caixamundo O futuro começa agora SOLUÇÕES DE POUPANÇA E INVESTIMENTO PARA RESIDENTES NO ESTRANGEIRO CGD - Banco do Design

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "caixamundo O futuro começa agora SOLUÇÕES DE POUPANÇA E INVESTIMENTO PARA RESIDENTES NO ESTRANGEIRO CGD - Banco do Design"

Transcrição

1 caixamundo no Edição n.º 17 Outubro Dezembro 2010 O futuro começa agora SOLUÇÕES DE POUPANÇA E INVESTIMENTO PARA RESIDENTES NO ESTRANGEIRO CGD - Banco do Design UMA HISTÓRIA DE SUCESSO Sandra Correia CORTIÇA NACIONAL CONQUISTA O MOMA União EM TEMPO DE FÉRIAS, CAIXA APROXIMA NÃO RESIDENTES ACCUMEM

2 EDITORIAL SUZANA FERREIRA No dia 31 de Outubro, comemorou-se o Dia Mundial da Poupança uma data que quisemos frisar nesta edição da Caixa no Mundo. Apresentamos-lhe, por isso, as soluções adequadas para si que reside no estrangeiro, procurando, deste modo, destacar a importância de poupar para a vida e o futuro de todos. Mas como a presença da Caixa na sociedade ultrapassa a actividade financeira, damos-lhe a conhecer a intervenção na área do Design. Assim, além da divulgação da terceira edição do Concurso de Design de Equipamento Urbano com Materiais Reciclados e/ou Recicláveis, destacamos, ainda, Sandra Correia, uma empresária inovadora que levou a sua Pelcor ao MOMA, fazendo da cortiça portuguesa um trunfo de sucesso internacional. Estes e outros temas compõem a presente edição da Caixa no Mundo, onde fica patente a ligação e a proximidade que a Caixa dedica aos Clientes residentes no estrangeiro. Descubra, por isso, o novo microsite para residentes no estrangeiro e conheça as iniciativas que a Caixa levou a cabo neste Verão, destinadas às comunidades portuguesas dispersas pelo Mundo. Bem-vindo à 17ª edição, da sua Caixa no Mundo. SUMÁRIO 3 NOTÍCIAS Novidades do Grupo CGD 4 MUNDO CAIXA Inauguração da nova Sede do Banco Caixa Geral Totta de Angola; A Caixa nas comemorações do Tratado de Schengen; BCA aposta nos Clientes e na inovação 6 PRODUTOS Soluções financeiras para todos os investidores 8 A CAIXA E OS PORTUGUESES A Caixa mais próxima dos portugueses residentes no estrangeiro; Cliente CGD na final do Mundial 2010; Campanha televisiva da Caixa recorreu a Clientes 11 SUCESSO EM PORTUGUÊS Sandra Correia e a internacionalização da Pelcor 12 DESIGN E ARQUITECTURA Caixa apoia o Design 12 EVENTOS Luso 2010 em Southampton; CGD presente no Mundial do Automóvel, em Paris 13 EMPREENDIMENTO Eden Resort abriu portas em Albufeira FICHA TÉCNICA Directora Suzana Ferreira Coordenador DCM Edição de Arte, Grafismo, Redacção, Revisão, Fotografia, Projecto e Projecto Gráfico Divisão Customer Publishing da Impresa Publishing Propriedade Caixa Geral de Depósitos, Av. João XXI, 63, Lisboa Depósito Legal n.º /08 Edição e Produção Divisão Customer Publishing Impresa Publishing, R. Calvet de Magalhães, 242, Paço de Arcos Tiragem exemplares (Edição n.º 17, Outubro/Dezembro 2010) Distribuição Gratuita Periodicidade Trimestral ICS Impressão Lisgráfica - Impressão e Artes Gráficas, SA Correio do Leitor A Caixa no Mundo é uma publicação da Divisão Customer Publishing da Impresa Publishing, sob licença da Caixa Geral de Depósitos. 2 CAIXA NO MUNDO OUTUBRO DEZEMBRO 2010

3 NOTÍCIAS CAIXA À DISTÂNCIA DE UM CLIQUE Microsite para Residentes no Estrangeiro A Caixa criou um novo microsite especialmente a pensar em si que reside no estrangeiro. Num único espaço, encontrará os melhores produtos e serviços, além de inúmeras sugestões Esteja onde estiver, para a Caixa não há distâncias. O desenvolvimento da Internet, enquanto meio de comunicação privilegiado, mais não fez do que potenciar a relação de proximidade que a Caixa preserva, desde há muito, com os seus Clientes e, em particular, com os Clientes que vivem no estrangeiro. Foi com esse intuito que a Caixa desenvolveu um microsite, onde os Clientes que se encontram fora de Portugal podem ficar a conhecer as melhores soluções financeiras para cada situação. Assim, encontrará soluções específicas para si, seja em termos de poupança e de investimento (com destaque para os depósitos a prazo), seja para a gestão do seu dia-a-dia, onde os serviços Caixadirecta Internacional e o de débitos directos assumem relevo especial, bem como a conta Gestão Automática de Tesouraria. Comprar casa é, também, uma tarefa facilitada pelo novo microsite da CGD, que lhe propõe não só as melhores soluções de Crédito, mas também o serviço Documentos Habitação, que trata de todos os documentos por si. Além do Crédito à Habitação, existem, ainda, variadíssimas opções para os seus projectos pessoais: Crediformação Caixa, Caixa Jovem Empreendedor, Crédito Pessoal e Crédito Pessoal Automóvel. Mas não é tudo! O novo microsite apresenta-lhe, ainda, as várias soluções para a sua segurança e protecção, como, por exemplo, seguros de acidentes pessoais e planos de saúde, bem como uma agenda com as iniciativas da Caixa junto das comunidades. Por último, mas não menos importante, a secção de links úteis deixa-lhe uma série de indicações sobre turismo, entidades e organismos oficiais, entre outras. O novo microsite é, por isso, um reforço importante dos objectivos da Caixa: prestar uma permanente atenção ao Cliente e optimizar a qualidade do serviço prestado. Saiba mais em NOVA ESTRUTURA DO GRUPO Caixa Imobiliário Dar a conhecer a oferta de imóveis disponíveis, para venda ou arrendamento, é o objectivo ACaixa Imobiliário é a nova estrutura do Grupo Caixa, dedicada à promoção e comercialização dos imóveis do Grupo. O compromisso desta estrutura é dar-lhe a conhecer, a todo o momento, a oferta de imóveis disponíveis. A equipa da Caixa Imobiliário está sempre à sua disposição para apoiá-lo, na pesquisa da sua casa ou do espaço para o seu negócio. Saiba mais em LEILÕES EM OUTUBRO No âmbito do Salão Imobiliário de Portugal (SIL), que decorreu de 21 a 24 de Outubro, na FIL Expo, em Lisboa, o Grupo Caixa Geral de Depósitos levou a cabo três leilões imobiliários, onde foi possível licitar 200 imóveis, entre fracções habitacionais, moradias, lotes de terreno e lojas nas áreas geográficas da Grande Lisboa, Região Centro e Sul. Os leilões tiveram lugar nos dias 22, 23 e 24 de Outubro, tendo ficado a cargo das Com o Caixa Imobiliário, encontrar casa é, agora, mais fácil leiloeiras Euro Estates, nos dois primeiros dias, e Luso Roux, no dia 24. Informação mais detalhada sobre estes ou futuros eventos poderá ser obtida em www. caixaimobiliario.pt ou no site de cada uma das leiloeiras. OUTUBRO DEZEMBRO 2010 CAIXA NO MUNDO 3

4 MUNDO CAIXA Caixa Totta terá nova Sede José Sócrates visitou o espaço, a inaugurar no último trimestre do ano Inserida no âmbito da VIII Cimeira da CPLP, a visita do primeiro-ministro, José Sócrates, a Luanda, foi pretexto para a visita à futura sede do Banco Caixa Geral Totta de Angola. O primeiro-ministro Joaquim David, Francisco Bandeira e José Socrates inauguram a nova Sede do Caixa Totta Angola português fez-se acompanhar por diversas personalidades, entre as quais, o ministro angolano da Geologia, Minas e Indústria, Joaquim David, e por diplomatas da Embaixada de Portugal. O moderno edifício situa-se na Nova Marginal (Praia do Bispo), zona onde está a nascer o novo centro de negócios de Luanda. Composto por cinco pisos, tem capacidade para mais de cem colaboradores e contará, ainda, com uma moderna Agência junto à sua entrada. Prevista para o último trimestre deste ano, a inauguração da nova Sede será o pontapé de saída para um alargamento da rede comercial de 11 para 50 Agências até Este alargamento permitirá reforçar os objectivos do Banco, concentrando as suas principais áreas de suporte e potenciando as sinergias essenciais ao seu crescimento sustentado. Uma estratégia que reflecte a assinatura da Instituição: Investir no Presente. Conquistar o Futuro. Francisco Bandeira, vice-presidente da CGD e presidente do Conselho de Administração do Banco Caixa Geral Totta de Angola, aproveitou, ainda, a ocasião para anunciar que, em breve, será registado um novo banco, especialmente orientado para projectos de investimento no mercado angolano, através de uma parceria de 50 por cento com a Sonangol. CGD nas Comemorações do Tratado de Schengen Caixa patrocinou exposição de pintura Acidade de Schengen, no Luxemburgo, foi palco de inúmeras iniciativas por ocasião das Comemorações do XXV Aniversário da assinatura do Tratado de Schengen. Uma dessas iniciativas foi a exposição de pintura de Rico Sequeira e Robert Brandy, que teve lugar no Château de Schengen, e que contou com o patrocínio da CGD no Luxemburgo. Esta exposição foi um dos eventos mais mediáticos das comemorações, tendo promovido o diálogo entre culturas, a afirmação da diversidade cultural e a livre circulação da expressão artística como Presentes Rico Sequeira e Durão Barroso valores que se enquadram no espírito do Tratado. O patrocínio da Caixa reflecte o seu compromisso no apoio à cultura e, em particular, à expressão artística, neste caso, face a dois artistas consagrados: Rico Sequeira, artista plástico contemporâneo português de renome internacional, e Robert Brandy, um dos mais célebres pintores luxemburgueses. A notoriedade do evento e a sua dimensão europeia justificaram a visita do Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, que esteve presente em Schengen para participar nas Comemorações do XXV Aniversário da assinatura do Tratado de Schengen. A exposição contou, também, com os apoios do Ministério da Cultura Luxemburguês, da Câmara Municipal de Schengen, do Syndicat d Initiative de Schengen e do Château de Schengen. 4 CAIXA NO MUNDO OUTUBRO DEZEMBRO 2010

5 PRODUTOS E SOLUÇÕES INOVADORES BCA dinamiza mercado cabo-verdiano Numa altura em que comemora o 17.º aniversário, o Banco mantém a aposta na inovação e nos Clientes OBanco Comercial do Atlântico (BCA) é o maior banco comercial de Cabo Verde, líder do sistema financeiro do país e um exemplo de clara aposta na inovação e na modernização. Essa liderança reflecte-se em vários momentos: o BCA foi pioneiro no lançamento de produtos, como o BCA Leasing Auto, Leasing Equipamentos e o BCA Factoring, bem como na instalação de máquinas ATM em todas as ilhas e concelhos do país. Hoje, o BCA mantém o seu enfoque na satisfação das necessidades dos seus Clientes, através de uma crescente qualidade dos serviços e de uma dinâmica de inovação e desenvolvimento tecnológico da sua oferta, como comprova a recente disponibilização de transferências internacionais via Internet banking. Esta solução faz, agora, parte de um leque alargado de soluções existentes no BCA-Directo o serviço de banca à distância do BCA, um meio importante, sobretudo, para quem vive fora de Cabo Verde e que permite aos Clientes acederem às suas contas de forma cómoda e segura. Através do BCA-Directo, os Clientes podem consultar as ordens de pagamento emitidas e recebidas, bem como efectuarem transferências para o exterior, sem terem de se deslocar aos balcões. As consultas são gratuitas e as operações têm um custo muito mais baixo do que nas Agências. Outro produto inovador é o BCA Factoring, uma nova aposta do Banco Comercial do Atlântico para o tecido empresarial cabo-verdiano. Esta solução visa o financiamento à tesouraria das empresas, através da antecipação de recebimento de Produtos Para além dos particulares, o BCA procura estar perto das empresas facturas cedidas pelas mesmas ao BCA, que ainda lhes presta um serviço de cobrança associado. As empresas aderentes têm acesso mais simples a crédito para apoio à tesouraria, a preçário e taxa de juros mais competitivos e apoio na gestão de cobranças. Mais informações sobre estas e outras soluções em MAIS PERTO DAS COMUNIDADES O BCA mantém-se como o Banco dos cabo-verdianos emigrantes e dos não residentes em Cabo Verde. Nesse sentido, o BCA patrocinou, pela terceira vez, o festival Nós Tradiçon, promovido pela EADS Elo Associativo para Desenvolvimento Social, realizado em Lisboa, a 12 de Setembro. Na véspera, o BCA organizara um encontro com os emigrantes cabo-verdianos, na Universidade de Lisboa, onde foram apresentados produtos e soluções orientados para este segmento. Contudo, a actividade do BCA junto das comunidades não se faz só em Portugal. Recentemente, ocorreram visitas à Holanda e aos Estados Unidos, oportunidades para estreitar relações com as comunidades e para o desenvolvimento de parcerias. No âmbito da visita à Holanda, o BCA patrocinou um evento organizado pela Liga de Clubes de Cabo-verdianos residentes em Roterdão. Já nos Estados Unidos, a comitiva do BCA reuniu-se com a diáspora cabo-verdiana para celebrar o 35.º aniversário da Independência de Cabo Verde e os 550 anos da Descoberta das ilhas. Durante a visita, o BCA patrocinou a conferência Youth in Dangerous Times - The Capeverdean Challenge, realizada na Universidade de Massachussets. BREVES BCI INCENTIVA ECONOMIA MOÇAMBICANA O Banco Comercial e de Investimentos (BCI) anunciou várias iniciativas de apoio ao sector empresarial moçambicano. Uma delas foi o BCI Negócios Mulher Empreendedora, um programa de apoio às Empresárias em Nome Individual e Pequenas Empresas detidas ou geridas, maioritariamente, por mulheres, que resulta da assinatura de um acordo com o International Finance Corporation (IFC). O programa inclui aconselhamento e apoio especializado em todo o desenvolvimento da empresa, permitindo ao BCI reforçar o posicionamento de parceiro privilegiado das empresárias moçambicanas, estimulando a sua integração na economia formal. Fruto de um outro acordo com o IFC, o BCI aumentou a capacidade de financiamento às Pequenas e Médias Empresas (PME). Este financiamento de 30 milhões de dólares americanos permitirá ao Banco passar, nos próximos dois anos, dos actuais 100 milhões de dólares destinados às PME para, aproximadamente, 165 milhões um valor que se espera que ultrapasse os 200 milhões, dentro de cinco anos. O BCI rubricou, ainda, dois outros acordos de financiamento com a Agência Francesa de Desenvolvimento, através da Société de Promotion et de Participation pour la Coopération Économique (Proparco), que permitirão, igualmente, o aumento da capacidade de crédito às PME moçambicanas. Um dos acordos estabelece um empréstimo de médio/longo prazo, no valor de 20 milhões de dólares americanos, e o outro define garantias que facilitam o acesso das PME ao crédito, no BCI. OUTUBRO DEZEMBRO 2010 CAIXA NO MUNDO 5

6 PRODUTOS CAIXA PROXIMIDADE REFORÇADA Soluções de Poupança e Investimento Seja qual for o seu perfil de investidor, a Caixa disponibiliza-lhe uma gama diversificada de produtos financeiros e apoia-o, sempre, nas suas decisões Antes de investir, deve ter em consideração um conjunto de questões importantes. Pense, por exemplo, quais são os seus objectivos a curto, médio e a longo prazo, qual o seu grau de tolerância ao risco, o regime fiscal dos produtos que quer subscrever, assim como os custos associados. A pensar no perfil de cada Cliente, a Caixa tem soluções para aforradores que preferem prazos longos, para investidores que arriscam o rendimento, mas não o capital, investidores mais ambiciosos que assumem o risco de rendimento, Clientes que investem fora da Zona Euro, entre outros. Conheça alguns dos produtos específicos para residentes no estrangeiro e outros mais genéricos que seleccionámos para si, com o objectivo de diversificar e rendibilizar as suas poupanças: CAIXA AFORRO ANUAL + Sempre a pensar em si e na segurança das suas poupanças, a Caixa tem, agora, ao seu dispor uma solução de investimento que garante o capital investido e remunera as suas poupanças com taxas atractivas: o Caixa Aforro Anual +. Trata-se de um depósito a prazo, a cinco anos, com constituição mínima de 100 euros e máxima de 100 mil euros (por Cliente) e pagamento anual de juros. As taxas de juro anuais nominais brutas (TANB) são fixas e crescentes, com prémios de permanência anual (TANB desde 1% no 1.º ano, até 6% no 5.º ano, com uma TANB média de 2,65% para o prazo de cinco anos). Este depósito permite a mobilização antecipada em qualquer momento, de forma total ou parcial, sem penalização dos juros corridos, nas datas de pagamento de juros, e com penalização fora dessas datas. O Caixa Aforro Anual + está disponível para pessoas singulares e Empresários em Nome Individual, na vertente particulares, e é de subscrição exclusiva para: Clientes que destinem à constituição deste depósito montantes provenientes, em exclusivo, de outra Instituição de Crédito; Clientes Caixazul titulares de cartão de débito diferido Caixazul; Clientes Caixa Mais titulares de cartão On; Clientes residentes no estrangeiro com gestor dedicado; Clientes titulares de cartão de débito diferido e/ou de crédito Caixa Woman; Clientes titulares de cartão de débito diferido e/ou de crédito Caixa Activa. BREVES ELEGÂNCIA À MESA Até 31 de Dezembro, pode adquirir um faqueiro e um serviço de mesa da Vista Alegre, assim como um faqueiro da Topázio. Esta oportunidade insere-se no âmbito da campanha Casa e Decoração 2010, fruto da parceria estabelecida entre a Caixa e as duas marcas. Os serviços de mesa da Vista Alegre, da linha Hollywood, encontram-se disponíveis em três opções: Splash: serviço de mesa completo com 70 peças (12 pessoas); oferta de um serviço de café, composto por 15 peças; Domo Graffiato: serviço de mesa completo com 66 peças (12 pessoas); oferta de um serviço de café, com um total de 15 peças; Domo Platinium: serviço de mesa completo com 66 peças (12 pessoas); oferta de um serviço de café de 15 peças. Já em relação aos faqueiros, pode optar entre: Faqueiro em aço cromo, da linha Veja, da Vista Alegre, constituído por 130 peças. Oferta do estojo. Faqueiro em prata, da linha Luís XVI, da Topázio, composto por 145 peças em prata. Peso total: 6686 g. Oferta da 6 CAIXA NO MUNDO OUTUBRO DEZEMBRO 2010

7 Caixadirecta on-line, por montante mínimo de 2500 euros e máximo de 50 mil euros. Permite a mobilização antecipada, com perda total de juros corridos. A taxa de juro anual nominal bruta (TANB) do depósito corresponde a 90% da média da Euribor 6 meses (base 360 dias), verificada no mês anterior à data da constituição, arredondada à milésima. Base de cálculo: Act/360dias. DEPÓSITOS ESTRUTURADOS ONSHORE E OFFSHORE Depósitos a prazo simples e depósitos a prazo indexados, que permitem o acesso a mercados com maior potencial de rendibilidade e com a garantia do capital investido. Domiciliação em três locais distintos: mercado doméstico, Sucursal Financeira Exterior da Madeira e Caixa Geral de Depósitos Subsidiária Offshore de Macau. DEPÓSITO MAIS Até 31 de Dezembro, poderá subscrever o Depósito Mais pelo prazo de três meses ou de um ano, com uma TANB* de 1,50% ou 2,50%, respectivamente. Este depósito está disponível para Clientes residentes no estrangeiro que possuam morada e contactos telefónicos no estrangeiro actualizados. *Taxa Anual Nominal Bruta CAIXANET.RE O Caixanet.RE é um depósito a prazo a 181 dias, concebido a pensar nos Clientes residentes no estrangeiro. A constituição é feita, exclusivamente, através do serviço SEGUROS DE CAPITALIZAÇÃO DA FIDELIDADE MUNDIAL (SEGURADORA DO GRUPO CAIXA) Aplicações de poupança a médio e longo prazo. Estes seguros financeiros, de entre os quais destacamos o Leve Solução Reforma, o Caixa Seguro Capital Mais e o Caixa Seguro Nostrum, apresentam condições exclusivas, aliando planos de entregas periódicas, taxas de juro garantidas, seguros de vida e benefícios fiscais. Informe-se sobre as soluções que mais se adequam às suas necessidades em qualquer Agência ou Representação da Caixa ou em personalização do faqueiro e do respectivo móvel. As entregas em Portugal são gratuitas e realizam-se, salvo ruptura de stock, num prazo máximo de 15 dias úteis, para Portugal Continental, e de 22 dias úteis paras as Regiões Autónomas, com excepção do faqueiro de prata Luís XVI personalizado, ao qual acresce um tempo de entrega de 15 dias úteis. Para entregas no estrangeiro, deverá ser solicitado orçamento através da linha Yunit Para mais informações, consulte BCA LANÇA VISA PRÉ-PAGO O Banco Comercial do Atlântico BCA continua na senda da inovação e melhoria de qualidade dos serviços que oferece aos seus Clientes, que, agora, têm acesso a um novo cartão, o BCA VISA FLEX. Seguro, prático e moderno, o BCA VISA FLEX é um cartão pré-pago recarregável, que constitui um meio internacional de pagamento válido, no âmbito do sistema Visa, destinado a Clientes particulares. Esta oferta diferencia-se dos outros cartões de débito e de crédito pelo maior controlo das despesas do utilizador, por limitar-se ao saldo carregado pelo Cliente e permitir maior conveniência para as diversas necessidades de transferência e utilização de fundos. Este cartão afigura-se, também, como ideal para pagamento de propinas, compras na Internet, entre outros serviços. OUTUBRO DEZEMBRO 2010 CAIXA NO MUNDO 7

8 EVENTOS CAIXA 2 1 A Caixa ao Encontro dos Residentes no Estrangeiro (Tocha) 2, 3, 4, 5 Fotos vencedoras do Passatempo de Fotografia (as restantes vencedoras serão publicadas na próxima edição): Lagoa das Sete Cidades, de Eduardo José Falua de Sousa; A Beleza do Porto, de Ana Filipa Esteves dos Prazeres Ferreira; Santos Populares de Lisboa, de David Tiago de Jesus da Silva Henriques; A Luz de Lisboa, de Suzana Margarida Granzina Gil (da esquerda para a direita) 1 RELAÇÃO DE PROXIMIDADE A Caixa e os Portugueses Um Verão cheio de emoções e desafios foi a proposta da CGD aos portugueses residentes no estrangeiro. O encontro realizado na Tocha e o passatempo de fotografia são apenas alguns exemplos P resente em 23 países, a Caixa procura, desde sempre, construir uma relação de proximidade com os seus Clientes, em particular, com aqueles que residem no estrangeiro. A aposta na língua, na cultura e nas comunidades lusas BREVES CAIXA, UMA MARCA BEM REPUTADA A Caixa foi reconhecida como um Banco com «forte» reputação junto da opinião pública. A conclusão provém do Pulse 2010, um estudo internacional conduzido pelo Reputation Institute, uma 8 ilustra esse compromisso e reflecte-se nas várias acções desenvolvidas pelas estruturas da CGD presentes nos vários países. As muitas bolsas de estudo entregues todos os anos ou os apoios a eventos desportivos e culturais são apenas alguns exemplos. das entidades mundiais mais importantes, no domínio da reputação. O estudo incidiu sobre 72 instituições financeiras, conferindo à Caixa o melhor resultado nacional neste sector e como marca portuguesa. A avaliação recebida pela Caixa Geral de Depósitos, de 72,09 pontos, coloca-a ao nível dos melhores resultados CAIXA NO MUNDO OUTUBRO DEZEMBRO 2010 No entanto, o universo de iniciativas da Caixa destinado a este público revela outras facetas, procurando, assim, fortalecer os laços das comunidades lusas de todo o mundo com a Caixa e Portugal. Foi com esse intuito, por exemplo, que foi lançado, recentemente, o microsite Residentes no Estrangeiro, disponível em (ver pág. 3). ENCONTRO NA TOCHA Este ano, a Caixa desafiou alguns Clientes residentes no estrangeiro e de férias no País para um convívio na Quinta do Escoural, na Tocha, perto de Cantanhede, num evento simbolicamente designado A Caixa internacionais, significando, de acordo com o estudo, «um elevado nível de confiança, respeito e de boa percepção que os consumidores têm para com a Empresa, colocando a sua reputação no patamar Forte/Robusto». Este resultado torna-se ainda mais significativo quando se constata que o sector financeiro atingiu uma média de 61,07 pontos, a nível internacional, sendo a avaliação mais elevada de 76,10. O estudo do Reputation Institute incide sobre sete dimensões: Produtos e Serviços, Inovação, Ambiente de Trabalho, Governo de Sociedade, Responsabilidade Social, Liderança e Performance Financeira.

9 3 4 5 ao Encontro dos Residentes no Estrangeiro. Foi uma tarde diferente, que reuniu cerca de 250 Clientes, oriundos de várias comunidades lusas, nomeadamente de França, Suíça, EUA, Canadá, Brasil e Venezuela. Além de um buffet e de um espectáculo musical, a Caixa brindou os Clientes com algumas ofertas, tendo sorteado, também, máquinas fotográficas entre os presentes. Durante o convívio, a Caixa assinalou, ainda, o aniversário de uma Cliente da Agência de Mira, que comemorou 60 anos, e homenageou um casal de Clientes da Figueira da Foz que uniram as suas vidas pelo casamento há 26. De acordo com as opiniões recolhidas junto dos participantes, a Caixa proporcionou um final de tarde de Verão muito agradável, num ambiente de convívio e de partilha de histórias, que se estendeu até às 22 horas. A Caixa fez-se representar pelos principais responsáveis por este segmento, nomeadamente o director comercial da Região de Coimbra Ocidental, Ermindo Dias, o director coordenador da Área Comercial 1, da Direcção de Particulares do Centro, Espírito Santo Lopes, e a directora central da Direcção de Banca para Residentes no Estrangeiro, Paula Pedro. O encontro contou, ainda, com a participação dos gerentes das onze Agências de Coimbra Ocidental e respectivos gestores de Clientes. IMAGENS QUE NOS UNEM Em destaque esteve, igualmente, o passatempo O Melhor de Portugal, iniciativa que decorreu durante o Verão e visou aproximar Portugal das comunidades portuguesas no estrangeiro, através de um concurso de fotografia. O objectivo passava por dar a conhecer o País, as suas tradições, regiões e outras curiosidades, assim como os importantes elementos representativos da presença portuguesa no mundo. Todos os utilizadores do serviço Caixadirecta puderam participar neste passatempo de fotografia, enviando, até 31 de Agosto, uma ou duas fotografias alusivas a Portugal ou a marcas significativas da presença das comunidades portuguesas no estrangeiro. O concurso teve como vencedores os Clientes Bruno Miguel Gouveia Figueiredo, Frederico D Aboim Inglez, David Tiago de Jesus da Silva Henriques, Suzana Margarida Granzina Gil, Alcides José Sousa da Costa, Ana Filipa Esteves dos Prazeres Ferreira, Eduardo José Falua de Sousa e Marcelino Delgado Correia. Os vencedores receberam uma máquina fotográfica digital. ANIMAÇÃO EM RIBEIRA DE PENA Numa época do mês assinalada pelo regresso a casa de milhares de portugueses, também o Município de Ribeira de Pena promoveu uma iniciativa destinada a este público. Esta foi a quarta edição da Festa do Emigrante do Concelho, evento que decorreu na Praça do Emigrante e incluiu festa, gastronomia e muita animação. À semelhança das edições anteriores, a festa contou com a presença de cerca de dois mil emigrantes que habitualmente se encontram de férias no nosso País. O programa contemplou a actuação de diversos ranchos folclóricos, não só nacionais, mas também oriundos de alguns países onde as comunidades portuguesas estão bem representadas. Esta edição do evento contou, pela primeira vez, com o patrocínio da Caixa, que se fez representar por dois colaboradores da Agência de Ribeira de Pena. CAIXA ENTREGA BOLSAS NA SUÍÇA No passado dia 7 de Setembro, a Caixa atribuiu bolsas a estudantes universitários portugueses residentes na Suíça, numa cerimónia que teve lugar na residência oficial do Embaixador na Suíça, José Manuel Carvalho Lameiras, que presidiu à iniciativa. No valor de 2000 francos suíços cada, as bolsas foram entregues a seis estudantes universitárias, de várias áreas de estudo, após deliberação do júri, composto por representantes de diversas entidades. Além das premiadas e das respectivas famílias, estiveram presentes na cerimónia a responsável do Escritório de Representação da CGD em Genebra, Maria Cristina Simão, e o 1.º Secretário da Embaixada, João de Deus. Na sua segunda edição, a atribuição das referidas bolsas resulta de uma parceria estabelecida com a Embaixada de Portugal em Berna, visando reforçar a intervenção da Caixa junto da nova geração da comunidade portuguesa na Suíça. OUTUBRO DEZEMBRO 2010 CAIXA NO MUNDO 9

10 CAMPANHAS CAIXA CAMPANHA VISA FIFA 2010 Cliente Caixa no Mundial Cliente da CGD assistiu ao vivo à final do Campeonato do Mundo, entre Espanha e Holanda J oão Amorim Carneiro, Cliente da CGD há cerca de 20 anos, foi um dos grandes vencedores da Campanha Visa FIFA Organizado pela VISA, para todos os bancos emissores de cartões VISA, o evento habilitava os utilizadores destes cartões a assistirem a um jogo do Campeonato do Mundo de Futebol, realizado na África do Sul. João Amorim Carneiro não escondeu a surpresa que sentiu quando soube que tinha ganhado uma viagem para assistir à final do Mundial, num prémio que contemplava viagem e estadia para duas pessoas. «De início, pensei que era brincadeira», confessa o Cliente da CGD, que se fez acompanhar à África do Sul pelo genro, José Mestre. Vencedor João Amorim (à direita) com o genro José Mestre A viagem teve a duração de seis dias, entre 9 e 14 de Julho, e a estadia, por motivos de segurança, foi na Cidade do Cabo. Além da deslocação a Joanesburgo para assistir ao jogo da final entre as selecções espanhola e holandesa, a VISA proporcionou, também, ao grupo de vencedores uma visita à rota vinícola Wine Land. Outro dos momentos altos foi a visita a Table Mountain, que recordam como «um planalto rochoso com uma vista magnífica sobre a Cidade do Cabo». Depois de um passeio num autocarro turístico, subiram ao cume através de teleférico e contemplaram a vista sobre a baía da cidade. Naquela que consideram uma viagem para mais tarde recordar, João Amorim Carneiro e José Mestre não hesitaram em tecer largos elogios à organização da viagem, à VISA e à Caixa, revelando nunca terem sentido qualquer tipo de insegurança. Além disso, confidenciaram que, durante a final, torceram pela selecção espanhola, que viria a sagrar-se campeã do mundo. AQUI É ONDE EU VOU À CAIXA Esteja onde estiver Durante o Verão, a campanha da Caixa rodou por vários canais televisivos. Agora, damos-lhe a conhecer os bastidores P assar a mensagem de que é possível aceder aos produtos e serviços da CGD em qualquer altura e em qualquer lugar foi o objectivo deixado pela Caixa no spot publicitário da campanha de Verão para Residentes no Estrangeiro. Tendo por base o conceito «Aqui é onde eu vou à Caixa», a campanha teve como palco as cidades de Barcelona, Londres e Paris e pretendia retratar o dia-a-dia de portugueses que residem fora de Portugal. Por isso mesmo, os protagonistas escolhidos 10 CAIXA NO MUNDO OUTUBRO DEZEMBRO 2010 foram portugueses residentes nas três cidades, que deixaram bem vincada a facilidade com que podem aceder às soluções financeiras oferecidas pela Caixa. O filme publicitário foi realizado pela produtora Take it Easy e pela APP, sob as coordenadas criativas da agência Young & Rubicam. Ao todo, foram necessários 15 dias intensos de pré-produção e uma semana de filmagens, pela mão de uma equipa de apenas seis pessoas que, de forma exemplar, conseguiram confirmar a Caixa como o Banco de todos os portugueses. Não actores Esta campanha foi protagonizada por residentes no estrangeiro

11 SUCESSO EM PORTUGUÊS SANDRA CORREIA À flor da Pel[e] A única empresa, em todo o mundo, a criar artigos em pele de cortiça é portuguesa e já chegou ao Museu de Arte Moderna, em Nova Iorque Nasceu e cresceu no mundo da cortiça. O avô era corticeiro; o pai é proprietário de uma unidade fabril onde, durante a infância, Sandra Correia correu e brincou por entre montes de cortiça. Oferecer um presente à cantora pop Madonna, de quem é admiradora, foi um desejo que já realizou. Agora, de São Brás de Alportel, no Algarve, Sandra sonha com uma loja na Quinta Avenida, em Nova Iorque. Em Lisboa, Sandra Correia estudou Comunicação Empresarial, no Instituto Superior de Comunicação Empresarial. O objectivo foi, sempre, aprender e voltar ao Algarve para dar o seu contributo ao negócio da família. «Há 15 anos, não imaginava que poderia desenvolver um projecto como a Pelcor», confessa a empresária, que, depois de Lisboa, prosseguiu os estudos em Huelva. O mestrado, em Ciências Económicas e Empresariais, muniu-a de novas competências e conhecimentos para enfrentar o mundo dos negócios, sempre com uma palavra em mente: inovar. Daí, nasceu a vontade de criar um projecto que mostrasse ao mundo que a cortiça é um material que pode, e deve, ter várias utilizações e aplicações. Não tardou a lançar a Pelcor, a única empresa, em todo o globo, a criar pele de cortiça, que pode ser utilizada nos mais variados artigos. Carteiras, malas de senhora e de viagem, chapéus, calçado, artesanato, porta-chaves, vestuário, artigos decorativos, tudo é possível desde que imaginado e devidamente planeado, num catálogo exclusivo da Pelcor, com conceitos e ideias trabalhados pelo designer de moda António José. É em São Brás de Alportel, na fábrica da família, que os pedaços de casca de sobreiro (a cortiça trabalhada é toda proveniente da zona do Alentejo e Algarve) são tratados e transformados em palmilhas de cortiça, depois de um longo e demorado processo. «As palmilhas são coladas até formarem um cubo com cerca de um metro e quarenta centímetros de largura», explica Sandra. De seguida, o cubo é laminado em finas tiras de cortiça, que podem ser aplicadas em qualquer tipo de tecido, como algodão ou poliéster. Para finalizar, a cortiça recebe um tratamento de impermeabilização, passando a pele de cortiça e garantindo resistência e comodidade. INTERNACIONALIZAÇÃO A internacionalização da Pelcor começou logo depois do lançamento da marca. A aposta na mostra de produtos em feiras internacionais de artesanato e de moda foi preponderante para conseguir novos contactos e, assim, levar a cortiça além-fronteiras, tendo Itália e França sido os primeiros países a conhecer os invulgares artigos em pele de cortiça. Hoje, a Pelcor está presente em quase todos os países da Europa, alguns Estados da América do Norte e nos Emirados Árabes Unidos. Em 2005, a Pelcor recebeu um convite para estar presente na Expo Aichi, no Japão, e, no ano passado, Sandra Correia teve «uma grande surpresa». A propósito da exposição Destination Portugal, uma comitiva do MoMA, Museu de Arte Moderna, veio de Nova Iorque com o intuito de escolher marcas e artistas portugueses para estarem na exposição. «A comitiva ficou muito surpreendida com o nosso trabalho. Nunca tinham visto nada parecido», conta Sandra. A exposição esteve no museu entre Maio e Julho de 2010 e três das peças da Pelcor, um guarda-chuva e dois modelos de mala, foram escolhidas para fazer parte do próximo catálogo do MoMA. E, depois da presença no MoMA, Sandra, a partir da loja de Lisboa, que funciona como uma espécie de trampolim para o exterior, não hesita quando lhe perguntam qual o salto que lhe falta realizar: «Uma loja na Quinta Avenida, em Nova Iorque. Pode demorar algum tempo, mas é algo que pretendo concretizar.» OUTUBRO DEZEMBRO 2010 CAIXA NO MUNDO 11

12 DESIGN & ARQUITECTURA CGD - BANCO DO DESIGN Desenhar a vida O design faz hoje parte do nosso quotidiano. Das mais simples peças às mais surpreendentes inovações, o toque do talento traz qualidade à nossa vida e é capaz até de reinventar materiais que, noutras circunstâncias, não passariam de lixo Imagine uma peça que é, ao mesmo tempo, um banco (ou dois!), uma mesa e um contentor para guardar jornais ou revistas. E é toda feita em material reciclado, a fazer lembrar os favos das abelhas. Funcional, bonito, inovador e ecologicamente sustentável, o Ecofavo assim se chama esta original peça foi uma das novidades que surgiram da criatividade de jovens designers portugueses nos últimos anos. A sua criadora, Soraia Abreu, era ainda estudante quando recebeu por esta criação o primeiro prémio no Concurso de Design de Mobiliário com Materiais Reciclados, em A distinção foi o primeiro passo na digressão que o Ecofavo tem feito, desde então, por diversas feiras de mobiliário e design um pouco por todo o mundo, integrado no circuito de exposições do Remade in Portugal, um projecto de promoção de produtos que privilegiem a reciclagem ou reutilização de materiais. O Concurso de Design de Mobiliário com Materiais Reciclados, promovido pela CGD, é uma história de sucesso. Dirigido especialmente a estudantes de Design, o concurso, que vai este ano na terceira edição, estabeleceu um desafio a novos criadores portugueses: o de utilizarem (ou reutilizarem) materiais reciclados e/ou recicláveis nos seus projectos. A iniciativa dá este ano um passo mais ambicioso, restringindo as criações a concurso ao mobiliário urbano. O objectivo é mostrar como, também no espaço público, as nossas cidades podem ser mais sustentáveis e amigas do ambiente sem ficarem a perder em funcionalidade, beleza ou conforto (saiba mais em Sustentabilidade/Cidades-Desenvolvimento/ Caixa-Banco-Design/Projectos/Concurso- Design-2010/Pages/Concurso-Design- Mobiliario-Materiais-Reciclados-2010.aspx). Juntar a ecologia ao design, de resto, faz História de sucesso Em 2010, a terceira edição do Concurso de Design incidirá sob a temática do Equipamento Urbano com Materiais Reciclados e/ou Recicláveis cada vez mais sentido. Com as dificuldades e os custos ambientais e económicos do tratamento de resíduos, o princípio do poluidor-pagador é, cada vez mais, a norma, o que faz da redução dos nossos impactos ecológicos um desígnio fundamental, não apenas para a nossa qualidade de vida, mas para o próprio dinamismo económico. Nasce, assim, o conceito de ecodesign, que, em Portugal, tem a expressão máxima no concurso dinamizado pela Caixa Geral de Depósitos. Todos os anos, as peças premiadas por um júri constituído por pessoas de reconhecido mérito e prestígio nas áreas do ambiente, arquitectura e design são postas a circular pelo mundo, onde representam a criatividade e capacidade de inovação do País nomeadamente em eventos como a Expo Saragoça, em 2008, e a Expo Shangai, este ano. CRIAR QUALIDADE Não se trata apenas de criar peças bonitas. É descobrir e explorar novas funcionalidades, novas formas de usar materiais novas formas de actuar perante o quotidiano, mesmo. E, em tempo de crise, cada vez mais as empresas procuram essa diferença que lhes permita desenvolver marcas próprias, inovadoras e arrojadas, capazes de conquistar novos clientes e novos mercados. Trata-se de 12 CAIXA NO MUNDO OUTUBRO DEZEMBRO 2010

13 criar qualidade de vida. E é, precisamente, para promover esse valor acrescentado que o design começa a ser cada vez mais acarinhado em Portugal. Além de promover o concurso de mobiliário, a Caixa Geral de Depósitos assumiu-se como o Banco do Design, criando um conjunto de parcerias e iniciativas que visam dar mais visibilidade ao trabalho dos designers nacionais. Para isso, a CGD associou-se ao Centro Português de Design, uma organização que, há mais de 20 anos, se dedica à promoção do design no nosso País. É uma parceria que, além de dar mais visibilidade ao trabalho do Centro, permite a organização de eventos como os Prémios Nacionais de Design que, de dois em dois anos, distinguem as principais criações portuguesas e são o principal galardão nesta área. A criação de um Observatório do Design, o financiamento de uma bolsa de estudo para designers portugueses em Londres e até o lançamento de um cartão bancário, especialmente criado para os profissionais do sector, são outros resultados do envolvimento da Caixa Geral de Depósitos como Banco do Design. A Caixa tem, ainda, uma parceria com a Remade in Portugal, a que se somam outros projectos que começam a dar frutos. No ano passado, o Banco associou-se à Experimenta Design, apoiando a mais importante bienal desta disciplina realizada no nosso País. A associação permitiu, agora, alargar a presença da Experimenta para além da bienal. DESIGN É DESCOBIR NOVAS FORMAS DE ACTUAR PERANTE O QUOTIDIANO Promover o design é promover a inovação. Deixar entrar os criadores no nosso quotidiano e dar-lhes licença para nos surpreenderem, nos seduzirem. Nos últimos anos, têm sido cada vez mais os designers a ganhar distinções nacionais e internacionais por um trabalho que, felizmente, é cada vez mais reconhecido também dentro de portas. Decididamente, Portugal está cada vez mais bonito! DO EDIFÍCIO-SEDE PARA O MUNDO Vencedor da segunda edição do concurso da CGD esteve na Mostra Portugal Tecnológico A maior mostra nacional de tecnologia e inovação, realizou-se em Setembro, na FIL, em Lisboa. Na edição de 2010, sob o tema A liderar o futuro, estiveram em destaque os projectos que contribuem para o sucesso do País e das Regiões, para o bem-estar das populações e para o aumento da capacidade exportadora da economia portuguesa. Foi neste âmbito que o Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território convidou o Remade in Portugal a expor os trabalhos de criadores portugueses da exposição A Um Passo do Sonho, que sublinha a importância que pequenos gestos do nosso quotidiano podem ter na construção de um futuro melhor. Nesta exposição, participaram, ainda, jovens criadores seleccionados através do concurso realizado pelo Remade in Portugal em parceria com o Centro Português de Design, em 2009, e também os trabalhos finalistas das duas edições do Concurso de Design de Mobiliário com Materiais Reciclados, promovido pela Caixa. OUTUBRO DEZEMBRO 2010 CAIXA NO MUNDO 13

14 EVENTOS CAIXA BREVES FESTA ANIMADA EM BERLIM A Escola Europeia Luso-Alemã de Berlim organizou, recentemente, uma festa destinada aos estudantes, familiares e professores, que contou com o apoio da CGD. Como habitual, a festa reuniu miúdos e graúdos, num programa animado com jogos, cantigas e danças, incluindo folclore e capoeira, e com stands de petiscos e rifas. Esta escola estadual insere-se no sistema de escolas europeias de Berlim, cidade que se orgulha da multi-culturalidade e que oferece, gratuitamente, o ensino bilingue em várias línguas. Resultou de uma colaboração entre o Senado de Berlim e o Ministério da Educação português, entidade que financiou os professores de português durante os primeiros sete anos. Nesta escola primária, os cursos são bilingues, ora em português, ora em alemão, apenas com a língua materna leccionada em separado. É frequentada por portugueses, brasileiros, angolanos e alemães com interesse em aprender português. DAR VIDA Em todo o mundo, morre uma mulher por minuto devido a complicações durante a gravidez ou parto. Em resposta, surgiu a campanha Nenhuma Mulher Deve Morrer por Dar Vida, uma iniciativa conjunta do Governo Português, com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA), em parceria com a Associação para o Planeamento da Família, a Campanha do Milénio, a RTP e a CGD. O apoio da CGD resultou na criação de um site (www.campanhadarvida.com) e na divulgação da iniciativa, procurando contribuir para a sensibilização dos portugueses em relação à problemática da Saúde Materna. LUSO 2010 Caixa apoia cientistas lusos Iniciativa Luso 2010 reuniu investigadores portugueses no Reino Unido Algumas das mais importantes personalidades da ciência portuguesa, ligadas à investigação, ensino e empreendedorismo, estiveram presentes no Luso 2010, realizado recentemente em Southampton. A iniciativa foi organizada pela Associação Portuguesa de Estudantes e Investigadores no Reino Unido (Parsuk) e contou com o alto patrocínio do Presidente da República, assim como da Embaixada de Portugal em Londres, AICEP, Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria, Fundação Calouste Gulbenkian, Paris recebeu o Mundial do Automóvel durante a primeira quinzena de Outubro, no Parc des Expositions Porte de Versailles. O evento registou perto de 1,5 milhões de visitantes, tendo a Caixa marcado presença, através da Sucursal de França. O intuito desta presença passou por dar a conhecer a gama de produtos e serviços bancários destinados a particulares e British Council e da Caixa Geral de Depósitos, entre outras entidades. A participação da Caixa destacou-se pela realização de uma apresentação sobre a «Sustentabilidade da Marca». A Sucursal de Londres, através Área de Particulares, esteve, também, presente com um stand de divulgação dos produtos e serviços para residentes no estrangeiro. Além de promover a interacção entre os estudantes e investigadores portugueses, a Parsuk visa potenciar relações entre a comunidade científica e as instituições de ensino superior e empresas, em Portugal e no Reino Unido, bem como fortalecer a representação da comunidade académica portuguesa na sociedade britânica. A concluir o programa do evento, teve lugar um debate sobre «O regresso a Portugal», moderado pela jornalista Fátima Campos Ferreira, com a participação, entre outros, do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago. EM PARIS CGD presente no Mundial do Automóvel A Sucursal de França apresentou vários serviços e produtos bancários empresas, nomeadamente as soluções de financiamento automóvel, num evento que é, hoje, um ponto de encontro frequentado por milhares de pessoas e profissionais dos mais diversos sectores. A Sucursal de França esteve presente com um stand (hall 2/2), onde os Clientes da Caixa e o público em geral encontraram a ajuda e o esclarecimento dos gestores comerciais do Banco. 14 CAIXA NO MUNDO OUTUBRO DEZEMBRO 2010

15 EMPREENDIMENTO Escritórios de Representação da Caixa Alemanha Escritório de Representação, Berlim Telefone: (49 30) /3 Delegados Comerciais Stuttgart/Frankfurt/Colónia Telemóvel: (49 151) Sucursais da Caixa Sucursal de França Paris (46 Agências) Telefone: (33 1) Sucursal do Luxemburgo Luxemburgo (2 Agências) Telefone: (352) EM ALBUFEIRA O céu na terra O Eden Resort abriu portas recentemente e com taxas de ocupação acima das expectativas Situado em Albufeira, o Eden Resort é um projecto assente no conceito de apartamentos e villas, com serviço de hotel, em condomínio fechado. Com a classificação de quatro estrelas superior, alinha-se com as características da arquitectura algarvia, através de um design contemporâneo, harmonioso e em comunhão com a paisagem envolvente. As casas são completamente equipadas e decoradas, estando disponíveis apartamentos T1 e T2, bem como villas V2, V2+1, V3 e V3+1 com piscina privativa. No Eden Resort, poderá usufruir de inúmeros serviços: concierge personalizado; kit amenities; recepção e portaria 24 horas; cofre; Internet wireless gratuita; video-on-demand; marcação de serviços pela televisão; jantar à la carte com mordomo; programa semanal de animação; serviço de transporte gratuito para o centro e praia. Além disso, tem ao seu dispor 8,8 hectares de áreas verdes e de lazer, assim como restaurante, spa, bar, centro desportivo, seis piscinas e beach club. Tudo isto num resort com sistema de climatização inteligente, por energia solar. Aos seus Clientes, a Caixa disponibiliza condições exclusivas de financiamento, nomeadamente: Disponibilização da oferta-base de Crédito à Habitação ¹; Possibilidade de financiamento intercalar de até 40 por cento, com libertações de acordo com o previsto no CPCV; Isenção da comissão de avaliação; Realização de escritura com a possibilidade de apresentar, apenas, os pedidos dos registos provisórios de aquisição e hipoteca. 1) TAE 3,387%; TAER 3,438%; calculadas com base na Euribor a 3 meses, em Outubro de 2010, arredondada à milésima e acrescida de 1,90% de spread. Exemplo para um financiamento de euros, a 40 anos, valor de avaliação de euros, Cliente com 30 anos, com detenção dos seguintes produtos: Cartão de Débito, Cartão de Crédito, Caixadirecta, um Pagamento Periódico e Rendimento Domiciliado. Inclui comissões do Banco e seguro de Vida e Multirriscos numa seguradora do Grupo Caixa. Comissão por reembolso antecipado, parcial ou total, 0,5% do capital reembolsado. Hamburgo Telemóvel: (49 171) Bélgica Escritório de Representação, Bruxelas Telefone: (32 2) /2 Reino Unido Núcleo de Residentes no Estrangeiro, Londres Telefone: (44 207) Suíça Escritório de Representação, Genève Telefone: (41 22) Delegado Comercial Fernando Sequeira Telemóvel: (41 79) Venezuela Escritório de Representação, Caracas Telefone: (58 212) / Banca de Retalho África do Sul Mercantile Bank Angola Banco Caixa Geral Totta de Angola Cabo Verde Banco Comercial do Atlântico Cabo Verde Banco Interatlântico China (Macau) Banco Nacional Ultramarino Espanha Banco Caixa Geral Moçambique Banco Comercial e de Investimentos São Tomé e Príncipe Banco Internacional de São Tomé e Príncipe Outras Estruturas do Grupo Sucursal de Timor-Leste Díli (8 Agências) Telefone: (670 3) Unidades Offshore Sucursal Financeira Exterior da Madeira Funchal Telefone: (351) OffshoreInternacional CGD Subsidiária Offshore de Macau Macau Telefone: (853) Wholesale e Banca de Investimento/Corporate Argélia Cabinet Internacionale d Affaires Brasil Banco Caixa Geral Brasil China (Xangai) Escritório de Representação BNU China (Zhuhai) Sucursal CGD Espanha Sucursal CGD EUA (Nova Iorque) Sucursal CGD Ilhas Caimão Sucursal CGD Índia Escritório de Representação CGD Reino Unido (Londres) Sucursal CGD Caixadirecta Internacional/Números telefónicos internacionais gratuitos Europa * EUA/Canadá Brasil África do Sul Macau Venezuela * Europa: Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Holanda, Luxemburgo, Suíça, Reino Unido e Portugal Outros países (não gratuito) Internet: e OUTUBRO DEZEMBRO 2010 CAIXA NO MUNDO 15

16

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro Lusoflora 2015 Crédito Agrícola Santarém, 27 de Fevereiro Agenda 1. Quem somos 2. Proposta Valor 3. Soluções Crédito Agrícola para EMPRESAS/ ENI 4. CA Seguros 2 Quem somos O Grupo Crédito Agrícola é um

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS Produtos e serviços CGD para profissionais liberais e jovens advogados: CONTAS À ORDEM Conta Extracto A informação onde preferir. Com esta conta recebe um extracto com toda a informação da sua conta, na

Leia mais

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010 Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado Batalha, 8 Julho de 2010 As vossas necessidades... O apoio aos Empreendedores e às PME s

Leia mais

Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo. Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes

Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo. Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes 2 Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo Índice 1 Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT) 2 Crédito

Leia mais

Soluções CA para a Agricultura, Agro-Indústria Floresta e Mar

Soluções CA para a Agricultura, Agro-Indústria Floresta e Mar Soluções CA para a Agricultura, Agro-Indústria Floresta e Mar Quem somos O Grupo Crédito Agrícola é um Grupo Financeiro de âmbito nacional, integrado por um vasto número de bancos locais Caixas Agrícolas

Leia mais

Condições actuais do Protocolo para Colaboradores

Condições actuais do Protocolo para Colaboradores Direcção de Parcerias Comerciais Protocolos Condições actuais do Protocolo para Colaboradores Novembro de 2009 Conta Ordenado BPI Isenção das principais despesas do dia-a-dia: Isenção das despesas de manutenção

Leia mais

Descubra histórias de ambição em www.realizaassuasambicoes.pt

Descubra histórias de ambição em www.realizaassuasambicoes.pt Oferta de Cooperação Barclays at Work No Barclays acreditamos que é bom ter ambições e, por isso, queremos ajudá-lo a que realize as suas. Descubra histórias de ambição em www.realizaassuasambicoes.pt

Leia mais

HELLO CABO VERDE EXPO 2011

HELLO CABO VERDE EXPO 2011 New Bedford, 31 de Janeiro de 2011 HELLO CABO VERDE EXPO 2011 Exposição sobre as Oportunidades de Negócios e Turismo em Cabo Verde New Bedford, MA 27 a 29 de Maio de 2011 OBJECTIVO O objectivo da exposição

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa?

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa? Porque é que o Turismo é essencial para a Economia Portuguesa? 14 milhões de hóspedes Vindos do Reino Unido, Alemanha, Espanha, França, Brasil, EUA Num leque de países que alarga ano após ano. 9,2 % do

Leia mais

SEMINÁRIO Exportar para o México

SEMINÁRIO Exportar para o México SEMINÁRIO Exportar para o México Gonçalo Gaspar Diretor Direção Internacional de Negócio da CGD Porto, 26 de Setembro de 2012 1 Índice México: relacionamento comercial com Portugal Grupo CGD: Presença

Leia mais

Excelência, Proximidade e Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado

Excelência, Proximidade e Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado Oferta de Cooperação Barclays at Work Excelência, Proximidade e Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado Ordem dos Engenheiros Condições válidas para o 2 º Trimestre 2013

Leia mais

Soluções Financeiras ANEXO I. Protocolo exclusivo. Soluções Ordenado BBVA. Soluções Habitação BBVA

Soluções Financeiras ANEXO I. Protocolo exclusivo. Soluções Ordenado BBVA. Soluções Habitação BBVA Protocolo exclusivo. Soluções Financeiras ANEXO I Aproveite o Protocolo BBVA para realizar os seus projectos pessoais. O Banco Bilbao Vizcaya Argentaria, coloca ao seu dispor um conjunto de Produtos e

Leia mais

Instrumentos Financeiros de Apoio à Internacionalização

Instrumentos Financeiros de Apoio à Internacionalização Instrumentos Financeiros de Apoio à Internacionalização Castelo Branco, 04.10.2012 Elisabete Grosso Gabinete de Comércio Externo e Bancos Correspondentes (GCB) 1 Comércio Externo Agenda Principais instrumentos

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

Jornadas de Diplomacia Económica. Humberto Casanova Direção Internacional de Negócio

Jornadas de Diplomacia Económica. Humberto Casanova Direção Internacional de Negócio Jornadas de Diplomacia Económica Humberto Casanova Direção Internacional de Negócio ISEG, 5 de Dezembro de 2012 1 Índice I. Estratégia e Presença Internacional II. Apoio financeiro à Internacionalização

Leia mais

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Da União Europeia vão chegar até 2020 mais de 20 mil milhões de euros a Portugal. Uma pipa de massa, nas palavras do ex-presidente da Comissão

Leia mais

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME Santander Totta Santander Totta Especializado no Negócio de PME O Banco Santander Totta está integrado num dos maiores Grupos Financeiros a nível Mundial. Distingue-se pela sua capacidade de oferecer as

Leia mais

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus PROTOCOLO CONSELHO DISTRITAL DE LISBOA CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM Para aderir a este Protocolo e beneficiar das respectivas condições, abra a sua Conta

Leia mais

Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO

Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO Tipo de Propriedade 1ª Habitação Residência habitual do agregado familiar (habitação própria permanente). 2ª Habitação Residência não habitual do agregado familiar

Leia mais

Condições Especiais do Deutsche Bank para os membros da Ordem dos Arquitectos do Norte

Condições Especiais do Deutsche Bank para os membros da Ordem dos Arquitectos do Norte Condições Especiais do Deutsche Bank para os membros da Ordem dos Arquitectos do Norte Novembro 2009 Contas e Cartões - Condições Contas Isenção de despesas de manutenção de conta Isenção de pagamento

Leia mais

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO A noção de Empreendedorismo, como uma competência transversal fundamental para o desenvolvimento humano, social e económico, tem vindo a ser reconhecida

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

orçamento no seu Faça obras pelos bancos que podem ajudar na tarefa. Saiba o que existe, para que serve e como pode utilizar.

orçamento no seu Faça obras pelos bancos que podem ajudar na tarefa. Saiba o que existe, para que serve e como pode utilizar. Faça obras no seu orçamento Se quer planear as suas poupanças, há ferramentas disponibilizadas pelos bancos que podem ajudar na tarefa. Saiba o que existe, para que serve e como pode utilizar. Faça obras

Leia mais

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO Portugal situa-se no extremo sudoeste da Europa e é constituído por: Portugal Continental ou Peninsular (Faixa Ocidental da Península Ibérica) Parte do território

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS - PROFISSIONAIS LIBERAIS E ENIs

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS - PROFISSIONAIS LIBERAIS E ENIs PROTOCOLO ORDENS PROFISSIONAIS CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS - PROFISSIONAIS LIBERAIS E ENIs Para aderir a este Protocolo e beneficiar das respectivas condições, abra a sua Conta Gestão Tesouraria ou Conta

Leia mais

GLOBAL MANAGEMENT CHALLENGE

GLOBAL MANAGEMENT CHALLENGE inscrições ABERTAS!!! Os simuladores como o Global Management Challenge são uma importante ferramenta para a aprendizagem não apenas da tomada de decisão, mas também do trabalho em equipa. Alberto de Castro

Leia mais

Apresentação das condições Deutsche Bank para os associados da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal

Apresentação das condições Deutsche Bank para os associados da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal Apresentação das condições Deutsche Bank para os associados da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal Outubro 2009 Contas e Cartões - Condições Contas Isenção de despesas de manutenção

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013 Oferta de Cooperação Barclays at Work Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países ORDEM DOS ENGENHEIROS

Leia mais

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Vendas Novas - 02 de julho de 2013 aicep Portugal Global é uma agência pública de natureza empresarial, cuja missão é: Atrair investimento estrangeiro

Leia mais

Náutica. Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima. Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012

Náutica. Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima. Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012 Náutica Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012 Aicep Portugal Global é uma agência pública de natureza empresarial, cuja missão é: Atrair investimento estrangeiro para

Leia mais

Guia Informativo. 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015)

Guia Informativo. 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015) Guia Informativo 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015) Objectivo do Prémio: O Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa tem como objectivo central o

Leia mais

Apoio à Internacionalização das Empresas

Apoio à Internacionalização das Empresas Apoio à Internacionalização das Empresas 26 de Novembro de 2009 Apoio à internacionalização das empresas Moçambique: Dados Gerais O Sector Financeiro em Moçambique O Grupo Caixa Geral de Depósitos Soluções

Leia mais

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 A aposta no apoio à internacionalização tem sido um dos propósitos da AIDA que, ao longo dos anos, tem vindo a realizar diversas acções direccionadas para

Leia mais

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução Bom dia, Senhoras e Senhores Introdução Gostaria de começar por agradecer o amável convite que o Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa me dirigiu para participar neste debate e felicitar os organizadores

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN]

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Frederico Mendes & Associados Sociedade de Consultores Lda. Frederico Mendes & Associados é uma

Leia mais

Calçado português reforça aposta no mercado alemão

Calçado português reforça aposta no mercado alemão Calçado português reforça aposta no mercado alemão O mercado alemão é uma prioridade estratégica para a indústria portuguesa de calçado. Por esse motivo, a presença nacional na GDS, o grande evento do

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

1ª Semana Europeia das PME Workshop Internacionalização

1ª Semana Europeia das PME Workshop Internacionalização 1ª Semana Europeia das PME Workshop Internacionalização Faro, 7 de Maio de 2009 Índice Posicionamento AICEP AICEP - Produtos e Serviços Apoios à Internacionalização Posicionamento AICEP Posicionamento

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP ENTRE: A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI), com sede na Praça das Indústrias em Lisboa, 1300-307 Lisboa,

Leia mais

Contribuir para o desenvolvimento da região em que se inserem;

Contribuir para o desenvolvimento da região em que se inserem; SIPIE SISTEMA DE INCENTIVOS A PEQUENAS INICIATIVAS EMPRESARIAIS FICHA DE MEDIDA Apoia projectos com investimento mínimo elegível de 15.000 e a um máximo elegível de 150.000, que visem a criação ou desenvolvimento

Leia mais

SOLUÇÕES MOÇAMBIQUE-EMPRESAS JULHO 2013

SOLUÇÕES MOÇAMBIQUE-EMPRESAS JULHO 2013 JULHO 2013 EM MOÇAMBIQUE, COMO EM PORTUGAL O BPI e o BCI disponibilizam as Soluções Moçambique-Empresas, um conjunto de produtos e serviços desenhados para empresas que pretendam investir ou exportar para

Leia mais

REMESSAS E CRÉDITOS DOCUMENTÁRIOS

REMESSAS E CRÉDITOS DOCUMENTÁRIOS MARÇO 2013 - nº 87 CONSULTA Operações Vivas, Pendentes, Encerradas e em Análise; Créditos Documentários de Importação e Exportação; Remessas Documentárias de Importação e Exportação. TEMPLATES DE OPERAÇÕES

Leia mais

Protocolo BBVA Soluções Financeiras

Protocolo BBVA Soluções Financeiras Protocolo BBVA Soluções Financeiras Conheça as soluções financeiras que o BBVA tem para lhe oferecer e aproveite o Protocolo BBVA com condições exclusivas para os Associados do SPLIU. Para o BBVA cada

Leia mais

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL 38 PME Líder SOLUÇÕES FINANCEIRAS BES Helen King/CORBIS APOIO FINANCEIRO ÀS EMPRESAS O BES disponibiliza uma vasta oferta de produtos financeiros e serviços, posicionando-se como o verdadeiro parceiro

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

ANEXO I CONTA BES100% Gestão corrente da liquidez Constituição de poupança Acesso ao crédito Segurança

ANEXO I CONTA BES100% Gestão corrente da liquidez Constituição de poupança Acesso ao crédito Segurança ANEXO I CONTA BES100% Definição A Conta BES 100% é constituída por um Depósito à Ordem, uma Conta Poupança e um Descoberto Autorizado, e dispõe de um mecanismo de movimentação automática entre as duas

Leia mais

Private & Business Clients. Partnership Banking. Condições Especiais para os Associados do Clube e Moradores do Parque das Nações

Private & Business Clients. Partnership Banking. Condições Especiais para os Associados do Clube e Moradores do Parque das Nações Private & Business Clients Partnership Banking Condições Especiais para os Associados do Clube e Moradores do Parque das Nações Contas e Cartões - Condições Contas Contas Isenção de pagamento de despesas

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Concurso 2015 CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA PROJECTO APRESENTADO PARA EFEITO DE APRECIAÇÃO E RESPECTIVO

Leia mais

DAMOS FORÇA AO FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS

DAMOS FORÇA AO FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS AGOSTO 2015 LINHA PME CRESCIMENTO 2015 (TAE 2,876%) DAMOS FORÇA AO FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS Vai efetuar uma candidatura ao Programa Portugal 2020? Procura uma opção de financiamento para agilizar a gestão

Leia mais

Soluções Financeiras BBVA

Soluções Financeiras BBVA ANEXO I Soluções Financeiras BBVA Exclusivas para os Sócios do SEPLEU Sindicato dos Educadores e Professores Licenciados pelas Escolas Superiores de Educação e Universidades Exmos. Srs. É com o maior prazer

Leia mais

ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU

ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU PROTOCOLO ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA - CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI) E A A ELO - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Crédito Habitação 5. Leasing 6. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro

Leia mais

PLANO DE FEIRAS E MISSÕES EMPRESARIAIS 2015

PLANO DE FEIRAS E MISSÕES EMPRESARIAIS 2015 2015 1. INTRODUÇÃO O acesso a novos mercados e o aumento da base económica de exportação são determinantes para o reforço da competitividade do tecido empresarial dos Açores. Atividades de apoio às empresas

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

Seminário de apresentação da Rede Gestus

Seminário de apresentação da Rede Gestus Seminário de apresentação da Rede Gestus Rede Gestus O LOGOTIPO Rede Gestus Internacionalização Zona 4 Gestus Compras Cartão ECOTUR Portal Gestus Cartão Gestus Contact Center CRM Zona 4 O LOGOTIPO Características:

Leia mais

Benefícios Fiscais. Incentivos em regime contratual

Benefícios Fiscais. Incentivos em regime contratual Benefícios Fiscais O Estatuto dos Benefícios Fiscais consagra um conjunto de medidas de isenção e redução da carga fiscal para diversos tipos de projectos e investimentos. Os incentivos e benefícios fiscais

Leia mais

Id Serviços de Apoio

Id Serviços de Apoio Id Serviços de Apoio Cafetaria do Museu Calouste Gulbenkian e seu prolongamento no jardim. Serviços Centrais Valores em euros Encargos com pessoal 6 219 770 Despesas de funcionamento 9 606 628 Investimento

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes Oferta de Cooperação Barclays at Work 1 / 7 Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países Spliu

Leia mais

FIL 2015. promova o seu negócio! 22A25DEOUT LUANDA ANGOLA. projectar o futuro, construindo o presente

FIL 2015. promova o seu negócio! 22A25DEOUT LUANDA ANGOLA. projectar o futuro, construindo o presente 22A25DEOUT Feira Internacional de Equipamentos e Materiais para a Construção Civil, Obras Públicas, Urbanismo e Arquitectura projectar o futuro, construindo o presente FIL 2015 LUANDA ANGOLA promova o

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caixa China Invest 2015_PFC Produto Financeiro Complexo O Caixa China Invest 2015 é um depósito indexado não mobilizável antecipadamente, pelo prazo de 2 anos, denominado em Euros,

Leia mais

ajudam a lançar negócios

ajudam a lançar negócios Capa Estudantes portugueses ajudam a lançar negócios em Moçambique Rafael Simão, Rosália Rodrigues e Tiago Freire não hesitaram em fazer as malas e rumar a África. Usaram a sua experiência para construírem

Leia mais

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes 1 - Como nasceu a iniciativa JESSICA? A iniciativa JESSICA (Joint European Support for Sustainable Investment in City Areas) é um instrumento financeiro promovido pela Comissão Europeia e desenvolvido

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO Entre Agrupamento de Escolas Fernão do Pó, com n.º de Contribuinte 600079970 e sede em Av. Dr. Joaquim de Albuquerque, 2540-004 Bombarral, adiante designado por Agr. Escolas Fernão

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Caixa Eurostoxx Down maio 2015_PFC Classificação Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Caracterização do Produto Garantia de Capital O Caixa Eurostoxx Down maio 2015 é um depósito indexado

Leia mais

INVESTIR EM PORTUGAL

INVESTIR EM PORTUGAL INVESTIR EM PORTUGAL 投 资 与 移 民 门 道 是 专 门 提 供 投 资 与 移 民 服 务 的 独 立 咨 询 机 构 我 们 的 多 学 科 团 队 精 心 研 究, 旨 在 为 客 户 提 供 最 佳 的 商 业 战 略 和 国 际 投 资 方 案 INVESTIMENTO E EMIGRAÇÃO A GATEWAY É UMA CONSULTORA INDEPENDENTE,

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à Ordem 19.1. Depósitos à Ordem 17.2. Depósitos a Prazo 19.2. Depósitos a Prazo

Leia mais

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 II GALA PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 PRAÇA DO COMÉRCIO LISBOA 2015 年 10 月 29 日, 里 斯 本 商 业 广 场, Pátio

Leia mais

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação 1 Incentivos financeiros à internacionalização Em 2010 os incentivos financeiros à internacionalização, não considerando

Leia mais

Começar Global e Internacionalização

Começar Global e Internacionalização Começar Global e Internacionalização Artur Alves Pereira Assessor do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Fevereiro 06, 2014 1 A aicep Portugal Global Missão. A aicep Portugal Global é uma

Leia mais

INOVAÇÃO, EMPREENDEDORISMO E O FUTURO MINISTÉRIO DA ECONOMIA

INOVAÇÃO, EMPREENDEDORISMO E O FUTURO MINISTÉRIO DA ECONOMIA INOVAÇÃO, EMPREENDEDORISMO E O FUTURO MINISTÉRIO DA ECONOMIA Empresas INOVAÇÃO PRODUTOS DIMENSÃO MERCADO PRODUÇÃO MARKETING GESTÃO LIDERANÇA FINANCIAMENTO RH COMPETÊNCIAS Empreendedorismo VISÃO ESTRUTURADA

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

VISABEIRA GLOBAL > Telecomunicações Energia Tecnologia Construção. VISABEIRA INDÚSTRIA > Cerâmica e Cristal Cozinhas Recursos Naturais

VISABEIRA GLOBAL > Telecomunicações Energia Tecnologia Construção. VISABEIRA INDÚSTRIA > Cerâmica e Cristal Cozinhas Recursos Naturais 1 VISABEIRA GLOBAL > Telecomunicações Energia Tecnologia Construção VISABEIRA INDÚSTRIA > Cerâmica e Cristal Cozinhas Recursos Naturais VISABEIRA TURISMO > Hotelaria Entretenimento & Lazer Restauração

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Produto Financeiro Complexo: REAL 24M INVEST Entidade gestora: Real Vida Seguros, S.A. Avenida de França, 316 2º, Edifício Capitólio 4050-276 Porto Portugal TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO Implica a imobilização

Leia mais

# Confiança Planeamento e Gestão de Investimentos. segurança do seu património. Para isso contamos com o nosso trabalho, no

# Confiança Planeamento e Gestão de Investimentos. segurança do seu património. Para isso contamos com o nosso trabalho, no Caritas Dioces ana de Coim bra Condições válidas para Caritas Diocesana de Coimbra Oferta de Cooperação Barclays at Work Saiba mais em www.barclays.pt/compromissopremier # Confiança Planeamento e Gestão

Leia mais

especial CALOR EFRIO LAR DICAS PARA O 22/11/13 SOL l 39 GETTY IMAGES/BRAND X

especial CALOR EFRIO LAR DICAS PARA O 22/11/13 SOL l 39 GETTY IMAGES/BRAND X especial LAR DICAS PARA O CALOR EFRIO GETTY IMAGES/BRAND X 22/11/13 SOL l 39 02/ 03 CLIMATIZAÇÃO/ LAR GETTY IMAGES/STOCKTREK IMAGES POUPE NA FACTURA DA ELECTRICIDADE Aqueça e refresque a casa de forma

Leia mais

COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO

COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO ENQUADRAMENTO A INTEGRAÇÃO DA METRO DO PORTO E DA STCP E A PERSPECTIVA DE PRIVATIZAÇÃO COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO ANÁLISE OBJECTIVOS MENSAGENS-CHAVE ACÇÕES A DESENVOLVER ENQUADRAMENTO

Leia mais

AS NO SSAS SO LUÇ Õ ES

AS NO SSAS SO LUÇ Õ ES O Grupo Caixa Geral de Depósitos está presente em 4 continentes. Com a sua plataforma internacional de filiais, sucursais e escritórios de representação em 23 países e uma vasta rede de bancos correspondentes

Leia mais

PME Investe VI. Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas

PME Investe VI. Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas PME Investe VI Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas Objectivos Esta Linha de Crédito visa facilitar o acesso ao crédito por parte das micro e pequenas empresas de todos os sectores de actividade,

Leia mais

ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE,

ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE, edição 41 FEV 14 O MEU MONTEPIO e-newsletter ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE, Celebramos o apoio e a confiança que nos dedica a cada dia e, por isso, construímos soluções, fomentamos relações, participamos

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS INSTITUTO DIPLOMÁTICO VAGAS PARA ESTÁGIOS SERVIÇOS EXTERNOS 2º SEMESTRE DE 2012/2013

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS INSTITUTO DIPLOMÁTICO VAGAS PARA ESTÁGIOS SERVIÇOS EXTERNOS 2º SEMESTRE DE 2012/2013 VAGAS PARA ESTÁGIOS SERVIÇOS EXTERNOS 2º SEMESTRE DE 2012/2013 SERVIÇO VAGAS PERFIL DO ESTAGIÁRIO DESCRIÇÃO DAS FUNÇÕES A DESEMPENHAR OBSERVAÇÕES Consulado Geral de Portugal em Londres VagaE-1/2S/1213

Leia mais

Prémio EDP Novos Artistas. Regulamento DO PRÉMIO

Prémio EDP Novos Artistas. Regulamento DO PRÉMIO Prémio EDP Novos Artistas Regulamento DO PRÉMIO 1. O Prémio EDP Novos Artistas, criado em 2000, é uma iniciativa da Fundação EDP. Com a atribuição deste prémio, a Fundação EDP confirma a sua responsabilidade

Leia mais

Abra uma Conta Ordenado BBVA e conheça todas as vantagens que tornam a sua vida mais fácil:

Abra uma Conta Ordenado BBVA e conheça todas as vantagens que tornam a sua vida mais fácil: Protocolo BBVA Soluções Financeiras Conheça as soluções financeiras que o BBVA tem para lhe oferecer e aproveite o Protocolo BBVA com condições exclusivas para os Sócios e Filhos dos Sócios do COFRE DA

Leia mais

CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO)

CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) Empresa de Seguros PROSPECTO SIMPLIFICADO (Dezembro de 2009) CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) Data de início de comercialização a 2 de Dezembro de 2009 Nome

Leia mais

CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO

CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO PASSADO: OS PRIMEIROS PASSOS 1 Procura e estabelecimento de um relacionamento profícuo com os países

Leia mais

4º Congresso brasileiro de meios eletrônicos de pagamento, São Paulo - Brasil, 15/10/2009 4º Congresso brasileiro de meios eletrônicos de pagamento

4º Congresso brasileiro de meios eletrônicos de pagamento, São Paulo - Brasil, 15/10/2009 4º Congresso brasileiro de meios eletrônicos de pagamento Solução Made by Um cartão à medida de cada cliente, São Paulo - Brasil, 15/10/2009 São Paulo, 15-10-2009 1 Agenda Overview Os mercado de meios eletrônicos de pagamento em Portugal Posicionamento da Caixa

Leia mais

Propostas para Revitalização do sector do Turismo Residencial Janeiro de 2013

Propostas para Revitalização do sector do Turismo Residencial Janeiro de 2013 Propostas para Revitalização do sector do Turismo Residencial Janeiro de 2013 APR Associação Portuguesa de Resorts A Associação Portuguesa de Resorts (APR) tem por missão promover a imagem, empresas e

Leia mais

Apoios às s Empresas do Sector do Turismo. Portugal

Apoios às s Empresas do Sector do Turismo. Portugal Apoios às s Empresas do Sector do Turismo ÍNDICE 2 Linha de apoio à qualificação da oferta Linha de apoio à tesouraria Carência de capital Linhas PME CRESCIMENTO 2013 MECANISMOS DE APOIO AO SECTOR DO TURISMO

Leia mais

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a:

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a: O seu contacto no Millennium bcp: Sucursal: EVORA MURALHA Nome: Luís Rosado Telefone: 266009530 Para si que tem o seu Ordenado no Millennium bcp! S.Ser.Trab.Camara Municipal Evora e o Millennium bcp prepararam

Leia mais

ANTÓNIO MEIRELES, SA Sede / Fábrica Headquarters / Factory Rua D. Afonso Henriques, 235 4585-322 Gandra PRD Portugal

ANTÓNIO MEIRELES, SA Sede / Fábrica Headquarters / Factory Rua D. Afonso Henriques, 235 4585-322 Gandra PRD Portugal ANTÓNIO MEIRELES, SA Sede / Fábrica Headquarters / Factory Rua D. Afonso Henriques, 235 4585-322 Gandra PRD Portugal Apartado 49 4584-909 Paredes Portugal T +351 22 411 9130 F +351 22 411 91 48/57/9200

Leia mais

Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva

Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva centro tecnológico da cerâmica e do vidro coimbra portugal Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva Victor Francisco CTCV Responsável Unidade Gestão

Leia mais

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder Revista de Imprensa 08-11-2010 DNA 1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder 3 - Diário Económico, 28-10-2010,

Leia mais

A App Millennium é a estrela do Natal, com smartphones e tablets para si!

A App Millennium é a estrela do Natal, com smartphones e tablets para si! nº 82 - dezembro 2014 Ainda vai a tempo de se habilitar a um tablet Samsung GALAXY Tab S 10.5 ou a um smartphone Samsung GALAXY Alpha. Para além da carta, terá de realizar pequenas tarefas na App Millennium

Leia mais

Cooperação Universidade Empresa

Cooperação Universidade Empresa INTERVENÇÃO DO PRESIDENTE DA AEP - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL, JOSÉ ANTÓNIO BARROS, NA CERIMÓNIA DE ABERTURA DO ANO LECTIVO 2010/2011, DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO, SOB O TEMA «CONTRIBUIÇÃO DO ENSINO

Leia mais