WINDOWS XP. Introdução. O que é o sistema operacional Windows XP? O Windows XP apresenta novas telas amigáveis, menus simplificados e muito mais.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WINDOWS XP. Introdução. O que é o sistema operacional Windows XP? O Windows XP apresenta novas telas amigáveis, menus simplificados e muito mais."

Transcrição

1 WINDOWS XP O Windows XP apresenta novas telas amigáveis, menus simplificados e muito mais. Introdução O Windows XP (o XP utilizado no nome vêm da palavra experience), que inicialmente foi chamado de Windows Whistler, e que sucede o Windows ME e também o Windows O que é o sistema operacional Windows XP? Sistema Operacional Gráfico: O Sistema Operacional MS-DOS é um exemplo de sistema operacional nãográfico. A característica visual, ou interface não é nada amigável. Tem apenas uma tela escura e uma linha de comando. Quando desejávamos acessar algum arquivo, pasta ou programa, digitamos seu endereço no computador e vale lembrar que um ponto a mais ou a menos é o suficiente para não abri-lo. Ambientes visuais como o Windows 3.11 facilitavam muito, mas são duas coisas distintas, a parte operacional (MS-DOS) e parte visual (Windows 3.11). A partir do Windows 95 temos a parte gráfica integrada na parte operacional, logo, um Sistema Operacional Gráfico. Multitarefa e Preemptivo Um sistema operacional é "multitarefas" (em inglês multithreaded) quando várias "tarefas" (igualmente chamadas "processos") podem ser executadas simultaneamente. Um sistema é preemptivo quando possui um planificador, que reparte, de acordo com critérios de prioridade, o tempo da máquina pelos diferentes processos que fazem pedidos. Multiusuário Capacidade de permitir que diversos usuários estejam logados simultaneamente no sistema. Multiusuário é um termo que define um sistema operacional que permite acesso simultâneo de múltiplos usuários ao computador. Múltiplos Usuário Capacidade de criar diversos perfis de usuários. É importante lembrar que o MS-DOS é monousuário. No caso, o Windows XP tem duas opções de contas

2 de usuários: Administrador (root) e Limitado. O administrador pode instalar de desinstalar impressoras, alterar as configurações do sistema, modificar a conta dos outros usuários entre outras configurações. Já, o Limitado poderá apenas usar o computador, não poderá, por exemplo, alterar a hora do Sistema. Lembre-se que tanto os administradores quanto os limitados podem colocar senhas de acesso, alterar papel de parede, terão as pastas Meus documentos, Minhas imagens, entre outras pastas, diferentes. O Histórico e Favoritos do Internet Explorer, os Cookies são diferentes para cada conta de usuário criada. Plug And Play (PnP) Reconhecimento, instalação e configuração automática dos itens de hardware. Tudo começa na inicialização do computador quando do Sistema Básico de Entrada e Saída (BIOS - Basic Input/Output System) envia um sinal para cada dispositivo conectado ao computador, aqueles que respondem ao sinal são os dispositivos PnP. É criada um lista (tabela) com estes dispositivos que posteriormente serão utilizados pelo sistema operacional. O que faz o Sistema Operacional Windows? Gerencia as memórias; Gerencia o processamento; Controla os periféricos de Entrada e Saída de informação; Cria uma plataforma comum entre os programas. Ao iniciar o Windows XP a primeira tela que temos é tela de logon, nela selecionamos o usuário que irá utilizar o computador. Caso esteja entrando diretamente na Área de trabalho é possível alterar essa configuração (clique no botão iniciar > executar > digite control userpasswords2 e na janela que é exibida marque o campo para exigir senha na abertura) Ao entrarmos com o nome do usuário, o Windows efetuará o logon (entrada no sistema) e nos apresentará a área de trabalho:

3 Área de trabalho Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Ícones Representação gráfica de um arquivo, pasta ou programa. Você pode adicionar ícones na área de trabalho, assim como pode excluir. Alguns ícones são padrões do Windows: Meu Computador, Meus Documentos, Meus locais de Rede, Internet Explorer e a Lixeira. Na primeira vez que iniciar o Windows XP, após a instalação, você verá apenas um ícone a Lixeira para a qual é possível enviar arquivos que deseja excluir do computador. A lixeira possui dois ícones, um representando a lixeira vazia e outro representando a lixeira com itens. Os ícones de atalho são identificados pela pequena seta no canto inferior esquerdo da imagem. Eles permitem que você acesse programas, arquivos, pastas, unidades de disco, páginas da web, impressoras e outros computadores.

4 Os ícones de atalho oferecem links para os programas ou arquivos que eles representam. Você pode adicioná-los e excluí-los sem afetar os programas ou arquivos atuais. Barra de tarefas A barra de tarefas mostra quais as janelas estão abertas neste momento, mesmo que algumas estejam minimizadas ou ocultas sob outra janela, permitindo assim, alternar entre estas janelas ou entre programas com rapidez e facilidade. A barra de tarefas é muito útil no dia a dia. Imagine que você esteja criando um texto em um editor de texto e um de seus colegas lhe pede para você imprimir uma determinada planilha que está em seu micro. Você não precisa fechar o editor de textos. Apenas salve o arquivo que está trabalhando, abra a planilha e mande imprimir, enquanto imprime você não precisa esperar que a planilha seja totalmente impressa, deixe a impressora trabalhando e volte para o editor de textos, dando um clique no botão correspondente na Barra de tarefas e volte a trabalhar. A barra de Tarefas, na visão da Microsoft, é uma das maiores ferramentas de produtividade do Windows. Podemos alternar entre as janelas abertas com a sequência de teclas ALT+TAB (permitindo escolher qual janela, ou programa deseja manipular) e ALT+ESC (alterna entre as janelas sequencialmente). Pode conter ícones e atalhos e também como uma ferramenta do Windows. Desocupa memória RAM, quando as janelas são minimizadas. A barra de tarefas também possui o menu Iniciar e a área de notificação, onde você verá o relógio. Outros ícones na área de notificação podem ser exibidos temporariamente, mostrando o status das atividades em andamento. Por exemplo, o ícone da impressora é exibido quando um arquivo é enviado para a impressora e desaparece quando a impressão termina. Você também verá um lembrete na área de notificação quando novas atualizações do Windows estiverem disponíveis para download no site da Microsoft. O Windows XP mantém a barra de tarefas organizada consolidando os botões quando há muitos acumulados. Por exemplo, os botões que representam arquivos de um mesmo programa são agrupados automaticamente em um único botão. Clicar no botão permite que você selecione um determinado arquivo do programa.

5 O Botão Iniciar O botão Iniciar é o principal elemento da Barra de Tarefas. Ele dá acesso ao Menu Iniciar, de onde se podem acessar outros menus que, por sua vez, acionam programas do Windows. Ao ser acionado, o botão Iniciar mostra um menu vertical com várias opções. Alguns comandos do menu Iniciar têm uma seta para a direita, significando que há opções adicionais disponíveis em um menu secundário. Se você posicionar o ponteiro sobre um item com uma seta, será exibido outro menu. O botão Iniciar é a maneira mais fácil de iniciar um programa que estiver instalado no computador, ou fazer alterações nas configurações do computador, localizar um arquivo, abrir um documento. É apresentado em duas colunas. A coluna da esquerda apresenta atalhos para os programas preferenciais e os programas mais utilizados. A seqüência de teclas para ativar o Botão Iniciar é CTRL+ESC ou a tecla Winkey (tecla com o logo do Windows).

6 Menu Iniciar O botão iniciar pode ser configurado. No Windows XP, você pode optar por trabalhar com o novo menu Iniciar ou, se preferir, configurar o menu Iniciar para que tenha a aparência das versões anteriores do Windows (95/98/ME). Clique na barra de tarefas com o botão direito do mouse e selecione propriedades e então clique na guia menu Iniciar. Esta guia tem duas opções: Menu iniciar: Oferece a você acesso mais rápido a e Internet, seus documentos, imagens e música e aos programas usados recentemente, pois estas opções são exibidas ao se clicar no botão Iniciar. Esta configuração é uma novidade do Windows XP. Menu Iniciar Clássico: Deixa o menu Iniciar com a aparência das versões antigas do Windows, como o Windows ME, 98 e 95.

7 Todos os programas O menu Todos os Programas ativa, automaticamente, outro submenu, no qual aparecem todas as opções de programas. Para entrar neste submenu, arraste o mouse em linha reta para a direção em que o submenu foi aberto. Assim, você poderá selecionar o aplicativo desejado. Logon e Logoff: Abre uma janela onde você poderá optar por fazer Logoff (encerrar a sessão do Windows) ou mudar de usuário. Veja a função de cada um: Trocar usuário: Clicando nesta opção, os programas que o usuário atual está usando não serão fechados e uma janela com os nomes dos usuários do computador será exibida para que a troca de usuário seja feita. Use esta opção na seguinte situação: Outro usuário vai usar o computador, mas depois você irá continuar a usá-lo. Então o Windows não fechará seus arquivos e programas, e quando você voltar ao seu usuário, à área de trabalho estará exatamente como você deixou. Fazer logoff:

8 Este caso é também para a troca de usuário. A grande diferença é que, ao efetuar o logoff, todos os programas do usuário atual serão fechados, e só depois aparece à janela para escolha do usuário. Desligando o Windows XP Clicando-se em Iniciar, após Desligar (ou ALT + F4 na área de trabalho) teremos uma janela onde é possível escolher entre três opções: Em espera: Clicando neste botão, o Windows salvará o estado da área de trabalho no disco rígido e depois desligará o computador. Desta forma, quando ele for ligado novamente, a área de trabalho se apresentará exatamente como você deixou, com os programas e arquivos que você estava usando, abertos. Desativar: Desliga o Windows, fechando todos os programas abertos para que você possa desligar o computador com segurança. Reiniciar: Encerra o Windows e o reinicia.

9 Executar: Executar programas, arquivos, pasta, acessar páginas da internet, entre outras utilidades. Alguns comandos mais populares são: Pesquisar: explorer (abre o Windows Explorer); msconfig (abre o programa de configuração da Inicialização do Windows, permitindo escolher qual programa deve ou não ser carregado com o Windows); calc (abre a Calculadora); notepad (abre o Bloco de Notas); cmd (abre o Prompt de Comando do Windows); control (abre o Painel de Controle); iexplore (abre o Internet Explorer); winword (abre o Microsoft Word) excel (abre o Microsoft Excel); mspaint (abre o Paint). Os critérios de busca são simples de manipular, permitem realizar uma busca na internet, computadores da rede entre outras opções simples de especificar. Vale lembrar que o * e? São coringas do Windows podendo substituir palavras ou caracteres respectivamente.

10 Ajuda e Suporte: Entre os recursos oferecidos podemos destacar: Tópicos de ajuda (ajudam a conhecer os novos recursos encontrados no Windows XP, noções básicas sobre segurança, administração remota, personalização do Windows, desempenho e manutenção do Windows, enviar comentário para a Microsoft, entre outros); Convidar um técnico ou amigo para fazer uma assistência técnica remota; Usar o Grupo de Notícias do Windows (você e outros usuários do Windows esclarecendo dúvidas e compartilhado conhecimento acerca do Sistema Operacional e Ferramentas); Windows Update (Portal da Microsoft na Internet que distribui as atualizações do Windows); Restauração do Sistema (ferramenta e tutorial completo); Como diagnosticar problemas do seu computador. Impressoras e aparelhos de fax: Permite vizualizar as impressoras e aparelhos de fax instalados. Além de permitir instalar novos dispositivos. Conexões de Rede: Permite visualizar suas conexões tanto com o Provedor de Acesso quanto a Rede Local. Possui também um assistente para novas conexões.

11 Documentos Recentes Permite visualizar atalhos dos 15 últimos arquivos acessados. Painel de Controle: Pelo Painel de Controle temos acesso às configurações do Windows. Podemos também usar as diversas ferramentas oferecidas neste painel, como Adicionar ou Remover programas, visualizar impressoras instaladas e instalar novas impressoras, adicionar, remover ou alterar contas usuários, configurar o firewall do Windows, entre outras ferramentas de configuração e controle do Windows.

12 Resumo dos principais recursos do Painel de Controle: Aparência e temas Permite alterar a aparência do Windows, trocar o papel de parede (plano de fundo), proteção de tela, resolução do monitor e até mesmo voltar à aparência clássica do Windows, desocupando memória RAM. Impressoras e outros itens de hardware Permite visualizar itens de hardware instalados no computador como impressoras, scanners, Webcams entre outros, além de permitir a instalação dos mesmos. Conexões de Rede e Internet

13 Exibe as conexões de Rede e Internet já configurada, além de permitir alterar conexões existentes e criar novas conexões. Contas de Usuário Visualizar, alterar e criar contas de usuários. Adicionar e remover programas Podemos adicionar, alterar e desinstalar programas instalados pelo usuário, além dos acessórios do Windows. Data, Hora, Idioma e Opções Regionais Podemos alterar a hora e data do sistema, configurar o idioma e padrões regionais como moeda, fuso horário entre outras opções. Sons, fala e dispositivos de áudio Podemos alterar os sons de abertura, encerramento do Windows e outros sons do sistema, configurar as caixas de som e microfone. Opções de Acessibilidade Podemos alterar o contraste para texto e cores do Windows, teclas de aderência e outras ferramentas de acessibilidade como teclado virtual e lente de aumento. Desempenho e Manutenção Aqui acessamos as diversas ferramentas do Windows como desfragmentador de disco, limpeza de disco, restaurar sistema, entre várias outras ferramentas que auxiliam na manutenção e melhora de desempenho do computador. Central de Segurança Use a Central de Segurança para verificar as configurações de segurança e saber mais sobre como melhorar a segurança do seu computador com o Firewall do Windows, as Atualizações automáticas e o software antivírus. Ferramenta presente no Sistema Operacional Windows XP com a atualização do Service Pack 2 (SP2). Esta atualização trás diversas novidades, todas visando à segurança. As principais novidades de segurança são: Firewall do Windows: O Firewall do Windows fica habilitado por padrão e ajuda a proteger o computador contra vírus e outras ameaças à segurança, como invasores que podem tentar acessar seu computador pela Internet.

14 Atualizações automáticas: Com Atualizações automáticas, o Windows pode verificar regularmente se há atualizações importantes mais recentes para o seu computador e pode instalá-las automaticamente. Internet Explorer: As configurações de segurança aprimoradas avisam sobre vírus e outras ameaças à segurança que podem se espalhar pela Internet. O Internet Explorer pode bloquear determinados recursos do site e enviar um aviso para que você possa decidir se é seguro continuar. Bloqueador de pop-ups do Internet Explorer: O Bloqueador de pop-ups do Internet Explorer permite que você impeça a maioria das janelas pop-up que alguns sites exibem no navegador sem a sua permissão, dando mais controle à navegação. Outlook Express: As configurações de segurança aprimoradas ajudam a identificar e excluir os anexos de potencialmente prejudiciais que podem conter vírus. Prevenção de execução de dados: A Prevenção de execução de dados funciona com o processador do computador para evitar vírus e que outros programas não autorizados sejam executados no computador. Elementos da Janela As janelas, quadros na área de trabalho, exibem o conteúdo dos arquivos e programas. Se o conteúdo do arquivo não couber na janela, surgirá a barra de rolagem você pode visualizar o restante do conteúdo pelo quadro de rolagem ou clique nos botões de rolagem ao lado e/ou na parte inferior da janela para mover o conteúdo para cima, para baixo ou para os lados. Para alterar o tamanho da janela, clique na borda da janela e arraste-a até o tamanho desejado.

15 Barra de Título: As informações que podem ser obtidas nesta barra são: Nome do Arquivo e Nome do Aplicativo. Podemos mover a Janela a partir desta barra (clicar com o botão esquerdo do mouse, manter pressionado o clique e mover, ou arrastar). Dicas: Quando a Janela estiver Maximizada, ou seja, quando estiver ocupando toda a área de trabalho a janela não pode ser movimentada. Um duplo clique nesta barra ativa o botão que estiver entre o botão (Minimizar) e o botão (Fechar). Menu Suspenso de Controle ou Menu de Controle: Localizado no canto superior esquerdo. Neste menu podemos ativar os seguintes comandos:

16 Dicas: Para ativar este menu usando o teclado: Tecle ALT+Barra de Espaço. Um duplo clique neste menu fecha (sai) do programa. Botão Minimizar: Ao clicar neste botão a janela irá reduzir. O programa permanece aberto, porém, em forma de botão na barra de tarefas. Botão Maximizar: Ao clicar neste botão a janela atingira seu tamanho máximo, geralmente ocupando toda a área de trabalho. Este botão apresenta-se quando a janela esta em seu tamanho restaurado. A janela pode ser movimentada. Botão Restaurar: Ao clicar neste botão a janela retornará ao seu tamanho anterior, antes de ser maximizada. Caso a janela já inicie maximizado o tamanho será igual ao de qualquer outro não mantendo um padrão. Este botão aparece quando a janela está maximizada, não podendo mover esta janela. Botão Fechar: Fecha a janela, encerrando o aplicativo.

17 Barra de Menus: Nesta barra é apresentada a lista de menus disponíveis no aplicativo. Dicas: Para ativar qualquer menu pode-se utilizar a seguinte sequência de teclas: ALT+Letra sublinhada. Diferentemente das outras versões do Windows XP os menus não apresentam letras sublinhadas. Para visualizar as letras sublinhadas deve ser pressionada a tecla ALT. E então: Escolher o menu pela letra que aparecer sublinhada. Barra de Rolagem: A barra de rolagem é constituída por: (1) setas de rolagem que permitem visualizar uma parte do documento que não é visualizada por ser maior que a janela e (2) quadro ou caixa de rolagem que permite ter uma idéia de qual parte do documento está sendo visualizado. Canto da janela: Encontra-se no canto inferior direito. É utilizado para dimensionar a janela no tamanho desejado. Não pode ser utilizado quando a janela estiver maximizada. Para utilizar este recurso basta clicar com o botão esquerdo do mouse sobre o canto, manter pressionado e mover, ou arrastar. Barra de Status: Apresenta informações sobre o local onde está o cursor, ou ponto de inserção. Windows Explorer: Gerenciador de arquivos pastas e programas. Apresenta-se em duas colunas. A coluna da esquerda (PASTAS) permite visualizar as Pastas e Unidades de maneira hierárquica. Na coluna da direita podemos visualizar os arquivos encontrados nas pastas ou diretórios.

18 Na coluna da esquerda podemos visualizar sinais de e antes das pastas ou unidades. O sinal de indica que dentro da unidade ou pasta podemos encontrar outra(s) pasta(s). O sinal de indica que já estamos visualizando a(s) outra(s) pasta(s) existente(s) naquela pasta ou unidade. Os principais botões do programa são: Botão ACIMA O botão acima permite navegar entre os níveis das unidades ou pastas. Tecla de atalho: BACKSPACE (a mesma tecla utilizada para apagar texto em alguns editores de texto). Botão PESQUISAR Ativa o mesmo recurso de busca e pesquisa apresentado no botão (menu) Iniciar. Botão PASTAS

19 O botão Pastas exibe/oculta a coluna da esquerda do Windows Explorer. Botão MODOS DE EXIBIÇÃO O botão modos de exibição permite escolher como os ícones da pasta ou unidade, que está sendo manipulada, sejam exibidos. Possui os seguintes modos de exibição: Outros botões: Detalhes: No modo detalhes são exibidos pequenos ícones, em lista vertical, seguido de algumas informações sobre o arquivo. Na pasta Meus documentos, por exemplo, os detalhes exibidos são: tamanho, tipo de arquivo e data da última modificação. Lembre cada pasta pode exibir detalhes diferentes. Lista: Semelhante ao modo detalhes. São exibidos pequenos ícones em lista horizontal e a barra de rolagem vertical fica desabilitada. Ícones: No modo ícones são exibidos ícones maiores com o nome do arquivo em baixo. Lado a Lado: Semelhante ao modo ícones. São exibidos ícones maiores. Porém, o nome do arquivo fica ao lado do ícone. São apresentadas outras informações como tamanho e tipo do arquivo. Miniaturas: Permite uma pré-visualização das imagens ao invés do ícone. Também exibe uma pré-visualização do primeiro slide (página da apresentação) de arquivos como o Power Point. Película: Semelhante ao modo miniaturas. Permite uma prévisualização de imagens. Além, de um painel de visualização que permite girar a imagem. Da esquerda para a direita: Parar; Atualizar; Página inicial; Mapear unidade; Desconectar; Favoritos; Histórico; Tela in eira; Mover para...; Copiar para...; Excluir; Desfazer; Propriedades; Recortar; Copiar; Colar; Opções de pasta. Atalhos do teclado do Windows Explorer

20 END (Exibir a base da janela ativa) HOME (Exibir o topo da janela ativa) NUM LOCK+sinal de asterisco (*) (Exibir todas as subpastas que estão sob a pasta selecionada) NUM LOCK+sinal de mais (+) (Exibir o conteúdo da pasta selecionada) NUM LOCK+sinal de menos (-) (Recolher pasta selecionada) SETA ESQUERDA (Recolher a seleção atual se estiver expandida, ou selecionar a pasta pai) SETA DIREITA (Exibir a seleção atual se estiver recolhida, ou selecionar a primeira subpasta) LIXEIRA do Windows É uma pasta que armazena temporariamente arquivos excluídos do HD; Podemos restaurar arquivos excluídos; O tamanho padrão é de 10% do HD (podemos alterar o tamanho da lixeira acessando as propriedades da lixeira); Não podemos manipular arquivos que estão na lixeira. (no caso das imagens podemos ativar o modo de exibição miniaturas para visualizar quais imagens foram excluídas); A Lixeira do Windows possui dois ícones. Lixeira vazia Lixeira com itens Para esvaziar a lixeira podemos seguir os seguintes procedimentos:

21 Clicar com o botão direito do mouse sobre o ícone da lixeira, no menu de contexto ativar o comando Esvaziar a lixeira. Na janela que aparece em decorrência desta ação ativar o comando Sim. Abrir a pasta Lixeira, clicar no menu Arquivo e ativar o comando Esvaziar a lixeira. Na janela que aparece em decorrência desta ação ativar o comando Sim. Para recuperar arquivo(s) excluído(s): Abrir a pasta Lixeira, selecionar o(s) arquivo(s) desejado(s), clicar no menu Arquivo e ativar o comando Restaurar. Abrir a pasta Lixeira, selecionar o(s) arquivo(s) desejado(s), clicar o botão direito do mouse e, no menu de contexto, ativar o comando Restaurar. Acessórios do Windows O Windows XP inclui muitos programas e acessórios úteis. São ferramentas para edição de texto, criação de imagens, jogos, ferramentas para melhorar a desempenho do computador, calculadora e etc. Se fôssemos analisar cada acessório que temos, encontraríamos várias aplicações, mas vamos citar as mais usadas e importantes. Imagine que você está montando um manual para ajudar as pessoas a trabalharem com um determinado programa do computador. Neste manual, com certeza você acrescentaria a imagem das janelas do programa. Para copiar as janelas e retirar só a parte desejada, utilizaremos o Paint, que é um programa para trabalharmos com imagens. As pessoas que trabalham com criação de páginas para a Internet utilizam o acessório Bloco de Notas, que é um editor de texto muito simples. Assim, vimos duas aplicações para dois acessórios diferentes. Os principais acessórios são: Bloco de Notas Editor simples de texto utilizado para gerar programas, retirar a formatação de um texto e etc. Sua extensão de arquivo padrão é TXT. A formatação escolhida será aplicada em todo texto.

22 Word Pad Editor de texto com formatação do Windows. Pode conter imagens, tabelas e outros objetos. A formatação é limitada se comparado com o Word. A extensão padrão gerada pelo Word Pad é a RTF. Lembre-se que por meio do programa Word Pad podemos salvar um arquivo com a extensão DOC entre outras. Paint Editor simples de imagens do Windows. A extensão padrão é a BMP. Permite manipular arquivos de imagens com as extensões: JPG ou JPEG, GIF, TIFF, PNG, ICO entre outras.

23 Calculadora Pode ser exibida de duas maneiras: simples ou científica. Windows Movie Maker Editor de vídeos. Permite a criação e edição de vídeos. Permite inserir narrações, músicas, legendas, etc... Possui vários efeitos de transição para unir cortes ou cenas do vídeo. A extensão padrão gerada pelo Movie Maker é a MSWMM se desejar salvar o projeto ou WMV se desejar salvar o vídeo.

24 Ferramentas do Sistema As principais ferramentas do sistema são: Limpeza de disco Permite apagar arquivos e programas (temporários, da lixeira, que são pouco usados) para liberação do espaço no HD. Desfragmentador de Disco É um utilitário que reorganiza os dados em seu disco rígido, de modo que cada arquivo seja armazenado em blocos contíguos, ao invés de serem dispersos em diferentes áreas do disco e elimina os espaços em branco. Verificador de Erros Varre a unidade em busca de erros, defeitos ou arquivos corrompidos e caso o usuário deseje e tenta corrigi-los automaticamente. Back up No Windows XP, contamos com 5 tipos de backup. Alguns tipos de backups utilizam marcadores, ou seja, atributos. Esses marcadores dizem se o arquivo foi alterado ou não, ou seja, todas as vezes que um arquivo é alterado, um marcador é adicionado ao arquivo, o que indica que foi alterado desde o último backup. Quando fazemos o backup do arquivo, esse marcador é retirado ou não.

25 Tipos de backup: Normal: limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados. Agiliza o processo de restauração, pois somente um backup será restaurado. Cópia: não limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados. Diferencial: não limpa os marcadores. Faz o backup somente de arquivos e pastas selecionados que foram alterados após o ultimo backup. Incremental: limpa os marcadores. Faz o backup somente de arquivos e pastas selecionados que foram alterados após o ultimo backup. Diário: não limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados que foram alterados durante o dia. Devemos ter uma estratégia de backup eficiente. Nessa estratégia, podemos combinar vários tipos de backup. Vamos a um exemplo: Às segundas-feiras fazemos o backup normal, e de terça-feira à sexta-feira fazemos o backup incremental. O backup incremental limpa os marcadores, isso significa que cada backup incremental conterá somente os dados que foram alterados desde o último backup. Caso os dados sejam corrompidos na quintafeira à noite, deveremos restaurar o backup normal de segunda-feira e todos os backups incremental de terça à quinta-feira. Com essa estratégia de backup, o período de tempo do backup é menor do que o tempo de restauração. Como já dito anteriormente, com essa ferramenta podemos fazer o backup do Estado do Sistema. Esse backup tem a função de restaurar o sistema operacional ao estado anterior à falha. No Windows XP, o backup do Estado do Sistema inclui as seguintes informações: Registro. Banco de dados Component Services Class Registration. Arquivos de inicialização do sistema. Existem dois detalhes muito importantes relacionados ao backup e restauração do Estado do Sistema (System State), os quais são: Não podemos fazer o backup dos componentes do Estado do Sistema individualmente.

26 Não podemos fazer o backup e restore dos componentes do Estado do Sistema remotamente, através da rede. Por exemplo, não podemos fazer o backup do Estado do Sistema do computador1 em uma fita de backup instalada no servidor2. A ferramenta Backup é integrada ao Agendador de Tarefas. Com isso podemos agendar os backups para serem executados em horários específicos. Por exemplo, podemos agendar um backup para ser executado todos os dias às 23:00 horas e um outro backup para ser executado todos os dias às 06:00 horas. Durante o agendamento de um backup, deveremos informar uma conta de usuário que irá ser utilizada para a execução do backup. Essa conta deverá possuir os direitos necessários para fazer backup. Exemplo prático Criar um backup. 1. Clique em Iniciar, Todos os programas, Acessórios, Ferramentas do Sistema, Backup; 2. Clique em Assistente para Backup; 3. Clique em Avançar; 4. Selecione os itens dos quais deseja fazer o backup. Para o nosso exemplo, selecione a opção Fazer o backup dos arquivos, unidades ou dados da rede selecionados e clique em Avançar; 5. Selecione agora as pastas ou arquivos que serão incluídos no backup e clique em Avançar; 6. Defina o local de armazenamento do backup e clique em Avançar; 7. Clique em Avançado; 8. Defina qual será o tipo do backup e clique em Avançar; 9. Selecione se deseja verificar os dados após o backup; 10. Defina se deseja acrescentar esse backup a um backup existente ou substituir o backup existente por este e clique em Avançar; 11. Defina o rótulo do backup e clique em Avançar; 12. Defina se deseja realizar o backup imediatamente ou agendá-lo. Para o nosso exemplo clique em Agora e depois em Avançar; 13. Clique em Concluir; 14. Agora o backup será executado. Será exibida uma tela de progresso do backup. Após a finalização, poderemos verificar o relatório do backup; 15. Clique em Fechar. Com relação à restauração do backup, temos o Assistente de Restauração. Ao restaurar um backup, devemos especificar: 1. Um backup.

27 2. Pastas e arquivos a serem restaurados. 3. Local da restauração. 4. E as opções de restauração. Durante a restauração de um backup, podemos configurar uma opção muito importante, relacionada à segurança: Restaurar segurança: Permite-nos restaurar as permissões NTFS originais dos arquivos e pastas, incluindo também as entradas de auditoria e dono. Esta configuração somente é válida para pastas e arquivos localizados em partições NTFS, ou seja, quando o backup desses arquivos e pastas forem feitos, devem estar localizados em uma partição ou volume NTFS, e a restauração também deverá ser realizada em uma partição ou volume NTFS. Exemplo prático Restaurar um backup. 1. Clique em Iniciar, Todos os programas, Acessórios, Ferramentas do Sistema, Backup; 2. Clique em Assistente para restauração; 3. Clique em Avançar; 4. Selecione o backup a ser restaurado e clique em Avançar; 5. Clique em Avançado; 6. Selecione o local onde o backup será restaurado. Para o nosso exemplo escolha local original e clique em Avançar; 7. Defina como o backup será restaurado. As opções são: Não substituir o arquivo no disco, Substituir o arquivo no disco somente se ele for mais antigo que a cópia do backup e Sempre substituir o arquivo no disco. Para o nosso exemplo escolha Não substituir o arquivo no disco e clique em Avançar; 8. Defina as opções avançadas de restauração e clique em Avançar; 9. Clique em Concluir; 10. Defina a localização do backup; 11. Clique em OK; 12. Nesse momento será feito a restauração do backup. Será exibido uma tela de Progresso da restauração. Após a finalização, poderemos verificar o relatório da restauração;

28 13. Clique em Fechar. Teclas de atalho: Atalhos de teclado gerais CTRL+C (Copiar) CTRL+X (Cortar) CTRL+V (Colar) CTRL+Z (Desfazer) DELETE (Excluir) SHIFT+DELETE (Excluir o item selecionado permanentemente sem colocá-lo na Lixeira) CTRL enquanto arrasta um item (Copiar o item selecionado) CTRL+SHIFT enquanto arrasta um item (Criar um atalho para o item selecionado) F2 (Renomear o item selecionado) CTRL+SHIFT com qualquer tecla de seta (Destacar um bloco de texto) SHIFT com qualquer tecla de seta (Selecionar mais de um item em uma janela ou no desktop, ou selecionar o texto em um documento) CTRL+A (Selecionar tudo) Tecla F3 (Pesquisar um arquivo ou pasta) ALT+ENTER (Exibir as propriedades para o item selecionado) ALT+F4 (Fechar o item ativo, ou encerrar o programa ativo) ALT+ENTER (Exibir as propriedades do objeto selecionado) ALT+SPACEBAR (Abrir o menu de atalho da janela ativa) CTRL+F4 (Fechar o documento ativo em programas que permitem que você tenha vários documentos abertos simultaneamente) ALT+TAB (Alternar entre itens abertos) ALT+ESC (Circular através de itens na ordem em que eles foram abertos) F6 (Circular através de elementos da tela em uma janela ou no desktop)

29 F4 (Exibir a barra de Endereços em Meu Computador ou no Windows Explorer) SHIFT+F10 (Exibir o menu de atalho do item selecionado) ALT+SPACEBAR (Exibir o menu de Sistema da janela ativa) CTRL+ESC (Exibir o menu Iniciar) ALT+a letra sublinhada em um nome de menu (Exibir o menu correspondente) Letra grifada em um nome de comando em um menu aberto (Executar o comando correspondente) F10 (Ativar a barra de menu no programa ativo) RIGHT ARROW (Abrir o próximo menu da direita, ou abrir um submenu) LEFT ARROW (Abrir o próximo menu da esquerda, ou fechar um submenu) F5 (Atualizar a janela ativa) BACKSPACE (Exibir a pasta em um nível acima em Meu Computador ou no Windows Explorer) ESC (Cancelar a tarefa atual) SHIFT quando você insere um CD-ROM na unidade de CD-ROM (Impedir que o CD-ROM execute automaticamente) CTRL+SHIFT+ESC (Abre o Gerenciador de tarefas) Atalhos do teclado para caixa de diálogo Se você pressionar SHIFT+F8 em caixas de lista de seleção estendidas, você habilita o modo de seleção de estendido. Nesse modo, é possível usar uma seta de direção para mover um cursor sem alterar a seleção. É possível pressionar CTRL+BARRA DE ESPAÇOS ou SHIFT+BARRA DE ESPAÇOS para ajustar a seleção. Para cancelar o modo de seleção estendido, pressione SHIFT+F8 novamente. O modo de seleção estendido se auto cancela quando você move o foco para outro controle. CTRL+TAB (Mover para frente através das guias) CTRL+SHIFT+TAB (Mover para trás através das guias) TAB (Mover para frente através das opções) SHIFT+TAB (Mover para trás através das opções)

30 ALT+Letra grifada (Executar o comando correspondente ou selecionar a opção correspondente) ENTER (Executar o comando para a opção ativa ou botão) SPACEBAR (Selecionar ou limpar a caixa de verificação se a opção ativa for uma caixa de verificação) Teclas de seta (Selecionar um botão se a opção ativa for um grupo de botões de opção) F1 (Exibir Ajuda) F4 (Exibir os itens na lista ativa) BACKSPACE (Abrir uma pasta um nível acima se uma pasta estiver selecionada na caixa de diálogo Salvar como ou Abrir) Atalhos de teclado naturais da Microsoft (Exibir ou ocultar o menu Iniciar) +BREAK (Exibir a caixa de diálogo Propriedades do Sistema) +D (Exibir o desktop) +M (Minimizar todas as janelas) +SHIFT+M (Restaurar as janelas minimizadas) +E (Abrir Meu computador) +F (Pesquisar um arquivo ou pasta) CTRL+ +F (Pesquisar por computadores) +F1 (Exibir Ajuda do Windows) + L (Travar o teclado) +R (Abrir a caixa de diálogo Executar) +U (Abrir o Gerenciador de Utilitário) Atalhos de teclado de acessibilidade SHIFT direito por oito segundos (Alternar entre ligar e desligar as Teclas de filtragem)

31 ALT esquerdo+shift esquerdo+print SCREEN (Alternar entre ligar e desligar Alto Contraste) ALT esquerdo+shift esquerdo+num LOCK (Alternar entre ligar e desligar Teclas para mouse) SHIFT cinco vezes (Alternar entre ligar e desligar as Teclas de Aderência) NUM LOCK por cinco segundos (Alternar entre ligar e desligar as Teclas de Alternância) WINDOWS VISTA Introdução Os diferentes usuários do Windows precisam de funcionalidades diferentes nos seus sistemas operacionais; a Microsoft oferece várias edições diferentes do Windows Vista, cada uma dirigida a públicos diferentes. Temos 6 versões do Windows Vista: Home Basic, Home Premium, Ultimate, Business, Enterprise e Starter. As várias versões do Windows Vista foram criadas a pensar nos padrões de utilização dos usuários domésticos, pequenas e médias empresas e grandes empresas. O objetivo principal da gama de produtos do Windows Vista é ajustar melhor a oferta àquilo que o mercado quer e não forçar os usuários a usar aquilo que existe e não o que se adéqua mais às suas necessidades. O que é o Windows Vista? Sistema Operacional Gráfico: O Sistema Operacional MS-DOS é um exemplo de sistema operacional nãográfico. A característica visual, ou interface não é nada amigável. Tem apenas uma tela escura e uma linha de comando. Quando desejávamos acessar algum arquivo, pasta ou programa, digitamos seu endereço no computador e vale lembrar que um ponto a mais ou a menos é o suficiente para não abri-lo. Ambientes visuais como o Windows 3.11 facilitavam muito, mas são duas coisas distintas, a parte operacional (MS-DOS) e parte visual (Windows 3.11). A partir do Windows 95 temos a parte gráfica integrada na parte operacional, logo, um Sistema Operacional Gráfico. Na nova versão do Windows Vista a aparência e características visuais mudaram radicalmente. Destaque especial para a interface (ambiente visual)

32 Windows Aero. Um dos elementos novos do Aero é o novo design Glass que dá um aspecto mais profissional e animações suaves. As janelas Glass criam um ambiente mais aberto que lhe permitem focar-se mais no conteúdo do que no que as rodeia. Duas características importantes do Aero são o Windows Flip e o Flip 3D que lhe permitem gerenciar melhor a janelas que estão abertas podendo organizá-las de uma forma prática. A visualização Aero está apenas disponível nas versões Home Premium, Business, Enterprise e Ultimate do Windows Vista. O Windows Vista oferece quatro interfaces de utilização diferentes Basic, Windows Classic, Standard e Windows Aero. Multitarefa e Preemptivo Um sistema operacional é "multitarefas" (em inglês multithreaded) quando várias "tarefas" (igualmente chamadas "processos") podem ser executadas simultaneamente. Um sistema é preemptivo quando possui um planificador, que reparte, de acordo com critérios de prioridade, o tempo da máquina pelos diferentes processos que fazem pedidos. Multiusuário Capacidade de permitir que diversos usuários estejam logados simultaneamente no sistema. Multiusuário é um termo que define um sistema operacional que permite acesso simultâneo de múltiplos usuários ao computador. Múltiplos-usuários Capacidade de criar diversos perfis de usuários. No caso, o Windows Vista tem duas opções de contas de usuários: Administrador (root) e o Usuário padrão. O administrador pode instalar de desinstalar impressoras, alterar as configurações do sistema, modificar a conta dos outros usuários entre outras configurações. Já, o usuário padrão poderá apenas usar o computador, não poderá, por exemplo, alterar a hora do Sistema.

33 Lembre-se que tanto os administradores quanto os limitados podem colocar senhas de acesso, alterar papel de parede, terão as pastas Documentos, Imagens, entre outras pastas, diferentes. O Histórico e Favoritos do Internet Explorer, os Cookies são diferentes para cada conta de usuário criada. Plug And Play (PnP) Reconhecimento, instalação e configuração automática dos itens de hardware. Tudo começa na inicialização do computador quando do Sistema Básico de Entrada e Saída (BIOS - Basic Input/Output System) envia um sinal para cada dispositivo conectado ao computador, aqueles que respondem ao sinal são os dispositivos PnP. É criada um lista (tabela) com estes dispositivos que posteriormente serão utilizados pelo sistema operacional. O início Requisitos do Sistema Processador de 1 GHz, 32 bits (x86) ou 64 bits (x64) 1 GB de memória do sistema Disco rígido de 40 GB com pelo menos 15 GB de espaço disponível Unidade de DVD-ROM Saída de áudio

34 Centro de Boas-Vindas À medida que as pessoas começam a utilizar o computador pela primeira vez, normalmente completam um conjunto de tarefas que têm como objetivo otimizar o computador para as suas necessidades. Essas tarefas incluem a ligação à Internet, adicionar contas de utilizadores e a transferência de ficheiros e configurações a partir de outro computador. O Centro de Boas-Vindas aparece quando o computador é ligado pela primeira vez, mas também pode aparecer sempre que se queira.

35 Área de Trabalho (Desktop) Ícones Representação gráfica de um arquivo, pasta ou programa. Você pode adicionar ícones na área de trabalho, assim como pode excluir. Alguns ícones são padrões do Windows: Computador, Painel de Controle, Rede, Lixeira e a Pasta do usuário. Os ícones de atalho são identificados pela pequena seta no canto inferior esquerdo da imagem. Eles permitem que você acesse programas, arquivos, pastas, unidades de disco, páginas da web, impressoras e outros computadores. Os ícones de atalho oferecem links para os programas ou arquivos que eles representam. Você pode adicioná-los e excluí-los sem afetar os programas ou arquivos atuais. Um novo recurso para selecionar ícones aleatórios sem a utilização da tecla CTRL e a caixa de seleção localizada no canto superior-esquerdo.

36 Barra de tarefas A barra de tarefas mostra quais as janelas estão abertas neste momento, mesmo que algumas estejam minimizadas ou ocultas sob outra janela, permitindo assim, alternar entre estas janelas ou entre programas com rapidez e facilidade. Podemos alternar entre as janelas abertas com a sequência de teclas ALT+TAB (FLIP) permitindo escolher qual janela, ou programa deseja manipular, ALT+ESC que alterna entre as janelas abertas sequencialmente e Tecla Windows (WINKEY) + TAB (FLIP 3D) também acessível pelo botão. Pode conter ícones e atalhos e também como uma ferramenta do Windows. Desocupa memória RAM, quando as janelas são minimizadas. A barra de tarefas também possui o menu Iniciar, barra de inicialização rápida e a área de notificação, onde você verá o relógio. Outros ícones na área de notificação podem ser exibidos temporariamente, mostrando o status das atividades em andamento. Por exemplo, o ícone da impressora é exibido quando um arquivo é enviado para a impressora e desaparece quando a impressão

37 termina. Você também verá um lembrete na área de notificação quando novas atualizações do Windows estiverem disponíveis para download no site da Microsoft. O Windows Vista mantém a barra de tarefas organizada consolidando os botões quando há muitos acumulados. Por exemplo, os botões que representam arquivos de um mesmo programa são agrupados automaticamente em um único botão. Clicar no botão permite que você selecione um determinado arquivo do programa. Outra característica muito interessante é a pré-visualização das janelas ao passar a seta do mouse sobre os botões na barra de tarefas. Botão Iniciar O botão Iniciar é o principal elemento da Barra de Tarefas. Ele dá acesso ao Menu Iniciar, de onde se podem acessar outros menus que, por sua vez, acionam programas do Windows. Ao ser acionado, o botão Iniciar mostra um menu vertical com várias opções. Alguns comandos do menu Iniciar têm uma seta para a direita, significando que há opções adicionais disponíveis em um menu secundário. Se você posicionar o ponteiro sobre um item com uma seta, será exibido outro menu. O botão Iniciar é a maneira mais fácil de iniciar um programa que estiver instalado no computador, ou fazer alterações nas configurações do computador, localizar um arquivo, abrir um documento. É apresentado em duas colunas. A coluna da esquerda (2) apresenta atalhos para os programas preferenciais e os (3) programas mais utilizados. A coluna da direita (1) apresentam atalhos para as principais pastas do usuário como Documentos, Imagens, Músicas e Jogos. A sequência de teclas para ativar o Botão Iniciar é CTRL+ESC ou a Tecla do Windows (WINKEY).

38 1. Pastas do usuário, Recursos e atalhos para ferramentas. 2. Programas preferenciais. 3. Programas mais usados e recentemente usados. Menu Iniciar O botão iniciar pode ser configurado. No Windows Vista, você pode optar por trabalhar com o novo menu Iniciar ou, se preferir, configurar o menu Iniciar para que tenha a aparência das versões anteriores do Windows (95/98/ME). Clique na barra de tarefas com o botão direito do mouse e selecione propriedades e então clique na guia Menu Iniciar.

39 Esta guia tem duas opções: Menu iniciar: Oferece a você acesso mais rápido a e mail e Internet, seus documentos, imagens e música e aos programas usados recentemente, pois estas opções são exibidas ao se clicar no botão Iniciar. Menu Iniciar Clássico: Deixa o menu Iniciar com a aparência das versões antigas do Windows, como o Windows ME, 98 e 95. Busca Instantânea: Com este recurso fica muito fácil localizar os arquivos, programas, sites favoritos, músicas e qualquer outro arquivo do usuário. Basta digitar e clicar no botão de pesquisa, ou pressionar a tecla Enter. Desligamento: O novo conjunto de comandos permite Desligar o computador, Bloquear o computador, Fazer Logoff, Trocar Usuário, Reiniciar, modo Dormir. Quando você clica no botão, o computador entra em modo de suspensão. O Windows salva automaticamente seu trabalho, o monitor é desativado e o ruído da ventoinha do computador pára. Geralmente, uma luz na

40 parte externa do gabinete do computador pisca ou fica amarela para indicar que o computador está em suspensão. Todo o processo leva apenas alguns segundos. Como o Windows salva seu trabalho, não há necessidade de fechar os programas e arquivos antes de colocar o computador em suspensão. Na próxima vez que você ligar o computador (e inserir sua senha, se necessário), a aparência da tela será exatamente igual a quando você desligou o computador. Para acordar o computador, pressione o botão para ligar/desligar no gabinete do computador. Como você não tem de esperar o Windows iniciar, o computador acorda em segundos e você pode voltar ao trabalho quase imediatamente. Observação Enquanto está em suspensão, o computador usa uma quantidade muito pequena de energia para manter seu trabalho na memória. Se você estiver usando um computador móvel, não se preocupe a bateria não será descarregada. Se o computador ficar muitas horas em suspensão ou se a bateria estiver acabando, seu trabalho será salvo no disco rígido e o computador será desligado de vez, sem consumir energia. O botão Desligar do menu Iniciar pode ter sua aparência alterada. Em determinadas circunstâncias, esta pode ser a aparência dele: ou sendo que o primeiro indica que quando o usuário clicar neste botão o computador será desligado diferentemente do modo suspensão. Já, o segundo botão indica que serão feitas instalações de atualizações e após irá desligar. É possível solicitar o desligamento do computador pressionando as teclas ALT+F4 na área de trabalho, exibindo a janela de desligamento com as seguintes opções:

41 Executar: Executar programas, arquivos, pasta, acessar páginas da internet, entre outras utilidades. Alguns comandos mais populares são: explorer (abre o Windows Explorer); msconfig (abre o programa de configuração da Inicialização do Windows, permitindo escolher qual programa deve ou não ser carregado com o Windows); regedit (abre o programa de Controle de Registros do Windows); calc (abre a Calculadora); notepad (abre o Bloco de Notas); cmd (abre o Prompt de Comando do Windows); control (abre o Painel de Controle); fonts (abre a pasta das Fontes); iexplore (abre o Internet Explorer); winword (abre o Microsoft Word) excel (abre o Microsoft Excel);

42 mspaint (abre o Paint). Barra Lateral A Barra Lateral permite uma maneira de organizar as informações que você deseja acessar rapidamente, sem congestionar o seu espaço de trabalho. A Barra Lateral está localizada na área de trabalho e contém os gadgets, que são miniprogramas personalizáveis que exibem informações continuamente atualizadas e permitem executar tarefas comuns sem abrir uma janela. Por exemplo, você pode exibir boletins meteorológicos atualizados regularmente, manchetes de notícias e uma apresentação de slides. É possível adicionar novos Gadgets à Barra lateral. Clique no botão.

43 Elementos da Janela As janelas, quadros na área de trabalho, exibem o conteúdo dos arquivos e programas. Se o conteúdo do arquivo não couber na janela, surgirá a barra de rolagem você pode visualizar o restante do conteúdo pelo quadro de rolagem ou clique nos botões de rolagem ao lado e/ou na parte inferior da janela para mover o conteúdo para cima, para baixo ou para os lados. Para alterar o tamanho da janela, clique na borda da janela e arraste-a até o tamanho desejado. Barra de Título:

44 As informações que podem ser obtidas nesta barra são: Nome do Arquivo e Nome do Aplicativo. Podemos mover a Janela a partir desta barra (clicar com o botão esquerdo do mouse, manter pressionado o clique e mover, ou arrastar). Dicas: Quando a Janela estiver Maximizada, ou seja, quando estiver ocupando toda a área de trabalho a janela não pode ser movimentada. Um duplo clique nesta barra, ativa o botão que estiver entre o botão (Minimizar) e o botão (Fechar). Menu Suspenso de Controle ou Menu de Controle: Localizado no canto superior esquerdo. Neste menu podemos ativar os seguintes comandos: Dicas: Para ativar este menu usando o teclado tecle ALT+ ESPAÇO. Um duplo clique neste menu fecha (sair) do programa. Botão Minimizar: Ao clicar neste botão a janela irá reduzir. O programa permanece aberto, porém, em forma de botão na barra de tarefas. Botão Maximizar: Ao clicar neste botão a janela atingira seu tamanho máximo, geralmente ocupando toda a área de trabalho.

45 Este botão apresenta-se quando a janela esta em seu tamanho restaurado. A janela pode ser movimentada. Botão Restaurar: Ao clicar neste botão a janela retornará ao seu tamanho anterior, antes de ser maximizada. Caso a janela já inicie maximizado o tamanho será igual ao de qualquer outro não mantendo um padrão. Este botão aparece quando a janela está maximizada, não podendo mover esta janela. Botão Fechar: Fecha a janela, encerrando o aplicativo. Barra de Menus: Nesta barra é apresentada a lista de menus disponíveis no aplicativo. Dicas: Para ativar qualquer menu pode-se utilizar a seguinte sequência de teclas: ALT+Letra sublinhada. No Windows Vista os menus não apresentam letras sublinhadas. Para visualizar as letras sublinhadas deve ser pressionada a tecla ALT e então, escolher o menu pela letra que aparecer sublinhada. Barra de Rolagem: A barra de rolagem é constituída por: (1) setas de rolagem que permitem visualizar uma parte do documento que não é visualizada por ser maior que a janela e (2) quadro ou caixa de rolagem que permite ter uma ideia de qual parte do documento está sendo visualizado. Windows Explorer No Windows, o Exploradores são as ferramentas principais para procurar, visualizar e gerenciar informação e recursos documentos, fotos, aplicações,

46 dispositivos e conteúdos da Internet. Dando uma experiência visual e funcional consistente, os novos Exploradores do Windows Vista permitem-lhe gerenciar a sua informação com flexibilidade e controle. Isto foi conseguido pela inclusão dos menus, barras de ferramentas, áreas de navegação e antevisão numa única interface que é consistente em todo o sistema. Os elementos chave dos Exploradores do Windows Vista são: Busca Instantânea, que está sempre disponível. Área de Navegação, que contém tanto as novas Pastas de Busca e as pastas tradicionais. Barra de Comandos, que lhe mostra as tarefas apropriadas para os arquivos que estão sendo exibidos. Live Icons, que lhe mostram uma pré-visualização em miniatura (Thumbnail), do conteúdo de cada pasta. Área de Visualização, que lhe mostra informações adicionais sobre os arquivos.

47 Área de Leitura, que permite aos utilizadores ver uma antevisão do conteúdo nas aplicações que suportem esta função. Barras de Endereço, Barras de Título e recursos melhorados. Busca Instantânea Cada janela do Explorador no Windows Vista contém um campo de busca integrado no qual pode ser introduzida parte de uma palavra, uma palavra ou frase. O sistema de Busca Instantânea procura imediatamente nomes de arquivos, propriedades dos arquivos (metadados) e o texto contido nos arquivos e mostra-lhe os resultados imediatamente. O exemplo mostrado na ilustração introduzindo a palavra Internet Explorer 7 no campo de Busca Instantânea resulta na apresentação de um número de arquivos relacionados com o nome arquivos cujo a palavra é mencionada tanto no nome como no conteúdo do arquivo. Barra de Ferramentas (Comandos)

48 Organizar No comando Organizar temos acesso a uma série de comandos como, por exemplo, Criar Nova pasta, recortar, copiar, colar, desfazer, refazer, selecionar tudo, Layout do Explorador (Barra de menus, Painel de Detalhes, Painel de Visualização e Painel de Navegação), Opções de pasta e pesquisa, excluir, renomear, remover propriedades, propriedades e fechar. A barra de comandos muda conforme o tipo de arquivo escolhido na pasta. A nova Barra de Comandos mostra-lhe as tarefas que são mais apropriadas aos arquivos que estão a sendo exibidos no Explorador. O conteúdo da Barra de Comandos é baseado no conteúdo da janela. Por exemplo, a Barra de Comandos do Explorador de Documentos contém tarefas apropriadas para trabalhar com documentos enquanto que a mesma barra no Explorador de Fotos contém tarefas apropriadas para trabalhar com imagens. Ao contrário do Windows XP e Exploradores anteriores, tanto a Barra de Comandos como a Área de Navegação estão disponíveis simultaneamente, assim as tarefas na Barra de Comandos estão sempre disponíveis para que não tenha que andar a alternar entre a Área de Navegação e a Barra de Comandos. Pasta Documentos Pasta Imagens Pasta Músicas Live Icons (Modos de Exibição) Os ícones ao vivo no Windows Vista são um grande melhoramento em relação aos ícones tradicionais. Nas aplicações que tenham esta funcionalidade disponível, os Live Icons fornecem-lhe uma pré-visualização em miniatura do conteúdo de cada arquivo, em vez de uma representação genérica da aplicação que está associada ao arquivo. Conseguirá ver pré-visualização dos arquivos - incluindo as primeiras páginas dos seus documentos, as suas fotos e mesmo as capas dos álbuns das músicas que têm gravadas no computador sem ter que abrir qualquer desses arquivos.

49 Painel de Navegação e Pastas de Busca O painel de Navegação em cada Explorador foi redesenhada para simplificar a navegação pelo conteúdo do seu computador e assim descobrir rapidamente aquilo que procura. A visualização do Painel de Navegação é composta por uma série de atalhos rápidos (Links Favoritos) que o transportam para o Explorador de Documentos, Explorador de Fotos ou para o Explorador de Música. Painel de detalhes

50 Com a Área de pré-visualização já não tem que clicar com o botão direito do mouse em um arquivo para abrir a caixa das propriedades. Em vez disso, uma descrição completa das propriedades do arquivo está sempre visível no Painel de detalhes. Aqui também é possível adicionar ou editar propriedades de um ou mais arquivos. Painel de Visualização De forma a oferecer-lhe uma maneira ainda mais completa de pré-visualizar os conteúdos dos documentos sem ter que os abrir, os Exploradores como o Explorador de Documentos, Explorador de Música e o Explorador de Imagens oferecem-lhe um Painel de Visualização opcional. Nas aplicações que disponibilizem esta funcionalidade poderá navegar por pré-visualizações legíveis de vários documentos ou antever alguns segundos do conteúdo de arquivos de mídia. Barra de Endereços

51 A Barra de Endereços melhorada contém menus que percorrem todas as etapas de navegação, permitindo-lhe andar para trás ou para frente em qualquer ponto de navegação. Lixeira do Windows É uma pasta que armazena temporariamente arquivos excluídos. Podemos restaurar arquivos excluídos. Dicas: O tamanho padrão é personalizado (podemos alterar o tamanho da lixeira acessando as propriedades da lixeira);

52 Não podemos manipular arquivos que estão na lixeira. (no caso das imagens podemos ativar o modo de exibição para visualizar quais imagens foram excluídas); A Lixeira do Windows possui dois ícones. Lixeira vazia Lixeira com itens Para esvaziar a lixeira podemos seguir os seguintes procedimentos:

53 Clicar com o botão direito do mouse sobre o ícone da lixeira, no menu de contexto ativar o comando Esvaziar a lixeira. Na janela que aparece em decorrência desta ação ativar o comando Sim. Abrir a pasta Lixeira, clicar no comando Esvaziar lixeira na Barra de comandos. Na janela que aparece em decorrência desta ação ativar o botão Sim. Para recuperar arquivo(s) excluído(s): Abrir a pasta Lixeira, selecionar o(s) arquivo(s) desejado(s), clicar no comando Restaurar este item, da barra de comandos. Abrir a pasta Lixeira, selecionar o(s) arquivo(s) desejado(s), clicar o botão direito do mouse e, no menu de contexto, ativar o comando Restaurar. Acessórios do Windows O Windows XP inclui muitos programas e acessórios úteis. São ferramentas para edição de texto, criação de imagens, jogos, ferramentas para melhorar a performance do computador, calculadora e etc. Se fôssemos analisar cada acessório que temos, encontraríamos várias aplicações, mas vamos citar as mais usadas e importantes. A pasta Acessórios é acessível dando-se um clique no botão Iniciar na Barra de tarefas, escolhendo a opção Todos os Programas e no submenu, que aparece, escolha Acessórios. Bloco de Notas Editor simples de texto utilizado para gerar programas, retirar a formatação de um texto e etc. Sua extensão de arquivo padrão é TXT. A formatação escolhida será aplicada em todo texto. Word Pad

54 Editor de texto com formatação do Windows. Pode conter imagens, tabelas e outros objetos. A formatação é limitada se comparado com o Word. A extensão padrão gerada pelo Word Pad é a RTF. Lembre-se que por meio do programa Word Pad podemos salvar um arquivo com a extensão DOC entre outras. Paint Editor simples de imagens do Windows. A extensão padrão é a BMP. Permite manipular arquivos de imagens com as extensões: JPG ou JPEG, GIF, TIFF, PNG, ICO entre outras.

55 Calculadora Pode ser exibida de duas maneiras: simples ou científica. Windows Movie Maker Editor de vídeos. Permite a criação e edição de vídeos. Permite inserir narrações, músicas, legendas, etc... Possui vários efeitos de transição para unir cortes ou cenas do vídeo. A extensão padrão gerada pelo Movie Maker é a MSWMM se desejar salvar o projeto ou WMV se desejar salvar o vídeo.

56 Snipping Tool (Ferramenta de captura e recorte) Ferramenta do Windows que permite capturar telas e inclusive personalizar os recortes. Podemos salvar as imagens em jpg, gif, png entre outras extensões de arquivos de imagens. Ferramentas do Sistema As principais ferramentas do sistema são: Limpeza de disco Permite apagar arquivos e programas (temporários, da lixeira, que são pouco usados) para liberação do espaço no HD.

57 Desfragmentador de Disco É um utilitário que reorganiza os dados em seu disco rígido, de modo que cada arquivo seja armazenado em blocos contíguos, ao invés de serem dispersos em diferentes áreas do disco e elimina os espaços em branco.

58 Verificador de Erros Varre a unidade em busca de erros, defeitos ou arquivos corrompidos e caso o usuário deseje e tenta corrigi-los automaticamente. Backup (cópia de segurança) Permite transferir arquivos do HD para outras unidades de armazenamento. As cópias realizadas podem seguir um padrão de intervalos entre um backup e outro.

59 Os principais tipos de backup são: Normal: limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados. Agiliza o processo de restauração, pois somente um backup será restaurado. Cópia: não limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados. Diferencial: não limpa os marcadores. Faz o backup somente de arquivos e pastas selecionados que foram alterados após o ultimo backup. Incremental: limpa os marcadores. Faz o backup somente de arquivos e pastas selecionados que foram alterados após o ultimo backup. Diário: não limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados que foram alterados durante o dia.

60 Ferramentas de Segurança Recursos como o Firewall do Windows e o Windows Defender podem ajudar a manter a segurança do computador. A Central de Segurança do Windows tem links para verificar o status do firewall, do software antivírus e da atualização do computador. O UAC (Controle de Conta de Usuário) pode ajudar a impedir alterações não autorizadas no computador solicitando permissão antes de executar ações capazes de afetar potencialmente a operação do computador ou que alteram configurações que afetam outros usuários. Firewall do Windows Um firewall é uma primeira linha de defesa contra muitos tipos de malware (programa malicioso). Configurada como deve ser, pode parar muitos tipos de

61 malware antes que possam infectar o seu computador ou outros computadores na sua rede. O Windows Firewall, que vem com o Windows Vista, está ligado por omissão e começa a proteger o seu PC assim que o Windows é iniciado. Foi criado para ser fácil de usar, com poucas opções de configuração e uma interface simples. Mais eficiente que o Firewall nas versões anteriores do Windows, a firewall do Windows Vista ajuda-o a proteger-se restringindo outros recursos do sistema operacional se comportarem de maneira inesperada um indicador comum da presença de malware. Windows Update Outra funcionalidade importante do Windows Vista é o Windows Update, que ajuda a manter o seu computador atualizado oferecendo a opção de baixar e instalar automaticamente as últimas atualizações de segurança e funcionalidade. O processo de atualização foi desenvolvido para ser simples a atualização ocorre em segundo plano e se for preciso reiniciar o computador, poderá ser feito em qualquer outro momento. Windows Defender O Windows Defender (anteriormente conhecido por Windows AntiSpyware) é uma funcionalidade do Windows Vista que ajuda a proteger o seu computador fazendo análises regulares ao disco rígido do seu computador e oferecendo-se para remover qualquer spyware ou outro software potencialmente indesejado que encontrar. Também oferece uma proteção que está sempre ativa e que vigia locais do sistema, procurando alterações que assinalem a presença de spyware e

62 comparando qualquer arquivo inserido com uma base de dados do spyware conhecido que é constantemente atualizada. Teclas de atalho gerais F1 (Exibir a Ajuda) CTRL+C (Copiar o item selecionado) CTRL+X (Recortar o item selecionado) CTRL+V (Colar o item selecionado) CTRL+Z (Desfazer uma ação) CTRL+Y (Refazer uma ação) DELETE (Excluir o item selecionado e movê-lo para a Lixeira) SHIFT+DELETE (Excluir o item selecionado sem movê-lo para a Lixeira primeiro) F2 (Renomear o item selecionado) CTRL+SETA PARA A DIREITA (Mover o cursor para o início da próxima palavra) CTRL+SETA PARA A ESQUERDA (Mover o cursor para o início da palavra anterior)

63 CTRL+SETA PARA BAIXO (Mover o cursor para o início do próximo parágrafo) CTRL+SETA PARA CIMA (Mover o cursor para o início do parágrafo anterior) CTRL+SHIFT com uma tecla de seta (Selecionar um bloco de texto) SHIFT com qualquer tecla de seta (Selecionar mais de um item em uma janela ou na área de trabalho ou selecionar o texto dentro de um documento) CTRL com qualquer tecla de seta+barra DE ESPAÇOS (Selecionar vários itens individuais em uma janela ou na área de trabalho) CTRL+A (Selecionar todos os itens de um documento ou janela) F3 (Procurar um arquivo ou uma pasta) ALT+ENTER (Exibir as propriedades do item selecionado) ALT+F4 (Fechar o item ativo ou sair do programa ativo) ALT+BARRA DE ESPAÇOS (Abrir o menu de atalho para a janela ativa) CTRL+F4 (Fechar o documento ativo (em programas que permitem vários documentos abertos simultaneamente)) ALT+TAB (Alternar entre itens abertos) CTRL+ALT+TAB (Usar as teclas de seta para alternar entre itens abertos) Windows tecla de logotipo +TAB (Percorrer programas na barra de tarefas usando o Flip 3-D do Windows) CTRL+Windows tecla de logotipo do +TAB (Usar as teclas de seta para percorrer programas na barra de tarefas usando o Flip 3-D do Windows) ALT+ESC (Percorrer os itens na ordem em que foram abertos) F6 (Percorrer os elementos da tela em uma janela ou na área de trabalho) F4 (Exibir a lista da Barra de endereços no Windows Explorer) SHIFT+F10 (Exibir o menu de atalho para o item selecionado) CTRL+ESC (Abrir o menu Iniciar) ALT+letra sublinhada (Exibir o menu correspondente) ALT+letra sublinhada (Executar o comando do menu (ou outro comando sublinhado))

64 F10 (Ativar a barra de menus no programa ativo) SETA PARA A DIREITA (Abrir o próximo menu à direita ou abrir um submenu) SETA PARA A ESQUERDA (Abrir o próximo menu à esquerda ou fechar um submenu) F5 (Atualizar a janela ativa) ALT+SETA PARA CIMA (Exibir a pasta um nível acima no Windows Explorer) ESC (Cancelar a tarefa atual) CTRL+SHIFT+ESC (Abrir o Gerenciador de Tarefas) SHIFT quando inserir um CD (Evitar que o CD seja executado automaticamente) Atalhos com tecla do Windows (Winkey) (Abrir ou fechar o menu Iniciar) +PAUSE (Exibir a caixa de diálogo Propriedades do Sistema) +D (Exibir a área de trabalho) +M (Minimizar todas as janelas) +SHIFT+M (Restaurar janelas minimizadas na área de trabalho) +E (Abrir computador) +F (Procurar um arquivo ou uma pasta) CTRL+ +F (Procurar computadores (se você estiver em uma rede)) +L (Bloquear o computador ou alternar usuários) +R (Abrir a caixa de diálogo Executar) +T (Percorrer programas na barra de tarefas) +TAB (Percorrer programas na barra de tarefas usando o Flip 3-D do Windows) CTRL+ +TAB (Usar as teclas de seta para percorrer programas na barra de tarefas usando o Flip 3-D do Windows)

65 +BARRA DE ESPAÇOS (Trazer todos os gadgets para a frente e selecionar a Barra Lateral do Windows) +G (Percorrer gadgets da Barra Lateral) +U (Abrir a Central de Facilidade de Acesso) +X (Abrir a Central de Mobilidade do Windows) com qualquer tecla numérica (Abrir o atalho de Início Rápido que estiver na posição correspondente ao número. Por exemplo, use a Windows tecla de logotipo +1 para iniciar o primeiro atalho no menu Início Rápido) Criar atalhos de teclado para abrir programas É possível criar atalhos de teclado para abrir programas, o que pode ser mais simples que abrir programas usando o mouse ou outro dispositivo apontador. Antes de concluir estas etapas, verifique se já foi criado um atalho para o programa ao qual deseja atribuir um atalho de teclado. Se nenhum atalho tiver sido criado, vá até a pasta que contém o programa, clique com o botão direito do mouse no arquivo do programa e clique em Criar Atalho para criar um atalho. Localize o atalho para o programa para o qual deseja criar um atalho de teclado. Clique com o botão direito do mouse no atalho e clique em Propriedades. Na caixa de diálogo Propriedades do Atalho, clique na guia Atalho e na caixa Tecla de atalho. Pressione a tecla que deseja usar no teclado em combinação com CTRL+ALT (atalhos de teclado iniciam automaticamente com CTRL+ALT) e clique em OK. Agora você já pode usar esse atalho de teclado para abrir o programa quando estiver usando a área de trabalho. O atalho também funcionará enquanto você estiver usando alguns programas, embora possa não funcionar com alguns programas que tenham seus próprios atalhos de teclado. Observações A caixa Tecla de atalho exibirá Nenhum até a tecla ser selecionada. Depois, a caixa exibirá Ctrl+Alt seguido pela tecla selecionada.

66 Você não pode usar as teclas ESC, ENTER, TAB, BARRA DE ESPAÇOS, PRINT SCREEN, SHIFT ou BACKSPACE para criar um atalho de teclado.

67 WINDOWS 7. O que é o Windows 7? Sistema Operacional Gráfico: O Sistema Operacional MS-DOS é um exemplo de sistema operacional nãográfico. A característica visual, ou interface não é nada amigável. Tem apenas uma tela escura e uma linha de comando. Quando desejávamos acessar algum arquivo, pasta ou programa, digitamos seu endereço no computador e vale lembrar que um ponto a mais ou a menos é o suficiente para não abri-lo. Ambientes visuais como o Windows 3.11 facilitavam muito, mas são duas coisas distintas, a parte operacional (MS-DOS) e parte visual (Windows 3.11). A partir do Windows 95 temos a parte gráfica integrada na parte operacional, logo, um Sistema Operacional Gráfico. O Linux também não é um sistema operacional gráfico, porém utiliza um ambiente gráfico para tornar mais amigável sua utilização como, por exemplo, GNOME e KDE. Na nova versão do Windows Seven a aparência e características visuais mudaram em relação ao Vista e, muito mais, em relação ao XP. Multitarefa e Preemptivo Um sistema operacional é "multitarefas" (em inglês multithreaded) quando várias "tarefas" (igualmente chamadas "processos") podem ser executadas simultaneamente. Um sistema é preemptivo quando possui um planificador, que reparte, de acordo com critérios de prioridade, o tempo da máquina pelos diferentes processos que fazem pedidos. Multiusuário Capacidade de permitir que diversos usuários estejam logados simultaneamente no sistema. Multiusuário é um termo que define um sistema operacional que permite acesso simultâneo de múltiplos usuários ao computador. Múltiplos-usuários Capacidade de criar diversos perfis de usuários. No caso, o Windows Seven tem duas opções de contas de usuários: Administrador (root) e o Usuário padrão (limitado). O administrador pode instalar de desinstalar impressoras, alterar as configurações do sistema, modificar a conta dos outros usuários entre outras

68 configurações. Já, o usuário padrão poderá apenas usar o computador, não poderá, por exemplo, alterar a hora do Sistema. Lembre-se que tanto os administradores quanto os limitados podem colocar senhas de acesso, alterar papel de parede, terão as pastas Documentos, Imagens, entre outras pastas, diferentes. O Histórico e Favoritos do Internet Explorer, os Cookies são diferentes para cada conta de usuário criada. Plug And Play (PnP) Instalação automática dos itens de hardware. Sem a necessidade de desligar o computador para iniciar suas instalação. O Windows possui dezenas de Drivers (pequenos arquivos de configuração e reconhecimento que permitem o correto funcionamento do item de hardware, ou seja, ensinam ao Windows como utilizar o hardware). Quando plugado o Windows inicia a tentativa de instalação procurando nos Drivers, já existentes, que condizem com o hardware plugado. O início Requisitos do Sistema Processador de 1 GHz, 32 bits (x86) ou 64 bits (x64) 1 GB de memória do sistema Disco rígido de 40 GB com pelo menos 15 GB de espaço disponível Unidade de DVD-ROM

69 Saída de áudio Centro de Boas-Vindas À medida que as pessoas começam a utilizar o computador pela primeira vez, normalmente completam um conjunto de tarefas que têm como objetivo otimizar o computador para as suas necessidades. Essas tarefas incluem a ligação à Internet, adicionar contas de utilizadores e a transferência de arquivos e configurações a partir de outro computador. O Centro de Boas-Vindas aparece quando o computador é ligado pela primeira vez, mas também pode aparecer sempre que se queira.

70 Área de Trabalho (Desktop) Ícones Representação gráfica de um arquivo, pasta ou programa. Você pode adicionar ícones na área de trabalho, assim como pode excluir. Alguns ícones são padrões do Windows: Computador, Painel de Controle, Rede, Lixeira e a Pasta do usuário. Os ícones de atalho são identificados pela pequena seta no canto inferior esquerdo da imagem. Eles permitem que você acesse programas, arquivos, pastas, unidades de disco, páginas da web, impressoras e outros computadores. Os ícones de atalho oferecem links para os programas ou arquivos que eles representam. Você pode adicioná-los e excluí-los sem afetar os programas ou arquivos atuais. Para selecionar ícones aleatórios, pressione a tecla CTRL e clique nos ícones desejados.

71 Barra de tarefas A barra de tarefas mostra quais as janelas estão abertas neste momento, mesmo que algumas estejam minimizadas ou ocultas sob outra janela, permitindo assim, alternar entre estas janelas ou entre programas com rapidez e facilidade. Podemos alternar entre as janelas abertas com a sequência de teclas ALT+TAB (FLIP) permitindo escolher qual janela, ou programa deseja manipular, ALT+ESC que alterna entre as janelas abertas sequencialmente e Tecla Windows (WINKEY) + TAB (FLIP 3D) também acessível pelo botão. A barra de tarefas pode conter ícones e atalhos e também como uma ferramenta do Windows. Desocupa memória RAM, quando as janelas são minimizadas. A barra de tarefas também possui o menu Iniciar, barra de inicialização rápida e a área de notificação, onde você verá o relógio. Outros ícones na área de notificação podem ser exibidos temporariamente, mostrando o status das atividades em andamento. Por exemplo, o ícone da impressora é exibido quando um arquivo é enviado para a impressora e desaparece quando a impressão termina. Você também verá um lembrete na área de notificação quando novas atualizações do Windows estiverem disponíveis para download no site da Microsoft.

72 O Windows Seven mantém a barra de tarefas organizada consolidando os botões quando há muitos acumulados. Por exemplo, os botões que representam arquivos de um mesmo programa são agrupados automaticamente em um único botão. Clicar no botão permite que você selecione um determinado arquivo do programa. Outra característica muito interessante é a pré-visualização das janelas ao passar a seta do mouse sobre os botões na barra de tarefas. É possível adicionar novos Gadgets à Área de trabalho. A novidade é que os Gadgets não ficam presos a uma barra lateral, podem ser colocados em qualquer lugar na área de trabalho. Botão Iniciar O botão Iniciar é o principal elemento da Barra de Tarefas. Ele dá acesso ao Menu Iniciar, de onde se podem acessar outros menus que, por sua vez, acionam programas do Windows. Ao ser acionado, o botão Iniciar mostra um

73 menu vertical com várias opções. Alguns comandos do menu Iniciar têm uma seta para a direita, significando que há opções adicionais disponíveis em um menu secundário. Se você posicionar o ponteiro sobre um item com uma seta, será exibido outro menu. O botão Iniciar é a maneira mais fácil de iniciar um programa que estiver instalado no computador, ou fazer alterações nas configurações do computador, localizar um arquivo, abrir um documento. É apresentado em duas colunas. A coluna da esquerda (2) apresenta a lista de documentos recentes (10 por padrão podendo ser alterado entre 0 e 60 itens), os (3) programas favoritos (fixados), (4) programas mais utilizados e (5) caixa de pesquisa instantânea. A coluna da direita (1) o menu personalizado apresentam atalhos para as principais pastas do usuário como Documentos, Imagens, Músicas e Jogos. A seqüência de teclas para ativar o Botão Iniciar é CTRL+ESC ou a Tecla do Windows (WINKEY). Busca Instantânea: Com este recurso fica muito fácil localizar os arquivos, programas, sites favoritos, músicas e qualquer outro arquivo do usuário. Basta digitar e os resultados vão aparecendo na coluna da esquerda.

74 Desligamento: O novo conjunto de comandos permite Desligar o computador, Bloquear o computador, Fazer Logoff, Trocar Usuário, Reiniciar, Suspender ou Hibernar. Suspender: O Windows salva seu trabalho, não há necessidade de fechar os programas e arquivos antes de colocar o computador em suspensão. Na próxima vez que você ligar o computador (e inserir sua senha, se necessário), a aparência da tela será exatamente igual a quando você suspendeu o computador. Para acordar o computador, pressione qualquer tecla. Como você não tem de esperar o Windows iniciar, o computador acorda em segundos e você pode voltar ao trabalho quase imediatamente. Observação: Enquanto está em suspensão, o computador usa uma quantidade muito pequena de energia para manter seu trabalho na memória. Se você estiver usando um computador móvel, não se preocupe a bateria não será descarregada. Se o computador ficar muitas horas em suspensão ou se a bateria estiver acabando, seu trabalho será salvo no disco rígido e o computador será desligado de vez, sem consumir energia. É possível solicitar o desligamento do computador pressionando as teclas ALT+F4 na área de trabalho, exibindo a janela de desligamento com as seguintes opções:

75 Executar: Executar programas, arquivos, pasta, acessar páginas da internet, entre outras utilidades. Alguns comandos mais populares são: explorer (abre o Windows Explorer); msconfig (abre o programa de configuração da Inicialização do Windows, permitindo escolher qual programa deve ou não ser carregado com o Windows); regedit (abre o programa de Controle de Registros do Windows); calc (abre a Calculadora); notepad (abre o Bloco de Notas); cmd (abre o Prompt de Comando do Windows); control (abre o Painel de Controle); fonts (abre a pasta das Fontes); iexplore (abre o Internet Explorer); excel (abre o Microsoft Excel); mspaint (abre o Paint).

76 Elementos da Janela As janelas, quadros na área de trabalho, exibem o conteúdo dos arquivos e programas. Se o conteúdo do arquivo não couber na janela, surgirá a barra de rolagem você pode visualizar o restante do conteúdo pelo quadro de rolagem ou clique nos botões de rolagem ao lado e/ou na parte inferior da janela para mover o conteúdo para cima, para baixo ou para os lados. Para alterar o tamanho da janela, clique na borda da janela e arraste-a até o tamanho desejado. Barra de Título: As informações que podem ser obtidas nesta barra são: Nome do Arquivo e Nome do Aplicativo. Podemos mover a Janela a partir desta barra (clicar com o botão esquerdo do mouse, manter pressionado o clique e mover, ou arrastar). Dicas: Quando a Janela estiver Maximizada, ou seja, quando estiver ocupando toda a área de trabalho a janela não pode ser movimentada. Arrastando a barra de título para o lado direito ou esquerdo da área de trabalho (até que o cursor encoste no extremo direito ou esquerdo) o modo de organização das janela LADO a LADO é sugerido.

77 E caso você agite a janela, as janelas em segundo plano serão minimizadas. Um duplo clique nesta barra, ativa o botão que estiver entre o botão (Minimizar) e o botão (Fechar). Menu Suspenso de Controle ou Menu de Controle: Localizado no canto superior esquerdo. Neste menu podemos ativar os seguintes comandos: Dicas: Para ativar este menu usando o teclado tecle ALT+ ESPAÇO. Um duplo clique neste menu fecha (sair) do programa.

78 Botão Minimizar: Ao clicar neste botão a janela irá reduzir. O programa permanece aberto, porém, em forma de botão na barra de tarefas. Botão Maximizar: Ao clicar neste botão a janela atingira seu tamanho máximo, geralmente ocupando toda a área de trabalho. Este botão apresenta-se quando a janela esta em seu tamanho restaurado. A janela pode ser movimentada. Botão Restaurar: Ao clicar neste botão a janela retornará ao seu tamanho anterior, antes de ser maximizada. Caso a janela já inicie maximizado o tamanho será igual ao de qualquer outro não mantendo um padrão. Este botão aparece quando a janela está maximizada, não podendo mover esta janela. Botão Fechar: Fecha a janela, encerrando o aplicativo. Barra de Menus: Nesta barra é apresentada a lista de menus disponíveis no aplicativo. Dicas: Para ativar qualquer menu pode-se utilizar a seguinte sequência de teclas: ALT+Letra sublinhada. No Windows Seven os menus não aparecem. Para visualizar os menus deve ser pressionada a tecla ALT e então, escolher o menu pela letra que aparecer sublinhada. Barra de Rolagem:

79 A barra de rolagem é constituída por: (1) setas de rolagem que permitem visualizar uma parte do documento que não é visualizada por ser maior que a janela e (2) quadro ou caixa de rolagem que permite ter uma idéia de qual parte do documento está sendo visualizado. Windows Explorer No Windows, os Exploradores são as ferramentas principais para procurar, visualizar e gerenciar informação e recursos documentos, fotos, aplicações, dispositivos e conteúdos da Internet. Dando uma experiência visual e funcional consistente, os novos Exploradores do Windows Seven permitem-lhe gerenciar a sua informação com flexibilidade e controle. Isto foi conseguido pela inclusão dos menus, barras de ferramentas, áreas de navegação e antevisão numa única interface que é consistente em todo o sistema. Ao abrir o Windows Explorer o novo sistema de BIBLIOTECAS permite acesso rápido as principais pastas do usuário. Os elementos chave dos Exploradores do Windows 7 são: Busca Instantânea, que está sempre disponível. Área de Navegação, que contém tanto as novas Pastas de Busca e as pastas tradicionais.

80 Barra de Comandos, que lhe mostra as tarefas apropriadas para os arquivos que estão sendo exibidos. Live Icons, que lhe mostram uma pré-visualização em miniatura (Thumbnail), do conteúdo de cada pasta. Painel de Detalhes, que lhe mostra informações adicionais sobre os arquivos. Painel de visualização, que permite aos utilizadores ver uma antevisão do conteúdo nas aplicações que suportem esta função. Barras de Endereço, Barras de Título e recursos melhorados. Busca Instantânea Cada janela do Explorador no Windows Seven contém um campo de busca integrado no qual pode ser introduzida parte de uma palavra, uma palavra ou frase. O sistema de Busca Instantânea procura imediatamente nomes de arquivos, propriedades dos arquivos (metadados) e o texto contido nos arquivos e mostra-lhe os resultados imediatamente. O exemplo mostrado na ilustração introduzindo a palavra Internet no campo de Busca Instantânea resulta na apresentação de um número de arquivos

81 relacionados com o nome arquivos cuja palavra é mencionada tanto no nome como no conteúdo do arquivo. Barra de Ferramentas (Comandos) Organizar O comando Organizar exibe uma série de comandos como, por exemplo, recortar, copiar, colar, desfazer, refazer, selecionar tudo, Layout do Explorador (Barra de menus, Painel de Detalhes, Painel de Visualização e Painel de Navegação), Opções de pasta e pesquisa, excluir, renomear, remover propriedades, propriedades e fechar. A barra de comandos muda conforme o tipo de arquivo escolhido na pasta. A nova Barra de Comandos mostra-lhe as tarefas que são mais apropriadas aos arquivos que estão a sendo exibidos no Explorador. O conteúdo da Barra de Comandos é baseado no conteúdo da janela. Por exemplo, a Barra de Comandos do Explorador de Documentos contém tarefas apropriadas para trabalhar com documentos enquanto que a mesma barra no Explorador de Fotos contém tarefas apropriadas para trabalhar com imagens. Ao contrário do Windows XP e Exploradores anteriores, tanto a Barra de Comandos como a Área de Navegação estão disponíveis simultaneamente, assim as tarefas na Barra de Comandos estão sempre disponíveis para que não tenha que andar a alternar entre a Área de Navegação e a Barra de Comandos. Pasta Documentos Pasta Imagens Pasta Músicas e Vídeos Live Icons (Modos de Exibição) Os ícones ao vivo no Windows Seven são um grande melhoramento em relação aos ícones tradicionais. Nas aplicações que tenham esta funcionalidade disponível, os Live Icons fornecem-lhe uma pré-visualização em miniatura do conteúdo de cada arquivo, em vez de uma representação genérica da aplicação que está associada ao arquivo. Conseguirá ver pré-visualização dos arquivos -

82 incluindo as primeiras páginas dos seus documentos, as suas fotos e mesmo as capas dos álbuns das músicas que têm gravadas no computador sem ter que abrir qualquer desses arquivos. Existem os seguintes modos de exibição: Conteúdo, Lado a Lado, Lista, Detalhes, Ícones Pequenos, Ícones Médios, Ícones Grandes e Ícones Extra grandes. Painel de Navegação e Bibliotecas

83 O painel de Navegação em cada Explorador foi redesenhada para simplificar a navegação pelo conteúdo do seu computador e assim descobrir rapidamente aquilo que procura. A visualização do Painel de Navegação é composta por uma série de atalhos rápidos (Links Favoritos) que o transportam para o Explorador de Documentos, Explorador de Fotos ou para o Explorador de Música. Painel de Detalhes Com a Área de Antevisão já não tem que clicar com o botão direito do mouse em um arquivo para abrir a caixa das propriedades. Em vez disso, uma descrição completa das propriedades do arquivo está sempre visível no Painel de detalhes. Aqui também é possível adicionar ou editar propriedades de um ou mais arquivos. Painel de Visualização De forma a oferecer-lhe uma maneira ainda mais completa de pré-visualizar os conteúdos dos documentos sem ter que os abrir, os Exploradores como o Explorador de Documentos, Explorador de Música e o Explorador de Imagens oferecem-lhe um Painel de Visualização opcional. Nas aplicações que disponibilizem esta funcionalidade poderá navegar por pré-visualizações legíveis de vários documentos ou antever alguns segundos do conteúdo de arquivos de mídia.

84 Barra de Endereços A Barra de Endereços melhorada contém menus que percorrem todas as etapas de navegação, permitindo-lhe andar para trás ou para frente em qualquer ponto de navegação.

85 Lixeira do Windows É uma pasta que armazena temporariamente arquivos excluídos. Podemos restaurar arquivos excluídos. Dicas: O tamanho padrão é personalizado (podemos alterar o tamanho da lixeira acessando as propriedades da lixeira);

86 Não podemos manipular arquivos que estão na lixeira. (no caso das imagens podemos ativar o modo de exibição para visualizar quais imagens foram excluídas); A Lixeira do Windows possui dois ícones. Lixeira vazia / Lixeira com itens Para esvaziar a lixeira podemos seguir os seguintes procedimentos: Clicar com o botão direito do mouse sobre o ícone da lixeira, no menu de contexto ativar o comando Esvaziar a lixeira. Na janela que aparece em decorrência desta ação ativar o comando Sim. Abrir a pasta Lixeira, clicar no comando Esvaziar lixeira na Barra de comandos. Na janela que aparece em decorrência desta ação ativar o botão Sim. Para recuperar arquivo(s) excluído(s):

87 Abrir a pasta Lixeira, selecionar o(s) arquivo(s) desejado(s), clicar no comando Restaurar este item, da barra de comandos. Abrir a pasta Lixeira, selecionar o(s) arquivo(s) desejado(s), clicar o botão direito do mouse e, no menu de contexto, ativar o comando Restaurar. Acessórios do Windows O Windows XP inclui muitos programas e acessórios úteis. São ferramentas para edição de texto, criação de imagens, jogos, ferramentas para melhorar a performance do computador, calculadora e etc. Se fôssemos analisar cada acessório que temos, encontraríamos várias aplicações, mas vamos citar as mais usadas e importantes. A pasta Acessórios é acessível dando se um clique no botão Iniciar na Barra de tarefas, escolhendo a opção Todos os Programas e no submenu, que aparece, escolha Acessórios. Bloco de Notas Editor simples de texto utilizado para gerar programas, retirar a formatação de um texto e etc. Sua extensão de arquivo padrão é TXT. A formatação escolhida será aplicada em todo texto. Word Pad Editor de texto com formatação do Windows. Pode conter imagens, tabelas e outros objetos. A formatação é limitada se comparado com o Word. A extensão padrão gerada pelo Word Pad é a RTF. Lembre-se que por meio do programa Word Pad podemos salvar um arquivo com a extensão DOC entre outras.

88 Paint Editor simples de imagens do Windows. A extensão padrão é a BMP. Permite manipular arquivos de imagens com as extensões: JPG ou JPEG, GIF, TIFF, PNG, ICO entre outras. Calculadora Pode ser exibida em quatro layouts: padrão, científica, programador e estatística.

89 Windows Live Movie Maker Editor de vídeos. Permite a criação e edição de vídeos. Permite inserir narrações, músicas, legendas, etc... Possui vários efeitos de transição para unir cortes ou cenas do vídeo. A extensão padrão gerada pelo Movie Maker é a MSWMM se desejar salvar o projeto ou WMV se desejar salvar o vídeo.

90 Notas Auto-Adesivas Permite inserir na Desktop notas semelhantes aos Post It. Ferramentas do Sistema As principais ferramentas do sistema são: Limpeza de disco Permite apagar arquivos e programas (temporários, da lixeira, que são pouco usados) para liberação do espaço no HD.

91 Verificador de Erros Varre a unidade em busca de erros, defeitos ou arquivos corrompidos e caso o usuário deseje e tenta corrigi-los automaticamente. Desfragmentador de Disco É um utilitário que reorganiza os dados em seu disco rígido, de modo que cada arquivo seja armazenado em blocos contíguos, ao invés de serem dispersos em diferentes áreas do disco e elimina os espaços em branco.

92 Backup (cópia de segurança) Permite transferir arquivos do HD para outras unidades de armazenamento. As cópias realizadas podem seguir um padrão de intervalos entre um backup e outro.

93 Os principais tipos de backup são: Normal: limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados. Agiliza o processo de restauração, pois somente um backup será restaurado. Cópia: não limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados. Diferencial: não limpa os marcadores. Faz o backup somente de arquivos e pastas selecionados que foram alterados após o ultimo backup. Incremental: limpa os marcadores. Faz o backup somente de arquivos e pastas selecionados que foram alterados após o ultimo backup. Diário: não limpa os marcadores. Faz o backup de arquivos e pastas selecionados que foram alterados durante o dia. Ferramentas de Segurança Recursos como o Firewall do Windows e o Windows Defender podem ajudar a manter a segurança do computador. A Central de Segurança do Windows tem links para verificar o status do firewall, do software antivírus e da atualização do computador. O UAC (Controle de Conta de Usuário) pode ajudar a impedir

94 alterações não autorizadas no computador solicitando permissão antes de executar ações capazes de afetar potencialmente a operação do computador ou que alteram configurações que afetam outros usuários. Firewall do Windows Um firewall é uma primeira linha de defesa contra muitos tipos de malware (programa malicioso). Configurada como deve ser, pode parar muitos tipos de malware antes que possam infectar o seu computador ou outros computadores na sua rede. O Windows Firewall, que vem com o Windows Seven, está ligado por omissão e começa a proteger o seu PC assim que o Windows é iniciado. Foi criado para ser fácil de usar, com poucas opções de configuração e uma interface simples. Mais eficiente que o Firewall nas versões anteriores do Windows, a firewall do Windows Seven ajuda-o a proteger-se restringindo outros recursos do sistema operacional se comportarem de maneira inesperada um indicador comum da presença de malware. Windows Update Outra funcionalidade importante do Windows Seven é o Windows Update, que ajuda a manter o seu computador atualizado oferecendo a opção de baixar e instalar automaticamente as últimas atualizações de segurança e funcionalidade. O processo de atualização foi desenvolvido para ser simples a atualização ocorre em segundo plano e se for preciso reiniciar o computador, poderá ser feito em qualquer outro momento.

95 Windows Defender O Windows Defender (anteriormente conhecido por Windows AntiSpyware) é uma funcionalidade do Windows Seven que ajuda a proteger o seu computador fazendo análises regulares ao disco rígido do seu computador e oferecendo-se para remover qualquer spyware ou outro software potencialmente indesejado que encontrar. Também oferece uma proteção que está sempre ativa e que vigia locais do sistema, procurando alterações que assinalem a presença de spyware e comparando qualquer arquivo inserido com uma base de dados do spyware conhecido que é constantemente atualizada.

96 Teclas de atalho gerais F1 (Exibir a Ajuda) CTRL+C (Copiar o item selecionado) CTRL+X (Recortar o item selecionado) CTRL+V (Colar o item selecionado) CTRL+Z (Desfazer uma ação) CTRL+Y (Refazer uma ação) DELETE (Excluir o item selecionado e movê-lo para a Lixeira) SHIFT+DELETE (Excluir o item selecionado sem movê-lo para a Lixeira primeiro) F2 (Renomear o item selecionado) CTRL+SETA PARA A DIREITA (Mover o cursor para o início da próxima palavra) CTRL+SETA PARA A ESQUERDA (Mover o cursor para o início da palavra anterior)

97 CTRL+SETA PARA BAIXO (Mover o cursor para o início do próximo parágrafo) CTRL+SETA PARA CIMA (Mover o cursor para o início do parágrafo anterior) CTRL+SHIFT com uma tecla de seta (Selecionar um bloco de texto) SHIFT com qualquer tecla de seta (Selecionar mais de um item em uma janela ou na área de trabalho ou selecionar o texto dentro de um documento) CTRL com qualquer tecla de seta+barra DE ESPAÇOS (Selecionar vários itens individuais em uma janela ou na área de trabalho) CTRL+A (Selecionar todos os itens de um documento ou janela) F3 (Procurar um arquivo ou uma pasta) ALT+ENTER (Exibir as propriedades do item selecionado) ALT+F4 (Fechar o item ativo ou sair do programa ativo) ALT+BARRA DE ESPAÇOS (Abrir o menu de atalho para a janela ativa) CTRL+F4 (Fechar o documento ativo (em programas que permitem vários documentos abertos simultaneamente)) ALT+TAB (Alternar entre itens abertos) CTRL+ALT+TAB (Usar as teclas de seta para alternar entre itens abertos) +TAB (Percorrer programas na barra de tarefas usando o Flip 3-D do Windows) CTRL+ +TAB (Usar as teclas de seta para percorrer programas na barra de tarefas usando o Flip 3-D do Windows) ALT+ESC (Percorrer os itens na ordem em que foram abertos) F6 (Percorrer os elementos da tela em uma janela ou na área de trabalho) F4 (Exibir a lista da Barra de endereços no Windows Explorer) SHIFT+F10 (Exibir o menu de atalho para o item selecionado) CTRL+ESC (Abrir o menu Iniciar) ALT+letra sublinhada (Exibir o menu correspondente) ALT+letra sublinhada (Executar o comando do menu (ou outro comando sublinhado))

98 F10 (Ativar a barra de menus no programa ativo) SETA PARA A DIREITA (Abrir o próximo menu à direita ou abrir um submenu) SETA PARA A ESQUERDA (Abrir o próximo menu à esquerda ou fechar um submenu) F5 (Atualizar a janela ativa) ALT+SETA PARA CIMA (Exibir a pasta um nível acima no Windows Explorer) ESC (Cancelar a tarefa atual) CTRL+SHIFT+ESC (Abrir o Gerenciador de Tarefas) SHIFT quando inserir um CD (Evitar que o CD seja executado automaticamente) Atalhos com tecla do Windows (Winkey) (Abrir ou fechar o menu Iniciar) +PAUSE (Exibir a caixa de diálogo Propriedades do Sistema) +D (Exibir a área de trabalho) +M (Minimizar todas as janelas) +SHIFT+M (Restaurar janelas minimizadas na área de trabalho) +E (Abrir computador) +F (Procurar um arquivo ou uma pasta) CTRL+ +F (Procurar computadores (se você estiver em uma rede)) +L (Bloquear o computador ou alternar usuários) +R (Abrir a caixa de diálogo Executar) +T (Percorrer programas na barra de tarefas) +TAB (Percorrer programas na barra de tarefas usando o Flip 3-D do Windows) CTRL+ +TAB (Usar as teclas de seta para percorrer programas na barra de tarefas usando o Flip 3-D do Windows)

99 +BARRA DE ESPAÇOS (Trazer todos os gadgets para a frente) +G (Percorrer gadgets) +U (Abrir a Central de Facilidade de Acesso) +X (Abrir a Central de Mobilidade do Windows) com qualquer tecla numérica (Abrir o atalho de Início Rápido que estiver na posição correspondente ao número. Por exemplo, use a Windows tecla de logotipo +1 para iniciar o primeiro atalho no menu Início Rápido) Criar atalhos de teclado para abrir programas É possível criar atalhos de teclado para abrir programas, o que pode ser mais simples que abrir programas usando o mouse ou outro dispositivo apontador. Antes de concluir estas etapas, verifique se já foi criado um atalho para o programa ao qual deseja atribuir um atalho de teclado. Se nenhum atalho tiver sido criado, vá até a pasta que contém o programa, clique com o botão direito do mouse no arquivo do programa e clique em Criar Atalho para criar um atalho. 1. Localize o atalho para o programa para o qual deseja criar um atalho de teclado. 2. Clique com o botão direito do mouse no atalho e clique em Propriedades. 3. Na caixa de diálogo Propriedades do Atalho, clique na guia Atalho e na caixa Tecla de atalho. 4. Pressione a tecla que deseja usar no teclado em combinação com CTRL+ALT (atalhos de teclado iniciam automaticamente com CTRL+ALT) e clique em OK. Agora você já pode usar esse atalho de teclado para abrir o programa quando estiver usando a área de trabalho. O atalho também funcionará enquanto você estiver usando alguns programas, embora possa não funcionar com alguns programas que tenham seus próprios atalhos de teclado. Observações A caixa Tecla de atalho exibirá Nenhum até a tecla ser selecionada. Depois, a caixa exibirá Ctrl+Alt seguido pela tecla selecionada.

100 Você não pode usar as teclas ESC, ENTER, TAB, BARRA DE ESPAÇOS, PRINT SCREEN, SHIFT ou BACKSPACE para criar um atalho de teclado.

101 GNU/LINUX Histórico: 1969 Bell Labs anuncia a primeira versão do Unix 1983 Criação do Projeto GNU 1987 Andrew Tenenbaum anuncia o Minux, versão do Unix para Desktops 1990 Microsoft lança o Windows 3x 1991 Lançado o Linux 0,02; Primeiras distribuições do Linux começam a ser feitas; Sun Microsystems anuncia a linguagem Java 1992 Estudantes alemães criam a SUSE Linux, que apresentaria sua primeira distribuição Linux no ano seguinte 1993 Surgem as primeiras distribuições Linux em CD's; Criação da Debian; Lançamento do Windows NT 1994 Lançamento da versão beta do Red Hat e da versão 1,0 do Kernel; 1995 Fundação da Conectiva Linux, primeira distribuição brasileira; Lançamento do Windows Criação do Projeto KDE; Tux, o pinguim, torna-se o símbolo do Linux; Lançamento do Windows NT Workstation 1997 Linus Torvalds vai trabalhar para a Transmeta; Criação do Projeto Gnome 1998 Netscape abre o código fonte do navegador; Lançamento do Windows 98 Licença de uso O Linux adota a GPL, uma licença de software livre o que significa, entre outras coisas, que todos os interessados podem usá-lo e redistribuí-lo, nos termos da licença. GNU 1 General Public Licence (Licença Pública Geral) GNU GPL, refere-se a designação do tipo de licença dos softwares livres. 1. Gnu (Animal mamífero) GNU is Not Unix GNU Não é Unix. Em termos gerais, a GPL baseia-se em 4 liberdades: A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito (liberdade nº 0)

102 A liberdade de estudar como o programa funciona e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade nº 1). O acesso ao código-fonte é um prérequisito para esta liberdade. A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade nº 2). A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie deles (liberdade nº 3). O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade. Sistema Operacional Definição: O Sistema Operacional é o conjunto de programas que faz a interface entre o usuário e seus programas com o computador. É tratado como software básico. O principais sistemas operacionais são: Windows, Linux, Unix, MacOS, entre outros. O principal programa de um sistema operacional é o Kernel. Características: Sistema Operacional Gráfico O Linux é um sistema operacional não-gráfico, ou seja, não tem a sua parte operacional integrada a um ambiente gráfico como ocorre nas versões do Windows 95 e posteriores. Porém, utiliza um ambiente gráfico a fim de tornar mais amigável a utilização do sistema. Os principais ambientes gráficos para GNU/Linux são: KDE e Gnome. Multitarefa A capacidade de realizar diversas tarefas, ao mesmo tempo, pode ser explicada da seguinte maneira: O MS-DOS é monotarefa, o que isso que dizer? Quer dizer que se eu estivesse trabalhando com um editor de texto e desejasse trabalhar com um programa de planilhas, deveria fechar o editor de texto primeiro e depois executar o programa de planilhas. Diferente disso um sistema operacional multitarefa permite trabalhar com diversos programas ao mesmo tempo. Quando um usuário executa mais de um comando ao mesmo tempo, geralmente é somente um que necessita a interação com o usuário. Os demais comandos executados são, na sua maioria, comandos que não exigem a atenção do usuário, sendo tarefas demoradas. Quando isto ocorre, dizemos que os

103 programas que o usuário está executando sem a interação ficam em Background e o programa que o usuário está executando e interagindo fica em Foreground. Multiusuário É a capacidade de criar diversos perfis de usuários adaptando-os em tipos de contas. No caso, o Linux tem duas opções de contas de usuários: Administrador (Root) e Usuário (Limitado). O administrador pode instalar e desinstalar programas e dispositivos de hardware, alterar as configurações do sistema, modificar a conta dos outros usuários entre outras opções. Já o usuário normal poderá apenas usar o computador, adaptando-se as configurações pré-definidas pelo Administrador. Lembre-se que tanto os administradores quanto os limitados podem colocar senhas de acesso. Plug And Play (PnP) É a Tecnologia que permite a instalação automática dos dispositivos de hardware. O Linux possui dezenas de Drivers (pequenos arquivos, de configuração e reconhecimento, que permitem o correto funcionamento do dispositivo de hardware, ou seja, ensinam o Linux como utilizar o hardware). Quando conectamos o dispositivo no computador o Linux inicia a tentativa de instalação procurando nos Drivers, já existentes, que condizem com o hardware plugado. Caso encontre os drivers prossegue com a instalação e caso não encontre abre um assistente que solicita o local no qual se encontram os drivers. A maioria dos fabricantes de hardware focaliza no maior mercado consumidor, ou seja, usuários Windows. Nem todos os fabricantes desenvolvem drivers de seus dispositivos para Linux. O grande problema fica por conta dos drivers da placa de vídeo e drivers das placas sem-fio. Kernel Definições: O Kernel é a parte central do sistema núcleo do sistema ou o coração do sistema operacional. Um kernel é uma parte importante de qualquer sistema operacional, atuando como ponte de comunicação entre o hardware e também pelas funções de baixo nível. É responsável por: Controlar os periféricos de entrada e saída de informação; Gerenciar o Sistema de Arquivos; Criar uma plataforma comum entre os programas;

104 Shell Gerenciar o processamento dos dados. O Shell, conhecido como interpretador ou tradutor, é um programa que permite a interação do usuário com Kernel. O Kernel compreende apenas linguagem de máquina (linguagem baseada em código binário). Para enviar pedidos ou solicitações para o Kernel seria uma tarefa muito difícil, pois exigiria do usuário o conhecimento em linguagem de máquina. O Shell oferece um ambiente chamado Prompt (ou Aviso de comando), uma tela nada amigável que permite digitar comandos compreendidos por um usuário. Este comando passa pelo interpretador (Shell) que traduz para a linguagem compreendida pelo Kernel e vice-versa. O principal programa Shell para Linux é o Bash (Bourne Again Shell). Comandos básicos do Sistema GNU/Linux Dicas: O aviso de comando do usuário root é identificado por uma #, e o aviso de comando de usuários comuns é identificado pelo símbolo $. Isto é padrão em sistemas Linux. O Linux é case sensitive, ou seja, diferencia letras maiúsculas de letras minúsculas. Após digitar o comando pressionamos a tecla ENTER para efetivar a solicitação. Comandos: cd (utilizado para alterar entre as pastas/diretórios)

105 Formato do comando: cd <nome_do_diretório> ex: cd Documentos (este comando procura uma pasta chamada Documentos na pasta atual) Obs: para voltar uma pasta digitamos cd.. ls ou dir (utilizado para listar os arquivos e pastas da pasta atual) Formato do comando: ls [opções] ex: ls Opções: -t = lista os arquivos em ordem de criação

106 -a = lista todos os arquivos, inclusive os ocultos (em geral um arquivo oculto é representado por um ponto. no início do nome do arquivo) -F = acrescenta os seguintes caracteres no final dos arquivos: / - - link - executável -R = lista todos os arquivos e subdiretórios -l = lista de uma forma completa pwd (exibe o nome da pasta atual) Formado do comando: pwd (print working directory) ex: pwd Obs: repare que eu estou manipulando a pasta wagnerbugs que está dentro da pasta home. mkdir (permite criar pastas/diretório) Formato do comando: mkdir <nome_da_ pasta> ex: mkdir teste

107 Obs: perceba que após digitar o comando mkdir teste pressionei a tecla ENTER e em seguida digitei o comando dir para verificar se a pasta foi criada. Dica: Para criar várias pastas basta digitar mkdir pasta pasta1 pasta2 e assim por diante. rmdir (Remove a pasta criada é necessário que a pasta esteja vazia) Formato do comando: rmdir <nome_da_pasta> ex: rmdir teste Obs: perceba que após digitar o comando rmdir teste pressionei a tecla ENTER e em seguida digitei o comando dir para verificar se a pasta foi apagada. Dica: Para apagar várias pastas basta digitar rmdir pasta pasta1 pasta2 e assim por diante. rm (apaga arquivos e opcionalmente pastas) Formato do comando: rm [opções] <nome_do_arquivo_ou_pasta> ex: rm Foto2.jpg

108 Obs: Perceba que antes de executar o comando, abri a pasta imagens pelo comando cd Imagens, após executei o comando dir para exibir os arquivos e diretórios, executei o comando rm Foto2.jpg e em seguida o comando dir para verificar se a remoção foi realizada com sucesso. Opções: rm -R ~/<nome_da_pasta>/ permite excluir a pasta e seus arquivos e subdiretórios e arquivos destes cp (copia arquivos) Formato do comando: cp <nome_do_arquivo> <novo_nome_do_arquivo> ex: cp Foto1.jpg Foto2.jpg Obs: Perceba que digitei o comando dir para exibir os arquivos existentes, após digitei o comando cp Foto1.jpg Foto2.jpg e pressionei a tecla ENTER e, por fim, digitei o comando dir para verificar o resultado. mv (permite mover e renomear arquivos) Formato do comando: mv <nome_do_arquivo> <novo_nome_do_arquivo> (renomear arquivo) mv <nome_do_arquivo> ~/<pasta_de_destino>/ (mover arquivo) ex: mv Foto1.jpg Foto9.jpg

109 ex: mv Foto123.jpg ~/Música/ Obs: Os comandos executados foram: dir para exibir os arquivos da pasta Imagens, mv Foto123.jpg ~/Música/ para mover o arquivo Foto123.jpg para a pasta Música, cd.. para voltar um nível na árvore de diretórios, cd Música para manipular a pasta Música e dir para visualizar os arquivos da pasta Música. Chmod (permite estabelecer as regras (permissões) de acesso à um arquivo e diretório. Formato do comando: chmod [quem]=[permissões] <arquivo_ou_pasta> [quem] Controla que nível de acesso será mudado. Especificam, em ordem, usuário (u), grupo (g), outros (o), todos (a). [permissões] r (read) w (writer) x (execute) ex: chmod a=r Foto1.jpg (onde a (all) indica que a alteração das permissões serão aplicadas a todos e r (read) indica que o arquivo poderá ser visualizá-lo apenas no modo somente leitura)

110 Ex: chmod a=rw Foto2.jpg (onde a (all) indica que a alteração das permissões serão aplicadas a todos e rw (read/writer) indica que o arquivo poderá ser visualizá-lo e alterado) Ex: chmod a=rwx Foto3.jpg (onde a (all) indica que a alteração das permissões serão aplicadas a todos e rwx (read/writer/execute) indica que o arquivo poderá ser visualizá-lo, alterado e executado) Obs: Perceba que o arquivo Foto1.jpg recebeu permissão apenas de leitura, o arquivo Foto2.jpg recebeu a permissão de leitura e escrita e o arquivo Foto3.jpg recebeu a permissão de acesso leitura, escrita e execução. Observe a figura abaixo: Obs: Inicialmente executei todos os comandos dos comandos acima e após digitei o comando ls -l para exibir as permissões impostas nos arquivos. Observe a figura acima. O objetivo é perceber qual tipo de acesso posso ter aos arquivos e diretórios. Vamos separar em partes as informações descritas -r--r--r-- o antes do r indica que é um arquivo comum. Caso fosse um d indicaria uma pasta/diretório e se fosse um l estaria referindo-se à um atalho (link). A letra r (read) indica que o arquivo é de leitura, caso seja exibido um w (writer) indica que o arquivo é de escrita e caso seja exibido um x (execute) indica que o arquivo é executável. 1 o número serve para indicar quantos diretórios existem dentro

111 da pasta. No caso de um arquivo sempre será exibido o número 1 e caso for pasta será exibido o número 2. Ex: se uma pasta não tiver subdiretórios será exibido o número 2. Agora, se esta pasta tiver um subdiretório será exibido o número 3. Caso esta pasta tenha 7 subdiretórios será exibido o número 9, ou seja, 2 (para indicar que é pasta) + 7 subdiretórios wagnerbugs root indica o nome do usuário dono do arquivo indica o nome do grupo que o usuário, dono do arquivo, pertence 8077 indica o tamanho do arquivo em Bytes :18 Foto1.jpg Indica a data e hora de criação do arquivo indica o nome do arquivo ou pasta Observe a linha: -rwxrwxrwx wagnerbugs root Foto3.jpg Virou uma bagunça, não?! Vou explicar cada parte para entender o que quer dizer as 10 letras acima (da esquerda para a direita): A primeira letra diz qual é o tipo do arquivo. Caso tiver um "d" é um diretório, um "l" um link a um arquivo no sistema, um "-" quer dizer que é um arquivo comum, etc. Da segunda à quarta letra (rwx) dizem qual é a permissão de acesso ao dono do arquivo. Neste caso wagnerbugs tem a permissão de ler (r - read), gravar (w - write) e executar (x - execute) o arquivo Foto3.jpg. Da quinta à sétima letra (rwx) diz qual é a permissão de acesso ao grupo do arquivo. Neste caso todos os usuários que pertencem ao grupo root tem a permissão de ler (r), gravar (w), e também executar (x) o arquivo Foto3.jpg. Da oitava à décima letra (rwx) diz qual é a permissão de acesso para os outros usuários. Neste caso todos os usuários que não são donos do arquivo Foto3.jpg tem a permissão para ler, gravar e executar o arquivo Foto3.jpg. cal (exibe um calendário)

112 Formato do comando: cal [opções] ex: cal Opções: -3 = lista o anterior, atual e próximo mês da data atual [ano] = exibe o calendário do ano especificado. Ex: cal 1981 [mês ano] = exibe o mês do ano especificado. Ex: cal date (exibe a data e hora atual) Formato do comando: date ex: date Obs: para mudar a data e hora é necessário logar-se como administrador (root) e digitar

113 date (sendo que 03 refere-se o mês, 29 o dia, 1450 (14h50) a hora e 2010 o ano) Compactando e descompactando arquivos tar (permite compactar e descompactar arquivos) Para compactar: tar cvf Arquivos.tar *.jpg (irá criar a pasta compactada Arquivos.tar com todos os arquivos.jpg existentes na pasta atual) Para verificar o conteúdo da pasta Arquivos.tar usamos o comando tar tvf Arquivos.tar e para extrair os arquivos da pasta Arquivos.tar usamos o comando tar xvf Arquivos.tar Obs: para extrair apenas um arquivo da pasta Arquivos.tar usamos o comando tar xvf Arquivos.tar nome_do_arquivo.extensão. Ex: tar xvf Arquivos.tar Foto1.jpg passwd (Altera a senha de um usuário) Formato do comando: passwd [opções] <nome_do_usuário> Obs: é necessário privilégios de administrador para alterar a senha de outros usuários. Ex: passwd wagnerbugs Obs: Percebam que meu nível de privilégios era de usuário comum indicado pelo caracter $ e após acessar minha conta de administrador (root) o caracter # é exibido indicando privilégios de administrador.

114 Após digitar o comando passwd wagnerbugs foi-me solicitado a digitação da nova senha e redigitação da nova senha. Opções: passwd -l wagnerbugs para bloquear a conta do usuário wagnerbugs. passwd -u wagnerbugs para desbloquear a conta do usuário wagnerbugs. passwd -d wagnerbugs para desativar a senha do usuário wagnerbugs deixando-o sem uma senha de acesso. ifconfig (informações relativas a rede e conectividade) Formato do comando: ifconfig [opções] Ex: ifconfig eth0 Obs: Perceba que meu endereço de IP é ping (testa a conectividade e busca endereço de ip de servidores) Formato: ping <endereço_do_site> Ex: ping

115 Observe que o endereço de IP do servidor que hospeda meu site é e que foram enviados 4 pacotes e nenhum foi perdido! su (alterna entre usuário) Formato do comando: su <nome_do_usuário> ex: su root Obs: perceba que estava como usuário wagnerbugs e após digitar o comando su root e digitar a senha passo a usar a conta do usuário root. clear (limpa a tela do prompt) Formato do comando: clear

116 login (permite acessar a conta de outro usuário) Formato do comando: login [opções] <nome_do_usuário> ex: login wagnerbugs (será exigido a senha e o acesso liberado a sessão de uso do usuário atual é encerrada) ex: login -p wagnerbugs (a opção -p permite mudar de usuário sem encerrar o estado atual do usuário, ou seja, apenas troca de usuário) logout (encerra a sessão de uso) Formato do comando: logout Obs: o mesmo efeito é obtido pelo comando exit reboot (reinicia o computador) Formato do comando: reboot Obs: o mesmo efeito pode ser obtido pelo comando shutdown -r now shutdown (desliga o computador) Formato do comando: shutdown Obs: Os comandos poweroff e halt podem ser usados para desligar o sistema. Sistema de arquivos O Linux é muito versátil quando o assunto é sistema de arquivos e por isso, é muito importante o entendimento de suas funcionalidades. Um exemplo disso é a possibilidade de criar e manter arquivos em diferentes tipos de partições, discos, dispositivos e computadores remotos. Além disso, o Linux dá suporte há vários tipos de sistemas de arquivos (EXT2, EXT3, EXT4, FAT, NTFS, ReiserFS e Reiser4 entre outros). EXT2 (similar ao FAT32) O ext2 é um sistema de arquivos de disco de alta performance usado pelo Linux para dispositivos de armazenamento, como discos rígidos e mídias removíveis. O sistema de arquivos Second Extended Filesystem foi desenhado como uma extensão de Extended Filesystem (ext). O ext2 oferece a melhor performance (em termos de velocidade e uso da CPU) entre todos os sistemas de arquivos suportados pelo Linux. Ext2 é um sistema de arquivos muito rápido pelo fato de não possuir um journal, sendo assim os dados são gravados diretamente. Quando ocorre algum

117 crash, o fsck é acionado para a verificação do sistema, corrigindo eventuais perdas de dados. EXT3 (Similar ao NTFS) O ext3 (que significa "Third Extended File System") faz parte da nova geração de sistemas de gestão de arquivos do Linux. A sua maior vantagem é o suporte de journaling, que consiste em guardar informação sobre as transações de escrita, permitindo uma recuperação rápida e confiável em caso de interrupção súbita (por exemplo, por falta de Eletricidade). Na maioria dos casos, comparado ao ext2, o uso deste sistema de arquivos melhora o desempenho do sistema de arquivos através da gravação sequencial dos dados na área de metadados e acesso mhash da sua árvore de diretórios. A estrutura da partição ext3 é semelhante à da ext2, pelo que a migração de um formato para o outro é simples. A adição do journaling é feita em um arquivo chamado journal que fica oculto pelo código ext3 na partição (desta forma ele não poderá ser apagado, o que comprometeria o funcionamento do sistema). A estrutura idêntica da partição ext3 com a ext2 torna mais fácil a manutenção do sistema, já que todas as ferramentas para recuperação ext2 funcionarão sem problemas, sendo mesmo possível montar uma partição ext3 como se fosse ext2. Sistema de Diretórios No Windows existe uma pasta ou diretório central chamada WINDOWS e também aquela que é chamada ARQUIVOS DE PROGRAMAS, DOCUMENTS AND SETTINGS ou até mesmo as Unidades descritas por letras como C: D:... No Linux é diferente. Todos os arquivos fazem parte de um mesmo diretório chamado diretório Raiz e é representado pela /. Dentro deste diretório temos não apenas todos os arquivos e as partições de disco, mas também o CD-ROM, drive de disquete e outros dispositivos, formando a estrutura como descrito na figura abaixo.

118 O diretório é o local utilizado para armazenar conjuntos de arquivos semelhantes para uma melhor organização e localização dos mesmos. O diretório, assim como o arquivo é "Case Sensitive", isto é, o diretório /wagner é diferente do diretório /WAGNER, a letra maiúscula ou minúscula em seu nome fará diferença. Os diretórios são organizados hierarquicamente em forma de uma árvore. A função desta árvore é dividir o espaço das partições do disco rígido em "zonas", para organizar as informações contidas nos arquivos de forma hierárquica. Além dos diretórios dos usuários, o sistema de diretórios guarda os programas, as bibliotecas que estes programas utilizam, os arquivos de configuração do sistema e etc. O Linux não atribui letras para identificar unidades de disco como o Windows, de modo que todos os diretórios do sistema estão dispostos abaixo do diretório "/". Com o intuito de padronizar o conteúdo de cada um destes diretórios, foi criado o Filesystem Hierarchy Standard - FHS (http://www.pathname.com/fhs/), uma

Windows Seven. Sistema Operacional. Prof. Wagner Bugs

Windows Seven. Sistema Operacional. Prof. Wagner Bugs Windows Seven Sistema Operacional Prof. Wagner Bugs 7 Conteúdo da apostila O que é o Windows 7?... 1 Sistema Operacional Gráfico:... 1 Multitarefa... 1 Multiusuário... 1 Plug And Play (PnP)... 2 Centro

Leia mais

www.mousecomcursos.com.br 1 conteúdos, que se iniciava, mas não tinha uma projeção final. usuário. Todo conteúdo tem um inicio, meio e fim.

www.mousecomcursos.com.br 1 conteúdos, que se iniciava, mas não tinha uma projeção final. usuário. Todo conteúdo tem um inicio, meio e fim. www.mousecomcursos.com.br 1 A marca Mouse Com, foi idealizada e fundada em agosto de 2000. O seu principal objetivo é oferecer Capacitação Profissional de qualidade, utilizando conteúdos referentes, a

Leia mais

INFORMÁTICA EDUCATIVA ENSINO FUNDAMENTAL UNIDADE FREGUESIA UNIDADE MANDAQUI

INFORMÁTICA EDUCATIVA ENSINO FUNDAMENTAL UNIDADE FREGUESIA UNIDADE MANDAQUI 1 COLÉGIO 24 DE MAIO 2 INFORMÁTICA EDUCATIVA ENSINO FUNDAMENTAL UNIDADE FREGUESIA UNIDADE MANDAQUI Cursos Extras 6º Ano e 7º Ano Edição 2016 Apresentação Os cursos de Informática Educativa do Colégio 24

Leia mais

Sistemas Operacionais Windows XP e Vista Informática para concursos públicos Wagner Bugs

Sistemas Operacionais Windows XP e Vista Informática para concursos públicos Wagner Bugs XP e Vista XP e Vista Sumário Introdução...5 O que é o Sistema Operacional Windows?...5 Sistema Operacional Gráfico:...5 Multitarefa...5 Multiusuário...5 Plug And Play (PnP)...5 Sistema de Arquivos FAT32

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Informática Aplicada

Informática Aplicada Informática Aplicada SO Windows Aula 3 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 APRESENTAÇÃO Todo computador precisa de um sistema operacional. O Windows

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

WWW.CESARFELIPE.COM.BR

WWW.CESARFELIPE.COM.BR Segue abaixo a listagem oficial de teclas de atalho para windows XP. Tais combinações são úteis para quem deseja melhorar o rendimento no trabalho e para aqueles que estão se preparando para concursos

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

Apostila retirada do site Apostilando.com

Apostila retirada do site Apostilando.com Introdução... 2 Area de trabalho... 3 Ícones... 3 Barra de tarefas... 3 O Botão Iniciar... 4 Todos os programas... 5 Logon e Logoff... 6 Desligando o Windows XP... 6 Acessórios do Windows... 7 Janelas...

Leia mais

Apostila de Windows XP

Apostila de Windows XP Table of Contents Introdução...1 Area de trabalho...5 Ícones...7 Barra de tarefas...8 O Botão Iniciar...10 Todos os programas...14 Logon e Logoff...16 Desligando o Windows XP...18 Acessórios do Windows...20

Leia mais

JEFERSONBS@GMAIL.COM

JEFERSONBS@GMAIL.COM COMPARAÇÃO ENTRE AS VERSÕES DO WINDOWS 7 Starter ¹ Home Basic ² Home Premium Professional Ultimate RECURSOS Starter Home Basic Home Professional Ultimate Premium As tarefas diárias são mais fáceis, com

Leia mais

Informática. Rodrigo Schaeffer

Informática. Rodrigo Schaeffer Informática Rodrigo Schaeffer PREFEITURA DE PORTO ALEGRE- INFORMÁTICA Conceitos básicos de Word 2007; formatar, salvar e visualizar arquivos e documentos; alinhar, configurar página e abrir arquivos; copiar,

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

SAMUEL SEAP 01-04-2015 INFORMÁTICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339

SAMUEL SEAP 01-04-2015 INFORMÁTICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339 SEAP 01-04-2015 SAMUEL INFORMÁTICA Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional que trás uma melhor performance não apenas em recursos sistêmicos como também nos atrai pelo seu belo visual

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

Windows Vista Atalhos de Teclado:

Windows Vista Atalhos de Teclado: Atalhos para acessibilidade: Windows Vista Atalhos de Teclado: SHIFT da direita por 8 segundos - liga e desliga teclas de filtragem ALT esquerdo + SHIFT esquerdo + PRINT SCREEN (ou PrtScrn) - ativa e desativa

Leia mais

WINDOWS EXPLORER Pro r f. f. R o R be b rt r o t A n A d n r d a r de d

WINDOWS EXPLORER Pro r f. f. R o R be b rt r o t A n A d n r d a r de d WINDOWS EXPLORER Prof. Roberto Andrade Roteiro desta aula 1. OqueéoWindowsExplorer 2. Acionamento do Windows Explorer 3. Entendendo Unidades, Pastas e Arquivos 4. Ambiente gráfico(janela, Barras e Botões)

Leia mais

INE 5223. Sistemas Operacionais. Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos. Windows (cont.)

INE 5223. Sistemas Operacionais. Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos. Windows (cont.) INE 5223 Sistemas Operacionais Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows (cont.) Baseado no material do IFRN e de André Wüst Zibetti WINDOWS 7 Tópicos Windows 7 Área de

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

1. WINDOWS 7. 1.1. O que é o Windows 7. 1.1.1. Sistema Operacional Gráfico: 1.1.2. Multitarefa. 1.1.3. Multiusuário

1. WINDOWS 7. 1.1. O que é o Windows 7. 1.1.1. Sistema Operacional Gráfico: 1.1.2. Multitarefa. 1.1.3. Multiusuário 1. WINDOWS 7 Sistema Operacional multitarefa e múltiplos usuários. O novo sistema operacional da Microsoft trouxe, além dos recursos do Windows Seven, muitos recursos que tornam a utilização do computador

Leia mais

13. Dentre os caracteres considerados como curinga, em nome de arquivos, utiliza-se (A) = (B) + (C)? (D) @ (E) ^

13. Dentre os caracteres considerados como curinga, em nome de arquivos, utiliza-se (A) = (B) + (C)? (D) @ (E) ^ 1 PRIMEIRA PARTE: Conceitos de organização de arquivos (pastas/diretórios), utilização do Windows Explorer: copiar, mover arquivos, criar diretórios. Tipos de arquivos. 01. Aplicações de multimídia em

Leia mais

20/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Área de Trabalho. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática

20/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Área de Trabalho. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática Curso Conexão Noções de Informática Aula 3 Sistemas Operacionais (Windows XP, Vista e 7) Email: leomezzomo@hotmail.com Site: leomezzomo.xpg.com.br Agenda Introdução; Área de Trabalho; Botão e o Menu Iniciar;

Leia mais

Tarefas principais e comandos básicos

Tarefas principais e comandos básicos Tarefas principais e comandos básicos Sobre o Windows XP. O nome "XP" deriva de experience, experiência em inglês; Foi sucedido pelo Windows Vista 2007; em janeiro de As duas principais edições são Windows

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA SISTEMA OPERACIONAL DA EMPRESA MICROSOFT Interface gráfica WIMP GUI Windows, Icons, Menus, Pointer, Graphical User

Leia mais

# Windows XP. Teclas de atalhos gerais:

# Windows XP. Teclas de atalhos gerais: Curso Conexão Disciplina: Noções de Informática Material III: Lista de s do Windows (XP, Vista e 7) Professor: Leonardo P. Mezzomo Email: leomezzomo@hotmail.com Site: leomezzomo.xpg.com.br Tucuruí Pará

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA

AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA 2.1 Desfragmentador de Disco (DFRG.MSC): Examina unidades de disco para efetuar a desfragmentação. Quando uma unidade está fragmentada, arquivos grandes

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL(SO) - OPERATING SYSTEM(OS)

SISTEMA OPERACIONAL(SO) - OPERATING SYSTEM(OS) SISTEMA OPERACIONAL(SO) - OPERATING SYSTEM(OS) É formado por um conjunto de programas e rotinas computacionais que têm como objetivo criar uma camada de abstração entre o usuário e o hardware propriamente

Leia mais

Windows 7. 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados

Windows 7. 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados Windows 7 1. Área de Trabalho ou Desktop 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados Noções de Informática Henrique Sodré

Leia mais

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Inicialização Tela de Logon Área de Trabalho Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Área de Trabalho Atalhos de Teclados Win + D = Mostrar Área de trabalho Win + M = Minimizar Tudo Win + R

Leia mais

Acesso do teclado à faixa de opções

Acesso do teclado à faixa de opções Excel > Acessibilidade Atalhos do teclado no Excel 2010 Ocultar tudo Este artigo descreve o que são Dicas de Teclado e como você pode usá-las para acessar a faixa de opções. Ele também lista as teclas

Leia mais

Pastas São indicadas pelo ícone correspondente a uma pasta suspensa.

Pastas São indicadas pelo ícone correspondente a uma pasta suspensa. Janela do Windows Explorer Logo abaixo dos componentes que já conhecemos (barra de título, barra de menus e barra de ferramentas), existe uma divisão vertical, é a exibição de todas as pastas. Modos de

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Introdução ao Microsoft Windows 7. O Windows 7 é o mais novo sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

Introdução ao Microsoft Windows 7. O Windows 7 é o mais novo sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é o mais novo sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente ele é muito parecido com seu antecessor, o Windows Vista, porém a nova interface

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 O hardware não consegue executar qualquer ação sem receber instrução. Essas instruções são chamadas de software ou programas de computador. O software

Leia mais

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Windows 8 Aula 2 1 - Introdução ao Windows 8 1.1. Novidades da Versão...21 1.2. Tela de Bloqueio...21 1.2.1. Personalizar

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

INTRODUÇÃO. Não é exagero afirmar que é o sistema operacional o programa mais importante do computador, sem ele seu equipamento não funciona.

INTRODUÇÃO. Não é exagero afirmar que é o sistema operacional o programa mais importante do computador, sem ele seu equipamento não funciona. INTRODUÇÃO O Microsoft Windows XP é um sistema operacional de interface gráfica multifunções, isso significa que podemos trabalhar com vários programas de forma simultânea. Por ex: poderíamos escutar um

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

*Área de Trabalho* *Atalhos de teclado para Acessibilidade

*Área de Trabalho* *Atalhos de teclado para Acessibilidade *Área de Trabalho* *CTRL+A* - Selecionar tudo *CTRL+ESC* - Exibir o menu Iniciar *CTRL ao arrastar um item* - Copiar um item selecionado *CTRL+SHIFT ao arrastar um item* - Criar um atalho para um item

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional Windows XP O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software.

Leia mais

Teclas de Atalho - Microsoft Access

Teclas de Atalho - Microsoft Access Abrir bancos de dados Imprimir e salvar Atalho Função CTRL+O Para abrir um novo banco de dados CTRL+A Para abrir um banco de dados existente ALT+F4 Para sair do Microsoft Access CTRL+P Para imprimir o

Leia mais

Windows 7. Sistema Operacional

Windows 7. Sistema Operacional Windows 7 Sistema Operacional FCC - 2012 - TRE-SP - Técnico Judiciário O sistema operacional de um computador consiste em um a) conjunto de procedimentos programados, armazenados na CMOS, que é ativado

Leia mais

Teclas de atalho e de funções do Excel

Teclas de atalho e de funções do Excel s de atalho e de funções do Excel As listas a seguir contêm as telas de atalho -- combinações com CTRL -- as teclas de função e outras teclas de atalho comuns, além de uma descrição sobre sua funcionalidade.

Leia mais

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais são programas que como o próprio nome diz tem a função de colocar o computador em operação. O sistema Operacional

Leia mais

WIN + D WIN + M SHIFT + WIN + M WIN + R WIN + E WIN + PAUSE BREAK

WIN + D WIN + M SHIFT + WIN + M WIN + R WIN + E WIN + PAUSE BREAK Windows em geral WIN = Abre o menu Iniciar. Use as setas para navegar nas opções, e dê ENTER para abrir um item. WIN + D = Mostrar área de trabalho. WIN + M = Minimizar tudo. SHIFT + WIN + M = Desminimizar

Leia mais

Painel de Controle Windows XP

Painel de Controle Windows XP Painel de Controle Windows XP Autor: Eduardo Gimenes Martorano Pág - 1 - APOSTILA PAINEL DE CONTROLE Pág - 2 - ÍNDICE INTRODUÇÃO:...4 PAINEL DE CONTROLE...4 TRABALHANDO COM O PAINEL DE CONTROLE:...4 ABRINDO

Leia mais

Professor Jorge Alonso Módulo II Windows 7

Professor Jorge Alonso Módulo II Windows 7 Professor Jorge Alonso Módulo II Windows 7 Email: profjorgealonso@gmail.com / Jorge Alonso Ruas 1 Windows 7 Área de Trabalho / Desktop 2 Barra de Tarefas Botão Iniciar Botões de Inicialização Rápida Área

Leia mais

Gabarito - Windows 7-12/12/2014 AULA 01

Gabarito - Windows 7-12/12/2014 AULA 01 Gabarito - Windows 7-12/12/2014 AULA 01 1 1- O Windows Explorer é o navegador de arquivos do Windows. (Verdadeiro)2- O Windows é o navegador de arquivos do Windows Explorer. (Falso)3- O Windows Explorer

Leia mais

UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS

UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS Objetivo da unidade Objetivo Geral Apontar as noções básicas do Windows Praticar o aprendizado sobre o Sistema Operacional Objetivos Específicos Entender como

Leia mais

MPU. Informática Apostila Windows XP. Prof. Rafael Araújo. gráficas de um conjunto de opções para um comando ou programa.

MPU. Informática Apostila Windows XP. Prof. Rafael Araújo. gráficas de um conjunto de opções para um comando ou programa. WINDOWS XP INTRODUÇÃO O sistema operacional Windows XP Professional, foi lançado pela Microsoft com recursos para execução em segundo plano no computador, segurança melhorada, navegação na Internet mais

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

Informática para Concursos

Informática para Concursos Informática para Concursos.:Logon - registro do usuário no sistema. O contrário de Logon é Logoff (refere-se à saída do usuário). Logon do Windows XP utilizando a tela de..: Área de Trabalho ou Desktop

Leia mais

Windows 7. Sistema Operacional

Windows 7. Sistema Operacional Windows 7 Sistema Operacional Um sistema operacional é um software de gerenciamento formado por um conjunto de programas cuja função é gerenciar os recursos do sistema computacional, fornecendo uma interface

Leia mais

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados.

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Windows Menu Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Minimizar Fechar Maximizar/restaurar Uma janela é composta de vários elementos

Leia mais

Painel de Controle e Configurações

Painel de Controle e Configurações Painel de Controle e Configurações Painel de Controle FERRAMENTAS DO PAINEL DE CONTROLE: - Adicionar Hardware: Você pode usar Adicionar hardware para detectar e configurar dispositivos conectados ao seu

Leia mais

QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7

QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7 Informática Windows 7 QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7 1) Considerando a figura exibida acima, ao repousar o ponteiro do mouse sobre o ícone doword, aparecerão três miniaturas, representando arquivos desse programa

Leia mais

Windows XP Atalhos rápidos e comandos do menu fexecutar

Windows XP Atalhos rápidos e comandos do menu fexecutar Windows XP Atalhos rápidos e comandos do menu fexecutar Lista com vários atalhos para facilitar seus trabalhos em casa ou no trabalho. 1 Atalhos rápido para os itens do desktop Clique com o botão direito

Leia mais

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional Windows Prof. Leandro Tonietto Cursos de Informática Unisinos Março-2008 O que é Sistema operacional? O que é Windows? Interface gráfica: Comunicação entre usuário e computador de forma mais eficiente

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática. Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador)

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática. Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador) Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática,1752'8d 2,1)250É7,&$ Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador) PROJETO UNESC@LA Junho de 2000 Conteúdo 1. CONCEITOS

Leia mais

Prof. Arthur Salgado

Prof. Arthur Salgado Prof. Arthur Salgado O que é um sistema operacional? Conjunto de programas de sistemas situados entre os softwares aplicativos e o hardware Estabelece uma interface com o usuário Executa e oferece recursos

Leia mais

Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader. Sistemas operacionais em concursos públicos

Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader. Sistemas operacionais em concursos públicos Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader Sistemas operacionais em concursos públicos Antes de tudo é importante relembrarmos que o sistema operacional é um tipo de software com a

Leia mais

Fabio Sell Rosar professor.rosar@gmail.com

Fabio Sell Rosar professor.rosar@gmail.com Atenção MUITA ATENÇÃO!!! Fabio Sell Rosar professor.rosar@gmail.com Software Básico Características Hardware Software Multiusuário Multitarefa Multisessão Características P&P(Plug and Play) PnP Código

Leia mais

Apostila Windows 7 Introdução a Informática Conceitos Básicos

Apostila Windows 7 Introdução a Informática Conceitos Básicos Apostila Windows 7 Introdução a Informática Conceitos Básicos 1 Sumário 1 SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 3 2 VERSÕES DO WINDOWS 7 3 3 FAZENDO LOGON NO WINDOWS 7 4 4 INTERFACE DE TRABALHO DO WINDOWS 7 5

Leia mais

Arquivos e Pastas. Instrutor Antonio F. de Oliveira. Núcleo de Computação Eletrônica Universidade Federal do Rio de Janeiro

Arquivos e Pastas. Instrutor Antonio F. de Oliveira. Núcleo de Computação Eletrônica Universidade Federal do Rio de Janeiro Arquivos e Pastas Duas visões do Windows Explorer A Hierarquia do Explorer Aparência das pastas Personalizando o Explorer Manipulação de Arquivos e pastas Uso de atalhos Visões do Windows Explorer Para

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho.

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho. Conceitos básicos e modos de utilização das ferramentas, aplicativos e procedimentos do Sistema Operacional Windows XP; Classificação de softwares; Principais operações no Windows Explorer: criação e organização

Leia mais

Guia de Início Rápido SystemTweaker

Guia de Início Rápido SystemTweaker Guia de Início Rápido SystemTweaker O SystemTweaker é uma ferramenta segura e fácil de usar para personalizar o Windows de acordo com as suas preferências. Este guia de início rápido irá ajudar você a

Leia mais

01 - No Microsoft Word 2003, qual a extensão do arquivo de tipo modelo de documento? a).rtf b).dot c).ppt d).txt e).pps

01 - No Microsoft Word 2003, qual a extensão do arquivo de tipo modelo de documento? a).rtf b).dot c).ppt d).txt e).pps Questões 01 - No Microsoft Word 2003, qual a extensão do arquivo de tipo modelo de documento? a).rtf b).dot c).ppt d).txt e).pps 01 - No Microsoft Word 2003, qual a extensão do arquivo de tipo modelo de

Leia mais

8/9/2010 WINDOWS. Breve Histórico. Profa. Leda G. F. Bueno. Seu desenvolvimento iniciou-se em 1981

8/9/2010 WINDOWS. Breve Histórico. Profa. Leda G. F. Bueno. Seu desenvolvimento iniciou-se em 1981 Conceitos Básicos e Gerenciamento de Arquivos WINDOWS EXPLORER Profa. Leda G. F. Bueno WINDOWS Sistema operacional criado pela Microsoft Corporation Característica Principal características o uso de janelas

Leia mais

Rua da Fonte Nova MALTA 6400-301 PINHEL Tel. 305 510 163 WWW.MALTAONLINE.ON.TO

Rua da Fonte Nova MALTA 6400-301 PINHEL Tel. 305 510 163 WWW.MALTAONLINE.ON.TO Introdução...7 Area de trabalho...8 Ícones...9 Barra de tarefas...9 O Botão Iniciar...9 Todos os programas...11 Logon e Logoff...Erro! Marcador não definido. Desligando o Windows XP...12 Acessórios do

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

Curso: Operador de Computador - PRONATEC. Prof.: Roberto Franciscatto. S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico

Curso: Operador de Computador - PRONATEC. Prof.: Roberto Franciscatto. S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico Sistemas Operacionais Curso: Operador de Computador - PRONATEC Prof.: Roberto Franciscatto S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico Introdução Quem é este que vos fala? O por que desta disciplina no curso?

Leia mais

Windows XP. Autor: Vanderlei Alves Santos da Silva

Windows XP. Autor: Vanderlei Alves Santos da Silva Windows XP Autor: Vanderlei Alves Santos da Silva Curso de Informática e Assistência Técnica em Equipamentos Eletrônicos Autor: Vanderlei Alves Santos da Silva Outubro de 2007 Vanderlei Alves O computador

Leia mais

Ferramenta de Captura... 34 Gravador de Som... 34 Gerenciador de Tarefas... 34 Painel de Controle... 39 Opções de energia...

Ferramenta de Captura... 34 Gravador de Som... 34 Gerenciador de Tarefas... 34 Painel de Controle... 39 Opções de energia... Windows 8 Sumário Compatibilidade... 1 Versões... 2 Ambiente de Trabalho... 2 Iniciar... 3 Tela de Fundo... 4 Proteção de Tela... 5 Barra de Tarefas... 6 Janelas Minimizando e Maximizando... 7 Janelas

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

Dados do Aluno Nome: Número da matrícula: Endereço: Bairro: Cidade: Telefone: Anotações Gerais: Windows 7 Home Premium

Dados do Aluno Nome: Número da matrícula: Endereço: Bairro: Cidade: Telefone: Anotações Gerais: Windows 7 Home Premium Dados do Aluno Nome: Número da matrícula: Endereço: Bairro: Cidade: Telefone: Anotações Gerais: Windows 7 Home Premium Apresentação do Windows 7 O Windows é o sistema operacional mais usado no mundo. Com

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

Linux. Interface Gráfica

Linux. Interface Gráfica Linux Interface Gráfica Interface Gráfica fgdfgdf Desktop 1. Ubuntu Desktop: A tela inicial do sistema. 2. Lançador: Agrega os principais programas aplicativos do sistema ou de escolha do usuário, além

Leia mais

Conhecendo o Sistema Operacional

Conhecendo o Sistema Operacional Prefeitura de Volta Redonda Secretaria Municipal de Educação NTM Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal Projeto de Informática Aplicada à Educação de Volta Redonda - VRlivre Conhecendo o Sistema Operacional

Leia mais

Aspectos Avançados. Conteúdo

Aspectos Avançados. Conteúdo Aspectos Avançados Conteúdo Vendo o que existe em seu computador Ambiente de Rede Lixeira Organizando arquivos e pastas Usando o Windows de maneira eficaz Trabalhando com documentos 34 Vendo o que existe

Leia mais

GERAL DE APLICATIVOS DO WINDOWS

GERAL DE APLICATIVOS DO WINDOWS PRINCIPAIS TECLAS DE ATALHO WINDOWS OBS: A TECLA WINDOWS É REPRESENTADA POR UMA BANDEIRINHA AO LADO DA TECLA ALT NA PARTE INFERIOR A ESQUERDA DO SEU TECLADO. ( ) Alt + Enter Alt + Esc Alt + F4 Alt + Tab

Leia mais

O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES

O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES Por José Luís de F. Farias O TECLADO Em todos os países os teclados são diferentes quanto ao LAYOUT. Esse termo em inglês define a aparência, a disposição e organização

Leia mais

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR Com base no Windows XP, na figura ao lado, julgue os itens que se seguem: 01- É possível afirmar que ao se clicar em O que mais devo saber sobre

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte I

SIMULADO Windows 7 Parte I SIMULADO Windows 7 Parte I 1) Qual das seguintes definições melhor qualifica o Windows? (a) Um software para criação de planilhas eletrônicas (b) Um sistema operacional que faz a interface entre o usuário

Leia mais

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows INE 5223 Sistemas Operacionais Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows Baseado no material de André Wüst Zibetti Objetivos Obter noções básicas sobre o funcionamento

Leia mais

WINDOWS XP. Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br

WINDOWS XP. Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br WINDOWS XP Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br WINDOWS XP INICIANDO O WINDOWS INICIALIZAÇÃO DO WINDOWS XP Ao iniciar o windows XP a primeira

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Aplica/remove sublinhado.

Aplica/remove sublinhado. Nova pasta CTRL+O Cria nova pasta. Nova planilha ALT+SHIFT+F1 Insere uma nova planilha. Abrir planilha CTRL+A Abrir Planilha Salvar CTRL+B Salva o arquivo ativo com seu nome de arquivo, local e formato

Leia mais

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL Núcleo IFRS Manual do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 3 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 3 Procedimentos para Download

Leia mais

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1 Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1 1 1. WINDOWS... 3 1.1 - Como funciona o Windows?... 3 1.2 - Botão Iniciar... 3 1.3 - Comutando entre tarefas abertas... 4 1.4 - O que é uma Janela?...

Leia mais