ANÁLISE DE APLICATIVOS PARA A RESOLUÇÃO DO PROBLEMA QUADRO DE HORÁRIOS EM INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANÁLISE DE APLICATIVOS PARA A RESOLUÇÃO DO PROBLEMA QUADRO DE HORÁRIOS EM INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO"

Transcrição

1 ANÁLISE DE APLICATIVOS PARA A RESOLUÇÃO DO PROBLEMA QUADRO DE HORÁRIOS EM INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO Daniel Cristiano Menzen, Tiago Rizzetti, Celio Trois, Rogério Turchetti, Walter Priesnitz Filho Universidade Federal de Santa Maria UFSM/CTISM I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 1

2 Índice 1. Introdução 2. Como resolver 3. Fet 4. UniTime 5. Análise 1. Requisitos 2. Integração 6. Conclusão I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 2

3 1. Introdução O Problema quadro de horários, variáveis e restrições; Benefícios de um sistema automatizado; A análise no escopo do projeto SIGA-EDU. I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 3

4 2. Como resolver 1.Construir um algoritmo computacional próprio; 2.Utilizar um algoritimo pronto. I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 4

5 3. FET Software Livre e de código aberto GNU/GPL; Desenvolvimento iniciado em 2002, na linguagem c++; Baseado em desktop com versões para Linux, Windows e Mac OS X; Não utiliza sistema gerenciador de banco de dados; I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 5

6 3. FET Capacidade de ser executado de forma Standalone através de linhas de comando; Dados de entrada e de saída são aceitos no formato XML; Não possui foco específico, gerando flexibilidade na hora de aceitar restrições e aspectos temporais variados. I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 6

7 3. FET I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 7

8 4. UniTime Software Livre e de código aberto GNU/GPL; Escrito na linguagem Java; Baseado em interface web; Utiliza banco de dados, MySQL ou ORACLE; I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 8

9 4. UniTime Dados de entrada e de saída são aceitos no formato XML; Não pode ser executado de forma standalone, ficando sua execução persistente em um servidor Tomcat; Possui foco em instituições de ensino superior. I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 9

10 4. UniTime I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 10

11 5. Análise SIGA-EDU já está em uso, existindo assim informações já cadastradas; Dois fatores principais para a adoção de um software: 1) atendimento aos requisitos necessários ao SIGA-EDU; 2) facilidade de integração. I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 11

12 5.1 Requisitos Ser livre e de código aberto; Ser flexível tanto para instituições de ensino superior como também para instituições de ensino médio; Facilidade para adaptação aos dados já existentes; I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 12

13 5.2 Integração Utilizado em ambos os softwares o método de entrada e saída de dados em XML; FET foi executado de forma standalone através do glassfish; UniTime necessitou do Tomcat e do MySQL de forma persistente; I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 13

14 5.3 Integração UNITIME ao SIGA-EDU I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 14

15 5.4 Integração FET ao SIGA-EDU I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 15

16 5.2 Integração I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 16

17 5.5 Resultados da Integração FET foi mais prático; FET utilizou menos recursos de hardware; FET não permaneceu em execução constante. I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 17

18 Análise Geração de um quadro de horários com o FET I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 18

19 6. Conclusão É viável a utilização de um software já existente; Ambos tiveram bons resultados; Integração com o FET foi mais satisfatória. I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 19

20 Outras Dúvidas? ou I Workshop de Tecnologia da Informação e Comunicação da EPCT São Luis/MA 20

Os salários de 15 áreas de TI nas cinco regiões do Brasil

Os salários de 15 áreas de TI nas cinco regiões do Brasil Os salários de 15 áreas de TI nas cinco regiões do Brasil Entre 2011 e 2012, os salários na área de tecnologia da informação (TI) cresceram em média 10,78% um número animador, que pode motivar jovens estudantes

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Parte I

Introdução à Programação de Computadores Parte I Introdução à Programação de Computadores Parte I Prof. Dr. Edson Pimentel Centro de Matemática, Computação e Cognição Objetivos Compreender os componentes básicos de um programa... Objetivos Bacharelado

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação TCC em Re-vista 2011 121 PAULA, Diego Flávio de; VOLPATO, Tobias. 23 Gerenciamento eletrônico de documentos. 2011. 111 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sistemas de

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS MUZAMBINHO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD

INSTITUTO FEDERAL SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS MUZAMBINHO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD INSTITUTO FEDERAL SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS MUZAMBINHO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA EMENTÁRIO DO CURSO 1. Acolhimento: Alfabetização Digital e Práticas

Leia mais

RELATÓRIO DEFINIÇÃO. Resumo

RELATÓRIO DEFINIÇÃO. Resumo RELATÓRIO DEFINIÇÃO Resumo Desenvolvimento em Web Services para Avaliação de Conhecimentos no Sapien flex. Desenvolver interface grafica para Integração no sistema Sapien Flex, Construção de exames auto-corrigidos

Leia mais

Arquitecturas de Software Enunciado de Projecto 2007 2008

Arquitecturas de Software Enunciado de Projecto 2007 2008 UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Arquitecturas de Software Enunciado de Projecto 2007 2008 1 Introdução Na primeira metade da década de 90 começaram a ser desenvolvidas as primeiras

Leia mais

Terminal de Operação Cimrex 69

Terminal de Operação Cimrex 69 Descrição do Produto O Cimrex 69 agrega as mais novas tecnologias e a mais completa funcionalidade de terminais de operação. Possui visor de cristal líquido gráfico colorido de 5,7 sensível ao toque (

Leia mais

Flávia Rodrigues. Silves, 26 de Abril de 2010

Flávia Rodrigues. Silves, 26 de Abril de 2010 Flávia Rodrigues STC5 _ Redes de Informação e Comunicação Silves, 26 de Abril de 2010 Vantagens e Desvantagens da Tecnologia Acessibilidade, quer a nível pessoal quer a nível profissional; Pode-se processar

Leia mais

Deswik.Sched. Sequenciamento por Gráfico de Gantt

Deswik.Sched. Sequenciamento por Gráfico de Gantt Deswik.Sched Sequenciamento por Gráfico de Gantt SOLUÇÕES EM SEQUENCIAMENTO DE LAVRA QUE NOS DIFERENCIAM Uma abordagem dinâmica e moderna para o sequenciamento de lavra Desde gráficos de Gantt interativos

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Aula 2 Princípios de Programação Prof. Belarmino Linguagem de Computadores Internamente os computadores usam instruções e armazenam os dados no formato numérico binário

Leia mais

Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional

Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional Juarez Bachmann Orientador: Alexander Roberto Valdameri Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

II Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG campus Bambuí II Jornada Científica 19 a 23 de Outubro de 2009

II Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG campus Bambuí II Jornada Científica 19 a 23 de Outubro de 2009 SOFTWARE DE CONTROLE DE USO DOS LABORATÓRIOS DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DO IFMG CAMPUS BAMBUÍ Alex Daniel CASTANHA ¹; Bruno FERREIRA ² ¹ Estudante do Curso Superior de Tecnologia em Análise e

Leia mais

SISTEMA GERENCIAL PARA AUTOMAÇÃO DE FORÇA DE VENDAS USANDO DISPOSITIVOS MÓVEIS BASEADOS EM PALM OS

SISTEMA GERENCIAL PARA AUTOMAÇÃO DE FORÇA DE VENDAS USANDO DISPOSITIVOS MÓVEIS BASEADOS EM PALM OS SISTEMA GERENCIAL PARA AUTOMAÇÃO DE FORÇA DE VENDAS USANDO DISPOSITIVOS MÓVEIS BASEADOS EM PALM OS Tiago Machado Orientador: Francisco Adell Péricas Roteiro da Apresentação 1. Introdução Objetivo do Trabalho

Leia mais

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA: TERMINOLOGIA BÁSICA RAÍ ALVES TAMARINDO RAI.TAMARINDO@UNIVASF.EDU.BR

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA: TERMINOLOGIA BÁSICA RAÍ ALVES TAMARINDO RAI.TAMARINDO@UNIVASF.EDU.BR INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA: TERMINOLOGIA BÁSICA RAÍ ALVES TAMARINDO RAI.TAMARINDO@UNIVASF.EDU.BR SOFTWARE Dados: informações guardadas no computador. Instruções: Comando que define uma operação a ser executada.

Leia mais

Compreender as diferenças entre os vários métodos e códigos de erro HTTP. Conhecer as linguagens fundamentais para programação para a Web

Compreender as diferenças entre os vários métodos e códigos de erro HTTP. Conhecer as linguagens fundamentais para programação para a Web PROGRAMAÇÃO WEB [27200] GERAL Ano Letivo: 201415 Grupo Disciplinar: Ciência e Tecnologia da Programação ECTS: 8,0 Regime: PL Semestre: S2 OBJETIVOS O desenvolvimento de aplicações para a Web é uma atividade

Leia mais

Ponto eletrônico de funcionários

Ponto eletrônico de funcionários Ponto eletrônico de funcionários Apresentação O Sistema Ponthos gerencia e controla a jornada de trabalho dos funcionários de uma empresa. Sua simplicidade de uso agiliza a inserção e a busca de dados

Leia mais

Conceitos básicos sobre computadores

Conceitos básicos sobre computadores SSC0101 - ICC1 Teórica Introdução à Ciência da Computação I Conceitos básicos sobre computadores Prof. Vanderlei Bonato: vbonato@icmc.usp.br Sumário O que é um computador e onde podemos encontrá-los? Divisão:

Leia mais

Sistema de Gestão Avícola SYSAVES. O sistema SYSAVES controla todo o processo, desde a saída dos

Sistema de Gestão Avícola SYSAVES. O sistema SYSAVES controla todo o processo, desde a saída dos Sistema de Gestão Avícola SYSAVES O sistema SYSAVES controla todo o processo, desde a saída dos galpões dos fornecedores (granjeiros) de aves até a emissão de relatórios das saídas dos galpões para os

Leia mais

Protocolo relativo a Estágio Curricular

Protocolo relativo a Estágio Curricular Protocolo relativo a Estágio Curricular 1. Introdução O presente protocolo é celebrado entre a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, adiante designada por FEUP, a empresa/instituição de estágio

Leia mais

ANEXO V Edital nº 03508/2008

ANEXO V Edital nº 03508/2008 ANEXO V Edital nº 03508/2008 Projeto de integração das informações de mandado de prisão e processos dos Tribunais Regionais Federais e do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios O objetivo

Leia mais

Informática Básica CONCEITOS DE SOFTWARE. Msc. Eliezio Soares eliezio.soares@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/elieziosoares

Informática Básica CONCEITOS DE SOFTWARE. Msc. Eliezio Soares eliezio.soares@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/elieziosoares Informática Básica CONCEITOS DE SOFTWARE Msc. Eliezio Soares eliezio.soares@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/elieziosoares Aviso! Avaliação bimestral em: 08/07/15 https://www.youtube.com/watch?v=0koosyqo2hk&feature=related

Leia mais

Migrando uma prefeitura para Software Livre

Migrando uma prefeitura para Software Livre Migrando uma prefeitura para Software Livre O INSTRUTOR Lucas Leão Diretor de TI da Prefeitura de Arapiraca O INSTRUTOR Dados Gerais: Área: 351 Km2 Habitantes: 200.000 Orçamento Anual: 147 Milhões Número

Leia mais

GAUP GESTÃO DE ALUNOS COMPATIBILIDADES JAVA

GAUP GESTÃO DE ALUNOS COMPATIBILIDADES JAVA GAUP GESTÃO DE ALUNOS COMPATIBILIDADES JAVA Reitoria da Universidade do Porto Novembro de 2009 Revisões Versão Data Submetido Observações 01 Nov 2009 José Sousa Matriz de compatibilidade 02 Fev 2010 José

Leia mais

Como o VIOS Jurídico pode otimizar os processos em um escritório de advocacia? Indicado para: médios e grandes escritórios de advocacia.

Como o VIOS Jurídico pode otimizar os processos em um escritório de advocacia? Indicado para: médios e grandes escritórios de advocacia. Como o VIOS Jurídico pode otimizar os processos em um escritório de advocacia? Indicado para: médios e grandes escritórios de advocacia. O que é o VIOS Jurídico: consiste em uma empresa de soluções em

Leia mais

PROTÓTIPO DE SOFTWARE P2P PARA COMPARTILHAMENTO ANÔNIMO DE ARQUIVOS

PROTÓTIPO DE SOFTWARE P2P PARA COMPARTILHAMENTO ANÔNIMO DE ARQUIVOS PROTÓTIPO DE SOFTWARE P2P PARA COMPARTILHAMENTO ANÔNIMO DE ARQUIVOS Acadêmico: Marcelo Ferreira da Silva Orientador: M. Sc. - Francisco Adell Péricas Roteiro introdução; fundamentação teórica; desenvolvimento

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC RODRIGUES DE ABREU Código: 135 Município: BAURU/SP Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Qualificação:

Leia mais

BCC402 Algoritmos e Programação Avançada. Prof. Marco Antonio M. Carvalho Prof. Túlio Ângelo M. Tóffolo 2011/1

BCC402 Algoritmos e Programação Avançada. Prof. Marco Antonio M. Carvalho Prof. Túlio Ângelo M. Tóffolo 2011/1 BCC402 Algoritmos e Programação Avançada Prof. Marco Antonio M. Carvalho Prof. Túlio Ângelo M. Tóffolo 2011/1 Introdução ao Curso 2 Carga horária semanal 2 aulas teóricas e 2 aulas práticas (ambas em laboratório)

Leia mais

TOP 20 ROTINAS QUE VOCÊ PODE AUTOMATIZAR HOJE!

TOP 20 ROTINAS QUE VOCÊ PODE AUTOMATIZAR HOJE! TOP 20 ROTINAS QUE VOCÊ PODE AUTOMATIZAR HOJE! Erro Zero; Mais barato que um administrador de redes; Faz qualquer tarefa repetitiva e manual; Flexibilidade para mudar processos automatizados dentro do

Leia mais

JAVA Express com Lógica. Subtítulo

JAVA Express com Lógica. Subtítulo JAVA Express com Lógica Subtítulo Sobre a APTECH A Aptech é uma instituição global, modelo em capacitação profissional, que dispõe de diversos cursos com objetivo de preparar seus alunos para carreiras

Leia mais

Introdução aos Sistemas Operacionais

Introdução aos Sistemas Operacionais Introdução aos Sistemas Operacionais Prof. M.e Helber Wagner da Silva helber.silva@ifrn.edu.br Maio de 2014 Roteiro Introdução Estrutura e Funções do Sistema Operacional Sistemas Operacionais existentes

Leia mais

Prefeitura da Cidade de Nova Iguaçú. SEMED Secretaria Municipal de Educação. Coordenadoria Municipal de Ciência e Tecnologia

Prefeitura da Cidade de Nova Iguaçú. SEMED Secretaria Municipal de Educação. Coordenadoria Municipal de Ciência e Tecnologia Prefeitura da Cidade de Nova Iguaçú SEMED Secretaria Municipal de Educação Coordenadoria Municipal de Ciência e Tecnologia Projeto Sistema de Monitoramento do Usuário da Rede de Proteção Social de Nova

Leia mais

Virtualização de Servidores. Adirlhey Assis Marcus Vinicius Coimbra

Virtualização de Servidores. Adirlhey Assis Marcus Vinicius Coimbra Virtualização de Servidores Adirlhey Assis Marcus Vinicius Coimbra Curriculum Autor: Marcus Coimbra Graduado em Informática, possui MBA em e-commerce e MIT em Governança de TI, atua na área a 25 anos,

Leia mais

AULA 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS E VISÃO GERAL DO SQL CONCEITUANDO BANCO DE DADOS MODELO RELACIONAL

AULA 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS E VISÃO GERAL DO SQL CONCEITUANDO BANCO DE DADOS MODELO RELACIONAL BANCO DE DADOS GERENCIAL 1 AULA 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS E VISÃO GERAL DO SQL CONCEITUANDO BANCO DE DADOS Um banco de dados é uma coleção de dados (ou informações) organizadas de forma lógica, e que

Leia mais

Introdução à Ciência da Informação

Introdução à Ciência da Informação Introdução à Ciência da Informação Prof. Edberto Ferneda Software 1 Software Níveis de Software Hardware Software Aplicativos Software Tipos de Software Softwares Aplicativos de Sistema (Utilitários) Finalidades

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes. Superintendente Anselmo Guedes de Castilho

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes. Superintendente Anselmo Guedes de Castilho ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes Superintendente Anselmo Guedes de Castilho Diretora Escolar Helena Mercedes Monteiro Gerente de Ensino Adeane Nunes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA 1. Número e Título do Projeto: OEI BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação

Leia mais

DOCUMENTO DE REQUISITO DE SOFTWARE

DOCUMENTO DE REQUISITO DE SOFTWARE DOCUMENTO DE REQUISITO DE SOFTWARE PARTICIPANTES Belo Horizonte - 1

Leia mais

Diagrama de Componentes e Implantação

Diagrama de Componentes e Implantação Diagrama de Componentes e Implantação Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Referências: Booch, G. et al. The Unified Modeling Language User

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Alexandre Meslin (meslin@nce.ufrj.br) Objetivo do Curso Apresentar os conceitos básicos de informática, de software e de hardware. Introduzir os conceitos relativos à representação

Leia mais

PROJETO SISTEMA DE CONSULTA A PAUTA DE AUDIÊNCIAS MOBILE - TRT14ª REGIÃO

PROJETO SISTEMA DE CONSULTA A PAUTA DE AUDIÊNCIAS MOBILE - TRT14ª REGIÃO PROJETO SISTEMA DE CONSULTA A PAUTA DE AUDIÊNCIAS MOBILE - TRT14ª REGIÃO Setembro -2013 PRESIDENTE E CORREGEDOR Desembargador Ilson Alves Pequeno Junior VICE-PRESIDENTE Desembargador Francisco José Pinheiro

Leia mais

Economia de Recursos de TI - Tratamento de Arquivos de Imagem (JPG - BMP - PNG - TIFF)

Economia de Recursos de TI - Tratamento de Arquivos de Imagem (JPG - BMP - PNG - TIFF) Economia de Recursos de TI - Tratamento de Arquivos de Imagem (JPG - BMP - PNG - TIFF) Naziro Hamed de Assis R-DSI (Divisão de Suporte e Infraestrutura) Romik Polgliane de Souza Oportunidade Percebida

Leia mais

T.I. para o DealerSuite: Servidores Versão: 1.1

T.I. para o DealerSuite: Servidores Versão: 1.1 T.I. para o DealerSuite: Servidores Versão: 1.1 Lista de Figuras T.I. para o Dealer Suite: Servidores Figura 1 Tela Principal do ESXi...4 Figura 2 Tela VMware Player...5 Figura 3 Arquivo /etc/exports do

Leia mais

Aplicativo Cliente/Servidor multicamadas para controle de uma rede de lojas via web utilizando Java

Aplicativo Cliente/Servidor multicamadas para controle de uma rede de lojas via web utilizando Java Aplicativo Cliente/Servidor multicamadas para controle de uma rede de lojas via web utilizando Java Aluno: Henrique Eduardo M. Oliveira Orientador: Prof. Dr. Leandro J. Komosinski Banca: Prof. M. Maria

Leia mais

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I Aula 02: Organização e Arquitetura de Computadores / Lógica Digital (Parte I) O conteúdo deste documento tem por objetivo

Leia mais

Soluções Inovadoras. FlyFlex. Fly Solution

Soluções Inovadoras. FlyFlex. Fly Solution Soluções Inovadoras FlyFlex Versão 1.00 Fly Solution O Software FlyFlex 1.00 FlyFlex é um software desenvolvido pela empresa Fly Solution para atender a necessidade de gestão de negócios de pequenas e

Leia mais

Tecnologias aplicadas à Inteligência Empresarial e Inteligência Competitiva e o Brasil?

Tecnologias aplicadas à Inteligência Empresarial e Inteligência Competitiva e o Brasil? Tecnologias aplicadas à Inteligência Empresarial e Inteligência Competitiva e o Brasil? Daniela Ramos Teixeira Esse artigo mostra uma pequena amostra das nossas conclusões sobre a evolução e o crescimento

Leia mais

Métricas de Software

Métricas de Software Métricas de Software Plácido Antônio de Souza Neto 1 1 Gerência Educacional de Tecnologia da Informação Centro Federal de Educação Tecnologia do Rio Grande do Norte 2006.1 - Planejamento e Gerência de

Leia mais

Certificado Digital Modelo e-conecte. Manual do Usuário

Certificado Digital Modelo e-conecte. Manual do Usuário Certificado Digital Modelo e-conecte Manual do Usuário Parabéns! Você acaba de adquirir o seu Certificado Digital Serasa Experian. Este manual é composto por informações importantes para que você possa

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Programação de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

INCLUSÃO DIGITAL. instrumento de INCLUSÃO SOCIAL

INCLUSÃO DIGITAL. instrumento de INCLUSÃO SOCIAL INCLUSÃO DIGITAL instrumento de INCLUSÃO SOCIAL Brasil Telecom Área territorial: 2,6 milhões de km² (33% do território nacional) 25% do PIB (R$ 276 bilhões em 2001) 23% da População (40 milhões) 10.548

Leia mais

LINHA DOUBLE WAY TRIFÁSICO

LINHA DOUBLE WAY TRIFÁSICO Especificação Técnica LINHA DOUBLE WAY TRIFÁSICO 10 / 15 / 20 / 25 / 30 / 40 / 50 / 60 / 80 / 120 / 150 / 160 / 180/ 250kVA Engetron Engenharia Eletrônica Ind. e Com. Ltda Atendimento ao consumidor: (31)

Leia mais

Proposta e desenvolvimento de um sistema de controle de baixo custo para irrigação automatizada

Proposta e desenvolvimento de um sistema de controle de baixo custo para irrigação automatizada II Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG - Campus Bambuí II Jornada Científica 19 a 23 de Outubro de 2009 Proposta e desenvolvimento de um sistema de controle de baixo custo para irrigação automatizada

Leia mais

Terminal de Operação Cimrex 12

Terminal de Operação Cimrex 12 Descrição do Produto O terminal de operação Cimrex 12 apresenta excelente desempenho em tamanho compacto. Possui visor de cristal líquido alfanumérico de duas linhas e 20 colunas. O teclado de membrana

Leia mais

Arquitetura de Aplicações J2EE. Jorge Fernandes Outubro de 2003

Arquitetura de Aplicações J2EE. Jorge Fernandes Outubro de 2003 Arquitetura de Aplicações J2EE Jorge Fernandes Outubro de 2003 J2EE O que é Como se organiza Como funciona Elementos Arquitetura Típica Componentes de Software Reuso é um processo Publicar interfaces Distribuir

Leia mais

Ação de formação Excel Avançado

Ação de formação Excel Avançado Ação de formação Excel Avançado - Identificar as potencialidades do MS Excel - Aprofundamento dos recursos básicos e conhecimento de recursos avançados do software - Desenvolver capacidades de apresentar

Leia mais

Produtos da Fábrica de Software

Produtos da Fábrica de Software Produtos da Fábrica de Software Módulo Biométrico Computer ID - MBC O que é? O Módulo Biométrico Computer ID é um produto, constituído por componentes de software, cuja finalidade é oferecer recursos tecnológicos

Leia mais

Sobre o Visual C++ 2010

Sobre o Visual C++ 2010 O Visual Studio é um pacote de programas da Microsoft para desenvolvimento de software, suportando diversas linguagens como C#, C++, C, Java, Visual Basic, etc. Nesta série de tutoriais vou focar apenas

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação Aula 2 Introdução Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Técnico em Informática Prof. Bruno B. Boniati www.cafw.ufsm.br/~bruno O que

Leia mais

AULA 1 PHP O QUE É APACHE FRIENDS

AULA 1 PHP O QUE É APACHE FRIENDS O QUE É PHP Se você já programa PHP, aconselho que pule para o capítulo 7 desse livro. Pois até esse capitulo iremos abordar algoritmos em PHP até a construção de uma classe com seus métodos e atributos

Leia mais

Desenvolvimento de um Conjunto de Processos de Governança de Tecnologia de Informação para uma Instituição de Ensino Superior

Desenvolvimento de um Conjunto de Processos de Governança de Tecnologia de Informação para uma Instituição de Ensino Superior Desenvolvimento de um Conjunto de Processos de Governança de Tecnologia de Informação para uma Instituição de Ensino Superior Ângela F. Brodbeck (Escola de Administração) Jussara I. Musse (Centro de Processamento

Leia mais

PORTARIA N Nº 178 Rio de Janeiro, 25 de outubro de 2012.

PORTARIA N Nº 178 Rio de Janeiro, 25 de outubro de 2012. PORTARIA N Nº 178 Rio de Janeiro, 25 de outubro de. ACRESCENTA A ARQUITETURA DE PADRÕES TECNOLÓGICOS DE INTEROPERABILIDADE -, NO SEGMENTO RECURSOS TÉCNOLÓGICOS O PADRÃO TECNOLÓGICO SISTEMAS OPERACIONAIS

Leia mais

LINHA DOUBLE WAY MONOFÁSICA

LINHA DOUBLE WAY MONOFÁSICA Especificação Técnica LINHA DOUBLE WAY MONOFÁSICA 3 / 6 / 8 / 10 / 12 / 15 / 20 kva Engetron Engenharia Eletrônica Ind. e Com. Ltda Atendimento ao consumidor: (31) 3359-5800 Web: www.engetron.com.br Link:

Leia mais

Web. Professor: Rodrigo Alves Sarmento rsarmento@catolica-es.edu.br rasarmento@gmail.com

Web. Professor: Rodrigo Alves Sarmento rsarmento@catolica-es.edu.br rasarmento@gmail.com Web Professor: Rodrigo Alves Sarmento rsarmento@catolica-es.edu.br rasarmento@gmail.com Objetivos O que é uma aplicação Web? Web x Stand-Alone Web x Cliente Servidor Tradicional Tipos de Aplicação Dois

Leia mais

Requisitos técnicos dos produtos Thema

Requisitos técnicos dos produtos Thema Requisitos técnicos dos produtos Thema 1 Sumário 2 Apresentação...3 3 Servidor de banco de dados Oracle...4 4 Servidor de aplicação Linux...4 5 Servidor de terminal service para acessos...4 6 Servidor

Leia mais

GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD. Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins

GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD. Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento do trabalho Conclusão Extensões

Leia mais

Web Services. Autor: Rômulo Rosa Furtado

Web Services. Autor: Rômulo Rosa Furtado Web Services Autor: Rômulo Rosa Furtado Sumário O que é um Web Service. Qual a finalidade de um Web Service. Como funciona o serviço. Motivação para o uso. Como construir um. Referências. Seção: O que

Leia mais

A Web, o Design, o Software Livre e outras histórias... Eduardo Santos - www.agni.art.br

A Web, o Design, o Software Livre e outras histórias... Eduardo Santos - www.agni.art.br A Web, o Design, o Software Livre e outras histórias... Eduardo Santos - www.agni.art.br Surgimento da WEB e HTML Início da década de 90 HTML (acrônimo para a expressão HyperText Markup Language, que significa

Leia mais

Sefaz Virtual Ambiente Nacional Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Sefaz Virtual Ambiente Nacional Projeto Nota Fiscal Eletrônica Projeto Nota Fiscal Eletrônica Orientações de Utilização do Sefaz Virtual Ambiente Nacional para as Empresas Versão 1.0 Fevereiro 2008 1 Sumário: 1. Introdução... 3 2. O que é o Sefaz Virtual... 4 3. Benefícios

Leia mais

OpenSICAST Sistema de Call Center para Asterisk. Fabrício Tamusiunas NIC.br

OpenSICAST Sistema de Call Center para Asterisk. Fabrício Tamusiunas NIC.br OpenSICAST Sistema de Call Center para Asterisk Fabrício Tamusiunas NIC.br OpenSICAST Sistema para gerenciamento de chamadas, filas, atendentes (agentes) e demais necessidades que um sistema de Call Center

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA SIGFAP MÓDULO CONSULTORES / VISÃO CONSULTOR. Realização:

MANUAL DO SISTEMA SIGFAP MÓDULO CONSULTORES / VISÃO CONSULTOR. Realização: MANUAL DO SISTEMA SIGFAP MÓDULO CONSULTORES / VISÃO CONSULTOR Realização: Última atualização: 21/09/2011 Acadêmica(o): Bruna Pereira Gomes Sumário 1.INTRODUÇÃO...4 2. ACESSO AO SISTEMA...5 2.1 Consultor

Leia mais

Divisão de Processamento de Imagens. Desenvolvimento de Geotecnologias

Divisão de Processamento de Imagens. Desenvolvimento de Geotecnologias Divisão de Processamento de Imagens Desenvolvimento de Geotecnologias DPI Divisão de Processamento de Imagens Criada em 1984 50 funcionários Colabora com os cursos de Pós-Graduação em Sensoriamento Remoto

Leia mais

Proposta Comercial CloudFlex

Proposta Comercial CloudFlex Transformando o mundo através da TI como Serviço Proposta Comercial CloudFlex www.centralserver.com.br Cloud Servers Hospedagem de Sites Email Corporativo 0800 701 1993 +55 11 4063 6549 AFICIONADOS POR

Leia mais

Lógica de Programação. Profas. Simone Campos Camargo e Janete Ferreira Biazotto

Lógica de Programação. Profas. Simone Campos Camargo e Janete Ferreira Biazotto Lógica de Programação Profas. Simone Campos Camargo e Janete Ferreira Biazotto O curso Técnico em Informática É o profissional que desenvolve e opera sistemas, aplicações, interfaces gráficas; monta estruturas

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Artur Petean Bove Junior Mercado e Tecnologias futuras ETEP Faculdades Sistema operacional é o software responsável pela criação do ambiente de trabalho da máquina. Sendo a camada

Leia mais

Taxa de Gravação da Memória RAM (MegaBytes / segundo) G5 2.7 Ghz (Mac) Linux Kernel 2.6 2799 1575

Taxa de Gravação da Memória RAM (MegaBytes / segundo) G5 2.7 Ghz (Mac) Linux Kernel 2.6 2799 1575 21 4 Análise É necessária uma análise criteriosa, que busque retornar as questões primordiais sobre o que é realmente preciso para a aquisição de uma plataforma de produção gráfica digital profissional.

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Rui Gonçalo Luís Duarte Data de Nascimento: 11 de Março de 1979

CURRICULUM VITAE. Rui Gonçalo Luís Duarte Data de Nascimento: 11 de Março de 1979 CURRICULUM VITAE DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Rui Gonçalo Luís Duarte Data de Nascimento: 11 de Março de 1979 Naturalidade: Santarém Estado Civil: Solteiro Bilhete de Identidade : 11563714 (20/04/2005

Leia mais

Protocolo Integrado Evento Protocolo Integrado e Processo Eletrônico Nacional: Novos Paradigmas para a Administração Pública Federal

Protocolo Integrado Evento Protocolo Integrado e Processo Eletrônico Nacional: Novos Paradigmas para a Administração Pública Federal Protocolo Integrado Evento Protocolo Integrado e Processo Eletrônico Nacional: Novos Paradigmas para a Administração Pública Federal Sumário 1. Cenário Atual 2. Objetivo e Escopo 3. Características 4.

Leia mais

Id: 35719 (34 years)

Id: 35719 (34 years) Foto não disponível Id: 35719 (34 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 05/09/1981 País: Mozambique, Região: Maputo, Cidade: Maputo Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO:

Leia mais

Aula 03. Processadores. Prof. Ricardo Palma

Aula 03. Processadores. Prof. Ricardo Palma Aula 03 Processadores Prof. Ricardo Palma Definição O processador é a parte mais fundamental para o funcionamento de um computador. Processadores são circuitos digitais que realizam operações como: cópia

Leia mais

Daniel Paulo de Assis

Daniel Paulo de Assis Daniel Paulo de Assis Brasileiro, solteiro, 32 anos Rua Dr. Seng, 100 Bela Vista - São Paulo SP Telefone: (11) 9-4991-5770 / (18) 9-9119-2006 E-mail: daniel@dpassis.com.br WebSite: dpassis.com.br Linkedin:

Leia mais

Objetivo. Softwares Livres.

Objetivo. Softwares Livres. UTILIZAÇÃO DO CADASTRO TERRITORIAL MULTIFINALITÁRIO NA GESTÃO DE RISCOS Amilton Amorim (Unesp) Ana Maria Rodrigues Monteiro de Sousa (U. Porto) Eric Rafael Pereira de Sousa (Unesp) Objetivo Mostrar o Cadastro

Leia mais

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS PAULO ALBERTO BUGMANN ORIENTADOR: ALEXANDER ROBERTO VALDAMERI Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

Linux e Computação Científica

Linux e Computação Científica Linux e Computação Científica Sumário Motivação Noções de Sistemas Operacionais Ferramental Computação Científica Motivação Financeira Linux é livre Desempenho Linux gerencia melhor recursos de processdor,

Leia mais

Atualização Licenciamento Windows Server 2003

Atualização Licenciamento Windows Server 2003 Atualização Licenciamento Windows Server 2003 Visão geral Tipos de Licenciamento Modelo de licenciamento do Windows Server 2003 Ativação do Produto Licenciamento Corporativo Tipos de Licenciamento Versão

Leia mais

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br OBJETIVO GERAL DA

Leia mais

Manual de uso Serasa Judicial Março/2014 Controle de revisão Data da Revisão Versão Documento Versão Manager DF-e Executor Assunto Revisado 08/10/2013 1.0 Rodrigo Vieira Ambar/Gigiane Martins Criação 18/03/2104

Leia mais

Laboratório Virtual de Sistema de Controle Via Web em Labview. 1/6 www.ni.com

Laboratório Virtual de Sistema de Controle Via Web em Labview. 1/6 www.ni.com Laboratório Virtual de Sistema de Controle Via Web em Labview "Utilizou-se o Labview 8.6 para criar a VI, uma placa de aquisição da NI e uma webcam para poder acessar e visualizar a planta." - Fernando

Leia mais

Experiência 04: Comandos para testes e identificação do computador na rede.

Experiência 04: Comandos para testes e identificação do computador na rede. ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda Chamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Aluno

Leia mais

Universidade do Vale do Paraíba Univap. Resultados Avaliação Docente/Discente Curso de Aeronáutica e Espaço 2º Semestre 2010

Universidade do Vale do Paraíba Univap. Resultados Avaliação Docente/Discente Curso de Aeronáutica e Espaço 2º Semestre 2010 Universidade do Vale do Paraíba Univap Resultados Avaliação Docente/Discente Curso de Aeronáutica e Espaço 2º Semestre 2010 São José dos Campos, Janeiro de 2011 HTTP://www.univap.br/cpa - (12)3947.1032

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma

Leia mais

de Informática da UFRPE

de Informática da UFRPE Processo Coordenadoria Seleção de de Suporte Bolsistas Técnico para e Apoio os a Laboratórios Eventos - CSTAE de Informática da UFRPE 1. Processo de Inscrição: O processo de seleção ocorrerá em duas etapas:

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 2011 1 1. APRESENTAÇÃO No momento de sua concepção não haviam informações detalhadas e organizadas sobre os serviços de Tecnologia da

Leia mais

Disciplina: Unidade III: Prof.: E-mail: Período:

Disciplina: Unidade III: Prof.: E-mail: Período: Encontro 09 Disciplina: Sistemas de Banco de Dados Unidade III: Modelagem Lógico de Dados Prof.: Mario Filho E-mail: pro@mariofilho.com.br Período: 5º. SIG - ADM 6. Introdução ao MS Access O Microsoft

Leia mais

ORIENTADOR Prof. Rogério Cid Bastos, Dr.

ORIENTADOR Prof. Rogério Cid Bastos, Dr. SISTEMAS WORKFLOW EM PROCESSOS EMPRESARIAIS ORIENTADOR Prof. Rogério Cid Bastos, Dr. Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Engenharia de Produção com Ênfase em Informática da Universidade

Leia mais

WebApps em Java com uso de Frameworks

WebApps em Java com uso de Frameworks WebApps em Java com uso de Frameworks Fred Lopes Índice O que são frameworks? Arquitetura em camadas Arquitetura de sistemas WEB (WebApps) Listagem resumida de frameworks Java Hibernate O que são frameworks?

Leia mais

QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013

QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013 QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013 Prezados Senhores da comissão de licitação da UENF, seguem alguns questionamentos acerca do edital de concorrência 01/2013 para esclarecimentos: 1. ANEXO

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais Prof.: Marlon Marcon

Administração de Sistemas Operacionais Prof.: Marlon Marcon Instituto Federal de Minas Gerais Campus Bambuí Administração de Sistemas Operacionais Prof.: Marlon Marcon Sumário Visão Geral de um sistema linux Conceitos básicos Histórico do Linux Kernel Principais

Leia mais

Uso estratégico da. como ferramenta de gestão social

Uso estratégico da. como ferramenta de gestão social Uso estratégico da tecnologia digital como ferramenta de gestão social Olá! Eu sou a Micheli Jacobs Graduada em Engenharia Industrial com ênfase em desenvolvimento de Processos e Produtos. - Pós-graduada

Leia mais