Seguro Automóvel. Sylvia Varoto Renata Struckas Claudia Wharton

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seguro Automóvel. Sylvia Varoto Renata Struckas Claudia Wharton"

Transcrição

1 Seguro Automóvel Sylvia Varoto Renata Struckas Claudia Wharton

2 Pauta da apresentação 1º Introdução ao Seguro de Automóvel 2º Conceitos de Seguro Auto 3º Principais Coberturas 4º Questionário de Avaliação de Risco 5º Processo de Regulação de Sinistro 6º Colóquio de Proteção do Consumidor de Seguros

3 Introdução ao Seguro de Automóvel

4 Introdução ao Seguro de Automóvel Mutualismo Uma associação que visa suportar coletivamente as perdas de eventos individuais, ao invés de deixar o indivíduo sozinho, sofrendo todas as consequências isoladamente.

5 Introdução ao Seguro de Automóvel Seguro "É a reposição das perdas, a compensação dos efeitos do acaso pela mutualidade, organizada segundo as leis da estatística, ou seja conforme as probabilidades. Chaufton 1884

6 Introdução ao Seguro de Automóvel Sobre o contrato de seguro A característica fundamental do contrato de seguro, é a boa fé, pois é um contrato de risco, sua aceitação e cálculo do prêmio, dependem basicamente das declarações feitas no momento da contratação através de um questionário de avaliação de risco.

7 Introdução ao Seguro de Automóvel Boa-fé -> Precificação -> Impacto na Coletividade As respostas dadas pelos segurados na proposta de contratação são a principal base para a correta precificação de sua apólice de seguro; Com base nas respostas, aquele segurado estará dentro de um subgrupo do fundo comum; Uma precificação mal feita, impacta a coletividade dos segurados; Um pagamento feito para um segurado que fez declarações que levaram a uma precificação errada (menor), gera prejuízo para a coletividade;

8 Conceitos de Seguro Automóvel

9 Conceitos Básicos Segurado Pessoa em relação à qual a seguradora assume a responsabilidade de determinados riscos, de acordo com a contratação. Terceiro O contrato de seguros possui uma relação bi-lateral entre segurado e a seguradora, quando o segurado, através de um sinistro, causa danos a outrem, passamos a ter um envolvido na relação segurado / seguradora, sendo esse envolvido denominado Terceiro.

10 Conceitos Básicos Condutor É a pessoa que dirige o carro segurado. Passageiros São as pessoas que estão no carro segurado. Apólice É o contrato que é feito entre segurado e seguradora. É nela que constam as informações do bem protegido, das coberturas contratadas e dos limites de cada cobertura. Proposta É o documento que é preenchido pelo segurado ou seu corretor com as informações do segurado, do bem que ele pretende proteger e as coberturas que ele pretende contratar.

11 Conceitos Básicos Prêmio É a quantia paga pelo segurado/consumidor à seguradora para receber a proteção de uma apólice de seguro. Bônus É um indicador de experiência do segurado junto a seguradora, pessoal e intransferível, em função de sinistros ocorridos e indenizados. Este indicador é avaliado a cada período de um ano de vigência de seguro. Franquia Participação obrigatória do segurado, em cada evento de sinistro indenizado, exceto nos prejuízos provenientes de raios e suas consequências, incêndio e explosão e nos casos de roubo com indenização integral.

12 Conceitos Básicos Sinistro Sinistro é a ocorrência de um evento coberto e indenizável, previsto no contrato de seguro, podendo se dar por diversas naturezas. Aviso/Regulação de Sinistro É o processo pelo qual a seguradora analisa os fatos e a documentação relacionada ao sinistro para verificar se existe cobertura securitária. Finaliza com a recusa ou o pagamento da indenização. Indenização É a quantia recebida pelo segurado em razão de um evento (sinistro) coberto. Podemos ter uma indenização integral ou parcial.

13 Principais Coberturas

14 Principais Coberturas Tipos de cobertura - Casco Básica 1 Compreensiva Colisão, Incêndio, Roubo e Furto Básica 2 - I.R. Incêndio, Roubo e Furto

15 Principais Coberturas RCF-V (Responsabilidade Civil Facultativa Veicular)

16 Principais Coberturas APP Acidentes Pessoais a Passageiros Morte Invalidez Permanente DMH (Despesas Médico-Hospitalares) Dano Moral Vidros Lanternas, Faróis e Retrovisores Assistência 24 Horas Carro Reserva

17 Questionário de Avaliação de Risco

18 Questionário de Avaliação de Risco Importância É por meio do questionário de avaliação de risco que a seguradora poderá avaliar corretamente o risco que irá assumir, verificando características do veículo, do segurado e da região em que ele irá circular. A partir de todas estas informações, será possível precificar corretamente de modo a garantir a saúde do fundo comum. Principais Perguntas: Nome e idade do principal condutor; CEP de pernoite; CEP de circulação; Extensão de cobertura para condutores entre 18 e 25 anos.

19 Processo de Regulação de Sinistro

20 Processo de Regulação Início O processo de regulação de sinistros inicia-se com o aviso pelo segurado para a seguradora. Comumente chamado de abertura de sinistro. Vistoria de constatação Realizada a abertura de sinistro pelo segurado, a seguradora agendará a vistoria de constatação. Esta vistoria é muito importante para que possa ser averiguada a extensão do dano. Tipos de Indenização Realizada a vistoria de constatação será informado ao segurado se o seu sinistro é de indenização parcial ou integral.

21 Tipos de Indenização Indenização Parcial As avarias de um sinistro que podem ser consertadas por um valor abaixo de 75% do valor do carro, conforme o critério adotado no contrato, são consideradas para efeito do seguro "perda parcial". A seguradora se responsabilizará pelo reparo do veículo, ficando o segurado responsável pelo pagamento da franquia (participação do segurado nos prejuízos) diretamente à oficina.

22 Tipos de Indenização Indenização Integral Será caracterizada quando os prejuízos indenizáveis pelas garantias básicas, decorrentes de danos causados ao veículo segurado por Colisão, nos casos de Roubo, Furto e Incêndio total do referido veículo, atingirem ou ultrapassarem 75% do valor médio do veículo, a ser aplicado sobre a tabela de referência estabelecida, em vigor na data do aviso de sinistro, desde que o veiculo segurado tenha sofrido danos a sua estrutura que inviabilizem sua recuperação, segundo os requisitos de segurança para circulação em vias públicas.

23 Indenização Parcial A indenização parcial será o pagamento que a cia seguradora irá efetuar ao reparador do veiculo pelos danos decorrentes do sinistro Para esse tipo de análise são solicitados documentos de acordo com a característica do sinistro. OBS.: Mesmo que porventura o segurado não utilize a sua apólice, poderá ser solicitada a constatação de danos do seu veiculo para que seja verificada a compatibilidade dos danos, para atendimento ao veiculo reclamante (terceiro).

24 Indenização Integral Quando ocorrer a indenização integral o segurado irá receber a quantia equivalente ao valor atribuído por ele ao automóvel e isto irá provocar a extinção da apólice de seguro. Para que o segurado possa receber a indenização integral será necessário que ele entregue toda a documentação do veículo, livre e desembaraçado. Esta documentação é necessária porque a propriedade do veículo que será indenizado passa a ser da seguradora. Quando veículo é financiado, o segurado deverá primeiramente quitar o financiamento, para depois receber a indenização.

25 Colóquio de Proteção do Consumidor de Seguros

26 Pontos Apresentados Seguro Auto Negativa de Cobertura O motivo da negativa da cobertura segue para o consumidor de forma explicada e formalizada. A reanálise pode ser solicitada, bem como, todo e qualquer esclarecimento. Importante! Conservação, segurança e comunicação de alterações que ocorram com o veículo, endereço e dados do questionário de avalição de risco. O risco não pode ser agravado. Destacamos aqui os motivos mais recorrentes: Culpa não caracterizada; Atos ilícitos: embriaguez, Pega/Racha...; Omissão de informação perfil contratual; Veículo sem seguro.

27 Pontos Apresentados Seguro Auto Não disponibilização de apólice e outros documentos relevantes para o consumidor: A REGRA GERAL É O ENVIO DE TODA DOCUMENTAÇÃO A PARTIR DA IMPLANTACAO DA APÓLICE. Caso isso não aconteça, é resolvido da seguinte forma: O Corretor de seguro pode providenciar a 2ª via de todas as documentações; O segurado ou o corretor podem solicitar por meio dos canais disponíveis. Ex.: site, centrais de relacionamento... OBS.: funcionários e corretores são capacitados para que seja dado todo o suporte necessários aos consumidores.

28 Pontos Apresentados Seguro Auto Serviço de Assistência ( Complementar) De forma geral garantem, em caso de pane ou acidente, a prestação de socorro ao veículo segurado e seus ocupantes, como reparo mecânico no local ou guincho sem ou com limite de quilometragem. Coberturas como chaveiro, troca de pneu, hospedagem em caso de impossibilidade de retorno, geralmente estão incluídas neste tipo de serviço. As coberturas oferecidas no mercado, podem ter variação. Importante! Analisar se as coberturas que serão contratadas, atendem à expectativa! E se não atender? Há possibilidade de realização de inclusão, substituição de determinada cobertura por meio do procedimento de endosso.

29 Pontos Apresentados Seguro Auto CONTRATAÇÃO A partir desse momento a seguradora terá até 15 dias para analisar a proposta. Importante! Neste período o veículo estará assegurado. PROCESSO DE SINISTRO Realizar Aviso de Sinistro (SITE, CENTRAIS, CORRETOR) A vistoria será realizada Após entrega de toda a documentação, A seguradora tem até 30 dias para analisar, negar ou liberar reparo ou Indenizar ( conforme coberturas contratadas). Em caso de reparo, o consumidor poder escolher a oficina (referenciada ou não). O consumidor pode acompanhar o andamento do processo de sinistro. A análise só poderá ser concluída após a entrega de toda documentação. Em média, anualmente o mercado de seguro Auto Regula mais de 6Mi de sinistros e Indeniza mais de 18Bi de reais!

30

31 Obrigada!

COORDENAÇÃO DA SECRETARIA DO CONSELHO DIRETOR E CNSP

COORDENAÇÃO DA SECRETARIA DO CONSELHO DIRETOR E CNSP Nasce, oficialmente, o Seguro Popular de Automóvel SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS S E C R E TA R I A - G E R A L COORDENAÇÃO DA SECRETARIA DO CONSELHO DIRETOR E CNSP RESOLUÇÃO No-336, DE 31 DE MARÇO

Leia mais

GUIA DE ASSISTÊNCIA FLEX

GUIA DE ASSISTÊNCIA FLEX GUIA DE ASSISTÊNCIA Fique tranquilo: a QBE está aqui para te ajudar, 24h por dia. Aproveite todos os benefícios do seguro feito sob medida para as suas necessidades. FLEX SEGURO AUTO SOB MEDIDA, NO BOLSO

Leia mais

BENEFÍCIOS PARA O CARRO / ASSISTÊNCIA 24 HORAS

BENEFÍCIOS PARA O CARRO / ASSISTÊNCIA 24 HORAS BENEFÍCIOS PARA O CARRO / ASSISTÊNCIA 24 HORAS Atendimento em todo Brasil para falhas mecânica, elétrica e falta de combustível Guincho sem limite de quilometragem Serviços de chaveiro e troca de pneus

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PINHEIRO ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PINHEIRO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE CONVITE Nº 006/2013 processo nº 103/13 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11/07/2013 até às 09h30. ABERTURA E JULGAMENTO: 11/07/2013 às 10h00. A Comissão Permanente de Licitação

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto Prestação de serviços de seguro, para o imóvel locado para a Subseção do Conselho Regional de Enfermagem Coren/MS, localizado em Dourados/MS, bem como o acervo de bens, compreendidos

Leia mais

ACE E&O ADVANTAGE Seguro de Responsabilidade Civil para Escritórios de Advocacia

ACE E&O ADVANTAGE Seguro de Responsabilidade Civil para Escritórios de Advocacia A Importância do Seguro de Responsabilidade Civil Profissional O seguro de Responsabilidade Civil Profissional visa cobrir as reclamações feitas por terceiros (principalmente clientes), decorrentes de

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições Câmara Técnica 3ª reunião PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES Entidades que enviaram contribuições

Leia mais

MANUAL DO CONDUTOR SERVIÇO DE GESTÃO DE FROTAS. anos. anos

MANUAL DO CONDUTOR SERVIÇO DE GESTÃO DE FROTAS. anos. anos 93 13 MANUAL DO CONDUTOR SERVIÇO DE GESTÃO DE FROTAS anos 93 13 anos INTRODUÇÃO Exmo.(a) Senhor(a), Seja bem-vindo à FINLOG Gestão de Frotas. Reunimos neste Manual um conjunto de informações que visam

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE SINISTRO NO PORTAL DE SERVIÇOS

INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE SINISTRO NO PORTAL DE SERVIÇOS INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE SINISTRO NO PORTAL DE SERVIÇOS Passo 1 No Portal, clique em Sinistro. Passo 2 Escolha a opção Avisar um Sinistro. Passo 3 Na Tela Produtos, clique no campo Automóvel. Passo

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTO V.WEISS & CIA LTDA PROCEDIMENTO PADRÃO PARA VIAGEM A SERVIÇO ATUALIZADO: JULHO/2015 V.WEISS & CIA LTDA

MANUAL DE PROCEDIMENTO V.WEISS & CIA LTDA PROCEDIMENTO PADRÃO PARA VIAGEM A SERVIÇO ATUALIZADO: JULHO/2015 V.WEISS & CIA LTDA Julho/2015 Índice Sumário 1. Envolvidos... 3 2. Formulários Envolvidos... 3 2.1. Relatório de Solicitação de Viagem (anexo 02).... 3 2.2. Relatório de Prestação de Contas (anexo 03).... 3 3. Procedimentos...

Leia mais

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS. CIRCULAR N 016, de 4 de junho de 1973

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS. CIRCULAR N 016, de 4 de junho de 1973 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR N 016, de 4 de junho de 1973 Altera dispositivos das Normas de Seguros Aeronáuticos Circular n 19/71, da SUSEP. O SUPERINTENDENTE

Leia mais

GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda

GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda Estas Condições Gerais de Venda anulam automaticamente todas as anteriores. EXCEPTO QUANDO EXPRESSAMENTE ACORDADO EM CONTRÁRIO POR ESCRITO, TODAS AS VENDAS ESTÃO SUJEITAS

Leia mais

BB Crédito Imobiliário

BB Crédito Imobiliário Selecione a Linha de Crédito Aquisição PF PMCMV Aquisição PF PMCMV Convênios Aquisição PF FGTS Pró-Cotista Aquisição FGTS PF Aquisição PF FGTS Convênios Dados da Agência acolhedora / condutora da Operação

Leia mais

REGULAMENTO APOIO 24 HORAS PARA ASSOCIADOS DA ASSOCIAÇÃO CLUBEMAX DE BENEFÍCIOS

REGULAMENTO APOIO 24 HORAS PARA ASSOCIADOS DA ASSOCIAÇÃO CLUBEMAX DE BENEFÍCIOS cortar REGULAMENTO APOIO 24 HORAS PARA ASSOCIADOS DA ASSOCIAÇÃO CLUBEMAX DE BENEFÍCIOS CONVÊNIO ÔMEGA SERVICE. DOCUMENTO REGISTRADO EM CARTÓRIO DE TÍTULOS PROIBIDA REPRODUÇÃO INTEIRA OU PARCIAL DIREITOS

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003 DE 20 DE JANEIRO DE 2011.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003 DE 20 DE JANEIRO DE 2011. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003 DE 20 DE JANEIRO DE 2011. Estabelece os procedimentos técnicos e operacionais complementares à Portaria 2.220/2010, que trata dos prazos para inclusão, alteração e/ou cancelamento

Leia mais

CLASSE 12: PLANOS DE SEGUROS DAS CONCESSIONÁRIAS DO STFC

CLASSE 12: PLANOS DE SEGUROS DAS CONCESSIONÁRIAS DO STFC TÍTULO DO DOCUMENTO Nº DO DOCUMENTO METODOLOGIA PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE DAS OBRIGAÇÕES DAS SRF.MT. 012 PRESTADORAS DO SERVIÇO TELEFÔNICO VERSÃO VIGÊNCIA FIXO COMUTADO - STFC 1 17/04/2006 CLASSE

Leia mais

Seguros BUSINESS SILVER. Acidentes Pessoais em Viagem

Seguros BUSINESS SILVER. Acidentes Pessoais em Viagem BUSINESS SILVER Seguros Acidentes Pessoais em Viagem 50.000 Válido em viagem para todo o titular do cartão, desde que seja exibido o título de Morte ou invalidez permanente em consequência de acidente

Leia mais

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A SEGUROS Manual de Seguros Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A 2013 SUMÁRIO 1. CONCEITOS... 3 1.1. Objeto do Seguro... 3 1.2. Tipos de Seguro... 3 1.3. Vigência... 3 2. COBERTURAS ADICIONAIS... 4 2.1. Responsabilidade

Leia mais

Portfólio SulAmérica Auto

Portfólio SulAmérica Auto Portfólio SulAmérica Auto Auto Tradicional Produto Tradicional de prateleira, voltado para a maioria dos perfis de clientes. Auto Mulher Produto para mulheres, com garantias, serviços e benefícios exclusivos.

Leia mais

SUHAISEGUROS.COM.BR. Tudo o que você precisa saber sobre seguro para motos

SUHAISEGUROS.COM.BR. Tudo o que você precisa saber sobre seguro para motos SUHAISEGUROS.COM.BR Tudo o que você precisa saber sobre seguro para motos 1 2 Sumário Você encontrará em nosso ebook as 24 principais dúvidas sobre o seguro para motos e algumas dicas para proteger o seu

Leia mais

Auditoria de Meio Ambiente da SAE/DS sobre CCSA

Auditoria de Meio Ambiente da SAE/DS sobre CCSA 1 / 8 1 OBJETIVO: Este procedimento visa sistematizar a realização de auditorias de Meio Ambiente por parte da SANTO ANTÔNIO ENERGIA SAE / Diretoria de Sustentabilidade DS, sobre as obras executadas no

Leia mais

Modem ADSL 2+ Modelo GKM 1220. Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras.

Modem ADSL 2+ Modelo GKM 1220. Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. GUIA DE INSTALAÇÃO Modem ADSL 2+ Modelo GKM 1220 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O Modem ADSL 2+ GKM 1220 oferece uma solução completa e prática para

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRAS PREGÃO ELETRÔNICO DAC N 26/2010

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRAS PREGÃO ELETRÔNICO DAC N 26/2010 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRAS PREGÃO ELETRÔNICO DAC N 26/2010 RELATÓRIO SOBRE A IMPUGNAÇÃO APRESENTADA PELA VIVO S/A. I - EXPOSIÇÃO A VIVO S/A, sociedade

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO

CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO (minuta) Pelo presente instrumento, de um lado SINDICATO DOS SERVENTUÁRIOS DA JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ, CNPJ 84.409.051/0001-61, representada neste

Leia mais

GUIA PRÁTICO PESSOA SINGULAR ALTERAÇÃO DE DADOS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO PESSOA SINGULAR ALTERAÇÃO DE DADOS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO PESSOA SINGULAR ALTERAÇÃO DE DADOS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Pessoa Singular Alteração de Dados (1006 v4.27) PROPRIEDADE Instituto da Segurança Social,

Leia mais

FREGUESIA DE QUIAIOS NIPC 510 833 535

FREGUESIA DE QUIAIOS NIPC 510 833 535 PROGRAMA DE HASTA PÚBLICA Para atribuição do direito de ocupação efetiva de natureza precária da loja n.º 4 no Mercado de Quiaios Artigo 1.º Identificação A loja objeto de hasta pública localiza-se no

Leia mais

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO À INSTRUÇÃO N.º 12/2013 - (BO N.º 6, 17.06.2013) Temas SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO II FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO

Leia mais

Contratar um plano de saúde é uma decisão que vai além da pesquisa de preços. Antes de

Contratar um plano de saúde é uma decisão que vai além da pesquisa de preços. Antes de Planos de saúde: Sete perguntas para fazer antes de contratar Antes de aderir a um plano de saúde, o consumidor precisa se informar sobre todas as condições do contrato, para não correr o risco de ser

Leia mais

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT.

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Versão: 16/03/12 As instruções abaixo aplicam-se a todas as Operações de Transportes

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE 1. OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3268-3100. 2. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Servidores Ativos/Inativos; Aposentados; Cedidos; Pensionistas

Leia mais

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO À INSTRUÇÃO N.º 12/2013 - (BO N.º 6, 17.06.2013) Temas SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO I FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

Leia mais

BENEFÍCIOS DO GRUPO PRINCIPAL CONDOMÍNIO

BENEFÍCIOS DO GRUPO PRINCIPAL CONDOMÍNIO BENEFÍCIOS DO GRUPO PRINCIPAL CONDOMÍNIO BENEFÍCIOS QUE A ASSOCIAÇÃO PAGA UMA PARTE PARA OS ASSOCIADOS 03. Seguro do Condomínio: Pago pela Associação, se o fizer conosco, até 40% do Prêmio Líquido, para

Leia mais

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão Business Travel Bradesco

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão Business Travel Bradesco Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão Business Travel Bradesco SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão Business Travel Bradesco. IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO

Leia mais

CHUBB GROUP OF INSURANCE COMPANIES

CHUBB GROUP OF INSURANCE COMPANIES CHUBB GROUP OF INSURANCE COMPANIES EXTENSÃO DE GARANTIA MÊCANICA JM&A Assistência 24 horas 0800 778 91 29 (Brasil) 55 (11) 4133 6017 (Países Mercosul) 2 EXTENSÃO DE GARANTIA MECÂNICA JM&A ÍNDICE 1 - DEFINIÇÕES...

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES Pelo presente instrumento particular de contrato, de um lado a ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS CATARINENSES,

Leia mais

Adotada Total / Parcial. Fundamento da não adoção. Recomendação. Não adotada. 1. Princípios Gerais

Adotada Total / Parcial. Fundamento da não adoção. Recomendação. Não adotada. 1. Princípios Gerais / 1. Princípios Gerais As instituições devem adotar uma política de remuneração consistente com uma gestão e controlo de riscos eficaz que evite uma excessiva exposição ao risco, que evite potenciais conflitos

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA ESCOLA DE GOVERNO DO PARANÁ CENTRAL DE ESTÁGIO

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA ESCOLA DE GOVERNO DO PARANÁ CENTRAL DE ESTÁGIO A Lei Federal Nº 11.788/2008 em seu Art. 2 1º, determina que Estágio obrigatório é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma. Para

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

PROJETO BÁSICO Nº 01/2015 - NUTAN

PROJETO BÁSICO Nº 01/2015 - NUTAN COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA - TERRACAP DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA E DE PESSOAS - DIGAP GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAT - NÚCLEO DE TRANSPORTES - NUTAN PROJETO BÁSICO Nº 01/2015 - NUTAN 1

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CHAMADA INTERNA PROEX Nº 02/2014 PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CHAMADA INTERNA PROEX Nº 02/2014 PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Avenida Rio Branco, 0 Santa Lúcia 906- Vitória ES 7 7-7 CHAMADA INTERNA PROEX Nº 0/0 PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS A Pró-Reitoria

Leia mais

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros PARABÉNS, Você acaba de adquirir um seguro personalizado com a garantia da Durango. Obrigado por contratar nossos serviços. Aqui você irá encontrar uma equipe preparada para te atender com a credibilidade,

Leia mais

Contrato de Câmbio na Exportação.

Contrato de Câmbio na Exportação. Contrato de Câmbio na Exportação. A Momento da Contratação B Liquidação do contrato de câmbio C Alteração D Cancelamento E Baixa do Contrato de Câmbio F Posição de Câmbio: nivelada, comprada e vendida.

Leia mais

RESENHAS REVIEWS RESPONSABILIDADE CIVIL DA ATIVIDADE MÉDICA NO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR

RESENHAS REVIEWS RESPONSABILIDADE CIVIL DA ATIVIDADE MÉDICA NO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR 248 RESENHAS REVIEWS RESPONSABILIDADE CIVIL DA ATIVIDADE MÉDICA NO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR Octávio Luiz Motta Ferraz Elsevier, Rio de Janeiro, 2009 Estela Waksberg Guerrini ( * ) Não é preciso explicar

Leia mais

MPS. Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde ANEXO I SÃO PAULO ANS N 31004-2 PLANOS ODONTOLÓGICOS

MPS. Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde ANEXO I SÃO PAULO ANS N 31004-2 PLANOS ODONTOLÓGICOS MPS ANEXO I Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde ANS N 31004-2 SÃO PAULO PLANOS ODONTOLÓGICOS 1 ANEXO I UNIODONTO DE SÃO PAULO SÃO PAULO PLANOS ODONTOLÓGICOS CNPJ: 51.701.878/0001-95

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço 1 - Aplicação Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 030 - Plano Online 500MB Requerimento de Homologação Nº 8886 Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela autorizatária CLARO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO REDE SCB REDE DOS SERVIÇOS DE CRÉDITO DO BRASIL LTDA. PROGRAMA "De Olho no Ponto"

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO REDE SCB REDE DOS SERVIÇOS DE CRÉDITO DO BRASIL LTDA. PROGRAMA De Olho no Ponto REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO REDE SCB REDE DOS SERVIÇOS DE CRÉDITO DO BRASIL LTDA. PROGRAMA "De Olho no Ponto" 1º. Registro nº. 1.372.079, de 21 de setembro de 2012 5º Oficial de Registro

Leia mais

LEI ORDINÁRIA MUNICIPAL Nº 2634, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2013.

LEI ORDINÁRIA MUNICIPAL Nº 2634, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2013. LEI ORDINÁRIA MUNICIPAL Nº 2634, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2013. Disciplina normas de controle para as rotinas da frota e transporte municipal e da outras providências. SÉRGIO DE MELLO, PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

FAQ MasterCard Gold. 2. Depois de quanto tempo a partir da data da compra, posso receber o reembolso, se eu achar um produto mais barato?

FAQ MasterCard Gold. 2. Depois de quanto tempo a partir da data da compra, posso receber o reembolso, se eu achar um produto mais barato? Proteção de Preço FAQ MasterCard Gold 1. O que é a cobertura Proteção de Preços? A cobertura de Proteção de Preços, garante a segurança de comprar e pagar o melhor preço. Fazendo suas compras com MasterCard

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO - CGE/MT

ESTADO DE MATO GROSSO CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO - CGE/MT Orientação Técnica 0002/2015 UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS INTERESSADO: C/ CÓPIA: ASSUNTO: SECRETÁRIOS DE ESTADO E PRESIDENTES DE AUTARQUIAS,FUNDAÇÕES, EMPRESAS E DEMAIS ENTIDADES

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental - (PRSA) Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA).

Política de Responsabilidade Socioambiental - (PRSA) Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA). Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA). Versão 2.0 Fevereiro/2016 1 Histórico de Alterações Versão Data Responsável Alterações/Observações 1.0 Julho/15 2.0 Fevereiro/16 Jeniffer Caroline Rugik

Leia mais

EDITAL nº 092/2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA DO IPA EDITAL DE SELEÇÃO DE DOCENTE

EDITAL nº 092/2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA DO IPA EDITAL DE SELEÇÃO DE DOCENTE EDITAL nº 092/2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA DO IPA EDITAL DE SELEÇÃO DE DOCENTE A Coordenadoria de Graduação do Centro Universitário Metodista, do IPA, e a Gestão de Pessoas, no uso de suas atribuições,

Leia mais

SPED Contábil - Versão 3.1.9

SPED Contábil - Versão 3.1.9 SPED Contábil - Versão 3.1.9 A Escrituração Contábil Digital (ECD) é parte integrante do projeto SPED e tem por objetivo a substituição da escrituração em papel pela escrituração transmitida via arquivo,

Leia mais

Dos Serviços de Obras, Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Sanitária.

Dos Serviços de Obras, Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Sanitária. Dos Serviços de Obras, Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Sanitária. - Planejar, programar, executar, avaliar, capacitar, orientar e fiscalizar as atividades relacionadas à análise, avaliação e aprovação

Leia mais

Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização

Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização Atualizado em 02/07/15 Pág.: 1/9 SUMÁRIO Introdução... 3 1. Índice de nacionalização... 3 2. Objetivo da planilha... 4 3. O preenchimento

Leia mais

Brazilian Depositary Receipt BDR Nível I Não Patrocinado

Brazilian Depositary Receipt BDR Nível I Não Patrocinado Renda Variável Brazilian Depositary Receipt BDR Nível I Não Patrocinado O produto Os Brazilian Depositary Receipts Nível I Não Patrocinados (BDR NP) são valores mobiliários, emitidos no Brasil por instituições

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DO TRAIRI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DO TRAIRI Normas internas para empréstimo de equipamentos e materiais da Clínica Escola de Fisioterapia da FACISA I. Condições gerais Art.1. A Clínica Escola de Fisioterapia poderá ceder, por empréstimo, equipamentos

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013 RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013 SP Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 4º andar Itaim Bibi São Paulo SP CEP: 04542000 Tel: (11) 30737400 Fax: (11) 30737404

Leia mais

Promoção Brasilprev no bb.com.br REGULAMENTO

Promoção Brasilprev no bb.com.br REGULAMENTO Promoção Brasilprev no bb.com.br REGULAMENTO 1. A PROMOÇÃO 1.1. A promoção Brasilprev no bb.com.br, adiante Promoção, é realizada pela Brasilprev Seguros e Previdência S/A, inscrita no CNPJ/MF sob o nº

Leia mais

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema Abaixo explicamos a utilização do sistema e qualquer dúvida ou sugestões relacionadas a operação do mesmo nos colocamos a disposição a qualquer horário através do email: informatica@fob.org.br, MSN: informatica@fob.org.br

Leia mais

QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES

QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES Item 1.2 Grupo 1 do termo de referencia No grupo 1 o órgão solicita protocolo ISDN. Solicitamos que seja permitido o protocolo

Leia mais

Mercedes Assistance 24h B09923122. O seu Caminho Certo e Seguro

Mercedes Assistance 24h B09923122. O seu Caminho Certo e Seguro Mercedes Assistance 24h B09923122 O seu Caminho Certo e Seguro Prezado Cliente, É um grande orgulho parabenizá-lo pela aquisição de seu Mercedes-Benz! Acreditamos que qualidade e pioneirismo são características

Leia mais

Termos e Condições. Bem-vindo ao site de Internet da Telemedia - Promoção 20% - que disponibiliza descontos em equipamentos de televisão Samsung.

Termos e Condições. Bem-vindo ao site de Internet da Telemedia - Promoção 20% - que disponibiliza descontos em equipamentos de televisão Samsung. Termos e Condições Bem-vindo ao site de Internet da Telemedia - Promoção 20% - que disponibiliza descontos em equipamentos de televisão Samsung. 1. Condições Gerais 1.1 A utilização do site: http://www.campanha.telemediaportugal.com,

Leia mais

WEBDESK SURFLOG. http://webdesk.surflog.com.br MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0.1

WEBDESK SURFLOG. http://webdesk.surflog.com.br MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0.1 http://webdesk.surflog.com.br MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0.1 SUMÁRIO Introdução... 3 O Webdesk Surflog... 4 Acessando o Webdesk... 5 Funções do Webdesk... 7 Envio de avisos por e-mail pelo Webdesk... 8

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETIVO: o presente projeto visa a contratação de seguro para os veículos, especificados no Anexo a este termo: Relação e Dados dos Veículos para Contratação do Seguro,

Leia mais

Curso de Formação em Licenciamento e Fiscalização Ambiental. Marconi Vieira da Silva Engenheiro Ambiental Hybsen Silva Pinheiro Engenheiro Agrônomo

Curso de Formação em Licenciamento e Fiscalização Ambiental. Marconi Vieira da Silva Engenheiro Ambiental Hybsen Silva Pinheiro Engenheiro Agrônomo Curso de Formação em Licenciamento e Fiscalização Ambiental Marconi Vieira da Silva Engenheiro Ambiental Hybsen Silva Pinheiro Engenheiro Agrônomo LICENCIAMENTO AMBIENTAL Licenciamento Ambiental Procedimento

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS. Prazos; Envio de propostas; Política de Aceite; Endossos; Bônus; Vistorias Prévias; - 1 -

TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS. Prazos; Envio de propostas; Política de Aceite; Endossos; Bônus; Vistorias Prévias; - 1 - TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS Prazos; Envio de propostas; Política de Aceite; Endossos; Bônus; Vistorias Prévias; Resumo Abril de 2013-1 - Indice Procedimentos na cotação... 3 Envio de

Leia mais

Programa Gulbenkian de Língua e Cultura Portuguesas REGULAMENTO DO CONCURSO DE APOIO A CONGRESSOS NOS DOMÍNIOS DA LÍNGUA E DA CULTURA PORTUGUESAS

Programa Gulbenkian de Língua e Cultura Portuguesas REGULAMENTO DO CONCURSO DE APOIO A CONGRESSOS NOS DOMÍNIOS DA LÍNGUA E DA CULTURA PORTUGUESAS REGULAMENTO DO CONCURSO DE APOIO A CONGRESSOS NOS DOMÍNIOS DA LÍNGUA E DA CULTURA PORTUGUESAS 2014 Enquadramento A Fundação Calouste Gulbenkian (Fundação), através de concurso, vai conceder apoio à organização

Leia mais

Manual do usuário Certificado Digital

Manual do usuário Certificado Digital Manual do usuário Certificado Digital Parabéns Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Índice Importante 03 O que é um Certificado Digital? 04 Instalação

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental Criação: junho/2015 Page 1 of 5 1. OBJETIVOS A Política de Responsabilidade Socioambiental ( PRSA ou Política ) tem o objetivo de estabelecer os princípios,

Leia mais

ANEXO I EDITAL - CONVITE nº 008/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.017.798/2005 PROJETO BÁSICO

ANEXO I EDITAL - CONVITE nº 008/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.017.798/2005 PROJETO BÁSICO ANEXO I EDITAL - CONVITE nº 008/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.017.798/2005 PROJETO BÁSICO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DO SISTEMA DE AR CONDICIONADO ESCRITÓRIO REGIONAL

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande FURG Pró-Reitoria de Graduação Secretária Geral de Educação a Distância

Universidade Federal do Rio Grande FURG Pró-Reitoria de Graduação Secretária Geral de Educação a Distância Universidade Federal do Rio Grande FURG Pró-Reitoria de Graduação Secretária Geral de Educação a Distância EDITAL DE SELEÇÃO PARA TUTORES A DISTÂNCIA Programa Pró-Licenciatura Edital 02/2008 A Pró-reitora

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. Estabelece procedimentos relacionados com a instrução de processos de autorização para funcionamento, alterações

Leia mais

(4) Não efetuamos alterações nem adaptações de qualquer natureza no software visando adaptar ao uso específico dos usuários.

(4) Não efetuamos alterações nem adaptações de qualquer natureza no software visando adaptar ao uso específico dos usuários. LEIA COM ATENÇÃO: (1) Os TERMOS DE USO dos SOFTWARES disponibilizados no SITE, são regidos pelo CONTRATO DE ADESÃO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE, exibido abaixo. Caso não aceite os termos de uso, não utilize

Leia mais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Edital n 014/2010 DEAD / IFMA Seleção Simplificada

Leia mais

Resolução da Lista de Exercício 6

Resolução da Lista de Exercício 6 Teoria da Organização e Contratos - TOC / MFEE Professor: Jefferson Bertolai Fundação Getulio Vargas / EPGE Monitor: William Michon Jr 10 de novembro de 01 Exercícios referentes à aula 7 e 8. Resolução

Leia mais

Guia de Utilização para Beneficiários do Plano de Assistência e Saúde PAS, com cobertura adicional da CAMED

Guia de Utilização para Beneficiários do Plano de Assistência e Saúde PAS, com cobertura adicional da CAMED Guia de Utilização para Beneficiários do Plano de Assistência e Saúde PAS, com cobertura adicional da CAMED 1 Guia de Utilização para Beneficiários do Plano de Assistência e Saúde PAS, com cobertura adicional

Leia mais

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Renda Fixa Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI O produto O Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) é um título que gera um direito de crédito ao

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO CLARO FONE FALE FIXO PLANO ALTERNATIVO N 112 - LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO CLARO FONE FALE FIXO PLANO ALTERNATIVO N 112 - LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO CLARO FONE FALE FIXO PLANO ALTERNATIVO N 112 - LC Empresa Empresa Claro S/A, incorporadora da Embratel S.A., autorizada do STFC na modalidade Local. Nome do Plano Plano CLARO

Leia mais

CONSIDERANDO a transparência e segurança que resultará da implementação do novo modelo gerencial para a definição da política tarifária;

CONSIDERANDO a transparência e segurança que resultará da implementação do novo modelo gerencial para a definição da política tarifária; DECRETO Nº 5.636/2006 João Pessoa (PB) 10 de Maio de 2006 INSTITUI OS SISTEMAS DE BILHETAGEM ELETRÔNICA E GESTÃO EM TRANSPORTES NOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS POR ÔNIBUS DE JOÃO PESSOA,

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento SUMÁRIO 1. Propósito 2. Abrangência 3. Política 3.1 Princípios Fundamentais 3.2 Diretrizes Socioambientais

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO

PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO O Programa de Voluntários do FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS FMDH lhe da às boas vindas! Apresentamos, a seguir, orientações aos interessados em atuar

Leia mais

AGORA? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas.

AGORA? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas. EO que AGORA? eu faço? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas. CADASTRO E PAGAMENTO Quer mais facilidade para seu dia a dia? Perdeu o boleto? O site Azul Seguros oferece diversos serviços para

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 48/2012

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 48/2012 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 48/2012 Dispõe sobre Processo Seletivo de Funcionário para as vagas de Auxiliar Administrativo I e Auxiliar Administrativo IV para o Centro Universitário - Católica de Santa

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA

FACULDADE DE ODONTOLOGIA FACULDADE DE ODONTOLOGIA ANEXO II REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES I Das Atividades Artigo 1º As Atividades Complementares estão de acordo com as políticas do Conselho Nacional de Educação

Leia mais

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO NORMA Nº: NIE-CGCRE-140 APROVADA EM DEZ/2015 Nº 01/07 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Histórico

Leia mais

POLÍTICA ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ÍNDICE. 1. Objetivo...2. 2. Abrangência...2. 3. Definições...2. 4. Diretrizes...3. 5. Materialidade...

POLÍTICA ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ÍNDICE. 1. Objetivo...2. 2. Abrangência...2. 3. Definições...2. 4. Diretrizes...3. 5. Materialidade... ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Folha 1/8 ÍNDICE 1. Objetivo...2 2. Abrangência...2 3. Definições...2 4. Diretrizes...3 5. Materialidade...7 Folha 2/8 1. Objetivos 1. Estabelecer as diretrizes que devem orientar

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER UNIVERSIDADES/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2016

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER UNIVERSIDADES/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2016 REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER UNIVERSIDADES/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2016 Este concurso visa reforçar a cooperação existente entre a Universidade de Coimbra (UC) e as instituições suas parceiras,

Leia mais

Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009

Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009 Auditoria e Análise de Segurança da Informação Forense Computacional Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009 Forense Computacional 2 Forense Computacional A forense computacional pode ser definida

Leia mais

Minuta de Instrução Normativa

Minuta de Instrução Normativa Minuta de Instrução Normativa INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº [NÚMERO], DE Dispõe sobre o Plano Anual de Atividades de Auditoria Interna (Paint), os aspectos relativos aos trabalhos de auditoria e o Relatório Anual

Leia mais

Normas do Programa Municipal de Férias e Tempos Livres para Crianças e Jovens do Concelho de Aljustrel

Normas do Programa Municipal de Férias e Tempos Livres para Crianças e Jovens do Concelho de Aljustrel MUNICÍPIO DE ALJUSTREL CÂMARA MUNICIPAL Normas do Programa Municipal de Férias e Tempos Livres para Crianças e Jovens do Concelho de Aljustrel 1- Definição a) O Programa Municipal de Férias e Tempos livres

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA ATENDIMENTO EMERGENCIAL DE FORNECEDORES

PROCEDIMENTO PARA ATENDIMENTO EMERGENCIAL DE FORNECEDORES PROCEDIMENTO PARA ATENDIMENTO EMERGENCIAL DE FORNECEDORES 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. FINALIDADE...3 3. ABRANGÊNCIA...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. ETAPAS...4 6. RESPONSABILIDADES...5 7. ANEXOS...6 2 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE PESQUISA MÉDICA (PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO PARA SEGURO DE VIDA EM GRUPO (VG) E ACIDENTES PESSOAIS (AP))

AUTORIZAÇÃO DE PESQUISA MÉDICA (PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO PARA SEGURO DE VIDA EM GRUPO (VG) E ACIDENTES PESSOAIS (AP)) AUTORIZAÇÃO DE PESQUISA MÉDICA (PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO PARA SEGURO DE VIDA EM GRUPO (VG) E ACIDENTES PESSOAIS (AP)) Eu, (Nome Completo e Legível do(a) Segurado(a)), autorizo, na qualidade de Segurado(a),

Leia mais

ARGANIL INVESTE MAIS REGULAMENTO DE APOIO A INICIATIVAS ECONÓMICAS DE INTERESSE MUNICIPAL. Nota Justificativa

ARGANIL INVESTE MAIS REGULAMENTO DE APOIO A INICIATIVAS ECONÓMICAS DE INTERESSE MUNICIPAL. Nota Justificativa ARGANIL INVESTE MAIS REGULAMENTO DE APOIO A INICIATIVAS ECONÓMICAS DE INTERESSE MUNICIPAL Nota Justificativa Considerando que a competitividade da economia concelhia está na primeira linha das preocupações

Leia mais

Estágio supervisionado

Estágio supervisionado Estágio supervisionado - O QUE É? - COMO FUNCIONA? - CARACTERÍSTICAS - OBJETIVO - CONTEÚDO É uma atividade de complementação acadêmica nos moldes estabelecidos pelas Diretrizes Curriculares fixadas pelo

Leia mais

MENSAGEM Nº 006/2014. ASSUNTO: Envia Projeto de Lei

MENSAGEM Nº 006/2014. ASSUNTO: Envia Projeto de Lei MENSAGEM Nº 006/2014 Prefeitura Municipal de Jacutinga ASSUNTO: Envia Projeto de Lei Estância Hidromineral Cep 37590-000 SERVIÇO: Gabinete do Prefeito Telefone (035)3443-1022 CNPJ 17.914.128/0001-63 Jacutinga/MG

Leia mais

Minuta Circular Normativa

Minuta Circular Normativa Minuta Circular Normativa 1. INTRODUÇÃO 1.1. Objetivo a) Estabelecer princípios e diretrizes para orientar as ações de natureza socioambiental nos negócios da Desenbahia e no seu relacionamento com clientes

Leia mais

Desafio da Paz Servidores Municipais

Desafio da Paz Servidores Municipais REGULAMENTO Concurso Cultural Desafio da Paz Servidores Municipais BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. Avenida Juscelino Kubitscheck, 2041 e 2.235 São Paulo - SP CNPJ/MF 90.400.888/0001-42 Período de participação:

Leia mais

MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3

MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 Periodicidade Tipos de manutenção Equipamentos MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3

Leia mais

FUNDAÇÃO HOSPITALAR GETÚLIO VARGAS CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2014

FUNDAÇÃO HOSPITALAR GETÚLIO VARGAS CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2014 FUNDAÇÃO HOSPITALAR GETÚLIO VARGAS CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2014 EDITAL /2014 - CONVOCAÇÃO PARA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA CARGO DE AUXILIAR DE MANUTENÇÃO CADASTRO RESERVA A Fundação Hospitalar Getúlio Vargas,

Leia mais