Clipping do Conselho Regional de Farmácia SP Data: 11/02/2004

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Clipping do Conselho Regional de Farmácia SP Data: 11/02/2004"

Transcrição

1 Clipping do Conselho Regional de Farmácia SP Data: 11/02/2004 Folha de São Paulo Medicação intermitente pode combater HIV Parar de tomar o coquetel de medicamentos contra o vírus causador da Aids não é necessariamente algo ruim -contanto que o paciente siga as instruções do médico e não se aventure a interromper o tratamento sozinho. Essa conclusão veio de um estudo feito por Domingos Matos, 36, médico da Universidade Federal do Pará. A partir da observação de 35 pacientes entre julho de 1999 e meados de 2000, ele constatou que um terço dos pacientes é beneficiado por uma parada de três meses no consumo das drogas. Orientado por Ricardo Diaz, da Universidade Federal de São Paulo, Matos fez dessa pesquisa seu estudo de doutorado. Os resultados são importante referência para os médicos decidirem se e quando devem seguir uma estratégia de interrupção estruturada ao receitar drogas contra o HIV. Esse método começou a ser introduzido no rol das formas de combater o vírus em 1999, quando começaram a aparecer variantes do HIV que já não eram mais sensíveis aos medicamentos existentes. A idéia dos médicos foi então incitar, ao menos temporariamente, uma guerra entre as versões fracas do vírus, que estavam sucumbindo ao tratamento, e as versões resistentes, cada vez em maior número no organismo. Ao interromper o tratamento, os vírus sem resistência voltariam a proliferar e a competir com os insensíveis. Se eles vencessem essa batalha, bastaria reintroduzir o mesmo medicamento algum tempo depois para que ele voltasse a reduzir a contagem viral no organismo -matando os vencedores da guerra dos vírus. Desde 1999, outras drogas surgiram e a estratégia da interrupção segue em debate. "Ela não é recomendada como um consenso de terapia", diz Matos. O estudo brasileiro, junto com outros dois, feitos na Alemanha e nos EUA, coloca a questão sob um prisma realista. Não diz que é a melhor coisa do mundo, mas aponta a possibilidade de resultados positivos, no caso de esgotamento das alternativas. Claro que as variáveis para a melhor estratégia de interrupção ainda estão longe de esclarecidas. Na pesquisa de Matos, foi adotada uma parada de três meses. No estudo alemão, foram dois meses. E há médicos que tentam estratégias as mais variadas, como interrupção aos fins de semana ou mesmo semanas alternadas com ou sem o medicamento. O médico da UFPA usa uma metáfora futebolística para explicar a variação no tempo de interrupção. "Imagine que temos a torcida do Flamengo e a do América. Se tirarmos a comida dos flamenguistas, quanto tempo vai levar para que os

2 torcedores americanos os superem em número? Esse é o período em que podemos realizar a interrupção", diz. Para ele, em condições ideais, o método funcionaria melhor em pacientes que tivessem um quadro estável, com baixa contagem de vírus e forte presença de células de defesa. Mas, por razões éticas, não se pode fazer experimentos de interrupção com esses pacientes. Todos os 35 estudados já não respondiam mais aos tratamentos convencionais quando foram escalados para a pesquisa. "Acho que a contribuição do nosso trabalho é que no passado parecia um crime parar de tomar a droga. Hoje, se um médico propuser isso ao paciente, ele não tem medo, sabe que não vai morrer amanhã", diz Matos. A pesquisa foi divulgada na edição deste mês da revista "Pesquisa Fapesp" (revistapesquisa.fapesp.br). Remédio para proteger bebês cria resistência em mães, diz estudo O uso bem-sucedido de remédios combinados para deter a transmissão da Aids a bebês pode ter conseqüências perturbadoras para as mães: o surgimento da resistência a drogas contra o HIV recomendadas para combater a própria infecção delas. Os achados, relatados na 11ª Conferência sobre Retrovírus e Infecções Oportunistas, em San Francisco (EUA), envolvem estudos na Tailândia e na África do Sul sobre o uso do AZT e da nevirapina para tentar impedir que recémnascidos adquiram Aids. O estudo feito na Tailândia mostrou que uma terapia combinada de nevirapina e AZT reduzia o risco de transmissão de mãe para filho para cerca de 2%, comparável ao que afeta mulheres tratadas contra outras infecções crônicas durante a gravidez. O sucesso "nos coloca mais perto de erradicar a Aids pediátrica", afirmou o tailandês Vallop Thaineua, um dos autores do estudo. Mas os dados também mostraram que a resistência à nevirapina ocorria em cerca de 40% das mulheres infectadas, que tomavam apenas uma pílula do medicamento durante o parto. Tal resistência pode continuar por longos períodos, particularmente quando a nevirapina é combinada com outras drogas para o tratamento de longo prazo. Os estudos mostraram que as mulheres cujo vírus era resistente a drogas tinham menos chance de conseguir redução máxima do nível de HIV em seu sangue se sua terapia incluía nevirapina. Os achados também levantam questões sobre a necessidade de substituir a nevirapina como arma contra a contaminação de recém-nascidos. No entanto, ainda é cedo demais para isso porque os achados são preliminares, disseram representantes da Organização Mundial da Saúde. O Estado de São Paulo OMS pede normas para fitoterápicos Com um mercado de plantas medicinais crescendo a taxas inesperadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou ontem um guia para que governos estabeleçam normas de qualidade aos produtos cada vez mais populares até nos países ricos. Segundo a agência de saúde da ONU, o comércio de fitoterápicos já chega a US$ 60 bilhões por ano e tende a crescer especialmente nos Estados

3 Unidos nos próximos anos. O que preocupa a OMS é que a utilização desse tipo de medicamento nem sempre traz conseqüências positivas à saúde se medidas básicas não forem postas em prática. Segundo a entidade, casos de problemas cardíacos e de envenenamento estão sendo cada vez mais freqüentes entre os consumidores de plantas medicinais. Em alguns países, os efeitos negativos desses medicamentos já superam os índices de efeitos colaterais dos remédios clássicos. No que se refere ao meio ambiente, o plantio excessivo dessas plantas pode levar a um desgaste do solo e problemas ecológicos importantes em algumas regiões. A OMS, porém, deixa claro que não é contra os fitoterápicos, que, em vários casos, podem ser mais eficazes que os remédios tradicionais. O problema é que, com o aumento de empresas comercializando esses produtos, os riscos de fraude, substituição de plantas e falta de condições higiênicas são cada vez mais acentuados. Nos Estados Unidos, é cada vez maior o número de empresas que vendem plantas medicinais como suplemento alimentar, para escapar da rígida regulamentação da FDA. Para reduzir esses problemas, a entidade propõe uma série de medidas que garantiriam a boa prática no cultivo e na venda das plantas medicinais. Por enquanto, apenas a Europa, China e o Japão contam com legislações nesse sentido e a esperança da OMS é de que outros governos passem a adotar normas similares. Uma das medidas seria a classificação de todas as plantas medicinais para evitar fraude na venda. Brasil restringe entrada de aves a 2 aeroportos Para impedir a contaminação de plantéis avícolas com a gripe aviária, o governo federal restringiu ontem a entrada de material genético avícola no Brasil a dois aeroportos: o de Cumbica, em Guarulhos, e o de Viracopos, em Campinas. Atualmente, esses aeroportos já são responsáveis pela entrada de 90% do material genético avícola. Em Brasília, o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, José Amauri Dimarzio, afirmou que a segurança nos postos será reforçada. Sem verbas para novas contratações, veterinários serão remanejados de outros aeroportos e pontos de controle. Hoje, dois veterinários trabalham em cada um desses aeroportos, número que será elevado para seis. "Na entrada de ovos ou pintinhos de um dia, o papel do veterinário será o de coletar material e mandar para os laboratórios, para certificar se há ou não a contaminação." Veterinários vão revistar a bagagem dos passageiros procedentes de países onde foi detectada a gripe das aves. Enquanto isso, o ministério vai preparar proposta para implementação de detectores de matéria orgânica para o controle de bagagens e passageiros. Essa medida será adotada com a Infraero. Nos EUA, descobriu-se ontem que as aves de uma segunda granja do Estado de Delaware estão infectadas por uma variante da gripe do frango. O vírus é o mesmo detectado na sexta numa criação não comercial também no condado de Kent, a 8 quilômetros da primeira. Este vírus, o H7, não é transmitido para pessoas e é diferente do H5N1, que matou pelo menos 19 pessoas no Vietnã e na Tailândia e obrigou criadores a sacrificar mais de 50 milhões de aves em dez

4 países asiáticos. As autoridades de Delaware suspenderam a venda de frangos vivos e devem sacrificar 72 mil. No Brasil, o governo também suspendeu, temporariamente, as importações de material genético avícola e arroz em casca dos EUA. Atualmente, 60% de ovos férteis e de pintos de um dia são importados daquele país, cuja situação sanitária é grave, segundo o Ministério da Agricultura brasileiro, apesar de as autoridades americanas insistirem que o vírus é menos infeccioso. "O mesmo tipo de vírus dizimou, no ano passado, o plantel de aves da Holanda. Um veterinário que manipulou as aves morreu contaminado", disse o gerente do Programa de Sanidade Avícola, Egon Vieira da Silva. Paraná Online Campanha orienta sobre os riscos do uso abusivo de laxantes Segundo dados da Fundação Oswaldo Cruz, 29% das intoxicações registradas durante 2003 foram causadas pela automedicação. Engrossam as estatísticas o agravamento dos sintomas de disfunções intestinais ligados ao uso abusivo de laxantes e outros medicamentos. Para orientar o público leigo sobre a importância da indicação médica no tratamento desses males, a Libbs Farmacêutica, com o apoio da Federação Brasileira de Gastroenterologia, iniciou diversas ações de conscientização. Com o slogan "A busca do equilíbrio", a campanha tem o objetivo de alcançar o consumidor final. Para isso, a primeira iniciativa foi o lançamento do site Regularizador Intestinal (www.regularizadorintestinal.com.br). Nele, o internauta aprende a identificar sintomas, recebe dicas que auxiliam o tratamento e se informa sobre as melhores formas de prevenção a males como constipação intestinal, síndrome do intestino irritável e câncer colorretal. Uma seção especial aborda as conseqüências do uso abusivo de laxantes. Essa iniciativa visa a conscientizar a população sobre a utilização indiscriminada de medicamentos sem orientação médica, que pode agravar ainda mais o problema, trazendo sérios riscos à saúde. Além de seu caráter orientador, o site Regularizador Intestinal investe na interatividade para incentivar a busca de orientação médica. Numa das páginas, o internauta pode responder a doze perguntas que podem ser impressas e apresentadas ao médico na hora da consulta. As questões abordam hábitos alimentares e de comportamento que podem influenciar o diagnóstico e a conduta terapêutica. Serão veiculadas nas principais revistas do país peças publicitárias e matérias, alertando a população para o problema e destacando a necessidade de se procurar um especialista, que indicará a melhor forma de tratamento. A ação ainda conta com folhetos de orientação aos pacientes que serão distribuídos à classe médica. Cada um deles aborda um tema específico ligado às disfunções intestinais, esclarecendo o consumidor sobre as formas de prevenção, diagnóstico e tratamento e indicando a orientação de um especialista antes da ida à farmácia. O lançamento do site e a produção dos folhetos são a primeira etapa do processo, que divulgará inicialmente o tema aos gastroenterologistas, para que atuem como

5 difusores do conhecimento e discutam o problema com seus pacientes. A constipação intestinal, sintoma de maior prevalência entre as disfunções intestinais, é a segunda queixa mais freqüente dos pacientes de gastroenterologistas. Três vezes mais freqüente em mulheres, a prisão de ventre atinge 20% da população norte-americana, segundo dados da Associação Americana de Gastroenterologia. Esse número, semelhantes ao brasileiro, pode ser ainda maior se levarmos em conta aqueles que possuem sintomas leves a moderados, mas não procuram auxílio médico. Entre os sintomas estão a baixa freqüência de evacuações, a dificuldade ou dor para se evacuar, a presença de fezes endurecidas ou a sensação de evacuação incompleta. Hoje, as principais vias de tratamento são mudanças comportamentais, as fibras e os laxantes osmóticos. Panorama Brasil Projeto sugere venda de comprimidos por unidade Está na Comissão de Seguridade Social e Família o Projeto de Lei 1761/03, do deputado Coronel Alves (PL-AP), que estabelece a obrigatoriedade de as farmácias, drogarias e congêneres venderem comprimidos e pílulas por unidade. A proposta visa atender à prescrição do receituário médico e à necessidade do consumidor. De acordo com o projeto, os preços cobrados por unidade de comprimido ou pílula vendida devem ser proporcionais ao preço previsto para a embalagem fechada do medicamento. No ato da venda, o farmacêutico ou vendedor deve comunicar ao consumidor o prazo de validade do remédio vendido. DESPERDÍCIO Coronel Alves afirma que, ao ser obrigado a comprar uma quantidade de remédios superior àquela que irá ingerir, o consumidor é forçado a desperdiçar medicamentos e a gastar além do necessário, pagando mais para custear seu tratamento. O deputado defende que a venda de comprimidos e pílulas por unidades se configura em um estímulo para que os laboratórios fabricantes de medicamentos venham a produzir embalagens com quantidades menores do produto, e para que comuniquem o prazo de validade dos remédios nas cartelas. TRAMITAÇÃO A relatora designada na Comissão de Seguridade Social e Família é a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Foram apensados à proposta o Projeto de Lei 2073/03, do deputado Carlos Nader (PFL-RJ); e o PL 2728/03, do deputado Carlos Eduardo Cadoca (PMDB-PE). Depois da votação na Comissão de Seguridade Social, a matéria deverá também ser apreciada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Redação (CCJR). Jornal da Tarde Remédios que são um estilo de vida Em 2003, o brasileiro comeu menos frango, cortou o iogurte do cardápio e atrasou o pagamento da conta de luz. Mas a venda de remédios para emagrecer, para aliviar a tensão pré-menstrual, impedir a queda de cabelos e apimentar a vida

6 sexual continuou firme e forte. Num ano em que a indústria farmacêutica encolheu 4%, as vendas das chamadas "lifestyle drugs"- os medicamentos de estilo de vida - cresceram em média 20%. Remédios para disfunção erétil, obesidade, tabagismo, depressão e calvície já movimentam quase R$ 1 bilhão por ano no Brasil, e são um dos segmentos que crescem mais rapidamente. No reino das soluções em pílulas, o grande destaque foram os medicamentos para disfunção erétil, que cresceram 46%, enquanto o PIB não aumentou nem 1%. Mesmo com a concorrência, o presidente da Pfizer, César Preti, não tem do que reclamar. O medicamento contra impotência da Pfizer, o pioneiro Viagra, faturou R$ 200 milhões em 2003, crescimento de 15,7%, segundo dados do IMS Health. Os concorrentes do Viagra também tiveram um bom desempenho, mostrando que ainda há espaço para mais drogas que prometem melhorar o desempenho sexual. O Cialis, da Eli Lilly, teve receita de R$ 48 milhões, e o Levitra, da Bayer-GSK, de R$ 13 milhões. Só para comparar, o próximo lançamento da Pfizer, o Olmetec, para hipertensão, deve faturar de R$ 10 milhões a R$ 15 milhões. Para o gerente de farmácia André Augusto, de 43 anos, o Viagra é item de primeira necessidade. Augusto toma o medicamento cerca de duas vezes por mês, há dois anos. "Não uso todas as vezes. Mas quando vejo que o balão está caindo, aí ponho fogo", brinca. Por ano, ele gasta, em média, R$ 420 em Viagra. "Acho que vale muito a pena. Melhora bastante a minha vida sexual com a minha mulher." Outro medicamento que sobreviveu no orçamento de muitos brasileiros foi o antidepressivo. As vendas de remédios como Prozac, da Lilly, Zoloft, da Pfizer, Efexor, da Wyeth, e genéricos, cresceram 24%. Esses medicamentos movimentam R$ 400 milhões por ano no Brasil (no mundo, são US$ 15 bilhões). "O tabu da depressão está desaparecendo, por isso cada vez mais pessoas vão buscar ajuda médica", explica Daniela Lins de Araújo, diretora de Marketing e Vendas da Eli Lilly, fabricante do Prozac. Mas não é só isso. Os antidepressivos estão sendo usados para tratar uma gama muito maior de doenças. Hoje usam-se antidepressivos para vários problemas, desde tensão pré-menstrual (TPM), até enurese noturna (xixi na cama), ejaculação precoce, síndrome do pânico, tabagismo e obesidade. Com isso, a indústria ganhou um novo público consumidor para essas drogas. "Os antidepressivos são usados para uma série de transtornos que antes não eram nem diagnosticados; esse mercado está crescendo muito com o aumento de indicações", diz Preti, presidente da Pfizer, o maior laboratório do Brasil. Para alguns especialistas, o uso de antidepressivos chega a ser indiscriminado. "Ninguém mais pode ficar triste que logo leva o carimbo de depressivo e tem que tomar remédio", diz o psiquiatra Raul Gorayeb, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). "Temos clínicos gerais e endocrinologistas prescrevendo antidepressivos às pencas." Na família da professora aposentada Gleyde Belmonte Bello, todo mundo já tomou Prozac - a avó, a mãe e a filha. Gleyde, de 64 anos, teve depressão em 1998, depois de sofrer um enfarte. "Passei 14 dias na UTI e saí muito abalada, e o médico me indicou o remédio para depressão pós-cirúrgica", conta. Sua filha Regiane, de 40 anos, usou-o por causa de problemas financeiros. E sua neta Thamires, de 15 anos, foi diagnosticada com síndrome do pânico quando voltou

7 de uma viagem à Disney, há dois anos. O clínico geral da família receitou Prozac para a adolescente. Contribuindo para os cofres da indústria, muitos pacientes tornam-se usuários cativos das drogas de estilo de vida. A funcionária pública aposentada Maria Aparecida Lemes de Souza, de 55 anos, faz dieta desde os 15 anos. Nesses 40 anos de regime, ela já tentou várias drogas contra obesidade. "Tomava aqueles remédios antigos, que davam uma euforia de manhã, e à noite voltava a fome."agora, há dois meses, está tomando o Reductil, da Abbott, e perdeu 9 quilos. "Não é muito barato, mas é necessário. Eu me olho no espelho e vejo a minha barriga, vou para a praia e fico com vergonha. Não dá, preciso me cuidar", diz ela, que mede 1,70 m e pesa 100 quilos. Uma caixa com 30 comprimidos chega a R$ 180. Auto-estima é a palavra chave para muitos que relutam em abrir mão de seus remédios de estilo de vida. O publicitário Gilson Freitas, de 33 anos, começou a tomar Propecia três anos atrás, para deter a calvície que surgiu no topo da cabeça. "Minha mulher me estimulou, falou para eu ir ao médico, porque estava ficando incomodado com a careca", conta o publicitário. Ele gastava R$ 90 todo mês. "Parei de tomar uma vez por motivos financeiros, mas me arrependi. Meu cabelo estava crescendo superforte, as pessoas reparam", conta. No ano passado, comemorou quando foi lançado um genérico, o Finasterida da Eurofarma. "Agora só gasto R$ 30 por mês e o cabelo está ótimo." A vaidade também deu lucros para o Laboratório Biosintética. No ano passado, as vendas dos remédios contra hipertensão do laboratório caíram, por causa da concorrência e da queda da renda. Mas o faturamento da toxina botulínica Dysport - usada principalmente para a eliminação de rugas ao redor dos olhos e na testa - cresceu 50%. Diário de São Paulo Laboratório pode ficar livre da Cofins maior O aumento da alíquota da Cofins de 3% para 7,6% para laboratórios e clínicas causou surpresa O setor de laboratórios pode ficar livre do aumento da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Foi com essa expectativa que representantes da indústria saíram da reunião com líderes da Frente Parlamentar da Saúde, ontem, em Brasília. Liderada pelo deputado Rafael Guerra (PSDB-MG), a frente reúne 240 deputados e 23 senadores. Parlamentares estão mantendo contatos com o Ministério de Saúde e com a Receita Federal. O presidente do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (Sindhosp), Dante Montagnana, disse que a entidade ficou surpresa pela inclusão de laboratórios e clínicas no aumento da alíquota da Cofins de 3% para 7,6%. Hospitais, bancos de sangue e planos de saúde foram excluídos. "O setor esperava que laboratórios e clínicas também fossem contemplados, e não só os hospitais. Tenho a impressão de que isso vai ser equacionado por medida provisória ou com a revisão da lei", disse Montagnana. Revisão da lei A alíquota de 7,6% entrou em vigor neste mês, conforme determinou a Lei ,

8 que alterou a legislação tributária. Mas diversos segmentos estão se organizado e pedindo revisão da lei. Ontem, por exemplo, representantes da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) conversaram com o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, pedindo tratamento especial para o setor. Existe, segundo o Sindhosp, proposta de emenda à Lei , apresentada pela Frente Parlamentar da Saúde. Com isso, o setor espera incluir na lei laboratórios e clínicas - "a maioria das empresas prestadoras de serviços de saúde", segundo Montagnana. "Além de não podemos optar pelo Simples, ainda nos empurram esse aumento de carga tributária." Cem mil emagrecem com ajuda da internet Nem dieta da lua nem a do Doutor Atkins. A mais recente febre que já conquistou pelo menos 100 mil brasileiros é o chamado regime virtual. Por meio de sites especializados, adquire-se um programa de emagrecimento totalmente individualizado. É como se um nutricionista estivesse dentro da sua casa pronto para ensiná-lo a perder peso. Apesar de toda esta comodidade, a prática, avisam os especialistas, pode colocar a saúde em risco. Criado há cerca de três anos, os sites oferecem de dietas consagradas, como a dos Pontos, desenvolvida pelo endocrinologista Alfredo Halpern, até programas alimentares baseados no costume oriental. "A falta de tempo e regimes frustrados são os motivos que levam os brasileiros a procurar nosso serviço", diz a nutricionista Analucia Giusti Costa, supervisora do site Emagrecendo, que já contabiliza 30 mil associados. Além de fornecer a dieta, os sites fazem o acompanhamento nutricional de seus sócios. "A pessoa nos informa, via internet, qual a quantidade e os alimentos que consumiu. Se necessário, adaptamos o programa", explica Analucia. O mesmo serviço é oferecido pelo site Cyber Diet, que já registrou 32 mil sócios. "Além das nutricionistas, temos psicólogas e professores de educação física para motivar a pessoa durante o emagrecimento", comenta a nutricionista Roberta Stella. Mas tudo isso tem um preço, que varia de R$ 50 a R$ 180, de acordo com o plano (mensal, trimestral e anual). Apesar de os sites ressaltarem que o serviço não substitui a consulta pessoal com um especialista, o Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) diz que a prática é antiética e se configura como consulta virtual. "Tudo bem que a pessoa manda todos os seus dados no cadastramento. Mas e se sofre de pressão alta e não sabe? Só pessoalmente é possível pedir exames preliminares", ressalta Rosane Nascimento, presidente do conselho. A especialista diz que começar uma dieta sem saber que tem diabetes, por exemplo, pode acabar em sérias crises e piorar a doença. "E quem não precisa emagrecer? Sem ver o paciente, o nutricionista não pode identificar esse tipo de distúrbio", comenta Rosane. Por conta desses riscos, o conselho acaba de atualizar o código de ética dos nutricionistas. "A partir de agora, os conselhos regionais ficam obrigados a fiscalizar e até mesmo autuar profissionais que promovem consultas virtuais", completa Rosane, que aconselha as pessoas a procurarem orientação médica antes de aderir a este tipo de serviço. Defesa

9 O endocrinologista Alfredo Halpern não concorda que o Emagrecendo oferece consulta virtual. "Isto é uma bobagem. É apenas um aconselhamento de dieta que não faz mal. Não damos remédio", alega. O médico lembra que durante o cadastramento a pessoa responde, por exemplo, se é hipertensa ou diabética. "Gestantes também não são aceitas. Temos este cuidado. Ressaltamos que é preciso procurar o médico", explica Roberta, do Cyber Diet. O endocrinologista Fernando Oliveira, responsável pelo Sua Dieta garante que pede ao futuro associado alguns exames. Falta de tempo para ir ao médico aumenta procura Foi a falta de tempo de ir às reuniões do Vigilantes do Peso que levou a relações públicas Daniella Pascarelli, de 32 anos, a procurar um programa de emagrecimento pela Internet. Em quase um ano de acompanhamento, ela perdeu 9 quilos. "Depois que tive um filho, comecei a não ter tempo para nada. Gostei do serviço pelo site, mas preferi fazer a primeira consulta pessoalmente", lembra Daniella, que acabou engordando dois quilos depois de deixar o programa. "Foi por isso que voltei", acrescenta. O representante comercial Fabiano Pavanelli, de 30, que conseguiu perder 16 quilos em dois meses e meio com a dieta da sopa, aderiu ao regime virtual para aprender a comer corretamente. "O difícil não é emagrecer, mas manter o peso", afirma Fabiano, lembrando que agora se preocupa mais em trocar certos alimentos. Depois de tentar de tudo, várias tipos de dieta, remédios e ajuda nos livros, a advogada Fernanda de Moraes Domingues, de 32 anos, encontrou nos sites de emagrecimento o ponto de apoio para perder peso. "Gostei porque posso comer de tudo um pouco. Detesto dietas restritivas", comenta. Já Yara de Oliveira, de 48 anos, procurou até psicólogo na tentativa de emagrecer. "Tive sucesso com o especialista porque consegui controlar a ansiedade. Mas, aderi ao site para aprender a comer direito, sem tanta gordura", diz Yara, que agora está com 56 quilos. Eficácia A maioria dos sites desconhece a real eficácia de seu programa. Apesar de afirmarem que cerca de 70% das pessoas conseguem perder peso, os responsáveis não sabem dizer quanto tempo dura o resultado. Correio do Povo Anvisa ameaça com paralisação O governo federal pode enfrentar mais uma greve de servidores públicos a partir do dia 17. Os funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciam que vão paralisar suas atividades por tempo indeterminado. Durante a greve, não será efetuado o controle epidemiológico, análise sanitária de produtos importados e exportados e a fiscalização do ingresso de estrangeiros em portos, aeroportos e fronteiras. O grupo protesta contra o projeto de lei que dispõe sobre a reestruturação da carreira previdenciária, enviado ao Congresso para votação em regime de urgência. O coordenador do Departamento de Vigilância Sanitária da Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência

10 Social (Fenasps), Luiz Carlos Torres de Castilhos, explicou que a proposta não foi discutida com as entidades nacionais. Castilhos disse que os servidores da Anvisa não aceitarão pacificamente que, com o novo plano de carreira, as atividades fiquem restritas ao controle de alimentos e de medicamentos. Os servidores - absorvidos pela Anvisa após a extinção da Secretaria Nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde - exigem ainda a ampliação de ações de controle de epidemias. Folha Online Experiência comprova eficácia de terapia genética contra obesidade Cientistas conseguiram com que ratos gorduchos ficassem magrinhos, injetando nos roedores um tipo de gene que transforma células que armazenam gordura em células que a queimam, descoberta que pode ajudar na luta contra a obesidade. Um gene que controla a proteína leptina foi colocado dentro de um vírus chamado "cavalo de Tróia" --vírus da gripe desativado-- para introduzi-lo nos adipócitos dos roedores, células que armazenam gordura como energia excedente. Duas semanas depois de terem recebido a injeção, os ratos tiveram uma perda média de peso de 280 gramas para 207 gramas, comendo 30% menos comida, sem apresentar efeitos colaterais. Examinados sob um microscópio eletrônico, os adipócitos se tornaram "enxutos, magros e envolvidos em uma espessa matriz". Além disso, o número de mitocôndrias, componentes celulares que devoram energia, aumentou. Os níveis de enzima mostraram um aumento daquelas que metabolizam gorduras, bem como das enzimas que impedem seu metabolismo. O estudo suíço-americano, conduzido por Roger Unger, do Veterans Affairs Medical Center, em Dallas (EUA), foi publicado na internet pelo jornal americano PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences). A terapia genética, na qual um gene substituto é inserido no corpo no lugar de um falho, ainda é experimental, e sua utilização em humanos é controversa. A obesidade se tornou uma epidemia nos países desenvolvidos. O mal é a causa principal de distúrbios como pressão alta, doenças cardiovasculares, derrame e diabetes tipo 2. Estudo liga depressão a doença cardíaca em mulheres A depressão nas mulheres acima de 50 anos está fortemente ligada ao risco de doenças cardíacas, indicam resultados de um estudo que envolveu mais de 90 mil mulheres. Estudos anteriores mostravam que tanto homens como mulheres deprimidos corriam um risco maior de contrair doenças cardíacas. Além disso, um estudo recente e menor só detectara nos homens ligação entre depressão e doenças cardíacas. O novo estudo, um dos mais vastos dedicados a esta questão, descobriu que as mulheres pós-menopausa com depressão --mas sem outras doenças-- correm um risco 50% mais alto de morrer de doença cardíaca do que as mulheres não deprimidas.

11 "O mais surpreendente nas nossas conclusões é que a depressão é um fator de risco independente, particularmente nas mulheres que nunca tiveram doenças cardio-vasculares", afirmou a investigadora Sykvia Wassertheil-Smoller, professora de medicina no Albert Einstein College of Medicine, em Nova York (EUA). O estudo foi publicado na edição desta semana da revista norte-americana "Archives of Internal Medicine". Os investigadores examinaram dados de mulheres com idades superiores a 50 anos que participaram de um estudo governamental sobre a saúde da mulher e foram acompanhadas durante uma média de quatro anos. Cerca de 16% delas apresentavam fortes sintomas de depressão, mas nenhuma tinha qualquer doença mental grave e debilitante. Cerca de 8% tomavam medicação antidepressiva. Durante o período de acompanhamento, foram registradas 159 mortes relacionadas com o coração entre mulheres deprimidas (0,8%). Isso comparado com 372 mortes relacionadas com o coração entre mulheres não deprimidas (0,5%). Smoller disse não ser claro como é que a depressão causa doença cardíaca, mas estudos anteriores mostraram que hormônios relacionados ao estresse ativados na depressão podem comprimir os vasos sanguíneos e provocar bloqueios nas artérias. Alguns estudos também mostram que a depressão e o sedentarismo associados aumentam os níveis de proteínas inflamatórias no sangue, o que também pode aumentar o risco de doença cardíaca, segundo Albert Chan, cardiologista da Ochsner Clinic Foundation de Nova Orleans (EUA). Chan afirmou que o estudo contém as indicações mais fortes até agora recolhidas sobre a existência de uma ligação entre depressão e riscos cardíacos nas mulheres. No entanto, afirmou que isso não prova que a depressão cause futuros problemas cardíacos, e que poderão existir fatores não identificados que expliquem a associação. "Neste momento ainda não temos uma explicação biológica", disse Chan. Agência Estado Chocolate, bom para o coração. Romântica e cientificamente Aqueles chocolates que fazem seu coração se acelerar quando dados por uma pessoa querida podem ajudar seu coração a durar mais e ser mais forte. O chocolate, provavelmente o doce preferido pela maior parte dos seres humanos, contém elementos químicos similares aos do vinho tinto e dos chás verdes capazes de ajudar a melhorar a circulação e baixar a pressão, além de gerar outros benefícios à saúde, disseram hoje (10) pesquisadores durante um encontro da Academia de Ciências dos Estados Unidos. A sessão de um dia inteiro concentrou-se na história, no impacto cultural, nos benefícios médicos e no gosto do cacau, o alimento natural que serve de matériaprima para produção do chocolate. Quem foi à conferência viu-se "obrigado" a experimentar diversas bebidas feitas de cacau, inclusive chocolate quente com pimenta - uma iguaria tipicamente

12 centro-americana -, e diversos doces, inclusive um contendo os elementos químicos naturais benéficos à saúde chamados flavonóides (certos compostos naturais derivados da flavona). Durante a última década, pesquisadores buscaram relações entre o consumo de flavonóides e a diminuição dos índices de mortalidade por problemas cardíacos, disse o doutor Helmut Sies, diretor do departamento de bioquímica da Universidade de Düsseldorf, Alemanha. O doutor Norman K. Hollenberg, da Escola de Medicina de Harvard, disse ter descoberto que o cacau é eficiente na redução da pressão sangüínea ao pesquisar a comunidade indígena Kuna, que vive em ilhas na costa do Panamá. Apesar do alto consumo de sal entre os kunas, a pressão sangüínea deles é normal. Eles consomem grandes quantidades de cacau cultivados na região. O alimento é rico em flavonóides. Quando os kunas foram levados a uma cidade e comeram cacau com menos flavonóides, a pressão sangüínea deles apresentou tendência de aumento, comentou. Ele explicou que o processamento normal do cacau costuma reduzir a quantidade de flavonóides. Hollenberg disse que o os flavonóides são antioxidantes protetores e pesquisas ainda em estágios iniciais indicam que cacau com flavonóides pode ajudar a melhor o fluxo sangüíneo para o cérebro e extremidades do corpo. Isso poderia ser bom para idosos e diabéticos, mas ainda são necessárias mais pesquisas, alertou. Os potenciais benefícios do chocolate também foram divulgados em publicações médicas especializadas, apesar de os cientistas alertaram que o chocolate tende a conter gorduras e açúcares. Último Segundo Estudo: Altos níveis de ferro podem assinalar risco de diabetes Mulheres com altos níveis ferro no sangue podem correr quase o triplo do risco de desenvolver diabetes, descobriu um estudo. A pesquisa envolveu 32,826 mulheres saudáveis que foram supervisionadas por 10 anos após doarem amostras de sangue. A diabetes tipo 2 foi diagnosticada em 698 das mulheres. Em média, elas possuíam níveis de ferro significativamente mais altos que as outras mulheres. Se os resultados forem confirmados em estudos posteriores, um simples exame de sangue pode um dia ajudar os médicos a determinarem quais pacientes desenvolverão diabetes. Os altos níveis também podem indicar, por exemplo, quais mulheres devem evitar suplementos de ferro, afirmou a co-autora JoAnn Manson, chefe de medicina preventiva do Harvard's Brigham and Women's Hospital. As descobertas aparecem no Journal of the American Medical Association de quarta-feira. Sabe-se que pessoas com hemocromatoses - doença hereditária que faz o sangue absorver muito ferro dos alimentos - tendem a diabetes. Níveis elevados de ferro podem danificar as células e interferir no funcionamento dos órgãos, que podem afetar o uso de insulina do corpo, hormônio que ajuda a

13 converter o açúcar no sangue em energia, declararam os pesquisadores. A diabetes se desenvolve quando o corpo não produz insulina suficiente ou não pode usá-la apropriadamente. O ferro é necessário para a produção de células do sangue. Altos níveis podem ser hereditários ou, conforme sugeriram alguns dados, causados pelo consumo de grandes quantidades de alimentos ricos em ferro ou pílulas de altas doses de ferro. No estudo atual, o ferro alimentar não foi fortemente associado a altos níveis de ferro no sangue, e os resultados são muito preliminares para recomendar quaisquer mudanças de estilos de vida, declarou Manson. Os pesquisadores estudaram os níveis de ferritina no sangue, proteína que reflete a quantia de ferro no corpo. Níveis de ferritina normais nas mulheres variam de 12 a 150 nanogramas por milímetro. Níveis médios estiveram em 109 nas mulheres que desenvolveram diabetes, comparados com 71,5 para as outras. As mulheres no grupo com os níveis mais altos - pelo menos 102,2 - ficaram quase três vezes mais propensas a desenvolverem diabetes do que as mulheres no grupo com os níveis mais baixos, ou menos do que 21,1. O Dr. David Baldwin, diretor de endocrinologia do Rush University Medical Center, chamou o estudo de não conclusivo. Ele observou que muitas mulheres com os níveis mais altos de ferro ainda estavam dentro do que é considerada uma variação normal. Baldwin afirmou que o teste rotineiro de níveis de ferro seria difícil de justificar, uma vez que os médicos não sabem que níveis "normais" podem ser de risco. Um estudo prévio descobriu altos níveis de ferro em pessoas que já tinham desenvolvido diabetes, mas eles supostamente refletiram a inflamação que pode ocorrer com a diabetes. Baldwin declarou suspeitar que esse é o caso do estudo recente, embora os pesquisadores tenham afirmado que levaram a inflamação em consideração. O Globo Câncer de pele "Não importa a sua praia. De 10h às 16h, salve a sua pele". Com esse slogan, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) lança hoje uma campanha educativa sobre a importância dos cuidados na exposição aos raios solares. A partir das 10h, voluntários e profissionais de saúde estarão no Piscinão de Ramos entregando folhetos sobre os fatores de risco do câncer de pele e os hábitos que devem ser adotados para prevenir a doença. POSTO DE SAÚDE A prefeitura inaugura hoje o Posto de Saúde Boanerges Borges da Fonseca, em Magalhães Bastos. A obra, iniciada em 2000, tinha sido interrompida devido à rescisão do contrato do município com a empresa que executava o projeto. Uma nova licitação foi feita e o trabalho recomeçou no ano passado. Orçada em R$ 1 milhão, a unidade vai oferecer clínica médica, odontologia, ginecologia, obstetrícia e pediatria. TERCEIRA IDADE A Secretaria Especial da Terceira Idade começa a entregar na segunda-feira o

14 Cartão Social, pelo qual passará a ser pago o benefício de um salário-mínimo do programa Rio Dignidade. Com o cartão, os idosos poderão sacar o dinheiro nos caixas eletrônicos. Também será distribuída uma cartilha detalhando a forma segura de uso do cartão e os cuidados que deverão ser tomados em relação à senha. Extra Inca lança campanha contra câncer de pele no piscinão "Não importa a sua praia. Das 10h às 16h, salve a sua pele." Com esse slogan, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) lança hoje, no Piscinão de Ramos, uma campanha sobre os riscos da exposição inadequada aos raios solares. A partir das 10h, haverá distribuição de material educativo. Integrantes da bateria da escola de samba Imperatriz Leopoldinense vão animar a campanha. No entanto, em caso de chuva, o evento de hoje será transferido para o próximo sábado. A campanha se estende até o dia 13 de março, sempre aos sábados, no horário das 10h às 15h, que é o de maior risco para a pele. Profissionais e voluntários do Inca vão percorrer as principais praias do Rio. No sábado que vem, dia 14, a campanha acontece na Praia de Copacabana (Posto 6).

JORNAL A TARDE ONLINE DATA: 24/09/2009. SEÇÃO: BRASIL ASSUNTO: SAÚDE Obesidade na infância pode adiantar doença em 20 anos

JORNAL A TARDE ONLINE DATA: 24/09/2009. SEÇÃO: BRASIL ASSUNTO: SAÚDE Obesidade na infância pode adiantar doença em 20 anos JORNAL A TARDE ONLINE DATA: 24/09/2009 SAÚDE Obesidade na infância pode adiantar doença em 20 anos Agência Estado A obesidade na infância e na adolescência pode adiantar em até 20 anos os problemas cardiovasculares,

Leia mais

Influenza A (H1N1): Perguntas e Respostas

Influenza A (H1N1): Perguntas e Respostas Influenza A (H1N1): Perguntas e Respostas Para entender a influenza: perguntas e respostas A comunicação tem espaço fundamental na luta contra qualquer doença. Um exemplo é o caso do enfrentamento da influenza

Leia mais

ESPECIAL 2014. SAÚDE da Mulher

ESPECIAL 2014. SAÚDE da Mulher ESPECIAL 2014 SAÚDE da Mulher ESPECIAL 2014 SAÚDE da MULHER APRESENTAÇÃO A mulher redefiniu seu papel na sociedade e tem hoje grandes desafios e variadas demandas que terminam por impactar no seu estilo

Leia mais

O desafio de deixar de fumar

O desafio de deixar de fumar O desafio de deixar de fumar O uso do cigarro tem como objetivo a busca por efeitos prazerosos desencadeados pela nicotina, melhora ime - diata do raciocínio e do humor, diminuição da ansiedade e ajuda

Leia mais

Folha de Londrina (PR) 02/02/2006 Saúde Vigilância Sanitária Vigilância Sanitária Anvisa Saúde Saúde Anvisa Anvisa Saúde Anvisa Saúde

Folha de Londrina (PR) 02/02/2006 Saúde Vigilância Sanitária Vigilância Sanitária Anvisa Saúde Saúde Anvisa Anvisa Saúde Anvisa Saúde Folha de Londrina (PR) Geral Saúde investiga mortes de bebês no Paraná Sete crianças teriam morrido em circunstâncias parecidas em hospitais de Curitiba e Apucarana Curitiba- A Vigilância Sanitária Estadual,

Leia mais

A patroa quer emagrecer

A patroa quer emagrecer A patroa quer emagrecer A UU L AL A Andando pela rua, você passa em frente a uma farmácia e resolve entrar para conferir seu peso na balança. E aí vem aquela surpresa: uns quilinhos a mais, ou, em outros

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

Valor Econômico 23/02/2007 Empresas Vacina contra câncer de próstata é aposta da gaúcha FK

Valor Econômico 23/02/2007 Empresas Vacina contra câncer de próstata é aposta da gaúcha FK Valor Econômico Empresas Vacina contra câncer de próstata é aposta da gaúcha FK Sérgio Bueno Criada pelo médico gaúcho Fernando Kreutz, de 39 anos, uma vacina terapêutica contra o câncer da próstata pode

Leia mais

JORNAL A TARDE DATA: 17/07/2009

JORNAL A TARDE DATA: 17/07/2009 JORNAL A TARDE DATA: 17/07/2009 Gripe: governo negocia compra de vacina, diz secretário O secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Reinaldo Guimarães, afirmou que

Leia mais

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Uma vida normal com diabetes Obesidade, histórico familiar e sedentarismo são alguns dos principais fatores

Leia mais

24 motivos. academia. para entrar na

24 motivos. academia. para entrar na para entrar na academia Mais um ano se inicia e com ele chegam novas perspectivas e objetivos. Uma das principais promessas feitas é deixar o sedentarismo de lado e entrar na academia! Nesta época é comum

Leia mais

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV)

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV) Doenças Cardiovasculares (DCV) O que são as Doenças Cardiovasculares? De um modo geral, são o conjunto de doenças que afetam o aparelho cardiovascular, designadamente o coração e os vasos sanguíneos. Quais

Leia mais

Idade, ela pesa 07/07/ 2015. Minhavida.com.br

Idade, ela pesa 07/07/ 2015. Minhavida.com.br Todo mundo quer viver muitos anos, não é mesmo? Mas você já se questionou se está somando mais pontos contra do que a favor na busca pela longevidade? Por isso mesmo, um estudo da Universidade da Califórnia,

Leia mais

FEBRE AMARELA: Informações Úteis

FEBRE AMARELA: Informações Úteis FEBRE AMARELA: Informações Úteis Quando aparecem os sintomas? Os sintomas da febre amarela, em geral, aparecem entre o terceiro e o sexto dia após a picada do mosquito. Quais os sintomas? Os sintomas são:

Leia mais

Diabetes Gestacional

Diabetes Gestacional Diabetes Gestacional Introdução O diabetes é uma doença que faz com que o organismo tenha dificuldade para controlar o açúcar no sangue. O diabetes que se desenvolve durante a gestação é chamado de diabetes

Leia mais

Diretrizes para os Estudos de Caso

Diretrizes para os Estudos de Caso Diretrizes para os Estudos de Caso Observação: Esta seção apresenta 5 estudos de caso de questões de saúde reprodutiva com o intuito de estimular discussões sobre o material apresentado no currículo. Além

Leia mais

ÍNDICE - 15/06/2005 Jornal do Brasil... 2 Brasília...2 Folha de S.Paulo... 4 Ciência/ MEDICINA...4 Zero Hora (RS)... 6 Coluna...6

ÍNDICE - 15/06/2005 Jornal do Brasil... 2 Brasília...2 Folha de S.Paulo... 4 Ciência/ MEDICINA...4 Zero Hora (RS)... 6 Coluna...6 ÍNDICE - 15/06/2005 Jornal do Brasil...2 Brasília...2 Campanha tenta evitar surto de hantavirose...2 Folha de S.Paulo...4 Ciência/ MEDICINA...4 Pesquisadora dá uma palestra hoje em Salvador...4 Zero Hora

Leia mais

Ao longo da década de 90, Pfizer ampliou sua presença na Ásia oriental com a construção de uma planta farmacêutica em Dalian (China), reintroduziu-se

Ao longo da década de 90, Pfizer ampliou sua presença na Ásia oriental com a construção de uma planta farmacêutica em Dalian (China), reintroduziu-se PFIZER INC. A Pfizer é uma empresa de origem norte-americana que pesquisa, desenvolve, produz e comercializa produtos nas áreas de saúde humana e animal e de consumo. Possui 100 unidades industriais espalhadas

Leia mais

ÍNDICE - 12/06/2005 O Estado de S.Paulo... 2 O Estado de S.Paulo... 2 Vida&...2 Revista IstoÉ...4 MEDICINA & BEM-ESTAR/Epidemia...

ÍNDICE - 12/06/2005 O Estado de S.Paulo... 2 O Estado de S.Paulo... 2 Vida&...2 Revista IstoÉ...4 MEDICINA & BEM-ESTAR/Epidemia... ÍNDICE - 12/06/2005 O Estado de S.Paulo...2 O Estado de S.Paulo...2 Vida&...2 Rede de bancos poderá facilitar transplantes...2 Revista IstoÉ...4 MEDICINA & BEM-ESTAR/Epidemia...4 Nem tão exemplar...4 O

Leia mais

ÍNDICE - 20/07/2005 Folha de S.Paulo... 2 São Paulo/ SAÚDE...2 Diário da Manhã (GO)... 4 Cidades...4 Jornal do Commercio (PE)... 6 Brasil...

ÍNDICE - 20/07/2005 Folha de S.Paulo... 2 São Paulo/ SAÚDE...2 Diário da Manhã (GO)... 4 Cidades...4 Jornal do Commercio (PE)... 6 Brasil... ÍNDICE - 20/07/2005 Folha de S.Paulo...2 São Paulo/ SAÚDE...2 Menino é a 3ª vítima de sarampo no Sul...2 Diário da Manhã (GO)...4 Cidades...4 'Viagra em lata' gera autuações...4 Jornal do Commercio (PE)...6

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

Viva Bem! Cuide da Sua Saúde!

Viva Bem! Cuide da Sua Saúde! Viva Bem! Cuide da Sua Saúde! O Serviço Social da Construção Alimentação Saudável Quanto mais colorida for a sua alimentação, maior a presença de nutrientes no seu corpo e melhor será a sua saúde. 50%

Leia mais

PANORAMA DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

PANORAMA DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA DOS MEDICAMENTOS PANORAMA DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA Prof. Pedro Rolim PANORAMA

Leia mais

D I R E T O R I A D E S A Ú D E

D I R E T O R I A D E S A Ú D E Saúde In Forma Junho/2013 Dia 26 de Junho Dia Nacional do Diabetes Diabetes é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal da glicose ou açúcar no sangue. A glicose é a principal fonte de

Leia mais

ÍNDICE - 10/05/2005 O Estado de S.Paulo... 2 Vida&...2 hemoderivados Tribuna da Imprensa (RJ)... 4 Ciência / Ambiente...4

ÍNDICE - 10/05/2005 O Estado de S.Paulo... 2 Vida&...2 hemoderivados Tribuna da Imprensa (RJ)... 4 Ciência / Ambiente...4 ÍNDICE - O Estado de S.Paulo...2 Vida&...2 UFRJ tem receita para País economizar com hemoderivados...2 Tribuna da Imprensa (RJ)...4 Ciência / Ambiente...4 Brasil pode produzir e economizar com hemoderivados...4

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS DIABETES MELLITUS Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem atualmente cerca de 171 milhões de indivíduos diabéticos no mundo.

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS

CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS UM COMPROMISSO COM A VIDA CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS AMBULATÓRIO DE DOENÇA DE CHAGAS UNIDADE DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA UNIDADE DE

Leia mais

Hepatites Virais 27/07/2011

Hepatites Virais 27/07/2011 SOCIEDADE DIVINA PROVIDÊNCIA Hospital Nossa Senhora da Conceição Educação Semana Continuada de Luta Contra em CCIH as Hepatites Virais 27/07/2011 Enfº Rodrigo Cascaes Theodoro Enfº CCIH Rodrigo Cascaes

Leia mais

Prevenção em dobro. Eixo de Prevenção do Câncer ganha segunda Unidade Móvel CAPA

Prevenção em dobro. Eixo de Prevenção do Câncer ganha segunda Unidade Móvel CAPA Prevenção em dobro Eixo de Prevenção do Câncer ganha segunda Unidade Móvel O eixo de Prevenção do Câncer do Programa Cuide-se+ acaba de ganhar um importante reforço no atendimento aos trabalhadores das

Leia mais

Confira a lista dos 25 melhores alimentos para emagrecer:

Confira a lista dos 25 melhores alimentos para emagrecer: Emagrecer nem sempre é uma das tarefas mais simples. A fórmula parece simples (dieta + exercício + descanso) porém diferentes pessoas precisam de diferentes soluções. Uma coisa é certa: qualquer ajuda

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

Pesquisa Clínica. Orientações aos pacientes

Pesquisa Clínica. Orientações aos pacientes Pesquisa Clínica Orientações aos pacientes 2009 Ministério da Saúde. É permitida a reprodução total ou parcial desta obra, desde que citada a fonte. Tiragem: 1000 exemplares Criação, Informação e Distribuição

Leia mais

sobre pressão alta Dr. Decio Mion

sobre pressão alta Dr. Decio Mion sobre pressão alta Dr. Decio Mion 1 2 Saiba tudo sobre pressão alta Dr. Decio Mion Chefe da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP)

Leia mais

ÍNDICE - 24/10/2005 Valor Econômico... 2 Brasil...2 Jornal de Santa Catarina (SC)... 4 Economia...4 Folha de Londrina (PR)... 5 Geral...

ÍNDICE - 24/10/2005 Valor Econômico... 2 Brasil...2 Jornal de Santa Catarina (SC)... 4 Economia...4 Folha de Londrina (PR)... 5 Geral... ÍNDICE - Valor Econômico...2 Brasil...2 Estudo sugere mudanças na estrutura das agências...2 Jornal de Santa Catarina (SC)...4 Economia...4 Países discutem ação mundial contra gripe das aves...4 Folha

Leia mais

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO... 2 SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...12 OUTROS HÁBITOS SAUDÁVEIS...14 ATIVIDADE FÍSICA...14 CUIDADOS

Leia mais

Seleção de Temas. Questionário - Proficiência Clínica. Área: Imunologia Rodada: Julho/2008. Prezado Participante,

Seleção de Temas. Questionário - Proficiência Clínica. Área: Imunologia Rodada: Julho/2008. Prezado Participante, Seleção de Temas Prezado Participante, Gostaríamos de contar com a sua contribuição para a elaboração dos próximos materiais educativos. Cada questionário desenvolve um assunto (temas) específico dentro

Leia mais

A importância do tratamento contra a aids

A importância do tratamento contra a aids dicas POSITHIVAS A importância do tratamento contra a aids Por que tomar os medicamentos (o coquetel) contra o HIV? A aids é uma doença que ainda não tem cura, mas tem tratamento. Tomando os remédios corretamente,

Leia mais

Este nível de insulina baixo também o ajuda a controlar a sua fome pois é o nível de insulina que diz ao seu cérebro que está na hora de comer.

Este nível de insulina baixo também o ajuda a controlar a sua fome pois é o nível de insulina que diz ao seu cérebro que está na hora de comer. A dieta da Toranja já vem sendo discutida por algum tempo, mas não se sabia ao certo porque a Toranja possui tantas capacidades para a perda de gordura e mesmo os cientistas se dividem sobre esse assunto.

Leia mais

NOVEMBRO. NAO SE ESCONDA ATRaS DOS SEUS PRECONCEITOS CUIDAR DA SAUDE TAMBEM e COISA DE HOMEM

NOVEMBRO. NAO SE ESCONDA ATRaS DOS SEUS PRECONCEITOS CUIDAR DA SAUDE TAMBEM e COISA DE HOMEM NOVEMBRO AZUL NAO SE ESCONDA ATRaS DOS SEUS PRECONCEITOS CUIDAR DA SAUDE TAMBEM e COISA DE HOMEM O movimento internacional, conhecido como Novembro Azul, é comemorado em todo o mundo, quando teve início

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 6.672, DE 2002

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 6.672, DE 2002 Autora: Deputada Vanessa Grazziotin : Deputada Jandira Feghali I - RELATÓRIO O Projeto de Lei n. o 6.672, de 2002, de autoria do Exm a Deputada Vanessa Grazziotin propõe a criação do rastreamento da produção

Leia mais

Pesquisas brasileiras sobre câncer e doenças cardíacas e cerebrais colocam o País na vanguarda da medicina mundial

Pesquisas brasileiras sobre câncer e doenças cardíacas e cerebrais colocam o País na vanguarda da medicina mundial ISTOÉ - Independente Imprimir Especial BRASIL POTÊNCIA Edição: 2095 30.Dez.09-15:00 Atualizado em 06.Fev.13-12:48 Na Dianteira Do Conhecimento Pesquisas brasileiras sobre câncer e doenças cardíacas e cerebrais

Leia mais

Informação pode ser o melhor remédio. Hepatite

Informação pode ser o melhor remédio. Hepatite Informação pode ser o melhor remédio. Hepatite HEPATITE A hepatite é uma inflamação do fígado provocada na maioria das vezes por um vírus. Diferentes tipos de vírus podem provocar hepatite aguda, que se

Leia mais

Os caminhos e descaminhos de uma epidemia global

Os caminhos e descaminhos de uma epidemia global Os caminhos e descaminhos de uma epidemia global Por Rodrigo Cunha 5 de junho de 1981. O Relatório Semanal de Morbidez e Mortalidade do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos

Leia mais

NOVEMBRO AZUL: COMBATE E PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PRÓSTATA

NOVEMBRO AZUL: COMBATE E PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PRÓSTATA COMBATE E PREVENÇÃO AO ÍNDICE 03 04 07 12 19 24 Introdução Novembro Azul O câncer Você precisa se importar! Prevenção: Vencendo o preconceito Bons hábitos e Diagnóstico precoce são a melhor prevenção 27

Leia mais

JORNAL A TARDE ONLINE DATA: 29/09/2009 SEÇÃO: MUNDO ASSUNTO: SAÚDE INTERNACIONAL

JORNAL A TARDE ONLINE DATA: 29/09/2009 SEÇÃO: MUNDO ASSUNTO: SAÚDE INTERNACIONAL JORNAL A TARDE ONLINE DATA: 29/09/2009 SEÇÃO: MUNDO ASSUNTO: SAÚDE INTERNACIONAL Comitê do Senado dos EUA rejeita seguro-saúde público Agência Estado O Comitê de Finanças do Senado dos Estados Unidos rejeitou

Leia mais

É uma doença respiratória aguda, causada pelo vírus A (H1N1).

É uma doença respiratória aguda, causada pelo vírus A (H1N1). INFLUENZA (GRIPE) SUÍNA INFLUENZA SUÍNA É uma doença respiratória aguda, causada pelo vírus A (H1N1). Assim como a gripe comum, a influenza suína é transmitida, principalmente, por meio de tosse, espirro

Leia mais

Câncer: mais 500 mil casos

Câncer: mais 500 mil casos Página 1 de 5 Quarta, 18 de Maio de 2011 ENTREVISTA Câncer: mais 500 mil casos O oncologista afirma que o Brasil não tem estrutura física e médica para tratar outro meio milhão de pessoas com câncer em

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

COLESTEROL E TRIGLICÉRIDES

COLESTEROL E TRIGLICÉRIDES COLESTEROL E TRIGLICÉRIDES Muitas pessoas já ouviram falar deles. Algumas podem até imagine que colesterol e triglicérides sejam sinônimos de doença. Para desfazer a imagem de vilões que essas duas substâncias

Leia mais

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH:

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH: OQUEÉOTRANSTORNOBIPOLARDO HUMOR(TBH)? O transtorno bipolar do humor (também conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva) é uma doença psiquiátrica caracterizada por oscilações ou mudanças de humor

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM Introdução ÍNDICE Boas práticas no dia a dia das clínicas de imagem A Importância de se estar conectado às tendências As melhores práticas no mercado de

Leia mais

Câmara Municipal de São Paulo

Câmara Municipal de São Paulo DISCURSO PROFERIDO PELO VEREADOR NATALINI NA 195ª SESSÃO ORDINARIA, REALIZADA EM 16/11/10 GRANDE EXPEDIENTE O SR. NATALINI (PSDB) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Vereadores, paulistanos que nos acompanham

Leia mais

COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA

COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA PROJETO DE LEI N o 3.055, DE 2004 (Apensados Projetos de Lei nº 4.555, de 2004, e nº 7.216, de 2006) Cria o Programa Nacional de Coleta, Armazenamento,

Leia mais

Informativo Digital da Escola de Nutrição da UFBA N.117/2012

Informativo Digital da Escola de Nutrição da UFBA N.117/2012 Informativo Digital da Escola de Nutrição da UFBA N.117/2012 Salvador, 14 de setembro de 2012 A editora da UFBA, EDUFBA lançou vários livros ontem na Biblioteca Central da UFBA. O evento teve uma boa aceitação

Leia mais

Cartilha de Prevenção. ANS - nº31763-2. Diabetes. Fevereiro/2015

Cartilha de Prevenção. ANS - nº31763-2. Diabetes. Fevereiro/2015 Cartilha de Prevenção 1 ANS - nº31763-2 Diabetes Fevereiro/2015 Apresentação Uma das missões da Amafresp é prezar pela qualidade de vida de seus filiados e pela prevenção através da informação, pois esta

Leia mais

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 20/05/2015. Menos mulheres estão doando leite materno em Manaus, diz Fiocruz

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 20/05/2015. Menos mulheres estão doando leite materno em Manaus, diz Fiocruz Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 20/05/2015 Portal D24 AM- Saúde 20 de maio de 2015. Fonte: http://new.d24am.com/noticias/saude/menos-mulheres-estaodoando-leite-materno-manaus-fiocruz/134218 Menos

Leia mais

Informação para o paciente

Informação para o paciente Informação para o paciente Introdução Viramune é um medicamento para tratar as infecções de VIH (HIV). Este folheto é apenas uma informação básica sobre o Viramune. Esta publicação oferece-lhe informações

Leia mais

Ocorrências de casos humanos de influenza suína no México e EUA Informe do dia 26.04.09, às 13h

Ocorrências de casos humanos de influenza suína no México e EUA Informe do dia 26.04.09, às 13h Ministério da Saúde Gabinete Permanente de Emergências em Saúde Pública ALERTA DE EMERGÊNCIA DE SAÚDE PÚBLICA DE IMPORTÂNCIA INTERNACIONAL Ocorrências de casos humanos de influenza suína no México e EUA

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 6.672, DE 2002

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 6.672, DE 2002 Autora: Deputada Vanessa Grazziotin : Deputada Jandira Feghali I - RELATÓRIO O Projeto de Lei n. o 6.672, de 2002, de autoria do Exm a Deputada Vanessa Grazziotin propõe a criação do rastreamento da produção

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N.º 1.480, DE 2003

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N.º 1.480, DE 2003 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N.º 1.480, DE 2003 Obriga a divulgação de advertência sobre obesidade em embalagens de produtos altamente calóricos. Autor: Deputado LINCOLN PORTELA

Leia mais

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Introdução Geralmente, as pessoas descobrem estar diabéticas quando observam que, apesar

Leia mais

Clipping Eletrônico - Quarta-feira dia 17/06/2015. Infecção hospitalar será tratada na Maternidade Moura Tapajós

Clipping Eletrônico - Quarta-feira dia 17/06/2015. Infecção hospitalar será tratada na Maternidade Moura Tapajós Clipping Eletrônico - Quarta-feira dia 17/06/2015 Portal do Holanda Saúde 17 de junho de 2015. Fonte: http://www.portaldoholanda.com.br/amazonas/infeccao-hospitalarsera-tratada-na-maternidade-moura-tapajos

Leia mais

15 Alimentos Emagrecedores

15 Alimentos Emagrecedores 15 Alimentos Emagrecedores EBOOK TITLE Material desenvolvido a ajudar pessoas que procuram informações sobre alimentação que ajuda a emagrecer ou que reduz o indice de gordura. Nesse E-book você vai encontrar

Leia mais

Depressão. A depressão afecta pessoas de formas diferentes e pode causar vários sintomas físicos, psicológicos (mentais) e sociais.

Depressão. A depressão afecta pessoas de formas diferentes e pode causar vários sintomas físicos, psicológicos (mentais) e sociais. Depressão Introdução A depressão é uma doença séria. Se estiver deprimido, pode ter sentimentos de tristeza extrema que duram longos períodos. Esses sentimentos são muitas vezes suficientemente severos

Leia mais

Sustentabilidade em saúde. Dr. Reynaldo A. Brandt

Sustentabilidade em saúde. Dr. Reynaldo A. Brandt Sustentabilidade em saúde Dr. Reynaldo A. Brandt Definição Sustentabilidade é prover o melhor para as pessoas e para o ambiente tanto agora como para um futuro indefinido. É suprir as necessidades da geração

Leia mais

O começo na Educação Infantil

O começo na Educação Infantil O começo na Educação Infantil Ao entrar na pré-escola, a criança vive um momento delicado, pois tem que aprender, de uma só vez, a afastar-se do convívio familiar e a criar novas relações afetivas. A emoção

Leia mais

10º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM NÚCLEO DE ESTUDOS E APOIO AO PACIENTE HIV/ AIDS

10º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM NÚCLEO DE ESTUDOS E APOIO AO PACIENTE HIV/ AIDS 10º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM NÚCLEO DE ESTUDOS E APOIO AO PACIENTE HIV/ AIDS Áurea Regina Telles Pupulin 1 Adrielli Priscilla Machado 2 Cleverson Jose Bezerra 2 Laís Carolina Laurenti Mortean

Leia mais

Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar

Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar A Rede Asbran e Filiadas lança nesta sexta-feira, dia 31, mais uma ação da campanha nacional pela redução no consumo do sal e do açúcar,

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

Clipping Eletrônico Sexta-feira dia 14/11/2014

Clipping Eletrônico Sexta-feira dia 14/11/2014 Clipping Eletrônico Sexta-feira dia 14/11/2014 Jornal Em Tempo - Dia a Dia - Página C1 14/11/2014 Jornal Em Tempo - Dia a Dia - Página C5 14/11/2014 Portal Acrítica - Saúde - 13 de novembro de 2014 Av.

Leia mais

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Sono com qualidade apresentação Uma boa noite de sono nos fazer sentir bem e com as forças renovadas. O contrário também vale. Uma péssima noite

Leia mais

Cientistas anunciam descoberta de três substâncias candidatas a anti retroviral brasileiro

Cientistas anunciam descoberta de três substâncias candidatas a anti retroviral brasileiro Cientistas anunciam descoberta de três substâncias candidatas a anti retroviral brasileiro Grupo de pesquisadores da Fundação Ataulpho de Paiva, da Universidade Federal Fluminense e do Instituto Oswaldo

Leia mais

Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração

Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração Estes ácidos graxos também combatem a depressão, o diabetes e a obesidade Arenque é o peixe mais rico em ômega 3. Esses ácidos graxos são chamados de essenciais,

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

O Estado de S.Paulo 30/01/2007 câncer câncer Vigilância Sanitária Anvisa Medicamentos medicamentos câncer câncer câncer câncer câncer INCIDÊNCIA

O Estado de S.Paulo 30/01/2007 câncer câncer Vigilância Sanitária Anvisa Medicamentos medicamentos câncer câncer câncer câncer câncer INCIDÊNCIA O Estado de S.Paulo Vida & Liberada droga contra câncer de pulmão Tarceva é o 1º remédio de terapia-alvo para combater a doença; um mês de tratamento custará R$ 8 mil Adriana Dias Lopes O primeiro remédio

Leia mais

O TAMANHO DO PROBLEMA

O TAMANHO DO PROBLEMA FÍSICA MÉDICA O TAMANHO DO PROBLEMA Quantos hipertensos existem no Brasil? Estimativa de Prevalência de Hipertensão Arterial (1998) 13 milhões se considerar cifras de PA > 160 e/ou 95 mmhg 30 milhões

Leia mais

DIABETES MELLITUS E HIPERTENSÃO ARTERIAL: Prevenção, Consciência e Convivência.

DIABETES MELLITUS E HIPERTENSÃO ARTERIAL: Prevenção, Consciência e Convivência. DIABETES MELLITUS E HIPERTENSÃO ARTERIAL: Prevenção, Consciência e Convivência. Lourival dos Santos Filho Graduando em Farmácia Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS Klerison Romero Martinez Graduando

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

A saúde do tamanho do Brasil

A saúde do tamanho do Brasil A saúde do tamanho do Brasil BREVE HISTÓRIA DE UMA LONGA CAMINHADA A saúde é um direito de todos e um dever do Estado. Essa conquista social, incorporada à Constituição Federal de 1988 e construída a partir

Leia mais

CLIPPING SINFARMIG RETORNO DE MÍDIA PESQUISA GENÉRICOS

CLIPPING SINFARMIG RETORNO DE MÍDIA PESQUISA GENÉRICOS CLIPPING SINFARMIG RETORNO DE MÍDIA PESQUISA GENÉRICOS Fonte: Jornal Estado de Minas - Caderno Opinião Fonte: Agência Brasil Fonte: Jornal Hoje em Dia - Carderno Economia Fonte: Jornal O Tempo VERSÕES

Leia mais

1. (PT) - Jornal de Notícias, 27/09/2012, Linha Saúde 24 passa para a PT mas mantém funcionários 1

1. (PT) - Jornal de Notícias, 27/09/2012, Linha Saúde 24 passa para a PT mas mantém funcionários 1 27-09-2012 Revista de Imprensa 27-09-2012 1. (PT) - Jornal de Notícias, 27/09/2012, Linha Saúde 24 passa para a PT mas mantém funcionários 1 2. (PT) - Primeiro de Janeiro, 27/09/2012, Seminário de dispositivos

Leia mais

ÍNDICE - 19/08/2004 Correio Braziliense...2 Brasil...2 O Globo...3 Economia...3 Gazeta Mercantil...4 Gazeta Mercantil...4 Nacional...

ÍNDICE - 19/08/2004 Correio Braziliense...2 Brasil...2 O Globo...3 Economia...3 Gazeta Mercantil...4 Gazeta Mercantil...4 Nacional... ÍNDICE - Correio Braziliense...2 Brasil...2 Notas...2 saúde...2 Remédio sem propaganda...2 O Globo...3 Economia...3 Farmácias não vão poder anunciar remédios...3 Glaxo abre mão de patente na China...3

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA VOTO EM SEPARADO (DEPUTADO POMPEO DE MATTOS) PROJETO DE LEI Nº 419, DE 2011.

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA VOTO EM SEPARADO (DEPUTADO POMPEO DE MATTOS) PROJETO DE LEI Nº 419, DE 2011. COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA VOTO EM SEPARADO (DEPUTADO POMPEO DE MATTOS) PROJETO DE LEI Nº 419, DE 2011. Regulamenta a venda de compostos líquidos prontos para consumo. Autor: Deputado Áureo

Leia mais

Conheça mais sobre. Diabetes

Conheça mais sobre. Diabetes Conheça mais sobre Diabetes O diabetes é caracterizado pelo alto nível de glicose no sangue (açúcar no sangue). A insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, é responsável por fazer a glicose entrar para

Leia mais

ÍNDICE - 31/01/2005 O Estado de S.Paulo...2 Metrópole...2 O Estado de S.Paulo...3 Vida&...3 câncer

ÍNDICE - 31/01/2005 O Estado de S.Paulo...2 Metrópole...2 O Estado de S.Paulo...3 Vida&...3 câncer ÍNDICE - O Estado de S.Paulo...2 Metrópole...2 Intoxicação pode ter causado morte de casal...2 O Estado de S.Paulo...3 Vida&...3 Teste ajuda detecção precoce de câncer de mama...3 Gazeta Mercantil...4

Leia mais

A Dieta Atkins promete não somente redução de peso, mas também uma melhoria no seu sistema cardíaco e funções da memória, dentre outros benefícios.

A Dieta Atkins promete não somente redução de peso, mas também uma melhoria no seu sistema cardíaco e funções da memória, dentre outros benefícios. DIETA DE BA IXO ÍNDICE DE GL IC E M IA (LOW CARB DIET ) A dieta de baixo índice de glicemia ou baixa em hidratos de carbono é indicada para tal por ser mais equilibrada e até é indicada para diabéticos

Leia mais

Os Remédios para Emagrecer são quase todos à base de Anfetaminas,

Os Remédios para Emagrecer são quase todos à base de Anfetaminas, 8 Remédios para Emagrecer Evandro Murer Especialista em Teorias e Métodos de Pesquisa em Educação Física, Esportes e Lazer na UNICAMP Os Remédios para Emagrecer são quase todos à base de Anfetaminas, que

Leia mais

SAÚDE: Novas tecnologias para o controle de glicemia e aplicação de insulina

SAÚDE: Novas tecnologias para o controle de glicemia e aplicação de insulina Jornal Campos do Jordão & Cia 1 de 1 9/7/2008 16:56 ASSINE BATE-PAPO BUSCA CENTRAL DO ASSINANTE E-MAIL SHOPPING UOL < SAÚDE: Novas tecnologias para o controle de glicemia e aplicação de insulina Para discutir

Leia mais

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR A Diabetes afeta cerca de 366 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 1 milhão de Portugueses. A cada 7 segundos morre no Planeta Terra

Leia mais

Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014

Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014 Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014 1 Mercado de Planos de Saúde Impactado por 5 Tendências E o Mercado? Continuará a Crescer? 5 Usuário

Leia mais

COMUNICAÇÃO COORDENADA UM OLHAR SOBRE O CONHECIMENTO E A DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NO EIXO RIO/SÃO PAULO: O CASO CÂNCER

COMUNICAÇÃO COORDENADA UM OLHAR SOBRE O CONHECIMENTO E A DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NO EIXO RIO/SÃO PAULO: O CASO CÂNCER II ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISADORES EM JORNALISMO SOCIEDADE BRASILEIRA DE PESQUISADORES EM JORNALISMO SBPJor FACULDADE DE COMUNICAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA 26 E 27 DE NOVEMBRO DE 2004 SALVADOR

Leia mais

MUDANÇAS NO MERCADO BRASILEIRO PARA O TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO ERÉTIL INTERCORRENTES DA QUEBRA DA PATENTE DO CITRATO DE SILDENAFILA (Viagra )

MUDANÇAS NO MERCADO BRASILEIRO PARA O TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO ERÉTIL INTERCORRENTES DA QUEBRA DA PATENTE DO CITRATO DE SILDENAFILA (Viagra ) MUDANÇAS NO MERCADO BRASILEIRO PARA O TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO ERÉTIL INTERCORRENTES DA QUEBRA DA PATENTE DO CITRATO DE SILDENAFILA (Viagra ) Luiz Marques Campelo 1, Marcelo Gurgel Carlos da Silva 1, Maria

Leia mais

Tratamento da Dependência Química: Um Olhar Institucional.

Tratamento da Dependência Química: Um Olhar Institucional. A dependência química é uma síndrome de números superlativos e desconfortáveis; A OMS (Organização Mundial de Saúde) aponta que mais de 10% de qualquer segmento populacional apresenta predisposição à dependência

Leia mais

AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II

AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II 1. Objetivos das aulas práticas 1.1 Gerais Ser capaz de, através do cadastramento, detectar problemas, pensar nas causas destes problemas e propor soluções

Leia mais

PROJETO DE LEI N o 3.055, de 2004 (Apensos os PLs 4.555, de 2004; 7.216, de 2006; 2.458, de 2007; 3.322, de 2012 e 3.786, de 2012)

PROJETO DE LEI N o 3.055, de 2004 (Apensos os PLs 4.555, de 2004; 7.216, de 2006; 2.458, de 2007; 3.322, de 2012 e 3.786, de 2012) COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N o 3.055, de 2004 (Apensos os PLs 4.555, de 2004; 7.216, de 2006; 2.458, de 2007; 3.322, de 2012 e 3.786, de 2012) Cria o Programa Nacional de Coleta,

Leia mais

PARECER Nº, DE 2006. Em 1º de agosto de 2003, a CAS recebeu emenda à proposição, apresentada pela Senadora Lúcia Vânia.

PARECER Nº, DE 2006. Em 1º de agosto de 2003, a CAS recebeu emenda à proposição, apresentada pela Senadora Lúcia Vânia. PARECER Nº, DE 2006 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em caráter não-terminativo, sobre os Projetos de Leis do Senado n os 237 e 504, de 2003, e nº 80, de 2004; e sobre os Projetos de Leis da Câmara n os

Leia mais

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida Colesterol O que é Isso? X O que é o Colesterol? Colesterol é uma gordura encontrada apenas nos animais Importante para a vida: Estrutura do corpo humano (células) Crescimento Reprodução Produção de vit

Leia mais