ADB RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DE PROCESSOS EM FASE DE CONHECIMENTO MAIO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ADB RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DE PROCESSOS EM FASE DE CONHECIMENTO MAIO"

Transcrição

1 ADB RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DE PROCESSOS EM FASE DE CONHECIMENTO MAIO 2017

2 Índice 1) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n (AREsp nº /DF)...4 6) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Mandado de Segurança Coletivo n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Cautelar Inominada n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n ) Ação Coletiva n /11

3 1) Ação Coletiva n MATÉRIA: Pagamento da GDAD aos aposentados e aos pensionistas nos mesmos valores percebidos pelos servidores em atividade (50%). BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados aposentados e os pensionistas com direito à paridade remuneratória. HISTÓRICO: Julgamento favorável na 1ª instância. Interpostas apelações pela ADB e pela União. Quando do julgamento dos recursos interpostos pelas partes, a Turma Julgadora suscitou Incidente de Arguição de Inconstitucionalidade, que, por questões formais, não foi conhecido pela Corte Especial, de modo que os autos retornaram à Turma para retificação. Em outubro de 2014, a 2ª Turma reparou os problemas apontados e devolveu o processo para julgamento do Incidente de Arguição de Inconstitucionalidade. Em agosto de 2016, a Corte Especial, por maioria, rejeitou o Incidente, por entender que os incisos I e II do art. 8º da Lei /2002 não importariam violação direta à Constituição. A ADB opôs então embargos de declaração, uma vez que não constam do acórdão o inteiro teor dos votos divergentes, que são favoráveis à Associação e poderão ser utilizados como fundamento quando do retorno dos autos à 2ª Turma para o julgamento das apelações. Em 12/12/2016, a União foi intimada a apresentar resposta aos embargos. Em 02/02/2017, foi publicada decisão que determinou a republicação do acórdão, com o inteiro teor de dos votos vencidos. Atendido o pedido da Associação, a ADB pediu a remessa dos autos de volta à 2ª Turma, para que seja dada continuidade ao julgamento dos recursos. Em fevereiro de 2017, os autos foram remetidos à 2ª Turma do Tribunal e distribuídos ao gabinete do Desembargador Federal Francisco Neves, onde aguardam apreciação da apelação. 2) Ação Coletiva n MATÉRIA: Impedimento da implementação do Ofício Circular n. 19 para garantir a percepção das parcelas incorporadas de DAS 1, 2 e 3. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos, aposentados e aos pensionistas que percebem as parcelas incorporadas de DAS 1, 2 e 3. HISTÓRICO: Julgamento parcialmente favorável na 1ª instância. Interpostas apelações pela ADB e pela União. Aguarda-se julgamento das apelações pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Em fevereiro de 2016, o processo foi incluído no Programa de Aceleração de Julgamento (PAJ) do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Com o fim do PAJ, o processo retornou à relatória do Desembargador Federal Carlos Pires Brandão. 3/11

4 3) Ação Coletiva n MATÉRIA: Pagamento do valor integral de VPNI, calculada sem considerar as vantagens pessoais adquiridas antes da reestruturação da carreira estabelecida na Lei n /2002. RÉ:União. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos, aposentados e aos pensionistas que percebem a VPNI. HISTÓRICO: Julgamento desfavorável na 1ª e na 2ª instância. Para tentar reverter essa situação, a ADB interpôs o Recurso Especial n , ao qual foi negado seguimento. Uma vez que não havia mais recursos possíveis, o processo transitou em julgado no STJ. Os autos retornaram à origem e agora aguardam-se os procedimentos de finais antes do arquivamento definitivo. 4) Ação Coletiva n MATÉRIA: Não incidência de contribuição previdenciária sobre parcelas não incorporáveis aos proventos de aposentadoria (diárias). BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos, aposentados e aos pensionistas que perceberam parcelas indenizatórias referentes a diárias. HISTÓRICO: Julgamento desfavorável na 1ª instância. Em 2ª instância, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região julgou favorável o pleito da Associação. A União, então, interpôs Recursos Especial e Extraordinário, que admitidos, encontram-se sobrestados até o julgamento dos recursos paradigmas sobre a matéria no Superior Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal. 5) Ação Coletiva n (AREsp nº /DF) MATÉRIA: Pagamento de indenização por danos materiais decorrentes da ausência de revisão geral anual de remuneração entre 1999 e BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos e aposentados que estavam no serviço público entre 1999 e 2001 e os pensionistas desses servidores. LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Não há pedido HISTÓRICO: Julgamento desfavorável na 1ª e na 2ª instância. Para tentar reverter essa situação, a ADB interpôs Recurso Especial e Recurso Extraordinário. Tais recursos foram sobrestados por ordem da Vice-Presidência do Tribunal para aguardo do julgamento de processos paradigmas pelo Superior Tribunal de Justiça e pelo Supremo Tribunal Federal. A ADB protocolou então pedido de reconsideração das decisões de sobrestamento, pois os casos paradigmas aludidos tratam de matéria diversa daquela discutida nos autos. Em dezembro de 2015, a 4/11

5 Vice-Presidência reconheceu o equívoco quanto ao Recurso Extraordinário e determinou o sobrestamento desse com base no paradigma correto. Quanto ao Recurso Especial, a Vice-Presidente entendeu que esse não seria cabível, de modo que o inadmitiu. Diante disso, a ADB apresentou recurso de Agravo. Em março de 2017, a Ministra ASSUSSETE MAGALHÃES determinou o retorno dos autos ao TRF1, tendo em vista que a análise do Recurso Especial depende necessariamente da decisão a ser proferida pelo Supremo Tribunal Federal no caso paradigma acerca do assunto. Uma vez que a decisão é irrecorrível e está dentro das disposições da lei processual civil, não há providências. Aguarda-se, então, posicionamento da suprema Corte sobre o tema. 6) Ação Coletiva n MATÉRIA: Percepção acumulada da incorporação de quintos prevista no art. 62 da Lei n /1990 com a aposentadoria acrescida de 20%, conforme dispõe o art. 192, II, daquela mesma lei. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados aposentados e os pensionistas que percebiam os quintos previstos no artigo 62 da Lei n /1990. HISTÓRICO: Julgamento parcialmente procedente em 1ª instância. Em 2ª instância, foi negado provimento à apelação da União, que, em seguida, opôs embargos de declaração, os quais foram rejeitados. A União apresentou então novos embargos de declaração, que foram respondidos pela ADB em novembro de Agora, aguarda-se apreciação. 7) Ação Coletiva n MATÉRIA: Pagamento da GDAD aos aposentados e aos pensionistas nos mesmos valores percebidos pelos servidores em atividade (50%). BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados aposentados e os pensionistas com direito à paridade remuneratória. HISTÓRICO: Julgamento parcialmente procedente em 1ª instância. A União e a ADB interpuseram apelação. Atualmente, o processo encontra-se no Tribunal Regional Federal da 1ª Região e aguarda decisão na Ação Coletiva n , cuja matéria é a mesma desta ação, porém com outro grupo de beneficiários. Em setembro de 2015, o processo foi incluído no Programa de Aceleração de Julgamento do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Em junho de 2016, o processo foi incluído na pauta do dia 15/06/2016, em que pese a Arguição de Inconstitucionalidade nos autos da Ação Coletiva n aguardar julgamento pela Corte Especial do Tribunal. Ainda assim, a 1ª Turma do TRF1 decidiu por seguir no julgamento e, em sessão do dia 15/06/2016, decidiu dar 5/11

6 provimento à apelação da União para julgar improcedentes os pedidos da ADB. Diante disso, a ADB opôs recurso de embargos de declaração e, em outubro de 2016, a União também opôs embargos, os quais foram rejeitados pela 1ª Turma em acórdão publicado em março de Diante disso, a ADB apresentou Recursos Especial e Extraordinário, que aguardam juízo de admissibilidade. 8) Ação Coletiva n MATÉRIA: Incorporação de quintos/décimos relativos ao exercício de cargo em comissão no período compreendido entre e BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos e aposentados que exerceram cargo em comissão entre 1998 e 2001 e os pensionistas desses servidores. HISTÓRICO: Julgamento favorável em 1ª instância. A União interpôs apelação, que foi julgada parcialmente procedente apenas para reconhecer prescrição quinquenal e alterar os valores anteriormente fixados a título de honorários e a taxa de juros moratórios. A União interpôs Recurso Especial, ao qual foi negado seguimento. Após, interpôs Agravo em Recurso Especial, que também foi improvido. A União interpôs novo Recurso Especial (AREsp n ), que não foi conhecido. Contra esta decisão, a União interpôs agravo regimental, que foi provido pelo Ministro Herman Benjamin para determinar a remessa dos autos ao TRF1 para que o Agravo em Recurso Especial seja processado como Agravo Interno/Regimental. Em face dessa decisão, a ADB interpôs agravo regimental, em dezembro de 2015, para requerer que o recurso da União seja improvido, pois manifestamente incabível. Em 04/03/2016, o Ministro Herman Benjamin, diante das razões trazidas pela ADB, decidiu tornar sem efeito, até melhor exame da matéria, a decisão que havia provido o AREsp da União. Em 02/06/2016, o AREsp da União foi improvido, por unanimidade, pela 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. A União opôs então novos embargos de declaração, que foram respondidos pela ADB. Em sessão de julgamento realizada em 25/10/16, a 2ª Turma rejeitou os embargos. Em março de 2017, foi certificado o trânsito em julgado do acórdão e agora se aguarda o recebimento do processo na origem, 4ª Vara Federal. 9) Ação Coletiva n MATÉRIA: Pagamento de auxílio-alimentação nos mesmos valores garantidos aos servidores do Poder Legislativo. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos e aposentados nos últimos 5 (cinco) anos. HISTÓRICO: Julgamento desfavorável na 1ª e na 2ª instância. Para tentar reverter 6/11

7 essa situação, a ADB interpôs Recurso Especial (REsp) e Recurso Extraordinário (RE), os quais foram inadmitidos. Em face da decisão que inadmitiu o RE, a ADB opôs embargos de declaração, que foram respondidos pela União e agora aguardam apreciação. Quanto à decisão que inadmitiu o REsp, a ADB informou que não apresentaria recurso, em face da jurisprudência pacífica do STJ contrária à tese. Agora, aguarda-se a apreciação dos embargos de declaração da Associação. 10) Mandado de Segurança Coletivo n MATÉRIA: Não incidência retroativa de contribuição previdenciária sobre os proventos e as pensões. RÉUS: Coordenador Geral de Recursos Humanos do Ministério das Relações Exteriores e Secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados aposentados e os pensionistas.. HISTÓRICO: Julgamento desfavorável em 1ª instância. Aguarda-se julgamento da apelação da ADB pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. 11) Ação Coletiva n MATÉRIA: Suspensão do pagamento de contribuição previdenciária por aposentados e pensionistas de lei ordinária que defina a base de cálculo de tal tributo. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados aposentados e os pensionistas. HISTÓRICO: Proferida sentença que extinguiu o processo sem julgamento do mérito, por entender equivocadamente que haveria litispendência. A ADB interpôs apelação, que aguarda julgamento pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. 12) Ação Coletiva n MATÉRIA: Conversão em pecúnia dos períodos de licença-prêmio e/ou licença especial conquistados e não usufruídos (ou não computados em dobro para aposentadoria). BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos e aposentados que adquiriram períodos de licença-prêmio e/ou licença especial. LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Não há pedido HISTÓRICO: Julgamento favorável em 1ª instância. A ADB e a União apelaram da sentença, sendo que a Associação recorreu apenas em relação à prescrição apontada pelo juiz de primeiro grau. Em 2ª instância, a apelação da ADB foi provida para declarar que o termo prescricional se inicia somente após a chancela 7/11

8 do ato de aposentadoria pelo TCU. Em 15/05/2016, o acórdão da apelação foi publicado. A ADB opôs embargos de declaração apenas para sanar omissão quanto aos índices de juros e correção monetária, que não foram indicados pelo TRF1. A União também opôs embargos de declaração, que foram respondidos pela Associação. Os Embargos da ADB foram acolhidos tão somente para ajustar a correção monetária e os juros de mora. Já os embargos declaratórios da União foram acolhidos em parte para excluir do julgado o trecho que trata da exclusão de imposto de renda e de contribuição previdenciária dos valores a serem restituídos, uma vez que essas questões não foram discutidas nos autos. Aguarda-se, agora, decurso de prazo de recurso para a União. 13) Ação Coletiva n MATÉRIA: Pagamento da GDAD aos aposentados e aos pensionistas nos mesmos valores percebidos pelos servidores em atividade (100%). BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados aposentados e os pensionistas com direito à paridade remuneratória. LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Não há. HISTÓRICO: Prolatada sentença que extinguiu o processo, sem julgamento de mérito, sob o fundamento de que teria havido perda de objeto. A ADB apresentou apelação, a qual aguarda julgamento pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. 14) Ação Coletiva n MATÉRIA: Não absorção, com o aumento do subsídio, dos valores recebidos a título de parcela complementar. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos e aposentados que recebem ou já receberam parcela complementar de subsídio e os pensionistas. HISTÓRICO: Julgamento desfavorável em 1ª instância. Aguarda-se julgamento da apelação da ADB pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Em setembro de 2015, o processo foi incluído no Programa de Aceleração de Julgamento do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Em 13/04/2016, o processo foi julgado e o TRF1 negou provimento à apelação da ADB. Como o acórdão foi omisso quanto às violações constitucionais suscitadas pela Associação, apresentou-se embargos de declaração, que foram rejeitados. A ADB apresentou Recursos Especial e Extraordinário, que foram respondidos pela União e agora aguardam juízo de admissibilidade pelo TRF1. 15) Ação Coletiva n MATÉRIA: Revisão geral das remunerações no percentual de 13,23%. 8/11

9 BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos e aposentados que eram servidores em 2003 e os pensionistas. LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Não há pedido HISTÓRICO: Julgamento desfavorável em 1ª instância. Em setembro de 2015, o processo foi incluído no Programa de Aceleração de Julgamento do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Em 13/05/2016, o processo foi incluído na pauta de julgamento do dia 25/05/2016, em que foi dado parcial provimento à apelação da ADB para condenar à União a implementar o reajuste de 13,23% aos seus filiados. A União opôs então embargos de declaração, que foram respondidos pela Associação. Agora, aguarda-se a inclusão dos embargos em pauta para julgamento. 16) Ação Coletiva n MATÉRIA: Majoração do valor das aposentadorias proporcionais para cada ano a mais de pagamento de contribuição previdenciária durante a inatividade até a integralização do benefício. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados aposentados proporcionalmente e os pensionistas. LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Não há pedido HISTÓRICO: Julgamento desfavorável em 1ª instância. Aguarda-se julgamento da apelação da ADB pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. 17) Cautelar Inominada n ORIGEM: Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. MATÉRIA: Direito de não-sindicalizados votarem em Assembleia do Sinditamaraty. RÉU: Sindicato Nacional dos Servidores do Ministerio das Relacoes Exteriores Sinditamaraty. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos e aposentados. LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Deferida. HISTÓRICO: Julgamento favorável em 1ª instância. Recurso ordinário interposto pelo réu, que não foi provido em decisão monocrática de Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. O SINDITAMARATY apresentou novo recurso, que foi provido monocraticamente pelo Desembargador, em decisão de reconsideração. Em 15/06/2016, quando do julgamento do mérito do recurso, o Desembargador Relator votou no sentido de extinção do processo, sem resolução do mérito, pelo não cabimento da cautelar inominada. O julgamento foi suspenso por pedido de vista da Desembargadora Revisora. O processo foi novamente incluído em pauta, e, em 22/02/2017, a 2ª Turma do TRT10 decidiu por não conhecer da cautelar. O acórdão foi publicado e a ADB não apresentou recurso, ante o atendimento de seu pleito no processo principal. O feito transitou em julgado em 08/05/2017. Aguarda-se os trâmites finais de arquivamento. 9/11

10 18) Ação Coletiva n ORIGEM: Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. MATÉRIA: Ação principal da Cautelar Inominada que pleiteia o reconhecimento do direito de não-sindicalizados votarem em Assembleia do Sinditamaraty. RÉU: Sindicato Nacional dos Servidores do Ministerio das Relacoes Exteriores Sinditamaraty. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados ativos e aposentados. LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Não há. HISTÓRICO: Audiência inaugural realizada em 07/10/2015, sem acordo. A Audiência de instrução foi realizada em para o dia 14/12/2015, sem providências. Em 12/04/2016, foi prolatada sentença que (i) extinguiu o processo, sem resolução do mérito, em relação ao pedido de declaração da nulidade das deliberações da assembelia do SINDITAMARATY realizada nos dias 01 e 02/07/2015, por perda de objeto; e (ii) julgou improcedente o pedido de declaração, em favor de todos os filiados à ADB, independentemente de sindicalização ao SINDITAMARATY, o direito de deliberação e de votação nas assembleias realizadas por esse sindicato, destinadas a deliberar sobre o reajuste salarial dos integrantes do Quadro Permanente do MRE. Contra esta sentença, a ADB apresentou recurso ordinário, cujo julgamento foi iniciado em 10/08/2016, porém havia sido suspenso em razão do pedido de vista regimental pela Desembargadora Elke Doris Just. Em 22/02/2017, retornado o julgamento, a 2ª Turma do TRT10 deu provimento ao recurso da ADB para reformar a sentença a fim de declarar o direito dos associados à ADB independentemente de filiação ao SINDITAMARATY de participarem das assembleias do Sindicato referentes às pautas de greve e de reajuste remuneratório. O SINDITAMARATY opôs embargos de declaração, que aguardam inclusão em pauta. 19) Ação Coletiva n MATÉRIA: Exclusão da IREx e do Auxílio-Familiar da base de cálculo do 13º salário e do terço de férias dos Diplomatas lotados no exterior. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados lotados no exterior. LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Deferida. HISTÓRICO: Em 29/06/2016, foi deferida a tutela de urgência para que seja manter a IREx e o Auxílio-Familiar na base de cálculo do 13º salário e do terço de férias dos Diplomatas lotados no exterior. Nessa mesma decisão, o Juiz Renato Borelli determinou à ADB que emendasse a petição inicial para adequar o valor da causa ao proveito econômico da demanda, sob pena de revogação da tutela deferida. Ocorre que a União apresentou o Agravo de Instrumento nº , em que foi deferido o efeito suspensivo para suspender o cumprimento da aludida decisão. A ADB apresentou resposta ao agravo e interpôs recurso, o qual foi apreciado pela Desembargadora Gilda Seixas, que, em 10/11

11 18/11/2016, reconsiderou a sua decisão anterior para determinar o restabelecimento dos efeitos da tutela de urgência deferida pelo Juiz de 1º grau, de forma que a IREx e o Auxílio-Familiar devem voltar a ser incluídos na base de cálculo do 13º salário. Nos autos de origem, a ADB informou a reconsideração da decisão pela Desembargadora e, ainda, apresentou emenda à inicial para alterar o valor da causa, em que pese expressamente manifestar sua discordância em relação a essa determinação. Em 13/01/2017, a AGU retirou os autos da Vara, portanto, tomou ciência das decisões proferidas. Em 06/03/2017, devolvidos os autos pela União, a ADB apresentou petição para requerer o cumprimento da decisão de tutela de urgência aos filiados que deixaram de constar da lista da ação. O Juízo de 1º grau abriu prazo para manifestação da União, que informou já haver notificado o Itamaraty sobre o cumprimento da decisão. Aguarda-se agora manifestação Juízo. 20) Ação Coletiva n MATÉRIA: Exclusão da IREx e do Auxílio-Familiar da base de cálculo do 13º salário e do terço de férias dos Diplomatas lotados no exterior. BENEFICIÁRIOS: Diplomatas filiados lotados no exterior não abrangidos pela lista de filiados anexadas na 1ª ação (nº ). LIMINAR/TUTELA ANTECIPADA: Deferida. HISTÓRICO: A ação foi ajuizada em 19/12/2016 e, após o fim do recesso judicial, foi encaminhada em 10/01/2017 para análise de prevenção ao juiz distribuidor, que determinou à livre distribuição dos autos, os quais foram sorteados para a 15ª Vara Federal. Em 18/01/2017, antes de decidir acerca do pedido de tutela de urgência, o juiz determinou à oitiva prévia da União, que apresentou manifestação em 25/01/2017. Em 02/02/2017, o magistrado proferiu decisão em que ratificou a sua competência para julgar o feito e deferiu o pedido de liminar para manter a IREx e o Auxílio-Familiar na base de cálculo do 13º salário e do terço de férias dos Diplomatas lotados no exterior, até o julgamento final do feito. Em 06/02/2017, a AGU fez carga dos autos para tomar ciência da decisão e cumpri-la. Ao devolver o processo, interpôs recurso de agravo de instrumento e pediu reconsideração da decisão. Aguarda-se manifestação do Juízo. 11/11

Assunto: Recursos Humanos - recurso de decisão administrativa - regulamentação da concessão da ajuda de custo no âmbito do TRT da 15ª Região.

Assunto: Recursos Humanos - recurso de decisão administrativa - regulamentação da concessão da ajuda de custo no âmbito do TRT da 15ª Região. 1 A C Ó R D Ã O - PROC. Nº TST-CSJT-124/2005-000-90-00.7 Interessados: Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região Assunto: Recursos Humanos - recurso de decisão administrativa - regulamentação da concessão

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE RONDÔNIA SENTENÇA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE RONDÔNIA SENTENÇA CLASSE N. 1100 AÇÃO ORDINÁRIA/TRIBUTÁRIA Autor: Sindicato dos Servidores na Justiça do Trabalho dos Estados de Rondônia e Acre - SINJUSTRA Ré: União/Fazenda Nacional SENTENÇA Trata-se de ação de rito ordinário

Leia mais

São Paulo, 29 de novembro de 2010.

São Paulo, 29 de novembro de 2010. São Paulo, 29 de novembro de 2010. SINDEPRESTEM SINDICATO DAS EMPRESAS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS A TERCEIROS, COLOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE MÃO- DE-OBRA E DE TRABALHO TEMPORÁRIO NO ESTADO DE SÃO PAULO A/C

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.198.479 - PR (2010/0114090-4) RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI EMENTA DIREITO CIVIL. RECURSO ESPECIAL. DÉBITOS CONDOMINIAIS. CONDENAÇÃO JUDICIAL. CORREÇÃO MONETÁRIA. ÍNDICE APLICÁVEL.

Leia mais

RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL CONVOCADO RUBENS DE MENDONÇA CANUTO - 1º TURMA RELATÓRIO

RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL CONVOCADO RUBENS DE MENDONÇA CANUTO - 1º TURMA RELATÓRIO RELATÓRIO Cuida-se de remessa oficial e de apelação interposta em face de sentença da lavra do MM. Juízo Federal da 2ª Vara de Pernambuco, que concedeu a segurança postulada, determinando a atualização

Leia mais

Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti

Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti IB Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti DECISÃO MONOCRÁTICA AGRAVO DE INSTRUMENTO 200.2006.018796-6/ 002

Leia mais

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de EMENTA RECURSO ORDINÁRIO, provenientes da UMUARAMA - PR, sendo Recorrente CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL/NEGOCIAL - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS - Nas ações de cobrança de contribuição sindical, figurando nos pólos

Leia mais

PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS EM ANDAMENTO

PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS EM ANDAMENTO PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS EM ANDAMENTO Assunto: URV O Departamento Jurídico do SITRAEMG é responsável pelo acompanhamento de mais de 200 (duzentas) ações plúrimas referentes à incorporação do percentual

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR WASHINGTON LUIS BEZERRA DE ARAUJO

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR WASHINGTON LUIS BEZERRA DE ARAUJO Processo: 0001353-14.2015.8.06.0000 - Conflito de competência Suscitante: Juiz de Direito da 15ª Vara de Família da Comarca de Fortaleza Suscitado: Juiz de Direito da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO RELATÓRIO O DESEMBARGADOR FEDERAL GERALDO APOLIANO (RELATOR): Apelação interposta em face da sentença que julgou procedente o pleito autoral, por considerar ilícita a majoração da taxa de ocupação dos

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL Agravo Interno no Agravo de Instrumento nº 0007110-60.2014.8.19.0000 Agravante: Tim Celular S/A Agravado: Miguel da Silva Virgem

Leia mais

EMENTA. 2. Recurso parcialmente conhecido e improvido. ACÓRDÃO

EMENTA. 2. Recurso parcialmente conhecido e improvido. ACÓRDÃO INCIDENTE DE UNIFORMIZAÇÃO JEF (PR E SC) Nº 2002.70.11.010420-0/PR RELATOR : Juiz JOÃO BATISTA LAZZARI RECORRENTE : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECORRIDO : Clovis Juarez Kemmerich : ORLANDA

Leia mais

PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS DO SINTRAJUD Processo nº Vara Assunto Andamento

PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS DO SINTRAJUD Processo nº Vara Assunto Andamento PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS DO SINTRAJUD Processo nº Vara Assunto Andamento 26384-68.2010.4.01.3400 3ª Vara Federal de Brasília/DF Ação ordinária contra o desconto dos vencimentos dos servidores do TRE

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 23.380. Dispõe sobre o Adicional de Qualificação no âmbito da Justiça Eleitoral.

RESOLUÇÃO Nº 23.380. Dispõe sobre o Adicional de Qualificação no âmbito da Justiça Eleitoral. Publicada no DJE/TSE nº 142, de 27/7/2012, p. 9/11 RESOLUÇÃO Nº 23.380 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 19.823 (29839-23.2007.6.00.0000) CLASSE 19 BRASÍLIA DF Relatora: Ministra Cármen Lúcia Interessado: Tribunal

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL R E L A T Ó R I O

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL R E L A T Ó R I O APELAÇÃO CÍVEL NO PROCESSO N.º 0193850-02.2009.8.19.0001 APELANTE: TNL PCS S/A APELADA: COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RELATOR: DES. LUCIANO SILVA

Leia mais

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL n.º 0029389-71.2013.8.19.0001-E Obrigação de Fazer 14ª Vara de Fazenda Pública da Comarca da Capital APELANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES AUTÔNOMOS,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA Nº 2702/2014 - PGGB

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA Nº 2702/2014 - PGGB MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA Nº 2702/2014 - PGGB RECLAMAÇÃO nº 18.501/SP RECLTE.(S) : UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS PROC.(A/S)(ES): ROSA MARIA RAIMUNDO RECLDO.(A/S) :

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 693.014 RIO GRANDE DO SUL RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :VITOR ADALBERTO FRANÇA KESSLER : LUIS GUSTAVO SCHWENGBER E OUTRO(A/S)

Leia mais

CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE.

CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE. CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE. Pedido: Requer a compensação dos valores indevidamente tributados relativos a conversão em

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça SENTENÇA ESTRANGEIRA CONTESTADA Nº 9.390 - EX (2014/0316102-8) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN REQUERENTE : PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA REQUERIDO : H DE G ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO

Leia mais

Inteiro Teor (869390)

Inteiro Teor (869390) : Acórdão Publicado no D.J.U. de 19/10/2005 EMENTA PREVIDENCIÁRIO. REVISÃO DA RMI. IRSM DE FEVEREIRO/94 (39,67%). NÃO RETENÇÃO DE IRRF. JUROS MORATÓRIOS. 1. Os salários de contribuição devem ser reajustados,

Leia mais

Sessão de 02 de fevereiro de 2016 RECURSO Nº - 60.305 ACÓRDÃO Nº - 14.767 REDATOR CONSELHEIRO PAULO EDUARDO DE NAZARETH MESQUITA

Sessão de 02 de fevereiro de 2016 RECURSO Nº - 60.305 ACÓRDÃO Nº - 14.767 REDATOR CONSELHEIRO PAULO EDUARDO DE NAZARETH MESQUITA PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 01 / 03 / 2016 Fls.: 17 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 02 de fevereiro de 2016 PRIMEIRA CAMARA RECURSO Nº - 60.305 ACÓRDÃO Nº - 14.767 INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº

Leia mais

RELATÓRIO DE AÇÕES TRABALHISTAS AJUIZADAS PELO SINDADOS/MG CONTRA A PRODEMGE

RELATÓRIO DE AÇÕES TRABALHISTAS AJUIZADAS PELO SINDADOS/MG CONTRA A PRODEMGE RELATÓRIO DE AÇÕES TRABALHISTAS AJUIZADAS PELO SINDADOS/MG CONTRA A PRODEMGE Processo nº 0000809-32.2011.5.03.0022 Distribuído em 05/05/2011, refere-se ao pleito das quantias devidas em razão da Participação

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.078.879 - RJ (2008/0170345-9) RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : AERÓLEO TÁXI AÉREO S/A ADVOGADO : ANDREA CHIEREGATTO E OUTRO(S) RECORRIDO : FAZENDA NACIONAL ADVOGADO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 751.136 SANTA CATARINA RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :CALMELINA RAMOS GONZAGA ADV.(A/S) :MARIA DE FÁTIMA DOMENEGHETTI E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :INSTITUTO BRASILEIRO

Leia mais

RELATÓRIO DAS AÇÕES ANPAF

RELATÓRIO DAS AÇÕES ANPAF RELATÓRIO DAS AÇÕES ANPAF Mandado de Segurança Objeto: evitar descontos dos dias não trabalhados em razão de greve Processo nº: MS 2006.34.00.016937-4 Impetrante: ANPAF, ANAJUR E ANAUNI Impetrado: Procurador-Geral

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADO DO PARANÁ AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.158.383-4, ORIGINÁRIO DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - 1ª VARA CÍVEL. Agravante Agravados

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 770.723 AMAZONAS RELATOR RECTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI :UNIÃO :PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL :SAMSUNG SDI

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 789.608 DISTRITO FEDERAL RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :MARKMIDIA PUBLICIDADE E EMPREENDIMENTOS LTDA : LUCIANO CORREIA MATIAS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO. 26* Câmara

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO. 26* Câmara TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO 26* Câmara AGRAVO DE INSTRUMENTO NO.1177738-0/4 Comarca de SÃO PAULO Processo 127075/08 31.V.CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

Leia mais

PROPOSTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO E REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA 17 DE ABRIL DE 2015

PROPOSTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO E REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA 17 DE ABRIL DE 2015 PROPOSTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO E REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA 17 DE ABRIL DE 2015 POLÍTICA REMUNERATÓRIA 1. PISO DO MAGISTÉRIO 1.1. Reajuste de 31,78% no vencimento

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível EMBARGOS DE DECLARAÇÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO 0046297-12.2013.8.19.0000 PARTE EMBARGANTE: CONMEDH CONVÊNIOS MÉDICOS HOSPITALARES LTDA. PARTE EMBARGADA: CLÁUDIA COUTINHO GUIMARÃES MANES RELATOR: DES. MARCO

Leia mais

JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA GERAL. a ser realizada em 05 de julho de 2012. 1) DELIBERAÇÃO DO PLENÁRIO

JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA GERAL. a ser realizada em 05 de julho de 2012. 1) DELIBERAÇÃO DO PLENÁRIO "ORDEM do DIA" para a SESSÃO PLENÁRIA a ser realizada em 05 de julho de 2012. (Ordinária 050/012) 1) DELIBERAÇÃO DO PLENÁRIO 1.1) Recurso ao Plenário Colidência de Nome Empresarial Replen: 990.294/11-0

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 556.570 - SP (2003/0102798-3) RELATOR : MINISTRO PAULO MEDINA RECORRENTE : PASCHOAL SORRENTINO FILHO ADVOGADO : PASCHOAL SORRENTINO FILHO (EM CAUSA PRÓPRIA) RECORRIDO : MÁRCIO TIDEMANN

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0480.10.016672-1/001 Númeração 0166721- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Eduardo Mariné da Cunha Des.(a) Eduardo Mariné da Cunha 01/12/2011 20/01/2012

Leia mais

LISTAS DE PROCESSOS ASEMPT

LISTAS DE PROCESSOS ASEMPT LISTAS DE PROCESSOS Atualizado em 25.12.13 JUSTIÇA FEDERAL: ASEMPT http://processual.trf1.jus.br/consultaprocessual/parte/listarporcpfcnpj.php 37116498000162 / ASSOCIACAO DOS SERVIDORES DO MINISTERIO PUBLICO

Leia mais

PEQUENAS EMPRESAS DE SANTA CATARINA - SEBRAE/SC DECISÃO

PEQUENAS EMPRESAS DE SANTA CATARINA - SEBRAE/SC DECISÃO AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 488.193 SANTA CATARINA RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI AGTE.(S) :DINÂMICA ASSESSORIA EMPRESARIAL E CONSULTORIA LTDA :JOSÉ GERALDO DA COSTA LEITÃO :UNIÃO :PROCURADORIA-GERAL

Leia mais

IMPETRANTE: SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE NAVEGAÇÃO MARÍTIMA DO ESTADO DE SÃO PAULO-SINDAMAR

IMPETRANTE: SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE NAVEGAÇÃO MARÍTIMA DO ESTADO DE SÃO PAULO-SINDAMAR 1 MANDADO DE SEGURANÇA IMPETRANTE: SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE NAVEGAÇÃO MARÍTIMA DO ESTADO DE SÃO PAULO-SINDAMAR IMPETRADO: CHEFE DO POSTO PORTUÁRIO DA AGÊNCIA NACIONAL DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA- ANVISA EM

Leia mais

Previdência: as vantagens da desaposentação

Previdência: as vantagens da desaposentação Lições de bolso: como proteger suas finanças Rômulo Saraiva Advogado especialista em Previdência Social pela Esmatra VI e blogueiro do Espaço da Previdência Previdência: as vantagens da desaposentação

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DESEMBARGADORA TEREZA CRISTINA SOBRAL BITTENCOURT SAMPAIO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DESEMBARGADORA TEREZA CRISTINA SOBRAL BITTENCOURT SAMPAIO VIGÉSIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR CONFLITO DE COMPETÊNCIA N 0001707-13.2014.8.19.0000 SUSCITANTE: JUÍZO DE DIREITO DA 1ª VARA CÍVEL DA REGIONAL DA BARRA DA TIJUCA SUSCITADO: JUÍZO DE DIREITO DA 7ª

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 766.827 DISTRITO FEDERAL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :AGEFIS AGENCIA DE FISCALIZACAO DE ATIVIDADES ECONOMICAS PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO DISTRITO FEDERAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO I. RELATÓRIO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO I. RELATÓRIO SE EMENTA AGRAVO DE PETIÇÃO, provenientes da ARAUCÁRIA - PR, sendo Agravante LTDA. e Agravados CARVALHO DE OLIVEIRA. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA - BENEFÍCIO DE ORDEM EM RELAÇÃO AOS SÓCIOS DO DEVEDOR PRINCIPAL

Leia mais

Principais ações coletivas em andamento

Principais ações coletivas em andamento Principais ações coletivas em andamento ATUALIZADO EM 12 DE MARÇO DE 2012 Assunto: URV Processo Principal: 1997.38.00.044554-6 O Departamento Jurídico do SITRAEMG é responsável pelo acompanhamento de mais

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2015.0000578466 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0133073-16.2010.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelante GOOGLE BRASIL INTERNET LTDA, é apelado THAMIRES FURLAN.

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :PAULO RODRIGUES LOPES :DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO :DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL :SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR

: MIN. DIAS TOFFOLI :PAULO RODRIGUES LOPES :DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO :DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL :SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR MEDIDA CAUTELAR NO HABEAS CORPUS 125.768 SÃO PAULO RELATOR PACTE.(S) IMPTE.(S) PROC.(A/S)(ES) COATOR(A/S)(ES) : MIN. DIAS TOFFOLI :PAULO RODRIGUES LOPES :DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO :DEFENSOR PÚBLICO-GERAL

Leia mais

Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, por unanimidade, em DAR PROVIMENTO AO RECURSO.

Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, por unanimidade, em DAR PROVIMENTO AO RECURSO. Processo d. 001.2010.020128-2/001,.4k 4k ausnne - - -, Acórdão ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Agravo de Instrumento -

Leia mais

Processos de Segundo Grau

Processos de Segundo Grau 1 of 6 08/04/2015 14:49 Processos de Segundo Grau Numeração Antiga: 09489-2007-034-12-00-1 Data Autuação: 05/06/2009 Numeração Única: 948900-82.2007.5.12.0034 Origem: 4ª VARA DO TRABALHO DE FLORIANÓPOLIS

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECLAMAÇÃO Nº 15.624 - MG (2013/0404317-5) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES RECLAMANTE : FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DO VALE DO SAPUCAÍ ADVOGADO : NELSON FRAGA DA SILVA RECLAMADO : JUIZ FEDERAL DA

Leia mais

: MIN. MARCO AURÉLIO ATUAL DENOMINAÇÃO DO BANCO ALVORADA S/A DECISÃO

: MIN. MARCO AURÉLIO ATUAL DENOMINAÇÃO DO BANCO ALVORADA S/A DECISÃO AG.REG. NA AÇÃO CAUTELAR 3.191 SÃO PAULO RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. MARCO AURÉLIO :BANCO DO ESTADO DA BAHIA S/A - BANEB ATUAL DENOMINAÇÃO DO BANCO ALVORADA S/A : ARIANE COSTA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.497.364 - GO (2014/0277069-8) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : GALAXY BRASIL LTDA ADVOGADOS : LUCIANO VALENTIM DE CASTRO E OUTRO(S) MARCELO RODRIGUES FELÍCIO RECORRIDO

Leia mais

PARECER. Ao Sr. Antônio José Francisco F. dos Santos. Diretor da FENAM FEDERAÇÃO NACIONAL DOS MÉDICOS

PARECER. Ao Sr. Antônio José Francisco F. dos Santos. Diretor da FENAM FEDERAÇÃO NACIONAL DOS MÉDICOS PARECER Ao Sr. Antônio José Francisco F. dos Santos Diretor da FENAM FEDERAÇÃO NACIONAL DOS MÉDICOS PARECER SOBRE FIM DO LIMITE DE DEDUÇÃO COM EDUCAÇÃO NO IMPOSTO DE RENDA, DETERMINADO PELA LEI 9.250/95

Leia mais

AÇÃO DE REINTEGRAÇÃO DE POSSE (com pedido de liminar)

AÇÃO DE REINTEGRAÇÃO DE POSSE (com pedido de liminar) EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) FEDERAL DA VARA DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO-SP: A FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE FUNASA -, pessoa jurídica de direito público interno, neste ato representada

Leia mais

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA PORTARIA Nº 754, DE 3 DE OUTUBRO DE 2006

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA PORTARIA Nº 754, DE 3 DE OUTUBRO DE 2006 MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA PORTARIA Nº 754, DE 3 DE OUTUBRO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da

Leia mais

18/10/2011 Segunda Turma. : Min. Joaquim Barbosa

18/10/2011 Segunda Turma. : Min. Joaquim Barbosa 18/10/2011 Segunda Turma Ag.reg. no Recurso Extraordinário 399.667 Rio Grande do Norte Relator Agte.(s) : Min. Joaquim Barbosa : Chocolates Galáxia Indústria e Comércio LTDA Adv.(a/s) : Manuel de Freitas

Leia mais

VOTO EM SEPARADO. AUTORIA: Senador RANDOLFE RODRIGUES I RELATÓRIO

VOTO EM SEPARADO. AUTORIA: Senador RANDOLFE RODRIGUES I RELATÓRIO VOTO EM SEPARADO Perante a COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Proposta de Emenda à Constituição nº 43, de 2013 (nº 349, de 2001, na Câmara dos Deputados), primeiro signatário o Deputado

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :DUILIO BERTTI JUNIOR

: MIN. DIAS TOFFOLI :DUILIO BERTTI JUNIOR HABEAS CORPUS 117.934 SÃO PAULO RELATOR PACTE.(S) : MIN. DIAS TOFFOLI :DUILIO BERTTI JUNIOR IMPTE.(S) :EDUARDO VON ATZINGEN DE ALMEIDA SAMPAIO E OUTRO(A/S) COATOR(A/S)(ES) :RELATOR DO HC Nº 269.477 DO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA A C Ó R D Ã O (Conselho Superior da Justiça do Trabalho) CSCB/ac PEDIDO DE ESCLARECIMENTO. CONSULTA. PAGAMENTO DE INTÉRPRETE DE LIBRAS. APLICABILIDADE DOS VALORES PREVISTOS NA RESOLUÇÃO

Leia mais

Brasília, 29 de janeiro de 2014 NOTA JURÍDICA. Assunto: Aposentadoria Especial. Abono de permanência. Orientações Normativas n. 15 e n. 16 do MPOG.

Brasília, 29 de janeiro de 2014 NOTA JURÍDICA. Assunto: Aposentadoria Especial. Abono de permanência. Orientações Normativas n. 15 e n. 16 do MPOG. Brasília, 29 de janeiro de 2014 NOTA JURÍDICA Assunto: Aposentadoria Especial. Abono de permanência. Orientações Normativas n. 15 e n. 16 do MPOG. Com o objetivo de assessorar juridicamente a ASSOCIAÇÃO

Leia mais

RESOLUGÃO CFP N 002/98 de 19 de abril de 1998. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUGÃO CFP N 002/98 de 19 de abril de 1998. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUGÃO CFP N 002/98 de 19 de abril de 1998 "Altera a Consolidação das Resoluções do Conselho Federal de Psicologia, aprovada pela Resolução CFP N 004/86, de 19 de outubro de 1986." O CONSELHO FEDERAL

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 175.707 - MT (2012/0088224-7) RELATORA AGRAVANTE ADVOGADO AGRAVADO ADVOGADO : MINISTRA MARIA ISABEL GALLOTTI : BANCO CNH CAPITAL S/A : LUIZ RODRIGUES WAMBIER E OUTRO(S) :

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL EMBARGOS INFRINGENTES E DE NULIDADE EM AGRAVO DE EXECUCÇÃO N.º 0018055-77.2012.8.19.0000 EMBARGANTE: TIAGO PEREIRA VIEIRA AGRAVADO:

Leia mais

PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO

PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO PRESTAÇÃO ANUAL DE CONTAS Processo TCM nº 07970-14 Exercício Financeiro de 2013 Prefeitura Municipal de POÇÕES Gestor: Otto Wagner de Magalhães Relator Cons. Paolo Marconi PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO O Parecer

Leia mais

AUTOS N. : 2003. 61.00. 025646-0

AUTOS N. : 2003. 61.00. 025646-0 3a VARA CIVEL FEDERAL DA CAPITAL AUTOS N. : 2003. 61.00. 025646-0 ACAO CIVIL PUBLICA AUTOR: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL REU: UNIAO FEDERAL JUIZA FEDERAL : MARIA LUCIA LENCASTRE URSAIA SENTENCA TIPO A (

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 720.943 SÃO PAULO RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :MUNICÍPIO DE ITAQUAQUECETUBA PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE ITAQUAQUECETUBA RECDO.(A/S) :MÁRCIA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000279160 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2012499-94.2014.8.26.0000, da Comarca de, em que é agravante DALLAS RENT A CAR (EM RECUPERAÇÃO JUDICIA),

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 4/2007 ANEXO III

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 4/2007 ANEXO III 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA Nº 4/2007 ANEXO III CRITÉRIOS DE ELABORAÇÃO E JULGAMENTO DA PROPOSTA TÉCNICA - CONTENCIOSO JUDICIAL CÍVEL 2

Leia mais

O ISS E AS OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE

O ISS E AS OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE O ISS E AS OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE Controvérsias Jurídicas da Incidência Tributária Sandro Roberto dos Santos Advogado e Gerente Jurídico da CASSI Maio de 2016 Constituição Federal de 1988 Sistema

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** PRIMEIRA TURMA ***

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** PRIMEIRA TURMA *** TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** PRIMEIRA TURMA *** 2000.61.02.002931-8 745866 AC-SP PAUTA: 13/04/2004 JULGADO: 13/04/2004 NUM. PAUTA: 00158 RELATOR: JUIZ CONV. FERREIRA DA ROCHA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL Agravante: Banco Itaucard S. A. Agravada: Cristiane Simões Borges Agravo de Instrumento. Direito do Consumidor. Fraude. Prova pericial. Apresentação

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS fls. 122 Processo: 0135890-46.2012.8.06.0001 - Apelação Apelante: Sindicato dos Guardas Municipais da Região Metrolitana de Fortaleza - SINDIGUARDAS Apelado: Município de Fortaleza Vistos etc. DECISÃO

Leia mais

DECISÃO (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC)

DECISÃO (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0016014-69.2014.8.19.0000 Agravantes: MARIO JUSTO LOPES e JANETE MUNIZ LOPES (herdeiros) Relatora: Desembargadora PATRICIA RIBEIRO SERRA

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 08/08/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 10 19/06/2012 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO AG.REG. NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 436.024 SÃO PAULO RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) ADV.(A/S)

Leia mais

Poder Judiciário Conselho da Justiça Federal Turma de Uniformização das decisões das Turmas Recursais dos Juizados Especiais Federais

Poder Judiciário Conselho da Justiça Federal Turma de Uniformização das decisões das Turmas Recursais dos Juizados Especiais Federais R E L A T Ó R I O Trata-se de Pedido de Uniformização de Jurisprudência formulado pelo Autor em face do Acórdão proferido pela Turma Recursal do Juizado Especial do Rio de Janeiro, com base no art. 14,

Leia mais

09/09/2014 PRIMEIRA TURMA : MIN. ROBERTO BARROSO

09/09/2014 PRIMEIRA TURMA : MIN. ROBERTO BARROSO Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 09/09/2014 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NA AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA 801 SÃO PAULO RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO AGTE.(S) :UNIÃO ADV.(A/S) :ADVOGADO-GERAL

Leia mais

MONIQUE ANDRADE DE OLIVEIRA. MERCADO BARRABELLA LTDA. EPP (sucessora de Mini Market Barrabella Ltda.)2. Giselle Bondim Lopes Ribeiro

MONIQUE ANDRADE DE OLIVEIRA. MERCADO BARRABELLA LTDA. EPP (sucessora de Mini Market Barrabella Ltda.)2. Giselle Bondim Lopes Ribeiro ACÓRDÃO 7ª TURMA SUCESSÃO TRABALHISTA. CONFIGURAÇÃO. Comprovado que a empresa indicada como sucessora celebrou contrato de cessão de fundo de comércio com a devedora original, considera se configurada

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO NONA CÂMARA CÍVEL

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO NONA CÂMARA CÍVEL NONA CÂMARA CÍVEL Apelação nº 0015111-07.2009.8.19.0001 Apelante: JOÃO CAMPOS DA SILVA Apelado: ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relator: Desembargador ROBERTO DE ABREU E SILVA AÇÃO ORDINÁRIA. LEGITIMIDADE DO

Leia mais

PERSPECTIVA SOCIEDADE Promover a cidadania e a responsabilidade social

PERSPECTIVA SOCIEDADE Promover a cidadania e a responsabilidade social PERSPECTIVA SOCIEDADE Promover a cidadania e a responsabilidade social Nome do indicador: 1 - Prazo médio de resposta às manifestações recebidas pela Ouvidoria Justificativa: O direito à cidadania é melhor

Leia mais

Reunida a RT 0069000-68.2009.5.01.0471, por conexão, conforme ata de folha 334, encontrando-se os autos apensados ao 2º volume do processo.

Reunida a RT 0069000-68.2009.5.01.0471, por conexão, conforme ata de folha 334, encontrando-se os autos apensados ao 2º volume do processo. Acórdão 10a Turma INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS. JUROS CONTRAÍDOS POR EMPRÉSTIMOS REALIZADOS PELO EMPREGADO DECORRENTES DA MORA SALARIAL. É devida a indenização por danos materiais sofridos pela empregada

Leia mais

As renúncias ocorreram na seguinte ordem:

As renúncias ocorreram na seguinte ordem: TERMO DE CORREIÇÃO Nº 11/2011 - COMARCA DE DOM AQUINO PROCESSO Nº 11/2011 DOF TERMO DE CORREIÇÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO FORO DA COMARCA DE DOM AQUINO MT Visto. Trata-se de pedido de reconsideração da decisão

Leia mais

TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL

TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL ELIMI JUIZADOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE 547 Seção Cível 1385 Cartas 1450 Carta de ordem 1451 Carta Precatória 1455 Incidentes 10969

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 789.497 DISTRITO FEDERAL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :GILBERTO MARQUES DOS SANTOS JUNIOR ADV.(A/S) : JOÃO PAULO TODDE NOGUEIRA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :AGEFIS

Leia mais

Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul - AJURIS Réu:

Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul - AJURIS Réu: COMARCA DE PORTO ALEGRE 6ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA DO FORO CENTRAL Rua Manoelito de Ornellas, 50 Processo nº: 001/1.13.0059055-7 (CNJ:.0065642-04.2013.8.21.0001) Natureza: Ordinária - Outros Autor: Associação

Leia mais

Poder Judiciário do Rio Grande do Norte Corregedoria Geral da Justiça RELATÓRIO DE REVISÃO DE CORREIÇÃO ORDINÁRIA

Poder Judiciário do Rio Grande do Norte Corregedoria Geral da Justiça RELATÓRIO DE REVISÃO DE CORREIÇÃO ORDINÁRIA Poder Judiciário do Rio Grande do Norte Corregedoria Geral da Justiça RELATÓRIO DE REVISÃO DE CORREIÇÃO ORDINÁRIA Autos nº 12.717/12 Comarca: Natal/RN Unidade: 2º Juizado Especial Cível Zona Sul Unidade:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.237.894 - MT (2011/0026945-1) RELATOR : MINISTRO SIDNEI BENETI RECORRENTE : BANCO DO BRASIL S/A ADVOGADO : NAGIB KRUGER E OUTRO(S) RECORRIDO : SUSSUMO SATO E OUTRO ADVOGADO : GILMAR

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO Identificação PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO PROCESSO nº 0001876-26.2014.5.11.0015 (AIRO) AGRAVANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS URBANAS

Leia mais

Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP

Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP 1. Mandado de Segurança nº 427619320014013800 Nº Integração: 184-002 Numeração antiga: 200138000428677 Incidentes: Apelação nº 427619320014013800 com

Leia mais

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual AC no 200.2010.039908-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2 010.039908-4/001

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 540.048 - RS (2003/0061038-6) RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI RECORRENTE : VALDA TEREZINHA CARBONE ADVOGADO : MARLON LEANDRO TORRES E OUTRO RECORRIDO : HOSPITAL DE BASE DO DISTRITO

Leia mais

PROCESSO Nº: 0801055-94.2014.4.05.8500 - APELAÇÃO APELANTE: CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE

PROCESSO Nº: 0801055-94.2014.4.05.8500 - APELAÇÃO APELANTE: CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE PROCESSO Nº: 0801055-94.2014.4.05.8500 - APELAÇÃO RELATÓRIO O Senhor DESEMBARGADOR FEDERAL CONVOCADO GUSTAVO DE PAIVA GADELHA: Cuida-se de apelação da sentença que julgou procedentes os pedidos autorias,

Leia mais

TERMO DE CONCLUSÃO SENTENÇA

TERMO DE CONCLUSÃO SENTENÇA fls. 138 Aos 13 de fevereiro de 2015, eu, TERMO DE CONCLUSÃO MM. Juiza de Direito Dr. (a) Maria Gabriella Pavlópoulos Spaolonzi. SENTENÇA, escrevente técnico, faço estes autos conclusos a Processo Digital

Leia mais

1ª TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS PROCESSO Nº

1ª TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS PROCESSO Nº 1ª TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS PROCESSO Nº: 0024926-66.2013.4.02.5151/01 RECORRENTE: PAULO ROBERTO DE CARVALHO HEITOR RECORRIDO: UNIÃO FEDERAL JUÍZO DE ORIGEM: 03º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 744.732 RIO GRANDE DO SUL RELATOR : MIN. LUIZ FUX RECTE.(S) :CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S/A - ADV.(A/S) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) ELETROBRÁS : LEANDRO BARATA SILVA BRASIL

Leia mais

REGIMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA NA EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL DA UNIVERSIDADE DE UBERABA (Aprovado pelo CEEA / UNIUBE em 28/03/2012) Capítulo I Do Comitê

REGIMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA NA EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL DA UNIVERSIDADE DE UBERABA (Aprovado pelo CEEA / UNIUBE em 28/03/2012) Capítulo I Do Comitê REGIMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA NA EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL DA UNIVERSIDADE DE UBERABA (Aprovado pelo CEEA / UNIUBE em 28/03/2012) Capítulo I Do Comitê Art. 1º - O Comitê de Ética na Experimentação Animal (CEEA)

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. Art. 1º. A Lei nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, passa a vigorar com as seguintes alterações:

PROJETO DE LEI Nº. Art. 1º. A Lei nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, passa a vigorar com as seguintes alterações: PROJETO DE LEI Nº Altera, revoga e acrescenta dispositivos das Leis nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, que dispõe sobre a estrutura do Grupo Ocupacional do Magistério da Educação Básica MAG e instituiu

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1 ~~1 1111~111~11~2~.. 41~4., ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DECISÃO AGRAVO N. 200.2002.361426-2 / 001 - CAPITAL RELATOR : Dr. Josivaldo Félix de Oliveira Juiz Convocado AGRAVANTE

Leia mais

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos.

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos. AG no 001.2011.008.210-2/001 TL..,L) i,._,prw..,11,---=t- Náãvs, --41115-0' WLil. RJ - g4 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 972.075 - SC (2007/0178356-6) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI ADVOGADO : DANTE AGUIAR AREND E OUTRO(S) EMENTA PROCESSUAL CIVIL E TRIBUTÁRIO. RECURSO ESPECIAL. VIOLAÇÃO AO ART.

Leia mais

SOSPesquisa. Secretaria de Jurisprudência

SOSPesquisa. Secretaria de Jurisprudência SOSPesquisa Secretaria de Jurisprudência Pesquisa de Jurisprudência A Página da Jurisprudência na internet Este guia apresenta os principais instrumentos de pesquisa que podem ser utilizados na página

Leia mais

Athayde Filho e outros) Vistos etc.

Athayde Filho e outros) Vistos etc. ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa DECISÃO MONOCRÁTICA APELAÇÃO CÍVEL N2 107.2009.000348-7/001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa Apelante: Município de Lagoa

Leia mais