Regulamento Lusofonias

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Regulamento Lusofonias"

Transcrição

1 Regulamento Lusofonias 2013 Rede de Bibliotecas da Mealhada Grupo de Disciplina de Português do AE da Mealhada

2 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MEALHADA Grupo de Disciplina de Português Bibliotecas Escolares Biblioteca Municipal da Mealhada 2012/2013 Projeto Lusofonias Contos, leituras e culturas Concursos: 1- Contar histórias tradicionais 2- Ler narrativas literárias Atividade concelhia Apresentação O objetivo fundamental deste projeto é conhecer e dar a conhecer o património oral dos contos tradicionais e alguns textos de autores de qualidade reconhecida. Uns e outros foram divulgados e produzidos nos oito países que têm o português como língua oficial: Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, S. Tomé e Príncipe e Timor. As histórias tradicionais não têm autor conhecido. Foram transmitidas até nós, oralmente, desde tempos muito recuados, vindas não se sabe bem donde. Surgiram aqui e ali, atravessaram os continentes, transpuseram fronteiras, cruzaram os mares. Foram-se transformando, conforme as línguas e as culturas que as apropriaram. Ao longo dos séculos, cada povo e cada contador foram-lhes dando uma feição muito própria. "Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto", diz o ditado popular. É isso que se espera dos contadores dos 3.º, 4.º, 5.º, 6.º e 7.º anos. As narrativas literárias são textos de arte verbal de autores com vida, figura e nome conhecidos. Alguns desses textos tornaram-se muito populares ou famosos, quer pela sua qualidade literária, quer porque se basearam, muitas vezes, em narrativas antigas ou se construíram a partir de episódios ou de contextos muito familiares daqueles que os leem. Embora possam ser recontados oralmente, é mais agradável e enriquecedor ouvi-los tal qual os autores os escreveram. Têm uma linguagem rica e um ritmo próprios. É o que queremos ouvir das leituras dos alunos dos 8.º e 9.º anos. Assim, o projeto culmina em dois concursos: o concurso Contar histórias tradicionais, para os alunos dos 3.º, 4.º, 5.º, 6.º e 7.º anos; e o concurso Ler narrativas literárias, para os alunos dos 8.º e 9.º anos. 2

3 Regulamento 1. Participam no Concurso todas as turmas dos 2.º e 3.º ciclos e as turmas dos 3.º e 4.º anos do 1.º ciclo. 2. O Concurso desenrola-se em três fases ou eliminatórias. 1.ª fase: nas turmas, em aulas de Português; 2.ª fase: na biblioteca de cada escola, em sessão pública; 3.ª fase: na Biblioteca Municipal, em sessão pública. 1.ª Fase Concorrentes: Data: - Contar histórias tradicionais: os alunos dos 3.º e 4.º, 5.º, 6.º e 7.º anos. - Ler narrativas literárias: os alunos dos 8.º e 9.º anos. - De 11 de dezembro de 2012 a 20 de fevereiro de 2013; - Entrega dos nomes dos apurados até ao dia 25 de fevereiro de Processo: - Durante este período, o professor desloca-se com a turma à BE, onde os alunos selecionam o conto que desejam recontar (3.º, 4.º, 5.º, 6.º e 7.º anos) ou a narrativa de autor que desejam ler (8.º e 9.º anos). - Durante o mesmo período, no decorrer de uma aula de Português, cada turma apura, através de votação, um representante e um suplente para a 2.ª fase; - Os alunos efetuam a votação segundo os critérios constantes do ponto 4 e registados no anexo 4 que lhes é facultado; - Cada aluno atribui ao colega uma pontuação de 1 a 5, podendo recorrer-se a meios pontos (para melhor hierarquização); - Em caso de empate, o professor tem voto de qualidade; - A leitura das narrativas literárias (integrais ou excertos) não deve exceder 10 minutos; - O professor entrega aos responsáveis do Projeto, até ao dia estipulado (25 de fevereiro), o nome dos alunos apurados, os textos selecionados e os seus autores. Responsáveis: - Escolas do 1.º ciclo: Paulo Lindo; - Escola Básica da Pampilhosa: Rosa Santos; - Escola Básica da Mealhada: Fernanda Cabral; - Escola Secundária da Mealhada: Cesaltina Freire. 3

4 2.ª Fase: Concorrentes: Local: Data: Júri: Processo: - O aluno representante de cada turma (ou o respetivo suplente, em caso de impossibilidade). - Bibliotecas Escolares (no 1.º ciclo, apenas na BE da EB n.º 1 da Pampilhosa). - A partir de 27 de fevereiro de 2013, às 4.ªs feiras, às 14h30. - Um professor bibliotecário presidente; - Um professor de Português (que não lecione a turma do aluno em prova); - Um representante dos encarregados de educação (que não seja familiar do aluno concorrente); - Dois alunos (que não frequentem o ano de escolaridade do concorrente em prova, nem sejam seus familiares). - As sessões da 2.ª fase são públicas; - Esta fase realiza-se em 4 sessões (4 quartas-feiras); - Em cada sessão participam, 3/4 concorrentes, correspondendo cada uma a um ano de escolaridade; - As sessões dos 3.º e 4.º anos são organizadas pelos respetivos docentes, devendo chegar à 3.ª fase (eliminatória final) os 2 alunos mais pontuados representantes de cada ano; - Os concorrentes são apreciados por um júri. Cada elemento do júri atribui ao concorrente uma pontuação de 1 a 5, podendo recorrer-se a meios pontos (para melhor hierarquização), de acordo com critérios definidos no ponto 4 deste Regulamento; - É apurado um vencedor e um suplente por ano de escolaridade. Concorrentes: Data: Local: 3.ª Fase - Os alunos que, na 2.ª fase, obtiverem a mais alta pontuação em cada ano de escolaridade. - Maio de 2013, às 14h30. - Biblioteca Municipal da Mealhada. 4

5 Júri: Processo: - Um representante da Câmara Municipal da Mealhada presidente do júri; - Um representante da direção do Agrupamento de Escolas; - Um professor de Português (que não lecione a turma do aluno em prova); - Um representante dos encarregados de educação (que não seja familiar de nenhum dos alunos concorrentes); - Um representante da sociedade civil de reconhecido mérito cultural e artístico. Prémios: - A sessão é pública; - A apresentação é feita por 2 alunos (de preferência um do sexo masculino e outro do sexo masculino) que são sorteados de entre os candidatos apresentados pelos professores de Português ou titulares de turma; - A participação realiza-se por ordem crescente de anos de escolaridade; - Os concorrentes são apreciados por um júri. Cada elemento do júri atribui ao concorrente uma pontuação de 1 a 5, podendo recorrer-se a meios pontos (para melhor hierarquização), de acordo com critérios definidos no ponto 4 deste Regulamento; - Após o intervalo para reunião de júri, são apresentados publicamente os vencedores e atribuídos os prémios e diplomas de participação; - Aos apresentadores é oferecido um diploma de participação e uma pequena lembrança. - São vencedores os alunos que obtiverem maior pontuação em cada ano de escolaridade; - Os vencedores são premiados; - Os prémios, lembranças e diplomas de participação são da responsabilidade da Câmara Municipal; - Todos os alunos participantes nas 2.ª e 3.ª fases recebem um diploma de participação. 3. Apuramento dos encarregados de educação para participação no júri: Os encarregados de educação que pretendam disponibilizar-se para participarem no júri devem entregar a sua identificação numa das bibliotecas escolares. Desta, deve constar: - Nome; - Contacto pessoal; - Habilitações (mínimo 12.º ano ou equivalente); - Dia em que estão disponíveis; - Nome, ano e turma do respetivo educando. De entre os interessados, são sorteados, pela equipa das BE, os elementos necessários para cada biblioteca, de acordo com o estipulado neste Regulamento no que respeita às incompatibilidades. 5

6 4. Critérios de apreciação dos concorrentes: Contadores 1 Apresentação do texto: título, compilador e obra da recolha Leitores 1 Apresentação do texto: título, autor, obra, contextualização 2 Dicção e tom de voz 2 Dicção e tom de voz 3 Expressividade (entoação e ritmo) 3 Leitura correta das palavras e das frases 4 Correção do discurso (vocabulário, construção de frases e articulação das ideias) 4 Expressividade (pausas, entoação e ritmo) 5 Fidelidade à estrutura do conto 5 Facilidade em captar a atenção do público 6 Facilidade em captar a atenção do público Obs. : Em caso de empate, o presidente do júri tem voto de qualidade. 4. Os casos omissos deste Regulamento serão supridos e decididos pelo Grupo de Trabalho Concelhio da RBM. Anexos: Anexo 1 Grelha de pontuação da 1.ª fase Contadores (projetar a grelha; os alunos respondem nos cadernos; o professor anota 1.º e 2.º lugar na sua grelha pessoal). Anexo 2 Grelha de pontuação da 1.ª fase Leitores (projetar a grelha; os alunos respondem nos cadernos; o professor anota 1.º e 2.º lugar na sua grelha pessoal). Anexo 3 Grelha de pontuação da 2.ª fase Contadores Anexo 4 Grelha de pontuação da 2.ª fase Leitores 6

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA 2013 / 2014 Prova Distrital de Leiria Biblioteca Municipal de Caldas da Rainha Regras Gerais

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA 2013 / 2014 Prova Distrital de Leiria Biblioteca Municipal de Caldas da Rainha Regras Gerais CONCURSO NACIONAL DE LEITURA 2013 / 2014 Prova Distrital de Leiria Biblioteca Municipal de Caldas da Rainha Regras Gerais Preâmbulo O Plano Nacional de Leitura (PNL) em parceria com a Direção-Geral do

Leia mais

Triatlo Literário Regulamento 2014/2015

Triatlo Literário Regulamento 2014/2015 Triatlo Literário Regulamento 2014/2015 Secção I Disposições gerais 1 Definição e âmbito Trata-se de um concurso literário promovido pela Direção Regional de Educação (DRE), no âmbito do projeto Baú de

Leia mais

Concurso Literário João Grave

Concurso Literário João Grave Concurso Literário João Grave Normas Secção I Introdução A Câmara Municipal de Vagos, enquanto promotora da Cultura Vaguense e parceira da Comunidade Educativa do Concelho, e a Rede de Bibliotecas de Vagos

Leia mais

REGULAMENTO. Nota: As escolas são, para este efeito, sempre consideradas de forma singular (independentemente do agrupamento a que pertençam).

REGULAMENTO. Nota: As escolas são, para este efeito, sempre consideradas de forma singular (independentemente do agrupamento a que pertençam). REGULAMENTO A 20 de Outubro de 2014, o Plano Nacional de Leitura declara oficialmente aberta a 9ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) 2014 / 2015 que decorre entre esta data e o final do terceiro

Leia mais

Escola E. B. 2,3 Ruy Belo CONCURSO MASTERCHEF RUY BELO 1.ª Edição

Escola E. B. 2,3 Ruy Belo CONCURSO MASTERCHEF RUY BELO 1.ª Edição Escola E. B. 2,3 Ruy Belo CONCURSO MASTERCHEF RUY BELO 1.ª Edição 2014-2015 Equipa organizadora: Mª Eduarda Costa e Mª João Ribeiro I. DEFINIÇÃO, ORIGEM E OBJETIVO 1. O concurso MasterChef Ruy Belo vai

Leia mais

CONCURSO DE POESIA. Concurso dinamizado pelas Bibliotecas Escolares. Ficha de Inscrição nº. Nome: Ano/Turma. Telefone / Telemóvel: / Morada:

CONCURSO DE POESIA. Concurso dinamizado pelas Bibliotecas Escolares. Ficha de Inscrição nº. Nome: Ano/Turma. Telefone / Telemóvel: / Morada: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA CONCURSO DE POESIA Concurso dinamizado pelas Bibliotecas Escolares Ficha de Inscrição nº Nome: Ano/Turma Telefone / Telemóvel: / Morada: Coloque uma X no espaço

Leia mais

Concurso Literário Riscos e Letras

Concurso Literário Riscos e Letras Concurso Literário Riscos e Letras Riscos para desenhar e pintar Letras para rimar 2013/2014 Regulamento Artº 1º Introdução A Associação de Pais e Encarregados de Educação (APESE) e a Biblioteca Escolar

Leia mais

PRÉMIO CONTO INFANTIL ILUSTRADO CORRENTES D ESCRITAS / PORTO EDITORA 2012

PRÉMIO CONTO INFANTIL ILUSTRADO CORRENTES D ESCRITAS / PORTO EDITORA 2012 PRÉMIO CONTO INFANTIL ILUSTRADO CORRENTES D ESCRITAS / PORTO EDITORA regulamento 1 O PRÉMIO CONTO INFANTIL ILUSTRADO CORRENTES D ESCRITAS / PORTO EDITORA, instituído no dia 01 de Setembro de 2008, destina-se

Leia mais

REGULAMENTO. (i) (iii)

REGULAMENTO. (i) (iii) REGULAMENTO A 05 de novembro de 2015, o Camões Instituto de Cooperação e da Língua (Camões, I.P.) declara oficialmente aberta a 3ª Edição do Concurso Internacional de Leitura (CIL) 2015 / 2016 que decorre,

Leia mais

Escola Cooperativa Vale S. Cosme Departamento Expressões e Tecnologias

Escola Cooperativa Vale S. Cosme Departamento Expressões e Tecnologias Preâmbulo Com o presente regulamento, o departamento de Expressões e Tecnologias pretende definir as regras do Concurso de Pintura 25 anos 25 acontecimentos. Artigo 1º Objetivos O Concurso de Pintura:

Leia mais

I EDIÇÃO DO PRÉMIO NACIONAL DO CONTO DE FILOSOFIA PARA CRIANÇAS ANO LETIVO 2016/2017

I EDIÇÃO DO PRÉMIO NACIONAL DO CONTO DE FILOSOFIA PARA CRIANÇAS ANO LETIVO 2016/2017 I EDIÇÃO DO PRÉMIO NACIONAL DO CONTO DE FILOSOFIA PARA CRIANÇAS ANO LETIVO 2016/2017 O Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira e a Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática promovem a I Edição

Leia mais

10º Congresso Português do AVC. Porto, 4 a 6 de Fevereiro de Porto Sheraton Hotel

10º Congresso Português do AVC. Porto, 4 a 6 de Fevereiro de Porto Sheraton Hotel 10º Congresso Português do AVC Porto, 4 a 6 de Fevereiro de 2016 Porto Sheraton Hotel PRÉMIOS PARA APRESENTAÇÕES NO CONGRESSO PORTUGUÊS DO AVC REGULAMENTO Artigo 1º INTRODUÇÃO A Sociedade Portuguesa do

Leia mais

Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!»

Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!» Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!» 1. O Concurso «Ler é uma Festa» é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura, em parceria com o Banco Popular, e enquadra-se na 8ª Edição da Semana da Leitura

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO ESCOLAR A MINHA ESCOLA ADOTA: UM MUSEU, UM PALÁCIO, UM MONUMENTO

REGULAMENTO DO CONCURSO ESCOLAR A MINHA ESCOLA ADOTA: UM MUSEU, UM PALÁCIO, UM MONUMENTO REGULAMENTO DO CONCURSO ESCOLAR A MINHA ESCOLA ADOTA: UM MUSEU, UM PALÁCIO, UM MONUMENTO O concurso escolar A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento... é uma iniciativa promovida conjuntamente

Leia mais

NORMAS DE PARTICIPAÇÃO

NORMAS DE PARTICIPAÇÃO NORMAS DE PARTICIPAÇÃO As presentes normas estabelecem as regras gerais da Fase Distrital de Aveiro do 10º Concurso Nacional de Leitura 2015/2016, organizada pela Biblioteca Municipal Ferreira de Castro,

Leia mais

Valores de Abril Valores da Europa. Cidadania Europeia. Concursos ARTES PLÁSTICAS. (Pintura, Desenho e Escultura) LITERÁRIO

Valores de Abril Valores da Europa. Cidadania Europeia. Concursos ARTES PLÁSTICAS. (Pintura, Desenho e Escultura) LITERÁRIO Valores de Abril Valores da Europa Cidadania Europeia Concursos ARTES PLÁSTICAS (Pintura, Desenho e Escultura) LITERÁRIO (Texto Poético e Texto Narrativo) REGULAMENTO 1OBJETIVOS Desenvolver nos jovens

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JÚLIO BRANDÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JÚLIO BRANDÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JÚLIO BRANDÃO REGULAMENTO DOS QUADROS DE VALOR E EXCELÊNCIA INTRODUÇÃO O Regulamento dos Quadros de Valor e de Excelência do Agrupamento de Escolas Júlio Brandão rege-se pelo Despacho

Leia mais

Concurso para a Criação do Hino dos Jogos Desportivos da CPLP

Concurso para a Criação do Hino dos Jogos Desportivos da CPLP Concurso para a Criação do Hino dos Jogos Desportivos da CPLP REGULAMENTO Os Ministros Responsáveis pelo Desporto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, reunidos em Salvador, Brasil, no dia 3 de

Leia mais

Normas de Participação Concurso «Eu e a minha bicicleta»

Normas de Participação Concurso «Eu e a minha bicicleta» Artigo Primeiro Designação do concurso e entidades 1. O Concurso EU E A MINHA BICICLETA é um concurso organizado pela Câmara Municipal do Seixal, no âmbito do projeto da Rede Ciclável do Concelho do Seixal,

Leia mais

Olimpíadas de Biotecnologia 12 a Edição 2016/17. Regulamento de funcionamento

Olimpíadas de Biotecnologia 12 a Edição 2016/17. Regulamento de funcionamento Olimpíadas de Biotecnologia 12 a Edição 2016/17 Regulamento de funcionamento Disposições gerais 1 - As XII Olimpíadas de Biotecnologia são dirigidas aos estudantes do Ensino Secundário a frequentar estabelecimentos

Leia mais

Regulamento do Concurso Prova 10

Regulamento do Concurso Prova 10 Regulamento do Concurso Prova 10 O presente Regulamento define as Regras de Funcionamento do Concurso Prova 10, cuja organização pertence à Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional

Leia mais

Definição do plano de desenvolvimento em função dos Domínios do Projeto e dos aspetos positivos e negativos referidos no balanço realizado --

Definição do plano de desenvolvimento em função dos Domínios do Projeto e dos aspetos positivos e negativos referidos no balanço realizado -- Projeto aler+ Continuidade em 2016/2017 2 - PROJETO Designação do Projeto André Soares a ALer+ 6.1. Plano de desenvolvimento do Projeto Definição do plano de desenvolvimento em função dos Domínios do Projeto

Leia mais

Regulamento do Quadro de Mérito

Regulamento do Quadro de Mérito Regulamento do Quadro de Mérito Preâmbulo De acordo com o artigo 51º A da Lei 39/2010 de 2 de Setembro, o Quadro de Mérito do Agrupamento Vertical de Escolas Professor Ruy Luís Gomes visa reconhecer, valorizar

Leia mais

Regulamento Concurso de Poesia Agostinho Gomes. Capítulo I

Regulamento Concurso de Poesia Agostinho Gomes. Capítulo I Regulamento Concurso de Poesia Agostinho Gomes Capítulo I Artigo 1º Instituição O Município de Oliveira de Azeméis, através dos serviços da Biblioteca Municipal Ferreira de Castro, institui pelo presente

Leia mais

Regulamento do Concurso

Regulamento do Concurso 1. O Concurso é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura, enquadrada na 11ª Edição da Semana da Leitura, que se centra no Prazer de LeR em todos os momentos e em todos os lugares, sendo os trabalhos

Leia mais

7ª Edição do Concurso Encontro de Poesia. Normas de participação

7ª Edição do Concurso Encontro de Poesia. Normas de participação 7ª Edição do Concurso Encontro de Poesia Normas de participação Artigo 1º Objetivos e Tema A 7ª edição do Concurso de Poesia, promovido pela Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva tem como principais objetivos:

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alcabideche Escola Básica de Alcabideche PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO

Agrupamento de Escolas de Alcabideche Escola Básica de Alcabideche PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO BIBLIOTECA ESCOLAR - ALCABIDECHE E ALTO DA PEÇA - GLOBAL Data Atividades Reuniões entre a Professora Bibliotecária/Coordenadora da Biblioteca Escolar () o Diretor do Agrupamento (DA) e/ou a Coordenadora

Leia mais

Regulamento Ser Cientista

Regulamento Ser Cientista Regulamento Ser Cientista 1- Objetivos 1.1 - "Ser Cientista" é um programa que tem por objetivo proporcionar aos alunos do ensino secundário uma aproximação à realidade da investigação científica pela

Leia mais

S. R. CÂMARA MUNICIPAL DE ALFÂNDEGA DA FÉ REGULAMENTO DO

S. R. CÂMARA MUNICIPAL DE ALFÂNDEGA DA FÉ REGULAMENTO DO REGULAMENTO DO CONCURSO PROFESSOR JOÃO BAPTISTA VILARES INCENTIVO AO SUCESSO ESCOLAR Preâmbulo Considerando a importância da educação no processo de desenvolvimento do concelho; Considerando a necessidade

Leia mais

Prémio Orlando Falcão [Regulamento do concurso] Preâmbulo

Prémio Orlando Falcão [Regulamento do concurso] Preâmbulo Prémio Orlando Falcão 2017 [Regulamento do concurso] Preâmbulo Desaparecido, prematuramente, no dia 10 de Maio de 2016, ORLANDO FALCÃO foi durante 30 anos professor na Escola Artística Soares dos Reis

Leia mais

ConCurso Montras natal CoMérCio

ConCurso Montras natal CoMérCio ConCurso Montras natal CoMérCio Nome do Estabelecimento Nome do Responsável Morada Telefone E-mail Declaro que tomei conhecimento das condições de participação no Concurso de Montras de Natal e que autorizo

Leia mais

CONCURSO DE CRIAÇÃO DE SPOT PROMOCIONAL

CONCURSO DE CRIAÇÃO DE SPOT PROMOCIONAL CONCURSO DE CRIAÇÃO DE SPOT PROMOCIONAL ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE PARA TODOS Normas de Participação Artigo 1.º OBJETIVO O presente concurso tem como objetivo sensibilizar os alunos do ensino secundário

Leia mais

Regulamento Municipal Concurso de Pintura Pintar Vieira do Minho

Regulamento Municipal Concurso de Pintura Pintar Vieira do Minho Regulamento Municipal Concurso de Pintura Pintar Vieira do Minho Artigo 1º Objectivos O Concurso de Pintura Pintar Vieira Minho, organizado pela Câmara Municipal de Vieira do Minho, tem como objectivo

Leia mais

Escola Secundária Ferreira Dias, Agualva-Sintra Grupo de Português. Regulamento. Concurso Literário Prémio Fernando Carita

Escola Secundária Ferreira Dias, Agualva-Sintra Grupo de Português. Regulamento. Concurso Literário Prémio Fernando Carita Regulamento Concurso Literário Prémio Fernando Carita O poeta é quem se pôs a caminho Dos caminhos todos bifurcados no tempo; In CARITA, Fernando, A casa, o caminho, Le Taillis Pré, Hainault, Bélgica,

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS ELABORAÇÃO DE LOGÓTIPO DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CONCELHO DE PROENÇA-A-NOVA Artigo 1º Objecto 1. O presente regulamento

Leia mais

Concurso Todos Contam. 2.ª edição

Concurso Todos Contam. 2.ª edição PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO FINANCEIRA Concurso Todos Contam 2.ª edição Regulamento do Concurso O Concurso Todos Contam é uma iniciativa promovida pelo Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, entidade

Leia mais

NATAL NA ESCOLA. - Normas do Concurso de Presépios e Árvores de Natal -

NATAL NA ESCOLA. - Normas do Concurso de Presépios e Árvores de Natal - NATAL NA ESCOLA - Normas do Concurso de Presépios e Árvores de Natal - O Natal assume-se, na sociedade cristã, como um período de celebração marcado por diversas tradições que assinalam o nascimento do

Leia mais

FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL

FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL REGULAMENTO DESPORTIVO CIRCUITO NACIONAL DE ANDEBOL DE PRAIA 2012 Art.º 1 OBJETO 1. O presente regulamento estabelece as regras e normas aplicáveis ao Andebol de Praia

Leia mais

Regulamento do concurso Um conto que contas

Regulamento do concurso Um conto que contas Regulamento do concurso Um conto que contas Artigo 1.º ENQUADRAMENTO 1. O concurso Um conto que contas é da responsabilidade de uma Comissão Organizadora em colaboração com a Delegação Regional do Sul

Leia mais

Escola Básica n.º 1 de Vendas Novas. Jogos florais interescolas

Escola Básica n.º 1 de Vendas Novas. Jogos florais interescolas Escola Básica n.º 1 de Vendas Novas Jogos florais interescolas Síntese projeto Os jogos florais interescolas é um concurso de escrita que envolve todas as escolas públicas e particulares do concelho de

Leia mais

Regulamento do III Festival da Canção. Festas em Honra de Nossa Senhora das Dores. Aprovados a MKT

Regulamento do III Festival da Canção. Festas em Honra de Nossa Senhora das Dores. Aprovados a MKT III Festival da Canção Festas em Honra de Nossa Senhora das Dores Aprovados a 11-04-2012 MKT Conteúdo Artigo 1º... 3 Artigo 2º... 3 Artigo 3º... 3 Artigo 4º... 3 Artigo 5º... 4 Artigo 6º... 4 Artigo 7º...

Leia mais

Regulamento dos Quadros de Valor, Mérito e Excelência

Regulamento dos Quadros de Valor, Mérito e Excelência Regulamento dos Quadros de Valor, Mérito e Excelência Os Quadros de Valor, de Mérito e Excelência destinam-se a tornar patente o reconhecimento de aptidões e atitudes dos alunos ou de grupos de alunos

Leia mais

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 1.º / 2.º ANOS

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 1.º / 2.º ANOS HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 1.º / 2.º ANOS MANHÃ Entrada: 9:00 H Intervalo: 10:30H às 11:00H Saída almoço: 12:30H TARDE Entrada: 14:00 H Intervalo:16:00 H às 16:30 H Saída: 17:30 H (depende da frequência

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL PARA A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO GERAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 2 DE LOURES 1. OBJETO

REGULAMENTO ELEITORAL PARA A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO GERAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 2 DE LOURES 1. OBJETO REGULAMENTO ELEITORAL PARA A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO GERAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 2 DE LOURES 1. OBJETO O presente Regulamento rege a eleição para o Conselho Geral dos representantes do pessoal

Leia mais

O programa BE\CRE à la carte apresenta atividades e projetos pedagógicos que a equipa de Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Mem Martins

O programa BE\CRE à la carte apresenta atividades e projetos pedagógicos que a equipa de Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Mem Martins O programa BE\CRE à la carte apresenta atividades e projetos pedagógicos que a equipa de Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Mem Martins pretende desenvolver ao longo do ano com os diferentes níveis

Leia mais

Concurso de Maquetes

Concurso de Maquetes Concurso de Maquetes Agrupamento de Escolas de Arouca Agrupamento de Escolas de Escariz «Geossítios 3D» REGULAMENTO DE CONCURSO 2 de janeiro de 2017 ENQUADRAMENTO O concurso «Geossítios 3D» é uma iniciativa

Leia mais

Manual. Representantes dos pais e encarregados de educação da turma e da sala

Manual. Representantes dos pais e encarregados de educação da turma e da sala Manual Representantes dos pais e encarregados de educação da turma e da sala Reuniões de Turma As reuniões com os diretores de turma (no 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e no ensino secundário) ou com

Leia mais

REGULAMENTO Concurso. Artigo 1.º Enquadramento

REGULAMENTO Concurso. Artigo 1.º Enquadramento REGULAMENTO Concurso Artigo 1.º Enquadramento 1. A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA) dinamiza o concurso FCT NOVA Challenge que tem como objetivo promover nos

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA SINOPSE

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA SINOPSE SINOPSE O Concurso de fotografia "A Saúde Mental na Objetiva da Juventude" é um projeto que tem como objetivo utilizar a arte fotográfica como meio inovador e lúdico de consciencializar a comunidade, para

Leia mais

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO REGULAMENTO DE ELEIÇÃO E DESIGNAÇÃO DOS MEMBROS DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº2 DE BEJA Artigo 1.º Objeto 1 - O

Leia mais

CONCURSO LITERÁRIO COLÉGIO DE ALFRAGIDE

CONCURSO LITERÁRIO COLÉGIO DE ALFRAGIDE CONCURSO LITERÁRIO COLÉGIO DE ALFRAGIDE REGULAMENTO Artigo 1º Instituição e finalidade 1. O presente regulamento define as normas que regem a edição do Concurso Literário Colégio de Alfragide, através

Leia mais

TESTES INTERMÉDIOS 2012/ º ANO

TESTES INTERMÉDIOS 2012/ º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS POETA JOAQUIM SERRA TESTES INTERMÉDIOS 2012/2013 2.º ANO PORTUGUÊS E MATEMÁTICA Calendário/Finalidade do projeto PORTUGUÊS 28 de maio (3.ª feira) MATEMÁTICA 31 de maio (6.ª feira)

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE OLIVAIS. Prémio Literário e de Ilustração Eça de Queiroz

JUNTA DE FREGUESIA DE OLIVAIS. Prémio Literário e de Ilustração Eça de Queiroz Prémio Literário e de Ilustração Eça de Queiroz Introdução Considerando a importância do papel das instituições públicas na promoção e apoio das artes e da cultura, nomeadamente da literatura e da ilustração

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO LER PARA RECRIAR

REGULAMENTO DO CONCURSO LER PARA RECRIAR REGULAMENTO DO CONCURSO LER PARA RECRIAR L I A L T R A L T I E R R E A L E E V R R E E F L E R P A R A R E C R I A R E R + O T O T E P O E N Z E R + E R S U C R N E V E P + S O R R E S L E R R I A E S

Leia mais

Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para Frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais

Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para Frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para Frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais Artigo 1.º Objeto e âmbito O presente Regulamento, nos termos do Decreto-

Leia mais

Passatempo Escrita Criativa Regulamento 2014/2015

Passatempo Escrita Criativa Regulamento 2014/2015 Em qualquer lugar, a qualquer momento, um livro é altamente! http://projectos.madeira-edu.pt/baudeleitura Passatempo Escrita Criativa Regulamento 2014/2015 Secção I Disposições Gerais 1 Definição e âmbito

Leia mais

Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Pedagógico [Alterações aprovadas na reunião nº 9/2013 de 30 de outubro]

Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Pedagógico [Alterações aprovadas na reunião nº 9/2013 de 30 de outubro] ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Pedagógico [Alterações aprovadas na reunião nº 9/2013 de 30 de outubro] Página2 Capítulo I Disposições Gerais

Leia mais

Constituição da República Portuguesa Comemoração do 40º Aniversário (2 de abril abril 2016)

Constituição da República Portuguesa Comemoração do 40º Aniversário (2 de abril abril 2016) Normas de Participação Introdução Mais de 32 mil palavras de Liberdade é um concurso organizado pela Câmara Municipal do Seixal, no ano em que se celebra o 40º Aniversário da (2 de abril de 1976 2 de abril

Leia mais

Regulamento para Jovens Solistas

Regulamento para Jovens Solistas Regulamento para Jovens Solistas 1. Constituição O concurso será constituído por 3 fases distintas: Selecção por filmagem, Semifinais e Final. 2. A quem se destina Destina a bailarinos a partir dos 6 anos.

Leia mais

Prémio Jovens Talentos Braga 16. Edição Braga 16 Capital Ibero-americana de Juventude. Regulamento

Prémio Jovens Talentos Braga 16. Edição Braga 16 Capital Ibero-americana de Juventude. Regulamento Prémio Jovens Talentos Braga 16 Edição Braga 16 Capital Ibero-americana de Juventude Regulamento 1. Introdução O presente concurso tem como objetivo estimular o aparecimento e divulgar os novos talentos

Leia mais

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL (2014/2018) Nos termos do artigo 15º do Decreto-Lei nº 75/2008 de 22 de abril, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 137/2012, de 2 de Julho, o Conselho

Leia mais

Modo literário: Texto narrativo (em prosa)

Modo literário: Texto narrativo (em prosa) 1 CONCURSO LITERÁRIO OUTONO VIVO 2011 TEMA: Lusofonia: Com a chave da voz abri a vida Modo literário: Texto narrativo (em prosa) REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS Objectivos a. Criar e/ou consolidar hábitos

Leia mais

b - Não serão aceitas inscrições cuja ficha não esteja devidamente preenchida.

b - Não serão aceitas inscrições cuja ficha não esteja devidamente preenchida. REGULAMENTO ORGANIZAÇÃO O 7º Festival de Curtas é uma idealização e realização da Área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias da Escola Técnica Machado de Assis. O 7º Festival de Curta é uma mostra

Leia mais

BUZZ Arena High School Edition

BUZZ Arena High School Edition BUZZ Arena High School Edition BUZZ Arena HighSchoolEdition I Edição do BUZZ Arena HighSchoolEdition organizado pela StartUp BUZZ dirigido aos estudantes do ensino secundário que pretendam ter a experiência

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Agrupamento de Escolas José Estêvão Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Secção I Disposições gerais Artigo 1º Objeto O presente regulamento estabelece as condições e procedimentos

Leia mais

REGULAMENTO. 2. O Prémio tem como finalidade incentivar a produção poética, premiando obras poéticas inéditas de escritores de língua portuguesa.

REGULAMENTO. 2. O Prémio tem como finalidade incentivar a produção poética, premiando obras poéticas inéditas de escritores de língua portuguesa. REGULAMENTO 1. A Livraria Arquivo e a Fundação Caixa Agrícola de Leiria instituíram O Prémio de Poesia FRANCISCO RODRIGUES LOBO, pretendendo contribuir para a dinamização poética, cultural e literária

Leia mais

VOTAÇÃO PROGRAMA DANÇA COM AS ESTRELAS

VOTAÇÃO PROGRAMA DANÇA COM AS ESTRELAS VOTAÇÃO PROGRAMA DANÇA COM AS ESTRELAS 1. OBJECTIVOS O Dança com as Estrelas é um programa em que dez famosos irão aprender a dançar com dez profissionais qualificados em danças de salão. Em cada um dos

Leia mais

CONCURSO GASTRONÓMICO DE INVERNO DO NORDESTE REGULAMENTO DO CONCURSO

CONCURSO GASTRONÓMICO DE INVERNO DO NORDESTE REGULAMENTO DO CONCURSO CONCURSO GASTRONÓMICO DE INVERNO DO NORDESTE REGULAMENTO DO CONCURSO A Associação de Desenvolvimento Local do Nordeste (ADLN) promove o Concurso Gastronómico de Inverno, como forma de: Promover a qualidade

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA 2014/2015. Biblioteca Escolar. Enquadramento

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA 2014/2015. Biblioteca Escolar. Enquadramento AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA 2014/2015 Biblioteca Escolar Regulamento do concurso Um conto que contas Enquadramento 1. A prática regular de atividades como a leitura e a escrita é um fator primordial

Leia mais

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

CONCURSO DE FOTOGRAFIA CONCURSO DE FOTOGRAFIA ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE PARA TODOS Normas de Participação Artigo 1.º OBJETIVO O presente concurso tem como objetivo sensibilizar os alunos do ensino secundário do Município de

Leia mais

QUADROS DE MÉRITO ACADÉMICO, DE VALOR E DE EXCELÊNCIA

QUADROS DE MÉRITO ACADÉMICO, DE VALOR E DE EXCELÊNCIA QUADROS DE MÉRITO ACADÉMICO, DE VALOR E DE EXCELÊNCIA PREÂMBULO O reconhecimento do percurso escolar dos alunos é consubstanciado no Agrupamento de Escolas de Fernando Pessoa pela criação dos Quadros de

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GÓIS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GÓIS REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO 1. Promotor e Disposições Gerais O Agrupamento de Escolas de Góis (AEG) leva a efeito o concurso de ideias para apresentação de propostas de

Leia mais

Guião de exploração pedagógica painel 8. Autoria: Maria José Marques

Guião de exploração pedagógica painel 8. Autoria: Maria José Marques Autoria: Maria José Marques A Exposição Itinerante Santillana é da autoria de Maria José Marques e foi exibida pela primeira vez na Universidade de Verão Santillana, nos dias 9, 10 e 11 de julho de 2012,

Leia mais

Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 REGULAMENTO

Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 REGULAMENTO Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 REGULAMENTO Artigo 1.º Âmbito O presente regulamento estabelece as normas pelas quais se rege o concurso CIDADES ANALÍTICAS 2015, iniciativa

Leia mais

REGULAMENTO DOS QUADROS DE EXCELÊNCIA E DE MÉRITO INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DOS QUADROS DE EXCELÊNCIA E DE MÉRITO INTRODUÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO DA SILVA CORREIA REGULAMENTO DOS QUADROS DE EXCELÊNCIA E DE MÉRITO INTRODUÇÃO O presente Regulamento dos Quadros de Mérito e de Excelência do Agrupamento de Escolas João da

Leia mais

REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO NO CONSELHO GERAL Biénio 2015/ /17

REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO NO CONSELHO GERAL Biénio 2015/ /17 REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO NO CONSELHO GERAL Biénio 2015/16 2016/17 Nota Justificativa: Com o objetivo de regular o processo eleitoral de eleição

Leia mais

Regulamento Concurso de Fotografia

Regulamento Concurso de Fotografia Regulamento Concurso de Fotografia Comissão Organizadora das XXVII Jornadas Medicina Dentária FMDUP REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA DAS JORNADAS DA FMDUP 2016 Consulte as regras de candidatura. A

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCURSO PARA DIRETOR DO CENTRO DE FORMAÇÃO DE ESCOLAS BEIRA MAR

REGULAMENTO DE CONCURSO PARA DIRETOR DO CENTRO DE FORMAÇÃO DE ESCOLAS BEIRA MAR REGULAMENTO DE CONCURSO PARA DIRETOR DO CENTRO DE FORMAÇÃO DE ESCOLAS BEIRA MAR Artigo 1º Princípio da legalidade regulamentar Ao abrigo do Decreto-Lei n.º 22/2014 que define o novo Regime Jurídico da

Leia mais

PRÉMIO SECIL UNIVERSIDADES 2005 CONCURSO ARQUITECTURA REGULAMENTO

PRÉMIO SECIL UNIVERSIDADES 2005 CONCURSO ARQUITECTURA REGULAMENTO PRÉMIO SECIL UNIVERSIDADES 2005 CONCURSO ARQUITECTURA REGULAMENTO I PRÉMIO 1. O Prémio Secil Universidades 2005, atribuído através do «Concurso Arquitectura», tem como objectivo incentivar a qualidade

Leia mais

REGULAMENTO. Concurso CHEF IN.AVE. Escolas do Ensino Profissional. 1ª Edição Ano letivo 2015/2016. Preâmbulo

REGULAMENTO. Concurso CHEF IN.AVE. Escolas do Ensino Profissional. 1ª Edição Ano letivo 2015/2016. Preâmbulo REGULAMENTO Concurso CHEF IN.AVE Escolas do Ensino Profissional 1ª Edição Ano letivo 2015/2016 Preâmbulo 1. O presente documento visa regular o Concurso CHEF IN.AVE, as regras de participação e atribuição

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO ESCOLAR Ano letivo 2012/2013

REGULAMENTO DO CONCURSO ESCOLAR Ano letivo 2012/2013 REGULAMENTO DO CONCURSO ESCOLAR Ano letivo 2012/2013 TEMA A ÁGUA QUE NOS UNE 1 ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (2005-2014), Década da Biodiversidade (2011-2020),

Leia mais

Concurso de Pintura Pintar Vieira do Minho. Regulamento 2008

Concurso de Pintura Pintar Vieira do Minho. Regulamento 2008 Concurso de Pintura Pintar Vieira do Minho Regulamento 2008 Artigo Primeiro Objectivos O Concurso de Pintura Pintar Vieira Minho, terceiro ano, organizado pela Câmara Municipal de Vieira do Minho, tem

Leia mais

Regulamento do Concurso O meu Postal de Férias! 1. Tema do concurso: O que tornou este teu verão inesquecível? 2. Objetivo do concurso:

Regulamento do Concurso O meu Postal de Férias! 1. Tema do concurso: O que tornou este teu verão inesquecível? 2. Objetivo do concurso: Regulamento do Concurso O meu Postal de Férias! O presente Regulamento define as regras de funcionamento do concurso O meu Postal de Férias!, cuja organização pertence à Agência Nacional para a Qualificação

Leia mais

iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto

iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto REGULAMENTO Preâmbulo A Universidade do Porto tem vindo a desenvolver esforços para fomentar o empreendedorismo tecnológico, criando para tal

Leia mais

Um olhar matemático sobre o património

Um olhar matemático sobre o património Um olhar matemático sobre o património do Concelho de Condeixa-a-Nova Concurso de fotografia Promovido pelo Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Em colaboração com o ATL da Escola Sec. Fernando

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GOLEGÃ, AZINHAGA E POMBALINHO. Informação - Prova de Equivalência à Frequência à disciplina de Português

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GOLEGÃ, AZINHAGA E POMBALINHO. Informação - Prova de Equivalência à Frequência à disciplina de Português AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GOLEGÃ, AZINHAGA E POMBALINHO Informação - Prova de Equivalência à Frequência à disciplina de Português Data: 1ª FASE e 2ª FASE 1º Ciclo - 2015/2016 Prova Escrita e Prova Oral

Leia mais

REGULAMENTO. P.A. - Projeto Artístico FESTIVAL DA CANÇÃO VERSÃO DE ARTISTA/COVER; VERSÃO ORIGINAL

REGULAMENTO. P.A. - Projeto Artístico FESTIVAL DA CANÇÃO VERSÃO DE ARTISTA/COVER; VERSÃO ORIGINAL REGULAMENTO P.A. - Projeto Artístico FESTIVAL DA CANÇÃO VERSÃO DE ARTISTA/COVER; VERSÃO ORIGINAL 2013 CASA DA JUVENTUDE - Município de Barcelos Rua da Madalena, nº 37 4750-315 Barcelos Telefones: 253 814

Leia mais

2.º Concurso de Flauta de Bisel Município de Redondo

2.º Concurso de Flauta de Bisel Município de Redondo 2.º Concurso de Flauta de Bisel Município de Redondo Sendo a música, entre outras artes, reconhecida como parte fundamental da história da civilização e também como excelente ferramenta para o desenvolvimento

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM 1º CICLO Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Novo Programa de Português /Metas Curriculares de Português do 1º Ciclo do

Leia mais

Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º

Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º 1.º CEB Agrupamento de Escolas Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º Saber escutar para reproduzir pequenas mensagens e Compreensão do oral Leitura Escrita para cumprir ordens e pedidos Prestar

Leia mais

REGULAMENTO.

REGULAMENTO. REGULAMENTO www.fjuventude.pt 1. PREÂMBULO O Concurso Lugares Criativos 100 Ideias, Como Melhorar a Tua cidade, adiante designado Concurso é realizado pela Fundação da Juventude em parceria com a ADDICT

Leia mais

Regulamento - Quadro de Honra e Prémio de Mérito

Regulamento - Quadro de Honra e Prémio de Mérito Regulamento - Quadro de Honra e Prémio de Mérito Regulamento do Quadro de Honra e do Prémio de Mérito Artigo 1.º Objeto O Quadro de Honra e o Prémio de Mérito destinam-se a tornar visível o reconhecimento

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS EMPREENDER LEIRIA

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS EMPREENDER LEIRIA REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS EMPREENDER LEIRIA Preâmbulo Os Concursos de Ideias EMPREENDER LEIRIA são promovidos pela NERLEI e estão inseridos no projeto EMPREENDER LEIRIA, que visa contribuir para um

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL Artigo 1.º Objeto O presente regulamento define o processo eleitoral dos membros do Conselho Geral referido nos artigos

Leia mais

Comunicar e interagir para uma escola partilhada. Cooperar e mobilizar para uma escola mais completa

Comunicar e interagir para uma escola partilhada. Cooperar e mobilizar para uma escola mais completa Assembleia Geral Associação de Pais e Encarregados de Educação Escola Secundária Stuart Carvalhais. Comunicar e interagir para uma escola partilhada Cooperar e mobilizar para uma escola mais completa Pensar

Leia mais

Coimbra, a implementar no ano letivo 2016/2017.

Coimbra, a implementar no ano letivo 2016/2017. REGULAMENTO DA I EXPO EMPRESAS JUNIOR NO ÂMBITO DA 4.ª EDIÇÃO DO PROGRAMA "EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS DA REGIÃO DE COIMBRA" 2016/2017 O programa Empreendedorismo nas Escolas da Região de Coimbra tem

Leia mais

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012 Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO Projeto PNL 2011/ 2012 Objetivos/Estratégias do Projeto Objetivos (definidos a partir das Prioridades (1,2,3,4,5,6) Educativas definidas no Projeto Educativo

Leia mais

REGULAMENTO 1 - APRESENTAÇÃO

REGULAMENTO 1 - APRESENTAÇÃO REGULAMENTO 1 - APRESENTAÇÃO A CPCJ de Caminha promove um Concurso de Fotografia sobre o tema Ser Feliz. As fotografias devem ilustrar momentos de felicidade, ternura, amor e afeto na interação com crianças

Leia mais

Direcção-Geral dos Desportos

Direcção-Geral dos Desportos Direcção-Geral dos Desportos HINO DOS JOGOS DESPORTIVOS DA CPLP CONCURSO LOCAL, FORMA DE APRESENTAÇÃO E DATA DE ENTREGA DE CANDIDATURAS Preâmbulo Com o presente regulamento a Direção-Geral dos Desportos

Leia mais

PERSPETIVAS DE INTERVENÇÃO

PERSPETIVAS DE INTERVENÇÃO PERSPETIVAS DE INTERVENÇÃO DOMÍNIOS OBJETIVO ESTRATÉGICO 1. RESULTADOS a) Melhorar o sucesso escolar dos alunos Avaliação Interna e Externa b) Promover Atitudes e Comportamentos de Cidadania a) Intensificar

Leia mais