LINHA DE PESQUISA: Práticas Educativas, Políticas Educacionais e Inclusão

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LINHA DE PESQUISA: Práticas Educativas, Políticas Educacionais e Inclusão"

Transcrição

1 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CATALÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO Av. Lamartine P. Avelar, Setor Universitário Catalão (GO) CEP Fone: (64) DISCIPLINA: Políticas e Práticas de Leitura e Escrita. CARGA HORÁRIA: 60 horas DOCENTE: Profa. Dra. Selma Martines Peres LINHA DE PESQUISA: Práticas Educativas, Políticas Educacionais e Inclusão EMENTA Políticas para a promoção da leitura e escrita. Práticas de leitura e escrita. O ensino da leitura e da escrita na escola e o papel do docente. Gêneros textuais e ensino 1.OBJETIVOS 1.1. Objetivo Geral Refletir sobre a situação atual da leitura e da escrita no cenário nacional e sua relação com as políticas e práticas de leitura e escrita Objetivos Específicos Discutir o significado do termo letramento; Analisar as políticas para a promoção da leitura e escrita no país; Refletir sobre a experiência da leitura e o ensino da leitura na escola; 2. PROGRAMA UNIDADE I LETRAMENTO E PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA - letramento - práticas de leitura e escrita - relações estabelecidas pelos homens com os livros e a leitura ao longo dos séculos UNIDADE II - POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA LEITURA E ESCRITA 4 encontros - breve histórico das políticas de promoção da leitura e escrita no país - principais programas e planos para a promoção da leitura e escrita em execução no cenário nacional UNIDADE III EXPERIÊNCIA DE LEITURA E ENSINO DA LEITURA - Experiência da leitura - A leitura e a escrita na escola - Professor formador de leitores. Leitura e formação de professores.

2 2 - Gêneros textuais na escola 3. ESTRATÉGIAS DE ENSINO A estratégia de ensino adotada se pautará: - leitura e análise da bibliografia indicada e demais referências que possam enriquecer o debate, tais como filmes, documentários, palestras. - os temas serão discutidos por professores e alunos, contando eventualmente com palestrantes convidados. 4. AVALIAÇÃO O processo avaliativo considerará a participação nas aulas, seminário, compromisso na realização das leituras e atividades propostas e produção de um texto contemplando: - a temática Políticas e Práticas de Leitura e Escrita ; - a bibliografia da disciplina. 5. REFERÊNCIAS ABREU, Márcia (org.) Leitura, História e História da Leitura. Campinas-SP: Mercado das Letras: ALB; São Paulo: Fapesp, ABREU, Márcia. Diferença e desigualdade: preconceitos em leitura. IN: MARINHO, Marildes. (Org.) Ler e navegar: espaços e percursos da leitura. Campinas,SP: Mercado de letras: Associação de Leitura do Brasil: 2001 AMARILHA, Marly. Multimodalidade na formação do leitor contemporâneo (Mesa- Redonda). Anais da 62ª Reunião Anual da SBPC - Natal, RN - Julho/2010. AMORIM, G. (org.) Políticas públicas do livro e leitura. Brasília, Brasil: OEI; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2006 BATISTA, A. A. ; GALVÃO, A. M. de O. (orgs.) Leitura: práticas, impressos, letramentos. Belo Horizonte: Autêntica, BATISTA, A. A. Os professores são não leitores? in Marinho, Marildes (org.) Leituras do professor Campinas, SP: Mercado de letras, BRASIL. Plano Nacional de Leitura e Livro (PNLL), Brasília: MEC/Minc/FBN, BRASIL. Programa Nacional Biblioteca Escolar (PNBE). Brasília: MEC/SEB (anual). BRASIL. Programa Nacional de Incentivo à Leitura (PROLER), Brasília: Minc/FBN, BRITTO, LUIZ Percival Leme. Leitura e Política.In: EVANGELISTA; BRANDÃO; MACHADO. A Escolarização da leitura literária: o jogo do livro infantil e juvenil. Belo Horizonte: Autêntica, pp CHARTIER, R.; BRESSON, F.; BOURDIEU, P. (orgs.) Práticas de Leitura. São Paulo: Estação Liberdade, Trad. Cristiane Nascimento. Título original: Pratiques de la lecture.

3 3 CHARTIER, R. As Revoluções da Leitura no Ocidente. In: ABREU, M. Leitura, História e História da Leitura. São Paulo: Fapesp, CHARTIER, R. (org.) Do Livro à Leitura. In: Práticas de leitura. São Paulo: Estação Liberdade, FERNANDES, C. R. D. Leitura, Literatura Infanto-Juvenil e Educação. Londrina: EDUEL, (Cap. 1 A importância da formação do leitor no Brasil contemporâneo.) FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se complementam. São Paulo: Cortez, FREITAS, M. T. A,; COSTA, S. R. Leitura e Escrita na formação de Professores. Juiz de Fora:UFJF, GALVÃO, Ana Maria de Oliveira. Leituras de professores e professoras: o que diz a historiografia da educação brasileira. In: MARINHO, M. Ler e Navegar: espaços e percursos da leitura. Campinas: Mercado das Letras, (p ) GERALDI, J. W. Portos de Passagem. São Paulo: Martins fontes, GOULART, C. Letramento e modos de ser letrado: discutindo a base teóricometodológica do estudo. Revista Brasileira de Educação, vol.11, n.33, set/dez/2006. KLEIMAN, A. (org.) Os significados do letramento. Campinas: Mercado de Letras, p LARROSA, J. Linguagem e educação depois de Babel. Belo Horizonte: Autêntica2004. LARROSA. J. A experiência da leitura. In: Pedagogia Profana. Porto Alegre: Contra- Bando, 1998 MANGUEL, Alberto. Uma história da Leitura. São Paulo: Companhia das Letras, Trad. Pedro Maia Soares. Título original: A history of reading. MACHADO, Maria Zélia Versiani. Literatura na Escola: entre as escolhas dos alunos e as escolhas para os alunos. In: FREITAS, M.T.A & COSTA, S.R (orgs) Leitura e Escrita na Formação de Professores. São Paulo: Musa, MARINHO, M.; SILVA, C. S. da. (orgs.) Leituras do Professor. Campinas-SP: Mercado das Letras, ALB, (Parte I O professor é um não-leitor?) PAULINO, G; COSSON, R. Letramento Literário: para viver a literatura dentro e fora da escola. In: ZILBERMAN, R; RÖSING, T. Escola e Leitura: velha crise, novas alternativas. São Paulo: Global, ALB, 2009 PAULINO, G.et al. Pensando a leitura. In: Tipos de textos, modos de leitura. 2 ed. Belo horizonte: Formato, 2001.

4 4 ROJO, Roxane H.R. A Concepção de Leitor e Produtor de Textos nos PCNs: Ler é melhor que estudar. In: FREITAS, M.T.A & COSTA, S.R (orgs) Leitura e Escrita na formação de Professores. São Paulo: Musa, ROSA, Flávia Goullart Mota Garcia; ODDONE Nanci, Políticas públicas para o livro, leitura e biblioteca. Ci. Inf., Brasília, v. 35, n. 3, p , set./dez SOARES, Magda. Um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, SOARES, Magda. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Caxambu: ANPEd, 2002 SOARES, M. O livro didático como fonte para a história da leitura e da formação do professor-leitor. In: MARINHO, M. Ler e Navegar: espaços e percursos da leitura. Campinas: Mercado das Letras, (p.31-76) ZILBERMAN, R. A escola e a leitura da literatura. In: ZILBERMAN, R; RÖSING, T. Escola e Leitura: velha crise, novas alternativas. São Paulo: Global, ALB, CRONOGRAMA 2º SEMESTRE/2012 Atividade/Leitura Obrigatória n. DIA /MES LETRAMENTO E PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA 1 11/09 - Apresentação do Programa da Disciplina. - FREIRE, P. A importância do Ato de Ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Cortez, /09 SOARES, Magda. Um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, /09 PAULINO, G; COSSON, R. Letramento Literário: para viver a literatura dentro e fora da escola. In: ZILBERMAN, R; RÖSING, T. Escola e Leitura: velha crise, novas alternativas. São Paulo: Global, ALB, P KLEIMAN, A. (org.) Os significados do letramento. Campinas: Mercado de Letras, p /10 PAULINO, G.et al. Pensando a leitura. In: Tipos de textos, modos de leitura. 2 ed. Belo horizonte: Formato, CHARTIER, R.; BRESSON, F.; BOURDIEU, P. Leitura complementar AMARILHA, Marly. Multimodalidade na formação do leitor contemporâneo (Mesa- Redonda). Anais da 62ª Reunião Anual da SBPC - Natal, RN - Julho/2010 SOARES, Magda. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Revista Brasileira de Educação. Jan-abr, 2004, n. 25, p GOULART, C. Letramento e modos de ser letrado: discutindo a base teóricometodológica do estudo. Revista Brasileira de Educação, vol.11, n.33, set/dez/2006. MANGUEL, Alberto. Uma história da Leitura. São Paulo: Companhia das Letras, Trad. Pedro Maia Soares. Título

5 5 (orgs.) Práticas de Leitura. São Paulo: Estação Liberdade, Trad. Cristiane Nascimento. Título original: Pratiques de la lecture 5 09/10 CHARTIER, R. (org.) Do Livro à Leitura. In: Práticas de leitura. São Paulo: Estação Liberdade POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA LEITURA E ESCRITA 6 16/10 BRITTO, LUIZ Percival Leme. Leitura e Política. In: EVANGELISTA; BRANDÃO; MACHADO. A Escolarização da leitura literária: o jogo do livro infantil e juvenil. Belo Horizonte: Autêntica, pp ROSA, Flávia Goullart Mota Garcia; ODDONE Nanci, Políticas públicas para o livro, leitura e biblioteca. Ci. Inf., Brasília, v. 35, n. 3, p , set./dez /10 ABREU, M. Diferença e Desigualdade: preconceitos em leitura. In: MARINHO, M. Ler e Navegar: espaços e percursos da leitura. Campinas: Mercado das Letras, (p ) Cenário: PISA;SAEB; INAF; Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil (Instituto Pró-Livro) 8 06/11 Principais programas e planos para a promoção da leitura e escrita em execução no cenário nacional. PROLER PNBE Plano Nacional do Livro e Leitura Legislação 9 13/11 Principais programas e planos para a promoção da leitura e escrita em execução no cenário nacional. PROLER PNBE Plano Nacional do Livro e Leitura Legislação EXPERIÊNCIA DE LEITURA E ENSINO DA LEITURA 10 20/11 YUNES, E.; OSWALD, M. L. A experiência da Leitura. São Paulo: Edições Loyola, 2003 LARROSA, J. Linguagem e educação depois de original: A history of reading CHARTIER, R. As Revoluções da Leitura no Ocidente. In: ABREU, M. Leitura, História e História da Leitura. São Paulo: Fapesp, 199. AMORIM. G. Políticas públicas do livro e leitura. Brasília, Brasil: OEI; São Paulo: Cultura Acadêmica, FERNANDES, C. R. D. Leitura, Literatura Infanto- Juvenil e Educação. Londrina: EDUEL, (Cap. 1 A importância da formação do leitor no Brasil contemporâneo.) seminários seminários LARROSA. J. A experiência da leitura. In: Pedagogia Profana. Porto Alegre: Contra-Bando,

6 6 Babel. Belo Horizonte: Autêntica /11 MACHADO, Maria Zélia Versiani. Literatura na Escola: entre as escolhas dos alunos e as escolhas para os alunos. In: FREITAS, M.T.A & COSTA, S.R (orgs) Leitura e Escrita na Formação de Professores. São Paulo: Musa, ROJO, Roxane H.R. A Concepção de Leitor e Produtor de Textos nos PCNs: Ler é melhor que estudar. In: FREITAS, M.T.A & COSTA, S.R (orgs) Leitura e Escrita na Formação de Professores. São Paulo: Musa, ZILBERMAN, R. A escola e a leitura da literatura. In: ZILBERMAN, R; RÖSING, T. Escola e Leitura: velha crise, novas alternativas. São Paulo: Global, ALB, /12 SOARES, M. O livro didático como fonte para a história da leitura e da formação do professorleitor. In: MARINHO, M. Ler e Navegar: espaços e percursos da leitura. Campinas: Mercado das Letras, (p.31-76) MARINHO, M.; SILVA C. S.R. Leituras do Professor. Campinas-Sp: Mercado das Letras, ALB, (Parte I O professor é um nãoleitor?) 13 11/12 GÊNEROS TEXTUAIS (Profa. Dra. Cida Rossi) 14 18/12 Preparação: artigo final 15 19/12 Encerramento - entrega do artigo final. Avaliação da disciplina Apresentação e Debate do filme: O Leitor. ZILBERMAN, R.; SILVA, Ezequiel T. Leitura: por que a interdisciplinaridade. In: Leitura: perspectivas interdisciplinares. São Paulo: Ática, P SOARES, M. B. As condições sociais da leitura: uma reflexão em contraponto. In: Leitura: perspectivas interdisciplinares. São Paulo: Ática, 1998.p GALVÃO, Ana Maria de Oliveira. Leituras de professores e professoras: o que diz a historiografia da educação brasileira. In: MARINHO, M. Ler e Navegar: espaços e percursos da leitura. Campinas: Mercado das Letras, (p ) PAULINO, G.et al. Gêneros de textos. In: Tipos de textos, modos de leitura. 2 ed. Belo horizonte: Formato, 2001.

Promover a participação de toda comunidade escolar no projeto PIBID;

Promover a participação de toda comunidade escolar no projeto PIBID; Título do projeto: Parada da leitura Tema: O letramento literário na comunidade escolar. Introdução O presente projeto visa disseminar o projeto PIBID para toda a comunidade escolar (alunos, professores,

Leia mais

Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade

Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade Código: SSO- Semestre: 2013.1 Créditos: 04 - Carga Horária: 60 hs Horário 6ª feira 08:20 11:50hs. Professores: Hélder

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NOME DO DEPARTAMENTO: Departamento de Serviço Social Endereço do Departamento: BR 101, Sem número - Lagoa Nova - Campus Universitário.

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM TEATRO DISCIPLINA: INTERPRETAÇÃO TEATRAL II Código: Créditos: 03 Carga Horária: 90h. Pré-requisito:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Componente Curricular: SB0055-SOCIOLOGIA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ REITORIA DE ENSINO DIRETORIA DE REGISTRO ESCOLAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ REITORIA DE ENSINO DIRETORIA DE REGISTRO ESCOLAR Programa Analítico de Disciplina Departamento de Economia Doméstica - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA EDUCAÇÃO FAED

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA EDUCAÇÃO FAED PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: DPED ANO/SEMESTRE: 2012.2 CURSO: Pedagogia FASE: 4ª. DISCIPLINA: Educação Especial TURNO: Noturno CARGA HORÁRIA: 60h/a CRÉDITOS: 04 PROFESSOR(As): Profa. Dra.Geovana Mendonça

Leia mais

PLANO DE ENSINO. CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização

PLANO DE ENSINO. CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização PLANO DE ENSINO CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização CARGA HORÁRIA: 90h PROFESSOR: Lourival José Martins Filho 1 EMENTA

Leia mais

Biblioteca Escolar: estratégias para torná-la mais atraente

Biblioteca Escolar: estratégias para torná-la mais atraente Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Biblioteca Escolar: estratégias para torná-la mais atraente Maria do Carmo Sá Barreto Ferreira (UEFS) - carmo@uefs.br Isabel Cristina Nascimento Santana (UEFS) - icns@uefs.br

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 h Semestre do Curso: 3º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 h Semestre do Curso: 3º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Metodologia da Pesquisa Aplicada a Educação I Carga Horária Semestral: 40 h Semestre do Curso: 3º 1 - Ementa (sumário, resumo) A natureza

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS Jaiana Cirino dos Santos Graduanda de Pedagogia CFP / UFCG jaianacz@hotmail.com Alzenira Cândida Alves Graduanda de Pedagogia CFP /UFCG

Leia mais

Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual

Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual 600 horas Curso Aprovado pela Secretaria do Estado de São Paulo Portaria CEE 356 de 18/09/2013. Escola Superior de Tecnologia e Educação de

Leia mais

Os alunos selecionados devem trazer no dia da primeira aula, os seguintes documentos:

Os alunos selecionados devem trazer no dia da primeira aula, os seguintes documentos: UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROCESSOS SOCIOEDUCATIVOS E PRÁTICAS ESCOLARES EDITAL PPEDU 006/2014 ANUNCIA A ABERTURA DAS INSCRIÇÕES

Leia mais

Programa da Disciplina

Programa da Disciplina INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - Campus Cajazeiras Diretoria de Ensino / Coord. do Curso

Leia mais

Designação da Disciplina: Seminários em Práticas Educativas e Processos Cognitivo-Comportamentais no Ensino e na Aprendizagem I.

Designação da Disciplina: Seminários em Práticas Educativas e Processos Cognitivo-Comportamentais no Ensino e na Aprendizagem I. Designação da Disciplina: Seminários em Práticas Educativas e Processos Cognitivo-Comportamentais no Ensino e na Aprendizagem I. Domínio Específico ( x ) Domínio Conexo ( ) Natureza: Específica da Área

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ORGAOS CENTRO DE CIENCIAS HUMANAS E SOCIAIS PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: ANÁLISE DE SISTEMAS CONTÁBEIS Corpo

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADA: Centro de Ensino Grau Técnico EMENTA: Reconhece o Curso Técnico em Administração Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios, ofertado pelo Centro de Ensino Grau Técnico Bezerra de Menezes, nesta

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Câmpus de Bauru

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Câmpus de Bauru UNESP UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Câmpus de Bauru Curso: Licenciatura em Pedagogia Departamento: Educação-FC IDENTIFICAÇÃO Código: 4419 Disciplina: CONTEÚDOS E METODOLOGIA DO

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA. N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA. N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO Dispõe sobre o TESTE SELETIVO INTERNO E EXTERNO para PROFESSOR integrante da carreira docente das

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 7º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 7º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Acompanhamento aos Projetos de Pesquisa I Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 7º 1 - Ementa (sumário, resumo) Trabalho resultante

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS. Plano de Curso 2012

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS. Plano de Curso 2012 1. EMENTA Origem e desenvolvimento dos conceitos e concepções de Letramento. Usos e funções sociais da escrita. Letramento e oralidade. Letramento, alfabetização e alfabetismo: conceitos, indicadores e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Curso de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP.

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB EDITAL Nº 02/2009 CAPES/DEB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À

Leia mais

FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG

FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG Maria Wellitania de Oliveira Adriana de Miranda Santiago Terra Eduardo Fernandes de Miranda Sandra de Cássia Amorim Abrão

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ - PUCPR ESCOLA DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA - PPGT MESTRADO E DOUTORADO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ - PUCPR ESCOLA DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA - PPGT MESTRADO E DOUTORADO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ - PUCPR ESCOLA DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA - PPGT MESTRADO E DOUTORADO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O DOUTORADO ENTRADA EM MARÇO

Leia mais

09 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA)

09 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA) 09 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA) PALESTRAS PALESTRA PALESTRANTE O artesanato em Mato Grosso do Sul Gilberto Luiz Alves 10h30 Leitura e Literatura: Estratégia de Compreensão Renata Junqueira 16h PAVILHÃO DO

Leia mais

PROGRAMA. Disciplina: Tópicos Especiais em Recursos Humanos Código: ADM - 02199 Professor: Simone da Costa Fernandes Behr

PROGRAMA. Disciplina: Tópicos Especiais em Recursos Humanos Código: ADM - 02199 Professor: Simone da Costa Fernandes Behr UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP. 29075.910 -ES Brasil- Tel.

Leia mais

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS/PORTUGUÊS Gêneros textuais como ferramenta para o ensino de Língua Portuguesa INTRODUÇÃO De acordo com os objetivos do programa, conforme portaria 096/2013 Capes, essa proposta de

Leia mais

MAIS. São Paulo CLARETIANO. Concurso Público. Curso Preparatório para PRA QUEM QUER MAIS EXPERIÊNCIA. MAIS RECONHECIMENTO.

MAIS. São Paulo CLARETIANO. Concurso Público. Curso Preparatório para PRA QUEM QUER MAIS EXPERIÊNCIA. MAIS RECONHECIMENTO. Curso Preparatório para Concurso Público de Diretor e Supervisor da SEE/SP MAIS EXPERIÊNCIA. MAIS RECONHECIMENTO. CLARETIANO PRA QUEM QUER MAIS São Paulo RUA MARTIM FRANCISCO, 604 SANTA CECÍLIA - PRÓXIMO

Leia mais

MAPEAMENTO DA SITUAÇÃO EDUCACIONAL DOS SURDOS NA REGIÃO DE ABRANGÊNCIA DO NÚCLEO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE IRATI/PR

MAPEAMENTO DA SITUAÇÃO EDUCACIONAL DOS SURDOS NA REGIÃO DE ABRANGÊNCIA DO NÚCLEO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE IRATI/PR MAPEAMENTO DA SITUAÇÃO EDUCACIONAL DOS SURDOS NA REGIÃO DE ABRANGÊNCIA DO NÚCLEO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE IRATI/PR Patrícia Paula Schelp (PQE/UNICENTRO), e-mail: patricia@schelp.com.br Universidade

Leia mais

Práticas de linguagem: textos e contextos da escrita na educação infantil

Práticas de linguagem: textos e contextos da escrita na educação infantil Práticas de linguagem: textos e contextos da escrita na educação infantil Profª. Ms. Maria Cecília Nobrega de Almeida Augusto 17 e 18/05/2011 Pensando a escrita para os pequenos e seus: Contextos Textos

Leia mais

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia PLANO DE ENSINO Curso: Teologia Disciplina: Introdução às Sagradas Escrituras Área: Bíblia Período: I Ano: 2014 Semestre: I Horas: 72 Créditos: 4 Professor: Frei Jacir de Freitas Faria 1. Ementa: 2. Objetivos:

Leia mais

ESTRATÉRIAS DE LEITURA RUMO AO LETRAMENTO

ESTRATÉRIAS DE LEITURA RUMO AO LETRAMENTO ESTRATÉRIAS DE LEITURA RUMO AO LETRAMENTO Marivete Souta (marivete.souta@gmail.com) Sirley De Jesus Oliveira Hey De Jesus Oliveira Hey (sirleyhey@yahoo.com.br) Sandra do Rocio Ferreira Leal RESUMO: Pesquisas

Leia mais

POLÍTICAS DE INCENTIVO À LEITURA: INTERFACES DOS PROGRAMAS ADOTADOS NO BRASIL A PARTIR DA DÉCADA DE 1990

POLÍTICAS DE INCENTIVO À LEITURA: INTERFACES DOS PROGRAMAS ADOTADOS NO BRASIL A PARTIR DA DÉCADA DE 1990 POLÍTICAS DE INCENTIVO À LEITURA: INTERFACES DOS PROGRAMAS ADOTADOS NO BRASIL A PARTIR DA DÉCADA DE 1990 Selma Martines Peres Universidade Federal de Goiás selmamartines@uol.com.br Palavras-chave: Leitura;

Leia mais

O ensino da música através da criação e sonorização de uma história para a produção de um vídeo educativo

O ensino da música através da criação e sonorização de uma história para a produção de um vídeo educativo O ensino da música através da criação e sonorização de uma história para a produção de um vídeo educativo Paulo Ricardo Ulrich 1 Israel Silva de Oliveira 2 Cristina Rolim Wolffenbüttel 3 cristina-wolffenbuttel@uergs.edu.br

Leia mais

OS MEDIADORES NAS HISTÓRIAS DE LEITURA DOS PROFESSORES Jeovana Alves de Lima Oliveira Secretaria de Educação do Estado da Bahia

OS MEDIADORES NAS HISTÓRIAS DE LEITURA DOS PROFESSORES Jeovana Alves de Lima Oliveira Secretaria de Educação do Estado da Bahia OS MEDIADORES NAS HISTÓRIAS DE LEITURA DOS PROFESSORES Jeovana Alves de Lima Oliveira Secretaria de Educação do Estado da Bahia INTRODUÇÃO: A proposta desse trabalho é apresentar a pesquisa de Mestrado,

Leia mais

1. CONCURSOS. 1. 1 FOTOGRAFIAS TEMAS (Categorias Amador e Profissional) - SERTÃO - NATUREZA - ARTISTICA 1.2 POESIA 1.3 CONTOS 1.

1. CONCURSOS. 1. 1 FOTOGRAFIAS TEMAS (Categorias Amador e Profissional) - SERTÃO - NATUREZA - ARTISTICA 1.2 POESIA 1.3 CONTOS 1. 1. CONCURSOS 1. 1 FOTOGRAFIAS TEMAS (Categorias Amador e Profissional) - SERTÃO - NATUREZA - ARTISTICA 1.2 POESIA 1.3 CONTOS 1.4 PINTURA 2. CRONOGRAMA DE TRABALHOS PARA O EVENTO - JUNHO, JULHO, AGOSTO:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Plano de Curso 2012 Disciplina: Processos pedagógicos, mediações e tecnologias Ano / Período: 2012/1 Professor (a): Mirza Seabra Toschi e Barbra do Rosário Sabota Silva Código: Carga Horária Semanal: 4

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO Curso: Pedagogia a Distância Departamento: Departamento de Pedagogia a Distância Disciplina:

Leia mais

/(,785$(&,'$'$1,$ $d (6&2/$%25$7,9$6( 352&(6626)250$7,926

/(,785$(&,'$'$1,$ $d (6&2/$%25$7,9$6( 352&(6626)250$7,926 /(,785$(&,'$'$1,$ $d (6&2/$%25$7,9$6( 352&(6626)250$7,926 CONSELHO EDITORIAL Luiz Percival Leme Britto (Universidade Federal do Oeste do Pará) Diógenes Buenos Aires de Carvalho (Universidade Estadual do

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA CURSO/MODALIDADE: Curso Técnico em Meio Ambiente Subsequente COMPONENTE CURRICULAR: METODOLOGIA DE PESQUISA E CÓDIGO: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICOS Currículo:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-1 DISCIPLINA: Teorias e Práticas Alfabetizadoras II - JP0027 PROFESSORA: Ms. Patrícia Moura Pinho I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h Carga Horária Prática: 15h II

Leia mais

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012 Pós-Graduação Lato Sensu a Distância 1º semestre 2012 FEVEREIRO/2012 Índice dos Cursos de Pós-Graduação a distância Oferta: primeiro semestre 2012 Curso Mensalidade Total Pagina ÁREA: ADMINISTRAÇÃO MBA

Leia mais

COMPONENTE CURRICULAR: Ciências Jurídicas e Sociais

COMPONENTE CURRICULAR: Ciências Jurídicas e Sociais C U R S O D E E N G E N H A R I A E L É T R I C A A u t o r i z a d o p e l a P o r t a r i a M E C n º 9 6 0 d e 2 5 / 1 1 / 0 8 - D. O. U d e 2 6 / 1 1 / 0 8 COMPONENTE CURRICULAR: Ciências Jurídicas

Leia mais

Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade Estadual da Paraíba UEPB / leonidas.duarte@hotmail.com 1. INTRODUÇÃO

Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade Estadual da Paraíba UEPB / leonidas.duarte@hotmail.com 1. INTRODUÇÃO REFLEXÕES SOBRE ASPECTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DE GEOGRAFIA PRATICADO POR PROFESSORES CURSISTAS DA ESPECIALIZAÇÃO EM FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO UEPB 2013/2014 Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade

Leia mais

Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais

Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais Datas: 11 e 18 de Setembro Horário: 14:00h às 17:40h Carga Horária: 8 horas Vagas: O número mínimo de inscritos será: 20 pessoas

Leia mais

DOCUMENTO ORIENTADOR DE INTERVENÇÃO NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DOS ANOS INICIAIS - 2009

DOCUMENTO ORIENTADOR DE INTERVENÇÃO NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DOS ANOS INICIAIS - 2009 DOCUMENTO ORIENTADOR DE INTERVENÇÃO NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DOS ANOS INICIAIS - 2009 No ano de 2009 o Departamento de Educação Fundamental, tem como meta alfabetizar 100% das crianças dos anos iniciais

Leia mais

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. História e Cultura Brasileiras (turma do 3º ano) Ano Letivo 2015/2016 (2º semestre) Docente: Manaíra Aires Athayde Conteúdos programáticos São analisados os principais momentos históricos do Brasil, de

Leia mais

O DESGOSTO LITERÁRIO NO ENSINO MÉDIO

O DESGOSTO LITERÁRIO NO ENSINO MÉDIO O DESGOSTO LITERÁRIO NO ENSINO MÉDIO Suetônio de Farias Matias Escola Estadual de Ensino Médio Inovador Juarez Maracajá suetoniofarias@hotmail.com INTRODUÇÃO É consenso entre teóricos, que a forma mais

Leia mais

Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio

Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio XVII SEPATUR SEMANA PARANAENSE DE TURISMO 1. O EVENTO A SEPATUR - Semana Paranaense de Turismo é um evento de extensão universitária de caráter técnico-científico,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO JULIANA LEME MOURÃO ORIENTADOR: PAULO GUILHERMETI

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO JULIANA LEME MOURÃO ORIENTADOR: PAULO GUILHERMETI UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO JULIANA LEME MOURÃO ORIENTADOR: PAULO GUILHERMETI SIMULADORES VIRTUAIS ALIADOS AO ENSINO DE FÍSICA GOIOERÊ

Leia mais

REVISTA CIENTÍFICA ELETÔNICA DE PEDAGOGIA ISSN: 1678-300X. Ano VIII Número 15 Janeiro de 2010 Periódicos Semestral

REVISTA CIENTÍFICA ELETÔNICA DE PEDAGOGIA ISSN: 1678-300X. Ano VIII Número 15 Janeiro de 2010 Periódicos Semestral ENSINANDO A LER: AS ESTRATÉGIAS DE LEITURA SILVA, Joice Ribeiro Machado da 1 RESUMO Buscamos nessa pesquisa compreender como a criança poderá se tornar uma leitora competente através do letramento literário.

Leia mais

Dados de Identificação

Dados de Identificação MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO NÃO FINALIZADO Dados de Identificação Componente Curricular:

Leia mais

Anexo II Resolução nº 133/2003 CEPE

Anexo II Resolução nº 133/2003 CEPE Anexo II Resolução nº 133/2003 CEPE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ REITORIA DE PESQUISA E PÓS GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO 2006 Programa: MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: Responsabilidade Social e Terceiro Setor

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: Responsabilidade Social e Terceiro Setor UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Curso de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP.

Leia mais

FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA EDUCACIONAL E CULTURAL DE JOÃO MONLEVADE. Instituto de Ensino Superior de João Monlevade OBJETIVOS

FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA EDUCACIONAL E CULTURAL DE JOÃO MONLEVADE. Instituto de Ensino Superior de João Monlevade OBJETIVOS FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA EDUCACIONAL E CULTURAL DE JOÃO MONLEVADE Instituto de Ensino Superior de João Monlevade CURSO: Administração DISCIPLINA: Estágio Supervisionado I CATEGORIA: Formação Profissional PROFESSOR:

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL. 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no Futuro

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL. 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no Futuro Educação Patrimonial Município de Córrego do Bom Jesus/MG 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL 1. Município: Córrego do Bom Jesus 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Escola de Artes, Ciências e Humanidades Graduação em Gestão Ambiental Prof. Dra. Sylmara Gonçalves Dias

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Escola de Artes, Ciências e Humanidades Graduação em Gestão Ambiental Prof. Dra. Sylmara Gonçalves Dias Disciplina: Princípios de Administração COD.: ACH-113 Área: Administração e meio ambiente Semestre do curso: 1º de 2013 Carga horária semanal: 2 horas PLANO DE DISCIPLINA Nome do professor: Profa. Dra.

Leia mais

PRÁTICAS DE LEITURA DE ESTUDANTES DO CURSO DE PEDAGOGIA/UFMT

PRÁTICAS DE LEITURA DE ESTUDANTES DO CURSO DE PEDAGOGIA/UFMT INTRODUÇÃO PRÁTICAS DE LEITURA DE ESTUDANTES DO CURSO DE PEDAGOGIA/UFMT OLIVEIRA, Ana Arlinda de. PPGE/GEPLL/UFMT* aarlinda@terra.com.br Este artigo é resultado de pesquisa que mostrou aspectos da leitura

Leia mais

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS INTERDISCIPLINARES Curso de Letras Português e Inglês Licenciatura Currículo: LPI00001

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS INTERDISCIPLINARES Curso de Letras Português e Inglês Licenciatura Currículo: LPI00001 REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS Fundamentação Legal PARECER CNE/CP 28/2001, DE 02 DE OUTUBRO DE 2001 - Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 21/2001, que estabelece a duração e a carga horária

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Campo Grande 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Espanhol Obs.:

Leia mais

A LITERATURA ESCOLARIZADA

A LITERATURA ESCOLARIZADA Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery http://re.granbery.edu.br - ISSN 1981 0377 Curso de Pedagogia N. 12, JAN/JUN 2012 A LITERATURA ESCOLARIZADA Raylla Portilho Gaspar 1 RESUMO Esse artigo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA EIXO TECNOLÓGICO: Licenciatura Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU: ( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( x ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Bibliografia para o Processo Seletivo Escola de Educação Básica da URI /2013

Bibliografia para o Processo Seletivo Escola de Educação Básica da URI /2013 Bibliografia para o Processo Seletivo Escola de Educação Básica da URI /2013 Temas específicos e Referências Bibliográficas: Nível/ano: 1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL - Produção Textual - Números e Operações

Leia mais

Bibliografia para o Processo Seletivo 2015-16 Seleção 2016-Linha 1 LINHA 1 PERSPECTIVAS FILOSÓFICAS, HISTÓRICAS E POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO

Bibliografia para o Processo Seletivo 2015-16 Seleção 2016-Linha 1 LINHA 1 PERSPECTIVAS FILOSÓFICAS, HISTÓRICAS E POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO Bibliografia para o Processo Seletivo 2015-16 Seleção 2016-Linha 1 LINHA 1 PERSPECTIVAS FILOSÓFICAS, HISTÓRICAS E POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA GERAL DA LINHA 1 1. CAMBI, Franco. História

Leia mais

LEITURA E LETRAMENTO NA ESCOLA: REFLEXÕES E PROPOSTAS

LEITURA E LETRAMENTO NA ESCOLA: REFLEXÕES E PROPOSTAS LEITURA E LETRAMENTO NA ESCOLA: REFLEXÕES E PROPOSTAS FLÁVIA FERREIRA DE PAULA (UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS (UFGD)). Resumo Este trabalho tem como objetivo discutir o ensino de leitura e letramento

Leia mais

LETRAMENTO INFORMACIONAL: formação do leitor na biblioteca escolar. Palavras-chave: Letramento informacional. Biblioteca escolar. Leitura.

LETRAMENTO INFORMACIONAL: formação do leitor na biblioteca escolar. Palavras-chave: Letramento informacional. Biblioteca escolar. Leitura. XIV Encontro Regional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência da Informação e Gestão da Informação - Região Sul - Florianópolis - 28 de abril a 01 de maio de 2012 LETRAMENTO INFORMACIONAL:

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Componente Curricular: Sociologia Código: ADM 110 Pré-requisito: --- Período Letivo: 2013.1 Professor: Josselito dos santos Titulação: Doutor CH Total: 60 horas Turma: 1º Semestre

Leia mais

V PROGRAMA DA DISCIPLINA

V PROGRAMA DA DISCIPLINA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO Curso: Pedagogia a Distância Departamento: Departamento de Pedagogia a Distância Disciplina:

Leia mais

TÍTULO: PROJETO EDUCAÇÃO JOVENS E ADULTOS (EJA) CIDADÃO: UMA EXPERIÊNCIA DE PARCERIA ENTRE UNIVERSIDADE ESCOLA.

TÍTULO: PROJETO EDUCAÇÃO JOVENS E ADULTOS (EJA) CIDADÃO: UMA EXPERIÊNCIA DE PARCERIA ENTRE UNIVERSIDADE ESCOLA. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: PROJETO EDUCAÇÃO JOVENS E ADULTOS (EJA) CIDADÃO: UMA EXPERIÊNCIA DE PARCERIA ENTRE UNIVERSIDADE

Leia mais

INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR. Campus do Mucuri

INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR. Campus do Mucuri INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR Campus do Mucuri CATEGORIA FUNCIONAL: Professor Ensino Superior. CLASSE: Professor Classe A Assistente A

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO CUIABÁ 2015 Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar

Leia mais

A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA

A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA. AÇÕES DO PIBID/CAPES UFG (SUBPROJETO: LETRAS: PORTUGUÊS) NO COLÉGIO ESTADUAL LYCEU DE GOIÂNIA Bolsistas: SILVA, Danila L.; VAZ, Paula R. de Sena.;

Leia mais

Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal

Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal Linha de Pesquisa: LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS

Leia mais

O QUE É LEITURA? Mestrado em Políticas Públicas da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). rosália.prados@gmail.com 1

O QUE É LEITURA? Mestrado em Políticas Públicas da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). rosália.prados@gmail.com 1 O QUE É LEITURA? Antonio Deusivam de Oliveira (UMC) * Rosália Maria Netto Prados (USP/UMC) ** Quando falamos em leitura, parece que estamos nos referindo a algo subjetivo; no entanto, uma das características

Leia mais

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE INTRODUÇÃO Autor: Franklin Vieira de Sá Instituição: Universidade Federal do Piauí E-mail: frankkkfalcon@hotmail.com A temática de Educação Ambiental

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA DISCIPLINA: COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL PERÍODO: 2011/1 CÓDIGO: C.H. TOTAL:

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Fundamentos da Educação de Jovens e Adultos Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3º 1 - Ementa (sumário, resumo) Abordagens

Leia mais

CRISE NA ESCOLA, CRISE NO ENSINO DA LEITURA? UMA ANÁLISE DOS DISCURSOS SOBRE LEITURA FEITOS NOS 20 PRIMEIROS ANOS DE COLE.

CRISE NA ESCOLA, CRISE NO ENSINO DA LEITURA? UMA ANÁLISE DOS DISCURSOS SOBRE LEITURA FEITOS NOS 20 PRIMEIROS ANOS DE COLE. CRISE NA ESCOLA, CRISE NO ENSINO DA LEITURA? UMA ANÁLISE DOS DISCURSOS SOBRE LEITURA FEITOS NOS 20 PRIMEIROS ANOS DE COLE. CLAUDIA CRISTINA DOS SANTOS ANDRADE (UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO).

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE CURTA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do

Leia mais

As informações sobre o processo seletivo são as seguintes: 1. DADOS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO EM EDUCAÇÃO

As informações sobre o processo seletivo são as seguintes: 1. DADOS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 01/ 2011 PPGEd CHAMADA DE CANDIDATOS AO PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS REGULARES DO PPGEd - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNIV. FEDERAL DE SÃO CARLOS - CAMPUS SOROCABA - PARA O ANO DE

Leia mais

Relação de Oficinas XI ENAP 2012. Segunda-feira 10 de setembro de 2012 (NOITE) 19h15 às 22h15h

Relação de Oficinas XI ENAP 2012. Segunda-feira 10 de setembro de 2012 (NOITE) 19h15 às 22h15h Relação de Oficinas XI ENAP 2012 Segunda-feira 10 de setembro de 2012 (NOITE) 15h 1) Bullying: estratégias de intervenção Palestrante: Ana Carina Stelko Pereira Formação: Psicóloga, Mestre em Educação

Leia mais

PNAIC. CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa

PNAIC. CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa PNAIC POLO DE POÇOS OS DE CALDAS Equipe do PNAIC-CEAD CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa Supervisão de avaliação ão: Profa. Dra. Carla

Leia mais

PLANO DO CURSO DE ATUALIZAÇÃO NA ATENÇÃO INTERSETORIAL AO USO PREJUDICIAL EM ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS - CIAD 2016

PLANO DO CURSO DE ATUALIZAÇÃO NA ATENÇÃO INTERSETORIAL AO USO PREJUDICIAL EM ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS - CIAD 2016 PLANO DO CURSO DE ATUALIZAÇÃO NA ATENÇÃO INTERSETORIAL AO USO PREJUDICIAL EM ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS - CIAD 2016 COORDENAÇÃO: MARCO AURELIO SOARES JORGE EPSJV/FIOCRUZ PILAR RODRIGUEZ BELMONTE EPSJV/FIOCRUZ

Leia mais

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Perspectivas da formação de professores no viés da Gestão de Conhecimento

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Perspectivas da formação de professores no viés da Gestão de Conhecimento PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Perspectivas da formação de professores no viés da Gestão de Conhecimento Leonardo Rocha de Almeida Mestrando Profissional em Gestão Educacional Universidade

Leia mais

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012 Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO Projeto PNL 2011/ 2012 Objetivos/Estratégias do Projeto Objetivos (definidos a partir das Prioridades (1,2,3,4,5,6) Educativas definidas no Projeto Educativo

Leia mais

A CONFLUÊNCIA ENTRE A FORMAÇÃO DO PROFESSOR E O CURRÍCULO: A INCLUSÃO EDUCACIONAL DO ALUNO SURDO.

A CONFLUÊNCIA ENTRE A FORMAÇÃO DO PROFESSOR E O CURRÍCULO: A INCLUSÃO EDUCACIONAL DO ALUNO SURDO. A CONFLUÊNCIA ENTRE A FORMAÇÃO DO PROFESSOR E O CURRÍCULO: A INCLUSÃO EDUCACIONAL DO ALUNO SURDO. Lucineide Machado Pinheiro Universidade Federal de São Paulo / Campus Guarulhos Eixo Temático: Formação

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA EMBED CorelDRAW.Graphic.12 Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001.

Leia mais

CONSTITUINDO REFERENCIAIS TEÓRICO-METODOLÓGICOS: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O TRABALHO COM ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

CONSTITUINDO REFERENCIAIS TEÓRICO-METODOLÓGICOS: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O TRABALHO COM ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO CONSTITUINDO REFERENCIAIS TEÓRICO-METODOLÓGICOS: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O TRABALHO COM ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO Bruna Mendes Muniz 1 Gislaine Aparecida Puton Zortêa 2 Jéssica Taís de Oliveira Silva

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Coordenadoria Institucional de Educação a Distância - CIED

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Coordenadoria Institucional de Educação a Distância - CIED Recomendação da Coordenadoria Institucional de Educação a Distância (CIED) sobre a inclusão de disciplinas nos cursos de licenciatura presencial e a distância da UFAL A Lei de Diretrizes e Bases da Educação

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O MESTRADO ENTRADA EM AGOSTO DE 2014. Edital n.º 23.2014

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O MESTRADO ENTRADA EM AGOSTO DE 2014. Edital n.º 23.2014 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O MESTRADO ENTRADA EM AGOSTO DE 2014 Edital n.º 23.2014 I IDENTIFICAÇÃO E DADOS DO PPGT O Programa de Pós-Graduação em Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, vinculado

Leia mais

Pesquisa e Extensão na Rede Municipal de Ensino 21 e 22 de agosto de 2012.

Pesquisa e Extensão na Rede Municipal de Ensino 21 e 22 de agosto de 2012. I Seminário de Práticas de Estágio, Pesquisa e Extensão na Rede Municipal de Ensino 21 e 22 de agosto de 2012. Florianópolis/SC A PESQUISA A inclusão da criança de seis anos no Ensino Fundamental no município

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONHECIMENTO DOS AGRICULTORES DO ASSENTAMENTO SANTA CRUZ, NO MUNICIPIO DE CAMPINA GRANDE - PB

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONHECIMENTO DOS AGRICULTORES DO ASSENTAMENTO SANTA CRUZ, NO MUNICIPIO DE CAMPINA GRANDE - PB DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONHECIMENTO DOS AGRICULTORES DO ASSENTAMENTO SANTA CRUZ, NO MUNICIPIO DE CAMPINA GRANDE - PB Autor: Josué Souza Martins Universidade Federal da Paraíba josué.mart@hotmail.com;

Leia mais

1ª CIRCULAR PARA O VI COLÓQUIO DE TURISMO

1ª CIRCULAR PARA O VI COLÓQUIO DE TURISMO 1ª CIRCULAR PARA O VI COLÓQUIO DE TURISMO Com o objetivo de oferecer um painel sobre o estado da arte do turismo em todas suas dimensões na Região da Biosfera Goyaz, a equipe do Projeto de Pesquisa REGIÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE PEDAGOGIA 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE PEDAGOGIA 1 - IDENTIFICAÇÃO Disciplina: História da Educação Carga Horária: 60h 2 - EMENTA Debates teórico-metodológicos no campo

Leia mais

EDITAL Nº 01/2009 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO CURSO DE DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL PGDR/UFRGS/IFNMG_JANUÁRIA E SALINAS/MG PERÍODO LETIVO 2009

EDITAL Nº 01/2009 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO CURSO DE DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL PGDR/UFRGS/IFNMG_JANUÁRIA E SALINAS/MG PERÍODO LETIVO 2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO RURAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO NORTE DE MINAS GERAIS CAMPI JANUÁRIA/MG E SALINAS/MG

Leia mais

Pós Graduação Lato Sensu Especialização em Esporte de Alto Rendimento - Futebol nos termos da Resolução nº 1 de 8 de junho de 2007

Pós Graduação Lato Sensu Especialização em Esporte de Alto Rendimento - Futebol nos termos da Resolução nº 1 de 8 de junho de 2007 Pós Graduação Lato Sensu Especialização em Esporte de Alto Rendimento - Futebol nos termos da Resolução nº 1 de 8 de junho de 2007 PÚBLICO-ALVO Graduados em Educação Física, Fisioterapia, Nutrição. OBJETIVO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO Curso: História Semestre: 2012-1 Turma: 05326 Disciplina: PSI 5137

Leia mais

Leitura na escola reflexões pedagógicas sobre os processos de formação de leitores e escritores na educação infantil, jovens e adultos.

Leitura na escola reflexões pedagógicas sobre os processos de formação de leitores e escritores na educação infantil, jovens e adultos. Leitura na escola reflexões pedagógicas sobre os processos de formação de leitores e escritores na educação infantil, jovens e adultos. Diogo Vieira do Nascimento 1 (UERJ/EDU) Fabiana da Silva 2 (UERJ/EDU)

Leia mais

REALIDADE EDUCACIONAL BRASILEIRA

REALIDADE EDUCACIONAL BRASILEIRA REALIDADE EDUCACIONAL BRASILEIRA OBJETIVOS Objetivo Geral Oportunizar ao licenciando a compreensão da realidade educacional brasileira princípios, fins, objetivos e formas de organização, relacionando-a

Leia mais