Solução SAP para Nota Fiscal Eletrônica

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Solução SAP para Nota Fiscal Eletrônica"

Transcrição

1 Solução SAP para Nota Fiscal Eletrônica

2 Apresentadores Adriano Santos Business Development CoE for the CIO Office SAP Business Objects Av. Das Nações Unidas, o. Andar Torre B São Paulo - SP Christine Handy Localization Product Management Industry Solution Group SAP Brazil SAP Brasil Av. Das Nações Unidas, o. Andar Torre B São Paulo - SP T +55 (11) F +55 (11) E Henrique Pinto New Solution Engineering SAP Latin America SAP Latin America Av. Das Nações Unidas, o. Andar Torre B São Paulo - SP

3 Agenda Porque desta apresentação! NF-e: Quem e quando? NF-e: O que é e por que? NF-e: Como? Proposta SAP e seus parceiros para seu Roadmap

4 Agenda Porque desta apresentação! NF-e: Quem e quando? NF-e: O que é e por que? NF-e: Como? Proposta SAP e seus parceiros para seu Roadmap

5 Por que: NF-e é Lei Quando: Prazo 01/09/2009 Como: SAP NFE traz benefícios, não é só custo!

6 Agenda Porque desta apresentação! NF-e: Quem e quando? NF-e: O que é e por que? NF-e: Como? Proposta SAP e seus parceiros para seu Roadmap

7 Setores obrigados à utilização de NF-e Onda setores Cigarros, Combustíveis... Abril de 2008 Onda setores Dezembro de 2008 Automóveis, Medicamentos, Bebidas, Siderúrgicas... Onda setores Abril de 2009 Autopeças, Distribuidores de Medicamentos e Bebidas... Onda setores Setembro de 2009

8 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda setores Fabricantes de cigarros Distribuidores ou atacadistas de cigarros Produtores, formuladores e importadores de combustíveis líquidos, assim definidos e autorizados por órgão federal competente Abril de 2008 Distribuidores decombustíveis líquidos, assim definidos e autorizados por órgão federal competente Transportadores e revendedores retalhistas TRR, assim definidos e autorizados por órgão federal competente

9 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Dezembro de 2008 setores Setores Fabricantes de automóveis, camionetes, utilitários, caminhões, ônibus e motocicletas Fabricantes de cimento Fabricantes, distribuidores e comerciante atacadista de medicamentos alopáticos para uso humano; Frigoríficos e atacadistas que promoverem as saídas de carnes frescas, refrigeradas ou congeladas das espécies bovinas, suínas, bufalinas e avícola Fabricantes de bebidas alcoólicas inclusive cervejas e chopes Fabricantes de refrigerantes Agentes que assumem o papel de fornecedores de energia elétrica, no âmbito da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica CCEE Fabricantes de semi-acabados, laminados planos ou longos, relaminados, trefilados e perfilados de aço Fabricantes de ferro-gusa

10 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setores setores parte 1 de 3 Importadores de automóveis, camionetes, utilitários, caminhões, ônibus e motocicletas Fabricantes e importadores de baterias e acumuladores para veículos automotores Abril de 2009 Fabricantes de pneumáticos e de câmaras-de-ar Fabricantes e importadores de autopeças Produtores, formuladores, importadores e distribuidores de solventes derivados de petróleo, assim definidos e autorizados por órgão federal competente Comerciantes atacadistas a granel de solventes derivados de petróleo Produtores, importadores e distribuidores de lubrificantes e graxas derivados de petróleo, assim definidos e autorizados por órgão federal competente Comerciantes atacadistas a granel de lubrificantes e graxas derivados de petróleo

11 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setores setores (continuação) parte 2 de 3 Produtores, importadores, distribuidores a granel, engarrafadores e revendedores atacadistas a granel de álcool para outros fins Produtores, importadores e distribuidores de GLP - gás liquefeito de petróleo, assim definidos e autorizados por órgão federal competente Produtores e importadores de gás natural veicular Abril de 2009 Atacadistas de produtos siderúrgicos e ferro gusa Fabricantes de alumínio, laminados e ligas de alumínio Fabricantes de vasilhames de vidro, garrafas PET e latas para bebidas alcoólicas e refrigerantes Fabricantes e importadores de tintas, vernizes, esmaltes e lacas Fabricantes e importadores de resinas termoplásticas Distribuidores, atacadistas ou importadores de bebidas alcoólicas, inclusive cervejas e chopes Distribuidores, atacadistas ou importadores de refrigerantes

12 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setores setores (continuação) parte 3 de 3 Fabricantes, distribuidores, atacadistas ou importadores de extrato e xarope utilizados na fabricação de refrigerantes atacadistas de bebidas com atividade de fracionamento e acondicionamento associada Abril de 2009 atacadistas de fumo beneficiado fabricantes de cigarrilhase charutos fabricantes e importadores de filtros para cigarros fabricantes e importadores de outros produtos do fumo, exceto cigarros, cigarrilhas e charutos processadores industriais do fumo

13 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setores setores parte 1 de 6 Fabricantes de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal Fabricantes de produtos de limpeza e de polimento Setembro de 2009 Fabricantes de sabões e detergentes sintéticos Fabricantes de alimentos para animais Fabricantes de papel Fabricantes de produtos de papel, cartolina,papel-cartão e papelão ondulado para uso comercial e de escritório Fabricantes e importadores de componentes eletrônicos Fabricantes e importadores de equipamentos de informática e de periféricos para equipamentos de informática Fabricantes e importadores de equipamentos transmissores de comunicação, pecas e acessórios

14 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setores setores (continuação) parte 2 de 6 Fabricantes e importadores de aparelhos de recepção, reprodução, gravação e amplificação de áudio e vídeo estabelecimentosque realizem reprodução de vídeo em qualquer suporte Setembro de 2009 estabelecimentos que realizem reprodução de som em qualquer suporte Fabricantes e importadores de mídias virgens, magnéticas e ópticas Fabricantes e importadores de aparelhos telefônicos e de outros equipamentos de comunicação, peças e acessórios Fabricantes de aparelhos eletromédicos e eletroterapeuticos e equipamentos de irradiação Fabricantes e importadores de pilhas, baterias e acumuladores elétricos, exceto para veículos automotores Fabricantes e importadores de material elétrico para instalações em circuito de consumo

15 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setembro de 2009 Setores setores (continuação) parte 3 de 6 Fabricantes e importadores de fios, cabos e condutores elétricos isolados Fabricantes e importadores de material elétrico e eletrônico para veículos automotores, exceto baterias Fabricantes e importadores de fogões, refrigeradores e maquinas de lavar e secar para uso domestico, peças e acessórios Estabelecimentos que realizem moagem de trigo e fabricação de derivados de trigo Atacadistas de café em grão Aatacadistas de café torrado, moído e solúvel Produtores de café torrado e moído, aromatizado Fabricantes de óleos vegetais refinados, exceto óleo de milho Fabricantes de defensivos agrícolas

16 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setores setores (continuação) parte 4 de 6 Fabricantes de adubos e fertilizantes Fabricantes de medicamentos homeopáticos para uso humano Setembro de 2009 Fabricantes de medicamentos fitoterápicos para uso humano Fabricantes de medicamentos para uso veterinário Fabricantes de produtos farmoquímicos atacadistas e importadores de malte para fabricação de bebidas alcoólicas Fabricantes e atacadistas de laticínios Fabricantes de artefatos de material plástico para usos industriais Fabricantes de tubos de aço sem costura

17 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setores setores (continuação) parte 5 de 6 Fabricantes de tubos de aço com costura Fabricantes e atacadistas de tubos e conexões em PVC e cobre Fabricantes de artefatos estampados de metal Setembro de 2009 Fabricantes de produtos de trefilados de metal, exceto padronizados Fabricantes de cronômetros e relógios Fabricantes de equipamentos e instrumentos ópticos, peças e acessórios; Fabricantes de equipamentos de transmissão ou de rolamentos, para fins industriais; Fabricantes de máquinas, equipamentos e aparelhos para transporte e elevação de cargas, peças e acessórios; Fabricantes de aparelhos e equipamentos de ar condicionado para uso não-industrial

18 Obrigatoriedade de Utilização da NF-e Onda Setores setores (continuação) parte 6 de 6 Serrarias com desdobramento de madeira Fabricantes de artefatos de joalheria e ourivesaria Fabricantes de tratores, peças e acessórios, exceto agrícolas Fabricantes e atacadistas de pães, biscoitos e bolacha Setembro de 2009 Fabricantes e atacadistas de vidros planos e de segurança Atacadistas de mercadoria em geral, com predominância de produtos alimentícios Concessionários de veículos novos Fabricantes e importadores de pisos e revestimentos cerâmicos Tecelagem de fios de fibras têxteis Preparação e fiação de fibras têxteis

19 Aceleração das Obrigatoriedades Qtd. Empresas Todas as empresas em operação no Brasil (Exceto Simples Nacional) setores setores setores setores Ondas Onda Onda Onda Onda... Abr/2008 Dez/2008 Abr/2009 Hoje Menos de 02 meses! Set/ /09 Não publicada!

20 Exceção: Obrigatoriedade específica para Mato Grosso DECRETO Nº 2.004, DE 17/06/2009 (DO-MT, DE 17/06/2009) Art. 1º - Ficam acrescentados os artigos 198-A-3, 198-A-4 e 198-A-5 ao Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto n 1.944, de 6 de outubro de 1989, com a redação assinalada: Art. 198-A-3 - Observado o disposto nos artigos 198-A-4 e 198-A-5, a partir de 1º de janeiro de 2010, a Nota Fiscal Eletrônica NF-e de que trata o artigo 198-A, será, também, utilizada pelos contribuintes do ICMS em substituição aos seguintes documentos: I Nota Fiscal de Produtor, modelo 4; II Nota Fiscal/Conta de Energia Elétrica, modelo 6; III Nota Fiscal de Serviço de Comunicação, modelo 21; IV Nota Fiscal de Serviço de Telecomunicações, modelo 22.

21 Agenda Porque desta apresentação! NF-e: Quem e quando? NF-e: O que é e por que? NF-e: Como? Proposta SAP e seus parceiros para seu Roadmap

22 Processo com NF-e Autorizada SEFAZ Origem 3 8 XML XML SEFAZ Destino 1 XML 2 Recibo 4 Protoc. 7 Verificação Emissor 5 DANFE 6 Mercadoria + DANFE Recebedor

23 Processo com NF-e Rejeitada Arquivo XML com problemas técnicos SEFAZ Origem 3 XML SEFAZ Destino 1 XML 2 Recibo 4 Protoc. 5 XML É possível reenviar a mesma NF-e com correções Emissor Recebedor

24 Processo com NF-e Denegada Empresa com pendências legais/tributárias SEFAZ Origem 3 XML SEFAZ Destino 1 XML 2 Recibo 4 Protoc. Emissor DANFE Recebedor

25 Processo com NF-e em Contingência Impossibilidade de comunicação com SEFAZ SEFAZ Origem SEFAZ Destino 1 XML 4 XML 5 Verificação Emissor 2 Formulário de segurança 3 Mercadoria + Formulário de Segurança Recebedor

26 DANFe: Documento auxiliar da nota fiscal eletrônica

27 Configuração de NF-e x NF Modelo 1/1A

28 NF-e Monitor / Tela de Seleção (J1BNFE)

29 J1B3N

30 NF-e Tab

31 Requisitos para o SAP ERP SAP note NF-e Overview SAP note Base da Solução SAP note XML Layout Versão 1.10 SAP note NF-e Integration backend SAP note MP135 / LC116 SAP note NF-e Município São Paulo Várias outras notas! R/3 4.6c SAP ERP 4.7 SAP ERP 5.0 SAP ERP 6.0 Mínimo: Base da Solução: Recomendado: SP 48 SP 54 SP 57 SP 22 SP 28 SP 31 SP 5 SP 16 SP 20 Qualquer SP SP 09 SP 14

32 Requisitos para o SAP GRC NFE 1.0 SAP NetWeaver PI 7.0 OU SAP NetWeaver PI 7.1 (as of SP06) SAP NetWeaver AS 7.00 (ABAP) SAP NetWeaver AS 7.00 (Java) SAP Note GRC NFE Installation

33 Por que? NF-e também traz benefícios de negócios

34 Redução de Gastos com Impressão e Papel Impressão em Matricial NF modelos 1 e 1A por NF Impressão a Laser NF-e modelo 55 por NF Fonte: Engenharia de Valor SAP Brasil

35 Redução de Gastos com Impressão e Papel Impressão em Matricial NF modelos 1 e 1A por NF Impressão a Laser NF-e modelo 55 por NF Fonte: Engenharia de Valor SAP Brasil

36 Redução de Gastos com Armazenagem Armazenagem por 5 anos Custo de Armazenagem por NF Fonte: Engenharia de Valor SAP Brasil

37 Redução de Gastos com Armazenagem Armazenagem por 5 anos Custo de Armazenagem por NF Fonte: Engenharia de Valor SAP Brasil

38 Redução de Custos com Atividades de Conformidade Custo composto por: Auditorias Reportes Autuações Etc. Referência: do faturamento anual para empresas até R$ 100 M do faturamento anual para empresas de R$ 100 M a R$ 1 B do faturamento anual para empresas de R$ 1 B a R$ 5 B do faturamento anual para empresas acima de R$ 5 B * Fonte: Bertolucci, A V, Quanto custa pagar tributos? ; Editora Atlas, ISBN: X Publicado também pela Revista de Contabilidade e Finanças da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, número 29 Fonte: Engenharia de Valor SAP Brasil

39 Redução de Custos com Atividades de Conformidade Custo composto por: Auditorias Reportes Autuações Etc. Referência: do faturamento anual para empresas até R$ 100 M do faturamento anual para empresas de R$ 100 M a R$ 1 B do faturamento anual para empresas de R$ 1 B a R$ 5 B do faturamento anual para empresas acima de R$ 5 B * Fonte: Bertolucci, A V, Quanto custa pagar tributos? ; Editora Atlas, ISBN: X Publicado também pela Revista de Contabilidade e Finanças da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, número 29 Fonte: Engenharia de Valor SAP Brasil

40 Objeto Fiscal Agora é Eletrônico! Versão em Papel Versão em XML

41 Redução de Tempo nas Paradas em Postos Fiscais SEFAZ Origem DANFE Posto Fiscal

42 Melhorias possíveis: Verificação Antecipada da Nota Fiscal pelo Cliente 1 Envio obrigatório do XML SEFAZ Origem 2 Envio do XML direto para o cliente Emissor 3 Em caso de inconsistência, evita-se o transporte indevido Recebedor

43 Melhorias possíveis: Registro Automático da NF de Entrada Revisão da NF Registro dos dados do XML Evita erros de digitação Emissor Recebedor

44 Agenda Porque desta apresentação! NF-e: Quem e quando? NF-e: O que é e por que? NF-e: Como? Proposta SAP e seus parceiros para seu Roadmap

45 Solução SAP para Gerenciamento de NF-e Fornecedor Contribuinte Envio automático com B2B SEFAZ Envio automático com B2B Cliente Download via Portal (1) Clientes menores (1) Implementação via SAP Portal em tempo de projeto

46 Funcionalidades para Gerenciamento de NF-e Na Emissão SAP NFE ERP 1 Ordem de vendas 4 5 Validação e Geração do XML Assinatura digital 2 Separação de mercadoria 6 Montagem de lote 3 Emissão NF-e 7 Monitoramento dos status das SEFAZ 13 Controle de status de NF-e 8 Comunicação com a SEFAZ 14 Impressão de DANFE 9 Verificação de Status na SEFAZ 15 Registro no livro de saídas 10 Atualização do status no ERP 16 Cancelamento de NF-e 11 Armazenamento do XML 17 Inutilização de NF-e 12 Envio do XML (Comunicação B2B)

47 Funcionalidades para Gerenciamento de NF-e No Recebimento ERP Pedido de compras Recebimento de mercadoria Recebimento do DANFE Verificação do XML com Pedido de Compras Registro no livro de entrada Aprovado SAP AG Data entrega TBD *ROI: Implemente hoje Via SAP Partners SAP NFE Recebimento XML do fornecedor com B2B Verificação da validade no SEFAZ Controle de fila Atualização do status no ERP Arquivamento XML

48 SAP ERP + SAP GRC NFE 1.0 Encaixe Perfeito, Integração Nativa Funcionalidades que se complementam perfeitamente

49 Risco com outro produto de mensageria: Possível conflito de funcionalidades Gaps Outro produto de mensageria Sobreposições que geram duplicidades de dados!! São issues a serem tratados durante a implementação!!

50 Risco com outro produto de mensageria: Possível falta de funcionalidades (Gaps) Gaps Outro produto de mensageria Falta de funcionalidades!! Necessita desenvolvimento durante a implementação!!

51 Possibilidade de evolução do seu projeto com seu parceiro implementador Escopo Comunicação com SEFAZ XML de saída Integração com ERP XML de entrada Automação da entrada em compras *ROI via Partners Integração com Fornecedores (Partners) Integração com Clientes Portal NFE Quaisquer outras funcionalidades! Hoje Versão 1.0 Versão TBD Disponível NW Disponível NW Grau de utilização do SAP Netweaver

52 Roadmap de implementação Instalação SAP GRC NFE 1.0 Aplicação SAP notes no ERP Implementação Instalação e Parametrização SAP GRC NFE 1.0 do NFE 1.0 Parametrização do ERP Instalação SAP GRC NFE 1.0 Testes Integrados Entrada em Paralelo Entrada em Produção

53 SAP 2007 / Page 53

54 SAP 2007 / Page 54

55 SAP 2007 / Page 55

56 SAP 2007 / Page 56

57 SAP 2007 / Page 57

58 SAP 2007 / Page 58

59 TODO LIST SAP NFE 1. Certificado Digital p/ NFe (obtido junto a alguma Autoridade Certificadora cadastrada junto à ICP-Brasil. e.g. Certisign, Serasa etc) => obs: 1 certificado por empresa (raiz de CNPJ), pode ser o mesmo para todas as filiais de uma mesma empresa 2. Registro na SEFAZ como emissor de NFe p/ todos os CNPJs incluídos no projeto (no mínimo p/ o ambiente de homologação) 3. Disponibilidade de ambiente p/ inicío do projeto (no mínimo ambiente Dev) => Sizing mínimo (segundo recomendação do NFE Sizing Guide de Pré-vendas): 2000 saps, 8GB de RAM, 150GB de HD (p/ clientes sem PI ou que vao instalar o NFE separado do PI) 4. Sistema com comunicação à internet: tem que garantir o acesso do ambiente onde o PI será/está instalado à internet (acesso direto, via DMZ, ou utilização de proxy comum de internet, via https); 5. Caso hajam sistemas legados a emitirem NFe pelo GRC NFE, garantir que eles estejam adaptados p/ a integração com o GRC NFE via PI (deve haver alguma interface no legado p/ emissão de NFes e retorno de status (e.g. geracao/leitura de XMLs, web service, etc). SAP 2007 / Page 59

60 TODO LIST SAP ERP ERP - Impacto no tempo de projeto: - MP135 - Chave de Acesso - PIS / COFINS - Determinação da situação tributária - DANFE - SMARTForm Laser ou SMARTForm Matricial (DLL) - Processo de Importação / Exportação - BAdI - Industry solution - BAdI ERP: Impacto na entrada em produção - Manutenção de cadastro clientes, fornecedores e filiais (Domicílio Fiscal - MP135) SAP 2007 / Page 60

61 SAP NFE Mais de 100 clientes adquiriram, referencia em diversos setores SAP 2008 / Page 61

62 Obrigado! Adriano Santos Gerente de Negócios CoE for the CIO Office Christine Handy Localization Product Management Industry Solution Group SAP Brazil Henrique Pinto New Solution Engineering SAP Latin America SAP 2007 / Page 62

63 FAQ

64 FAQ Se NF-e é uma exigência legal, porque a funcionalidade não é coberta pela manutenção anual, sem a necessidade de licenciamento adicional? Houve desenvolvimentos no ERP para contemplar as funcionalidades de NF-e e estes são entregues sem custo, cobertos pela manutenção anual. Em outras palavras, o ERP gera NF-e nativamente. O licenciamento adicional se refere ao sistema de mensageria (SAP GRC NFE 1.0), cujas funcionalidades de gerenciamento dos cenários de contingência, inutilização, monitoramento de fila, etc. não estão especificados em lei mas entende-se que as empresas necessitem das mesmas.

65 FAQ Porque a SAP desenvolveu outro produto ao invés de incorporar as funcionalidades no ERP? Por segurança: Para se comunicar com o servidores das SEFAZ, o ERP deveria estar aberto a conexões de Internet, o que vai de encontro a políticas de segurança de diversas empresas. Por característica técnica: Para gerenciar assinatura digital e comunicação web services faz-se necessário o uso de PI e Stack Java que são produtos do SAP Netweaver. O ERP não possui estas ferramentas.

66 FAQ Porque é necessário instalar a solução em outro servidor? Para evitar concorrência de processamento: A SAP recomenda que não se façam instalações adicionais no mesmo servidor que roda o ERP, para evitar concorrência de processamento. Pelo dimensionamento original: Geralmente os servidores de ERP foram dimensionados para um determinado escopo e não convém adicionar produtos sem um redimensionamento de hardware. Por ser uma solução independente: O SAP GRC NFE 1.0 independe do ERP ser SAP. É possível utilizar a solução conectado a outros ERPs de mercado.

67 FAQ Qual é o dimensionamento de um servidor para o SAP GRC NFE 1.0? Dimensionamento de referência: Para um volume de até NFs/mês Plataforma Intel 2 processadores Dual Processor Xeon ou semelhante 4Gb RAM mínimo. Recomendado 8Gb RAM. 200 Gb HD Observações: Não foi considerado alta disponibilidade e storage. Foi considerada a instalação de PI, BI e Portal em um mesmo ambiente. Tamanho do arquivo XML de NF-e: 10Kb por item de nota

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA PORTARIA SEFAZ N o 299, de 01 de março de 2008 Dispõe sobre o Termo de Credenciamento dos contribuintes para a emissão da Nota Fiscal Eletrônica NF-e

Leia mais

NF-e Nota Fiscal Eletrônica

NF-e Nota Fiscal Eletrônica NF-e Nota Fiscal Eletrônica NF-e SPED Sistema Público de Escrituração Digital Objetivo Principal: Promover a integração entre os órgãos reguladores e de fiscalização da União, Estados e Municípios, mediante

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011)

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011) NPF 041/2009 p. 1 de 10 NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011) SÚMULA Dispõe sobre a utilização de Nota Fiscal eletrônica NF-e por contribuintes

Leia mais

Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009

Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009 Projeto Nota Fiscal Eletrônica Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009 Agenda Conceitos da NF-e Histórico Modelo Operacional Cancelamento Contingência Consulta Legislação Massificação da NF-e Obrigatoriedade

Leia mais

Clovis Souza Claudio Toledo CIESP

Clovis Souza Claudio Toledo CIESP Projeto Nota Fiscal Eletrônica Clovis Souza Claudio Toledo CIESP 27/08/2009 Agenda Conceitos da NF-e Histórico Modelo Operacional Cancelamento Contingência Consulta Legislação Massificação da NF-e Obrigatoriedade

Leia mais

Estado do Acre DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009.

Estado do Acre DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009. DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009.. Publicado no D.O.E n 10.020 de 1 de abril de 2009. Altera e acrescenta dispositivos ao Decreto nº 2.914, de 11 de abril de 2008. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE,

Leia mais

Newton Oller de Mello Evento NF-e e SPED ACE Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos 20/03/2009

Newton Oller de Mello Evento NF-e e SPED ACE Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos 20/03/2009 Projeto Nota Fiscal Eletrônica Newton Oller de Mello Evento NF-e e SPED ACE Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos 20/03/2009 Agenda Conceitos da NF-e SPED Breve Histórico Vantagens Conceito Modelo

Leia mais

NF N -e No N t o a Fi F s i cal l Eletrônica Fa F bia i no n o Mo M r o eir i a Ramos mo 12.03.2010

NF N -e No N t o a Fi F s i cal l Eletrônica Fa F bia i no n o Mo M r o eir i a Ramos mo 12.03.2010 NF-e Nota Fiscal Eletrônica Fabiano Moreira Ramos 12.03.2010 SPED - Subsistemas Escrituração Contábil Digital Nota Fiscal Eletrônica ECD EFD CTe NFe Escrituração Fiscal Digital Conhecimento Transporte

Leia mais

Descrição CNAE FABRICACAO DE OLEOS VEGETAIS REFINADOS, EXCETO OLEO DE MILHO 1/4/2010

Descrição CNAE FABRICACAO DE OLEOS VEGETAIS REFINADOS, EXCETO OLEO DE MILHO 1/4/2010 Descrição CNAE Início da obrigatoriedade 0722701 EXTRACAO DE MINERIO DE ESTANHO 1/4/2010 0722702 BENEFICIAMENTO DE MINÉRIO DE ESTANHO 1/4/2010 1011201 FRIGORIFICO - ABATE DE BOVINOS 1/4/2010 1011202 FRIGORÍFICO

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008. (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009)

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008. (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009) NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008 (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009) O DIRETOR DA COORDENAÇÃO DA RECEITA DO ESTADO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso

Leia mais

Para utilizar o emissor de NF-e, o contribuinte deverá dispor de Certificado Digital tipos A1 ou A3 no

Para utilizar o emissor de NF-e, o contribuinte deverá dispor de Certificado Digital tipos A1 ou A3 no o o o enviar a chave Pública do certificado Digital para a SEFAZ/SP. Basta que elas estejam válidas no momento da conexão e verificação da assinatura digital. um certificado digital distinto para cada

Leia mais

PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009.

PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009. ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 078-09_07809 PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o inciso XVIII

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas atribuições legais, e RESOLVE:

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas atribuições legais, e RESOLVE: RESOLUÇÃO N. 0006/2009-GSEFAZ Gabinete do Secretário DISPÕE sobre os procedimentos necessários ao credenciamento de usuários da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e, e dá outras providências. O SECRETÁRIO DE

Leia mais

GUIA NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA NOTA FISCAL ELETRÔNICA 30/3/2009 1 Conteúdo Nota Fiscal Eletrônica - NF-e... 3 Legislação sobre a NF-e... 3 Vantagens da NF-e... 5 Benefícios para a Sociedade... 6 Benefícios para os Contabilistas...

Leia mais

SPED- SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL A MÁQUINA DE RAIO X DO FISCO

SPED- SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL A MÁQUINA DE RAIO X DO FISCO SPED- SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL A MÁQUINA DE RAIO X DO FISCO O QUE VOCÊ IRÁ VER O que é o SPED; Nota Fiscal Eletrônica; O PAC e o SPED; DANFE; Benefícios - Empresas, FISCO e Sociedade; Prazos

Leia mais

CARTILHA DA NF-e Julho de 2009

CARTILHA DA NF-e Julho de 2009 CARTILHA DA NF-e Julho de 2009 Introdução Este documento é destinado a técnicos, usuários e operadores de NF-e. Tem o objetivo de melhorar o entendimento sobre a NF-e (Nota Fiscal Eletrônica). NF-e (Nota

Leia mais

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005 Total... 147 358 6 443 364 1 255 903 923 1 233 256 750 157 359 927 105 804 733 1 192 717 909 681 401 937 511 315 972 C Indústrias extrativas... 3 019 126 018 38 315 470 32 463 760 4 145 236 2 657 977 35

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e

PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e O que clientes e canais devem fazer para utilizar o Radar NF-e? Para usufruir de todos os diferenciais do Radar NF-e é imprescindível que os clientes da linha Radar antecipem

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Geraldo Scheibler Agente Fiscal do Tesouro do Estado

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Geraldo Scheibler Agente Fiscal do Tesouro do Estado Nota Fiscal Eletrônica NF-e Geraldo Scheibler Agente Fiscal do Tesouro do Estado CIC de Garibaldi, CIC de Bento Gonçalves, ACI de Carlos Barbosa, Associação dos Contabilistas de Garibaldi (ASCONGAR), Conselho

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Vinícius Pimentel de Freitas Geraldo Scheibler José Alfredo Duarte Filho Dimitri Munari Domingos. Equipe da NF-e no RS

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Vinícius Pimentel de Freitas Geraldo Scheibler José Alfredo Duarte Filho Dimitri Munari Domingos. Equipe da NF-e no RS Nota Fiscal Eletrônica NF-e Vinícius Pimentel de Freitas Geraldo Scheibler José Alfredo Duarte Filho Dimitri Munari Domingos Equipe da NF-e no RS Para segmentos obrigados a utilizar NF-e a partir de 1º

Leia mais

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS Geraldo Scheibler Equipe da NF-e no RS Escrituração Contábil Digital Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica Sistema Público de Escrituração Digital - SPED SPED Subprojetos SPED Contábil (ECD)

Leia mais

FAQ s. Obrigatoriedade do Serviço da NFe

FAQ s. Obrigatoriedade do Serviço da NFe FAQ s Obrigatoriedade do Serviço da NFe O Protocolo ICMS 30/07 de 06/07/2007, alterou disposições do Protocolo ICMS 10/07 e estabeleceu a obrigatoriedade de utilização da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Leia mais

Por dentro do Fisco On-line. São Paulo 12/02/2009

Por dentro do Fisco On-line. São Paulo 12/02/2009 Por dentro do Fisco On-line São Paulo 12/02/2009 Situação Atual Base 31/12/08 15.800 empresas emitindo NF-e, atingindo, em média, 35% da arrecadação das UF); 70 milhões NF-e autorizadas: Média 700.000

Leia mais

Nota Fiscal de Electrónica de Brasil

Nota Fiscal de Electrónica de Brasil 1er Foro Internacional USO DE TECNOLOGÍA EN LA SUPERVISIÓN Y FISCALIZACIÓN DEL SECTOR HIDROCARBUROS Nota Fiscal de Electrónica de Brasil Lic. Álvaro Antonio Bahia 1 Agenda Nota Fiscal Eletrônica Antecedentes

Leia mais

Impactos da Nota Fiscal Eletrônica no Setor de Varejo. Eduardo Barbosa de Souza Diretor de P&D&I Oriontec Automação Comercial ebsouza@oriontec.com.

Impactos da Nota Fiscal Eletrônica no Setor de Varejo. Eduardo Barbosa de Souza Diretor de P&D&I Oriontec Automação Comercial ebsouza@oriontec.com. Impactos da Nota Fiscal Eletrônica no Setor de Varejo Eduardo Barbosa de Souza Diretor de P&D&I Oriontec Automação Comercial ebsouza@oriontec.com.br Agenda Visão Geral da NF-e Breve Histórico Conceito

Leia mais

Inovações organizacionais e de marketing

Inovações organizacionais e de marketing e de marketing Pesquisa de Inovação 2011 Tabela 1.1.22 -, total e as que não implementaram produto ou processo e sem projetos, com indicação das inovações e gás - Brasil - período 2009-2011 (continua)

Leia mais

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Geraldo Scheibler Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Escrituração Contábil Digital Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica Sistema Público de Escrituração Digital - SPED SPED Subprojetos

Leia mais

Maranhão > Novembro/2015

Maranhão > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Maranhão >

Leia mais

SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Maio/ 2009

SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Maio/ 2009 SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA Maio/ 2009 NFe - Objetivo Alteração da sistemática atual de emissão da nota fiscal em papel, por nota fiscal de existência apenas eletrônica. NFs Modelos 1 e 1A NFe - Conceito

Leia mais

1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ. Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e)

1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ. Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e) 1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e) 17 de Novembro de 2009 SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL DECRETO Nº 6.022/07

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT. Sistema Público de Escrituração Digital

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT. Sistema Público de Escrituração Digital Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) (CT-e) Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT Atualizações Fevereiro de 2009 Rio de Janeiro O que é NF-e? A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento emitido e armazenado

Leia mais

Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos. Presidente do Comitê sobre Crimes Eletrônicos OAB SP

Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos. Presidente do Comitê sobre Crimes Eletrônicos OAB SP Projeto Nota Fiscal Eletrônica Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos Presidente do Comitê sobre Crimes Eletrônicos OAB SP 29/09/2009 Histórico Artigo 199 do CTN- Mútua assistência para Fiscalização

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica NF-e - Considerações 3,6 bilhões de notas fiscais armazenadas só em SP 26000 campos de futebol 27 voltas ao redor do mundo Podem representar um custo de até 5% no faturamento das

Leia mais

SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management

SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management SAP FORUM 2013 Bruno Ogusuko Gerente de Desenvolvimento de Negócios SPED/NFE Bruno Renzo Gerente de Produto TMF/NFE Cenário Fiscal atual Fisco

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima

Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima O que é Benefícios Obrigatoriedade Fluxograma Alterações na emissão Armazenamento Recebimento Contingência Inutilização do Mod.1 Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima O que é... Documento de existência

Leia mais

5. Para quais tipos de operações (ex: entrada, saída, importação, exportação, simples remessa) a NF-e pode ser utilizada?

5. Para quais tipos de operações (ex: entrada, saída, importação, exportação, simples remessa) a NF-e pode ser utilizada? I. Conceito, uso e obrigatoriedade da NF-e 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 2. Já existe legislação aprovada sobre a NF-e? 3. Quais são as vantagens da NF-e? 4. Quais os tipos de documentos

Leia mais

2. Já existe legislação aprovada sobre a NF-e?(Atualizado em 31/12/08)

2. Já existe legislação aprovada sobre a NF-e?(Atualizado em 31/12/08) 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Outlook XML Reader Versão 8.0.0 Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Add-in para o Outlook 2003, 2007 e 2010 responsável pela validação e armazenamento de notas fiscais eletrônicas. Atenção,

Leia mais

Conceito de NF-e. Conexão NF-e

Conceito de NF-e. Conexão NF-e WHITE PAPER Sumário Conceito de NF-e... 3 Conexão NF-e... 3 Validador de Arquivos da Nota de Entrada... 4 Importador da Nota de Entrada Para o ERP E M S... 5 Manifesto do Destinatário Eletrônico (MD-e)...

Leia mais

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial.

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER 1 Manual de Instruções Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER Sumário Apresentação:... 2 Exigência para funcionalidade do software:... 3 Instalação:... 4 Utilização... 5 Menu NFE/CTE XML... 7 XML

Leia mais

Setor produtivo G07 - Gráfica e Edição Visual/ Papel, Papelão e Cortiça. Contém 953505 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0121-1/01 Horticultura,

Setor produtivo G07 - Gráfica e Edição Visual/ Papel, Papelão e Cortiça. Contém 953505 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0121-1/01 Horticultura, Setor produtivo G07 - Gráfica e Edição Visual/ Papel, Papelão e Cortiça. Contém 953505 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0121-1/01 Horticultura, exceto morango 0122-9/00 Cultivo de flores e plantas

Leia mais

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e) é o documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, para vincular os documentos fiscais

Leia mais

Região Zona da Mata. Regional Agosto 2013

Região Zona da Mata. Regional Agosto 2013 O mapa mostra a divisão do estado de Minas Gerais para fins de planejamento. A região de planejamento Zona da Mata engloba a Fiemg Regional Zona da Mata. Região Zona da Mata GLOSSÁRIO Setores que fazem

Leia mais

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014*

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* Estabelece parâmetros para o Licenciamento Ambiental das atividades de comércio atacadista e de confecção e fabricação de produtos têxteis. O SECRETÁRIO

Leia mais

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4 CADASTROS FISCAIS 1. Reordenação da aba Fiscal 1 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2 3. Parametrização de NCM 4 4. Faturamento de pedidos entregues no endereço do revendedor

Leia mais

DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e

DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e ANEXO 11 OBRIGAÇÕES FISCAIS ACESSÓRIAS EM MEIO ELETRÔNICO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e A utilização da NF-e será obrigatória: Ficam obrigados a emitir Nota Fiscal Eletrônica NF-e, modelo 55, em substituição

Leia mais

Relação de (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) cujos contribuintes estão obrigados à Escrituração A partir desta competência, os contribuintes que iniciarem atividades ou que mudarem a atividade

Leia mais

ISTEMA DE GERENCIAMENTO DE OCUMENTOS ELETRÔNICOS

ISTEMA DE GERENCIAMENTO DE OCUMENTOS ELETRÔNICOS ISTEMA DE GERENCIAMENTO DE OCUMENTOS ELETRÔNICOS A Sonda IT traz para o mercado o Comply e-docs, que engloba soluções para a transmissão e gerenciamento de documentos fiscais eletrônicos. De fácil implementação

Leia mais

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MARKANTY INFORMÁTICA Sistemas para Automação Comercial Gestão Empresarial e Fábrica de Software (Específicos) Princípios de nossos Profissionais:

Leia mais

FARO CONTÁBIL - CONTE CONOSCO (www.farocontabil.com.br)

FARO CONTÁBIL - CONTE CONOSCO (www.farocontabil.com.br) :: Perguntas Freqüentes NF-e I. Conceito, uso e obrigatoriedade da NF-e 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 2. Já existe legislação aprovada sobre a NF-e? 3. Quais são as vantagens da NF-e? 4.

Leia mais

PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. CONVÊNIO OU PROTOCOLO Conv. ICMS 045/99 Prot. ICMS 019/92 Conv. ICMS 037/94 DISPOSITIVO DO RICMS

PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. CONVÊNIO OU PROTOCOLO Conv. ICMS 045/99 Prot. ICMS 019/92 Conv. ICMS 037/94 DISPOSITIVO DO RICMS PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA MERCADORIA Venda porta-a-porta de quaisquer mercadorias destinadas a revendedores não inscritos Cigarros e outros produtos derivados do fumo Cimento Refrigerante,

Leia mais

XXII comerciantes atacadistas a granel de lubrificantes e graxas derivados de. petróleo;

XXII comerciantes atacadistas a granel de lubrificantes e graxas derivados de. petróleo; DECRETO N.º 2914 DE 11 DE ABRIL DE 2008.. Publicado no D.O.E n 9.783 de 14 de abril de 2008.. Alterado pelo Decreto n 4.006, de 31 de março de 2009. Institui a Nota Fiscal Eletrônica NF-e e o Documento

Leia mais

3.3. Nota Fiscal Eletrônica e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica AJUSTE SINIEF 07/05 de 30.09.2005

3.3. Nota Fiscal Eletrônica e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica AJUSTE SINIEF 07/05 de 30.09.2005 3.3. Nota Fiscal Eletrônica e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica AJUSTE SINIEF 07/05 de 30.09.2005 A Emenda Constitucional nº 42/03, com o objetivo de promover a racionalização e a modernização

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Instalação da Aplicação Java...2 Instalação do Emissor...5 Instalação do Framework...7 Instalação das DLL s URL, SCHEMAS, CADEIA DE CERTIFICADO

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Nota fiscal Eletrônica-NF-E, aspectos preventivos Demes Britto* 1. Introdução. 2.Nota Fiscal Eletrônica NF-e Ambiente Nacional. 3. Previsão Normativa. 4.Certificação Digital. 6.

Leia mais

Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7)

Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7) Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7) Introdução Desde abril de 2008 a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) se tornou obrigatória para diversos setores da economia nacional. A cada 6 meses,

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin Módulo 14 CgaInformatica NFe NFe para o Sistema Retwin 2 Sumário O que é... 3 Benefícios... 3 Requisitos para Instalação e Implantação... 3 Obrigação Backup... 4 Configuração Geral do Sistema... 5 Cadastro

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Procedimentos de Configuração no CalcExpress....2 Procedimentos de Configuração no Emissor de Nota Fiscal Eletrônica...3 Gerando Arquivo

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO

GUIA DE PREENCHIMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUIDORAS E UTILIZADORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS (RAPP) EMISSÕES ATMOSFÉRICAS PLANTAÇÃO/VEGETAÇÃO NATIVA IBAMA, 2014 Guia de Preenchimento

Leia mais

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014 Agenda de Obrigações Estadual - São Paulo - Maio/2015 Até: Segunda-feira, dia 4 - Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

COMUNICADO CAT Nº 22 DE 27/05/2009 DOE-SP de 28/05/2009

COMUNICADO CAT Nº 22 DE 27/05/2009 DOE-SP de 28/05/2009 COORDENADOR DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA COMUNICADO CAT Nº 22 DE 27/05/2009 DOE-SP de 28/05/2009 O Coordenador da Administração Tributária declara que as datas fixadas para cumprimento das Obrigações Principais

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS ICMS

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS ICMS CONCEITO A substituição tributária é o instituto pelo qual o Estado transfere a responsabilidade de recolhimento do imposto para terceiro, que não deu causa ao

Leia mais

Comunicado CAT - 48, de 27-10-2009. DOE-SP 28/10/2009.

Comunicado CAT - 48, de 27-10-2009. DOE-SP 28/10/2009. Comunicado CAT - 48, de 27-10-2009. DOE-SP 28/10/2009. O Coordenador da Administração Tributária declara que as datas fixadas para cumprimento das OBRIGAÇÕES PRINCIPAIS e ACESSÓRIAS, do mês de novembro

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA Sistema Tributário Brasileiro (1967) Obrigações acessórias em excesso, muitas vezes redundantes Verificação Fiscal complexa e trabalhosa Altos custos com emissão,

Leia mais

Comunicado CAT n.º 16, de 27-07-2011

Comunicado CAT n.º 16, de 27-07-2011 Comunicado CAT n.º 16, de 27-07-2011 (DOE 28-07-2011) O Coordenador da Administração Tributária declara que as datas fixadas para cumprimento das OBRIGAÇÕES PRINCIPAIS e ACESSÓRIAS, do mês de agosto de

Leia mais

Adicionais. Grupo Acert - 1

Adicionais. Grupo Acert - 1 MÓDULOS Adicionais Grupo Acert - 1 ÍNDICE 1 - ESTOQUE 1.1- Balanço de Estoque 03 2 - FATURAMENTO/FINANCEIRO 2.1- Pagamento Eletrônico (Fornecedores) 2.2- Plug-in Cheque Custódia 06 07 3 - FISCAL e CONTÁBIL

Leia mais

Manual de Integração. TOTVS Colaboração

Manual de Integração. TOTVS Colaboração Sumário TOTVS COLABORAÇÃO... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Pré-Requisitos... 3 1.3 Transação Recepção NF-e Entrada (Fornecedores)... 4 2 TOTVS COLABORAÇÃO 1.1 Introdução Visão Geral A oferta, compreende toda

Leia mais

Atualizada até 13/08/2008

Atualizada até 13/08/2008 Atualizada até 13/08/2008 ATENÇÃO: A presente Cartilha possui caráter meramente informativo, refletindo o entendimento do Departamento Jurídico da FIESP/CIESP na data indicada como a de sua última alteração

Leia mais

A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico

A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico 1 A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico Nota Fiscal eletrônica - NF-e é um modelo de documento fiscal, de existência apenas digital cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital, que

Leia mais

Perfil Econômico Municipal

Perfil Econômico Municipal indústria Extração de carvão mineral Extração de petróleo e gás natural Extração de minerais metálicos Extração de minerais não-metálicos Fabricação de alimentos e bebidas Fabricação de produtos do fumo

Leia mais

CT-e. Solução Eletrônica de Documentos Fiscais. Estados NF-e Gov. CT-e Gov. Consulte. Prefeituras. Datacenter DC NF-e CT-e. Empresas NF-e CT-e NFS-e

CT-e. Solução Eletrônica de Documentos Fiscais. Estados NF-e Gov. CT-e Gov. Consulte. Prefeituras. Datacenter DC NF-e CT-e. Empresas NF-e CT-e NFS-e Solução Eletrônica de Documentos Fiscais Estados NF-e Gov. CT-e Gov. Consulte Início 2004 Início 2007 Prefeituras NFS-e Local e DC Local Temos OEM Em Desenvolvimento Maior performance Lote de 50 NF-e Processadas

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014. Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014. Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JANEIRO Exportações Apesar do bom crescimento de Produtos Alimentícios e Máquinas e Equipamentos,

Leia mais

O que é o SAT. Principais características do SAT. Prazos e obrigatoriedade

O que é o SAT. Principais características do SAT. Prazos e obrigatoriedade O que é o SAT SA T O SAT, Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos, é um sistema que tem por objetivo documentar, de forma eletrônica, as operações comerciais do varejo dos contribuintes

Leia mais

Introdução. Benefícios para todos

Introdução. Benefícios para todos Introdução Esta cartilha tem a finalidade de guiar as empresas na implantação da Nota Fiscal Eletrônica e demonstrar as facilidades e vantagens do sistema para o contribuinte e para a sociedade A Nota

Leia mais

Distrito Federal > Novembro/2015

Distrito Federal > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Distrito Federal

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA 1. Comprei mercadoria com NF-e denegada. Qual o procedimento para regularizar essa situação? Resposta: Preliminarmente, temos que esclarecer o que é uma NF-e Denegada:, A Denegação

Leia mais

Palestra. SPED - NF Eletrônica - Escrituração Fiscal Digital - Atualização. Março 2010. Elaborado por:

Palestra. SPED - NF Eletrônica - Escrituração Fiscal Digital - Atualização. Março 2010. Elaborado por: Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Introdução... 2 Requisitos para Utilização do Módulo NF-e... 2 Termo de Responsabilidade... 2 Certificados... 2 Criação de Séries... 2 Framework... 3 Teste de Comunicação...

Leia mais

Departamento Jurídico - DEJUR COMTÊXTIL - COMCOURO 21.07.2009

Departamento Jurídico - DEJUR COMTÊXTIL - COMCOURO 21.07.2009 Departamento Jurídico - DEJUR COMTÊXTIL - COMCOURO 21.07.2009 SPED Sistema Público P de Escrituração Digital DEJUR O S.P.E.D. Sistema Público de Escrituração Digital foi instituído pelo Decreto 6.022,

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e

MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e INICIANDO O SISTEMA Ao iniciar o sistema, selecione a empresa e clique no botão iniciar. CADASTRO DE CLIENTES O sistema utiliza um cadastro

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Instalação do certificado digital Para cada empresa certificadora existe um manual de instalação. Antes de emitir o certificado no cliente, leia atentamente as instruções do manual.

Leia mais

Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e

Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e Sumário: 1. Orientações Gerais:... 3 1.1 Cadastros Básicos:... 3 1.2 Conhecimento de Transporte Eletrônico CTe:... 3 1.3 Tela inicial:... 4 2. CT-e (Conhecimento

Leia mais

Módulo NF-e. Manual de Utilização

Módulo NF-e. Manual de Utilização Módulo NF-e Manual de Utilização 1 Conteúdo Passo-a-passo para emissão de NF-e... 3 1. Obtendo seu Certificado Digital... 3 2. Registrando-se na Secretaria da Fazenda para Homologação (testes)... 4 3.

Leia mais

Manual de Instruções. Programa para Baixar e Transmitir Arquivos XML XML CONQUER MÓDULO TRANSMISSOR

Manual de Instruções. Programa para Baixar e Transmitir Arquivos XML XML CONQUER MÓDULO TRANSMISSOR 1 Manual de Instruções Programa para Baixar e Transmitir Arquivos XML XML CONQUER MÓDULO TRANSMISSOR Sumário Apresentação... 2 Instalação... 3 Utilização... 4 Menu Cadastro... 5 XML NFE Notas Emitidas

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE

COMUNICADO IMPORTANTE COMUNICADO IMPORTANTE Rio de Janeiro, 17 de julho de 2009. Sr. Responsável pelo recebimento das Notas Fiscais REF.: NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-e) Prezado Cliente, Informamos que, a partir do dia 1º de

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 03/12/2009

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 03/12/2009 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 07/12/2009 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de NOVEMBRO/2009 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. FGTS - Recolhimento do mês de NOVEMBRO/2009 - Base

Leia mais

Página 1 de 12 Agenda Tributária Emissão: às 14:02h Agenda Tributária (Janeiro de 2014) Obrigações Filtros Aplicados: Agenda: Janeiro/2014 - Estado: São - Cidade: São - Dia Inicial: 1 - Dia Final: 31 Dia

Leia mais

Nota Fiscal eletrônica nacional NF-e. Perguntas e respostas. Versão 2.0 30/05/2008

Nota Fiscal eletrônica nacional NF-e. Perguntas e respostas. Versão 2.0 30/05/2008 Nota Fiscal eletrônica nacional NF-e Perguntas e respostas Versão 2.0 30/05/2008 ATENÇÃO: o presente texto Nota Fiscal eletrônica nacional Perguntas e respostas é uma adaptação do texto Perguntas Freqüentes

Leia mais

Configurações necessárias para emissão de NF-e no sistema Lojamix

Configurações necessárias para emissão de NF-e no sistema Lojamix Configurações necessárias para emissão de NF-e no sistema Lojamix Versão 1.10 Data da última atualização 07/11/2011 Configurações necessárias para emissão de NF-e no sistema Lojamix. Para emissão de NF-e

Leia mais

Reunião do Grupo de Estudo de Localização - ASUG 11 Março 2010

Reunião do Grupo de Estudo de Localização - ASUG 11 Março 2010 Reunião do Grupo de Estudo de Localização - ASUG 11 Março 2010 Agenda 1. Novidades SPED e NF-e Paulo Roberto Silva 2. Status de Desenvolvimento SPED e NF-e SAP 3. e-invoice Argentina e México - SAP 4.

Leia mais

Paraná > Dezembro/2015

Paraná > Dezembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Paraná > Dezembro/20

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/04/2010

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/04/2010 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 07/04/2010 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de MARÇO/2010 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. FGTS - Recolhimento do mês de MARÇO/2010 - Base legal:

Leia mais

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não especificados anteriormente 0116-4/99 Cultivo de outras

Leia mais

OBS: 2. Este material não esgota e não pretender ser material único para àqueles que decidirem implantar a NF-e. RICMS

OBS: 2. Este material não esgota e não pretender ser material único para àqueles que decidirem implantar a NF-e. RICMS OBS: 1. Este levantamento foi elaborado com base em cópia de textos do RICMS disponibilizados no site da Secretaria da Fazenda de SC em 05/12/2008 e serve como material de consulta para aqueles que querem

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e?

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais