VIAJAR NA EUROPA União Europeia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VIAJAR NA EUROPA 2013-2014. União Europeia"

Transcrição

1 VIAJAR NA EUROPA União Europeia

2 VIAJAR NA EUROPA A União Europeia, que conta com 28 países, incluindo a Croácia a partir de 1 de julho de 2013, estende-se pelo continente europeu, da Lapónia, a norte, ao mar Mediterrâneo, e da costa ocidental da Irlanda ao litoral de Chipre, numa riquíssima variedade de paisagens, de litorais rochosos a praias de areia fina, de férteis pastagens a planícies áridas, de lagos e florestas à tundra ártica. Os povos da Europa, com a sua diversidade de tradições, culturas e línguas, representam mais de 7% da população mundial. A riqueza do seu património histórico está patente nas pinturas rupestres pré-históricas, nos vestígios greco-romanos da Antiguidade, na arquitetura mourisca, nos castelos medievais, nos palácios renascentistas e nas igrejas barrocas. A Europa moderna também atrai os viajantes com as suas cidades trepidantes, o colorido das suas festividades culturais, os desportos de verão e de inverno e a variedade da sua gastronomia. Os europeus gostam de viajar, e a abolição da maioria das formalidades de passaportes e bagagens tornou as viagens muito mais fáceis. Dezassete países da UE partilham a mesma moeda, o euro, o que facilita as comparações de preços e evita os custos e inconvenientes de ter de trocar de moeda. A criação de um mercado único de mais de 500 milhões de pessoas aumentou as possibilidades de escolha e fez baixar os preços. De facto, a maioria dos europeus pensa que é tão fácil viajar na UE como no seu país de origem.

3 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA CIDADÃOS DA UE Passaporte ou bilhete de identidade Já não há controlos nas fronteiras entre 22 países da UE, devido ao Acordo de Schengen, que faz parte da legislação da UE. As regras de Schengen eliminaram os controlos nas fronteiras internas, mas criaram controlos eficazes nas fronteiras externas da UE e introduziram uma política comum de vistos. Todos os países da UE são membros de pleno direito do Acordo de Schengen, com exceção da Bulgária, da Irlanda, da Croácia, de Chipre, da Roménia e do Reino Unido. A Islândia, o Listenstaine, a Noruega e a Suíça são igualmente membros do Espaço Schengen, apesar de não serem membros da UE. Por conseguinte, necessita de apresentar um passaporte ou bilhete de identidade válidos ao viajar para os seis países que não são membros do Acordo de Schengen, bem como ao entrar ou sair da UE pelas suas fronteiras externas. Ao viajar na UE, deve estar na posse desses documentos, dado que podem ser necessários para efeitos de identificação ou de segurança. Antes de viajar para fora da UE, verifique quais os documentos exigidos pelo país não-membro da UE que planeia visitar. É importante referir que os únicos documentos de identificação válidos são os emitidos pelas autoridades nacionais. As crianças têm agora de possuir o seu próprio passaporte ou bilhete de identidade. Visto Não é preciso visto para viajar dentro do território da UE. PARA CIDADÃOS DE PAÍSES NÃO MEMBROS DA UE Passaporte É necessário um passaporte válido. Visto Há 41 países cujos cidadãos não precisam de visto para visitarem a UE por um período não superior a três meses. Esses países incluem a Austrália, o Canadá, o Japão, a Nova Zelândia e os Estados Unidos da América. A lista dos países cujos cidadãos precisam de visto para viajar até ao Reino Unido ou à Irlanda difere ligeiramente da dos outros países da UE. É necessário solicitar um visto ao consulado ou à embaixada do país que pretende visitar. Se obtiver um visto de um país que aplique integralmente as regras de Schengen, esse visto permitir-lhe-á automaticamente viajar em todos os restantes países do Espaço Schengen. Além disso, se tiver uma autorização de residência válida de um dos países Schengen, essa autorização equivalerá a um visto. Pode precisar de um visto nacional para visitar países não pertencentes ao Espaço Schengen.

4 DINHEIRO E CARTÕES Graças às normas da UE, os levantamentos em caixas automáticas passaram a custar o mesmo em qualquer ponto da UE que os levantamentos efetuados em caixas automáticas não pertencentes ao seu banco no seu país de origem. A taxa de transação para fazer um pagamento em euros por meio de um cartão de débito ou crédito na UE é a mesma que no país de origem. Os bancos, nos países da UE que não utilizam o euro, também têm de cobrar as mesmas comissões sobre transações na UE que aplicariam a uma transferência nacional, caso o DINHEIRO O EURO O euro é a moeda com curso legal para mais de 332 milhões de pessoas em 17 países da UE: Áustria, Bélgica, Chipre, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Portugal, Eslováquia, Eslovénia e Espanha. O símbolo do euro é. As notas em euros são idênticas em todos os países, mas cada país cunha as suas próprias moedas com uma face comum e uma face com um desenho nacional distintivo. Todas as notas e moedas podem ser utilizadas em todos os países da UE que adotaram o euro, incluindo muitos dos seus territórios ultramarinos. Andorra (a partir de julho de 2013), Mónaco, São Marinho e a Cidade do Vaticano utilizam o euro como a sua moeda nacional, mediante acordo com a UE. Alguns países e territórios utilizam o euro como a sua moeda de facto, tais como o Kosovo e o Montenegro. Nos países europeus fora da zona euro, muitos hotéis, lojas e restaurantes, especialmente em zonas turísticas, aceitam pagamentos em euros, tal como nas respetivas moedas nacionais, embora, por lei, não sejam obrigados a fazê-lo.

5 pagamento ou a transferência em questão sejam efetuados em euros. Os pagamentos internacionais noutras moedas diferentes do euro estão isentos da aplicação destas disposições. É evidente que as comissões cobradas podem diferir entre bancos. COMPRAS NA UE Não há limites aplicáveis aos bens adquiridos e transportados em deslocações entre países da UE, desde que esses bens se destinem a uso pessoal e não a serem recomercializados. Os impostos (IVA e impostos especiais de consumo) estão incluídos no preço a pagar, não sendo exigível qualquer outro imposto noutros países da UE. Tabaco e álcool Para determinar se o tabaco e o álcool são para uso pessoal, cada país pode fixar quantidades de referência. Se transportar uma grande quantidade destes bens, pode ser interrogado com vista a determinar que não tem qualquer intenção comercial. Esses níveis de referência não podem ser inferiores a: 800 cigarros 400 cigarrilhas 200 charutos 1 quilo de tabaco 10 litros de bebidas espirituosas 20 litros de vinho generoso (como Porto ou Xerez) 90 litros de vinho (dos quais, no máximo, 60 litros de espumante) 110 litros de cerveja A PARTIR DO EXTERIOR DA UE Quando se entra no território da UE, é possível trazer mercadorias isentas de IVA e de impostos especiais de consumo para uso pessoal dentro dos limites que a seguir se indicam. Aplicam-se os mesmos limites aos passageiros provenientes das ilhas Canárias, das ilhas Anglo-Normandas, de Gibraltar ou de outros territórios onde as regras comunitárias do IVA e dos impostos especiais de consumo não sejam aplicáveis.

6 Bebidas alcoólicas 1 litro de bebidas espirituosas com mais de 22% vol. ou 2 litros de vinho generoso ou espumante 4 litros de vinho tranquilo 16 litros de cerveja Tabaco Existe um limite superior ou inferior, consoante o país que visita e caso provenha de fora da UE. Se um país da UE decidir aplicar os limites inferiores, pode escolher aplicá-los apenas a viajantes por via rodoviária ou marítima (Bulgária, Grécia, Hungria, Letónia, Lituânia, Polónia, Eslováquia e Suécia) ou a todos os viajantes (Estónia e Roménia). Limite superior 200 cigarros ou 100 cigarrilhas ou 50 charutos ou 250 g de tabaco Limite inferior 40 cigarros ou 20 cigarrilhas ou 10 charutos ou 50 g de tabaco Outros artigos, incluindo perfume É permitido um valor que pode atingir 300 euros por viajante ou 430 euros para viajantes por ar e mar. Alguns países da UE aplicam um limite inferior aos viajantes com menos de 15 anos de idade, mas esse limite não pode ser inferior a 150 euros. AJUDA AOS CONSUMIDORES Os consumidores estão protegidos por legislação de base, que é aplicável em toda a UE. A legislação da UE em matéria de rotulagem dos alimentos permitelhe efetuar escolhas informadas sobre o que está a comprar. Pode verificar a lista de ingredientes em relação a qualquer produto dos mais associados normalmente a alergias ou outro tipo de intolerância. O novo logótipo biológico em todos os géneros alimentícios biológicos pré-embalados indica que os bens cumprem a regulamentação da UE em matéria de produção biológica e de rotulagem, e que, pelo menos, 95% dos ingredientes de origem agrícola do produto foram produzidos segundo o modo de produção biológico. Os supermercados devem fornecer o preço unitário dos produtos o preço por quilo ou litro para facilitar a comparação dos preços. Os cosméticos têm de indicar por quanto tempo os produtos podem ser utilizados após a abertura. Deve consultar o símbolo que representa um boião de creme aberto. Atualmente, os protetores solares têm uma rotulagem mais clara, incluindo uma indicação harmonizada sobre a proteção UVA, utilizando termos idênticos para descrever o grau de proteção e não incluindo termos enganadores, como, por exemplo, «proteção total». esta marcação em produtos como brinquedos, eletrodomésticos e telemóveis indica que estes produtos cumprem todos os requisitos relevantes da UE em matéria de segurança, saúde e proteção do ambiente. No entanto, nem todos os produtos vendidos na UE são obrigados a ostentar a marcação. Os Centros Europeus do Consumidor dão informações práticas sobre os direitos do consumidor, bem como aconselhamento e apoio para a apresentação de queixas ou na resolução de litígios transfronteiras. Estes centros existem em todos os países da UE.

7 RESPEITAR O AMBIENTE A maioria dos europeus gostaria de desempenhar um papel ativo na resolução dos problemas relacionados com as alterações climáticas e a proteção do ambiente. Ao fazer os seus planos de viagem, deve considerar formas de poupar energia e recursos e de reduzir as emissões. Para lhe permitir identificar os produtos mais ecológicos, deve ter em conta o rótulo ecológico da UE («Ecolabel») aposto nos bens de consumo corrente, desde champôs até sapatos. Também pode utilizar o rótulo para identificar locais de estadia respeitadores do ambiente: um hotel, um estabelecimento que oferece meia-pensão, pousadas de juventude ou parques de campismo. O rótulo ecológico da UE indica-lhe que as unidades hoteleiras ou os parques de campismo em causa limitam o seu consumo de energia e água, reduzem o lixo produzido e utilizam fontes de energia renováveis. COMO CHEGAR VIAJAR DE CARRO Carta de condução Uma carta de condução emitida por um Estado-Membro é válida em toda a UE. A nova carta de condução agora emitida é um cartão de plástico de tipo normalizado. Em alguns países, deve trazer consigo não só uma carta de condução válida, mas também o livrete de matrícula do veículo. Seguro automóvel Independentemente do país da UE em que viaje, o seu seguro automóvel inclui automaticamente a cobertura mínima (responsabilidade civil) prevista pela lei. O mesmo se aplica à Islândia, ao Listenstaine e à Noruega. É necessário verificar se o seguro contra todos os riscos do país de residência cobre igualmente as viagens no estrangeiro. A sua seguradora poderá fornecer-lhe um exemplar da declaração europeia de acidente. Trata-se de um documento normalizado que facilita o preenchimento da declaração no local, em caso de sinistro rodoviário noutro país. A carta verde não é obrigatória para viajar na União, embora constitua uma prova de seguro internacionalmente reconhecida e facilite a resolução de litígios resultantes de um acidente rodoviário. Na ausência de carta verde, o condutor deve estar munido do certificado de seguro.

8 Segurança rodoviária Em todos os países da UE, é obrigatório usar cintos de segurança em todos os veículos assim equipados. As crianças devem também dispor de sistemas de retenção adequados em automóveis e camiões e, se possível, em todos os outros veículos igualmente. O uso do telemóvel durante a condução aumenta consideravelmente o risco de acidentes e é explícita ou implicitamente proibido em todos os países da UE. A taxa máxima de alcoolemia permitida varia entre 0 mg/ml e 0,8 mg/ml. Mais informações sobre as normas de segurança rodoviária em cada país da UE, nomeadamente limites de velocidade, utilização obrigatória de luzes de circulação diurna e de pneus de inverno, bem como de equipamento de segurança para os motociclistas e os ciclistas podem ser encontradas no seguinte endereço Internet: ec.europa.eu/transport/road_safety/going_ abroad/index_pt.htm. Localizar os condutores que cometem infrações rodoviárias no estrangeiro será mais fácil a partir de novembro de 2013, por causa de um intercâmbio de informações transfronteiras aperfeiçoado. Chama-se a atenção para a condução à esquerda em Chipre, na Irlanda, em Malta e no Reino Unido e para o facto de, em certos países, tais como a Bélgica, a França, os Países Baixos e Portugal, se dever ceder a prioridade aos veículos que se apresentem pela direita. VIAJAR DE AVIÃO A criação do mercado único europeu do transporte aéreo fez baixar as tarifas e aumentou as possibilidades de escolha dos passageiros a nível de companhias e de serviços. As regras da UE permitem que os viajantes comparem os preços de uma viagem aérea. As companhias aéreas devem indicar os seus preços, incluindo o preço do bilhete, bem como todos os impostos, taxas e sobretaxas. Por forma a assegurar um elevado nível de segurança em toda a UE, foram estabelecidas normas e condições comuns em matéria de controlos de segurança dos passageiros, bagagens de mão e controlo de bagagem de porão para todos os voos com partida dos aeroportos da UE. As disposições da UE estabelecem uma lista de objetos que não são autorizados na cabina da aeronave, bem como uma lista de objetos que não podem ser transportados na bagagem de porão. Por ora, mantêm-se as restrições relativas ao volume dos líquidos que podem ser transportados na bagagem de mão inspecionada nos pontos de segurança. Serão gradualmente eliminadas, quando for possível substituí-las por um sistema de rastreio dos explosivos líquidos. A UE mantém uma lista das companhias aéreas proibidas de voar na UE e de utilizar os aeroportos da UE. VIAJAR DE COMBOIO A UE possui uma rede ferroviária de mais de km e oferece um grande número de serviços de transporte internacional de passageiros. Há mais de quilómetros de linhas de grande velocidade em diversos países, com comboios que chegam a atingir os 350 km/h, e a rede está a ser ainda ampliada.

9 ser ainda ampliada. VIAJAR DE BARCO Há muitas vias navegáveis (fluviais e marítimas) entre os países da UE com serviços regulares de elevada qualidade, que podem ser utilizados como alternativa ou em combinação com percursos por estrada, avião ou comboio. Existem ainda km de vias navegáveis interiores. A UE tem estado na vanguarda a nível da melhoria da segurança marítima e da promoção de normas de elevada qualidade para proteger os passageiros e a tripulação de ferries com serviços provenientes ou com destino a portos europeus, bem como de navios de passageiros que naveguem em águas da UE. DIREITOS DOS PASSAGEIROS A UE é a única parte do mundo onde foi definido um conjunto mínimo de direitos dos passageiros relativamente a todos os meios de transporte: terrestre, aéreo, ferroviário e marítimo ou fluvial. Os passageiros na UE, incluindo os passageiros portadores de uma deficiência e as pessoas com mobilidade reduzida, gozam do direito à informação, assistência e, em determinadas circunstâncias, a uma indemnização, em caso de anulação ou de atraso considerável da sua viagem. VIAJAR DE AUTOCARRO Todos os passageiros de autocarros têm agora direito a receber informação adequada antes e durante a viagem. Os passageiros que viajarem 250 km, ou mais, terão direitos adicionais, como assistência, reembolso ou reencaminhamento em caso de atraso e anulação. Os passageiros portadores deficiência ou com mobilidade reduzida beneficiarão de assistência gratuita nos terminais e a bordo dos autocarros. Devem notificar as transportadoras e os operadores de terminais de eventuais necessidades especiais na altura da reserva, ao adquirir um bilhete antecipadamente ou, pelo menos, 36 horas antes de viajar. PASSAGEIROS DOS TRANSPORTES AÉREOS O número de passageiros aumentou cerca de 35% desde 2000, pelo que se tornou ainda mais premente a necessidade de os passageiros que viajam de avião beneficiarem de um conjunto mínimo de direitos. Um passageiro dos transportes aéreos tem direito a informação, reembolso, reencaminhamento, indemnização (em determinadas circunstâncias) e assistência em caso de atraso, de cancelamento do seu voo ou ainda em caso de não permissão de embarque. Estes direitos aplicam-se a todos os voos regulares ou a voos charter, tanto domésticos como internacionais, em caso de partida de um aeroporto da UE (ou da Islândia, da Noruega e da Suíça). Quando os passageiros chegam a um aeroporto da UE provenientes de um país terceiro, estas normas só são aplicáveis aos voos operados por uma companhia aérea autorizada na UE (ou na Islândia, na Noruega e na Suíça). As transportadoras aéreas são responsáveis em caso de acidentes ou de perda, de dano ou de manuseamento inadequado da bagagem. Os viajantes têm também certos direitos no que se refere a pacotes de viagens organizadas. Os passageiros

10 portadores de deficiência ou com mobilidade reduzida têm direito a assistência gratuita nos aviões e no aeroporto, para que possam viajar tão facilmente como qualquer outro passageiro. Devem comunicar as suas necessidades especiais à transportadora aérea com uma antecedência mínima de 48 horas. Se pretender apresentar uma queixa, deve contactar, em primeiro lugar, a companhia aérea ou o operador responsável pela organização da viagem. Caso estes não cumpram as suas obrigações, deve então apresentar queixa à autoridade competente do seu país. Para mais informações, é favor contactar o número gratuito EuropeDirect: PASSAGEIROS DOS TRANSPORTES FERROVIÁRIOS Os direitos dos passageiros ferroviários foram reforçados e melhorados pela legislação da UE, garantindo-lhes melhor informação e mais direitos em caso de atraso, perda de correspondências e de cancelamento a nível de todos os serviços internacionais da UE. Os passageiros portadores de deficiência e com mobilidade reduzida têm direito a assistência gratuita nas estações e nos comboios. A necessidade de assistência deve ser comunicada com 48 horas de antecedência. Para mais informações, é favor contactar o número gratuito Europe Direct: PASSAGEIROS DOS TRANSPORTES MARÍTIMOS OU POR VIAS NAVEGÁVEIS INTERIORES Os passageiros que viajam por mar ou vias navegáveis interiores também beneficiam de novos direitos, que incluem reembolso, reencaminhamento, indemnização e assistência, em caso de anulações ou atrasos, bem como o direito de receber informação. Os passageiros portadores de deficiência ou com mobilidade reduzida também terão direito a assistência gratuita nos terminais portuários e a bordo dos navios. Devem notificar as transportadoras e os operadores de terminais de eventuais necessidades especiais na altura da reserva, ao adquirir um bilhete antecipadamente ou, pelo menos, 48 horas antes de viajar. Esses direitos aplicam-se, com algumas exceções, aos viajantes que beneficiam de serviços de passageiros, tanto à partida de um porto da UE como à chegada a um porto da UE, bem como aos cruzeiros cujo porto de embarque se situe na UE. SAÚDE ACESSO AOS CUIDADOS DE SAÚDE Os cidadãos da UE que adoeçam de repente ou sejam vítimas de um acidente durante uma estada temporária num país da UE, na Islândia, no Listenstaine, na Noruega ou na Suíça têm direito aos mesmos serviços públicos de cuidados de saúde que as pessoas seguradas no país em que se encontrem de visita. Cada país tem as suas próprias regras em matéria de cuidados de saúde públicos. Em determinados Estados, os cuidados são gratuitos; noutros, deverá pagar parcial ou totalmente as despesas e requerer posteriormente o reembolso das mesmas. Conserve, pois, todas as faturas, receitas e recibos. Solicite o reembolso no país que está a visitar ou, mais tarde, no seu país de origem. O Cartão Europeu de Seguro de Doença simplifica os procedimentos, reduz a burocracia e acelera o reembolso das despesas. Se ainda não tem este cartão, pode obtê-lo gratuitamente junto do seu organismo de segurança social ou na sua instituição de seguro de doença. Alguns países estão a inserir os elementos do cartão europeu no verso do cartão nacional e outros emitem cartões separados.

11 SEGURO DE VIAGEM O Cartão Europeu de Seguro de Doença não substitui o seguro de viagem, dado que pode não abranger todos os custos de saúde e nunca cobre os custos de repatriamento. Por esse motivo, é conveniente subscrever um seguro de viagem em separado para cobrir esses riscos. MEDICAMENTOS Caso transporte consigo medicamentos sujeitos a receita médica, leve também a receita consigo. Não exceda as quantidades necessárias à sua utilização pessoal durante a viagem, porque transportar grandes quantidades de medicamentos pode levantar suspeitas. VACINAS Em geral, não são exigidas vacinas nas deslocações dentro da UE. Contudo, há exigências ou recomendações para determinados territórios ultramarinos da UE. Antes de partir, pergunte ao seu médico. ÁGUAS BALNEARES Estão fixadas normas estritas em matéria de águas balneares em toda a UE, e a qualidade global da água continua a ser elevada. Mais de 90% das zonas balneares nas praias, rios e lagos na UE, satisfazem agora as normas mínimas estabelecidas em matéria de qualidade das águas balneares. Símbolos oficiais fornecem informação sobre a qualidade da água nessas estações balneares. Além disso, sistemas de caráter voluntário, como a utilização da «bandeira azul», informam se numa praia ou numa marina são respeitadas as normas específicas relativas à qualidade da água, bem como as normas em matéria de segurança, de serviços, de gestão ambiental e de informação. COMUNICAÇÃO LÍNGUAS A Europa tem uma enorme riqueza linguística. As principais famílias de línguas da UE incluem a germânica, a românica, a eslava, a báltica e a céltica. As instituições da UE têm, atualmente, 24 línguas oficiais, mas existem muitas outras menos faladas. Muitos europeus falam, pelo menos, uma outra língua para além da sua língua materna e mais de um quarto da população adulta fala, no mínimo, duas línguas estrangeiras. Contudo, durante as suas viagens na Europa, tente utilizar algumas frases da língua nativa quando falar com os habitantes desse local. Eis como dizer «obrigado» em várias línguas: Alemão Danke Húngaro Köszönöm Búlgaro Blagodarya Inglês Thank you Checo Děkuji Irlandês Go raibh maith agat Croata Hvala Italiano Grazie Dinamarquês Tak Letão Paldies Eslovaco Ďakujem Lituano Ačiū Esloveno Hvala Maltês Grazzi Espanhol Gracias Neerlandês Bedankt

12 Estónio Aitäh Polaco Dziękuję Finlandês Kiitos Português Obrigado Francês Merci Romeno Mulţumesc Grego Εfkaristo Sueco Tack TELEFONE Existe apenas um indicativo para telefonar para o estrangeiro em toda a União Europeia: o 00. Os indicativos nacionais dos países da UE são os seguintes: A Áustria 43 B Bélgica 32 BG Bulgária 359 CY Chipre 357 CZ República Checa 420 D Alemanha 49 DK Dinamarca 45 E Espanha 34 EST Estónia 372 F França 33 FIN Finlândia 358 GB Reino Unido 44 GR Grécia 30 H Hungria 36 HR Croácia 385 I Itália 39 IRL Irlanda 353 L Luxemburgo 352 LT Lituânia 370 LV Letónia 371 M Malta 356 NL Países Baixos 31 P Portugal 351 PL Polónia 48 RO Roménia 40 S Suécia 46 SK Eslováquia 421 SLO Eslovénia 386 TELEMÓVEIS Graças a novas normas da UE relativas ao roaming, que entraram em vigor em 1 de julho de 2012, os consumidores podem agora economizar 75% nos serviços móveis, telefonemas, mensagens de texto e de dados, em comparação com os preços de Utilizar a Internet móvel para aceder a mapas, fotografias, redes sociais e ao correio eletrónico será agora muito mais económico ao viajar para outros países da UE, assim como a receção de mensagens vocais e de texto, em resultado de novos limites de preços. Novos preços máximos, excluindo o IVA 1 de julho de de julho de de julho de 2014

13 Dados (por MB) 70 cêntimos 45 cêntimos 20 cêntimos Telefonemas efetuados (por minuto) 29 cêntimos 24 cêntimos 19 cêntimos Telefonemas recebidos (por minuto) 8 cêntimos 7 cêntimos 5 cêntimos SMS (cada) 9 cêntimos 8 cêntimos 6 cêntimos Estes limites de preços são as tarifas máximas. Os operadores podem oferecer tarifas mais baratas, pelo que convém procurar as melhores propostas. Por outro lado, a partir de 1 de julho de 2012, quem viajar para fora da UE receberá um aviso por SMS, correio eletrónico ou janela instantânea no ecrã quando a despesa com telecarregamentos de dados se estiver a aproximar dos 50 euros ou do montante previamente acordado. Deste modo, é alargado o sistema de alerta atualmente em vigor na UE. A partir de 1 de julho de 2014, os consumidores terão então a possibilidade de escolher um contrato de roaming móvel, dissociado do seu contrato para serviços móveis nacionais, mas utilizando o mesmo número. Poderão igualmente utilizar a Internet móvel no estrangeiro, ligando-se diretamente a uma rede no país em que se encontrem de visita, caso este ofereça serviços de roaming, que serão cobrados por esse fornecedor de acesso. DESPESAS POSTAIS Os selos de correio só podem ser utilizados no país onde são adquiridos, mesmo que o seu preço seja expresso em euros. ELETRICIDADE Em toda a Europa, a corrente alternada é de V e 50 Hz. Em Chipre, na Irlanda, em Malta e no Reino Unido utilizam-se fichas quadradas de três pernos, mas, em geral, os restantes países da UE utilizam fichas de dois pernos. As fichas podem variar, mas tal não deverá impedir a utilização de aparelhos como secadores de cabelo e máquinas de barbear em qualquer país. Nos aeroportos e estâncias turísticas, é geralmente possível adquirir adaptadores.

14 O QUE FAZER? A Europa oferece uma enorme variedade de coisas para ver e fazer. Para ideias e informação sobre todos os países, consulte o sítio Internet dos destinos turísticos europeus (www.visiteurope.com) ou os sítios Internet dos organismos oficiais de turismo de cada país da UE. A Austria B Bélgica BG Bulgária CY Chipre CZ República Checa D Alemanha DK Dinamarca E Espanha EST Estónia F França FIN Finlândia GB Reino Unido GR Grécia H Hungria HR Croácia I Itália IRL Irlanda L Luxemburgo LT Lituânia LV Letónia M Malta NL Países Baixos P Portugal PL Polónia RO Roménia S Suécia SK Eslováquia SLO Eslovénia As abreviaturas dos países correspondem às utilizadas nas chapas nacionais de matrícula dos automóveis. Todos os anos, a União Europeia apoia e contribui para muitos projetos e eventos culturais em toda a Europa. Um deles é a designação anual de uma Capital Europeia da Cultura. A UE cofinancia exposições e outras ações valorizadoras do património cultural das cidades escolhidas e reúne uma vasta gama de artistas e criadores de toda a UE. Marselha, antiga cidade portuária da costa mediterrânica em França, e Košice, no vale do rio Hornád no leste da Eslováquia, partilham o título de «Capital Europeia da Cultura» em Riga, a capital da Letónia, na foz do Daugava, que desagua no mar Báltico, e Umeå, a cidade universitária situada 400 quilómetros ao sul do Círculo Polar Ártico no norte da Suécia serão as Capitais Europeias da Cultura em 2014.

15 FUSOS HORÁRIOS GMT GMT +1 GMT +2 GMT +3 GMT +4 GMT +5 HORA DE VERÃO Em toda a UE, a hora de verão começa em 31 de março de 2013, data em que os relógios deverão ser adiantados uma hora, e acaba em 27 de outubro de 2013, data em que deverão ser atrasados uma hora. As datas para 2014 são 30 de março e 26 de outubro. ANIMAIS DE COMPANHIA Viajar com um cão ou um gato é agora muito mais fácil, graças ao novo «passaporte para animais de companhia» da UE, que pode ser obtido junto de qualquer veterinário. Todos os cães e gatos devem ter um passaporte e, para efeitos de identificação, um microchip eletrónico ou uma tatuagem claramente legível, aplicada antes de julho de Todos os animais de companhia devem estar vacinados contra a raiva, devendo os detalhes constar do respetivo passaporte. A vacinação deve ser efetuada após a aposição do microchip ou da tatuagem. A partir do início de 2012, todos os cães devem ser objeto de tratamento contra a ténia, efetuado por um veterinário antes de viajarem para a Finlândia, Irlanda, Malta e Reino Unido. Os detalhes do tratamento devem constar do passaporte, podendo o cão viajar entre um a cinco dias após o tratamento.

16 EM CASO DE PROBLEMAS NÚMERO ÚNICO DE EMERGÊNCIA EUROPEU: 112 Para contactar os serviços de emergência em qualquer país da UE a partir de um telefone fixo ou móvel, marque o número gratuito 112. PERDA OU ROUBO Os roubos devem ser comunicados à polícia. Quando fizer a sua declaração ao seguro ou apresentar o seu pedido de indemnização, deverá apresentar o relatório da polícia. Anule imediatamente o seu cartão de crédito perdido ou roubado. Em caso de roubo do passaporte, para além da polícia deve informar igualmente o consulado ou a embaixada do seu país. Convém recordar que, se estiver fora da UE, pode obter ajuda junto do consulado ou da embaixada de qualquer outro país da UE, caso o seu país não esteja representado. ENTRE EM CONTACTO COM A UNIÃO EUROPEIA EM LINHA O sítio web Europa contém informações em todas as línguas oficiais da União Europeia: europa.eu PESSOALMENTE Há centenas de centros de informação sobre a União Europeia espalhados por toda a Europa. Poderá encontrar o endereço do centro mais próximo neste sítio web: europedirect.europa.eu POR TELEFONE OU CORREIO ELETRÓNICO Europe Direct é um serviço que responde a perguntas sobre a União Europeia. Poderá contactar este serviço por telefone, através do número gratuito (alguns operadores de telefonia móvel não permitem o acesso aos números iniciados por ou cobram estas chamadas) se estiver fora da UE, através do seguinte número pago: ou por correio eletrónico via europedirect.europa.eu LEIA AS PUBLICAÇÕES SOBRE A EUROPA Bastará um clique para aceder a publicações sobre a União Europeia no sítio web EU Bookshop: bookshop.europa.eu

17 Para obter informações e publicações em português sobre a União Europeia, pode contactar: REPRESENTAÇÃO DA COMISSÃO EUROPEIA Representação em Portugal Largo Jean Monnet, Lisboa PORTUGAL Tel Internet: ec.europa.eu/portugal Correio eletrónico: GABINETE DO PARLAMENTO EUROPEU Gabinete em Portugal Largo Jean Monnet, Lisboa PORTUGAL Tel Internet: Correio eletrónico: europarl.europa.eu CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPEIA JACQUES DELORS Palácio da Cova da Moura Rua da Cova da Moura, Lisboa PORTUGAL Biblioteca Jacques Delors Reitoria da Universidade de Lisboa Cidade Universitária Existem representações ou gabinetes da Comissão Europeia e do Parlamento Europeu em todos os Estados-Membros da União Europeia. Noutros países do mundo existem delegações da União Europeia.

18 A UNIÃO EUROPEIA ESTATÍSTICAS DE BASE DOS PAÍSES EUROPEUS Estados-Membros da União Europeia Superfície (1 000 km²) België/Belgique Bélgica България Bulgária Česká republika República Checa Danmark Dinamarca Deutschland Alemanha Eesti Estónia População (milhões) 31 Produto interno bruto per capita [PPC(1)] 11, , , , , , Éire/Irlanda 70 4, Ελλάδα Grécia España Espanha France França Italia Itália Κύπρος Chipre Latvija Letónia Lietuva Lituânia , , , , , , , Países candidatos e países candidatos potenciais Superfície (1 000 km²) Bósnia e Herzegovina População (milhões) Produto interno bruto per capita [PPC(1)] 51 3, (2) Montenegro 13 0, (2) Islândia 100 0, Kosovo no âmbito da Resolução 1244 do Conselho de Segurança das Nações Unidas 11 1,8 Superfície (1 000 km²) Luxembourg Luxemburgo Magyarország Hungria Malta Malta Nederland Países Baixos Österreich Áustria Polska Polónia População (milhões) Produto interno bruto per capita [PPC(1)] 3 0, , , , , , Portugal 92 10, România Roménia Slovenija Eslovénia Slovensko Eslováquia Suomi/Finland Finlândia Sverige Suécia , , Reino Unido 49 5, , , , Estado-Membros da UE a partir de 1 de julho de 2013 Superfície (1 000 km²) Hrvatska Croácia 56 População (milhões) 4,4 Produto interno bruto per capita [PPC(1)] A Europa no mundo Superfície (1 000 km²) População (milhões) Produto interno bruto per capita [PPC(1)] Conjunto dos 27 países da União Europeia , Índia , (2) Antiga República Jugoslava da Macedónia 25 2, China , (2) Albânia 27 2, (2) Japão , (2) Sérvia 77 7, (2) Rússia , (2) Turquia , EUA , (2) Dados referentes a Fonte: Eurostat (epp.eurostat.ec.europa.eu). (1) O produto interno bruto representa o valor total de todos os bens e serviços produzidos durante um ano num país e é utilizado frequentemente para expressar a riqueza. PPC (padrão de poder de compra) é uma unidade que representa um volume idêntico de bens e serviços relativamente a cada país, independentemente do nível dos preços. O valor de uma unidade PPC corresponde aproximadamente a 1 euro. (2) Unida na diversidade: A União Europeia é composta por 27 países europeus que partilham os mesmos valores democráticos e que estão empenhados em contribuir para o bem comum. Transferiram poderes específicos para instituições europeias comuns, por forma a permitir que a tomada de decisões democráticas sobre questões de importância europeia se possa efetuar a nível europeu. Simultaneamente, a UE está empenhada em salvaguardar a diversidade de culturas e formas de vida existentes na Europa. Diversos outros países são candidatos à UE. Para mais informações sobre a União Europeia, consulte: LEGENDA Estado-Membro da UE País candidato e país candidato potencial Sede das instituições da UE Fronteira nacional Capital nacional Sede do Governo Limite da região Capital regional Curso de água importante Publicado em janeiro de 2013 pela Comissão Europeia Direção-Geral da Comunicação Publicações 1049 Bruxelas BÉLGICA Serviço das Publicações da União Europeia bookshop.europa.eu Realização cartográfica: Lovell Johns, União Europeia, 2013

19 VIAJAR NA EUROPA Europa: um continente com milhares de anos de história, um rico património cultural e algumas das paisagens mais belas do mundo. Uma infinidade de coisas que os viajantes podem descobrir e explorar e de uma forma agora mais fácil, graças à União Europeia (UE). No interior da UE, podem atravessar-se muitas fronteiras sem que haja qualquer controlo e, com o euro, é mais fácil comparar preços para fazer boas compras. Em caso de necessidade, o acesso aos cuidados de saúde é fácil e o seu cão ou gato podem viajar consigo. Se conduzir, a sua carta de condução e a apólice de seguro automóvel emitidos num país da UE são válidos em todos os outros. A utilização do seu telemóvel no estrangeiro é também cada vez mais barata. Na presente publicação, poderá encontrar mais informações, sugestões úteis e um mapa da Europa. No sítio web «A sua Europa» poderá encontrar mais informações sobre os seus direitos, caso resida, trabalhe e viaje na UE: ec.europa.eu/youreurope Ano Europeu dos Cidadãos 2013 Participe no debate: europa.eu/citizens-2013/pt/home Comissão Europeia Direção-Geral da Comunicação Publicações B-1049 Bruxelas BÉLGICA Manuscrito concluído em novembro de 2012 União Europeia, 2013 Reprodução autorizada. As ilustrações só podem ser utilizadas ou reproduzidas mediante a autorização prévia dos proprietários dos direitos de autor. Fotografias: Shutterstock NA PT-C doi: /89649

MINIGUIA DA EUROPA 2011 Comunicar com os Europeus Línguas Na Europa fala-se muitas línguas, cujas principais famílias são a germânica, a românica, a eslava, a báltica e a céltica. As instituições da União

Leia mais

CENTRO EUROPEU DO CONSUMIDOR - PORTUGAL EUROPEAN CONSUMER CENTRE

CENTRO EUROPEU DO CONSUMIDOR - PORTUGAL EUROPEAN CONSUMER CENTRE ECC-Net: Travel App Uma nova aplicação para telemóveis destinada aos consumidores europeus que se deslocam ao estrangeiro. Um projeto conjunto da Rede de Centros Europeus do Consumidor Nome da app: ECC-Net:

Leia mais

BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda a Europa.

BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda a Europa. BMW Motorrad Após-Venda Serviços Móveis BMW Motorrad Após-Venda Pelo prazer de conduzir Serviços Móveis BMW Motorrad Mobile Care. BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

Leia mais

www.aprendereuropa.pt / www.eurocid.pt União Europeia Estados-Membros: 28 População: 507 milhões de habitantes Superfície: + de 4 milhões km2

www.aprendereuropa.pt / www.eurocid.pt União Europeia Estados-Membros: 28 População: 507 milhões de habitantes Superfície: + de 4 milhões km2 União Europeia Estados-Membros: 28 População: 507 milhões de habitantes Superfície: + de 4 milhões km2 Bélgica (Belgique) Capital: Bruxelas (Bruxelles Brussel) População: 11.094,8 milhões de habitantes*

Leia mais

Conheça os Seus Direitos de Passageiro

Conheça os Seus Direitos de Passageiro Conheça os Seus Direitos de Passageiro Índice Via Aérea... 2 Pessoas com deficiências e pessoas com mobilidade reduzida... 2 Embarque recusado... 2 Cancelamento... 2 Atrasos consideráveis... 2 Bagagem...

Leia mais

A solução. para os seus problemas. na Europa. ec.europa.eu/solvit

A solução. para os seus problemas. na Europa. ec.europa.eu/solvit A solução para os seus problemas na Europa ec.europa.eu/solvit CONHEÇA OS SEUS DIREITOS Viver, trabalhar ou viajar em qualquer país da UE é um direito fundamental dos cidadãos europeus. As empresas também

Leia mais

Seu guia completo para nossos serviços móveis

Seu guia completo para nossos serviços móveis Seu guia completo para nossos serviços móveis Entre na maior comunidade de serviços móveis das Ilhas do Canal Jersey GRÁTIS www.jtglobal.com Pesquise por Jtsocial A JT oferece mais Custo/benefício A JT

Leia mais

CONSILIUM. Schengen. A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011

CONSILIUM. Schengen. A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011 PT CONSILIUM Schengen A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011 Índice INTRODUÇÃO 1 LIVRE CIRCULAÇÃO DE PESSOAS 2 COOPERAÇÃO POLICIAL E ADUANEIRA 2 Fronteiras internas 2 Fronteiras

Leia mais

Seu guia completo para nossos serviços móveis

Seu guia completo para nossos serviços móveis Seu guia completo para nossos serviços móveis Entre na maior comunidade de serviços móveis das Ilhas do Canal Guernsey GRÁTIS www.jtglobal.com Pesquise por Jtsocial A JT oferece mais Custo/benefício A

Leia mais

Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido?

Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido? PT Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido? A Informações sobre o Regulamento de Dublim destinadas aos requerentes de proteção internacional, em conformidade com o artigo 4.º do Regulamento

Leia mais

A formação da União Europeia

A formação da União Europeia A formação da União Europeia A EUROPA DOS 28 Como tudo começou? 1926: 1º congresso da União Pan- Europeia em Viena (Áustria) 24 países aprovaram um manifesto para uma organização federativa na Europa O

Leia mais

Vodafone Negócios. Red é todas as coisas boas para o seu negócio. Sem preocupações, sem limites.

Vodafone Negócios. Red é todas as coisas boas para o seu negócio. Sem preocupações, sem limites. Vodafone Negócios Red é todas as coisas boas para o seu negócio Sem preocupações, sem limites. Vodafone Red Pro Chamadas e SMS para todas as redes Número fixo no telemóvel com funcionalidades One Net

Leia mais

Tempo para aprender A Cidadania Europeia

Tempo para aprender A Cidadania Europeia TACE Tempo para aprender A Cidadania Europeia Objetivos Reconhecer os marcos importantes da construção europeia Identificar as vantagens e inconvenientes da integração de Portugal na União Europeia Reconhecer

Leia mais

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Apresentação ERASMUS+ - Ensino Superior O Erasmus+ é o novo programa da UE dedicado à educação, formação, juventude e desporto. O programa tem início

Leia mais

Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa

Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa Ministério da Saúde Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa Assunto: Cartão Europeu de Seguro de Doença Nº: 20/DSPCS DATA: 18/05/04 Para: Todos os serviços dependentes do Ministério da Saúde Contacto

Leia mais

Preçário dos Cartões Telefónicos PT

Preçário dos Cartões Telefónicos PT Preçário dos Cartões Telefónicos PT Cartão Telefónico PT 5 e (Continente)... 2 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma dos Açores)... 6 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma da Madeira)... 10 Cartão

Leia mais

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO 7.6.2008 C 141/27 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO Convite à apresentação de propostas de 2008 Programa Cultura (2007-2013) Execução das seguintes acções do programa: projectos plurianuais

Leia mais

NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite

NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite Telemóvel Comunicações incluidas no pacote: Cada cartão tem 4.000 minutos ou SMS para redes fixas e móveis nacionais. : Depois de

Leia mais

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas OS DIREITOS DOS PASSAGEIROS DE TRANSPORTE AÉREO AS NOVAS REGRAS Dia 17 de Fevereiro entra em vigor o Regulamento (CE) n.º 261/2004, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de Fevereiro de 2004, que

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Comissões (Euros) Redes onde o cartão é aceite 1. Anuidades 1 1.º Titular Outros Titulares 2. Emissão de cartão 1 3. Substituição de cartão 2 4. Inibição do cartão 5. Pagamentos

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é aceite 1.º Titular Outros Titulares de (5) (1) 5. Recuperação de valores em divida (6) Millennium bcp Business Silver 28,85 19,23 26,44 Millennium

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra

NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra Telemóvel Comunicações incluidas no pacote: Cada cartão tem 4.000 minutos ou SMS para redes fixas e móveis nacionais. : Depois de atingir

Leia mais

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS EM POUCAS PALAVRAS OS PRIMEIROS PASSOS DATA/LOCAL DE ASSINATURA E ENTRADA EM VIGOR PRINCIPAIS MENSAGENS QUIZ 10 PERGUNTAS E RESPOSTAS OS PRIMEIROS PASSOS No século XX depois das Guerras No século XX, depois

Leia mais

PARLAMENTO EUROPEU CONSTITUIÇÃO:

PARLAMENTO EUROPEU CONSTITUIÇÃO: CONSTITUIÇÃO: PARLAMENTO EUROPEU É a instituição parlamentar da União Europeia. Eleito por um período de 5 anos por sufrágio universal directo pelos cidadãos dos estados-membros Presidente do Parlamento

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 11 de Julho de 2007 (18.07) (OR. en) 11722/07 SCH-EVAL 131 SIRIS 133 COMIX 659

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 11 de Julho de 2007 (18.07) (OR. en) 11722/07 SCH-EVAL 131 SIRIS 133 COMIX 659 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 11 de Julho de 2007 (18.07) (OR. en) 11722/07 SCH-EVAL 131 SIRIS 133 COMIX 659 NOTA de: para: Assunto: Presidência Grupo de Avaliação de Schengen Projecto de decisão

Leia mais

IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM

IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de (países ordenados por continente) Ásia Brunei 14 dias --- Camboja 30 dias c) --- Coreia do Sul 90 dias --- Filipinas 14 dias --- Indonésia

Leia mais

MEMO. Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes

MEMO. Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes COMISSÃO EUROPEIA MEMO Bruxelas, 15 Maio 2013 Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes Um alto nível de proteção da saúde; o direito de beneficiar de

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427 NOTA de: para: Assunto: Presidência Grupo de Avaliação de Schengen Projecto de decisão do

Leia mais

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012?

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? junho 2012 PASSO A PASSO 1. 2. 3. 4. A União Europeia Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? Ano Europeu 2012: curiosidades iniciativas quiz Links para saber mais 1. A União Europeia 27 Estados-Membros

Leia mais

http://www.dgs.pt/wwwbase/raiz/mlkimprimir.aspx?codigoms=0

http://www.dgs.pt/wwwbase/raiz/mlkimprimir.aspx?codigoms=0 Página Web 1 de 5 Mobilidade de Doentes imprimir adicionar aos favoritos Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) Aconselhamos vivamente que leve consigo o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)

Leia mais

Conheça os seus direitos antes de partir: os seus direitos são o nosso objectivo

Conheça os seus direitos antes de partir: os seus direitos são o nosso objectivo Conheça os seus direitos antes de partir: os seus direitos são o nosso objectivo Espera-se que cinco milhões de fãs viagem para assistir ao Euro 2008 este Verão. Sabemos que para alguns deles poderão surgir

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação Banco BPI, Sociedade

Leia mais

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido PROGRAMA ERASMUS+ AÇÃO 1 MOBILIDADE INDIVIDUAL PARA FINS DE APRENDIZAGEM ENSINO SUPERIOR 2015 TABELA DE BOLSAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES PARA ESTUDOS E ESTÁGIOS TABELA 1 De Portugal Continental para: Valor

Leia mais

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2014 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 23 6 44

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2014 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 23 6 44 Quadro Número de empresas de seguros a operar em Portugal 24 Vida Não Vida Mistas Total Em regime de estabelecimento 2 46 2 78 Empresas de seguros de direito português 5 23 6 44 Empresas de seguros 5 2

Leia mais

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente. Nome Completo B.I./ Cartão Cidadão Nº Contribuinte Código Repartição Finanças Morada de residência

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente. Nome Completo B.I./ Cartão Cidadão Nº Contribuinte Código Repartição Finanças Morada de residência 1 Proposta de Adesão de Crédito - Particulares Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Identificação do titular Nome Completo B.I./ Cidadão Nº Contribuinte

Leia mais

Viajar na Europa 2010

Viajar na Europa 2010 Viajar na Europa 2010 União Europeia e-sepelocontinenteeuropeu, da Lapóniaaomar ocidental dairlanda ao litoraldechipre, numa paisagens, de litorais rochosos a praias deareia fina, nícies áridas, de lagos

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS AS MERCADORIAS TRANSPORTADAS NO EXERCICIO DA ACTIVIDADE DE TRANSPORTADOR DE MERCADORIAS.

CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS AS MERCADORIAS TRANSPORTADAS NO EXERCICIO DA ACTIVIDADE DE TRANSPORTADOR DE MERCADORIAS. CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS AS MERCADORIAS TRANSPORTADAS NO EXERCICIO DA ACTIVIDADE DE TRANSPORTADOR DE MERCADORIAS. COBERTURA ARTIGO 1º 1.1. O Objecto desta cobertura

Leia mais

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA)

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA) Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, ecologia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e segurança

Leia mais

É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu!

É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu! F É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu! 1 QUEM PODE VOTAR A 25 DE MAIO DE 2014? Para poder participar nesta eleição na qualidade

Leia mais

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz Serviços Adicionais 12400 - Portal de Voz Descrição Totoloto, Totobola, Lotarias e Euro Milhões Pode conhecer os números do Euro Milhões meia hora antes do sorteio na TV. Saiba os resultados e o valor

Leia mais

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015 Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS O Preçário completo da Agência de Câmbios Central, Lda., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

NOTA INFORMATIVA SINGLE EURO PAYMENTS AREA. 1. O que é a SEPA?

NOTA INFORMATIVA SINGLE EURO PAYMENTS AREA. 1. O que é a SEPA? 1 NOTA INFORMATIVA 1. O que é a SEPA? Para harmonização dos sistemas de pagamento no espaço europeu no sentido de impulsionar o mercado único, foi criada uma Área Única de Pagamentos em Euro (denominada

Leia mais

Vodafone Red. Apresentação Serviço. Classificação: C1 - Vodafone Public

Vodafone Red. Apresentação Serviço. Classificação: C1 - Vodafone Public Apresentação Serviço Classificação: C1 - Vodafone Public Índice 1. Conheça os novos Planos Red Pro... 3 1.1. Vantagens Red Pro... 3 1.2. Planos Red Pro... 4 1.3. Opção de Internet... 5 1.4. Outros planos

Leia mais

Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008)

Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008) Visto de entrada gratuito Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008) Cidadãos da União Européia (UE), de países membros da Área Econômica Européia (AEE) e dos seguintes países 1 podem

Leia mais

A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão

A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão IP/08/836 Bruxelas, 3 de Junho de 2008 A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão A Comissão Europeia acelerou hoje os seus esforços para promover a utilização na

Leia mais

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006 PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006 Versão: 1.0 Pág.: 1/7 1. ACESSO DIRECTO Chamadas DENTRO DO PAÍS Não Corp Corp Local 0,0201 0,0079 Local Alargado 0,0287 0,0105 Nacional 0,0287 0,0105 FIXO MÓVEL

Leia mais

Notas sobre o formulário Acto de Oposição

Notas sobre o formulário Acto de Oposição INSTITUTO DE HARMONIZAÇÃO NO MERCADO INTERNO (IHMI) Marcas, Desenhos e Modelos Notas sobre o formulário Acto de Oposição 1. Observações gerais 1.1 Utilização do formulário O formulário pode ser obtido

Leia mais

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente 1 Proposta de Adesão Particulares Cartão de Crédito Miles & More Gold da Caixa (para residentes no estrangeiro) Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Leia mais

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL ERASMUS + Uma porta aberta para a Europa : O novo programa

Leia mais

3. Substituiçã o de cartão. 4. Inibição do cartão. 2. Emissão do Cartão. Isento Isento -- -- 25,00 (4) Ver Nota (2).

3. Substituiçã o de cartão. 4. Inibição do cartão. 2. Emissão do Cartão. Isento Isento -- -- 25,00 (4) Ver Nota (2). 3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 04-agosto-2015 3.1. Cartões de Crédito Designação do cartão Redes onde o cartão é aceite Barclays

Leia mais

SEPA - Single Euro Payments Area

SEPA - Single Euro Payments Area SEPA - Single Euro Payments Area Área Única de Pagamentos em euros APOIO PRINCIPAL: APOIO PRINCIPAL: Contexto O que é? Um espaço em que consumidores, empresas e outros agentes económicos poderão efectuar

Leia mais

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados.

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados. Benefícios Visa Serviço oferecido pela Visa a todos os portadores de cartão. Está disponível 24horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e oferece assistência em espanhol, inglês e português.

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem GUIA DE CANDIDATURA PARA MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA ESTÁGIOS ERASMUS+ (SMP)

Leia mais

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Uma Rede de apoio à competitividade das empresas 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Quem somos Quem somos? Onde estamos? Criada pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Quadro para a Competitividade

Leia mais

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados.

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados. Benefícios VISA Serviço oferecido pela Visa à todos os portadores de cartão. Está disponível 24horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e oferece assistência em espanhol, inglês e português.

Leia mais

PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais nas eleições europeias de 2009

PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais nas eleições europeias de 2009 Direção-Geral da Comunicação Unidade do Acompanhamento da Opinião Pública Bruxelas, 13 de novembro de 2012 PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais

Leia mais

INFORMATIVO VISTOS OBRIGATÓRIOS PARA OS EMIRADOS ÁRABES TEMPORADA 2010/2011

INFORMATIVO VISTOS OBRIGATÓRIOS PARA OS EMIRADOS ÁRABES TEMPORADA 2010/2011 INFORMATIVO VISTOS OBRIGATÓRIOS PARA OS EMIRADOS ÁRABES TEMPORADA 2010/2011 Os Emirados Árabes exigem que um determinado número de nacionalidades devem estar de posse de um visto antes da chegada no país.

Leia mais

Pode trazer um saco de plástico adequado de casa. Em alguns aeroportos são facultados sacos plásticos aos passageiros.

Pode trazer um saco de plástico adequado de casa. Em alguns aeroportos são facultados sacos plásticos aos passageiros. Alterações para os passageiros: novas regras para a bagagem de mão A 6 de Novembro de 2006 entraram em vigor novas regras, relativamente ao que é permitido transportar como bagagem de mão. Os líquidos,

Leia mais

CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA

CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA 1950 9 de Maio Robert Schuman, Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, profere um importante discurso em que avança propostas inspiradas nas ideias de Jean Monnet.

Leia mais

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS:

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: Acesso a cuidados de saúde programados na União Europeia, Espaço Económico Europeu e Suiça. Procedimentos para a emissão do Documento

Leia mais

MARCA REGISTADA INPI 363960 -

MARCA REGISTADA INPI 363960 - Lista Negra Companhias Aéreas Consulte aqui a Lista Negra actualizada das Companhias Aéreas. http://ec.europa.eu/transport/air-ban/list_pt.htm Circular Nº 115 / 2008 (SF) - RF/MS - Actualização http://eurlex.europa.eu/johtml.do?uri=oj:l:2008:306:som:en:html

Leia mais

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI Tratado de Lisboa A Europa rumo ao século XXI O Tratado de Lisboa Índice 1. Contextualização 1.1. Porquê um novo Tratado? 1.2. Como surgiu o Tratado de Lisboa? 2. O que mudará com o Tratado de Lisboa?

Leia mais

1. Anuidades. 1.º Titular Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. Anos. Grátis Grátis Grátis Grátis -- 19,23 -- 14,42 19,23 (1)

1. Anuidades. 1.º Titular Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. Anos. Grátis Grátis Grátis Grátis -- 19,23 -- 14,42 19,23 (1) 3.1. Cartões crédito Designação do Res on o é aceite 1. Anuidas 1.º Titular Outros Titulares 2. Emissão 3. Substituição (10) 5. Recuperação valores em dívida (15) isenção (ver Nota Geral) Millennium bcp

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR Software para a recolha por via eletrónica de declarações de apoio a iniciativas de cidadania europeia

MANUAL DO UTILIZADOR Software para a recolha por via eletrónica de declarações de apoio a iniciativas de cidadania europeia MANUAL DO UTILIZADOR Software para a recolha por via eletrónica de declarações de apoio a iniciativas de cidadania europeia 1 Apresentação geral... 2 2 Interface de gestão... 3 2.1 Acesso à interface e

Leia mais

OCDE/ITF - IRTAD 5 6 6.1 6.2 A ANSR

OCDE/ITF - IRTAD 5 6 6.1 6.2 A ANSR Jorge Jacob Agenda: 1 Sinistralidade Rodoviária um flagelo mundial 2 Organização Mundial MACRO 3 WHO The Decade of Action for Road Safety 4 OCDE/ITF - IRTAD 5 UE/Comissão Europeia 6 Portugal: 6.1 Situação

Leia mais

Ano Europeu da Criatividade e Inovação

Ano Europeu da Criatividade e Inovação Ano Europeu da Criatividade e Inovação Imaginar criar inovar Índice A União Europeia O caminho da UE O Ano Europeu Criatividade e Inovação. Porquê? Criatividade e Inovação. Importância Criatividade e Inovação.

Leia mais

Fusões e cisões transfronteiras

Fusões e cisões transfronteiras Fusões e cisões transfronteiras Fusões e cisões transfronteiras Consulta organizada pela Comissão Europeia (DG MARKT) INTRODUÇÃO Observações preliminares O presente questionário tem por objetivo recolher

Leia mais

O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE

O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE Durante muito tempo os países da Europa andaram em guerra. A segunda Guerra Mundial destruiu grande parte do Continente Europeu. Para evitar futuras guerras, seria

Leia mais

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO EUROPEIA

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO EUROPEIA 28.10.2014 C 382/1 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO EUROPEIA CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS EACEA/31/2014 Programa Erasmus+, Ação-chave 3 Apoio à reforma de políticas Cooperação com

Leia mais

Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)

Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) MEMO/11/406 Bruxelas, 16 de Junho de 2011 Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) Em férias nunca se sabe! Está a pensar viajar na UE ou na Islândia,

Leia mais

RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO. sobre os passivos implícitos com impacto potencial nos orçamentos públicos

RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO. sobre os passivos implícitos com impacto potencial nos orçamentos públicos COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 30.6.2015 COM(2015) 314 final RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO sobre os passivos implícitos com impacto potencial nos orçamentos públicos PT PT RELATÓRIO

Leia mais

Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA

Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA Em que consiste, razões para a existência do programa e benefício principal Quem pode beneficiar do programa Como beneficiar do programa

Leia mais

De entre vários direitos que o diploma contém destacamos os seguintes:

De entre vários direitos que o diploma contém destacamos os seguintes: NATAL. UMA ÉPOCA FESTIVA ONDE AS FRONTEIRAS NÃO TÊM LUGAR... Uma vez que se aproxima mais um Natal, é importante não descurar e conhecer os seus direitos. Esta quadra, ainda que nos acompanhe por poucos

Leia mais

Em Portugal o Produto Interno Bruto per capita expresso em Paridades de Poder de Compra situou-se em 79,0% da média da União Europeia em 2013

Em Portugal o Produto Interno Bruto per capita expresso em Paridades de Poder de Compra situou-se em 79,0% da média da União Europeia em 2013 Paridades de Poder de Compra 2013 11 de dezembro de 2014 Em Portugal o Produto Interno Bruto per capita expresso em Paridades de Poder de Compra situou-se em 79,0% da média da União Europeia em 2013 O

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático -Subsídio para Assistência a Filho

Leia mais

MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA WWW.ITALIANA.BLOG.BR

MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA WWW.ITALIANA.BLOG.BR MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA O blog ItaliAna preparou para você um manual de sobrevivência na Itália! Aqui você vai encontrar dicas práticas para facilitar sua vida e tornar sua viagem para a Itália muito mais

Leia mais

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO Bruxelas, 1 de Março de 2011 SN 1704/11 1. INTRODUÇÃO O presente documento descreve

Leia mais

EUROBARÓMETRO especial 243 OS EUROPEUS E AS SUAS LÍNGUAS INTRODUÇÃO

EUROBARÓMETRO especial 243 OS EUROPEUS E AS SUAS LÍNGUAS INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Hoje, a União Europeia abriga 450 milhões de habitantes com origens étnicas, culturais e linguísticas diversas. Os modelos linguísticos dos países europeus são complexos - moldados pela História,

Leia mais

OFERTA ZON ADIRA AO PRODUTO DO ANO. Novidades: A melhor experiência TV é na ZON: A PARTIR DE 39,99 E POUPE 120

OFERTA ZON ADIRA AO PRODUTO DO ANO. Novidades: A melhor experiência TV é na ZON: A PARTIR DE 39,99 E POUPE 120 Fevereiro 2013 OFERTA ZON Novidades: OFERTA DO TELEFONE ZON FUN - Válida para novas adesões ao serviço PHONE NOVO PACOTE IRIS POR APENAS 39,99/MÊS - Válido para novos clientes ADESÃO EXCLUSIVA À OFERTA

Leia mais

Síntese dos direitos dos passageiros do transporte em autocarro 1

Síntese dos direitos dos passageiros do transporte em autocarro 1 Síntese dos direitos dos passageiros do transporte em autocarro 1 O Regulamento (UE) n.º 181/2011 (a seguir designado por «Regulamento») é aplicável a partir de 1 de março de 2013. Estabelece um conjunto

Leia mais

Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito

Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data

Leia mais

FICHA DE PRODUTO NOVAS SOLUÇÕES

FICHA DE PRODUTO NOVAS SOLUÇÕES FICHA DE PRODUTO SEGURO DE VIAGEM Ao planear uma viagem, seja de lazer ou de negócio, devemos incluir a necessidade de efectuar um seguro de viagem. Não podemos evitar apertos e dificuldades que podem

Leia mais

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR Viana do Castelo, 11de Fevereiro www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida em resumo

Leia mais

Newsletter. Condições especiais para ASAPOL. Agosto 2012. Campanha ASAPOL

Newsletter. Condições especiais para ASAPOL. Agosto 2012. Campanha ASAPOL Newsletter Agosto 2012 Campanha ASAPOL Condições especiais para ASAPOL Principais Vantagens para Associados Campanha ASAPOL A Vodafone oferece condições especiais de tarifas e de aquisição de equipamentos.

Leia mais

PROJETO DE PARECER. PT Unida na diversidade PT. Parlamento Europeu 2014/0094(COD) 24.6.2015. da Comissão dos Transportes e do Turismo

PROJETO DE PARECER. PT Unida na diversidade PT. Parlamento Europeu 2014/0094(COD) 24.6.2015. da Comissão dos Transportes e do Turismo Parlamento Europeu 2014-2019 Comissão dos Transportes e do Turismo 2014/0094(COD) 24.6.2015 PROJETO DE PARECER da Comissão dos Transportes e do Turismo dirigido à Comissão das Liberdades Cívicas, da Justiça

Leia mais

Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito

Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data

Leia mais

CUIDADOS DE SAÚDE PARA PENSIONISTAS DE UM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA, ESPAÇO ECONÓMICO EUROPEU OU DA SUÍÇA QUE VENHAM RESIDIR PARA PORTUGAL

CUIDADOS DE SAÚDE PARA PENSIONISTAS DE UM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA, ESPAÇO ECONÓMICO EUROPEU OU DA SUÍÇA QUE VENHAM RESIDIR PARA PORTUGAL CUIDADOS DE SAÚDE PARA PENSIONISTAS DE UM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA, ESPAÇO ECONÓMICO EUROPEU OU DA SUÍÇA QUE VENHAM RESIDIR PARA PORTUGAL abril 2015 Ficha Técnica Autor Direção-Geral da Segurança

Leia mais

istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos

istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos 1 Espaço Schengen em 19 de dezembro de 2011 Estados-Membros da União Europeia pertencentes ao espaço Schengen Estados-Membros

Leia mais

GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL

GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL Portugal já está a atribuir os Golden Residence Permit a cidadãos não- Europeus no caso de realização de determinados

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DECISÃO DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DECISÃO DO CONSELHO PT PT PT COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 3.8.2009 COM(2009) 411 final Proposta de DECISÃO DO CONSELHO relativa à assinatura do Acordo sobre certos aspectos dos serviços aéreos entre a Comunidade

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS E INTERINSTITUCIONAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS E INTERINSTITUCIONAIS Visto para estudante na Suíça Para os estudantes aceitos em uma instituição de ensino ou curso, por um período de estudos superior a 90 dias. Formulário de visto preenchido e assinado em três vias originais.

Leia mais

Panorama. d a U n i ã o E u ro p e i a. União Europeia. istockphoto

Panorama. d a U n i ã o E u ro p e i a. União Europeia. istockphoto istockphoto Panorama d a U n i ã o E u ro p e i a União Europeia Menos fronteiras, mais oportunidades Os cidadãos europeus podem viajar na maior parte do território da União Europeia sem passaporte e sem

Leia mais

Portugal Leaping forward

Portugal Leaping forward Portugal Leaping forward Dr. Pedro Reis Presidente da AICEP Lisboa, 16 de Março 2012 Enquadramento internacional Fonte: EIU (Fev 2012) Nota: PIB a preços de mercado Variação (%) Enquadramento internacional

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA A FILHOS COM DEFICIÊNCIA OU DOENÇA CRÓNICA

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA A FILHOS COM DEFICIÊNCIA OU DOENÇA CRÓNICA GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA A FILHOS COM DEFICIÊNCIA OU DOENÇA CRÓNICA INSTITUTO DA DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático - Subsídio

Leia mais

Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais

Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais Impostos e taxas com relevância ambiental 2013 31 de outubro de 2014 Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais O valor dos Impostos

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia. (Actos cuja publicação é uma condição da sua aplicabilidade)

Jornal Oficial da União Europeia. (Actos cuja publicação é uma condição da sua aplicabilidade) 17.2.2004 L 46/1 I (Actos cuja publicação é uma condição da sua aplicabilidade) REGULAMENTO (CE) N. o 261/2004 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 11 de Fevereiro de 2004 que estabelece regras comuns

Leia mais

Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE

Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA UNIÃO EUROPEIA ESTADOS-MEMBROS Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE Fevereiro de 2011 FICHA TÉCNICA Título Informação Estatística União Europeia/Estados-membros,

Leia mais