Linguagem de programação: Pascal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linguagem de programação: Pascal"

Transcrição

1 Aula 04 Linguagem de programação: Pascal Prof. Tecgº Flávio Murilo 26/03/2013 1

2 Pascal Introdução Pascal é uma linguagem de programação estruturada, criada em 1970 pelo suíço Niklaus Wirth, dando este nome em homenagem ao matemático Blaise Pascal. Foi criado com dois propósitos simultâneos: Facilitar o ensino da programação estruturada (junto com C, Scheme e Fortran) e criar softwares para comercialização. Originou diversas linguagens semelhantes, podendo ser considerada uma família de linguagens de programação. Se consolidou com o Object Pascal utilizado amplamente atualmente por IDEs como o Embarcadero Delphi, Kylix e Lazarus. O Pascal é padronizado pela ISO. 26/03/2013 2

3 Pseudo Linguagem x Pascal A seguir está a equivalência entre termos das Pseudo Linguagens e do Pascal: Declare Início Fim Caracter Inteiro Real Lógico Leia Escreva LA Var Begin End Char Integer Real Boolean Read Write PASCAL 26/03/2013 3

4 Pseudo Linguagem x Pascal A seguir está a equivalência entre termos das Pseudo Linguagens e do Pascal: LA Se If Então Then Senão Else Enquanto While Faça Do Repita Repeat Para For Até Until / To := PASCAL 26/03/2013 4

5 Pascal Constantes São valores numéricos, lógicos ou alfanuméricos que não tem seu valor alterado durante a execução do programa. Exemplos: Numéricos: 100, -5, 1.3; Lógicos: true, false; Alfanuméricos: $, #,!, A-Z, a-z, /03/2013 5

6 Pascal Variáveis Tem seus valores alterados durante a execução do programa e são representados por identificadores que podem ser compostos por letras ou letras seguidas de números (nunca números primeiro). Não existe diferença entre letras, maiúsculas ou minúsculas. Ou seja: AB = Ab = ab = ab. 26/03/2013 6

7 Pascal Identificadores Identificadores são palavras utilizadas pela linguagem para expressar determinada operação. São elas: and, array, begin, case, const, div, do, downto, else, end, file, for, function, goto, if, in, label, mod, nil, not, of, or, packed, procedure, program, record, repeat, set, then, to, type, until, var, while, with. Além dos 26/03/2013 7

8 Pascal Sintaxe Todo programa em Pascal deve ter a seguinte estrutura: Program <nome>; <bloco> Onde <nome> é o nome do programa definido pelo autor e <bloco> é o corpo do programa. 26/03/2013 8

9 Pascal Bloco No bloco do programa estão contidas todas as instruções principais do programa. Sua estrutura é a seguinte: declarações de variáveis Begin Comandos End. As declarações de variáveis devem ser realizadas da seguinte forma: var lista_de_variáveis: tipo; Obs: A lista deve separar cada variável por vírgula. 26/03/2013 9

10 Pascal Comentrários Comentários são palavras inseridas pelo programador que não influenciam na execução do código. Servem apenas para descrever cada linha, caso seja necessário alguma alteração posterior do programa. Para iniciar um comentário é necessário inserir duas barras (//) após o fim da linha. Program ExemploPzim ; //Nome do programa Begin //Início textbackground( red ) ; //Altera a cor do fundo do programa para vermelho clrscr; //Apaga os dados que estiverem escritos na tela gotoxy(10,10); //Posiciona o cursos nas coordenadas especificadas textcolor( lightcyan ); //Define a cor do texto como lightcyan write('olá, mundo!'); //Imprime na tela um texto End. //Finaliza o programa 26/03/

11 Pascal Operações e comparações É possível realizar operações aritméticas e comparações em Pascal da seguinte forma: Nome Símbolo Exemplo Atribuição := A:=B Soma + C:=A+B Subtração - C:=A-B Multiplicação * C:=A*B Menor que < A<B Maior que > A>B Menor ou igual <= A<=B Maior ou igual >= AB=B 26/03/

12 Pascal Exercícios Programar em Pascal: a) Programa de cálculo de área de um quadrado; b) Programa de cálculo de área de um triângulo; c) Programa de cálculo de Índice de Massa Corpórea; d) Programa de cálculo de fatorial. 26/03/

Linguagem Pascal. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior

Linguagem Pascal. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Linguagem Pascal Prof. Antonio Almeida de Barros Junior 1 Linguagem Pascal Criada para ser uma ferramenta educacional (Década de 70); Prof. Niklaus Wirth (Universidade de Zurique); Blaise Pascal (Matemático

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Variáveis Conceitos Básicos Variáveis x Constantes a = x + 5 a, x e 5 são variáveis ou constantes? Variáveis As variáveis são recipientes de valores É um espaço reservado

Leia mais

Disciplina Programação Prof. Esp. Armando Hage. Programação em Turbo Pascal

Disciplina Programação Prof. Esp. Armando Hage. Programação em Turbo Pascal Disciplina Programação Prof. Esp. Armando Hage Programação em Turbo Pascal Introdução A linguagem de programação pascal foi escrita por Niklaus Wirth entre 1969 e 1971, e deriva das linguagens ALGOL-60

Leia mais

Linguagem de Programação Pascal - Introdução

Linguagem de Programação Pascal - Introdução Linguagem de Programação Pascal - Introdução História Pascal é uma linguagem de programação que recebeu o seu nome em homenagem ao matemático Blaise Pascal. A linguagem Pascal foi criada em 1970 pelo suíço

Leia mais

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ICC 1 TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ICC 1 TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ICC 1 TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO 1. INTRODUÇÃO O que é um programa? Programa constitui uma seqüência lógica de passos para solução de um problema. Um programa pode ser codificado em

Leia mais

Lógica de Programação I. Gilson de Souza Carvalho

Lógica de Programação I. Gilson de Souza Carvalho Gilson de Souza Carvalho gaucho.gilson@hotmail.com 1. Estruturas básicas Apresentaremos um resumo com os comandos estudados para criação de algoritmos. Para utilizar estes comandos, usaremos uma sintaxe

Leia mais

APÊNDICE A - FUNDAMENTOS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO PASCAL.

APÊNDICE A - FUNDAMENTOS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO PASCAL. APÊNDICE A - FUNDAMENTOS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO PASCAL. 1. INTRODUÇÃO Este apêndice tem o objetivo de fornecer as regras básicas para transformar algoritmos (em Natural) em programas (em PASCAL).

Leia mais

Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação

Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação A representação de algoritmos em uma pseudo-linguagem mais próxima às pessoas é bastante útil principalmente quando o problema a ser tratado envolve

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PASCAL PREFÁCIO

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PASCAL PREFÁCIO INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PASCAL CESAR BEZERRA TEIXEIRA,MSC PREFÁCIO A linguagem Pascal foi criada pelo Prof Niklaus Wirth na universidade de Zurich, com o propósito de ensinar os conceitos de uma linguagem

Leia mais

Engenharia Civil e Engenharia Básica Programação de Computadores Wedson Quintanilha da Silva

Engenharia Civil e Engenharia Básica Programação de Computadores Wedson Quintanilha da Silva Página 1 de 10 APOSTILA DE PASCAL MAPEAMENTO DE ALGORITMOS PARA PASCAL Algoritmo Exercicio1 Program Exercicio1; declare nome : caracter; nome : string; aux : inteiro; aux : integer; salario : real; salario

Leia mais

Elementos básicos das linguagens de programação

Elementos básicos das linguagens de programação Elementos básicos das linguagens de programação Objetivos: Apresentar os últimos elementos básicos das linguagens de programação Elementos básicos já estudados Entrada (read, readln) Saída (write, writeln)

Leia mais

Noções de algoritmos - Aula 1

Noções de algoritmos - Aula 1 Noções de algoritmos - Aula 1 Departamento de Física UFPel Definição de algoritmo Sequência ordenada e finita de operações para a realização de uma tarefa. Tarefa: Experimento de Física I. Passo 1: Reunir

Leia mais

Informática I. Aula 19. Aula 19-31/10/2007 1

Informática I. Aula 19.  Aula 19-31/10/2007 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-31/10/2007 1 Ementa Noções Básicas de Computação (Hardware, Software e Internet) HTML e Páginas Web Internet e a Web Javascript

Leia mais

Tutorial de Turbo Pascal

Tutorial de Turbo Pascal Página 1 de 7 Este tutorial foi completamente escrito por Rodrigo Brambilla pode ser distribuído livremente sem nenhuma modificação. Agradecimentos: Leomar Pacheco Rocha, Rodrigo Hoffmann dos Santos, Paulo

Leia mais

DELPHI Curso Extensão. walter Prof. Walter Gima

DELPHI Curso Extensão. walter Prof. Walter Gima DELPHI Curso Extensão walter _gima@yahoo.com.br Prof. Walter Gima DELPHI 7 Ementa do Curso Introdução ao Delphi. Ambiente de programação. Sintaxe e estrutura de linguagem. Uso de projetos units e formulários,

Leia mais

Apostila de Fortran. É uma pseudo-linguagem a qual oferece recursos para que o programador possa codificar e testar os seus algoritmos.

Apostila de Fortran. É uma pseudo-linguagem a qual oferece recursos para que o programador possa codificar e testar os seus algoritmos. Apostila de Fortran Fortran Uma das linguagens de programação mais velhas, o FORTRAN foi desenvolvido por uma equipe de programadores conduzida por John Backus na IBM, e foi primeiramente publicada em

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação Aula 2 Introdução Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Técnico em Informática Prof. Bruno B. Boniati www.cafw.ufsm.br/~bruno O que

Leia mais

Programação de Computadores:

Programação de Computadores: Instituto de C Programação de Computadores: Introdução ao FORTRAN Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Introdução ao FORTRAN Cinco aspectos

Leia mais

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica.

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Computação L2 Linguagem C++ ovsj@cin.ufpe.br Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Alfabeto São os símbolos ( caracteres ) permitidos na linguagem: Letras (maiúsculas e minúsculas);

Leia mais

Unidade VI. Técnicas de Teste de Software Teste Estrutural. Profa. Dra. Sandra Fabbri

Unidade VI. Técnicas de Teste de Software Teste Estrutural. Profa. Dra. Sandra Fabbri Unidade VI Técnicas de Teste de Software Profa. Dra. Sandra Fabbri Os requisitos de teste são extraídos de uma implementação em particular Teste dos detalhes procedimentais A maioria dos critérios dessa

Leia mais

Capítulo 3 CARACTERÍSTICAS GERAIS DA LINGUAGEM PASCAL 1. INTRODUÇÃO

Capítulo 3 CARACTERÍSTICAS GERAIS DA LINGUAGEM PASCAL 1. INTRODUÇÃO Capítulo 3 CARACTERÍSTICAS GERAIS DA LINGUAGEM PASCAL 1. INTRODUÇÃO A linguagem Pascal foi concebida por Niklaus Wirth no início da década de 70, tendo por principal objetivo eliminar os péssimos hábitos

Leia mais

Introdução ao Pascal. Computação I. Níveis de Linguagens de Programação. Níveis de Linguagens de Programação. Como um Programa é Executado?

Introdução ao Pascal. Computação I. Níveis de Linguagens de Programação. Níveis de Linguagens de Programação. Como um Programa é Executado? Computação I Introdução ao Pascal Prof. Miguel Elias Mitre Campista http://www.gta.ufrj.br/~miguel Linguagens de Programação DEL-Poli/UFRJ Níveis de Linguagens de Programação Linguagens declarativas Linguagens

Leia mais

Aula Anterior. Decomposição algorítmica (continuação)

Aula Anterior. Decomposição algorítmica (continuação) Aula Anterior Decomposição algorítmica (continuação) Degenerescência da decomposição básica da solução em três etapas Método de decomposição modificado à entrada Associação de diferentes valores de entrada

Leia mais

Algoritmo e Programação Matemática

Algoritmo e Programação Matemática Algoritmo e Programação Matemática Fundamentos de Algoritmos Parte 1 Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Dados A funcionalidade principal de um computador

Leia mais

Objectivos. Introdução à programação Macros em Microsoft Excel Introdução ao Visual Basic para Aplicações (VBA)

Objectivos. Introdução à programação Macros em Microsoft Excel Introdução ao Visual Basic para Aplicações (VBA) Objectivos Introdução à programação Macros em Microsoft Excel Introdução ao Visual Basic para Aplicações (VBA) Vantagens da programação Eficiência em operações repetitivas Melhor clarividência na decomposição

Leia mais

Aulas Anteriores. Detalhes da linguagem de programação

Aulas Anteriores. Detalhes da linguagem de programação Aulas Anteriores Detalhes da linguagem de programação Elementos básicos (identificadores, constantes, símbolos gráficos) Estrutura básica de um programa (cabeçalho, parte declarativa, parte de execução)

Leia mais

1.2 OPERAÇÕES BÁSICAS EM ALGORITMOS E PROGRAMAS 18

1.2 OPERAÇÕES BÁSICAS EM ALGORITMOS E PROGRAMAS 18 ÍNDICE MÓDULO 1 INTRODUÇÃO À ALGORITMIA 11 1.1 PROGRAMAS E ALGORITMOS 12 Fases da programação 12 Algoritmos e algoritmia 13 Algoritmos em linguagem informal, pseudocódigo e fluxogramas 14 Símbolos utilizados

Leia mais

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Este documento explica como transformar um algoritmo escrito na forma pseudocódigo

Leia mais

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas Amarrações Conceituação Amarração (ou binding) é uma associação entre entidades de programação, tais como entre uma variável e seu valor ou entre um identificador

Leia mais

PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA

PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA SUMÁRIO Introdução Conceitos básicos Formato básico Tipos primitivos Variáveis Constantes Operadores Operações

Leia mais

01/08/2011. Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos. Numéricos. Tipos de dados. Dados Numéricos Inteiros. Dados Numéricos Reais.

01/08/2011. Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos. Numéricos. Tipos de dados. Dados Numéricos Inteiros. Dados Numéricos Reais. Engenharia de Controle e Automação Programação I Prof. Ricardo Sobjak ricardo.sobjak@ifsc.edu.br Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos Tipos de dados Os tipos de dados primitivos ou básicos são

Leia mais

Curso básico de JavaScript Aula 2

Curso básico de JavaScript Aula 2 Tópicos 1 JavaScript é case sensitive... 1 2 Comentários... 1 3 Saídas do JavaScript... 1 4 Entrada de dados usando window.prompt( )... 3 5 Variáveis... 3 1.1 Regras para criar uma variável... 3 6 Literais...

Leia mais

Algoritmos I Edézio 1

Algoritmos I Edézio 1 Algoritmos I Edézio 1 Algoritmo Conjunto de regras e operações bem definidas e ordenadas, destinadas à solução de um problema, ou de uma classe de problemas, em um número finito de etapas. Exemplos: As

Leia mais

IFTO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS AULA 01

IFTO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS AULA 01 IFTO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS AULA 01 Prof. Manoel Campos da Silva Filho Tecnólogo em Processamento de Dados / Unitins Mestre em Engenharia Elétrica / UnB http://lab.ifto.edu.br/~mcampos

Leia mais

Lógica de Programação: aula 2. Dariel Mazzoni Maranhão. Uninove: Universidade Nove de Julho. 22 de agosto de 2010

Lógica de Programação: aula 2. Dariel Mazzoni Maranhão. Uninove: Universidade Nove de Julho. 22 de agosto de 2010 Uninove: Universidade Nove de Julho 22 de agosto de 2010 Tipos de Dados Primitivos São informações manipuladas pelos usuários. Classificam-se em quatro tipos: Inteiro; Tipos de Dados Primitivos São informações

Leia mais

Estrutura do programa

Estrutura do programa Linguagem C Estrutura do programa Exemplo: #include #include main() { printf( Ola, mundo! ); system( pause ); }

Leia mais

Revisão C++ - Parte 1

Revisão C++ - Parte 1 Revisão C++ - Parte 1 Prof. Gustavo Leitão Campus Natal Central Disciplina Programação para Ambiente de Redes 5/3/2010 Objetivo da Aula 5/3/2010 5/3/2010 OBJETIVO DA AULA Revisar os principais comandos

Leia mais

Ciência da Computação. Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian

Ciência da Computação. Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian Algoritmos e Programação Informática II Ciência da Computação Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian 1 Sumário Tipos de Dados Variáveis Modelo esquemático Características e Regras para

Leia mais

BCC Introdu c ao ` a Programa c ao Portugol Guillermo C amara-ch avez UFOP 1/35

BCC Introdu c ao ` a Programa c ao Portugol Guillermo C amara-ch avez UFOP 1/35 BCC 201 - Introdução à Programação Portugol Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/35 Introdução I Lógica A lógica é usada no dia a dia das pessoas que trabalham com computação para solucionar problemas de forma

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação IDE Eclipse IDE (Integrated development environment) Criar um projeto

Leia mais

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Dados em Algoritmos Quando escrevemos nossos programas, trabalhamos com: Dados que nós fornecemos ao programa Dados

Leia mais

MANIPULAÇÃO DE STRINGS

MANIPULAÇÃO DE STRINGS MANIPULAÇÃO DE STRINGS O TIPO DE DADO STRING Os strings, como trechos de texto, são os tipos de dados mais familiares aos seres humanos. O Pascal padrão não fornecia tipos de dados de String; tínhamos

Leia mais

LINGUAGEM PASCAL Elementos básicos e estrutura

LINGUAGEM PASCAL Elementos básicos e estrutura LINGUAGEM PASCAL Elementos básicos e estrutura Adriano Mauro Cansian UNESP - São José do Rio Preto Linguagem Computacional Linguagem Pascal Criada para ser uma ferramenta educacional, isto no início da

Leia mais

LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO

LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO Prof. André Backes ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Uma estrutura de repetição permite que uma sequência de comandos seja executada repetidamente, enquanto determinadas condições

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação Aula 5 Elementos Fundamentais de Controle Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Técnico em Informática Prof. Bruno B. Boniati www.cafw.ufsm.br/~bruno

Leia mais

ÍNDICE I ALGORITMO 1- INTRODUÇÃO 2 DEFINIÇÕES DE ALGORITMO 3- CONDIÇÕES DE ENTRADA E DE SAÍDA 4- LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO

ÍNDICE I ALGORITMO 1- INTRODUÇÃO 2 DEFINIÇÕES DE ALGORITMO 3- CONDIÇÕES DE ENTRADA E DE SAÍDA 4- LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ÍNDICE I ALGORITMO 1- INTRODUÇÃO 2- DEFINIÇÕES DE ALGORITMO 3- CONDIÇÕES DE ENTRADA E DE SAÍDA 4- LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO II - PARTES DE UM PROGRAMA PASCAL 1- ORGANIZAÇÃO 2- IDENTIFICADORES 3- TIPOS DE

Leia mais

Gustavo G. Parma. Objetivos: O aluno deverá ser capaz de compreender os conceitos básicos de VHDL.

Gustavo G. Parma. Objetivos: O aluno deverá ser capaz de compreender os conceitos básicos de VHDL. Introdução à VHDL Gustavo G. Parma Assunto: Introdução à VHDL. Objetivos: O aluno deverá ser capaz de compreender os conceitos básicos de VHDL. 1 Introdução Teórica VHDL, VHSIC (Very High Speed Integrated

Leia mais

Sintaxe Básica de Java Parte 2

Sintaxe Básica de Java Parte 2 Sintaxe Básica de Java Parte 2 Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Instruções Condicionais A instrução

Leia mais

Conjunto (set) O tipo estruturado set representa, em Pascal, um conjunto de objectos de um dado tipo;

Conjunto (set) O tipo estruturado set representa, em Pascal, um conjunto de objectos de um dado tipo; Conjunto (set) O tipo estruturado set representa, em Pascal, um conjunto de objectos de um dado tipo; O tipo de dados tem por base um tipo simples (enumerável); Na verdade, um set representa o conjunto

Leia mais

APONTAMENTOS DE PASCAL

APONTAMENTOS DE PASCAL APONTAMENTOS DE PASCAL PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES 1º ANO DA LICENCIATURA EM ENGENHARIA MECÂNICA 2000 Luisa Costa Sousa 1 ÍNDICE: 1 INTRODUÇÃO 3 1.1 A estrutura do algoritmo e do respectivo programa 4

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Apostila Pascal Ed. 2006. Prof. Dr. Galeno José de Sena DMA/FEG CAPÍTULO 8

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Apostila Pascal Ed. 2006. Prof. Dr. Galeno José de Sena DMA/FEG CAPÍTULO 8 unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Apostila Pascal Ed 2006 Prof Dr Galeno José de Sena DMA/FEG CAPÍTULO 8 ARQUIVOS DE DADOS EM PASCAL: ARQUIVOS SEQUENCIAIS - UMA INTRODUÇÃO 81 ARQUIVOS SEQUENCIAL E DIRETO

Leia mais

Lógica de programação é a técnica de encadear pensamentos para atingir determinado objetivo

Lógica de programação é a técnica de encadear pensamentos para atingir determinado objetivo 5/29/2009 Lógica de programação é a técnica de encadear pensamentos para atingir determinado objetivo Sumário I - CONCEITOS INICIAIS... 4 Lógica de programação... 4 Algoritmo... 4 Instrução... 5 EXERCÍCIOS...

Leia mais

Resolução De Problemas Em Informática. Docente: Ana Paula Afonso Resolução de Problemas. 1. Analisar o problema

Resolução De Problemas Em Informática. Docente: Ana Paula Afonso Resolução de Problemas. 1. Analisar o problema ALGORITMIA Resolução De Problemas Em Informática Docente: Ana Paula Afonso 2000-2001 Resolução de Problemas 1. Analisar o problema Conhecer o bem o problema Descrever o problema: subdividir, detalhar 2.

Leia mais

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C Profa. Elaine Faria UFU - 2017 Linguagem de Programação Para que o computador consiga ler um programa e entender o que fazer, este programa deve ser escrito

Leia mais

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS 782 - Programação em C/C++ - estrutura básica e conceitos fundamentais Linguagens de programação Linguagem de programação são conjuntos de palavras formais, utilizadas na escrita de programas, para enunciar

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Súmula:

PLANO DE ENSINO. Súmula: INF01211 NOME DA DISCIPLINA: Algoritmos e Programação Semestre: 2009/2 Carga horária: 4 h Créditos: 4 Professor: Luis de França G. Ferreira Súmula: Formulação de problemas, construção de algoritmos e implementação

Leia mais

Métodos de Programação I (2005/2006) 1. Ficheiro (file)

Métodos de Programação I (2005/2006) 1. Ficheiro (file) Métodos de Programação I (2005/2006) 1 Ficheiro (file) O tipo estruturado file representa, em Pascal, uma estrutura de dados capaz de armazenar dados ou resultados de qualquer outro tipo É uma estrutura

Leia mais

CONCEITOS DE ALGORITMOS

CONCEITOS DE ALGORITMOS CONCEITOS DE ALGORITMOS Fundamentos da Programação de Computadores - 3ª Ed. 2012 Editora Prentice Hall ISBN 9788564574168 Ana Fernanda Gomes Ascênsio Edilene Aparecida Veneruchi de Campos Algoritmos são

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Engenharia de CONTROLE e AUTOMAÇÃO Introdução à Linguagem C Aula 02 DPEE 1038 Estrutura de Dados para Automação Curso de Engenharia de Controle e Automação Universidade Federal de Santa Maria beltrame@mail.ufsm.br

Leia mais

Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas

Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas Estrutura de um Programa em Linguagem Algorítmica Nesse curso nós vamos utilizar a linguagem algorítmica para

Leia mais

Introdução a Programação de Jogos

Introdução a Programação de Jogos Introdução a Programação de Jogos Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição

Leia mais

Aula 4 Estruturas Condicionais

Aula 4 Estruturas Condicionais Departamento de Sistemas de Computação Universidade de São Paulo SSC 600 Introdução a Ciência de Computação I Aula 4 Estruturas Condicionais Seiji Isotani, Rafaela V. Rocha sisotani@icmc.usp.br rafaela.vilela@gmail.com

Leia mais

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C Prof. Ramon Figueiredo Pessoa 1 Variáveis e tipos Variáveis são simplesmente posições de memória que o compilador aloca ao programa Mas quantas posições

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Fábio Rodrigues / Israel Lucania

Fábio Rodrigues / Israel Lucania Fábio Rodrigues / Israel Lucania Variável é um local na memória principal, isto é, um endereço que armazena um conteúdo. Em linguagem de alto nível nos é permitido dar nomes a esse endereço, facilitando

Leia mais

Sequencial Estrutura de controlo mais simples. As instruções são executadas sequencialmente.

Sequencial Estrutura de controlo mais simples. As instruções são executadas sequencialmente. Sequencial Estrutura de controlo mais simples. As instruções são executadas sequencialmente. Com base numa condição Estruturas de decisão ou selecção Com base num selector ou de escolha múltipla Com contador

Leia mais

Procedimento. Função. Selecção Condicional - a instrução if-then-else. expressão if lógica then instrução else instrução

Procedimento. Função. Selecção Condicional - a instrução if-then-else. expressão if lógica then instrução else instrução Métodos de Programação I 2. 20 2.2.8 ESTRUTURAS DE CONTROLO Estruturas de controlo são instruções especiais em Pascal que permitem controlar o fluxo de sequência de instruções, alterando a ordem sequencial

Leia mais

Português Estruturado

Português Estruturado Português Estruturado Português Estruturado Para que o algoritmo possa ser executado por uma máquina é importante que as instruções sejam corretas e sem ambigüidades. O português estruturado é, na verdade,

Leia mais

Legibilidade do código fonte

Legibilidade do código fonte Sumário Legibilidade do código fonte Exemplos Normas Instrução switch Sintaxe e Semântica Exemplo Tipos enumerados Exemplo Programação 2007/2008 DEEC-IST 1 Legibilidade do código fonte Exemplo: Considere

Leia mais

Lógica de Programação Teoria. rogerioaraujo.wordpress.com - 1

Lógica de Programação Teoria. rogerioaraujo.wordpress.com - 1 Lógica de Programação Teoria rogerioaraujo.wordpress.com twitter: @rgildoaraujo - rgildoarauj@gmail.com 1 Tópicos Algoritmos Critérios para algoritmos Regras básicas para construção de um algoritmo Forma

Leia mais

Introdução à Programação em C. Prof. Ricardo Teixeira Tecnologia em Mecatrônica Industrial SENAI

Introdução à Programação em C. Prof. Ricardo Teixeira Tecnologia em Mecatrônica Industrial SENAI Introdução à Programação em C Prof. Ricardo Teixeira Tecnologia em Mecatrônica Industrial SENAI Linguagem C Criada em 1972 para uso no LINUX; Sintaxe base para diversas outras (Java, JavaScript, PHP, C++,

Leia mais

Algoritmos: Conceitos Fundamentais. Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza

Algoritmos: Conceitos Fundamentais. Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza Algoritmos: Conceitos Fundamentais Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza DADOS E EXPRESSÕES Uso da Informação Computador manipula informações contidas em sua memória. Classificadas

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 3ª Parte Prof. Sandra Pais Soares

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 3ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 1 3ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Fundamentos de Programação 1. Palavras Reservadas 2.

Leia mais

02. [Sebesta, 2000] Qual é o perigo potencial dos nomes que fazem distinção entre maiúsculas e minúsculas?

02. [Sebesta, 2000] Qual é o perigo potencial dos nomes que fazem distinção entre maiúsculas e minúsculas? 01. [Sebesta, 2000] Quais são as questões de projeto referentes a nomes? Nomes, Vinculações, Verificação de Tipos e Escopos 02. [Sebesta, 2000] Qual é o perigo potencial dos nomes que fazem distinção entre

Leia mais

UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS (C6/6) Curso: Informática

UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS (C6/6) Curso: Informática Programação 1 Prof. Osório Aula 05 Pag.: 1 UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS (C6/6) Curso: Informática PROGRAMAÇÃO I AULA 05 Disciplina: Linguagem

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Apêndice A. Pseudo-Linguagem

Apêndice A. Pseudo-Linguagem Apêndice A. Pseudo-Linguagem Apostila de Programação I A.1 Considerações Preliminares Os computadores convencionais se baseiam no conceito de uma memória principal que consiste de células elementares,

Leia mais

JavaScript (Elementos de Programação e Programação Básica)

JavaScript (Elementos de Programação e Programação Básica) Linguagem de Programação para Web JavaScript (Elementos de Programação e Programação Básica) Prof. Mauro Lopes 1 Objetivos Iniciaremos aqui o nosso estudo sobre a Linguagem de Programação JavaScript. Apresentaremos

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo OPERADORES Um operador é um símbolo

Leia mais

Estrutura de Dados. Introdução a Ponteiros. Prof. Gerson Borges Estrutura de Dados I 1

Estrutura de Dados. Introdução a Ponteiros. Prof. Gerson Borges Estrutura de Dados I 1 Estrutura de Dados Introdução a Ponteiros Prof. Gerson Borges Estrutura de Dados I 1 Sumário è Explicação da importância do planejamento de ensino; è Métodos e técnicas que iremos trabalhar durante o semestre;

Leia mais

Variáveis Compostas Heterogêneas. Variável Composta Heterogênea. Variável Composta Heterogênea

Variáveis Compostas Heterogêneas. Variável Composta Heterogênea. Variável Composta Heterogênea Variáveis Compostas Heterogêneas Variável Composta Heterogênea Conjunto de dados logicamente relacionados, mas de tipos diferentes. Também chamada de registro. Variável Composta Heterogênea 1 Declaração

Leia mais

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores ! Variáveis, Tipos de Dados e Operadores Engenharias Informática Aplicada 2.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) VARIÁVEL VARIÁVEL É um local lógico, ligado a um endereço físico da memória

Leia mais

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados 3. Introdução Segundo alguns especialistas, qualquer programa de computador pode ser escrito utilizando apenas três estruturas básicas: Seqüência, Condição e Repetição. Isto significa que, na construção

Leia mais

Estrutura de Dados Básica

Estrutura de Dados Básica Estrutura de Dados Básica Professor: Osvaldo Kotaro Takai. Aula 5: Registros O objetivo desta aula é apresentar os tipos de dados definidos pelo programador, bem como exibir usos comuns desses tipos de

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Linguagens de Programação Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula passada Expressões Precedência e associatividade de operador Sobrecarga de operador Expressões de modo misto Várias formas de

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If...

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Else Switch Prof. Renato Pimentel 1 Operações relacionais Operações

Leia mais

Programação I. Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias

Programação I. Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias Programação I Prof. Bruno Vilela Oliveira bruno@cca.ufes.br http://www.brunovilela.webnode.com.br Aula 08 Programação em pascal Pascal Pascal

Leia mais

Capítulo V : A Linguagem Pascal Um Tipo Estruturado de Dados: o array 18. Para limite de n até 2 (* passagens de 1 até (n-1) *)

Capítulo V : A Linguagem Pascal Um Tipo Estruturado de Dados: o array 18. Para limite de n até 2 (* passagens de 1 até (n-1) *) Capítulo V : A Linguagem Pascal Um Tipo Estruturado de Dados: o array 18 _ Métodos de Ordenamentos: Borbulhamento (BubbleSort) Estratégia: Os elementos de um vector a[1..n] estão dispostos por ordem não

Leia mais

Descrição da Linguagem Pascal Jr.

Descrição da Linguagem Pascal Jr. Descrição da Linguagem Pascal Jr. Características gerais PascalJr possui convenções de tipos igual a linguagem Pascal PascalJr suporta definições de funções Com passagem de parâmetros por valor e por referência

Leia mais

Introdução ao Fortran 90. Aula 3

Introdução ao Fortran 90. Aula 3 Introdução ao Fortran 90 Aula 3 Usando vetores e matrizes Definição Uma matriz ou vetor consiste de um conjunto retangular de elementos, todos do mesmo tipo e espécie do tipo. Uma matriz ou vetor é um

Leia mais

Slides trabalhados durante a quinta aula

Slides trabalhados durante a quinta aula Slides trabalhados durante a quinta aula prática Estruturas de Controle de Fluxo 3. Laços de repetição (continuação) Exercício: Construa um algoritmo, representando-o através de um pseudocódigo e de um

Leia mais

Agregado Homogêneo e Heterogêneo

Agregado Homogêneo e Heterogêneo Universidade Estadual de Maringá - UEM Centro de Tecnologia - CTC Departamento de Informática - DIN Fundamentos da Computação Agregado Homogêneo e Heterogêneo Prof. Yandre Maldonado - 1 Prof. Yandre Maldonado

Leia mais

Linguagens de Programação Aula 13

Linguagens de Programação Aula 13 Linguagens de Programação Aula 13 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula passada Suporte para a programação orientada a objetos 2 Na aula de hoje Programação Funcional Linguagem Haskell 3 Roteiro

Leia mais

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento Hello World Linguagem C printf("hello world!\n"); main é a função principal, a execução do programa começa por ela printf é uma função usada para enviar dados para o vídeo Palavras Reservadas auto double

Leia mais

Linguagens de Programação I

Linguagens de Programação I Linguagens de Programação I Tema # 4 Operadores em C Susana M Iglesias FUNÇÕES ENTRADA-SAÍDA I/O printf(), utilizada para enviar dados ao dispositivo de saída padrão (stdout), scanf(), utilizada para ler

Leia mais

Agregado Homogêneo e Heterogêneo. Agregado Homogêneo. Agregado Homogêneo 28/11/2015

Agregado Homogêneo e Heterogêneo. Agregado Homogêneo. Agregado Homogêneo 28/11/2015 8//0 Universidade Estadual de Maringá - UEM Centro de Tecnologia - CTC Departamento de Informática - DIN Fundamentos da Computação e Heterogêneo Prof. Yandre Maldonado - Prof. Yandre Maldonado e Gomes

Leia mais

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES Linguagem C - Introdução Linguagens de Máquina Representação numérica Difícil utilização e compreensão Específica para cada máquina Linguagens Simbólicas(Assembly)

Leia mais

Capítulo VII : A Recorrência

Capítulo VII : A Recorrência Capítulo VII : A Recorrência 1 _ Capítulo VII : A Recorrência Quando algo é definido em termos de si próprio. Ex1: O Tetraedro de Sierpinski Ex2: Fracções Contínuas Ex3: A Carpete de Sierpinski Ex4: A

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3. Revisão Estrutura de Decisão Se Então

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3. Revisão Estrutura de Decisão Se Então CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3 Revisão Estrutura de Decisão Se Então Revisão da aula anterior 1. Variáveis 2. Estrutura de um Algoritmo 3. Operadores 4. Visualg Variável Revisão da aula anterior É

Leia mais