Um Estudo da Concepção de Self em William James: Uma Reavaliação de seus Escritos Psicológicos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Um Estudo da Concepção de Self em William James: Uma Reavaliação de seus Escritos Psicológicos"

Transcrição

1 Apresentação oral Um Estudo da Concepção de Self em William James: Uma Reavaliação de seus Escritos Psicológicos Camila Soares Carbogim 1 ; Jaqueline Ferreira Condé de Melo 2 & Saulo de Freitas Araujo 3 1. Bolsista de Iniciação Científica PIBIC/CNPq, Discente do Curso de Psicologia da UFJF, Integrante do Núcleo de História e Filosofia da Psicologia Wilhelm Wundt (NUHFIP); 2. Bolsista de Iniciação Científica BIC/UFJF, Discente do Curso de Psicologia da UFJF, Integrante do Núcleo de História e Filosofia da Psicologia Wilhelm Wundt (NUHFIP); 3. Docente do Programa de Pós Graduação do curso de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de fora (UFJF); Diretor do Núcleo de História e Filosofia da Psicologia Wilhelm Wundt (NUHFIP). Palavras-chave: William James; Self; História da Psicologia William James ( ) é considerado uma figura central no contexto do surgimento e do desenvolvimento da Psicologia Científica Norte-Americana, que pretendia, no final do século XIX, se constituir como disciplina com caráter fortemente experimental (Earle, 1967, Herrnstein & Boring, 1971; Kinouchi, 2006; Taylor, 1996). De fato, os Principles of Psychology (1890a/1891), primeiro livro do gênero publicado nos EUA, contêm uma discussão detalhada e abrangente do estado da arte da Psicologia Experimental naquela época, o que o tornou um marco no desenvolvimento da Ciência Psicológica Norte- Americana. O espírito da Psicologia de James marcou fortemente o desenvolvimento posterior da Psicologia nos EUA (Kinouchi, 2009; Robinson, 1993). No entanto, apesar da difusão do seu pensamento, a maioria dos psicólogos costuma citar James com uma maior frequência do que o lê (Leary, 2003). Há que se destacar que alguns autores, quando discutem seu pensamento, tendem a enfatizar algumas ideias isoladas, desvinculadas do contexto geral de sua obra, o que produz uma distorção das mesmas (Earle, 1967). Além disso, alguns aspectos de sua Psicologia têm sido sistematicamente marginalizados ou ignorados, impedindo uma concepção mais sistemática do seu pensamento (Sech, Araujo & Moreira-Almeida, 2013). Com relação aos temas abordados por James, um dos que permanecem até hoje mal compreendidos é o Self que, por esse motivo, merece uma investigação mais acurada. James realiza uma investigação detalhada do tema, estabelecendo uma forte base conceitual para o estudo do constructo, além de apontar a sua relevância para o entendimento do comportamento humano e sua legitimidade enquanto tema de investigação acadêmica (Leary

2 & Tangney, 2003). Nesse sentido, de modo a compreender melhor a noção de Self adotada

3 por James, foi realizada uma pesquisa historiográfica tendo por base a leitura e a análise minuciosa das principais obras de James que tratam do assunto, bem como alguns artigos relacionados ao tema e parte de sua correspondência publicada. O objetivo do presente trabalho é fazer uma análise da noção de Self em James, mostrando a ampliação que o mesmo assume nos escritos posteriores a A análise dos textos aponta para uma ampliação do conceito de self em sua Psicologia, que já se inicia em 1890, e se estende aos seus escritos subsequentes The Hidden Self (James, 1890b), William James on Exceptional Mental States - The 1896 Lowell Lectures (Taylor, 1982) e The Varieties of Religious Experience (James, 1902) de modo a incluir o estudo dos fenômenos psíquicos, do subconsciente e da experiência religiosa (Taylor, 1984). Dessa forma, debruçando-se sobre as questões relativas ao Self, lhe é permitido abarcar fenômenos como o automatismo, a histeria, as múltiplas personalidades e os fenômenos de conversão e misticismo. Vê-se que, na medida em que William James define a Psicologia enquanto ciência dos fenômenos mentais (James, 1890a/1891), o Self, nos Principles of Psychology, passa a ser delimitado dentro de seus esforços no que tange ao reconhecimento da Psicologia enquanto uma disciplina empírica distinta, com orientações tanto cognitivas quanto positivistas, e não um simples subconjunto da Filosofia (Taylor, 1984). Os textos posteriores a 1890, por outro lado, demostram seu interesse por uma área em que os cientistas normalmente se recusam a explorar, apesar de as questões do seu entorno o levarem, segundo ele, além de um ponto de vista puramente psicológico ou naturalístico (James, 1890a/1891). Como se pode perceber, além de se tratar de um conceito central na Psicologia, o Self assume relevo fundamental dentro do pensamento de James. Sua discussão continua a ser feita nos dias atuais, discussões essas que nos permitem entrever a influência de James no cenário contemporâneo (Leary, 1990; Strube, Yost & Bailey, 1992). Referências: Earle, W. J. (1967). William James. In P. Edwards (Ed.), The Encyclopedia of Philosophy, vol. 4 (pp ). New York: Macmillan & The Free Press. Herrnstein, R. J. & Boring, E. G. (1971). Textos básicos de história da psicologia. São Paulo: Herder.

4 James, W. (1981).The principles of psychology. In F. Burkhardt, F. Bowers & I. Skrupskelis (Eds.), The works of William James, vol. 8. Cambridge, Mass.: Harvard University Press. (Trabalho original publicado em 1890)

5 James, W. (1983) The hidden self. In F. Burkhardt, F. Bowers & I. Skrupskelis (Eds.), The works of William James, vol. 11. Essays in psychology (pp ). Cambridge, Mass.: Harvard University Press. (Trabalho original publicado em 1890) James, W. (1985) The varieties of religious experience. In F. Burkhardt, F. Bowers & I. Skrupskelis (Eds.), The works of William James, vol. 13. Cambridge, Mass.: Harvard University Press. (Trabalho original publicado em 1902) Kinouchi, R. R. (2006). Darwinismo em James: a função da consciência na evolução. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 22 (3), Kinouchi, R. R. (2009). Tão perto, tão distante: William James e a psicologia contemporânea. ScientiæStudia, 7 (2), Leary, M. R. (2003). A profound and radical change: How William James inspired the reshaping of American psychology. In R. J. Sternberg (Ed.), The anatomy of impact: What makes the great works of psychology great (pp ). Washington, D.C.: American Psychological Association. Leary, M. R. & Tangney, J. P. (2003). The self as an organizing construct in behavioral and social sciences. In M. R. Leary and J. P. Tangney (Eds.), Handbook of self and identity (pp. 3-14). New York: The Guilford Press. Robinson, D. (1993) Is there a Jamesian tradition in psychology? American Psychologist, 48 (6), Sech, A.; Araujo, S.F.; Moreira-Almeida, A. (2013). William James and psychical research: Toward a radical science of mind. History of Psychiatry, 24 (1), Strube, M.; Yost, J. & Bailey, J. (1992). William James and contemporary research on the self: The influence of pragmatism, reality and truth. In M. E. Donnelly (Ed.), Reinterpreting the legacy of William James (pp ). Washington, D.C.: American Psychological Association.

6 Taylor, E. (1984). William James on Consciousness beyond the Margin. United Kingdom: Princeton University Press.

I ENCONTRO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NOS CURSOS DE LICENCIATURA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA: EM BUSCA DA IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO

I ENCONTRO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NOS CURSOS DE LICENCIATURA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA: EM BUSCA DA IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA: EM BUSCA DA IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO Palavras-chave: Identidade do Pedagogo. Formação de Professores. Licenciatura em Pedagogia. LDB 9394/96. Introdução Este trabalho

Leia mais

PSICOLOGIA POSITIVA E PSICOTERAPIA

PSICOLOGIA POSITIVA E PSICOTERAPIA PSICOLOGIA POSITIVA E PSICOTERAPIA Daniel Constantino 1 RESUMO O objetivo deste trabalho é apresentar a Psicologia Positiva e suas características principais para discutir uma proposta de psicoterapia

Leia mais

A CONTAGEM DE ESTRELAS COMO TEMA TRANSVERSAL EM ASTRONOMIA

A CONTAGEM DE ESTRELAS COMO TEMA TRANSVERSAL EM ASTRONOMIA I Simpósio Nacional de Educação em Astronomia Rio de Janeiro - 2011 1 A CONTAGEM DE ESTRELAS COMO TEMA TRANSVERSAL EM ASTRONOMIA Lev Vertchenko 1, Tomás de Aquino Silveira 2 1 PUC-Minas/Mestrado em Ensino

Leia mais

Características do professor brasileiro do ensino fundamental: diferenças entre o setor público e o privado

Características do professor brasileiro do ensino fundamental: diferenças entre o setor público e o privado Características do professor brasileiro do ensino fundamental: diferenças entre o setor público e o privado Luiz Guilherme Dácar da Silva Scorzafave RESUMO - Esse artigo realiza uma análise descritiva

Leia mais

Gagueira, neurociência e o sujeito cerebral

Gagueira, neurociência e o sujeito cerebral Gagueira, neurociência e o sujeito cerebral Ana Flávia L.M. Gerhardt IBF UFRJ Criadora e moderadora da lista do yahoo discutindo- gagueira gerhardt@ufrj.br Motivações O movimento epistemológico promovido

Leia mais

Células-Tronco Embrionárias: Relevância Jurídica e Bioética na Pesquisa Científica

Células-Tronco Embrionárias: Relevância Jurídica e Bioética na Pesquisa Científica 2478 X Salão de Iniciação Científica PUCRS Células-Tronco Embrionárias: Relevância Jurídica e Bioética na Pesquisa Científica Fernanda dos Santos Macedo 1, Clarice Beatriz da Costa Söhngen 1 (orientador),

Leia mais

Epistemologia pluralizada e história da psicologia

Epistemologia pluralizada e história da psicologia artigos Epistemologia pluralizada e história da psicologia José Antônio Damásio Abib resumo Tomam-se, aqui, obras de Wilhelm Wundt e William James para mostrar que a psicologia nasce como projeto científico

Leia mais

FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG

FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG Maria Wellitania de Oliveira Adriana de Miranda Santiago Terra Eduardo Fernandes de Miranda Sandra de Cássia Amorim Abrão

Leia mais

A Pedagogia de Jerome Bruner Ramiro Marques

A Pedagogia de Jerome Bruner Ramiro Marques A Pedagogia de Jerome Bruner Ramiro Marques Jerome S. Bruner nasceu em 1915. Doutorou-se em Psicologia, em 1941, na Harvard University, após ter concluído, em 1937, a licenciatura na Duke University. Foi,

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM. Dinâmica de Grupo (opção CSH)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM. Dinâmica de Grupo (opção CSH) INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM Escola Superior de Desporto de Rio Maior 1 LICENCIATURA TREINO DESPORTIVO Dinâmica de Grupo (opção CSH) 6º Semestre 2009/2010 Docente: Carla Chicau Borrego (Regente) Dora

Leia mais

Inclusão de pessoas com deficiência no mercado trabalho: implicações da baixa escolarização

Inclusão de pessoas com deficiência no mercado trabalho: implicações da baixa escolarização Inclusão de pessoas com deficiência no mercado trabalho: implicações da baixa escolarização Suelen Moraes de Lorenzo 1 e-mail: suelen.lorenzo@gmail.com Amabriane da Silva Oliveira e-mail: amabriane@r7.com

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2012.

PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2012. PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2012. Estabelece preceitos para o aperfeiçoamento da política educacional estadual dos sistemas públicos de ensino, para a permanência e o sucesso escolar de alunos com distúrbios,

Leia mais

História e Sistemas da Psicologia

História e Sistemas da Psicologia 1 História e Sistemas da Psicologia 1. Resumo descritivo 1.1. Elementos básicos Curso Unidade Curricular Área Científica Ano / Semestre ECTS Horas de Contacto Professores responsáveis Docentes 1.2. Síntese

Leia mais

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002....

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002.... GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002.... 1 Como encaminhar uma Pesquisa? A pesquisa é um projeto racional e sistemático com objetivo de proporcionar respostas

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: QUESTÕES PARA O DEBATE

POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: QUESTÕES PARA O DEBATE POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: QUESTÕES PARA O DEBATE Ana Maria da Silva Magalhães Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), anamariasilva@ufgd.edu.br RESUMO O presente trabalho

Leia mais

O ASSISTENTE SOCIAL E SEU PAPEL NA EFETIVAÇÃO DE GARANTIAS DE DIREITOS DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NAS APAES

O ASSISTENTE SOCIAL E SEU PAPEL NA EFETIVAÇÃO DE GARANTIAS DE DIREITOS DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NAS APAES O ASSISTENTE SOCIAL E SEU PAPEL NA EFETIVAÇÃO DE GARANTIAS DE DIREITOS DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NAS APAES Renata Alves da Silva Farias* Marisa Aparecida Simões Freitas** JUSTIFICATIVA Segundo pesquisa

Leia mais

Designação da Disciplina: Seminários em Práticas Educativas e Processos Cognitivo-Comportamentais no Ensino e na Aprendizagem I.

Designação da Disciplina: Seminários em Práticas Educativas e Processos Cognitivo-Comportamentais no Ensino e na Aprendizagem I. Designação da Disciplina: Seminários em Práticas Educativas e Processos Cognitivo-Comportamentais no Ensino e na Aprendizagem I. Domínio Específico ( x ) Domínio Conexo ( ) Natureza: Específica da Área

Leia mais

Mudança narrativa em aconselhamento de carreira. Paulo Cardoso

Mudança narrativa em aconselhamento de carreira. Paulo Cardoso Mudança narrativa em aconselhamento de carreira Paulo Cardoso Mudança em aconselhamento de carreira As intervenções de aconselhamento de carreira são eficazes na promoção de mudança de: Comportamento exploratório;

Leia mais

O jogo do Mico no ensino das Funções Orgânicas: o lúdico como estratégia no PIBID

O jogo do Mico no ensino das Funções Orgânicas: o lúdico como estratégia no PIBID O jogo do Mico no ensino das Funções Orgânicas: o lúdico como estratégia no PIBID Danilo Augusto Matos 1, Vinícius Nunes dos Santos 1, Daniela Marques Alexandrino 2*, Maria Celeste Passos Silva Nascimento

Leia mais

ATITUDES, AUTO-EFICÁCIA E HABILIDADE MATEMÁTICA

ATITUDES, AUTO-EFICÁCIA E HABILIDADE MATEMÁTICA ATITUDES, AUTO-EFICÁCIA E HABILIDADE MATEMÁTICA Kelly Christinne Maia de Paula* Márcia Regina Ferreira de Brito** RESUMO O desenvolvimento das habilidades matemáticas das crianças é interesse de professores

Leia mais

O GRUPO DE PESQUISA CULTURA, AMBIENTE E EDUCAÇÃO

O GRUPO DE PESQUISA CULTURA, AMBIENTE E EDUCAÇÃO O GRUPO DE PESQUISA CULTURA, AMBIENTE E EDUCAÇÃO Isabel C. M. Carvalho * APRESENTAÇÃO Este texto se destina a apresentar o Grupo de Pesquisa Cultura, Ambiente e Educação, disponível no Diretório de Pesquisa

Leia mais

ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DE DEFICIENTES FÍSICOS E/OU MOBILIDADE REDUZIDA PERANTE O CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE ENGENHARIA

ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DE DEFICIENTES FÍSICOS E/OU MOBILIDADE REDUZIDA PERANTE O CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE ENGENHARIA ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DE DEFICIENTES FÍSICOS E/OU MOBILIDADE REDUZIDA PERANTE O CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE ENGENHARIA Franciele Martins Marqueze Gabriel Henrique de Oliveira

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO. Elaborado por Gildenir Carolino Santos Grupo de Pesquisa LANTEC

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO. Elaborado por Gildenir Carolino Santos Grupo de Pesquisa LANTEC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO Elaborado por Gildenir Carolino Santos Grupo de Pesquisa LANTEC Campinas Fevereiro 2014 2 opyleft Gildenir C. Santos, 2014. Biblioteca - Faculdade

Leia mais

O Introspeccionismo ainda não Considerado: O Caso de Edward Titchener

O Introspeccionismo ainda não Considerado: O Caso de Edward Titchener DOI: 10.5327/Z1982-1247201400010012 Resenha O Introspeccionismo ainda não Considerado: O Caso de Edward Titchener The Philosophical Background and Scientific Legacy of E. B. Titchener s Psychology: Understanding

Leia mais

!" # ) ) * +,-+ #.! 0..1(

! # ) ) * +,-+ #.! 0..1( !" # $%&'( ) ) * +,-+ #. #.! / 0..1( 234 3 5 67 8 09 7 ):+;

Leia mais

ABORDAGEM METODOLÓGICA EM GEOGRAFIA: A PESQUISA DE CAMPO*

ABORDAGEM METODOLÓGICA EM GEOGRAFIA: A PESQUISA DE CAMPO* ABORDAGEM METODOLÓGICA EM GEOGRAFIA: A PESQUISA DE CAMPO* Agostinho Paula Brito CAVALCANTI Pós-Doutor, Departamento de Geografia (UFPI) agos@ufpi.br RESUMO O presente trabalho tem por objetivo uma abordagem

Leia mais

COLABORAÇÃO E PRODUTIVIDADE CIENTÍFICA NA UFRJ: identificação de autores por tipo de vínculo (2010)

COLABORAÇÃO E PRODUTIVIDADE CIENTÍFICA NA UFRJ: identificação de autores por tipo de vínculo (2010) COLABORAÇÃO E PRODUTIVIDADE CIENTÍFICA NA UFRJ: identificação de autores por tipo de vínculo (2010) 1 INTRODUÇÃO Roberto Mario Lovón Canchumani (IBCT) roblovonc@yahoo.com Jacqueline Leta (UFRJ) jleta@bioqmed.ufrj.br

Leia mais

FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA

FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA 1 FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA CD-01 1 NOME DO PROGRAMA: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS 2 Proposta de Criação de disciplina Exclusão de disciplina da grade curricular Mudança de denominação

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação UNIDADE III Banco de Dados Professor : Hiarly Alves www.har-ti.com Fortaleza - 2014 Tópicos Conceito de Banco de Dados. Problemas com Banco de Dados. Modelos de Relacionamento de um Banco de Dados. SGDB

Leia mais

IV Seminário de Iniciação Científica

IV Seminário de Iniciação Científica 385 AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO E DO MÓDULO DE ELASTICIDADE DO CONCRETO QUANDO SUBMETIDO A CARREGAMENTO PERMANENTE DE LONGA DURAÇÃO (Dt = 9 dias) Wilson Ferreira Cândido 1,5 ;Reynaldo Machado

Leia mais

Leitura e interpretação de publicações científicas

Leitura e interpretação de publicações científicas Leitura e interpretação de publicações científicas Sessão de informações sobre vacinas Gabriela Calazans Educadora comunitária da Unidade de Pesquisa de Vacinas Anti-HIV e Professora da Faculdade de Ciências

Leia mais

Perfil Profissional de Treinador

Perfil Profissional de Treinador Programa Nacional de FORMAÇÃO de Treinadores Grau1 Perfil Profissional de Treinador Perfil Profissional - GRAU I O Grau I corresponde à base hierárquica de qualificação profissional do treinador desportivo.

Leia mais

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT)

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) A FMT-Escola oferece este Curso para aqueles que tem um chamado para a obra de missões, mas que também queiram servir na igreja local. O CURSO A) CURSO

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM TERAPIA ANALÍTICO-COMPORTAMENTAL

ESPECIALIZAÇÃO EM TERAPIA ANALÍTICO-COMPORTAMENTAL ESPECIALIZAÇÃO EM TERAPIA ANALÍTICO-COMPORTAMENTAL O programa irá capacitá-lo a formulação de casos clínicos, avaliação e planejamento das sessões psicoterapêuticas a partir do modelo analítico comportamental

Leia mais

INGLÊS - Nível 2 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril)

INGLÊS - Nível 2 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS - Nível 2 2016 Prova 06 / 2016 1ª e 2ª Fase 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação

Leia mais

CIÊNCIA, CIDADANIA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONCEPÇÕES DE PROFESSORES DO 1º CICLO

CIÊNCIA, CIDADANIA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONCEPÇÕES DE PROFESSORES DO 1º CICLO CIÊNCIA, CIDADANIA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONCEPÇÕES DE PROFESSORES DO 1º CICLO SÁ, PATRÍCIA & MARTINS, ISABEL Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa. Universidade de Aveiro.

Leia mais

Tabela 1 Taxa de Crescimento do Produto Interno Bruto no Brasil e em Goiás: 2011 2013 (%)

Tabela 1 Taxa de Crescimento do Produto Interno Bruto no Brasil e em Goiás: 2011 2013 (%) 1 PANORAMA ATUAL DA ECONOMIA GOIANA A Tabela 1 mostra o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e de Goiás no período compreendido entre 211 e 213. Nota-se que, percentualmente, o PIB goiano cresce relativamente

Leia mais

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PELOTAS

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PELOTAS SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PELOTAS Projeto de Atuação EDUCAÇÃO PERMANENTE EM ENFERMAGEM: Ampliando fronteiras para a qualidade assistencial Pelotas, dezembro de 2009. INTRODUÇÃO A educação é um fato

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DO OBSERVATÓRIO DE IDEIAS E DO NÚCLEO DE PESQUISA DA UEG INHUMAS: importância para os docentes

A UTILIZAÇÃO DO OBSERVATÓRIO DE IDEIAS E DO NÚCLEO DE PESQUISA DA UEG INHUMAS: importância para os docentes A UTILIZAÇÃO DO OBSERVATÓRIO DE IDEIAS E DO NÚCLEO DE PESQUISA DA UEG INHUMAS: importância para os docentes Ecinele Pereira Nascimento (UEG Câmpus Inhumas) Marlene Barbosa de Freitas Reis (UEG Câmpus Inhumas)

Leia mais

Instituto Superior de Comunicação Publicitaria. pós-graduação lato sensu. Jessé Guimarães.

Instituto Superior de Comunicação Publicitaria. pós-graduação lato sensu. Jessé Guimarães. Instituto Superior de Comunicação Publicitaria. Aprovação de corpo docente para pós-graduação lato sensu. cursos de especialização, Jessé Guimarães. I - RELATÓRIO 0 Instituto Superior de Comunicação Publicitária,

Leia mais

Os estágios de transição (entre morfologia e sintaxe) do SE

Os estágios de transição (entre morfologia e sintaxe) do SE Os estágios de transição (entre morfologia e sintaxe) do SE Aline Camila LENHARO 1 MUTZ, Katrin. SE-verbs, SE-forms or SE-constructions? SE and its transitional stages between morphology and syntax. In:

Leia mais

GEOGRAFIA ESCOLAR E O LÚDICO: ALGUMAS APROXIMAÇÕES NO ENSINO FUNDAMENTAL II

GEOGRAFIA ESCOLAR E O LÚDICO: ALGUMAS APROXIMAÇÕES NO ENSINO FUNDAMENTAL II GEOGRAFIA ESCOLAR E O LÚDICO: ALGUMAS APROXIMAÇÕES NO ENSINO FUNDAMENTAL II Aluno: Jhonata da Silva de Jesus Matricula: 005805/06. Professor (Orientador/Preponente): Daniel Luiz Poio Roberti Matricula

Leia mais

Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural. O Brasil é um País Multirracial. Contextualização. Teleaula 1.

Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural. O Brasil é um País Multirracial. Contextualização. Teleaula 1. Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural Teleaula 1 Profa. Dra. Marcilene Garcia de Souza tutorialetras@grupouninter.com.br O Brasil é um País Multirracial Letras Contextualização

Leia mais

ESTRUTURALISMO 1. DEFINIÇÃO

ESTRUTURALISMO 1. DEFINIÇÃO ESTRUTURALISMO 1. DEFINIÇÃO Considera-se como fundador da psicologia moderna Wilhelm Wundt, por ter criado, em 1879, o primeiro laboratório de psicologia na universidade de Leipzig, Alemanha. A psicologia

Leia mais

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS/PORTUGUÊS Gêneros textuais como ferramenta para o ensino de Língua Portuguesa INTRODUÇÃO De acordo com os objetivos do programa, conforme portaria 096/2013 Capes, essa proposta de

Leia mais

Psicologia, 1º ano (2007/08) Aula nº 01

Psicologia, 1º ano (2007/08) Aula nº 01 História e Sistemas da Psicologia Psicologia, 1º ano (2009/2010) Aula T01 Porquê estudar a História da Psicologia? A Psicologia tem um longo passado mas uma história breve. Hermann Ebbinghaus (1850-1909)

Leia mais

O programa da disciplina em causa preconiza atividades linguísticas, estratégias e tarefas reportadas a usos comunicativos da língua.

O programa da disciplina em causa preconiza atividades linguísticas, estratégias e tarefas reportadas a usos comunicativos da língua. INFORMAÇÃO Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS 2016 11º Ano de Escolaridade O presente documento divulga informação relativa à Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de Inglês, a realizar

Leia mais

Unidade 08. Prof.ª Fernanda Mendizabal Instituto de Educação Superior de Brasília

Unidade 08. Prof.ª Fernanda Mendizabal Instituto de Educação Superior de Brasília Unidade 08 Prof.ª Fernanda Mendizabal Instituto de Educação Superior de Brasília Apresentar o Estruturalismo como escola de pensamento fundada por Titchener, enfocando seus principais conceitos e métodos.

Leia mais

da Universidade Estadual de Goiás

da Universidade Estadual de Goiás SGUISSARDI, V.; SILVA JÚNIOR, J. R. Trabalho intensificado nas federais: pós-graduação e produtivismo acadêmico. São Paulo: Xamã, 2009.* Néri Emilo Soares Junior, da Universidade Estadual de Goiás Trabalho

Leia mais

A Orientação Educacional no novo milênio

A Orientação Educacional no novo milênio 15 1 A Orientação Educacional no novo milênio O presente estudo consiste na descrição e análise da experiência do Curso de Especialização em Orientação Educacional e Supervisão Escolar, realizado na Faculdade

Leia mais

Análise da Base Nacional Comum Curricular de Matemática. Revisado por Phil Daro, USA Common Core Standards

Análise da Base Nacional Comum Curricular de Matemática. Revisado por Phil Daro, USA Common Core Standards Análise da Base Nacional Comum Curricular de Matemática Revisado por Phil Daro, USA Common Core Standards Complementando a Versão Muitas características excelentes Estrutura de tabela é muito útil Perspectiva

Leia mais

Decreto Regulamentar n. º 10/2009, de 29 de Maio

Decreto Regulamentar n. º 10/2009, de 29 de Maio Decreto Regulamentar n. º 10/2009, de 29 de Maio 1 Decreto Regulamentar n.º 10/2009, de 29 de Maio Fixa a cartografia a utilizar nos instrumentos de gestão territorial, bem como na representação de quaisquer

Leia mais

CULTURA E IDENTIDADES: AS BAIANAS QUE VENDEM ACARAJÉ, EM SALVADOR

CULTURA E IDENTIDADES: AS BAIANAS QUE VENDEM ACARAJÉ, EM SALVADOR CULTURA E IDENTIDADES: AS BAIANAS QUE VENDEM ACARAJÉ, EM SALVADOR Maria Cleyber Negreiros Barbosa da Cunha (Universidade de Coimbra. Faculdade de Economia) INTRODUÇÃO Este artigo tem como objetivo sensibilizar

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular INTERVENÇÃO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Extensão Esterina Placco Código: 091.1 Município: São Carlos-SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹

PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹ PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹ HENRIQUE, Helen de Oliveira²; BIZERRA, Adais Alves³; SILVA, Laiana Luiza da⁴; LIMA, Lorrany

Leia mais

Congresso Internacional de Línguas e Culturas Lusófonas no Mundo, 28 e 29 de maio de 2013, Sorbonne Nouvelle, Institut du Monde Anglophone, Paris

Congresso Internacional de Línguas e Culturas Lusófonas no Mundo, 28 e 29 de maio de 2013, Sorbonne Nouvelle, Institut du Monde Anglophone, Paris Os desafios e o valor social e cultural da língua portuguesa Mário Filipe Língua com presença particularmente relevante em África e na América do Sul, uma presença multissecular na Europa, mas também presente

Leia mais

VALIDADE CONVERGENTE DOS SUBTESTES DE INTELIGÊNCIA DA BATERIA DE AVALIAÇÃO DAS ALTAS HABILIDADES / SUPERDOTAÇÃO COM O TNVRI

VALIDADE CONVERGENTE DOS SUBTESTES DE INTELIGÊNCIA DA BATERIA DE AVALIAÇÃO DAS ALTAS HABILIDADES / SUPERDOTAÇÃO COM O TNVRI VALIDADE CONVERGENTE DOS SUBTESTES DE INTELIGÊNCIA DA BATERIA DE AVALIAÇÃO DAS ALTAS HABILIDADES / SUPERDOTAÇÃO COM O TNVRI Daniel Campos Caporossi Faculdade de Psicologia Centro de Ciências da Vida dcampos02@hotmail..com

Leia mais

GLOSSÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

GLOSSÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO GLOSSÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO AÇÕES ESTRATÉGICAS Ações que objetivam, basicamente, o aproveitamento das oportunidades, e potencialidades, bem como a minimização do impacto das ameaças e fragilidades.

Leia mais

Diagnóstico da Convergência às Normas Internacionais IAS 8 Accounting Policies, Changes in Accounting Estimates and Errors

Diagnóstico da Convergência às Normas Internacionais IAS 8 Accounting Policies, Changes in Accounting Estimates and Errors Diagnóstico da Convergência às Normas Internacionais IAS 8 Accounting Policies, Changes in Accounting Estimates and Errors Situação: PARCIALMENTE DIVERGENTE 1. Introdução deve ser aplicado: O IAS 8 Accounting

Leia mais

ESCOPO E POLÍTICA EDITORIAL

ESCOPO E POLÍTICA EDITORIAL ESCOPO E POLÍTICA EDITORIAL Escopo A revista Subjetividad y Processos Cognitivos está orientada a uma audiência interdisciplinar e internacional. O seu objetivo é contribuir ao conhecimento e a pesquisa

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DE UM MINICURSO DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA O ENSINO DA ANOTOMIA HUMANA NO ENSINO MÉDIO

EXPERIÊNCIAS DE UM MINICURSO DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA O ENSINO DA ANOTOMIA HUMANA NO ENSINO MÉDIO EXPERIÊNCIAS DE UM MINICURSO DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA O ENSINO DA ANOTOMIA HUMANA NO ENSINO MÉDIO Rosângela Miranda de Lima 1, Josilene Maria de Almeida2, Wellington do Nascimento Pereira3, Prof. Dr.Paulo

Leia mais

Implementação de um serviço de correio eletrônico na Intranet do Pólo de Touros utilizando o ambiente SQUIRELMAIL e POSTFIX em um Servidor Linux

Implementação de um serviço de correio eletrônico na Intranet do Pólo de Touros utilizando o ambiente SQUIRELMAIL e POSTFIX em um Servidor Linux UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ - EAJ CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes e Projeto de Redes Implementação de um

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL Nº 046/2011 O Reitor da Universidade Federal de São Carlos, no uso de suas atribuições legais e estatutárias,

Leia mais

Estilos de Interação para Auto regulação da Aprendizagem através de Portfólios Digitais

Estilos de Interação para Auto regulação da Aprendizagem através de Portfólios Digitais UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Informática Graduação em Ciência da Computação Estilos de Interação para Auto regulação da Aprendizagem através de Portfólios Digitais Proposta de Trabalho

Leia mais

Os Sete Termos Sinônimos de Deus Satisfazem a Necessidade que o Mundo Tem de um Novo Sistema de Referência

Os Sete Termos Sinônimos de Deus Satisfazem a Necessidade que o Mundo Tem de um Novo Sistema de Referência Os Sete Termos Sinônimos de Deus Satisfazem a Necessidade que o Mundo Tem de um Novo Sistema de Referência Joel Jessen Traduzido para o Português do Brasil por Guita R. Herman a partir da versão inglesa

Leia mais

Relatório do Curso de Atuação Parlamentar e Diversidade Cultural

Relatório do Curso de Atuação Parlamentar e Diversidade Cultural Assembleia Legislativa do Estado de Goiás Relatório do Curso de Atuação Parlamentar e Diversidade Cultural Goiânia Abril de 2016 1. Descrição geral da atividade A, da Assembleia Legislativa do Estado de

Leia mais

PADRÃO ENADE: Análise, Reflexões e Proposições à Luz da Taxonomia de Bloom

PADRÃO ENADE: Análise, Reflexões e Proposições à Luz da Taxonomia de Bloom PADRÃO ENADE:, Reflexões e Proposições à Luz da Taxonomia de Bloom Alexandre Mendes Nicolini Rui Otávio Bernardes de Andrade (Organizadores) Adriana Amadeu Garcia Torres Claudio Marcos Maciel da Silva

Leia mais

PLANO DE CURSO 3 PERÍODO 2015.1

PLANO DE CURSO 3 PERÍODO 2015.1 PLANO DE CURSO 3 PERÍODO 2015.1 CURSO: MEDICINA COMPONENTE CURRICULAR: Saude Publica e Saúde Ambiental CARGA HORÁRIA TOTAL: 36 TEÓRICA: 36 PRÁTICA: --- PROFESSOR RESPONSÁVEL: César Ronald Pereira Gomes

Leia mais

Identidade e trabalho do coordenador pedagógico no cotidiano escolar

Identidade e trabalho do coordenador pedagógico no cotidiano escolar 9 Considerações finais A partir da análise dos dados coletados nessa pesquisa algumas considerações finais se fazem pertinentes em relação às questões iniciais levantadas nesta pesquisa. 9.1 Identidade

Leia mais

AVALIAÇÃO DA PRESCRIÇÃO DE CITALOPRAM NO MUNÍCIPIO DE CASTILHO/SP

AVALIAÇÃO DA PRESCRIÇÃO DE CITALOPRAM NO MUNÍCIPIO DE CASTILHO/SP AVALIAÇÃO DA PRESCRIÇÃO DE CITALOPRAM NO MUNÍCIPIO DE CASTILHO/SP Glaziely Jesus Freitas da Cruz Denise Cristina S. Takemoto Rodrigo Ferreira Corsato Graduando em Farmácia Juliana Gomes de Faria Silvana

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS-CCH COORDENAÇÃO DO CURSO DE HISTÓRIA PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS-CCH COORDENAÇÃO DO CURSO DE HISTÓRIA PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS-CCH COORDENAÇÃO DO CURSO DE HISTÓRIA PROGRAMA DE DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA HST-23 CRÉDITOS T P O ---------- 04 0

Leia mais

Apresentar ao acadêmico do curso uma visão completa sobre o Direito Empresarial, capacitandoo para a construção de seus postulados ou axiomas.

Apresentar ao acadêmico do curso uma visão completa sobre o Direito Empresarial, capacitandoo para a construção de seus postulados ou axiomas. Detalhes da Disciplina Código JUR1021 Nome da Disciplina DIREITO EMPRESARIAL I Carga Horária 60 Créditos 4 Direito Empresarial: histórico, fontes, relações, objeto e princípios. Empresa: atividade empresarial,

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 8.242/16

PROJETO DE LEI Nº 8.242/16 PROJETO DE LEI Nº 8.242/16 DETERMINA A AFIXAÇÃO DE CARTAZES NAS SALAS DE AULA DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO BÁSICA PERTENCENTES AO SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS HUMANAS: NASCITURO OU APENAS UMA CÉLULA?

CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS HUMANAS: NASCITURO OU APENAS UMA CÉLULA? CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS HUMANAS: NASCITURO OU APENAS UMA CÉLULA? Daniel Martins Alves 1 RESUMO: Trata-se da discussão acadêmica sobre células-tronco e se o embrião produzido in vitro tem os mesmos

Leia mais

Teste diagnóstico TERRA NO ESPAÇO CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SOCIEDADE AMBIENTE. OBSERVAÇÃO: Grelhas de observação. Listas de verificação.

Teste diagnóstico TERRA NO ESPAÇO CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SOCIEDADE AMBIENTE. OBSERVAÇÃO: Grelhas de observação. Listas de verificação. ANO: 7º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/5 TERRA NO ESPAÇO 2 Teste diagnóstico CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SOCIEDADE AMBIENTE E - Ciência produto da actividade humana. - Ciência e conhecimento do Universo. - Compreender

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS Jaiana Cirino dos Santos Graduanda de Pedagogia CFP / UFCG jaianacz@hotmail.com Alzenira Cândida Alves Graduanda de Pedagogia CFP /UFCG

Leia mais

OBJETOS EDUCACIONAIS: "LAVOISIER E A CONSERVAÇÃO DE MASSA".

OBJETOS EDUCACIONAIS: LAVOISIER E A CONSERVAÇÃO DE MASSA. OBJETOS EDUCACIONAIS: "LAVOISIER E A CONSERVAÇÃO DE MASSA". Giseli de Oliveira Cardoso 1 ; Maria Thereza de M. V. Nogueira 2 ; Mara Regina Prata Walerio 3, Simone A. A. Martorano 4 1,2,3 e 4 Universidade

Leia mais

Mesa 3. Casos Clínicos Músico-centrados: Edward

Mesa 3. Casos Clínicos Músico-centrados: Edward Mesa 3 Casos Clínicos Músico-centrados: Edward MT Gregório Pereira de Queiroz 1 Resumo O artigo apresenta o caso Edward como um dos fundamentos para o Músico-centramento. O gesto clínico musicoterápico

Leia mais

PROJECTO FUNDAMENTAÇÃO

PROJECTO FUNDAMENTAÇÃO PROJECTO FUNDAMENTAÇÃO No seguimento das propostas apresentadas por esta Direcção Regional de Educação para o Plano de Acompanhamento dos Centros de Recursos TIC (CRTIC) no ano de 2011, com uma linha orientadora

Leia mais

DANÇA E CULTURA VISUAL: DIÁLOGOS POSSÍVEIS NO CONTEXTO ESCOLAR Lana Costa Faria 1. Palavras chave: diálogo, dança, educação e cultura visual.

DANÇA E CULTURA VISUAL: DIÁLOGOS POSSÍVEIS NO CONTEXTO ESCOLAR Lana Costa Faria 1. Palavras chave: diálogo, dança, educação e cultura visual. DANÇA E CULTURA VISUAL: DIÁLOGOS POSSÍVEIS NO CONTEXTO ESCOLAR Lana Costa Faria 1 Resumo Este relato trás como reflexão no universo da Dança uma prática pedagógica vivenciada no curso no Centro de Estudo

Leia mais

GESTÃO E SEGURANÇA DE OBRAS E ESTALEIROS

GESTÃO E SEGURANÇA DE OBRAS E ESTALEIROS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO GESTÃO E SEGURANÇA DE OBRAS E ESTALEIROS 2008/2009 1º SEMESTRE GUIÃO DA DISCIPLINA Docentes: Anabela Mendes Moreira, Professora Adjunta NOTA INTRODUTÓRIA

Leia mais

Avaliação Universitária: útil ou inútil?

Avaliação Universitária: útil ou inútil? Avaliação Universitária: útil ou inútil? Este é um depoimento baseado em algumas leituras sobre o assunto e na minha experiência universitária no Brasil e nos Estados Unidos. Acompanhei de perto os debates

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Currículo Escolar do 1º semestre de 2007

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Currículo Escolar do 1º semestre de 2007 Núcleo Universitário: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Currículo Escolar do 1º semestre de 2007 NÚCLEO UNIV BH Curso: Psicologia Turno : 01º Período CH Cred. Turmas Req. CH Req. Cred. Req(s).

Leia mais

Segue o texto do Dr. Mário Sérgio Vasconcelos para o I Encontro Temático de Marília. Seguir o padrão dos textos anteriores.

Segue o texto do Dr. Mário Sérgio Vasconcelos para o I Encontro Temático de Marília. Seguir o padrão dos textos anteriores. Aprender a Fazer Produções Educacionais Curitiba, maio de 2007-05-23 Segue o texto do Dr. Mário Sérgio Vasconcelos para o I Encontro Temático de Marília. Seguir o padrão dos textos anteriores. Professor

Leia mais

PIBID MATEMÁTICA E A CONSTRUÇÃO DE CASINHAS DE JARDIM COM MATERIAIS DE BAIXO CUSTO

PIBID MATEMÁTICA E A CONSTRUÇÃO DE CASINHAS DE JARDIM COM MATERIAIS DE BAIXO CUSTO PIBID MATEMÁTICA E A CONSTRUÇÃO DE CASINHAS DE JARDIM COM MATERIAIS DE BAIXO CUSTO A.P.V. RENGEL 1 ; A. ÁVILA¹; D. D. CHIESA¹; D. BAVARESCO 2 ; G.B.F.DIAS 3, M.CARRARO¹; M. MAITO¹; RESUMO: Inovações no

Leia mais

PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO

PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO Formação de Professores e Educação Matemática (FPM) GT 08 RESUMO Melquisedec Anselmo da Costa AZEVEDO

Leia mais

Eixo Temático ET-07-010 - Desenvolvimento de Estratégias Didáticas

Eixo Temático ET-07-010 - Desenvolvimento de Estratégias Didáticas 75 Eixo Temático ET-07-010 - Desenvolvimento de Estratégias Didáticas SANEAMENTO BÁSICO E A PERSPECTIVA DA COMUNIDADE COM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS E IMPACTOS AMBIENTAIS Mara Araújo Ferreira*; Edna Lúcia

Leia mais

Neurofisiologia (Marina Sena Faria) Neurofisiologia (Marina Sena Faria) Neurofisiologia (Marina Sena Faria) Neurofisiologia (Marina Sena Faria)

Neurofisiologia (Marina Sena Faria) Neurofisiologia (Marina Sena Faria) Neurofisiologia (Marina Sena Faria) Neurofisiologia (Marina Sena Faria) 2º PERÍODO Introdução à Metodologia Científica (Sílvio Márcio Bernardes) História da (*) (Flávia de Oliveira) Estatística Aplicada à Psicologia (Ramires Ferreira) Introdução à Metodologia Científica (Sílvio

Leia mais

Dados de Identificação

Dados de Identificação MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO NÃO FINALIZADO Dados de Identificação Componente Curricular:

Leia mais

Palavras-chave: Segurança, sons, tranquilidade, transgressor, transtornos. Hudson Gonçalves Neves 2,Luciene da Silva Dias 3.

Palavras-chave: Segurança, sons, tranquilidade, transgressor, transtornos. Hudson Gonçalves Neves 2,Luciene da Silva Dias 3. 103 PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO ALHEIO: Uma análise dessa infração na cidade de Viçosa - MG e uma proposta de mudança no comportamento do cidadão infrator 1 Hudson Gonçalves Neves 2,Luciene da Silva Dias 3

Leia mais

O PAPEL DA EDUCAÇÃO EM PROCESSOS DE TUTELA DE MENORES DESVALIDOS. Alessandra David Moreira da Costa

O PAPEL DA EDUCAÇÃO EM PROCESSOS DE TUTELA DE MENORES DESVALIDOS. Alessandra David Moreira da Costa 1 O PAPEL DA EDUCAÇÃO EM PROCESSOS DE TUTELA DE MENORES DESVALIDOS. Alessandra David Moreira da Costa A escolha da temática da pesquisa que estamos desenvolvendo ou seja, a análise do discurso educacional

Leia mais

Recuperação - 3ª Etapa Ensino Médio

Recuperação - 3ª Etapa Ensino Médio 1 CULTURA RELIGIOSA 2º ANO ENS. MÉDIO PROFESSOR(A): RICARTE NOME: Nº PARTE I DOS CONCEITOS ATUAIS NA CULTURA RELIGIOSA QUESTÃO 01: EXPLIQUE OS SEGUINTES CONCEITOS: 1. O RELATIVISMO A) Relativismo filosófico

Leia mais

TEORIAS DA PERSONALIDADE

TEORIAS DA PERSONALIDADE 1 Ano Lectivo 2010/11 Psicologia do Desporto e do Exercício PROGRAMA UNIDADE CURRICULAR TEORIAS DA PERSONALIDADE Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior Anabela Vitorino

Leia mais

UMA ANÁLISE BAYESIANA DO PERFIL COR/RAÇA DOS INDIVÍDUOS QUE TEM CURSO SUPERIOR NO BRASIL

UMA ANÁLISE BAYESIANA DO PERFIL COR/RAÇA DOS INDIVÍDUOS QUE TEM CURSO SUPERIOR NO BRASIL ISSN 2175-6295 Rio de Janeiro- Brasil, 08 e 09 novembro de 2007. SPOLM 2007 UMA ANÁLISE BAYESIANA DO PERFIL COR/RAÇA DOS INDIVÍDUOS QUE TEM CURSO SUPERIOR NO BRASIL Giovani Glaucio de Oliveira Costa Universidade

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE O ENSINO RELIGIOSO

REFLEXÕES SOBRE O ENSINO RELIGIOSO REFLEXÕES SOBRE O ENSINO RELIGIOSO Prof. Márcio Antônio Sousa da Silva(Org.) Brasília - DF Nos últimos anos, o ensino religioso no Brasil tem sido alvo de debate, não mais como nos períodos correspondentes

Leia mais

DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA - A VACINAÇÃO CONTRA O PAPILOMA VÍRUS HUMANO (HPV)

DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA - A VACINAÇÃO CONTRA O PAPILOMA VÍRUS HUMANO (HPV) DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA - A VACINAÇÃO CONTRA O PAPILOMA VÍRUS HUMANO (HPV) Ivonice Mendes de Oliveira Guimarães 1, Joanice dos Santos Gonçalves 2, Karine Sânya Dutra Silva 3 1 Instituto Federal de Goiás

Leia mais

PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR

PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR EDUCAÇÃO FÍSICA E PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR Gabrielle Cristina Sanchez Adriana Garcia Gonçalves São Carlos - UFSCar Eixo Temático: 9 Pesquisa e Inovação Metodológica

Leia mais

PORTUGUÊS REDAÇÃO. 14/09 (segunda-feira ) CIÊNCIAS / INGLÊS 15/09 (terça-feira) REDAÇÃO/ HISTÓRIA. 16/09 (quarta -feira) MATEMÁTICA / EDUC.

PORTUGUÊS REDAÇÃO. 14/09 (segunda-feira ) CIÊNCIAS / INGLÊS 15/09 (terça-feira) REDAÇÃO/ HISTÓRIA. 16/09 (quarta -feira) MATEMÁTICA / EDUC. O Adjetivo / Flexão dos Adjetivos e dos Subjuntivos / O Grau dos Substantivos e dos Adjetivos / O Artigo / Flexão e Classificação dos Artigos / Interpretação Textual / Paradidático : A droga da obediência

Leia mais