ETAMAX. Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência. versões. principais características. Feio & Comp

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ETAMAX. Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência. versões. principais características. Feio & Comp"

Transcrição

1 ETAMAX Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência Caudais: m 3 /h alta eficiência ETAMAX, são unidades de tratamento de ar novo de elevada eficiência do tipo compacto com circuito frigorífico incorporado e de funcionamento completamente autónomo. Desenvolvida e concebida para maximizar a eficiência e reduzir o consumo energético, conseguindo um COP até 5.1. A unidade está equipada com duplo recuperador estático, recuperador activo com circuito frigorifico, sistema de arrefecimento adiabático e humidificador, sendo geridos por um sistema de controlo completo e integrado na unidade que permite seleccionar, em cada momento, qual o modo de funcionamento mais eficiente optimizando e ajustando os componentes para cada situação, de modo a conseguir sempre as mais altas eficiências nas mais diversas condições interiores e exteriores. A Unidade é do tipo Plug&Play, pronta a funcionar. Com todo equipamento já montado em fábrica para permitir uma simples instalação. versões - 5 tamanhos - Standard, com duplo recuperador de calor estático, recuperador activo com circuito frigorifico e sistema de humidificação (ETAMAX STD) - Com registo de recirculação e bateria de água(etamax ECO) -Com bateria de reaquecimento (DX) (ETAMAX DRY) principais características - Estrutura em aluminio anodizado - Painéis do tipo sandwich com 50mm - 2 recuperadores de fluxos cruzados - Circuito frigorifico com compressores scroll de modulação contínua - Ventiladores Plug Fan 1

2 ETAMAX características técnicas ETAMAX Caudal de ar nominal m 3 /h Caudal de ar mínimo m 3 /h Ventiladores standard Potência máxima absorvida nos ventiladores kw 2,2 3 5,5 7,5 15 Corrente máxima absorvida A 4 5,4 9,9 13,5 27,1 Pressão estática disponível na insuflação Pa Pressão estática disponível na extração Pa Ventiladores sobredimensionados Potência máxima do motor kw 3 4 7, Pressão estática disponível na insuflação Pa Pressão estática disponível na extração Pa Arrefecimento Recuperador estático Potência do recuperador estático (1) kw 16,2 23, ,3 100,8 Eficiência do recuperador estático (1) % 75,4 72,3 71,3 74,0 75,4 Recuperador activo Potência de arrefecimento do recuperador activo (1) kw 19,1 27,8 45,6 73,8 97,6 Potência absorvida dos compressores (1) kw 7,3 9,4 15, Corrente absorvida dos compressores (1) A 13,8 13,2 24,12 32,5 37 E.E.R. (1) 3,5 3,8 3,8 4,1 4,4 Aquecimento Recuperador estático Potência do recuperador estático (2) kw 12,5 21,9 35,6 59,2 94,24 Eficiência do recuperador estático (2) % 76, ,1 74,8 76,2 Recuperador activo Potência de aquecimento do recuperador activo (2) kw 24,2 32,1 56,8 84,6 109,8 Potência absorvida dos compressores (12 kw 7,4 8,0 17,8 19,1 22,6 Corrente absorvida dos compressores (2) A 15,9 11,3 29,1 29,2 34,7 C.O.P. (2) 3,9 4,5 3,9 4,7 4,8 ressores Tipo de compressor / nº Scroll/1 Scroll/2 Alimentação eléctrica Alimentação eléctrica ph-v-hz 400/3Ph+N/50Hz Potência Potência da bomba do circuito de arrefecimento adiabático kw 0,46 0,46 0,46 0,69 0,69 Humidificação Capacidade de humidificação g/kg Caudal de água Kg/h Bateria de aquecimento Potência da bateria de aquecimento (3) kw 25,4 33,9 60,7 102,0 133,6 Caudal de água m 3 /h 1,09 1,50 2,60 4,38 5,87 Perda de carga kpa Perda de controlo de ar na bateria Pa ) Temp. exterior 35ºC, HR 40%, Ar de extração 27ºC, HR 47,5%, arrefecimento adiabático activo 2) Temp. exterior 7ºC, HR 87%, Ar de extração 20ºC, HR 60%, humidificação adiabática activa 3) Água 70ºC-50ºC 2

3 ETAMAX versão EtaMax STD Modo de Inverno O caudal de exaustão passa por dois estágios de recuperação (duplo recuperador de fluxos cruzados) para trocar o máximo de calor proveniente do fluxo de exaustão com o fluxo de ar novo, passando de seguida pelo evaporador aproveitando a restante energia calorífica para aumentar a eficiência da bomba de calor. O caudal de ar novo começa também por passar em dois estágios de aquecimento (duplo recuperador de fluxos cruzados) e será re-aquecido pelo condensador para a temperatura de insuflação desejada, podendo ainda ser aquecido através de uma bateria de água quente (opcional). (free cooling com by-pass aberto) Apenas parte do caudal de exaustão passara no duplo recuperador, o registo by-pass será controlado de forma a garantir a temperatura de insuflação desejada. (free cooling com by-pass parcial) Caudal de exaustão será conduzido para o exterior sem qualquer troca de calor com o caudal de ar novo. Da mesma forma que o caudal de ar novo será conduzido directamente para o interior. (arrefecimento adiabático) com o fluxo de ar novo. Deste modo a eficiência energética é maximizada, o caudal de insuflação é arrefecido até a temperatura desejada sem intervenção do circuito frigorífico. Modo de Verão (temperaturas extremas) com o fluxo de ar novo. O caudal de ar novo começa também por passar em dois estágios de arrefecimento (duplo recuperador de fluxos cruzados) e será re-arrefecido pelo evaporador para temperatura de insuflação desejada. 3

4 ETAMAX versão EtaMax DRY Modo de Inverno O caudal de exaustão passa por dois estágios de recuperação (duplo recuperador de fluxos cruzados) para trocar o máximo de calor proveniente do fluxo de exaustão com o fluxo de ar novo, passando de seguida pelo evaporador aproveitando a restante energia calorífica para aumentar a eficiência da bomba de calor. O caudal de ar novo começa também por passar em dois estágios de aquecimento (duplo recuperador de fluxos cruzados) e será re-aquecido pelo condensador para temperatura de insuflação desejada, podendo ainda ser aquecido através de uma bateria de gás quente (standard). (free cooling com by-pass aberto) Apenas parte do caudal de exaustão passara no duplo recuperador, o registo by-pass será controlado de forma a garantir a temperatura de insuflação desejada. (free cooling com by-pass parcial) Caudal de exaustão será conduzido para o exterior sem qualquer troca de calor com o caudal de ar novo. Da mesma forma que o caudal de ar novo será conduzido directamente para o interior. (arrefecimento adiabatico) com o fluxo de ar novo, Deste modo a eficiência energética é maximizada, o caudal de insuflação é arrefecido até a temperatura desejada sem intervenção do circuito frigorífico. Modo de Verão (temperaturas extremas) com o fluxo de ar novo. O caudal de ar novo começa também por passar em dois estágios de arrefecimento (duplo recuperador de fluxos cruzados) e será re-arrefecido pelo evaporador para temperatura de insuflação desejada. Sendo ainda possível caso necessário usar a bateria a gás (standard) para um acerto preciso na temperatura de insuflação. 4

5 ETAMAX versão EtaMax ECO Modo de Inverno O caudal de exaustão passa por dois estágios de recuperação (duplo recuperador de fluxos cruzados) para trocar o máximo de calor proveniente do fluxo de exaustão com o fluxo de ar novo, passando de seguida pelo evaporador aproveitando a restante energia calorífica para aumentar a eficiência da bomba de calor. O caudal de ar novo começa também por passar em dois estágios de aquecimento (duplo recuperador de fluxos cruzados) e será re-aquecido pelo condensador para temperatura de insuflação desejada, podendo ainda ser aquecido através de uma bateria de água quente (standard). Modo de Inverno (Recirculação total) Para um rápido aquecimento do espaço interior, no arranque a ETAMAX Eco pode iniciar no modo de recirculação total. Podendo ser também re-aquecido através de uma bateria de água quente (opcional). (free-cooling com by-pass aberto) Apenas parte do caudal de exaustão passara no duplo recuperador, o registo by-pass será controlado de forma a garantir a temperatura de insuflação desejada. (free-cooling com by-pass parcial) Caudal de exaustão será conduzido para o exterior sem qualquer troca de calor com o caudal de ar novo. Da mesma forma que o caudal de ar novo será conduzido directamente para o interior. (arrefecimento adiabático) com o fluxo de ar novo, Deste modo a eficiência energética é maximizada, o caudal de insuflação é arrefecido até a temperatura desejada sem intervenção do circuito frigorífico. 5

6 ETAMAX versão EtaMax ECO Modo de Verão (Recirculação total) Para um rápido arrefecimento do espaço interior, no arranque a ETAMAX Eco pode iniciar no modo de recirculação total. Modo de Verão (temperaturas extremas) com o fluxo de ar novo. O caudal de ar novo começa também por passar em dois estágios de arrefecimento (duplo recuperador de fluxos cruzados) e será re-arrefecido pelo evaporador para temperatura de insuflação desejada. LCC (life cycle cost) O LCC life cycle cost de uma unidade de tratamento de ar revela que o seu investimento inicial é de aproximadamente apenas 15% face ao seu custo global durante o período de funcionamento, os restantes 80% são o custo energético durante a sua utilização e apenas uma pequena parte na sua manutenção 5%. Por conseguinte, é quase obrigatório escolher as unidades com baixissimo consumo de energia, para conseguir a maior eficiência possivel reduzida ao longo do ciclo de vida do aparelho. * A simulação LCC representada mostra a EtaMax e uma solução tradicional. Investimento 15% Manutenção 5% 100% 75% 50% 25% Energia 80% 0% Solução tradicional EtaMax *A simulação referida corresponde à média das condições climáticas de Bolzano (Norte de Itália). Os dados são indicativos e referem-se a um ciclo de vida de 10 anos 6

7 ETAMAX características construtivas Estrutura As unidades de tratamento de ar são do tipo modular, para montagem no exterior, com estrutura em perfil de alumínio (UNI 6060), painéis tri-compostos de 50 mm de espessura fixos à estrutura através de perfis de compressão, facilmente desmontáveis. Desta forma assegura-se uma pressão constante ao longo dos painéis para máxima estanquidade, bem como a ausência de parafusos de fixação, minimizando os pontos de corrosão e/ou fugas de ar. Os painéis são construídos, na face exterior, em aço galvanizado pintado a epoxy poliester e isolados com poliuretano injectado com uma densidade de 42 kg/m3. A configuração dos perfis e dos painéis é constituída por uma superfície interior totalmente lisa de forma a evitar a acumulação de poeiras e permitir uma fácil limpeza. As unidades possuem uma base de apoio em perfis de aço galvanizado com 120mm de altura. Secção de recuperação de calor estática Esta secção está equipada com dois estágios de recuperação de calor através de recuperadores de calor do tipo placas de fluxos cruzados de alta eficiência montados em série que permitirão a recuperação de calor sensível da extracção do ar para a insuflação. As placas são de alumínio e vedadas entre si com um material elástico resistente à temperatura para eliminar qualquer possibilidade de contaminação do ar novo. Esta secção ainda possui um tabuleiro de recolha de condensados em alumínio. Os painéis laterais do módulo são facilmente amovíveis para permitir as operações de limpeza, manutenção e desinfecção. Secção de ventilação A secção de ventilação é equipada com ventilador do tipo centrífugo de dupla aspiração com transmissão por correias ou do tipo plug fan centrífugo de simples aspiração, com pás de curvatura recuada, motorizado directamente por motor eléctrico trifásico, tipo B3, de elevada eficiência EFF1. O ventilador é equipado com um sistema de medição de caudal que permitirá a sua monitorização. O conjunto ventilador e motor é montado sobre uma base comum, assente na estrutura inferior da unidade em apoios anti-vibráticos. Esta secção esta provida de porta de acesso e inspecção suportada por dobradiças em nylon reforçado a fibra de vidro, sendo os fechos do tipo ¼ de volta do mesmo material. Após a porta de acesso e inspecção, existe uma rede de protecção, fixa por parafusos à estrutura da unidade. Secção de filtragem São previstas na unidade duas secções de filtragem, uma no ar novo e outra no ar extraído, aplicadas sempre a montante da secção de recuperação de calor. Sendo a secção de filtragem do ar novo ser constituída por um filtro plano classe G4 e um filtro de bolsas classe F7 ou F9 de acordo com a norma EN 779, e a do ar extraído por um filtro plano classe G4 de acordo com a norma EN 779. O caixilho do elemento filtrante é seguro por meio de molas de aperto rápido. Estas secções são previstas de fábrica com orifícios com acabamento em nylon para facilitar a ligação do manómetro ou pressostato que permita controlar o estado dos filtros, e estão providas de porta de acesso e inspecção suportada por dobradiças em nylon reforçado a fibra de vidro, sendo os fechos do tipo ¼ de volta do mesmo material. Secção de recuperação de calor activa Constituída por bomba de calor, optimizada para o refrigerante R410a, integrada nos fluxos de ar de extracção e insuflação, permitindo o seu funcionamento sempre em condições mais favoráveis que as condições exteriores. osta por compressores herméticos do tipo scroll com modulação continua de capacidade, de forma a garantir a máxima eficiência energética, mesmo a cargas parciais, permutadores de calor em tubos de cobre com alhetas de alumínio, válvula de 4 vias para inversão do ciclo de funcionamento, depósito de líquido, filtro secador, dupla válvula de expansão electrónica, tomada de carga na linha de líquido e gás, válvulas de retenção, pressostatos de alta e baixa pressão. Os permutadores de calor são equipados com tabuleiros de recolha de condensados em alumínio. Secção de humidificação Secção de humidificação no fluxo de ar de insuflação através água atomizada. A secção de humidificação está equipada com um tabuleiro de recolha de condensados em alumínio. Sistema de arrefecimento adiabático Secção de arrefecimento adiabático, com água atomizada no fluxo de extracção, composto por pulverizadores auto limpantes e grupo de bombagem de alta pressão, que permite optimizar a permuta de calor nos recuperadores estáticos melhorando a sua eficiência. A secção de arrefecimento adiabático está equipada com um tabuleiro de recolha de condensados em alumínio. Controlo A unidade é fornecida com controlo completo integrado e montado de fábrica, com todos os componentes necessários ao seu correcto funcionamento, nomeadamente: - Quadro eléctrico de controlo e potência com certificado CE - Pressostatos para controlo do estado dos filtros - Sensores de pressão associados a cada ventilador, para monitorização do caudal - Sondas de temperatura - Variadores de frequência - Microprocessador para controlo do funcionamento da unidade, efectuado o controlo do caudal, monitorização do estado de colmatação dos filtros e monitorização das temperaturas de ar novo, de retorno e insuflação, controlo do funcionamento do sistema de recuperação activo, controlo do sistema de humidificação e arrefecimento adiabático, entre outras funções. Permitindo, via porta de comunicação RS 485, a ligação a sistemas de gestão centralizada com protocolo Modbus. A alimentação eléctrica da unidade será efectuada através de apenas um ponto de ligação a 400 V / 3 Ph / 50 Hz, funcionando o circuito de controlo com alimentação eléctrica de 24 V, que deverá ser gerada por transformador incluído no quadro eléctrico da unidade. 7

8 ETAMAX dimensões e pesos A L P ETAMAX A mm L mm P mm Peso Kg sa R. Domingos Ferreira da Costa nº Z.I. da Maia I, Sector VIII Gemunde Maia T F E 8

Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2. Recuperadores de Energia RECUP...3.6. Recuperadores de Energia RIS P...3.8

Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2. Recuperadores de Energia RECUP...3.6. Recuperadores de Energia RIS P...3.8 Índice Recuperadores de Energia Recuperadores de Energia Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2 Recuperadores de Energia RECUP...3.6 Recuperadores de Energia RIS P...3.8 Unidade de Fluxos Cruzados EBF...3.11

Leia mais

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada ventilação Tempérys caixa de insuflação com revestimento duplo e bateria de aquecimento eléctrico Pack Tempérys caixa de insuflação + caixa de extracção com revestimento duplo, sistema de comando e de

Leia mais

Características Unidades Exteriores (Condições Eurovent)

Características Unidades Exteriores (Condições Eurovent) LG SINGLE A (1 ) UNIDADE EXTERIOR As unidades exteriores referenciadas UUxxWH marca LG, são unidades bomba de calor (Modo Reversível) de expansão directa a operar com o fluído frigorigénio R410A. A unidade

Leia mais

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 ventilação Défumair XTA caixa de desenfumagem à transmissão F400-120 vantagens Desempenhos optimizados. Modularidade: 4 versões possíveis. Construção monobloco.

Leia mais

RECUPERADORES DE CALOR DE FLUXO CRUZADO Série CADB/T-N F7+F7

RECUPERADORES DE CALOR DE FLUXO CRUZADO Série CADB/T-N F7+F7 Recuperadores de calor, com permutador de fluxos cruzados, certificado por EUROVENT, montados em caixas de aço galvanizado plastificado de cor branca, duplo painel com isolamento interior termoacústico

Leia mais

Série CAD HE MINI NOVIDADE CAD HE MINI. Recuperadores de calor

Série CAD HE MINI NOVIDADE CAD HE MINI. Recuperadores de calor RECUPERADORES DE CALOR DE CONTRA-FLUXO DE ALTO RENDIMENTO Série NOVIDADE com permutador de contra-fluxo de alto rendimento (até 92%), montados em caixa de aço galvanizado plastificado de cor branca, de

Leia mais

Armário Outdoor com. Free Cooling ou Ar Condicionado. www.facemate.net

Armário Outdoor com. Free Cooling ou Ar Condicionado. www.facemate.net Armário Outdoor com Free Cooling ou Ar Condicionado NOTAS Os armários outdoor estão desenhados para instalação em ambientes de exterior sujeitos a condições de chuva, vento, calor ou radiação solar. O

Leia mais

Principais equipamentos utilizados nos sectores dos edifícios e da industria (a ter em consideração na análise energética) L. F.

Principais equipamentos utilizados nos sectores dos edifícios e da industria (a ter em consideração na análise energética) L. F. Principais equipamentos utilizados nos sectores dos edifícios e da industria (a ter em consideração na análise energética) L. F. Roriz 1. Tipo de instalações A análise energética pode ter que cobrir os

Leia mais

Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência

Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência Gama 04 Gama de 2013 O que é Therma V? 06 O que é Therma V? Vantagens Therma V 08 Elevada Eficiência Energética 10 Programação Semanal 12 Instalação

Leia mais

ESQUENTADORES SENSOR GREEN

ESQUENTADORES SENSOR GREEN ESQUENTADORES SENSOR GREEN SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice A eficiência na produção de água quente em grandes quantidades 03 Aplicações e Utilizações 05 Benefícios para o Instalador 06 Líder em Tecnologia

Leia mais

Bombas de Calor. O calor é o nosso elemento

Bombas de Calor. O calor é o nosso elemento Bombas de Calor 2º Seminário PPGS Carlos Barbosa TT/SPO-TRTR 1 Bombas de Calor Geotérmicas Índice Definições Funcionamento Performance Instalação Fontes de Problemas 2 Definições Definição de bomba de

Leia mais

Guia de declaração para equipamentos de AVAC&R. (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010)

Guia de declaração para equipamentos de AVAC&R. (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010) (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010) ÍNDICE 1 Objectivo... 3 2 Porquê esta legislação?... 3 3 Quem está abrangido?... 3 4 Quais os equipamentos abrangidos?... 3 5 Dúvidas frequentes... 5 5.1 Equipamentos

Leia mais

Água Quente. Supraeco W Supraeco W OS. Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. julho 2014. Conforto para a vida

Água Quente. Supraeco W Supraeco W OS. Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. julho 2014. Conforto para a vida Supraeco W Supraeco W OS Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. Água Quente julho 0 Conforto para a vida Bombas de calor SUPRAECO energia água quente ar-água confortopoupança eficiênciacop calor

Leia mais

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto.

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto. Hottes > hottes tradicionais grande conforto cozinhas Mezzo Compensação hotte de cozinha tradicional Conforto vantagens Compensação integrada. Filtros de choque montados de série. Iluminação encastrada

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

Equipamentos primários. L. Roriz

Equipamentos primários. L. Roriz Equipamentos primários L. Roriz Unidades de Arrefecimento Unidades de Arrefecimento de Ar Unidades Produtoras de Água Refrigerada Sistemas de compressão de vapor Sistemas de expansão directa Sistemas utilizando

Leia mais

PAINEIS SOLARES MEGASUN

PAINEIS SOLARES MEGASUN PAINEIS SOLARES MEGASUN Há mais de uma década a actuar no sector do aquecimento doméstico, a Jaqueciprolar é importador e representante dos Painéis Solares MEGASUN. A MEGASUN é um conceituado fabricante

Leia mais

BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Um novo grau de eficiência Sistemas eficientes de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio

Leia mais

SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS

SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS Gás Climatização

Leia mais

Compressores de pistão AIRBOX/AIRBOX CENTER

Compressores de pistão AIRBOX/AIRBOX CENTER www.kaeser.com Compressores de pistão AIRBOX/ Caudal, a,9 m /min, pressão, bar O que espera de um compressor de pistão? A resposta é simples: sobretudo, elevada rentabilidade e fiabilidade. Parece ser

Leia mais

Unidades, Grandezas e Propriedades

Unidades, Grandezas e Propriedades 1 Refrigeração I Bases e Fundamentos Unidades, Grandezas e Propriedades Capítulo I Figura I.4 Equivalência entre as Escalas de Temperaturas Onde a cor é fundamental 2 Figura I.9 Diagrama Temperatura Entalpia

Leia mais

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação PT Customers. The core of our innovation Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação Tecnologias Piovan para Refrigeração: Chillers com compressores scroll

Leia mais

Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC

Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC Qualidade do Ar Interior Novas Problemáticas Novas Politicas Novas Práticas Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC José Luís Alexandre jla@fe.up.pt DEMEGI FEUP Expornor Porto,

Leia mais

24 25 e 29 25 e 29 25 e 31 25 e 31 25 a 31 25 e 29. sim sim sim. não não sim. atmosférico. atmosférico. mural interior.

24 25 e 29 25 e 29 25 e 31 25 e 31 25 a 31 25 e 29. sim sim sim. não não sim. atmosférico. atmosférico. mural interior. a gás gama completa CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Tipo de Equipamento Potência (kw) Tipo de Combustível Aquecimento (alta temperatura) Aquecimento (baixa temperatura) AQS Instantânea AQS Acumulação Incorporada

Leia mais

Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização

Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização 1. Introdução 1.1. O presente documento, descreve os requisitos particulares referentes à certificação de técnicos

Leia mais

a excelência do clima sistemas VRF

a excelência do clima sistemas VRF a excelência do clima VRF UNIDADES INTERIORES 5 MODELOS / 37 VERSÕES UNIDADES EXTERIORES 3 MODELOS / 36 VERSÕES Mural Cassette 4 vias Mini - VRF VRF VRF Plus Parede / Tecto Módulos Básicos Módulos Básicos

Leia mais

geradores de ar quente soluções à sua medida

geradores de ar quente soluções à sua medida soluções à sua medida O gerador de ar quente é um equipamento que serve para fazer aquecimento de ar. Este ar pode ser impulsionado directamente para a divisão a aquecer ou canalizado por um sistema de

Leia mais

Compressores portáteis

Compressores portáteis Compressores portáteis Mobilair M 13 M 15 M 17 Compressores de parafuso portáteis com perfil Sigma Caudal: 0,75 a 1,6 m³/min. M13 M15 M17 Compactos e potentes O nível de desempenho não depende do tamanho,

Leia mais

Série COMPACT tubular TCBB / TCBT Hélice de alumínio

Série COMPACT tubular TCBB / TCBT Hélice de alumínio COMPACT TCBB/TCBT VENTILADORES HELICOIDAIS TUBULARES Série COMPACT tubular TCBB / TCBT Hélice de alumínio Ventiladores axiais tubulares de virola com tratamento anti-corrosão por cataforésis e pintura

Leia mais

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar VIESMANN VITOSOLIC Controlador para sistemas de energia solar Nº de referência e preços: ver lista de preços VITOSOLIC 100 Controlador electrónico por diferença de temperatura Para sistemas com produção

Leia mais

Diversos tipos e construções de Unidades de Tratamento de Ar, UTA ou UTAN, com serpentina de expansão directa, para associar a

Diversos tipos e construções de Unidades de Tratamento de Ar, UTA ou UTAN, com serpentina de expansão directa, para associar a 1 Diversos tipos e construções de Unidades de Tratamento de Ar, UTA ou UTAN, com serpentina de expansão directa, para associar a sistemas de VRF (outros) 2 UTA / UTAN de baixo perfil ou modulares com ou

Leia mais

CATÁLOGO CATÁLOGO. 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação

CATÁLOGO CATÁLOGO. 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação CATALOGUE CATÁLOGO CATÁLOGO 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação ÍNDICE BOMBAS DE CALOR AUDAX bombas de calor ar/água, monofásicas, com inversão de ciclo NOVO p. 6 Integrador de sistemas,

Leia mais

AR CONDICIONADO WWW.ZANTIA.COM

AR CONDICIONADO WWW.ZANTIA.COM WWW.ZANTIA.COM INDÍCE 02 06 10 13 VENTILO 17 VENTILAÇÃO 20 UNIDADES DE 22 DE Possíveis alterações ao catálogo sem aviso prévio. Aos preços indicados, acresce IVA à taxa legal em vigor. A gama de Ar Condicionado

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO FL.: 1/8 SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO SISTEMA DO AR CONDICIONADO CENTRO DE CULTURA, MEMÓRIA E ESTUDOS DA DIVERSIDADE SEXUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. LOJAS 515 e 518 - METRÔ REPÚBLICA

Leia mais

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Produzidos com os melhores componentes disponíveis no mundo e projetados com foco em economia de energia e facilidade de operação e manutenção,

Leia mais

www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min.

www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min. www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min. Made in Germany Os MOBILAIR compressores portáteis da KAESER COMPRESSORES são

Leia mais

BOMBAS DE CALOR AR/ÁGUA CLIMAECO

BOMBAS DE CALOR AR/ÁGUA CLIMAECO BOMBAS DE CALOR AR/ÁGUA CLIMAECO SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor Ar/Água. Uma tecnologia de futuro Sistema de climatização integrado e eficiente 03 Serviços de Apoio ao Cliente 04 Princípio

Leia mais

Ficha de identificação da entidade participante

Ficha de identificação da entidade participante Ficha de identificação da entidade participante Instituição Designação Instituto Superior Técnico Professor responsável João Toste Azevedo Contacto 218417993 Email toste@ist.utl.pt Técnico responsável

Leia mais

Manutenção de Equipamentos de Ar Condicionado

Manutenção de Equipamentos de Ar Condicionado Manutenção de Equipamentos de Ar Condicionado Pedro Miranda Soares Manutenção de Equipamentos de Ar Condicionado Tal como todos os equipamentos mecânicos, o Ar Condicionado necessita da sua manutenção

Leia mais

Homologado pelos fabricantes de equipamentos

Homologado pelos fabricantes de equipamentos Homologado pelos fabricantes de equipamentos Confiabilidade e durabilidade são indispensáveis. A suspensão de uma sessão de radioterapia ou a perda de hélio em uma ressonância magnética precisam ser evitadas

Leia mais

Ventilação na Restauração

Ventilação na Restauração Ventilação na Restauração As deficiências na climatização e na exaustão de fumos dos Restaurantes são um problema frequente. Muitas vezes há deficiente extracção de fumos, com caudais de ar insuficientes,

Leia mais

CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS

CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS Torre de Mundão - Mundão - 3505-576 Viseu - Portugal Tel.: (+351) 232 440 061 - Fax: (+351) 232 440 063 Tlm: (+351) 917 570 415 - (+351)

Leia mais

CALDEIRAS MURAIS DE CONDENSAÇÃO

CALDEIRAS MURAIS DE CONDENSAÇÃO CALDEIRAS MURAIS DE CONDENSAÇÃO BIOS CLASSE 5 NO X MELHORAR A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA É UMA DAS GRANDES METAS DA NOSSA SOCIEDADE NO SÉCULO XXI. A GAMA BIOS, BASEADA NA TECNOLOGIA DA CONDENSAÇÃO É UM DOS

Leia mais

Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar Condicionado. TREx Executado=Projectado Total acordo nas alterações

Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar Condicionado. TREx Executado=Projectado Total acordo nas alterações 7 as JORNADAS DE CLIMATIZAÇÃO Verificação do Comissionamento e da Manutenção Certificados Energéticos e da QAI do SCE Ernesto F. Peixeiro Ramos Ordem dos Engenheiros 8 de Novembro de 2008 Associação Portuguesa

Leia mais

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares INDICE Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro G para aspiração directa ou aspiração à distância Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro

Leia mais

CDP. Desumidificação de ar para piscinas

CDP. Desumidificação de ar para piscinas CDP Desumidificação de ar para piscinas Desumidificação eficiente para ambientes agressivos Em piscinas, spas, zonas de chuveiros a ginásios onde a humidade relativa é elevada e as condensações podem reduzir

Leia mais

Recuperadores VNMARR. Permutadores standard. Recuperadores de calor com bateria 166. Recuperadores de calor com bateria e humidiicação

Recuperadores VNMARR. Permutadores standard. Recuperadores de calor com bateria 166. Recuperadores de calor com bateria e humidiicação Recuperadores VNMARR 164 Permutadores standard 166 Recuperadores de calor com bateria 166 168 Recuperadores de calor com bateria e humidiicação 169 Kit de conexão para climatizadores Digital Inverter 168

Leia mais

Sistema solar. Porquê Vaillant? Para aproveitar toda a energia do sol na sua casa. aurostep plus 150, 250 e 350. Porque o futuro é

Sistema solar. Porquê Vaillant? Para aproveitar toda a energia do sol na sua casa. aurostep plus 150, 250 e 350. Porque o futuro é Sistema solar Porquê Vaillant? Para aproveitar toda a energia do sol na sua casa aurostep plus 50, e 350 Porque o futuro é aurostep plus simples e eficaz sistema solar aurostep plus O sistema aurostep

Leia mais

Máquinas de Secar Roupa

Máquinas de Secar Roupa Design. Cada centímetro que vê num aparelho Balay, representa uma enorme dedicação em termos de design, ergonomia e adaptabilidade ao seu dia a dia. Um dos nossos principais objectivos é aliar a facilidade

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Depósitos Gama S ZB-Solar. www.vulcano.pt. Novembro 2014

FICHA TÉCNICA. Depósitos Gama S ZB-Solar. www.vulcano.pt. Novembro 2014 Departamento Comercial e Assistência Técnica: Av. Infante D. Henrique, lotes 2E-3E - 1800-220 LISBOA * Tel.: +351.218 500 300 Novembro 2014 FICHA TÉCNICA Depósitos Gama S ZB-Solar www.vulcano.pt FICHA

Leia mais

CALDEIRA MURAL A GÁS CM ACUMULAÇÃ DINÂMICA Conforto inteligente Agora com H-MD Alta modulação para um maior conforto e poupança Novo Acumulação dinâmica melhorada para o utilizador de água quente mais

Leia mais

Aplicação de Chillers a 4 tubos em Hotéis

Aplicação de Chillers a 4 tubos em Hotéis Aplicação de Chillers a 4 tubos em Hotéis Lisboa, 27 de Outubro de 2011 - Funcionamento de chillers 4 tubos AERMEC-NRP - Especificações hidráulicas - Avaliação energética de soluções em hotéis Chillers

Leia mais

Todas as unidades são testadas na fábrica antes de serem vendidas! (Possibilidade de assistir aos testes)

Todas as unidades são testadas na fábrica antes de serem vendidas! (Possibilidade de assistir aos testes) 1 Todas as unidades são testadas na fábrica antes de serem vendidas! (Possibilidade de assistir aos testes) ISO 9001 Quality Management System ISO 14001 Environmental Management System 2 Sazonalidade das

Leia mais

Projecto de instalações mecânicas Novo Edifício do call center da PT em Santo Tirso

Projecto de instalações mecânicas Novo Edifício do call center da PT em Santo Tirso por Isabel Sarmento e Marco Quaresma (Afaconsult) grafismo AVAC João Fitas Projecto de instalações mecânicas Novo Edifício do call center da PT em Santo Tirso O novo Edifício do CallCenter da PT localizar-se-á

Leia mais

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios Datasheet Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios 2011 Armários 19 de Pavimento Qualidade de construção Desde o conceito até ao mais pequeno pormenor. Os produtos Facemate são cuidadosamente projectados

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Pág.1/12

CADERNO DE ENCARGOS. Pág.1/12 Manutenção do Sistema de climatização dos edifícios escolares da responsabilidade do Município, manutenção do Sistema de AVAC do Arquivo Municipal Alfredo Pimenta e manutenção do sistema de AVAC da Divisão

Leia mais

Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado

Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado 2015 Esta gama de produtos está destinada às tubagens flexíveis e rígidas para ventilação, ar condicionado e aquecimento. Tubos flexíveis Alumínio Compacto - página

Leia mais

Equipamento: Chiller

Equipamento: Chiller Equipamento: Chiller Limpeza/lavagem de condensadores Medições e registos de temperatura e pressões de água Medição e registo de consumos dos compressores, reajustes dos térmicos, medições e registos de

Leia mais

AQUASTAR GREEN S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E

AQUASTAR GREEN S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E CALDEIRAS MURAIS DE CONDENSAÇÃO AQUASTAR GREEN S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E Índice Gama Aquastar Green Condensação: Vantagens e características NOVO A nova caldeira mural de condensação Aquastar

Leia mais

Tecnologia dos Esquentadores Termostáticos. Outras soluções para aquecimento de água

Tecnologia dos Esquentadores Termostáticos. Outras soluções para aquecimento de água Tecnologia dos Esquentadores Termostáticos. Outras soluções para aquecimento de água 2 ÍNDICE Grupo Bosch no Mundo Bosch Termotecnologia Tendências Produtos Vulcano 3 2. Bosch Termotecnologia 2.5. Centros

Leia mais

Self Wall Mounted. Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60

Self Wall Mounted. Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60 Self Wall Mounted Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60 Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 INTRODUÇÃO...3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS GERAIS...5 DADOS ELÉTRICOS...6 DADOS DIMENSIONAIS...6 CIRCUITO FRIGORÍFICO...9

Leia mais

Série MAX-TEMP CTHB / CTHT

Série MAX-TEMP CTHB / CTHT MAX-TEMP TH/THT - TV/TVT EXTRATORES ENTRIFUGOS DE TELHADO DE DESARGA HORIZONTAL Série MAX-TEMP TH / THT Accendedor de chaminés Homologação conforme norma EN12101-3 ertificação nº 0370-PD-0347 O N T I N

Leia mais

Resfriadores Evaporativos BRISBOX

Resfriadores Evaporativos BRISBOX Características do Produto: Resfriadores Evaporativos BRISBOX BRISBOX Aplicações Resfriadores evaporativos Munters, possuem uma ótima performance energética e podem ser aplicados em: Bingos; Boates; Academias;

Leia mais

PORTÃO SECCIONADO 2P

PORTÃO SECCIONADO 2P PORTÃO SECCIONADO 2P 1: MODELO RESIDENCIAL : 5000 x 3000 mm ( largura x altura ) Altura mínima de padieira calha dupla ( HPcdmin) : 200 mm Altura mínima Padieira calha simples ( HPcsmin): 375 mm Largura

Leia mais

Economy Standard Comfort. Perda térmica (W/K) 2,38 2,72 3,27 3,48 3,80 Perda térmica (kwh/24h) (3) 2,28 2,61 3,14 3,34 3,64

Economy Standard Comfort. Perda térmica (W/K) 2,38 2,72 3,27 3,48 3,80 Perda térmica (kwh/24h) (3) 2,28 2,61 3,14 3,34 3,64 4 Informação técnica As seguintes tabelas e desenhos fornecem uma vista geral sobre as dimensões e os valores característicos mais importantes da SolvisMax Gás e da SolvisMax Gás Pur. 4.1 Volumes e perdas

Leia mais

MANUAL DA TORRE ARREFECIMENTO

MANUAL DA TORRE ARREFECIMENTO MANUAL DA TORRE ARREFECIMENTO Novembro de 2011 Índice 1. Regras básicas na realização da experiência... 2 2. Objectivos das experiências... 3 3. Descrição do equipamento... 4 3.1. Torre... 5 3.2. Pulverizadores

Leia mais

23/06/2010. Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica. Roberto Lamberts

23/06/2010. Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica. Roberto Lamberts Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica Roberto Lamberts Oficina 09 junho de 2010 1 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES Publicação: junho de 2009. EDIFÍCIOS ETIQUETADOS CETRAGUA

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED

CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED Capacidade de 3 a 50TR Estrutura em perfil de alumínio extrudado Tampas rechapeadas e facilmente removíveis Pintura eletrostática a pó Várias opções de montagem e acabamentos

Leia mais

Manual de apoio a curso EFA. Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012

Manual de apoio a curso EFA. Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012 1 Manual de apoio a curso EFA Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012 UFCD 1295 - Instrumentação e controlo - princípios básicos da regulação e complementos de instrumentação Controlos

Leia mais

COMPRESSORES DE PARAFUSO ROTATIVO DE INJECÇÃO DE ÓLEO. GA 7-37 VSD+ (7-37 kw/10-50 hp)

COMPRESSORES DE PARAFUSO ROTATIVO DE INJECÇÃO DE ÓLEO. GA 7-37 VSD+ (7-37 kw/10-50 hp) COMPRESSORES DE PARAFUSO ROTATIVO DE INJECÇÃO DE ÓLEO GA 7-37 VSD+ (7-37 kw/10-50 hp) O NOVO COMPRESSOR REVOLUCIONÁRIO DA ATLAS COPCO Com o seu inovador design vertical, o compressor GA 7-37 VSD+ da Atlas

Leia mais

SISTEMAS DE AR COMPRIMIDO SISTEMAS DE PRODUÇ O DE FRIO SISTEMAS DE BOMBAGEM SISTEMAS DE VENTILAÇ O SISTEMAS DE ACCIONAMENTOS DE FORÇA MOTRIZ

SISTEMAS DE AR COMPRIMIDO SISTEMAS DE PRODUÇ O DE FRIO SISTEMAS DE BOMBAGEM SISTEMAS DE VENTILAÇ O SISTEMAS DE ACCIONAMENTOS DE FORÇA MOTRIZ Alguma informação, alguns conselhos, uma opinião? www.adene.pt www.isr.uc.pt www.ademe.fr/dexa-mcp SISTEMAS DE AR COMPRIMIDO SISTEMAS DE PRODUÇ O DE FRIO SISTEMAS DE BOMBAGEM SISTEMAS DE VENTILAÇ O O seu

Leia mais

CPAS Climatizador Self Contained de Precisão

CPAS Climatizador Self Contained de Precisão CPAS Climatizador Self Contained de Precisão O Climatizador Self Contained de Precisão é uma unidade evaporadora que incorpora compressor, evaporador, ventilador e instrumentação de proteção e controle.

Leia mais

CALDEIRAS DE CHÃO DE CONDENSAÇÃO POWER HT

CALDEIRAS DE CHÃO DE CONDENSAÇÃO POWER HT CALDEIRAS DE CHÃO DE CONDENSAÇÃO POWER HT POWER HT MELHORAR A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA É UMA DAS GRANDES METAS DA NOSSA SOCIEDADE NO SÉCULO XXI. A GAMA POWER HT, BASEADA NA TECNOLOGIA DA CONDENSAÇÃO É UM

Leia mais

INOVAÇÃO LG, O BEM-ESTAR INSTALA-SE EM SUA CASA

INOVAÇÃO LG, O BEM-ESTAR INSTALA-SE EM SUA CASA Re Re INOVAÇÃO LG, O BEM-ESTAR INSTALA-SE EM SUA CASA THERMA V, UMA SOLUÇÃO QUE VAI DE ENCONTRO ÀS EXPECTATIVAS DO PÚBLICO Grande parte dos portugueses possuem habitação própria. Em 2006, 85% do consumo

Leia mais

Manual Instalador e Utilizador Caldeira de Gaseificação a Lenha OFA WOOD GP

Manual Instalador e Utilizador Caldeira de Gaseificação a Lenha OFA WOOD GP Manual Instalador e Utilizador Caldeira de Gaseificação a Lenha OFA WOOD GP ÍNDICE INTRODUÇÃO... 1. DESCRIÇÃO GERAL DA CALDEIRA DE GASEIFICAÇÃO A LENHA OFA WOOD GP... 2. COMPONENTES FORNECIDOS COM A CALDEIRA...

Leia mais

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo.

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo. BOLETIM DE GARANTIA (N o 05 / 2013) Código de erro do Cassete e Piso-Teto No. TIPO DESCRIÇÃO Flash Blink Código Nota 1 Falha 2 Falha 3 Falha 4 Falha 5 Falha 6 Falha Placa acusa erro no sensor de temperatura

Leia mais

DL450 - DL500. Carregadoras de rodas

DL450 - DL500. Carregadoras de rodas DL450 - DL500 Carregadoras de rodas Especificações técnicas q Motor Modelo Cummins QSM 11 Motor Common Rail com injecção directa de combustível e controlo electrónico, 4 válvulas por cilindro, injectores

Leia mais

Liebert PDX de 15 a 120 kw

Liebert PDX de 15 a 120 kw Liebert PDX de 5 a 0 kw A solução de Thermal Management para centros de dados pequenos e médios Válvula de Expansão Electrónica Eficiência Deslocamento Digital Carga Parcial icom Controlo Optimização do

Leia mais

ACIH Ar Comprimido para edifícios hospitalares

ACIH Ar Comprimido para edifícios hospitalares ACIH Ar Comprimido para edifícios hospitalares Centrais ACIH As centrais de ar comprimido industrial hospitalar, ACIH, foram desenvolvidas para satisfazer as necessidades impostas pelas normas hospitalares

Leia mais

Filtros & Mantas FILTROS: UNIVENT ABSOLUTOS DE MALHA CARVÃO ACTIVADO METÁLICOS DE BOLSAS ABSOLUTOS ENVAIR MARCAIR ZETAIR DESCARTÁVEIS

Filtros & Mantas FILTROS: UNIVENT ABSOLUTOS DE MALHA CARVÃO ACTIVADO METÁLICOS DE BOLSAS ABSOLUTOS ENVAIR MARCAIR ZETAIR DESCARTÁVEIS FILTROS: Apresentamos uma variada gama de Filtros e Mantas Filtrantes para diversas aplicações: cozinhas industriais e domésticas. ESPUMA Filtros Univent Absolutos... Página 2 Filtros De Malha... Página

Leia mais

Lista de verificações para a manutenção de caldeiras de condensação murais a gás e caldeiras de condensação compactas a gás

Lista de verificações para a manutenção de caldeiras de condensação murais a gás e caldeiras de condensação compactas a gás Lista de verificações para a manutenção de caldeiras de condensação murais a gás e caldeiras de condensação compactas a gás A partir da data de fornecimento, Outubro de 2012, é assegurada uma garantia

Leia mais

Atlas Copco Secadores de Ar de Adsorção. MD 50-2500 88-2500 l/s / 185-5297 cfm

Atlas Copco Secadores de Ar de Adsorção. MD 50-2500 88-2500 l/s / 185-5297 cfm Atlas Copco Secadores de Ar de Adsorção MD 5-25 88-25 l/s / 185-5297 cfm Capacidade total, responsabilidade total Com um papel fundamental no seu trabalho, a Atlas Copco fornece ar comprimido de qualidade

Leia mais

Idrobloc. Unidades em Stock na Fábrica. Potência de 3.5 kw; Possibilidade de trabalho com t de 2,5 ºC; Reduzidas dimensões: 990 x 450 x 450 mm; 80 kg

Idrobloc. Unidades em Stock na Fábrica. Potência de 3.5 kw; Possibilidade de trabalho com t de 2,5 ºC; Reduzidas dimensões: 990 x 450 x 450 mm; 80 kg Potência de 3.5 kw; Idrobloc Possibilidade de trabalho com t de 2,5 ºC; Reduzidas dimensões: 990 x 450 x 450 mm; 80 kg Descarga horizontal; Compressor Rotativo, apoiado em suportes anti-vibráticos Microprocessador

Leia mais

VIESMANN VITOSOL 200-F Colectores planos para aproveitamento da energia solar

VIESMANN VITOSOL 200-F Colectores planos para aproveitamento da energia solar VIESMANN VITOSOL 200-F Colectores planos para aproveitamento da energia solar Dados técnicos Nº de referência e preços: ver lista de preços VITOSOL 200-F Modelo SV2A/B e SH2A/B Colector plano para montagem

Leia mais

PS200 PS600 PS1200 ETAPUMP Altura manométrica 0-50 0-180 0-240

PS200 PS600 PS1200 ETAPUMP Altura manométrica 0-50 0-180 0-240 SISTEMAS DE BOMBAS SOLARES Existe uma relação natural entre a disponibilidade de energia solar e as necessidades de água. A necessidade de água cresce em dias de radiação elevada de sol, por outro lado

Leia mais

Apresentação Wintek.Center... 4. Programa das Ações de Formação... 3. Básico de Refrigeração e Climatização... 6

Apresentação Wintek.Center... 4. Programa das Ações de Formação... 3. Básico de Refrigeração e Climatização... 6 ÍNDICE Apresentação Wintek.Center... 4 Programa das Ações de Formação... 3 Básico de Refrigeração e Climatização... 6 Automação, Controlo e Instrumentação... 7 Electricidade de Sistemas de Refrigeração

Leia mais

Sistemas Solares VELUX. Fevereiro 2009

Sistemas Solares VELUX. Fevereiro 2009 Sistemas Solares VELUX Fevereiro 2009 Racionalidade, benefícios e economia Porquê utilizar a energia solar? Racionalidade O sol produz uma quantidade de energia que nunca seremos capazes de consumir na

Leia mais

1.1.2. Gama Platinum PLUS. Componentes opcionais GAMA PLATINUM. Caldeiras murais, de condensação, com painel digital BIOS PLUS (GRANDE POTÊNCIA)

1.1.2. Gama Platinum PLUS. Componentes opcionais GAMA PLATINUM. Caldeiras murais, de condensação, com painel digital BIOS PLUS (GRANDE POTÊNCIA) 1.1. Caldeiras murais a gás de condensação 1.1.2. Gama Platinum PLUS Componentes opcionais GAMA PLATINUM 140040385 Regulador climático programável THINK com cabos 145,00 140040437 Regulador climático programável

Leia mais

A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise

A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise A Empresa - No mercado nacional desde 1993 - Localização: Com fábrica em Vale de Cambra (50 km a

Leia mais

BOMBAS DE CALOR AR ÁGUA. Conforto durante todo o ano, com produção de águas quentes sanitárias

BOMBAS DE CALOR AR ÁGUA. Conforto durante todo o ano, com produção de águas quentes sanitárias BOMBAS DE CALOR AR ÁGUA Conforto durante todo o ano, com produção de águas quentes sanitárias CARRIER.GRUPO UNITED TECHNOLOGIES Carrier Corporation é uma subsidiária da United Technologies Corporation

Leia mais

CAS 460 2T 7,5. Número de pólos motor 2=2900 r/min 50 Hz. Intensidade máxima admissível (A) Potência instalada (kw)

CAS 460 2T 7,5. Número de pólos motor 2=2900 r/min 50 Hz. Intensidade máxima admissível (A) Potência instalada (kw) CAS CAS CAS: Ventiladores centrífugos de alta pressão e aspiração simples com revestimento e turbina em chapa de aço : Ventiladores centrífugos de alta pressão e aspiração simples com revestimento e turbina

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

Bomba como bomba de água potável altamente eficiente. Calio-Therm S. Folheto do modelo

Bomba como bomba de água potável altamente eficiente. Calio-Therm S. Folheto do modelo Bomba como bomba de água potável altamente eficiente Calio-Therm S Folheto do modelo Ficha técnica Folheto do modelo Calio-Therm S Todos os direitos reservados. Os conteúdos aqui disponibilizados não podem

Leia mais

DE UTILIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DIRETA 258

DE UTILIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DIRETA 258 CAPÍTULO 8 CONTABILIZAÇÃO DE ENERGIA E DE CONSUMO HÍDRICO >CONTABILIZAÇÃO > INDIRETA (REPARTIDORES) 48 >MÓDULOS > DE UTILIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DIRETA 5 >SATÉLITES > DE UTILIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO

Leia mais

DC Modular Otimizado para consumo mínimo de água

DC Modular Otimizado para consumo mínimo de água DC Modular Otimizado para consumo mínimo de água A água aquecida que retorna do processo ingressa no DryCooler e ao sair é recolhida em um reservatório, sendo bombeada de volta ao processo já na temperatura

Leia mais

Instruções de montagem e operação EB 2046 PT. Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212

Instruções de montagem e operação EB 2046 PT. Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212 Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212 Termóstato de Segurança Tipo 2212 Instruções de montagem e operação EB 2046 PT Edição de Março de 2010 Índice Índice 1

Leia mais

Energia Solar Térmica Ecosolar - Ecotop - Ecotube - Ecompack

Energia Solar Térmica Ecosolar - Ecotop - Ecotube - Ecompack Energia Solar Térmica Ecosolar - Ecotop - Ecotube - Ecompack Colectores Solares Equipamentos compactos Central de regulação Ecosolar Painel solar plano Provas de Certificação pelo CENER (cumpre EN-12975).

Leia mais

DAIKIN ALTHERMA FLEX TYPE

DAIKIN ALTHERMA FLEX TYPE DAIKIN ALTHERMA FLEX TYPE Aplicações residenciais e comerciais Máximo conforto Aquecimento, água quente sanitária e arrefecimento Baixos níveis de emissão de CO 2 Sistema modular www.altherma.daikin.pt

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS MODELOS MCH 1/8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA AUTOS APLICAÇÃO APLICAÇÃO Transporte vertical de veículos acompanhados do condutor, a cabina terá as dimensões adequadas

Leia mais