Viajar na Europa 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Viajar na Europa 2010"

Transcrição

1 Viajar na Europa 2010 União Europeia

2 e-sepelocontinenteeuropeu, da Lapóniaaomar ocidental dairlanda ao litoraldechipre, numa paisagens, de litorais rochosos a praias deareia fina, nícies áridas, de lagos e florestas à tundra árctica. asua diversidade de tradições, culturaselínguas, dapopulaçãomundial.ariqueza do seupatrimónio s pinturas rupestrespré-históricas, nosvestígios tecturamourisca, noscastelosmedievais, nos nas igrejas barrocas. A Europa moderna também suas cidades trepidantes, o colorido das suas desportos de VerãoedeInverno e avariedade viajar eaaboliçãoda maioriadas formalidadesde tornouasviagensmuito mais fáceis. Dezasseis partilham a mesma moeda,oeuro, oquefacilita s eevita os custos einconvenientesdeterdetrocar m mercado únicode mais de500 milhões de pessoas des de escolha e fez baixar os preços. De facto, cha queétãofácil viajar na UniãoEuropeiacomo

3 Documentação necessária Para cidadãos da União Europeia Passaporte ou bilhete de identidade Já não há controlos nas fronteiras entre 22 países da União Europeia, devido ao Acordo de Schengen, que faz parte da legislação comunitária. As regras de Schengen eliminaram os controlos nas fronteiras internas, mas criaram controlos eficazes nas fronteiras externas da União Europeia e introduziram uma política comum de vistos. Todos os países da União são membros de pleno direito do Acordo de Schengen, com excepção da Bulgária, Chipre, Irlanda, Roménia e Reino Unido. Assim, precisa de apresentar um passaporte ou bilhete de identidade válido para viajar com destino a esses cinco países. A Islândia, a Noruega e a Suíça são igualmente membros do Espaço Schengen, apesar de não serem membros da União Europeia. À entrada ou à saída das fronteiras externas da União Europeia é exigido um passaporte ou um bilhete de identidade válido. Ao viajar na União Europeia, é melhor trazer consigo o seu passaporte ou bilhete de identidade, pois estes documentos podem ser-lhe exigidos para comprovar a sua identidade. Se a ordem pública ou a segurança nacional assim o exigirem, poderão ser efectuados controlos nas fronteiras internas por períodos limitados. As crianças que viajam na companhia de adultos deverão ter o seu próprio passaporte ou bilhete de identidade, ou um averbamento no passaporte do adulto. Há acordos com a Islândia, o Listenstaine, a Noruega e a Suíça que permitem aos seus cidadãos terem um tratamento idêntico ao dos cidadãos da União Europeia e viajarem na União apenas com o bilhete de identidade ou o passaporte. Visto Não é preciso visto para viajar na União Europeia. Para cidadãos de países não membros da União Europeia Passaporte É necessário um passaporte válido. Visto Há 34 países cujos cidadãos não precisam de visto para visitarem a União Europeia por um período não superior a três meses. Esses países incluem a Austrália, o Canadá, a Croácia, o Japão, a Nova Zelândia e os Estados Unidos. A lista dos países cujos cidadãos precisam de visto para viajar até ao Reino Unido ou à Irlanda difere ligeiramente das dos outros países da União Europeia. Em caso de dúvida, consulte o consulado mais próximo de qualquer país da União. Se obtiver um visto de um país que aplique integralmente as regras de Schengen, esse visto permitir-lhe-á automaticamente viajar em todos os restantes países do Espaço Schengen. Além disso, se tiver uma autorização de residência válida de um dos países Schengen, essa autorização equivalerá a um visto. Pode precisar de um visto nacional para visitar países não pertencentes ao Espaço Schengen.

4 O euro O euro é a moeda com curso legal para mais de 329 milhões de pessoas em 16 países da União Europeia: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Malta, Países Baixos e Portugal. Os países da União Europeia que não utilizam o euro são a Bulgária, a Dinamarca, a Estónia, a Hungria, a Letónia, a Lituânia, a Polónia, o Reino Unido, a República Checa, a Roménia e a Suécia. Os oito países que aderiram à União Europeia em 2004 estão empenhados naadopção do euro logo que estejae m em condições para o fazer. O símbolo do euro é. As notas e moedas em euros são idênticas em todos os países, mas cada país cunha as suas próprias moedas com uma face comum e uma face nacional específica. Todas as notas e moedas podem ser utilizadas em todos os países da União Europeia que adoptaram o euro, incluindo muitos dos seus territórios ultramarinos, como os Açores, as ilhas Canárias, Ceuta emelilha, a Guiana Francesa, Guadalupe, a Madeira, a Martinica, Mayotte, a Reunião e São Pedro e Miquelon. O Mónaco, São Marino e a Cidade do Vaticano adoptaram o euro como moeda nacional, o que também lhes permite cunhar algumas moedas com as suas próprias faces. Alguns países e territórios utilizam o euro como a sua moeda de facto, como acontece em Andorra, no Kosovo e no Montenegro. Nos países europeus fora da zona euro, muitos hotéis, lojas e restaurantes, especialmente em zonas turísticas, aceitam pagamentos em euros tal como nas respectivas moedas nacionais, embora, por lei, não seja m obrigados afazê-lo. Dinheiro e cartões Graças às normas da União Europeia, os levantamentos em caixas automáticas passaram a custar o mesmo em qualquer ponto da União do que os levantamentos efec tuados em caixas automáticas não pertencentes ao seu banco no seu país de origem. A taxa de transacção para fazer um pagamento em euros por meio de um cartão de débito ou crédito na União Europeia É

5 Na União Europeia pessoal e não a serem comercializados. Os impostos (IVA e impostos especiais de consumo) estão incluídos no preço a pagar, não sendo exigível mais nenhum imposto noutros países da União. Tabacoeálcool Para determinar se o tabaco e o álcool são para uso pessoal, cada país pode fixar quantidades de referência. Por outras palavras, se forem transportadas quantidades superiores destas mercadorias, pode ser necessário provar que se destinam a uso pessoal e justificar a sua compra. Esses níveis indicativos não podem ser inferiores a: 800 cigarros 400 cigarrilhas 200 charutos 1 quilo de tabaco 10 litros de bebidas espirituosas 20 litros de vinho generoso (como porto ou xerez) 90 litros de vinho (dos quais, no máximo, 60 litros de espumante) 110 litros de cerveja Durante um período limitado, alguns países (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Reino Unido e Suécia) vão manter um limite de 200 cigarros oriundos da Estónia e da Lituânia e alguns países (Alemanha, Dinamarca, Hungria, Reino Unido e Suécia) impõem um limite de 200 cigarros aos viajantes da Bulgária e da Roménia.

6 No exterior da União Europeia Quando se entra na União Europeia, é possível trazer mercadorias isentas de IVA e de impostos especiais de consumo para uso pessoal dentro dos limites que a seguir se indicam. Aplicam-se os mesmos limites aos passageiros provenientes das ilhas Canárias, das ilhas Anglo-Normandas, de Gibraltar ou de outros territórios onde as regras comunitárias do IVA e dos impostos especiais de consumo não seja m aplicáveis. Bebidas alcoólicas 1 litro de bebidas espirituosas com mais de 22º 2 litros de vinho licoroso ou de espumante 4 litros de vinho 16 litros de cerveja Tabaco Há um limite superior e um limite inferior, consoante o país que se está a visitar. Um país pode decidir só aplicar os limites inferiores às pessoas que viajam por terra ou por mar. Limite superior Limite inferior 200 cigarros ou 40 cigarros ou 100 cigarrilhas ou 20 cigarrilhas ou 50 charutos ou 10 charutos ou 250 gramas de tabaco ou 50 gramas de tabaco Outros artigos, incluindo perfume Até um valor de 300 euros por viajante, ou 430 euros para viajantes por ar emar, é permitido. Alguns países da União Europeia aplicam um limite inferior de 150 euros aos viajantes com menos de 15 anos.

7 Ajuda aos consumidores p q p Pode verificar a lista de ingredientes sobre qualquer produto que provoque alergias ou intolerância. Há regulamentos sobre os produtos que podem ser denominados «biológicos» e regras relativas à utilização de alegações nutricionais e de saúde nos alimentos. Os supermercados devem fornecer o preço unitário dos produtos (o preço por quilo ou litro) para facilitar a comparação dos preços. Os cosméticostêm deindicarpor quanto tempo osprodutos podemser utilizados após a abertura. Deve consultar o símbolo que representa um boião de creme aberto. Actualmente, os protectores solares devem ter uma rotulagem clara, incluindo uma indicação harmonizada sobre a protecção UVA, utilizar termos idênticos para descrever o grau de protecção e não incluir termos enganadores como, por exemplo, «protecção total». A legislação da União Europeia proporciona protecção relativamente a pacotes de viagens organizadas e a direitos reais de habitação periódica («timeshare»). Pode contribuir para resolver o problema das alterações climáticas, verificando a sua pegada de carbono no telemóvel durante as suas viagens. Descarregue gratuitamente mobgas (mobgas.jrc.ec.europa.eu) para calcular o impacto que as suas actividades diárias têm no ambiente e obter conselhos práticossobre afor ma de reduzir esse impacto. A flor é a etiqueta ecológica da União Europeia que figura nos bens de consumo corrente, desde sabonetes achampôs e sapatos, e permite identificar os produtos mais ecológicos. A flor permite-lhe igualmente encontrar hotéis, estabelecimentos de alojamento e pequeno-almoço, pousadas de juventude e parques de campismo que respeitam o ambiente. A flor indica-lhe que a unidade hoteleira em causa limita o seu consumo de energia e água, reduz olixo produzido e utiliza fontes de energia renováveis.

8 Carta de condução Uma carta de condução emitida por um Estado-Membro é válida em toda a União Europeia. Nalguns países, deve trazer consigo não só uma carta de condução válida, como o livrete de matrícula do veículo. Seguro automóvel Independentemente do país da União Europeia em que viaje, o seu seguro automóvel inclui automaticamente a cobertura mínima (responsabilidade civil) prevista pela lei. O mesmo se aplica à Islândia, Noruega e Suíça. É necessário verificar se o seguro contra todos os riscos do país de residência cobre igualmente as viagens no estrangeiro. A carta verde não é obrigatória para viajar na União, embora constitua uma prova de seguro internacionalmente reconhecida e permita obter mais facilmente uma reparação em caso de acidente. Na ausência de carta verde, ocondutor deve estar munido do certificado de seguro. Asuaseguradora poderá fornecer-lhe um exemplar da declaração europeia de acidente. Trata-se de um documento normalizado que facilita o preenchimento imediato da declaração em caso de acidente noutro país. Segurança rodoviária Em todos os países da União Europeia, têm de usar-se cintos de segurança em todos os veículos, incluindo autocarros turísticos e miniautocarros. As crianças devem também dispor de sistemas de retenção adequados em automóveis ecamiões e, se possível, em todos os outros veículos igualmente. O uso do telemóvel durante a condução aumenta consideravelmente o risco de acidentes e é explícita ou implicitamente proibido em todos os países da União Europeia. A taxa máxima de alcoolemia permitida varia entre 0,2 mg/ml e 0,8 mg/ml, embora nalguns países o álcool ao volante seja totalmente proibido.

9 de 2009 melhorarão o desempenho e segurança do sistema de aviação europeu e implicarão voos mais seguros, mais respeitadores do ambiente e economicamente mais eficientes. Direitos dos passageiros dos transportes aéreos Os passageiros dos transportes aéreos têm direitos específicos em matéria de informação sobre voos e reservas, danos causados às bagagens, atrasos ecancelamentos, recusas de embarque, indemnizações em caso de acidentes ou problemas com férias organizadas. Estes direitos aplicam-se a voos regulares ou a «charters» com partida de um aeroporto da União Europeia ou que, sendo operados por uma companhia aérea da União, partam de um aeroporto de fora da União Europeia com destino a um aeroporto da União. A União Europeia tem também uma lista das companhias aéreas que estão proibidas de voar no seu espaço aéreo e de utilizar os seus aeroportos. Os passageiros com deficiência ou idosos têm agora direito a ajuda gratuita nos aviões nos aeroportos da União, de forma a poderem viajar tão facilmente como qualquer outro passageiro. Os viajantes podem comparar os preços de uma viagem aérea em consequência das regras da União Europeia para assegurar que o preço inclui todos os impostos, taxas e sobretaxas. Se pretender apresentar uma queixa, deve contactar em primeiro lugar acompanhia aérea ou o operador de viagens. Caso estes não cumpram as suas obrigações, deve então apresentar queixa à autoridade competente do seu país. Pode ligar para o número verde de Europe Direct para obter as coordenadas da autoridade pertinente. Segurança Para garantir um alto nível de segurança em toda a União Europeia, foram definidas regras comuns em matéria de rastreio dos passageiros, bagagens de mão e de porão e controlos de segurança dos aviões. Há uma lista acordada de obje ctos proibidos a bordo em voos com partida de aeroportos da União, bem como uma lista de obje ctos que não podem ir na bagagem de porão. Verifique também as últimas restrições em matéria de transporte de líquidos.

10 A União Europeia possui uma rede ferroviária de km e ofer ece um grande número de serviços de transporte internacional de passageiros. Há 5000 quilómetros de linhas de grande velocidade em diversos países, com comboios que chegam a atingir os 320 km/h, e a rede está a ser ampliada. O transporte ferroviário internacional de passageiros tem por obje ctivo tornar-se mais competitivo a partir do início de 2010, quando qualquer companhia ferroviária licenciada e certificada estabelecida na União Europeia tiver capacidade para ofer ecer serviços internacionais ferroviários de passageiros. Os direitos dos passageiros ferroviários foram reforçados e melhorados egarantirão uma melhor informação, direitos em caso de atrasos, de perda de correspondências e de anulação, bem como assistência às pessoas com deficiência e aos idosos. Acesso aos cuidados de saúde Os cidadãos da União Europeia que adoeçam de repente ou seja m vítimas de um acidente durante uma visita temporária a um país da União, à Islândia, ao Listenstaine, à Noruega ou àsuíça têm acesso a cuidados de saúde gratuitos ou com custos reduzidos. Apenas os cuidados de saúde financiados pelo sector público estão incluídos neste regime, e cada país tem as suas próprias regras em matéria de cuidados de saúde públicos. Em determinados Estados, os cuidados são gratuitos; noutros deverá pagar parcial ou totalmente as despesas e requerer posteriormente o reembolso das mesmas. Conserve, pois, todas as facturas, receitas e recibos.

11 Seguro de viagem Pode ser útil fazer um seguro de viagem, visto serem poucos os países da União Europeia que pagam integralmente as despesas de tratamento médico. Uma doença ou um acidente no estrangeiro podem implicar despesas suplementares de deslocação, estadia ou repatriamento, para as quais pode prefer ir ser titular de um seguro. Medicamentos Caso transporte consigo medicamentos sujeitos a receita médica, leve a receita também. Não exceda as quantidades necessárias à sua utilização pessoal durante a viagem porque transportar grandes quantidades de medicamentos pode levantar suspeitas. Vacinas Normalmente, não são exigidas vacinas nas deslocações dentro da União Europeia. Contudo, há exigências ou recomendações para determinados territórios ultramarinos da União. Antes de partir, pergunte ao seu médico. Águas balneares Estão fixadas normas estritas em matéria de águas balneares em toda a União Europeia e a qualidade global da água está a melhorar. Todos os anos, acomissão Europeia redige um relatório destinado a banhistas com informações úteis sobre a qualidade das águas costeiras e interiores de toda aunião. Se vir uma bandeira azul numa praia ou numa marina, pode estar certo de que nela são respeitadas normas específicas relativas à qualidade da água, à segurança, aos serviços, à gestão ambiental e à informação. Em 2008/2009, foi atribuída uma bandeira azul a mais de praias e marinas da União Europeia. Trata-se de um sistema voluntário gerido pela Fundação para a Educação Ambiental na Europa.

12 Línguas Europa tem uma enorme riqueza linguística. As principais famílias de línguas da União Europeia incluem a germânica, a românica, a eslava, a báltica e acéltica. As instituições da União Europeia têm, actualmente, 23 línguas oficiais, mas existem muitas outras menos faladas. Muitos europeus falam pelo menos uma outra língua para além da sua língua materna e mais de um quarto da população adulta fala pelo menos duas línguas estrangeiras. Contudo, durante as suas viagens naeuropa, tente utilizar algumas frases da língua local quando falar com pessoas locais. Comece por um bom dia: Alemão Guten Morgen Búlgaro Dobro utro Checo Dobré ráno Dinamarquês God morgen Eslovaco Dobré ráno Esloveno Dobro jutro Espanhol Buenos días Estónio Tere hommikust Finlandês Hyvää huomenta Francês Bonjour Grego Kalimera Húngaro Jó reggelt Inglês Irlandês Italiano Letão Lituano Maltês Neerlandês Polaco Português Romeno Sueco Good morning Dia dhuit Buongiorno Labrīt Labas rytas L-Għodwa t-ta jba Goedemorgen Dzień dobry Bom dia Bună dimineaţa God morgon Telefone Existe apenas um indicativo para telefonar para o estrangeiro em toda a União Europeia. É o 00. Os indicativos nacionais dos países da União Europeia são os seguintes: A B BG CY CZ D DK E EST F FIN Áustria Bélgica B l á ia ca Checa nha arca a ia GB GR H I IRL L LT LV M NL P PL RO S SK SLO Reino Unido Grécia Hungria Itália Irlanda Luxemburgo Lituânia Letónia Malta Países Baixos Portugal Polónia Roménia Suécia Eslováquia Eslovénia

13 Telemóveis m ser utilizados em toda a Europa e em muitas outras raças à norma técnica GSM da União Europeia. As m o telemóvel no estrangeiro conseguem economias da ças ao regulamento da União Europeia sobre «roaming», q tes máximos ou «eurotarifas» para o custo das chamadas telefónicas efec tuadas ou recebidas em «roaming». O custo de envio de uma mensagem do estrangeiro também foi substancialmente reduzido, não ultrapassando actualmente um máximo de 11 cêntimos (sem IVA). «Eurotarifa» máxima por minuto de «roaming» em euros (sem IVA) Tarifa média no Verão de de Julho de de Julho de 2011 Chamadas móveis feitas no estrangeiro 1,10 0,39 0,35 Chamadas móveis recebidas no estrangeiro 0,58 0,15 0,11 Os operadores podem ofer ecer tarifas mais baratas, pelo que convém procurar as melhores tarifas. Os clientes recebem agora uma mensagem automática das taxas que os operadores aplicam às chamadas telefónicas, ao envio de mensagens e aos serviços de «roaming» de dados, como a navegação na Internet ou o descarregamento de filmes. A partir de Março de 2010, estará disponível um mecanismo destinado a proteger os consumidores de «más surpresas nas facturas» em serviços de «roaming» de dados. Os clientes poderão especificar previamente o montante máximo que querem gastarcom os serviços de «roaming» de dados, sendo aplicado um limite por defeito de 50 euros por mês, a partir de Julho de 2010, se ocliente não optar especificamente por outro montante. Um sítio Internet da União Europeia (ec.europa.eu/roaming) enumera a «eurotarifa» ofer ecida pelos operadores nos 27 países da União e tem ligações aos respectivos sítios Internet. Permite também comparar as tarifas praticadas para o envio de mensagens e a utilização de serviços de dados. Despesas postais Os selos de correio só podem ser utilizados no país onde são adquiridos, mesmo que o seu preço seja expresso em euros. Electricidade Em toda a Europa, a corrente alternada é de V e 50 Hz. Chipre, airlanda, Malta e o Reino Unido têm fichas quadradas de três pernos, mas, em geral, os restantes países da União Europeia têm todos fichas de dois pernos. As fichas podem variar, mas tal não deverá impedir a utilização de aparelhos como secadores de cabelo e máquinas de barbear. Nos aeroportos e estâncias turísticas, normalmente, é possível adquirir adaptadores.

14 A Europa ofer ece uma enorme variedade de coisas para ver e fazer. Para ideias e informação sobre todos os países, consulte os destinos turísticos europeus no sítio ou ossítios Internet das organizações nacionais oficiais de turismo de cada país da União Europeia. A Áustria B Bélgica e BG Bulgária CY Chipre CZ República Checa D Alemanha DK Dinamarca E Espanha ESTT Estónia F França FIN Finlândia GB Reino Unido GR Grécia H Hungría I Itália IRL Irlanda L Luxemburgo LT Lituânia LV Letónia M Malta NL Países Baixos P Portugal PL Polónia RO Roménia S Suécia SK Eslováquia SLO Eslovénia As abreviaturas dos países correspondem às utilizadas nas chapas nacionais de matrícula dos automóveis. Todos os anos, a União Europeia apoia e contribui para muitos projectos eeventos culturais em toda a Europa.Um deles é a designação anual de uma capital europeia da cultura. Essen (Alemanha), Pecs (Hungria) e Istambul (Turquia) partilham a designação em «Essen» (no Rur), uma metrópole situada na Alemanha ocidental, está a acolher uma miríade de projectos ao longo do ano para celebrar a arquitectura e o desenvolvimento urbano, as artes visuais, a literatura, a história e as indústrias criativas. Pecs, a cidade universitária histórica do sul da Hungria, tem uma série de festivais cheios de cor, exposições de arte, música clássica, folclórica e pop, teatros, danças, filmes e eventos literários. Istambul 2010, com as suas mesquitas antigas, palácios, museus e bazares, é uma cidade vibrante com projectos culturais especiais, desde desfiles de moda e exposições de costumes até concertos de música turca makam, semana do tango, festividades do Ramadão e um festival internacional de marionetas.

15 Clima Em geral, o clima da Europa é temperado. O quadro seguinte mostra as temperaturas mínimas médias de Janeiro e as temperaturas máximas médias de Julho nas capitais dos países da União Europeia. A B BG CY CZ D DK E EST F FIN GB GR H I IRL L LT LV M NL P PL RO S SK SLO Viena Bruxelas Sófia Nicósia Praga Berlim Copenhaga Madrid Tallin Paris Helsínquia Londres Atenas Budapeste Roma Dublim Luxemburgo Vilnius Riga La Valeta Amesterdão Lisboa Varsóvia Bucareste Estocolmo Bratislava Liubliana Mínimas médias Janeiro C Máximas médias Julho C Viajar com um cão ouum gato é agora muito mais fácil graças ao novo «passaporte para animais de companhia», que pode ser obtido junto de qualquer veterinário. Todos oscães egatos devem ter oseu passaporte, com pormenores comprovativos de vacinação válida contra a raiva. Pelo menos até 30 de Junho de 2010, a Irlanda, Malta, o Reino UnidoeaSuécia também exigem arealização doteste de eficácia da vacina. Além disso, para aentrada na Irlanda, emmalta enoreino Unido éexigida a desparasitação contra as carraças e a ténia. A Finlândia e a Suécia também exigem a desparasitação contra a ténia. Um animal deve ser identificável por um «microchip». Até Julho de 2011, será também aceite uma tatuagem legível, a não ser que viaje com oseu animal para a Irlanda, Malta ou para o Reino Unido, países que já exigem um «microchip».

16 GMT GMT +1 GM MT +4 Hora de Verão Em toda a União Europeia, a hora de Verão começa em 28 de Março de 2010, data em que os relógios deverão ser adiantados uma hora, e acaba em 31 de Outubro de 2010, data em que deverão ser atrasados uma hora. As datas para 2011 são 27 de Março e 30 de Outubro. Número único de emergência europeu: 112 Para contactar os serviços de emergência em qualquer país da União Europeia a partir de um telefone fixo ou móvel, marque o número gratuito 112. Perda ou roubo Os roubos devem ser comunicados à polícia. Quando fizer a sua declaração ao seguro ou apresentar o seu pedido de indemnização, deverá apresentar o relatório da polícia. Anule imediatamente o seu cartão de crédito perdido ou roubado. Em caso de roubo do passaporte, para além dapolícia deve informar igualmente oconsulado ou a embaixada do seu país. Convém recordar que se estiver fora da União Europeia pode obter ajuda junto do consulado ou da embaixada de qualquer outro país da União se o seu país não estiver representado.

17 EM LINHA O sítio Europa contém informações em todas as línguas oficiais da União Europeia: europa.eu PESSOALMENTE Há centenas de centros de informação sobre a União Europeia espalhados por toda a Europa. Pode encontrar o endereço do centro mais próximo no sítio europedirect.europa.eu POR TELEFONE OU CORREIO ELECTRÓNICO Europe Direct é um serviço que responde às suas perguntas sobre aunião Europeia. Pode contactar este serviço por telefone, através da linha telefónica gratuita (se estiver fora da União Europeia, através do seguinte número pago: ), ou por correio electrónico via europedirect.europa.eu LEIA AS PUBLICAÇÕES SOBRE A EUROPA Basta um clique para aceder a publicações sobre a União Europeia no sítio da EU Bookshop: bookshop.europa.eu Para obter informações e publicações em português sobre a União Europeia, contacte: REPRESENTAÇÃO DA COMISSÃO EUROPEIA Representação em Portugal Largo Jean Monnet, Lisboa PORTUGAL Tel.: Internet: ec.europa.eu/portugal Correio electrónico: CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPEIA JACQUES DELORS lacete do Relógio Cais do Sodré Lisboa PORTUGAL Tel.: Internet: Correio electrónico: GABINETE DO PARLAMENTO EUROPEU Gabinete em Portugal Largo Jean Monnet, Lisboa PORTUGAL Tel.: Internet: Correio electrónico: europa.eu Existem representações ou gabinetes da Comissão Europeia e do Parlamento Europeu em todos os Estados-Membros da União Europeia. Noutros países do mundo existem delegações da União Europeia.

18 ARGÉLIA TUNÍSIA A UCRÂNIA RÚSSIA, ,3 População (milhões) ,2 Índia ortante União Europeia, 2010 Realização cartográfica: Lovell Johns, Serv da U 2985 bookshop.europa.eu 1049 BÉLG e do Governo ital nacional nteira nacional Sede das instituições da União Europeiaa País candidato Estado-Membro da União Europeia LEGEND ENDA A LÍB ÍB BANO Escala: 1: ENTAIS T S-MEMBROS Projecção azimutal equivalente de Lambert 100 Escala 1: / 1 cm = 100 km SÍRIA TERRITÓRIOS NÃO E ULTR L AMARINOS DOS ís; nta um volume idêntico (2) 04,0 ( ) Estados Unidos Japão (2) (2) 38 6 (3) 499,7 66,0 (3) Popu (milh 61,6 Rússia China Superfície (1 000 Km2) A Europa no mun 244 United Kingdom Reino Unido Conjunto d países da Europe Sverige Suécia Unida na diversidade: A União Europeia é composta por vinte e sete países europeus que part bem form euro emp g Euro outros países são candidatos à União Europeia. Para informações sobre a Uniã Un iã consu co nsult ltar ar eu euro ropa pa.e eu. u onte: ,2 2, Slovenija Eslovénia 21, Produto interno bruto per capita (PPC) (1) Suomi/Finland Finlândia 230 România Roménia 10,6 38,1 8,3 16,4 0,4 10,0 0,4 População (milhões) Slovensko Eslováquia Polska Polónia Portugal Österreich Áustria Nederland Países Baixos 93 0,3 Magyarország Hungria Malta Malta 3 Superfície (1 000 Km2) Luxembourg Luxemburgo (1) O produto interno bruto representa o valor total de todos os bens e serviços produzidos durante u é utilizado frequentemente para expressar a riqueza. PPC, padrão de poder de compra, é uma unidad ens e serviços relativamente a cada país, independentemente do nível dos preços. O valor de um ximadamente a 1 euro. Os números constituem estimativas. Dados referentes a Fonte: Eurostat (epp.eurostat.ec.europa.eu). Turquia 56 Superfície (1 000 Km2) Países candidatos ,7 600,0 Italia Itália 45, , , , Produto interno bruto per capita (PPC) (1) ,6 10, ,7 População (milhões) 31 Superfície (1 000 Km2) Estados-Membros da União Europeia France França Espanha Κύπρος Kıbrıs É D D Čes Rep Bel 400 mi 400 km IRAQUE IR

19 Viajar na Europa 2010 Europa: um continente com milhares de anos de história, um rico património cultural e algumas das paisagens mais belas do mundo. Uma infinidade de coisas que os viajantes podem descobrir e explorar, de uma forma agora mais fácil graças à União Europeia. No interior da União Europeia, podem atravessar-se muitas fronteiras sem que haja qualquer controlo e, com o euro, é mais fácil comparar preços para fazer boas compras. Se for necessário, pode obter-se facilmente assistência médica e os animais de companhia já não têm de ficar em casa. Se conduzir, a sua carta de condução e a apólice de seguro automóvel emitidos num país da União Europeia são válidos em todos os outros, e pode utilizar o seu telemóvel em todo o lado. Nesta publicação encontra mais informações, sugestões úteis e um mapa da Europa. A brochura Viajar na Europa 2010 é publicada igualmente na Internet, numa versão mais completa que contém ligações para informações mais pormenorizadas sobre os temas abordados: europa.eu/travel Pode consultar esta brochura, bem como outras informações claras e concisas sobre a União Europeia, em: ec.europa.eu/publications europa.eu/travel Comissão Europeia Direcção-Geral da Comunicação Publicações 1049 Bruxelles BÉLGICA Manuscrito terminado em Dezembro de 2009 União Europeia, 2010 Reprodução autorizada. As fotografias só podem ser utilizadas ou reproduzidas mediante a autorização prévia dos detentores dos direitos de autor. Ilustrações: Hugo van Look doi: /38234 NA PT-C

MINIGUIA DA EUROPA 2011 Comunicar com os Europeus Línguas Na Europa fala-se muitas línguas, cujas principais famílias são a germânica, a românica, a eslava, a báltica e a céltica. As instituições da União

Leia mais

www.aprendereuropa.pt / www.eurocid.pt União Europeia Estados-Membros: 28 População: 507 milhões de habitantes Superfície: + de 4 milhões km2

www.aprendereuropa.pt / www.eurocid.pt União Europeia Estados-Membros: 28 População: 507 milhões de habitantes Superfície: + de 4 milhões km2 União Europeia Estados-Membros: 28 População: 507 milhões de habitantes Superfície: + de 4 milhões km2 Bélgica (Belgique) Capital: Bruxelas (Bruxelles Brussel) População: 11.094,8 milhões de habitantes*

Leia mais

CENTRO EUROPEU DO CONSUMIDOR - PORTUGAL EUROPEAN CONSUMER CENTRE

CENTRO EUROPEU DO CONSUMIDOR - PORTUGAL EUROPEAN CONSUMER CENTRE ECC-Net: Travel App Uma nova aplicação para telemóveis destinada aos consumidores europeus que se deslocam ao estrangeiro. Um projeto conjunto da Rede de Centros Europeus do Consumidor Nome da app: ECC-Net:

Leia mais

PARLAMENTO EUROPEU CONSTITUIÇÃO:

PARLAMENTO EUROPEU CONSTITUIÇÃO: CONSTITUIÇÃO: PARLAMENTO EUROPEU É a instituição parlamentar da União Europeia. Eleito por um período de 5 anos por sufrágio universal directo pelos cidadãos dos estados-membros Presidente do Parlamento

Leia mais

VIAJAR NA EUROPA 2013-2014. União Europeia

VIAJAR NA EUROPA 2013-2014. União Europeia VIAJAR NA EUROPA 2013-2014 União Europeia VIAJAR NA EUROPA 2013-2014 A União Europeia, que conta com 28 países, incluindo a Croácia a partir de 1 de julho de 2013, estende-se pelo continente europeu, da

Leia mais

BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda a Europa.

BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda a Europa. BMW Motorrad Após-Venda Serviços Móveis BMW Motorrad Após-Venda Pelo prazer de conduzir Serviços Móveis BMW Motorrad Mobile Care. BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

Leia mais

A estabilidade de preços é importante porquê? Brochura informativa para os alunos

A estabilidade de preços é importante porquê? Brochura informativa para os alunos A estabilidade de preços é importante porquê? Brochura informativa para os alunos O que é que podes comprar com uma nota de 10? Que tal dois CD-singles ou talvez a tua revista preferida todas as semanas,

Leia mais

A solução. para os seus problemas. na Europa. ec.europa.eu/solvit

A solução. para os seus problemas. na Europa. ec.europa.eu/solvit A solução para os seus problemas na Europa ec.europa.eu/solvit CONHEÇA OS SEUS DIREITOS Viver, trabalhar ou viajar em qualquer país da UE é um direito fundamental dos cidadãos europeus. As empresas também

Leia mais

Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido?

Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido? PT Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido? A Informações sobre o Regulamento de Dublim destinadas aos requerentes de proteção internacional, em conformidade com o artigo 4.º do Regulamento

Leia mais

A formação da União Europeia

A formação da União Europeia A formação da União Europeia A EUROPA DOS 28 Como tudo começou? 1926: 1º congresso da União Pan- Europeia em Viena (Áustria) 24 países aprovaram um manifesto para uma organização federativa na Europa O

Leia mais

Preçário dos Cartões Telefónicos PT

Preçário dos Cartões Telefónicos PT Preçário dos Cartões Telefónicos PT Cartão Telefónico PT 5 e (Continente)... 2 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma dos Açores)... 6 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma da Madeira)... 10 Cartão

Leia mais

Vodafone Negócios. Red é todas as coisas boas para o seu negócio. Sem preocupações, sem limites.

Vodafone Negócios. Red é todas as coisas boas para o seu negócio. Sem preocupações, sem limites. Vodafone Negócios Red é todas as coisas boas para o seu negócio Sem preocupações, sem limites. Vodafone Red Pro Chamadas e SMS para todas as redes Número fixo no telemóvel com funcionalidades One Net

Leia mais

3. Substituiçã o de cartão. 4. Inibição do cartão. 2. Emissão do Cartão. Isento Isento -- -- 25,00 (4) Ver Nota (2).

3. Substituiçã o de cartão. 4. Inibição do cartão. 2. Emissão do Cartão. Isento Isento -- -- 25,00 (4) Ver Nota (2). 3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 04-agosto-2015 3.1. Cartões de Crédito Designação do cartão Redes onde o cartão é aceite Barclays

Leia mais

Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa

Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa Ministério da Saúde Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa Assunto: Cartão Europeu de Seguro de Doença Nº: 20/DSPCS DATA: 18/05/04 Para: Todos os serviços dependentes do Ministério da Saúde Contacto

Leia mais

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012?

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? junho 2012 PASSO A PASSO 1. 2. 3. 4. A União Europeia Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? Ano Europeu 2012: curiosidades iniciativas quiz Links para saber mais 1. A União Europeia 27 Estados-Membros

Leia mais

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é aceite 1.º Titular Outros Titulares de (5) (1) 5. Recuperação de valores em divida (6) Millennium bcp Business Silver 28,85 19,23 26,44 Millennium

Leia mais

Viajar na Europa. União Europeia

Viajar na Europa. União Europeia Viajar na Europa 2009 União Europeia VIAJAR NA EUROPA 2009 A União Europeia estende-se p europeu, da Lapónia ao mar Me edacosta ocidental da Irlanda ao l de Chipre, numa riquíssima varieda de paisagens,delitorais

Leia mais

CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA

CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA 1950 9 de Maio Robert Schuman, Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, profere um importante discurso em que avança propostas inspiradas nas ideias de Jean Monnet.

Leia mais

CONSILIUM. Schengen. A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011

CONSILIUM. Schengen. A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011 PT CONSILIUM Schengen A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011 Índice INTRODUÇÃO 1 LIVRE CIRCULAÇÃO DE PESSOAS 2 COOPERAÇÃO POLICIAL E ADUANEIRA 2 Fronteiras internas 2 Fronteiras

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

Notas sobre o formulário Acto de Oposição

Notas sobre o formulário Acto de Oposição INSTITUTO DE HARMONIZAÇÃO NO MERCADO INTERNO (IHMI) Marcas, Desenhos e Modelos Notas sobre o formulário Acto de Oposição 1. Observações gerais 1.1 Utilização do formulário O formulário pode ser obtido

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427 NOTA de: para: Assunto: Presidência Grupo de Avaliação de Schengen Projecto de decisão do

Leia mais

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006 PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006 Versão: 1.0 Pág.: 1/7 1. ACESSO DIRECTO Chamadas DENTRO DO PAÍS Não Corp Corp Local 0,0201 0,0079 Local Alargado 0,0287 0,0105 Nacional 0,0287 0,0105 FIXO MÓVEL

Leia mais

Seu guia completo para nossos serviços móveis

Seu guia completo para nossos serviços móveis Seu guia completo para nossos serviços móveis Entre na maior comunidade de serviços móveis das Ilhas do Canal Guernsey GRÁTIS www.jtglobal.com Pesquise por Jtsocial A JT oferece mais Custo/benefício A

Leia mais

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO 7.6.2008 C 141/27 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO Convite à apresentação de propostas de 2008 Programa Cultura (2007-2013) Execução das seguintes acções do programa: projectos plurianuais

Leia mais

http://www.dgs.pt/wwwbase/raiz/mlkimprimir.aspx?codigoms=0

http://www.dgs.pt/wwwbase/raiz/mlkimprimir.aspx?codigoms=0 Página Web 1 de 5 Mobilidade de Doentes imprimir adicionar aos favoritos Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) Aconselhamos vivamente que leve consigo o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação Banco BPI, Sociedade

Leia mais

Seu guia completo para nossos serviços móveis

Seu guia completo para nossos serviços móveis Seu guia completo para nossos serviços móveis Entre na maior comunidade de serviços móveis das Ilhas do Canal Jersey GRÁTIS www.jtglobal.com Pesquise por Jtsocial A JT oferece mais Custo/benefício A JT

Leia mais

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Vendas Novas - 02 de julho de 2013 aicep Portugal Global é uma agência pública de natureza empresarial, cuja missão é: Atrair investimento estrangeiro

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DECISÃO DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DECISÃO DO CONSELHO PT PT PT COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 3.8.2009 COM(2009) 411 final Proposta de DECISÃO DO CONSELHO relativa à assinatura do Acordo sobre certos aspectos dos serviços aéreos entre a Comunidade

Leia mais

MEMO. Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes

MEMO. Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes COMISSÃO EUROPEIA MEMO Bruxelas, 15 Maio 2013 Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes Um alto nível de proteção da saúde; o direito de beneficiar de

Leia mais

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS EM POUCAS PALAVRAS OS PRIMEIROS PASSOS DATA/LOCAL DE ASSINATURA E ENTRADA EM VIGOR PRINCIPAIS MENSAGENS QUIZ 10 PERGUNTAS E RESPOSTAS OS PRIMEIROS PASSOS No século XX depois das Guerras No século XX, depois

Leia mais

Náutica. Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima. Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012

Náutica. Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima. Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012 Náutica Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012 Aicep Portugal Global é uma agência pública de natureza empresarial, cuja missão é: Atrair investimento estrangeiro para

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Classic Estrangeiro: Rede 28,85 28,85 19,23 19,23 Isenção

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Comissões (Euros) Redes onde o cartão é aceite 1. Anuidades 1 1.º Titular Outros Titulares 2. Emissão de cartão 1 3. Substituição de cartão 2 4. Inibição do cartão 5. Pagamentos

Leia mais

PEDIDO DE INFORMAÇÕES RELATIVAS AO DIREITO ÀS PRESTAÇÕES FAMILIARES NO ESTADO DE RESIDÊNCIA DOS FAMILIARES

PEDIDO DE INFORMAÇÕES RELATIVAS AO DIREITO ÀS PRESTAÇÕES FAMILIARES NO ESTADO DE RESIDÊNCIA DOS FAMILIARES A COMISSÃO ADMINISTRATIVA PARA A SEGURANÇA SOCIAL DOS TRABALHADORES MIGRANTES Ver «Instruções» na página 4 E 411 ( 1 ) PEDIDO DE INFORMAÇÕES RELATIVAS AO DIREITO ÀS PRESTAÇÕES FAMILIARES NO ESTADO DE RESIDÊNCIA

Leia mais

A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão

A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão IP/08/836 Bruxelas, 3 de Junho de 2008 A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão A Comissão Europeia acelerou hoje os seus esforços para promover a utilização na

Leia mais

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas OS DIREITOS DOS PASSAGEIROS DE TRANSPORTE AÉREO AS NOVAS REGRAS Dia 17 de Fevereiro entra em vigor o Regulamento (CE) n.º 261/2004, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de Fevereiro de 2004, que

Leia mais

IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM

IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de (países ordenados por continente) Ásia Brunei 14 dias --- Camboja 30 dias c) --- Coreia do Sul 90 dias --- Filipinas 14 dias --- Indonésia

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 11 de Julho de 2007 (18.07) (OR. en) 11722/07 SCH-EVAL 131 SIRIS 133 COMIX 659

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 11 de Julho de 2007 (18.07) (OR. en) 11722/07 SCH-EVAL 131 SIRIS 133 COMIX 659 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 11 de Julho de 2007 (18.07) (OR. en) 11722/07 SCH-EVAL 131 SIRIS 133 COMIX 659 NOTA de: para: Assunto: Presidência Grupo de Avaliação de Schengen Projecto de decisão

Leia mais

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz Serviços Adicionais 12400 - Portal de Voz Descrição Totoloto, Totobola, Lotarias e Euro Milhões Pode conhecer os números do Euro Milhões meia hora antes do sorteio na TV. Saiba os resultados e o valor

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE) 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Business 43,27 43,27

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE) 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Business Estrangeiro:

Leia mais

Conheça os seus direitos antes de partir: os seus direitos são o nosso objectivo

Conheça os seus direitos antes de partir: os seus direitos são o nosso objectivo Conheça os seus direitos antes de partir: os seus direitos são o nosso objectivo Espera-se que cinco milhões de fãs viagem para assistir ao Euro 2008 este Verão. Sabemos que para alguns deles poderão surgir

Leia mais

O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE

O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE Durante muito tempo os países da Europa andaram em guerra. A segunda Guerra Mundial destruiu grande parte do Continente Europeu. Para evitar futuras guerras, seria

Leia mais

Conheça os Seus Direitos de Passageiro

Conheça os Seus Direitos de Passageiro Conheça os Seus Direitos de Passageiro Índice Via Aérea... 2 Pessoas com deficiências e pessoas com mobilidade reduzida... 2 Embarque recusado... 2 Cancelamento... 2 Atrasos consideráveis... 2 Bagagem...

Leia mais

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Apresentação ERASMUS+ - Ensino Superior O Erasmus+ é o novo programa da UE dedicado à educação, formação, juventude e desporto. O programa tem início

Leia mais

NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra

NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra Telemóvel Comunicações incluidas no pacote: Cada cartão tem 4.000 minutos ou SMS para redes fixas e móveis nacionais. : Depois de atingir

Leia mais

É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu!

É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu! F É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu! 1 QUEM PODE VOTAR A 25 DE MAIO DE 2014? Para poder participar nesta eleição na qualidade

Leia mais

Vodafone Red. Apresentação Serviço. Classificação: C1 - Vodafone Public

Vodafone Red. Apresentação Serviço. Classificação: C1 - Vodafone Public Apresentação Serviço Classificação: C1 - Vodafone Public Índice 1. Conheça os novos Planos Red Pro... 3 1.1. Vantagens Red Pro... 3 1.2. Planos Red Pro... 4 1.3. Opção de Internet... 5 1.4. Outros planos

Leia mais

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO Portugal situa-se no extremo sudoeste da Europa e é constituído por: Portugal Continental ou Peninsular (Faixa Ocidental da Península Ibérica) Parte do território

Leia mais

NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite

NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite Telemóvel Comunicações incluidas no pacote: Cada cartão tem 4.000 minutos ou SMS para redes fixas e móveis nacionais. : Depois de

Leia mais

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS:

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: Acesso a cuidados de saúde programados na União Europeia, Espaço Económico Europeu e Suiça. Procedimentos para a emissão do Documento

Leia mais

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido PROGRAMA ERASMUS+ AÇÃO 1 MOBILIDADE INDIVIDUAL PARA FINS DE APRENDIZAGEM ENSINO SUPERIOR 2015 TABELA DE BOLSAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES PARA ESTUDOS E ESTÁGIOS TABELA 1 De Portugal Continental para: Valor

Leia mais

2º e 3º Ciclos Ensino Profissional

2º e 3º Ciclos Ensino Profissional 2º e 3º Ciclos Ensino Profissional Índice 1. A União Europeia O caminho da UE 2. Os Anos Europeus 3. 2010 Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social (AECPES) 4. 2010 AECPES. Pobreza e Exclusão

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA. Maria do Rosário Baeta Neves Professora Coordenadora

UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA. Maria do Rosário Baeta Neves Professora Coordenadora UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA 1952 CECA (TRATADO DE PARIS 18 de Abril 1951) Países aderentes: França Alemanha Bélgica Holanda Luxemburgo Itália Objectivos do Tratado de Paris: Criação do Mercado Comum

Leia mais

SERVIÇOS CONSULARES: GUIA DOS VISTOS. Nasceu nos Estados Unidos ou algum dos seus progenitores tinha cidadania americana à data do seu nascimento?

SERVIÇOS CONSULARES: GUIA DOS VISTOS. Nasceu nos Estados Unidos ou algum dos seus progenitores tinha cidadania americana à data do seu nascimento? Nasceu nos Estados Unidos ou algum dos seus progenitores tinha cidadania americana à data do seu nascimento? SIM ou NÃO Se nasceu nos Estados Unidos ou se algum dos seus progenitores tinha a cidadania

Leia mais

SEPA - Single Euro Payments Area

SEPA - Single Euro Payments Area SEPA - Single Euro Payments Area Área Única de Pagamentos em euros APOIO PRINCIPAL: APOIO PRINCIPAL: Contexto O que é? Um espaço em que consumidores, empresas e outros agentes económicos poderão efectuar

Leia mais

Ano Europeu da Criatividade e Inovação

Ano Europeu da Criatividade e Inovação Ano Europeu da Criatividade e Inovação Imaginar criar inovar Índice A União Europeia O caminho da UE O Ano Europeu Criatividade e Inovação. Porquê? Criatividade e Inovação. Importância Criatividade e Inovação.

Leia mais

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015 Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS O Preçário completo da Agência de Câmbios Central, Lda., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados.

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados. Benefícios VISA Serviço oferecido pela Visa à todos os portadores de cartão. Está disponível 24horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e oferece assistência em espanhol, inglês e português.

Leia mais

istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos

istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos 1 Espaço Schengen em 19 de dezembro de 2011 Estados-Membros da União Europeia pertencentes ao espaço Schengen Estados-Membros

Leia mais

Banda larga: o fosso entre os países da Europa com melhores e piores desempenhos está a diminuir

Banda larga: o fosso entre os países da Europa com melhores e piores desempenhos está a diminuir IP/08/1831 Bruxelas, 28 de Novembro de 2008 Banda larga: o fosso entre os países da Europa com melhores e piores desempenhos está a diminuir De acordo com um relatório publicado hoje pela Comissão Europeia,

Leia mais

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL ERASMUS + Uma porta aberta para a Europa : O novo programa

Leia mais

MÓDULO V B C D E PÓS-EURO

MÓDULO V B C D E PÓS-EURO O PÓS-EURO A B C D E MÓDULO V O Euro face às s principais moedas internacionais Pacto de Estabilidade e Crescimento O Tratado de Amesterdão O Tratado de Nice Reforçar e Reformar as Políticas da União na

Leia mais

Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais

Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais Impostos e taxas com relevância ambiental 2013 31 de outubro de 2014 Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais O valor dos Impostos

Leia mais

Política de Registo do Nome de Domínio.eu

Política de Registo do Nome de Domínio.eu Política de Registo do Nome de Domínio.eu 1/14 ÍNDICE Índice... 2 Definições... 3 Objecto e Âmbito... 3 Secção 1. O Titular do Registo tem de determinar se cumpre os Critérios Gerais de Elegibilidade...

Leia mais

Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE

Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA UNIÃO EUROPEIA ESTADOS-MEMBROS Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE Fevereiro de 2011 FICHA TÉCNICA Título Informação Estatística União Europeia/Estados-membros,

Leia mais

Newsletter. Condições especiais para ASAPOL. Agosto 2012. Campanha ASAPOL

Newsletter. Condições especiais para ASAPOL. Agosto 2012. Campanha ASAPOL Newsletter Agosto 2012 Campanha ASAPOL Condições especiais para ASAPOL Principais Vantagens para Associados Campanha ASAPOL A Vodafone oferece condições especiais de tarifas e de aquisição de equipamentos.

Leia mais

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA)

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA) Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, ecologia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e segurança

Leia mais

CASSTM NOTA 376/03 ANEXO 2REV

CASSTM NOTA 376/03 ANEXO 2REV CASSTM NOTA 376/03 ANEXO 2REV DOCUMENTO 3 DIREITOS E OBRIGAÇÕES DOS TITULARES DOS CARTÕES EUROPEUS DE SEGURO DE DOENÇA OU DE DOCUMENTOS EQUIVALENTES NA SEQUÊNCIA DAS ALTERAÇÕES DO PONTO I DA ALÍNEA A)

Leia mais

EUROBARÓMETRO especial 243 OS EUROPEUS E AS SUAS LÍNGUAS INTRODUÇÃO

EUROBARÓMETRO especial 243 OS EUROPEUS E AS SUAS LÍNGUAS INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Hoje, a União Europeia abriga 450 milhões de habitantes com origens étnicas, culturais e linguísticas diversas. Os modelos linguísticos dos países europeus são complexos - moldados pela História,

Leia mais

NOTA INFORMATIVA SINGLE EURO PAYMENTS AREA. 1. O que é a SEPA?

NOTA INFORMATIVA SINGLE EURO PAYMENTS AREA. 1. O que é a SEPA? 1 NOTA INFORMATIVA 1. O que é a SEPA? Para harmonização dos sistemas de pagamento no espaço europeu no sentido de impulsionar o mercado único, foi criada uma Área Única de Pagamentos em Euro (denominada

Leia mais

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI Tratado de Lisboa A Europa rumo ao século XXI O Tratado de Lisboa Índice 1. Contextualização 1.1. Porquê um novo Tratado? 1.2. Como surgiu o Tratado de Lisboa? 2. O que mudará com o Tratado de Lisboa?

Leia mais

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO Bruxelas, 1 de Março de 2011 SN 1704/11 1. INTRODUÇÃO O presente documento descreve

Leia mais

Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008)

Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008) Visto de entrada gratuito Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008) Cidadãos da União Européia (UE), de países membros da Área Econômica Européia (AEE) e dos seguintes países 1 podem

Leia mais

1. Anuidades. 1.º Titular Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. Anos. Grátis Grátis Grátis Grátis -- 19,23 -- 14,42 19,23 (1)

1. Anuidades. 1.º Titular Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. Anos. Grátis Grátis Grátis Grátis -- 19,23 -- 14,42 19,23 (1) 3.1. Cartões crédito Designação do Res on o é aceite 1. Anuidas 1.º Titular Outros Titulares 2. Emissão 3. Substituição (10) 5. Recuperação valores em dívida (15) isenção (ver Nota Geral) Millennium bcp

Leia mais

Portugal Leaping forward

Portugal Leaping forward Portugal Leaping forward Dr. Pedro Reis Presidente da AICEP Lisboa, 16 de Março 2012 Enquadramento internacional Fonte: EIU (Fev 2012) Nota: PIB a preços de mercado Variação (%) Enquadramento internacional

Leia mais

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Uma Rede de apoio à competitividade das empresas 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Quem somos Quem somos? Onde estamos? Criada pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Quadro para a Competitividade

Leia mais

Política de Registo do Nome de Domínio.eu

Política de Registo do Nome de Domínio.eu Política de Registo do Nome de Domínio.eu 1/16 ÍNDICE Índice...2 Definições...3 Objecto e Âmbito...3 Secção 1. O Titular do Registo tem de determinar se os Critérios Gerais de Elegibilidade estão reunidos...3

Leia mais

PORTUGAL. A recente performance de Portugal enquanto destino turístico Mitos e realidades. João Cotrim de Figueiredo 05 dezembro 2015

PORTUGAL. A recente performance de Portugal enquanto destino turístico Mitos e realidades. João Cotrim de Figueiredo 05 dezembro 2015 PORTUGAL A recente performance de Portugal enquanto destino turístico Mitos e realidades João Cotrim de Figueiredo 05 dezembro 2015 Um ciclo de crescimento longo e a acelerar 12 000 000 10 000 000 Receitas

Leia mais

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2014 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 23 6 44

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2014 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 23 6 44 Quadro Número de empresas de seguros a operar em Portugal 24 Vida Não Vida Mistas Total Em regime de estabelecimento 2 46 2 78 Empresas de seguros de direito português 5 23 6 44 Empresas de seguros 5 2

Leia mais

INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS

INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS C 390/10 PT Jornal Oficial da União Europeia 24.11.2015 INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS Primeira atualização das informações referidas no artigo 76. o do Regulamento (UE) n. o 1215/2012 do Parlamento Europeu

Leia mais

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente. Nome Completo B.I./ Cartão Cidadão Nº Contribuinte Código Repartição Finanças Morada de residência

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente. Nome Completo B.I./ Cartão Cidadão Nº Contribuinte Código Repartição Finanças Morada de residência 1 Proposta de Adesão de Crédito - Particulares Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Identificação do titular Nome Completo B.I./ Cidadão Nº Contribuinte

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS AS MERCADORIAS TRANSPORTADAS NO EXERCICIO DA ACTIVIDADE DE TRANSPORTADOR DE MERCADORIAS.

CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS AS MERCADORIAS TRANSPORTADAS NO EXERCICIO DA ACTIVIDADE DE TRANSPORTADOR DE MERCADORIAS. CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS AS MERCADORIAS TRANSPORTADAS NO EXERCICIO DA ACTIVIDADE DE TRANSPORTADOR DE MERCADORIAS. COBERTURA ARTIGO 1º 1.1. O Objecto desta cobertura

Leia mais

FICHA DE PRODUTO NOVAS SOLUÇÕES

FICHA DE PRODUTO NOVAS SOLUÇÕES FICHA DE PRODUTO SEGURO DE VIAGEM Ao planear uma viagem, seja de lazer ou de negócio, devemos incluir a necessidade de efectuar um seguro de viagem. Não podemos evitar apertos e dificuldades que podem

Leia mais

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados.

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados. Benefícios Visa Serviço oferecido pela Visa a todos os portadores de cartão. Está disponível 24horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e oferece assistência em espanhol, inglês e português.

Leia mais

OCDE/ITF - IRTAD 5 6 6.1 6.2 A ANSR

OCDE/ITF - IRTAD 5 6 6.1 6.2 A ANSR Jorge Jacob Agenda: 1 Sinistralidade Rodoviária um flagelo mundial 2 Organização Mundial MACRO 3 WHO The Decade of Action for Road Safety 4 OCDE/ITF - IRTAD 5 UE/Comissão Europeia 6 Portugal: 6.1 Situação

Leia mais

"SMS sem fronteiras": Comissão planeia pôr fim aos abusos nos preços das mensagens de texto enviadas do estrangeiro

SMS sem fronteiras: Comissão planeia pôr fim aos abusos nos preços das mensagens de texto enviadas do estrangeiro IP/08/1144 Bruxelas, 15 de Julho de 2008 "SMS sem fronteiras": Comissão planeia pôr fim aos abusos nos preços das mensagens de texto enviadas do estrangeiro Os 2500 milhões de mensagens de texto enviadas

Leia mais

A União Europeia tem um hino. Verdadeiro ou falso? Qual é o símbolo do euro? a) $ b) c)

A União Europeia tem um hino. Verdadeiro ou falso? Qual é o símbolo do euro? a) $ b) c) Quais são as cores da bandeira da União Europeia? a) Azul e amarelo b) Azul e verde c) Verde e vermelho Quantas pontas têm as estrelas da União Europeia? a) 3 b) 5 c) 10 1/52 A União Europeia tem um hino.

Leia mais

GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP)

GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP) GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP) INFORMAÇÃO GERAL 1. O que é um estágio Erasmus? O Estágio Erasmus é uma parte da sua formação académica (curricular ou extracurricular) efectuada

Leia mais

Provedor de Justiça Europeu. Problemas com a UE? Quem pode ajudá-lo?

Provedor de Justiça Europeu. Problemas com a UE? Quem pode ajudá-lo? Provedor de Justiça Europeu Problemas com a UE? Quem pode ajudá-lo? Introdução O Provedor de Justiça Europeu procura encontrar soluções justas para as queixas contra as instituições da União Europeia,

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem GUIA DE CANDIDATURA PARA MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA ESTÁGIOS ERASMUS+ (SMP)

Leia mais

NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA

NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 31 de Março de 2005 (OR. en) AA 23/2/05 REV 2 TRATADO DE ADESÃO: ACTA FINAL PROJECTO DE ACTOS LEGISLATIVOS E OUTROS INSTRUMENTOS

Leia mais

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 22/01 Economia 25/01 Comércio Internacional 26/01 Taxas de Juro 29/01 Economia 31/01 Desemprego 31/01 Investimento Banco de Portugal divulgou Boletim Estatístico Janeiro 2007 http://epp.eurostat.ec.europa.eu/pls/portal/docs/page/pgp_prd_cat_prerel/pge_cat_prerel_year_2007/pge_

Leia mais

PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais nas eleições europeias de 2009

PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais nas eleições europeias de 2009 Direção-Geral da Comunicação Unidade do Acompanhamento da Opinião Pública Bruxelas, 13 de novembro de 2012 PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 18 de Dezembro de 2003 (19.12) (OR. en) 16277/03 Dossier interinstitucional: 2003/0299 (CNS)

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 18 de Dezembro de 2003 (19.12) (OR. en) 16277/03 Dossier interinstitucional: 2003/0299 (CNS) CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 18 de Dezembro de 2003 (19.12) (OR. en) 16277/03 Dossier interinstitucional: 2003/0299 (CNS) ASIE 38 JAI 379 TOUR 20 PROPOSTA Origem: Comissão Europeia Data: 15 de

Leia mais

VERSÕES CONSOLIDADAS

VERSÕES CONSOLIDADAS 9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/1 VERSÕES CONSOLIDADAS DO TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA E DO TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA (2008/C 115/01) 9.5.2008 PT Jornal Oficial da

Leia mais