Estratégias de marketing para serviços de alimentação Prof. Dr. Raul Amaral

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estratégias de marketing para serviços de alimentação Prof. Dr. Raul Amaral"

Transcrição

1 Estratégias de marketing para serviços de alimentação Prof. Dr. Raul Amaral 1) Estratégias de produtos e serviços. 2) Estratégias de preços. 3) Estratégias de promoção e vendas. 1) Estratégias de produtos e serviços Na aula 4, foram estimados os movimentos físico e financeiro para um serviço de alimentação, com base no potencial do mercado-alvo e no tíquete médio esperado por cliente. Agora, essas estimativas deverão ser desdobradas em estratégias de produtos e serviços que serão comercializados. Fundamentalmente, a estratégia de produto deve estabelecer as linhas de produtos e serviços que serão comercializados, de modo a obter o tíquete médio e o movimento financeiro desejado para a empresa. O quadro 7.1 apresenta exemplos de empresas com diferentes linhas de produtos e serviços que compõem sua receita total. Quadro 7.1 Exemplos de empresas com diferentes linhas de produtos e serviços. Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi 1 1

2 Um exemplo de estimativa de receitas de diferentes produtos e serviços é apresentado no quadro 7.2. Quadro 7.2 Estimativa de receitas por linha de produtos e serviços 2 Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi

3 Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi 3 3

4 2) Estratégias de preços A estratégia de preços deve determinar aos clientes: O conjunto de valores dos serviços e dos produtos comprados. Uma relação justa de acordo com a satisfação proporcionada. O padrão de qualidade dos serviços. A estratégia de preços pode seguir diferentes tipos de objetivos: Objetivos de maximização do lucro: os preços são calculados de modo a gerar a maior taxa de lucro possível. Cobra-se o maior preço que os clientes possam suportar. Objetivos de maximização das vendas: os preços são estabelecidos de modo a gerar o maior volume de vendas. Objetivos de conquista ou defesa de participação de mercado: os preços são estabelecidos de acordo com a estratégia competitiva perante os concorrentes. Objetivos de imagem de prestígio: os preços são mantidos em patamares elevados para sinalizar imagem de exclusividade. De modo geral, os preços podem ser definidos de modo a manter a coerência com fatores internos e externos. Fatores internos: custos, rentabilidade e capacidade. Fatores externos: comportamento do consumidor, tamanho da demanda e concorrentes. Estratégias de preços sob a ótica dos custos Sob a ótica dos custos, os preços podem ser calculados sem considerar os fatores externos. Considerando que: CD = Custo Direto CF = Custo Fixo ME = Movimento Esperado LD = Lucro Desejado Matérias-primas, energia elétrica, gás, água, despesas operacionais diretas, impostos e comissões que incidem sobre as vendas. Salários do pessoal administrativo, aluguéis, IPTU e outras despesas fixas. Quantidade esperada de clientes no mês. Valor do lucro esperado pelos sócios. 4 Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi

5 Então, para calcular o preço suficiente (denominado preço-alvo) para atender à expectativa de lucro dos sócios da empresa, pode-se utilizar a fórmula abaixo: Por exemplo, se: Preço Alvo = CD + CF/ME + LD/ME CD - Custo direto médio de uma refeição. = R$ 10,00 CF - Custo fixo do restaurante. = R$ ,00 ME - Movimento esperado no mês. = clientes LD - Lucro desejado. = R$ ,00 Então, o preço alvo deveria ser: Preço-alvo = / /5000 = = R$ 34,00 É importante observar que o valor calculado depende da ocorrência do volume de movimento físico previsto. Caso o movimento real seja menor, o lucro também será menor. Estratégias de preços sob a ótica da demanda Um fator que deve ser considerado é a sensibilidade dos consumidores ao preço. Os consumidores tendem a ser menos sensíveis aos aumentos de preços quando: O serviço ou o produto for exclusivo. O serviço apresentar melhor relação benefício-custo. O ambiente for exclusivo. Não existir concorrência por perto. Possuir nível elevado de renda. Houver pressão de tempo e de urgência. O custo da refeição for dividido com outras pessoas. Na inauguração da empresa, podem ser considerados diferentes posicionamentos estratégicos em relação aos preços: Estratégia da nata de mercado: consiste em praticar preços elevados desde o início da operação, concentrando-se num grupo de clientes que se disponha a pagá-lo. Estratégia de preço de penetração no mercado: consiste em praticar preços baixos para conquistar rapidamente uma fatia do mercado significativa. Ou quando existe bastante concorrência na mesma categoria de serviço. Estratégia de preços competitivos: consiste na oferta sistemática de preços mais baixos que os da concorrência. No entanto, a concorrência via preço costuma ser prejudicial para todo o mercado a longo prazo. Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi 5 5

6 Outras estratégias de preços costumam ser comuns, tais como: Preço psicológico: baseia-se na crença de que preços quebrados, como R$ 1,99, tornam o produto mais atraente aos consumidores. Preços flexíveis: prática de preços diferentes para mercados diferentes, para segmentos específicos de consumidores ou conforme a época (preços altos no início da estação, preços baixos no final ou fora da estação). Redução de preço por freqüência de uso: com base em programas de fidelidade. Preços de pacotes de serviços: preço atrativo para uma combinação de serviços e produtos como, por exemplo, um menu degustação com garrafa de vinho grátis. Preços promocionais: preços convidativos para festivais, comemorações. Preços iscas para atrair os clientes. 3) Estratégias de promoção e vendas As estratégias promocionais e de vendas podem ser classificadas em: a) Propaganda. b) Promoções de vendas. c) Publicidade e relações públicas. d) Venda pessoal. e) Marketing direto: banners, catálogos, mala-direta, telemarketing etc.. f ) Marketing local, merchandising. Quadro 7.3 alternativas para definição do mix promocional. 6 Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi

7 Estratégias de PROPAGANDA Os elementos essenciais da propaganda são a MENSAGEM E A MÍDIA. Geralmente, os maiores custos são decorrentes da veiculação da mensagem em diferentes mídias. Quadro 7.4. Exemplo de programação de mídia para uma mensagem que visa atrair clientes para as festas de final de ano. A escolha das mídias deve levar em consideração a sua capacidade de alcançar os públicos desejados pela empresa, de modo a gerar a atração de um número de clientes que compense os recursos investidos na campanha. Quadro 7.5 Tipos de mídia utilizadas em propaganda Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi 7 7

8 Estratégias de PROMOÇÃO DE VENDAS A promoção de vendas costuma ser usada para gerar um estímulo capaz de atrair clientes em curto prazo ou mesmo para estimular as vendas de produtos específicos. Por exemplo, um festival de culinária italiana ou uma degustação para estimular a venda de vinhos. Um programa de promoção de vendas deve considerar: A definição dos objetivos. O tipo de promoção que será realizada. Os públicos almejados. O tempo de duração da promoção. Os meios para divulgação e distribuição de material. A infra- estrutura de suporte. A estimativa dos custos da promoção. Os preparativos. O sistema de avaliação dos resultados da promoção. Estratégias de RELAÇÕES PÚBLICAS Entre os objetivos das estratégias de relações públicas, destacamos: Relacionamento com a imprensa: de modo a apresentar notícias e informações sobre a empresa para obter intensa exposição e posicionamento positivo na imprensa; Comunicação corporativa: promover o conhecimento sobre a empresa por meio da comunicação externa e interna; Assessoria: assessorar a empresa em assuntos de natureza pública relacionados a sua posição ou imagem. 8 Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi

9 As ferramentas utilizadas nos programas de relações públicas estão resumidas: Quadro 7.6 ferramentas de relações públicas Uma estratégia muito utilizada por redes de restaurantes como McDonald s, Burger King e Pizza-Hut é o estreito relacionamento com a comunidade. Estratégias de MARKETING ON-LINE Os benefícios do marketing on-line podem ser definidos como: Para os COMPRADORES: conveniência, informação, não precisa manter contato pessoal. Para os VENDEDORES: ajustar rapidamente as condições de mercado, menores custos de publicação, manutenção de canal para relacionamento on-line, dimensionamento da audiência. As ações on-line para promoção da empresa podem utilizar: Páginas na Internet para divulgação da empresa: descrição da empresa, apresentação dos produtos e atributos, notícias, divulgação de eventos, lançamento de novos produtos, cardápio, catálogo de produtos, informação sobre recrutamento e seleção etc.. Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi 9 9

10 Páginas específicas como canal de vendas: reservas ou delivery. Canal de comunicação com os clientes. Propaganda on-line. Utlização de marketing para promoções. 10 Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi

11 11 Estratégias de marketing para serviços de alimentação / Anhembi Morumbi 11

Estratégias de recursos humanos para serviços de alimentação Profº Dr. Raul Amaral

Estratégias de recursos humanos para serviços de alimentação Profº Dr. Raul Amaral Estratégias de recursos humanos para serviços de alimentação Profº Dr. Raul Amaral Estratégias de recursos humanos para serviços de alimentação. 1. Formação e manutenção da equipe de trabalho. 2. Pesquisa

Leia mais

Como Atrair Clientes

Como Atrair Clientes COMO ATRAIR CLIENTES QUESTÕES BÁSICAS Quem são os meus clientes? Quantos sãos? Onde estão? Como fazer para falar com eles? DEFINIÇÃO SEGMENTO DE MERCADO Significa um grupo de consumidores com necessidades

Leia mais

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade II MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino Preço em varejo Preço Uma das variáveis mais impactantes em: Competitividade; Volume de vendas; Margens e Lucro; Muitas vezes é o mote

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

MARKETING II. Comunicação Integrada de Marketing

MARKETING II. Comunicação Integrada de Marketing CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARKETING II Comunicação Integrada de Marketing Profª: Michele Freitas Santa Maria, 2012. O que é comunicação integrada? É o desenvolvimento

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Capítulo 18 Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Questões abordadas no capítulo Quais são as etapas envolvidas

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL Questão n o 1 a) O candidato deverá apresentar seis dentre as seguintes vantagens: Domínio de tecnologia capaz de produzir bens preferidos por certas classes de compradores Aumento dos índices de qualidade

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE MARKETING

COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO INTEGRADA DE MARKETING Meio através do qual a empresa informa, persuadi e lembra os consumidores sobre o seu produto, serviço e marcas que comercializa. Funções: Informação

Leia mais

Capítulo 7. As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público

Capítulo 7. As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público Capítulo 7 As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público Pós Graduação Gestão Pública Administração de Marketing Conteúdo - Capítulo 7 Imagem e conhecimento do mercado: A imagem da

Leia mais

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes Capítulo 16 e administração de comunicações integradas de marketing Objetivos Aprender quais são as principais etapas no desenvolvimento de um programa eficaz de comunicações integradas de marketing. Entender

Leia mais

MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING ESTRATÉGICO O conceito de marketing é uma abordagem do negócio. HOOLEY; SAUNDERS, 1996 Esta afirmação lembra que todos na organização devem se ocupar do marketing. O conceito de marketing não

Leia mais

AULA 4 Marketing de Serviços

AULA 4 Marketing de Serviços AULA 4 Marketing de Serviços Mercado Conjunto de todos os compradores reais e potenciais de um produto ou serviço. Trata-se de um sistema amplo e complexo, que envolve: FORNECEDORES CONCORRENTES CLIENTES

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença?

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença? MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS Qual a diferença? Marketing promocional É uma ferramenta que se utiliza de várias outras para promover a promoção de vendas. Por exemplo: Marketing promocional

Leia mais

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing Questão 01: (ENADE 2009): Um fabricante de sapatos pode usar a mesma marca em duas ou mais linhas de produtos com o objetivo de reduzir os custos de

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Propaganda Qualquer forma paga de apresentação não pessoal e promocional

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

MARKETING DESENVOLVIMENTO HUMANO

MARKETING DESENVOLVIMENTO HUMANO MRKETING DESENVOLVIMENTO HUMNO MRKETING rte de conquistar e manter clientes. DESENVOLVIMENTO HUMNO É a ciência e a arte de conquistar e manter clientes e desenvolver relacionamentos lucrativos entre eles.

Leia mais

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO E SUSTENTABILIDADE Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações

Leia mais

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE Marketing Empresarial Capítulo 1 Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca,

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com.

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado Análise de Mercado A análise de mercado é um dos componentes do plano de negócios que está relacionado ao marketing da organização. Ela apresenta o entendimento

Leia mais

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires Princípios e Conceitos de Marketing Prof. Felipe A. Pires O que é Marketing? É a execução de um conjunto de atividades comerciais, tendo como objetivo final a troca de produtos ou serviços entre produtores

Leia mais

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento.

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento. Vamos, juntos Somos agência de publicidade e consultoria em marketing digital com a missão de atender as necessidades de comunicação da sua empresa, com serviços que abrangem desde campanhas integradas

Leia mais

O Desafio da Precificação. no B2B. Direitos reservado reprodução proibida. Direitos reservado reprodução proibida

O Desafio da Precificação. no B2B. Direitos reservado reprodução proibida. Direitos reservado reprodução proibida O Desafio da Precificação no B2B Comoditização x Diferenciação A nova abordagem da Estratégia Competitiva Em qualquer empresa o interesse de três públicos devem estar equilibrados COLABORADORES (Satisfação)

Leia mais

9 Plano de Marketing 9.1 Estratégias de Produto

9 Plano de Marketing 9.1 Estratégias de Produto 1 Sumário Executivo (O que é o plano de negócios) 2 Agradecimentos 3 Dedicatória 4 Sumário ( tópicos e suas respectivas páginas) 5 Administrativo - Introdução (O que foi feito no módulo administrativo)

Leia mais

Gestão de Negócios. Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING

Gestão de Negócios. Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING Gestão de Negócios Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING 3.1- CONCEITOS DE MARKETING Para a American Marketing Association: Marketing é uma função organizacional e um Marketing é uma função organizacional

Leia mais

Da Mensuração de Resultados à Estratégia de Shopper e Trade Marketing

Da Mensuração de Resultados à Estratégia de Shopper e Trade Marketing Da Mensuração de Resultados à Estratégia de Shopper e Trade Marketing Prof. Dr. Leandro Guissoni EAESP/FGV metade'da'minha'propaganda'é'inú1l,'mas'o'problema'é'que'não'sei' qual'metade '(John'Wanamaker)'

Leia mais

PESQUISA DE MARKETING

PESQUISA DE MARKETING PESQUISA DE MARKETING CONCEITOS É a busca de informação, a investigação do fenômeno que ocorre no processo de transferência de bens ao consumidor Trata da coleta de qualquer tipo de dados que possam ser

Leia mais

Questões abordadas no capítulo

Questões abordadas no capítulo AULA 12 Marketing Questões abordadas no capítulo Qual é a função da comunicação de marketing? Como funciona a comunicação de marketing? Quais são as principais etapas do desenvolvimento de uma comunicação

Leia mais

MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING ESTRATÉGICO Os 4 Ps CONCEITO DE PRODUTO E SERVIÇO Um produto é algo que pode ser oferecido a um mercado para satisfazer uma necessidade ou desejo. Serviço é qualquer ato ou desempenho, essencialmente

Leia mais

Objetivo: identificar as variáveis de marketing e os 4 A s; saber da sua utilizaçao

Objetivo: identificar as variáveis de marketing e os 4 A s; saber da sua utilizaçao Objetivo: identificar as variáveis de marketing e os 4 A s; saber da sua utilizaçao 1 Composto de marketing é um conjunto de instrumentos geradores de ações para direcionar a demanda de produtos e realização

Leia mais

PREÇO PSICOLÓGICO COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING

PREÇO PSICOLÓGICO COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING PREÇO PSICOLÓGICO COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING César Augusto de Albuquerque ARAÚJO (1) (1) Instituto Federal do Maranhão (IFMA/Campus-Buriticupu), Rua Dep.Gastão Vieira, 1000-Vila Mansueto; Buriticupu-MA;

Leia mais

Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3

Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3 Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3 Prof. Me. Dennys Eduardo Rossetto. Objetivos da Aula 1. O composto de marketing. 2. Administração do P

Leia mais

Promoção de vendas é a pressão de marketing de mídia ou não mídia exercida durante um período predeterminado e limitado de tempo ao nível de

Promoção de vendas é a pressão de marketing de mídia ou não mídia exercida durante um período predeterminado e limitado de tempo ao nível de Metas das Comunicações de Marketing: Criação de consciência informar os mercados sobre produtos, marcas, lojas ou organizações. Formação de imagens positivas desenvolver avaliações positivas nas mentes

Leia mais

Comunicação Integrada de marketing.

Comunicação Integrada de marketing. Comunicação Integrada de marketing. - COMPOSTO DE COMUNICAÇÃO - 4 A s - 4 C s Comunicação: é a transmissão de uma mensagem de um emissor para um receptor, de modo que ambos a entendam da mesma maneira.

Leia mais

Ciclo da Inovação. Maria José Sousa

Ciclo da Inovação. Maria José Sousa Ciclo da Inovação Maria José Sousa Ciclo da Inovação Geração de Ideias Técnicas de criatividade Estratégia competitiva Políticas de comercialização e distribuição Estratégia de Marketing Estratégia Competitiva

Leia mais

Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas

Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas Introdução 1 Tópicos Etapa 1: Conheça seu Público-Alvo 3 Etapa 2: Desenvolva Soluções com Base nas Necessidades de Negócios do Público Alvo 7

Leia mais

Atendimento. Item 2.3- Composto de Marketing:

Atendimento. Item 2.3- Composto de Marketing: Atendimento Item 2.3- Composto de Marketing: Atendimento Item 2.3- Composto de Marketing: Conjunto de pontos de interesse para os quais as organizações devem estar atentas se desejam perseguir seus objetivos

Leia mais

Marketing e Merchandising. Facilitador: Bruno Carnevali- Consultor, BOSS Consultoria

Marketing e Merchandising. Facilitador: Bruno Carnevali- Consultor, BOSS Consultoria Marketing e Merchandising no PDV 1 Quais são as definições de Marketing Marketing 1-Todas as atividades direcionadas a fazer uma troca para satisfazer necessidades ou desejos do homem 2-Processo pelo qual

Leia mais

[Escrever texto] Trabalho realizado por: Ana Margarida de Oliveira Duarte nº 9062 Marketing e Publicidade (Pos Laboral)

[Escrever texto] Trabalho realizado por: Ana Margarida de Oliveira Duarte nº 9062 Marketing e Publicidade (Pos Laboral) Trabalho realizado por: Ana Margarida de Oliveira Duarte nº 9062 Marketing e Publicidade (Pos Laboral) 1 Introdução O objectivo do presente trabalho é elaborar um plano de marketing para a empresa Bacardi

Leia mais

COMO DIVULGAR SUA EMPRESA

COMO DIVULGAR SUA EMPRESA COMO DIVULGAR SUA EMPRESA João Abdalla Consultor de Marketing Unid. Org. Capital Sebrae SP Tel.: (0XX11) 3177-4500 joaon@sebraesp.com.br 4/1/2011 1 QUESTÕES BÁSICAS Quem são os meus clientes? Quantos são?

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

(HOOLEY, SAUNDERS, PIERCY, 2005) (HOOLEY, SAUNDERS, PIERCY, 2005) Integração entre segmentos, ocupações e comportamentos de consumo

(HOOLEY, SAUNDERS, PIERCY, 2005) (HOOLEY, SAUNDERS, PIERCY, 2005) Integração entre segmentos, ocupações e comportamentos de consumo Segmentação de Parte 02 Exemplo de estratificação de classes sociais Plano de classificação socioeconômica (Reino Unido) Sociedade de Pesquisa de Reino Unido A B C1 C2 D E GRUPOS POR TIPO DE OCUPAÇÃO -

Leia mais

MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO

MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO OPERAÇÃO DE LOJA Açougue Prático e Teórico Açougue Prático e Verticalizado Atendimento - amenizando filas em supermercados Cartazista Cartazista

Leia mais

Testes de Diagnóstico

Testes de Diagnóstico INOVAÇÃO E TECNOLOGIA NA FORMAÇÃO AGRÍCOLA agrinov.ajap.pt Coordenação Técnica: Associação dos Jovens Agricultores de Portugal Coordenação Científica: Miguel de Castro Neto Instituto Superior de Estatística

Leia mais

Planejamento de Comunicação Integrada. Professor Eduardo Zafaneli

Planejamento de Comunicação Integrada. Professor Eduardo Zafaneli Planejamento de Comunicação Integrada Professor Eduardo Zafaneli Apresentações T PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO INTEGRADA Prof. Eduardo Zafaneli 1 NOSSO CURSO 1. COMUNICAÇÃO INTEGRADA 2. FERRAMENTAS NO MIX

Leia mais

Plano de Marketing. Produto (Posicionamento) Preço. Artigos de PN Como fazer Plano de Marketing. josedornelas.com.br

Plano de Marketing. Produto (Posicionamento) Preço. Artigos de PN Como fazer Plano de Marketing. josedornelas.com.br Artigos de PN Como fazer Plano de Marketing Plano de Marketing Para traçar o plano de marketing do plano de negócios, deve-se atentar à estratégia que será seguida pela empresa. A estratégia pode ser definida

Leia mais

Cap 11: Gestão do Processo de Vendas e Monitoramento da Equipe Comercial

Cap 11: Gestão do Processo de Vendas e Monitoramento da Equipe Comercial Cap 11: Gestão do Processo de Vendas e Monitoramento da Equipe Comercial AGRODISTRIBUIDOR: O Futuro da Distribuição de Insumos no Brasil. São Paulo: Atlas, 2011. Org: Matheus Alberto Cônsoli, Lucas Sciencia

Leia mais

4/2/2008. 2) Tomar grandes decisões = 1)Analisar a situação externa e interna. Leitura do mercado e das condições internas da organização

4/2/2008. 2) Tomar grandes decisões = 1)Analisar a situação externa e interna. Leitura do mercado e das condições internas da organização PLANO DE MARKETING Ferramenta importante do plano estratégico de uma empresa. Deve estar em perfeita sintonia com os objetivos estabelecidos pela empresa. É um passo para a elaboração do PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

Plataforma da Informação. Finanças

Plataforma da Informação. Finanças Plataforma da Informação Finanças O que é gestão financeira? A área financeira trata dos assuntos relacionados à administração das finanças das organizações. As finanças correspondem ao conjunto de recursos

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MÚSICA PARA EVENTOS

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MÚSICA PARA EVENTOS OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MÚSICA PARA EVENTOS 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden utility house in domus eletro house in light linea domus supri shop outdoor living & garden FEIRA PROFISSIONAL Reunir em um mesmo local e momento investidores e mercado-alvo, formando um ambiente de negócios

Leia mais

Curso de Mídia. Rodolfo Nakamura. 05 de outubro de 2015

Curso de Mídia. Rodolfo Nakamura. 05 de outubro de 2015 Curso de Mídia Rodolfo Nakamura 05 de outubro de 2015 Propaganda : profissão Lei Federal Dispõe sobre profissão de Agenciador de Propaganda Comissão sobre Veiculação; Comissão sobre produção; Propaganda

Leia mais

Roteiro para elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado do Curso de Bacharelado em Administração da AJES

Roteiro para elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado do Curso de Bacharelado em Administração da AJES Roteiro para elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado do da AJES A - APRESENTAÇÃO 1. A empresa 1.1. Aspectos Gerais 1.1.1. História da empresa (da fundação a atualidade) 1.1.2. Visão, Missão e

Leia mais

Módulo 12. Estratégias para formação de preços

Módulo 12. Estratégias para formação de preços Módulo 12. Estratégias para formação de preços As decisões de preços estão sujeitas a um conjunto inacreditavelmente complexo de forças ambientais e competitivas. Não existe como uma empresa, simplesmente,

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SAÚDE LABORAL

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SAÚDE LABORAL OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SAÚDE LABORAL 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

Prefácio à 6ª edição, xi

Prefácio à 6ª edição, xi Prefácio à 6ª edição, xi 1 Marketing na área de serviços, 1 1.1 Definição de serviços, 6 1.2 Tipos de serviços, 7 1.4 Diferenças entre marketing de serviços e de bens, 15 1.5 Características dos serviços,

Leia mais

MANUAL DO PATROCINADOR

MANUAL DO PATROCINADOR MANUAL DO PATROCINADOR Neste manual você irá encontrar informações sobre os serviços que o trevo criativo oferece aos patrocinadores, além de informações sobre o funcionamento e benefícios das leis de

Leia mais

I FESTIVAL GASTRONÔMICO DE MINEIROS RAÍZES DO CERRADO REGULAMENTO DO FESTIVAL

I FESTIVAL GASTRONÔMICO DE MINEIROS RAÍZES DO CERRADO REGULAMENTO DO FESTIVAL I FESTIVAL GASTRONÔMICO DE MINEIROS RAÍZES DO CERRADO REGULAMENTO DO FESTIVAL Introdução O Regulamento é o mais importante de todos os documentos que fazem parte do festival. Os participantes devem ter

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO GALERIA E CENTRO DE ARTES

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO GALERIA E CENTRO DE ARTES OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO GALERIA E CENTRO DE ARTES 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

COMPOSTO DE ADMINISTRAÇÃO AMBIENTE DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING PROF. RICARDO PAJÉ

COMPOSTO DE ADMINISTRAÇÃO AMBIENTE DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING PROF. RICARDO PAJÉ ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA PROF. RICARDO PAJÉ AMBIENTE E COMPOSTO DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING É O CONJUNTO DE ATORES E FORÇAS ( INTERNAS E EXTERNAS) QUE AFETAM DIRETA OU INDIRETAMENTE A TOMADA

Leia mais

FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA

FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Abordagem da estratégia Análise de áreas mais específicas da administração estratégica e examina três das principais áreas funcionais das organizações: marketing,

Leia mais

EVENTOS EMPRESARIAIS: O CASO FENAFIC (FEIRA NACIONAL DE COUROS, MÁQUINAS E COMPONENTES PARA CALÇADOS).

EVENTOS EMPRESARIAIS: O CASO FENAFIC (FEIRA NACIONAL DE COUROS, MÁQUINAS E COMPONENTES PARA CALÇADOS). EVENTOS EMPRESARIAIS: O CASO FENAFIC (FEIRA NACIONAL DE COUROS, MÁQUINAS E COMPONENTES PARA CALÇADOS). GRANERO, Arlete Eni; ALVES, Sâmia Cristina Alves; PEREIRA, Tânia Cristina. Resumo O artigo tem como

Leia mais

Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing

Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing Profa. Waléria Macaciel Comunicação de marketing É o meio pelo qual as empresas buscam informar, persuadir e lembrar os consumidores,

Leia mais

Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral

Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral Estratégia de negócio, estratégias de segmentação e posicionamento. Análise do potencial de demanda. Definição da missão. liderança.

Leia mais

Escola Secundaria de Paços de Ferreira Técnicas de secretariado 2009/2010

Escola Secundaria de Paços de Ferreira Técnicas de secretariado 2009/2010 Marketing mix Trabalho realizado por: Sandra Costa 12ºS Marketing mix É formado por um conjunto de variáveis controláveis que influenciam a maneira com que os consumidores respondem ao mercado e é dividido

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO. 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo

7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO. 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo 7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo A COMUNICAÇÃO Comunicar Comunicar no marketing emitir mensagem para alguém emitir mensagem para o mercado

Leia mais

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1 BluePlanetDVD.com Study Case www.blueplanetdvd.com 1 A Ideia Necessidades não satisfeitas para o cliente; Uma IDEIA; Dois anos a amadurecer a ideia, de forma a ser inovadora, tecnologicamente avançada,

Leia mais

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA Há muito se discute que o mercado de farmácias é ambiente competitivo e que a atividade vem exigindo profissionalismo para a administração de seus processos, recursos e pessoal.

Leia mais

Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes

Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes O passo a passo da fidelização de clientes Carga horária: 2 horas Conteúdo: A estratégia ACM. A escada da lealdade. Como atrair, conquistar e manter clientes.

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO LAVANDERIA ESPECIALIZADA

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO LAVANDERIA ESPECIALIZADA OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO LAVANDERIA ESPECIALIZADA 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

5/11/2008. Questões abordadas no capítulo. Comunicação de marketing

5/11/2008. Questões abordadas no capítulo. Comunicação de marketing Capítulo 17 Gerenciamento da comunicação integrada de marketing Questões abordadas no capítulo Qual é a função da comunicação de marketing? Como funciona a comunicação de marketing? Quais são as principais

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «21. É falacioso falar que o marketing é filho do capitalismo e, portanto, apenas ajudaria a concentrar a renda satisfazendo necessidades supérfluas

Leia mais

Unidade III MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade III MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade III MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino Compras, abastecimento e distribuição de mercadorias Os varejistas: Precisam garantir o abastecimento de acordo com as decisões relacionadas

Leia mais

PACKS by Milestones GESTÃO MENSAL Preços a partir de 600/mês

PACKS by Milestones GESTÃO MENSAL Preços a partir de 600/mês PACKS by Milestones GESTÃO MENSAL Preços a partir de 600/mês GERIMOS MENSALMENTE STEPPING STONES E-COMMERCE STEP Distribuição Interna: _ Avaliação do site WEB não apenas no design mas sobretudo no enquadramento

Leia mais

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

Administração de Preços. Administração de Preços. Panorama para o tema Vamos definir preço e sua relação com o composto mercadológico;

Administração de Preços. Administração de Preços. Panorama para o tema Vamos definir preço e sua relação com o composto mercadológico; Panorama para o tema Vamos definir preço e sua relação com o composto mercadológico; O escopo da precificação e os métodos mais comuns, incluindo as principais táticas; Uma sugestão: amplie seu nível de

Leia mais

Considerando que a pesquisa mercadológica é uma ferramenta de orientação para as decisões das empresas, assinale a opção correta.

Considerando que a pesquisa mercadológica é uma ferramenta de orientação para as decisões das empresas, assinale a opção correta. ESPE/Un SERE plicação: 2014 Nas questões a seguir, marque, para cada uma, a única opção correta, de acordo com o respectivo comando. Para as devidas marcações, use a Folha de Respostas, único documento

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO BOLSAS E ACESSÓRIOS

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO BOLSAS E ACESSÓRIOS OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO BOLSAS E ACESSÓRIOS 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MELHOR IDADE - SERVIÇOS DE CUIDADOR

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MELHOR IDADE - SERVIÇOS DE CUIDADOR OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MELHOR IDADE - SERVIÇOS DE CUIDADOR 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa

Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa e proposta de melhoria de pelo menos 2P s. Tópicos:

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PRODUÇÃO

RECURSOS HUMANOS PRODUÇÃO RECURSOS HUMANOS FINANCEIRO VENDAS PRODUÇÃO DEPARTAMENTO MERCADOLÓGICO Introduzir no mercado os produtos ou serviços finais de uma organização, para que sejam adquiridos por outras organizações ou por

Leia mais

A Comunicação Mercadológica como Fator de Vantagem Competitiva Empresarial 1

A Comunicação Mercadológica como Fator de Vantagem Competitiva Empresarial 1 A Comunicação Mercadológica como Fator de Vantagem Competitiva Empresarial 1 Tiago Miranda RIBEIRO 2 Kenney Alves LIBERATO 3 Thays Regina Rodrigues PINHO 4 PALAVRAS-CHAVE: comunicação; marketing; estratégia.

Leia mais

SPETACOLLO RESTAURANTE & BOTEQUIM

SPETACOLLO RESTAURANTE & BOTEQUIM SPETACOLLO RESTAURANTE & BOTEQUIM SUA IDEIA SEU SUCESSO SOBRE O SPETACOLLO Rentabilidade, confiança e credibilidade aliadas a uma maneira inovadora de servir e atender com qualidade e agilidade; ampla

Leia mais

Gerenciamento de Vendas em Ambientes de Alta Competitividade. Prof. Dr. Emerson Wagner Mainardes

Gerenciamento de Vendas em Ambientes de Alta Competitividade. Prof. Dr. Emerson Wagner Mainardes Gerenciamento de Vendas em Ambientes de Alta Competitividade Prof. Dr. Emerson Wagner Mainardes UM POUCO DE HISTÓRIA No Brasil, antes de 01 de julho de 1994, vender era relativamente fácil. Vivíamos em

Leia mais

Marketing de serviços

Marketing de serviços Marketing de serviços O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica

Leia mais

COLABORADOR(ES): FÁBIO EDUARDO DIAS, MARCELO PRADA, VIVIAN ELENA BARBONI

COLABORADOR(ES): FÁBIO EDUARDO DIAS, MARCELO PRADA, VIVIAN ELENA BARBONI TÍTULO: EMBALAGEM - DELIVERY ESFIHA VARANDA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE SANTA BÁRBARA AUTOR(ES): RENAN HENRIQUE

Leia mais

EMPREENDEDORISMO Marketing

EMPREENDEDORISMO Marketing Gerenciando o Marketing EMPREENDEDORISMO Marketing De nada adianta fabricar um bom produto ou prestar um bom serviço. É preciso saber colocálo no mercado e conseguir convencer as pessoas a comprá-lo. O

Leia mais

Ferramentas de Comunicação

Ferramentas de Comunicação Professora: Luciana Moura 1 Ferramentas de Comunicação Assessoria de Imprensa Boletim Informativo Bonificação Brinde Broadside Calhau Call Center Catálogo Clipping Concurso Convenção Divulga as atividades

Leia mais

O ABC do Programa de Fidelização

O ABC do Programa de Fidelização O ABC do Programa de Fidelização COMO E POR QUÊ RETER CLIENTES? Diagnóstico As empresas costumam fazer um grande esforço comercial para atrair novos clientes. Isso implica Investir um alto orçamento em

Leia mais

Mercadologia capítulo IV

Mercadologia capítulo IV Mercadologia capítulo IV Por quanto vender? Muitas empresas, especialmente as varejistas, adotam a estratégia de redução de preços para aumentar suas vendas e não perder mercado para a concorrência. Mas

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E PLANO DE NEGÓCIOS

EMPREENDEDORISMO E PLANO DE NEGÓCIOS EMPREENDEDORISMO E PLANO DE NEGÓCIOS Professor: Luis Guilherme Magalhães professor@luisguiherme.adm.br www.luisguilherme.adm.br (62) 9607-2031 PLANO DE MARKETING O QUE UM BOM PLANO DE EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini agosto 2015

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini agosto 2015 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini agosto 2015 GESTÃO DO ESTOQUE DE UNIDADES PRONTAS Eco, MBA R.E., Mestre em Eng. Civil, Alfredo Eduardo Abibi Filho Dir. Inc. Jal Empreendimentos

Leia mais