69 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CORDOALHA COBRE NU 50MM2 Item: Data: 01/05/2014 (SINAPI ) Prod. Equipe: 1,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T702 AJUDANTE 0, ,27 5,89 ELETRICISTA (SINAPI ) 0, ,43 6,83 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 12,72 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 0,00%)= 0,00 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 12,72 12,72 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário BUCHA NYLON 4,8X50MM (SINAPI ) 1, UND 0,30 0,30 CABO DE COBRE NU 50MM2 MEIO DURO 9SINAPI - 867) 1, M 18,85 19,42 SUPORTE ISOLADOR SIMPLES ROSCA 9SINAPI ) 0, UND 2,77 1,39 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 21,11 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 33,83 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 10,14 PRECO UNITARIO TOTAL: 43,97

72 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 70 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CORDOALHA DE COBRE NU 35MM2 Item: Data: 01/05/2014 (SINAPI ) Prod. Equipe: 1,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T702 AJUDANTE 0, ,27 5,17 ELETRICISTA (SINAPI ) 0, ,43 5,99 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 11,16 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 0,00%)= 0,00 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 11,16 11,16 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário BUCHA NYLON 4,8X50MM (SINAPI ) 1, UND 0,30 0,30 SUPORTE ISOLADOR SIMPLES ROSCA 9SINAPI ) 0, UND 2,77 1,39 CABO DE COBRE NU 35MM2 MEIO DURO (SINAPI - 863) 1, M 14,47 14,90 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 16,59 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 27,75 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 8,32 PRECO UNITARIO TOTAL: 36,07

73 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 71 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ELETRODUTO PVC RIG ROSCAVEL Item: Data: 01/05/2014 3/4" (SINAPI ) Prod. Equipe: 1,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T702 AJUDANTE 0, ,27 2,18 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 2,18 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 0,00%)= 0,00 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 2,18 2,18 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário ELETRODUTO DE PVC ROSCÁVEL 3/4", SEM LUVA (SINAPI ) 1, M 2,18 2,40 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 2,40 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 4,58 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 1,37 PRECO UNITARIO TOTAL: 5,95

74 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 72 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FOSSA "IMHOFF" PARA 200 Item: Data: 01/05/2014 CONTRIBUINTES Prod. Equipe: 1,000 Unid: UD Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário FOSSA (SINAPI ) 1, UD 2.212, ,09 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 2.212,09 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 2.212,09 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 663,18 PRECO UNITARIO TOTAL: 2.875,27

75 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 73 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: DESM. DEST. LIMPEZA ÁREAS Item: 2 S Data: 01/05/2014 C/ARV. DIAM. ATÉ 0,15 M Prod. Equipe: 1444,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E003 TRATOR DE ESTEIRAS : CATERPILLAR : D8T - COM LÂMINA 1,00 1, , ,92 15,23 351,93 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 351,93 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 9,98 T701 SERVENTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 24,53 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 3,80 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 380,26 0,26 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 0,26 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 0,08 PRECO UNITARIO TOTAL: 0,34

76 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 74 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESC. CARGA TRANSP. MAT 1ª CAT Item: 2 S Data: 01/05/2014 DMT 200 A 400M C/E Prod. Equipe: 192,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E006 MOTONIVELADORA CATERPILLAR 120M 1,00 0, , ,22 15,23 28,66 E062 ESCAVADEIRA HIDRÁULICA : CATERPILLAR : 336DL - COM ESTEIRA 1,00 1, , ,05 18,03 233,05 E432 CAMINHÃO BASCULANTE : VOLVO : FMX 6X4R - 40 T 3,00 1, , ,44 12,68 541,35 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 803,06 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T701 SERVENTE 3, ,27 21,83 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 41,79 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 6,48 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 851,33 4,43 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 4,43 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 1,33 PRECO UNITARIO TOTAL: 5,76

77 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 75 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: MANUTENÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Item: Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: UD Equipamento (A) E400 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : ATEGO 1518/36-5 M3 - Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário 8,8 T 1,00 1, , ,69 12,68 76,69 E411 CAVALO MECÂNICO COM REBOQUE : M. BENZ/RANDON : LS-1634/45 1,00 1, , ,83 14,98 159,84 E422 CAMINHÃO TANQUE : MERCEDES BENZ : L1620/ L 1,00 1, , ,55 12,68 86,55 E434 CAMINHÃO CARROCERIA : MERCEDES BENZ : L 1620/51 - C/GUINDAUTO 1,00 1, , ,08 12,68 85,09 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 408,17 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T603 CARPINTEIRO 20, ,89 177,86 T604 PEDREIRO 60, ,89 533,57 T701 SERVENTE 440, , ,44 T702 AJUDANTE 220, , ,72 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 5.513,59 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 0,00%)= 0,00 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 5.921, ,76 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 5.921,76 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 1.775,34 PRECO UNITARIO TOTAL: 7.697,10

78 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 76 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: COMPACTAÇÃO DE ATERROS A 100% Item: 2 S Data: 01/05/2014 PROCTOR NORMAL Prod. Equipe: 168,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E006 MOTONIVELADORA CATERPILLAR 120M 1,00 0, , ,22 15,23 51,83 E007 TRATOR AGRÍCOLA MASSEY FERGUSON : MF 292/4-1,00 0, , ,00 8,89 34,95 E013 ROLO COMPACTADOR DYNAPAC CA-25-PP PÉ DE CARNEIRO AUTOP. 11,25T VIBRAT 1,00 1, , ,13 8,89 108,14 E101 GRADE DE DISCOS : MARCHESAN : GA 24 X 24 1,00 0, , ,83 0,00 1,47 E407 (*) CAMINHÃO TANQUE : MERCEDES BENZ : 2726 K L 2,00 0, , ,63 12,68 143,04 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 339,43 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 1, ,96 19,96 T701 SERVENTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 34,51 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 5,35 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 379,29 2,26 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 2,26 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 0,68 PRECO UNITARIO TOTAL: 2,94

79 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 77 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: INSTAL/LIG PROV ELET BAIXA TEN Item: Data: 01/05/2014 (73960/001-SINAPI) Prod. Equipe: 1,000 Unid: UD Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T701 SERVENTE 24, ,27 174,62 ELETRICISTA (SINAPI ) 24, ,43 202,32 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 376,94 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 58,46 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 435,40 435,40 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário TUBO DE AÇO GALV C/ COSTURA 2 1/2" (SINAPI-7701) 2, M 57,33 114,66 CABO COBRE FLEXIVEL 16MM2 450/750V (SINAPI - 979) 20, M 6,80 136,00 ABRACADEIRA TIPO D 1/2" C/ PARAFUSO (392-SINAPI) 1, UD 0,69 0,69 ISOLADOR TP CARRETILHA (12365-SINAPI) 4, UD 61,79 247,16 FUSIVEL ROSCA 15A FIXO ( SINAPI) 4, UD 1,83 7,32 FUSIVEL FACA 100A - 250V FIXO (12346-SINAPI) 3, UD 7,70 23,10 ELETROD MET FLEX TP CONDUITE D=1 1/2" (12056-SINAPI) 1, M 20,33 20,33 ELETRODUTO DE PVC ROSC DE 1/2" (2673-SINAPI) 12, M 1,60 19,20 ISOLADOR DE PORCELANA, TP PINO (3406-SINAPI) 4, UD 15,40 61,60 CURVA PVC 90G ELET ROSC 1 1/2" (1875-SINAPI) 2, UD 5,21 10,42 PECA DE MADEIRA DE LEI 7,5X15 (4481-SINAPI) 6, M 26,22 157,32 CHAVE FACA TRIPOLAR 100A/250V (12092-SINAPI) 1, UD 24,05 24,05 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 821,85 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 1.257,25 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 376,92 PRECO UNITARIO TOTAL: 1.634,17

80 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 78 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: REDE DE AGUA COM FORN E ASSEN Item: Data: 01/05/2014 TUBO PVC (74215/003) Prod. Equipe: 1,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E011 RETROESCAVADEIRA : MASSEY FERGUSON : MF-86HS - DE PNEUS 0,01 1, , ,38 15,23 1,10 E400 CAMINHÃO BASCULANTE : MERCEDES BENZ : ATEGO 1518/36-5 M3-8,8 T 0,00 1, , ,69 12,68 0,58 E416 VEÍCULO LEVE : CHEVROLET : S10 - PICK UP (4X4) 0,01 1, , ,53 8,89 0,53 E906 COMPACTADOR MANUAL : WACKER : ES 60 - SOQUETE VIBRATÓRIO 0,02 1, , ,69 8,89 0,35 RETROESCAV C/ CARREGADEIRA (6044-SINAPI) 0,00 1, , ,33 0,00 0,20 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 2,76 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T701 SERVENTE 0, ,27 3,85 TOPÓGRAFO (SINAPI ) 0, ,62 0,10 AUXILIAR DE TOPOGRAFIA (SINAPI - 244) 0, ,25 0,15 H0807 ENCANADOR (SINAPI ) 0, ,43 0,59 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 4,69 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 0,73 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 8,18 8,18 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário TUBO PVC DEFOFO DN 100MM (9825-SINAPI) 1, M 28,98 31,88 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 31,88 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 40,06 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 12,01 PRECO UNITARIO TOTAL: 52,07

81 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 79 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: RAMAL PREDIAL DE ESGOTO Item: Data: 01/05/2014 (74216/002-SINAPI) Prod. Equipe: 1,000 Unid: M Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T701 SERVENTE 0, ,27 1,09 H0807 ENCANADOR (SINAPI ) 0, ,43 1,26 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 2,35 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 15,51%)= 0,36 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 2,71 2,71 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário ASFALTO OXIDADO (509-SINAPI) 0, KG 4,22 0,36 TUBO CERAMICA ESG DN 100 (7706-SINAPI) 1, M 10,88 10,88 H0807 ESTOPA (SINAPI 14) 0, KG 5,79 0,35 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 11,59 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A ESCAVAÇÃO MANUAL DE VALA EM MATERIAL DE 1A CAT 0, M3 33,10 24,83 1 A REATERRO E COMPACTAÇÃO 0, M3 18,84 14,13 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 38,96 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 53,26 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 29,98 %) 15,97 PRECO UNITARIO TOTAL: 69,23

82 80 6. Composições Auxiliares 873-PASSARELARN-REL

83 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 81 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORNECIMENTO DE AÇO CA-25 Item: 1 A Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: KG Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário AM01 AÇO D=4,2 MM CA 25 0, KG 2,97 0,99 AM02 AÇO D=6,3 MM CA 25 0, KG 2,97 0,99 AM03 AÇO D=10 MM CA 25 0, KG 2,97 0,99 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 2,97 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 2,97 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 2,97

84 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 82 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FORNECIMENTO DE AÇO CA-50 Item: 1 A Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: KG Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário AM04 AÇO D=6,3 MM CA 50 0, KG 3,11 1,56 AM05 AÇO D=10 MM CA 50 0, KG 3,11 1,56 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 3,12 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 3,12 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 3,12

85 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 83 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: AREIA COMERCIAL Item: 1 A Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M704 AREIA LAVADA 1, M3 27,00 27,00 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 27,00 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 27,00 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 27,00

86 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 84 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: BRITA COMERCIAL Item: 1 A Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário AM35 BRITA 1 0, M3 47,00 15,67 AM36 BRITA 2 0, M3 47,00 15,67 AM37 BRITA 3 0, M3 47,00 15,67 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 47,01 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 47,01 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 47,01

87 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 85 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: RACHÃO OU PEDRA-DE-MÃO Item: 1 A Data: 01/05/2014 COMERCIAL (CONT E REST)/ PC Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M710 PEDRA DE MÃO 1, M3 50,84 50,84 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 50,84 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 50,84 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 50,84

88 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 86 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: FÔRMA COMUM DE MADEIRA Item: 1 A Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,000 Unid: M2 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 0,18 1, , ,06 8,89 4,51 E904 MÁQUINA DE BANCADA : MAKSIWA : SCMA - SERRA CIRCULAR DE 12" 0,18 1, , ,52 0,00 0,27 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 4,78 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T603 CARPINTEIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 1, ,27 7,28 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 16,17 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 3,32 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 24,27 24,27 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M320 PREGOS DE FERRO 18X30 0, KG 4,40 0,44 M406 CAIBROS DE 7,5 CM X 7,5 CM 1, M 8,02 9,22 M408 TÁBUA DE 5ª 2,5 CM X 30,0 CM 1, M 10,69 20,52 M413 GASTALHO 10 X 2,5 CM 1, M 2,85 3,68 M621 DESMOLDANTE 0, KG 0,10 0,00 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 33,86 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A FORNECIMENTO DE AÇO CA-25 0, KG 2,97 0,74 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 0,74 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 58,87 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 58,87

89 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 87 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONCR.ESTR FCK=18MPA C.RAZ USO Item: 1 A Data: 01/05/2014 GER CONF/LANÇ AC/BC Prod. Equipe: 2,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E302 BETONEIRA : MENEGOTTI : L 1,00 1, , ,73 8,89 10,74 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 3,00 0, , ,14 0,00 0,30 E306 VIBRADOR DE CONCRETO : DIVERSOS : VIP-MT2 - DE IMERSÃO 2,00 1, , ,99 8,89 20,00 E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 1,00 1, , ,06 8,89 25,06 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 56,10 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 14, ,27 101,86 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 110,75 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 22,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 189,56 75,82 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II , KG 0,41 120,95 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 120,95 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A AREIA COMERCIAL 0, M3 27,00 25,92 1 A BRITA COMERCIAL 0, M3 47,01 39,49 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 65,41 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 0,92 1 A AREIA (C/P) 1, , ,33 14,80 1 A AREIA (C/NP) 1, , ,49 0,28 1 A BRITA (C/P) 1, , ,33 11,52 1 A BRITA (C/NP) 1, , ,49 0,74 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 28,26 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 290,44 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 290,44

90 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 88 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONCR.ESTR.FCK=25MPA C.RAZ USO Item: 1 A Data: 01/05/2014 GER CONF/LANÇ AC/BC Prod. Equipe: 2,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E302 BETONEIRA : MENEGOTTI : L 1,00 1, , ,73 8,89 10,74 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 3,00 0, , ,14 0,00 0,30 E306 VIBRADOR DE CONCRETO : DIVERSOS : VIP-MT2 - DE IMERSÃO 2,00 1, , ,99 8,89 20,00 E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 1,00 1, , ,06 8,89 25,06 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 56,10 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 14, ,27 101,86 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 110,75 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 22,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 189,56 75,82 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II , KG 0,41 143,50 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 143,50 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A AREIA COMERCIAL 0, M3 27,00 23,49 1 A BRITA COMERCIAL 0, M3 47,01 39,02 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 62,51 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 1,10 1 A AREIA (C/P) 1, , ,33 13,41 1 A AREIA (C/NP) 1, , ,49 0,26 1 A BRITA (C/P) 1, , ,33 11,38 1 A BRITA (C/NP) 1, , ,49 0,73 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 26,88 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 308,71 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 308,71

91 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 89 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ARGAMASSA CIMENTO-AREIA 1:3 AC Item: 1 A Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 2,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E302 BETONEIRA : MENEGOTTI : L 1,00 1, , ,73 8,89 10,74 E304 TRANSPORTADOR MANUAL : AJS : - CARRINHO DE MÃO 80 L 3,00 1, , ,14 0,00 0,42 E509 GRUPO GERADOR : HEIMER : GEHMI-40-32,0 KVA 1,00 1, , ,06 8,89 25,06 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 36,22 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T604 PEDREIRO 1, ,89 8,89 T701 SERVENTE 14, ,27 101,86 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 110,75 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 22,71 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 169,68 67,87 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M202 CIMENTO PORTLAND CP II , KG 0,41 200,90 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = 200,90 Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 1 A AREIA COMERCIAL 1, M3 27,00 32,40 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = 32,40 Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 1 A CIMENTO (C/P) 0, , ,31 1,53 1 A AREIA (C/P) 1, , ,33 18,50 1 A AREIA (C/NP) 1, , ,49 0,35 Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário 20,38 CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 321,55 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 321,55

92 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 90 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONFECÇÃO DE PLACA DE Item: 1 A Data: 01/05/2014 SINALIZAÇÃO SEMI-REFLETIVA Prod. Equipe: 6,000 Unid: M2 Equipamento (A) E211 MÁQUINA PARA PINTURA : SHULZ : CSL 10/100 L - COMPRES. DE AR Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário P/ PINTURA C/ FILTRO 1,00 0, , ,09 0,00 0,66 E917 MÁQUINA DE BANCADA : FRANHO : - C-6A UNIVERSAL DE CORTE P/ CHAPA 1,00 0, , ,11 8,89 11,01 E918 MÁQUINA DE BANCADA : HARLO : VF-8 - PRENSA EXCÊNTRICA 1,00 0, , ,39 0,00 1,62 E919 MÁQUINA DE BANCADA : COR DOB IND. E COM. DE MÁQUINAS : GHP 2.5X2030MM - GUILHOTINA 1,00 0, , ,37 0,00 1,27 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 14,56 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 9,98 T602 MONTADOR 1, ,89 10,67 T607 PINTOR 0, ,89 5,34 T610 SERRALHEIRO 1, ,89 8,89 T702 AJUDANTE 4, ,27 29,10 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 63,98 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 13,12 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 91,66 15,28 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M346 CHAPA DE AÇO N. 16 (TRATADA) 1, M2 39,82 39,82 M609 TINTA ESMALTE SINTÉTICO SEMI-FOSCO 1, L 18,52 24,08 M969 PELÍCULA REFLETIVA LENTES EXPOSTAS 0, M2 63,03 12,61 M970 PELÍCULA REFLETIVA LENTES INCLUSAS 0, M2 147,89 29,58 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 106,09 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 121,37 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 121,37

93 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 91 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONFECÇÃO DE PLACA DE Item: 1 A Data: 01/05/2014 SINALIZAÇÃO TOT. REFLETIVA Prod. Equipe: 6,000 Unid: M2 Equipamento (A) E211 MÁQUINA PARA PINTURA : SHULZ : CSL 10/100 L - COMPRES. DE AR Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário P/ PINTURA C/ FILTRO 1,00 0, , ,09 0,00 0,33 E917 MÁQUINA DE BANCADA : FRANHO : - C-6A UNIVERSAL DE CORTE P/ CHAPA 1,00 0, , ,11 8,89 11,01 E918 MÁQUINA DE BANCADA : HARLO : VF-8 - PRENSA EXCÊNTRICA 1,00 0, , ,39 0,00 1,62 E919 MÁQUINA DE BANCADA : COR DOB IND. E COM. DE MÁQUINAS : GHP 2.5X2030MM - GUILHOTINA 1,00 0, , ,37 0,00 1,27 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 14,23 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 9,98 T602 MONTADOR 2, ,89 17,79 T607 PINTOR 0, ,89 2,67 T610 SERRALHEIRO 1, ,89 8,89 T702 AJUDANTE 4, ,27 29,10 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 68,43 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 14,03 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 96,69 16,12 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M346 CHAPA DE AÇO N. 16 (TRATADA) 1, M2 39,82 39,82 M609 TINTA ESMALTE SINTÉTICO SEMI-FOSCO 0, L 18,52 9,82 M970 PELÍCULA REFLETIVA LENTES INCLUSAS 1, M2 147,89 207,05 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 256,69 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 272,81 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 272,81

94 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 92 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: CONFECÇÃO DE SUPORTE E Item: 1 A Data: 01/05/2014 TRAVESSA P/ PLACA DE SINAL. Prod. Equipe: 4,000 Unid: UN Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 9,98 T603 CARPINTEIRO 1, ,89 8,89 T607 PINTOR 0, ,89 4,45 T701 SERVENTE 2, ,27 14,55 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 37,87 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 7,77 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 45,64 11,41 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário M406 CAIBROS DE 7,5 CM X 7,5 CM 3, M 8,02 24,06 M412 GASTALHO 10 X 2,0 CM 1, M 2,85 3,99 M609 TINTA ESMALTE SINTÉTICO SEMI-FOSCO 0, L 18,52 6,11 CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário 34,16 CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 45,57 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 45,57

95 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 93 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ESCAVAÇÃO MANUAL DE VALA EM Item: 1 A Data: 01/05/2014 MATERIAL DE 1A CAT Prod. Equipe: 1,000 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 0,00 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 2,00 T701 SERVENTE 3, ,27 25,47 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 27,47 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 5,63 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 33,10 33,10 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 33,10 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 33,10

96 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 94 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: REATERRO E COMPACTAÇÃO Item: 1 A Data: 01/05/2014 Prod. Equipe: 1,500 Unid: M3 Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário E906 COMPACTADOR MANUAL : WACKER : ES 60 - SOQUETE VIBRATÓRIO 1,00 1, , ,69 8,89 12,70 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 12,70 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário T501 ENCARREGADO DE TURMA 0, ,96 2,00 T701 SERVENTE 1, ,27 10,91 CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = 12,91 ADC. M.O - FERRAMENTAS ( 20,51%)= 2,65 CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 28,26 18,84 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 18,84 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 18,84

97 Custo Unitário de Referência Obra: PASSARELAS/RN - DATA BASE: MAIO/14 95 MAIA MELO ENGENHARIA Serviço: ICAMENTO E POSICIONAMENTO DE Item: CA8006 Data: 01/05/2014 ESTRUTURA METALICA Prod. Equipe: 1,000 Unid: H Equipamento (A) Quant Utilização Custo Operacional Custo Operat. Improd. Operat. Improd. Horário GUINDASTE 80T (COTACAO) 1,00 1, , ,73 0,00 392,73 GUINDASTE 30T (COTACAO) 1,00 1, , ,98 0,00 201,98 CAMINHAO MUNCK (COTACAO) 1,00 1, , ,99 0,00 100,99 CUSTO HORÁRIO DE EQUIPAMENTO = 695,70 Mão de Obra (B) Encargos Quant Salário-Hora Custo Horário CUSTO HORÁRIO DE MÃO DE OBRA = ADC. M.O - FERRAMENTAS CUSTO HORÁRIO DE EXECUÇÃO = CUSTO UNITÁRIO DE EXECUÇÃO = 695,70 695,70 Material (C) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DO MATERIAL = Atividades Auxiliares (D) Quantidade Unidade Preço Unit. Custo Unitário CUSTO TOTAL DAS ATIVIDADES = Transporte de Materiais(E) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário Transporte de Materiais Produzidos / Comerciais (F) Tonelada / Unidade DMT Preço Unit. Custo Unitário CUSTO UNITARIO DIRETO TOTAL: 695,70 LUCRO E DESPESAS INDIRETAS ( 0,00 %) 0,00 PRECO UNITARIO TOTAL: 695,70

98 96 7. Curva ABC dos Serviços 873-PASSARELARN-REL

99 97 % ACUMULADO PREÇO (R$) TOTAL % QUANT. DISCRIMINAÇÃO UNID. UNITÁRIO ( R$ ) Estrutura metálica em aço sac-300 kg ,00 23, ,00 31,37% 31,37% INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DO CANTEIRO 1, , ,69 10,92% 42,28% Alambrado - Tela de arame galvanizado - altura de 2,00m m 1.240,00 164, ,20 7,14% 49,42% Fornecimento, preparo e colocação formas aço ca 50 m³ ,25 7, ,71 6,82% 56,24% Estaca raiz d=250mm - em solo m 480,00 345, ,20 5,79% 62,04% Guarda corpo metálico m 422,72 373, ,83 5,53% 67,57% Escoramento com madeira de oae m³ 2.542,68 45, ,92 4,06% 71,63% Estaca raiz d=160mm, inclusive material e cravação m 338,00 285, ,36 3,38% 75,00% Concr.estr.fck=30mpa-c.raz.c/a dit.conf.lanc.ac/bc m³ 220,22 415, ,90 3,20% 78,21% MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS 1, , ,20 2,72% 80,93% Tela de fechamento m 588,20 93, ,60 1,91% 82,84% Estaca raiz d=410mm (em solo) m 100,00 492, ,00 1,72% 84,56% Forma de placa compensada resinada m² 915,29 45, ,27 1,47% 86,03% Corrimão metálico tubular m 388,20 106, ,41 1,45% 87,48% Placa de concreto pré-moldada para Cobertura m² 419,10 98, ,64 1,45% 88,93% Tirante protendido p/ cort. Aço ST 85/105 D=32mm m 203,88 191, ,90 1,37% 90,30% Placa de concreto pré-moldada para Piso m² 352,43 98, ,65 1,22% 91,51% Pintura com superconservado m² 914,53 37, ,64 1,21% 92,72% Depósito em Aterro Sanitário t 236,10 116, ,48 0,96% 93,68% defensa semi-maleável simples (forn./ impl.) m 110,00 226, ,90 0,87% 94,55% Cordoalha de cobre nu, inclusive isoladores - 50,00 mm2 - fornecimento e m 480,00 43, ,60 0,74% 95,29% Concr.estr.fck=20mpa-c.raz.c/a dit conf.lanç.ac/bc m³ 37,32 373, ,03 0,49% 95,78% forn. e implantação placa sinaliz. tot.refletiva m² 30,17 440, ,44 0,47% 96,24% forn. e colocação de tacha reflet. monodirecional und 500,00 21, ,00 0,37% 96,62% Iluminação und 1, , ,68 0,33% 96,95% Forma comum de madeira m² 118,49 76, ,96 0,32% 97,26% pintura faixa - tinta base acrílica p/ 2 anos m² 272,00 32, ,92 0,31% 97,58% Aparelho apoio em neoprene fretado-forn. e aplic. kg 124,16 63, ,88 0,27% 97,85% Forma de placa compensada plastificada m² 127,05 46, ,55 0,20% 98,05% Eoncr.estr.fck=20mpa-c.raz.c/a dit conf.lanç.ac/bc m³ 14,93 373, ,16 0,19% 98,25% Concr.estr.fck=25mpa-c.raz.c/a dit conf.lanç.ac/bc m³ 12,53 392, ,54 0,17% 98,42% CURVA ABC Cordoalha de cobre nu, inclusive isoladores - 35,00 mm2 - fornecimento e instalacao m (SINAPI 120, ) 36, ,40 0,15% 98,57% Escoramento com madeira de oae m³ 85,43 45, ,03 0,14% 98,71% forn. e implantação placa sinaliz. semi-refletiva m² 15,38 244, ,87 0,13% 98,84% Escavação manual de cavas em material 1a cat m³ 66,70 51, ,38 0,12% 98,96% Junta de dilatação m 2, , ,98 0,12% 99,08% Bota-fora (transp. local c/ basc. 10m3 rodov. pav) tkm 5.123,37 0, ,49 0,11% 99,19% Fornecimento e lançamento de grout m³ 1, , ,99 0,11% 99,30% Pavimentação em argamassa de concreto armado m³ 8,38 342, ,24 0,10% 99,40% forn. e colocação de tachão reflet. bidirecional und 42,00 67, ,86 0,10% 99,50% QD PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

100 98 DISCRIMINAÇÃO UNID. QUANT. PREÇO (R$) TOTAL % % ACUMULADO UNITÁRIO ( R$ ) Alvenaria de pedra argamassada ac/bc/pc m³ 10,67 262, ,40 0,10% 99,60% Pintura em poliueratano p proteção anti-corrosiva m 201,94 10, ,47 0,07% 99,67% Haste copperweld 5/8 x 3,0m com conector (SINAPI ) ud 43,00 42, ,00 0,06% 99,73% Escavação manual em material de 1a cat m³ 30,87 45, ,05 0,05% 99,78% Confecção e lanç.de concr.magro em betoneira ac/bc m³ 4,09 321, ,93 0,05% 99,83% Dreno de pvc d=75 mm und 78,00 15, ,10 0,04% 99,87% pintura setas e zebrado - tinta b.acrílica -2 anos m² 25,85 39, ,61 0,04% 99,91% Reaterro e compactação m³ 26,05 24,49 637,96 0,02% 99,93% Conector parafuso fendido split-bolt - para cabo de 35mm2 - fornecimento e ud 60,00 8,84 530,40 0,02% 99,95% Fornecimento de cavalete und 2,00 220,38 440,76 0,02% 99,96% Demolição de dispositivos de concreto simples m³ 1,98 147,97 292,98 0,01% 99,98% Concr.estr.fck=18mpa-c.raz.uso ger.conf.lanç.ac/bc m³ 0,69 382,45 263,89 0,01% 99,98% Fornecimento de cone und 4,00 53,94 215,76 0,01% 99,99% Eletroduto de pvc rigido roscavel dn 20mm (3/4") incl conexoes, fornecimento m 24,00 5,95 142,80 0,00% 100,00% Bota-fora (transp. local c/ basc. 10m3 rodov. não pav) tkm 70,83 0,81 57,37 0,00% 100,00% Limpeza de camada vegetal m² 17,60 1,38 24,29 0,00% 100,00% Compactação de aterros a 95% proctor normal m³ 1,67 2,52 4,21 0,00% 100,00% TOTAL GERAL ,47 CURVA ABC QD PASSARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

101 99 8. Quadro Resumo das Distâncias de Transportes 873-PASSARELARN-REL

102 100 PERCURSO TRANSPORTE LOCAL TRANSPORTE COMERCIAL SERVIÇO MATERIAL ORIGEM DESTINO NP P TOTAL NP P TOTAL Concreto de Cimento Portland Areia Areal Canteiro 0,40 31,14 31,54 Brita Pedreira Canteiro 1,20 27,70 28,90 Cimento Natal Canteiro 10,10 10,10 Aço Natal Canteiro 10,10 10,10 Aditivos Natal Canteiro 10,10 10,10 Concreto Canteiro Obra - - Material para bota fora Solo Obra Aterro Sanitário 0,30 21,70 22,00 RODOVIA : BR-101/RN TRECHO : AV. TOMAZ LANDIM, KM 83,59 E KM 82,83 SUBTRECHO : ENTR. RN-160(P/ SÃO GONÇALO DO AMARANTE) SEGMENTO : KM 83,4 AO KM 85,1 E KM 81,4 AO KM 83,4 PNV : 101BRN0060 E 101BRN0075 QUADRO RESUMO DAS DISTÂNCIA DE TRANSPORTES QD BR101RN-MINPROJEXEC-V4-QDRESDISTRANSP.xls

103 Premissas e Critérios Adotados para Mobilização e Desmobilização e para o Projeto de Canteiro de Obra e dos Acampamentos 873-PASSARELARN-REL

104 Critérios Adotados para o Projeto do Canteiro de Obras e do Acampamento Os canteiros de obra são considerados a retaguarda das obras, tendo em vista que neles instalam-se os elementos de controle técnico e administrativo, assim como o de abastecimento dos materiais necessários. O canteiro também é utilizado para manutenção das máquinas, um dos serviços mais importantes, pois através dela, coloca-se o equipamento, o mais permanente possível, em condições de prestar efetivo serviço. Em termos de dimensões, os canteiros podem variar desde um simples depósito de materiais até a construção de uma comunidade inteira, com equipamentos para uma população apreciável, desde escolas, armazéns, centros de recreação e outros, em função do porte e das necessidades de infra-estrutura para execução do empreendimento. 9.2 Metodologia Para a instalação do canteiro foi necessário um estudo preliminar do local da obra e das perspectivas encontradas. Portanto, com base neste estudo projetou-se a seguinte disposição final do canteiro: Escritório Almoxarifado Refeitório e Cozinha Laboratório Carpintaria / Cimento / Armação Sanitário / Vestiário 873-PASSARELARN-REL

105 103 Área de Estocagem Cabe ressaltar que a função de cada repartição citada acima, é fundamental para a perfeita execução das obras, sendo por esta razão, aqui estudadas. A Planilha do SINAPI, referente ao mês de Setembro de 2013, do Estado do Rio Grande do Norte, serviu como fonte para o cálculo dos custos da construção dos itens componentes do Canteiro de Obras, e está indicada a seguir. Para cada instalação do canteiro existe um percentual que calcula o custo por metro quadrado a partir do custo fornecido pelo SINAPI. Esse percentual é denominado fator de equivalência e leva em consideração as instalações e acabamentos de cada instalação. A seguir, na descrição das instalações, será citado o percentual utilizado. As instalações das Unidades dos Canteiros de Obra terão as seguintes especificações no que diz respeito aos materiais utilizados na construção: O piso será cimentado (Cimento Queimado); A construção será em madeira; A cobertura será em telha Ecológica Escritório A organização de um serviço de campo deve começar pelo escritório e almoxarifado, de modo a adaptá-los convencionalmente, quer quando a parte material quer quanto ao pessoal, para execução das tarefas, a fim do que as atividades se processem naturalmente sem complicações burocráticas. Os serviços gerais de um escritório de campo devem abranger: a) Correspondência entre o canteiro de serviço e a gerência; b) Correspondência entre o canteiro de serviço e terceiros; c) Ponto Pessoal; d) Bonificações e pagamento do pessoal, em geral; e) Ordenação e distribuição das contas de pequenas despesas e sua contabilização em livro próprio; f) Escrituração do livro caixa da obra; g) Organização de arquivos para correspondências, falta de pagamento, etc. h) Organização de fichário para as máquinas e veículos; i) Administração e acampamento geral da obra. Para poder atender com eficácia as necessidades de toda a obra, a Consultora chegou a conclusão de que necessita de um escritório com uma área de pelo menos 32 m². Fator de Equivalência = 60% do Custo SINAPI. 873-PASSARELARN-REL

106 Almoxarifado O almoxarifado é o departamento responsável pela compra e distribuição dos materiais consumidos e utilizados no canteiro de obras. A quantidade e diversidade destes materiais no almoxarifado é função da região ou local onde se situa o canteiro de serviços. Assim, se houver necessidade de encontrar determinado tipo de material nas vizinhanças da obra não será necessário estocá-lo no almoxarifado, já que esta operação exige o empate de certo capital, bem como a ocupação de espaço que poderia ser utilizado de outra maneira. Os materiais comprados e distribuídos pelo almoxarifado podem ser classificados em: a) Materiais de Consumo: são materiais de consumo do homem e máquinas, tais como: graxas, óleos, peças sobressalentes, gêneros alimentícios, limpeza, etc. b) Materiais de aplicação: são os materiais utilizados na construção de obras, como tais: cimento, cal, pedra, areia, etc. c) Materiais permanentes: são os materiais de uso em serviços gerais, tais como: máquinas, tornos, computador, equipamentos de proteção, etc. Para atender com eficácia as necessidades de toda a obra, a Consultora chegou à conclusão de que necessita de um almoxarifado com uma área de pelo menos 32 m². Fator de Equivalência = 40% do Custo SINAPI Refeitório e Cozinha O serviço de cozinha e refeitório no canteiro é essencial para oferecer alimentação devida para a mão-de-obra empregada. Esta alimentação fornecida deve ser de elevado teor energético, devendo ser evitado, sempre que puder, o uso de marmitas e outros tipos de refeições providas fora do canteiro, devido a muitos inconvenientes apresentados. Para poder atender com eficácia as necessidades de toda a obra, a Consultora chegou a conclusão de que necessita de uma cozinha e refeitório com uma área de pelo menos 44m². Fator de Equivalência = 40% do Custo SINAPI Laboratório O laboratório deve ser equipado com aparelhos para os diversos tipos de estudo e ensaios, sejam eles de solo, asfalto e cimento para a garantia da qualidade da execução das obras. Geralmente os contratos exigem que a construtora seja equipada, no canteiro, com o laboratório montado em condições de executar os diversos tipos de ensaios necessários. O órgão fiscalizador ficará incumbido de acompanhar a execução e a freqüência dos ensaios, elaborando seus relatórios com base nos resultados apresentados. Periodicamente, a fiscalização poderá efetuar diretamente os ensaios para uma comprovação mais objetiva da calibração da aparelhagem e da reprodutividade dos ensaios realizados pela empresa. 873-PASSARELARN-REL

107 105 Para atender com eficácia as necessidades de toda a obra, a Consultora chegou a conclusão de que necessita de um laboratório bem equipado, necessitando para isso de uma área de pelo menos 15 m². Fator de Equivalência = 50% do Custo SINAPI Carpintaria Para poder atender com eficiência as necessidades de corte da madeira para confecção das formas e armações necessárias a execução das obras, a Consultora chegou a conclusão de que necessita de uma carpintaria com uma área de pelo menos 32 m². Fator de Equivalência = 30% do Custo SINAPI Sanitários / Vestiários Para poder atender com eficácia as necessidades de saúde e higiene da mão-de-obra, a Consultora chegou a conclusão de que necessita de sanitários e vestiários com uma área de pelo menos 20 m². Fator de Equivalência = 60% do Custo SINAPI. 9.3 Projeto do Canteiro de Obras A seguir está sendo apresentado o Projeto do Canteiro de Obras para apoio a execução do subtrecho em projeto. 9.4 Premissas adotadas para o cálculo do custo de Mobilização e Desmobilização Para o cálculo dos custos de mobilização e desmobilização, foi previsto o número de viagens para transporte dos equipamentos tipo: pesados, leves e autopropelidos para ambas as situações. Os custos unitários destes serviços foram obtidos través de pesquisa de mercado, para os quais foram procedidos reajustes em relação a data base do projeto, ou seja Setembro/ PASSARELARN-REL

108 106 ITEM DISCRIMINAÇÃO ESCRITÓRIO PARA FISCALIZAÇÃO ALMOXARIFADO REFEITÓRIO E COZINHA LABORATÓRIO CARPINTARIA SANITÁRIO E VESTIÁRIO ÁREA DE ESTOCAGEM ARMAÇÃO CIMENTO INSTALAÇÕES COMPR. LARG. 8,00 4,00 8,00 4,00 11,00 4,00 5,00 3,00 8,00 4,00 5,00 4,00 50,00 4,00 8,00 4,00 6,00 4,00 ÁREA (m²) 32,00 32,00 44,00 15,00 32,00 20,00 200,00 32,00 24,00 QTD Armação 5 2 Carpintaria Almoxarifado 1 Escrotório INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS 873-BR101RN-MINPROJEXEC-V4-ICO Refeitório / Cozinha 3 9 Cimento 40 6 Sanitário/Vestiário 4 Laboratório 7 Área e Estocagem Av. Tomaz Landim / BR-101 Terreno DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES RODOVIA BR-101/RN TRECHO SUBTRECHO SEGMENTO PNV : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 : Entr. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 : 101BRN0080 e 101BRN0075 QD.- DNIT

109 Plano de Execução da Obra 873-PASSARELARN-REL

110 Fatores Condicionantes Estão apresentadas abaixo, as informações para a elaboração do Plano de Execução das obras Localização As passarelas encontram-se no bairro Igapó na cidade de Natal-RN, sobre a Av. Tomás Landim que se sobrepõe a BR-101. As mesmas estão localizadas no km 82,83 e no km 83,59 da referida rodovia. O clima da cidade é o tropical úmido, com temperatura média em torno de 28 C.[35] Devido a sua proximidade com a Linha do Equador, alguns dias na capital potiguar chegam a ter 15 horas de sol[carece de fontes?]. Durante todo o ano não se percebem mudanças drásticas no clima (salvo exceções), tendo como resultado um inverno quente, marcado apenas por chuvas entre os meses de abril e setembro. Segundo meteorologistas, é uma das cidades mais agradáveis, em questão de temperatura, para se viver em todo o Brasil. A menor temperatura registrada foi de 17,2 C no dia 3 de junho de 1973 e a maior foi de 34,6 C no dia 8 de janeiro de 1989]. Apoio Logístico O apoio logístico para moradia do pessoal vinculado à obra deverá ser feito na própria cidade de Natal. 873-PASSARELARN-REL

111 109 Para aquisição de materiais de primeira necessidade, como também os mais nobres, deverá ser utilizada a própria praça de Natal, bem como e para as necessidades mais específicas. Prazo para Execução da Obra O prazo para execução dos serviços propostos é de 240 (duzentos e quarenta) dias consecutivos, sendo a época mais favorável para o seu início, o mês de Agosto, que corresponde ao final do período de maior precipitação pluviométrica. Pessoal Técnico necessário à execução da obra Tendo em vista os diversos itens de serviços, seus quantitativos e prazo de execução, considera-se como essencial ao desenvolvimento da obra, a seguinte equipe básica: 01 Engenheiro Supervisor 01 Engenheiro Residente 02 Laboratoristas de Escritório 01 Topógrafos Chefe 02 Encarregados de Obras de Arte Especiais Pessoal Técnico necessário à Supervisão da Obra Para o acompanhamento dos serviços a serem desenvolvidos pela Construtora, considerase como essencial a seguinte equipe básica de fiscalização: 01 Engenheiro Supervisor 01 Engenheiro Residente 01 Chefe de Escritório 01 Desenhista 01 Calculista 01 Motorista 01 Servente 01 Vigia 01 Topógrafo Chefe 02 Auxiliares de Topógrafo 01 Operários 01 Laboratorista Chefe de Concreto 01 Laboratoristas Auxiliares 01 Inspetor 02 Fiscais de Obras de Arte Especiais 873-PASSARELARN-REL

112 110 A contratada deverá colocar à disposição da Fiscalização do DNIT, no acompanhamento, um escritório e um laboratório para solos, asfalto e concreto. 873-PASSARELARN-REL

113 Relação de Equipamentos Mínimos 873-PASSARELARN-REL

114 112 Código Equipamento Quant. Máxima E208 Compressor De Ar : Atlas Copco Xa90Pd PCM 1 E210 Martelete : Atlas Copco : TEX33 - Rompedor 33 Kg 1 E211 Máquina para Pintura : Shulz : MSV-15 Nap - Compres. de Ar 1 E223 Compressor de Ar : Le Roi : - Portátil 375 PCM 1 E302 Betoneira : Penedo : L 2 E303 Betoneira : Alfa : L 1 E304 Transportador Manual : Laguna Carrinho de Mão 80 L 1 E305 Transportador Manual : Laguna A-15 - GERICA 180 L 1 E306 Vibrador de Concreto : Wacker Vip45/Mt2 - de Imersão 1 E400 Caminhão Basculante : Mercedes Benz : M3-8,8T 1 E402 Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : 2423 K - De Madeira 1 E404 Caminhão Basculante : Mercedes Benz : 2423 K - 10 M3-15 T 1 E406 Caminhão Tanque : Mercedes Benz : L1620/ L 1 E408 Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : 710 / 37-4 T 1 E416 Veículo Leve : Chevrolet : S10 Pick Up (4X4) 1 E434 Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : L 1620/51 - C/Guindauto 1 E501 Grupo Gerador : Heimer : Gehm-40-36/40 KVA 1 E508 Grupo Gerador : Heimer : Gehy-3-2,5 / 3,0 KVA 1 E509 Grupo Gerador : Heimer : Gehy-18-16,8 / 18,5 KVA 1 E904 Máquina de Bancada : Copercorte : - Serra Circular 1 E906 Compactador Manual : Wacker : ES600 - Soquete Vibratório 1 E907 Conjunto Moto-Bomba: Hero: 180-SH-75 - Com Motor 1 E908 Máquina para Pintura: CONSMAQ 44 - Demarcação de Faixas 1 E917 Máquina de Bancada : Franho : C-6A Universal de Corte 1 E918 Máquina de Bancada : Walviwas EB-08 - Prensa Excêntrica 1 E919 Máquina de Bancada : Newton : Gmn Guilhotina 8 T 1 E922 Martelete : Bosch :-Perfurador Rompedor Elétrico E923 Máquina Manual: Bosh: - Lixadeira " 1 E924 Equip. para Solda: Max Bantam Bantam Transformador 2 Bomba Elétrica p/ Injeção de Nata Mac 1 Macaco p/ Protensão de Tirante 1 Rodovia : BR-101/RN Trecho : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 Subtrecho : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) Segmento : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 PNV : 101BRN0080 e 101BRN0075 EQUIPAMENTO MÍNIMO 101RN-PROJEXEC-V1-CRONOGEQUIP.xls

115 113 Código Equipamentos de Médio Porte Peso (T) Quant. Peso x Quant. E101 Grade de Discos : Marchesan : GA 24 X 24 1,88 1 1,88 E208 Compressor de Ar : Atlas Copco : XAS PCM 1,36 1 1,36 E210 Martelete : Atlas Copco : TEX32 PS - rompedor 33 kg 0,03 1 0,03 E223 Compressor de Ar : Atlas Copco : XATS PCM 1,48 1 1,48 E302 Betoneira : Penedo : l 0,56 2 1,13 E303 Betoneira : Alfa : L 0,80 1 0,80 E304 Transportador Manual : Laguna Carrinho de Mão 80 L 0,02 1 0,02 E305 Transportador Manual : Laguna A-15 - GERICA 180 L 0,06 1 0,06 E306 Vibrador de Concreto : diversos : VIP-MT2 - de imersão 4,00 1 4,00 E501 Grupo Gerador : Heimer : GEHM-40-36/40 KVA 0,87 1 0,87 E508 Grupo Gerador : Pramac : BL 6500 E - Manual/eletrico 2,00 1 2,00 E509 Grupo Gerador : Heimer : GEHMI-40-32,0 KVA 0,80 1 0,80 E904 Máquina de Bancada : Maksiwa : SCMA - serra circular 12" 0,02 1 0,02 E906 Compactador Manual : Wacker : ES600 - Soquete Vibratório 0,07 1 0,07 E907 Conjunto Moto-Bomba: Hero: 180-SH-75 - Com Motor 1,00 1 1,00 E917 Máquina de Bancada : Franho : C-6A Universal de Corte 1,10 1 1,10 E918 Máquina de Bancada : Harlo : VF-8 - prensa excêntrica 0,30 1 0,30 E919 Máquina de Bancada : Newton : GMN guilhotina 8 t 8,00 1 8,00 E922 Martelete : Bosch :-Perfurador Rompedor Elétrico ,01 2 0,02 E923 Máquina Manual: Bosh: - Lixadeira " 0,01 1 0,01 E924 Equip. para Solda: Max Bantam Bantam Transformador 0, ,06 Bomba Elétrica p/ Injeção de Nata Mac 0,03 1 0,03 Macaco p/ Protensão de Tirante 0,01 1 0,01 E211 Máquina para Pintura : Shulz : MSV-15 Nap - Compres. de Ar 0,17 1 0,17 Peso Total (t) 25,22 Distância (Belém-Canteiro) (km) - Pavimentado 477,00 Distância (Belém-Canteiro) (km) - Não-Pavimentado 525,92 Peso Total do Equipamentos (t) 25,22 Custo do Transporte Comercial em Caminhão Carroceria (R$/tkm) - Pavimentado Custo do Transporte Comercial em Caminhão Carroceria (R$/tkm) - Não-Pavimentado 0,31 0,46 Total Mobilização Equipamentos de Médio Porte (R$) 9.828,64 EQUIPAMENTOS DE MÉDIO PORTE QD BR101RN-PROJEXEC-V4-CRONOGEQUIP.xls

116 Cronograma de Utilização de Equipamento 873-PASSARELARN-REL

117 115 Código Equipamento Quant. Máxima MESES E101 Grade de Discos : Marchesan : GA 24 X E006 Motoniveladora : Caterpillar : 120M E007 Trator Agrícola : Massey Ferguson : MF 4291/4 449A E013 Rolo Compactador : Dynapac : CA-250-P - pé de carneiro 1 autop. 11,25t vibrat E062 Escavadeira Hidráulica : Caterpillar : 336DL - com esteira E101 Grade de Discos : Marchesan : GA 24 X E208 Compressor De Ar : Atlas Copco Xa90Pd PCM E210 Martelete : Atlas Copco : TEX33 - Rompedor 33 Kg E211 Máquina para Pintura : Shulz : MSV-15 Nap - Compres. de Ar E223 Compressor de Ar : Le Roi : - Portátil 375 PCM E302 Betoneira : Penedo : L E303 Betoneira : Alfa : L E304 Transportador Manual : Laguna Carrinho de Mão 80 L E305 Transportador Manual : Laguna A-15 - GERICA 180 L E306 Vibrador de Concreto : Wacker Vip45/Mt2 - de Imersão E400 Caminhão Basculante : Mercedes Benz : M3-8,8T E402 Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : 2423 K - De Madeira E404 Caminhão Basculante : Mercedes Benz : 2423 K - 10 M3-15 T E406 Caminhão Tanque : Mercedes Benz : L1620/ L E408 Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : 710 / 37-4 T E416 Veículo Leve : Chevrolet : S10 Pick Up (4X4) E434 Caminhão Carroceria : Mercedes Benz : L 1620/51 - C/Guindauto E501 Grupo Gerador : Heimer : Gehm-40-36/40 KVA E508 Grupo Gerador : Heimer : Gehy-3-2,5 / 3,0 KVA E509 Grupo Gerador : Heimer : Gehy-18-16,8 / 18,5 KVA E904 Máquina de Bancada : Copercorte : - Serra Circular E906 Compactador Manual : Wacker : ES600 - Soquete Vibratório E907 Conjunto Moto-Bomba: Hero: 180-SH-75 - Com Motor E908 Máquina para Pintura: CONSMAQ 44 - Demarcação de Faixas E917 Máquina de Bancada : Franho : C-6A Universal de Corte E918 Máquina de Bancada : Walviwas EB-08 - Prensa Excêntrica E919 Máquina de Bancada : Newton : Gmn Guilhotina 8 T E922 Martelete : Bosch :-Perfurador Rompedor Elétrico E923 Máquina Manual: Bosh: - Lixadeira " E924 Equip. para Solda: Max Bantam Bantam Transformador Bomba Elétrica p/ Injeção de Nata Mac Macaco p/ Protensão de Tirante Rodovia : BR-101/RN Trecho : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 Subtrecho : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) Segmento : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 PNV : 101BRN0080 e 101BRN0075 CRONOGRAMA DE EQUIPAMENTO 101RN-PROJEXEC-V1-CRONOGEQUIP

118 Cronograma Físico e Financeiro 873-PASSARELARN-REL

119 117 ITEM SERVIÇO MESES TOTAL ,67% 16,67% 16,67% 16,67% 16,66% 16,66% 1 OAE , , , , , , ,88 50% 50% 2 SINALIZAÇÃO , , ,16 12,50% 12,50% 12,50% 12,50% 12,50% 12,50% 12,50% 12,50% 3 INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DO CANTEIRO , , , , , , , , ,71 50% 50% 4 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO , , , ,47 R$ , , , , , , , ,47 TOTAL GERAL ,47 % 2,72% 14,57% 14,57% 14,57% 14,57% 14,56% 18,14% 6,30% ACUMULADO R$ , , , , , , , ,47 % ACUMULADO 2,7% 17,3% 31,9% 46,4% 61,0% 75,6% 93,7% 100,0% Rodovia : BR-101/RN Trecho : Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 Subtrecho : Ent. RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) Segmento : Km 83,4 ao Km 85,1 e Km 81,4 ao Km 83,4 PNV : 101BRN0080 e 101BRN0075 CRONOGRAMA FÍSICO - FINANCEIRO QD.- SARELA_RN-ORÇAMENTO_MAIO_14.xls

120 Cotações 873-PASSARELARN-REL

121 UNIMETAIS LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA CNPJ: / INSC. ESTADUAL: PROPOSTA COMERCIAL N 03/ Macaíba/RN, 25 de Março de À MAIA MELO ENGENHARIA A/C: Sr. Ana Clara Tel.: (81) ATENDENTE: Diego Bulhões 1 N 03/ ASSUNTO: LOCAÇÃO DE GUINDASTE TELESC. QY70V Inicialmente gostaríamos de agradecer a consulta, pela qual esperamos poder atendê-lo com uma proposta dentro de suas expectativas. 1. EQUIPAMENTO(S) DA OPERAÇÃO 1.1. (01 Und) GUINDASTE TELESC. QY70V Regime da Locação: Diária Valor da Locação: R$ 3.500,00 (Três mil e quinhentos reais); 2. DESCRIÇÃO DO SERVIÇO/LOCAL DO SERVIÇO 2.1. O Serviço consiste em montagem de 01 (uma) central de passarela com estrutura metálica com dimensões 4,45m, 24,00m e 21,00m de comprimento e 2,10m de largura. O serviço será realizado na BR 101/RN na Av. Tomaz Landim, Km 83,59 e Km 82,83 entre a RN-160 (p/ São Gonçalo do Amarante) Natal/ RN. A locação foi orçada conforme informações passadas pelo cliente. A Locação esta condicionada a uma visita inloco, onde serão analisados o acesso e todas as condições operacionais. 3. PRAZO PARA OS SERVIÇOS 3.1. A presente proposta foi elaborada pelo período mínimo de 01 (uma) diária; 3.2. A CONTRATANTE possuirá uma franquia mínima de dez horas (10hs) por dia, trabalhadas ou a disposição das 7hs às 17hs, havendo o intervalo de uma hora (1h) por dia para que os funcionários da CONTRATADA possam almoçar, ou seja, A CONTRATANTE possuirá a franquia de nove (9hs) horas trabalhadas. Serão contabilizadas horas normais, às horas aferidas nas ORDENS DE SERVIÇO mencionadas das 7hs às 17hs e horas adicionais as horas aferidas nas ORDENS DE Rodovia BR-304, KM-123, Macaíba/RN CEP: Fone: Fax:

122 UNIMETAIS LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA CNPJ: / INSC. ESTADUAL: SERVIÇO mencionadas além do horário estipulado anteriormente, assim como aos domingos, feriados locais e feriados nacionais serão aferidas como horas adicionais. Caso seja ultrapassada a jornada de trabalho estipulada, assim como haja trabalhos aos domingos, feriados locais (cidade cuja está localizada a empresa CONTRATANTE) e feriados nacionais, todas as horas contabilizadas, desde a abertura da ORDEM DE SERVIÇO até o momento de seu encerramento, serão aferidas como horas adicionais e será cobrada a importância de R$ 525,00 (Quinhentos e vinte cinco reais) por hora adicional; 3.3. As horas despendidas com as fases de deslocamento até o local de uso, montagem e desmontagem, patolamento e despatolamento, alterações de configurações de lança, condições climáticas desfavoráveis, treinamento, integração, paralisações, movimentos de greve e etc. serão apontadas como HORAS NORMAIS. 4. ENCARGOS DE RESPONSABILIDADE DA LOCADORA 4.1. Fornecimento do Operador e o Ajudante do Guindaste; 4.2. Fornecimento de EPI s; 4.3. Fornecimento de cabos de aço, manilhas e cintas de uso comum; 4.4. Combustível do equipamento; 4.5. Enviar supervisor técnico para validação da maquina solicitada; 5. ENCARGOS DE RESPONSABILIDADE DO CLIENTE 5.1. Área livre e desimpedida para movimentação e patolamento do equipamento. O equipamento deverá ter livre acesso ao local do serviço. O solo deverá estar em condições apropriadas para circulação e estabilização da máquina. A área deverá estar livre de redes elétricas e telefônicas e com área não inferior a 7,00m de largura para o patolamento do equipamento Fornecer o(s) peso(s) da(s) peça(s) a ser (em) movimentada(s). Bloqueios de ruas ou avenidas (com autorização dos órgãos públicos) e desimpedimento de redes elétricas na área de execução dos serviços (caso seja necessário) Fornecimento da alimentação dos funcionários (almoço); 5.4. Fornecimento de Realizar a segurança e a guarda da maquina durante todo o período de locação. Caso haja algum custo proveniente de roubo ou quebra de acessórios da maquina proveniente de pessoas alheias, os mesmos serão repassados A CONTRATANTE. 2 N 03/ Rodovia BR-304, KM-123, Macaíba/RN CEP: Fone: Fax:

123 UNIMETAIS LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA CNPJ: / INSC. ESTADUAL: SEGURO 6.1. É de responsabilidade da CONTRATANTE a realização de seguro contra acidentes, roubos e demais sinistros, devendo constar na apólice à UNIMETAIS LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA, como co-segurada, evitando com isso o direito de regresso. 7. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO 7.1. Serviços diários Faturado 15 dias após fechamento da medição; 3 N 03/ Fica estabelecida uma multa de 2% (dois por cento) e juros de 3% (três por cento), incidentes sobre o valor das duplicatas/faturas emitidas por conta dos serviços contratados, contando-se os encargos do primeiro dia subsequente ao vencimento das referidas duplicatas/faturas, até o efetivo pagamento das mesmas. 8. ALTERAÇÕES NA PROPOSTA 8.1. Alterações de peso e/ou dimensões dos equipamentos/materiais indicados por vocês, que provoquem um acréscimo de custos operacionais, direta ou indiretamente, reservamo-nos o direito de reavaliar o preço ofertado, ainda que os serviços estejam em execução ou mesmo já concluídos. 9. CANCELAMENTO DO SERVIÇO 9.1. Será cobrado: 50% correspondente ao valor do serviço Caso o(s) equipamento(s) cheguem ao local e a operação não possa ser realizada por causa de fatores que sejam de responsabilidade do Cliente, serão cobrados 75% correspondente ao valor do serviço; 10. LIMITES DE RESPONSABILIDADES A UNIMETAIS LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA reserva-se o direito de não executar serviços que a critérios de seus técnicos, ofereça riscos a pessoas e instalações ou equipamentos; A responsabilidade por quaisquer danos diretos causados as instalações ou equipamento da contratante, deverá ter cobertura por seguro de sua responsabilidade Fica vedada à utilização do equipamento em Obras subterrâneas ou escavações de túneis; Em embarcações, margens de rios ou sobre pontes e/ou portos. Qualquer outro lugar fora do aqui indicado. Rodovia BR-304, KM-123, Macaíba/RN CEP: Fone: Fax:

124 UNIMETAIS LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA CNPJ: / INSC. ESTADUAL: Não expor o veiculo/equipamento a qualquer tipo de pó abrasivo ou corrosivo, resíduos sólidos, vapores ou gases corrosivos, explosivos, salitre e outros, que venham causar danos nos nossos veículos/equipamentos. Ficando o CONTRATANTE responsável pelos reparos necessários para boa conservação do veiculo/equipamento. 11. VALIDADE DA PROPOSTA A presente proposta é válida em todos os seus termos e condições por 20 (vinte) dias, contando da data de sua emissão. 12. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 4 N 03/ Diariamente será preenchida à ORDEM DE SERVIÇO, onde serão computadas as horas do serviço, devendo estar rubricada diariamente pelo Encarregado do serviço; As horas em que o motor estiver desligado, bloqueado com a carga, ou por qualquer motivo de responsabilidade do cliente serão cobradas como horas normais; 13. CONTRATO Esta proposta após aceita passa a ser um contrato de prestação de serviço gerando todos os efeitos jurídicos legais; As partes elegem o Foro da Comarca da cidade do Natal para dirimir quaisquer dúvidas ou questões deste contrato Na expectativa de que nossa proposta siga de encontro com os interesses de V.S.as, permaneceremos a disposição para quaisquer esclarecimentos eventualmente necessários. UNIMETAIS LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA APROVAÇÃO DA LOCADORA APROVAÇÃO DO CLIENTE ASSINATURA ASSINATURA Testemunha 01 CPF Testemunha 02 CPF Rodovia BR-304, KM-123, Macaíba/RN CEP: Fone: Fax:

125 UNIMETAIS LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA CNPJ: / INSC. ESTADUAL: Nota: Gentileza assinar e carimbar em todas as vias e nos retransmitir via fax (84) ou por para confirmação do serviço. 5 N 03/ Rodovia BR-304, KM-123, Macaíba/RN CEP: Fone: Fax:

126 124 Parnamirim RN 31 de Março Proposta nº 090/2014. MAIA MELO ENGENHARIA Sra Clara Inicialmente gostaríamos de agradecer a vossa consulta pela qual esperamos poder atendê-lo com uma proposta dentro das expectativas da V. S. as. Assim estamos transmitindo nossa proposta visando à execução da locação e serviços conforme segue: 1. ESCOPO DA LOCAÇÃO OU SERVIÇO: LOCAÇÃO DE GUINDASTE SANY STC / TON= R$ 5.000,00 diária 8 hs. LOCAÇÃO DE GUINDASTE IM 30,5 30 TON = R$ 2.200,00 diária 8 hs LOCAÇÃO DE MUCK ARGOS 35 = R$ 150,00 h 2. LOCAL DA OPERAÇÃO: 2.1 TOMAZ LANDIM, BAIRRO IGAPÓ NATAL -RN Operação realizado sem Seguro. 3. RESPONSABILIDADE DO CONTRATANTE: 3.1- A responsabiliza pelas informações, pesos e locais de acesso para execução do serviços serão do serviço. Caso as informações não condizem com a realidade no momento da execução dos serviços serão cobrados os quilômetros rodados e as utilizadas a partir da saída do equipamento de nossa base até a conclusão do serviços ou retorno do equipamento as nossas instalações Fornecedor pontos de içamento pré definidos, em cada uma das cargas a serem movimentadas, não se responsabilizando assim a contratada por possíveis avarias que as cargas venham a sofrer em função de falta de tais pontos de içamento; 4. FORMA DE PAGAMENTO: 4.1- O pagamento deverá ser executado da seguinte forma: BOLETO BANCÁRIO P/ 15 DIAS. 5. VALIDADE DA PROPOSTA: 5.1 A presente proposta é valida em todos os seus termos pelo prazo de 10 dias corridos, contados da data de emissão da proposta, salvo contratação prévia. Na expectativa de que nossa proposta siga de encontro com os interesses da permanecemos MAIA MELO ENGENHARIA à disposição para qualquer esclarecimento eventualmente necessário. Audan Barbosa. Sidcar Comércio Ltda. SIDCAR Comércio Ltda / BR 101 km 106, n 1363 Em frente ao Parque de Exposição, Parnamirim - RN CEP: Fone / fax: (84) /

127 125 (84) SIDCAR Comércio Ltda / BR 101 km 106, n 1363 Em frente ao Parque de Exposição, Parnamirim - RN CEP: Fone / fax: (84) /

128 126 PROPOSTA DE LOCAÇÃO Data: Empresa: MAIA MELO ENGENHARIA Aos Cuidados do (a): Ana Clara N Proposta: 068 / 2014 Em atendimento à sua solicitação de informações sobre preços praticados por nossa empresa, informamos os seguintes valores: Objeto da proposta Valor Diária - Locação de Guindaste de 80 Toneladas / Metro com Operador. R$ 2.500,00 Diária - Locação de Guindaste de 30 Toneladas / Metro com Operador. R$ 1.600,00 Diária - Locação de Caminhão Munck de 45 Toneladas / Metro com R$ 900,00 Operador. Hora - Locação de Guindaste de 80 Toneladas / Metro com Operador. R$ 350,00 Hora - Locação de Guindaste de 30 Toneladas / Metro com Operador. R$ 250,00 Hora - Locação de Caminhão Munck de 45 Toneladas / Metro com R$ 150,00 Operador Valor Total: CONDIÇÃO DE PAGAMENTO - Hora extra do Caminhão Munck: R$ 100,00 ( Cem reais ); - Mob./Desmob. Do equipamento ( Caminhão Munck ): R$ 3,50 ( Três Reais e Cinquenta Centavos ) por quilometro rodado (ida/volta); - Hora extra do Guindaste 30 Toneladas: R$ 200,00 ( Duzentos reais ); - Mob./ Desmob. do equipamento ( Guindaste ) : R$ 7,00 ( Sete Reais ) por quilometro rodado (ida/volta); - Hora extra Guindaste 80 Toneladas: R$ 300,00 ( Trezentos reais ); - Mob./ Desmob. do equipamento ( Guindaste ) : R$ 7,00 ( Sete Reais ) por quilometro rodado (ida/volta);

129 127 - O pagamento será feito através de BOLETO BANCARIO, com prazo de 15 dias após a emissão da nota fiscal e fatura; OBS: A taxa de mobilização e desmobilização do equipamento será cobrada apenas nas locações fora da área metropolitana de Natal/RN. PRAZO PARA OS SERVIÇOS - Esta proposta foi elaborada com período mínimo de locação de 200 horas mensal; - As horas trabalhadas excedentes às 200 horas mínimas contratadas, serão consideradas horas extras; - As horas despendidas com as fases de montagem e desmontagem, patolamento e despatolamento, condições climáticas desfavoráveis, integração de funcionários, etc, serão apontadas como horas normais, bem como horas em que o equipamento estiver parado a disposição da CONTRATANTE, aguardando ordens de execução dos serviços; - A mobilização do equipamento para o local de operação fica condicionada a autorização por da CONTRATANTE. RESPONSABILIDADE DA CONTRATADA - Fornecer o equipamento e acessórios para os serviços em condições de utilização; - Enviar equipe qualificada para execução dos serviços; - Manutenção do equipamento; - Enviar ao final de cada período a medição dos serviços de acordo com os CSE (Controle de Serviços Externos), preenchida diariamente; - Emitir a nota fiscal (35%) e fatura (65%), após aprovação da medição mensal, de acordo com as informações cadastrais enviadas pela CONTRATANTE via . - Pagamentos dos serviços contratados; RESPONSABILIDA DA CONTRATANTE - Fornecer informações sobre o serviço (dimensões do material a ser içado, informações sobre o local e etc); - Bloqueio de ruas e/ou avenidas quando necessário; - Hospedagem, alimentação e traslado do operador do equipamento; - Abastecimento do equipamento;

130 128 - Analisar os boletins de medição no prazo de 02 (dois) dias úteis após seu recebimento e retornar o com o aval para seu faturamento, caso o prazo se expire, o boletim será considerado válido e o faturamento será emitido de acordo com o mesmo. Validade da Proposta: 05 dias Atenciosamente, Rafaela Lavínia Comercial Av. Prof João Machado, 2960, Capim Macio, Natal/RN Fone: (84 ) /

131 129 A MAIA MELO ENGENHARIA RECIFE - PE FONE: Caxias do Sul, 03 de dezembro de ATT: SRTA. ANA CLARA RODRIGUES DE ARAUJO REF: FORNECIMENTO E MONTAGEM DE PERFIS EM AÇO PARA A OBRA DO CONTORNO DO RECIFE - PE COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 368T / 2012 Revisão 02 Prezados Senhores Atendendo à solicitação de V.Sas, apresentamos a seguir a segunda revisão dos preços e condições para fornecimento e montagem de perfis em aço para a obra do Contorno do Recife/PE BR -101 em Recife - PE. 1 DESENHOS DE REFERÊNCIA Prancha 01/23 a 23/23 do projeto elaborado por Maia Melo Engenharia 2 ESCOPO DO FORNECIMENTO Materiais relacionados nas listas constantes nas pranchas do projeto elaborado por Maia Melo Engenharia ou seja, ,62Kg, mais perdas de fabricação. 3 TRATAMENTO DE SUPERFÍCIE Limpeza: Jato de granalha de aço padrão SA 2 ½. Fundo: Uma demão de primer epoxidico com 150 micra de película seca aplicada na fábrica. Acabamento: Uma demão de esmalte poliuretano com 50 micra de película seca aplicada na fábrica 4 INCLUSO NA PROPOSTA Frete dos materiais até a obra CIF RECIFE PE. Montagem dos perfis de aço. Retoques na pintura. NOTA: Os serviços de montagem (administração, mão de obra e serviços de guincho) serão faturados pela Copemi Empreendimentos Imobiliários Ltda, empresa do grupo MP com sede à Rua Carlos Bianchini nº 1979, na cidade de Caxias do Sul RS, inscrita no CNPJ sob o nº / , Inscrição Municipal nº , a quem caberá a Administração e Subcontratação da mão de obra e equipamentos de montagem. Para efeitos de Retenção para a Previdência Social, conforme estabelecido na Instrução Normativa INSS/DC nº 971/2009 ficam estabelecidos os seguintes percentuais referentes à administração, mão de obra e serviços de guincho, com respectivas bases de cálculo e retenções: MP EMPREENDIMENTOS E SERVIÇOS LTDA Rua Carlos Bianchini, 1979 Marechal Floriano CEP: Caxias do Sul RS Fone/Fax: CNPJ: / CGC/TE: 029/ Home Page:

132 130 TIPO % SOBRE O VALOR DOS SERVIÇOS BASE DE CÁLCULO % DE RETENÇÃO ADMINISTRAÇÃO 20% 0% 0% MÃO DE OBRA 52% 100% 11% SERVIÇOS DE GUINCHO 5 EXCLUSO DA PROPOSTA Obras Civis. 28% 35% 11% 6 PREÇOS 6.1 PERFIL DE AÇO ASTM A572 GR 50 ( ,76Kg) Fornecimento e fabricação dos materiais (Faturamento MP)...R$ ,00 Mão de obra de montagem (Faturamento Copemi)...R$ ,00 TOTAL...R$ , PERFIL DE AÇO USI SAC 350 ( ,87Kg) Fornecimento e fabricação dos materiais (Faturamento MP)...R$ ,00 Mão de obra de montagem (Faturamento Copemi)...R$ ,00 TOTAL...R$ ,00 TOTAL GERAL...R$ ,00 (Quatorze milhões seiscentos e oitenta mil e quinhentos reais) 7 CONDIÇÕES GERAIS 7.1 Impostos: inclusos. 7.2 Prazo de execução: A combinar. 7.3 Condições de pagamento: Fornecimento da estrutura metálica. (FATURAMENTO MP = R$ ,00) A combinar Mão de obra de montagem (FATURAMENTO COPEMI = R$ ,00) 10% no início das montagens. Saldo através de medições quinzenais com pagamento 7 dias após. 7.4 Validade da proposta: 10 dias. 7.5 Validade dos Preços: Os preços da presente são fixos durante a validade da proposta. Após expirada a validade da proposta, os preços estarão sujeitos a revisões em função da variação dos preços dos insumos, especialmente em relação ao preço do aço estabelecido pelas usinas fornecedoras. As referidas revisões, caso sejam necessárias, serão formalizadas através de demonstrativo da participação de cada insumo no custo final, acompanhado de tabelas de preços dos MP EMPREENDIMENTOS E SERVIÇOS LTDA Rua Carlos Bianchini, 1979 Marechal Floriano CEP: Caxias do Sul RS Fone/Fax: CNPJ: / CGC/TE: 029/ Home Page:

133 131 fornecedores dos mesmos e pactuadas através de aditamento contratual ou pedido complementar Se a carga tributária alterar na vigência do contrato será agregado ou deduzido o percentual que vier a incidir ou deixar de incidir sobre o produto Os valores dos serviços (mão de obra de montagem e equipamentos) serão corrigidos com base nos percentuais estabelecidos nos dissídios da categoria. Permanecemos à disposição de V.Sas. para esclarecimentos complementares. Atenciosamente, Engº Reomar Antonio Peruchi Gerente Comercial MP EMPREENDIMENTOS E SERVIÇOS LTDA Rua Carlos Bianchini, 1979 Marechal Floriano CEP: Caxias do Sul RS Fone/Fax: CNPJ: / CGC/TE: 029/ Home Page:

134 132 AV.MANOEL MULLER, 205 BAIRRO STA. TEREZA FONE (14) CEP: MARÍLIA - SP A Maia Melo Engenharia. Contato : Ana Clara Rodrigues. Telefone: Local da Obra: Recife-PE Apresentamos nossa proposta orçamentária de Estrutura Metálica. DESCRIÇÃO: Marília, 15 de maio de 2012 Orçamento n 732B/11. Nossa proposta tem por objetivo estabelecer as condições técnicas e comerciais para atender todos os requisitos da construção metálica conforme projetos apresentados. Estrutura Metálica Ancoragem Metálica passiva MASTRO Ancoragem Metálica passiva TABULEIRO ESTAIADO MATERIAIS UTILIZADOS EM PROJETO: (Perfil UDC ASTM A36) (Cantoneiras Laminada e barra redonda ASTM A36). NOSSO ESCOPO: 1 FORNECIMENTO DE ESTRUTURA METÁLICA Fabricação, logística e montagem de Estrutura metálica passiva para ancoragem que será montada na cidade de Recife-PE. Peso aprox: 16ton Especificação: -Tesouras / Treliças e vigas: Conforme projeto. -Terças da cobertura superior ou inferior: Conforme projeto. -Contraventamento: Conforme projeto. -Distância entre Tesouras/Treliças e vigas: Conforme projeto.

135 133 AV.MANOEL MULLER, 205 BAIRRO STA. TEREZA FONE (14) CEP: MARÍLIA - SP 1.3- Processo Fabricação Interna: Sistema mig e mag. Processo montagem externa: Eletrodo E7018 e parafusos ASTM A 325 galvanizado Pintura: Intumescente Proteção Passiva Preparo: Jateamento abrasivo seco padrão SA 2 ½. Aplicação: Fundo: primer Intumescente. Acabamento: Intumescente cor padrão solicitada Prazos: Entrega da obra: 60dias Preço: Item 1.1 Material...R$ ,00. Item 1.4 Pintura...R$42.800,00. Item 4 / 5 Mão de obra fabricação, montagem e logística...r$ ,00. TOTAL GERAL...R$ ,00. (Trezentos e dezoito mil e quinhentos reais) Condições de pagamento: 15% no ato da confirmação da proposta. 35% faturamento direto de materiais para o cliente. (Fatura dos materiais com prazo intermediário de aprox. 30 dias, ou conforme política de fornecimento do fornecedor).

136 134 AV.MANOEL MULLER, 205 BAIRRO STA. TEREZA FONE (14) CEP: MARÍLIA - SP 30% No início da montagem e; 20% No término da montagem. 2 COBERTURA E ACESSÓRIOS: 2.1- As telhas da cobertura, rufos e acessórios de fixação serão fornecidas pelo Cliente Mão de obra de colocação das telhas serão por conta da CONTRATADA. 3 PROJETOS: O projeto de fabricação e detalhes de montagem será feito pela CONTRATADA. Uma vez que no projeto fornecido já consta a lista de matérias e descrição dos perfis, fica por responsabilidade do cliente o fornecimento: - Elaboração do memorial de cálculo: - ART de projeto. 4 FABRICAÇÃO: 4.1- A fabricação só será iniciada quando a obra oferecer condições de medição inloco, ou autorização escrita pelo cliente das dimensões, nível, eixos da fundação e chumbação de chapas e fixadores que suportarão a estrutura Fica facultado ao cliente verificar a produção, ou solicitar amostras conforme necessidade, desde que notifique a sua solicitação. Todos os custos de amostras serão por conta do cliente. 5 - MONTAGEM DA ESTRUTURA: 5.1 A CONTRATADA somente iniciará a montagem da estrutura após condições adequadas de montagem bem como: - Condições e tolerâncias de prumo, nível das estruturas ou bases de concreto que suportarão a estrutura. - Condições e tolerância de esquadro da obra e nivelamento de pilares. 5.2 A CONTRATADA não se responsabiliza por acidentes que venha ocorrer com funcionários do cliente ou pessoas estranhas durante a sua montagem.

137 135 AV.MANOEL MULLER, 205 BAIRRO STA. TEREZA FONE (14) CEP: MARÍLIA - SP 5.3 Todo material a ser utilizado na obra será transportado por responsabilidade de conta e risco da CONTRATADA. 5.4 Caso no decorrer do faze de montagem, a CONTRATADA identificar riscos entre o trabalho conjunto de sua equipe e equipe do Cliente, o mesmo será notificado para solucionar num prazo imediato para não comprometer o cronograma de montagem. Caso problema não seja resolvido. A CONTRATADA notificará os dias perdidos ao Cliente, que deverão ser adicionados ao escopo inicial. 5.5 Os encargos trabalhistas do pessoal da equipe de montagem (FGTS, INSS, Seguros, etc.), ficam por responsabilidade da CONTRATADA. 5.6 Despesas de pernoite e alimentação da equipe de montagem serão por responsabilidade da CONTRATADA. 6 PRAZOS E CRONOGRAMA: O prazo conforme iten 1.5 poderá ser revistos quando: 6.1 Atrasos pelo cliente no fornecimento ou aprovação de cadastro para compra dos materiais. 6.2 Atrasos pelo cliente na execução civil sendo responsável pelos suportes ou engastamentos das estruturas. 6.3 Falta de energia na obra. 6.4 Dificuldade de acesso no local da execução dos serviços. 6.5 Chuvas ou condições que impeçam a montagem devido a condições técnicas ou de segurança de trabalho. 7 GARANTIA: 7. 1 A CONTRATADA oferecerá garantia a defeitos de montagem, ou defeitos que degradam a qualidade das estruturas, possibilitando a causa de problemas construtivos. 7.2 A CONTRATADA após a entrega dos serviços, não fornecerá a garantia quando: - Problemas estruturais devidos à ausência de aterramento de proteção contra descargas elétricas atmosféricas. - Deslocamentos, inadequações, dilatações de vigas de concreto em desacordo com as normas da ABNT.

138 136 AV.MANOEL MULLER, 205 BAIRRO STA. TEREZA FONE (14) CEP: MARÍLIA - SP - Problemas estruturais decorrentes de deficiência de cálculo do concreto armado ou da qualidade do concreto, principalmente nas áreas de arranque das fixações e chumbadores. 8 - MANUTENÇÃO E LIMPEZA DA ESTRUTURA A manutenção e limpeza da estrutura deverão ser periódicas de acordo com a reação da estrutura ao ambiente que se encontra. Deverá ser executado por empresas especializadas, e os produtos aplicados deverão ser compatíveis com o aço. A CONTRATADA não se responsabiliza pela manutenção, limpeza ou uso de qualquer produto nas estruturas após a entrega da obra. Att. MOESME ESTRUTURAS METÁLICAS Brunos A. Moreira. Dir. Comercial.

139 137 ANEXO 01 - PLANILHA DE QUANTIDADES E PREÇOS Cliente: Maia Melo Engenharia Obra: BR101 - Viadutos Local: Recife - PE Data: 09/10/2013 Orç: 13I30A Rev 0 Item Especificação 1 Estrutura metálica para viaduto do 1º retorno, viaduto do 2º retorno e viaduto do passarinho: detalhamento dos projetos, fabricação, transporte, pré-montagem e montagem/lançameto. PLANILHA DE QUANTIDADES E PREÇOS Quantidade Unidade Preço unitário Fornecimento (R$/und) COM Impostos APLICÁVEIS Preço unitário Montagem (R$/und) Preço unitário Total (R$/und) Valor total (R$) 1.1 Estruturas metálicas para Viaduto do 1º Retorno com chapas de ligação, enrijecedores e parafusos ,13 kg 10,18 4,66 14, , Estruturas metálicas para Viaduto do 2º Retorno com chapas de ligação, enrijecedores e parafusos ,56 kg 10,18 4,66 14, , Estruturas metálicas para Viaduto do Passarinho com chapas de ligação, enrijecedores e parafusos ,14 kg 10,18 4,66 14, ,64 Peso Total ,83 kg Total R$ ,68 NOTAS: 1 - FATURAMENTO Pela Açotec Industria e Comercio S/A: Referente aos serviços de engenharia, projeto, fornecimento de materiais, fabricação e transporte; Pela Medabil Sistemas Construtivos S.A: Referente à mão de obra, aplicação de materiais e locação de equipamentos e guindastes; 2 - RELAÇÃO IMPOSTOS APLICÁVEIS - IPI: 0%, Conforme Classificação Fiscal ; - ICMS: 17% incluso do preço; - PIS/COFINS (fabricação): 9,25% incluso do preço; - ISS: 5% incluso do preço; - PIS/COFINS (montagem): 3,65% incluso do preço;

140 138 Cliente: Maia Melo Engenharia Obra: BR101 - Viadutos Local da Obra: Recife - PE Proposta: 13I30A Rev 0 Prezados senhores, É com satisfação que nos valemos desta oportunidade para apresentar nossa proposta técnica/comercial para fornecimento de estruturas metálicas para viadutos da BR101 em Recife - PE. Para quaisquer dúvidas ou sugestões referentes às informações contidas neste documento, o departamento técnico e comercial estará sempre à disposição com o intuito de prestar esclarecimentos ou receber solicitações adicionais para revisões, complementos ou correções que forem necessárias. Anexos à Proposta, seguem os seguintes itens: Anexo 01 - Planilha de quantidades e preços 13I30A Anexo 02 - Itens Inclusos e Exclusos 13I30A Atenciosamente,

141 139 À Maia Melo Engenharia Rua General Joaquim Inácio Ilha do Leite Recife - PE Fone: (81) A/C: Ana Clara Rodrigues - Engenharia Prezados Senhores, Estamos fornecendo orçamento de material, mão de obra para a execução de serviços de projeto, fabricação, transporte e pré-montagem e montagem/lançamentos das estruturas conforme projetos recebidos e descrição a seguir: 1. LOCALIZAÇÃO E CARACTERÍSTICAS GERAIS Obra: Tipo: Local: BR101 - Viadutos Estruturas metálicas para viadutos. BR 101 em Recife - PE 2. NORMAS Todos os procedimentos do fornecimento serão executados de acordo as normas abaixo citadas: - ABNT NBR 6120:1980 Cargas para o cálculo de estruturas de edificações; - ABNT NBR 8681:2003 Ações e segurança nas estruturas; - ABNT NBR 8800:2008 Projeto e Dimens. de Estruturas Metálicas e Mistas de Aço e Concreto; - ABNT NBR 6123:1988 Forças Devidas ao Vento em Edificações; - ABNT NBR Dimensionamento de estruturas de Aço de Edifícios em Situação de Incêndio; - AWS D1.1:06 American Welding Society; - ASTM A-307, A-325 e A-490 Standard Specification for Bolts; - AISC - American Institute of Steel Construction. Specification for the Design Fabrication and Erection of Structural Steel for Buildings; - ANSI/AISC Specification for structural steel buildings; - ANSI/ASCE 7-05 Minimun design loads for buildings and other structures; - AISI 1996 Cold-formed steel design manual ASD/LRFD;

142 FORNECIMENTOS O escopo da Açotec compreende: 1 Projeto de detalhamento, fabricação e transporte; 2 Descarga das peças, pré-montagem e montagem/lançamento das estruturas; O fornecimento será executado conforme a descrição abaixo: 3.1 Estruturas metálicas para Viaduto do 1º Retorno Viaduto localizado na BR101 entre as estacas E ,83 a E ,26 com 187,00 metros de comprimento e entre as estacas E ,95 a E ,50 com 86,70 metros de comprimento. O viaduto é formado por treze módulo/vãos sendo que o comprimento a largura e a quantidade de cada módulo variam conforme descrito na tabela 01 abaixo. Tabela 01 Módulos/vãos viaduto do 1º retorno. Módulo Quantidade Comprimento (m) Largura (m) Módulo ,18 9,32 Módulo ,06 9,32 Módulo ,27 Varia de 9,32 a 10,35 Módulo ,10 Varia de 10,32 a 12,74 Módulo ,21 Varia de 9,39 a 12,74 Módulo ,00 9,32 Módulo ,00 9,32 Módulo ,48 9, Longarinas principais fabricadas a partir de perfis soldados em I do tipo PS 1250x285; Longarinas secundárias fabricadas a partir de laminadas em I do tipo W 410x46,1; Transversinas fabricadas a partir de perfis laminados em I do tipo W 610x101; Ligações: as ligações das longarinas estão sendo consideradas soldadas em fábrica e/ou em obra, a ligação entre transversinas e longarinas está sendo considerado aparafusado. Obs: as vigas soldadas e laminadas para longarinas serão fabricadas com tamanhos até 23 metros para facilitar o transporte, para as peças maiores que 23 metros está sendo considerado emenda por ligação soldada em obra na pré-montagem. Figura 01 Vista frontal em corte de módulo metálico do viaduto do 1º retorno.

143 141 Figura 02 Vista superior de módulo metálico do viaduto do 1º retorno. 3.2 Estruturas metálicas para Viaduto do 2º Retorno Viaduto localizado na BR101 entre as estacas E 3419 a E ,07 com 244,40 metros de comprimento e entre as estacas E ,94 a E 3444 com 125,60 metros de comprimento. O viaduto é formado por dezesseis módulo/vãos sendo que o comprimento a largura e a quantidade de cada módulo variam conforme descrito na tabela 02 abaixo. Tabela 02 Módulos/vãos viaduto do 2º retorno. Módulo Quantidade Comprimento (m) Largura (m) Módulo ,67 9,32 Módulo ,80 9,32 Módulo ,84 9,32 Módulo ,06 9,32 Módulo ,06 Varia de 9,32 a 12,77 Módulo ,35 9, Longarinas principais fabricadas a partir de perfis soldados em I do tipo PS 1250x285; Longarinas secundárias fabricadas a partir de laminadas em I do tipo W 410x46,1; Transversinas fabricadas a partir de perfis laminados em I do tipo W 610x101; Ligações: as ligações das longarinas estão sendo consideradas soldadas em fábrica e/ou em obra, a ligação entre transversinas e longarinas está sendo considerado aparafusado. Obs: as vigas soldadas e laminadas para longarinas serão fabricadas com tamanhos até 23 metros para facilitar o transporte, para as peças maiores que 23 metros está sendo considerado emenda por ligação soldada em obra na pré-montagem.

144 142 Figura 03 Vista frontal em corte de módulo metálico do viaduto do 2º retorno. Figura 04 Vista superior de módulo metálico do viaduto do 2º retorno. 3.3 Estruturas metálicas para Viaduto do Passarinho Viaduto localizado na BR101 entre as estacas E ,61 a E ,83, o viaduto é formado por um módulo/vão sendo o comprimento de 23,67 metros e a largura variando de 9,32 a 12,64 metros Longarinas principais fabricadas a partir de perfis soldados em I do tipo PS 1250x285; Longarinas secundárias fabricadas a partir de laminadas em I do tipo W 410x46,1; Transversinas fabricadas a partir de perfis laminados em I do tipo W 610x101; Ligações: as ligações das longarinas estão sendo consideradas soldadas em fábrica e/ou em obra, a ligação entre transversinas e longarinas está sendo considerado aparafusado. Obs: as vigas soldadas e laminadas para longarinas serão fabricadas com tamanhos até 23 metros para facilitar o transporte, para as peças maiores que 23 metros está sendo considerado emenda por ligação soldada em obra na pré-montagem.

145 GENERALIDADES DO FORNECIMENTO - Aço estrutural para perfis soldados: USI SAC 350 ou similar; - Aço estrutural para perfis laminados do tipo W: ASTM A-572 Gr50 ou similar; - Aço estrutural para chapas de ligação e enrijecedores: USI SAC 350 ou similar; - Parafusos: A-325, galvanizados a fogo conforme ASTM A-153; - Fornecimento da ART de fabricação e montagem; - Mão de obra de execução na fábrica; - Mão de obra para montagem das estruturas; - Transporte das peças em carretas convencionais e extensivas (limite 23m); - Transporte da equipe de montagem até o local da obra. A qualidade dos produtos da Açotec é garantida através da sistemática de inspeção especificada no sistema de gestão da qualidade certificado conforme a NBR ISO 9001: Tratamento Superficial Limpeza: Jateamento abrasivo com granalha de aço (padronizado devido ao nosso equipamento), padrão Sa 2.1/2; Pintura: - Uma demão de fundo em epóxi com 150 micras de película seca; - Uma demão de acabamento em poliuretano com 50 micras de película seca; Cor de acabamento: cinza munsell N 6, Desvios do escopo Não fazem parte do nosso escopo de fornecimento: - Projeto básico e detalhado civil, obras civis (alvenarias, fundações, estruturas de concreto, armaduras); - Reforços em estruturas de concreto; - Equipamentos e suportes para equipamentos; - Borrachas/neoprenes e aparelhos de apoio; - Radiografias; - Fornecimento e instalação de inserts e chumbadores; - Fornecimento e instalação de chumbadores químicos e de expansão; - Fornecimento e montagem de steel deck; - Fornecimento e instalação de stud bolts. Ver Anexo 02 - Itens Inclusos e Exclusos 13I30A relação de materiais e serviços inclusos e exclusos do orçamento;

146 Principais fornecedores - Matéria Prima: Açominas / Gerdau; Cosipa; Usiminas; - Elementos de Fixação: A. Friedeberg; Walsywa; Tecnart; - Tintas: International; Renner; WEG; 5. METODOLOGIA DOS SERVIÇOS DE FABRICAÇÃO Enfocamos aqui todas as fases e atividades que integrarão a metodologia proposta pela AÇOTEC para a realização dos serviços de fabricação das estruturas metálicas. De maneira geral, as atividades previstas apresentam-se em etapas seqüenciais, conforme tópicos a seguir. 5.1 Book da Qualidade Logo após a contratação e definições de todas as especificações aplicáveis ao escopo, o a gestão da Qualidade iniciará a formulação do Book de Qualidade que será empregado em todo o fornecimento, atendendo ao acordado entre as partes e que será implementado após o conhecimento e aprovação da Contratante Procedimentos de fabricação; - EPS (Especificação de Procedimento de Soldagem); - RQPS (Registro de Qualificação de Procedimento de Soldagem); - PIT Plano de Inspeção e Testes; Sistema da Qualidade Documentação referente ao sistema da qualidade: - Relação dos procedimentos, métodos e instruções de execução de inspeção e testes; - Procedimentos utilizados para execução de ensaios (EVS/PM/US/Dimensional/Pintura), de acordo com PIT aprovado; - Relatório de ensaios realizados (EVS/PM/US/Dimensional/Pintura), de acordo com PIT aprovado; 5.2 Planejamento da elaboração de projetos As seguintes interpretações são apropriadas aos termos utilizados nos serviços de engenharia: Projeto Básico: Projeto semelhante a um projeto arquitetônico, que conste informações básicas sobre a edificação, como: dimensões, níveis, layouts, eixos de referencia, acessos, locação de equipamentos, cortes, fachadas e plantas chaves que possibilitem a visualização global da obra. Cálculo Estrutural: refere-se ao dimensionamento de todos os elementos que compões o projeto (perfis, ligações, simbologia de soldas, etc) considerando as especificações técnicas solicitadas no projeto básico, tais como, sobrecarga da estrutura, pesos de equipamentos e demais.

147 145 Projeto Unifilar: estes apresentam a definição geral da estrutura em cortes, fachadas, níveis a indicação dos perfis, especificações de solda, interfaces dos conjuntos, onde permitem a leitura para o detalhamento de todos os elementos. Cálculo de Ligações: refere-se ao dimensionamento das ligações entre elementos a partir dos esforços da estrutura obtidos através do calculo estrutural. Projeto detalhado: este é executado a partir do projeto unifilar, onde os elementos já dimensionados e os detalhes de ligações (já definidos) são desenhados conforme sua composição e geometria levando uma marca como identificação. Estes projetos devem conter todas as informações necessárias para a fabricação e os diagramas de montagem com as locações de todos os elementos. Projeto de produção: é a adequação dos projetos detalhados para produção na fábrica da Açotec e ocorre apenas quando o contratante fornece os todos os demais projetos e cálculos (descritos acima) já finalizados. Lista de materiais: consiste em um resumo de quantitativos de materiais que fazem parte do projeto. Esta lista deverá ser fornecida pelo contratante quando já possuir o projeto detalhado de forma a facilitar os prazos de aquisição de matéria prima e elaborada pela Açotec quando o contratante não possuir o projeto detalhado Fornecimento e elaboração de projetos Para início das atividades, a contratante deverá fornecer o projeto Unifilar com todas as informações técnicas necessárias para a elaboração dos projetos detalhados, em arquivos eletrônicos no formato DWG e/ou CAM. Toda a tramitação/ entrega de desenhos para aprovação/certificação será, exclusivamente, através de via eletrônica, devidamente documentada em Guia de Remessa de Documentação Técnica. Alterações no projeto, especificações e nas condições aqui apresentadas, introduzidas pela contratante após o início das atividades serão reavaliadas e os reflexos de tais alterações apresentados à Contratante, o valor para retrabalhos de engenharia é de R$ 180,00/hora. Para a fluência dos serviços, todas as comunicações, instruções e autorizações que as partes necessitem tomar conhecimento, deverão ser feitas por escrito Registro A Açotec efetuará a competente Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) junto ao CREA, dos serviços contratados, correndo as despesas por conta da mesma. 5.3 Aquisição e Diligenciamento O processo de aquisição das materiais primas principais será desencadeado a partir das listas de materiais a serem fornecidos inicialmente pelo contratante e em seguida da finalização dos projetos de produção pela Açotec. O departamento de suprimentos em posse das relação de materiais (RM s) emitirá ordens de compra para aquisição de equipamentos e materiais junto aos fornecedores, ficando assim responsável pelo atendimento do prazo de entrega estipulado nas RM s.

148 Programa de Fabricação Todos os elementos estruturais serão produzidos na fábrica da AÇOTEC, dotada de modernos equipamentos de produção, todos com CNC, suficientes para o nível de produção almejado para atendimento do Cronograma de Fabricação. No dimensionamento das peças serão levadas em conta as limitações dos meios de transporte a serem utilizados e dos equipamentos de içamento, desta forma, as peças estruturais cujas dimensões excederem os limites de capacidade de transporte serão divididas em subconjuntos Etapas do programa de fabricação Processo de Preparação: Usinagem dos Perfis (planos e não planos) Nesta etapa serão trabalhados todos os componentes da peças estruturais, a partir da matéria prima. A preparação terá as seguintes operações: Marcações: Serão rigorosamente executadas em bancadas apropriadas, fixando as dimensões de cada elemento da estrutura, determinando-se os locais de corte, locando-se os furos e pontos de dobramento; Cortes: Serão executados cortes a quente e a frio. Os cortes a quente, com a utilização de maçaricos, serão, de preferência, com equipamentos automáticos. As bordas a serem cortadas estarão isentas de rebarbas, entalhes ou depressões. Os cantos reentrantes estarão desobstruídos e terão o maior raio de arredondamento possível. Os cortes a frio serão feitos por prensas (guilhotinas), para as chapas menos espessas, e por serras, para os perfis laminados; Furações: Serão executadas em bancadas, por meio de puncionadeiras e brocas. Os furos poderão ser puncionados quando a espessura do material for menor ou igual ao diâmetro nominal do parafuso acrescido de 3 mm. Para maiores espessuras, os furos serão broqueados em seu diâmetro final ou sub-puncionados em diâmetro inferior e, posteriormente, broqueados no diâmetro final; Dobramento: As chapas de maior espessura serão dobradas por prensas. Chapas mais finas poderão ser dobradas em perfiladeiras. Para pequenas curvaturas poderão ser usadas calandras Soldagem Nesta etapa serão formados os elementos da peças estruturais onde os projetos indicarem as ligações através de soldas. A Açotec conta com soldadores qualificados para execução e inspeção de soldas Montagem das peças na fábrica A montagem das peças será feita com a utilização dos elementos usinados, compondo-se elementos com a maior precisão possível e dentro das tolerâncias fixadas nas Especificações Técnicas. As peças parafusadas serão ligadas previamente por parafusos provisórios até a ajustagem final. Obtido o ajustamento final serão feitas as ligações definitivas. Será dada preferência às ligações

149 147 por solda para as peças feitas na oficina, sempre executadas por soldadores qualificados e pelos processos de soldagem definidos. As ligações longitudinais entre flanges e almas dos perfis soldados serão executadas, de preferência, por equipamento automático (solda ao arco submerso em fluxo), com os fluxos e arames indicados nas Especificações Técnicas Desempeno Após a montagem e soldagem, quaisquer empenos porventura verificados, serão corrigidos por meio de prensas ou martelamento. O desempeno deverá trazer as dimensões e o alinhamento das peças para os limites de tolerância, fixados nas Especificações Técnicas Acabamento Será feito o acabamento das peças para a remoção de reentrâncias excessivas de corte nas bordas das chapas, bem como para a retirada das rebarbas dos furos e cortes, resíduos da soldagem. Soldas somente serão esmerilhadas se o projeto assim solicitar Tratamento de superfície; Neste processo são executados, o tratamento de superfície através da limpeza de peças com jato de granalha e ou tratamento mecânico, e além do processo de pintura das peças, conforme requisito contratual Inspeção Os elementos estruturais produzidos em nossas fábricas passarão por um processo de inspeção contínuo, em todas as etapas intermediárias acima elencadas, com inspetores inteiramente qualificados. Plano de Inspeção e Testes, específico para este projeto, será elaborado e submetido à aprovação Identificação e Rastreabilidade As peças serão identificadas por meio de puncionamento em baixo relevo e/ou de pintura indicativa, de forma precisa e visível durante as operações de união das peças à estrutura, bem como as operações de transporte e manuseio no Canteiro de Montagem. Para definir a situação de inspeção dos materiais e produtos na Açotec, de forma a assegurar que são conhecidos os estágios de liberação dos mesmos, são definidas sistemáticas no Procedimento para Inspeção PR A rastreabilidade da matéria prima deve ser feita através do número do certificado de qualidade da matéria prima, e através da requisição da matéria prima na marca/posição do produto. No momento do recebimento da matéria prima o recebimento deve fazer a anotação do número do certificado de qualidade na face superior das chapas. Para amarrados de chapas a partir de 6 m, perfis laminados e tubos a identificação do número de certificado deve ser na parte superior da primeira peça ou chapa. Para mão de obra de soldagem, a rastreabilidade deve ser verificada através da codificação do soldador que deve ser puncionado na peça, abaixo do código da mesma (1 único soldador) ou no local de cada soldagem (mais de 1 soldador). Para associar o sinete ao soldador, consultar a Tabela de Identificação de Soldadores na seção de soldagem identificando sinete e soldador correspondente.

150 148 A rastreabilidade dos materiais consumíveis de soldagem (arames de soldagem, arame do arco submerso, fluxos) deve ser controlada através do número da corrida, controlada pelos inspetores em relatórios específicos. A rastreabilidade dos materiais consumíveis para Inspeção de Líquido Penetrante e ou partícula magnéticas (removedor, líquido penetrante e revelador, partículas) deve ser controlada através do número do lote e registrando no FR-SOL-04 Inspeção de Solda Líquido Penetrante e ou FR- SOL-02 Inspeção de Solda Partículas Magnéticas Embalagem As peças de grandes dimensões e pesos não serão embaladas para o transporte. Serão colocadas sobre as carretas apoiadas em peças de madeira, de modo a preservar a sua condição final de fabricação e evitar, ao máximo, a ocorrência de danos à pintura. As de menor peso e dimensão poderão ser agrupadas, colocadas sobre peças de madeira e cintadas com fita de aço de modo a formar pacotes, com a mesma finalidade acima. Embalagem para transporte de peças grandes Embalagem para transporte de peças pequenas 5.5 Transporte O setor de transporte da Açotec tem por finalidade transferir os materiais das fabricas até obra em veículos adequados, com as necessárias precauções para evitar empenamentos durante o transporte, além de prever todos os cuidados relativos à segurança de todos os materiais a serem transportados. Será responsabilidade da Açotec o seguro de transporte de mercadorias contra risco de perda ou dano e o valor segurado será o valor total da carga, incluindo frete, tributos e despesas adicionais, quando a responsabilidade for entrega no canteiro de obras; O descarregamento dos materiais será executado com o máximo de cuidado para evitar quedas, danos ou perdas. 6. METODOLOGIA DOS SERVIÇOS DE CAMPO Enfocamos aqui todas as fases e atividades que integrarão a metodologia proposta pela AÇOTEC para a realização dos serviços de montagem das estruturas metálicas. De maneira geral, as atividades previstas apresentam-se em etapas seqüenciais, conforme tópicos a seguir.

151 Canteiro de obras para montagem das peças Está prevista em nossa proposta, a construção de um canteiro de obras para atendimento ao nosso quadro de pessoal que será necessário para a montagem das estruturas metálicas, composto basicamente de: - 01 container para escritório da mão de obra indireta; - 02 container para almoxarifado; - Refeitório / área para alimentação, conforme NR-18; Para atendimento a estas construções, estamos prevendo que a contratante deverá nos disponibilizar área suficiente e em condições de receberem de imediato as instalações acima mencionadas. Energia elétrica para o canteiro de obras e montagem das estruturas deve ser fornecida pela contratante. Telefonia e internet deverão ser fornecidas pela contratante e os seus pontos deverão estar posicionados dentro das áreas solicitadas. 6.2 Área de armazenamento de estruturas metálicas Estamos prevendo que a contratante deverá nos disponibilizar, inicialmente, área adequada para estocagem das estruturas metálicas, o mais próximo possível das áreas onde as estruturas serão montadas. Essa área será dividida em duas partes, uma para estocagem das peças e outra para ruas de acesso dos equipamentos. Essa área será entregue pela contratante com piso de rachão e bica corrida, para evitar, ao máximo, que as estruturas se sujem ou necessitem de re-pintura na obra (os custos de pintura somente estão inclusos na fabricação. Na obra, foram previstos somente pequenos reparos na pintura executada na fábrica, devido ao transporte e montagem das estruturas). Também aqui deverão ser fornecidos pela CONTRATANTE ponto de água, energia e telefonia. 6.3 Estocagem no Canteiro O manuseio das peças será realizado através de gruas, guindastes com cintas e cabos de aço revestidos, protegendo as peças para não danificar o acabamento superficial (jateamento, galvanização, pintura, etc.). As peças recebidas na obra serão armazenadas em terrenos protegidos com britas ou lonas plásticas e acondicionadas sobre barrotes de madeira. Os locais de armazenamento das peças serão o mais próximo possível da área de montagem, observando para não obstruir a passagem de equipamentos e/ou materiais. As peças recebidas na obra serão identificadas por etapas e números de romaneios através de placas ou cartazes, identificando os locais de armazenamento conforme exemplo a seguir. Os romaneios serão arquivados em pastas separadas por etapas (Ex.: 1 Pasta com as etapas T1,T2, T3, T4...T20; 1 Pasta com U1, U2, U3, U4, U5...U15; 1 Pasta com B1, B2, B3, B4, B5,B6...B30, etc.). 6.4 Descarga de materiais e transporte horizontal Será disponibilizado um caminhão munck para descarregamento das estruturas metálicas na área de armazenamento e transporte dos materiais até o local da pré-montagem. A distância máxima entre o local de armazenamento e os das pré-montagens não deverá ultrapassar a 300m.

152 Processo de montagem As estruturas serão montadas em prumo, esquadro e nivelamento, fixando as peças através de ligações parafusadas e/ou ligações soldadas, conforme especificado em projeto. A sequência de montagem deve ser conforme abaixo. 1º pré-montagem completa de módulos do viaduto, onde devem estar incluídas as emendas soldadas (quando houver) das longarinas e as ligações aparafusadas entre transversinas e longarinas; 2º lançamento/montagem dos módulos ao lugar definitivo; Os seguintes equipamentos foram considerados para montagem das estruturas. - um caminhão munck com capacidade máxima de 15 ton para descarga das peças e auxilio na pré-montagem; - um guindaste com capacidade máxima de 50 ton para pré-montagem das estruturas; - dois guindastes com capacidade máxima de 220 ton para lançamentos/montagem dos módulos do viaduto ao lugar definitivo; - duas plataformas de elevação de pessoas para auxilio no lançamento de peças. A pré-montagem dos módulos deve ser feita ao lado do local definitivo onde cada módulo deve ser lançado, assim evitando o uso de carretas Doli em obra. Obs: estamos considerando que teremos área e terreno firme para patolamento de guindastes, assim como acesso livres e sem interferências Jornada de Trabalho Estamos considerando a execução dos serviços de montagem com jornadas de trabalho de 44 horas semanais de 2ª a 6ª feira, acrescida de 2 horas diárias, e mais 8 horas extras aos sábados, podendo ser estudada a possibilidade de trabalhos em dois turnos. 6.6 Obrigações da Contratante - Fornecer fiscalização própria aos serviços contratados; - Acessos livres e em condições para o trânsito de nossos equipamentos de transporte e montagem; - Liberar áreas limpas e desimpedidas para inicio dos serviços; - Orientar tecnicamente bem como avaliar e aprovar os planejamentos e programações da contratada; - Fornecer áreas para as instalações provisórias do canteiro e estocagem dos materiais; - Fornecer energia elétrica trifásica 220V (ou 440V) e bifásica 220V, para o canteiro de obras; - Iluminação para os trabalhos noturnos (se requisitados); - Conferir e assinar os Diários de Obra;

153 151 - Disponibilizar 02 (dois) ramais telefônicos e pontos de rede de internet para computador. - A CONTRATANTE será inteiramente responsável pela guarda, vigilância e segurança dos nossos equipamentos e do canteiro de obras, assim como equipamentos e materiais utilizados na prestação dos serviços contratados. 7. CONTROLE DE DOCUMENTOS Dentro do Sistema de Garantia da Qualidade adotado pela AÇOTEC, os objetivos do controle de documentos e arquivo são os seguintes: Garantir a emissão e revisão de documentos somente por pessoal devidamente autorizado, assegurando sua distribuição sempre na forma da última revisão; Manter a guarda e ordenação de todos os documentos e registros das atividades que afetam a qualidade, com o propósito de garantir a obtenção da rastreabilidade de obras e serviços, servindo ainda como base para a preparação do livro final de dados ( data book ). 7.1 Compõem o data book a apresentação dos seguintes documentos: - Certificado de qualidade de matéria prima (chapas, perfis laminados, etc...); - Certificado de qualidade de consumíveis de soldagem (arames, fluxos e eletrodos); - Certificado de qualidade das tintas e solventes;; - Certificado de qualidade dos parafusos, porcas e arruelas; - Certificado de galvanização (quando aplicável); - Registro de inspeções e ensaios executados durante o processo produtivo; - Registro de qualificação dos procedimentos de soldagem e relação dos soldadores qualificados; - EPS s qualificadas utilizadas nos processos de solda; - Especificação dos processos de pintura, quando aplicável; 8. GARANTIAS A Açotec fornecerá produtos que estão entre os bens duráveis, os quais estão cobertos pela lei de responsabilidade civil que é de 05 (cinco) anos. 9. CRONOGRAMA Item Tarefa Duração Início Término 1 Assinatura do contrato 1 dia 17/02/ /02/ Recebimento dos projetos unifilares definitivos 11 dias 18/02/ /02/ Detalhamento de projetos 60 dias 01/03/ /05/ Compra de matéria prima 60 dias 01/04/ /06/ Fabricação 90 dias 01/06/ /09/ Montagem das estruturas 90 dias 01/07/ /10/2014 Este prazo será adiado na quantidade de dias que for adiado a entrega dos unifilares definitivos.

154 PREÇOS Preços unitários conforme planilha em anexo: Anexo 01 - Planilha de quantidades e preços 13I30A Os pesos da planilha acima foram fornecidos pelo cliente, se houverem diferenças de peso para o projeto definitivo, o orçamento se adequará ao peso teórico do projeto definitivo. VALOR TOTAL DO ORÇAMENTO: R$ ,68 (Dezesseis milhões, seiscentos e noventa e nove mil, oitocentos e noventa e quatro reais, sessenta e oito centavos) CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: Pela Açotec Indústria e Comércio S.A: 10% na aprovação dos projetos; 10% na comprovação da compra da matéria prima; 50% conforme entrega dos materiais na obra, medições quinzenais, pagamento a 15 dias; Pela Medabil Sistemas Construtivos S.A: 10% na mobilização da equipe para o inicio da prémontagem; 60% em medições quinzenais e pagamento a 15 dias; FATURAMENTO: Pela Açotec Indústria e Comércio S.A: - Referente aos serviços de engenharia, projeto, fornecimento de materiais, fabricação e transporte. Pela Medabil Sistemas Construtivos S.A: - Referente à mão de obra; - Referente à aplicação de materiais; - Referente à locação de equipamentos e guindastes; VALIDADE DA PROPOSTA: 30 (trinta) dias RELAÇÃO DE IMPOSTOS: - IPI: 0%, conforme C.F ; - ICMS: 17% incluso do preço; - PIS/COFINS (fabricação): 9,25% incluso do preço; - ISS (mão de obra de montagem): 5% incluso do preço; - PIS/COFINS (montagem): 3,65% incluso do preço;

155 DOCUMENTOS E DESENHOS ÚTEIS DE REFERÊNCIA Sendo o que tínhamos para o momento, manifestamos nosso total interesse pela obra e colocamo-nos a vossa inteira disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários. Atenciosamente,

156 154 Natal/RN, 31 de Agosto de À MAIA E MELO ENGENHARIA LTDA Recife/PE Att.; Srta. Priscila Giglio (81) Ref.: PROPOSTA PRODUTOS SIKA Prezados Senhores, Conforme solicitado por V.Sas. informamos abaixo preço e condições de pagamento dos produtos comercializados pela nossa representada SIKA S/A: PRODUTO EMBAL. PREÇO (R$) IPI Sikaflex 1A Plus 12 x UP-400ml R$ 250,00 2% Sika Primer BR 4 x LT-275ml R$ 122,00 10% Pistola para Sikaflex 400ml Unidade R$ 175,00 8% CONDIÇÕES DE VENDA: - IPI (não incluso): Vide Tabela Acima - ICMS (incluso): 18% (Dezoito por cento) - FRETE: Fob Osasco/SP - PAGAMENTO: 28 dias do faturamento - VALIDADE DA PROPOSTA: 15 dias - FATURAMENTO MÍNIMO: R$ 1.000,00 Atenciosamente, Fábio Barreto Cysneiros Sócio Administrador

COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO Código: Serviço: Montagem de Usina de Asfalto - 40/60 t/h Unidade: und. Produção de Equipe: 0,12 Operacional E408 - Caminhão Carroceria - Mercedes Benz: 710/37-4t 1,00000 1,00000 0,00000 57,50 14,60 57,50

Leia mais

: RECIFE PARNAMIRIM : ENTR. PE-144 ENTR. PE-180 (BELO JARDIM) : km 178,0 km 182,15 (CIDADE DE BELO JARDIM)

: RECIFE PARNAMIRIM : ENTR. PE-144 ENTR. PE-180 (BELO JARDIM) : km 178,0 km 182,15 (CIDADE DE BELO JARDIM) REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO RODOVIA TRECHO SUBTRECHO SEGMENTO EXTENSÃO

Leia mais

C O M P O S I Ç Ã O D E C U S T O S B Á S I C O S

C O M P O S I Ç Ã O D E C U S T O S B Á S I C O S CÓDIGO: A.01.100.01 SERVIÇO: LIMPEZA CAMADA VEGETAL EM JAZIDA : m² OPERACIONAL E.0.02 TRATOR DE ESTEIRAS C/ LÂMINA CAT-D6M 1,00 1,00-191,09 16,74 191,09 DE - 191,09 P.5.01 ENCARREGADO DE TURMA 1,00 0,50

Leia mais

ORÇAMENTO GERAL - PONTOS LOCALIZADOS

ORÇAMENTO GERAL - PONTOS LOCALIZADOS MT - DNIT OBJETO: ELIMINAÇÃO DE PONTOS LOCALIZADOS NA BR-364/RO TRECHO: ENTR. BR-174(A) (DIV. MT/RO) - DIV. RO/AC SUBTRECHO: FIM DA PISTA DUPLA - ENTR. RO-387 (P/ ESPIGÃO DO OESTE) SEGMENTO: Km 43,0 -

Leia mais

PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA RECUPERAÇÃO, REFORÇO E REABILITAÇÃO DE PONTES RODOVIÁRIAS NO ESTADO DO PIAUÍ

PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA RECUPERAÇÃO, REFORÇO E REABILITAÇÃO DE PONTES RODOVIÁRIAS NO ESTADO DO PIAUÍ REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT Superintendência Regional no Estado do Piauí PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO E202 Compressor de Ar - 400 PCM (89 kw) 1,00 1,00 0,00 68,63 17,27 68,63 E210 Martelete - rompedor 33 kg 3,00 1,00 0,00 16,08 15,35 48,24 E404 COMPOSIÇÃO DE PREÇO Demolição de dispositivos de concreto

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES - MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE RODOVIA : BR-11/RN TRECHO : Av. Tomaz

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA (CONSERVAÇÃO / RECUPERAÇÃO) PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO (PATO)

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA (CONSERVAÇÃO / RECUPERAÇÃO) PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO (PATO) M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DE DE MATO GROSSO UNIDADE LOCAL DE CÁCERES-MT PROGRAMA DE MANUTENÇÃO

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA (CONSERVAÇÃO / RECUPERAÇÃO) PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO (PATO)

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA (CONSERVAÇÃO / RECUPERAÇÃO) PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO (PATO) M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIDADE LOCAL DE CÁCERES-MT PROGRAMA DE MANUTENÇÃO

Leia mais

R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S

R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes - DNIT Superintendência Regional no Estado

Leia mais

MOBIL E DESMOBIL EQUIP. DISCRIMINAÇÃO UNID. QUANT. CONSUMO (Km) (ton)

MOBIL E DESMOBIL EQUIP. DISCRIMINAÇÃO UNID. QUANT. CONSUMO (Km) (ton) ------- MOBIL E DESMOBIL EQUIP M.T. - DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES Rodovia: BR 235/BA Trecho: DIV SElBA - DIV BAlPI Subtrecho: Ente BR-324/BA (Nova Remanso) - DIV. BAlPI Segmento:

Leia mais

SUPLEMENTO Nº 02 TOTAL ITEM: 1 2.537.161,14

SUPLEMENTO Nº 02 TOTAL ITEM: 1 2.537.161,14 CO.GCM.A.00003.2014 1/59 SUPLEMENTO Nº 02 1. O presente suplemento tem como finalidade alterar o valor do orçamento de FURNAS citado no item 10, subitem 10.1 da pág. 21/154 e também alterar as Planilhas

Leia mais

MÃO DE OBRA Quant Salário Custo Horário T501 - Enncarregado de turma 1 21,35 21,35 T701 - Servente 3 7,64 22,93 Total 44,28

MÃO DE OBRA Quant Salário Custo Horário T501 - Enncarregado de turma 1 21,35 21,35 T701 - Servente 3 7,64 22,93 Total 44,28 Item 1.1 Serviço: Recomposição Mecanizada de Aterro e Erosões na Faixa de Domínio Unid: m³ Caminhção basculante rodoferroviário 10 m³ 1 1 0 268,02 13,91 268,02 Caminhção tanque rodoferroviário 6.000 l

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO E ORÇAMENTO - P.A.T.O.

PLANO ANUAL DE TRABALHO E ORÇAMENTO - P.A.T.O. MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES - DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO DNIT NOS ESTADOS DO AMAZONAS E RORAIMA - SRD/AM/RR RODOVIA: BR-230/AM TRECHO: DIV.

Leia mais

R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S

R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DNIT SUPERINTENDENCIA REGIONAL NO ESTADO DE

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE PAVIMENTAÇÃO

PROJETO BÁSICO DE PAVIMENTAÇÃO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO AGÊNCIA ESTADUAL DE EXECUÇÃO DOS PROJETOS DA COPA DO MUNDO DO PANTANAL FIFA 2014 PROJETO BÁSICO DE PAVIMENTAÇÃO OBRA: TRECHO: LOCAL: EXTENSÃO: ADEQUAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO

Leia mais

República Federativa do Brasil Ministério dos Transportes Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes

República Federativa do Brasil Ministério dos Transportes Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes República Federativa do Brasil Ministério dos Transportes Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes Programa Integrado de Revitalização PIR-IV SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO DNIT NO ESTADO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO RIO GRANDE DO SUL SEA - PR/RS CONCORRÊNCIA 01/2009

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO RIO GRANDE DO SUL SEA - PR/RS CONCORRÊNCIA 01/2009 ANEXO I-D ORÇAMENTO ESTIMATIVO ANALÍTICO PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM PELOTAS/RS ORÇAMENTO - PLANILHA ANALÍTICA BDI = 19,57% e LS = 176,82% DATA: JULHO/2009 CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEF. PREÇO(R$) TOTAL

Leia mais

VOLUME 4 - ORÇAMENTO E PLANO DE EXECUÇÃO DA OBRA

VOLUME 4 - ORÇAMENTO E PLANO DE EXECUÇÃO DA OBRA 37 38 39 ENBRAGEO (Taboão da Serra/SP) 40 41 42 43 44 45 FUNDESP (Jandira/SP) 46 47 48 49 50 51 GEOSONDA (Cotia/SP) 52 53 54 55 56 GLOBOGEO (São Paulo/SP) 57 58 59 60 SOLOTRAT (São Paulo/SP) 61 62 63 64

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VERA CRUZ - RS

PREFEITURA MUNICIPAL DE VERA CRUZ - RS PREFEITURA MUNICIPAL DE VERA CRUZ - RS Vera Cruz,RS, 04 de Junho de 2014 ORÇAMENTO PARA PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA LOCAL: CIPRIANO - VERA CRUZ - RS ÁREA TOTAL: 4.320,00 m² TABELA SINAPI- DATA BASE - MAR/2014-24,06%

Leia mais

PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA ADEQUAÇÃO E DUPLICAÇÃO DE RODOVIA NA TRAVESSIA URBANA DE MIRANORTE - TO

PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA ADEQUAÇÃO E DUPLICAÇÃO DE RODOVIA NA TRAVESSIA URBANA DE MIRANORTE - TO R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTE - DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO

Leia mais

Informador das construções

Informador das construções 02 01 TERRAPLENAGEM Informador das Contruções 02 01 01 DESMATAMENTO, DESTOC. E LIMP DE ÁRVORES, ARB. E VEGET. RASTEIRA (Execução na espessura de até 30 cm, incluindo remanejamento de material p/ fora da

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO Serviço: Montagem de usina de asfalto 90-120t/h sem administração (escritório e laboratório) Código: 1 N 01 210 04 Unid: und Utilização Custo Operacional Custo Código A-EQUIPAMENTO

Leia mais

CÁLCULO DAS COMPOSIÇÕES DE PREÇOS (MEMÓRIA DE CÁLCULO)

CÁLCULO DAS COMPOSIÇÕES DE PREÇOS (MEMÓRIA DE CÁLCULO) SERVIÇO: MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA ( Conservação/Recuperação) RODOVIA: BR - 135/PI TRECHO: Div. MA/PI - Div. PI/BA SUB-TRECHO: ENTR BR-324(B)/PI-141/250(B)(ELISEU MARTINS) - ENTR PI-257 (REDENÇÃO) SEGMENTO:

Leia mais

INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS E ACAMPAMENTOS

INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS E ACAMPAMENTOS EXTENSÃO: 191,4 Km LOTE: 02 1 - CUSTO DE INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS E ALOJAMENTOS 1.1 - CANTEIRO DE OBRAS 1.1.1 - Edificações Área Fator de Area Custo / m2 Custo Total Equivalente ( m2 ) 5 S 01 000

Leia mais

PLANILHA DE PREÇO PARA PERFURAÇÃO DE POÇO TUBULAR

PLANILHA DE PREÇO PARA PERFURAÇÃO DE POÇO TUBULAR QUADRO II- ESPECIFICAÇÕES DA OBRA Ministério da Integração Nacional Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba PLANILHA DE PREÇO PARA PERFURAÇÃO DE POÇO TUBULAR ITEM MÃO DE OBRA/

Leia mais

PROJETO EXECUTIVO, PARA RECUPERAÇÃO, REFORÇO E REABILITAÇÃO (Alargamento) DE 11 PONTES NA RODOVIA BR-222/PA

PROJETO EXECUTIVO, PARA RECUPERAÇÃO, REFORÇO E REABILITAÇÃO (Alargamento) DE 11 PONTES NA RODOVIA BR-222/PA MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DO PARÁ/AMAPÁ PROJETO EXECUTIVO, PARA RECUPERAÇÃO, REFORÇO E REABILITAÇÃO (Alargamento)

Leia mais

Insumo/Aux. Descrição Unidade Coeficiente Preço Unitário Preço Total

Insumo/Aux. Descrição Unidade Coeficiente Preço Unitário Preço Total COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE PREÇO UNITÁRIO Cliente: Edificações Obra: CENTRO DE TREINAMENTO OFICIAL DO PARI Local: VÁRZEA GRANDE - MT 1 Estaca raiz diâmetro de 200mm M 1 0102015 Ferreiro (sgsp) H 0,847272

Leia mais

DNIT MANUAL DE CUSTOS RODOVIÁRIOS VOLUME 6 COMPOSIÇÕES DE CUSTOS UNITÁRIOS DE REFERÊNCIA OBRAS DE SINALIZAÇÃO RODOVIÁRIA

DNIT MANUAL DE CUSTOS RODOVIÁRIOS VOLUME 6 COMPOSIÇÕES DE CUSTOS UNITÁRIOS DE REFERÊNCIA OBRAS DE SINALIZAÇÃO RODOVIÁRIA DNIT MANUAL DE CUSTOS RODOVIÁRIOS VOLUME 6 COMPOSIÇÕES DE CUSTOS UNITÁRIOS DE REFERÊNCIA OBRAS DE SINALIZAÇÃO RODOVIÁRIA 2003 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES

Leia mais

PAVIMENTAÇÃO DE RODOVIA DUPLICAÇÃO 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES

PAVIMENTAÇÃO DE RODOVIA DUPLICAÇÃO 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES I PAVIMENTAÇÃO DE RODOVIA DUPLICAÇÃO 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 INSTALAÇÃO DE CANTEIRO E ACOMPANHAMENTO VB 1,000 cento e vinte e seis mil, quatrocentos e noventa e sete 126.497,18 reais e dezoito 126.497,18

Leia mais

TABELA DE PREÇOS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS RELATÓRIO ANALÍTICO DE COMPOSIÇÕES UNITÁRIAS (CONSTRUÇÃO CIVIL) - ADAPTADO AO SINAPI CONSTRUÇÃO CIVIL

TABELA DE PREÇOS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS RELATÓRIO ANALÍTICO DE COMPOSIÇÕES UNITÁRIAS (CONSTRUÇÃO CIVIL) - ADAPTADO AO SINAPI CONSTRUÇÃO CIVIL TABELA DE PREÇOS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS CONSTRUÇÃO CIVIL CONSTRUÇÃO CIVIL - COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS.xls CONSTRUÇÃO CIVIL - COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS.xls COMPOSIÇÃO 3 BARRACÃO, SANITÁRIO, ALMOX. E DEPOSITO

Leia mais

LAY-OUT DO CANTEIRO DE OBRAS

LAY-OUT DO CANTEIRO DE OBRAS 25 m LAY-OUT DO CANTEIRO DE OBRAS 1 2 3 5 4 25 m 15 m DISCRIMINAÇÃO INSTALAÇÕES CUSTO (R$) QTD. COMPR. LARG. AREA(m²) R$/m² TOTAL 1 ADMINISTRAÇÃO / ENG OBRA / FISCALIZAÇÃO 10,00 4,00 40,00 1,00 280,12

Leia mais

Custo Horário dos Equipamentos --------> 427,86 B Mão de Obra Quantidade T501 Encarregado de turma 0,50 23,3400. 11,67 T701 Servente 2,00 9,9300

Custo Horário dos Equipamentos --------> 427,86 B Mão de Obra Quantidade T501 Encarregado de turma 0,50 23,3400. 11,67 T701 Servente 2,00 9,9300 DERTERRA001 Desm. dest. limpeza áreas c/arv. diam. até 0,15 m Prod. Equipe: 1.444,00 m² E003 Trator de Esteira com Lâmina (259KW) 1,00 1,00 427,86 20,28 427,86 dos Equipamentos --------> 427,86 T501 Encarregado

Leia mais

SICRO2. DNIT - Sistema de Custos Rodoviários. Atividades Auxiliares Resumo dos Custos Unitários de Referência: Março de 2010. Pernambuco RCTR0330

SICRO2. DNIT - Sistema de Custos Rodoviários. Atividades Auxiliares Resumo dos Custos Unitários de Referência: Março de 2010. Pernambuco RCTR0330 Atividades Auxiliares 1 A 00 001 05 - Transp. local c/ basc. 10m3 rodov. não pav (const) tkm 0,57 0,00 0,57 1 A 00 001 06 - Transp. local c/ basc. 10m3 rodov. não pav (consv) tkm 0,70 0,00 0,70 1 A 00

Leia mais

LEVANTAMENTO VISUAL CONTÍNUO DA CONDIÇÃO DE SUPERFÍCIE

LEVANTAMENTO VISUAL CONTÍNUO DA CONDIÇÃO DE SUPERFÍCIE LEVANTAMENTO VISUAL CONTÍNUO DA CONDIÇÃO DE SUPERFÍCIE RODOVIA: BR-040 - Lote 2 CÓDIGO AVALIADOR: Edson INÍCIO: 683,895 TRECHO SENTIDO: RJ - BH MÊS: nov-11 FIM: 632,200 ACOSTAMENTO PISTA FAIXA Observações:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARISECRETARIA DA INFRAESTRUTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARISECRETARIA DA INFRAESTRUTURA ITEM REFER. ESPECIFICAÇÕES UN QUANT P. UNIT. MELHORAMENTO, RECONSTRUÇÃO E REFORMA DO SISTEMA VIÁRIO NO DISTRITO DE ABRANTES. 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.0.1 ORSE 0004 1.0.2 1.1.4.27 1.0.3 SINAPI 12488

Leia mais

"VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil" SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO

VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO VALEC "VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil" SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO QUADRO DE SERVIÇOS A PREÇOS UNITÁRIOS SUCON Anexo: Nº VALEC FL : REV: 0 DATA : Mar/2010 TO DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA PLANILHA COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS OBRA : REDE DE TELEFONIA 1YSM ORÇAMENTO : REDE DE TELEFONIA 1YSM LOCAL : CAMPUS SANTA

Leia mais

Composições de Serviços da Obra

Composições de Serviços da Obra Composições de Serviços da Obra Obra 1354 - Galpão de Concreto Pre-moldado 20x100m PD=5m - Parque de Exposição BDI não aplicado Encargos sociais 1,659 Etapa 002 - SERVIÇOS TÉCNICOS Subetapa 002.005 - PROJETOS

Leia mais

EMOP - Outubro/2013. m x m = m² 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75 m²

EMOP - Outubro/2013. m x m = m² 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75 m² 01 01 1.1 01.018.0001-0 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE TRÊS RIOS Centro - /RJ Marcação de obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75

Leia mais

PROJETO DE RESTAURAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS PASSARELAS METÁLICAS NA BR-101/RN:

PROJETO DE RESTAURAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS PASSARELAS METÁLICAS NA BR-101/RN: PROJETO DE RESTAURAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS PASSARELAS METÁLICAS NA BR-101/RN: PASSARELA METÁLICA VERDE - EMAÚS (Km 100,92) PASSARELA METÁLICA AMARELA PARQUE DE EXPOSIÇÃO (Km 105,6) PASSARELA METÁLICA AZUL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa (BÔNUS E DESPESAS INDIRETAS) Itens de valor percentual

Leia mais

ANEXO A - LOTE I RELATÓRIO DE ORÇAMENTO - QUADRA ESPORTIVA COBERTA NO MUNICÍPIO DE BARRO ITEM COMP DESCRIÇÃO UNID. QUANT. VALOR UNIT.

ANEXO A - LOTE I RELATÓRIO DE ORÇAMENTO - QUADRA ESPORTIVA COBERTA NO MUNICÍPIO DE BARRO ITEM COMP DESCRIÇÃO UNID. QUANT. VALOR UNIT. ANEXO A - LOTE I RELATÓRIO DE ORÇAMENTO - QUADRA ESPORTIVA COBERTA NO MUNICÍPIO DE BARRO GRUPO 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DA OBRA 20.149,62 GRUPO 2 LOCAÇÃO DA OBRA 4.969,44 GRUPO 3 MOVIMENTO DE TERRA 47.909,63

Leia mais

VALOR (R$) - c/ BDI 12.675.927,42 74,64% 15.818.304,02 74,67% 4.307.581,46 25,36% 5.366.018,71 25,33% 16.983.508,88 21.184.322,73

VALOR (R$) - c/ BDI 12.675.927,42 74,64% 15.818.304,02 74,67% 4.307.581,46 25,36% 5.366.018,71 25,33% 16.983.508,88 21.184.322,73 LOCAL OBRA : RIO VERDE : CANALIZAÇÃO E PISTAS MARGINAIS - CÓRREGO SAPO R E S U M O D O O R Ç A M E N T O SERVIÇO VALOR (R$) - s/ % VALOR (R$) - c/ % 1.0 - CANAL 1.1 - TERRAPLENAGEM... 5.269.441,44 31,03%

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA BDI (CONSTRUÇÃO CIVIL/SERVIÇOS) : 24,18% A PARTE CIVIL 3.864.407,57 4.388.368,63 GRUPO UC CANTEIRO DE OBRAS 5.465,16 5.728,96 1,00 CANTEIRO DE OBRAS 5.465,16 5.728,96 CANTEIRO DE OBRAS E OUTROS 5.465,16

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO Código: 2 S 02 501 51 Serviço: Tratamento superficial duplo c/ emulsão BC Unidade: m² Produção de Equipe: 343,0 Discriminação Qtde. Produtiva Improdutiva Produtivo ImImprodutivo Horário E007 - Trator Agrícola

Leia mais

PISO EM CONCRETO ARMADO COM TELA E JUNTAS DE DILATAÇÃO (ESP=10CM) - FCK=>20MPa

PISO EM CONCRETO ARMADO COM TELA E JUNTAS DE DILATAÇÃO (ESP=10CM) - FCK=>20MPa CPU 01 SINAPI 88245 ARMADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,02 15,05 0,30 SINAPI 88309 PEDREIRO COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,26 15,05 3,91 SINAPI 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 1,94 11,25

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL (EF-151)

ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL (EF-151) ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E FERROVIAS S.A. ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL (EF-151) TRECHO: ITUMBIARA GO / GOIÂNIA GO / BRASÍLIA DF Segmento 2: Goiânia/GO Anápolis/GO Brasília/DF VOLUME

Leia mais

CURVA ABC OBJETO: SUBSTITUIÇÃO DAS CORTINAS DO FLOCULADOR DA ESTAÇAO DE TRATAMENTO DE AGUA

CURVA ABC OBJETO: SUBSTITUIÇÃO DAS CORTINAS DO FLOCULADOR DA ESTAÇAO DE TRATAMENTO DE AGUA CURVA ABC ITEM DISCRIMINAÇÃO UN. PREÇO (R$) % % ACUM. CLASSE 5.2 Chapas de madeira ud 30.950,88 24,16% 24,16% 5.1 Calhas para fixação das chincanas ud 30.546,96 23,85% 48,01% A 3.4,4.1 Impermeabilização

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS - TE DEPARTAMENTO DE VALORAÇAO PARA EMPREENDIMENTOS - TEV

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS - TE DEPARTAMENTO DE VALORAÇAO PARA EMPREENDIMENTOS - TEV COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO SABESP BANCO DE PREÇOS DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA BRO/2011 SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS - TE DEPARTAMENTO DE VALORAÇAO PARA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI 1/7 MANUTENÇÃO DE REDE DE DRENAGEM 1. INFRA-ESTRUTURA 1.1 ESCAVAÇÃO MANUAL EM ÁREA URBANA 1.1.1 Escavação manual de vala ou cava em material de 1ª categoria, profundidade até 1,50m m 3 3.920,00 1.1.2 3,00m

Leia mais

Listagem Discriminada

Listagem Discriminada Página 1 de 9 1. REDE - CACIMBA - CENTRO DE MULTIUSO - CAPIVARA II 1. 1. ABERTURA E REATERRO DE VALAS 10 ESCAVACAO MECANICA DE VALAS 1.080,00 M S00006044 RETROESCAVADEIRA C/ CARREG. SOBRE PNEU 75HP C/CONVERS.

Leia mais

1.3 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DA OBRA (3,0 x 1,5 m) 74209/001 M² 4,50 232,82 291,03 1.309,64 2 PAVIMENTAÇÃO 952.

1.3 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DA OBRA (3,0 x 1,5 m) 74209/001 M² 4,50 232,82 291,03 1.309,64 2 PAVIMENTAÇÃO 952. PLANILHA DE CUSTO - PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA OBRA: PAVIMENTAÇÃO DE VIAS URBANAS abr/14 LOCAL: DIVERSAS VIAS DO MUNICIPIO DE VAZEA DA PALMA - MG DATA BASE SINAPI: MARÇO/2014 BDI: PRAZO DE EXECUÇÃO: 180 dias

Leia mais

PLANILHA RESUMO DO ORÇAMENTO

PLANILHA RESUMO DO ORÇAMENTO PLANILHA RESUMO DO ORÇAMENTO LOCAL: Av. Presidente Affonso Camargo, 330 - Jardim Botânico FINALIDADE: Viário - Estação Rodoviária de Curitiba - META 1 Item Discriminação Custo Total Incidência (R$) % 1.

Leia mais

Custo Total ENCARREGADO GERAL DE OBRAS H 1 17,46 17,46 Total 17,46

Custo Total ENCARREGADO GERAL DE OBRAS H 1 17,46 17,46 Total 17,46 COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS OBRA: CERCAMENTO FAZENDA CAPIM BRANCO LS= 90,64% BDI= 25,36% ORÇAMENTO: CERCAMENTO FAZENDA CAPIM BRANCO MÊS DE REFERÊNCIA SINAPI: JULHO/2015 LOCAL: UBERLÂNDIA - MG DATA: 08/09/2015

Leia mais

1. ÍNDICE. Projeto Executivo da Ligação Viária entre a rua Bahia e a BR-470/SC Ponte do Badenfurt Volume 4: Orçamento 3

1. ÍNDICE. Projeto Executivo da Ligação Viária entre a rua Bahia e a BR-470/SC Ponte do Badenfurt Volume 4: Orçamento 3 1. ÍNDICE Projeto Executivo da Ligação Viária entre a rua Bahia e a BR-470/SC Ponte do Badenfurt Volume 4: Orçamento 3 1 ÍNDICE 1 ÍNDICE... 03 2 APRESENTAÇÃO... 05 3 MAPA DE SITUAÇÃO... 07 4 RESUMO DO

Leia mais

CONSTRUÇÃO - BLOCO DE PESQUISADORES - PAVIMENTO TÉRREO

CONSTRUÇÃO - BLOCO DE PESQUISADORES - PAVIMENTO TÉRREO ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA DE ORÇAMENTO UNIDADE: Embrapa Algodão Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura-CEN/DRM OBRA: AMPLIAÇÃO DOS

Leia mais

PROJETO DE RESTAURAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS PASSARELAS METÁLICAS NA BR-101/RN:

PROJETO DE RESTAURAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS PASSARELAS METÁLICAS NA BR-101/RN: PROJETO DE RESTAURAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS PASSARELAS METÁLICAS NA BR-101/RN: PASSARELA METÁLICA VERDE - EMAÚS (Km 100,92) PASSARELA METÁLICA AMARELA PARQUE DE EXPOSIÇÃO (Km 105,6) PASSARELA METÁLICA AZUL

Leia mais

ANEXO V - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 01 - REDES E RAMAIS Item CATEGORIA Descrição Unidade 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO

ANEXO V - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 01 - REDES E RAMAIS Item CATEGORIA Descrição Unidade 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO 1.1 01.018.0001-0 Marcação de obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 02 03 2.1 03.010.0022-0 2.2 03.016.0005-1

Leia mais

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN 25% 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 12.734,82 1.1 COTAÇÃO MOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E PESSOAL. M² 200,00 2,57 3,21 642,50 1.2 74220/001 TAPUME DE CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA, E= 6MM, COM PINTURA

Leia mais

PREÇO (R$) DNER (km) UNITÁRIO TOTAL 0.0 SERVIÇOS PRELIMINARES

PREÇO (R$) DNER (km) UNITÁRIO TOTAL 0.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 0.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 0.1 Despesas com Instalação e Manutenção de Canteiros e Acampamento 1 5.690.795,64 5.690.795,64 0.2 Despesas com Mobilização e Desmobilização 1 2.522.919,40 2.522.919,40 SUBTOTAL

Leia mais

01 - SERVIÇOS INICIAIS

01 - SERVIÇOS INICIAIS 01 - SERVIÇOS INICIAIS Levantamento Topográfico Levantamento planialtimétrico e cadastral de área urbana, para representação gráfica em escala entre 1:100 e 1:250 com curva de nível de 1m de equidistância

Leia mais

Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras

Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras André Luís Gamino Professor Área de Construção Civil Canteiro

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 5.000,00 5.000,00 90,09 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 9,91 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE LAVAGEM DE FILTROS E LODO DE ETA DO MUNICÍPIO DE ITAPIRA-SP PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE LAVAGEM DE FILTROS E LODO DE ETA DO MUNICÍPIO DE ITAPIRA-SP PLANILHA ORÇAMENTÁRIA ITEM INSTITUIÇÃO VALOR VALOR UN. VALOR DESCRIÇÃO UNID QUANT CÓDIGO (UNITÁRIO) BDI 25% TOTAL Sistema de Recuperação de Águas de Lavagem dos Filtros e Sedimentabilidade dos Sólidos - ALVENARIA 1 SERVIÇOS

Leia mais

Código Descrição Unidade Quantidade Preço Preço Total 8000508010001 Barracão de obra em chapa compensada

Código Descrição Unidade Quantidade Preço Preço Total 8000508010001 Barracão de obra em chapa compensada 8000508010001 Barracão de obra em chapa compensada resinada 10 mm com cobertura de fibrocimento, espessura 4 mm m2 173,75 0127000019001 Carpinteiro h 2,500000 12,00 30,00 0127000022001 Eletricista h 0,160000

Leia mais

COMPOSIÇÕES DO BANCO DE PREÇOS DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DA CAERN - TABELA NOVEMBRO 2014 DESONERADA SÉRIE 2000000

COMPOSIÇÕES DO BANCO DE PREÇOS DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DA CAERN - TABELA NOVEMBRO 2014 DESONERADA SÉRIE 2000000 REBAIXAMENTO DE LENÇOL FREÁTICO COM PONTEIRAS, SISTEMA À VÁCUO 2010006 00002705 ENERGIA ELETRICA ATE 2000 KWH INDUSTRIAL, SEM DEMANDA KW/H 1,02800 0,35 0,36 83999 CAMINHÃO TOCO, CARROCERIA FIXA ABERTA

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO IMPLANTAÇÃO DA SAÍDA RÁPIDA NA PISTA 27L/09R - Aeroporto de Guarulhos - São Paulo 1.1 SERVIÇO: COMPOSIÇÃO DE PREÇO MOBILIZAÇÃO DE PESSOAL, MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS OPER IMPROD CJ (A) DE EQUIPAMENTOS - MÃO-DE-OBRA

Leia mais

ORÇAMENTO BÁSICO CONCORRÊNCIA N.O. 0-001-13 COMPANHIA POTIGUAR DE GÁS - POTIGÁS

ORÇAMENTO BÁSICO CONCORRÊNCIA N.O. 0-001-13 COMPANHIA POTIGUAR DE GÁS - POTIGÁS ORÇAMENTO BÁSICO CONCORRÊNCIA N.O. 0-001-13 COMPANHIA POTIGUAR DE GÁS - POTIGÁS Item Descrição dos Serviços Unid. Quant. Valor Unitário Máximo aceitável pela Potigás 1.0 Mobilização vb 1 Conforme proposta

Leia mais

MOBILIZAÇÃO, IMPLANTAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS (UNIDADES FÍSICAS) Unid 1,00 5.900,00 5.900,00

MOBILIZAÇÃO, IMPLANTAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE CANTEIRO DE OBRAS (UNIDADES FÍSICAS) Unid 1,00 5.900,00 5.900,00 UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI OBRA: CONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - ETE CAMPUS PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK - DIAMANTINA - MG ORÇAMENTO BÁSICO ITEM DESCRIÇÃO

Leia mais

Relatório Comparativo do Contratado x Executado

Relatório Comparativo do Contratado x Executado Obra : 01 - Contratação de pessoa jurídica para execução das obras civis Dimensão : 0,000 UN Bem Público: : ARENA DA AMAZÔNIA Município : Manaus - 100,00% Grupo de Serviço : 200 - SERVIÇOS INICIAIS BÁSICOS

Leia mais

PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA

PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA MUNICÍPIO: INDAIAL PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA PROJETO: PAVIMENTAÇÃO INTERTRAVADA COM BLOCO DE CONCRETO LOCALIZAÇÃO: TRECHO: RUA MINAS GERAIS (EST. 0+00 PP) AO PARQUE MUNICIPAL

Leia mais

DERPE - Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco Emitido em : 23/07/ :26:57 Orçamento Sintético Página: 1 de 5

DERPE - Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco Emitido em : 23/07/ :26:57 Orçamento Sintético Página: 1 de 5 - Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco Emitido em : 23/07/2008-10:26:57 Orçamento Sintético Página: 1 de 5 Setor : 40 - Divisão de Custos BDI : 30,00% Extensão : 220,000 m Data Base : Jan/09

Leia mais

R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S

R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DNIT SUPERINTENDENCIA REGIONAL NO ESTADO DE

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES - DNIT Superintendência Regional no Estado de Minas Gerais PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO Responsável Técnico: CREA/RNP 121120804-4 Unidade Total da Preço da Direto (%) 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 16.364,43 74209/001 1.1 Placa de obra em chapa de aço galvanizado m2 12,50 R$ 389,02 24,11% R$

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ROQUE GONZALES

PREFEITURA MUNICIPAL DE ROQUE GONZALES PREFEITURA MUNICIPAL DE ROQUE GONZALES ORÇAMENTO DISCRIMINADO OBRA: QUIOSQUE COLETIVO - BALNEÁRIO MUNICIPAL - PRAINHA Data Base SINAPI: JUNHO/2014 LOCAL: MARGEM DO LAGO DA UHPJ - ROQUE GONZALES/RS Encargos

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS

MEMORIAL DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS PREFEITURA MUNICIPAL DE ASCURRA ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 83.102.772/0001-61 MEMORIAL DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS OBRA: Pavimentação de Rua e Calçada PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Ascurra

Leia mais

SICRO2. DNIT - Sistema de Custos Rodoviários. Preço Unitário dos Equipamentos RPEP0040. (Valores em R$) Pesquisa: 20/01/2010.

SICRO2. DNIT - Sistema de Custos Rodoviários. Preço Unitário dos Equipamentos RPEP0040. (Valores em R$) Pesquisa: 20/01/2010. A001 Componente para equipamento : Caterpillar : D8T - trator de esteiras A002 Componente para equipamento : Caterpillar : R-8 - escarificador A003 A004 Componente para veículos : Mercedes Benz : ATEGO

Leia mais

COMPOSIÇÕES DO BANCO DE PREÇOS DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DA CAERN - TABELA MAIO 2014 DESONERADA SÉRIE 2000000

COMPOSIÇÕES DO BANCO DE PREÇOS DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DA CAERN - TABELA MAIO 2014 DESONERADA SÉRIE 2000000 REBAIXAMENTO DE LENÇOL FREÁTICO COM PONTEIRAS, SISTEMA À VÁCUO 2010006 00002705 ENERGIA ELETRICA ATE 2000 KWH INDUSTRIAL, SEM DEMANDA KW/H 1,02800 0,35 0,36 83999 CAMINHÃO TOCO, CARROCERIA FIXA ABERTA

Leia mais

CURVA ABC POR SERVIÇO

CURVA ABC POR SERVIÇO 7.1.1.1 **.**.*** Estacas tipo hélice contínua D=600 mm m 12.872,40 7.1.1.7 2 S 03 580 02 Fornecimento, preparo e colocação formas aço CA 50 kg 453.841,84 7.1.2.7 2 S 03 990 08 Confecção e colocação cabo

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1 1.1 ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID QUANT P.UNIT.S/ BDI P.UNIT.C/ BDI ITEM S/ BDI ITEM C/BDI 1.1.1 Limpeza do terreno m2 24,99 1,84 2,37 45,98 59,23 1.1.2 Locação da obra m2 24,99 4,56 5,87 113,95 146,69 1.2

Leia mais

Relatório de Composições

Relatório de Composições 01 CANTEIRO DE OBRAS 0101 CONSTRUÇÃO DO CANTEIRO Relatório de Composições 010101. ESCRITORIO m2 - COMPOSIÇÃO 010101. SERVENTE (120%) h 5,000000 M.O. 010104. PROFISSIONAL (120%) h 2,500000 M.O. 081901.

Leia mais

ANEXO VI MODELO DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA

ANEXO VI MODELO DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA ANEXO VI MODELO DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA EDITAL Nº OBJETO: RAZÃO SOCIAL: CNPJ: INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº: TELEFONE/FAX/EMAIL O valor da proposta é de R$(), referente à execução dos serviços contratados

Leia mais

CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO

CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO Serviço: 1ª FASE DO LABORATÓRIO DE ESCOAMENTOS DE MULTIFÁSICOS INDUSTRIAIS - ESTRUTURA E COBERTURA DATA: 9 de novembro de 2010 CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO DESCRIÇÃO UNID. QUANT. PREÇO MAT. (UNIT.)(R$)

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I REFERENTE AO EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 004/2013 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 10 Serviços de Terraplanagem na Subestação de Interligação à Rede Básica Construção de novo Bay de Saída

Leia mais

OBJETO: MELHORIAS NOS FILTROS E DECANTADORES NA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DA ETA-I TAXA DE BDI: SERVIÇOS = 27,22% MATERIAIS = 15,00% EQUIPAMENTOS = 15,00%

OBJETO: MELHORIAS NOS FILTROS E DECANTADORES NA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DA ETA-I TAXA DE BDI: SERVIÇOS = 27,22% MATERIAIS = 15,00% EQUIPAMENTOS = 15,00% COMPOSIÇÃO DE CUSTO MÉDICO H.H Total Obra 1.057,48 Funcionários por Obra 7 6,01 Funcionários por Mês 3 2,33 Tempo de Obra(mês) 3,00 NE= Nº de Exames Necessários obra: N= Números de dias trabalhados mês

Leia mais

DEPARTAMENTO DE PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO DPI.E AHE SANTO ANTÔNIO CADERNO DE VALORES

DEPARTAMENTO DE PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO DPI.E AHE SANTO ANTÔNIO CADERNO DE VALORES S PARA CONSTRUÇÕES TABELA - X CÓDGO: X. ESTRADA sem pavimentação com até 4,00 metros de largura Referência: 1,00 km CONSTRUÇÕES ESPECAS Nivelamento e conformação de plataforma de rolagem Plan-2 4.000,0000

Leia mais

ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO RAMPA NAÚTICA DE ARAGARÇAS-GO O presente memorial descritivo tem por objetivo fixar normas específicas para CONSTRUÇÃO DE UMA RAMPA NAÚTICA - RIO ARAGUAIA, em área de 3.851,89

Leia mais

Planilha Múltipla 2 v00 1

Planilha Múltipla 2 v00 1 Proponente / Tomador Pref. Mun. De Fontoura Xavier Município/UF Fontoura Xavier Nº do CT Empreendimento / Apelido Gestor / Programa / Modalidade / Ação 1029.194-87 Pavimentação em ruas e avenidas MCID

Leia mais

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00 MEMORIAL DE CÁLCULO OBRA: AMPLIAÇÃO DA UNIDADE DE ATENDIMENTO NO DISTRITO DE RIO BRANCO LOCAL: ZONA RURAL, DISTRITO DE RIO BRANCO ÁREA: 77,05M² ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. 1.00 SERVIÇOS

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 7.992,27 1.1 74209/001 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO m2 3,91 289,92 1.133,59 1.2 73899/002 DEMOLICAO DE ALVENARIA DE TIJOLOS FURADOS S/REAPROVEITAMENTO

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO COMPOSIÇÃO DE PREÇO CÓDIGO: 02.110.00 SERVIÇO: REGULARIZAÇÃO DO SUBLEITO : m² E.0.06 E.0.07 E.0.13 E.1.01 E.1.05 E.4.07 MOTONIVELADORA CAT 120 H TRATOR AGRÍCOLA M.FERGUSON MF292 ROLO COMPACT. PC AP CA25PC

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GAUCHA DO NORTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE GAUCHA DO NORTE OBRA: PROPR.: RECURSO: EXT. (m): PREFEITURA MUNICIPAL DE GAUCHA DO NORTE CR 1.004.553-26/2013/MAPA 77,13 BDI: 24,23% MEMORIA DE CALCULO ITEM DESCRIÇÃO DO ITEM UNID QUANT TOTAL 1 SERVIÇOS PRELIMINARES GERAL

Leia mais

Id Nome da tarefa Duração %

Id Nome da tarefa Duração % 1 PONTE SOBRE O RIO TOCANTINS - Projeto de Reforço Estrutural 1667 dias 6% Qui 01/12/11 2 PRODUTOS FEL 3 797 dias 51% Qui 01/12/11 3 Escopo do projeto 390 dias 100% Qui 01/12/11 4 FCE 5 dias 100% Qui 01/12/11

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO PÁTIO DE ARMAZENAMENTO DE COQUE REFINARIA ABREU E LIMA S.A. Área de Expedição e Manuseio de Coque RNEST Área-68

CONSTRUÇÃO DO PÁTIO DE ARMAZENAMENTO DE COQUE REFINARIA ABREU E LIMA S.A. Área de Expedição e Manuseio de Coque RNEST Área-68 CONSTRUÇÃO DO PÁTIO DE ARMAZENAMENTO DE COQUE REFINARIA ABREU E LIMA S.A Área de Expedição e Manuseio de Coque RNEST Área-68 1. INFORMAÇÕES GERAIS 21/07/2011 2 CARACTERÍSTICAS Escopo: Execução, sob o regime

Leia mais

SISTEMA SIMPLIFICADO DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - POÇO TUBULAR PROFUNDO 74.000,00

SISTEMA SIMPLIFICADO DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - POÇO TUBULAR PROFUNDO 74.000,00 SERVIÇOS PRELIMINARES 13.263,60 INSTALAÇÕES PRELIMINARES/CANTEIRO DE OBRAS AUTORIZAÇÃO PARA PERFURAÇÃO JUNTO A SUPRAM UN 930,00 0% 930,00 1,00 930,00 PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DE OBRA P-GOVERNO DO ESTADO,FORNECIMENTO

Leia mais

INDICE DAS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS AUXILIARES DE CUSTOS UNITÁRIOS - CIVIL

INDICE DAS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS AUXILIARES DE CUSTOS UNITÁRIOS - CIVIL ORÇAMENTO Nº: FOLHA: 1/186 PL.06/000.91/01210/01 C OBRA/SERVIÇO: REFORMA E AMPLIAÇÃO DAS SALAS DE EMBARQUE E DESEMBARQUE INDICE DAS COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS AUXILIARES DE S UNITÁRIOS CIVIL DATA BASE: nov11

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo Locatelli Ltda PAC/BNDES BACIA D-E Parque Universitário BACIA I Coletor Vila Goulart 300 mm Instalações

Leia mais