O efeito da rentabilidade...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O efeito da rentabilidade..."

Transcrição

1 O efeito da rentabilidade... A importância da variável taxa: R$ 500 reais mensais, por 25 anos 0,80% 1,17% 1,53% 1,88% 2,21% 10% 15% 20% 25% 30% 10% aa 15% aa 20% aa 25% aa 30% aa Ano 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 Ano 5 R$ R$ R$ R$ R$ Ano 10 R$ R$ R$ R$ R$ Ano 20 R$ R$ R$ R$ R$ Ano 25 R$ R$ R$ R$ R$ Ano 30 R$ R$ R$ R$ R$

2 Quem é a XP Investimentos? Uma das maiores empresas de agentes de investimentos do Brasil XP EDUCAÇÃO XP BOLSA DE VALORES XP ADMINISTRADORA DE RECURSOS

3 Quem é a XP Investimentos? Total de 16 escritórios pelo Brasil Mais de 200 operadores pelo Brasil Brasília - DF Belo Horizonte MAIS DE São Paulo Rio de Janeiro Curitiba Joaçaba CLIENTES!! Vale do Itajaí BLU Passo Fundo Florianópolis Caxias Santa Maria Novo Hamburgo Pelotas Porto Alegre

4 Quem é a XP Investimentos? BOVESPA - R$ 500 MI/mes -BMF: 2,0 BI/mes

5 Quem é a XP Investimentos? Foco Educacional XP EDUCAÇÃO

6 Quem é a XP Investimentos? Projeto Educacional LABMEC (PUC RS)

7 Quem é a XP Investimentos? Mais de alunos 60 cursos/mês

8 O efeito da rentabilidade... A importância da variável tempo: R$ 500 reais mensais, por 25 anos 0,80% 1,17% 1,53% 1,88% 2,21% 10% 15% 20% 25% 30% 10% aa 15% aa 20% aa 25% aa 30% aa Ano 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 Ano 5 R$ R$ R$ R$ R$ Ano 10 R$ R$ R$ R$ R$ Ano 20 R$ R$ R$ R$ R$ Ano 25 R$ R$ R$ R$ R$ Ano 30 R$ R$ R$ R$ R$

9 Melhores investimentos 2008 Para onde vai o dinheiro da Caderneta de Poupança? Financiamento Imobiliário. Remuneração: $ 108,50 N = 1 ano I = 8,5 % a.a. 0 1 $ 100,00

10 Melhores investimentos 2008 O que é a taxa SELIC? Taxa que remunera os Títulos do Governo. Remuneração: $ 111,25 N = 1 ano I = 11,25 % a.a. 0 1 $ 100,00

11 Passado recente Doze anos de taxa de juros muito alta, entre 18% e 30%, chegando a 49% em alguns momentos de crise... pois: Taxa Juros 50% 45% 40% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Contas externas do Brasil eram frágeis: Nas crises externas o país tinha que subir muito as taxas para conseguir rolar suas dívidas Histórico longo de hiper inflação: Precisava de juros altos para quebrar essa inércia

12 Hoje Juros estão caindo e se aproximando de taxas normais... Pois: Contas externas do Brasil estão muito mais sólidas Dívida externa liquidada Balança comercial muito forte Com isso o risco Brasil está próximo a 150 pontos Inflação está controlada e é decrescente Com isso a taxa de juros pode baixar de forma consistente Expectativa para fim de 2007 = entre 10,75% e 11,5% a.a. Expectativa para fim de 2008 = entre 10% e 11% a.a.

13 Taxa de juros em queda Faz o investimento em renda fixa ser menos atraente, e força as pessoas a procurar alternativas mais rentáveis. Exemplo... Antes se tinha... SELIC = 19.75% a.a. Banco cobra geralmente 1% = sobra 18.75% Imposto de Renda de 20% em média = sobra 15.00% Inflação de 4% a.a. = sobra 11.0% a.a. líquido Hoje se tem... SELIC = 11,25% a.a. Banco cobra geralmente 1% = sobra 10,25% Imposto de Renda de 20% em média = sobra 8,20% Inflação de 3,5% a.a. = sobra 4,7% a.a. Líquido e caindo... Logo cada vez mais pessoas comprarão ações, pressionando seus preços

14 Comparativo Juros X Bovespa RENDIMENTO PERÍODO JAN/95 - DEZ/98 JAN/99 - DEZ/02 JAN/03 - DEZ/06 JAN/07 - Hoje IBOVESPA 55,70% 66,04% 293,91% 24,23% JUROS 211,36% 104,89% 95,99% 8,14%

15 O momento é bom para ações... a

16 O Mundo mudou... O que é preciso fazer? Disciplina de formar poupança Visão de longo prazo Buscar aplicações de maior rentabilidade

17 Você sabia? E que R$ ,00 em ações da Renner em junho de 2005, hoje valem R$ ,00? Que R$ ,00 em ações da Localiza em maio 2005, hoje valem R$ ,00? E ainda, que R$ ,00 em ações do Banco Itaú em 1995, hoje valem R$ ,00? E que R$ ,00 em ações da Gerdau em 1995, hoje valem R$ ,00?

18 Alguns exemplos... R$ em 1995, seriam hoje: PREÇO Rentab. Rentab. FV Var % Média a.a. Média a.m. R$ GERDAU 0,42 51, % 45,7% 3,2% R$ ,57 ITAÚ 0,72 49, % 39,3% 2,8% R$ ,89 ITAUSA 0,22 13, % 38,0% 2,7% R$ ,64 PETROBRÁS 1,32 61, % 35,1% 2,5% R$ ,15 AMBEV 3,20 141, % 34,6% 2,5% R$ ,00 BRADESCO 1,35 56, % 34,1% 2,5% R$ ,67 VALE 0,89 51, % 37,5% 2,7% R$ ,48 USIMINAS 5,08 137, % 29,5% 2,2% R$ ,84 IBOVESPA % 24,3% 1,8% R$ ,16 BANCO DO BRASIL 1,98 31, % 24,1% 1,8% R$ ,66 TELEMAR 8,05 41,50 416% 13,7% 1,1% R$ ,80 BRASIL TELECOM 3,48 18,30 426% 13,9% 1,1% R$ ,21 PARANAPANEMA 25,00 32,50 30% 2,1% 0,2% R$ ,00 VARIG 2,30 1,50-35% -3,3% -0,3% R$ 6.521,74

19 O que é uma ação? a É o título que dá direito de propriedade sobre parte de uma companhia. Ação Empresa 13

20 De que tamanho é essa parte? É proporcional ao número de ações que a companhia emitiu. Por exemplo, se ela emitiu cem ações é dono de um centésimo da companhia. Ação Ação Ação Ação Ação Empresa Ação Ação Ação Ação

21 Seja sócio s de várias v empresas A bolsa brasileira oferece oportunidade de você ser sócio de cerca de 420 companhias de diferentes negócios e setores da economia. - São nossas conhecidas - Fazem parte da nossa rotina - Já contam com nossa preferência como consumidor Que tal ser sócio? - Você precisa menos $ do que imagina - Terá mais sossego - Contará com um time de funcionários de primeira linha cuja única função é trabalhar duro para aumentar o lucro da empresa e o valor de suas ações

22 Tipos de AçõesA O que é ON e PN? Ordinárias ON Direito a voto Preferenciais PN Mais Dividendos

23 Códigos das AçõesA Empresa Natura ON Petrobras PN Gerdau PN Vale do Rio Doce PNA Eletrobras PNB Sabesp ON BrasilTelecom PN Localiza ON Net PN Usiminas PNA Braskem PNA Código NATU3 PETR4 GGBR4 VALE5 ELET6 SBSP3 BRTO4 RENT3 NETC4 USIM5 BRKM5 Setor Cosméticos Petróleo Siderúrgico Mineração Elétrico Saneamento Telecom Aluguel Automóveis TV a Cabo Siderúrgico Petroquímico Fonte: BOVESPA

24 Porque as empresas abrem seu capital? Financiamento do crescimento Parceria no risco do negócio + Parceria no lucro do negócio Novos Sócios

25 Ciclo virtuoso

26 Abertura de Capital Oferta Primária de Ações Lançamento de NOVAS ações no mercado. Forma de captação de recursos e redução de risco das empresas. Oferta Secundária de Ações Nova emissão de ações já existentes no mercado. Captação de recursos e redução de riscos.

27 Mercado Primário rio e Secundário Expansão Empresa quotas ações Recursos $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ Dividendos $ $ $ $ $ $ $ $ Sócios Iniciais Novos Sócios

28 Como funciona o mercado de capitais? Acionista Expansão Dividendos $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ Bolsa Investimentos $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ Lucro

29 Como funciona o mercado de capitais? Uma parte do lucro é distribuída em forma de dividendos O restante é incorporado ao patrimônio da empresa Lucro Lucro Lucro Empresa Empresa Empresa

30 Como funciona o mercado de capitais? O que é dividendo? LUCRO EMPRESA Distribuido aos Acionistas

31 Como funciona o mercado de capitais? O que são Dividendos? É a parte do lucro de um exercício que é paga em dinheiro aos acionistas. Ex: Empresa: ABCD3 Lucro Líquido (ano): R$ ,00 Dividendos distribuidos (25%aa): R$ ,00 Número de ações no mercado: Dividendo por ação (no ano): R$ 2,50

32 Como funciona o mercado de capitais? Como o acionista ganha? Valorização da cotação Dividendos recebidos Cálculo da rentabilidade / retorno do investimento: Retorno Bradesco 04/04 à 03/06 Preço R$ 91,24 atual Dividendos da ação + R$ 11,63 recebidos Preço inicial R$ da 21,00 ação = ( ) Retorno = 399% de abril / 04 à março / 06-1 x 100

33 Ofertas Públicas P de AçõesA Como Participar??? Cadastro em uma Corretora Transferência de Recursos Definir Estratégia

34 Processo de negociação CADASTRO Anexar: Cópia de IDENTIDADE CPF Comprovante de Residência Não é necessario autenticar assinatura!!

35 Ofertas Públicas P de AçõesA Como Participar??? Cadastro em uma Corretora Transferência de Recursos Definir Estratégia

36 Transferência de Recursos CPF CPF Instrução 400 CVM CC Banco Cód. Corret TED - E DOC - E

37 Ofertas Públicas P de AçõesA Como Participar??? Cadastro em uma Corretora Transferência de Recursos Definir Estratégia

38 Ofertas Públicas P de AçõesA Estratégia??? Especulação FLIPAGEM Investimento

39 Ofertas Públicas P de AçõesA Estratégia??? Especulação L. Prazo Investimento

40 Ofertas Públicas P de AçõesA

41 Direitos dos acionistas Bonificação: distribuição gratuita de novas ações para os acionistas. Desdobramento (split): aumenta quantidade de ações no mercado. Dividendos: é a parcela do lucro apurado, distribuido aos acionistas.

42 Direitos dos acionistas Grupamento (inplit): processo inverso ao split. Juros sobre capital próprio: remuneração sobre o capital investido na empresa paga ao acionista. Subscrição: direito de adquirir novas ações com aumento de capital.

43 Governança Corporativa Nível : compromisso de manter pelo menos 25% do capital total da empresa em circulação. Nível : Nível 1 + conjunto de novos princípios e obrigações. Prepara-se para o Novo Mercado. Novo : empresas que se comprometem com as Boas Práticas de Governança Corporativa.

44 XP Investimentos

Bolsa de Valores Bolsa de Valores Ambiente que oferece condições e sistemas necessários para a realização de negociações de títulos e valores mobiliários de forma transparente Regulada pela CVM (Comissão

Leia mais

MERCADO À VISTA. As ações, ordinárias ou preferenciais, são sempre nominativas, originando-se do fato a notação ON ou PN depois do nome da empresa.

MERCADO À VISTA. As ações, ordinárias ou preferenciais, são sempre nominativas, originando-se do fato a notação ON ou PN depois do nome da empresa. MERCADO À VISTA OPERAÇÃO À VISTA É a compra ou venda de uma determinada quantidade de ações. Quando há a realização do negócio, o comprador realiza o pagamento e o vendedor entrega as ações objeto da transação,

Leia mais

Curso Introdução ao Mercado de Ações

Curso Introdução ao Mercado de Ações Curso Introdução ao Mercado de Ações Módulo 1 www.tradernauta.com.br I - Sistema Financeiro Nacional CMN Conselho Monetário Nacional Min. Fazenda, Min. Planej., Pres. BaCen Banco Central Mercado Cambial,

Leia mais

BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.

BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A. BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício Findo em 30 de

Leia mais

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS: - - - - - - MERCADO DE CAPITAIS

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS: - - - - - - MERCADO DE CAPITAIS CONHECIMENTOS BANCÁRIOS: - - - - - - MERCADO DE CAPITAIS Prof.Nelson Guerra Ano 2012 www.concursocec.com.br MERCADO DE CAPITAIS É um sistema de distribuição de valores mobiliários, que tem o propósito

Leia mais

Empresas de Capital Fechado, ou companhias fechadas, são aquelas que não podem negociar valores mobiliários no mercado.

Empresas de Capital Fechado, ou companhias fechadas, são aquelas que não podem negociar valores mobiliários no mercado. A Ação Os títulos negociáveis em Bolsa (ou no Mercado de Balcão, que é aquele em que as operações de compra e venda são fechadas via telefone ou por meio de um sistema eletrônico de negociação, e onde

Leia mais

Aprenda a investir na Bolsa de Valores

Aprenda a investir na Bolsa de Valores Aprenda a investir na Bolsa de Valores Investimento: Curso completo: R$ 350,00 à vista ou parcelado em até 5x (c/ juros) Módulos 1 ao 5: R$ 199,00 à vista ou parcelado em até 5x (c/ juros) Módulos 6 ao

Leia mais

Desmistificando a Bolsa de Valores

Desmistificando a Bolsa de Valores Desmistificando a Bolsa de Valores Eustáchio Pagani / Maxwell Freitas para Empresa Familiares Conceito O que é Bolsa de Valores? O que é uma Ação? Quais os Tipos de Ações? Como comprar um Ação? Minha Estratégia

Leia mais

Introdução: Mercado Financeiro

Introdução: Mercado Financeiro Introdução: Mercado Financeiro Prof. Nilton TÓPICOS Sistema Financeiro Nacional Ativos Financeiros Mercado de Ações 1 Sistema Financeiro Brasileiro Intervém e distribui recursos no mercado Advindos de

Leia mais

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 30 DE SETEMBRO

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 3.5.4 - Mercado de Capitais

Conhecimentos Bancários. Item 3.5.4 - Mercado de Capitais Conhecimentos Bancários Item 3.5.4 - Mercado de Capitais Conhecimentos Bancários Item 3.5.4 - Mercado de Capitais Sistema de distribuição de valores mobiliários, que tem o objetivo de proporcionar liquidez

Leia mais

Ciências Econômicas. 4.2 -Bolsa de Valores. Marcado Financeiro e de Capitais (Aula-2015/10.02) 01/10/2015. Prof. Johnny 1

Ciências Econômicas. 4.2 -Bolsa de Valores. Marcado Financeiro e de Capitais (Aula-2015/10.02) 01/10/2015. Prof. Johnny 1 UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ Ciências Econômicas Bolsa de valores Sistema Financeiro Nacional Instrumentos Financeiros e Principais Títulos Professor : Johnny Luiz Grando Johnny@unochapeco.edu.br

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MERCADO FINANCEIRO. EQUIPE TRADER O mercado fala, a gente entende.

INTRODUÇÃO AO MERCADO FINANCEIRO. EQUIPE TRADER O mercado fala, a gente entende. INTRODUÇÃO AO MERCADO FINANCEIRO EQUIPE TRADER O mercado fala, a gente entende. Mercado de Renda Variável, os preços estão em constante oscilação. Pela sua liquidez não existe pechincha. A importância

Leia mais

AULA 4 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE AÇOES

AULA 4 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE AÇOES AULA 4 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE AÇOES Prof Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br

Leia mais

Mercado de Ações O que são ações? Ação é um pedacinho de uma empresa Com um ou mais pedacinhos da empresa, você se torna sócio dela Sendo mais formal, podemos definir ações como títulos nominativos negociáveis

Leia mais

Administração Financeira e Orçamentária I

Administração Financeira e Orçamentária I Administração Financeira e Orçamentária I Sistema Financeiro Brasileiro AFO 1 Conteúdo Instituições e Mercados Financeiros Principais Mercados Financeiros Sistema Financeiro Nacional Ações e Debêntures

Leia mais

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar.

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. FUNDO REFERENCIADO DI Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. Para tal, investem no mínimo 80% em títulos públicos federais

Leia mais

Aprenda a investir na Bolsa de Valores/

Aprenda a investir na Bolsa de Valores/ Aprenda a investir na Bolsa de Valores/ Chegou a sua vez de investir em ações Método consagrado. Linguagem simples, sem financês. Mais de 200.000 alunos formados. Curso sobre Bolsa mais vendido no país

Leia mais

Para investir em ações, você precisa ser cadastrado em uma Corretora de Valores, Distribuidora ou em um Banco.

Para investir em ações, você precisa ser cadastrado em uma Corretora de Valores, Distribuidora ou em um Banco. PERGUNTAS FREQUENTES 1. Como investir no mercado de renda variável (ações)? 2. Como é feita a transferência de recursos? 3. Qual a diferença de ações ON (Ordinária) e PN (Preferencial)? 4. Quais são os

Leia mais

SONHOS AÇÕES. Planejando suas conquistas passo a passo

SONHOS AÇÕES. Planejando suas conquistas passo a passo SONHOS AÇÕES Planejando suas conquistas passo a passo Todo mundo tem um sonho, que pode ser uma viagem, a compra do primeiro imóvel, tranquilidade na aposentadoria ou garantir os estudos dos filhos, por

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA. Em Parceria com:

NOSSA HISTÓRIA. Em Parceria com: Em Parceria com: NOSSA HISTÓRIA A UM INVESTIMENTOS S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários é uma instituição financeira independente e atua no mercado financeiro há 40 anos. Em 2008 iniciou um processo

Leia mais

Pequeno investidor tem acesso limitado a ações

Pequeno investidor tem acesso limitado a ações Pequeno investidor tem acesso limitado a ações acima de R$ 50 Altos custos de corretagem para essas aplicações dificultam ganhos O discurso dos especialistas em finanças pessoais é que os investidores

Leia mais

Curso Preparatório ANBIMA - CPA-10 Curso Preparatório ANBIMA - CPA-20

Curso Preparatório ANBIMA - CPA-10 Curso Preparatório ANBIMA - CPA-20 Solange Honorato Curso Preparatório ANBIMA - CPA-10 Curso Preparatório ANBIMA - CPA-20 Módulo VI CPA10 Demais produtos de Investimentos Pg 70 De 8 a 13 Questões na prova (15% a 25%) Demais produtos de

Leia mais

Holding (empresa) - aquela que possui, como atividade principal, participação acionária em uma ou mais empresas.

Holding (empresa) - aquela que possui, como atividade principal, participação acionária em uma ou mais empresas. Glossário de A a Z A Ação - título negociável, que representa a menor parcela em que se divide o capital de uma sociedade anônima. Ação listada em Bolsa - ação negociada no pregão de uma Bolsa de Valores.

Leia mais

APRENDA A INVESTIR NA BOLSA DE VALORES

APRENDA A INVESTIR NA BOLSA DE VALORES APRENDA A INVESTIR NA BOLSA DE VALORES Programa 2013 OBJETIVOS: O mercado financeiro sofreu grandes modificações nos últimos anos e temos a necessidade de conhecer profundamente as operações financeiras

Leia mais

O MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO

O MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO O MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO Antônio Emygdio Circuito Universitário CVM 2ª Semana Nacional de Educação Financeira http://www.semanaenef.gov.br http://www.vidaedinheiro.gov.br Agenda 1. Mercado de Capitais

Leia mais

COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA

COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA ATENÇÃO Este texto não é uma recomendação de investimento. Para mais esclarecimentos, sugerimos a leitura de outros folhetos editados pela BOVESPA. Procure sua Corretora.

Leia mais

Mercado de Capitais. Renda Variável. Mercado Primário de Ações. Mercado Primário - ETAPAS. Mercado Primário - ETAPAS

Mercado de Capitais. Renda Variável. Mercado Primário de Ações. Mercado Primário - ETAPAS. Mercado Primário - ETAPAS Mercado Primário de Ações Mercado de Capitais Renda Variável Mestrando: Paulo Jordão. 03/04/2012 Venda direta aos investidores através de ofertas públicas (IPOs) ou subscrição particular; Motivos: Expansão

Leia mais

Aplicação de recursos

Aplicação de recursos Aplicação de recursos São 3 os pilares de qualquer investimento Segurança Liquidez Rentabilidade Volatilidade - mede o risco que um fundo ou um título apresenta - maior a volatilidade, maior o risco; Aplicação

Leia mais

Carteira de dividendos: retorno pode superar a poupança. 27/06/2012 08:14 Arena do Pavani

Carteira de dividendos: retorno pode superar a poupança. 27/06/2012 08:14 Arena do Pavani Carteira de dividendos: retorno pode superar a poupança. 27/06/2012 08:14 Arena do Pavani Por Eduardo Tavares, em Arena do Pavani. Montar uma carteira de ações de empresas que são boas pagadoras de dividendos

Leia mais

COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA

COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA ATENÇÃO ESTE FOLHETO FAZ REFERÊNCIA AO PREGÃO À VIVA VOZ, FORMA DE NEGOCIAÇÃO UTILIZADA ATÉ 30/9/2005. A PARTIR DESSA DATA, TODAS AS OPERAÇÕES FORAM CENTRALIZADAS

Leia mais

Mercado Financeiro e de Capitais. Taxas de juros reais e expectativas de mercado. Gráfico 3.1 Taxa over/selic

Mercado Financeiro e de Capitais. Taxas de juros reais e expectativas de mercado. Gráfico 3.1 Taxa over/selic III Mercado Financeiro e de Capitais Taxas de juros reais e expectativas de mercado A meta para a taxa Selic foi mantida durante o primeiro trimestre de 21 em 8,75% a.a. Em resposta a pressões inflacionárias

Leia mais

Ciências Econômicas. 4.2 Mercado de Capitais. Marcado Financeiro e de Capitais (Aula-2015/10.16) 16/10/2015. Prof. Johnny 1

Ciências Econômicas. 4.2 Mercado de Capitais. Marcado Financeiro e de Capitais (Aula-2015/10.16) 16/10/2015. Prof. Johnny 1 UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ Ciências Econômicas Mercado de Capitais Tributações Relatórios Professor : Johnny Luiz Grando Johnny@unochapeco.edu.br 4.2 Mercado de Capitais 4.3.1 Conceitos

Leia mais

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente.

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. A possibilidade de diversificar o investimento e se tornar sócio dos maiores empreendimentos imobiliários do Brasil. Este material tem o objetivo

Leia mais

BANCO DO BRASIL. Profº Agenor paulino Trindade

BANCO DO BRASIL. Profº Agenor paulino Trindade BANCO DO BRASIL Profº Agenor paulino Trindade PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL Prof. AGENOR PAULINO TRINDADE CONCEITO DE AÇÃO: Ação É um título negociável, representativo de propriedade de UMA FRAÇÃO

Leia mais

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL I - DENOMINAÇÃO E OBJETIVO Artigo 1 - O IC Clube de Investimento é constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a

Leia mais

HSM EXPOMANAGEMENT 2014 Mercado de Capitais e Direito Internacional PAINEL 5

HSM EXPOMANAGEMENT 2014 Mercado de Capitais e Direito Internacional PAINEL 5 HSM EXPOMANAGEMENT 2014 Mercado de Capitais e Direito Internacional PAINEL 5 ACESSO DAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS 04 DE NOVEMBRO DE 2014 INSTITUTO IBMEC MERCADO DE CAPITAIS CEMEC Centro de Estudos

Leia mais

ENCONTRO ANUAL DO PAEX

ENCONTRO ANUAL DO PAEX ENCONTRO ANUAL DO PAEX Sustentabilidade Financeira para a Competitividade Prof. Haroldo Mota 2007 O CONFORTO DE CURTO PRAZO Empresa Acomodada Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 EBITDA 940 890 820 800 ( ) Var. NCG

Leia mais

FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto *

FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto * FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto * O mercado de capitais brasileiro vai fechar o ano de 2007 consolidando a tendência estrutural

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de setembro de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes

Leia mais

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Tema Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Apresentação JOCELI DA SILVA SILVA Analista Administrativo/Gestão Pública Lotado na Assessoria de Coordenação 3ª CCR Especialização UNB Clube

Leia mais

Conceitos básicos; Liquidez Inflação Rentabilidade Juros Risco

Conceitos básicos; Liquidez Inflação Rentabilidade Juros Risco QUEM SOMOS 2 Conceitos básicos; 3 Liquidez Inflação Rentabilidade Juros Risco Liquidez: Capacidade de transformar um ativo em dinheiro. Ex. Se você tem um carro ou uma casa e precisa vendê-lo, quanto tempo

Leia mais

DISTORÇÃO DE MERCADO

DISTORÇÃO DE MERCADO DISTORÇÃO DE MERCADO Distorção do Mercado Gostaríamos de apresentar um modelo de operação que tem sido bastante assertivo. Com um foco mais conservador, temos buscado operar distorções entre papéis de

Leia mais

FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO

FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO 1 FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO Autor: Jonatam César Gebing Abril de 2015 2 FUNDOS IMOBILIÁRIOS: O GUIA DEFINITIVO MODULO 03 FUNDOS IMOBILIÁRIOS: COMO INVESTIR Fundos Imobiliários, o Guia Definitivo.

Leia mais

Urban View. Urban Reports. Quando o imóvel vira renda

Urban View. Urban Reports. Quando o imóvel vira renda Urban View Urban Reports Quando o imóvel vira renda Programa Elas & Lucros, Rádio Brasil 2000 FM 107,3 Coluna minha cidade, meu jeito de morar e investir Quando o imóvel vira renda Aqueles com menos de

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO BLUE STAR

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO BLUE STAR 1 ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO BLUE STAR I - Denominação e Objetivo Artigo 1º - O CLUBE DE INVESTIMENTO BLUE STAR constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a aplicação

Leia mais

O que é Mercado de Capitais? É um sistema de distribuição de VALORES MOBILIÁRIOS. RIOS,, que tem como propósito:

O que é Mercado de Capitais? É um sistema de distribuição de VALORES MOBILIÁRIOS. RIOS,, que tem como propósito: Mercado Acionário no Brasil Home Broker 1 O que é Mercado de Capitais? É um sistema de distribuição de VALORES MOBILIÁRIOS RIOS,, que tem como propósito: 1. Proporcionar liquidez aos títulos t tulos de

Leia mais

BANCO DO BRASIL. Profº Agenor paulino Trindade

BANCO DO BRASIL. Profº Agenor paulino Trindade BANCO DO BRASIL Profº Agenor paulino Trindade PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL Prof. AGENOR PAULINO TRINDADE MERCADO DE CAPITAIS DIRETITOS E PROVENTOS DAS AÇÕES: - Direito de Retirada Reembolso de Capital;

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO PLATINUM

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO PLATINUM ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO PLATINUM I Denominação e Objetivo Artigo 1º O Clube de Investimento PLATINUM é constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a aplicação de recursos

Leia mais

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Analistas indicam quais cuidados tomar no mercado financeiro em 2012 e quais investimentos oferecem menor probabilidade

Leia mais

Mercado de capitais. Mercado Financeiro - Prof. Marco Arbex. Mercado de capitais. Comissão de Valores Mobiliários. Comissão de Valores Mobiliários

Mercado de capitais. Mercado Financeiro - Prof. Marco Arbex. Mercado de capitais. Comissão de Valores Mobiliários. Comissão de Valores Mobiliários Mercado de capitais Mercado de capitais Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@live.estacio.br www.marcoarbex.wordpress.com O mercado de capitais está estruturado para suprir as necessidades de investimento

Leia mais

Fonte: AZ Investimentos / Andima. Fonte: AZ Investimentos / Andima

Fonte: AZ Investimentos / Andima. Fonte: AZ Investimentos / Andima ANÁLISE CAPTAÇÃO DE RECURSOS VIA OFERTAS PUBLICAS DE AÇÕES Por: Ricardo Zeno 55 21 3431 3831 27 de Fevereiro, 2008 Em 2007, o destaque foi para as emissões de Renda Variável, o volume total das ofertas

Leia mais

Investidor, como usar os dividendos a seu favor. Giácomo Diniz 01/10/2013

Investidor, como usar os dividendos a seu favor. Giácomo Diniz 01/10/2013 Investidor, como usar os dividendos a seu favor. Giácomo Diniz 01/10/2013 Agenda 1) Lógica do Investidor na compra de Ações 2) Lucro no Mercado Acionário a. Ganho de Capital b. Dividendos e JSCP 3) Indicadores

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO INVESTIDORES DE PERNAMBUCO

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO INVESTIDORES DE PERNAMBUCO ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO INVESTIDORES DE PERNAMBUCO I - Denominação e Objetivo Artigo 1º - O CLUBE DE INVESTIMENTO INVESTIDORES DE PERNAMBUCO, constituído por número limitado de membros

Leia mais

MERCADO DE RENDA VARIÁVEL PRODUTOS E CARACTERÍSTICA

MERCADO DE RENDA VARIÁVEL PRODUTOS E CARACTERÍSTICA MERCADO DE RENDA VARIÁVEL PRODUTOS E CARACTERÍSTICA AÇÕES Ações são instrumentos utilizados pelas empresas para captar recursos no mercado financeiro para os mais diversos projetos (investimentos, redução

Leia mais

Gestão Financeira de Organizações

Gestão Financeira de Organizações Gestão Financeira de Organizações Módulo 10 - Política de Dividendos e Relações com Investidores Prof. Luiz Antonio Campagnac e-mail: luiz.campagnac@gmail.com Livro Texto Administração Financeira: princípios,

Leia mais

Estratégias Operacionais no Mercado de Ações. Giácomo Diniz 01/10/2013

Estratégias Operacionais no Mercado de Ações. Giácomo Diniz 01/10/2013 Estratégias Operacionais no Mercado de Ações Giácomo Diniz 01/10/2013 Agenda 1) Aluguel de Ações 2) Estratégia ShortSelling 3) Estratégia Long &Short a) Spread b) Ratio c) Apuração de Resultado 4) ETF

Leia mais

Alterações na Poupança

Alterações na Poupança PRODUTOS E SERVIÇOS FINANCEIROS INVESTIMENTOS POUPANÇA A conta de poupança foi criada para estimular a economia popular e permite a aplicação de pequenos valores que passam a gerar rendimentos mensalmente.

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO FIDUS

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO FIDUS ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO FIDUS I DENOMINAÇÃO E OBJETIVO ARTIGO 1º - O CLUBE DE INVESTIMENTO FIDUS constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a aplicação de recursos

Leia mais

Curso CPA-10 Certificação ANBID Módulo 6 Demais Produtos de Investimento

Curso CPA-10 Certificação ANBID Módulo 6 Demais Produtos de Investimento Pág: 1/45 Curso CPA-10 Certificação ANBID Módulo 6 Demais Produtos de Investimento Pág: 2/45 Módulo 6 - Demais Produtos de Investimento Este módulo apresenta as principais características de algumas das

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Iniciando. Bolsa de Valores. O que é uma ação?

Iniciando. Bolsa de Valores. O que é uma ação? O que é uma ação? Por definição é uma fração de uma empresa. Por isso, quem detém ações de uma companhia é dono de uma parte dela, ou melhor, é um dos seus sócios e por conseguinte passa a ganhar dinheiro

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes USIMINAS RELAÇÕES COM INVESTIDORES Perguntas Frequentes 1. O que é código de negociação e quais são os códigos de negociação das ações da Usiminas? "Código de negociação" ou "ticker symbol" é um conjunto

Leia mais

MERCADOS INTERNACIONAIS DE CAPITAIS

MERCADOS INTERNACIONAIS DE CAPITAIS MERCADOS INTERNACIONAIS DE CAPITAIS Fontes de recursos financeiros para o financiamento empresarial Fontes INTERNAS EXTERNAS Lucros retidos Ativos maior que passivos Proteção Fiscal Outros Recursos de

Leia mais

A CVM E O MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL

A CVM E O MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL A CVM E O MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL Leonardo B. Pupo Analista de Mercado de Capitais Gerência de Acompanhamento de Mercado 2 Superintendência de Acompanhamento de Mercado Agenda Intermediação Financeira

Leia mais

Segurança financeira. Garanta sua renda mensal. Recolocação no mercado de trabalho pode não ser tão fácil Precisa estar preparado para altos e baixo.

Segurança financeira. Garanta sua renda mensal. Recolocação no mercado de trabalho pode não ser tão fácil Precisa estar preparado para altos e baixo. Dicas para o Sucesso Dedicação Atualização de conhecimento mercado que pretende atuar. Segurança Financeira nunca utilize todos os seus recursos. Não arrisque sua segurança. Segurança financeira Garanta

Leia mais

HORA DE COMPRAR AÇÕES DA PETROBRAS?

HORA DE COMPRAR AÇÕES DA PETROBRAS? A reprodução indevida, não autorizada, deste relatório ou de qualquer parte dele sujeitará o infrator a multa de até 3 mil vezes o valor do relatório, à apreensão das cópias ilegais, à responsabilidade

Leia mais

Ao completar 60 anos no mercado de capitais, o Grupo encerra o ano de 2007 com 140 mil acionistas

Ao completar 60 anos no mercado de capitais, o Grupo encerra o ano de 2007 com 140 mil acionistas RELATÓRIO ANUAL GERDAU 27 55 Ao completar 6 anos no mercado de capitais, o Grupo encerra o ano de 27 com 14 mil acionistas O Grupo Gerdau tem proporcionado aos seus 14 mil acionistas rentabilidade com

Leia mais

Simulado CPA 10 Completo

Simulado CPA 10 Completo Simulado CPA 10 Completo Question 1. O SELIC é um sistema informatizado que cuida da liquidação e custódia de: ( ) Certificado de Depósito Bancário ( ) Contratos de derivativos ( ) Ações negociadas em

Leia mais

Resumo de Análise de Projetos de Investimento

Resumo de Análise de Projetos de Investimento Agosto/2011 Resumo de Análise de Projetos de Investimento Valor Quanto vale um ativo? Quanto vale uma empresa? Quanto vale um projeto? Valor Contábil É o valor da empresa para a Contabilidade. Ou seja,

Leia mais

Critérios e vantagens para as empresas que optam pela abertura de capital 1

Critérios e vantagens para as empresas que optam pela abertura de capital 1 245 Critérios e vantagens para as empresas que optam pela abertura de capital 1 UMINO, Cássia Akiko 2 ALCANTARA NETTO, Dimas de Barros 3 Introdução O presente texto tem como objetivo tratar do trabalho

Leia mais

Mercado a Termo de Ações

Mercado a Termo de Ações Prof Giácomo Diniz Módulo II Estratégias Operacionais Porque comprar ações a Termo 1) Obter Recursos (operação caixa): O Investidor D está trocando de imóvel. A construtora que comprou a sua casa vai pagar

Leia mais

PRAZOS E RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução.

PRAZOS E RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução. Proibida a reprodução. A Planner oferece uma linha completa de produtos financeiros e nossa equipe de profissionais está preparada para explicar tudo o que você precisa saber para tomar suas decisões com

Leia mais

A ELETROS SOB A ÓTICA DE SEUS INVESTIMENTOS. Abril/2013

A ELETROS SOB A ÓTICA DE SEUS INVESTIMENTOS. Abril/2013 A ELETROS SOB A ÓTICA DE SEUS INVESTIMENTOS Abril/2013 Índice Cenário Macroeconômico; Renda Fixa e Renda Variável; Investimentos; Rentabilidade dos Planos; Resumo do Processo de Perfis de Investimento

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTOS IMPACTO

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTOS IMPACTO ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTOS IMPACTO I Denominação e Objetivo Artigo 1º - O Clube de Investimento IMPACTO constituído por número limitado de membros que tem por objetivo a aplicação de recursos

Leia mais

Cotas de Fundos de Investimento em Ações FIA

Cotas de Fundos de Investimento em Ações FIA Renda Variável Cotas de Fundos de Investimento em Ações FIA Cotas de Fundos de Investimento em Ações - FIA Mais uma alternativa na diversificação da carteira de investimento em ações O produto O Fundo

Leia mais

O site de RI como ferramenta de divulgação

O site de RI como ferramenta de divulgação O site de RI como ferramenta de divulgação Sites de RI em geral são muito bons e completos, com muitas informações. Um site é bom quando atende aos seus objetivos. É importante sabermos: Se as informações

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Ibovespa Regimes Próprios Fundo de Investimento em Ações (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - Período de 01 de abril de 2011 (data início das

Leia mais

GESTÃO DE INVESTIMENTOS Unidade 3 Custo de Capital

GESTÃO DE INVESTIMENTOS Unidade 3 Custo de Capital GESTÃO DE INVESTIMENTOS Unidade 3 Custo de Capital Prof: Cleber Almeida de Oliveira 1. Introdução Neste módulo abordaremos as decisões de investimento e de financiamento. Os seguintes conceitos deverão

Leia mais

Módulo 11 Corretora de Seguros

Módulo 11 Corretora de Seguros Módulo 11 Corretora de Seguros São pessoas físicas ou jurídicas, que se dedicam a angariar e promover contratos entre as Sociedades Seguradoras e seus clientes. A habilitação e o registro do corretor se

Leia mais

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI. Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI. Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários Instrumento de captação de recursos e de investimentos no mercado imobiliário O produto O Certificado

Leia mais

Renda Fixa Privada Notas Promissórias NP. Notas Promissórias - NP

Renda Fixa Privada Notas Promissórias NP. Notas Promissórias - NP Renda Fixa Privada Notas Promissórias - NP Uma alternativa para o financiamento do capital de giro das empresas O produto A Nota Promissória (NP), também conhecida como nota comercial ou commercial paper,

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA. Prof. Local. Flavio Nicastro. flavio.nicastro@attatecnologia.com.br. 30-10-2013 aula 3

GESTÃO FINANCEIRA. Prof. Local. Flavio Nicastro. flavio.nicastro@attatecnologia.com.br. 30-10-2013 aula 3 GESTÃO FINANCEIRA Prof. Local Flavio Nicastro flavio.nicastro@attatecnologia.com.br 30-10-2013 aula 3 Fluxo de Caixa Apuração do Imposto de Renda com base no Lucro Real Apuração do Imposto de Renda com

Leia mais

Especialista questiona "ascensão" de bancos brasileiros em ranking

Especialista questiona ascensão de bancos brasileiros em ranking Veículo: Valor Online Data: 13/04/09 Especialista questiona "ascensão" de bancos brasileiros em ranking A crise global colocou os bancos brasileiros em destaque nos rankings internacionais de lucro, rentabilidade

Leia mais

Como Investir em Ações Eduardo Alves da Costa

Como Investir em Ações Eduardo Alves da Costa Como Investir em Ações Eduardo Alves da Costa Novatec CAPÍTULO 1 Afinal, o que são ações? Este capítulo apresenta alguns conceitos fundamentais para as primeiras de muitas decisões requeridas de um investidor,

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII Crédito lastreado em imóveis, alta rentabilidade e fluxo de caixa constante, com a solidez do concreto.

Leia mais

Desempenho financeiro do Portus no 1º semestre de 2007 RENDA FIXA

Desempenho financeiro do Portus no 1º semestre de 2007 RENDA FIXA Desempenho financeiro do Portus no 1º semestre de 2007 Este relatório tem como objetivo, atender a Instrução SPC nº 07 de 2005 e informar aos Participantes, Assistidos, Patrocinadores, Entidades de Classe

Leia mais

RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução.

RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução. Proibida a reprodução. A Planner oferece uma linha completa de produtos financeiros e nossa equipe de profissionais está preparada para explicar tudo o que você precisa saber para tomar suas decisões com

Leia mais

Curso Introdução ao Mercado de Ações

Curso Introdução ao Mercado de Ações Curso Introdução ao Mercado de Ações Módulo 2 Continuação do Módulo 1 www.tradernauta.com.br Sistema de negociação da Bovespa e Home Broker Mega Bolsa Sistema implantado em 1997, é responsável por toda

Leia mais

Carta ao Cotista Abril 2015. Ambiente Macroeconômico. Internacional

Carta ao Cotista Abril 2015. Ambiente Macroeconômico. Internacional Carta ao Cotista Abril 2015 Ambiente Macroeconômico Internacional O fraco resultado dos indicadores econômicos chineses mostrou que a segunda maior economia mundial continua em desaceleração. Os dados

Leia mais

O QUE É A CVM? II - a negociação e intermediação no mercado de valores mobiliários;

O QUE É A CVM? II - a negociação e intermediação no mercado de valores mobiliários; O QUE É A CVM? A CVM - Comissão de Valores Mobiliários é uma entidade autárquica em regime especial, vinculada ao Ministério da Fazenda, com personalidade jurídica e patrimônio próprios, dotada de autoridade

Leia mais

Revista FATEC Sebrae em debate: gestão, tecnologias e negócios Vol. 2 Nº. 2 Ano 2015 ISSN 2358-9817

Revista FATEC Sebrae em debate: gestão, tecnologias e negócios Vol. 2 Nº. 2 Ano 2015 ISSN 2358-9817 Revista FATEC Sebrae em debate: gestão, tecnologias e negócios Vol. 2 Nº. 2 Ano 2015 ISSN 2358-9817 Carlos Alberto Alves Quintino Economista e mestre em Administração de Empresas. Professor de Sistema

Leia mais

Mercado de Capitais. O Processo de Investir. Professor: Roberto César

Mercado de Capitais. O Processo de Investir. Professor: Roberto César Mercado de Capitais O Processo de Investir Professor: Roberto César PASSOS PARA INVESTIR NA BOLSA 1 - Defina um Objetivo 2 - Formas de Investir 3 - Encontre a melhor Corretora para você 4 - Abra sua conta

Leia mais

Banrisul Governança Corporativa Fundo de Investimento em Ações

Banrisul Governança Corporativa Fundo de Investimento em Ações Banrisul Governança Corporativa Fundo de Investimento em Ações CNPJ 10.199.937/0001-91 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96) Demonstrações Financeiras

Leia mais

Investimentos O Governo Federal oferece 1.047 vagas de até R$ 8.300,00

Investimentos O Governo Federal oferece 1.047 vagas de até R$ 8.300,00 Investimentos Segundo pesquisas, ao se fazer um curso de graduação, por exemplo, a média salarial aumentará cerca de 168%, ou seja, quem ganha R$ 1000,00, ao terminar um curso de graduação tem grandes

Leia mais

RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES. Março/2012

RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES. Março/2012 RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES Março/2012 Agenda Introdução A Oferta Características do portfolio final do Fundo Rendimento das Cotas Contatos &

Leia mais

BM&FBOVESPA divulga balanço de operações de novembro de 2010. Empréstimos de ações têm recorde de volume financeiro

BM&FBOVESPA divulga balanço de operações de novembro de 2010. Empréstimos de ações têm recorde de volume financeiro BM&FBOVESPA divulga balanço de operações de novembro de 2010 Empréstimos de ações têm recorde de volume financeiro Total de negócios com ETFs passa de 17,9 mil para 25,6 mil Futuro de juro (DI) totaliza

Leia mais

Demonstrações financeiras em 28 de fevereiro de 2009 e 29 de fevereiro de 2008

Demonstrações financeiras em 28 de fevereiro de 2009 e 29 de fevereiro de 2008 ABCD BRAM Fundo de Investimento em Ações IBrX-50 CNPJ nº 07.667.245/0001-16 (Administrado pela BRAM - Bradesco Asset Management S.A. Distribuidora Demonstrações financeiras em 28 de fevereiro de 2009 e

Leia mais

Estudo sobre Investimentos World One Julho 2014

Estudo sobre Investimentos World One Julho 2014 Introdução, perguntas e respostas que vão te ajudar a conseguir dialogar com clientes que tenham dúvidas sobre os investimentos que estão fazendo, ou alguma outra pessoa que realmente entenda do mercado

Leia mais

Investtop www.investtop.com.br

Investtop www.investtop.com.br 1 Conteúdo Introdução... 4 CDB... 6 O que é CDB?...6 Liquidez...6 Tributação...6 Riscos...7 Dicas...7 Vantagens...7 Letra de Crédito do Imobiliário (LCI)... 9 O que é LCI?...9 Liquidez...9 Tributação...9

Leia mais