Centro de Ocupação de Tempos Livres de Santo Tirso Ano Letivo 2015/2016

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Centro de Ocupação de Tempos Livres de Santo Tirso Ano Letivo 2015/2016"

Transcrição

1 Ano Letivo 2015/2016 SETEMBRO Início do ano letivo Acolhimento das Jogos de interação Visita pelas instalações do ATL Conhecimento dos transportes e das pessoas e regras que os acompanham Proporcionar um melhor e mais personalizado atendimento para favorecer uma melhor adaptação; Promover a integração de novos utentes e incentivar a inserção dos mesmos no grupo; Contribuir para um início de ano letivo alegre, participativo e gerador de um bom relacionamento dentro da instituição, promovendo a interação; Estabelecer regras e normas que facilitem o funcionamento das diversas atividades; Levar as crianças e jovens a cumprir regras para um bom entendimento entre todos; Fomentar o gosto e o interesse pela convivência, pela cooperação e pelo desejo de aprender a ser. Durante todo o mês Outono Elaboração da decoração alusiva à época Desenvolver a criatividade; Descobrir a polivalência dos materiais; Promover o conhecimento dos objetos da natureza; Desenvolver a imaginação Plano Anual de Atividades Ano Letivo

2 OUTUBRO Dia Nacional da água Dia das Bruxas Halloween Valorizar a água no meio ambiente e a sua importância para os seres vivos Alertar para a urgente necessidade de preservação e poupança deste recurso natural tão valioso. Proporcionar várias atividades plásticas relacionadas com o tema; Promover momentos de maior convívio e animação NOVEMBRO Dia de S. Martinho Magusto Elaboração de cartuchos para as castanhas Promover a socialização; Reviver e valorizar as tradições. Conhecer/relembrar a lenda de S. Martinho; Preservar a tradição; Proporcionar maior convívio entre as crianças e jovens DEZEMBRO Elaboração da decoração de Natal Desenvolver o gosto e entusiasmo pelas atividades desenvolvidas em comum a Plano Anual de Atividades Ano Letivo

3 Comemoração do início do inverno Identificar e reconhecer características próprias da estação; Proporcionar atividades plásticas variadas e outras relacionadas com o tema DEZEMBRO Almoço de Natal Troca de prendas Realizar o almoço de Natal; Estimular o sentido de partilha; Sensibilizar as crianças e jovens para os valores implícitos na quadra natalícia Festa de Natal Estreitar as relações Escola/Família/comunidade; Sensibilizar para o espírito natalício; Promover a socialização entre os restantes membros da instituição Pais Plano Anual de Atividades Ano Letivo

4 JANEIRO Comemoração dos Reis Promover o gosto pela música; Desenvolver a memorização; Promover a socialização Carnaval Elaboração de máscaras Valorizar e manter o espírito carnavalesco; Proporcionar atividades plásticas variadas e outras relacionadas com o tema A Desfile de Carnaval Valorizar e manter o espírito carnavalesco; Promover o convívio; Partilhar sentimentos de alegria e diversão através de situações lúdicas FEVEREIRO Dia do COTL Valorizar a importância do COTL para as crianças e para a comunidade Plano Anual de Atividades Ano Letivo

5 Dia da Amizade S. Valentim Elaboração de uma lembrança Desenvolver a estabilidade afetiva; Potenciar as vivências afetivas; Promover relações de amizade; Participar nas atividades plásticas; Estimular o sentido de partilha Comemoração do Dia do Pai Elaboração de uma lembrança Lanche de oferta ao Pai Valorizar a importância Promover o convívio ente os pais; Incutir valores afetivos Pais dos utentes MARÇO Dia da Árvore Início da primavera Promover a educação ambiental; Sensibilizar para o respeito pela floresta; Reconhecer formas de combate à poluição; Fomentar o contacto direto com a natureza; Tomar consciência da importância das ações individuais e coletivas na defesa do ambiente Plano Anual de Atividades Ano Letivo

6 ABRIL Festa da Páscoa Elaboração da lembrança para a madrinha Execução de uma lembrança para as crianças Dia Mundial da actividade fisica Dia Mundial da Saúde Desenvolver a criatividade; Explorar diferentes materiais; Desenvolver as destrezas manipulativas; Explorar costumes e tradições do nosso meio. Promover a prática da actividade física; Mostrar os benefícios do exercício físico. Alertar, através das nossas crianças, a sociedade civil para os problemas na área da saúde, que afetam a humanidade; Incutir nas crianças/jovens a importância de um estilo de vida saudável a Dia da Mãe Elaboração da prenda para mãe Lanche de oferta à mãe Sensibilizar para a relação entre mãe e filho; Valorizar a importância da figura maternal Plano Anual de Atividades Ano Letivo

7 Mês da Luta contra os maus tratos infantis Dia Mundial da higiene das mãos Consciencializar, através das nossas crinças, a comunidade local para a importância da prevenção dos maustratos na infância e para o fortalecimento das famílias e das próprias crianças. Transmitir às crianças a importância da higienização das mãos. Durante todo o mês Voluntários MAIO Dia Internacional da familia Sensibilizar a população para a importância da família como veículo vital da sociedade e para os seus direitos e responsabilidades; Dar a conhecer às crianças e jovens a diversidade de famílias que existem na nossa sociedade JUNHO Comemoração do Dia Mundial da Criança Lanche especial Reconhecer a importância das crianças; Partilhar sentimentos de alegria e diversão através de situações lúdicas; Tomar conhecimento/relembrar os Direitos da Criança Plano Anual de Atividades Ano Letivo

8 Visita de estudo Proporcionar um tempo de convívio e confraternização; Realizar aprendizagens fora da instituição; Contatar com o meio ambiente; Conhecer o património natural e cultural de outras regiões; Sensibilizar as crianças para o saber estar em lugares públicos. A definir Início do verão Identificar e reconhecer características próprias da estação; Proporcionar diferentes atividades plásticas relacionadas com o tema Plano Anual de Atividades Ano Letivo

9 Julho Colónia Balnear Proporcionar atividades sensoriais em ambiente de praia; Participar em atividades de grupo; Promover momentos de bem-estar, descanso e brincadeira livre; Proporcionar oportunidades para que as crianças possam viver experiências agradáveis, aprender novas habilidades, adquirir hábitos de autodisciplina e persistência; a Câmara Municipal de Santo Tirso Voluntários Piquenique no Parque da Rabada Proporcionar um dia diferente às crianças e jovens; Envolver as crianças e jovens em momentos de prazer e alegria; Fomentar o contacto direto com a natureza; Participar em atividades lúdicas e desportivas. Datas a definir Plano Anual de Atividades Ano Letivo

10 Permitir às crianças e jovens uma experiência diferente; Passeios Pedestres Dar-lhes a conhecer os locais mais A definir bonitos e emblemáticos da cidade. Agosto Jogos tradicionais Promover atividades em grupo; Proporcionar um maior convívio A Plano Anual de Atividades Ano Letivo

11 AO LONGO DO ANO LECTIVO Tempo de aprender com acompanhamento ao estudo Ler e Descobrir Natação Futebol Momentos Musicais Artes Plásticas Sensibilizar as crianças e jovens para o saber estar e saber ouvir ; Proporcionar oportunidades para que as crianças e jovens possam viver experiências agradáveis, aprender novas habilidades, adquirir hábitos de auto-disciplina e persistência; Aprender a cooperar e a competir; Aprender a viver com os outros fomentando as relações pessoais; Proporcionar às crianças e jovens momentos de prazer e alegria; Desenvolver a criatividade e a autoestima; Estimular as crianças e jovens para o aprender fazendo Sensibilizar as crianças e jovens para a importância de participarem nas atividades plásticas; Fomentar o trabalho de pares, trabalhando a socialização e a cooperação; Câmara Municipal Voluntariado Adquirir outros métodos e técnicas de trabalho individual e em grupo Proporcionar e incentivar a independência pessoal e social. Plano Anual de Atividades Ano Letivo

12 Informática Possibilitar um contexto de actividades baseadas na interatividade; Desenvolver aptidões informáticas; Experimentar e pesquisar na Internet; Ampliar conhecimentos. Técnicas do ATL Voluntariado Cinema na Biblioteca Municipal de santo Tirso Sensibilizar os alunos para o saber estar em lugares públicos; Motivar e despertar o interesse das crianças pelo cinema. Datas a definir Câmara Municipal Voluntariado Aprovado pela Direcção Plano Anual de Atividades Ano Letivo

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Pré-Escolar 2013 / 2014 Outubro Setembro Início do Ano Letivo 02 Integração / adaptação das crianças Festejar a chegada da estação do Semana Decoração alusiva ao Outono; ano:

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1 Setembro PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1 CALENDARIZAÇÃO COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER ACTIVIDADES PASSÍVEIS DE REALIZAR 03 Recepção às Crianças (Adaptação e integração) Estimular as relações Família/Escola

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO Setembro Acolhimento das crianças - Integração e adaptação das crianças ao Centro Infantil Setembro Reunião de Pais e Encarregados

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 1º PERÍODO

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 1º PERÍODO PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES Ano Lectivo 2011/2012 Tema do Projecto Educativo: Os três R s- reduzir, reutilizar e reciclar ( A partir de Janeiro de 2012 reformulação do Projecto Educativo da Instituição)

Leia mais

Projeto Educativo/Plano de Atividades

Projeto Educativo/Plano de Atividades COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Projeto Educativo/Plano de Atividades Ano letivo 2014/2015 Índice Introdução Princípios orientadores da ação educativa Horário de funcionamento Clubes

Leia mais

Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz

Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz A primeira tarefa da educação é ensinar a ver É através dos olhos que as crianças tomam contacto com a beleza e o fascínio do mundo Os olhos têm de ser

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA PÓLO DE EDUCAÇÃO DE VILA ALVA PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2007/2008

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA PÓLO DE EDUCAÇÃO DE VILA ALVA PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2007/2008 Prof. Adelaide Fialho /Ed. Berta Pomares /Prof. Visitação Anjo 1 Recepção aos alunos Reunião com as crianças e suas famílias. Entrega de um desdobrável com informações sobre o ano lectivo. Oferta de uma

Leia mais

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida SETEMBRO Regresso à escola/adaptação Facilitar a adaptação/readaptação ao jardim de infância Negociar e elaborar a lista de regras de convivência Diálogo sobre

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO CUIABÁ 2015 Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2015 / 2016 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais

Plano Anual de Atividades (2014/2015) Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade. 1º Período Setembro de 2014

Plano Anual de Atividades (2014/2015) Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade. 1º Período Setembro de 2014 Plano Anual de Atividades (2014/2015) Atividade Curricular Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade 1º Período Setembro de 2014 Início do ano lectivo /Pais 1ª Quinzena de Setembro Reunião de

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 (Pré-Escolar) DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 (Pré-Escolar) DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 (Pré-Escolar) DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS Setembro Integração / adaptação das Crianças - Promover a integração / (re) adaptação das crianças na instituição;

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES CRECHE

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES CRECHE 2014/2015 MÊS ATIVIDADES OBJETIVOS INTEVENIENTES - Promover a integração; Dia 1 (segunda-feira) Receção às crianças - Desenvolver atitudes de autoestima e autoconfiança;

Leia mais

Projeto Clube Descobrir e Aprender com as brincadeiras

Projeto Clube Descobrir e Aprender com as brincadeiras Projeto Clube Descobrir e Aprender com as brincadeiras Atividade de Enriquecimento Curricular Docente: Carla Sofia Nunes Pote de Oliveira EB1/PE da Nazaré [2015/2016] Índice INTRODUÇÃO... 2 CARATERIZAÇÃO

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR

PLANO DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR Setembro Outubro 11 Início do Ano Letivo 15 a 19 Reunião de Pais 22 a 26 01 16 Chegada do Outono música Alimentação Atividades de escolha livre; Atividades de exploração do espaço exterior. Apresentação

Leia mais

1 Plano Anual de Actividades (2008/2009)*

1 Plano Anual de Actividades (2008/2009)* 1 Plano Anual de Actividades (2008/2009)* Meses Actividades Objectivos Recursos Materiais Recursos Humanos Local Setembro Não se irão realizar actividades orientadas. Contribuir para a adaptação e integração

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades A Casinha Brincalhona, Creche Lda Urb. Pisolar, LT 31, Alto do Pacheco 8500 Portimão www.acasinhabrincalhona.com Educadora Ângela Soares Educadora Rita Almeida 2015/2016 Plano

Leia mais

Atendimento a crianças de dois anos a três anos e onze meses PLANEJAMENTO PARA O ANO LETIVO DE 2015

Atendimento a crianças de dois anos a três anos e onze meses PLANEJAMENTO PARA O ANO LETIVO DE 2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ Secretária Municipal de Educação Creche Municipal Josefa Catarina de Almeida Atendimento a crianças de dois anos a três anos e onze meses PLANEJAMENTO PARA O ANO LETIVO DE

Leia mais

Projecto Educativo de Estabelecimento. Triénio de 2010-2013

Projecto Educativo de Estabelecimento. Triénio de 2010-2013 Projecto Educativo de Estabelecimento Triénio de 2010-2013 Creche Mundo Infantil Queremos que juntos, Equipa Educativa, Crianças e Familias, possamos proporcionar boas experiencias e aprendizagens. Só

Leia mais

Ficha de Actividade. Conteúdos: Os diferentes processos e serviços do Arquivo Municipal.

Ficha de Actividade. Conteúdos: Os diferentes processos e serviços do Arquivo Municipal. Ficha de Actividade Tipo: Visitas de Estudo Tema: Faz de conta que somos de papel Público-alvo: Alunos Pré-escolar e 1º ciclo Equipa: Serviço Educativo Arquivo Municipal Calendarização: Todo o ano. Agendadas

Leia mais

DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS

DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 (Resposta Social de Creche) DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS Setembro Integração/adaptação das Crianças Reunião de Pais 24/09/2014 Outono - Promover a integração

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR MÊS Setembro TEMA Adaptação das Crianças PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR ACTIVIDADES PEDAGÓGICAS

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 Departamento: EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 Departamento: EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 : EDUAÇÃO PRÉ-ESOLAR alendarização Setembro Outubro Tipologia (letra) I e A e Escola (siglas) Designação da Atividade (com breve descrição) - Receção às crianças: Procedimentos

Leia mais

Planificação Anual de Atividades Ano letivo 2013/2014 Educar é amar

Planificação Anual de Atividades Ano letivo 2013/2014 Educar é amar Página 1 Planificação Anual de Atividades Ano letivo 2013/2014 Educar é amar 1º Período Calendarização Atividades Competências Gerais Conteúdos Recursos Humanos e materiais 02 de setembro 12 de setembro

Leia mais

PROJETO CONSTRUINDO SABERES

PROJETO CONSTRUINDO SABERES PROJETO CONSTRUINDO SABERES Justificativa: O Projeto Construindo Saberes em Língua Portuguesa e Matemática, justifica-se pela importância de ser um instrumento de apoio pedagógico e didático para sanar

Leia mais

Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014

Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014 Fundação Centro Social de S. Pedro de, FCSR Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014 Atividade Objetivos Recursos Calendarização Local Receção e acolhimento das crianças que vão

Leia mais

INTRODUÇÃO. Projecto Curricular de Turma SALA DO ATL

INTRODUÇÃO. Projecto Curricular de Turma SALA DO ATL INTRODUÇÃO A Educação não formal distingue-se, nas últimas décadas da Educação formal ou ensino tradicional, uma vez que confere outro tipo de reconhecimento, organização, qualificação e estrutura. A Educação

Leia mais

Centro Social e Paroquial de S. Martinho de Sande

Centro Social e Paroquial de S. Martinho de Sande Centro Social e Paroquial de S. Martinho de Sande Plano Anual de Atividades 2013/2014 Objetivos Programação das Atividades Formas de Organização Recursos Envolvidos Promover a socialização da criança Integrar

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré Atividade de Enriquecimento Curricular TIC Pré-Escolar Nenúfares Docente: Telma Sá Ano Letivo: 2015/2016 1 O saber é um processo, não é um produto. Jerome

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2014 / 2015 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Atividades Previstas para o ano letivo de 2013 2014 Atividades Objetivos Estratégias Calendarização Adaptar a criança à escola e à vida Diálogos conviventes de social; apresentação

Leia mais

Estratégias. 1º Período. Tema: O grupo Subtema: Adaptação

Estratégias. 1º Período. Tema: O grupo Subtema: Adaptação Identificação do Estagiário: Sara Raquel Ramalho Pereira Ano letivo: 2013/ 2014 Identificação da Instituição: Jardim-de- Infância Adriano Correia de Oliveira Educador Cooperante: Graça Xavier Tema do PCT:

Leia mais

Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo. Outubro:

Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo. Outubro: CALENDARIZAÇÃO ATIVIDADES OBJETIVOS RECURSOS HUMANOS Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo Preparar o ano letivo Criar uma relação de empatia entre as crianças e os adultos da sala

Leia mais

Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira

Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira SETEMBRO A Escola as Cores (cont.) Estabelecer relações com os outros e conhecer as regras e os comportamentos sociais na sala; Utilizar de forma adequada os

Leia mais

Plano de Actividades 2012. Envelhecimento Ativo e Solidariedade entre Gerações. Gerações

Plano de Actividades 2012. Envelhecimento Ativo e Solidariedade entre Gerações. Gerações Plano de Actividades 2012 Envelhecimento Ativo e Solidariedade entre Gerações Gerações _Santa Casa da Misericórdia Fátima-Ourém Introdução A Santa Casa tem como Missão servir a comunidade através de respostas

Leia mais

INSTITUIÇÃO RECANTO INFANTIL TIA CÉLIA CNPJ: 05.028.042/0001-54 Rua Eucalipto N 34 Jardim - Ypê - Mauá SP Fone: 4546-9704/ 3481-6788

INSTITUIÇÃO RECANTO INFANTIL TIA CÉLIA CNPJ: 05.028.042/0001-54 Rua Eucalipto N 34 Jardim - Ypê - Mauá SP Fone: 4546-9704/ 3481-6788 Relatório de Atividades Mensal Esse relatório tem como objetivo apresentar as principais atividades desenvolvidas pela Instituição Recanto Infantil Tia, de acordo com o Projeto Biblioteca e Cidadania Ativa.

Leia mais

PROJETO BRINQUEDOTECA PALMAS

PROJETO BRINQUEDOTECA PALMAS PROJETO BRINQUEDOTECA PALMAS INTRODUÇÃO A Brinquedoteca constitui-se em espaço preparado para estimular o educando a brincar, possibilitando o acesso a uma grande variedade de brinquedos, dentro de um

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2013/2014. Resposta Social: Creche

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2013/2014. Resposta Social: Creche Ano Letivo 2013/2014 Mês Dia Atividade Intenções Pedagógicas Intervenientes Setembro 02 23 a 27 01 Início do Ano Letivo Semana Comemorativa da Chegada do outono Dia Nacional da Água - Festejar a chegada

Leia mais

Introdução. Évora, 18 de outubro de 2014. A Direção da Associação

Introdução. Évora, 18 de outubro de 2014. A Direção da Associação Introdução A dos Amigos da Ludoteca, em parceria com a Câmara Municipal de Évora na promoção dos Direitos da Criança e da Família, pretende desenvolver em 2015 um Plano de Atividades que promova o Direito

Leia mais

PROGRAMA AEC s Ciências Experimentais 2015/2016. Programa AEC s Ciências 1

PROGRAMA AEC s Ciências Experimentais 2015/2016. Programa AEC s Ciências 1 PROGRAMA AEC s Ciências Experimentais 2015/2016 Programa AEC s Ciências 1 PROGRAMA AEC s Ciências Experimentais OBJETIVOS GERAIS: - Divulgar a ciência junto dos mais novos. - Fomentar o gosto pela ciência.

Leia mais

Plano Anual. - Valores (bom/mau) - Democracia - Independência - Regras de sala - Respeito (comunicação e diferenças)

Plano Anual. - Valores (bom/mau) - Democracia - Independência - Regras de sala - Respeito (comunicação e diferenças) aprendizagem/est ratégias - Início das sessões - Recepção com as crianças e os pais - Ser capaz de vestir a bata e ir à casa-de-banho sozinho - Conhecimento do espaço sala - Área de Conhecimento do Mundo,

Leia mais

Projeto Educativo 2013/2014. Projeto Educativo ATL

Projeto Educativo 2013/2014. Projeto Educativo ATL Projeto Educativo 2013/2014 Projeto Educativo ATL 2013/2014 Índice APRESENTAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO... 3 CARATERIZAÇÃO DE LORDEMÃO... 4 CARATERIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO BEATRIZ SANTOS... 5 PROJECTO - PRINCIPAIS

Leia mais

Plano Anual de Actividades 2009/2010

Plano Anual de Actividades 2009/2010 Objectivos Actividades/Estratégias Intervenientes Setembro Reunião de pais 17/09/09 Recepção aos alunos 21/09/09 Acolher os encarregados de educação; Promover trabalho cooperativo e activo com os pais

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CAMARATE D. NUNO ÁLVARES PEREIRA SEDE: ESCOLA EB 2,3 MÁRIO DE SÁ CARNEIRO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015 / 16 1º CICLO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CAMARATE D. NUNO ÁLVARES PEREIRA SEDE: ESCOLA EB 2,3 MÁRIO DE SÁ CARNEIRO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015 / 16 1º CICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CAMARATE D. NUNO ÁLVARES PEREIRA SEDE: ESCOLA EB 2,3 MÁRIO DE SÁ CARNEIRO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015 / 16 1º CICLO ATIVIDADE Início do ano letivo/ receção a do 1º ano. Dia

Leia mais

Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO

Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO 1 Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO Setembro Acolhimento das crianças - Integração e adaptação das crianças ao Centro Infantil Setembro Reunião de Pais e Encarregados

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015

Plano Anual de Atividades 2014/2015 Plano Anual de Atividades 2014/2015 ÍNDICE I. OBJECTIVOS DO PROJETO EDUCATIVO DO AGRUPAMENTO... 3 II. Calendário escolar 2014/2015... 4 III. PLANIFICAÇÃO ANUAL DAS ATIVIDADES... 6 1º PERÍODO SETEMBRO...

Leia mais

O DIRIGENTE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CONAE 2014 E DO PNE. Célia Maria Vilela Tavares

O DIRIGENTE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CONAE 2014 E DO PNE. Célia Maria Vilela Tavares O DIRIGENTE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CONAE 2014 E DO PNE Célia Maria Vilela Tavares Pré PNE: conferências municipais de educação, participação nas conferências estaduais e na

Leia mais

Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira

Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira PREÂMBULO Os Orçamentos Participativos são símbolos de importância da participação dos cidadãos na sociedade democrática, neste sentido a Câmara Municipal

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008 Objectivos gerais: - Proporcionar o diálogo e o respeito pelas pessoas mais velhas. - Desenvolver o espírito

Leia mais

Ano letivo: 2012/2013

Ano letivo: 2012/2013 TEMA : SER É CRESCER Contextualização: Ano letivo: 2012/2013 O Plano Anual de Atividades deste ano lectivo 2012/2013, tem como tema SER É CRESCER.Este tema faz parte integrante do nosso Projeto Educativo

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS MAIO/2012 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Objetivos Atividades Responsáveis Datas Recursos Avaliaçõe s Promover o convívio entre os elementos da comunidade educativa Proporcionar momentos de alegria e partilha Recepção

Leia mais

Projeto Curricular de Turma Sala de ATL 2013/2014

Projeto Curricular de Turma Sala de ATL 2013/2014 Aux.acão educativa: Raquel Gonçalves Elisabete Marques 1 - Projeto Curricular 1.1- Caraterização e objetivos das Atividades de Tempos Livres As Atividades de Tempos Livres têm como objetivo primordial

Leia mais

Projecto Desporto para Todos. EB 1/PE do Pedregal 2008 / 09

Projecto Desporto para Todos. EB 1/PE do Pedregal 2008 / 09 EB 1/PE do Pedregal 2008 / 09 Todos os alunos têm direito a uma escola aberta àdiferença, que reconheça que cada criança éúnica, tendo as suas próprias necessidades específicas e que progride de acordo

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016 PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016 Apresentação O Curso de Licenciatura em Artes da tem como meta principal formar o professor de artes através de

Leia mais

EXPLICOLÂNDIA Centros de Estudo

EXPLICOLÂNDIA Centros de Estudo VERÃO EM GRANDE www.explicolandia.com PÁG: 2 / 8 1. QUEM SOMOS Na EXPLICOLÂNDIA durante o período de férias escolares existe um programa específico que engloba um conjunto de atividades diversificadas

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera. Plano. Estudos. Desenvolvimento. Currículo

Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera. Plano. Estudos. Desenvolvimento. Currículo Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera Plano de Estudos e Desenvolvimento do Currículo Educação Pré Escolar A Educação Pré-Escolar afigura-se como a primeira etapa da educação básica

Leia mais

CURITIBA 1966 2016 50 ANOS de PLANO DIRETOR e IPPUC

CURITIBA 1966 2016 50 ANOS de PLANO DIRETOR e IPPUC CURITIBA 1966 2016 50 ANOS de PLANO DIRETOR e IPPUC Estatuto da Cidade O Estatuto da Cidade é a denominação oficial da lei 10.257 de 10 de julho de 2001, que regulamenta o capítulo "Política Urbana" da

Leia mais

PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO

PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO CRECHE MUNICIPAL TERTULIANA MARIA DE ARRUDA SOUZA MÂE NHARA PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO CUIABÁ 2015 INTRODUÇÃO Partindo do pressuposto de que a creche é um espaço

Leia mais

Sala: CATL Professora: Elisabete Oliveira Animadora: Cristiana Almeida

Sala: CATL Professora: Elisabete Oliveira Animadora: Cristiana Almeida Sala: CATL Professora: Elisabete Oliveira Animadora: Cristiana Almeida 1 SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO A minha Escola Segurança Infantil Outono Dia das bruxas Dia de S. Martinho Vindimas Conhecer os diferentes

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cascais Plano Anual de Atividades 2014/2015 ANEXO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO

Agrupamento de Escolas de Cascais Plano Anual de Atividades 2014/2015 ANEXO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO ANEO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO 0 1º Período A CAF (Componente de Apoio à Família 2 primeiras semanas de setembro e interrupção do Natal) será acionada de acordo com resposta dos Encarregados

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede 1. Identificação DEPARTAMENTO: Pré-Escolar PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - PROPOSTA DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO - 2010 / 2011 Coordenador(a):

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL A vida é a arte de pintar e sentir a nossa própria história. Somos riscos, rabiscos, traços, curvas e cores que fazem da nossa vida uma verdadeira obra de arte! Autor

Leia mais

Sustentabilidade transversal

Sustentabilidade transversal Galp Voluntária 1 Galp Voluntária A Galp Voluntária é o programa estruturado de voluntariado da Galp Energia que procura facilitar, concretizar e potenciar iniciativas de voluntariado empresarial destinadas

Leia mais

Capítulo I Disposições Gerais

Capítulo I Disposições Gerais Regulamento Municipal do Banco Local de Voluntariado de Marco de Canaveses Preâmbulo A Lei n.º 71/98, de 3 de Novembro, estabelece as bases do enquadramento jurídico do voluntariado, visando promover e

Leia mais

Plano Anual de Actividades

Plano Anual de Actividades Plano Anual de Actividades ATL Tema/conceito: Ser é Crescer Contextualização: O Plano Anual de Actividades para este ano lectivo 2012/2013, tem como tema/conceito base SER É CRESCER. Este tema/conceito

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informática e Comunicação Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Qualificação:

Leia mais

Projeto Educativo 2013-2017

Projeto Educativo 2013-2017 Projeto Educativo 2013-2017 A Escola A CONSTRUIR Qualidade dos Recursos Recursos humanos Serviços e equipamentos Instalações Qualidade da Interação com a comunidade Família Comunidade educativa Qualidade

Leia mais

Planificação de Atividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Letivo 2012 / 2013

Planificação de Atividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Letivo 2012 / 2013 Planificação de Atividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Letivo 2012 / 2013 Psicóloga Ana Rita Antunes (2º e 3º Ciclos e Coordenadora do Serviço de Psicologia e Orientação) Psicóloga Filipa

Leia mais

Projeto: Os 3 porquinhos

Projeto: Os 3 porquinhos Projeto: Os 3 porquinhos Este projeto surgiu do desenvolvimento do projeto anterior A casa e uma das histórias que surgiu foi Os 3 porquinhos. Através desta história,todo o grupo mostrou grande entusiasmo

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular

Leia mais

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE O Curso de Artes na Maturidade, direcionado para o público de 50 anos em diante, se propõe a estimular a criatividade, ampliar o potencial expressivo e a socialização,

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2014

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2014 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2014. PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2014 Serviço Técnico de Educação para a Deficiência Intelectual e Motora Direção Regional de Educação e Recursos Humanos Região Autónoma

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO SALA CURIOSOS

PROJETO PEDAGÓGICO SALA CURIOSOS PROJETO PEDAGÓGICO SALA CURIOSOS Ano letivo 2012/2013 PROJETO PEDAGÓGICO SALA DOS CURIOSOS INDICE 1- Caracterização do grupo 2- Tema do projeto pedagógico da sala dos Curiosos: A Brincar vamos descobrir

Leia mais

Regulamento Interno. Centro Ocupacional de São Brás. Capítulo I. Objectivos do Regulamento

Regulamento Interno. Centro Ocupacional de São Brás. Capítulo I. Objectivos do Regulamento Regulamento Interno Centro Ocupacional de São Brás Capítulo I Objectivos do Regulamento 1) O presente regulamento visa definir as regras de organização e funcionamento do Espaço Educacional de São Brás,

Leia mais

Sala: 3 meses aos 12 meses (Berçário 1 e 2) Educadora: Rita Gomes

Sala: 3 meses aos 12 meses (Berçário 1 e 2) Educadora: Rita Gomes Sala: 3 meses aos 12 meses (Berçário 1 e 2) Educadora: Rita Gomes SETEMBRO Adaptação A escola e o grupo Outono Observar o meio envolvente Adaptar-se ao espaço e ao grupo Explorar o meio envolvente Criar

Leia mais

POLÍTICA ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ÍNDICE. 1. Objetivo...2. 2. Abrangência...2. 3. Definições...2. 4. Diretrizes...3. 5. Materialidade...

POLÍTICA ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ÍNDICE. 1. Objetivo...2. 2. Abrangência...2. 3. Definições...2. 4. Diretrizes...3. 5. Materialidade... ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Folha 1/8 ÍNDICE 1. Objetivo...2 2. Abrangência...2 3. Definições...2 4. Diretrizes...3 5. Materialidade...7 Folha 2/8 1. Objetivos 1. Estabelecer as diretrizes que devem orientar

Leia mais

Implementação das Actividades

Implementação das Actividades Implementação das Actividades Planificação Mensal das Actividades do ATL * (1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2009) Objectivos Actividades Janeiro 2009 Promover a interacção e participação activa do ATL

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 1ª ETAPA / 2013 MATERNAL II PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA 2013 MATERNAL 2 ANOS Qual é o nosso afã de cada dia? É tentar sempre o melhor, mas não cansar de

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Ano letivo O constitui-se como um documento orientador das actividades desenvolvidas 2014/2015 ao longo do ano lectivo. Desta forma, nas páginas que

Leia mais

Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15

Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15 2015 Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15 Junta de Freguesia de Fermentelos Índice NOTA JUSTIFICATIVA... 2 CAPÍTULO I... 3 Missão... 3 Artigo 1º... 3 CAPÍTULO II... 3 Objeto... 3 Artigo 2º...

Leia mais

Crianças e adolescentes inscritos no Programa Segundo Tempo.

Crianças e adolescentes inscritos no Programa Segundo Tempo. Manual de Procedimentos APRESENTAÇÃO Oportunizar aos beneficiados do Programa Segundo Tempo eventos e programações diferenciadas ao longo do ano é uma das ações estratégicas desta Secretaria Nacional.

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA DE VOLUNTARIADO

REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA DE VOLUNTARIADO 2012 REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA DE VOLUNTARIADO 2 de 1 Índice 1. Enquadramento... 3 2. Definição... 3 3. Princípios... 4 4. Objetivos... 4 5. Direitos... 4 6. Deveres... 5 7. Inscrição... 7 8. Candidatura...

Leia mais

Resultados do Projeto de Melhoria 5ª Edição da Semana Aberta. Um Espaço Aberto à Comunidade

Resultados do Projeto de Melhoria 5ª Edição da Semana Aberta. Um Espaço Aberto à Comunidade Resultados do Projeto de Melhoria 5ª Edição da Semana Aberta Um Espaço Aberto à Comunidade Fevereiro / 2015 INDÍCE Semana Aberta Um Espaço Aberto à Comunidade Relatório Anual I. Introdução II. III. IV.

Leia mais

Licenciatura em Serviço Social. Intervenção Social na Infância, Adolescência e Velhice. Ano letivo 2014/2015

Licenciatura em Serviço Social. Intervenção Social na Infância, Adolescência e Velhice. Ano letivo 2014/2015 A INSTITUCIONALIZAÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS Licenciatura em Serviço Social Intervenção Social na Infância, Adolescência e Velhice Ano letivo 2014/2015 O acolhimento institucional constitui uma medida de

Leia mais

CONEXÃO VERDE IASEA REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL

CONEXÃO VERDE IASEA REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL CONEXÃO VERDE REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL IASEA INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL 1. APRESENTAÇÃO Conexão Verde é uma rede de aprendizagem e colaboração que envolve jovens

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: Renato Custódio da Silva

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: Renato Custódio da Silva PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Ética e Cidadania Organizacional Eixo Tecnológico: Gestão e

Leia mais

TECNOLOGIAS APLICADAS

TECNOLOGIAS APLICADAS ESCOLA SECUNDÁRIA DE VALONGO Ano Lectivo: 2009/2010 CURSO PROFISSIONAL DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES TECNOLOGIAS APLICADAS 12 ANO - Turma TE Professor: Ana Lisa Rodrigues Grupo: 0 Tecnologias

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Sector da Escola: Pré-Escolar / 1º Ciclo Actividades (em articulação com as prioridades do Projecto

Leia mais

CRECHE MUNICIPAL MARIANA FERNANDES MACEDO

CRECHE MUNICIPAL MARIANA FERNANDES MACEDO Secretaria Municipal de Educação Diretoria de Politicas Educacionais Coordenadoria de Organização Curricular Gerencia de Educação Infantil CRECHE MUNICIPAL MARIANA FERNANDES MACEDO PROJETO ALIMENTAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS COMPORTAMENTAIS (NEC) DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS COMPORTAMENTAIS (NEC) DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS COMPORTAMENTAIS (NEC) DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS Em reunião de 05 de setembro de 2014, o Núcleo de Estudos Comportamentais (NEC), autorizado pelo disposto no inciso

Leia mais

O contacto com a obra de Arte não tem de ser acessível apenas às elites

O contacto com a obra de Arte não tem de ser acessível apenas às elites O contacto com a obra de Arte não tem de ser acessível apenas às elites A Arte, ao longo da História, sempre esteve intrinsecamente ligada à sociedade e têm evoluído conjuntamente, o homem interage com

Leia mais

Plano Anual de Actividades 2011/2012 Pré-Escolar

Plano Anual de Actividades 2011/2012 Pré-Escolar Plano Anual de Actividades 2011/2012 Pré-Escolar MESES CONTEÚDOS / ACTIVIDADES OBJECTIVOS SETEMBRO Recepção às crianças e às famílias; Elaboração do projeto curricular de sala Elaboração do plano de Desenvolvimento

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2013/ 2014. - Receção e entrega de lembranças às. - Proporcionar momentos de alegria e Educadoras (S.A.

Plano Anual de Atividades 2013/ 2014. - Receção e entrega de lembranças às. - Proporcionar momentos de alegria e Educadoras (S.A. Data em que se realiza Setor/ Departamento Atividades Objetivos Específicos Responsáveis 2 de setembro - Receção e entrega de lembranças às - Fomentar a adaptação das crianças e Ajudantes crianças; na

Leia mais

PROJETO: YAGP - NEW YORK 2016 NEW YORK, AQUI VAMOS NÓS!

PROJETO: YAGP - NEW YORK 2016 NEW YORK, AQUI VAMOS NÓS! PROJETO: YAGP - NEW YORK 2016 NEW YORK, AQUI VAMOS NÓS! 2015 Dançar é sentir... É ver... É ouvir... APRESENTAÇÃO Dançar é sentir disse a bailarina Isadora Duncan, mundialmente conhecida pelos seus movimentos

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA A Socioambiental (PRSA) substitui a Política Corporativa pela Sustentabilidade (2011), e incorpora a contribuição das partes interessadas

Leia mais

Plano de Atividades da Equipa de Animação

Plano de Atividades da Equipa de Animação Plano de Atividades da Equipa de Animação 2014 janeiro 2014 1 de janeiro de 2014- Dia Mundial da Paz 6 de janeiro de 2014- Dia de Reis. 29 de janeiro de 2014- Reunião Equipa de Animação 26 de janeiro de

Leia mais

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014. Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem dos alunos

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014. Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem dos alunos OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014 Promover o sucesso académico Reforçar a organização, coordenação e articulação curricular Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo

Leia mais

ACADEMIA DE INSTRUÇÃO E RECREIO FAMILIAR ALMADENSE

ACADEMIA DE INSTRUÇÃO E RECREIO FAMILIAR ALMADENSE ACADEMIA DE INSTRUÇÃO E RECREIO FAMILIAR ALMADENSE REGULAMENTO 2 Festival da Canção Infantil e Juvenil "Musicalmadense" REGULAMENTO Artigo 1 (Natureza e Fim) O Festival da Canção Infantil e Juvenil " MusicAlmadense"

Leia mais

Resposta Social de Creche

Resposta Social de Creche Plano Anual de Avenida da Quinta da Prata, Edifício 2, 7150-154 Borba Telefone: 268 891 607 Telemóvel: 967 178 675 Fax: 268 891 608 Correio eletrónico: geral@scmborba.pt Facebook: www.facebook.com/scmborba

Leia mais