PROJETO MEIOS DE TRANSPORTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO MEIOS DE TRANSPORTE"

Transcrição

1 PROJETO MEIOS DE TRANSPORTE 1. Tema: Trânsito Área de abrangência: Educação para o trânsito como fator de segurança pessoal e coletiva. ( x ) Movimento (x) Ciências ( x ) Musicalização (x) História/Geografia ( x ) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita ( x ) Português (x) Natureza e sociedade ( x ) Valores (x) Matemática ( x ) Segurança 2. Duração: 01/11 a 30/11 3. Apresentação do projeto: Este projeto visa estabelecer classificações em relação com os interesses expressados. Partindo do contexto que será assunto culminante para o desenvolvimento do projeto: APRESENTAÇÃO PEÇA CHAPEUZINHO SINAL VERMELHO - DETRAN. A princípio será trabalhada a conscientização da criança no trânsito como fator de segurança pessoal e coletiva que se destacaram nas atividades propostas em sala, murais, histórias, jogos e na culminância. A partir daí todo trabalho se encaminhará em varias direções que despertarão os conteúdos a serem trabalhados. Juntamente aos tópicos direcionados a ciências naturais estarão também presentes as fabulas na área de literatura infantil. Onde as crianças invadiram o mundo da fantasia e de questões morais encontradas nas diversas fábulas escolhidas pelo grupo. Assim, cabe lembrar que os temas transversais serão discutidos e estarão sempre presentes nos assuntos predominantes. Dessa forma, iremos trabalhar a educação no trânsito, e conhecê-lo de maneira prazerosa. 4. Justificativa: O tema do projeto desperta o interesse natural das crianças desta faixa etária que, em geral, contam com várias informações relativas a ele.

2 A culminância e atividades propostas em sala de aula facilitará o acesso às informações relativas ao tema. A proposta do assunto trânsito é de uma possível justificativa, pois, a maior parte de nossa clientela faz uso dos carros particulares e transportes escolares, os que moram nas proximidades da escola, utilizam as vias públicas para se locomoverem. Portanto, esse projeto vem atender as necessidades da escola e da nova lei que inclui o trânsito como um dos temas transversais a ser trabalhado na Educação Infantil. E, além disso, possuem um importante caráter de identificação de suas vivências pessoais e sociais. Este estudo facilitará a correlação entre diversos meios de transportes e destes com o seu lugar apropriado que serão aprofundadas e ampliadas em vários estudos. 5. Objetivo: Identificar a Educação para o Trânsito como fator de segurança pessoal e coletiva; Registrar comportamentos dos motoristas e pedestres nas vias públicas; Analisar atitudes positivas e negativas, comparando-as com as normas estabelecidas pelo Código Brasileiro de Trânsito; Identificar regras de circulação como fatores importantes na ordem e segurança da escola; Identificar o significado da sinalização; Interpretar mensagens de sinalização de trânsito; Reconhecer os principais sinais de trânsito: semáforo, faixa de pedestre, placas etc. Reconhecer as cores dos sinais de trânsito; Desenvolver a atenção e a percepção; Identificar e reconhecer vários meios de transportes; Trabalhar as virtudes: Paciência, tolerância, responsabilidade e humildade; 6. Metodologia: 1. Primeiramente indagar os educandos sobre o tema respeitando a bagagem dos mesmos, fazendo as devidas intervenções sobre os seus conflitos cognitivos. O que é Trânsito? Trânsito é o conjunto de deslocamentos diários de pessoas pelas calçadas e vias; é a movimentação geral de pedestres e de diferentes tipos de veículos. O trânsito ocorre em espaço público e reflete o movimento de múltiplos interesses, atendendo às necessidades de trabalho, saúde, lazer e outros, muitas vezes conflitantes. Para garantir o equilíbrio entre esses interesses coletivos é que se

3 estabelecem acordos sociais, sob formas de regras, normas e sinais que, sistematizados, formam as leis. Compreender as leis de trânsito e respeitá-las garante a proteção da vida, que é nosso bem maior. O Trânsito, a Família e a Escola O objetivo principal da Educação para o Trânsito é despertar uma nova consciência viária que priorize o companheirismo, a cooperação, a tolerância, o comprometimento e a solidariedade, em substituição à competição, ao individualismo e ao exibicionismo. Essa educação deve estar baseada na prática de valores, habilidades e autoestima, onde o valor a vida seja o foco primordial. E é com o envolvimento da família que se busca alcançar este objetivo, pois a melhor escola que as crianças têm é o seu lar. Os pais são modelos para seus filhos que assimilam e copiam seus hábitos e atitudes, inclusive no trânsito. Se o exemplo que a criança tem é de um comportamento civilizado e prudente, provavelmente ela vai adotar uma conduta semelhante quando for adulta. É importante que se conscientize os pais sobre o trabalho que será realizado na escola e sobre a necessidade de que em casa estas orientações sejam reforçadas. Só um processo contínuo de educação poderá fornecer ao ser humano meios de se adaptar as rápidas e constantes mudanças, pois a medida que os membros de uma sociedade forem criando hábitos corretos, é natural que esses cidadãos passem a cobrar uns dos outros um comportamento correto no trânsito. Educação para o Trânsito como tema transversal Em sala de aula, o tema trânsito pode ser trabalhado em todas as disciplinas, tanto como tema principal, como também para ilustrar os demais conteúdos, sem anular a importância do curriculum escolar. O objetivo é ampliar o entendimento dos alunos para o exercício da cidadania nas vias públicas e fazer com que eles levem os conhecimentos adquiridos na escola, para dentro de suas casas de forma que esta ação ganhe significado na medida que a qualidade de suas vidas e da comunidade, mude para melhor. Conteúdos a serem abordados na escola a) Valores Respeito, cortesia, cooperação, tolerância e compromisso; A importância de se ter disciplina e cumprir regras e normas; A importância de cada um no grupo social; O respeito as limitações;

4 Como ser útil nos diferentes grupos; A importância de ajudar, ser solidário; As emoções: raiva, felicidade, tristeza, alegria, etc.; Família, escola e comunidade. b) Orientação no espaço urbano e rural (espaço temporal): Esquemas referenciais: direita e esquerda, perto, longe, direção e distância; Noção de velocidade; Percepções visuais, auditivas, olfativas, etc.; Localização da residência em relação à escola; Localização do bairro; Meios utilizados para deslocar-se até a escola: a pé, de ônibus, bicicleta, veículos de tração animal ou carro, outros meios de locomoção; Meios de transporte de produtos. c) O trânsito Componentes da via pública: calçada ou espaço para pedestre não pavimentado, meio-fio, acostamento ou a falta de acostamento, faixa de pedestre ou a inexistência dela, semáforo ou a inexistência dele, placas, praças, pontes, viadutos, passarelas e calçadões para pedestres, ciclovias, pista de rolamento, etc.; A importância do conhecimento da realidade do trânsito que cerca o aluno; Trânsito e Comunicação; As placas regulam, avisam e fornecem informações; O trânsito e o meio ambiente; A formação do senso crítico por meio da interpretação da conjuntura em que se insere o trânsito. d) Segurança Atitudes seguras; Pressa x Atenção; A importância de conhecer as placas de sinalização; A importância de conhecer as mensagens do semáforo, para condutores e pedestres; A importância de conhecer e respeitar as normas de trânsito; As consequências dos comportamentos inadequados no trânsito: excesso de velocidade, desrespeito as leis de trânsito, etc.;

5 A brincadeira e onde é perigoso brincar; Equipamentos de segurança qual a importância de usá-los corretamente. Obs.: mencionar para os alunos a relevância das regras e que para cada um existe uma regra específica como: e) Regras de circulação para pedestre; f) Regras de circulação para o ciclista; g) Regras de circulação para o carroceiro; h) Regras de circulação para o condutor do veículo de mão, que é coletor de material reciclável ou vendedor ambulante; i) Regras de circulação para motorista; j) Regras de circulação para motociclista; l) Os efeitos do álcool e outras drogas Valores, normas e atitudes a serem cultivadas na escola: Respeito ao espaço público e ao patrimônio cultural; Cumprimento dos deveres como cidadão, com relação ao trânsito e aos usuários das vias e animais; Reconhecimento e respeito à sinalização; Valorização do trabalho do policial de trânsito; Valorização da liberdade; Reconhecimento da importância do cumprimento de regras e de normas; Importância da aquisição de limites; Conscientização dos deveres e dos direitos no trânsito; Valorização da vida humana e dos outros animais; Respeito ao outro e exigência de respeito para si; Cobrança de comportamento adequado por parte do adulto no trânsito; Reconhecimento da necessidade do uso correto dos acessórios para a segurança no trânsito; Defesa de medidas de segurança pessoal e coletiva no trânsito; Apoio a política de preservação ambiental como promotora da qualidade de vida.

6 Inserindo o Tema Trânsito no Currículo Escolar Cada disciplina desenvolve sob sua ótica e especialidade o tema proposto. Português Pode-se trabalhar textos dos jornais sobre a legislação de trânsito e as regras de circulação, produzir e interpretar textos que satisfaçam necessidades pessoais e coletivas a respeito do trânsito de sua cidade. Solicitar uma pesquisa de campo, sobre atitudes corretas no trânsito (pedestre, motorista, ciclista, carroceiro, condutor do veículo de mão que coleta material reciclado ou é vendedor ambulante, motociclista, etc.), utilizando uma ficha de observação e posteriormente solicitar que façam um relatório que poderá ser analisado em diversas matérias, dependendo do conteúdo que se está estudando; Exibir filmes educativos ou notícias sobre trânsito e realizar debates; Imprimir mensagens sobre segurança no trânsito nas circulares endereçadas aos pais; Instituir concurso para alunos do ensino médio, solicitando a criação de projeto sobre educação para o trânsito que mude comportamentos inadequados dos jovens no trânsito. Este concurso pode extrapolar as salas do colégio e concorrer com os demais colégios; Pesquisar sobre os problemas de trânsito na cidade, com apresentação de soluções. Matemática Com a matemática, o professor estimula os alunos para que organizem estruturas do pensamento, que favoreçam o raciocínio lógico, realizem diferentes soluções de problemas da realidade, inclusive no trânsito. Apresenta-se então a inter-relação desta disciplina com velocidade, peso, limites, distância e quantidade. Confeccionar placas de sinalização para serem utilizadas dentro da escola e nos horários de entrada e saída dos alunos, utilizando formas geométricas e medidas; Criar situações problemas, utilizando os elementos do trânsito; Introduzir noção de distância, velocidade; Localizar no mapa rodoviário, através das estatísticas de trânsito, os pontos onde ocorrem o maior número de atropelamentos, analisando distância entre os pontos ou entre as cidades próximas;

7 Compor gráficos com os índices de acidentes nos últimos anos, com percentuais de crianças envolvidas em acidentes e horários de acontecimento dos acidentes, entre outros dados estatísticos. Ciências O professor deve pensar e agir de forma a transmitir aos seus alunos que o trânsito é parte integrante do meio ambiente, fazendo com que eles interajam de forma crítica com a realidade analisando o cotidiano, trocando ideias, buscando soluções. Analisar todos os elementos que compõem o trânsito incluindo os elementos da natureza, leis da física, atmosfera, fenômenos da natureza, solo, água, vegetais, animais, inclusive o ser humano e sua tecnologia; Comportamento seguro das crianças e idosos e a fragilidade do corpo humano frente à velocidade, força, peso, impacto, tamanho, distância; Analisar a importância do uso dos equipamentos de segurança e os efeitos dos impactos no corpo humano, incluindo órgãos; Problemas que as drogas causam no corpo humano e a interferência na condução de veículos; A visão - importância de ver e ser visto no trânsito para evitar acidentes, o que é e quais são os pontos cegos de visão, a poluição visual, reconhecer as cores dos sinais de trânsito e do semáforo; A audição estar atento aos vários sons, explorar e treinar a audição para os diferentes sons e o que significam. Ex. Buzinas, ambulância, apito, barulho do rodado, barulho do motor, barulho do escapamento, poluição sonora; O olfato fazer referência à emissão de gases tóxicos e demais poluentes lançados por veículos automotores e o prejuízo para a atmosfera, ao solo, as águas oceânicas e potáveis, discutindo a questão dos veículos em mau estado que estão rodando ou os retirados de circulação e descartados sem responsabilidade ambiental; Gincanas nas escolas que incluam a limpeza das ruas vizinhas, focando o problema que o lixo doméstico jogado nas vias traz para o trânsito; Tratar a interdependência entre os seres humanos e sua tecnologia, os animais, a vegetação, os recursos naturais, as leis da física, os fenômenos da natureza, as águas oceânicas, as águas potáveis, o solo; Confecção de maquetes do bairro onde se localiza a escola. História

8 Os alunos já trazem um saber decorrente de sua observação e vivência, e a escola pode fazer com que eles reflitam sobre o que já conhecem, para que não encarem a realidade como se fosse uma coisa pronta e imutável, mas sim, fruto das opções das pessoas. Análise das regras de circulação nas vias públicas, qual a sua importância e porque a sociedade as produziu; Estudar a evolução dos meios de transporte benefícios e prejuízos para a sociedade; Analisar o planejamento viário da cidade desde a sua criação; Meios de locomoção evolução dos meios de locomoção até os dias atuais. Geografia Estudar a configuração do espaço geográfico das vias públicas rurais e urbanas e o porquê serem prudente em andar a pé, conduzir veículos, inclusive os não automotores, e ser cavaleiro nos diferentes tipos de configuração geográfica. Estudo dos espaços: rural, urbano, o trajeto escola-casa, meios de locomoção; Planejar os espaços da cidade; Estudar os aspectos da vida cotidiana de cada região; Fazer pesquisa sobre a correta utilização da bicicleta, skate, patins, patinetes; Orientar o trânsito de pedestres na frente da escola. Estudos Sociais Auxiliar as crianças para que elas compreendam que o trânsito em si não é perigoso, somos nós que fazemos coisas erradas que podem resultar em acidentes. Analisar os fatores que prejudicam a segurança no trânsito: alta velocidade, pedestres imprudentes, desrespeito ao próximo e às leis de trânsito, etc.; Policiais de trânsito, quem são e a importância do trabalho deles; Analisar a importância das regras de circulação; Levantar as diversas profissões que são executadas no trânsito; Realizar atividades de expressão plástica e musical para desenvolvimento da criatividade, do senso crítico e exploração da vivência da criança no trânsito, por meio de desenhos, pinturas, recortes, colagens, modelagens, dobraduras, construção com sucatas, dramatização, mímica e fantoches; Dramatizar diferentes situações de acidentes no trânsito Outras Formas de Trabalhar

9 Ao oferecer subsídios para que os professores desenvolvam as atividades sobre trânsito, insistese na importância da observação e das experiências de vida dos alunos, acreditando que as suas produções, também na simulação do dia a dia do trânsito trabalhado por meio da arte, seja um dos recursos mais significativos nesta aprendizagem. Trabalhando trânsito por meio da arte: a) Teatro O teatro pode ser utilizado tanto como representação quanto como jogos teatrais, como por exemplo, os jogos de expressividade e concentração. Outra característica importante do teatro é que sozinho ele consegue reunir várias manifestações artísticas, o teatro, a própria música na sonoplastia, as artes plásticas nos cenários, figurinos e adereços, usa a literatura na criação de textos, ou seja, a criação de um espetáculo pode preencher um ou mais bimestres de trabalho conjunto de várias matérias do currículo escolar, tornando o ensino cada vez mais prazeroso, dinâmico e produtivo. Sugestão de Montagem de um espetáculo, passo a passo. 1. Roteiro do espetáculo Dividir a turma em dois grupos, em cada grupo estimule a conversa sobre o tema trânsito, para que os alunos contem situações vividas no trânsito, cenas certas e erradas que eles presenciaram ou fizeram. Em cada grupo, uma pessoa anota estas situações e juntos decidem sobre quais vão falar. Após selecionar as sugestões o professor vai ajudá-los a criar o roteiro do teatro; A definição do papel que cada um vai representar (diretor, ator, sonoplasta, cenógrafo, etc.) deve ser feita após o término do roteiro assim, todos já sabem o que vai acontecer e podem decidir de acordo com as suas afinidades; Com as ideias listadas, os alunos devem organizar as cenas uma a uma em formato de tópicos. (ex.: - cena 1: Marcelo entra em cena e conhece Mariana, eles sentam em um bar e tomam algumas cervejas, após beber Marcelo convida Mariana para dar uma volta no seu carro./ - cena 2: Eles entram no carro e são parados em uma blitze); Assim uma a uma as cenas vão desenhando uma peça de teatro; 5 a 7 cenas com 5 minutos cada, formam um espetáculo com um bom tempo de duração;

10 É importante lembrar que as cenas são independentes, mas não recortadas dentro de um contexto, a não ser que isso faça parte de uma proposta pré-concebida pelo grupo, caso contrário, deve-se pensar em uma forma de ligar as cenas; Um espetáculo é dividido em 4 momentos: introdução, desenvolvimento, clímax e desfecho; Definidos o roteiro e os papéis que cada um vai desempenhar é só ensaiar e colher os frutos; * Roteiro: Alguns entendem por roteiro toda a sequência de falas e cenas que acontecem no espetáculo teatral, o texto propriamente dito, e em outros casos o roteiro apenas pontua as cenas para que os atores saibam o que acontece em cada uma, nesta segunda opção a improvisação é estimulada, e é com ela que iremos trabalhar. A improvisação obriga o ator a tomar decisões rápidas por isso estimula a sua criatividade. Jogos Teatrais Os jogos teatrais são atividades feitas como preparação no teatro e servem para o aquecimento e para exercitar a concentração e a expressividade, fatores importantes durante a representação e no dia a dia. Por isso tão ou mais importante que o jogo é a avaliação da atividade, onde o professor vai estimular o aluno a verbalizar as sensações e conclusões obtidas durante o jogo. Jogo do Nó Dividir a turma em grupos de 5 (cinco) pessoas formando círculos; Solicitar que fechem os olhos e estiquem seus braços e procurem segurar nas mãos de outras pessoas que estejam no circulo; Após todos estarem segurando nas mãos de outras pessoas, pedir que abram os olhos. A intenção é que seja formado um grande nó; O objetivo do jogo é fazer com que o grupo desfaça o nó sem soltar as mãos. Avaliação: Esta atividade propicia o trabalho em equipe, o compartilhar, o respeito e o ouvir e ser ouvido. Jogo do Ovo Formar equipes de três ou quatro crianças; Dar para cada equipe dois balões, uma fita adesiva larga e um ovo cru; Orientar que as equipes protejam o ovo com o material recebido;

11 Dar um tempo para que cada equipe possa realizar a atividade; Pegar a solução dada por cada equipe, ou seja o ovo protegido pelos balões, e jogar no chão para ver se eles alcançaram o seu objetivo (é importante fazer atividade fora da sala de aula). Solução Encher com pouco ar os dois balões, colocar o ovo entre eles de modo que o ovo praticamente desapareça, e após isso envolver as bexigas com fita adesiva. Avaliação: Analisar com o grupo o que o ovo representa? (no caso do trânsito, é a vida). Foi feito o que era possível para proteger a vida (ovo)? E no trânsito o que podemos fazer para proteger a vida? Jogo dos olhos vendados Dividir os alunos da turma em duplas; Distribuir uma venda para cada dupla, uma das crianças fica vendada e a outra anda de mãos dadas com ela, levando-a para explorar a escola com as mãos; Depois de um período as crianças trocam, quem guiava é guiado e vice-versa. Avaliação: Procurar saber o que os alunos sentiram quando guiavam? E quando era guiado? Confiou? Passou confiança? (Estimula o cuidado com as outras pessoas principalmente as que tenham dificuldade, como por exemplo, as crianças menores, as pessoas com dificuldades especiais ou os idosos) Roda das atividades O objetivo do jogo é mostrar que fazer várias coisas ao mesmo tempo é prejudicial, pois tira a atenção, como por exemplo, o fato de dirigir e falar ao celular, ou andar de bicicletas com fones de ouvido. Colocar a turma em uma roda e pedir que cada um fale em voz alta, um número. O primeiro conta um, o segundo conta dois, o terceiro conta três, e assim sucessivamente até o final;

12 Sempre que a contagem chegar a um número múltiplo de cinco, todos devem bater uma palma, sem parar de contar. Quando alguém errar deve-se começar novamente; Para aumentar a dificuldade o professor pode inserir um objeto qualquer que deve ser simplesmente passado de mão em mão no sentido contrário ao da contagem. Avaliação: Analisar a dificuldade de concentração ao realizar as ações ao mesmo tempo; Questionar se é possível prestar atenção somente na sua contagem sem prestar atenção na atividade do outro? (Estimula a concentração, atenção, percepção, responsabilidade e compromisso com o grupo). Jogo das diferenças Formar duplas que ficarão frente à frente se observando por 30 segundos; Após este tempo os dois viram-se de costas e mudam algo visível na sua roupa; Retornando a posição inicial, um observa o outro sobre a mudança realizada (fazer isso pelo menos umas 5 vezes, até eles dizerem que não tem mais nada para mudar ou adivinhar). Avaliação: Analisar a necessidade de se observar as diferenças e respeitá-las questionando sobre a dificuldade de realizar mudanças de comportamento principalmente no trânsito? (Estimular a atenção e a percepção das diferenças.) b) Música (som) Educação Infantil e Ensino Fundamental. Ouvir músicas que falem sobre trânsito e analisar a sua letra, representando por meio de gestos e sons produzidos pelas crianças o seu conteúdo. (Ex. Iracema Adoniran Barbosa, Vou de Táxi Angélica, Rua Augusta Raul Seixas) Fundamental e Médio. Deitar os alunos em um espaço aberto com os olhos fechados e pedir para que elas ouçam todos os sons do ambiente, e aos poucos concentrem-se nos sons apenas relacionados ao trânsito. (obs: ótima atividade para trabalhar a concentração, atenção utilizando só o sentido da audição);

13 Fazer concurso de paródias de músicas famosas e apresentar para a turma e o colégio. c) Artes Educação infantil Desenhos, pinturas de cenas com comportamentos corretos no trânsito. Ensino Fundamental. Criação de histórias a partir de recortes, modelagens e dobraduras; Criação e confecção de jogos educativos. Ensino Fundamental.e Médio Criação de maquetes usando materiais reciclados d) Dança (expressão corporal Ed. Física) Criar coreografias a partir de situações no trânsito, ou sobre a própria música para a dança. 6. Resultados a alcançar: - Socializar os alunos; - Enriquecer o universo cultural dos alunos; - Desenvolver os aspectos cognitivos, físicos e sociais; - Estimular a criatividade e imaginação; - Resgatar valores; - Desenvolver expressão oral e artística; - Interação com as turmas da escola no momento da dramatização; 7. Sugestões de atividades das áreas de abrangência: (As sugestões de atividades aqui apresentadas são norteadores, não devendo o professor se limitar as mesmas): 1. MATERNAIS, INFANTIL I, II e 1º ano: -Dinâmicas de grupo; -Pesquisas;

14 -Leituras informativas; -Jogos diversos; -Quebra - cabeça; -Calendários; -Atividades matemáticas; -Sequência de figuras; -Desenhos dirigidos e espontâneos; -Recorte e colagem; -Observação e relatórios; -Cruzadinha; -Caça- palavras; -Produção de texto; -Dobraduras(origami); -Máscaras, fantoches e dedoches; -Móbiles; -Músicas; -Poesias; -Liga pontos; -Pinturas; -Listagens; -Dramatizações;

15 -Leituras diversas; -Passeios relacionados ao tema; -Escrita espontânea; -Mímicas; -Fábulas, contos, histórias; -Ditado diagnóstico; -Painéis, tabelas e gráficos; -Uso do tangran -Adivinhações. 8. Instrumentos de Avaliação: Os projetos transformam a avaliação em um processo contínuo à realidade cotidiana da sala de aula. Considera- se alguns instrumentos de avaliação: Observação do comportamento do educando: hábitos de trabalhos, relacionamento com os amigos e professores, cumprimento das tarefas escolares, atitudes positivas ou negativas com relação aos trabalhos escolares, capacidade de cooperação, aproveitamento de tempo; Trabalhos escritos ou de outra natureza qualquer produzidos espontaneamente; Produtos de estudo ou de tarefas com relação as diversas situações escolares; Dados registrados com referências diretas com o aluno ou em grupo. Observar e compreender o dinamismo presente no desenvolvimento infantil é fundamental para redimensionar o fazer pedagógico. Essa compreensão influenciará diretamente na qualidade da interação dos professores com a infância.

16 O conhecimento de uma criança é construído em movimento de idas e vindas, portanto, é fundamental que os professores assumam seu papel de mediadores na ação educativa. Mediadores que realizam intervenções pedagógicas no acompanhamento da ação e do pensamento individualizado infantil. Ainda hoje, na prática cotidiana, é comum, não só na Educação Infantil, como nos demais níveis de ensino, os avaliados serem só os alunos. É necessário que a clássica forma de avaliar, buscando erros e culpados", seja substituída por uma dinâmica capaz de trazer elementos de crítica e transformação para o trabalho. Nesse processo, todos professores/ recreadores, coordenação pedagógica, direção, equipe de apoio e administrativa, crianças e responsáveis devem sentir-se comprometidos com o ato avaliativo. Para focar o olhar em como se avalia, sugere-se atenção aos pontos abaixo, nos espaços de Educação Infantil: Análises e discussões periódicas sobre o trabalho pedagógico: Estas ações são realizadas nos encontros periódicos. Elas fornecem elementos importantes para a elaboração e reelaboração do planejamento. Igualmente importante é dar voz à criança. Nesse sentido, a prática de avaliar coletivamente o dia-a-dia escolar, segundo o olhar infantil, traz contribuições fundamentais e surpreendentes para o adulto educador, ao mesmo tempo que sedimenta a crença na concepção de criança cidadã. Registros: Devem ser registradas observações pertinentes ao desenvolvimento do aluno conforme os resultados esperados em cada projeto. Além disso deve-se observar e registrar (quando for o caso) os seguintes aspectos: Linguagem oral e escrita: Ampliação do vocabulário, reconto, narração e criação de novas histórias. Produção de textos coletivos. Reconhecimento e escrita do nome (próprio e dos colegas) e de palavras contextualizadas. Matemática: Aquisição de conceitos que se constituam em elementos fundamentais da matemática e aplicá-los sempre que necessário. Ler e escrever numerais, associando-os ás quantidades que representam. Explorar a contagem crescente e decrescente através de brincadeiras. Natureza e Sociedade: Desenvolvimento de sentimento de respeito e amor à família, escola, comunidade e pátria. Identificação de dia e da noite e das estações do ano. Observação de fenômenos da natureza. Reconhecimento das Partes do Corpo/Higiene e Saúde/Órgãos do sentido.

17 Movimento: Desenvolvimento motor (grosso e fino), lateral, equilíbrio, apoio estático e dinâmico, orientação espacial e temporal; Artes visuais: Evolução do traçado através da sanfona do grafismo, desenvolvimento da capacidade criativa. Musicalização: Desenvolvimento da sensibilidade criatividade, senso rítmico, memoria e concentração. Sugestões de sites com atividades com o tema abordado.

18 Ficha avaliativa do Projeto De acordo com as observações, análise e registros feitos ao longo da execução, avalie o(a) aluno(a) tendo como referência os resultados esperados para cada ação. Os Indicadores são apenas referências para mensurar o desenvolvimento das crianças, devendo assim ser registrado também observações pertinentes ao educando. PROJETO MEIOS DE TRANSPORTE TRÂNSITO Nome do(a) aluno(a): Turma: Turno: Indicadores de resultados Está Interagindo com o grupo? Desenvolveu o aspecto cultural? Desenvolveu os aspectos, físicos e sociais? Tem expressado a criatividade e imaginação? Metas ( ) ( ) Parcialmente ( ) ( )parcialmente ( ) ( )parcialmente ( ) ( )parcialmente Desenvolveu valores ( ) ( )parcialmente Desenvolveu a expressão, oral e artística? ( ) ( ) parcialmente ( ) não ( ) não ( ) não ( ) não ( ) não ( ) não Observação sobre o(a) aluno(a):

PROJETO ANIMAIS. 1. Tema: O mundo dos animais. Área de abrangência: 2. Duração: 01/06 a 30/06. 3. Apresentação do projeto:

PROJETO ANIMAIS. 1. Tema: O mundo dos animais. Área de abrangência: 2. Duração: 01/06 a 30/06. 3. Apresentação do projeto: PROJETO ANIMAIS 1. Tema: O mundo dos animais Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza e Sociedade (x) Matemática 2. Duração: 01/06

Leia mais

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03 PROJETO RECICLAGEM 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza

Leia mais

Educação para o trânsito

Educação para o trânsito Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino Fundamental Publicado em 2011 Projetos temáticos 5 o ANO Data: / / Nível: Escola: Nome: Educação para o trânsito JUSTIFICATIVA O estudo do tema: Educação

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Projetos 2013. Turmas: Maternal e Mini Maternal PROJETO AMIZADE. Justificativa

Projetos 2013. Turmas: Maternal e Mini Maternal PROJETO AMIZADE. Justificativa Projetos 2013 Turmas: Maternal e Mini Maternal Justificativa PROJETO AMIZADE Devido aos constantes conflitos e preconceitos que se encontram e que presencia-se no dia a dia das crianças no seu meio social,

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL II OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Projeto Educar para o trânsito. culo).

Projeto Educar para o trânsito. culo). Projeto Educar para o trânsito 2 s s e 3 s 3 s anos(currículo). culo). Dados Pessoais Sandra Almeida Soares Gouvea Professora de séries s iniciais. Escola Sylvio Torres Introdução O fluxo de veículos e

Leia mais

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades: OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL V - 2012 A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo Linguagem Letras do alfabeto Nome próprio, nome da escola, histórias Nome das profissões, histórias, músicas Histórias, nome das plantas Histórias em quadrinho, brincadeiras, nome dos brinquedos Nome dos

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Educação Infantil I Segmento I

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Educação Infantil I Segmento I Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2010 Educação Infantil I Segmento I Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA Ano: Infantil I Segmento: I COMPETÊNCIAS HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS - ALUNOS EIXOS TEMÁTICOS/CONTEÚDOS

Leia mais

PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL 1. Tema: Boa alimentação Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza e Sociedade (x) Matemática 2. Duração:

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

XIV PRÊMIO DENATRAN DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO PROJETO ESCOLAR AUTONOMIA NA MOBILIDADE URBANA

XIV PRÊMIO DENATRAN DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO PROJETO ESCOLAR AUTONOMIA NA MOBILIDADE URBANA XIV PRÊMIO DENATRAN DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO PROJETO ESCOLAR AUTONOMIA NA MOBILIDADE URBANA CATEGORIA EDUCADOR (1º, 2º, 3º, 4º e 5º anos) 1. APRESENTAÇÃO A inclusão do tema transversal de Educação para

Leia mais

Área de Formação Pessoal e Social

Área de Formação Pessoal e Social Área de Formação Pessoal e Social Identidade/ Auto-estima Independência/ Autonomia Convivência democrática/ Cidadania Brincar com o outro (s); Ouvir os outros; Saber identificar-se a si e o outro; Esperar

Leia mais

EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO

EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO SECRETARIA MUNICIPAL DA DEFESA SOCIAL E DA CIDADANIA EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO EducAção Cidadania em Ação RESUMO DIA ANTERIOR 1 Função do Agente de Trânsito Orientar e prestar informações a qualquer cidadão

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO

INFORMATIVO 2015 GRUPO INFORMATIVO 2015 GRUPO 5 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLÉGIO CENECISTA PADRE MANOEL GOMEZ GONZALEZ Rua Oliveira Lima, 462 - Nonoai-RS Fone: (0xx54) 3362-1300

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLÉGIO CENECISTA PADRE MANOEL GOMEZ GONZALEZ Rua Oliveira Lima, 462 - Nonoai-RS Fone: (0xx54) 3362-1300 CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLÉGIO CENECISTA PADRE MANOEL GOMEZ GONZALEZ Rua Oliveira Lima, 462 - Nonoai-RS Fone: (0xx54) 3362-1300 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO. 1. Dados de identificação PLANO

Leia mais

A Arte e as Crianças

A Arte e as Crianças A Arte e as Crianças A criança pequena consegue exteriorizar espontaneamente a sua personalidade e as suas experiências inter-individuais, graças aos diversos meios de expressão que estão à sua disposição.

Leia mais

MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA

MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA ESCOLA ESTADUAL ALMIRANTE TOYODA-2014 PROJETO IDENTIDADE MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA TURMA: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL (AZALÉIA E ACÁCIA) PROFESSORAS: GENISMEYRE E LUCILEILA Projeto Identidade Público

Leia mais

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE 1. JUSTIFICATIVA A região do Baixo Tocantins apresenta-se na área cultural e artística, é um grande celeiro de talentos, que vem enraizado culturalmente em nosso povo,

Leia mais

PROJETO AVÓS. 1. Tema: AVÓS RECORDANDO E NETOS APRENDENDO. Área de abrangência: 2. Duração: 01/07/2013 até 31/07/2013. 3.

PROJETO AVÓS. 1. Tema: AVÓS RECORDANDO E NETOS APRENDENDO. Área de abrangência: 2. Duração: 01/07/2013 até 31/07/2013. 3. PROJETO AVÓS 1. Tema: AVÓS RECORDANDO E NETOS APRENDENDO. Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza e Sociedade (x) Matemática 2.

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

MANUAL DOS PAIS UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

MANUAL DOS PAIS UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL É hora de promover a segurança e a harmonia no trânsito. E os pais podem dar o exemplo. No Brasil, o índice

Leia mais

PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE

PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE DISCIPLINA CONTEÚDO HABILIDADES/COMPETÊNCIAS PORTUGUÊS - Construção da identidade social e do grupo; Linguagem oral Linguagem oral Desenvolver a coordenação visomotora, a criatividade

Leia mais

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil NOSSA MISSÃO: Por meio da educação formar cidadãos felizes, independentes, éticos e solidários VALORES: Respeito, honestidade, boa moral

Leia mais

PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS

PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS SÉRIE: Berçário A Berçário

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL EVELISE RAQUEL DE PONTES (UNESP). Resumo O ato de contar histórias para crianças da educação infantil é a possibilidade de sorrir, criar, é se envolver com

Leia mais

O mundo da gente. Educação Infantil 3 (5 ou 6 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares

O mundo da gente. Educação Infantil 3 (5 ou 6 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares O mundo da gente Educação Infantil 3 (5 ou 6 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares Célia Cúnico Beatriz Müller Maria do Rocio Torres Sônia Marangon Veima Vecchiatto

Leia mais

ENTRADA E SAÍDA DAS CRIANÇAS NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL INTERAGIR

ENTRADA E SAÍDA DAS CRIANÇAS NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL INTERAGIR ESCOLA INTERAGIR ENTRADA E SAÍDA DAS CRIANÇAS NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL INTERAGIR ANDREA CRISTIANE MARASCHIN BRUSCATO PORTO ALEGRE, 2011 A criatividade de uma nação está ligada à capacidade de pensar,

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PROJETO PSICOMOTRICIDADE Educar é Brincar SÉRIE: Contraturno

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I SÉRIE: EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL

Leia mais

Proposta Pedagógica. Buscando atender às necessidades da comunidade local, o Colégio La Salle Brasília oferece educação infantil, fundamental e médio.

Proposta Pedagógica. Buscando atender às necessidades da comunidade local, o Colégio La Salle Brasília oferece educação infantil, fundamental e médio. Proposta Pedagógica Visão: Ser um centro de excelência em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio que busca alcançar a utopia que tem de pessoa e sociedade, segundo os critérios do evangelho, vivenciando

Leia mais

Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S. Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 2 EDUCAÇÃO INFANTIL

Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S. Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 2 EDUCAÇÃO INFANTIL Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 2 EDUCAÇÃO INFANTIL Prezado(a) aluno(a): Novo ano, novas expectativas, novos desejos, novos anseios e um novo caminho

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 4

INFORMATIVO 2015 GRUPO 4 INFORMATIVO 2015 GRUPO 4 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014 C O L É G I O L A S A L L E Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Guarani, 2000 - Fone (045) 3252-1336 - Fax (045) 3379-5822 http://www.lasalle.edu.br/toledo/ PROGRAMA DE 2014 DISCIPLINA: LINGUAGEM

Leia mais

Projeto: Teatro Infantil

Projeto: Teatro Infantil Cooperativa de Ensino e Cultura de Santa Rita Projeto: Teatro Infantil O teatro é a poesia que sai do livro e se faz humana. (Frederico Garcia Lorca) 1 Unidade Executora: Coordenação Pedagógica, Grupo

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PROJETO MUNDO ENCANTADO DOS NÚMEROS SÉRIE: PRÉ I PROFESSORAS:

Leia mais

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES 1 FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES Londrina (PR) 2009 Caro cidadão londrinense: 2 Londrina quer um trânsito mais seguro. E convida você para entrar nesta campanha. Esta cartilha traz informações sobre como

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO

Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Subsídios para implementação do Plano de Curso de Educação Artística Ensino Fundamental Educação de Jovens

Leia mais

O mundo da gente. Educação Infantil 1 (3 ou 4 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares

O mundo da gente. Educação Infantil 1 (3 ou 4 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares O mundo da gente Educação Infantil 1 (3 ou 4 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares Célia Cúnico Sandra Korso Kutzke 1 SUMÁRIO 1. Organização da coleção... 3 2.

Leia mais

Planejamento. Educação infantil Ciranda Nível 3. Unidade 1: Cirandando

Planejamento. Educação infantil Ciranda Nível 3. Unidade 1: Cirandando Linguagem oral e escrita Planejamento Educação infantil Ciranda Nível 3 Unidade 1: Cirandando Formas textuais Conhecer diferentes tipos de textos. Conhecer um texto instrucional e sua função social. Priorizar

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2010 Infantil II Segmento I PLANO DE CURSO 2009 INFANTIL II Disciplina: ARTES Série: INFANTIL II Segmento: I COMPETÊNCIAS HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS -

Leia mais

Projeto: Educando para o Trânsito

Projeto: Educando para o Trânsito Projeto: Educando para o Trânsito Professora: Priscila Almeida Miorim Padilha da Silva e Marcelo de Oliveira Gomes Escola de Ensino Fundamental Crescer INTRODUÇÃO O momento em que vivemos retrata em todos

Leia mais

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Marília Darc Cardoso Cabral e Silva 1 Tatiane Pereira da Silva 2 RESUMO Sendo a arte uma forma do ser humano expressar seus sentimentos,

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2011. Educação Infantil III

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2011. Educação Infantil III Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2011 Educação Infantil III Área de conhecimento: Linguagem Série: Infantil III Educação Infantil Competências Habilidades a serem desenvolvidas Eixo/Conteúdos

Leia mais

Conhecendo o Aluno Surdo e Surdocego

Conhecendo o Aluno Surdo e Surdocego I - [FICHA DE AVALIAÇÃO SOBRE O ALUNO SURDO E/OU COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA] Usar letra de forma É importante considerarmos que o aluno surdo da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro possui características

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Expressar curiosidade e desejo de saber; Reconhecer aspetos do mundo exterior mais próximo; Perceber a utilidade de usar os materiais do seu quotidiano;

Leia mais

Centro Educacional Linus Pauling

Centro Educacional Linus Pauling Centro Educacional Linus Pauling Projeto 2º SEmestre 2012 APRESENTAÇÃO Faz-se necessário entender que o equilíbrio da natureza é essencial para a vida na terra, e que atualmente a preocupação com a degradação

Leia mais

1 o Período Educação Infantil

1 o Período Educação Infantil 1 o Período Educação Infantil Eixo temático: O tema Imaginação visa a estimular as distintas áreas de desenvolvimento integral das crianças, bem como favorecer o crescimento de suas habilidades e competências.

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 Assunto de gente grande para gente pequena. No mês de outubro os brasileiros foram às urnas para eleger prefeitos e vereadores e a Turma da Lagoa não poderia ficar fora deste grande

Leia mais

SÍNTESE DOS PROJETOS DESENVOLVIDOS NA ESCOLA.

SÍNTESE DOS PROJETOS DESENVOLVIDOS NA ESCOLA. SÍNTESE DOS PROJETOS DESENVOLVIDOS NA ESCOLA. Caracterização da Escola. A escola define se como fonte de cultura e vida, subsidiando o indivíduo para exercer o papel participativo, consciente e crítico,

Leia mais

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 1 INDICE: METODOLOGIA:... 3 PERFIL DOS RESPONDENTES:... 4 CIDADANIA EM TRÂNSITO... 5 A Gidion é uma empresa que:...5 Você sabe se tem

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUÍS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA- MS. Projeto. Trânsito Atenção Pela Vida

ESCOLA ESTADUAL LUÍS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA- MS. Projeto. Trânsito Atenção Pela Vida ESCOLA ESTADUAL LUÍS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA- MS Projeto Trânsito Atenção Pela Vida Ipezal/Angélica MS Maio 2015 ESCOLA ESTADUAL LUÍS VAZ DE CAMÕES. IPEZAL/ANGÉLICA-MS. PROFESSORES RESPONSÁVEIS Clarindo

Leia mais

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Resumo Este projeto propõe a discussão da Década de Ações para a Segurança no Trânsito e a relação dessa com o cotidiano dos alunos, considerando como a prática

Leia mais

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem.

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem. Brasília, 24 de fevereiro de 2014. Senhores Pais e/ou Responsáveis, Neste documento, listamos os conteúdos e objetivos referentes às aprendizagens pretendidas para os alunos do Maternal II, durante o 1º

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Conceição, o estudante aprende e desenvolve habilidades dentro e fora da sala de aula, por meio de atividades esportivas, artísticas, culturais, científicas e de solidariedade.

Leia mais

O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Simone Helen Drumond Ischkanian

O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Simone Helen Drumond Ischkanian O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. O projeto - o lúdico: jogos, brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprendizagem

Leia mais

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2014 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Componente Curricular: Artes Série:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGISTO DE OBSERVAÇÃO / AVALIAÇÃO Nome Data de Nascimento / / Jardim de Infância de Educadora de Infância AVALIAÇÃO

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego?

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego? Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br Eu me remexo muito. E onde eu chego? Turma: Maternal II A Professora

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL IV - 2012 OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL IV - 2012 OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL IV - 2012 OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Os PCNs indicam como objetivos da Educação Infantil que os alunos sejam capazes de: Expressar, manifestar

Leia mais

Projeto Biodiversidade Bio=vida Diversidade=variedade Biodiversidade=variedade de vida no planeta FEIRA CULTURAL

Projeto Biodiversidade Bio=vida Diversidade=variedade Biodiversidade=variedade de vida no planeta FEIRA CULTURAL Projeto Biodiversidade Bio=vida Diversidade=variedade Biodiversidade=variedade de vida no planeta FEIRA CULTURAL Justificativa Em janeiro deste ano, a UNESCO (Organização das Nações Unidas, para a Educação,

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 3 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

Reflexões sobre a percepção sonora no processo de musicalização infantil na Escola de Música Maestro Moisés Araújo em Marabá/PA

Reflexões sobre a percepção sonora no processo de musicalização infantil na Escola de Música Maestro Moisés Araújo em Marabá/PA Reflexões sobre a percepção sonora no processo de musicalização infantil na Escola de Música Maestro Moisés Araújo em Marabá/PA Jane Lino Barbosa de Sousa janeufpa@hotmail.com Resumo: O presente trabalho

Leia mais

A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo

A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL Maria Elany Nogueira da Silva Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo Este presente artigo pretende refletir idéias sobre o brincar na Educação Infantil,

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez.

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. PROJETO DE LEITURA E ESCRITA Era uma vez... E conte outra vez. CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO TEMA; PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. INSTITUIÇÃO Escola Estadual Lino Villachá

Leia mais

3 a 5. 6 a 10. 11 a 14. Faixa Etária Prevista. Etapa de Ensino. Duração. Educação Infantil. anos. Ensino Fundamental: Anos Iniciais. 5 anos.

3 a 5. 6 a 10. 11 a 14. Faixa Etária Prevista. Etapa de Ensino. Duração. Educação Infantil. anos. Ensino Fundamental: Anos Iniciais. 5 anos. Etapa de Ensino Faixa Etária Prevista Duração Educação Infantil 3 a 5 anos Ensino Fundamental: Anos Iniciais 6 a 10 anos 5 anos Ensino Fundamental: Anos Finais 11 a 14 anos 4 anos EDUCAÇÃO INFANTIL EDUCAÇÃO

Leia mais

TRANSPARÊNCIA INSTITUCIONAL PROJETO BOA SEMENTE OFICINA SEMEANDO MOVIMENTO

TRANSPARÊNCIA INSTITUCIONAL PROJETO BOA SEMENTE OFICINA SEMEANDO MOVIMENTO TRANSPARÊNCIA INSTITUCIONAL PROJETO BOA SEMENTE OFICINA SEMEANDO MOVIMENTO O Orfanato Evangélico, através do Projeto Boa Semente, desenvolveu atividades direcionadas as crianças de 1 mês a 1 ano de idade,

Leia mais

2. APRESENTAÇÃO. Mas, tem um detalhe muito importante: O Zé só dorme se escutar uma história. Alguém deverá contar ou ler uma história para ele.

2. APRESENTAÇÃO. Mas, tem um detalhe muito importante: O Zé só dorme se escutar uma história. Alguém deverá contar ou ler uma história para ele. 1.INTRODUÇÃO A leitura consiste em uma atividade social de construção e atribuição de sentidos. Assim definida, as propostas de leitura devem priorizar a busca por modos significativos de o aluno relacionar-se

Leia mais

ROTEIRO PARA OFICINA DE ANALISE DO DESEMPENHO ESCOLAR E ELABORAÇÃO DO PLANO DE ENSINO

ROTEIRO PARA OFICINA DE ANALISE DO DESEMPENHO ESCOLAR E ELABORAÇÃO DO PLANO DE ENSINO ROTEIRO PARA OFICINA DE ANALISE DO DESEMPENHO ESCOLAR E ELABORAÇÃO DO PLANO DE ENSINO DOCUMENTOS BÁSICOS: - Cadernos Paebes; - Ata de resultados finais da Escola em 2010; - Guia de Intervenção Pedagógica;

Leia mais

Quatro coordenadas para o andamento da educação musical

Quatro coordenadas para o andamento da educação musical Quatro coordenadas para o andamento da educação musical Léa Pintor Martins de Arruda Maria Angela de Souza Lima Rizzi O trabalho realizado com os educadores, pela equipe da Associação Arte Despertar no

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL 1988 CONSTITUIÇÃO FEDERAL ANTECEDENTES Art. 210. Serão fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 12 de março de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I Senhores pais ou responsáveis Iniciamos esta semana os projetos pedagógicos do 1 Trimestre letivo. As turmas de Jardim

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC PROFª NAIR LUCCAS RIBEIRO Código: 156 Município: TEODORO SAMPAIO Área de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Componente

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. www.dombosco.sebsa.com.br/colegio

ENSINO FUNDAMENTAL. www.dombosco.sebsa.com.br/colegio ENSINO FUNDAMENTAL www.dombosco.sebsa.com.br/colegio Sala de aula 1º ao 5ª ano Os alunos do Colégio Dom Bosco desfrutam de uma ampla estrutura física, totalmente projetada para atender todas as necessidades

Leia mais

Tipo de atividade: Passeio/visita e redação. Objetivo: Conhecer alguns centros e templos religiosos existentes no bairro/cidade e desenvolver

Tipo de atividade: Passeio/visita e redação. Objetivo: Conhecer alguns centros e templos religiosos existentes no bairro/cidade e desenvolver A série Sagrado é composta por programas que, através de um recorte históricocultural, destacam diferentes pontos de vista das tradições religiosas. Dez representantes religiosos respondem aos questionamentos

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL. www.dombosco.sebsa.com.br/colegio

EDUCAÇÃO INFANTIL. www.dombosco.sebsa.com.br/colegio EDUCAÇÃO INFANTIL www.dombosco.sebsa.com.br/colegio ESTRUTURA Cantina As crianças da Educação Infantil ainda não lidam com dinheiro. Quando optam pelo lanche da cantina (exceto para o Centro de Educação

Leia mais

Propiciar a socialização da criança através da participação numa comunidade mais ampla, onde descubra e domine regras próprias do convívio social.

Propiciar a socialização da criança através da participação numa comunidade mais ampla, onde descubra e domine regras próprias do convívio social. EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O E. M. E. F. P R O F ª. D I R C E B O E M E R G U E D E S D E A Z E V E D O P

Leia mais

DESENVOLVIMENTO COGNITIVO MUSICAL ATRAVÉS DE JOGOS E BRINCADEIRAS

DESENVOLVIMENTO COGNITIVO MUSICAL ATRAVÉS DE JOGOS E BRINCADEIRAS 175 ANAIS III FÓRUM DE PESQUISA CIENTÍFICA EM ARTE Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Curitiba, 2005 DESENVOLVIMENTO COGNITIVO MUSICAL ATRAVÉS DE JOGOS E BRINCADEIRAS Marta Deckert * RESUMO: Como

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1 EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1 Autora: Maria Thaís de Oliveira Batista Graduanda do Curso de Pedagogia Unidade Acadêmica de Educação/CFP/UFCG Email: taholiveira.thais@gmail.com

Leia mais

Escola Bem-Me-Quer - Educação Infantil e Ensino Fundamental, na Modalidade Educação Especial Rua Bonfim, 1621 - CEP 85.901-150 Toledo - Paraná

Escola Bem-Me-Quer - Educação Infantil e Ensino Fundamental, na Modalidade Educação Especial Rua Bonfim, 1621 - CEP 85.901-150 Toledo - Paraná Escola Bem-Me-Quer - Educação Infantil e Ensino Fundamental, na Modalidade Educação Especial Rua Bonfim, 1621 - CEP 85.901-150 Toledo - Paraná Plano de Trabalho Docente 2014 Educação Infantil Estimulação

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA Balinha e Dentinho 2. EPISÓDIO TRABALHADO Situação delicada 3. SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO O episódio Situação delicada faz parte da série Balinha

Leia mais

Regras de Trânsito do Japão

Regras de Trânsito do Japão Regras de Trânsito do Japão (Versão para pedestres e bicicletas) ~ Para não sofrer acidentes de trânsito ~ Supervisão: Polícia da Província de Gifu Edição / Publicação: Província de Gifu Regras básicas

Leia mais

MOVIMENTO E CORPOREIDADE MATERNAL II

MOVIMENTO E CORPOREIDADE MATERNAL II MOVIMENTO E CORPOREIDADE MATERNAL II Desenvolver reações físicas - rítmicas à música (palmas, marchas, etc); Representar, com movimentos corporais elementos e objetos do meio circundante; Deslocar com

Leia mais

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE Unidade II ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Profa. Ana Lucia M. Gasbarro A formação pessoal e social da criança, áreas de conhecimento e desenvolvimento da criança Introdução A importância

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Histórias do Senhor Urso. 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S) O Desfile a fantasia. 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio O desfile a

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSÃO EDUCACIONAL

ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSÃO EDUCACIONAL ORIENTAÇÃO PARA A ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO QUALITATIVA DA APRENDIZAGEM SEMESTRAL Educação Infantil Estimulação Essencial e Pré-Escolar O relatório da Educação Infantil - Estimulação Essencial

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 324, Toledo PR Fone: 3277-850 PLANEJAMENTO ANUAL NATUREZA E SOCIEDADE SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR:

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal

PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal Ano de escolaridade: 1.º e 2.º Ano Ano lectivo: 2011/2012 Professor/a da Disciplina:... Agrupamento/Escola:.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES SUBSTITUTOS EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES SUBSTITUTOS EDITAL EDUCAÇÃO INFANTIL 01) Tomando como base a bibliografia atual da área, assinale a alternativa que destaca CORRE- TAMENTE os principais eixos de trabalho articuladores do cotidiano pedagógico nas Instituições

Leia mais

Projeto: Música na Escola. O amor é a melhor música na partitura da vida e sem ele, você é um eterno desafinado.

Projeto: Música na Escola. O amor é a melhor música na partitura da vida e sem ele, você é um eterno desafinado. Projeto: Música na Escola O amor é a melhor música na partitura da vida e sem ele, você é um eterno desafinado. Justificativa De acordo com as diretrizes curriculares, o som é a matériaprima da música;

Leia mais

O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Josiane Lima Zanata (Seduc) josianezanata@hotmail.com Ivani Souza Mello (UFMT) ivanimello1@hotmail.com

Leia mais

A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II

A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II 1 A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II Donizeth Henrique Aleluia Vieira 1 Paula Rodrigues de Souza 2 Suely Miranda Cavalcante Bastos 3 Resumo: Juntamente com o campo dos Números

Leia mais

Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé

Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé Introdução A proposta de Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes

Leia mais

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos Prefeitura Municipal do Salvador Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos COMPETÊNCIA CONTEÚDO

Leia mais

A EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO: VIVENDO E APRENDENDO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

A EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO: VIVENDO E APRENDENDO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL P á g i n a 123 A EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO: VIVENDO E APRENDENDO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Fábio de Melo BANDEIRA (Esp./UEG) (fabiobandeira@ueg.br) Ludimilla Ribeiro de ALMEIDA (UEG/G) (lu_dimilla22@hotmail.com)

Leia mais

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA Gabriela Arcas de Oliveira¹; Joice Gomes de Souza²; Giana Amaral Yamin³. UEMS- CEP, 79804970- Dourados-MS, ¹Bolsista

Leia mais

Histórias em Sequência

Histórias em Sequência Histórias em Sequência Objetivo Geral Através das histórias em sequência fazer com que os alunos trabalhem com a oralidade, escrita, causalidade e vivências pessoais. Objetivos Específicos Trabalho envolvendo

Leia mais

O mundo da gente. Educação Infantil 2 (4 ou 5 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares

O mundo da gente. Educação Infantil 2 (4 ou 5 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares O mundo da gente Educação Infantil 2 (4 ou 5 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares Célia Cúnico Beatriz Müller Maria do Rocio Torres Sônia Marangon Veima Vecchiatto

Leia mais