ATOS ADMINISTRATIVOS EM ESPÉCIE - MARIA SYLVIA ZANELLA DI PIETRO. No direito brasileiro, a autorização administrativa tem várias acepções:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATOS ADMINISTRATIVOS EM ESPÉCIE - MARIA SYLVIA ZANELLA DI PIETRO. No direito brasileiro, a autorização administrativa tem várias acepções:"

Transcrição

1 ATOS ADMINISTRATIVOS EM ESPÉCIE - MARIA SYLVIA ZANELLA DI PIETRO A. QUANTO AO CONTEÚDO 1. Autorização No direito brasileiro, a autorização administrativa tem várias acepções: a. Num primeiro sentido, designa o ato unilateral e discricionário pelo qual a Administração faculta ao particular o desempenho de atividade material ou prática de ato que, sem esse consentimento, seriam legalmente proibidos. Exemplo dessa hipótese está no art. 22, VI da CF, quando atribui a União competência para autorizar e fiscalizar a produção de material bélico e a autorização para porte de arma. b. Na segunda acepção, a autorização é o ato unilateral e discricionário pelo qual a Administração faculta ao particular o uso privativo de bem público, a título precário. Trata-se da autorização de uso de bem público. c. Na terceira acepção, autorização é o ato unilateral e discricionário pelo qual o Poder Público delega ao particular a exploração de serviço público, a título precário. Trata-se da autorização de serviço público. Pode-se, portanto definir autorização administrativa, em sentido amplo, como ato administrativo, unilateral, discricionário e precário pelo qual a Administração faculta ao particular o uso privativo de bem público (autorização de uso), ou a prestação de serviço público (autorização de serviço público), ou o desempenho de atividade material ou prática de ato que, sem esse consentimento, seriam legalmente proibidos (autorização como poder de polícia). 2. Licença PROFESSOR BARNEY BICHARA 1

2 É o ato administrativo unilateral e vinculado pelo qual a Administração faculta àquele que preencha os requisitos legais o exercício de uma atividade. Exemplo: licença para construir ou dirigir veículos. Autorização Licença É ato discricionário, envolve interesse do administrado. É ato vinculado, envolve direito do administrado. É ato administrativo constitutivo É ato administrativo declaratório 3. Admissão É o ato administrativo unilateral e vinculado pelo qual a Administração reconhece ao particular, que preencha os requisitos legais, o direito à prestação de um serviço público. Exemplo: Admissão em uma escola pública. 4. Permissão Em sentido amplo, é o ato administrativo, unilateral, discricionário e precário, gratuito ou oneroso, pelo qual a Administração faculta ao particular o uso privativo de bem público (permissão de uso), ou a prestação de serviço público (permissão de serviço público). Cumpre esclarecer que o art. 40 da Lei 8.987/95 define a permissão de serviço público como contrato administrativo e não como ato. 5. Aprovação É o ato unilateral e discricionário pelo se exerce controle a priori ou a posteriori do ato administrativo. É ato discricionário, porque o examina sob os aspectos de oportunidade e conveniência para o interesse público, constitui condição de eficácia do ato. PROFESSOR BARNEY BICHARA 2

3 Exemplo: Aprovação prévia do Senado para a escolha de magistrados. 6. Homologação É o ato administrativo unilateral e vinculado pelo qual a Administração reconhece a legalidade de um ato jurídico. Ela se realiza sempre a posteriori e examina apenas os aspectos de legalidade do ato. Aprovação Homologação É ato discricionário. É ato vinculado. Exerce-se a priori ou a posteriori. Exerce-se somente posteriori Examina o mérito do ato administrativo sujeito a controle. Examina a legalidade do ato administrativo sujeito a controle. 7. Parecer É o ato administrativo pelo qual os órgãos consultivos da Administração emitem opinião sobre assuntos técnicos ou jurídicos de sua competência. Segundo Oswaldo Aranha Bandeira de Mello, o parecer pode ser: a. Facultativo a Administração solicita o parecer se desejar e acata seu conteúdo se julgar conveniente. b. Obrigatório a Administração é obrigada a solicitar o parecer, mas só acata seu conteúdo se julgar conveniente. c. Vinculante a Administração é obrigada a solicitar o parecer e também é obrigada a acatar sua conclusão. 8. Visto PROFESSOR BARNEY BICHARA 3

4 É o ato administrativo unilateral pelo qual a autoridade competente atesta a legitimidade formal de outro ato jurídico, não significando concordância com seu conteúdo. B. QUANTO A FORMA 1. Decreto É a forma de que se revestem os atos, individuais ou gerais, emanados do Chefe do Poder Executivo. Quando produz efeitos gerais, ele pode ser: a. Decreto regulamentar ou de execução quando expedido com base no art. 84, IV da CF, para fiel execução da lei. b. Decreto autônomo ou independente quando disciplina matéria não regulada em lei. A partir da CF/88, não há fundamento para esse tipo de decreto no direito brasileiro, salvo nas hipóteses prevista no art.84, VI da CF, com a redação dada pela EC32/ Portaria e Resolução É a forma de que se revestem os atos, individuais ou gerais, emanados de autoridades outras que não o Chefe do Poder Executivo. 3. Circular É o instrumento de que se valem as autoridades para transmitir ordens internas uniformes a seus subordinados. 4. Despacho É o ato administrativo que contém decisão das autoridades administrativas sobre assuntos de interesse individual ou coletivo submetidos à sua apreciação. PROFESSOR BARNEY BICHARA 4

5 5. Alvará É o instrumento pelo qual a Administração Pública confere licença ou autorização para a prática de ato ou exercício de atividade sujeito ao poder de policia do Estado. O alvará é o instrumento (forma) da licença ou da autorização. PROFESSOR BARNEY BICHARA 5

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Código da Disciplina: 2716 Vigência: 1 / 2004 Disciplina: DIREITO ADMINISTRATIVO I Código do Curso: 17 Curso: Direito Unidade: NÚCLEO UNIV BH Turno: NOITE Período: 6 Créditos: 4 Carga Horária TOTAL 60

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS

CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS QUANTO À NATUREZA DA ATIVIDADE ADMINISTRATIVA Nesta classificação, os atos administrativos podem ser de administração ativa, consultiva, controladora, verificadora

Leia mais

PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Paula Freire 2012

PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Paula Freire 2012 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Paula Freire 2012 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO Prerrogativas e instrumentos. Finalidade: interesse público primário. Se manifestam nos atos administrativos. São: Poder de Polícia;

Leia mais

CRONOGRAMA DAS AULAS

CRONOGRAMA DAS AULAS CRONOGRAMA DAS AULAS Curso: DIREITO Departamento: VDI Disciplina: Direito Administrativo I- VDI00033 Carga horária: 60hs Pré-requisitos: Semestre de referência: 2016 1 Dias e horários: terças e quartas,

Leia mais

AULA 03: PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Professor Thiago Gomes

AULA 03: PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Professor Thiago Gomes AULA 03: PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Professor Thiago Gomes 1. NOS CAPÍTULOS ANTERIORES... 2. CONTEXTUALIZAÇÃO Papel do Estado Administração x Administrados Boa vontade e colaboração seriam suficientes

Leia mais

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 3. Contextualização. Atividades Administrativas. Instrumentalização. Atividades Administrativas

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 3. Contextualização. Atividades Administrativas. Instrumentalização. Atividades Administrativas Organização da Aula Direito Administrativo Aula n. 3 Atividades Administrativas Professor: Silvano Alves Alcantara Inserir o vídeo: Contextualização http://www.youtube.com/watch?v= L9YBAy2Hhbc De 0:00

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO Conceito José Cretella Jr. Ramo do Direito Público Interno que regula a atividade das pessoas jurídicas públicas e a instituição de meios e órgãos relativos à ação dessas pessoas.

Leia mais

CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA Nº 07

CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA Nº 07 CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA Nº 07 DATA 10/08/15 DISCIPLINA DIREITO ADMINISTRATIVO (NOITE) PROFESSOR BARNEY BICHARA MONITORA JAMILA SALOMÃO AULA 02/08 Ementa: Na aula de hoje serão abordados os seguintes

Leia mais

Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo

Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo Sumário Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo 1.1. O Direito Administrativo 1 1.1.1. Histórico e fontes 1 1.1.2. Conceito 6 1.1.3. A função administrativa 8 1.2. Regime Jurídico-Administrativo

Leia mais

Profº: ALEXANDRE BASTOS DIREITO ADMINISTRATIVO

Profº: ALEXANDRE BASTOS DIREITO ADMINISTRATIVO PROF. ALEXANDRE BASTOS DIREITO ADMINISTRATIVO ATOS ADMINISTRATIVOS 1) FGV - 2013 - TJ-AM - Auxiliar Judiciário Assinale a alternativa que contém apenas elementos ou requisitos do ato administrativo. a)

Leia mais

Direito Administrativo II

Direito Administrativo II 1 3. Classificação dos atos administrativos Fernanda Paula Oliveira 2 Algumas espécies de atos com relevo prático atos de eficácia duradoura: os efeitos não se esgotam no momento da sua prática e criam

Leia mais

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos Direito Administrativo Lista de Exercícios Poderes Administrativos 1. Considere que a prefeitura de determinado município tenha concedido licença para reforma de estabelecimento comercial. Nessa situação

Leia mais

PARECER JURÍDICO Nº 003/2012 SSCP/GSJ

PARECER JURÍDICO Nº 003/2012 SSCP/GSJ PARECER JURÍDICO Nº 003/2012 SSCP/GSJ Processo: 80/2012 Objeto: Projeto de Lei nº 00011/2012 Autor: Vereador Aguilar Ribeiro da Silva EMENTA: ENCAMINHA PROJETO DE LEI DENOMINA LOGRADOURO. Relatório O presente

Leia mais

Licenciamento Ambiental

Licenciamento Ambiental Licenciamento Ambiental - Lilian Ferreira dos Santos - Superintendente de Infra-Estrutura, Mineração, Indústria e Serviços Junho de 2010 O Estado de Mato Grosso Aproximadamente 20000 Empreendimentos cadastrados

Leia mais

Sumário. Capítulo I DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO-ADMINISTRATIVO... 15

Sumário. Capítulo I DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO-ADMINISTRATIVO... 15 Capítulo I DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO-ADMINISTRATIVO... 15 1. O Estado e a sua função administrativa... 15 2. Administração Pública e Direito Administrativo... 17 2.1. Fontes do Direito

Leia mais

Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público. Diana Pinto e Pinheiro da Silva

Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público. Diana Pinto e Pinheiro da Silva Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público Diana Pinto e Pinheiro da Silva 1. Execução de Serviço Público Execução de serviço público Dificuldade de definição [...] o conceito de serviço público

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ÉTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ÉTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ÉTICA Prof. Vitor Maciel ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CONCEITO Todo aparelhamento do estado preordenado à realização de seus serviços, visando à satisfação das necessidades coletivas.

Leia mais

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 2. Contextualização

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 2. Contextualização Organização da Aula Direito Administrativo Aula n. 2 Administração Pública Professor: Silvano Alves Alcantara Contextualização Câmara autoriza prefeito a criar empresa pública para gerir novo Pronto-Socorro

Leia mais

Terminais Alfandegados à Luz do Direito Administrativo

Terminais Alfandegados à Luz do Direito Administrativo Terminais Alfandegados à Luz do Direito Administrativo LEONARDO COSTA SCHÜLER Consultor Legislativo da Área VIII Administração Pública ABRIL/2013 Leonardo Costa Schüler 2 SUMÁRIO O presente trabalho aborda

Leia mais

ATOS ADMINISTRATIVOS - CONCEITOS, ELEMENTOS E CLASSIFICAÇÃO

ATOS ADMINISTRATIVOS - CONCEITOS, ELEMENTOS E CLASSIFICAÇÃO Elementos: ATOS ADMINISTRATIVOS - CONCEITOS, ELEMENTOS E CLASSIFICAÇÃO 1. Competência - É a condição primeira para a validade do ato administrativo. Nenhum ato pode ser realizado validamente sem que o

Leia mais

PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos. 1. Atos administrativos:

PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos. 1. Atos administrativos: 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos 1. Atos administrativos: Nem todos os atos que a administração pratica

Leia mais

Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia

Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia No Brasil, vigora o princípio da Supremacia da Constituição, segundo

Leia mais

1 Quem é fiel nas coisas pequenas também será nas grandes; e quem é desonesto nas coisas pequenas também será nas grandes. (Lucas 16,10) E, se não forem honestos com o que é dos outros, quem lhes dará

Leia mais

02/11/2016 ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO

02/11/2016 ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO Lei 9.784/99: Art. 1º, 2º. Para os fins desta Lei, consideram-se: I - órgão - a unidade de atuação

Leia mais

PODERES ADMINISTRATIVOS

PODERES ADMINISTRATIVOS PODERES ADMINISTRATIVOS Direito Administrativo Prof. Rodrigo Cardoso PODER HIERÁRQUICO É o que consta no art. 116, da Lei n. 8.112/1990: Art. 116. São deveres do servidor: (...) IV cumprir as ordens superiores,

Leia mais

Redação Oficial, Protocolo e Arquivamento AULA 4. Temas: Tipos de Documentos Oficiais

Redação Oficial, Protocolo e Arquivamento AULA 4. Temas: Tipos de Documentos Oficiais Redação Oficial, Protocolo e Arquivamento AULA 4 Temas: Tipos de Documentos Oficiais Tipos de Documentos Oficiais Nesta aula, continuaremos conhecendo os principais documentos a que temos acesso na Instituição.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA 1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o Código Tributário do Município de Miracema (lei nº 1.453, de 26 de setembro de 2013), responda às questões de números 1 a 6. 1) É de competência do município

Leia mais

Categorias/ Questões. Conteúdos/ Matéria. Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Tipo de aula. Semana 1 UNIDADE I

Categorias/ Questões. Conteúdos/ Matéria. Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Tipo de aula. Semana 1 UNIDADE I PLANO DE CURSO DISCIPLINA: AGENTES E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (CÓD. ENEX 60124) ETAPA: 5ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO 2013

DIREITO ADMINISTRATIVO 2013 DIREITO ADMINISTRATIVO 2013 31. Dentre as características passíveis de serem atribuídas aos contratos de concessão de serviço público regidos pela Lei no 8.987/95, pode-se afirmar corretamente que há (a)

Leia mais

ebook de Mapas Mentais para concursos públicos Autora: Terezinha N. Rêgo

ebook de Mapas Mentais para concursos públicos  Autora: Terezinha N. Rêgo ebook de Mapas Mentais para concursos públicos Autora: Terezinha N. Rêgo Conteúdo Princípios do - Conceitos... 4 Princípios do Princípios Constitucionais... 5 Princípios do Princípios Gerais 01... 6 Princípios

Leia mais

Organização Administrativa BOM DIA!!!

Organização Administrativa BOM DIA!!! BOM DIA!!! 1. Introdução 2. Administração Pública 3. Órgão Público 4. Classificação dos Órgãos 5. Descentralização e Desconcentração 6. Função Pública 7. Cargo Público 8. Agente Público 1. Introdução Regime

Leia mais

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso AULÃO AO VIVO PC-GO Prof. Rodrigo Cardoso 1 (CESPE 2016/PC-PE/AGENTE DE POLÍCIA) Considerando as fontes do direito administrativo como sendo aquelas regras ou aqueles comportamentos que provocam o surgimento

Leia mais

A TRAMITAÇÃO DOS ATOS INTERNACINAIS NO CONGRESSO NACIONAL

A TRAMITAÇÃO DOS ATOS INTERNACINAIS NO CONGRESSO NACIONAL A TRAMITAÇÃO DOS ATOS INTERNACINAIS NO CONGRESSO NACIONAL Espécies de atos internacionais submetidos ao CN Tratados; convenções; acordos; pactos; protocolos: TRATADOS em sentido jurídico-formal I- Definição

Leia mais

Questão 42: Certa. Mesmo nos atos que dispensem a motivação, se a Administração motivar esse ato estará vinculada aos motivos apresentados.

Questão 42: Certa. Mesmo nos atos que dispensem a motivação, se a Administração motivar esse ato estará vinculada aos motivos apresentados. Questão 39: Certa. A motivação é a demonstração dos motivos que levaram a Administração a editar aquele ato e, sendo uma formalidade necessária, integra o conceito de forma do ato. Questão 40: Certa. Uma

Leia mais

PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE SILVA JARDIM ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2017. RETIFICAÇÃO Nº 01 Ao Edital 01/2017

PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE SILVA JARDIM ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2017. RETIFICAÇÃO Nº 01 Ao Edital 01/2017 CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2017 RETIFICAÇÃO Nº 01 Ao Edital 01/2017 A Comissão Organizadora do Concurso Público e o INSTITUTO IBDO, tornam pública a RETIFICAÇÃO Nº 01 ao Edital 01/2017, que passa a ter a inclusão

Leia mais

ATOS ADMINISTRATIVOS

ATOS ADMINISTRATIVOS Os Fatos Jurídicos Administrativos são acontecimentos que produzem efeitos na área jurídica do direito administrativo. Os ATOS ADMINISTRATIVOS são manifestações de vontade que geram consequências jurídicas,

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO DE CONSULTA TRIBUTÁRIA

PROCESSO ADMINISTRATIVO DE CONSULTA TRIBUTÁRIA PROCESSO ADMINISTRATIVO DE CONSULTA TRIBUTÁRIA Hamilton Fernando Castardo Auditor-Fiscal da Receita Federal e advogado Chefe da Divisão de Tributação da Superintendência da 8ª Região Fiscal da SRF ex-agente

Leia mais

O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA ESTADO Conjunto de regras, pessoas e organizações que se separam da sociedade para organizá-la. - Só passa a existir quando o comando da comunidade

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA - 5ª REGIÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA - 5ª REGIÃO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR FEDERAL RELATOR E DEMAIS MEMBROS DESTA EGRÉGIA TERCEIRA TURMA Processo n.º : 2003.82.00.003814-2 (AC 400936-PB) Apelante : João Geraldo de Brito Apelado : Estado da

Leia mais

TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO

TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO Modelo brasileiro A REGULAÇÃO NO BRASIL Compreende uma pluralidade de entes com função regulatória Entes reguladores em geral -> Autarquias comuns

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE Prof. João Eudes 1. (CESPE/2009) A administração pública é regida pelo princípio da autotutela, segundo o qual o administrador público está obrigado a denunciar

Leia mais

CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Professor Alessandro Dantas Coutinho CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CONTROLE REALIZADO PELO PODER LEGISLATIVO Legislativo! Representa a vontade da coletividade. Em âmbito Federal é composto pelo Senado

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DIREITO ADMINISTRATIVO II DES 0312 PROGRAMA DE AULAS PROFESSOR DOUTOR VITOR RHEIN SCHIRATO MONITORES VICTORIA MALTA CORRADINI FELIPE NAPOLITANO MAROTTA MARCO ANTONIO MORAES ALBERTO 2º Semestre de 2016

Leia mais

AULA 14. Todavia, importante trazer três argumentos que podem ser utilizados para defender essa tese:

AULA 14. Todavia, importante trazer três argumentos que podem ser utilizados para defender essa tese: Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Direito Administrativo / Aula 14 Professora: Luiz Oliveira Castro Jungstedt Monitora: Mariana Simas de Oliveira AULA 14 CONTEÚDO DA AULA: Argumentos para Invasão

Leia mais

Entidades fundacionais as fundações públicas Conceito

Entidades fundacionais as fundações públicas Conceito 28 comum a todos os consorciados que, de forma isolada, não poderiam alcançar. Assim, os entes federativos firmam um contrato sem fins lucrativos, após a devida autorização legislativa de cada um, possibilitando

Leia mais

Entidades fundacionais as fundações públicas Conceito

Entidades fundacionais as fundações públicas Conceito 2.6.2. Entidades fundacionais as fundações públicas 2.6.2.1. Conceito O Código Civil dispõe, em seu art. 40, que as pessoas jurídicas serão de direito público e de direito privado, e, em seu art. 44, que

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Ato Administrativo Clovis Feitosa

Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Ato Administrativo Clovis Feitosa Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Ato Administrativo Clovis Feitosa 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. (CESPE - 2013 - TRE-MS - Técnico Judiciário

Leia mais

RESOLUÇÃO-RDC N 21, DE 10 DE ABRIL DE 2013 Altera a RDC nº 45, de 23 de junho de 2008, que dispõe sobre o procedimento administrativo relativo à prévia anuência da Anvisa para a concessão de patentes para

Leia mais

exercitado redação Estudado REVISÕES Ponta da língua DISCIPLINA ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO:

exercitado redação Estudado REVISÕES Ponta da língua  DISCIPLINA ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: www.estrategiasdeaprovacao.com.br Bibliografia DISCIPLINA 1 2 3 4 5 ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: Estudado REVISÕES exercitado redação Ponta da língua bizu 1 Código de Ética Profissional do Servidor Público

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I. Administração Pública: princípios básicos.... 002 II. Poderes Administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder....

Leia mais

Matosinhos. Regulamento da Comissão Paritária da Câmara Municipal de Matosinhos. Preâmbulo

Matosinhos. Regulamento da Comissão Paritária da Câmara Municipal de Matosinhos. Preâmbulo Regulamento da Comissão Paritária da de Matosinhos Preâmbulo O Decreto Regulamentar n.º 18/2009, de 4 de Setembro, adapta à administração local o sistema integrado de avaliação de desempenho na Administração

Leia mais

Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO -

Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO - Curso Resultado Um novo conceito em preparação para concursos! Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO - Trabalho finalizado em julho/2015.

Leia mais

Manual de Direito Administrativo I Gustavo Mello Knoplock

Manual de Direito Administrativo I Gustavo Mello Knoplock Série Provas e Concursos Manual de Direito Administrativo I Gustavo Mello Knoplock ELSEVIER 5.6. Resumo AGENTES PÚBLICOS (segundo Hely Lopes Meirelles): 1. Agentes políticos Aqueles no alto escalão dos

Leia mais

Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula Direito Previdenciário para o Concurso do INSS

Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula Direito Previdenciário para o Concurso do INSS Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula 001-005 Direito Previdenciário para o Concurso do INSS Fontes Hierarquia (ordem de graduação) Autonomia (entre os diversos ramos) Aplicação (conflitos entre

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento Poderes Administrativos 1. (CESPE/ANEEL/2010) Com fundamento no poder disciplinar, a administração pública, ao ter conhecimento de prática de falta por servidor público, pode escolher entre a instauração

Leia mais

Organização Administrativa

Organização Administrativa Organização Administrativa Formas de prestação da atividade administrativa Administração pública direta e indireta RAD 2601 Direito Administrativo Professora Doutora Emanuele Seicenti de Brito Organização

Leia mais

CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Professor Alessandro Dantas Coutinho CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1 - Introdução A Administração Pública atua por meio de seus órgãos e seus agentes, os quais são incumbidos do exercício das funções

Leia mais

Curso de Dicas Direito Administrativo Giuliano Menezes

Curso de Dicas Direito Administrativo Giuliano Menezes Curso de Dicas Direito Administrativo Giuliano Menezes 2014 2014 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. AGENTE ADMINISTRATIVO POLÍCIA FEDERAL - 2014 37 A instituição

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO DES 0121 PROGRAMA DE AULAS PROFESSOR DOUTOR VITOR RHEIN SCHIRATO MONITORES JULIO CESAR MOREIRA BARBOZA MARCO ANTÔNIO MORAES ALBERTO 2º Semestre de 2016 1 DES 0121 FUNDAMENTOS

Leia mais

ATO ADMINISTRATIVO O PROBLEMA DA CONCEITUAÇÃO DO ATO ADMINISTRAIVO

ATO ADMINISTRATIVO O PROBLEMA DA CONCEITUAÇÃO DO ATO ADMINISTRAIVO ATO ADMINISTRATIVO O PROBLEMA DA CONCEITUAÇÃO DO ATO ADMINISTRAIVO NÃO HÁ, EM NOSSO ORDENAMENTO JURÍDICO, UMA DEFINIÇÃO LEGAL DE ATO ADMINISTRATIVO. ASSIM, VERIFICA-SE A GRANDE DIVERGÊNCIA EXISTENTE ENTRE

Leia mais

Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade

Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade 19. Segundo a Constituição Federal, os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional,

Leia mais

Ana Cristina Mendonça Geovane Moraes DELEGADO DE POLÍCIA. Teoria, Peças e Questões Comentadas. 2ª edição revisada, atualizada e ampliada.

Ana Cristina Mendonça Geovane Moraes DELEGADO DE POLÍCIA. Teoria, Peças e Questões Comentadas. 2ª edição revisada, atualizada e ampliada. Ana Cristina Mendonça Geovane Moraes DELEGADO DE POLÍCIA Teoria, Peças e Questões Comentadas 2ª edição revisada, atualizada e ampliada Recife PE 2016 . DIFERENÇA ENTRE DESPACHO, OFÍCIO, AUTO, TERMO, PORTARIA,

Leia mais

Rodada #1 Direito Administrativo

Rodada #1 Direito Administrativo Rodada #1 Direito Administrativo Professor Fabiano Pereira Assuntos da Rodada DIREITO ADMINISTRATIVO: Ato administrativo: conceito, elementos, atributos, classificação, espécies, revogação, anulação e

Leia mais

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL Ementa aula 12 de novembro de 2013. 18 de novembro de 2013. ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL Professora: Ana Claudia Finger Mestre em Direito do

Leia mais

1. Requisitos dos atos administrativos - continuação: Requisitos: Competência Finalidade Forma Motivo Objeto Atos vinculados: Lei Lei Lei Lei Lei Atos

1. Requisitos dos atos administrativos - continuação: Requisitos: Competência Finalidade Forma Motivo Objeto Atos vinculados: Lei Lei Lei Lei Lei Atos 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Requisitos dos atos administrativos - continuação PONTO 2: Formas de extinção ou invalidação dos atos administrativos PONTO 3: Administração Pública 1. Requisitos dos

Leia mais

Atos administrativos Parte 2

Atos administrativos Parte 2 Parte 2 Todos os direitos reservados. A comercialização não autorizada desta obra, por qualquer meio, eletrônico ou reprográfico, ainda que parcial, constitui ato ilícito, respondendo os infratores nos

Leia mais

PORTARIA RFB Nº 1454, DE 29 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 30/09/2016, seção 1, pág. 59)

PORTARIA RFB Nº 1454, DE 29 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 30/09/2016, seção 1, pág. 59) PORTARIA RFB Nº 1454, DE 29 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 30/09/2016, seção 1, pág. 59) Altera a Portaria RFB nº 1.098, de 8 de agosto de 2013, que dispõe sobre atos administrativos no âmbito

Leia mais

Limites ao controle jurisdicional do ato administrativo discricionário.

Limites ao controle jurisdicional do ato administrativo discricionário. Limites ao controle jurisdicional do ato administrativo discricionário. PRISCILA CUNHA DO NASCIMENTO Advogada da União. Mestranda em Direito Constitucional pelo Instituto Brasiliense de Direito Público

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Revogação do Ato Administrativo Beatriz Mattar Araújo* 1. INTRODUÇÃO Dentro do parâmetro da extinção dos atos administrativos, uma causa deve ser avaliada: a revogação Os atos administrativos

Leia mais

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA PORTARIA Nº 754, DE 3 DE OUTUBRO DE 2006

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA PORTARIA Nº 754, DE 3 DE OUTUBRO DE 2006 MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA PORTARIA Nº 754, DE 3 DE OUTUBRO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da

Leia mais

Edital Verticalizado Concurso INSS

Edital Verticalizado Concurso INSS Edital Verticalizado Concurso INSS Baseado no último concurso O Focus Concursos Online oferece aos que desejam se preparar, um curso teórico com todas as disciplinas. Assista às aulas e fique totalmente

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO. Professor Emerson Caetano

DIREITO ADMINISTRATIVO. Professor Emerson Caetano DIREITO ADMINISTRATIVO Professor Emerson Caetano 1. Acerca de ato administrativo e de procedimento de licitação, julgue o item seguinte. Caso seja necessário, a administração pública poderá revogar ato

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE TÉCNICO DA RECEITA FEDERAL Direito Administrativo

RESOLUÇÃO DA PROVA DE TÉCNICO DA RECEITA FEDERAL Direito Administrativo RESOLUÇÃO DA PROVA DE TÉCNICO DA RECEITA FEDERAL - 2005 Henrique Cantarino www.editoraferreira.com.br Direito Administrativo Caros amigos, voltamos com a correção das questões da prova de Técnico da Receita

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ

QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ - 2009 01 Assinale a alternativa que defina corretamente o poder regulamentar do chefe do Executivo, seja no âmbito federal, seja no estadual. a) O poder

Leia mais

JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 29 de julho de 2013

JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 29 de julho de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, Série Sumário ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA DA MADEIRA Decreto Legislativo Regional n.º 26/2013/M Primeira alteração ao Decreto

Leia mais

PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO

PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO 1.1 CONCESSÃO A concessão é um contrato

Leia mais

ATOS ADMINISTRATIVOS E RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS MAURINO BURINI ASSESSOR JURÍDICO E ADVOGADO

ATOS ADMINISTRATIVOS E RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS MAURINO BURINI ASSESSOR JURÍDICO E ADVOGADO ATOS ADMINISTRATIVOS E RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS MAURINO BURINI ASSESSOR JURÍDICO E ADVOGADO Conceito de Ato Administrativo Ato administrativo é todo ato praticado no exercício da função administrativa.

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO 01. Assinale a alternativa incorreta acerca dos princípios constitucionais da Administracao Publica a) A Administração e imprescindível justificar seus atos. b) Ao administrador

Leia mais

COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC

COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 32 Os atos administrativos estão sujeitos a um regime jurídico especial, que se traduz pela conjugação de certos

Leia mais

Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Divisão Municipal de Estudos e Assessoria Jurídica

Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Divisão Municipal de Estudos e Assessoria Jurídica Despacho: Despacho: Despacho: Concordo com a presente Informação e proponho o seu envio à Sr.ª Directora da DMRH, Dr.ª Emília Galego. Cristina Guimarães Chefe da Divisão de Estudos e Assessoria Jurídica

Leia mais

LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas. ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM

LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas. ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM Junho/2010 Relevância da atividade mineral A atividade mineral apresenta-se como uma atividade

Leia mais

O PAPEL DO LEGISLATIVO NO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO. Ari Vainer Outubro de 2012

O PAPEL DO LEGISLATIVO NO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO. Ari Vainer Outubro de 2012 O PAPEL DO LEGISLATIVO NO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO Ari Vainer Outubro de 2012 I - INTRODUÇÃO AS FASES DO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO 1 Elaboração da Proposta Orçamentária; 2 Análise, Votação e Aprovação da Lei

Leia mais

RESOLUÇÃO 020/2016 CEPE/UNESPAR

RESOLUÇÃO 020/2016 CEPE/UNESPAR Aprova o Regulamento do Regime de Trabalho de Tempo Integral e Dedicação Exclusiva TIDE aos docentes da Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR. Considerando a necessidade de regulamentação do regime

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL 1 Constituição. 1.1 Conceito, classificações, princípios fundamentais. 2 Direitos e garantias fundamentais. 2.1 Direitos e deveres individuais e coletivos, Direitos sociais,

Leia mais

SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015

SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015 SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Mensagem nº 61, de 2015 (nº 312/2015, na origem), que submete à consideração do Senado Federal o nome do

Leia mais

PARECER JURÍDICO AO PROJETO DE LEI Nº 777/2016

PARECER JURÍDICO AO PROJETO DE LEI Nº 777/2016 Excelentíssimo Sr. Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Pouso Alegre, Minas Gerais, Pouso Alegre 12 de abril de 2016. PARECER JURÍDICO AO PROJETO DE LEI Nº 777/2016 Projeto de autoria do

Leia mais

CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1

CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1 Sumário CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1 1. Introdução...1 2. Pressupostos Teóricos do Controle de Constitucionalidade...2 3. Supremacia Constitucional Fundamento do Mecanismo de Controle de Constitucionalidade...2

Leia mais

Princípios da Administração Pública

Princípios da Administração Pública Princípios da Administração Pública PRINCÍPIO DA LEGALIDADE Conceito: Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei (art. 5º, II da CF). O Princípio da legalidade

Leia mais

Manual de Afastamento de Docentes

Manual de Afastamento de Docentes Manual de Afastamento de Docentes Resolução Unesp nº 19, de 07 de Março de 1997 Campus Experimental de Tupã Área de Recursos Humanos 1ª Edição AGOSTO/2011 INTRODUÇÃO Considera-se afastamento, o período

Leia mais

CGU Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação

CGU Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação Referência: 99905.0001/20-62 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido

Leia mais

SEGURANÇA PATRIMONIAL E OPERACIONAL RD N : 16 DATA DE EMISSÃO 12/08/1999

SEGURANÇA PATRIMONIAL E OPERACIONAL RD N : 16 DATA DE EMISSÃO 12/08/1999 NP- AD-019 1 de 5 Índice: 1 DO OBJETIVO...2 2 DA ÁREA DE APLICAÇÃO...2 3 DAS DEFINIÇÕES...2 3.1 DAS SIGLAS...2 3.2 DOS CONCEITOS...2 3.3 DAS RESPONSABILIDADES...2 4 DA DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTOS...3 4.1

Leia mais

VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO

VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO 150 QUESTÕES DE PROVAS DA BANCA ORGANIZADORA DO CONCURSO SEFAZ/MS E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES DE MS GABARITADAS. Seleção das Questões: Prof. Vítor Alves Coordenação e Organização:

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1

Sumário. Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1 Sumário Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1 1.1. Conceito... 1 1.2. Histórico do Direito Administrativo... 4 1.3. Objeto... 4 1.4. Fontes... 4 1.5. Sistemas Administrativos ou Mecanismos

Leia mais

REGULAMENTO PARA PROCESSO CONCURSAL DE ELEIÇÃO DO DIRETOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SÁ DA BANDEIRA

REGULAMENTO PARA PROCESSO CONCURSAL DE ELEIÇÃO DO DIRETOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SÁ DA BANDEIRA REGULAMENTO PARA PROCESSO CONCURSAL DE ELEIÇÃO DO DIRETOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SÁ DA BANDEIRA Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento define as condições de acesso e as regras a observar no procedimento

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009.

LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009. LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009. Altera a Lei Complementar nº 001/06 de 13 de fevereiro de 2006, Código Tributário Municipal de Camocim e determina outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

2 O licenciamento dos veículos depende da prova de que a actividade principal da entidade requerente ( CNE) implica a deslocação de crianças;

2 O licenciamento dos veículos depende da prova de que a actividade principal da entidade requerente ( CNE) implica a deslocação de crianças; CORPO NACIONAL DE ESCUTAS Escutismo Católico Português CONSELHO FISCAL E JURISDICIONAL NACIONAL Junta Central pergunta: - É necessária alguma autorização ou formação especial para o transporte ocasional

Leia mais

IUS RESUMOS. Características e funções da Justiça Eleitoral. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Características e funções da Justiça Eleitoral. Organizado por: Samille Lima Alves Características e funções da Justiça Eleitoral Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES DA JUSTIÇA ELEITORAL... 3 1. Características e competências da Justiça Eleitoral...

Leia mais

CÂMARA M UNICIPAL DE M ANAUS

CÂMARA M UNICIPAL DE M ANAUS LEI Nº 1.508, DE 21 DE SETEMBRO DE 2010 (D.O.M. 21.09.2010 N. 2531, Ano XI) CRIA o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito MANAUSTRANS, ALTERA a denominação e a estrutura organizacional

Leia mais

SERVIÇOS PÚBLICOS. Para desenvolvermos os serviços públicos, obrigatoriamente, precisamos saber alguma coisa, embora mínima, sobre necessidade pública

SERVIÇOS PÚBLICOS. Para desenvolvermos os serviços públicos, obrigatoriamente, precisamos saber alguma coisa, embora mínima, sobre necessidade pública SERVIÇOS PÚBLICOS Para desenvolvermos os serviços públicos, obrigatoriamente, precisamos saber alguma coisa, embora mínima, sobre necessidade pública 1. NECESSIDADE PÚBLICA = É toda aquela de interesse

Leia mais

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57 SUMÁRIO 1 DIREITO ADMINISTRATIVO... 15 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo... 15 1.2 Ramo do direito público... 17 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo... 19

Leia mais