SELEÇÃO E CÁLCULO DE TRANSMISSÃO POR CORREIAS V V BELT TRANSMISSION SELECTION AND CALCULATION TR02

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SELEÇÃO E CÁLCULO DE TRANSMISSÃO POR CORREIAS V V BELT TRANSMISSION SELECTION AND CALCULATION TR02"

Transcrição

1 te SELEÇÃO E CÁLCULO DE TRANSMISSÃO POR CORREIAS V V BELT TRANSMISSION SELECTION AND CALCULATION Dados de Entrada (Conhecidos) Potencia de acionamento (motor)(kw, CV, HP) Rotação (motor)(rpm) Tipo de equipamento acionado Rotação do equipamento acionado (rpm) Distancia entre centros (mm) Regime de operação Cálculo da Potência de Projeto Potência de Projeto (Pp): Pp=Pmotor.fs Pmotor Potencia do motor em kw ou HP Fs- fator de serviço - admensional Input Data known Driver power (motor) (kw, CV, HP) Speed (motor)(rpm) Driven equipment type Driven equipment speed (rpm) Center distance (mm) Operation load (conditions) Design Power Calculation Design Power (Pp) Pp=Pmotor.fs Pmotor = Motor power in kw or HP Fs - service factor - dimensionless FATOR DE SERVIÇO

2 Seleção do tipo de correia Belt Type Specification Utilize os graficos das Tabelas 2,3,4 Use charts of tables 2, 3, 4. EXEMPLO

3 Calcule a relação de transmissão Determine the speed ratio Caso a correia seja dentada, a relação de transmissão será o numero de dentes da polia conduzida sobre o número de dentes da polia condutora If the belt is toothed, transmission ratio is the number of teeth of the driven pulley on the number of teeth of the conductive pulley

4 Seleção do diâmetro (datum) da polia Você deve usar polias de diâmetro padronizadas para a transmissão de obter maior economia. A Tabela No. 5 mostra os diâmetros das polias padrão disponíveis para cada seção transversal. Se um diâmetro máximo ou mínimo para uma das polias é conhecido, ou se você tiver a polia em mãos, comece com esse diâmetro. Se você não sabe o diâmetro datum dessa polia, meça o diâmetro externo e a largura do canal. Determine a partir das tabelas Nos. 15 a 18, se a polia é de ISO, DIN ou RMA a dimensão, referindo-se à coluna "go" (groove outside diameter) diâmetro externo da ranhura ou canal. Em seguida, subtraia ou adicione o valor mostrado na Tabela No. 7 ou 8 para encontrar o diâmetro datum. Choose of the pulley Datum Diameter You should use standard diameter pulleys for the drive in order to obtain the most economical drive. Table No. 5 shows the diameters of the available standard pulleys for each cross-section. Ifaminimumormaximumdiameterforoneofthepulleysisknown, or if you have one pulley on hand, start with that diameter. If you do not know the datum diameter of a pulley on hand, measure the outside diameter and groove width. Determine from the tables Nos. 15 to 18 if the pulley is of ISO, DIN or RMA dimension, referring to the column identified as go (groove outside diameter). Then subtract or add the value shown in table No. 7 or 8 to find the datum diameter.

5 Cálculo da velocidade da correia Belt Speed Calculation Para velocidades superiores a 30 m / s é necessária a utilização de polias dinamicamente balanceadas. Se a velocidade da correia é muito alta, escolher polias de menor diâmetro. For belt speeds higher than 30 m/s dynamically balanced pulleys are required. If the belt speed is too high, choose smaller diameter pulleys.

6 polia menor = 250 mm Small pulley = 250mm relação de transmissão = 1800/600=3 speed ratio = 1800/600 = 3 interpolando na tabela interpolating in the table para 2,84 - D polia maior = 710 mm for 2,84 - D larger pulley = 710 mm para 3,20 - D polia maior = 800 mm for 3,20 - D larger pulley = 800 mm Então, Diâmetro da polia maior = 750 mm Then, D larger pulley = 750mm Seleção da Distância entre centros e do Comprimento da Correia Select Centre Distance and V Belt Lenght Caso não tenha idéia da distancia entre centros, estimar pela fórmula abaixo: If you have no idea of the distance between centers, estimate by the formula below: Comprimento da correia O comprimento estimado (tentativa) pode ser determinado pela formula abaixo: Belt lenght The estimated length (tentative) may be given by the following formula: TCd = ( x250) / 2 = 750 mm TBL = 2 x ,57x( )+( )²/4x750 TBL = 3153 mm Com esse valor, seleciona o comprimento padrão da correia das tabelas disponibilizadas pelos fornecedores. TCd = ( x250) / 2 = 750 mm TBL = 2 x ,57x( )+( )²/4x750 TBL = 3153 mm With this value, selects the belt standard length from the tables provided by suppliers.

7 Distância entre centros real Obtido o comprimento padrão da correia, calcular a distância entre centros real. Center distance actual Obtained the standard length of the belt, calculate the distance between real centers. F = PL - 1,57 (D2 + D1) F = ,57 ( ) = 1580 h = (D2 - D1)/F = ( ) / 1580 =0,316 para (for) 0,316 h=0,168 Cd = [1580-0,168( )]/2 = 748 mm

8 O ábaco da tabela 10 (nomograma) é um meio expedito de estimar a distância entre centros conhecendo-se o comprimento da correia e os diâmeteos das polias. Entrando com a soma dos diâmetros das polias, traça-se uma reta que passa pelo valor do comprimento da correia. Na continuação a reta cruza com o eixo onde estão plotados os valores da distância entre centros. The table 10 nomogram is a fast means to estimate the distance between centers knowing the length of the belt and the pulleys diameters. Entering with the sum of the diameters of the pulleys, traces a straight up as it passes through the belt length value. Continuing of this line intersects the axis which are plotted the values of center distance. Quantidade necessária de correias O exemplo abaixo ilustra os fatores, constantes da formula mostrada a seguir, que são obtidos das tabelas fornecidas pelos fabricantes Number of belts necessary The example below illustrates the factors listed in the formula shown next, which are obtained from tables provided by the manufacturer A potência líquida por correia é dada pela relação (A + B + C) x G x CL A quantidade de correias necessária é obtida dividindo a potência de projeto pela expressão (A + B + C) x G x C L Net power per belt is given by (A + B + C) x G x CL The number of belts required is find dividing desing power by (A + B + C) x G x C L

9 Para o nosso exemplo: For our example: A = 14,53 A = 14,53 B = 0,71 B = 0,71 C = 0 (para horas) C = 0 (for hours) G = 0,896 G = 0,896 CL = 1,085 CL = 1,085 (A + B + C) x G x C L = (14,53 + 0,71 + 0) x 0,896 x 1,085 = 14,81 kw As tabelas de onde foram obtidos os valores dea,b,c,geclestão mostradas na próxima página. FATOR A TablesfromwhichwereobtainedthevaluesofA,B,C,G,andCLare shown on the next page. A FACTOR

10 FATOR C C FACTOR FATORES B, G e C L B, G and C L FACTORS

11 RESUMO RESUME Defina os dados de projeto Define the design data Potencia de acionamento (motor)(kw, CV, HP) Driver power (motor) (kw, CV, HP) Rotação (motor)(rpm) Speed (motor)(rpm) Tipo de equipamento acionado Driven equipment type Rotação do equipamento acionado (rpm) Driven equipment speed (rpm) Distancia entre centros (mm) Center distance (mm) Regime de operação Operation load (conditions) Calcule a potência de projeto (Pp) Calculate the design power (Pp) Selecione a seção da correia Select the proper V-belt section Selecione a vida em serviço desejada Select the desired service life range Calcule a relação de transmissão Determine the speed ratio Selecione o diâmetro da polia Choose the pulley datum diameter Calcule a velocidade da correia Calculate the belt speed Selecione a distancia entre centro Select centre distance and Selecione o comprimento da correia Select V-belt length Determine a quantidade de correias necessárias Determine the number of belts or ribs required a) determina o fator A (fator basico de potencia polia menor) a) Determine the basic kw rating (A). b) Determine o fator B relação de transmissão b) Determine the additional kw rating for speed ratio (B). c) Determine o fator C vida da correia c) Determine the additional kw rating for belt life (C). d) Determine fator G correção arco de contato d) Determine the arc of contact correction factor (G). e) Determine o fator CL correção comprim. Correia e) Determine the belt length correction factor (CL). f) Calcule a potencia liquida por correia f) Calculate the net kw per belt or rib. g) Determine o numero de correias necessárias. g) Determine the number of belts or ribs required. Este documento foi baseado nas seguintes publicações: *Design Manual Industrial V Belts, numero E2/20070 ED 2014, Gates *A short lecture on the Selection of Belt Drives - Mehcanical Design 1 = ref. from Applied Mechanical Design Hosking and Harris and Mechanical Power Transmission by William J. Patton: Paul Briozzo * Transmission Belts Manual, Roflex * Industrial V Belts Drive Design Guide, Carlisle - This document was based on the following publications: *Design Manual Industrial V Belts, numero E2/20070 ED 2014, Gates *A short lecture on the Selection of Belt Drives - Mehcanical Design 1 = ref. from Applied Mechanical Design Hosking and Harris and Mechanical Power Transmission by William J. Patton: Paul Briozzo * Transmission Belts Manual, Roflex * Industrial V Belts Drive Design Guide, Carlisle

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br INTRODUÇÃO: As correias, juntamente com

Leia mais

User Guide Manual de Utilizador

User Guide Manual de Utilizador 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE User Guide Manual de Utilizador 2014 1Life Simplify it All rights reserved. www.1-life.eu 2 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE ENGLISH USER GUIDE...4 MANUAL DE UTILIZADOR PORTUGUÊS...18

Leia mais

CORRENTES DE TRANSMISSÃO - INFORMAÇÕES GERAIS TRANSMISSION CHAINS - GENERAL INFORMATIONS

CORRENTES DE TRANSMISSÃO - INFORMAÇÕES GERAIS TRANSMISSION CHAINS - GENERAL INFORMATIONS te CORRENTES DE TRANSMISSÃO - INFORMAÇÕES GERAIS TRANSMISSION CHAINS - GENERAL INFORMATIONS A transmissão por correntes apresenta as seguintes características e/ou vantagens: - adequada para maiores distâncias

Leia mais

A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores

A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores Departamento de Alterações Climáticas, Ar e Ruído (DACAR) Divisão de Poluição Atmosférica e Alterações Climáticas

Leia mais

Elementos de transmissão de potência José Queiroz - Unilins

Elementos de transmissão de potência José Queiroz - Unilins Projetos Mecânicos Elementos de transmissão de potência José Queiroz - Unilins 2 Polias e correias Polias: As polias são peças cilíndricas, movimentadas pela rotação do eixo do motor e pelas correias.

Leia mais

Correias, Polias e Transmissões. O que são?

Correias, Polias e Transmissões. O que são? Correias, Polias e Transmissões. O que são? Obs.: Fotos são meramente ilustrativas (sem escala). Página 1 TRANSMISSÕES COM CORREIAS O QUE É UMA CORREIA? Elemento de maquina que, sendo movimentado por uma

Leia mais

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH ÍNDICE PORTUGUÊS 1. Características... 2 2. Conteúdo da Embalagem... 3 3. Como usar o Receptor de TV Digital... 3 4. Tela de Vídeo... 6 5.Requisitos Mínimos... 6 6. Marcas Compatíveis... 8 INDEX ENGLISH

Leia mais

hdd enclosure caixa externa para disco rígido

hdd enclosure caixa externa para disco rígido hdd enclosure caixa externa para disco rígido USER S GUIDE SPECIFICATONS HDD Support: SATA 2.5 Material: Aluminium and plastics Input connections: SATA HDD Output connections: USB 3.0 (up to 5.0Gbps)

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Oferecemos a nossos clientes máquinas e equipamentos econômicos e eficientes, com atenção personalizada segundo suas necessidades.

APRESENTAÇÃO. Oferecemos a nossos clientes máquinas e equipamentos econômicos e eficientes, com atenção personalizada segundo suas necessidades. PORTFÓLIO Mecânica APRESENTAÇÃO A ProjeCrea é uma empresa que desenvolve soluções personalizadas integrais para: agroindústrias, metalúrgicas, indústrias e locais comerciais gerais. Temos parcerias com

Leia mais

Comandos Draw. Prof. Msc. Rogério Simões Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas

Comandos Draw. Prof. Msc. Rogério Simões Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas Comandos Draw As primitivas geométricas são os elementos geométricos que compõem um desenho. Entre elas, podemos citar linhas, arcos, textos, círculos, etc. Esses comandos estão no menu Draw e alguns deles

Leia mais

Elementos de Transmissão Correias

Elementos de Transmissão Correias Elementos de Transmissão Correias Prof. João Paulo Barbosa, M.Sc. Transmissão por polias e correias Transmissão por polias e correias As polias são peças cilíndricas, movimentadas pela rotação do eixo

Leia mais

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido SATA 3.5 hd:basic hdd enclosure caixa externa para disco rígido hd:basic USER S GUIDE SPECIFICATIONS HDD support: SATA 3.5 Material: Aluminium Input connections: SATA HDD Output connections: USB 2.0

Leia mais

STEEL PIPES FOR THE OIL AND GAS INDUSTRY TUBOS DE AÇO PARA O SETOR DE PETRÓLEO E GÁS SUPPLY CONDITIONS CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO

STEEL PIPES FOR THE OIL AND GAS INDUSTRY TUBOS DE AÇO PARA O SETOR DE PETRÓLEO E GÁS SUPPLY CONDITIONS CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO STEEL PIPES FOR THE OIL AND GAS INDUSTRY TUBOS DE AÇO PARA O SETOR DE PETRÓLEO E GÁS Pipes used for prospecting, drilling, oil, gas and by-products transport and processing, as well as in refineries, chemical

Leia mais

Transmissão de Movimento

Transmissão de Movimento Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias Laboratório de Engenharia Agrícola EAG 03204 Mecânica Aplicada * Transmissão de Movimento 1. Introdução A transmissão

Leia mais

KISSsoft 03/2014 Tutorial 9

KISSsoft 03/2014 Tutorial 9 KISSsoft 03/2014 Tutorial 9 Dimensionamento Fino de Engrenagens Cilíndricas KISSsoft AG Rosengartenstrasse 4 8608 Bubikon Switzerland Phone: +41 55 254 20 50 Fax: +41 55 254 20 51 info@kisssoft.ag www.kisssoft.ag

Leia mais

ELOS FUSÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO MODELO H, K, T, EF e OLHAL. FUSE LINKS H, K, T, EF and OPEN-LINK ELOS FUSIVEIS DE DISTRIBUIÇÃO / FUSE LINKS

ELOS FUSÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO MODELO H, K, T, EF e OLHAL. FUSE LINKS H, K, T, EF and OPEN-LINK ELOS FUSIVEIS DE DISTRIBUIÇÃO / FUSE LINKS ELOS FUSÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO MODELO H, K, T, EF e OLHAL FUSE LINKS H, K, T, EF and OPEN-LINK Fabrica de Peças Elétricas DELMAR Ltda. - -0 - - - www.delmar.com.br REVISÃO - R0 DATA - /0/ PAGINA - de ELOS

Leia mais

Análise estrutural de um pórtico 2-D de concreto armado

Análise estrutural de um pórtico 2-D de concreto armado Análise estrutural de um pórtico 2-D de concreto armado Nestor Guevara PROMEC Análise estrutural de linhas de transmissão (pode contemplar análise modal e dinâmica) basicamente ver como se comporta a estrutura

Leia mais

CENTROS DE USINAGEM VERTICAL

CENTROS DE USINAGEM VERTICAL CENTROS DE USINAGEM VERTICAL DV DM EIXO ÁRVORE 12000-15000 rpm 24000 rpm DESLOCAMENTO RÁPIDO DO EIXO X, Y DESLOCAMENTO RÁPIDO DO EIXO Z TEMPO DE TROCA DE FERRAMENTAS 36m/min. 24m/min. 1,5 seg. Centros

Leia mais

Polias e correias. Polias

Polias e correias. Polias A U A UL LA Polias e correias Introdução Às vezes, pequenos problemas de uma empresa podem ser resolvidos com soluções imediatas, principalmente quando os recursos estão próximos de nós, sem exigir grandes

Leia mais

Energia Solar Fotovoltaica, MC Brito Sizing PV Systems 3/11/1009

Energia Solar Fotovoltaica, MC Brito Sizing PV Systems 3/11/1009 Define load, location, inclination Determine irradiation Calculate installed power to fulfil load Calculate number of modules Define system specs (battery, charge regulator, inverter) Example Stand alone

Leia mais

2012 State of the Industry Survey

2012 State of the Industry Survey 2012 State of the Industry Survey Contact Information Por favor, preencha suas informações de contato (* indicates required information) Nome * Título * Title Razão Social completa da Empresa/Organização

Leia mais

Curitiba, 09 de novembro de 2009. À Fundação Universidade de Brasília. Profo. Alberto Alvares

Curitiba, 09 de novembro de 2009. À Fundação Universidade de Brasília. Profo. Alberto Alvares Curitiba, 09 de novembro de 2009. À Fundação Universidade de Brasília. Profo. Alberto Alvares Ref. Centro de Usinagem Vertical modelo Mini Mill, marca HAAS Automation - USA Cotação N TE0120/09 REVISÃO

Leia mais

Guia de Produto GS-24. Departamento de Produtos Março 2014

Guia de Produto GS-24. Departamento de Produtos Março 2014 Guia de Produto GS-24 Departamento de Produtos Março 2014 1997 CM-24/12 2000 CX-24/12 2005 GX-24 Fácil operação e alta qualidade para o mercado de comunicação visual. O equipamento se tornou familiar,

Leia mais

AutoCAD Mechanical Acelerando seus projetos 2D José Luiz Gallego de Mello Jr

AutoCAD Mechanical Acelerando seus projetos 2D José Luiz Gallego de Mello Jr José Luiz Gallego de Mello Jr MA4529 - Essa classe tem o propósito de mostrar as principais funcionalidades da solução AutoCAD Mechanical, que permitem reduzir drasticamente o tempo de criação de desenhos

Leia mais

AJUDA RÁPIDA VACON NX

AJUDA RÁPIDA VACON NX AJUDA RÁPIDA VACON NX Assistente de Inicialização [Start-up wizard] O Assistente de Inicialização [Start Up Wizard] é ativado quando é ligada a energia do drive pela primeira vez, ou se o Assistente de

Leia mais

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho SÉRIE DV14 1417 / 1422 / 1432 / 1442 CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA O Centro de Usinagem

Leia mais

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA EAbrief: Medida de incentivo ao emprego mediante o reembolso da taxa social única EAbrief: Employment incentive measure through the unique social rate reimbursement Portaria n.º 229/2012, de 03 de Agosto

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

Bent glass lamination 1 If the curve of the bent glass is small, you can laminate it by vacuum bag. Noted: The shape of the wood should match the maximum curve of the glass. 2 If the curve of the glass

Leia mais

ANÁLISES DE CUSTOS NA ESCOLHA DO TIPO DE MOTOR PARA ACIONAMENTO DE BOMBAS EM ÁREAS IRRIGADAS

ANÁLISES DE CUSTOS NA ESCOLHA DO TIPO DE MOTOR PARA ACIONAMENTO DE BOMBAS EM ÁREAS IRRIGADAS ANÁLISES DE CUSTOS NA ESCOLHA DO TIPO DE MOTOR PARA ACIONAMENTO DE BOMBAS EM ÁREAS IRRIGADAS RESUMO - Através de pesquisas de preços, serviços e equipamentos, fez-se uma composição e análise dos custos

Leia mais

4 pólos (n = 1800 rpm) 8 pólos (n = 900 rpm) 1,5 2,2 3,0 3,7 4,4 5,5 7,5 9,2 11,0 15,0 18,5 22,0 30,0 37,0 45,0 55,0 75,0 92,0 110,0

4 pólos (n = 1800 rpm) 8 pólos (n = 900 rpm) 1,5 2,2 3,0 3,7 4,4 5,5 7,5 9,2 11,0 15,0 18,5 22,0 30,0 37,0 45,0 55,0 75,0 92,0 110,0 VULBRAFLEX VB GENERALIDADES O VULBRAFLEX é um acoplamento flexível e torcionalmente elástico. Sua flexibilidade permite desalinhamentos radiais, axiais e angulares entre os eixos acoplados e ainda, sendo

Leia mais

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space 1 Próximas Actividades Next Activities Visualiza as próximas actividades a ter inicio, com a indicação do tempo restante Displays upcoming activities and indicating the remaining time 2 Categorias Categories

Leia mais

CODIGOS CONTROLE RS232 Matrix HDMI 4x2 Control EDID/RS232 (GB.42.2014)

CODIGOS CONTROLE RS232 Matrix HDMI 4x2 Control EDID/RS232 (GB.42.2014) CODIGOS CONTROLE RS232 Matrix HDMI 4x2 Control EDID/RS232 (GB.42.2014) Versão 2014.04.23 Você acaba de adquirir um produto AV LIFE!!! Não deixe de acessar nosso site www.avlife.com.br para ficar por dentro

Leia mais

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial Métodos Formais em Engenharia de Software VDMToolTutorial Ana Paiva apaiva@fe.up.pt www.fe.up.pt/~apaiva Agenda Install Start Create a project Write a specification Add a file to a project Check syntax

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO FICHA DE HOMOLOGAÇÃO MOTOR 125cc REFRIGERADO A ÁGUA Fabricante Manufacturer MAXTER Marca Make MAXTER Modelo Model SUDAM - RXX Nº Homologação Nº Homologation CBA

Leia mais

www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo.

www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo. www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo. SINAMICS V60 com servomotores 1FL5 A solução para aplicações básicas de servo A tecnologia servo-drive

Leia mais

Aula 14 - Transmissão de Potência e Torque.

Aula 14 - Transmissão de Potência e Torque. Aula 14 - Transmissão de Potência e Torque. Prof. Wanderson S. Paris, M.Eng. prof@cronosquality.com.br Transmissão de Potência Eixos e tubos com seção transversal circular são freqüentemente empregados

Leia mais

MOVIMENTO CIRCULAR ATIVIDADE 1 Professores: Claudemir C. Alves / Luiz C. R. Montes

MOVIMENTO CIRCULAR ATIVIDADE 1 Professores: Claudemir C. Alves / Luiz C. R. Montes MOVIMENTO CIRCULAR ATIVIDADE 1 Professores: Claudemir C. Alves / Luiz C. R. Montes 1 1- Velocidade Angular (ω) Um ponto material P, descrevendo uma trajetória circular de raio r, apresenta uma variação

Leia mais

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br INTRODUÇÃO: Nem sempre as unidades geradoras

Leia mais

Tutorial: Abrindo Vídeos e Medindo Comprimentos no ImageJ

Tutorial: Abrindo Vídeos e Medindo Comprimentos no ImageJ 1 1. Introdução Tutorial: Abrindo Vídeos e Medindo Comprimentos no ImageJ O ImageJ é um software livre (freeware) que pode ser obtido gratuitamente no site http://rsb.info.nih.gov/ij/. Esse software é

Leia mais

2-3 castanhas (todos os diâmetros), 4 castanhas (200, 250, 315) / 2-3 jaws (all sizes), 4 jaws (200, 250, 315)

2-3 castanhas (todos os diâmetros), 4 castanhas (200, 250, 315) / 2-3 jaws (all sizes), 4 jaws (200, 250, 315) PLACA PNEUMÁTICA COM CILINDRO INCORPORADO SELF CONTAINED PNEUMATIC CHUCKING SYSTEMS Tipo / Type DIMENSÕES E DETALHES TÉCNICOS MAIN DIMENSIONS AND TECHNICAL DATAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS TECHNICAL FEATURES:

Leia mais

ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE

ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE ICS Gas Turbine Complete Control ICS-GT control system is an plc-based, integrated solution for gas turbine control and protection. The ICS-GT control system

Leia mais

BOCAL DE VAZÃO MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. REV 0-2013

BOCAL DE VAZÃO MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. REV 0-2013 BOCAL DE VAZÃO MANUAL DE OPERAÇÃO REV 0-2013 SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. Nota: As informações condidas neste manual poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Conteúdo 1.0 - O Bocal de Vazão...4 2.0 - Normas

Leia mais

Prática em Laboratório N.04 (Parte 01) Criando uma aplicação composta a partir de um serviço Web

Prática em Laboratório N.04 (Parte 01) Criando uma aplicação composta a partir de um serviço Web Prática em Laboratório N.04 (Parte 01) Criando uma aplicação composta a partir de um serviço Web O objetivo deste exercício é fornecer uma introdução a criação de uma aplicação composta de modo a ilustrar

Leia mais

Select a single or a group of files in Windows File Explorer, right-click and select Panther Print

Select a single or a group of files in Windows File Explorer, right-click and select Panther Print Quick Start Guide SDI Panther Print Panther Print SDI Panther products make sharing information easier. Panther Print is an intuitive dialog box that provides a thumbnail view of the file to print, depicting

Leia mais

Masters in Mechanical Engineering. Aerodynamics. Problems of ideal fluid. z = ζ e i π 4

Masters in Mechanical Engineering. Aerodynamics. Problems of ideal fluid. z = ζ e i π 4 Masters in Mechanical Engineering Aerodynamics Problems of ideal fluid 1. Consider the steady, bi-dimensional, potential and incompressible flow around a circular cylinder. The cylinder is at the origin

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO. Instalação do Rasther PC. Habilitação das Montadoras

PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO. Instalação do Rasther PC. Habilitação das Montadoras Guia Rápido Rasther PC PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO Antes de iniciar o uso do Rasther, será necessário instalar o programa Rasther PC, habilitar as montadoras adquiridas juntamente

Leia mais

1. TRANSMISSÕES POR CORRENTES

1. TRANSMISSÕES POR CORRENTES 1 1. TRANSMISSÕES POR CORRENTES 1.1 - Introdução As correntes fazem parte das transmissões flexíveis, conjuntamente com as correias. Apresentam menor capacidade de absorção de choques em virtude de sua

Leia mais

manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil

manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil These guides possess a lot information especially advanced tips such as the optimum settings configuration for manualdepsiquiatriainfantil manual

Leia mais

Fuel consumption reduction potential of a Mild Hybrid system applied to a popular flex fuel vehicle

Fuel consumption reduction potential of a Mild Hybrid system applied to a popular flex fuel vehicle Fuel consumption reduction potential of a Mild Hybrid system applied to a popular flex fuel vehicle Terms Definition Pág. 2 07.06.2013 Definitions for the proposed system: Battery state of charge (SOC)

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO DE PROJETOS DO ESCOLA DE FÁBRICA

MANUAL DE CADASTRO DE PROJETOS DO ESCOLA DE FÁBRICA MANUAL DE CADASTRO DE PROJETOS DO ESCOLA DE FÁBRICA 2 ÍNDICE 1. Acessando o Sistema...03 2. Cadastrando da Unidade Gestora...05 2.1. Adicionando Curso ao Projeto...07 2.2. Montando a Infra-Estrutura do

Leia mais

Parts of the Solar Charger. Charging the Solar Battery. Using the Solar Lamp. Carry in hand. Shows how much light is left. Table light.

Parts of the Solar Charger. Charging the Solar Battery. Using the Solar Lamp. Carry in hand. Shows how much light is left. Table light. Parts of the Solar Charger Solar Lamp LCD Panel 1 Solar Panel Cell Phone Charger Port Protective Cover Solar Charger Port Lamp Stand Adaptors On/Off Switch Cell Phone Charger Cable Charging the Solar Battery

Leia mais

VIRIO. Máquina de balancear vertical VIRIO10 VIRIO300

VIRIO. Máquina de balancear vertical VIRIO10 VIRIO300 Construção modular Tempos curtos de preparação Alta precisão Faixa de peso de 10 a 300 kg Unidade de acionamento variável e contínua Operação ergonômica Diversas aplicações possíveis Cobertura de proteção

Leia mais

Energia conservada em uma mola. Introdução. Materiais Necessários

Energia conservada em uma mola. Introdução. Materiais Necessários Intro 01 Introdução A energia é algo intangível e, portanto, as medidas de energia envolvem, necessariamente, processos de medidas indiretas. Em outras palavras, para medir energia, medimos outras grandezas

Leia mais

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2.

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2. TeamSpeak PORTUGUES ENGLISH Tutorial de registo num servidor de TeamSpeak Registration tutorial for a TeamSpeak server Feito por [WB ].::B*A*C*O::. membro de [WB ] War*Brothers - Non Dvcor Dvco Made by:

Leia mais

SOFTWARE PARA CÁLCULO DOS COMPONENTES DO BALANÇO HÍDRICO DE PALMER

SOFTWARE PARA CÁLCULO DOS COMPONENTES DO BALANÇO HÍDRICO DE PALMER SOFTWARE PARA CÁLCULO DOS COMPONENTES DO BALANÇO HÍDRICO DE PALMER Rodrigo Cézar Limeira 1, Pedro Vieira de Azevedo 2, Wagner de Aragão Bezerra 3, Josefa Morgana Viturino de Almeida 3, Lindenberg Lucena

Leia mais

Engrenagens cilíndricas de dentes retos. Alan Christie da Silva Dantas

Engrenagens cilíndricas de dentes retos. Alan Christie da Silva Dantas Engrenagens cilíndricas de dentes retos Alan Christie da Silva Dantas Motivação Extensamente usadas para transmissão de movimento em maquinas industriais; Rotativo rotativo; Rotativo linear. Caixas de

Leia mais

** PESSOA SINGULAR ** 1. SE OPTAR POR EFETUAR O DESPACHO DIRETAMENTE JUNTO DA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA ALFÂNDEGA

** PESSOA SINGULAR ** 1. SE OPTAR POR EFETUAR O DESPACHO DIRETAMENTE JUNTO DA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA ALFÂNDEGA ** PESSOA SINGULAR ** 1. SE OPTAR POR EFETUAR O DESPACHO DIRETAMENTE JUNTO DA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA ALFÂNDEGA Se é uma Pessoa Singular, e quer optar por efetuar o despacho diretamente junto

Leia mais

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Características Construtivas Tomada de Força VM Contents Generalidades, página 2 Tomada de força montada na caixa de mudanças, página 2 Tomada de

Leia mais

Projeto de máquinas usando o Inventor

Projeto de máquinas usando o Inventor Projeto de máquinas usando o Inventor Daniel Prudencio SKYNET Com. Repr. de Inform. Eric Augusto SKYNET Com. Repr. de Inform. DESCREVE A UTILIZAÇÃO DO INVENTOR NO DESENVOLVIMENTO DE MAQUINAS, EM ESPECIAL

Leia mais

Carregadeira LW300K. Potência Motor: 124 HP - Capacidade da caçamba: 1,9 m³ - Peso operacional: 10.600 Kg

Carregadeira LW300K. Potência Motor: 124 HP - Capacidade da caçamba: 1,9 m³ - Peso operacional: 10.600 Kg Carregadeira LW300K Potência Motor: 124 HP - Capacidade da caçamba: 1,9 m³ - Peso operacional: 10.600 Kg Qualidade, confiabilidade e força, aliada ao baixo consumo de combustível. A Pá-carregadeira LW300K

Leia mais

COMPUTAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

COMPUTAÇÃO E PROGRAMAÇÃO COMPUTAÇÃO E PROGRAMAÇÃO 1º Semestre 2010/2011 MEMec, LEAN Ficha da Aula Prática 3: Entrada/saída de dados. Scripts e funções. Estruturas de selecção. Sumário das tarefas e objectivos da aula: 1. Utilizar

Leia mais

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Parte 16 - Pedidos de Anexo I: Instruções para o modelo de documento justificativo de pedido de Versão 1.0 Página 1 de 7 Instruções Na IUCLID, por cada informação

Leia mais

/ Columna de Dirección / Steering Column. Lanzamientos. New Developments. Codigo / Part Number - Newsletter. Descrição / Descrición / Description

/ Columna de Dirección / Steering Column. Lanzamientos. New Developments. Codigo / Part Number - Newsletter. Descrição / Descrición / Description Lançamentos / Coluna de Direção Lanzamientos New Developments / Columna de Dirección / Steering Column Descrição / Descrición / Description Codigo / Part Number - Newsletter 2106-1112/02 Coluna de Direção

Leia mais

Solicitação de Mudança 01

Solicitação de Mudança 01 Solicitação de Mudança 01 Refatorar a especificação da linha de produtos Crisis Management System permitindo que o suporte ao registro de LOG seja opcional. Isso significa que o comportamento descrito

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TU-S9 H/W: V1

Guia de Instalação Rápida TU-S9 H/W: V1 Guia de Instalação Rápida TU-S9 H/W: V1 Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Como Instalar... 1 1 2 Troubleshooting... 7 Version 02.19.2009 1. Antes de Iniciar Conteúdo da Embalagem

Leia mais

BALANÇO DE ENERGIA DE UM SISTEMA RECOLHEDOR DE CAFÉ PARA REGIÕES DE MONTANHA 1

BALANÇO DE ENERGIA DE UM SISTEMA RECOLHEDOR DE CAFÉ PARA REGIÕES DE MONTANHA 1 BALANÇO DE ENERGIA DE UM SISTEMA RECOLHEDOR DE CAFÉ PARA REGIÕES DE MONTANHA 1 Haroldo Carlos Fernandes 2 ; Danilo Roberto Loureiro 3 ; Anderson Candido da Silva 4 1 Trabalho desenvolvido como parte da

Leia mais

Simulação de um catálogo espectrofotométrico III ABC do método de Monte Carlo. Laerte Sodré Jr. Fevereiro, 2011

Simulação de um catálogo espectrofotométrico III ABC do método de Monte Carlo. Laerte Sodré Jr. Fevereiro, 2011 Simulação de um catálogo espectrofotométrico III ABC do método de Monte Carlo Laerte Sodré Jr. Fevereiro, 2011 O começo: População e Amostra População: uma coleção completa de objetos (pessoas, animais,

Leia mais

Part Design. Estrutura da árvore. Estrutura do módulo. As principais ferramentas do módulo Part Design são:

Part Design. Estrutura da árvore. Estrutura do módulo. As principais ferramentas do módulo Part Design são: Part Design Estrutura da árvore Part1 O histórico de criação e modificação do modelo tridimensional estará relacionado na estrutura da árvore, além dos planos XY, YZ e ZX. PartBody Organiza a árvore em

Leia mais

CECOMTUR EXECUTIVE HOTEL Florianopolis - SC

CECOMTUR EXECUTIVE HOTEL Florianopolis - SC CECOMTUR EXECUTIVE HOTEL Florianopolis - SC Projeto 130117 CECOMTUR EXECUTIVE HOTEL Florianopolis - SC Projeto 130117 Cenario Atual tipo de iluminaçao consumo unitario quantidade consumo Kw/h Tubo fluorescente

Leia mais

Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque. Limitadores de torque Autogard Guia de seleção

Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque. Limitadores de torque Autogard Guia de seleção Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque Limitadores de torque Guia de seleção Limitadores de torque Há mais de 80 anos, a tem sido líder no setor de proteção contra sobrecargas em equipamentos,

Leia mais

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer?

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer? MONEY CHANGER Câmbio I d like to exchange some money. Where can I find a money changer? Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Onde posso encontrar um câmbio? I d like to exchange (I would) Where can

Leia mais

TM-182 REFRIGERAÇÃ ÇÃO O E CLIMATIZAÇÃ ÇÃO. Prof. Dr. Rudmar Serafim Matos

TM-182 REFRIGERAÇÃ ÇÃO O E CLIMATIZAÇÃ ÇÃO. Prof. Dr. Rudmar Serafim Matos Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Departamento de Engenharia Mecânica TM-182 REFRIGERAÇÃ ÇÃO O E CLIMATIZAÇÃ ÇÃO Prof. Dr. Rudmar Serafim Matos 6.8 EXEMPLOS ILUSTRATIVOS Dimensionar a

Leia mais

Classes de proteção B e C

Classes de proteção B e C Projeto modular de fácil instalação Proteção efetiva, com fabricação conforme requisitos CE (comunidade européia) Adaptáveis a todos os tamanhos de máquinas, mesmo às máquinas de balancear mais antigas

Leia mais

Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada

Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada Fábrica: Av. Brasil, 20.151 Coelho Neto Rio de Janeiro CE 21.530-000 Telefax: (21) 3372-8484 vendas@trocalor.com.br

Leia mais

PROJETO DE HÉLICES. Fernando Romagnoli Tarik Hadura Orra Ivan Caliu Candiani José Roberto Canhisares

PROJETO DE HÉLICES. Fernando Romagnoli Tarik Hadura Orra Ivan Caliu Candiani José Roberto Canhisares PROJETO DE HÉLICES Fernando Romagnoli Tarik Hadura Orra Ivan Caliu Candiani José Roberto Canhisares DEFINIÇÃO A hélice é um dispositivo que fornece força de impulso às custas da potência gerada pelo motor.

Leia mais

Conceitos essenciais sobre mancais de rolamento e de deslizamento

Conceitos essenciais sobre mancais de rolamento e de deslizamento Conceitos essenciais sobre mancais de rolamento e de deslizamento Débora Ariana Correa da Silva Érika Barbosa dos Santos Prof. Dr. Ulysses de Barros Fernandes Tecnologia em Mecatrônica Industrial Faculdade

Leia mais

Cálculo da Velocidade a uma dada RPM para a CB 400 e CB 450

Cálculo da Velocidade a uma dada RPM para a CB 400 e CB 450 Cálculo da Velocidade a uma dada RPM para a CB 400 e CB 450 Por Edson São Paulo, 01 de Novembro de 2006 Versão preliminar 1.2 2 Texto sem revisão, versão preliminar 1.2. Nesta atualização são apresentadas

Leia mais

Curso de Treinamento no Solid Edge

Curso de Treinamento no Solid Edge Curso de Treinamento no Solid Edge Versão 17.0 Módulo 5 - Construindo Features Especiais - I Editores: Prof. Dr.-Ing. Klaus Schützer Marcelo Soares da Silva Laboratório de Sistemas Computacionais Faculdade

Leia mais

INSPEÇÃO POR PARTÍCULAS MAGNÉTICAS AUTOMATIZADA EM BISEL DE TUBOS SOLDADOS

INSPEÇÃO POR PARTÍCULAS MAGNÉTICAS AUTOMATIZADA EM BISEL DE TUBOS SOLDADOS INSPEÇÃO POR PARTÍCULAS MAGNÉTICAS AUTOMATIZADA EM BISEL DE TUBOS SOLDADOS Edson Vasques Moreira cfbevm@confab.com.br João Maurício Godoy cfbjmg@confab.com.br Luiz Fernando Marcondes Moreira cfblfm@confab.com.br

Leia mais

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento HYDAC KineSys Sistemas de acionamento Veículos de manuseio de materiais Usinas termelétricas Máquinas injetoras de plástico Seu parceiro profissional para soluções de acionamento Todas as condições para

Leia mais

Valtra Vol. Linha Média 10/1/09 11:27 AM Page 1. www.valtra.com.br BM 100. Foto meramente ilustrativa. Valtra é uma marca mundial da AGCO.

Valtra Vol. Linha Média 10/1/09 11:27 AM Page 1. www.valtra.com.br BM 100. Foto meramente ilustrativa. Valtra é uma marca mundial da AGCO. Valtra Vol. Linha Média 10/1/09 11:27 AM Page 1 www.valtra.com.br BM 100 Valtra é uma marca mundial da AGCO. Foto meramente ilustrativa. Valtra Vol. Linha Média 10/1/09 11:27 AM Page 2 Características

Leia mais

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE manual for management BACKOFFICE BACKOFFICE Últimas Reservas Latest Bookings 8 7 6 3 2 2 Configurações Configuration - pag. 3 Barcos Boats - pag.8 Pessoal Staff - pag.0 Agentes

Leia mais

CAPITULO 2. Potência e pressões médias de um motor de combustão. Eng. Julio Cesar Lodetti

CAPITULO 2. Potência e pressões médias de um motor de combustão. Eng. Julio Cesar Lodetti CAPITULO 2 Potência e pressões médias de um motor de combustão Eng. Julio Cesar Lodetti Definição de Potência e rendimento A potência, é por definição função do torque fornecido sobre o virabrequim, e

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TU2-ETG H/W: V1.3R

Guia de Instalação Rápida TU2-ETG H/W: V1.3R Guia de Instalação Rápida TU2-ETG H/W: V1.3R Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Como instalar... 1 1 2 Troubleshooting... 7 Version 08.27.2008 1. Antes de Iniciar Conteúdo

Leia mais

Boletim Técnico Abril / 2013

Boletim Técnico Abril / 2013 Página 01/07 SUMÁRIO Informar as alterações dos Inversores de Frequência utilizados nos modelos de equipamentos RAP Séries DS / DIV, RCC Série CS e RCU Série IASA(L) / FASA(L). Este Cancela e Substitui

Leia mais

Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N

Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N Applies to: Any business user who uses the transactions FBL1N and FBL5N to display line item reports for vendors and customers.

Leia mais

TUBOS - INFORMAÇÕES GERAIS PIPES AND TUBES - GENERAL INFORMATION

TUBOS - INFORMAÇÕES GERAIS PIPES AND TUBES - GENERAL INFORMATION te TUBOS - INFORMAÇÕES GERAIS PIPES AND TUBES - GENERAL INFORMATION Tubos O objetivo dos tubos é o transporte de um fluido como a água, o óleo ou similar e a propriedade mais importante é a capacidade

Leia mais

E x c e l 4 F o r m a t a ç õ e s e G r á fi c o s

E x c e l 4 F o r m a t a ç õ e s e G r á fi c o s E x c e l 4 F o r m a t a ç õ e s e G r á fi c o s Pretende-se criar um livro de trabalho para guardar e analisar os dados relativos às vendas efetuadas no ano de 2010, pelo stand de automóveis Auto,

Leia mais

Central de Produção de Energia Eléctrica

Central de Produção de Energia Eléctrica Central de Produção de Energia Eléctrica Ref.ª CPEE Tipo 1 Tipo 2 Tipo 3 Tipo 4 Tipo 5 5 a 25 kva 25 a 150 kva 150 a 500 kva 500 a 1.000 kva 1.000 a 2.700 kva Pág. 1 ! Combustível Diesel! Frequência 50

Leia mais

Cluster com MPICH2 no UBUNTU

Cluster com MPICH2 no UBUNTU Cluster com MPICH2 no UBUNTU NOV/2010 Este documento é apenas um resumo, caso seja necessário, ver com mais detalhes os arquivos: mpich2-doc-user.pdf e mpich2-doc-install.pdf. Estes docs vem junto com

Leia mais

VANTAGENS DAS CORREIAS TRAPEZOIDAIS DENTADAS SOBRE AS CLÁSSICAS LISAS

VANTAGENS DAS CORREIAS TRAPEZOIDAIS DENTADAS SOBRE AS CLÁSSICAS LISAS VANTAGENS DAS CORREIAS TRAPEZOIDAIS DENTADAS SOBRE AS CLÁSSICAS LISAS 1. Introdução... 1 2. Estudo... 3 2.1 Condições do estudo... 3 2.2 Consumo de energia... 3 2.3 Estudo de degradação da tensão com o

Leia mais

CORRENTES de TRANSMISSÃO e de TRANSPORTE

CORRENTES de TRANSMISSÃO e de TRANSPORTE CORRENTES de TRANSMISSÃO e de TRANSPORTE Cat 015 1 / 25 DEZ 08 CORRENTE ISO STANDARD (BS228, ISO R606, DIN8187) CORRENTE DA SÉRIE B SIMPLEX DUPLEX TRIPLEX Nº Passo Diâm. Espaço Pino Altura Espess Paso

Leia mais

Designing drive controllers with Matlab - Simulink 1kW

Designing drive controllers with Matlab - Simulink 1kW Eletrónica de potência Equipment and systems for vocational qualifications and engineering education on the following topics: Electrical machines, power electronics, drive technology Complete machine labs,

Leia mais

[ significa: Made in the Heart of Europe pelo melhor preço. Torno Vertical VT 250 com automação integrada

[ significa: Made in the Heart of Europe pelo melhor preço. Torno Vertical VT 250 com automação integrada [ E[M]CONOMY] significa: Made in the Heart of Europe pelo melhor preço Torno Vertical VT 25 com automação integrada EMCO VERTICAL VT 25 O Torno Vertical EMCO VT 25, projetado para usinagens pesadas, é

Leia mais

Departamento de Engenharia Elétrica Conversão de Energia I Lista de Exercícios: Máquinas Elétricas de Corrente Contínua Prof. Clodomiro Vila.

Departamento de Engenharia Elétrica Conversão de Energia I Lista de Exercícios: Máquinas Elétricas de Corrente Contínua Prof. Clodomiro Vila. Departamento de Engenharia Elétrica Conversão de Energia I Lista de Exercícios: Máquinas Elétricas de Corrente Contínua Prof. Clodomiro Vila. Ex. 0) Resolver todos os exercícios do Capítulo 7 (Máquinas

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais