Híbrido para Linhas Telefônicas Digitais Entroncamento E1, Linhas Analógicas e Radiocomunicação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Híbrido para Linhas Telefônicas Digitais Entroncamento E1, Linhas Analógicas e Radiocomunicação"

Transcrição

1 1 de 33 MGRD E1 Gravador Digital de Voz Multicanal Híbrido para Linhas Telefônicas Digitais Entroncamento E1, Linhas Analógicas e Radiocomunicação Características do gravador MAMUT MGRD E1: Pode Gravar: Linhas Digitais E1; Linhas Analógicas; Radio comunicação ou qualquer fonte de áudio; Capacidade: De 01 a 16 Entroncamentos E1; De 04 a 256 Canais analógicos; Gerenciamento por Ramais e Canais Integração com PABX Compatível com Windows 7, XP e Server Não interfere no Entroncamento E1 (Conexão em paralelo) Gerenciamento Completo Local e Remoto Segurança mediante usuários e senhas Banco de Dados Firebird Expansível de acordo com as necessidades do cliente Backup automático (opcional) Produto 100% Nacional Assistência Técnica Facilitada e de Menor custo Ocupação de Espaço em Disco das Gravações Temos duas possibilidades de compactação: Nenhuma (PCM) -> arquivos de áudio gerados com 64 Kilobits Qualidade de Áudio: excelente; Ocupação de Espaço em Disco: aproximadamente 28 Mega Bytes por Hora Capacidade de Horas de Gravação na CPU CPU com HD de 1 Tera: Aproximadamente horas de Gravação GSM -> arquivos de áudio gerados com 13 Kilobits Qualidade de Áudio: Baixa; Ocupação de Espaço em Disco: aproximadamente 5,9 Mega Bytes por Hora Capacidade de Horas de Gravação na CPU com HD de 1 Tera: Aproximadamente horas de Gravação

2 2 de 33 Instalação do Gravador MGRD E1 Mamut: Conforme diagrama abaixo, o Gravador é conectado em paralelo com o Entroncamento E1 e portanto não interfere, podendo até mesmo ser desligado ou retirado da instalação do cliente sem afetar o funcionamento das linhas telefônicas. Integração do Gravador com o PABX: Como pode ser visto no diagrama acima, o Gravador utiliza a Bilhetagem do PABX para coletar as informações dos Ramais em uso e números dos telefones das chamadas originadas e recebidas. Gravando Troncos Digitais E1 mais Troncos analógicos simultaneamente Geralmente, é bastante comum as empresas que utilizam Troncos Digitais E1 também utilizarem troncos analógicos com Interfaces de Celular, ATA VoIP ou até mesmo uma linha telefônica de backup. O Gravador pode funcionar de modo híbrido, ou seja, gravando Troncos E1 mais os troncos analógicos simultaneamente. Os troncos analógicos são ligados em um Módulo MGRDE que funciona junto a CPU do MGRD E1. Instalação: Modem Tronco E1 da Operadora Existem alguns tipos de modems Autoalimentados: A alimentação chega pelo próprio par metálico da sinalização Gravador PABX Alimentação com energia elétrica: ATENÇÃO: Caso isto não seja feito, pode acarretar problema de sincronismo do gravador e o mesmo não funcionará.

3 3 de 33 Configurando o Gravador Mamut Antes de iniciar o uso do Gravador é necessário configurar o mesmo em função das necessidades do cliente. Importante: * É obrigatório a integração do Gravador com o PABX para receber a bilhetagem* Situação 1: Gravador será conectado em Troncos Digitais E1 mais Troncos Analógicos (interfaces de Celular) Neste caso: O gerenciamento será feito pelos números dos Ramais. Os ramais são relacionados em uma lista e a quantidade pode ser de 1 a Ramais. Para isto é necessário reunir algumas informações: Marca e Modelo do Pabx do Cliente: Ex: Intelbras Infinity 2, Siemens Hipath 1190, etc Meio físico da conexão da bilhetagem: Ex: Arquivo, Serial, Rede UDP, Rede TCP, etc; Ter uma amostra da bilhetagem: Para verificar como aparece os números dos ramais e troncos Ex: tronco 1 ou 001; Lista de Ramais que serão gravados: Ex: Verificar com o cliente se serão gravados todos os Ramais ou apenas alguns selecionados; Lista de Troncos Digitais que serão gravados: Ex: A numeração dos troncos E1 deve ser de acordo com o que aparece na Bilhetagem; Lista de Troncos Analógicos que serão gravados: Ex: A numeração dos troncos analógicos deve ser de acordo com o que aparece na Bilhetagem; Lista de Outros Dispositivos que serão gravados: Ex: Rádios de Comunicação (transceptores SSB, etc)

4 Gerenciando Gravações Para ouvir as gravações utilizamos o programa MGD_Gerenciador. Executando O programa Gerenciador somente funcionara se o programa Gravador estiver funcionando. Executar o programa MGD_Gerenciador, Selecionar com usuário. A senha padrão do usuário Admin é O usuário Admin não pode ser removido, pode-se apenas alterar a senha. Os usuários e senhas somente podem ser alterados no programa MGD_Gravador. Verificar a sessão do manual que trata deste tópico. Descrição das Principais funções do Programa Gerenciador. Tela do Programa Gerenciador. 4 de 33

5 5 de 33 Menu Arquivo Sair Fecha o programa. Menu Propriedades Para que o programa MGD_Gerenciador possa se comunicar com o programa MGD_Gravador deve-se informar o IP do Gravador. Campo IP do servidor de gravação Inserir o número do IP do servidor. Entende se por servidor de gravação a CPU onde esta sendo executado o programa MGD_Gravador. Caso o programa MGD_Gerenciador for executado na mesma máquina do MGD_Gravador o IP a ser informado será , este é o IP padrão.

6 Menu Sobre Exibe a versão instalada do programa Gerenciador. Botão Desconectar Encerra a conexão com o servidor atual. 6 de 33

7 7 de 33 Visualização das Gravações Colunas Canal - Exibe a lista de gravações por canais ou ramais. Hora - Exibe a hora que ocorreu a ligação. Duração - Exibe o tempo que durou a ligação. Fone - Exibe o número dos telefones. Ordenação Podemos ordenar a lista por cada uma das colunas. Ex.: Ordenar por número do ramal, ou ordenar por número do telefone, basta apontar o mouse no titulo da coluna e acionar um click duplo. Opção padrão é por horário.

8 Campo Data Selecionar uma data especifica para pesquisa das gravações navegando no calendário. O Gerenciador trabalha com registros diários das gravações. Uso dos filtros: Filtro de Ramais Todos Mostra todos os registros de todos os ramais cadastrados. Somente ramais começando com Selecionar somente os ramais que começam com o número indicado no filtro para pesquisa. Ex: Utilizar o prefixo 558 para selecionar os ramais de 5580 a de 33

9 9 de 33 Somente ramais contendo Selecionar um ramal especifico, Ex: 5581 Hora Podemos filtrar por um intervalo de horário. Selecionar a hora inicial e hora final. Ex: Entre 08:00 e 08:30 OBS.: O filtro funciona com intervalo de meia em meia hora (Ex: 8:00 a 8:30, 10:30 a 11:00, etc...)

10 10 de 33 Duração Todas Mostra qualquer intervalo de horário. Entre Seleciona um intervalo de duração de gravação, no exemplo pedimos que ele nos mostre gravações com mais de 15 minutos e menos de 40 minutos. Fone Todas Mostra todos os números de telefones. Somente números começando com Selecionar somente os telefones que começam com o número indicado no filtro para pesquisa. Ex: Utilizar o prefixo 2181 para selecionar qualquer telefone que se iniciam com esse numero.

11 11 de 33 Somente números contendo Selecionar por qualquer posição no número do telefone para pesquisa. Ex: Utilizar o prefixo 4834 para selecionar qualquer telefone que contenha essa sequência de número. Ferramentas do Gerenciador Para usar as Ferramentas do Gerenciador, é necessário selecionar a gravação com um clique duplo do mouse. Botão Exportar - Selecione a gravação e clique no botão exportar para salvá-la. Ao Exportar, clicar no botão, não ocorre nenhuma sinalização, nem mensagem, o que por vezes da a sensação de que não funcionou. Porém o programa cria uma pasta na raiz do disco e copia a gravação colocando no nome a data / horário.

12 12 de 33 Verificar no na raiz do disco onde está sendo executado o programa do gerenciador e localizar a pasta: Ex: C:\MGD_Export Abrir a pasta e verificar que o arquivo foi copiado dentro da mesma: C:\MGD_Export \206 - Suporte_ _ E.wav Este arquivo é apenas uma cópia e pode ser apagado. Se a pasta for apagada, o programa monta novamente a pasta na próxima exportação. Botão Apagar - Selecione a gravação e clique no botão apagar para excluir do gravador. OBS.: Este botão só ficará disponível para usuários administradores. Ouvindo as Gravações Selecione um registro de gravação com um clique duplo sobre o registro e acione no botão do play para ouvi-lá. Verifique no campo abaixo do botão play se aparece os dados do registro selecionado. Ex.: 4182:20/04/ :21:23

13 13 de 33 Barra de Status do Programa Gerenciador Exibe as gravações que não estão sendo listadas, para que elas sejam mostradas, basta clicar no botão atualizar. O programa Gerenciador não atualiza automaticamente a janela de registros de gravação. A medida que ocorrem novas gravações, o programa indica através de um contador no canto inferior direito, o número de registros pendentes de atualizadas. Acionar o botão atualizar para visualizar a listagem.

14 14 de 33 Executando o Programa Gravador Para que o gravador entre em funcionamento, é necessário executar o programa MGD_gravador OBS.: Antes de executar o programa Gravador verifique se a chave de segurança (dispositivo USB) enviado juntamente com o gravador pela Mamut, está conectado na CPU. Executando Acione o ícone Assim que entrar em atividade aparecerá um ícone minimizado perto do relógio do sistema (system tray) Acionar um click duplo no ícone do Mamut na barra de tarefas. Será aberta uma janela solicitando o usuário e a senha. OBS.: A senha do usuário Admin é por padrão. Permitindo acesso as funções do programa Gravador.

15 15 de 33 Descrição das funções do programa Gravador Janela Principal do Programa Gravador Aba Analógico. Estes ícones indicam que o módulo está desconectado. O programa mostra que não há conexão física (rede) com o(s) módulo(s). Janela Principal do programa Gravador - Aba Analógico - Configurações de um Canal Para gravação de troncos analógicos (ramais ou rádio). Para visualizar as Configurações de um Canal (coluna da direita), clique na linha do canal (área demarcada em azul na esquerda).

16 16 de 33 Janela Principal do programa Gravador Aba Digital - Configurações de um Canal Configuração de troncos digitais. Configurações dos canais do Entroncamento E1. Quantidade de linhas no tronco ( as operadoras oferecem troncos com 10, 15, 20 e 30 linhas). Conseguimos visualizar toda a atividade dos troncos. Ex: Começando gravação; finalizando gravação; tipos de alarmes; etc. Janela Principal do Programa Gravador - Janela de Alarme Acontecendo algum tipo de problema o programa apresentará uma janela de alerta informando o motivo do alarme. Pode ser necessário uma verificação da parte física (cabos, balum, etc...) Caso necessário, fechar a janela de alarme clicando no botão fechar [X]

17 17 de 33 Janela Principal do programa Gravador Aba Usuários Configurações dos Usuários, Senhas e permissão para monitorar Canais e Ramais. Para cada usuário poderá ser dada a permissão de monitorar somente os Canais / Ramais definidos. Um usuário, poderá ter permissão a um único Canal / Ramal, a um grupo ou a todos. Obs.: Ao cadastrar a senha do usuário, esta deverá ter no mínimo 6 dígitos, caso contrário o botão Aceitar não ficará disponivel, ou seja, não é permitida o cadastro de senha com menos de 6 digitos. Janela Principal do programa Gravador Aba Bilhetagem Esta janela indica em tempo real a bilhetagem recebida do PABX. Através da Bilhetagem obtemos a indicação de qual Ramal utilizou o Tronco, número do telefone e se a ligação foi recebida ou originada. Essa bilhetagem devera ser configurada no menu propriedades.

18 18 de 33 Janela Principal do Programa Aba Backup Essa janela mostra o backup das gravações sendo executado. O backup ocorre em duas etapas: 1-Primeiro o programa monta pastas do tamanho da mídia selecionada; 2-Pode queimar as mídias de acordo com o número de pastas; Janela Principal do Programa menu ajuda atualizar licença. Utilizada quando o ocorrer modificações de recursos no gravador, por exemplo: ampliar número de ramais, troncos, modificar condições do backup.

19 Janela Principal do programa menu ajuda Sobre Indica os direitos adquiridos para uso do gravador: Número de Ramais, Número de troncos, etc. 19 de 33

20 20 de 33 Configurações do Gravador No Menu "Propriedades" temos as janelas para configurar todo o funcionamento do Gravador. Aba "PABX" Modelo: Selecionar qual PABX do cliente; Bilhetagem: Selecionar como será a comunicação entre o gravador e o PABX do cliente, que poderá ser dependendo do modelo, via Serial, via Arquivo, via Rede (TCP ou UDP) Aba "Serial" Caso a integração seja por meio da interface serial, configurar de acordo com as condições do PABX: Porta: Na CPU do Gravador, indicar qual a porta serial física esta sendo utilizada. Na dúvida, verificar no Painel de Controle - Sistema Propriedades do Sistema - Hardware - Gerenciador de Dispositivo - Portas COM e LPT; Velocidade: Verificar no PABX, qual é a velocidade de envio dos dados pela serial. As configurações de Velocidade, Paridade e Stop Bit devem ser verificadas junto ao fabricante do PABX. Geralmente Paridade = Sem e Stop Bits = 1. Obs: A aba serial somente ficará disponível se for utilizado a configuração de bilhetagem via serial. Aba "Pasta" Caso a integração seja por meio de um programa coletor de bilhetes (Tarifador), deverá ser informada o caminho do arquivo onde está sendo gerado os bilhetes. É muito importante que se configure o programa coletor para que grave o arquivo de bilhete na mesma máquina do gravador Mamut para que não haja interferência na hora da leitura desses bilhetes. Obs: A aba pasta somente ficará disponível se for utilizado a configuração de bilhetagem via arquivo.

21 21 de 33 Integração - Lista de Pabx compatíveis (até o presente momento): A lista está sempre sendo atualizada com novos modelos de PABX e programas Tarifadores. Lista: Pabx / Modelo Alcatel: Omni Pcx Office Digistar: XT200 Ericsson: Bussiness Phone Intelbras: Impacta Intelbras: Impacta Controler Intelbras: Infinity Intelbras: Infinity 2 Intelbras: Remora Leucotron: Active Leucotron: Ision Leucotron: Taritron Leucotron: Taritron Integração Monytel: M9S Monytel: MDX 1000 DAC NEC: NEAX2 NEC: NEAX3 NEC: SV8100 Panasonic : TDE 200 Siemens: Hicom 300 Siemens: Hipath 1xxx Siemens: Hipath 3xxx Siemens Hipath 4xxx Sumus Descrição da integração para cada PABX cadastrado: Alcatel: Omni Pcx Office Bilhetagem Serial: A linha de modelos Omni Pcx Office tem alguns modelos mais antigos que tem interface serial Bilhetegem por Arquivo XML: Os modelos mais novos tem apenas a bilhetagem via rede e a Alcatel tem um coletor de bilhetes próprio que gera um arquivo XML. O programa gravador esta preparado para ler este arquivo XML. O arquivo de bilhetes deverá ser gerado numa pasta dentro da CPU do Gravador. Preferencialmente, o programa coletor deverá ser instalado na CPU do Gravador. A Mamut NÃO garante o funcionamento do gravador, com leitura do arquivo xml de bilhete, pela rede em outro computador. Prioridade de Leitura do Arquivo XML: A prioridade de leitura do Arquivo XML dos bilhetes deve ser do gravador. Se outra aplicação tentar ler simultaneamente o arquivo xml pode interferir no funcionamento do Gravador. A Mamut NÃO garante o funcionamento do gravador, com outras apliações lendo o arquivo xml de bilhete.

22 22 de Digistar: XT200 Esta central esta equipada com 2 interfaces seriais Uma para o programa MesaPC (telefonista) A segunda serial pode ser utilizada para enviar os bilhetes. Ericsson: Bussiness Phone Bilhetagem via serial. Intelbras: Impacta Neste caso a bilhetagem apenas via serial Atende aos modelos da familia Impacta (68,220,etc) Intelbras: Impacta Controler Neste caso a bilhetagem apenas via arquivo O Controler é um dos programas de tarifação da Intelbras. O Controler gera um arquivo de integração que será usado para a coleta dos bilhetes para a integração. Obs: em alguns casos o controler está instalado em outra máquina. O arquivo de bilhetes deverá ser gerado dentro da CPU do Gravador. Se existir um programa de coletor e/ou tarifador, este também deverá ser instalado na CPU do Gravador. Intelbras: Infinity Bilhetagem via arquivo Este modelo de PABX, já não é mais fabricado Intelbras: Infinity 2 Neste caso a bilhetagem é apenas via arquivo. O Controler é o programa utilizado para a integração. Intelbras: Remora Bilhetagem via arquivo Neste caso o tarifador Remora é a versão mais antiga da intelbras.

23 23 de 33 O arquivo de bilhetes deverá ser gerado dentro da CPU do Gravador. Se existir um programa de coletor e/ou tarifador, este também deverá ser instalado na CPU do Gravador. Leucotron: Active Bilhetagem via serial Bilhetagem via UDP(rede) Configurar no PABX a Porta e IP conforme figura abaixo: Em ambos os casos só pode ser usado quando não tem instalado o tarifador Taritrom instalado. Quando tem o Taritrom, não da para usar via serial. O arquivo de bilhetes deverá ser gerado dentro da CPU do Gravador. Se existir um programa de coletor e/ou tarifador, este também deverá ser instalado na CPU do Gravador. Leuocotron: Ision Bilhetagem via serial Bilhetagem via UDP(rede) Configurar o PABX para Bilhete Tipo de Bilhete S1 UDP e IP por exemplo: IP Servidor IP BroadCast Em ambos os casos só pode ser usado quando não tem instalado o tarifador Taritrom.

24 24 de 33 Quando tem o Taritron, não da para usar via serial. Neste caso o Taritron deve gerar o arquivo de integração na máquina do gravador Mamut. Leucotron: Taritron Bilhetagem somente via arquivo. O Taritron e o programa tarifador da leucotron. Taritron gera um arquivo para integração hoteleira contendo a bilhetagem Obs: em alguns casos o taritron está instalado em outra máquina. O arquivo de bilhetes deverá ser gerado dentro da CPU do Gravador. Se existir um programa de coletor e/ou tarifador, este também deverá ser instalado na CPU do Gravador. Leucotron: Taritron Integração Bilhetagem via TCP. O Taritron e o programa tarifador da leucotron. Obs: O taritron está instalado na máquina do gravador Mamut. Utilizar o IP.: porta 3030 Monytel: M9S Bilhetagem via Serial Monytel: MDX 1000 DAC Bilhetagem via Serial NEC: NEAX2 Bilhetagem via serial NEC: NEAX3 Bilhetagem via serial Bilhete sem CR - LF... NEC: SV8100 PABX sem tarifador: PABX conectado na rede, configurar o Gravador para Bilhetagem TCP, IP = ip do PABX na rede, porta (padrão NEC)

25 25 de 33 Obs.: A sinalização dos Led's durante a ligação telefônica, fica na cor vermelha. Quando for feita uma configuração do PABX, havendo a necessidade de reiniciar o PABX, o Programa Gravador precisará também ser reiniciado, para voltar a bilhetagem. PABX com Tarifador Informatec. Bilhetagem via arquivo Arquivo gerado pelo coletor COLSOCKET da empresa Informatec. O arquivo de bilhetes deverá ser gerado dentro da CPU do Gravador. Se existir um programa de coletor e/ou tarifador, este também deverá ser instalado na CPU do Gravador. Panasonic: TDE 200 Bilhetagem serial Atende a outros modelos da família TDE e TDA (200, 600) Obs: Para número de troncos de 4 dígitos, deverá ser configurado no PABX para que o bilhete saia com a numeração de 4 dígitos. Bilhetagem do gravador Mamut preparada para numeração do tronco com 4 dígitos. Siemens: Hicom 300 Bilhetagem via Serial Siemens: Hipath 1xxx Bilhetagem via serial Atende a família 1XXX (1150, 1190,etc) A interface serial desta família e fornecida através de um cabo conversor V24 RS232 Esse cabo é um acessório da Siemens.

26 26 de 33 Siemens: Hipath 3xxx Atende a toda família 3xxx (3550, 3750, 3800, etc) Existe no painel frontal a interface serial DB9 e a interface de rede Para Bilhetagem via serial fornecer o cabo serial com DB9 Para Bilhetagem via Rede configurar o PABX para: (Lan-TCP Client). Na "Configuração do Lan" configurar no PABX o IP da CPU do gravador e a porta

27 27 de 33 A conexão TCP só permite um dispositivo conectado, se tiver usando tarifador, deverá utilizar o HUB Mamut. Em caso de uso do HUB, que deve ser instalado e executado na mesma CPU do Gravador, configurar no Gravador: IP: Porta: No Tarifador: IP: configurar o IP da CPU do Gravador onde esta funcionando o HUB Mamut. Porta: PABX > Conecta no HUB ( na porta 16000) HUB < Gravador HUB < Tarifador O HUB permite utilizar o gravador junto com o tarifador

28 28 de 33 Siemens Hipath 4xxx Sumus Neste caso a bilhetagem apenas via arquivo O Sumus e o programa de tarifação. O Sumus gera um arquivo TICKET.TXT de integração que será usado para a coleta dos bilhetes para a integração. Obs: em alguns casos o Sumus está instalado em outra máquina. O arquivo de bilhetes deverá ser gerado dentro da CPU do Gravador. Se existir um programa de coletor e/ou tarifador, este também deverá ser instalado na CPU do Gravador.

29 29 de 33 Troncos: Quantos troncos existe, incluindo os troncos E1 mais os analógicos se houver; Lembrando que os entrocamentos E1 hoje podem ter números variados de troncos, 10, 15,... 30, dependendo do contrato feito com a operadora. Ramais: Número de ramais que serão gravados; C. Virtuais: Canais Virtuais, são canais de gravação conectados a Radiocomunicação ou outro tipo de fonte de áudio que não são ramais ou troncos. Isto é comum em caso de empresa de rádio Táxi, Aeroportos, Transportadoras, Bombeiros, Polícia Militar, SAMU, que além de telefones, utilizam rádios e precisam gravar também os rádios. Cada Rádio Base é conectado a um canal. Aba "Geral" Configuração Geral: Gravação Mínima: Tempo mínimo de gravação Gravação Máxima: Tempo máximo de gravação Módulos: Pre Gravação: Ajuste feito para os canais que gravam Rádios ou Ramais Digitais. Nestes casos estes canais geralmente iniciam a gravação detectando a presença de áudio ao invés do gancho. Geralmente o ajuste = 1,0 segundo. Temporizador DTMF: Os DTMF's são verificados apenas dentro do tempo especificado. Backup: Pasta p/ imagens: Selecione a pasta para o armazenamento do backup, poderá ser em DVD, HD Removível ou outro HD numa máquina da rede devidamente mapeada.

30 Tipo de Mídia: Selecione o tipo de mídia DVD ou HD. Se for utilizado tipo DVD, o programa criara pastas no tamanho de uma mídia de DVD 4,7 GB que poderá ser gravado com qualquer programa de queima de mídias. Caso seja utilizado tipo HD o programa criara o backup na unidade e pasta escolhida para o armazenamento dos dados Aba Gravadores Numero de Gravadores Auxiliares: Para configurações acima de 128 Canais Configuração do Gravador número: 1 = CPU principal, primeiro gravador; Canais Analógicos: Número de canais nos módulos; Placas Digitais: Informar a quantidade de placas instaladas de acordo com a licença adquirida Sinalização: ISDN OU R2MFC Compactação Digital: Nenhuma (PCM) -> arquivos de áudio gerados com 64 Kilobits Qualidade de Áudio: excelente; Ocupação de Espaço em Disco: aproximadamente 28 Mega Bytes por Hora CPU com HD de 1 Tera = aproximadamente horas de Gravação GSM -> arquivos de áudio gerados com 13 Kilobits Qualidade de Áudio: Baixa; Ocupação de Espaço em Disco: aproximadamente 5,9 Mega Bytes por Hora CPU com HD de 1 Tera = aproximadamente horas de Gravação 30 de 33

31 Aba "Ramais" Porta: Número do Ramal conforme aparece na bilhetagem. Alguns PABX tem um número de porta diferente do número de uso do ramal, também chamado de número virtual. Descrição: Aqui poderá ser colocado o número de uso do ramal, que os funcionários conhecem e pode ser colocado o nome do departamento ou pessoa. Aba "Troncos" Porta: Número do Tronco conforme aparece na bilhetagem. Alguns PABX tem um número de porta diferente do número do tronco. Descrição: Se desejar, pode ser colocado nome nos troncos. Aba "Canais Virtuais" Apenas quando são utilizados módulos analógicos. Os canais virtuais, são canais dos módulos ligados a pontos que não são ramais, como Rádios de comunicação ( Rádio Táxi, Bombeiros etc). Estes canais geralmente iniciam a gravação detectando a presença de áudio ao invés do gancho. Descrição: Poderá ser colocado nome nos canais. 31 de 33

32 32 de 33 Ferramentas Auxiliares ao Funcionamento dos Programas do Gravador MGD_RecupDB.exe MGD_ConverteDB.exe Conversor de banco de Dados MGD_ConverteDB.exe Toda vez que o programa MGD_Gravador.exe é atualizado pode ocorrer a necessidade de atualizar o Banco de Dados. Antes de atualizar o programa: - Fazer um backup dos bancos de Dados, pasta \MGD_Gravador\Dados; - Obter a nova versão do MGD_ConverteDB.exe; - Executar o mesmo, o conversor indica qual banco de Dados necessita de conversão. - Converter o Banco de Dados desatualizado; - Executar o programa MGD_Gravador.exe novo. Recuperador de Dados dos Registros do Gerenciador MGD_RecupDB.exe Utilizado caso ocorra uma perda dos dados e o MGD_Gerenciador não indique gravações que foram feitas. O recuperador somente funcionará se existir os arquivos de áudio no diretório \Arquivos\... O programa verifica os nomes dos arquivos de áudio e abre os arquivos para extrair informações como número dos telefones, comentários e etc.

33 33 de 33 Recomendações de utilização do Gravador Gravador depende da bilhetagem; Registro de Gravações por Ramal; O Ramal deve estar cadastrado; Gerenciador: Deve ser instalado para os usuários que ouvirão gravações; Evitar ouvir gravações na CPU do Gravador; Instalação; Gravador: Configurar Usuários e Senhas e direitos: NÃO ADMINISTRADOR Seleção de RAMAIS. Não deixar o usuário utilizar a "Admin"; Usuário Admin Fixo Só pode ser alterado Senha; RESPONSABILIDADE: O cliente é responsável em guardar e gerenciar senhas Admin; Monitorar Funcionamento: Utilizar o Gerenciador para verificar DIARIAMENTE se o Gravador está funcionando; CPU sempre ligada; Programa sempre sendo executado; Ao religar a CPU tem que entrar com o usuário e senha Gravador parado; Gerenciador: Colunas Ordenação por Ramal, Horário, Tempo, Telefone, Default; Filtros; Ouvir gravação; Exportar; Ao exportar Gravador: Preserva a cópia da Bilhetagem diária; Backup: Pode ser ativado Apenas Cria pastas tamanho mídia DVD - (Queimar mídia utilizar programa comercial;) + Gravações ocupação HD: Enche HD Apaga automaticamente as mais antigas; Tempo disponível tela; Solicitar instalar o Gerenciador em, pelo menos, uma CPU de um usuário dentro do cliente; Informar que o Gerenciador pode ser utilizado remotamente fora da empresa pela internet Roteador: configura IP externo e portas;

Mamut Gravador Telefônico Digital MGRDE Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 2.0

Mamut Gravador Telefônico Digital MGRDE Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 2.0 1 de 51 Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 2.0 Índice 1- Preparação da CPU para o funcionamento do Gravador Digital Mamut 1.1 - Configurações do Menu Iniciar 1.2 - Configuração das

Leia mais

Mamut Gravador Telefônico Digital MGRDE Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 2.0

Mamut Gravador Telefônico Digital MGRDE Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 2.0 1 de 50 Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 2.0 Índice 1- Preparação da CPU para o funcionamento do Gravador Digital Mamut 1.1 - Configurações do Menu Iniciar 1.2 - Configuração das

Leia mais

Índice. Mamut Gravador Telefônico Digital MGC Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0

Índice. Mamut Gravador Telefônico Digital MGC Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0 Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0 Índice 1- Preparação da CPU para o funcionamento do Gravador Digital Mamut 1.1 - Preparação da CPU 1.2 - Instalação do Firebird 2 - Instalação

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft Manual de Instalação e Configuração MG-Soft V 1.5 www.pinaculo.com.br (51)3541-0700 Sumário APRESENTAÇÃO... 3 1. INSTALANDO O MG-SOFT SERVER... 3 1.1. CRIANDO / ATUALIZANDO BANCO DE DADOS... 6 2. CONFIGURANDO

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft Manual de Instalação e Configuração MG-Soft V 1.5.3 www.pinaculo.com.br (51)3541-0700 Sumário Apresentação... 3 1. Instalando o MG-Soft Server... 3 1.1. Liberar as portas do Firewall... 3 1.2. Autorun...

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE INSTALÇÃO

GUIA RÁPIDO DE INSTALÇÃO 1 GUIA RÁPIDO DE INSTALÇÃO Light BILHETADOR Para Instalar o Software rode o tarifone.exe 2 clique em avançar para continuar com a instalação. Selecione uma nova pasta, ou clique em Avançar Para manter

Leia mais

Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All E1

Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All E1 Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All E1 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface do gravador Rec

Leia mais

Manual do Radioserver

Manual do Radioserver Manual do Radioserver Versão 1.0.0 Alex Farias (Supervisão) Luiz Galano (Comercial) Vinícius Cosomano (Suporte) Tel: (011) 9393-4536 (011) 2729-0120 (011) 2729-0120 Email: alex@smartptt.com.br suporte@smartptt.com.br

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital

MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital DEZEMBRO / 2010 NEXTCALL GRAVADOR TELEFÔNICO DIGITAL Obrigado por adquirir o NextCall. Este produto foi desenvolvido com o que há de mais atual em

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 6.0 Instalando o Software Call Rec 7.0 Configuração do Software Call

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 6.0 Instalando o Software Rec-All mono 7.0 Configuração do Software

Leia mais

Versão 5.1 - português MANUAL DO USUÁRIO

Versão 5.1 - português MANUAL DO USUÁRIO Versão 5.1 - português MANUAL DO USUÁRIO Versão 5.1 - português Sistema Inteligente de Monitoramento Client Multimonitor Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz informações

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Client

Manual do usuário. Mobile Client Manual do usuário Mobile Client Mobile Client Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

START PREMIUM V 3.2.33

START PREMIUM V 3.2.33 Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.33 1/46 Este documento possui 49 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2015. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas.

Leia mais

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010.

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Manual do Usuário Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução deste documento,

Leia mais

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010.

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Manual de Configuração Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14

Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14 Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14 1/48 Este documento possui 46 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2013. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas.

Leia mais

Manual Software CMS. Introdução:

Manual Software CMS. Introdução: Introdução: O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa eletrônico

Leia mais

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Documento confidencial Reprodução proibida 1 Introdução Em um mundo onde as informações fluem cada vez mais rápido e a comunicação se torna cada vez mais

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server

Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server V 1.7 www.pinaculo.com.br (51) 3541-0700 Sumário Apresentação... 3 1. Instalando o MG-Soft Server... 3 1.1. REQUISITOS MÍNIMOS... 3 1.2.

Leia mais

1.1. Gerenciamento de usuários e permissões. Suporta vários níveis de gerenciamento, gerenciamento de usuários e configuração de permissões.

1.1. Gerenciamento de usuários e permissões. Suporta vários níveis de gerenciamento, gerenciamento de usuários e configuração de permissões. CAMERA IP SERIE AV O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa

Leia mais

Guia de instalação. Gravador de chamadas

Guia de instalação. Gravador de chamadas Guia de instalação Gravador de chamadas Gravador de chamadas Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O Gravador Impacta é um software desenvolvido para gravação

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

TRBOnet Standard. Manual de Operação

TRBOnet Standard. Manual de Operação TRBOnet Standard Manual de Operação Versão 1.8 NEOCOM Ltd ÍNDICE 1. TELA DE RÁDIO 3 1.1 COMANDOS AVANÇADOS 4 1.2 BARRA DE FERRAMENTAS 5 2. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS 6 2.1 MAPLIB 6 2.2 GOOGLE EARTH 7 2.3

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A

Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A 2 Cliente de Monitoramento - Versão 6.2.0.0 Índice Part I Bem vindo ao Manual do Digifort Explorer 4 1 Screen... Shots 4 2 A quem...

Leia mais

Manual de Configuração Start 1.0.1.37

Manual de Configuração Start 1.0.1.37 Manual de Configuração Start 1.0.1.37 1/66 Este documento consiste em 88 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Fevereiro de 2015. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas.

Leia mais

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário Página 1 de 20 Security Shop MRS Media Relay System Manual do Usuário Página 2 de 20 Conteúdos: Conteúdos:... 2 Figuras:... 3 1. Introdução... 4 1.1 Âmbito do Documento... 4 1.2 Terminologia... 4 2. GERAL...

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Backup

Manual do usuário. Mobile Backup Manual do usuário Mobile Backup Mobile Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR

Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR Net Manager Informática Ltda Versão 6.0 1998-2007 1) Instalação do Software Coletor Guia de Instalação Executar o programa

Leia mais

Guia do Usuário. PCtel E1

Guia do Usuário. PCtel E1 Guia do Usuário PCtel E1 Conteúdo Conhecendo o Produto...05 Instalação Física...08 Módulo Supervidor...10 Política de Garantia...12 Aspectos gerais Conhecendo o produto A Pctel desenvolveu uma plataforma

Leia mais

MANUAL CFTV DIGITAL - LINHA LIGHT 16 CANAIS 120 FPS / VID 120-LI CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR 16 Canais - 120 FPS Processador Dual Core 2.0GHZ ou superior; Placa Mãe Intel ou Gigabyte com chipset Intel;

Leia mais

Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client

Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client O Software HMS Client permite visualização de imagens de 3 maneiras diferentes: Imagens dos dispositivos (Mini Câmeras e NVRs) gravadas

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web

Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web V 1.7 www.pinaculo.com.br (51) 3541-0700 Sumário 1. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MG-SOFT WEB... 3 1.1. INSTALAÇÃO... 3 1.1.1. IIS Express para

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO Criação de Conta de Usuário...03 Edição da Conta de Usuário...10 Download do Backup Online Embratel...10 Descrição dos Conjuntos de Cópia de Segurança...19

Leia mais

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2 DSS H.264 DVR Guia de instalação rápida V1.0.2 1. Instalação de Disco Rígido Aviso! Recomendamos para instalar com segurança utilizar HDD SATA. Certifique-se de que a energia não esteja desligada antes

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2 Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.4.2 2006-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença é

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR

Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR Net Manager Informática Ltda Versão 6.0 1998-2007 Guia de Instalação 1) Instalação do Software Coletor Executar o programa

Leia mais

Grifon Alerta. Manual do Usuário

Grifon Alerta. Manual do Usuário Grifon Alerta Manual do Usuário Sumário Sobre a Grifon Brasil... 4 Recortes eletrônicos... 4 Grifon Alerta Cliente... 4 Visão Geral... 4 Instalação... 5 Pré-requisitos... 5 Passo a passo para a instalação...

Leia mais

TCI 322. Conversor de Interface USB para RS422/RS485. Manual de Instalação

TCI 322. Conversor de Interface USB para RS422/RS485. Manual de Instalação TCI 322 Conversor de Interface USB para RS422/RS485 Manual de Instalação O conversor de interface TCI 322 é um dispositivo versátil que permite a partir de uma porta USB do computador ter-se uma interface

Leia mais

Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR

Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR Tarifação ON-LINE Sistema de Tarifação Telefônica V. 6.0 GUIA DE INSTALAÇÃO COLETOR Net Manager Informática Ltda Versão 6.0 1998-2007 1) Instalação do Software Coletor Guia de Instalação Executar o programa

Leia mais

MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR

MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR Flash Systems - Manual de Funções do DVR Manual de Funções do DVR Descrevemos aqui as principais funções do DVR. Para acesso, na tela inicial do DVR, clique o botão direito do

Leia mais

TCI S5-USB. Cabo de Programação STEP5 - USB. Manual de Instalação

TCI S5-USB. Cabo de Programação STEP5 - USB. Manual de Instalação TCI S5-USB Cabo de Programação STEP5 - USB Manual de Instalação O cabo de programação TCI S5-USB foi projetado para atender a necessidade de conectar a uma porta USB do computador a família de PLC s Siemens

Leia mais

Operação Básica. Login no Sistema

Operação Básica. Login no Sistema INDICE Operação Básica... 1 1. Logon no Sistema... 1 2. Menu Principal... 1 3. Configurando Gravação... 2 4. Detecção de Movimento... 2 5. Reprodução... 4 6. Configuração de Rede... 6 7. Serviços de Rede...

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows

Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows Um tarifador fácil de usar e poderoso. Com o tarifador STI Windows Atenas você poderá controlar os gastos com telefone, reduzir custos e otimizar

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.0.2 PDF-SERVER5-A-Rev2_PT Copyright 2013 Avigilon. Todos os direitos reservados. A informação apresentada está sujeita a alteração sem aviso

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2. Tela de Pesquisa... 12

Leia mais

Manual de usuário da TDI 3 PANASONIC TDE/NCP e NS1000

Manual de usuário da TDI 3 PANASONIC TDE/NCP e NS1000 Manual de usuário da TDI 3 PANASONIC TDE/NCP e NS1000 2013 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 17 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Dezembro de 2013. Impresso

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Página 1 de 14 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo a instalar o seu ATA,

Leia mais

Manual de Instalação. BC-2C Módulo GPRS

Manual de Instalação. BC-2C Módulo GPRS Manual de Instalação BC-2C Módulo GPRS INTRODUÇÃO O BC-2C Módulo GPRS Pináculo é um conversor de comunicação que se conecta a qualquer painel de alarme monitorado que utilize o protocolo de comunicação

Leia mais

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Versão 4.10 PDF-SERVER-D-Rev1_PT Copyright 2011 Avigilon. Todos os direitos reservados. As informações apresentadas estão sujeitas a modificação sem aviso

Leia mais

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro)

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) 1 HTVix HA 211 1. Interfaces Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) Conector RJ11 para conexão de aparelho telefônico analógico ou o adaptador para telefone e rede de telefonia convencional

Leia mais

Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta

Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta Esse documento descreve os passos necessários para a correta instalação e configuração inicial do software Mesa Virtual 2.0 funcionando com uma central PABX Impacta.

Leia mais

Manual do usuário. isic 5 - Windows Phone

Manual do usuário. isic 5 - Windows Phone Manual do usuário isic 5 - Windows Phone 1. Informações para o usuário Este manual irá auxiliá-lo na instalação e utilização do software para visualização das imagens dos DVRs e Câmera Speed Dome IP da

Leia mais

Guia Rápido de Instalação. VNT 7704 e VNT 7708

Guia Rápido de Instalação. VNT 7704 e VNT 7708 Guia Rápido de Instalação VNT 7704 e VNT 7708 Conteúdo 1. Instale o HD... 3 1.1. Instale o HD... 3 2. Conexões... 3 2.1. Vista traseira do DVR de 04 canais... 3 2.2. Vista traseira do DVR de 08 canais...

Leia mais

TRBOnet MDC Console. Manual de Operação

TRBOnet MDC Console. Manual de Operação TRBOnet MDC Console Manual de Operação Versão 1.8 ÍNDICE NEOCOM Ltd 1. VISÃO GERAL DA CONSOLE...3 2. TELA DE RÁDIO...4 2.1 COMANDOS AVANÇADOS...5 2.2 BARRA DE FERRAMENTAS...5 3. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS...6

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

STCOM NVR Plus Manual do usuário

STCOM NVR Plus Manual do usuário STCOM NVR Plus STCOM NVR Plus Manual do usuário STCOM NVR Plus Página 2 Índice 1 Prefácio... 3 Principais módulos:... 4 2. Introdução ao Servidor NVR... 5 2.1 Entrar e sair no sistema... 5 2.2 Introdução

Leia mais

Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1

Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1 Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1 Versão 30/06/2014 FOR Segurança Eletrônica Rua dos Lírios, 75 - Chácara Primavera Campinas, SP (19) 3256-0768 1 de 12 Conteúdo A cópia total ou parcial

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

Versão 5.0 para Linux MANUAL DO USUÁRIO

Versão 5.0 para Linux MANUAL DO USUÁRIO Versão 5.0 para Linux MANUAL DO USUÁRIO Versão 5.0 para Linux Sistema Inteligente de Monitoramento SIM Client for Linux Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz informações

Leia mais

Manual de Configuração IREC100 1.5

Manual de Configuração IREC100 1.5 Manual de Configuração IREC100 1.5 Este documento consiste em 13 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Julho de 2009. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

Guia de Iniciação Rápida

Guia de Iniciação Rápida Guia de Iniciação Rápida http://www.geovision.com.tw V8.3.3 2010 GeoVision, Inc. Todos os direitos reservados. Todos os produtos GeoVision são manufaturados em Taiwan. 2010/03 Portuguese NVRV833-A 1 Introdução

Leia mais

Manual Operacional SAT TS-1000

Manual Operacional SAT TS-1000 Manual Operacional SAT TS-1000 APRESENTAÇÃO O TS-1000 é o equipamento SAT da Tanca destinado a emissão de Cupons Fiscais Eletrônicos. Equipado com o que há de mais moderno em Tecnologia de Processamento

Leia mais

CMS 2.0 NAZDA. Cms2.0 User Manual

CMS 2.0 NAZDA. Cms2.0 User Manual CMS 2.0 NAZDA Cms2.0 User Manual Parabéns por adquirido o nosso DVR! Este manual foi concebido para ser uma ferramenta de referência para a instalação e funcionamento do sistema de monitoramento remoto

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700.

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. Neste STK mostraremos como comunicar com o conversor Serial/Ethernet e instalar o driver Genérico Somente Texto

Leia mais

Procedimento para atualização do aplicativo KID Together

Procedimento para atualização do aplicativo KID Together Procedimento para atualização do aplicativo KID Together 1º PASSO: Abrir o painel de controle: Iniciar > Painel de Controle. Clique em "Exibir impressoras e dispositivos" na sessão Hardware e Sons Selecione

Leia mais

GRAVADOR TELEFÔNICO DIGITAL - TELMON (Telephone Monitor System)

GRAVADOR TELEFÔNICO DIGITAL - TELMON (Telephone Monitor System) GRAVADOR TELEFÔNICO DIGITAL - TELMON (Telephone Monitor System) 1. Introdução A interface para gravação do TELMON permite que você grave todas as conversas de seu telefone no computador, de forma que as

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

GV-NVR. Guia de Início Rápido V8.5.5.0. Introdução. Lista de embalagem

GV-NVR. Guia de Início Rápido V8.5.5.0. Introdução. Lista de embalagem 1 Introdução Bem-vindo ao guia de início rápido do GV-NVR Nas seções a seguir, você aprenderá os requerimentos e configurações básicos do uso do GV-NVR. Para obter instruções detalhadas sobre o uso, consulte

Leia mais

HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO

HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO Guia rápido do usuário para instalação e operação do DVR Edição R1.0 Bem-vindo! A série DVR/HVR, é um gravador, reprodutor e editor de imagens,

Leia mais

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR;

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Vid8 Servidor Versão 8.13.0411 Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Versão 8.12.0311 Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Versão 8.11.0311 Correção

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Auto Download

Manual do usuário. Mobile Auto Download Manual do usuário Mobile Auto Download Mobile Auto Download Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e

Leia mais

Procedimento para instalação do BLACKBERRY Software de Imagem via Celular

Procedimento para instalação do BLACKBERRY Software de Imagem via Celular Procedimento para instalação do BLACKBERRY Software de Imagem via Celular Atenção: este aplicativo é compatível somente com a versão do sistema operacional do BlackBerry 4.6 ou superior. Os modelos de

Leia mais

Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All Multicanais

Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All Multicanais Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All Multicanais 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface do gravador

Leia mais

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO MANUAL DE PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO DUALINE Bem-vindo! Obrigado por adquirir o GRAVADOR DE CHAMADAS mono canal. Antes de instalar e acionar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual. Acessórios

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: n-mf Xerox Versão do produto: 4.7 Autor: Bárbara Vieira Souza Versão do documento: 1 Versão do template: Data: 04/04/01 Documento destinado a: Parceiros NDDigital, técnicos

Leia mais

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Player

Manual do usuário. Mobile Player Manual do usuário Mobile Player Mobile Player Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

DESKTOP TERMINAIS HÍBRIDOS

DESKTOP TERMINAIS HÍBRIDOS I. DADOS DO EQUIPAMENTO Nome do Equipamento Modelo Fabricante Nº RIT Desktop TERMINAIS HÍBRIDOS HP 1ª a 4ª Gerações Itautec 1ª a 4ª Gerações HP / ITAUTEC RIT169 Responsável pela elaboração Data da elaboração

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Informativo Técnico ADM e Tarifação IP via placa ADSL no HiPath 1100 5.2. wallnetwork.com.br. wallnetwork.com.br

Informativo Técnico ADM e Tarifação IP via placa ADSL no HiPath 1100 5.2. wallnetwork.com.br. wallnetwork.com.br Informativo Técnico ADM e Tarifação IP via placa ADSL no HiPath 1100 5.2 Objetivo: Mostrar a utilização do gerenciamento e bilhetagem via IP através da placa ADSL. Configurando a placa ADSL Em um PC conectado

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR ÍNDICE DESCRIÇÃO................................................. PÁG. 1 - Configuração necessária para o bom funcionamento................... 03 2

Leia mais

Guia de Iniciação Rápida

Guia de Iniciação Rápida Guia de Iniciação Rápida http://www.geovision.com.tw V8.3.2 2009 GeoVision, Inc. Todos os direitos reservados. Todos os produtos GeoVision são manufaturados em Taiwan. 2009/11 Portuguese NVRV832-B 1 Introdução

Leia mais

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7.

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7. Instalando os Pré-Requisitos Os arquivos dos 'Pré-Requisitos' estão localizados na pasta Pré-Requisitos do CD HyTracks que você recebeu. Os arquivos também podem ser encontrados no servidor. (www.hytracks.com.br/pre-requisitos.zip).

Leia mais

Guia de Instalatpo Rßpida

Guia de Instalatpo Rßpida Guia de Instalatpo Rßpida 1. Você precisará de: OAISYS Server Cabo Crossover (ADAPTADORES T1/PRI) Divisor de Tomada em Y (ADAPTADORES T1/PRI) Cabo Amphenol (ADAPTADORES de Estação ou Analógicos) or Monitor

Leia mais