JPA Com Hibernate. Paulo Ricardo Lisboa de Almeida. 1 Universidade Positivo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JPA Com Hibernate. Paulo Ricardo Lisboa de Almeida. 1 Universidade Positivo"

Transcrição

1 JPA Com Hibernate Paulo Ricardo Lisboa de Almeida 1

2 Modelo Necessário Modelo Necessário 2

3 JPA Mapeamento Direto entre as classes e o banco de dados Orientação a objetos para modelo relacional Feito através de xml ou de anotações Java Durante o curso utilizaremos anotações 3

4 JPA Especificação e conjunto de interfaces Pacote javax.persistence Uma engine que implementa o JPA deve ser plugável Devemos ser capazes de trocar uma engine por outra sem problemas Exemplos de implementações do JPA (engines) Hibernate e EclipseLink Será utilizado o Hibernate durante o curso 4

5 Criando um Projeto com JPA Da mesma forma que com JDBC Crie um Novo Projeto Java Adicione o.jar do Driver JDBC do Banco ao Projeto (buildpath) Baixe as dependências necessárias do Hibernate em Utilizaremos o Hibernate final Descompacte a pasta do Hibernate e adicione todos os jars que estão dentro de lib/required no buildpath do projeto 5

6 Criando um Projeto JPA Dentro da pasta source (src) do projeto, crie uma pasta chamada META-INF Dentro desta pasta insira o arquivo persistence.xml disponível no site da disciplina O persistence.xml contém as configurações do banco de dados e do Hibernate, como a string de conexão, o nome de usuário, o modo de conexão,... 6

7 Algumas Propriedades do persistence.xml Propriedades do JPA driver nome completo da classe do driver de conexão url definição da localização do banco e o nome da base user usuário do banco de dados password senha do usuário 7

8 Algumas Propriedades do persistence.xml Propriedades do Hibernate dialect define qual variação do SQL será utilizada hbm2ddl.auto valida e exporta o esquema DDL para a base de dados Nunca utilizar essa opção, exceto para aplicações de teste show_sql define quando mostrar no log as consultas SQL geradas format_sql formata o log das consultas SQL geradas 8

9 Criando um Mapeamento Criam-se Beans para as entidades do banco (Da mesma forma que fizemos para JDBC) public class Pessoa { private Integer id; private Long cpf; private String nome; private Date nascimento; //... } 9

10 Criando um Mapeamento - Anotações Para informar o JPA que o Bean é uma entidade mapeada no Banco, podemos utilizar as seguintes anotaçẽos na Indica que a classe é mapeada em uma tabela no banco Deve aparecer antes do nome de uma = "NOME_DA_TABELA_BANCO") Diz qual o nome da tabela para qual a entidade será mapeada Opcional caso o nome da tabela e da classe sejam os mesmos 10

11 Criando um Mapeamento Anotações Nos Atributos Os atributos também podem receber diversas anotações. Algumas Indica qual é o atributo mapeado como chave primária no banco. Toda entidade deve ter um Geralmente acompanhado da Indica que o valor do campo é private Integer id; 11

12 Criando um Mapeamento Anotações Nos Define várias propriedades dos atributos que são mapeados para as colunas das tabelas. Dentre eles: name="nomecoluna" Define o nome da coluna para a qual o atributo é mapeado Necessário somente se o nome da coluna e do atributo forem diferentes lenght=valor Define a quantidade de caracteres de um campo string nullable = true ou false Define se o campo pode receber valores nulos unique=true ou false Define se a coluna pode ter valores repetidos ou não Ex.: o campo cpf deve ser marcado como unique, pois duas pessoas não podem ter o mesmo cpf 12

13 Criando um Mapeamento Anotações Nos Atributos Propriedades (Continuação) precision=valor Define a quantidade de dígitos de um número decimal scale=valor Determina a quantidade de casas decimais de um número Exemplo com precision e scale, onde temperaturaatual é armazenada com 4 dígitos, dos quais 2 representam as casas ( precision =4, scale =2) private BigDecimal temperaturaatual; 13

14 Exemplo public class @Column(name="pessoa_id", updatable=false) private Integer unique=true) private Long nullable=false) private String private Date nascimento; // } 14

15 Hashcode e Equals Para que o JPA funcione corretamente você deve implementar HashCode e Equals em todos os seus Beans Boa prática de programação independentemente se estamos ou não utilizando JPA Implementar para todas as entidades é uma prática ainda melhor Bons documentos com diretivas para implementação do hashcode e Equals Joshua Bloch. Effective Java: 2nd Edition Documentação da Oracle Veja a especificação de Object 15

16 Manipulando Dados no Banco Utiliza-se a classe EntityManager Cria-se um EntityManager através do Factory EntityManagerFactory O parâmetro nome_unidade_persistencia define qual unidade de persistência definida no persistence.xml será utilizada No nosso projeto ele se chama clinica_pu EntityManagerFactory factory = Persistence.createEntityManagerFactory("nome_unidade_persistencia"); EntityManager em = factory.createentitymanager(); 16

17 Métodos do EntityManager para Manipular os Dados persist(entidade) Armazenar entidade no banco find(entidade.class, identidade) Recupera a entidade com o id desejado do banco getreference(entidade.class, identidade) Recupera a entidade, mas suas propriedades somente são carregadas quando necessário Somente um proxy é recebido remove(entidade) Remove a entidade do banco Utilizar o find antes para carregar a entidade, para depois removê-la O objeto deve estar atachado para ser removido 17

18 Transações Para executar um método do EntityManager a fim de manipular os dados, uma transação deve existir. Exemplo: Animal animal = null; em.gettransaction().begin(); animal = em.find(animal.class, 3); em.gettransaction().commit(); Onde begin inicia uma conexão e uma transação Commit envia as alterações ao banco, fecha a transação e a conexão Esses comportamentos são os padrão, e podem ser modificados no persistense.xml 18

19 Transações Para executar um método do EntityManager a fim de manipular os dados, uma transação deve existir. Exemplo: Animal animal = null; em.gettransaction().begin(); animal = em.find(animal.class, 3); em.gettransaction().commit(); Onde begin inicia uma conexão e uma transação Commit envia as alterações ao banco, fecha a transação e a conexão Esses comportamentos são os padrão, e podem ser modificados no persistense.xml Caso necessário, podemos fazer um rollback através de em.gettransaction().rollback(); 19

20 Fim! Resolva os exercícios propostos! 20

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Curso: Sistemas de Informações Arquitetura de Software Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 7 JPA A Persistência com JPA Para configurar o JPA

Leia mais

Mapeamento Objeto-Relacional

Mapeamento Objeto-Relacional Mapeamento Objeto-Relacional Persistência de dados com Java Persistence API - Hibernate Jefferson S Silva Mapeamento objeto-relacional Mas como? SQL + JDBC!? 1 Para quê serve MOR? O uso de uma solução

Leia mais

Persistência de dados com JPA. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com

Persistência de dados com JPA. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com Persistência de dados com JPA Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com O que é persistência? A persistência de dados é o fato de pegar um dado e torná-lo persistente, ou seja, salvar em algum banco

Leia mais

Mapeamento Lógico/Relacional com JPA

Mapeamento Lógico/Relacional com JPA Mapeamento Lógico/Relacional com JPA Elaine Quintino da Silva Doutora em Ciência da Computação pelo ICMC-USP/São Carlos Analista de Sistemas UOL PagSeguro Instrutora Globalcode Agenda! Persistência de

Leia mais

ruirossi@ruirossi.pro.br

ruirossi@ruirossi.pro.br Persistência Com JPA & Hibernate Rui Rossi dos Santos ruirossi@ruirossi.pro.br Mediador: Rui Rossi dos Santos Slide 1 Mapeamento Objeto-Relacional Contexto: Linguagem de programação orientada a objetos

Leia mais

Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2

Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2 Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2 1) Criar uma aplicação Java no NetBeans. File > New Project > Java, Java Application > Project name: JPA2 Finish. 2) Acrescentar ao Projeto NetBeans a biblioteca

Leia mais

Banco de Dados. Banco de Dados Parte 2. Alcides Pamplona alcides.pamplona@gmail.com. Alcides Pamplona Linguagem de Programação CESBD 2010

Banco de Dados. Banco de Dados Parte 2. Alcides Pamplona alcides.pamplona@gmail.com. Alcides Pamplona Linguagem de Programação CESBD 2010 Alcides Pamplona Linguagem de Programação CESBD 2010 Parte 2 Alcides Pamplona alcides.pamplona@gmail.com Tópicos API JDBC Utilizando JDBC Statement PreparedStatement Controle de Transação Mapeamento Objeto-Relacional

Leia mais

POO Programação Orientada a Objetos

POO Programação Orientada a Objetos POO Programação Orientada a Objetos Mãos à Obra Jefferson S. Silva IFET - PI Copyright Jefferson S. Silva Slide 1 O sistema Nossa empresa foi contratada por uma pequena gravadora de música que deseja entrar

Leia mais

Para entender o conceito de objetos em programação devemos fazer uma analogia com o mundo real:

Para entender o conceito de objetos em programação devemos fazer uma analogia com o mundo real: Introdução a Orientação a Objetos com Java Autor: Professor Victor Augusto Zago Menegusso. Orientação a Objetos É um paradigma de programação que define a estrutura de um programa baseado nos conceitos

Leia mais

Persistência com JPA2 e Hibernate TREINAMENTOS

Persistência com JPA2 e Hibernate TREINAMENTOS Persistência com JPA2 e Hibernate TREINAMENTOS Persistência com JPA 2 e Hibernate 18 de junho de 2012 Sumário i Sobre a K19 1 Seguro Treinamento 2 Termo de Uso 3 Cursos 4 1 Introdução 1 1.1 Persistência.............................................

Leia mais

Hibernate. Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com

Hibernate. Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com Hibernate Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com Hibernate O que é? Ferramenta para mapeamento O/R em Java Uma das mais difundidas Transparência Independência quanto ao tipo de base

Leia mais

AULA 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS E VISÃO GERAL DO SQL CONCEITUANDO BANCO DE DADOS MODELO RELACIONAL

AULA 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS E VISÃO GERAL DO SQL CONCEITUANDO BANCO DE DADOS MODELO RELACIONAL BANCO DE DADOS GERENCIAL 1 AULA 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS E VISÃO GERAL DO SQL CONCEITUANDO BANCO DE DADOS Um banco de dados é uma coleção de dados (ou informações) organizadas de forma lógica, e que

Leia mais

Disciplina: Unidade III: Prof.: E-mail: Período:

Disciplina: Unidade III: Prof.: E-mail: Período: Encontro 09 Disciplina: Sistemas de Banco de Dados Unidade III: Modelagem Lógico de Dados Prof.: Mario Filho E-mail: pro@mariofilho.com.br Período: 5º. SIG - ADM 6. Introdução ao MS Access O Microsoft

Leia mais

Persistindo dados com TopLink no NetBeans

Persistindo dados com TopLink no NetBeans Persistindo dados com TopLink no NetBeans O que é TopLink? O TopLink é uma ferramenta de mapeamento objeto/relacional para Java. Ela transforma os dados tabulares de um banco de dados em um grafo de objetos

Leia mais

Java na Prática. Célio Silva Aula 3

Java na Prática. Célio Silva Aula 3 Java na Prática Célio Silva Aula 3 Java na Prática Collections List List são listas de coisa ordenadas/não ordenadas, com duplicações permitidas e com um índice Servem para encapsular código de tratamento

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Curso: Engenharia de Software Arquitetura de Software Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 9 Mapeamento em JPA Introdução O mapeamento objeto-relacional

Leia mais

Java Persistence API. Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações

Java Persistence API. Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações Java Persistence API Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações Entity Manager Entity Manager API Java Persistence Query Language (JPQL) Persistence Units 1 Java Persistence

Leia mais

Orientação a Objetos

Orientação a Objetos Orientação a Objetos 1. Manipulando Atributos Podemos alterar ou acessar os valores guardados nos atributos de um objeto se tivermos a referência a esse objeto. Os atributos são acessados pelo nome. No

Leia mais

Hibernate. Mapeamento Objeto-Relacional. Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior

Hibernate. Mapeamento Objeto-Relacional. Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior Hibernate Mapeamento Objeto-Relacional Baseado nas notas de aula de João Dalyson e Raphaela Galhardo Fernandes Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior Objetivos Aprender MOR usando Hibernate

Leia mais

Tecnologias Java JDBC. Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com

Tecnologias Java JDBC. Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com Tecnologias Java JDBC Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com JDBC JDBC: Java Database Connectivity API Java para acessar dados armazenados em um Banco de Dados Conectar a um banco dados Enviar consultas

Leia mais

Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink

Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink Vinicius Teixeira Dallacqua Curso de Tecnologia em Sistemas para Internet Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFTO AE 310 Sul, Avenida

Leia mais

JPA Java Persistence API. Prof. Ramon Chiara

JPA Java Persistence API. Prof. Ramon Chiara JPA Java Persistence API Prof. Ramon Chiara JDBC Java DataBase Connectivity Acesso a bancos de dados Independência de banco de dados JDBC Aplicação JDBC Driver Banco de Dados JDBC Java DataBase Connectivity

Leia mais

LINGUAGEM SQL Linguagem usada em SGBD para: Definir estrutura de dados; Modificar dados em um banco de dados; Especificar restrições de segurança; Rea

LINGUAGEM SQL Linguagem usada em SGBD para: Definir estrutura de dados; Modificar dados em um banco de dados; Especificar restrições de segurança; Rea BANCO DE DADOS Prof. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@hotmail.com SQL A Structed Query Language foi desenvolvida em 1974 nos laboratório da IBM em San José na Califórnia,

Leia mais

TUTORIAL - Importação de dados de coleta de larvas de Aedes aegypti na Bairro de Higienópolis no município do Rio de Janeiro para o SPRING

TUTORIAL - Importação de dados de coleta de larvas de Aedes aegypti na Bairro de Higienópolis no município do Rio de Janeiro para o SPRING TUTORIAL - Importação de dados de coleta de larvas de Aedes aegypti na Bairro de Higienópolis no município do Rio de Janeiro para o SPRING Descrição do dado: os dados aqui trabalhados possuem as coordenadas

Leia mais

SIG-ISS Manual de integração do WebService para NFS-e

SIG-ISS Manual de integração do WebService para NFS-e Sistema Integrado de Gerenciamento do ISS SIG-ISS Manual de integração do WebService para NFS-e São Paulo, 9 de Janeiro de 2015. 1. Introdução Este manual tem como objetivo apresentar as especificações

Leia mais

FastCube 2.0 Programmer Manual

FastCube 2.0 Programmer Manual FastCube 2.0 Programmer Manual I FastCube 2.0 Programmer Manual Table of contents Chapter I Arquitetura do FastCube 2 2 Chapter II Utilizaçã o dos componentes do FastCube 5 1 Salvar... e carregar um cubo

Leia mais

Banco de Dados I. Prof. Edson Thizon ethizon@bol.com.br

Banco de Dados I. Prof. Edson Thizon ethizon@bol.com.br Banco de Dados I Prof. Edson Thizon ethizon@bol.com.br Conceitos Dados Fatos conhecidos que podem ser registrados e que possuem significado implícito Banco de dados (BD) Conjunto de dados interrelacionados

Leia mais

Graphing Basic no Excel 2007

Graphing Basic no Excel 2007 Graphing Basic no Excel 2007 Tabela de Conteúdos 1. Inserindo e formatando os dados no Excel 2. Criando o gráfico de dispersão inicial 3. Criando um gráfico de dispersão de dados de titulação 4. Adicionando

Leia mais

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API)

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Tabela para Revisão Assunto (JPA) Interesse? 1 Vantagens e Desvantagens 4 2 Principais Conceitos 7 3 Anotações

Leia mais

Modelo Lógico: Tabelas, Chaves Primárias e Estrangeiras

Modelo Lógico: Tabelas, Chaves Primárias e Estrangeiras Modelo Lógico: Tabelas, Chaves Primárias e Estrangeiras Apresentar a próxima etapa da modelagem de dados: o modelo lógico e os conceitos de tabelas, chaves primárias e estrangeiras e como o banco de dados

Leia mais

JAVA. Professor: Bruno Toledo

JAVA. Professor: Bruno Toledo JAVA Professor: Bruno Toledo Programação Java com Banco de Dados MYSQL Instalando o Servidor MYSQL Iremos utilizar o Vertrigo, programa esse que possui o servidor MySQL, Apache e PHP. Porém nosso foco

Leia mais

,QVWDODomR. Dê um duplo clique para abrir o Meu Computador. Dê um duplo clique para abrir o Painel de Controle. Para Adicionar ou Remover programas

,QVWDODomR. Dê um duplo clique para abrir o Meu Computador. Dê um duplo clique para abrir o Painel de Controle. Para Adicionar ou Remover programas ,QVWDODomR 5HTXLVLWRV0tQLPRV Para a instalação do software 0RQLWXV, é necessário: - Processador 333 MHz ou superior (700 MHz Recomendado); - 128 MB ou mais de Memória RAM; - 150 MB de espaço disponível

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCOS DE DADOS MÓDULO 8

ADMINISTRAÇÃO DE BANCOS DE DADOS MÓDULO 8 ADMINISTRAÇÃO DE BANCOS DE DADOS MÓDULO 8 Índice 1. Modelagem de Dados - Continuação...3 1.1. Modelo Entidade-Relacionamento (MER) - II... 3 1.1.1. Entidades fortes e entidades fracas... 3 1.2. Dicionário

Leia mais

Padrão J2EE Data Access Object (DAO)

Padrão J2EE Data Access Object (DAO) Introdução CRUD DAO Exemplo Padrão J2EE Data Access Object (DAO) Prof. Enzo Seraphim Motivação para usar Componentes precisam acessar e armazenar informações em armazenamento persistente As APIs de armazenamento

Leia mais

JPA: Persistência padronizada em Java

JPA: Persistência padronizada em Java JPA: Persistência padronizada em Java FLÁVIO HENRIQUE CURTE Bacharel em Engenharia de Computação flaviocurte.java@gmail.com Programação Orientada a Objetos X Banco de Dados Relacionais = Paradigmas diferentes

Leia mais

Algoritmos APRENDENDO A PROGRAMAR COM C#

Algoritmos APRENDENDO A PROGRAMAR COM C# Algoritmos APRENDENDO A PROGRAMAR COM C# Alô Mundo AULA 01 Conhecendo o ambiente O objetivo principal desse programa não é mostrar a mensagem Alo Mundo. O objetivo é apresentar o ambiente de desenvolvimento

Leia mais

PROCEDIMENTO INSTALAÇÃO SINAI ALUGUEL

PROCEDIMENTO INSTALAÇÃO SINAI ALUGUEL 1º Passo: Baixar o arquivo http://www.sinaisistemaimobiliario.com.br/instalar/instalador_aluguel.rar. 2º Passo: No SERVIDOR ao qual o sistema deverá ser instalado: a) Criar uma pasta, preferencialmente

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento do ISS SIG-ISS. Manual de integração do WebService para NFS-e

Sistema Integrado de Gerenciamento do ISS SIG-ISS. Manual de integração do WebService para NFS-e Sistema Integrado de Gerenciamento do ISS SIG-ISS Manual de integração do WebService para NFS-e São Paulo, 27 de Janeiro de 2014 1. Introdução Este manual tem como objetivo apresentar as especificações

Leia mais

SICI MANUAL PARA ARQUIVO XML (UPLOAD)

SICI MANUAL PARA ARQUIVO XML (UPLOAD) Índice 1. Introdução...2 2. Visão Geral...2 3. Tag ...4 3.1 Tag: ...4 3.2 Tag: e ...4 3.3 Tag: ...4

Leia mais

Framework utilizando reflexão e aspectos para persistência de objetos em java

Framework utilizando reflexão e aspectos para persistência de objetos em java Framework utilizando reflexão e aspectos para persistência de objetos em java Antonio Carlos Rolloff (UNIPAR) acrolloff@gmail.com Arthur Cattaneo Zavadski (UNIPAR) arthur@datacoper.com.br Maria Aparecida

Leia mais

epucc.com.br SAIBA COMO INCLUIR INFORMAÇÕES DE COLABORADORES, CENTROS DE CUSTO E RATEIO DE DESPESAS

epucc.com.br SAIBA COMO INCLUIR INFORMAÇÕES DE COLABORADORES, CENTROS DE CUSTO E RATEIO DE DESPESAS epucc.com.br SAIBA COMO INCLUIR INFORMAÇÕES DE COLABORADORES, CENTROS DE CUSTO E RATEIO DE DESPESAS O PUCC permite que uma tabela com o nome dos Colaboradores e seus respectivos Departamentos e/ou Centros

Leia mais

Page 1. Prof. Constantino Jacob

Page 1. Prof. Constantino Jacob Tópicos Introdução à SQL Definição Tipos de Operações Instrução SELECT Sintaxe básica Operações relacionais de restrição, projeção e junção Instruções DML Delete, Update e Insert Instruções DDL Create

Leia mais

Passos para a instalação

Passos para a instalação Manual de Instalação da Comanda Eletrônica Arquivos para instalação no computador.net Framework 3.5 ActiveSync (programa que vem junto com o Pocket que faz a integração do aparelho com o computador do

Leia mais

Classificação de Ativo Orçamento e Provisão de Despesa

Classificação de Ativo Orçamento e Provisão de Despesa Classificação de Ativo Orçamento e Provisão de Despesa Produto : Microsiga Protheus Ativo Fixo versão 11 Requisito : 154.03 Data da publicação : 28/02/13 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Esta

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação UNIDADE III Banco de Dados Professor : Hiarly Alves www.har-ti.com Fortaleza - 2014 Tópicos Conceito de Banco de Dados. Problemas com Banco de Dados. Modelos de Relacionamento de um Banco de Dados. SGDB

Leia mais

Instalação de Carta de Correção Eletrônica Spalla

Instalação de Carta de Correção Eletrônica Spalla Instalação de Carta de Correção Eletrônica Spalla Introdução A Carta de Correção Eletrônica(CC-e) é um evento legal e tem por objetivo corrigir algumas informações da NF-e, desde que o erro não esteja

Leia mais

Manual de Programação TED1000 versão TC100 Ethernet

Manual de Programação TED1000 versão TC100 Ethernet Manual de Programação TED1000 versão TC100 Ethernet Indice: Configurações iniciais...2 Configuração de IP...2 Teclas especiais...2 Cabo de rede...2 Programação...3 Abrindo a comunicação (abreip)...3 Enviando

Leia mais

Manual de instalação do Microsoft SQL Server 2008 R2 Express no Windows 10

Manual de instalação do Microsoft SQL Server 2008 R2 Express no Windows 10 Manual de instalação do Microsoft SQL Server 2008 R2 Express no Windows 10 1-Antes de iniciar a instalação do SQL é necessário liberar as permissões do usuário para evitar erro, para realizar esse procedimento

Leia mais

Administração Portal Controle Público

Administração Portal Controle Público Administração Portal Controle Público Manual do usuário www.controlepublico.org.br 2015 Sumário 1. Workflow da publicação... 3 1.1. Perfis de publicação... 3 1.2. Perfis de controle no Administrador...

Leia mais

Disponibilizada a rotina Vale Presente (LOJA830) no módulo Controle de Lojas (SIGALOJA), assim como já é utilizada no módulo Front Loja (SIGAFRT).

Disponibilizada a rotina Vale Presente (LOJA830) no módulo Controle de Lojas (SIGALOJA), assim como já é utilizada no módulo Front Loja (SIGAFRT). Vale Presente para Controle de Lojas Produto : Microsiga Protheus - Controle de Lojas - Versão 10 Chamado : TFDI16 Data da publicação : 12/07/12 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Esta melhoria

Leia mais

TUTORIAL DO SISTEMA CE MERCANTE

TUTORIAL DO SISTEMA CE MERCANTE TUTORIAL DO SISTEMA CE MERCANTE Atualizado em: 06/2013 Atualizado por: Amilton José dos Santos Junior Versão: 1.0 1 Sistema desenvolvimento para auxiliar as Comissárias de Despacho, Agentes de Carga e

Leia mais

Oracle Database 10g: Fundamentos de SQL e PL/SQL

Oracle Database 10g: Fundamentos de SQL e PL/SQL Oracle University Contact Us: 0-800-167225 Oracle Database 10g: Fundamentos de SQL e PL/SQL Duration: 5 Dias O que é que gostaria de aprender Conheça os fundamentos de SQL e PL/SQL usando o SQL Developer

Leia mais

Auditando persistência com JPA

Auditando persistência com JPA a r t i g o Em ambientes corporativos, a auditoria sobre as operações de banco de dados é importantíssima, quando não, indispensável. Essa importância surge a partir de um conjunto de necessidades, como:

Leia mais

Programação WEB. Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br www3.ifrn.edu.br/~andrealmeida. Aula II jquery UI

Programação WEB. Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br www3.ifrn.edu.br/~andrealmeida. Aula II jquery UI Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br www3.ifrn.edu.br/~andrealmeida Aula II jquery UI Introdução O que é jquery UI? Biblioteca que fornece maior nível de abstração para interação

Leia mais

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo.

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo. Preenchimento da SEFIP para gerar a GFIP e imprimir as guias do INSS e FGTS Você, Microempreendedor Individual que possui empregado, precisa preencher a SEFIP, gerar a GFIP e pagar a guia do FGTS até o

Leia mais

Prova de Fundamentos de Bancos de Dados 1 a Prova

Prova de Fundamentos de Bancos de Dados 1 a Prova Prova de Fundamentos de Bancos de Dados 1 a Prova Prof. Carlos A. Heuser Abril de 2009 Prova sem consulta duas horas de duração 1. (Peso 2 Deseja-se projetar um banco de dados para o sítio de uma prefeitura.

Leia mais

Central de Serviços de Tecnologia: Telefone: 0800-280-7005 Portal: http://10.1.2.109:8686/ Acesse com seu usuário de Rede, Libra ou E-mail.

Central de Serviços de Tecnologia: Telefone: 0800-280-7005 Portal: http://10.1.2.109:8686/ Acesse com seu usuário de Rede, Libra ou E-mail. Orientações ao Magistrado e Servidor Separar toda a documentação necessária conforme as páginas 02 a 04: Processo Caixa - Orientações sobre Documentação. Verificar no Portal Interno a relação de Magistrados

Leia mais

Capítulo 9 - Imagens. Imagens

Capítulo 9 - Imagens. Imagens Capítulo 9 - Imagens 9 Imagens EM JAVASCRIPT, É POSSÍVEL MANIPULAR COM AS IMAGENS DE UMA PÁGINA, alterando a URL que localiza o arquivo de imagem. Assim, pode-se trocar a imagem que está sendo exibida

Leia mais

MANUAL DO INSTALADOR XD EM AMBIENTES MICROSOFT WINDOWS

MANUAL DO INSTALADOR XD EM AMBIENTES MICROSOFT WINDOWS MANUAL DO INSTALADOR XD EM AMBIENTES MICROSOFT WINDOWS Está disponível a partir da versão 2014.73 do XD Rest/Pos/Disco um novo formato no instalador em ambientes Microsoft Windows. O instalador passa a

Leia mais

www.sysdevsolutions.com Driver Next Versão 1.0 de 07-03-2011 Português

www.sysdevsolutions.com Driver Next Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Driver Next Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Índice Configuração dos documentos no Backofficce... 3 O Driver ERP Next... 6 Configurações principais... 6 Configurações do vendedor... 7 Configurações do

Leia mais

NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL

NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL COMO ACESSAR O APLICATIVO SAFE DOC CAPTURE Acesse o aplicativo SAFE-DOC CAPTURE clicando no ícone na sua área de trabalho: SAFE-DOC Capture Digite o endereço do portal que é

Leia mais

JPA Java Persistence API

JPA Java Persistence API Introdução O principal foco da versão 5 do Java EE é a facilidade de uso. O novo Java EE é bem mais simples que sua versão anterior e suas novas APIs aumentam a produtividade dos desenvolvedores, exigindo

Leia mais

Manual do Desenvolvedor Geração de Tokens

Manual do Desenvolvedor Geração de Tokens Manual do Desenvolvedor Geração de Tokens Setembro de 2012 Versão 1.3 ÍNDICE Página 1. Introdução... 1 2. Geração de Tokens... 1 2.1 Formato dos Tokens... 1 2.2 Geração de Tokens... 1 2.2.1 Gerar Token

Leia mais

FATURA ELETRÔNICA DO PRESTADOR Layout do Arquivo Texto Versão 1.1.1

FATURA ELETRÔNICA DO PRESTADOR Layout do Arquivo Texto Versão 1.1.1 Orientações gerais: 1. Este layout é destinado a todos os prestadores de serviços de saúde do Ipasgo. Os prestadores pessoas físicas e pessoas jurídicas nas categorias laboratório e clínicas que apresentam

Leia mais

Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem

Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem A conversão dos dados do TMS 4.01 para o SIGAGFE Gestão de Frete Embarcador utiliza uma conexão de dados ODBC. Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem 1. Configurar a base de dados

Leia mais

Plataforma Brasil Versão 3.0

Plataforma Brasil Versão 3.0 Plataforma Brasil Versão 3.0 Histórico de Revisão do Manual Versão do Sistema 3.0 3.0 Autor Data Descrição Assessoria Plataforma Brasil 22/06/2015 Assessoria Plataforma Brasil 04/09/2015 Criação do Documento

Leia mais

Arquitetura de Aplicações J2EE. Jorge Fernandes Outubro de 2003

Arquitetura de Aplicações J2EE. Jorge Fernandes Outubro de 2003 Arquitetura de Aplicações J2EE Jorge Fernandes Outubro de 2003 J2EE O que é Como se organiza Como funciona Elementos Arquitetura Típica Componentes de Software Reuso é um processo Publicar interfaces Distribuir

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO SAT DIMEP PDV CAKE

MANUAL DE INSTALAÇÃO SAT DIMEP PDV CAKE MANUAL DE INSTALAÇÃO SAT DIMEP PDV CAKE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO O procedimento de instalação do SAT (Dimep) é bastantes simples, para equipamentos Dimep basta seguir as etapas abaixo. 1. Instalação do

Leia mais

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API)

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Tabela para Revisão Assunto (JPA) Interesse? 1 Vantagens e Desvantagens 4 2 Principais Conceitos 7 3 Anotações

Leia mais

Modelo Entidade Relacionamento (MER) Professor : Esp. Hiarly Alves

Modelo Entidade Relacionamento (MER) Professor : Esp. Hiarly Alves Tópicos Apresentação Entidade, Atributo e Relacionamento Cardinalidade Representação simbólica Generalizações / Especializações Agregações Apresentação O Modelo Entidade-Relacionamento tem o objetivo de

Leia mais

Sobre o Visual C++ 2010

Sobre o Visual C++ 2010 O Visual Studio é um pacote de programas da Microsoft para desenvolvimento de software, suportando diversas linguagens como C#, C++, C, Java, Visual Basic, etc. Nesta série de tutoriais vou focar apenas

Leia mais

Capítulo 1. Importação de Dados de Instituições Financeiras - Arquivo TXT 3

Capítulo 1. Importação de Dados de Instituições Financeiras - Arquivo TXT 3 Sumário Capítulo 1. Importação de Dados de Instituições Financeiras - Arquivo TXT 3 Capítulo 2. Importação de Dados de Instituições Financeiras - Arquivo XML 12 Capítulo 1. Importação de Dados de Instituições

Leia mais

Desenvolvimento Web com Struts

Desenvolvimento Web com Struts TREINAMENTOS Desenvolvimento Web com Struts Desenvolvimento Web com Struts2 e JPA2 14 de junho de 2015 As apostilas atualizadas estão disponíveis em www.k19.com.br Sumário i Sobre a K19 1 Seguro Treinamento

Leia mais

Roteiro 12: Gerenciando Compartilhamentos

Roteiro 12: Gerenciando Compartilhamentos Roteiro 12: Gerenciando Compartilhamentos Objetivos: Ativar e gerenciar compartilhamentos locais e remotos; Ativar e gerenciar o sistema de arquivos distribuídos (DFs); Gerenciar compartilhamentos ocultos;

Leia mais

Aula 4. Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com)

Aula 4. Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com) Persistência com JDBC e JPA Aula 4 Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com) A sabedoria não se transmite, é preciso que nós a descubramos fazendo uma caminhada que ninguém

Leia mais

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR)

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) O MOODLE (Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment) é um Ambiente Virtual de Ensino-Aprendizagem (AVEA) de código aberto, livre e gratuito que se mantém em desenvolvimento

Leia mais

CRIANDO MAPAS TEMÁTICOS COM SETORES CENSITÁRIOS DE SÃO PAULO

CRIANDO MAPAS TEMÁTICOS COM SETORES CENSITÁRIOS DE SÃO PAULO CRIANDO MAPAS TEMÁTICOS COM SETORES CENSITÁRIOS DE SÃO PAULO 1. Unificar as informações de interesse em uma única planilha Neste exemplo, temos os seguintes dados da Capital de São Paulo: Coluna A Código

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 10 Persistência de Dados

Leia mais

Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas em ArcView

Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas em ArcView UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE CARTOGRAFIA Laboratório de Geoprocessamento Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas

Leia mais

JPA e Hibernate por Thiago Faria e Normandes Junior

JPA e Hibernate por Thiago Faria e Normandes Junior JPA e Hibernate por Thiago Faria e Normandes Junior 1ª Edição, 31/07/2015 2015 AlgaWorks Softwares, Treinamentos e Serviços Ltda. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste livro pode ser reproduzida

Leia mais

Desenvolvimento Web com JSF2 e JPA2

Desenvolvimento Web com JSF2 e JPA2 TREINAMENTOS Desenvolvimento Web com JSF2 e JPA2 Desenvolvimento Web com JSF2 e JPA2 20 de fevereiro de 2013 Sumário i Sobre a K19 1 Seguro Treinamento 2 Termo de Uso 3 Cursos 4 1 Banco de dados 1 1.1

Leia mais

Curso de Java. Acesso a banco de dados através do Hibernate. Todos os direitos reservados Klais

Curso de Java. Acesso a banco de dados através do Hibernate. Todos os direitos reservados Klais Curso de Java Acesso a banco de dados através do Hibernate Todos os direitos reservados Klais Motivação Java é uma linguagem orientada a objetos: Numa aplicação, o uso de objetos é um recurso importante

Leia mais

Suporte Nativo a XML no Oracle 10g

Suporte Nativo a XML no Oracle 10g Suporte Nativo a XML no Gerenciamento de Dados e Informação Fernando Fonseca & Robson Fidalgo 1 2 XML Parsers Suporte a interfaces DOM e SAX XML Class Generator Código fonte a partir de XML DTD ou Schema

Leia mais

Inclusão de Validação Biométrica

Inclusão de Validação Biométrica Inclusão de Validação Biométrica Ambiente : Planos de Saúde Data da publicação : 12/11/08 Data da revisão : 12/11/08 Versões : Protheus 8.11 Países : Brasil Sistemas operacionais : Windows Bancos de dados

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS DATASUS Gerenciador de Ambiente Laboratorial GAL Manual do Usuário Módulo Laboratório Manual de Operação_Módulo Laboratório_Controle

Leia mais

Módulo de Contrato Agora OS

Módulo de Contrato Agora OS Módulo de Contrato Agora OS O módulo de contrato irá permitir fazer o acompanhamento e cobrança de contratos através da criação de índices personalizados pelo cliente. Exemplo: Contrato de prestação de

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

APOSTILA DE INFORMÁTICA INTERNET E E-MAIL

APOSTILA DE INFORMÁTICA INTERNET E E-MAIL APOSTILA DE INFORMÁTICA INTERNET E E-MAIL Profa Responsável Fabiana P. Masson Caravieri Colaboração Empresa Júnior da Fatec Jales Monitora: Ângela Lopes Manente SUMÁRIO 1. INTERNET... 3 2. ACESSANDO A

Leia mais

Procedimento para Adequações às Mudanças Tecnológicas do Módulo Autorizador v4

Procedimento para Adequações às Mudanças Tecnológicas do Módulo Autorizador v4 Procedimento para Adequações às Mudanças Tecnológicas do Módulo Autorizador v4 Página 1 Índice Introdução... 3 Novo Portal da Farmácia... 4 Padronização do Cupom Vinculado... 5 Módulo de segurança... 6

Leia mais

Programação para Web HTML - Parte 2

Programação para Web HTML - Parte 2 Programação para Web HTML - Parte 2 Professor: Harlley Lima E-mail: harlley@decom.cefetmg.br Departamento de Computação Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Belo Horizonte, 2 de março

Leia mais

Os passos a seguir servirão de guia para utilização da funcionalidade Acordo Financeiro do TOTVS Gestão Financeira.

Os passos a seguir servirão de guia para utilização da funcionalidade Acordo Financeiro do TOTVS Gestão Financeira. Acordo Financeiro Produto : RM - Totvs Gestão Financeira 12.1.1 Processo : Acordo Financeiro Subprocesso : Template de Acordo Controle de Alçada Negociação Online Data da publicação : 29 / 10 / 2012 Os

Leia mais

Arquitecturas de Software Enunciado de Projecto 2007 2008

Arquitecturas de Software Enunciado de Projecto 2007 2008 UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Arquitecturas de Software Enunciado de Projecto 2007 2008 1 Introdução Na primeira metade da década de 90 começaram a ser desenvolvidas as primeiras

Leia mais

ACCESS-2007. 1) Introdução. 2) Abrindo um banco de dados. 3) A Janela do Access-2007

ACCESS-2007. 1) Introdução. 2) Abrindo um banco de dados. 3) A Janela do Access-2007 ACCESS-2007 1) Introdução O Access é um gerenciador de banco de dados relacionais. O Access começa perguntando se o usuário deseja começar um banco de dados novo ou se deseja abrir um já existente. A extensão

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 9 Manipulação de Usuários e Grupos

Sistema Operacional Unidade 9 Manipulação de Usuários e Grupos Sistema Operacional Unidade 9 Manipulação de Usuários e Grupos Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 MANIPULAÇÃO DE USUÁRIOS E GRUPOS... 3 #adduser... 3 Atributos de adduser... 3 #addgroup...

Leia mais

Manual do Usúario Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.3.1. Copyright Vivo 2014. http://vivosync.com.br

Manual do Usúario Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.3.1. Copyright Vivo 2014. http://vivosync.com.br Manual do Usuário Versão 1.3.1 Copyright Vivo 2014 http://vivosync.com.br 1 Vivo Sync... 3 2 Instalação do Vivo Sync... 4 3 Configurações... 7 3.1 Geral... 9 3.2 Fotos... 11 3.2.1 UpLoad:... 11 3.2.2 Download:...

Leia mais

Como Atualizar o SolidWorks Enterprise PDM. Atualização do Servidor

Como Atualizar o SolidWorks Enterprise PDM. Atualização do Servidor Como Atualizar o SolidWorks Enterprise PDM Atualização do Servidor Este tutorial tem como finalidade a explicação passo-a-passo de como realizar a atualização do SolidWorks enterprise PDM, seja ela para

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Nível de rede Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Redes de Computadores Nível de rede Aula 6 Aplicação Apresentação Sessão Transporte Rede Enlace Físico Protocolo nível de aplicação Protocolo nível

Leia mais

1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF)

1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF) Sessão Prática II JPA entities e unidades de persistência 1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF) a) Criar um Web Application (JPAsecond) como anteriormente:

Leia mais

DOCUMENTO DE REQUISITO DE SOFTWARE

DOCUMENTO DE REQUISITO DE SOFTWARE DOCUMENTO DE REQUISITO DE SOFTWARE PARTICIPANTES Belo Horizonte - 1

Leia mais