Tectónica de Placas e Grandes Estruturas Geológicas. Fábio Cruz Nº10 12ºA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tectónica de Placas e Grandes Estruturas Geológicas. Fábio Cruz Nº10 12ºA"

Transcrição

1 Tectónica de Placas e Grandes Estruturas Geológicas Fábio Cruz Nº10 12ºA

2 Teoria da Deriva Continental Criada por Alfred Wegener, é a teoria mobilista pioneira; Baseada na semelhança verificada entre as linhas costeiras dos Continentes, nomeadamente entre África e a América do Sul; Apoiava a ideia de que os Continentes tinham já estado juntos, formando um Super Continente e se tinham posteriormente movido para a posição que ocupavam na altura.

3 Teoria da Deriva Continental Wegener afirmava que os continentes (substrato de sial) flutuavam sobre os oceanos (substrato de sima), nunca esclarecendo contudo como o faziam; Outros argumentos utilizados por Wegener: Argumentos Paleontológicos Argumentos Litológicos

4 Da Deriva Continental à Tectónica de Placas Teoria da Deriva Continental Segunda Guerra Mundial Desenvolvimento científico Obtenção de novos dados Teoria da Tectónica de Placas Paleomagnetismo Exploração do Fundo Oceânico Permitiu identificação de Dorsais nos Fundos Oceânicos e a datação das rochas dos mesmos (quanto mais longe do Rift se encontram as rochas, maior a sua idade).

5 Teoria da Tectónica de Placas Segundo a Teoria, a Litosfera terrestre (crusta e manto superior) encontra-se fracturada e dividida em Placas; Existem 12 a 14 Placas Tectónicas e estas encontram-se em constante movimentação umas relativamente às outras.

6 Teoria da Tectónica de Placas As Placas apresentam diferentes velocidades de deslocamento, dadas as diferentes velocidades de formação e destruição das mesmas; Podemos definir três principais limites entre placas: Convergentes Duas Placas chocam, sendo que a mais densa mergulha sobre a menos densa (Subducção); Exemplo: Placa de Nazca e Placa Sul-Americana. Divergentes As placas afastam-se uma da outras, sendo criada nova crosta oceânica; Exemplo: Rift e Dorsal Médio-Atlântica. Conservativos As placas deslizam paralelamente à fractura existente entre elas. Exemplo: Falha de Santo André, Califórnia.

7 Teoria da Tectónica de Placas Verifica-se que a ocorrência de fenómenos vulcânicos e sísmicos é mais comum nas zonas de limite das Placas Litosféricas. A movimentação do material desde o Rift até às zonas de subducção ocorre devido a correntes de convecção existentes no manto terrestre: Existem diversos modelos explicativos da Convecção Mantélica. Para saber mais, clique aqui.

8 Teoria da Tectónica de Placas A Teoria da Tectónica de Placas foi aceite de uma forma relativamente fácil pela maioria da comunidade científica, pois apresenta uma explicação sólida para a formação de muitas das estruturas que observamos na actualidade. Principais estruturas geológicas da Terra Bacias Sedimentares Escudos ou Cratões Cadeias Montanhosas Dorsais Oceânicas

9 Bacias Sedimentares São depressões, ou seja, planos mais baixos que se encontram preenchidos por sedimentos e detritos resultantes da erosão das rochas das áreas circundantes; Resultam da subsidência dos terrenos; Existem diversos tipos de Bacias Sedimentares, dependendo do regime tectónico em que se formam: Fossas de afundimento; Bacias intracratónicas ; Bacias oceânicas ; Margens continentais ; Bacias frontais; Bacias de retroarco ; Bacias intramontanhosas; Bacias de pull-apart.

10 Escudos ou Cratões São zonas de enorme extensão na superfície terrestre, ocupando geralmente a zona interior dos continentes; Dada a sua muito avançada idade (foram as primeiras porções de crusta a serem formadas), encontram-se muito desgastados, vítimas da erosão que ao longo do tempo os atingiu; São estruturas extremamente estáveis, o que justifica o facto de não terem desaparecido da superfície terrestre.

11 Cadeias Montanhosas São grandes estruturas, originadas geralmente por movimentos tectónicos ; Apresentam maior ou menor altitude, dependendo da magnitude do processo que lhe deu origem e rochas intensamente deformadas e dobradas; Localizam-se geralmente nas margens das Placas Tectónicas.

12 Cadeias Montanhosas (CM) Dependendo do tipo de processo tectónico associado à sua génese, apresentam diversas denominações: CM de Subducção: O material de que é composta a cadeia montanhosa é proveniente da fusão do material em subducção nas proximidades. Também associado à ascensão de material fundido está a formação de arcos insulares. Exemplo: Andes CM de Obducção: A cadeia montanhosa forma-se através do cavalgamento da placa mais densa sobre a placa menos densa. Está associada a um plano de falha bem definido. Exemplo: Cordilheira da Omã

13 Cadeias Montanhosas (CM) CM de Colisão: Resultam da Colisão entre duas placas tectónicas de idênticas densidades. A formação destas CM prolongam-se geralmente por muito tempo. Exemplo: Himalaias CM intracontinentais: Resultam de esforços compressivos associados às grandes crises orogénicas mundiais. Exemplo: Pirenéus

14 Dorsais Oceânicas São relevos do fundo oceânico, reveladores de intensa actividade geológica; São zonas em que a erosão é praticamente nula, pelo que assumem um papel importante na interpretação da história dos fundos oceânicos. Ao eixo central das Dorsais Oceânicas, zona em que é constantemente expelido magma para a superfície terrestre, dá-se o nome de Rifte.

15 Conclusão É claramente notório que a maior parte da actividade geológica se dá nos limites entre as Placas Tectónicas, pelo que o estudo das mesmas é de extrema importância; A Teoria da Tectónica de Placas é muito abrangente, apresentando uma explicação para praticamente todos os fenómenos que estiveram na origem das formações geológicas hoje observadas.

WEGENER (1912) Os continentes, agora afastados, já estiveram juntos formando um único supercontinente a Pangeia rodeado por um único oceano a

WEGENER (1912) Os continentes, agora afastados, já estiveram juntos formando um único supercontinente a Pangeia rodeado por um único oceano a WEGENER (1912) Os continentes, agora afastados, já estiveram juntos formando um único supercontinente a Pangeia rodeado por um único oceano a Pantalassa. Posteriormente, a Pangeia fracturou-se e os continentes

Leia mais

Grandes estruturas geológicas e tectónicas de placas

Grandes estruturas geológicas e tectónicas de placas Grandes estruturas geológicas e tectónicas de placas Teoria da deriva continental Quem formulou esta teoria foi Alfred Wegener. Em 1912 propôs à comunidade cientifica Consistia na ideia de mobilidade dos

Leia mais

Estrutura da Terra e Tectônica de Placas

Estrutura da Terra e Tectônica de Placas Estrutura da Terra e Tectônica de Placas Terremoto Japão março 2011 Tsunami Japão março 2011 Decifrando a Terra Teixeira, Toledo, Fairchild & Taioli Ed.Oficina de Textos Para Entender a Terra Press, Siever,

Leia mais

TESTE DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA DA TERRA / TECTÓNICA

TESTE DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA DA TERRA / TECTÓNICA TESTE DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA DA TERRA / TECTÓNICA Ciências Naturais 7º ano Nome n.º Turma Data: Classificação: Professor(a): Enc. Educação Lê com atenção cada uma das questões que te são propostas e responde

Leia mais

é a herança para os nossos filhos e netos com a sua atmosfera rica em oxigénio, permite-nos respirar com a camada de ozono, protege-nos das radiações

é a herança para os nossos filhos e netos com a sua atmosfera rica em oxigénio, permite-nos respirar com a camada de ozono, protege-nos das radiações é a herança para os nossos filhos e netos com a sua atmosfera rica em oxigénio, permite-nos respirar com a camada de ozono, protege-nos das radiações ultravioletas com a água evita a desidratação com as

Leia mais

GEOLOGIA PROF. LIONEL BRIZOLA

GEOLOGIA PROF. LIONEL BRIZOLA GEOLOGIA PROF. LIONEL BRIZOLA A Estrutura Richat é um local no deserto do Saara (Mauritânia), semelhante a um gigantesco alvo, com um diâmetro de aproximadamente 50 km. É também conhecido como O Olho

Leia mais

A grande incidência da actividade sísmica em determinados locais.

A grande incidência da actividade sísmica em determinados locais. A grande incidência da actividade sísmica em determinados locais. A grande incidência da actividade vulcânica em determinados locais. Como resultado destas novas evidências, Robert Palmer e Donald Mackenzie,

Leia mais

DERIVA CONTINENTAL E TECTÔNICA DE PLACAS

DERIVA CONTINENTAL E TECTÔNICA DE PLACAS DERIVA CONTINENTAL E TECTÔNICA DE PLACAS Entende-se como deriva continental os deslocamentos que as placas apresentam. A tectônica de placas consiste na teoria que explica a causa desses deslocamentos.

Leia mais

Noções de Geologia. Prof. Msc. João Paulo Nardin Tavares

Noções de Geologia. Prof. Msc. João Paulo Nardin Tavares Noções de Geologia Prof. Msc. João Paulo Nardin Tavares Objetivos da aula Conhecer a estrutura da Terra Definir os conceitos e teorias da deriva continental e das placas tectônicas Compreender fenômenos

Leia mais

Texto complementar: Litosfera evolução Disciplina: Geografia. As esferas da Terra

Texto complementar: Litosfera evolução Disciplina: Geografia. As esferas da Terra MODALIDADE: EJA Ensino Médio PERÍODO 1º Período Texto complementar: Litosfera evolução Disciplina: Geografia geológica da Terra Professor (a): Kátia Silene Data: 09/03/2016 Nome do Aluno: As esferas da

Leia mais

S O. PauloValentim 2010

S O. PauloValentim 2010 S O N A C T T I F Á Compreender a importância da Geologia na prevenção de riscos geológicos e na melhoria da gestão ambiental. Conhecer a geomorfologia dos continentes e dos fundos oceânicos. Reconhecer

Leia mais

Frank Press Raymond Siever John Grotzinger Thomas H. Jordan. Entendendo a Terra. 4a Edição. Cap 2: Placas Tectônicas: A Teoria Unificada

Frank Press Raymond Siever John Grotzinger Thomas H. Jordan. Entendendo a Terra. 4a Edição. Cap 2: Placas Tectônicas: A Teoria Unificada Frank Press Raymond Siever John Grotzinger Thomas H. Jordan Entendendo a Terra 4a Edição Cap 2: Placas Tectônicas: A Teoria Unificada Lecture Slides prepared by Peter Copeland Bill Dupré Copyright 2004

Leia mais

A ORIGEM DA TERRA CAPÍTULO 1 2º PERÍODO

A ORIGEM DA TERRA CAPÍTULO 1 2º PERÍODO A ORIGEM DA TERRA CAPÍTULO 1 2º PERÍODO CONCEPÇÃO DO INÍCIO DA FORMAÇÃO DA LITOSFERA PANGEIA O INÍCIO DA SEPARAÇÃO DA PANGEA FÓSSEIS ENCONTRADOS POR WEGENER MODELO DO MOVIMENTO PROPOSTO POR WEGENER OS

Leia mais

Tempo Geológico. Também conhecido como tempo da natureza. É o tempo das transformações naturais que. acontecem sobre o nosso planeta, sendo por isso

Tempo Geológico. Também conhecido como tempo da natureza. É o tempo das transformações naturais que. acontecem sobre o nosso planeta, sendo por isso Tempo Geológico Também conhecido como tempo da natureza. É o tempo das transformações naturais que acontecem sobre o nosso planeta, sendo por isso extremamente lentas. Uma das formas utilizadas para se

Leia mais

GE GRAFIA Estrutura Interna

GE GRAFIA Estrutura Interna GE GRAFIA Estrutura Interna Formação do Planeta Um dos diversos modelos científicos que tentam explicar como o universo se formou é a Teoria do Big Bang. Big Bang: o Big Bang é visto como o momento no

Leia mais

FONTES ENERGÉTICAS. Prof. Dr. Adilson Soares E- mail: Site:

FONTES ENERGÉTICAS. Prof. Dr. Adilson Soares E- mail: Site: FONTES ENERGÉTICAS Prof. Dr. Adilson Soares E- mail: adilson.soares@unifesp.br Site: www.geologia.wiki.br Revisão: Geologia Adilson_dinamica_global.ppt Tectônica de Placas Adilson_dinamica_global.ppt Dinâmica

Leia mais

Processos Geológicos Internos -Aula 5-

Processos Geológicos Internos -Aula 5- Processos Geológicos Internos -Aula 5- Prof. Alexandre Paiva da Silva UACTA/CCTA/UFCG TECTÔNICA DE PLACAS INTRODUÇÃO Terra Planeta dinâmico Planeta azul se contorcendo Fragmentação da crosta PLACAS TECTÔNICAS

Leia mais

Geografia. Cartografia DINÂMICA GEOLÓGICA E AS FORMAS DA LITOSFERA. Professora: Diego Moreira Professor: Diego Moreira

Geografia. Cartografia DINÂMICA GEOLÓGICA E AS FORMAS DA LITOSFERA. Professora: Diego Moreira Professor: Diego Moreira Geografia Cartografia DINÂMICA GEOLÓGICA E AS FORMAS DA LITOSFERA Professora: Diego Moreira Professor: Diego Moreira DINÂMICA GEOLÓGICA E AS FORMAS DA LITOSFERA ESCALA GEOLÓGICA ESCALA GEOLÓGICA ESCALA

Leia mais

Diagrama esquematizando as camadas que compõe a Terra. As cores são ilustrativas.

Diagrama esquematizando as camadas que compõe a Terra. As cores são ilustrativas. Como é a Terra por dentro? As evidências de que a Terra não é homogênea são comprovadas por meio de métodos geofísicos, que investigam as diferentes propriedades físicas e químicas das rochas de forma

Leia mais

Apostila de Geografia 07 Noções de Geologia

Apostila de Geografia 07 Noções de Geologia 1.0 Geosfera Apostila de Geografia 07 Noções de Geologia Meios de estudo da estrutura interna da Terra: Diretos: Afloramentos rochosos à superfície. Vulcanismo. Sondagens. Geotermia. Indiretos: Magnetismo.

Leia mais

LITOSFERA SIMA SIAL. Litosfera (crosta): camada rochosa da Terra (até 70 km de profundidade).

LITOSFERA SIMA SIAL. Litosfera (crosta): camada rochosa da Terra (até 70 km de profundidade). ESTRUTURA GEOLÓGICA ESTRUTURA DA TERRA LITOSFERA SIMA SIAL Litosfera (crosta): camada rochosa da Terra (até 70 km de profundidade). DESCONTINUIDADE DE MOHOROVICIC Limite entre a Litosfera e o manto MANTO

Leia mais

DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA

DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA QUESTÕES INICIAIS O que vocês já sabem sobre o tema? O que justifica a presença de diversos tipos de relevo na crosta terrestre? Por que estudar esse tema? O que se entende

Leia mais

GEOLOGIA GERAL PROF. ROCHA

GEOLOGIA GERAL PROF. ROCHA GEOLOGIA GERAL PROF. ROCHA CAMADAS DA TERRA CAMADAS DA TERRA A crosta e as rochas A crosta é formada por rochas e minerais. As rochas são agrupamentos de minerais: Minerais são elementos ou compostos

Leia mais

A estrutura da Terra. Prof. Eder C. Molina IAGUSP.

A estrutura da Terra. Prof. Eder C. Molina IAGUSP. 1 Prof. Eder C. Molina IAGUSP http://www.iag.usp.br/~eder/deriv.ppt 2 Raio médio: 6.371 km Densidade média: 5,5 g cm -3 Massa: 5,976 x10 24 kg Temperatura superficial média: 15 o C Pressão atmosférica

Leia mais

AULA 7: TIPOS DE BORDAS ESTRUTURAS MAIORES

AULA 7: TIPOS DE BORDAS ESTRUTURAS MAIORES GEOTECTÔNICA TECTÔNICA GLOBAL Prof. Eduardo Salamuni AULA 7: TIPOS DE BORDAS DE PLACAS E SUAS ESTRUTURAS MAIORES TIPOS DE BORDAS DE PLACAS Divergentes (ou de criação): cadeias mesooceânicas Convergentes

Leia mais

FORMAÇÃO E ESTRUTURA DA TERRA

FORMAÇÃO E ESTRUTURA DA TERRA FORMAÇÃO E ESTRUTURA DA TERRA CAMADAS TERRESTRE - NÚCLEO É a porção central da Terra, também denominada NIFE, por ser constituída de compostos de FErro e NÍquel, com algum enxofre e silício dissolvido.

Leia mais

DERIVA CONTINENTAL E PLACAS TECTÔNICAS. Fonte:

DERIVA CONTINENTAL E PLACAS TECTÔNICAS. Fonte: DERIVA CONTINENTAL E PLACAS TECTÔNICAS A idéia foi proposta inicialmente por Alfred Wegener, em 1912, baseando-se nas formas dos continentes de cada lado do Oceano Atlântico. Essa idéia foi sugerida pela

Leia mais

Deriva de placas. América. Eurasia 30 mm/ano. S.Pinker

Deriva de placas. América. Eurasia 30 mm/ano. S.Pinker Deriva de placas Eurasia 30 mm/ano América S.Pinker Alfred Wegener A base de evidências reunidas ao longo de sec. XIX postula em 1905 que: -!Os actuais continentes resultam da fragmentação de Pangea. -!Os

Leia mais

O que é tempo geológico

O que é tempo geológico O Relevo da América TEMPO GEOLÓGICO O que é tempo geológico escala temporal dos eventos da história da Terra, ordenados em ordem cronológica. Baseada nos princípios de superposição das camadas litológicas

Leia mais

Evolução Geológica da Terra

Evolução Geológica da Terra Evolução Geológica da Terra Estúdio Arena Observe a ilustração. Ela apresenta alguns elementos que fazem parte do planeta Terra. No Caderno Bio significa vida. O que é biosfera? Que elementos estão presentes

Leia mais

Estrutura geológica e formas de relevo. Professora: Jordana Costa

Estrutura geológica e formas de relevo. Professora: Jordana Costa Estrutura geológica e formas de relevo Professora: Jordana Costa Estrutura Geológica O tipo de terreno de um lugar (sua origem e as rochas que o compõem) constitui a sua estrutura geológica. Sua importância

Leia mais

O que é tempo geológico

O que é tempo geológico O Relevo da América TEMPO GEOLÓGICO O que é tempo geológico escala temporal dos eventos da história da Terra, ordenados em ordem cronológica. Baseada nos princípios de superposição das camadas litológicas

Leia mais

DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA

DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA QUESTÕES INICIAIS O que vocês já sabem sobre o tema? O que justifica a presença de diversos tipos de relevo na crosta terrestre? Por que estudar esse tema? O que se entende

Leia mais

TECTÔNICA DE PLACAS HISTÓRICO

TECTÔNICA DE PLACAS HISTÓRICO TECTÔNICA DE PLACAS Francis Bacon 1620 paralelismo da costa sulamericana e africana Sec. XIX Biogeografia e Paleontologia Fins do sec.xix teorias da contração e expansão da Terra HISTÓRICO Form Pleople

Leia mais

GEOLOGIA. Professor: Adilson Soares E- mail: Site:

GEOLOGIA. Professor: Adilson Soares E- mail: Site: GEOLOGIA Professor: Adilson Soares E- mail: adilson.soares@unifesp.br Site: www.geologia.wiki.br Tectônica de Placas Placas Litosféricas Estrutura Interna da Terra Placas cobrindo o manto e o núcleo Sumário

Leia mais

ATIVIDADE DE GEOGRAFIA PARA 8ºS ANOS - SALESIANO. Site padogeo.com Atividade Nº 16: Dinâmica interna da Terra

ATIVIDADE DE GEOGRAFIA PARA 8ºS ANOS - SALESIANO. Site padogeo.com Atividade Nº 16: Dinâmica interna da Terra ATIVIDADE DE GEOGRAFIA PARA 8ºS ANOS - SALESIANO Site padogeo.com Atividade Nº 16: Dinâmica interna da Terra 1. Os três esquemas acima, embora feitos por autores diferentes identificam, praticamente, as

Leia mais

Geografia do Brasil - Profº Márcio Castelan

Geografia do Brasil - Profº Márcio Castelan Geografia do Brasil - Profº Márcio Castelan 1. (FUVEST-SP 2008) O vulcanismo é um dos processos da dinâmica terrestre que sempre encantou e amedrontou a humanidade, existindo diversos registros históricos

Leia mais

Aula 11 - Origem e Evolução dos Oceanos e da crosta continental: Temperatura, PHs e Salinidade; Tectonismo e vulcanismo.

Aula 11 - Origem e Evolução dos Oceanos e da crosta continental: Temperatura, PHs e Salinidade; Tectonismo e vulcanismo. Astrobiologia Mestrado e Doutorado em Física e Astronomia Prof. Dr. Sergio Pilling Aluno: Caroline Gonçalves de Góes Aula 11 - Origem e Evolução dos Oceanos e da crosta continental: Temperatura, PHs e

Leia mais

ESTRUTURA GEOLÓGICA E AS FORMAS DE RELEVO

ESTRUTURA GEOLÓGICA E AS FORMAS DE RELEVO ESTRUTURA GEOLÓGICA E AS FORMAS DE RELEVO ROCHAS: Aglomerado de um ou mais minerais ÍGNEAS OU MAGMÁTICAS (cristalinas) - intrusivas ou plutônicas - extrusivas ou vulcânicas SEDIMENTARES - detríticas -

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3.º CICLO DE CAMARATE Planificação de Ciências Naturais 7.º ano Ano letivo 2014/2015

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3.º CICLO DE CAMARATE Planificação de Ciências Naturais 7.º ano Ano letivo 2014/2015 Tema: A Terra no Espaço Subtema: Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente O aluno distingue Ciência de Tecnologia e relaciona conhecimento científico com desenvolvimento tecnológico. O aluno aponta efeitos

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 7.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS 7.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio da Terra em transformação o aluno deve ser capaz de: Compreender a diversidade das paisagens geológicas (meta 1); Compreender

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 7.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio da Terra em transformação o aluno deve ser capaz de: Compreender a diversidade das paisagens geológicas (meta 1); Compreender

Leia mais

Ficha Formativa 10º ano - Vulcanologia 2006

Ficha Formativa 10º ano - Vulcanologia 2006 Ficha Formativa 10º ano - Vulcanologia 2006 I. Preenche as lacunas das frases seguintes, utilizando as palavras ou expressões que melhor as completam. Os vulcões são aberturas naturais na crosta terrestre

Leia mais

Uma visão global da Geologia da Terra

Uma visão global da Geologia da Terra Versão em português incompleta 19-3-2010 Será completada brevemente!!! Tectónica de Placas Plate Tectonics Uma visão global da Geologia da Terra A global view of Earth Geology Tectónica de placas Crusta

Leia mais

Universidade Metodista de Angola Faculdade de Engenharia Departamento de Construção Civil

Universidade Metodista de Angola Faculdade de Engenharia Departamento de Construção Civil Universidade Metodista de Angola Faculdade de Engenharia Departamento de Construção Civil Curso de Construção Civil Disciplina: Geologia em Engenharia Ano: 4to Professor: Dr. Silva Pereira Ginga (PhD)

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 PEDRO DE SANTARÉM Ano lectivo 2010 / 2011 Ciências Naturais 7º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL 1º Período

ESCOLA E.B. 2,3 PEDRO DE SANTARÉM Ano lectivo 2010 / 2011 Ciências Naturais 7º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL 1º Período ESCOLA E.B. 2,3 PEDRO DE SANTARÉM Ano lectivo 2010 / 2011 Ciências Naturais 7º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL 1º Período Objectivos / Competências Compreender que a pertence a um sistema planetário dependente

Leia mais

Teste diagnóstico de Geologia (10.º ano)

Teste diagnóstico de Geologia (10.º ano) Teste diagnóstico de Geologia (10.º ano) 10.º Ano Objetivos Averiguar os conhecimentos prévios dos alunos acerca de alguns dos temas de Geociências que irão ser tratados ao longo do ensino secundário,

Leia mais

Qual a força que move os continentes? SabinaValente

Qual a força que move os continentes? SabinaValente Qual a força que move os continentes? SabinaValente Teoria da Tectónica de Placas (1968): A litosfera (ou a parte rígida da Terra) é constituída por segmentos, chamados PLACAS, que se movem sobre um substrato

Leia mais

Resulta da convergência entre placas tectónicas. A colisão de 2 placas obriga ao mergulho da placa mais densa, formando-se uma zona de subducção.

Resulta da convergência entre placas tectónicas. A colisão de 2 placas obriga ao mergulho da placa mais densa, formando-se uma zona de subducção. Resulta da convergência entre placas tectónicas. A colisão de 2 placas obriga ao mergulho da placa mais densa, formando-se uma zona de subducção. Tungurahua (A) Etna (B) Colisão (O C). Andes (A) e Mediterrâneo

Leia mais

A Teoria da Tectónica de Placas. Prof. Isaac Buzo Sánchez

A Teoria da Tectónica de Placas. Prof. Isaac Buzo Sánchez A Teoria da Tectónica de Placas Prof. Isaac Buzo Sánchez Avanços da Ciência e da Tecnologia Em meados do séc. XX, novos avanços da ciência e tecnologia, levaram os cientistas a considerar novamente as

Leia mais

Estudo para Geologia

Estudo para Geologia Estudo para Geologia A Terra e os seus subsistemas em interação Geologia é a ciência que estuda a composição, estrutura e dinâmica da Terra, assim como os seus recursos e a prevenção de zonas de risco

Leia mais

CONTEÚDOS OBJETIVOS TEMPO AVALIAÇÃO

CONTEÚDOS OBJETIVOS TEMPO AVALIAÇÃO AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 201-2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Metas Curriculares de Ciências Naturais de 8º ano, Projeto Educativo 3º Ciclo. Ciências Naturais

Leia mais

Geologia para Ciências Biológicas

Geologia para Ciências Biológicas UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAD Centro de Ciências Biológicas e da Saúde CCBS Departamento de Ciências Biológicas DCBio Geologia para Ciências Biológicas

Leia mais

Esta região azul mais clara é a plataforma continental brasileira. Oceano Atlântico. Belo Horizonte. Salvador. Rio de Janeiro Grande São Paulo

Esta região azul mais clara é a plataforma continental brasileira. Oceano Atlântico. Belo Horizonte. Salvador. Rio de Janeiro Grande São Paulo A TERRA POR DENTRO E POR FORA PLANETA TERRA VISTA POR MEIO DE UM SATÉLITE Esta região azul mais clara é a plataforma continental brasileira. Belo Horizonte Oceano Atlântico Salvador Rio de Janeiro Grande

Leia mais

GEOLOGIA GERAL GEOGRAFIA

GEOLOGIA GERAL GEOGRAFIA GEOLOGIA GERAL GEOGRAFIA Segunda 7 às 9h Quarta 9 às 12h museu IC II Aula 2 Deriva continental e Tectônica de placas Turma: 2015/2 Profª. Larissa Bertoldi larabertoldi@gmail.com Dinâmica da Terra Deriva

Leia mais

Figura 1 Fragmentação e evolução dos continentes desde a Pangeia até à atualidade: A Pangeia à 225 milhões de anos, B Continentes na atualidade.

Figura 1 Fragmentação e evolução dos continentes desde a Pangeia até à atualidade: A Pangeia à 225 milhões de anos, B Continentes na atualidade. 1. Dinâmica interna da Terra 1.1. Deriva dos Continentes e Tectónica de Placas 1.1.1. Teoria da Deriva Continental Esta teoria foi apresentada por Wegener em 1912, e defendia que os continentes, agora

Leia mais

EVOLUÇÃO DA TERRA E FENÔMENOS GEOLÓGICOS PROF. CLAUDIO F GALDIN GEOGRAFIA

EVOLUÇÃO DA TERRA E FENÔMENOS GEOLÓGICOS PROF. CLAUDIO F GALDIN GEOGRAFIA EVOLUÇÃO DA TERRA E FENÔMENOS GEOLÓGICOS PROF. CLAUDIO F GALDIN GEOGRAFIA A TERRA SURGIU HÁ APROXIMADAMENTE 4,5 BILHÕES DE ANOS. RESULTANDO DA AGREGAÇÃO DE POEIRA CÓSMICA E DO BOMBARDEAMENTO DE MATERIAL

Leia mais

Escola Secundária de Valongo

Escola Secundária de Valongo Escola Secundária de Valongo PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS NATURAIS 7º ANO Ano lectivo 2010/2011 TERRA NO ESPAÇO 1º PERÍODO ESCOLA SECUNDÁRIA DE VALONGO PROPOSTA DE PLANIFICAÇÃO ANO LECTIVO DE 2010/2011 CIÊNCIAS

Leia mais

A Terra tem aproximadamente 4,6 bilhões de anos; Ela surge após o Big Bang, há 15 bilhões de anos;

A Terra tem aproximadamente 4,6 bilhões de anos; Ela surge após o Big Bang, há 15 bilhões de anos; EVOLUÇÃO DA TERRA Evolução da Terra A Terra tem aproximadamente 4,6 bilhões de anos; Ela surge após o Big Bang, há 15 bilhões de anos; A teoria do Big Bang é elaborada por Edwin Hubble, quando este observou

Leia mais

Decifrar as formas. Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho

Decifrar as formas. Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho A UU L AL A Decifrar as formas Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho do geógrafo na interpretação das formas que as diferentes paisagens assumem. Vamos perceber que a crosta terrestre, ou litosfera,

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico, 21 outubro de 2014) CIÊNCIAS NATURAIS 7º ano de escolaridade

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico, 21 outubro de 2014) CIÊNCIAS NATURAIS 7º ano de escolaridade CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico, 21 outubro de 2014) CIÊNCIAS NATURAIS 7º ano de escolaridade A TERRA EM TRANSFORMAÇÃO Dinâmica Externa da Terra Paisagens geológicas

Leia mais

Ø As rochas sedimentares quimiogénicas resultam da precipitação de substâncias que se encontram dissolvidas na água.

Ø As rochas sedimentares quimiogénicas resultam da precipitação de substâncias que se encontram dissolvidas na água. Ø As rochas sedimentares quimiogénicas resultam da precipitação de substâncias que se encontram dissolvidas na água. Calcário Salgema Ä A precipitação é essencialmente desencadeada por variação da temperatura

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL. Disciplina: Ciências Naturais A TERRA EM TRANSFORMAÇÃO: Unidade Temática e. Conteúdos DINÂMICA EXTERNA DA TERRA

PLANIFICAÇÃO ANUAL. Disciplina: Ciências Naturais A TERRA EM TRANSFORMAÇÃO: Unidade Temática e. Conteúdos DINÂMICA EXTERNA DA TERRA PLANIFICAÇÃO ANUAL Disciplina: Ciências Naturais 7.º Ano Unidade Temática e Domínio/Subdomínio Objetivos/Metas N.º de Aulas previstas por período Conteúdos DINÂMICA EXTERNA DA TERRA Paisagens geológicas

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA PROVA ESPECÍFICA DE INGRESSO PARA O ESTUDANTE INTERNACIONAL PROVA MODELO DE BIOLOGIA E GEOLOGIA 2015

INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA PROVA ESPECÍFICA DE INGRESSO PARA O ESTUDANTE INTERNACIONAL PROVA MODELO DE BIOLOGIA E GEOLOGIA 2015 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA PROVA ESPECÍFICA DE INGRESSO PARA O ESTUDANTE INTERNACIONAL PROVA MODELO DE BIOLOGIA E GEOLOGIA 2015 A prova é constituída por 20 a 30 questões de escola múltipla, selecção

Leia mais

A Terra, um planeta em mudança

A Terra, um planeta em mudança A Terra, um planeta em mudança A Terra, um planeta em mudança As alterações que a Terra experimenta reflectem-se na distribuição e no tipo de formas vivas que a habitam. Assim, verificou-se no decorrer

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES ATIVIDADES/ ESTRATÉGIAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES ATIVIDADES/ ESTRATÉGIAS ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES 3º C.E.B. DISCIPLINA: Ciências Naturais TURMA: A, B, C, e D ANO: 7º ANO 2011/2012 COMPETÊNCIAS - Identificar o planeta Terra como parte do Universo. - Identificar

Leia mais

GEOTECTÔNICA TECTÔNICA GLOBAL

GEOTECTÔNICA TECTÔNICA GLOBAL GEOTECTÔNICA TECTÔNICA GLOBAL Prof. Eduardo Salamuni AULA 8: REGIMES TECTÔNICOS REGIMES TECTÔNICOS As faixas afetadas por estes movimentos são designadas de cinturões divergentes, cinturões transcorrentes

Leia mais

TEMPO GEOLÓGICO O INTERIOR DA TERRA TECTÔNICA DE PLACAS

TEMPO GEOLÓGICO O INTERIOR DA TERRA TECTÔNICA DE PLACAS TEMPO GEOLÓGICO O INTERIOR DA TERRA TECTÔNICA DE PLACAS /03/2012 Prof. Patrício Pires patricio.pires@gmail.com Introdução 2 Dificuldade de entender a imensidão do tempo Geológico. Vemos o tempo sobre a

Leia mais

Orogenias e Tectónica de Placas:

Orogenias e Tectónica de Placas: Ano Lectivo de 2013/2014 - Licenciatura de Geografia Geografia Física de Portugal (GeoFisPort) Orogenias e Tectónica de Placas: No decurso da longa evolução da Terra, e de acordo com a Teoria da Tectónica

Leia mais

Agentes Internos ou Endógenos

Agentes Internos ou Endógenos RELEVO Relevo Terrestre Agentes Internos Agentes Externos Tectonismo Vulcanismo Abalos Sísmicos Intemperismo Erosão Agentes Internos ou Endógenos Tectonismo ou Diastrofismo São distorções provocadas por

Leia mais

Os principais aspectos físicos do continente americano

Os principais aspectos físicos do continente americano Os principais aspectos físicos do continente americano O CONTINENTE AMERICANO CARACTERÍSTICAS GERAIS O continente americano se destaca pela sua grande extensão Norte-Sul. É o segundo maior continente do

Leia mais

Geologia do Brasil. Página 1 com Prof. Giba

Geologia do Brasil. Página 1 com Prof. Giba Geologia do Brasil O território brasileiro é formado, basicamente, por dois tipos de estrutura geológica: os escudos cristalinos (blocos cratônicos) e as bacias sedimentares. As formações serranas originaram-se

Leia mais

Teste diagnóstico de Ciências Naturais (7.º ano)

Teste diagnóstico de Ciências Naturais (7.º ano) Teste diagnóstico de Ciências Naturais (7.º ano) 7.º Ano Objetivos Averiguar os conhecimentos prévios dos alunos acerca de alguns dos temas de Ciências Naturais que irão ser tratados ao longo do 3.º ciclo

Leia mais

GEOMORFOLOGIA. Conceitos básicos

GEOMORFOLOGIA. Conceitos básicos GEOMORFOLOGIA Conceitos básicos Geomorfologia Estudo das paisagens e sua evolução, resultante da competição entre processos de levantamento e rebaixamento da crosta Planícies, depressões, desfiladeiros

Leia mais

Planificação de Ciências Naturais 7º ano de escolaridade

Planificação de Ciências Naturais 7º ano de escolaridade AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde Escola Básica 1/JI do Casal do Sapo Ano Letivo - 2015/2016 DOMÍNIO SUBDOMÍNIO UNIDADE CONTEÚDOS Dinâmica externa

Leia mais

Assinale a alternativa que apresenta todas as afirmativas corretas a) I, II e III b) I, III e IV c) II, IV e V d) I, II e V e) III, IV e V

Assinale a alternativa que apresenta todas as afirmativas corretas a) I, II e III b) I, III e IV c) II, IV e V d) I, II e V e) III, IV e V 1. (Espcex (Aman) 2016) O relevo é o resultado da atuação de forças de origem interna e externa, as quais determinam as reentrâncias e as saliências da crosta terrestre. Sobre esse assunto, podemos afirmar

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias Ensino Recorrente de Nível Secundário GEOLOGIA (12º ano) Módulos 1,2

Leia mais

AMBIENTES MAGMÁTICOS

AMBIENTES MAGMÁTICOS AMBIENTES MAGMÁTICOS DEFINIÇÃO DE MAGMA É uma mistura de compostos sólidos, líquidos e gasosos. Com o arrefecimento, os elementos químicos associam-se em cristais. A temperatura do magma ronda valores

Leia mais

Parte 2 Os primórdios Modelos de evolução da Terra

Parte 2 Os primórdios Modelos de evolução da Terra Objetivos Modelos S.Terra Histórico Int.Terra Placas Parte 2 Os primórdios Modelos de evolução da Terra Bordas Testes Motor Hotspots Futuro CDRC, Dezembro 2003 Tectônica de Placas 1 / 128 Objetivos Modelos

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Geografia Ano: 6º Ensino Fundamental Professores: Rogério Duarte e Carlos Afonso Geografia Atividades para Estudos Autônomos Data: 5 / 6 / 2017

Leia mais

PROTOCOLOS. Compilação de Andrea Porteiro e Susana Machado

PROTOCOLOS. Compilação de Andrea Porteiro e Susana Machado PROTOCOLOS Compilação de Andrea Porteiro e Susana Machado Março de 2007 ACTIVIDADE 1 DERIVA DOS CONTINENTES OBJECTIVO: Com esta actividade pretende-se simular a deriva dos continentes, conhecer a configuração

Leia mais

7.º ano. Planificação

7.º ano. Planificação 7.º ano Planificação 1 Proposta de planificação para 100 Domínio Subdomínio Objetivo geral Conteúdo no VT7 TERRA EM TRANSFORMAÇÃO Dinâmica externa da Terra Estrutura e dinâmica interna da Terra Consequências

Leia mais

CIÊNCIAS O CICLO DAS ROCHAS

CIÊNCIAS O CICLO DAS ROCHAS Texto para estudo CIÊNCIAS O CICLO DAS ROCHAS A Terra é um planeta vivo e seus continentes estão em constante movimento, devido à dissipação de calor do interior do planeta. A geologia é a ciência que

Leia mais

AGG00209 INTRODUÇÃO A PETROFÍSICA QUESTIONÁRIO 1 MINERAIS E ROCHAS

AGG00209 INTRODUÇÃO A PETROFÍSICA QUESTIONÁRIO 1 MINERAIS E ROCHAS AGG00209 INTRODUÇÃO A PETROFÍSICA QUESTIONÁRIO 1 MINERAIS E ROCHAS 1) Qual das sentenças abaixo é verdadeira? a) Os minerais originam-se e são destruídos por reações químicas. b) A maior parte dos minerais

Leia mais

Teste diagnóstico de Geologia (10.º ano)

Teste diagnóstico de Geologia (10.º ano) Teste diagnóstico de Geologia (10.º ano) 10.º Ano Objetivos Averiguar os conhecimentos prévios dos alunos acerca de alguns dos temas de Geociências que irão ser tratados ao longo do ensino secundário,

Leia mais

Magmas e formação de rochas ígneas

Magmas e formação de rochas ígneas Magmas e formação de rochas ígneas O que é um magma? Um fundido (geralmente silicatado) + cristais + gases (H 2 O, CO 2 SO 2, Cl, F, etc ), que é gerado no interior da Terra, provido de mobilidade. Quando

Leia mais

Professor(a): Cristiano Santana GEOLOGIA. Assunto: Estrutura interna da Terra

Professor(a): Cristiano Santana GEOLOGIA. Assunto: Estrutura interna da Terra LISTA: 03 3ª série Ensino Médio Professor(a): Cristiano Santana Turma: A ( ) / B ( ) Aluno(a): Segmento temático: GEOLOGIA Assunto: Estrutura interna da Terra DIA: MÊS: 03 2017 O modelo da estrutura interna

Leia mais

desenho. 02- Responda. às diferentes R.: R.: R.:

desenho. 02- Responda. às diferentes R.: R.: R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========== =========== ============ =========== =========== =========== =========== =========== =========== == 01-

Leia mais

A GÊNESE DO RELEVO. GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) FORMAÇÃO DA TERRA (1) FORMAÇÃO DA TERRA (3) FORMAÇÃO DA TERRA (2) ORIGEM DO UNIVERSO

A GÊNESE DO RELEVO. GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) FORMAÇÃO DA TERRA (1) FORMAÇÃO DA TERRA (3) FORMAÇÃO DA TERRA (2) ORIGEM DO UNIVERSO GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) A GÊNESE DO RELEVO ORIGEM DO UNIVERSO Teoria do Big Bang. FORMAÇÃO DA TERRA (1) Resfriamento - de massa gasosa para líquido-pastosa. FORMAÇÃO DA TERRA (2) Formação da litosfera.

Leia mais

Planificação Anual GR Disciplina Ciências Naturais 7ºAno

Planificação Anual GR Disciplina Ciências Naturais 7ºAno Período letivo 1º Competências Definir paleontologia. Apresentar uma definição de fóssil. Explicar os diversos processos de fossilização, recorrendo a actividades práticas. Relacionar a formação de fósseis

Leia mais

ESCOLA FERREIRA CASTRO 13/14 PROFª SANDRA NASCIMENTO III TECTÓNICA DE PLACAS

ESCOLA FERREIRA CASTRO 13/14 PROFª SANDRA NASCIMENTO III TECTÓNICA DE PLACAS ESCOLA FERREIRA CASTRO 13/14 PROFª SANDRA NASCIMENTO III TECTÓNICA DE PLACAS Regresso à deriva continental O interesse pela Teoria da Deriva Continental reacendeu-se, por volta de 1950, quando se começou

Leia mais

Descobrir a crosta terrestre

Descobrir a crosta terrestre Descobrir a crosta terrestre Tectónica de Placas Crosta terrestre Ambientes Tectónicos TIPOS DE CROSTA FLUXO DE CALOR TÓPICOS EXUMAÇÃO E CRATONIZAÇÃO REOLOGIA DA CRUSTA CONTINENTAL VELOCIDADES DAS ONDAS

Leia mais

Geologia é a ciência da Terra, palavra que vem do grego: As rochas são as fontes de informações da qual a Geologia busca decifrá-las;

Geologia é a ciência da Terra, palavra que vem do grego: As rochas são as fontes de informações da qual a Geologia busca decifrá-las; 1 Breve histórico da Geologia Geologia é a ciência da Terra, palavra que vem do grego: Geo (Ge) = Terra Logia (logos) = Ciência; As rochas são as fontes de informações da qual a Geologia busca decifrá-las;

Leia mais

Deriva Continental LITOSFERA

Deriva Continental LITOSFERA LITOSFERA Deriva Continental De acordo com determinadas teorias científicas, a crosta terrestre não é uma camada rochosa inteiriça, e sim, fragmentada. A primeira teoria a defender essa tese ficou conhecida

Leia mais

Guimarães Rosa. Unidade 2 Planeta Terra: estrutura, formas, dinâmica e atividades humanas.

Guimarães Rosa. Unidade 2 Planeta Terra: estrutura, formas, dinâmica e atividades humanas. Guimarães Rosa 1º ano Unidade 2 Planeta Terra: estrutura, formas, dinâmica e atividades humanas. Rita Martins. A localização da Terra... Universo Galáxia Sistema Solar Terra Bem vindos ao planeta Terra,

Leia mais

DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS - 7º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014/2015

DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS - 7º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014/2015 DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS - 7º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014/2015 Conteúdos/Metas Curriculares Tipologia das Atividades Elementos/Instrumentos de Avaliação Dinâmica externa da Terra 1. Compreender

Leia mais

A ESTRUTURA GEOLÓGICA DO PLANETA. Robert Oliveira Cabral

A ESTRUTURA GEOLÓGICA DO PLANETA. Robert Oliveira Cabral A ESTRUTURA GEOLÓGICA DO PLANETA Robert Oliveira Cabral Deus X Big Bang Existem diversas linhas de pensamento sobre a origem do universo, até mesmo dentro da visão criacionista (os que acreditam que Deus

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO ENGENHARIA CIVIL GEOTÉCNICA /2. Definição de solo e rocha A Terra, sua idade e movimentações da crosta

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO ENGENHARIA CIVIL GEOTÉCNICA /2. Definição de solo e rocha A Terra, sua idade e movimentações da crosta UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO ENGENHARIA CIVIL GEOTÉCNICA - 2011/2 Definição de solo e rocha A Terra, sua idade e movimentações da crosta Marita Raquel Paris Cavassani Curbani maritarpc@gmail.com

Leia mais

SISMICIDADE E ESTRUTURA INTERNA DA TERRA

SISMICIDADE E ESTRUTURA INTERNA DA TERRA SISMICIDADE E ESTRUTURA INTERNA DA TERRA AS PRINCIPAIS CAMADAS DA TERRA # A maior parte do interior da Terra é inacessível às observações diretas. Para conhecer sua constituição interna, é necessário recorrer

Leia mais

ESTRUTURA DA TERRA. Descontinuidade de Mohorovicic Maior velocidade das ondas sísmicas abaixo do contato. Astenosfera

ESTRUTURA DA TERRA. Descontinuidade de Mohorovicic Maior velocidade das ondas sísmicas abaixo do contato. Astenosfera ESTRUTURA DA TERRA 5 km 100 km 30 km Espessura 600 km móvel 80 km em média granito Formação do campo magnético basalto 1200 o C 3000 kg/m 2700 kg/m 3350 kg/m3 3 3 Litosfera Astenosfera Descontinuidade

Leia mais