JURO SIMPLES. Exercícios de Aplicação. Tarefa I

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JURO SIMPLES. Exercícios de Aplicação. Tarefa I"

Transcrição

1 I JURO SIMPLES Exercícios de Aplicação 01. O juro simples da aplicação de $ 1.200,00, durante 5 meses à taxa de 4% ao mês vale: a) $ 300,00. b) $ 240,00. d) $ 220,00. c) $ 280,00. e) $ 320, O juro simples da aplicação de $ 1.500,00, à taxa de 6% ao mês foi $ 540,00. O prazo da aplicação foi: a) quatro bimestres. b) três trimestres. d) um semestre. c) um ano. e) um quadrimestre. 03. O montante da aplicação de $ 1.400,00, durante 150 dias resultou $ 1.750,00. A taxa bimestral de juro sim ples da aplicação foi: a) 5%. b) 8%. d) 4%. c) 10%. e) 12%. 04. O montante da aplicação de um capital, durante 240 dias resultou $ 2.448,00, à taxa de j. s. de 4,5% a.m. O capital aplicado foi: a) $ 1.800,00. b) $ 1.500,00. d) $ 1.900,00. c) $ 1.600,00. e) $ 2.000, O valor atual, 60 dias antes do vencimento, de uma aplicação de valor nominal $ 999,00, à taxa de j.s. de 5,5% a.m. é: a) $ 800,00. b) $ 850,00. d) $ 790,00. c) $ 950,00. e) $ 900, A taxa de juros simples de 72% ao ano é equivalente simples (proporcional) a: a) 6% ao bimestre. b) 18% ao semestre. d) 16% ao trimestre. c) 24% ao quadrim. e) 7,2% ao mês. 07. O montante da aplicação de $ 1.500,00, durante 230 dias à taxa de juro simples de 48% ao ano vale: a) $ 1.960,00. b) $ 2.140,00. d) $ 1.720,00. c) $ 2.280,00. e) $ 2.120, O juro simples da aplicação de $ 3.000,00, à taxa de 4% ao mês, no prazo de 15 de março a 8 de agosto do mesmo ano é: a) $ 584,00. b) $ 548,00. d) $ 572,00. c) $ 596,00. e) $ 576, O juro simples ordinário da aplicação de $ 3.000,00, à taxa de 4% ao mês, no prazo de 15 de março a 8 de agosto do mesmo ano é: a) $ 584,00. b) $ 548,00. d) $ 320,00. c) $ 572,00. e) $ 576, O juro simples exato da aplicação de $ 3.000,00, à taxa de 4% ao mês, no prazo de 15 de março a 8 de agosto do mesmo ano é: a) $ 548,00. b) $ 584,00. d) $ 320,00. c) $ 572,00. e) $ 576, Aplicam-se os capitais $ 400,00, $ 500,00 e $ 800,00 pelo mesmo prazo, às taxas de juro simples respec-tivas de 5% a.m., 4% a.m. e 3,5% a.m. A taxa média mensal dessas aplicações vale: a) 4,1667%. b) 4,1811%. d) 4,0000%. c) 5,0000%. e) 6,0000%. 12. Os capitais $ 600,00, $ 800,00 e $ 1.000,00, foram aplicados às taxas respectivas de j.s. mensais de 3%, 4% e 5%, durante 6, 5 e 4 meses, respectivamente. O prazo médio para essa aplicação é de: a) 4 meses e 20 dias. b) 4 meses e 15 dias. d) 4 meses e 18 dias. c) 4 meses e 25 dias. e) 4 meses e 10 dias. 13. Um equipamento é vendido à vista por $ 1.456,00 ou em duas parcelas iguais, ato e 30 dias. Sendo a taxa de juro cobrada pela loja de 8% ao mês, o valor de cada parcela é: a) $ 786,24. b) $ 757,12. d) $ 744,00. c) $ 780,00. e) $ 756, Uma pessoa deve pagar dez parcelas no valor de $ 500,00 cada uma, que vencem todo dia 01 dos próxi-mos dez meses. Todavia ela combina com o credor um pagamento único equivalente no dia 01 do déci-mo mês para quitar a dívida. Calcule este pagamen-to considerando j.s. de 5% a.m. e data focal 10. a) $ 7.800,00. b) $ 5.006,00. d) $ 6.800,00. c) $ 6.125,00. e) $ 7.486, Uma pessoa deve pagar dez parcelas iguais que ven cem todo dia 01 dos próximos dez meses. Todavia ela combina com o credor um pagamento único de $ 5.900,00 no dia 01 do décimo mês para quitar a dívi-da. Calcule o valor de cada parcela mensal, conside-rando j.s. de 4% a.m. e data focal 10. a) $ 780,00. b) $ 500,00. d) $ 680,00. c) $ 615,00. e) $ 748,00. Tarefa I 01. (AFTN-91) Um capital no valor de 50, aplicado a juros simples a uma taxa de 3,6% ao mês, atinge, em 20 dias, um montante de: a) 51. b) 51,2. d) 53,6. c) 52. e) 68. MATEMÁTICA FINANCEIRA 1

2 02. (TTN-92) Um capital de $ ,00 aplicado a 22% a.a., rendeu $ 880,00 de j.s. Durante quanto tempo esteve empregado? a) 3 meses e 3 dias. b) 3 meses e 8 dias. d) 2 meses e 23 dias. c) 3 meses e 10 dias. e) 27 dias. 03. (TTN-92) Se 6/8 de uma quantia produzem juros sim-ples de 3/8 dessa mesma quantia em quatro anos, qual é a taxa anual aplicada? a) 20%. b) 10%. d) 200%. c) 125%. e) 12,5%. 04. (TTN-92) Calcular a taxa anual de juro simples que foi aplicada a um capital de $ 4.000,00 durante três anos sabendo-se que, se um capital de $ ,00 fosse aplicado durante o mesmo tempo, a juros simples de 5% a.a., renderia mais $ 600,00 que o primeiro. a) 7,5%. b) 8,0%. d) 6,9%. c) 7,1%. e) 6,2%. 05. (TTN-92) Dois capitais estão entre si como 2 : 3. Para que, em períodos de tempo iguais, seja obtido o mesmo rendimento, a taxa de j.s. de aplicação do menor capital deve superar a do maior em: a) 20%. b) 60%. d) 50%. c) 40%. e) 70%. 06. (TTN-92) Calcular os juros simples que um capital de $ ,00 rende em um ano e meio aplicado à taxa de 6% a.a. a) $ 900,00. b) $ 1.000,00. d) $ 1.200,00. c) $ 1.600,00. e) $ 700, (AFTN-98) Os capitais de $ ,00, $ ,00 e $ ,00, foram aplicados à mesma taxa de juros simples mensal, durante 4, 3 e 2 meses, respectiva-mente. O prazo médio dessa aplicação foi: a) 2 meses e 7 dias. b) 3 meses e 14 dias. d) 3 meses e 18 dias. c) 2 meses e 15 dias. e) 2 meses e 21 dias. 08. (AFRF-00) Os capitais de $ 3.000,00, $ 5.000,00 e $ 8.000,00 foram aplicados todos no mesmo prazo, a taxas de juros simples de 6% ao mês, 4% ao mês e 3,25% ao mês, respectivamente. Calcule a taxa média de aplicação desses capitais. a) 4,83% ao mês. b) 3,206% ao mês. d) 4% ao mês. c) 4,4167% ao mês. e) 4,859% ao mês. 09. (AFRF-02/1) Os capitais de $ 2.000,00, $ 3.000,00, $ 1.500,00 e $ 3.500,00 são aplicados à taxa de 4% ao mês, juros simples, durante dois, três, quatro e seis meses respectivamente. Obtenha o prazo médio da aplicação desses capitais a) 4 meses e 5 dias. b) 4 meses. d) 2 meses e 20 dias. c) 3 meses e 20 dias. e) 8 meses. 2 MATEMÁTICA FINANCEIRA 10. (AFRF-02/1) Indique qual o capital hoje, equivalente ao capital de $ 4.620,00 que vence em 50 dias, mais o capital de $ 3.960,00 que vence em 100 dias e mais o capital de $ 4.000,00 que venceu há 20 dias, à taxa de juros simples de 0,1% ao dia. a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , (AFRF-02/2) Uma conta no valor de R$ 2.000,00 deve ser paga em um banco na segunda-feira, dia 8. O não pagamento no dia do vencimento implica multa fixa de 2% sobre o valor da conta mais o pagamento de uma taxa de permanência de 0,2% por dia útil de atraso, calculada como juros simples, sobre o valor da conta. Calcule o valor do pagamento devido no dia 22 do mesmo mês, considerando que não há nenhum feriado bancário no período. a) R$ 2.080,00. b) R$ 2.084,00. d) R$ 2.096,00. c) R$ 2.088,00. e) R$ 2.100, (AFRF-02/2) Os capitais R$ 7.000,00, R$ 6.000,00, R$ 3.000,00 e R$ 4.000,00 são aplicados, respectiva mente, às taxas de 6%, 3%, 4% e 2% ao mês, no re-gime de juros simples durante o mesmo prazo. Cal-cule a taxa média proporcional anual de aplicação desses capitais. a) 4%. b) 5%. d) 24%. c) 12%. e) 48%. 13. (AFRF-03) Os capitais de $ 2.500,00, $ 3.500,00, $ 4.000,00 e $ 3.000,00 são aplicados a j.s. durante o mesmo prazo às taxas mensais de 6%, 4%, 3% e 1,5%, respectivamente. Obtenha a taxa média mensal de aplicação destes capitais. a) 2,9%. b) 3%. d) 3,25%. c) 3,5%. e) 3,138%. 14. (AFRF-03) Uma pessoa tem de pagar dez parcelas no valor de $ 1.000,00 cada uma, que vencem todo dia 05 dos próximos dez meses. Todavia ela combina com o credor um pagamento único equivalente no dia 05 do décimo mês para quitar a dívida. Calcu-le este pagamento considerando j.s. de 4% a.m. a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , Uma pessoa deve pagar dez parcelas iguais que ven cem todo dia 01 dos próximos dez meses. Todavia ela combina com o credor um pagamento único de $ 9.800,00 no dia 01 do décimo mês para quitar a dívi-da. Calcule o valor de cada parcela mensal, conside-rando j.s. de 5% a.m. e data focal 10. a) $ 780,00. b) $ 800,00. d) $ 680,00. c) $ 615,00. e) $ 748,00.

3 RESPOSTAS TAREFA I B C E A D A E D B 1 C A E C D B Um Complemento Interessante Considere a seqüência numérica 2, 5, 8, 11, 14, 17, 20, 23, 26, 29. Podemos notar que, a partir do 2º valor, cada valor é o anterior acrescido de 3. Esse tipo de seqüência recebe a denominação de Progressão Aritmética (PA). As PAs são interessantes, pois podemos determinar o valor de qualquer termo desde que conheçamos o primeiro termo (a 1 ), a posição desse termo (n) e o valor constante que devemos adicionar a cada termo (razão). Voltemos para a nossa seqüência. Note que o número 20 aparece na posição 7. Dizemos que ele é o 7º termo dessa PA e o representamos por a 7. O valor constante que estamos somando é 3, que é denominado razão da PA, r = 3. Assim, a nossa seqüência é uma PA de a 1 = 2 e r = 3. O valor do termo que ocupa a posição n é calculado por a n = a 1 + (n 1).r Voltemos, agora, para o nosso 7º termo, o valor 20 e vamos determiná-lo através da fórmula anterior (fórmula do termo geral). Temos, - Posição do 7º termo: é a 7 (é óbvio) n = 7. Assim, substituindo n por 7 na fórmula anterior temos: a 7 = a 1 + (7 1).r a 7 = a 7 = 20 As PAs também permitem que calculemos a soma dos n primeiros termos, utilizando a relação: S n = (a 1 + a 2 Vamos utilizar esta fórmula para calcularmos a soma dos 7 primeiros termos da nossa PA ( ). Vamos lá: (a a ).7 S = 2 (2 + 20).7 S 7 = 2 S 7 = 77 (confira) Agora vamos brincar um pouquinho. Considere as seqüências a) 1,00; 1,05; 1,10; 1,15; 1,20; 1,25; 1,30; 1,35; 1,40; 1,45 e b) 1,00; 1,04; 1,08; 1,12; 1,16; 1,20; 1,24; 1,28; 1,32; 1,36. Note que ambas são PAs de 10 termos: a) é uma PA de a 1 = 1,00 e r = 0,05 e b) é uma PA de a 1 = 1,00 e r = 0,04. Vamos calcular a soma dos 10 termos de cada uma dessas PAs. e (1 + 1,45).10 a) S 10 = = 12, 25 2 (1 + 1,36).10 b) S 10 = = 11, 80 2 A idéia de soma dos termos de uma PA foi utilizada nos exercícios 14 e 15 de aplicação e deve ser usada no exercício 14 da tarefa I. Vamos resolvê-lo: P1 P2 P3 P4 P5 P6 P7 P8 P9 P (1 + 4%x9) = , (1 + 4%x8) = , , , , , , x1, M A tabela apresenta a maneira mais rústica de resol-ver o exercício. Transportamos cada parcela de 1000 pa ra a data 10 e finalmente somamos os resultados. Assim M = A outra maneira é perceber que 1,36; 1,32;...; 1,00 formam uma PA de 10 termos. Assim, M = 1000.(1,36 + 1, ,04 + 1,00) M = ,8 M = Agora, vamos mudar de problema. Considere a seguinte situação: preciso trocar o meu computador, pois n).n as válvulas dele já estão pifando. Encontrei na loja Alfa o computador que necessito: preço $ 1.456,00. Ao consul-tar minha conta bancária, decepção: $ 756,00. Caramba, não vai dar. Mas aí, surge uma idéia: ligo pro chefe e pe-ço um adiantamento. Pego o telefone e ligo pro coorde-nador. Muy amigo, ele me concede um empréstimo de $ 700,00 por 30 dias à taxa de 8% ao mês. É fácil perceber que o pagamento foi 700x(1 + 8%) ou seja, P = 700.(1 + 0,08) = 756. Assim, a entrada ($ 756,00) e o segundo pagamento ($ 756,00) acabaram ficando iguais, mas para que isso pudesse acontecer, a entrada teve de ser superior a 50% do valor à vista, para que o saldo devedor remanescente ficasse inferior a ela (entrada) e, depois de ser corrigido com 8% de juro, re-sultasse o mesmo valor (da entrada). Acompanhe: = (1 + 0,08) = 756 Note que 700 = 756/(1 + 0,08) e 1456 = = (1 + 0,08) Por descontração, vamos apelidar 756 de P. MATEMÁTICA FINANCEIRA 3

4 Assim P 1456 = P +. (1 + 0,08) Portanto, para resolvermos a situação procedemos: II 4 P C = P+. ( 1+ i) JURO COMPOSTO P P O valor de (1 + i) n para i = 4% e n = 5 é: a) 1,2000. b) 1,2534. d) 1,1836. c) 1,2167. e) 1, O capital de $ 1.000,00 foi aplicado durante 3 meses à taxa de juro sobre o saldo de 5% ao mês. O mon-tante, desprezando-se os centavos, vale: a) $ 1.190,00. b) $ 1.192,00. d) $ 1.157,00. c) $ 1.090,00. e) $ 1.194, O capital de $ 2.000,00 aplicado pelo prazo de 120 dias, à taxa de juro sobre o saldo de 4% ao mês, resulta o montante de: a) $ 2.320,00. b) $ 2.230,00. d) $ 1.920,18. c) $ 2.280,56. e) $ 2.339, O valor atual, 60 dias antes do vencimento, de um tí-tulo de $ 1.685,40 à taxa de j.c. de 6% a.m. é: a) $ 1.450,00. b) $ 1.500,00. d) $ 1.400,18. c) $ 1.550,56. e) $ 1.339, O capital de $ 1.000,00 foi aplicado durante 198 dias à taxa de juro sobre o saldo de 5% ao mês. O mon-tante, adotando-se a convenção linear, vale: a) $ 1.380,30. b) $ 1.392,00. d) $ 1.257,00. c) $ 1.379,91. e) $ 1.394, O capital de $ 1.000,00 foi aplicado durante 198 dias à taxa de juro sobre o saldo de 5% ao mês. O mon-tante, adotando-se a convenção exponencial, vale: a) $ 1.380,30. b) $ 1.392,00. d) $ 1.257,00. c) $ 1.379,91. e) $ 1.394, A taxa semestral equivalente a 3% ao mês é: a) 18,00%. b) 19,00%. d) 18,97%. c) 20,40%. e) 19,41%. 08. As taxas trimestral e semestral equivalentes à taxa anual de 79,59% são, respectivamente, a) 12,36% e 41,85%. C MATEMÁTICA FINANCEIRA b) 15,76% e 34,01%. d) 16,87% e 33,74%. c) 14,94% e 33,84%. e) 16,87% e 27,10%. 09. Um capital foi emprestado à taxa de 48% a.a. com capitalização mensal, para ser devolvido, em parcela única, após seis meses. Para tanto, foi emitido um título de valor $ 2.277,54. O capital emprestado foi: a) $ 1.800,00. b) $ 2.285,51. d) $ 1.849,11. c) $ 1.900,00. e) $ 2.000, Um capital é aplicado à taxa de 36% a.a. com capita-lização bimestral. Esse capital dobrará em: a) 1 ano. b) 1 ano e meio. d) 24 meses. c) 20 meses. e) 1 ano e 8 meses. 11. Um equipamento é vendido à vista por $ 1.655,00 ou em três parcelas iguais, ato, 30 e 60 dias, com 10% a.m. de juro composto. O valor das parcelas é a) $ 820,00. b) $ 790,00. d) $ 680,00. c) $ 605,00. e) $ 708, O montante obtido na aplicação de $ 1.000,00, pelo prazo de 50 meses, à taxa mensal de 4%, no regime de capitalização contínua é: (adote e = 2,7) a) $ 4.320,00. b) $ 7.290,00. d) $ 6.320,00. c) $ 8.480,00. e) $ 9.438, Considerando-se uma taxa de inflação mensal de 0,8%, para que a taxa real seja 1,5%, o valor assumido pela taxa efetiva na capitalização composta é: a) 2,300%. b) 2,321%. d) 2,327%. c) 2,302%. e) 2,312%. Tarefa II 01. (Bacen) Se aplicarmos $ ,00 a juros compos tos, rendendo 7% a cada bimestre, quanto teremos após três anos? a) $ ,00. (1,70) 6. b) $ ,00. (1,07) 18. d) $ ,00. (0,07) 18. c) $ ,00. (0,93) 3. e) $ ,00. (0,70) (AFTN) O capital de $ 1.000,00 é aplicado do dia 10 de junho ao dia 25 do mês seguinte, a uma taxa de juros compostos de 21% ao mês. Usando a convenção linear, calcule os juros obtidos, aproximando o resultado em real. a) $ 331,00. b) $ 340,00. d) $ 342,00. c) $ 343,00. e) $ 337, (AFRF) Um capital é aplicado a juros compostos durante seis meses e dez dias, a uma taxa de juros de 6% ao mês. Qual o valor que mais se aproxima dos juros obtidos como porcentagem do capital inicial, usando a convenção linear? a) 46,11%.

5 b) 41,85%. d) 44,69%. c) 48,00%. e) 50,36%. 04. (AFRF) Indique a taxa de juros anual equivalente à taxa de juros nominal de 12% ao ano com capitalização mensal. a) 12,6825%. b) 12,5508%. d) 12,6162%. c) 12,4864%. e) 12,3600%. 05. (ISS) Se uma taxa nominal de 60% ao ano é capitali-zada ao quadrimestre, a taxa anual efetiva é: a) 67,4%. b) 69,5%. d) 92,4%. c) 72,8%. e) 107,36%. 06. (Bacen) A taxa de 4% ao mês, quando capitalizada com juros compostos, corresponde a uma taxa bimestral equivalente a: a) 8%. b) 8,16%. d) 1,0816%. c) 1,08%. e) 16%. 07. (ICMS) Considerando-se uma taxa de 6% ao trimestre, se capitalizada com juros compostos, a correspondente taxa anual equivalente terá um valor de: a) 18%. b) 118%. d) 24%. c) 26,25%. e) 124%. 08. (ICMS) Considerando-se uma taxa de inflação mensal de 0,8%, para que a taxa real seja 1%, o valor assumido pela taxa efetiva na capitalização composta é: a) 1,46%. b) 0,20%. d) 1,81%. c) 1,20%. e) 2,80%. 09. (ICMS) A taxa de inflação acumulada de 1999 medida pelo IGP-M foi de 20,10%. Um investidor afirma ter auferido, em uma aplicação financeira, um rendimento real de 12% ao longo de 1999, usando o IGP- M como índice de inflação. Sua taxa efetiva de juros auferida em 1999 foi de, aproximadamente: a) 34,5%. b) 33,1%. d) 31,9%. c) 32,1%. e) 32,8%. 10. Um capital é aplicado a juros compostos à taxa de 20% ao período durante quatro períodos e meio. Ob-tenha os juros como porcentagem do capital aplica-do, considerando a convenção linear para cálculo do montante. Dados: 1,20 4 = 2,0736; 1,20 4,5 = 2, e 1,20 5 = 2, a) 107,36%. b) 127,1515%. d) 130%. c) 148,832%. e) 128,096%. equi-valente ao fim de dois anos e meio. Calcule o valor deste pagamento sabendo que foi acertada uma ta-xa de juros compostos de 20% ao ano, valendo a convenção exponencial para cálculo do montante (despreze os centavos). a) R$ ,00. b) R$ ,00. d) R$ ,00. c) R$ ,00. e) R$ , (AFTN-96) Uma pessoa tomou um empréstimo à taxa de 4% a.m., j.c., capitalizados mensalmente. Esse empréstimo deve ser pago em 2 parcelas mensais e iguais de $ 1.000,00, daqui a 13 e 14 meses, respectivamente. O valor que mais se aproxima do valor de um único pagamento no 15º mês que substitui esses dois pagamentos é: a) $ 2.121,00. b) $ 2.012,00. d) $ 2.484,84. c) $ 2.333,33. e) $ 2.516, (AFTN-98) Um capital é aplicado a juros compostos à taxa de 20% ao período durante quatro períodos e meio. Obtenha os juros como porcentagem do capital aplicado, considerando a convenção linear para cálculo do montante. Dados 1,20 4 = 2,0736 1,20 4,5 = 2, ,20 5 = 2,48832 a) 107,36%. b) 127,1515%. d) 130%. c) 128,096%. e) 148,832%. 14. (AFRF-00) Um capital é aplicado a juros compostos durante seis meses e dez dias, a uma taxa de juros de 6% ao mês. Qual o valor que mais se aproxima dos juros obtidos como porcentagem do capital inicial, usando a convenção linear? a) 46,11%. b) 48,00%. d) 44,69%. c) 41,85%. e) 50,36%. 15. (ISS) Um capital de $ ,00 é aplicado a uma ta-xa mensal de 5% por um prazo de 40 meses, com capitalização contínua. Qual o montante resultante dessa operação? (Adote para e o valor 2,7) a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ ,00. RESPOSTAS TAREFA II 11. A quantia de R$ 500 mil é devida hoje e a quantia de R$ 600 mil é devida no fim de um ano ao mesmo 0 B E D A C B C D A credor. Na medida em que os dois compromissos 1 E B A C D E não poderiam ser honrados, uma negociação com o credor levou ao acerto de um pagamento único MATEMÁTICA FINANCEIRA 5

6 III DESCONTO SIMPLES Exercícios de Aplicação 01. O desconto simples que sofre um título de valor nominal $ 3.000,00, resgatado dois meses antes do vencimento, à taxa de desconto de 5% ao mês é: a) $ 300,00. b) $ 240,00. d) $ 220,00. c) $ 280,00. e) $ 320, O desconto que sofre um título de valor nominal $ 800,00, resgatado noventa dias antes do vencimento, à taxa de desconto simples de 8% ao mês é: a) $ 200,00. b) $ 192,00. d) $ 220,00. c) $ 180,00. e) $ 120, Um título foi resgatado 90 dias antes do vencimento, à taxa anual de desconto simples de 72%, sendo o desconto de $ 270,00. O valor nominal do título era a) $ 2.000,00. b) $ 1.200,00. d) $ 1.800,00. c) $ 1.500,00. e) $ 2.300, Um título, resgatado 60 dias antes do vencimento, à taxa de desconto simples de 84% a.a. sofreu um desconto de $ 602,00. O valor nominal do título era a) $ 4.000,00. b) $ 4.500,00. d) $ 4.300,00. c) $ 4.200,00. e) $ 3.300, O desconto bancário simples que sofre um título de $ 1.200,00, à taxa de 4% a.m. 70 dias antes do venci mento, sendo a taxa de serviços bancários de 8 é: a) $ 192,40. b) $ 214,20. d) $ 172,30. c) $ 121,60. e) $ 312, O desconto bancário que sofre um título de $ 900,00, à taxa de desconto simples de 4,5% a.m., 80 dias antes do vencimento, sendo a taxa de serviços ban-cários de 6 é: a) $ 192,40. b) $ 114,20. d) $ 172,30. c) $ 121,60. e) $ 113, O valor descontado de um título de $ 2.400,00, resgatado 20 dias antes do vencimento à taxa de desconto simples de 7,5% ao mês é: a) $ 120,00. b) $ 180,00. d) $ 2.280,00. c) $ 2.000,00. e) $ 2.300, O desconto que sofre um título de $ 1.200,00, resga-tado 120 dias antes do vencimento, à taxa de juros simples de 5% ao mês é: a) $ 1.000,00. b) $ 240,00. d) $ 100,00. 6 MATEMÁTICA FINANCEIRA c) $ 320,00. e) $ 200, O desconto sofrido por um título, 75 dias antes do vencimento, à taxa de juros simples de 6% ao mês foi de $ 120,00. O valor nominal desse título era: a) $ 920,00. b) $ 850,00. d) $ 900,00. c) $ 700,00. e) $ 800, Uma pessoa deve pagar duas promissórias, uma de $ 1.080,00 em 30 dias e a outra de $ 1.624,00 em 150 dias. A pessoa faz uma proposta para saldar as duas juntas em 90 dias, à taxa de juros simples de 8% ao mês. Se for aceita a proposta, o valor da nova promissória será: a) $ 2.392,80. b) $ 2.548,80. d) $ 2.800,80. c) $ 2.652,80. e) $ 2.478, Uma pessoa deve pagar duas promissórias, uma de $ 1.080,00 em 30 dias e a outra de $ 1.624,00 em 150 dias. A pessoa faz uma proposta para saldar as duas juntas em 90 dias, usando esta como data focal, à taxa de juros simples de 8% ao mês. Se for aceita a proposta, o valor da nova promissória será: a) $ 2.392,80. b) $ 2.548,80. d) $ 2.800,80. c) $ 2.652,80. e) $ 2.478, Um negociante tem duas dívidas a serem pagas em 45 e 60 dias. A primeira de $ 1.470,00 e a outra de $ 2.450,00. Ele quer substituir essas duas dívidas por uma única para 30 dias, à taxa de desconto simples de 24% a. a. O valor nominal dessa dívida será: a) $ 4.300,00. b) $ 4.232,00. d) $ 3.777,90. c) $ 3.855,00. e) $ 3.445, Um título sofreu um desconto comercial simples de $ 2.200,00. Nas mesmas condições, se o desconto tives se sido racional simples, seria inferior em $ 200,00 ao desconto efetuado. O valor nominal do título é: a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , Em uma operação de desconto comercial simples, é denominada taxa implícita ou taxa real, a taxa de juros simples que resulta um desconto racional igual ao desconto comercial efetuado. Assim, se um título sofre desconto comercial simples, 60 dias antes do vencimento, à taxa de 10% ao mês, então a taxa im-plícita mensal é: a) 10,0%. b) 11,1%. d) 20,0%. c) 25,0%. e) 12,5%.

7 Tarefa III 01. (TTN/92) Um negociante tem duas dívidas a pagar, $ 3.000,00, para 45 dias e $ 8.400,00 para 60 dias. Ele quer substituir essas duas dívidas por uma única para 30 dias. Sendo a taxa de desconto comercial simples de 12% a. a., o valor nominal dessa dívida será: a) $ ,00. b) $ 8.232,00. d) $ ,00. c) $ 9.332,00. e) $ 8.445, Um negociante tem duas dívidas a pagar, $ 3.000,00, para 45 dias e $ 8.400,00 para 60 dias. Ele quer subs-tituir essas duas dívidas por uma única para 30 dias. Sendo a taxa de desconto comercial simples de 12% a. a. e adotando como data focal a data 30 dias, o valor nominal dessa dívida será: a) $ ,00. b) $ 8.232,00. d) $ ,00. c) $ 9.332,00. e) $ 8.445, (TTN/92) O valor atual de um título é igual à metade do seu valor nominal. Calcule a taxa de desconto racio-nal simples sabendo que o pagamento desse título foi antecipado de 5 meses. a) 200% a.a. b) 20% a.m. d) 28% a.m. c) 25% a.m. e) 228% a.a. 04. (Bacen/94) O valor do desconto simples por fora de um título de $ 2.000,00, com vencimento para 120 dias à taxa de 3% ao mês é a) $ 320,00. b) $ 120,00. d) $ 420,00. c) $ 240,00. e) $ 340, (ISS) Um título com vencimento em foi des-contado em Se o desconto comercial sim-ples foi $ 300,00 e a taxa mensal foi de 4%, o valor nominal desse título era: a) $ 2.600,00. b) $ 2.950,00. d) $ 2.750,00. c) $ 2.500,00. e) $ 2.800, (ICMS) Uma pessoa emitiu uma nota promissória para um banco, em virtude do empréstimo de $ ,00 a ser pago 60 dias após sua liberação. A taxa de des-conto comercial simples usada foi de 3,5% ao mês e, além desta, foi colocada a taxa de expediente de 2%. Qual foi o líquido creditado em sua conta corrente? a) $ ,50. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ ,00. valor de 70% do total dos pagamentos, será paga ao final do 4º mês e a 2ª, no valor de 30% do total dos pagamentos, será paga ao final do 11º mês. O valor que mais se aproxima do va-lor financiado é: a) $ 970,00. b) $ 900,00. d) $ 995,00. c) $ 816,55. e) $ 945, (AFTN) João deve a um banco $ 1.900,00 que vencem daqui a 30 dias. Por não dispor de numerário su-ficiente, propõe a prorrogação da dívida por mais 90 dias. Admitindo-se a data focal atual (zero) e que o banco adote a taxa de desconto comercial simples de 72% ao ano, o valor do novo título será de: a) $ 2.450,00. b) $ 2.430,00. d) $ 2.380,00. c) $ 2.400,00. e) $ 2.350, (AFRF) O desconto racional simples de uma nota pro-missória, cinco meses antes do vencimento, é de $ 800,00, a uma taxa de 4% a.m. Calcule o desconto comercial simples correspondente, isto é, consideran-do o mesmo título, a mesma taxa e o mesmo prazo. a) $ 800,00. b) $ 666,67. d) $ 973,32. c) $ 640,00. e) $ 960, (AFTN-91) Uma empresa descontou uma duplicata em um banco que adota uma taxa de 84% a.a. de desconto comercial simples. O desconto foi $ ,00. Se a operação fosse de desconto racional simples, o desconto seria reduzido em $ 1.764,00. O valor nomi nal da duplicata é de: a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , Três meses antes do vencimento, um título sofre um desconto comercial de $ 9.810,00, a uma taxa de desconto simples de 3% a.m. Qual seria o desconto, à mesma taxa, se fosse simples e racional? a) $ 9.810,00. b) $ 9.521,34. d) $ 9.200,00. c) $ 9.500,00. e) $ 9.000, (AFTN) Uma pessoa possui um financiamento (taxa de juros simples de 10% a.m.). O valor total dos paga-mentos a serem efetuados, juros mais principal, é de 1.400,00. As condições contratuais prevêem que o pa-gamento desse financiamento será efetuado em duas parcelas. A 1ª parcela, no RESPOSTAS TAREFA III A A B C C C B E E 1 D E MATEMÁTICA FINANCEIRA 7

8 IV DESCONTO COMPOSTO Exercícios de Aplicação 01. Um carro desvaloriza 20% a cada ano, isto é, ao final de um ano seu valor diminui 20% do valor que ti-nha no início desse ano. Assim, se no início de um determinado ano o valor desse carro é $ ,00, após três anos seu valor será: a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , Um título de valor $ 882,00 foi resgatado 60 dias antes do vencimento, à taxa de juro sobre o saldo de 5% ao mês. O desconto efetuado foi: a) $ 102,00. b) $ 72,00. d) $ 92,00. c) $ 112,00. e) $ 82, Uma pessoa deve duas promissórias, $ 2.600,00 e $ 3.244,80, exigíveis em 60 dias e 90 dias, respectivamente. Desejando antecipar os pagamentos, propõe trocá-las por uma promissória, com vencimento para 30 dias. Sendo a taxa de juros compostos de 4% ao mês, o valor da nova promissória será: a) $ 5.500,00. b) $ 6.140,00. d) $ 5.844,80. c) $ 4.280,00. e) $ 4.720, Uma pessoa deve duas promissórias de valores $ 2.000,00 e $ 3.307,50, exigíveis em 30 e 150 dias, respectivamente. Prevendo que não poderá saldar a mais próxima na data do vencimento, propõe trocálas por uma única promissória, com vencimento para 90 dias. Sendo a taxa de juros compostos de 5% ao mês, o valor da nova promissória será: a) $ 5.307,50. b) $ 4.142,00. d) $ 5.728,00. c) $ 5.205,00. e) $ 4.484, Um equipamento é vendido por um preço à vista, ou através de um financiamento sem entrada mais 4 parcelas trimestrais e iguais, de $ 2.928,20 cada uma, a primeira a um trimestre da data da compra. Sabendo que a loja opera com taxa trimestral de juro sobre o saldo de 10%, o valor à vista desse equipa-mento é: a) $ 7.900,00. b) $ 8.360,00. d) $ 9.282,00. c) $ 8.200,00. e) $ 9.100, (ESAF) Uma empresa descontou uma duplicata de $ ,00, 60 dias antes do vencimento, desconto racional composto. Admitindo que o banco adote a taxa de juros efetiva de 84% ao ano, o líquido recebi-do pela empresa, desprezando os 8 3 centavos, foi: (se necessário utilize: 1, 84 = 1, , 4 1, 84 = 1, ou 61, 84 = 1, ) a) $ ,00. d) $ ,00. b) $ ,00. e) $ ,00. c) $ ,00. MATEMÁTICA FINANCEIRA 07. (ISS) O esquema seguinte representa o fluxo de caixa de um investimento, em reais, no decorrer de três anos Se a taxa anual for de 20%, capitalização composta, o valor atual líquido desse investimento na data zero, será: a) $ 3.025,00. b) $ 3.075,00. d) $ 3.250,00. c) $ 3.125,00. e) $ 3.375,00. Tarefa IV 01. (AFTN-98) Obtenha o valor, hoje, de um título de valor nominal $ ,00, vencível ao fim de 3 meses, a uma taxa de juros de 3% a.m. considerando um des-conto racional composto e desprezando os centavos. a) $ 9.100,00. b) $ 9.180,00. d) $ 9.126,00. c) $ 9.093,00. e) $ 9.151, (ISS) No regime de capitalização composta, à taxa de 10% a.m., a uma letra de câmbio de valor nominal $ 2.541,00, resgatada dois meses antes do venci mento, será concedido o desconto de: a) $ 508,20. b) $ 441,00. d) $ 504,20. c) $ 437,00. e) $ 418, (AFRF-02/1) Um título foi descontado por $ 840,00, quatro meses antes do vencimento. Calcule o desconto obtido, considerando-o racional composto de taxa 3% a. m. a) $ 100,80. b) $ 105,43. d) $ 100,00. c) $ 112,46. e) $ 107, (AFRF-02/1) Uma empresa deve pagar $ ,00 hoje, $ ,00 ao fim de 30 dias e $ ,00 ao fim de 90 dias. Como ela só espera contar com os recursos necessários dentro de 60 dias e pretende negociar um pagamento único ao fim desse prazo, obtenha o capital equivalente que quita a dívida ao fim dos 60 dias, considerando uma taxa de juros compostos de 4% ao mês. a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ ,27.

9 05. (AFTN-98) Um empréstimo de $ ,00 foi realizado com uma taxa de juros de 36% a. a. capitalizados trimestralmente e deverá ser liquidado através do pagamento de duas prestações trimestrais, iguais e consecutivas (primeiro vencimento ao final do 1º trimestre, segundo vencimento ao final do 2º trimestre). O valor que mais se aproxima do valor unitário de cada prestação é: a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , (ICMS) Um bem foi adquirido através de um plano sem entrada em 3 prestações mensais iguais e consecutivas de $ 300,00 cada uma, sendo a 1ª a 30 dias da data da celebração do contrato. Admitindose uma taxa de 4% ao mês e capitalização composta, o valor desse bem na data do contrato é: a) $ 809,48. b) $ 796,37. d) $ 912,41. c) $ 832,53. e) $ 899, (AFTN/91) Um commercial paper com valor de face de US$ ,00 e vencimento daqui a três a- nos, deve ser resgatado hoje. A uma taxa de juros compostos de 10% ao ano e considerando o descon to racional, obtenha o valor de resgate. a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,26. e) $ , (AFTN-96) Uma pessoa paga uma entrada de $ 23,60 na compra de um equipamento e paga mais 4 prestações iguais, mensais e sucessivas no valor de $ 14,64 cada uma. A instituição financiadora cobra uma taxa de juros de 120% a.a., capitalizados mensalmente (j.c.). Com base nessas informações, pode mos afirmar que o valor que mais se aproxima do valor à vista do equipamento adquirido é: a) $ 86,42. b) $ 76,83. d) $ 88,00. c) $ 70,00. e) $ 95,23. V RENDAS CERTAS Exercícios de Aplicação 01. Uma pessoa faz uma compra financiada em 10 men-salidades iguais, a primeira a 30 dias. Sabendo que cada mensalidade é $ 800,00 e que a taxa de juros compostos utilizada é 4% a.m., então o valor finan-ciado, desprezando os centavos, vale: a) $ 5.300,00. b) $.6.240,00 d) $ 5.220,00. c) $ 6.488,00. e) $ 7.320, Um equipamento é vendido à vista por $ 5.000,00 ou com $ 939,45 de entrada mais 6 mensalidades iguais, a primeira a 30 dias. Sendo cada mensalidade de $ 800,00, a taxa mensal de juro composto vale a) 7%. b) 4%. d) 6%. c) 8%. e) 5%. 03. Um aparelho eletrônico de valor à vista $ 4.900,00 foi vendido com entrada de $ 907,29 mais parcelas bimestrais iguais, de $ 1.000,00 cada uma, a 1ª a 60 dias. Sendo a taxa de juro sobre o saldo cobrada pe-la loja de 8% ao bimestre, o número de parcelas é: a) 5. b) 8. d) 9. c) 6. e) Uma pessoa financia $ ,00 em 24 meses, à ta xa de juro de 24% a.a., capitalizada mensalmente. Sabendo que as parcelas são mensais, iguais e a 1ª vence a 30 dias da assinatura do contrato, então o valor de cada mensalidade é: a) $ 2.100,00. b) $ 2.241,36. d) $ 2.114,85. c) $ 2.384,19. e) $ 2.254, Um equipamento foi comercializado com entrada de $ 2.316,96, no ato, mais 6 parcelas mensais, iguais e consecutivas de $ 800,00 cada uma, a 1ª a 90 dias. Sendo a taxa de juro composto de 5% a.m., o valor à vista desse equipamento é: a) $ 6.000,00. b) $ 6.360,00. d) $ 6.800,00. c) $ 6.200,00. e) $ 6.100,00. RESPOSTAS TAREFA IV E B B A D C E C 06. Poupando $ 200,00 por mês à taxa de juro composto de 4% a.m., podemos afirmar que o saldo na data do 12º depósito, inclusive este, será: a) $ 3.005,16. b) $ 3.242,18. d) $ 3.243,00. c) $ 2.995,00. e) $ 3.129, Poupando $ 200,00 por mês à taxa de juro composto de 4% a.m. e efetuando somente 12 depósitos, po-demos afirmar que o saldo em um ano será: a) $ 3.005,16. MATEMÁTICA FINANCEIRA 9

10 10 b) $ 3.242,18. d) $ 3.243,00. c) $ 2.995,00. e) $ 3.125, (FTE/RS) Um empréstimo foi contraído para ser resgatado pelo sistema de amortização progressiva (Tabela Price) em 20 prestações mensais com juros de 10% a.m. Sendo de $ ,00 o valor da déci-ma quota de amortização desse empréstimo qual se-rá o valor da 12ª quota de amortização? a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , (AFTN) Uma pessoa obteve um empréstimo de $ ,00 a uma taxa de juros compostos de 2% a. m. que deverá ser pago em 10 parcelas iguais. O valor dos juros a serem pagos na oitava parcela é: a) $ 660,00. b) $ 550,00. d) $ 440,00. c) $ 770,00. e) $ 880, Um país captou um empréstimo por intermédio do lançamento de uma certa quantidade de bônus no mercado internacional com valor nominal de US$ 1, cada um e com doze cupons semestrais no valor de US$ cada cupom, vencendo o 1º ao fim do 1º semestre e assim sucessivamente até o décimo segundo semestre, quando o país deve pagar o último cupom junto com o valor nominal do títu-lo. Considerando que a taxa de risco do país mais a taxa de juros dos títulos de referência levou o país a pagar uma taxa final de juros nominal de 14% ao ano, obtenha o valor mais próximo do preço de lança mento dos bônus, abstraindo custos de intermedia-ção financeira, de registro etc. a) US$ 1, b) US$ 953,53. d) US$ 920,57. c) US$ 930,00. e) US$ 860, Calcule o valor mais próximo do valor atual no início do 1º período do seguinte fluxo de pagamentos, ven-cíveis ao fim de cada período: do período 1 ao 6, ca-da pagamento é de $ 3.000,00, do período 7 ao 12, cada pagamento é de $ 2.000,00 e do período 13 ao 18 cada pagamento é de $ 1.000,00. Considere taxa de desconto racional composto de 4% ao período. a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ ,00. Tarefa V em: MATEMÁTICA FINANCEIRA 01. (AFTN-98) Uma compra no valor de $ ,00 deve ser paga com uma entrada de 20% e o saldo devedor financiado em 12 prestações mensais iguais, a 1ª ao fim de um mês, a uma taxa de 4% ao mês. Considerando que esse sistema de amortização corresponde a uma anuidade ou renda certa, em que o valor atual da anuidade corresponde ao saldo devedor e que os termos da anuidade correspondem às prestações, calcule a prestação mensal, desprezando os centavos. a) $ 823,00. b) $ 899,00. d) $ 994,00. c) $ 972,00. e) $ 852, (AFRF-00) Uma pessoa fez uma compra financiada em 12 prestações mensais e iguais de $ 210,00. Obter o valor financiado, desprezando os centavos, a uma taxa de juros compostos de 4% ao mês, considerando que o financiamento corresponde a uma anuidade e que a 1ª prestação vence um mês após a compra. a) $ 2.100,00. b) $ 2.048,00. d) $ 2.127,00. c) $ 1.970,00. e) $ 3.001, (AFTN-98) Um microcomputador é vendido pelo pre-ço à vista de $ 2.000,00, mas pode ser financiado com 20% de entrada e a uma taxa de juros de 96% a.a., Tabela Price. Sabendo que o financiamento de-ve ser amortizado em cinco meses, o total de juros pagos pelo comprador é de, aproximadamente: a) $ 403,00. b) $ 420,00. d) $ 415,00. c) $ 408,00. e) $ 390, (Bacen-98) Tomou-se um empréstimo de 100 URs (unidades de referência), para pagamento em dez prestações mensais sucessivas iguais, a juros de 2% ao mês, a 1ª prestação sendo paga 1 mês após o empréstimo. O valor mais próximo de cada presta-ção é: a) 11,4 URs. b) 11,0 URs. d) 11,1 URs. c) 11,3 URs. e) 10,9 URs. 05. (AFC) O preço à vista de uma mercadoria cujas 12 prestações mensais, iguais e sucessivas, à taxa de juros de 5% a.m., no regime de juros compostos, é da ordem de $ 3.000,00 é: a) $ ,53. b) $ ,75. d) $ ,57. c) $ ,18. e) $ , (ESAF) Um indivíduo deve $ 1.815,00 para 6 meses e $ 3.806,66 para 12 meses. Para transformar suas dívidas em uma série uniforme de 4 pagamentos postecipados trimestrais, a partir de hoje, a juros e descontos racio-nais compostos de 10% ao trimestre, o valor do paga-mento trimestral, desprezando os centavos é: a) $ 1.201,00. b) $ 1.182,00. d) $ 1.405,00. c) $ 1.293,00. e) $ 1.138, (AFTN-98) Uma máquina tem o preço de $ 200 mil, podendo ser financiada com 10% de entrada e o res-tante em prestações trimestrais, iguais e sucessivas. Sabendo que a financiadora cobra juros compostos de 28% a.a., capitalizados trimestralmente, e que o comprador está pagando $ ,10 por trimestre, a última prestação vencerá

11 a) 1 ano e 2 meses. b) 3 anos e 2 meses. d) 3 anos e 9 meses. c) 2 anos e 8 meses. e) 3 anos e 6 meses. 08. (AFTN-96) Uma pessoa paga $ 23,60 de entrada na compra de um equipamento e paga mais 4 prestações mensais, iguais e sucessivas de $ 14,64 cada uma. A instituição financiadora cobra uma taxa de ju-ros de 120% a.a., capitalizados mensalmente. Com base nessas informações, o valor que mais se apro-xima do valor à vista do equipamento é: a) $ 70,00. b) $ 72,48. d) $ 79,36. c) $ 75,00. e) $ 81, (AnOrç) Uma pessoa depositou mensalmente a quantia de $ 100,00 numa caderneta de poupança, à taxa de 2% a.m. Os depósitos foram feitos no último dia útil de cada mês e o juro foi pago no 1º dia útil de cada mês, incidindo sobre o montante do início do mês anterior. O 1º depósito foi feito em 31 de janeiro e não foram feitas retiradas de capital. O montante em 01 de outubro do mesmo ano deve ser a) $ 848,27. b) $ 975,46. d) $ 899,38. c) $ 919,19. e) $ 924, (Bacen-98) Depositando mensalmente 10 URs em um fundo que rende 2% a.m., o montante imediatamente após o 20º depósito será de: a) $ 238,56. b) $ 283,65. d) $ 242,97. c) $ 212,58. e) $ 231, (AFRF-02/1) Um país captou um empréstimo por intermédio do lançamento de uma certa quantidade de bônus no mercado internacional com valor nominal de US$ 1, cada um e com 12 cupons semes-trais no valor de US$ cada cupom, vencendo o 1º ao fim do 1º semestre e assim sucessivamente até o 12º semestre, quando o país deve pagar o último cupom junto com o valor nominal do título. Considerando a condição internacional do país, os bônus foram negociados com ágio de 4,31%. Assim, a taxa real de juro semestral paga pelo país, abs-traindo custos de intermediação financeira, de regis-tro etc., foi: a) 6,0%. b) 5,0%. d) 6,5%. c) 4,5%. e) 5,5%. 12. Uma pessoa, no dia 1º de agosto, contratou com um banco aplicar mensalmente $ 1.000,00 durante seis meses, $ 2.000,00 mensalmente durante os seis meses seguintes e $ 3.000,00 mensalmente durante mais seis meses. Considerando que a 1ª aplicação seria feita em 1º de setembro e as seguintes sempre no dia 1º de cada mês e que elas renderiam juros compostos de 2% ao mês, indique qual o valor mais próximo do montante que a pessoa teria dezoito me-ses depois, no dia 1º de fevereiro. a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , Uma empresa recebe um financiamento para pagar por meio de uma anuidade postecipada constituída por 20 prestações semestrais iguais no valor de $ ,00 cada uma. Imediatamente após o pagamento da 10ª prestação, por estar em dificuldades financeiras, a empresa consegue com o financiador uma redução da taxa de juros de 15% para 12% ao semestre e um aumento no prazo restante da anuidade de dez para quinze semestres. Calcule o valor mais próximo da nova prestação do financiamento. a) $ ,00. b) $ ,00. d) $ ,00. c) $ ,00. e) $ , (ICMS/MS) Uma empresa tomou um empréstimo de dólares, para pagamento pelo Sistema de Amortização Constante, em 40 parcelas mensais, sendo a 1ª um mês após o recebimento do emprésti-mo e com taxa de juros de 1% a.m. O valor da 35ª prestação, em dólares, foi de: a) b) d) c) e) (ISS) Uma pessoa pretende investir em um projeto que possibilitará o seguinte fluxo de caixa: ANO $ A taxa interna anual de retorno i, i > 0, correspondente a esse fluxo, é igual a a) 14%. b) 12%. d) 20%. c) 15%. e) 18%. 16. (AFTN-91) Uma alternativa de investimento possui um fluxo de caixa com um desembolso de no início do 1º ano, um desembolso de no fim do 1º ano e dez entradas líquidas anuais e consecutivas de a partir do fim do 2º ano, inclusive. A uma taxa de 18% ao ano, obtenha o valor atual desse fluxo de caixa, no fim do primeiro ano. a) 1.340,86. b) ,22. d) 4.940,86. c) 5.830,21. e) ,86. RESPOSTAS TAREFA V E C A D B A 1 B B D A MATEMÁTICA FINANCEIRA 11

12 MAEMÁTICA FINANCEIRA VOLNEI MARIANI TABELA 1 - Fator de Acumulação de Capital (1 + i) n n 1% 2% 3% 4% 5% 6% 7% 8% 9% 10% 12% 20% 1 1,0100 1,0200 1,0300 1,0400 1,0500 1,0600 1,0700 1,0800 1,0900 1,1000 1,1200 1, ,0201 1,0404 1,0609 1,0816 1,1025 1,1236 1,1449 1,1664 1,1881 1,2100 1,2544 1, ,0303 1,0612 1,0927 1,1249 1,1576 1,1910 1,2250 1,2597 1,2950 1,3310 1,4049 1, ,0406 1,0824 1,1255 1,1699 1,2155 1,2625 1,3108 1,3605 1,4116 1,4641 1,5735 2, ,0510 1,1041 1,1593 1,2167 1,2763 1,3382 1,4026 1,4693 1,5386 1,6105 1,7623 2, ,0615 1,1262 1,1941 1,2653 1,3401 1,4185 1,5007 1,5869 1,6771 1,7716 1,9738 2, ,0721 1,1487 1,2299 1,3159 1,4071 1,5036 1,6058 1,7138 1,8280 1,9487 2,2107 3, ,0829 1,1717 1,2668 1,3686 1,4775 1,5938 1,7182 1,8509 1,9926 2,1436 2,4760 4, ,0937 1,1951 1,3048 1,4233 1,5513 1,6895 1,8385 1,9990 2,1719 2,3579 2,7731 5, ,1046 1,2190 1,3439 1,4802 1,6289 1,7908 1,9672 2,1589 2,3674 2,5937 3,1058 6, ,1157 1,2434 1,3842 1,5395 1,7103 1,8983 2,1049 2,3316 2,5804 2,8531 3,4785 7, ,1268 1,2682 1,4258 1,6010 1,7959 2,0122 2,2522 2,5182 2,8127 3,1384 3,8960 8, ,1381 1,2936 1,4685 1,6651 1,8856 2,1329 2,4098 2,7196 3,0658 3,4523 4, , ,1495 1,3195 1,5126 1,7317 1,9799 2,2609 2,5785 2,9372 3,3417 3,7975 4, , ,1610 1,3459 1,5580 1,8009 2,0789 2,3966 2,7590 3,1722 3,6425 4,1772 5, , ,1726 1,3728 1,6047 1,8730 2,1829 2,5404 2,9522 3,4259 3,9703 4,5950 6, , ,1843 1,4002 1,6528 1,9479 2,2920 2,6928 3,1588 3,7000 4,3276 5,0545 6, , ,1961 1,4282 1,7024 2,0258 2,4066 2,8543 3,3799 3,9960 4,7171 5,5599 7, , ,2081 1,4568 1,7535 2,1068 2,5270 3,0256 3,6165 4,3157 5,1417 6,1159 8, , ,2202 1,4859 1,8061 2,1911 2,6533 3,2071 3,8697 4,6610 5,6044 6,7275 9, , ,2324 1,5157 1,8603 2,2788 2,7860 3,3996 4,1406 5,0338 6,1088 7, , , ,2447 1,5460 1,9161 2,3699 2,9253 3,6035 4,4304 5,4365 6,6586 8, , , ,2572 1,5769 1,9736 2,4647 3,0715 3,8197 4,7405 5,8715 7,2579 8, , , ,2697 1,6084 2,0328 2,5633 3,2251 4,0489 5,0724 6,3412 7,9111 9, , , ,2824 1,6406 2,0938 2,6658 3,3864 4,2919 5,4274 6,8485 8, , , , ,2953 1,6734 2,1566 2,7725 3,5557 4,5494 5,8074 7,3964 9, , , , ,3082 1,7069 2,2213 2,8834 3,7335 4,8223 6,2139 7, , , , , ,3213 1,7410 2,2879 2,9987 3,9201 5,1117 6,6488 8, , , , , ,3345 1,7758 2,3566 3,1187 4,1161 5,4184 7,1143 9, , , , , ,3478 1,8114 2,4273 3,2434 4,3219 5,7435 7, , , , , ,

13 MAEMÁTICA FINANCEIRA VOLNEI MARIANI TAB. 2 - Valor Atual Unitário de Uma Série de Pagamentos: a nø i n 1% 2% 3% 4% 5% 6% 7% 8% 10% 12% 15% 18% 20% 1 0,9901 0,9804 0,9709 0,9615 0,9524 0,9434 0,9346 0,9259 0,9091 0,8929 0,8696 0,8475 0, ,9704 1,9416 1,9135 1,8861 1,8594 1,8334 1,8080 1,7833 1,7355 1,6901 1,6257 1,5656 1, ,9410 2,8839 2,8286 2,7751 2,7232 2,6730 2,6243 2,5771 2,4869 2,4018 2,2832 2,1743 2, ,9020 3,8077 3,7171 3,6299 3,5460 3,4651 3,3872 3,3121 3,1699 3,0373 2,8550 2,6901 2, ,8534 4,7135 4,5797 4,4518 4,3295 4,2124 4,1002 3,9927 3,7908 3,6048 3,3522 3,1272 2, ,7955 5,6014 5,4172 5,2421 5,0757 4,9173 4,7665 4,6229 4,3553 4,1114 3,7845 3,4976 3, ,7282 6,4720 6,2303 6,0021 5,7864 5,5824 5,3893 5,2064 4,8684 4,5638 4,1604 3,8115 3, ,6517 7,3255 7,0197 6,7327 6,4632 6,2098 5,9713 5,7466 5,3349 4,9676 4,4873 4,0776 3, ,5660 8,1622 7,7861 7,4353 7,1078 6,8017 6,5152 6,2469 5,7590 5,3282 4,7716 4,3030 4, ,4713 8,9826 8,5302 8,1109 7,7217 7,3601 7,0236 6,7101 6,1446 5,6502 5,0188 4,4941 4, ,3676 9,7868 9,2526 8,7605 8,3064 7,8869 7,4987 7,1390 6,4951 5,9377 5,2337 4,6560 4, , ,5753 9,9540 9,3851 8,8633 8,3838 7,9427 7,5361 6,8137 6,1944 5,4206 4,7932 4, , , ,6350 9,9856 9,3936 8,8527 8,3577 7,9038 7,1034 6,4235 5,5831 4,9095 4, , , , ,5631 9,8986 9,2950 8,7455 8,2442 7,3667 6,6282 5,7245 5,0081 4, , , , , ,3797 9,7122 9,1079 8,5595 7,6061 6,8109 5,8474 5,0916 4, , , , , , ,1059 9,4466 8,8514 7,8237 6,9740 5,9542 5,1624 4, , , , , , ,4773 9,7632 9,1216 8,0216 7,1196 6,0472 5,2223 4, , , , , , , ,0591 9,3719 8,2014 7,2497 6,1280 5,2732 4, , , , , , , ,3356 9,6036 8,3649 7,3658 6,1982 5,3162 4, , , , , , , ,5940 9,8181 8,5136 7,4694 6,2593 5,3527 4, , , , , , , , ,0168 8,6487 7,5620 6,3125 5,3837 4, , , , , , , , ,2007 8,7715 7,6446 6,3587 5,4099 4, , , , , , , , ,3711 8,8832 7,7184 6,3988 5,4321 4, , , , , , , , ,5288 8,9847 7,7843 6,4338 5,4509 4,9371 TAB. 3 - Montante Unitário de Uma Série de Pagamentos: S nø i n 1% 2% 3% 4% 5% 6% 7% 8% 9% 10% 12% 20% 1 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1, ,0100 2,0200 2,0300 2,0400 2,0500 2,0600 2,0700 2,0800 2,0900 2,1000 2,1200 2, ,0301 3,0604 3,0909 3,1216 3,1525 3,1836 3,2149 3,2464 3,2781 3,3100 3,3744 3, ,0604 4,1216 4,1836 4,2465 4,3101 4,3746 4,4399 4,5061 4,5731 4,6410 4,7793 5, ,1010 5,2040 5,3091 5,4163 5,5256 5,6371 5,7507 5,8666 5,9847 6,1051 6,3528 7, ,1520 6,3081 6,4684 6,6330 6,8019 6,9753 7,1533 7,3359 7,5233 7,7156 8,1152 9, ,2135 7,4343 7,6625 7,8983 8,1420 8,3938 8,6540 8,9228 9,2004 9, , , ,2857 8,5830 8,8923 9,2142 9,5491 9, , , , , , , ,3685 9, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

14 MAEMÁTICA FINANCEIRA VOLNEI MARIANI RESPOSTAS TAREFA III A A B C C C D B E 1 E D E 14

Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy

Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy 1. (MDIC 2002 ESAF) Um contrato prevê que aplicações iguais sejam feitas mensalmente em uma conta durante doze meses com o objetivo

Leia mais

EXERCÍCIOS PROF. SÉRGIO ALTENFELDER

EXERCÍCIOS PROF. SÉRGIO ALTENFELDER 1- Uma dívida no valor de R$ 60.020,54 deve ser paga em sete prestações postecipadas de R$ 10.000,00, a uma determinada taxa de juros. Considerando esta mesma taxa de juros, calcule o saldo devedor imediatamente

Leia mais

CAIXA ECONOMICA FEDERAL

CAIXA ECONOMICA FEDERAL JUROS SIMPLES Juros Simples comercial é uma modalidade de juro calculado em relação ao capital inicial, neste modelo de capitalização, os juros de todos os períodos serão sempre iguais, pois eles serão

Leia mais

Prof. Diogo Miranda. Matemática Financeira

Prof. Diogo Miranda. Matemática Financeira 1. Uma alternativa de investimento possui um fluxo de caixa com um desembolso de R$ 10.000,00, no início do primeiro mês, Outro desembolso, de R$ 5.000,00, ao final do primeiro mês, e duas entradas líquidas

Leia mais

1. (TTN ESAF) Um capital de R$ 14.400,00, aplicado a 22% ao ano, rendeu R$ 880,00 de juros. Durante quanto tempo esteve empregado?

1. (TTN ESAF) Um capital de R$ 14.400,00, aplicado a 22% ao ano, rendeu R$ 880,00 de juros. Durante quanto tempo esteve empregado? 1. (TTN ESAF) Um capital de R$ 14.400,00, aplicado a 22% ao ano, rendeu R$ 880,00 de juros. Durante quanto tempo esteve empregado? a) 3 meses e 3 dias b) 3 meses e 8 dias c) 2 meses e 23 dias d) 3 meses

Leia mais

Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium. Séries Uniformes de Pagamento

Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium. Séries Uniformes de Pagamento Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Disciplina: Matemática Financeira I Prof.: Marcos José Ardenghi Séries Uniformes de Pagamento As séries uniformes de pagamentos, anuidades ou rendas são

Leia mais

Lista de Exercícios 1

Lista de Exercícios 1 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Elétrica Disciplina de Engenharia Econômica TE142 2º Semestre de 2011 Professor James Alexandre Baraniuk Lista de Exercícios 1 1. Um jovem de 20 anos

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA - ADMINISTRAÇÃO

MATEMÁTICA FINANCEIRA - ADMINISTRAÇÃO MATEMÁTICA FINANCEIRA - ADMINISTRAÇÃO DESCONTO 1) Determinar o desconto por fora sofrido por uma letra de R$ 5.000,00 à taxa de 5% aa, descontada 5 anos antes de seu vencimento. Resp: R$ 1.250,00 2) Uma

Leia mais

www.concurseiro10.com.br

www.concurseiro10.com.br 1) Um capital de R$ 18.000,00, aplicados a 6% ao ano, durante 8 anos, qual o juros produzido? a) 7.640,00 b) 6.460,00 c) 8.640,00 d) 9.000,00 2) Um investidor aplicou R$10.000,00, à taxa de 13% ao mês

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Matemática Financeira Sumário 2 JUROS SIMPLES (Capitalização Simples) 5 JUROS COMPOSTOS (Capitalização Composta) 7 TAXAS SIMPLES 8 TAXAS COMPOSTAS 10 TAXAS SIMPLES EXATO 11 PRAZO, TAXA E CAPITAL MÉDIO

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA Roberto César Faria e Silva MATEMÁTICA FINANCEIRA Aluno: SUMÁRIO 1. CONCEITOS 2 2. JUROS SIMPLES 3 Taxa Efetiva e Proporcional 10 Desconto Simples 12 Desconto Comercial, Bancário ou Por Fora 13 Desconto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO LISTA 2 1) Um título, com valor de face igual a $1.000,00,

Leia mais

EXERCÍCIOS IV SÉRIES DE PAGAMENTOS IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais

EXERCÍCIOS IV SÉRIES DE PAGAMENTOS IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais e mensais de $ 1.000,00 cada uma, dentro do conceito de termos vencidos, sabendo-se que

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATEMATICA FINANCEIRA JUROS SIMPLES

CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATEMATICA FINANCEIRA JUROS SIMPLES DEFINIÇÕES: CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATEMATICA FINANCEIRA JUROS SIMPLES Taxa de juros: o juro é determinado através de um coeficiente referido a um dado intervalo de tempo. Ele corresponde à remuneração da

Leia mais

Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy

Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy Componente Curricular: Matemática Financeira Professor: Jarbas Thaunahy 1. (AFTN 1985) Uma pessoa obteve um empréstimo de $ 120.000,00, a uma taxa de juros compostos de 2% a.m., que deverá ser pago em

Leia mais

SIMULADO COMENTADO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA

SIMULADO COMENTADO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA SIMULADO COMENTADO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Quilelli 1 ) Uma dívida contraída à taxa de juros simples de 10% ao mês, deverá ser paga em duas parcelas, respectivamente iguais a R$ 126,00, daqui a

Leia mais

JUROS SIMPLES - EXERCÍCIOS PARA TREINAMENTO - LISTA 02

JUROS SIMPLES - EXERCÍCIOS PARA TREINAMENTO - LISTA 02 JUROS SIMPLES - EXERCÍCIOS PARA TREINAMENTO - LISTA 0 01. Calcular a taxa mensal proporcional de juros de: a) 14,4% ao ano; b) 6,8% ao quadrimestre; c) 11,4% ao semestre; d) 110,4% ao ano e) 54,7% ao biênio.

Leia mais

Resolução da prova de Matemática Financeira AFRF/2005 Prova 1-Tributária e Aduaneira-Inglês

Resolução da prova de Matemática Financeira AFRF/2005 Prova 1-Tributária e Aduaneira-Inglês 19/12/2005 Resolução da prova de Matemática Financeira AFRF/2005 Prova 1-Tributária e Aduaneira-Inglês Questão 31. Ana quer vender um apartamento por R$400.000,00 à vista ou financiado pelo sistema de

Leia mais

Lista de Exercícios para a Prova Substitutiva de Matemática Financeira Parfor Matemática

Lista de Exercícios para a Prova Substitutiva de Matemática Financeira Parfor Matemática Lista de Exercícios para a Prova Substitutiva de Matemática Financeira Parfor Matemática 1. Se 35 m de um tecido custam R$ 140, quanto se pagará 12 m? 2. Se 20 tratores levaram 6 dias para realizar um

Leia mais

REGIME DE CAPTALIZAÇÃO COMPOSTA

REGIME DE CAPTALIZAÇÃO COMPOSTA REGIME DE CAPTALIZAÇÃO COMPOSTA No regime de Capitalização Composta, os juros prodzidos ao final de um dado período n se agregam ao capital, passando ambos a integrar a nova base de cálculo para o período

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS

MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS Parte integrante do curso Conhecendo a Calculadora HP 12C Prof. Geraldo Peretti. Página 1 Cálculos aritméticos simples. A) (3

Leia mais

Aproveito o ensejo para divulgar os seguintes cursos que estou ministrando no Ponto.

Aproveito o ensejo para divulgar os seguintes cursos que estou ministrando no Ponto. Olá pessoal! Resolverei neste artigo a prova de Matemática Financeira do concurso da CVM 2010 organizado pela ESAF. Como já comentei em um artigo ontem, há apenas uma questão nesta prova com divergência

Leia mais

Gran Cursos. Matemática Financeira Walter Sousa. Rendas Certas financiamentos e capitalizações. 1) Fluxo de Caixa. 1.1) Fluxo de Caixa Padrão

Gran Cursos. Matemática Financeira Walter Sousa. Rendas Certas financiamentos e capitalizações. 1) Fluxo de Caixa. 1.1) Fluxo de Caixa Padrão Matemática Financeira Walter Sousa Gran Cursos Rendas Certas financiamentos e capitalizações 1) Fluxo de Caixa Representa uma série de pagamentos ou recebimentos que ocorrem em determinado período de tempo.

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV

MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV 01. (FGV) O preço de venda de um artigo foi diminuído em 20%. Em que porcentagem devemos aumentar o preço diminuído para que com o aumento o novo preço coincida com o original?

Leia mais

Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Profa. Patricia Maria Bortolon

Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Profa. Patricia Maria Bortolon Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Juros Compostos Os juros formados em cada período são acrescidos ao capital formando o montante (capital mais juros) do período. Este montante passará a

Leia mais

Matemática Régis Cortes JURO SIMPLES

Matemática Régis Cortes JURO SIMPLES JURO SIMPLES 1 Juros é o rendimento de uma aplicação financeira, valor referente ao atraso no pagamento de uma prestação ou a quantia paga pelo empréstimo de um capital. Atualmente, o sistema financeiro

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES. Resolverei neste ponto a prova de Matemática Financeira da SEFAZ/RJ 2010 FGV.

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES. Resolverei neste ponto a prova de Matemática Financeira da SEFAZ/RJ 2010 FGV. Olá pessoal! Resolverei neste ponto a prova de Matemática Financeira da SEFAZ/RJ 2010 FGV. Sem mais delongas, vamos às questões. 19. (SEFAZ-RJ 2010/FGV) A empresa Bonneli recebeu, pelo valor de R$ 18.000,00,

Leia mais

Matemática Régis Cortes. JURO composto

Matemática Régis Cortes. JURO composto JURO composto 1 O atual sistema financeiro utiliza o regime de juros compostos, pois ele oferece uma maior rentabilidade se comparado ao regime de juros simples, onde o valor dos rendimentos se torna fixo,

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS PASSADOS

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS PASSADOS QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS PASSADOS I - Divisão proporcional, regra de três simples e composta, regra de sociedade e porcentagens 1. (ESAF/92) Uma empresa deseja investir um total de $ 135.000,00 divididos

Leia mais

UNIDADE DESCENTRALIZADA NOVA IGUAÇU - RJ ENGENHARIA ECONÔMICA E FINANCEIRA

UNIDADE DESCENTRALIZADA NOVA IGUAÇU - RJ ENGENHARIA ECONÔMICA E FINANCEIRA PARTE I 1 1) Calcular a taxa de juros trimestral proporcional às seguintes taxas: a) 24% ao ano. b) 36% ao biênio c) 6% ao semestre 2) Determinar a taxa de juros anual proporcional, das as seguintes taxas:

Leia mais

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa 1. Calcule o valor presente do fluxo de caixa indicado a seguir, para uma taxa de desconto de 1 % ao mês, no Resposta: $13.147,13 2.

Leia mais

2 - Um capital de R$ 2.000,00 é aplicado a juros composto durante 4 anos a taxa de 2% a.a. Qual o montante e qual os juros totais auferidos?

2 - Um capital de R$ 2.000,00 é aplicado a juros composto durante 4 anos a taxa de 2% a.a. Qual o montante e qual os juros totais auferidos? LISTA 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA Professor Joselias TAXAS EQUIVALENTES A JUROS COMPOSTOS, TAXA NOMINAL, TAXA EFETIVA, DESCONTO RACIONAL SIMPLES E COMPOSTO, DESCONTO COMERCIAL SIMPLES E COMPOSTO. DESCONTO

Leia mais

Juros APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA: PROF. ALBERTO. APOSTILA ESPECIAL DE MATEMÁTICA FINANCEIRA Profº Alberto CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Juros APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA: PROF. ALBERTO. APOSTILA ESPECIAL DE MATEMÁTICA FINANCEIRA Profº Alberto CONSIDERAÇÕES INICIAIS APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA: PROF. ALBERTO Taxa de juros: relação percentual entre os juros cobrados, por unidade de tempo, e o capital [principal] emprestado. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Montante: capital

Leia mais

Análise e Resolução da prova de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual do Piauí Disciplina: Matemática Financeira Professor: Custódio Nascimento

Análise e Resolução da prova de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual do Piauí Disciplina: Matemática Financeira Professor: Custódio Nascimento Análise e Resolução da prova de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual do Piauí Disciplina: Professor: Custódio Nascimento 1- Análise da prova Neste artigo, faremos a análise das questões de cobradas na prova

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA CARREIRAS FISCAIS 1

MATEMÁTICA FINANCEIRA CARREIRAS FISCAIS 1 CAPÍTULO 1 JUROS SIMPLES MATEMÁTICA FINANCEIRA CARREIRAS FISCAIS 1 1.1) DEFINIÇÃO No cálculo dos juros simples, os rendimentos ou ganhos J em cada período t são os mesmos, pois os juros são sempre calculados

Leia mais

UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5152 MATEMÁTICA FINACEIRA II PROF. FERNANDO GUERRA. LISTA DE EXERCÍCIOS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS

UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5152 MATEMÁTICA FINACEIRA II PROF. FERNANDO GUERRA. LISTA DE EXERCÍCIOS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5152 MATEMÁTICA FINACEIRA II PROF. FERNANDO GUERRA. 1 LISTA DE EXERCÍCIOS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS 1) Certo banco concede um financiamento de 80.000

Leia mais

Matemática Financeira II

Matemática Financeira II Módulo 3 Matemática Financeira II Para início de conversa... Notícias como essas são encontradas em jornais com bastante frequência atualmente. Essas situações de aumentos e outras como financiamentos

Leia mais

Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com

Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com 1- Q236904 - Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Matemática Financeira Assuntos: Amortização; Sistema Francês

Leia mais

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Curso de Economia 5º Período 8 AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Curso de Economia 5º Período 8 AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS 8 AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS Frequentemente, nas operações de médio e longo prazo, por razões metodológicas ou contábeis, as operações de empréstimos são analisadas período por período, no que diz respeito

Leia mais

2) Um equipamento de valor R$ 640,00 tem aumento de 15%. Qual o valor do novo preço?

2) Um equipamento de valor R$ 640,00 tem aumento de 15%. Qual o valor do novo preço? Porcentagem 1) Calcular 15% de 640. 2) Um equipamento de valor R$ 640,00 tem aumento de 15%. Qual o valor do novo preço? 3) Um equipamento de valor R$ 640,00 pode ser adquirido com um desconto de 15%.

Leia mais

Matemática. Aula: 04/10. Prof. Pedro Souza. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Matemática. Aula: 04/10. Prof. Pedro Souza. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Matemática Aula: 04/10 Prof. Pedro Souza UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO:

MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO: 1 MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO: O PRINCIPAL CONCEITO QUE ORIENTARÁ TODO O NOSSO RACIOCÍNIO AO LONGO DESTE CURSO É O CONCEITO DO VALOR DO DINHEIRO NO TEMPO. EMPRÉSTIMOS OU INVESTIMENTOS

Leia mais

Capitalização Composta

Capitalização Composta 1. (Analista Orçamento Ministério da Administração Federal 1997) Na capitalização composta: a) A seqüência dos juros produzidos por período é constante b) A seqüência dos montantes ao fim de cada período

Leia mais

Exercícios base para a prova 2 bimestre e final

Exercícios base para a prova 2 bimestre e final Exercícios base para a prova 2 bimestre e final Razão e proporção 1) Calcule a razão entre os números: a) 3 e 21 b) 0,333... e 2,1 2) Determine a razão entre a terça parte de 0,12 e o dobro de 0,1. 3)

Leia mais

UNIDADE Capitalização composta

UNIDADE Capitalização composta UNIDADE 2 Capitalização composta Capitalização composta Curso de Graduação em Administração a Distância Objetivo Nesta Unidade, você vai ser levado a: calcular o montante, taxas equivalentes, nominal e

Leia mais

Título : B2 Matemática Financeira. Conteúdo :

Título : B2 Matemática Financeira. Conteúdo : Título : B2 Matemática Financeira Conteúdo : A maioria das questões financeiras é construída por algumas fórmulas padrão e estratégias de negócio. Por exemplo, os investimentos tendem a crescer quando

Leia mais

AFC/2005 Resolução da prova de Matemática Financeira

AFC/2005 Resolução da prova de Matemática Financeira 12/02/2006 AFC/2005 Resolução da prova de Matemática Financeira Questão 11. Marcos descontou um título 45 dias antes de seu vencimento e recebeu R$370.000,000. A taxa de desconto comercial simples foi

Leia mais

prestação. Resp. $93.750,00 e $5.625,00.

prestação. Resp. $93.750,00 e $5.625,00. UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA DISCIPLINA MAT191 - MATEMÁTICA FINANCEIRA PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO LISTA 3 1) Um bem é vendido a vista por $318.000,00

Leia mais

Prof. Dr. João Muccillo Netto

Prof. Dr. João Muccillo Netto Prof. Dr. João Muccillo Netto INTRODUÇÃO 1. Juros Segundo a Teoria Econômica, o homem combina Terra Trabalho Capital Aluguel Salário Juro para produzir os bens de que necessita. Juro é a remuneração do

Leia mais

INTRODUÇÃO À MATEMÁTICA FINANCEIRA

INTRODUÇÃO À MATEMÁTICA FINANCEIRA INTRODUÇÃO À MATEMÁTICA FINANCEIRA SISTEMA MONETÁRIO É o conjunto de moedas que circulam num país e cuja aceitação no pagamento de mercadorias, débitos ou serviços é obrigatória por lei. Ele é constituído

Leia mais

EXERCÍCIOS DIVERSOS TRABALHO 1

EXERCÍCIOS DIVERSOS TRABALHO 1 EXERCÍCIOS DIVERSOS TRABALHO 1 01. O gerente de uma loja de presentes está fazendo o fechamento das vendas de brinquedos no período de véspera de natal. No dia 06/11/2006 foram vendidos 14 brinquedos a

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA. Av. Dr. Américo Pereira Lima, S/Nº Jardim Lavínia Mococa/SP CEP 13736-260 (19) 3656-5559

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA. Av. Dr. Américo Pereira Lima, S/Nº Jardim Lavínia Mococa/SP CEP 13736-260 (19) 3656-5559 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA Curso: Informática Informática Gestão de Negócios. Disciplina: Administração Financeira e Orçamentária. Professor(a): Darlan Marcelo Delgado. Lista de Exercícios:. Conteúdo

Leia mais

ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO AULÃO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF PIO mjpio12@gmail.com REGIME DE CAPITALIZAÇÃO SIMPLES

ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO AULÃO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF PIO mjpio12@gmail.com REGIME DE CAPITALIZAÇÃO SIMPLES ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO AULÃO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF PIO mjpio12@gmail.com REGIME DE CAPITALIZAÇÃO SIMPLES 01) (TCM/RJ Técnico de Controle Externo FJG 2003) Guilherme utilizou o limite de crédito

Leia mais

Existe uma diferença entre o montante (S) e a aplicação (P) que é denominada de remuneração, rendimento ou juros ganhos.

Existe uma diferença entre o montante (S) e a aplicação (P) que é denominada de remuneração, rendimento ou juros ganhos. Módulo 3 JUROS SIMPLES 1. Conceitos Iniciais 1.1. Juros Juro é a remuneração ou aluguel por um capital aplicado ou emprestado, o valor é obtido pela diferença entre dois pagamentos, um em cada tempo, de

Leia mais

Gabarito das Autoatividades MATEMÁTICA FINANCEIRA (ADMINISTRAÇÃO/CIÊNCIAS CONTÁBEIS) 2010/2 Módulo II

Gabarito das Autoatividades MATEMÁTICA FINANCEIRA (ADMINISTRAÇÃO/CIÊNCIAS CONTÁBEIS) 2010/2 Módulo II Gabarito das utoatividades (DSÇÃO/ÊS OBS) 2010/2 ódulo USSLV D GBO DS UOVDDS GBO DS UOVDDS D 3 UDD 1 ÓPO 1 1 Defina a atemática inanceira..: atemática inanceira é uma disciplina que estuda o valor do

Leia mais

GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples)

GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples) Bertolo MATEMÁTICA FINANCEIRA Gab_fin2 1 GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples) 1. Uma pessoa toma R$ 30.000,00 emprestados, a juros de 3% ao mês,

Leia mais

Março/2012 Parte 2. Pag.1. Prof. Alvaro Augusto

Março/2012 Parte 2. Pag.1. Prof. Alvaro Augusto Pag.1 Pag.2 Pag.3 Descontos Desconto é a liquidação de uma operação antes de seu vencimento, envolvendo um prêmio ou recompensa. Valor Nominal, Valor de Resgate ou Valor de Face é o valor de um título

Leia mais

Disciplina de Matemática Financeira Curso Técnico em Finanças Profª Valéria Espíndola Lessa APOSTILA 1

Disciplina de Matemática Financeira Curso Técnico em Finanças Profª Valéria Espíndola Lessa APOSTILA 1 Disciplina de Matemática Financeira Curso Técnico em Finanças Profª Valéria Espíndola Lessa APOSTILA 1 Juros Simples Juros Compostos Desconto Simples Desconto Composto Erechim, 2014 INTRODUÇÃO A MATEMÁTICA

Leia mais

22.5.1. Data de Equivalência no Futuro... 22.5.2. Data de Equivalência no Passado... 2. 22.5. Equivalência de Capitais Desconto Comercial...

22.5.1. Data de Equivalência no Futuro... 22.5.2. Data de Equivalência no Passado... 2. 22.5. Equivalência de Capitais Desconto Comercial... Aula 22 Juros Simples. Montante e juros. Descontos Simples. Equivalência Simples de Capital. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes. Capitais equivalentes. Descontos: Desconto racional simples e

Leia mais

F NA N N A C N E C IRA

F NA N N A C N E C IRA MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA TRATA DO ESTUDO DO DINHEIRO AO LONGO DO TEMPO. OBJETIVO BÁSICO EFETUAR ANÁLISES E COMPARAÇÕES EFETUAR ANÁLISES E COMPARAÇÕES DOS VÁRIOS

Leia mais

Aula 04 Matemática Financeira. Equivalência de Capitais a Juros Compostos

Aula 04 Matemática Financeira. Equivalência de Capitais a Juros Compostos Aula 04 Matemática Financeira Equivalência de Capitais a Juros Compostos Introdução O conceito de equivalência permite transformar formas de pagamentos (ou recebimentos) em outras equivalentes e, consequentemente,

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA CONCURSOS

MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA CONCURSOS MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA CONCURSOS Matemática Financeira para Concursos 1 Conteúdo 1. Noções Básicas -------------------------------- 02 2. Juros Simples, Ordinário e Comercial ------- 04 Taxa Percentual

Leia mais

Prof. Luiz Felix. Unidade I

Prof. Luiz Felix. Unidade I Prof. Luiz Felix Unidade I MATEMÁTICA FINANCEIRA Matemática financeira A Matemática Financeira estuda o comportamento do dinheiro ao longo do tempo. Do ponto de vista matemático, um determinado valor a

Leia mais

Pra que serve a Matemática Financeira? AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS MATEMÁTICA FINANCEIRA 20/01/2016. Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc

Pra que serve a Matemática Financeira? AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS MATEMÁTICA FINANCEIRA 20/01/2016. Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc MATEMÁTICA FINANCEIRA Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc Pra que serve a Matemática Financeira? 1 NOÇÕES GERAIS SOBRE A MATEMÁTICA

Leia mais

Lista de exercício nº 4* Fluxos de caixa não uniformes, inflação, juros reais e nominais

Lista de exercício nº 4* Fluxos de caixa não uniformes, inflação, juros reais e nominais Lista de exercício nº 4* Fluxos de caixa não uniformes, inflação, juros reais e nominais 1. Calcule o Valor Presente Líquido do fluxo de caixa que segue, para as taxas de desconto de 8% a.a., 10% a.a.

Leia mais

JURO COMPOSTO. Juro composto é aquele que em cada período financeiro, a partir do segundo, é calculado sobre o montante relativo ao período anterior.

JURO COMPOSTO. Juro composto é aquele que em cada período financeiro, a partir do segundo, é calculado sobre o montante relativo ao período anterior. JURO COMPOSTO No regime de capitalização simples, o juro produzido por um capital é sempre o mesmo, qualquer que seja o período financeiro, pois ele é sempre calculado sobre o capital inicial, não importando

Leia mais

FACULDADE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

FACULDADE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE FACULDADE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE DISCIPLINA: Matemática Financeira e Engenharia Econômica TÓPICO: Sistemas de Amortização Prof: Khalil Conceito: O valor de uma prestação de um financiamento ou empréstimo

Leia mais

UNIDADE 1. SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS

UNIDADE 1. SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS UNIDADE. SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS Empréstimo - Recurso financeiro que não necessita ser justificado quanto a sua finalidade; por exemplo: cheque especial e CDC(Crédito Direto

Leia mais

Para o cálculo dos juros siga corretamente este roteiro:

Para o cálculo dos juros siga corretamente este roteiro: Juro Simples Juro: é a remuneração do capital emprestado, podendo ser entendido, de forma simplificada, como sendo o aluguel pago pelo uso do dinheiro. Capital: qualquer valor expresso em moeda e disponível

Leia mais

Comentário Geral: Prova dentro dos padrões da banca examinadora. Questões fáceis: 6 Questões medianas: 2 Questões difíceis: 0

Comentário Geral: Prova dentro dos padrões da banca examinadora. Questões fáceis: 6 Questões medianas: 2 Questões difíceis: 0 Comentário Geral: Prova dentro dos padrões da banca examinadora. Questão passível de anulação: 27 Porém, não acredito que a banca anulará, veja o comentário Questões fáceis: 6 Questões medianas: 2 Questões

Leia mais

Matemática Financeira Departamento de Matemática - UFJF

Matemática Financeira Departamento de Matemática - UFJF Matemática Financeira Departamento de Matemática - UFJF Notas de aulas Wilhelm Passarella Freire (Colaboração: André Arbex Hallack) Março/2009 Índice 1 Conceitos básicos e simbologia 1 1.1 Introdução......................................

Leia mais

mat fin 2008/6/27 13:15 page 53 #50

mat fin 2008/6/27 13:15 page 53 #50 mat fin 2008/6/27 13:15 page 53 #50 Aula 4 DESCONTO NA CAPITALIZAÇ ÃO SIMPLES O b j e t i v o s Ao final desta aula, você será capaz de: 1 entender o conceito de desconto; 2 entender os conceitos de valor

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA 216 questões com gabarito

MATEMÁTICA FINANCEIRA 216 questões com gabarito 216 questões com gabarito FICHA CATALOGRÁFICA (Catalogado na fonte pela Biblioteca da BM&F BOVESPA Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros) MATEMÁTICA FINANCEIRA: 216 questões com gabarito. São Paulo:

Leia mais

Aula 2 Matemática Financeira para BDMG

Aula 2 Matemática Financeira para BDMG Aula 2 Matemática Financeira para BDMG Equivalência Composta de Capitais... 2 Progressão Geométrica... 19 Cálculo da razão... 20 Termo Geral... 20 Séries Uniformes... 23 Elementos de uma série uniforme...

Leia mais

Conceitos Básicos 09/10/2015. Módulo IV Capitalização Composta. CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA Montante e Juro Fórmulas Derivadas

Conceitos Básicos 09/10/2015. Módulo IV Capitalização Composta. CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA Montante e Juro Fórmulas Derivadas Módulo IV Capitalização Composta Danillo Tourinho S. da Silva, M.Sc. CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA Montante e Juro Fórmulas Derivadas Conceitos Básicos No sistema de juros compostos (regime de capitalização composta),

Leia mais

MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA

MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA PORCENTAGEM MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA Quando é dito que 40% das pessoas entrevistadas votaram no candidato A, esta sendo afirmado que, em média, de cada pessoas, 40 votaram no candidato

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Matemática Financeira Professor conteudista: Dalton Millan Marsola Sumário Matemática Financeira Unidade I 1 CONCEITOS FUNDAMENTAIS...1 1.1 Taxa de juros...2 1.2 Taxa percentual...4 1.3 Taxa unitária...4

Leia mais

Juros Simples. www.siteadministravel.com.br

Juros Simples. www.siteadministravel.com.br Juros Simples Juros simples é o acréscimo percentual que normalmente é cobrado quando uma dívida não foi pago na data do vencimento. Financiamento de casa própria A casa própria é o sonho de muitas famílias,

Leia mais

Elementos de Análise Financeira Juros Simples Profa. Patricia Maria Bortolon

Elementos de Análise Financeira Juros Simples Profa. Patricia Maria Bortolon Elementos de Análise Financeira Juros Simples Fórmulas de Juros Simples J C i n Onde: J = valor dos juros expresso em unidades monetárias C = capital. É o valor (em $) em determinado momento i = taxa de

Leia mais

Sérgio Carvalho Matemática Financeira Simulado 02 Questões FGV

Sérgio Carvalho Matemática Financeira Simulado 02 Questões FGV Sérgio Carvalho Matemática Financeira Simulado 02 Questões FGV Simulado 02 de Matemática Financeira Questões FGV 01. Determine o valor atual de um título descontado (desconto simples por fora) dois meses

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES Olá pessoal! Neste ponto resolverei a prova de Matemática Financeira para Auditor Fiscal da Receita Municipal Pref. Municipal de Angra dos Reis, organizada pela FGV. A prova foi realizada no dia 02/05/2010.

Leia mais

2. (ANEEL 2004 ESAF) A

2. (ANEEL 2004 ESAF) A 1. (Auditor Fiscal de Fortaleza 1998 ESAF) Um capital aplicado a juros compostos, à taxa nominal de 36% ao ano, com capitalização mensal, atingiu um montante de R$ 10.900,00, ao fim de um trimestre. Desprezando

Leia mais

RESUMÃO MATEMÁTICA FINANCEIRA

RESUMÃO MATEMÁTICA FINANCEIRA RESUMÃO MATEMÁTICA FINANCEIRA Conteúdo 1. Noções Básicas pág. 02 2. Juros Simples, Ordinário e Comercial pág. 04 Taxa Percentual e Unitária Taxas Equivalentes Capital, Taxas e Prazos Médios Montante Desconto

Leia mais

Fundamentos da Matemática Financeira

Fundamentos da Matemática Financeira 1. (Banco do Brasil 1998) Uma geladeira é vendida a vista por R$ 1.000,00 ou em duas parcelas, sendo a primeira como uma entrada de R$ 200,00 e a segunda, dois meses após, no valor de R$ 880,00. Qual a

Leia mais

EQUIVALÊNCIAS DE CAPITAIS

EQUIVALÊNCIAS DE CAPITAIS EQUIVALÊNCIAS DE CAPITAIS Muitas são as vezes nas quais é necessário fazer a troca de um ou mais títulos por outro(s), esta é uma situação que ocorre com freqüência, pois nem sempre um comerciante consegue

Leia mais

Cálculo Financeiro Fixa nº2

Cálculo Financeiro Fixa nº2 Cálculo Financeiro Fixa nº2 2. Regimes de Capitalização 2.1. O Regime de Juro Simples 2.2. O Regime de Juro Composto 8 Considere um empréstimo de 300 000 Euros, pelo prazo de 4 anos, à taxa anual de juro

Leia mais

DESCONTO SIMPLES Roteiro Roteiro Introdução Introdução Introdução N Valor Nominal Desconto D Valor Atual A d Taxa de Desconto 0 1 2 3 t Tempo de antecipação Fonte: PENIDO, Eduardo. Matemática Financeira

Leia mais

Prof. Eugênio Carlos Stieler

Prof. Eugênio Carlos Stieler http://www.unemat.br/eugenio DESCONTOS CONCEITO A chamada operação de desconto normalmente é realizada quando se conhece o valor futuro de um título (valor nominal, valor de face ou valor de resgate) e

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA Professor Fábio Maia. AULA 1 - Juros Simples. Formulário: Juros Simples: j = C.i.n e Montante: M = C. (1 + i.

MATEMÁTICA FINANCEIRA Professor Fábio Maia. AULA 1 - Juros Simples. Formulário: Juros Simples: j = C.i.n e Montante: M = C. (1 + i. MATEMÁTICA FINANCEIRA Professor Fábio Maia AULA 1 - Juros Simples Juros Simples é o processo financeiro onde apenas o principal rende juros, isto é, os juros são diretamente proporcionais ao capital empregado.

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA Conceitos básicos A Matemática Financeira é uma ferramenta útil na análise de algumas alternativas de investimentos ou financiamentos de bens de consumo. Consiste em empregar procedimentos

Leia mais

Aula 3 Matemática Financeira para BDMG

Aula 3 Matemática Financeira para BDMG Aula 3 Matemática Financeira para BDMG Sistemas de Amortização... 2. Conceito... 2.2 Sistema Francês de Amortização (Sistema de Amortização Progressiva)... 2.2. Tabela Price... 3.2.2 Descrição das parcelas

Leia mais

MA12 - Unidade 10 Matemática Financeira Semana 09/05 a 15/05

MA12 - Unidade 10 Matemática Financeira Semana 09/05 a 15/05 MA12 - Unidade 10 Matemática Financeira Semana 09/05 a 15/05 Uma das importantes aplicações de progressões geométricas é a Matemática Financeira. A operação básica da matemática nanceira é a operação de

Leia mais

Matemática Financeira Aplicada. www.adrianoparanaiba.com.br

Matemática Financeira Aplicada. www.adrianoparanaiba.com.br Matemática Financeira Aplicada www.adrianoparanaiba.com.br Conceitos Básicos - Juros Simples - Juros Composto Juros Simples: J = C x i x n M = C + J Juros Compostos M = C x (1 + i) n J = M C Exemplo: Aplicação

Leia mais

Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais

Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais Juros Compostos Fórmulas - 1 RELAÇÃO ENTRE PMT E FV FV = PMT [ ( 1 + i ) n-1 + ( 1 + i ) n-2 + + ( 1 + i ) + 1 ] (A) Multiplicando por (1+i): FV = PMT [(1 +

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO DISCIPLINA: ECONOMIA DA ENGENHARIA I PROFESSOR JORGE JUNIOR E.MAIL: JJUNIORSAN@CEUNES.UFES.BR Apostila integralmente

Leia mais

PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA

PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA UNESPAR/PARANAVAÍ - Professor Sebastião Geraldo Barbosa - 0 - PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA Setembro/204 UNESPAR/PARANAVAÍ - Professor Sebastião Geraldo Barbosa - -. RENDAS CERTAS OU ANUIDADES Nas

Leia mais

Aula 08 Matemática Financeira. Amortização de Empréstimos

Aula 08 Matemática Financeira. Amortização de Empréstimos ula 08 Matemática Financeira mortização de Empréstimos Introdução Freqüentemente, nas operações de médio e longo prazo, as operações de empréstimos são analisadas período por período. Consideremos os instantes

Leia mais

Por juros entende-se toda e qualquer remuneração de um capital.

Por juros entende-se toda e qualquer remuneração de um capital. 2 Por juros entende-se toda e qualquer remuneração de um capital. Pode ser entendido também como o pagamento de um indivíduo pelo uso do capital de outro. O uso do capital pode ser realizado através de

Leia mais

Matemática Financeira II

Matemática Financeira II Módulo 3 Unidade 28 Matemática Financeira II Para início de conversa... Notícias como essas são encontradas em jornais com bastante frequência atualmente. Essas situações de aumentos e outras como financiamentos

Leia mais

Apostila de Matemática Financeira Parte 01

Apostila de Matemática Financeira Parte 01 Apostila de Matemática Financeira Parte 01 Autor: Guilherme Yoshida Facebook: facebook.com/guilhermeyoshida90 Google+: https://plus.google.com/108564693752650171653 Blog: Como Calcular Curta a Página do

Leia mais