Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL"

Transcrição

1 Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 21-Out-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Caixa Económica Montepio Geral, contém o Folheto de Comissões e Despesas (que incorpora os valores máximos de todas as comissões bem como o valor indicativo das principais despesas) e o Folheto de Taxas de Juro (que contém informação relativa às taxas de juro representativas). O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público da Caixa Económica Montepio Geral, e em O Folheto de Comissões e Despesas pode ainda ser consultado no Portal do Cliente Bancário, em Preçário elaborado em cumprimento do disposto no Aviso n.º 8/2009. A informação sobre as condições de realização das operações de crédito é prestada ao abrigo do Decreto-Lei n.º 220/94, de 23 de Agosto.

2 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO Depósitos à ordem Depósitos à ordem Depósitos a prazo Depósitos a prazo Outras modalidades de depósito Outras modalidades de depósito 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO Crédito à habitação e contratos conexos Linhas de crédito e contas correntes Crédito pessoal Descobertos bancários Crédito automóvel Cartões de crédito Linhas de crédito e contas correntes Outros créditos Descobertos bancários Cartões de crédito Outros créditos a particulares Consulte a PARTE I. FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

3 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos à ordem Bruta (TANB) Depósito à Ordem Normal 0,000% Montante mínimo de abertura: 250 Conta de Serviços Mínimos Bancários (1) 0,000% Montante mínimo de abertura: 0 Montepio Conta Base 0,000% Montante mínimo de abertura: 100 Depósito à Ordem em Moeda Estrangeira Montante mínimo de abertura: Dólares dos Estados Unidos (USD) 0,000% 650 USD Dólares Canadianos (CAD) 0,000% 750 CAD Libra (GBP) 0,000% 350 GBP Franco Suiço (CHF) 0,000% 800 CHF Ienes (JPY) 0,000% JPY Dólares Australianos (AUD) 0,000% 800 AUD Coroas Dinamarquesas (DKK) 0,000% DKK Coroas Norueguesas (NOK) 0,000% NOK Coroas Suecas (SEK) 0,000% SEK Rand da África do Sul (ZAR) 0,000% ZAR Juros Zloti Polaco (PLN) 0,000% PLN passíveis de Dólar da Nova Zelândia (NZD) 0,000% IRS NZD Montepio Ordenado (2) 0,000% 22,4%/28% Montante mínimo de abertura: 250 Montepio Promotores (3) 0,000% Não tem mínimo de abertura Conta de Depósito de Massa Insolvente 0,000% Não tem mínimo de abertura Montepio Especial Ordem 0,000% Montante minimo de abertura: 250 Montepio Ordem Mediação de Seguros 0,000% Não tem mínimo de abertura Montepio Reformados 0,000% Montante mínimo de abertura: 250 Montepio Especial Jovem 0,000% Montante mínimo de abertura: 25 Montepio Mini / Montepio Fun / Montepio Futuro Montante mínimo de abertura: ,000% > ,010% > ,050% Nota (1) Nota (2) Nota (3) - Cálculo de juros: Calculados dia a dia sobre o saldo à vista. Os juros são calculados na base Actual/360 dias - As taxas de juros indicadas aplicam-se aos Depósitos constituídos/renovados e aos aumentos efetuados a partir da data de entrada em vigor desta atualização, inclusivé. - Informação complementar: Ficha de Informação Normalizada (FIN), disponível no Balcão ou na Internet. Exclusivo para pessoas singulares que celebrem contrato de depósito nos termos do Dec. Lei nº 27-C/2000 de 10 de março e que não sejam titulares de outra conta de depósito bancário em Instituição de Crédito. A conta é dirigida a Particulares residentes, que tenham idade superior a 18 anos, que aufiram salário ou remunerações mensais regulares provenientes de contratos de trabalho por conta de outrem, de situação de reforma ou pensionista, e que recebam uma remuneração mensal igual ou superior a 350 euros (valor ilíquido), por crédito em conta domiciliada na CEMG. Acesso exclusivo para Promotores da CEMG. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 3 /29

4 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Nota ( Aplicável): Residentes Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa de 28% (residentes no Continente e na Região Autónoma da Madeira) e 22,4% (residentes na Região Autónoma dos Açores), com opção pelo englobamento. Não residentes Juros sujeitos a retenção na fonte a título definitivo, à taxa liberatória de 28%, sem prejuízo da aplicação de uma Convenção para evitar a Dupla Tributação celebrada com o Estado de residência da pessoa singular, que poderá prever a redução daquela taxa, desde que cumpridas certas formalidades. Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa liberatória de 35%, quando os rendimentos em causa sejam pagos ou colocados à disposição de pessoas singulares não residentes, que sejam domiciliadas em país, território ou região sujeitas a um regime fiscal claramente mais favorável, constante de lista aprovada por Portaria do Ministro das Finanças. Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa de 35% sempre que sejam pagos ou colocados à disposição em contas abertas em nome de um ou mais titulares mas por conta de terceiros não identificados (exceto quando seja identificado o beneficiário efetivo). O regime acima referido constitui um resumo do regime fiscal atualmente em vigor, podendo vir a ser alterado. A sua leitura não dispensa a consulta da legislação em vigor. Taxas de descoberto bancário: Consulte SubSeção Descobertos bancários Depósitos a prazo Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa Montepio Depósito a Prazo a dias 1 a 7 dias 0,010% 8 a 29 dias 0,100% Montepio prazo à medida 30 a 89 dias 0,050% 90 a 179 dias 0,150% 180 a 269 dias 0,250% 270 a 366 dias 0,300% Montepio Prazo - Processos de Expropriação 1 Mês 0,000% Montepio Poupança Dinâmica 1 Mês < ,010% < ,030% < ,050% < ,070% ,100% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% São permitidas mobilizações antecipadas, totais ou parciais, com penalização total de juros, respeitantes ao capital mobilizado. Nas mobilizações parciais devem ser considerados levantamentos mínimos de 50 e múltiplos de 50. São permitidas mobilizações antecipadas, totais ou parciais, com penalização total de juros, respeitantes ao capital mobilizado desde a data de constituição/renovação/reforço. Nas mobilizações parciais devem ser considerados levantamentos mínimos de 250 e múltiplos de 50. Nos levantamentos parciais, é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de constituição (500 ). O depósito permanecerá indisponível para mobilização, até ao pagamento ao seu beneficiário/titular ou até à ocorrência de algum facto que anule o motivo da sua constituição. O saldo do Depósito a Prazo estará sempre disponível, a qualquer momento e se necessário, para integrar a totalidade do saldo da Conta à Ordem, sendo as suas transferências geridas automaticamente em função das necessidades ou excessos da Conta à Ordem. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 4 /29

5 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa - cont. Montepio Depósito Exclusivo 3 Mais - 96 dias 0,150% 6 Mais dias 0,300% 9 Mais dias 0,500% 12 Mais dias 0,600% Pode ser mobilizado parcial ou totalmente em qualquer momento, estando sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado desde a data de constituição. Montepio Depósito 1 Ano não mobilizável Juros Mensais 0,600% Juros Trimestrais 0,700% Juros Semestrais 0,800% Juros Anuais 0,900% Montepio Aforro 18 Meses 1º Trimestre 0,150% 2º Trimestre 0,500% 3º Trimestre 0,900% 4º Trimestre 1,200% 5º Trimestre 1,400% 6º Trimestre 1,850% Montepio Super Poupança 1º Semestre 0,500% 2º Semestre 0,900% 3º Semestre 1,200% 4º Semestre 1,400% 5º Semestre 1,600% 6º Semestre 1,900% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% Não é permitida a mobilização antecipada. parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de constituição (500 ). Podem ser efetuados levantamentos a qualquer momento, total ou parcialmente, com penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período semestral em curso, se ocorrerem fora das datas de vencimento semestral de juros. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de constituição (2.500 ). Montepio Poupança Flexível Juros Trimestrais 0,700% Juros Semestrais 0,800% Juros Anuais 1,000% O Depósito a Prazo não admite levantamentos antecipados durante o primeiro ano. Após o primeiro ano, o Depósito pode ser mobilizado a qualquer momento, total ou parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de pagamento de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado, relativos ao período de juros em curso, o qual, de acordo com a opção de periodicidade de pagamento de juros escolhida pelo Cliente, pode ser trimestral, semestral ou anual. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura ( ). Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 5 /29

6 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa - cont. Montepio Poupança Especial 1º Mês 0,050% 2º Mês 0,100% 3º Mês 0,150% 4º Mês 0,200% 5º Mês 0,300% 6º Mês 0,400% 7º Mês 0,500% 8º Mês 0,600% 9º Mês 0,700% 10º Mês 0,800% 11º Mês 1,000% 12º Mês 1,200% parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento mensal de juros. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura (1.000 ). Montepio Poupança Especial Associado 1º Mês 0,050% 2º Mês 0,100% 3º Mês 0,150% 4º Mês 0,200% 5º Mês 0,300% 6º Mês 0,400% 7º Mês 0,600% 8º Mês 0,800% 9º Mês 1,000% 10º Mês 1,200% 11º Mês 1,400% 12º Mês 1,600% Montepio Eco Aforro 1º Trimestre 0,150% 2º Trimestre 0,500% 3º Trimestre 1,000% 4º Trimestre 1,550% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento mensal de juros. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura (1.000 ). parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura (1.000 ). Depósito Montepio Protocolo (1) 12 Meses 0,750% parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de renovação. Os levantamentos efetuados fora dessa data estão sujeitos a penalização dos primeiros 180 dias de juros sobre o capital mobilizado, desde a data de constituição/renovação do depósito. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura (2.500 ). Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 6 /29

7 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa - cont. Montepio Aforro Plus 12 Meses ,800% > (no excedente) ,900% > (no excedente) ,000% > (no excedente) ,100% > (no excedente) ,200% Depósito Especial em Moeda Estrangeira USD 93 dias 0,250% 185 dias 0,700% 276 dias 0,950% 365 dias 1,200% GBP 93 dias 0,550% 185 dias 0,950% 276 dias 1,200% 365 dias 1,450% AUD 93 dias 2,250% 185 dias 2,600% 276 dias 2,700% 365 dias 2,800% CAD 93 dias 0,750% 185 dias 1,050% 276 dias 1,150% 365 dias 1,250% CHF 93 dias 0,010% 185 dias 0,010% 276 dias 0,050% 365 dias 0,100% NOK 93 dias 1,200% 185 dias 1,400% 276 dias 1,600% 365 dias 1,700% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% parcialmente, com penalização total de juros sobre o capital mobilizado desde a data de constituição. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura ( ). O Depósito a Prazo pode ser mobilizado a qualquer momento, total ou parcialmente, com penalização total de juros sobre o capital mobilizado referente ao período decorrido entre a constituição e a data de mobilização. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura previsto para cada moeda. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 7 /29

8 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa - cont. Depósitos a Prazo para Residentes no Estrangeiro Montepio Aforro Residentes no Estrangeiro - Euros 1º Trimestre 0,150% 2º Trimestre 0,350% 3º Trimestre 1,000% 4º Trimestre 1,500% Montepio Aforro Plus Residentes no Estrangeiro - Euros 1º Trimestre 0,150% 2º Trimestre 0,400% 3º Trimestre 1,200% 4º Trimestre 1,650% parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura (2.500 ). parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura ( ). Montepio Aforro Residentes no Estrangeiro - CAD 1º Trimestre 1,000% 2º Trimestre 1,400% 3º Trimestre 1,600% 4º Trimestre 2,000% Montepio Aforro Plus Residentes no Estrangeiro - CAD 1º Trimestre 1,050% 2º Trimestre 1,450% 3º Trimestre 1,650% 4º Trimestre 2,050% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura (3.500 CAD). parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura ( CAD). Montepio Aforro Residentes no Estrangeiro - GBP 1º Trimestre 0,550% 2º Trimestre 1,000% 3º Trimestre 1,750% 4º Trimestre 2,500% parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura (2.000 GBP). Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 8 /29

9 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa - cont. Montepio Aforro Plus Residentes no Estrangeiro - GBP 1º Trimestre 0,600% 2º Trimestre 1,050% 3º Trimestre 1,800% 4º Trimestre 2,550% Montepio Aforro Residentes no Estrangeiro -USD 1º Trimestre 0,250% 2º Trimestre 1,000% 3º Trimestre 1,500% 4º Trimestre 2,050% Montepio Aforro Plus Residentes no Estrangeiro - USD 1º Trimestre 0,300% 2º Trimestre 1,050% 3º Trimestre 1,550% 4º Trimestre 2,100% Depósitos a Prazo/Poupanças Séniores Montepio Poupança Reformados 6 Meses 0,600% 1 Ano e 1 Dia 0,700% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura ( GBP). parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura (3.500 USD). parcialmente, sem penalização de juros se ocorrer nas datas de vencimento trimestral de juros. Os levantamentos efetuados fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado relativos ao período trimestral em curso. Nas mobilizações parciais é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura ( USD). parcialmente com penalização de juros. Nas mobilizações parciais devem ser considerados levantamentos mínimos de 50 e multiplos de 50. As Contas Poupança Reformados beneficiam de isenção de IRS sobre os juros até ao montante máximo previsto por lei. Poupanças Poupança - Habitação Montepio - Normal 0,500% São permitidas mobilizações antecipadas para as finalidades legalmente definidas, sem penalização de juros. Para outras finalidades não serão pagos Poupança - Habitação Jovem Montepio 0,500% quaisquer juros. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 9 /29

10 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa - cont. Poupanças para Menores/Jovens Montepio Mini Super Poupança / Montepio Fun Poupança / Montepio Futuro 6 Meses 0,600% São permitidas mobilizações antecipadas com penalização de juros. Os levantamentos devem 1 Ano e 1 Dia 0,900% obedecer a mínimos de 25 e multiplos de 25. Montepio Super Poupança Bué 2 Anos 1º Ano 1,000% 2º Ano 1,000% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% São permitidas mobilizações antecipadas com penalização de juros. Os levantamentos devem obedecer a mínimos de 25 e multiplos de 25. Montepio Especial Jovem Poupança 1 Ano e 1 Dia 0,900% São permitidas mobilizações antecipadas com penalização de juros. Os levantamentos devem obedecer a mínimos de 25 e multiplos de 25. Nota (1) - Arredondamento da taxa de juro: O arredondamento é de 2 casas decimais, na terceira casa arredonda por excesso se igual ou acima de 0,005 e por defeito abaixo de 0, Cálculo de juros: Os juros são calculados na base Actual/360 dias - Informação complementar: Ficha de Informação Normalizada (FIN), disponível no Balcão ou na Internet. Acesso exclusivo para Clientes Empresas ou outras entidades que tenham protocolos ativos com a CEMG, bem como para Clientes Particulares abrangidos por esses protocolos. Nota ( Aplicável): Residentes Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa de 28% (residentes no Continente e na Região Autónoma da Madeira) e 22,4% (residentes na Região Autónoma dos Açores), com opção pelo englobamento. Não residentes Juros sujeitos a retenção na fonte a título definitivo, à taxa liberatória de 28%, sem prejuízo da aplicação de uma Convenção para evitar a Dupla Tributação celebrada com o Estado de residência da pessoa singular, que poderá prever a redução daquela taxa, desde que cumpridas certas formalidades. Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa liberatória de 35%, quando os rendimentos em causa sejam pagos ou colocados à disposição de pessoas singulares não residentes, que sejam domiciliadas em país, território ou região sujeitas a um regime fiscal claramente mais favorável, constante de lista aprovada por Portaria do Ministro das Finanças. Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa de 35% sempre que sejam pagos ou colocados à disposição em contas abertas em nome de um ou mais titulares mas por conta de terceiros não identificados (exceto quando seja identificado o beneficiário efetivo). O regime acima referido constitui um resumo do regime fiscal atualmente em vigor, podendo vir a ser alterado. A sua leitura não dispensa a consulta da legislação em vigor. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 10 /29

11 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Outras modalidades de depósito Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa Montepio Poupança Ativa 1º Ano 0,800% 2º Ano 0,800% São permitidas mobilizações antecipadas, totais ou parciais, com penalização total de juros, respeitantes ao capital mobilizado. Nas mobilizações parciais devem ser considerados levantamentos mínimos de 50 e múltiplos de 50. Depósitos a Prazo On-Line (1) Conta Montepio 24 De 30 a 180 dias Não Associados do MGAM 0,100% Associados do MGAM 0,200% São permitidas mobilizações antecipadas sem penalização desde que respeite o prazo minimo de 30 dias após a constituição/renovação. Levantamentos efetuados até ao 29º dia não serão pagos quaisquer juros. Montepio Net Ganhe 183 dias 0,500% 1 Ano 0,800% Super Depósito Net 3 Meses 0,150% 6 Meses 0,500% 12 Meses 0,800% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% Condições de acesso: Aderente do serviço Net24 e aderente ao extrato digital na conta à ordem associada a este depósito. Não é permitida a mobilização antecipada. São permitidas mobilizações parciais ou totais, com penalização total dos juros sobre o capital mobilizado. No depósito a prazo a 12 meses, os levantamentos antecipados são sujeitos a penalização nos seguintes termos: não serão pagos quaisquer juros referentes ao tempo decorrido entre a data de constituição e a data de mobilização, até ao máximo de 180 dias. Nas mobilizações parciais devem ser considerados levantamentos mínimos de 50, com múltiplos de igual valor e o capital remanescente do Depósito a Prazo não poderá ser inferior ao montante mínimo de constituição, ou seja, Montepio Net Livre Até 91 dias 0,000% De 92 a 182 dias 0,150% De 183 a 273 dias 0,500% De 274 a 364 dias 0,650% Maturidade (365 dias) 0,750% Não são permitidos levantamentos parciais antecipados. É permitido efetuar o levantamento total antecipado (liquidação do depósito) em qualquer momento. Caso o levantamento total seja efetuado nos primeiros 91 dias do depósito, não serão pagos quaisquer juros. Caso o levantamento total seja efetuado a partir do 92º dia após a constituição, os juros serão calculados, sem qualquer penalização, com aplicação da taxa de juro definida para o prazo decorrido desde a data de constituição. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 11 /29

12 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Bruta (TANB) Depósitos a taxa fixa Montepio Super Depósito Mais (2) 6 Meses Escalões de Saldo Até (inclusive) 1,750% Superior a ,000% Juros passíveis de IRS - 22,4%/28% Os levantamentos antecipados são sujeitos a penalização nos seguintes termos: não serão pagos quaisquer juros referentes ao tempo decorrido entre a data de constituição / renovação / aumento e a data de mobilização, até ao máximo de 90 dias. Nas mobilizações parciais devem ser considerados levantamentos mínimos de 1.000, e múltiplos de 50, sendo obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de abertura ( ) Legenda: Nota (1) Nota (2) MGAM - Montepio Geral Associação Mutualista. - Arredondamento da taxa de juro: O arredondamento é de 2 casas decimais, na terceira casa arredonda por excesso se igual ou acima de 0,005 e por defeito abaixo de 0, Cálculo de juros: Os juros são calculados na base Actual/360 dias - Informação complementar: Ficha de Informação Normalizada (FIN), disponível no Balcão ou na Internet. Constituição e movimentação exclusiva através do Serviços Montepio 24 (Net24, Phone24 e Netmóvel24). Disponível apenas para novas entradas de recursos, isto é, 100% do capital aplicado tem que ser montante novo na Instituição (capitais não provenientes de contas/aplicações já existentes na Caixa Económica Montepio Geral). Para o efeito consideram-se os montantes entrados até 15 dias de calendário anteriores à data de constituição/reforço do depósito. O cálculo dos juros é efetuado dia a dia, de acordo com o saldo diário, aplicando-se a taxa de juro correspondente ao respetivo escalão de saldo. Findo o prazo inicial de 6 meses, o depósito é automaticamente renovável por iguais períodos, remunerado a uma taxa de juro (TANB) correspondente à taxa Euribor 6 meses, do 2º dia útil anterior à data da renovação, acrescida de 0,50%, com arredondamento à centésima mais próxima. Nota ( Aplicável): Residentes Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa de 28% (residentes no Continente e na Região Autónoma da Madeira) e 22,4% (residentes na Região Autónoma dos Açores), com opção pelo englobamento. Não residentes Juros sujeitos a retenção na fonte a título definitivo, à taxa liberatória de 28%, sem prejuízo da aplicação de uma Convenção para evitar a Dupla Tributação celebrada com o Estado de residência da pessoa singular, que poderá prever a redução daquela taxa, desde que cumpridas certas formalidades. Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa liberatória de 35%, quando os rendimentos em causa sejam pagos ou colocados à disposição de pessoas singulares não residentes, que sejam domiciliadas em país, território ou região sujeitas a um regime fiscal claramente mais favorável, constante de lista aprovada por Portaria do Ministro das Finanças. Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa de 35% sempre que sejam pagos ou colocados à disposição em contas abertas em nome de um ou mais titulares mas por conta de terceiros não identificados (exceto quando seja identificado o beneficiário efetivo). O regime acima referido constitui um resumo do regime fiscal atualmente em vigor, podendo vir a ser alterado. A sua leitura não dispensa a consulta da legislação em vigor. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 12 /29

13 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Montepio Lar Mais Montepio Leasing Imobiliário EUR 6M + spread de 4,00% a 5,80% 5,514% (4) 5 a 30 anos Empréstimos a taxa fixa (TAN) Indexante Em simultaneo com Créd. Habitação EUR 6M + spread de 2,30% a 4,90% 3,732% (2) 5 a 40 anos Não simultaneo com Cred.Habitação EUR 6M + spread de 4,30% a 6,90% 5,885% (3) 5 a 40 anos Montepio Habitação - Taxa Fixa (5) Taxa Anual Efetiva (TAE) Prazo das Operações s Geral e Montepio Habitação EUR 6M + spread de 2,30% a 4,90% 3,821% (1) 5 a 40 anos 2 anos 0,14% + spread de 2,30% a 4,90% 3,837% (6) 2 anos, após este prazo passa para o de Taxa Variável (com os prazos máximos definidos no quadro anterior) 3 anos 0,41% + spread de 2,30% a 4,90% 3,908% (7) 3 anos, após este prazo passa para o de Taxa Variável (com os prazos máximos definidos no quadro anterior) 4 anos 0,53% + spread de 2,30% a 4,90% 3,970% (8) 4 anos, após este prazo passa para o de Taxa Variável (com os prazos máximos definidos no quadro anterior) 5 anos 0,65% + spread de 2,30% a 4,90% 4,047% (9) 5 anos, após este prazo passa para o de Taxa Variável (com os prazos máximos definidos no quadro anterior) 10 anos 1,74% + spread de 2,30% a 4,90% 4,937% (10) 10 anos, após este prazo passa para o de Taxa Variável (com os prazos máximos definidos no quadro anterior) 15 anos 2,20% + spread de 2,30% a 4,90% 5,657% (11) 15 anos, após este prazo passa para o de Taxa Variável (com os prazos máximos definidos no quadro anterior) Para Deficientes (12) Taxa do Contrato 9,50% Taxa a Suportar pelo Cliente 0,03252% 0,587% 35 anos Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 13 /29

14 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) - As taxas apresentadas são representativas. - O arredondamento da taxa de juro é obrigatoriamente feito à milésima, da seguinte forma: Quando a 4.ª casa decimal for igual ou superior a cinco, o arredondamento é feito por excesso; Quando a 4.ª casa decimal for inferior a cinco, o arredondamento é feito por defeito. Será acrescido o spread indicado nas condições particulares, onde consta, igualmente, o spread base na presente data definido para operações de Crédito à Habitação e Contratos Conexos. - Cálculo de juros: Os juros são calculados na base 30/360 dias, correspondendo a um mês de 30 dias e a um ano de 360 dias. A taxa de juro nominal a aplicar aos contratos de crédito indexados à Euribor, resulta da média aritmética simples das cotações diárias da Euribor (a 1, 3 ou 6 meses), do mês anterior ao período da contagem de juros, ou seja, do primeiro ao último dia, à qual é adicionado um spread. - fiscal aplicável: Imposto do Selo Artº : 4,00%; Imposto do Selo Artº 17.1: de 0,04% a 0,60%, dependo do prazo. - Empréstimo padrão: empréstimo reembolsado, desde o início, em prestações constantes de capital e juros. - As TAE são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 220/94). Nota (1) TAE calculada com base numa TAN de 3,235%, Euribor a 6 meses e spread de 3,20%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Nota (2) Nota (3) TAE calculada com base numa TAN de 3,235%, Euribor a 6 meses e spread de 3,20%, para um empréstimo padrão no Crédito à Habitação de Euros e um Crédito Montepio Lar Mais no valor de Euros, ambos a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. TAE calculada com base numa TAN de 5,235%, Euribor a 6 meses e spread de 5,20%, para um empréstimo padrão no Crédito à Habitação de Euros e um Crédito Montepio Lar Mais no valor de Euros, ambos a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Nota (4) TAE calculada com base numa TAN de 5,235%, Euribor a 6 meses e spread de 5,20%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Sem entrada inicial e com um valor residual de 1%. Nota (5) Nota (8) TAE calculada com base numa TAN de 3,73%, 0,53% e spread de 3,20%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Nota (9) TAE calculada com base numa TAN de 3,85%, 0,65% e spread de 3,20%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Nota (10) TAE calculada com base numa TAN de 4,94%, 1,74% e spread de 3,20%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Nota (11) TAE calculada com base numa TAN de 5,40%, 2,20% e spread de 3,20%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Nota (12) A taxa de juro anual nominal a aplicar a um contrato de Crédito Habitação Montepio Taxa Fixa é definida em função da taxa euro swap para cada prazo de taxa fixa, adicionada de um spread. Nota (6) TAE calculada com base numa TAN de 3,34%, 0,14% e spread de 3,20%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Nota (7) TAE calculada com base numa TAN de 3,61%, 0,41% e spread de 3,20%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. A taxa de juro é suportada da seguinte forma: 1 - Pelo Cliente: 65% da taxa mínima de proposta aplicável às operações principais de refinanciamento pelo Banco Central Europeu (0,05% a partir de 11 de junho de 2014, inclusive). 2 - Pelo Estado: a taxa resultante da diferença entre a taxa de referência para cálculo de bonificações (TRCB), fixada pela portaria n.º 502/2003, de 26 de junho, ou a taxa contratual se inferior, e a taxa suportada pelo Cliente. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 14 /29

15 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Crédito pessoal Empréstimos a taxa variável Empréstimos a taxa fixa (TAN) Indexante Crédito Individual Montepio (1) EUR 3 Meses + spread de 4,50% a 12,50% 10,4% (2) 12 a 96 meses Montepio ON (1) EUR 3 Meses + spread de 4,50% a 12,50% 10,4% (2) 6 a 60 meses Crédito Formação (1) EUR 3 Meses + spread de 3,15% Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) Prazo das Operações Montepio ON Liquidez EUR 3 Meses + spread de 4,50% a 8,00% 9,4% (3) 6 a 96 meses Crédito Saúde (1) EUR 3 Meses + spread de 3,15% 4,6% (4) 36 a 96 meses Crédito Energias Renováveis (1) EUR 3 Meses + spread de 3,15% 4,6% (4) 36 a 120 meses 4,3% (5) 12 a 120 meses Crédito Individual Montepio (1) 0,60% + spread de 4,50% a 12,50% 10,4% (6) 12 a 96 meses Montepio ON (1) 0,60% + spread de 4,50% a 12,50% 10,4% (6) 6 a 60 meses - As taxas apresentadas são representativas. - O arredondamento da taxa de juro é obrigatoriamente feito à milésima, da seguinte forma: Quando a 4.ª casa decimal for igual ou superior a cinco, o arredondamento é feito por excesso; Quando a 4.ª casa decimal for inferior a cinco, o arredondamento é feito por defeito. Será acrescido o spread indicado nas condições particulares, onde consta, igualmente, o spread base na presente data definido para operações de Crédito ao Consumo. - Cálculo de juros: Os juros são calculados na base 30/360 dias, correspondendo a um mês de 30 dias e a um ano de 360 dias. A taxa de juro nominal a aplicar aos contratos de crédito indexados à Euribor, resulta da média aritmética simples das cotações diárias da Euribor (a 1, 3 ou 6 meses), do mês anterior ao período da contagem de juros, ou seja, do primeiro ao último dia, à qual é adicionado um spread. - fiscal aplicável: Imposto do Selo Artº : 4,00%; Imposto do Selo Artº 17.1: de 0,04% a 0,60%, dependo do prazo; Imposto do Selo Art. 17.2: de 0,07% a 1,00%, dependo do prazo (contratos abrangidos pelo Dec. Lei 133/2009) - As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 13/2013 do Banco de Portugal). - A taxa de juro anual nominal a aplicar a um contrato de Crédito Individual Taxa Fixa é definido em função da taxa euro swap para cada prazo de taxa fixa adicionada de um spread. As taxas são atualizadas semanalmente a novos contratos. Nota (1) O spread da operação é igual ao spread que for determinado pela análise do Balcão deduzido da posse de produtos/serviços Nota (2) TAEG calculada com base numa TAN de 7,423%, Euribor 3 meses e spread de 7,46%, para um crédito de Euros a 36 meses. Prémio de seguro incluido. Nota (3) TAEG calculada com base numa TAN de 5,463%, Euribor 3 meses e spread de 5,50%, para um crédito de Euros a 36 meses. Prémio de seguro incluido. Nota (4) TAEG calculada com base numa TAN de 3,113%, Euribor 3 meses e spread de 3,15%, para um crédito de Euros a 48 meses. Prémio de seguro incluido. Nota (5) TAEG calculada com base numa TAN de 3,113%, Euribor 3 meses e spread de 3,15%, para um crédito de Euros a 96 meses e um período de utilização de 48 meses. Prémio de seguro incluido. Nota (6) TAEG calculada com base numa TAN de 7,40%, 0,60% e spread de 6,80%, para um crédito de Euros a 36 meses. Prémio de seguro incluido. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 15 /29

16 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Crédito automóvel Empréstimos a taxa variável Montepio Leasing Auto (apenas disponível para veículos novos) (TAN) Indexante EUR 3M / 6M + spread de 4,20% a 4,75% Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) Prazo das Operações 6,5% (1) 24 a 96 meses Empréstimos a taxa fixa Montepio Leasing Auto (apenas disponível para veículos novos) 0,65% + spread de 3,80% a 4,75% 6,4% (2) 24 a 96 meses - As taxas apresentadas são representativas. - O arredondamento da taxa de juro é obrigatoriamente feito à milésima, da seguinte forma: Quando a 4.ª casa decimal for igual ou superior a cinco, o arredondamento é feito por excesso; Quando a 4.ª casa decimal for inferior a cinco, o arredondamento é feito por defeito. Será acrescido o spread indicado nas condições particulares, onde consta, igualmente, o spread base na presente data definido para operações de Crédito ao Automóvel. - Cálculo de juros: Os juros são calculados na base 30/360 dias, correspondendo a um mês de 30 dias e a um ano de 360 dias. A taxa de juro nominal a aplicar aos contratos de crédito indexados à Euribor, resulta da média aritmética simples das cotações diárias da Euribor (a 1, 3 ou 6 meses), do mês anterior ao período da contagem de juros, ou seja, do primeiro ao último dia, à qual é adicionado um spread. - fiscal aplicável: Imposto do Selo Artº : 4,00%; Imposto do Selo Artº 17.1: de 0,04% a 0,60%, dependo do prazo; Imposto do Selo Art. 17.2: de 0,07% a 1,00%, dependo do prazo (contratos abrangidos pelo Dec. Lei 133/2009). - As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 13/2013 do Banco de Portugal). - A taxa de juro anual nominal a aplicar a contratos de Taxa Fixa é definido em função da taxa euro swap para cada prazo de taxa fixa adicionada de um spread. As taxas são atualizadas semanalmente a novos contratos. Nota (1) TAEG calculada com base numa TAN de 4,785%, Euribor a 6 meses e spread de 4,75%, para um crédito de Euros a 48 meses. Sem entrada inicial e com um valor residual de Euros (10%). Nota (2) TAEG calculada com base numa TAN de 4,65%, 0,65% e spread de 4,00%, para um crédito de Euros a 48 meses. Sem entrada inicial e com um valor residual de Euros (10%) Descobertos bancários (TAN) Descoberto bancário associado a contas de depósito Facilidade de descoberto Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) Em Depósitos à Ordem (1) 15,40% 18,2% Montepio Ordenado (2) 14,00% 15,6% Montepio Especial Jovem (3)(4) 14,00% 16,5% Ultrapassagem de crédito Em Depósitos à Ordem 18,40% n.a. - As taxas apresentadas são representativas. - Arredondamento da taxa de juro: Não aplicável. - Cálculo de juros: Os juros são calculados na base Actual/360 dias. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 16 /29

17 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) - Taxa a aplicar na utilização de fundos a descoberto ou por conta de valores à cobrança. - O cálculo dos juros é efetuado sobre o montante do descoberto utilizado diariamente, sendo a sua cobrança efetuada no primeiro dia do mês seguinte à utilização do descoberto. - As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 13/2013 do Banco de Portugal). - fiscal aplicável: Imposto do Selo Artº : 4,00%; Imposto do Selo Artº : 0,04%; Imposto do Selo Artº : 0,07% (contratos abrangidos pelo Dec. Lei 133/2009) Nota (1) Nota (2) Nota (3) Nota (4) TAEG calculada com base na TAN apresentada, para uma utilização de crédito de pelo prazo de 30 dias. Para um exemplo de um montante utilizado de 1.500, durante 30 dias, os juros serão de 19,25, acrescidos de Imposto do Selo sobre os juros de 0,77. Acresce Imposto do Selo pela utilização do crédito de 1,05. Ao montante diário efetivamente utilizado, de um descoberto autorizado de valor igual ou inferior ao salário mensal creditado na conta, aplicar-se-á uma taxa de juro (TAN) de 14%, que corresponde a uma TAEG de 15,6%, com reembolso mensal e cobrança de juros efetuada mensalmente. Para um exemplo de um montante utilizado de 1.500, durante 3 meses, os juros serão de 52,50, acrescidos de Imposto do Selo sobre os juros de 2,10. Isenção de Imposto do Selo pela utilização do crédito por não se exceder em cada mês o montante do salário mensal creditado na conta. Para os Clientes que sejam titulares de uma Conta Montepio Especial Jovem Poupança associada a esta Conta, existe a possibilidade de ser atríbuido um Descoberto Autorizado até ao montante de 250. O montante de Descoberto Autorizado não pode ser superior, em qualquer situação, ao saldo da Conta Montepio Especial Jovem Poupança. TAEG calculada com base na TAN apresentada, para uma utilização de crédito de 250 pelo prazo de 30 dias. Para um exemplo de um montante utilizado de 250, durante 30 dias, os juros serão de 2,92, acrescidos de Imposto do Selo sobre os juros de 0,12. Acresce Imposto do Selo pela utilização do crédito de 0,18. [Comissões por descoberto bancário: consultar Seção 2.5. Descobertos bancários Cartões de crédito (TAN) Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) Cartões Rede VISA Cartões Premier - Clientes Associados do MGAM 11,685% 15,6% - Clientes não Associados do MGAM 11,685% 18,1% Cartões Classic - Clientes Associados do MGAM 10,000% 12,8% - Clientes não Associados do MGAM Cartões Pedro/Solmar 10,000% 14,0% (1) - Clientes Associados do MGAM 10,745% 11,8% - Clientes não Associados do MGAM 10,745% 12,1% Cartões Origem - Clientes Associados do MGAM 9,900% 11,0% - Clientes não Associados do MGAM 9,900% 11,6% Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 17 /29

18 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Cartões Rede VISA - cont. Cartões +Vida (TAN) Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) 10,745% 13,6% Cartões Sentidos 11,685% 16,8% Cartões S.C. Braga 10,745% 12,1% Cartões Caçador 10,745% 12,1% Cartões Caçador Gold 10,745% 12,1% (1) Legenda: Nota (1) MGAM - Montepio Geral Associação Mutualista. - As taxas apresentadas são representativas. - As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 13/2013 do Banco de Portugal). - Cálculo de juros: O número de dias do ano subjacente ao cálculo dos juros dos Cartões de Crédito é de 360. Base de Cálculo é de Actual/ fiscal aplicável: Imposto de Selo Artº : 4,00%; Imposto de Selo Artº : 0,07%. - O não pagamento do montante correspondente ao mínimo obrigatório a pagar ou ao valor do montante fixo, indicado no extrato de conta-cartão, implica que à taxa de juro acresça uma taxa moratória de 3% ao ano a título de cláusula penal. TAEG calculada com base na TAN apresentada, para uma utilização de crédito de a 12 meses. Para o cartão Premier a TAEG é calculada para Outros créditos a particulares Empréstimos a taxa variável Crédito para Sinal (1) Com garantia pessoal: Com garantia real: (TAN) Indexante EUR 6M + spread de 5,30% a 7,90% Taxa Anual Efetiva (TAE) Prazo das Operações 6,470% (2) 12 a 24 meses EUR 6M + spread de 2,30% a 4,90% 3,335% (3) 13 a 36 meses Montepio Outras Finalidades EUR 6M + spread até 15,00% 11,593% (4) Montepio Mais Mobilidade EUR 3M + spread de 6,25% 8,434% (5) Empréstimos a taxa fixa 12 a 480 meses 24 a 96 meses Financiamento a Associados do MGAM 7,25% 7,496% (6) 3 a 48 meses Legenda: MGAM - Montepio Geral Associação Mutualista. - As taxas apresentadas são representativas. - O arredondamento da taxa de juro, nos empréstimos a taxa variável, é obrigatoriamente feito à milésima, da seguinte forma: Quando a 4.ª casa decimal for igual ou superior a cinco, o arredondamento é feito por excesso; Quando a 4.ª casa decimal for inferior a cinco, o arredondamento é feito por defeito. Será acrescido o spread indicado nas condições particulares, onde consta, igualmente, o spread base na presente data definido para estas operações de crédito. - O arredondamento da taxa de juro, nos empréstimos a taxa fixa: Não aplicável. - Cálculo de juros nos empréstimos a taxa variável: Os juros são calculados na base 30/360 dias, correspondendo a um mês de 30 dias e a um ano de 360 dias. A taxa de juro nominal a aplicar aos contratos de crédito indexados à Euribor, resulta da média aritmética simples das cotações diárias da Euribor (a 1, 3 ou 6 meses), do mês anterior ao período da contagem de juros, ou seja, do primeiro ao último dia, à qual é adicionado um spread. - Cálculo de juros nos empréstimos a taxa fixa: Os juros são calculados na base Actual/360 dias. - Empréstimo padrão: empréstimo reembolsado, desde o início, em prestações constantes de capital e juros. - As TAE são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 220/94). Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 18 /29

19 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Nota (1) Não se aplica a grelha de vinculação. Nota (2) TAEG calculada com base numa TAN de 6,285%, Euribor a 6 meses e spread de 6,25%, para um crédito de Euros a 12 meses e com um período de utilização de 11 meses. Nota (3) TAEG calculada com base numa TAN de 3,285%, Euribor a 6 meses e spread de 3,25%, para um crédito de Euros a 12 meses e com um período de utilização de 11 meses. Nota (4) TAEG calculada com base numa TAN de 10,035%, Euribor 6 meses e spread de 10,00%, para um crédito de Euros a 60 meses, com pagamento mensal de juros e com garantia hipotecária. Nota (5) TAEG calculada com base numa TAN de 6,213%, Euribor 3 meses e spread de 6,25%, para um crédito de Euros a 36 meses. Prémio de seguro incluido. Nota (6) - fiscal aplicável: Imposto de Selo Artº : 4,00%; Imposto de Selo Artº 17.1: de 0,04% a 0,60%, dependo do prazo. TAEG calculada com base numa TAN de 7,25%, para um crédito de Euros a 48 meses. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 19 /29

20 19. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) Depósitos à ordem Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Depósito à Ordem Normal (1) 0,000% Montante mínimo de abertura: 500 Depósito à Ordem em Moeda Estrangeira Montante mínimo de abertura: Dólares dos Estados Unidos (USD) 0,000% 650 USD Dólares Canadianos (CAD) 0,000% 750 CAD Libra (GBP) 0,000% 350 GBP Franco Suiço (CHF) 0,000% 800 CHF Ienes (JPY) 0,000% JPY Dólares Australianos (AUD) 0,000% 800 AUD Coroas Dinamarquesas (DKK) 0,000% DKK Coroas Norueguesas (NOK) Coroas Suecas (SEK) 0,000% 0,000% NOK SEK Rand da África do Sul (ZAR) 0,000% ZAR Zloti Polaco (PLN) 0,000% PLN Dólar da Nova Zelândia (NZD) 0,000% Juros passíveis 850 NZD Montepio Promotores (2) 0,000% de IRC - 20%/25% Não tem mínimo de abertura Conta de Depósito de Massa Insolvente 0,000% Não tem mínimo de abertura Montepio Gestão Ativa 0,000% Montante mínimo de abertura: Montepio Conta Dupla 0,000% Montante mínimo de abertura: Montepio Especial Ordem 0,000% Montante mínimo de abertura: 250 Montepio Profissionais Liberais 0,000% Montante mínimo de abertura: 250 Montepio Comerciante 0,000% Montante mínimo de abertura: 250 Montepio Associações e Coletividades 0,000% Montante mínimo de abertura: 50 Montepio Condomínio Ordem 0,000% Montante mínimo de abertura: 50 Montepio Ordem Mediação de Seguros 0,000% Não tem mínimo de abertura Nota (1) Nota (2) - Arredondamento da taxa de juro: é de 2 casas decimais, na terceira casa arredonda por excesso se igual ou acima de 0,005 e por defeito abaixo de 0, Cálculo de juros: Os juros são calculados na base Actual/360 dias. - Informação complementar: Ficha de Informação Normalizada (FIN), disponível no Balcão ou na Internet. Não existem valores mínimos obrigatórios para as contas associadas ao débito da prestação do Crédito ao Investimento Microcrédito e Montepio Microcrédito Açores. Acesso exclusivo para Promotores da CEMG. Taxas de descoberto bancário: Consulte SubSeção Descobertos bancários Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Outros Clientes - Pág. 20 /29

21 19. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) Nota ( Aplicável): Residentes Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa de 25% (residentes no Continente e na Região Autónoma da Madeira) ou 20% (residentes na Região Autónoma dos Açores), com natureza de pagamento por conta. Não residentes Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa liberatória de 25%, sem prejuízo da aplicação de uma Convenção para evitar a Dupla Tributação celebrada com o Estado de residência da pessoa singular, que poderá prever a redução daquela taxa, desde que cumpridas certas formalidades. Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa liberatória de 35%, quando os rendimentos em causa sejam pagos ou colocados à disposição de pessoas coletivas não residentes, que sejam domiciliadas em país, território ou região sujeitas a um regime fiscal claramente mais favorável, constante de lista aprovada por Portaria do Ministro das Finanças. Juros sujeitos a retenção na fonte à taxa de 35% sempre que sejam pagos ou colocados à disposição em contas abertas em nome de um ou mais titulares mas por conta de terceiros não identificados (exceto quando seja identificado o beneficiário efetivo). O regime acima referido constitui um resumo do regime fiscal atualmente em vigor, podendo vir a ser alterado. A sua leitura não dispensa a consulta da legislação em vigor Depósitos a prazo Depósitos a taxa fixa Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Montepio Depósito a Prazo a dias 1 a 7 dias 0,010% 8 a 29 dias 0,100% São permitidas mobilizações antecipadas, totais ou parciais, com penalização total de juros, respeitantes ao capital mobilizado. Nas mobilizações parciais devem ser considerados levantamentos mínimos de 50 e múltiplos de 50. Montepio prazo à medida 30 a 89 dias 0,050% 90 a 179 dias 0,150% 180 a 269 dias 0,250% 270 a 366 dias 0,300% Montepio Prazo - Processos de Expropriação 1 Mês 0,000% Montepio Depósito Exclusivo 3 Mais - 96 dias 0,150% 6 Mais dias 0,300% 9 Mais dias 0,500% 12 Mais dias 0,600% Juros passíveis de IRC - 20%/25% São permitidas mobilizações antecipadas, totais ou parciais, com penalização total de juros, respeitantes ao capital mobilizado desde a data de constituição/renovação/reforço. Nas mobilizações parciais devem ser considerados levantamentos mínimos de 250 e múltiplos de 50. Nos levantamentos parciais, é obrigatória a manutenção de um montante igual ao mínimo de constituição (500 ). O depósito permanecerá indisponível para mobilização, até ao pagamento ao seu beneficiário/titular ou até à ocorrência de algum facto que anule o motivo da sua constituição. Pode ser mobilizado parcial ou totalmente em qualquer momento, estando sujeitos a penalização total dos juros sobre o capital mobilizado desde a data de constituição. Montepio Depósito 1 Ano não mobilizável Juros Mensais 0,600% Juros Trimestrais 0,700% Juros Semestrais 0,800% Juros Anuais 0,900% Não é permitida a mobilização antecipada. Caixa Económica Montepio Geral Taxas de Operações de Depósito / Outros Clientes - Pág. 21 /29

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor:

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 1-jul-15 O Preçário completo do Banco Privado Atlântico Europa, S.A., contém o Folheto

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 12-ago-2015

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-DEZ-2014 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros s 17. CONTAS DE DEPÓSITO 19. CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-DEZ-2014 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros s 17. CONTAS DE DEPÓSITO 19. CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à Ordem 19.1. Depósitos à Ordem 17.2. Depósitos a Prazo 19.2. Depósitos a Prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 17-agosto-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 17-agosto-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 17-agosto-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO DOS AÇORES, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Deutsche Bank AG, Sucursal em Portugal,

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-outubro-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-outubro-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-outubro-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO, S.A., contém o Folheto de Comissões e

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos CH e associados Taxa Indexada - Euribor 12m Multiopções associados Taxa Indexada - Euribor 12m Euribor 12m + Spread 1,95% a 5,80% Euribor 12m + Spread 2,95%

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016 O Preçário completo do NOVO BANCO DOS AÇORES, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 17-agosto-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 17-agosto-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 17-agosto-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO, S.A., contém o Folheto de Comissões e

Leia mais

Preçário BANQUE PRIVEE ESPIRITO SANTO, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS

Preçário BANQUE PRIVEE ESPIRITO SANTO, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Preçário BANQUE PRIVEE ESPIRITO SANTO, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Set-2014 O Preçário completo

Leia mais

Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses +

Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses + 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Efectiva (TAE) Prestação Indexada; Prestação Mínima; Crédito Não Residentes; Spread 1,750% a 4,250% 4,939% Prazo máximo

Leia mais

Preçário IBERCAJA BANCO, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-06-2015

Preçário IBERCAJA BANCO, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-06-2015 Preçário IBERCAJA BANCO, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 11-06-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo

Leia mais

Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco do Brasil AG Sucursal em Portugal,

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

ST. GALLER KANTONALBANK AG - SUCURSAL EM PORTUGAL

ST. GALLER KANTONALBANK AG - SUCURSAL EM PORTUGAL FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

Leia mais

HYPOSWISS PRIVATE BANK GENEVE, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL

HYPOSWISS PRIVATE BANK GENEVE, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o

Leia mais

4,567% 35, Arrendamento: 20 anos). Ver Nota (1) Crédito Habitação Regime Deficientes Civis - 0,739% 5,641%

4,567% 35, Arrendamento: 20 anos). Ver Nota (1) Crédito Habitação Regime Deficientes Civis - 0,739% 5,641% 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (CLIENTES PARTICULARES) FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 7setembro2015 18.1. Crédito à Habitação e Contratos Conexos [18.1.20150923.08] Empréstimos em Taxa Variável Crédito

Leia mais

Preçário. Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 17-jul-2015

Preçário. Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 17-jul-2015 Preçário Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público do Banco Português de Gestão

Leia mais

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Deutsche Bank AG, Sucursal em Portugal,

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Efectiva (TAE) Crédito Habitação - Residentes (Aquisição, Construção, Obras e Transferências RG) Spread 3,60% a 5,95%

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Efectiva (TAE) Crédito Habitação (Aquisição, Construção, Obras e Transferências RG) Euribor 3M ou 6M + Spread 2,50%

Leia mais

Preçário. Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário. Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Jun-2015 O Preçário completo do Banco BAI Europa, S.A.contém

Leia mais

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 17.1. Depósitos à ordem Contas de Depósitos à Ordem Produtos em comercialização - Conta Standard - Maxi-Conta Superior a 0 euros Até 2.500,00 Euros De 2.500,00 Euros a 5.000,00 Euros De 5.000,00 Euros

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA DP NETB@ANCO 90 DIAS

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA DP NETB@ANCO 90 DIAS DP NETB@ANCO 90 DIAS Designação Condições de acesso Modalidade Prazo Mobilização antecipada DP Netb@nco 90 Dias Clientes aderentes ao NetB@nco (constituição e movimentação exclusiva através do canal NetB@nco).

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015 Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Taxa Anual Efectiva (TAE) Empréstimos a taxa variável Crédito Habitação (Aquisição, Construção, Obras e Transferências RG) Euribor 6M + Spread 1,75% a 4,60%

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015 Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao

Leia mais

19. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

19. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 19.1. Depósitos à ordem Contas de Depósitos à Ordem Conta Clássica Até 14.960,00 0,000% Superior a 14.960,00 0,000% Conta Gestão Tesouraria Banif Rendimento >= 2.500 Conta Condomínio 0,500% Superior a

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Crédito Habitação 5. Leasing 6. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à Ordem 19.1. Depósitos à Ordem 17.2. Depósitos a Prazo 19.2. Depósitos a Prazo

Leia mais

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banif Banco de Investimento, SA contém o Folheto

Leia mais

Preçário BANIF GO IFIC, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANIF GO IFIC, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF GO IFIC, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Out-2011 O Preçário completo BANIF

Leia mais

Alterações ao preçário em vigor a partir de 6 de janeiro de 2016

Alterações ao preçário em vigor a partir de 6 de janeiro de 2016 Alterações ao preçário em vigor a partir de 6 de janeiro de 2016 Montepio Depósito a Prazo a dias 8 a 29 dias 0,020% Montepio Depósito 1 Ano não mobilizável Juros Mensais 0,500% Juros Trimestrais 0,550%

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 1. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 21-out-2015 (ÍNDICE) 1.1. Depósitos à ordem

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 1. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 21-out-2015 (ÍNDICE) 1.1. Depósitos à ordem 1.1. Depósitos à ordem Comissões Euros (Mín/Máx) Valor Anual Imposto 1ª Conta: O único titular é o menor que deverá ter entre 0 e 13 anos de idade; montante mínimo de abertura: 50 (ou equivalente noutra

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa anual nominal (TAN) Taxa anual efetiva (TAE) CH Taxa Indexada - Euribor 12M Euribor 12 m + spread 1,95% a 5,8% 2,998% 13 a

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de Comissões e Despesas

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à Ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à Ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Completa Clientes Particulares, maiores de 18 anos, que sejam trabalhadores por conta de outrem e que aceitem domiciliar ou transferir,

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-set-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-set-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-set-2015 O Preçário completo do Banif Mais, contém o Folheto de Comissões e Despesas

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro. Anexo II. Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional. Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015

Tabela de Taxas de Juro. Anexo II. Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional. Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015 Anexo II Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015 Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve

Leia mais

Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito

Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do(a) BBVA,

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes Oferta de Cooperação Barclays at Work 1 / 7 Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países Spliu

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR DEPÓSITOS A PRAZO

ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR DEPÓSITOS A PRAZO ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR DEPÓSITOS A PRAZO Índice Conceito de depósito a prazo Depósitos a prazo simples Ficha de Informação Normalizada (FIN) Remuneração Prazo e mobilização antecipada Capitalização

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Moeda Conta Super Jovem Clientes Particulares, com idade entre os 18 e os 30 anos (inclusive). Depósito à Ordem. Esta conta pode ser movimentada

Leia mais

O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais de Atendimento ao público do Banco de Negócios Internacional ou em www.bni.

O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais de Atendimento ao público do Banco de Negócios Internacional ou em www.bni. Instituição Financeira Bancária Preçário das Operações ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 01 de Outubro de 2015 O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais

Leia mais

Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras

Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras O Banco de Portugal acaba de publicar novas regras para os Preçários, que vêm reforçar e harmonizar a informação sobre

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01 - nov - 2015 Clientes Particulares Outros clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos 20.1. Linhas

Leia mais

Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito

Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do(a) BBVA,

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Leasing 5. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro com mais de 300 anos

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa anual efetiva (TAE) CH Taxa Indexada - Euribor 12M Euribor 12 m + spread 1,95% a 5,8% 2,998% 13 a 480 meses Máximo: 80% da

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 07-Setembro-2015 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 07-Setembro-2015 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes 20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 07-Setembro-2015 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes [20.1.20150902.12] Empréstimos a taxa variável Taxa Anual

Leia mais

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO COM SEDE EM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO

Leia mais

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a:

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a: O seu contacto no Millennium bcp: Sucursal: EVORA MURALHA Nome: Luís Rosado Telefone: 266009530 Para si que tem o seu Ordenado no Millennium bcp! S.Ser.Trab.Camara Municipal Evora e o Millennium bcp prepararam

Leia mais

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 17.1. Depósitos à ordem Contas de Depósitos à Ordem Conta Clássica Superior a 0 euros 0,000% Conta Excellence De 5.000,00 até 24.999,99 0,150% De 25.000,00 até 49.999,99 0,250% Superior a 50.000,00 0,500%

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013 Oferta de Cooperação Barclays at Work Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países ORDEM DOS ENGENHEIROS

Leia mais

Referência : 400010_EUR_20131116_001

Referência : 400010_EUR_20131116_001 CAIXACADERNETA Referência : 400010_EUR_20131116_001 Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Moeda CaixaCaderneta pessoas singulares Empresários em nome individual (ENI) que abram

Leia mais

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional O Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve e em www.bancokeve.ao O Preçário pode ser ainda

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto das Comissões

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR REMUNERAÇÃO DE UM DEPÓSITO A PRAZO

ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR REMUNERAÇÃO DE UM DEPÓSITO A PRAZO ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR REMUNERAÇÃO DE UM DEPÓSITO A PRAZO Índice TANB Taxa Anual Nominal Bruta TANL - Taxa Anual Nominal Líquida Taxa de juro nominal e real Juro simples e juro composto Ficha

Leia mais

QUANTO QUER POUPAR E QUANDO QUER RECEBER

QUANTO QUER POUPAR E QUANDO QUER RECEBER POUPANÇA Escolha o Prazo ESCOLHA QUANTO QUER POUPAR E QUANDO QUER RECEBER Simplifica 41.000. Queria liberdade para escolher o prazo da sua poupança? Gostaria de saber quanto vai receber? Gostaria de comparar

Leia mais

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional O Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve e em www.bancokeve.ao O Preçário pode ser ainda

Leia mais

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-16

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-16 Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01Jun16 O Preçário completo do Banco Invest, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Condições actuais do Protocolo para Colaboradores

Condições actuais do Protocolo para Colaboradores Direcção de Parcerias Comerciais Protocolos Condições actuais do Protocolo para Colaboradores Novembro de 2009 Conta Ordenado BPI Isenção das principais despesas do dia-a-dia: Isenção das despesas de manutenção

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro

Tabela de Taxas de Juro Preçário Banco Angolano de Investimentos, S.A. (Instituição Financeira Bancária) ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 26 DE MARÇO DE 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões

Leia mais

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa.

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter acesso a um vasto conjunto

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO EURUSD Range (Denominado em Euros) Série I

Prospecto Informativo - ATLANTICO EURUSD Range (Denominado em Euros) Série I Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de Risco Instrumentos ou Variáveis Subjacentes ou Associados Perfil de Cliente Recomendado ATLANTICO

Leia mais

BANCO CREDIBOM, SA Entrada em vigor: 01-12-2015 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. 20.4. Outros créditos

BANCO CREDIBOM, SA Entrada em vigor: 01-12-2015 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. 20.4. Outros créditos FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20.1. Linhas de crédito e contas correntes 18.2. Crédito pessoal 18.3. Crédito automóvel 18.4.

Leia mais

18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20.1. Linhas de crédito e contas correntes 18.2. Crédito pessoal 18.3. Crédito automóvel 18.4.

Leia mais

BANCO CREDIBOM, SA Entrada em vigor: 01-07-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO

BANCO CREDIBOM, SA Entrada em vigor: 01-07-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos 20.1. Linhas de crédito e contas correntes 18.2.

Leia mais

Contas Ordenado. Outras Condições [17.1.20151005.14]

Contas Ordenado. Outras Condições [17.1.20151005.14] 17. CONTAS DE DEPÓSITO (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-Novembro-2013 17.1. Depósitos à Ordem Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Contas à Ordem Standard Conta Barclays

Leia mais

Soluções Financeiras ANEXO I. Protocolo exclusivo. Soluções Ordenado BBVA. Soluções Habitação BBVA

Soluções Financeiras ANEXO I. Protocolo exclusivo. Soluções Ordenado BBVA. Soluções Habitação BBVA Protocolo exclusivo. Soluções Financeiras ANEXO I Aproveite o Protocolo BBVA para realizar os seus projectos pessoais. O Banco Bilbao Vizcaya Argentaria, coloca ao seu dispor um conjunto de Produtos e

Leia mais

Protocolo BBVA Soluções Financeiras

Protocolo BBVA Soluções Financeiras Protocolo BBVA Soluções Financeiras Conheça as soluções financeiras que o BBVA tem para lhe oferecer e aproveite o Protocolo BBVA com condições exclusivas para os Associados do SPLIU. Para o BBVA cada

Leia mais

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor:

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 20-jul-16 O Preçário completo do Banco Privado Atlântico Europa, S.A., contém o Folheto

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto das Comissões

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável Conta Corrente Caucionada Conta Corrente Caucionada Conta Gestão de Tesouraria Linhas de Crédito Protocoladas Protocolo Turismo de

Leia mais

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Instituição Financeira Bancaria com sede em território nacional, de acordo com o previsto na Lei das Instituições Financeiras Anexo I Tabela de comissões e despesas Data de

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Caixa JPY Up setembro 2016_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado O Caixa JPY Up setembro 2016 é um depósito indexado não

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Negócio Clientes Empresa e Empresários em Nome Individual. Depósito à Ordem remunerado, que possibilita o acesso a um limite de crédito

Leia mais

OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros Clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 18.2. Crédito pessoal 20.1. Linhas de crédito e contas correntes 18.3. Crédito automóvel 20.4.

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto das Comissões

Leia mais

Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO

Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO Tipo de Propriedade 1ª Habitação Residência habitual do agregado familiar (habitação própria permanente). 2ª Habitação Residência não habitual do agregado familiar

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 01-set-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CUSTO DO CRÉDITO

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CUSTO DO CRÉDITO ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CUSTO DO CRÉDITO Índice Componentes do custo do crédito Taxa de juro Comissões Despesas Seguros Medidas agregadas do custo do crédito: TAE e TAEG Taxas máximas no crédito

Leia mais

Preçário BANCO DE CAJA ESPANA DE INVERSIONES, SALAMANCA Y SORIA, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS

Preçário BANCO DE CAJA ESPANA DE INVERSIONES, SALAMANCA Y SORIA, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Preçário BANCO DE CAJA ESPANA DE INVERSIONES, SALAMANCA Y SORIA, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor:

Leia mais