FEMAR Fundação Educacional de Mariana FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE MARIANA CONCURSO VESTIBULAR 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FEMAR Fundação Educacional de Mariana FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE MARIANA CONCURSO VESTIBULAR 2010"

Transcrição

1 FEMAR Fundação Educacional de Mariana FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE MARIANA CONCURSO VESTIBULAR 2010 SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO 10/01/2010 CADERNO DE PROVA LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA/ LÍNGUA ESTRANGEIRA/ HISTÓRIA E GEOGRAFIA/ MATEMÁTICA/ REDAÇÃO INSTRUÇÕES GERAIS 1- Este caderno consta de 45 (quarenta e cinco) questões objetivas e 01 (uma) questão dissertativa. Caso esteja incompleto ou tenha qualquer defeito, você deverá solicitar ao fiscal de sala que o substitua. 2- A folha de Respostas e a Folha Definitiva para as questões discursivas serão distribuídas durante a realização das provas. É responsabilidade sua devolvê-las ao fiscal de sala. 2.1-Ao preencher a folha de respostas e ao transcrever a questão discursiva para a folha apropriada, observe as instruções específicas nelas constantes. 2.2-Ao fazer sua prova, fique atento aos fatores que anulam uma questão: marcar mais de uma letra ou deixar de marcar uma das letras. 2.3-Antes de entregar a folha de respostas ao fiscal, verifique cuidadosamente se você marcou as respostas de todas as questões. 3- Durante as provas, você não poderá: *consultar livros, dicionários, apontamentos ou apostilas; * usar réguas, calculadoras ou qualquer outro material; * utilizar celular, bip, Pager ou qualquer aparelho eletrônico; * levantar-se sem permissão ou comunicar-se com outros candidatos; * retirar-se da sala antes dos decorridos 40 (quarenta) minutos do início das provas; 3.1-A desobediência a qualquer um desses itens poderá implicar a anulação de suas provas. 4- A duração máxima das provas é de 4h30min (quatro horas e trinta minutos) do início das provas, já incluindo o tempo destinado ao preenchimento da Folha de Respostas e à transcrição das questões discursivas no impresso apropriado.

2 VESTIBULAR FEMAR 2009 CADERNO DE PROVAS LÍNGUA PORTUGUESA Texto para as questões de 1 a 10 SETENTA ANOS, POR QUE NÃO? Acho essa coisa da idade fascinante: tem a ver com o modo como lidamos com a vida. Se a gente a considera uma ladeira que desce a partir da primeira ruga, ou do começo de barriguinha, então viver é de certa forma uma desgraceira que acaba na morte. Desse ponto de vista, a vida passa a ser uma doença crônica de prognóstico sombrio. Nessa festa sem graça, quem fica animado? Quem não se amargura? O tempo me intriga, como tantas coisas, desde quando eu tinha uns 5 anos. Quando esta coluna for publicada, mais ou menos por aqueles dias, estarei fazendo 70. Primeiro, há meses, pensei numa grande festa, eu que sou avessa a badalações e gosto de grupos bem pequenos. Mas pensei, bem, 70 vale a pena! Aos poucos fui percebendo que hoje em dia fazer 70 anos é uma banalidade. Vou reunir filhos e pouquíssimos amigos e fazer aquela festona nos 80. Ou 90. Pois se minhas avós eram damas idosas aos 50, sempre de livro na mão lendo na poltrona junto à janela, com vestidos discretíssimos, pretos de florzinha branca (ou, em horas mais festivas, minúsculas flores ou bolinhas coloridas), hoje aos 70 estamos fazendo projetos, viajando (pode ser simplesmente à cidade vizinha para visitar uma amiga), indo ao teatro e ao cinema, indo a restaurante (pode ser o de quilo, ali na esquina), eventualmente namorando ou casando de novo. Ou dando risada à toa com os netos, e fazendo uma excursão com os filhos. Tudo isso sem esquecer a universidade, ou aprender a ler, ou visitar pela primeira vez uma galeria de arte, ou comer sorvete na calçada batendo papo com alguma nova amiga. Outro dia minha neta de quase 10 anos me disse: Você é a pessoa mais divertida que conheço, é a única avó do mundo que sai para comprar mamão e volta com um buldogue. Era verdade. Se sou tão divertida não sei, mas gosto que me vejam não como a chata que se queixa, reclama e cobra, mas como aquela que de verdade vai comprar a fruta de que o marido mais gosta, anda com vontade de ter de novo um cachorro e entra na loja quase ao lado do mercado. Por um acaso singular, pois não são cachorros muito comuns, ali há um filhotinho de buldogue inglês que voltou comigo para casa em lugar da fruta. Foi batizada de Emily e virou mais uma alegria. E por que não? Por que a passagem do tempo deveria nos tornar mais rígidas, mais chatas, mais queixosas, mais intolerantes, espantalhos dos afetos e da alegria? Why be normal?, dizia o adesivo que amigos meus mandaram fazer há muitos anos para colocarmos em nossos carros só pela diversão, pois no fundo não queria dizer nada além disso: em nossas vidas atribuladas, cheias de compromissos, trabalho, pouco dinheiro, cada um com seus ônus e bônus, a gente podia cometer essa transgressão tão inocente e engraçada, de ter aquele adesivo no carro. Não precisamos ser tão incrivelmente sérios, cobrar tanto de nós, dos outros e da vida, críticos o tempo todo, vendo só o lado mais feio do mundo. Das pessoas. Da própria família. Dos amigos. Se formos os eternos acusadores, acabaremos com um gosto amargo na boca: o amargor de nossas próprias palavras e sentimentos. Se não soubermos rir, se tivermos desaprendido como dar uma boa risada, ficaremos com a cara hirta das máscaras das cirurgias exageradas, dos remendos e intervenções para manter ou recuperar a beleza. A alma tem suas dores, e para se 2

3 curar necessita de projetos e afetos. Precisa acreditar em alguma coisa. O projeto pode ser comprar um vaso de flor e botar na janela ou na mesa, para contemplarmos beleza. Pode ser o telefonema para o velho amigo enfermo. Pode ser a reconciliação com o filho que nos magoou, ou com o pai que relegamos, quando não nos podia mais sustentar. O afeto pode incluir uma pequena buldogue chamada Emily, para alegrar ainda mais a casa, as pessoas, sobretudo as crianças, que estão sempre por aqui, o maior presente de uma vida de apenas 70 anos. (LUFT, Lya. Setenta anos, por que não?. In: Veja, São Paulo: ABRIL, setembro de 2008, p.26) 1) Em sua argumentação, a autora deixa transparecer que: a) O modo de viver a vida está intimamente relacionado à idade que se tem. b) Fazer 70 anos é como descer uma ladeira onde só encontramos percalços e situações desanimadoras. c) Podemos ter visões positivas sobre a vida, independente da idade que temos, e são elas que determinarão nosso modo de agir e de ver o mundo à nossa volta. d) Completar 70 anos é um indício do fim da vida e, por isso, devemos aproveitar as coisas boas que ela nos oferece. 2) Pode (m) ser considerado (s) contraargumento (s) da autora ao argumento de que as pessoas da terceira idade são difíceis de lidar e conviver: I Você é a pessoa mais divertida que conheço, é a única que sai para comprar mamão e volta com um buldogue. II... gosto que me vejam não como a chata que se queixa, reclama e cobra, mas como aquela que de verdade vai comprar a fruta de que o marido mais gosta.... III... a vida passa a ser uma doença crônica de prognóstico sombrio. Nessa festa sem graça, quem fica animado? Quem não se amargura? IV Não precisamos ser tão incrivelmente sérios, cobrar tanto de nós, dos outros e da vida, críticos o tempo todo, vendo só o lado mais feio do mundo. Estão corretas: a) II e III b) II, III e IV c) II e IV d) I, II e IV 3) Como o tema do texto é tratado? a) De modo formal e científico. b) De modo objetivo e poético. c) De modo poético e científico. d) De modo subjetivo e literário. 4) As características do texto associam-no a que tipo de gênero? a) Texto científico b) Texto publicitário c) Crônica argumentativa d) Conto 5) Qual a finalidade central do texto? a) Transmitir conhecimentos científicos. b) Promover reflexões acerca do tema. c) Emocionar. d) Informar. Leia o trecho abaixo para responder às questões 6 e 7: Se não soubermos rir, se tivermos desaprendido como dar uma boa risada, ficaremos com a cara hirta das máscaras das cirurgias exageradas, dos remendos e 3

4 intervenções para manter ou recuperar a beleza. 6) Sobre o uso do termo beleza entre aspas e sua relação com o contexto é correto afirmar que: a) É feita uma analogia entre o significado de beleza advinda do interior e à falsa beleza exterior comprada nos consultórios médicos, considerada como algo artificial e ilusório. b) Revela simpatia da autora do texto pelas cirurgias plásticas, associando-as à beleza autêntica. c) É feita uma comparação entre a beleza exterior e a interior, manifestando adesão à beleza alcançada nos consultórios médicos. d) Manifesta uma crítica da autora às pessoas que buscam incansavelmente uma beleza interior nos consultórios de cirurgia plástica. 7) No trecho acima, o adjetivo hirta significa: a) Cheia b) Esticada c) Dura d) Arrepiada 8) O período grifado no enunciado Se a gente a considera uma ladeira que desce a partir da primeira ruga, ou do começo de barriguinha, então viver é de certa forma uma desgraceira que acaba na morte. expressa: a) Uma hipótese. b) Uma dúvida. c) Uma comparação. d) Uma explicação. 9) Nos enunciados abaixo, a preposição PARA expressa finalidade em: I - Você é a pessoa mais divertida que conheço, é a única avó do mundo que 4 sai para comprar mamão e volta com um buldogue. II Por um acaso singular, pois não são cachorros muito comuns, ali há um filhotinho de buldogue inglês que voltou comigo para casa em lugar da fruta. III - Why be normal?, dizia o adesivo que amigos meus mandaram fazer há muitos anos para colocarmos em nossos carros só pela diversão, (...). IV O projeto pode ser comprar um vaso de flor e botar na janela ou na mesa, para contemplarmos beleza. V Pode ser o telefonema para o velho amigo enfermo. VI O afeto pode incluir uma pequena buldogue chamada Emily, para alegrar ainda mais a casa, as pessoas, sobretudo as crianças, que estão sempre por aqui, o maior presente de uma vida de apenas 70 anos. Estão corretas: a) I, II, III. b) II, III, IV, V e VI. c) I, III, IV e VI. d) I, II, III, IV e V. 10) A oração grifada em Quando esta coluna for publicada, mais ou menos por aqueles dias, estarei fazendo 70. é: a) Oração subordinada adverbial temporal. b) Oração subordinada substantiva objetiva direta. c) Oração subordinada adjetiva explicativa. d)oração subordinada adverbial consecutiva. 11) São afirmações corretas sobre a obra Menino de Engenho de José Lins do Rego, EXCETO:

5 a) A história do menino Carlos de Melo se desdobrou em duas outras histórias: Doidinho e Banguê. b) A obra aborda a situação socioeconômica do engenho de açúcar. c) A obra caracteriza-se por apresentar as recordações da infância e da adolescência do menino Carlos de Mello numa linguagem de forte e poética oralidade. d) Embora a narrativa se passe no meio rural, é possível observar uma modernização dos costumes da sociedade representada na obra. 12) Sobre a obra Menino de Engenho podemos afirmar que: I A narrativa retrata a decadência dos engenhos substituídos pelas usinas. II Pode-se observar na obra a existência de um conflito entre o velho mundo patriarcal e escravocrata em queda e o surgimento de um novo tempo simbolizado pelas usinas surgidas naquele meio sociocultural. III A obra apresenta uma elite decadente, com valores patriarcais, mas que não manifestava preconceito racial em relação aos negros. IV Em suas memórias o menino Carlos apresenta uma adesão lírica às personagens populares que apresenta. V Carlos era um menino saudável que viveu intensamente a infância no engenho do avô, o qual ele admirava muito. Estão corretas: a) I, II e IV. b) I, II, IV e V. c) III, IV e V. d) II e IV. 13) Sobre A moreninha é correto afirmar que: a) É um romance de cunho realista e responsável por inaugurar o realismo no Brasil. b) Os personagens centrais da obra, Carolina e Augusto, são exímios representantes de uma elite decadente. c) Pode ser considerado um romance de forte crítica aos valores patriarcais e escravocratas da época. d) Pode ser considerado um romance urbano, veiculador dos valores românticos e burgueses dos anos de ) Podem ser consideradas características marcantes do romance A moreninha e representantes do estilo literário ao qual se filia: I- A idealização da mulher. II- A fidelidade ao amor escolhido. III-O fim trágico e a separação do casal protagonista. IV-Forte conflito existencial dos personagens. Estão corretas: a) I e II. b) I, II e IV. c) III e IV. d) II, III e IV. 15) Considere as seguintes afirmativas sobre a obra Os ratos de Dyonélio Machado: I Filia-se à 2ª geração do modernismo. II Pode ser considerado um romance social. III Faz uma crítica à ganância da sociedade pelo dinheiro e a dependência que ele causa nos indivíduos, tornando-os verdadeiros escravos do dinheiro. IV Naziazeno Barbosa pode ser considerado um herói forte e destemido, 5

6 representante da elite capitalista detentora do dinheiro e do poder. Estão corretas: a) I e II. b) I, II e III. c) II, III e IV. d) Todas as alternativas estão corretas. 6

7 INGLÊS Italy dig unearths female vampire in Venice An archaeological dig near Venice has unearthed the 16th-century remains of a woman with a brick stuck between her jaws _ evidence, experts say, that she was believed to be a vampire. The unusual burial is thought to be the result of an ancient vampire-slaying ritual. It suggests the legend of the mythical bloodsucking creatures was tied to medieval ignorance of how diseases spread and what happens to bodies after death, expert s said. The well-preserved skeleton was found in 2006 on the Lazzaretto Nuovo island, north of the lagoon city, amid other corpses buried in a mass grave during an epidemic of plague that hit Venice in Vampires don t exist, but studies show people at the time believed they did, said Matteo Borrini, a forensic archaeologist and anthropologist at Florence University who studied the case over the last two years. For the first time we have found evidence of an exorcism against a vampire. Medieval texts show the belief in vampires was fueled by the disturbing appearance of decomposing bodies, Borrini told The Associated Press by telephone. During epidemics, mass graves were often reopened to bury fresh corpses and diggers would chance upon older bodies that were bloated, with blood seeping out of their mouth and with an inexplicable hole in the shroud used to cover their face. These characteristic are all tied to the decomposition of bodies, Borrini said. But they saw a fat, dead person, full of blood and with a hole in the shroud, so they would say: This guy is alive, he s drinking blood and eating his shroud. Modern forensic science shows the bloating is cause by a buildup of gases, while fluid seeping from the mouth is pushed up by decomposing organs, Borrini said. The shroud would have been consumed by bacteria found in the mouth area, he said. At the time however, what passed for scientific texts taught that shroud-eaters were vampires who fed on the cloth and cast a spell that would spread the plague in order to increase their ranks. To kill the undead creatures, the stake-inheart method popularized by later literature was not enough: A stone or brick had to be forced into the vampire s mouth so that it would starve to death, Borrini said. That s what is believed to have happened to the woman found on the Lazzaretto island, which was used as a quarantine zone by Venice. Aged around 60, she died of the plague during the epidemic that also claimed the life of the painter Titian. Much later, someone jammed the brick into her mouth when the grave was reopened. Borrini said that marks and breaks left by blunt instruments on several among more than 100 skeletons found by the archaeologists show that the grave was reused in a later epidemic. Such a reconstruction of events is plausible, as in the link to the superstitions about shroud-eaters, said Piero Mannucci, the vice president of the Italian Society of Anthropology and Ethnology. 7

8 Maybe a priest or a gravedigger put the brick in her mouth, which is what was normally done in such cases. Manucci said. The anthropologist, who did not take part in Borrini s research, said that at a time when bacteria were unknown, such superstitions were a way for the terrified population to explain the waves of plague epidemics that killed millions during the Middle Ages. Jews were also often accused of spreading the disease. The real vampire of tradition was different, he said. It was just decomposing body. 16) According to the text, the skeleton was: a) boy. b) girl. c) men. d) woman. 17) Dead person full of blood and with a hole in the shroud are characteristics by: a) all diseases. b) decomposing of bores. c) bloodsucking creatures. d) vampire-slaying ritual. 18) Method popularized by to kill vampire: a) stake-in-the-heart. b) shot. c) to hang. d) to burn. 19) According Borrini, the shroud wold have been consumed by: a) bacteria found in the mouth area. b) blood seeping in the mouth. c) vampire who fed on the cloth. d) a brick stuck in jaws. 20) Choose the INCORRECT information about the text. a) Vampires don t exist, but people believed they did. Borrini said the discovery shows that vampires in popular culture were originally quite different from the elegant, aristocratic blood-drinker depicted in Brand Stoker s 1897 novel Dracula and in countless Hollywood revisitations. b) The shroud would haven t been consumed by bacteria found in the mouth area. c) Medieval tests show the belief in vampires was fueled by the disturbing appearance of decomposing bodies. d) Aged around 60 the woman died of the plague during the epidemic. 21) Studies show people at the time believed did. The underlined expression is: a) verb b) pronoun c) adjective d) adverb 22) Vampires don t exist.... This sentence is in: a) affirmative form. b) interrogative form. c) negative form. d) passive form. 23)...he s drinking blood and eating his shroud. The underlined verbs are: a) past continuous b) past perfect c) present continuous d) present perfect 8

9 ESPANHOL Cada 10 segundo muere una persona en el mundo por una complicación relacionada con la diabetes. En el mundo cada 10 segundo muere una persona debido a una complicación relacionada con la diabetes, una enfermedad que en el mundo afecta a más de 250 millones de personas y que se estima que, de no prevenirse, alcanzará los 380 millones en la próxima generación, según explicaron hoy expertos reunidos en la presentación del próximo Simposio que organiza la Fundación Lilly bajo el tema Diabetes Mellitus Hoy. Esta cifra no es real si se tiene en cuenta, como explicó el jefe del servicio de Medicina Interna del Hospital Clínico San Carlos de Madrid, el doctor Manuel Serrano Ríos, que diversos estudios han demonstrado que la incidencia de la enfermedad no que se descubre durante años y que existe un estado prediabético que también debe ser contabilizado. Además, hay que tener en cuenta que se estima que uno de cada dos enfermos no están diagnosticados. En España se estimula que entre 2,5 y 3 millones de personas padecen la enfermedad, de los que aproximadamente el 85 por ciento padece diabetes tipo 2. Aunque en Europa, y España por tanto, se estimula que de aquí al 2025 los datos aumentaran un 20 por ciento, indicó el vicepresidene de investigación de Diabetes y endocrinología de Eli Lilly en Indianápolis (EEUU), el doctor Carlos Paya. Los datos empeoran si observa que en Norteamérica la incidencia aumentará un 40 por ciento; que en Sudamérica y países asiáticos, donde se están reduciendo las zonas rurales y aumentando la occidentalización, la incidencia subirá hasta un 80 por ciento. Este aumento fundamentalmente es debido a los cambios sociales y culturales, así como el aumento de la expectativa de vida, la ocidentalización de las zonas más rurales la reducción de la actividad física y el cambio de patrones en el estilo de vida que han conducido a una alimentación menos saludable. Además, existen otros factores que conviene como son la edad, el riesgo genético, la obesidad, diabetes gestacional etc. La diabetes contribuye junto con la obesidad y los problemas cardiovasculares, una enfermedad ligada a la evolución y la globalizaciones de uno hábitos alimenticios erróneos, advirtió el doctor Serrano Ríos, que recordó que, en el caso de la diabetes, hay que estar pendientes para poder detectar cuanto antes la alteración de la glucemia. Por otra parte encaso de predisposición genética que se tiene en cuenta en la diabetes tipo 2, en los últimos años se han identificado hasta 20 variantes genéticas associadas a la enfermedad, lo que permitirá desarrollar nuevas estrategias terapéuticas. Aunque la mejor prevención, al igual que en el tipo 1, es llevar un estilo de vida saludable. Por otra parte recordaron que, además de los problemas discapacitantes que pueden causar en los pacientes, hay que tener en cuenta, según explicó este experto, que el crecimiento de la prevalencia supondrá para muchos países una elevada carga financiera. 9

10 Ante esta futura situación, abogaron por aumentar las campañas de información y educación referida a los estilos de vida y la alimentación, así como tratar de crear una mayor conciencia social sobre este problema. (...) 16) Le principal asunto del texto es: a) aumento de la diabetes en el mundo. b) estilos de vida y la alimentación saludables. c) la presentación del simposio Diabete Mellitus Hoy. d) muerte de las personas debido a complicación relacionada com la diabetes. 17) Sobre la diabetes és CORRETO afirmar que: a) la mejor prevención és comer menos. b) és una enfermedad que en el mundo afecta 250 millones de personas. c) la incidencia de la enfermidad diminuirá en la próxima generación. d) uno de cada dos enfermos no están diagnosticados. 18) São fatores que aumentan la incidencia de la diabetes, MENOS: a) alimentación menos saludable. b) insomnio. c) la ocidentalización das zonas más rurales. d) la redución de la actividade física. 19) Marque la enfermedad que no está ligada a los hábitos alimentícios errôneos. diabetes. Otro fator que causa la diabetes és: a) bebidas alcoólicas b) fumo c) la predisposición genética d) insomnio 21) Los datos empeoran si observa que em Norteamérica la incidência aumentará 40 por ciento... La palavra subrayada em portugués és: a) agravaram b) divergiram c) empobreceram d) reagiram 22) Este aumento fundamentalmente es debido a los cambios sociales y culturales... El plural de la frase és: a) Estes aumentos fundamentalmente es debido a los cambios sociales y culturales. b) Este aumento fundamentalmente son debido a los cambios sociales y culturales. c) Estes aumento fundamentalmente es debido a los cambios sociales y culturales. d) Estes aumentos fundamentalmente son debido a los cambios sociales y culturales. 23) Ely Lilly és: a) a doctor b) servicio de la medicina c) una fundación d) uno simpósio a) Diabetes. b) Gripe. c) Obesidad. d) Problemas cardiovasculares. 20) Según el texto hábitos alimentícios errôneos aumentan la incidencia de la 10

11 VESTIBUALR FEMAR 2010 CADERNO DE PROVAS GEOGRAFIA 24) Para localizar os pontos específicos na superfície terrestre não basta apenas o rumo ou a orientação. Por esse motivo, foram criadas as coordenadas geográficas. Identifique a alternativa CORRETA: a) As linhas imaginárias que servem de base para a localização de qualquer ponto na superfície terrestre são os paralelos e os meridianos. b) Os paralelos permitem o cálculo da latitude, distância em quilômetros entre o ponto que se quer localizar e o Equador. c) As longitudes, que podem ser Norte e Sul, são indicadas pelos meridianos. d) A longitude varia de 0 a 180, iniciando na linha do Equador. 25) Os conhecimentos sobre conceito e classificação das rochas permitem afirmar: a) A rocha é um agregado natural formado por apenas um mineral. b) As rochas, de acordo com sua origem, são classificadas em três tipos: metamórficas, ígneas e sedimentares. c) As rochas ígneas são intrusivas, isto é, formam-se apenas no interior da Terra. d) As rochas sedimentares podem ter origem física, química e biológica, resultando da acumulação dos elementos de outras rochas. 26) Segundo uma organização mundial de estudos ambientais, em 2025, duas de cada três pessoas viverão situações de carência de água, caso não haja mudanças no padrão atual de consumo do produto. Uma alternativa adequada e viável para prevenir a escassez, considerando-se a disponibilidade global, seria: a) desenvolver processo de reutilização da água. b) explorar leitos de água subterrânea c) ampliar a oferta de água, captando-a em outros rios. d) importar água doce de outros estados. 27) A atual fase da evolução capitalista é denominada globalização. Identifique a afirmativa INCORRETA sobre esse fenômeno: a) É marcado pela mundialização da produção, da circulação e do consumo. b) Preocupa-se com a eliminação de barreiras entre as nações, enfraquecendo as grandes corporações econômicas e fortalecendo o Estado. c) Acelera o processo competitivo avançando na informatização, automatização e na robotização das atividades produtivas. d) O espaço mundial tende a ficar cada vez mais heterogêneo, pois tem acentuado as diferenças entre os países. 28) Durante muito tempo, na maioria dos países do mundo, o papel do Estado foi o de garantir a acumulação privada da riqueza, enquanto em outros países o Estado era o próprio acumulador de riquezas. O texto refere-se à diferença fundamental entre dois importantes sistemas econômicos que são respectivamente: a) monarquia e parlamentarismo. b) cooperativismo e socialismo. c) capitalismo e socialismo. d) parlamentarismo e capitalismo. 29) Com relação ao lixo doméstico produzido pela sociedade urbana do Brasil, é verdadeiro afirmar: a) Um elevado porcentual da receita municipal provém da reciclagem. b) A quase totalidade é constituída por plásticos, vidros e meais, facilmente 11

12 decompostos em ambientes anaeróbicos. c) a maior parte é enterrada em aterros sanitários apropriados o que elimina a possibilidades de contaminações. d) As áreas onde o lixo é depositado são inóspitas devido à proliferação de animais transmissores de doenças. 30) A grande maioria dos países socialistas vive hoje um processo de transformação de suas economias. A planificação, que era a base do projeto do socialismo real, vem sendo substituído pela economia de mercado própria dos países capitalistas. Como exemplo de países enquadrados nesse contexto de transição, pode-se citar: a) Áustria e Rússia. b) Rússia e Polônia. c) Cuba e Inglaterra. d) Japão e Coréia do Norte. 12

13 HISTÓRIA 31) Sobre a Revolução Neolítica pode-se afirmar que: a) Foi posterior à Idade dos Metais. b) Sua principal característica foi o desenvolvimento da agricultura e a criação de animais. c) Foi a expansão do modo de vida nômade. d) Foi a coleta de frutos e a caça de animais. 32) Responda a questão abaixo usando o código: I- Apesar de descentralização política, os gregos tinham unidade cultural. II- A democracia grega abrangia todos os cidadãos, inclusive escravos e estrangeiros. III- O declínio cultural e político de Atenas podem ser atribuídos ao governo de Péricles. IV- As lutas entre as cidades Estados gregos provocaram seu enfraquecimento e abriram caminho para a conquista macedônica do território grego. a) Se I e II estiverem corretas. b) Se II e III estiverem corretas. c) Se a I e a IV estiverem corretas. d) S e todas estiverem corretas. 33) Do ponto de vista cultural, na passagem da Antiguidade para a Idade Média, é correto afirmar que o patrimônio grego-romano: a) Só não sofreu perda maior devido à ação esclarecida de muitos chefes bárbaros. b) perdeu-se quase completamente porque, dado a seu caráter pagão foi rejeitado pela Igreja. c)foi rejeitado pelos bárbaros em razão do caráter cristão com que revestido pela Igreja. d) Não desapareceu com a Antiguidade porque a Igreja serviu de conduta para a sua sobrevivência. 34) Em 1 de julho de 1994, o Brasil adotou o Real como nova moeda. Este acontecimento foi no governo de: a) Fernando Henrique de Cardoso. b) José Sarney. c) Fernando Collor. d) Itamar Franco. 35) Da vitória dos estados nortistas na Guerra de Secessão resultou a: a) diminuição do número de pequenos e médios proprietários e o crescimento da aristocracia no sul. b) unificação do mercado interno, desenvolvimento capitalista e transformação dos EUA em potência econômica. c) anexação da região do Texas ao território dos EUA. d) extinção do tráfico de escravos negros para os EUA. 36) Nos Sertões está retratada a Campanha de Canudos. Esta obra é de autoria de : a) Euclides da Cunha. b) Castro Alves. c) Machado de Assis. b) Eça de Queiroz. 37)... A história de todas as sociedades existentes até hoje e a história da luta de classes (Marx e F de Engels Manifesto Comunista, 1848). Com base nessa idéia central do pensamento marxista, podemos afirmar que: a) Na sociedade capitalista, as classes fundamentais diferenciam-se mais 13

14 claramente e a consciência de classe desenvolve-se de maneira mais completa. b) Na sociedade feudal, as classes ficam mais definidas em razão da extrema exploração dos senhores sobre seus servos e sua impossibilidade de deter a posse das Terras. c) Nas sociedades antigas, as classes são definidas de acordo com os costumes comunais, ficando a liderança dos grupos para aqueles que detiverem poderes sagrados. d) No mundo moderno, as classes alcançam um maior grau de diferenciação e conseguem definir seus papeis sociais buscando uma maior integração entre si. 14

15 VESTIBULAR FEAMR 2010 CADERNO DE PROVAS MATEMÁTICA 38) Em um campeonato de boxe foram feitas 12 inscrições. O número total de lutas que podem ser realizadas é: a) 12 b) 24 c) 33 d) 66 39) No triangulo ABC o valor de y é : 41) A solução do sistema é: x 5x y 20 2y a) (6 ; 12 ) b) (12 ; 6 ) c) (8 ; 12 ) d) (20 ; 0 ) 16 42) Uma escada medindo 4 metros tem uma de suas extremidades apoiada no topo de um muro, e a outra extremidade dista 2,4 m da base do muro. A altura desse muro é : a) 80º b) 100º c) 120º d) 140º 40) A figura abaixo mostra o gráfico da função y = - x 2 + 4x - 3, logo é correto afirmar exceto: a) 2,3 m b) 3,0 m c) 3,2 m d) 3,8 m 43) A solução da equação 2 x+7 1 = 64 é : a) 0 b) -11 c) 12 d) -13 a) o ponto (3 ; 0) pertence a função. b) a função tem ponto de máximo. c) o ponto (2;1) são as coordenadas do vértice. d) a função não tem raízes reais. 15

16 44) A venda de um terreno por R$ ,00 proporcionou um prejuízo de 40% sobre o valor de custo. Qual o valor de custo desse terreno? a) R$ ,00 b) R$ 16.80,00 c) R$ 7.200,00 d) R$ ,00 45) Cinco operários realizam um trabalho em 35 dias. Em quantos dias sete operários poderiam realizar esse trabalho? a) 35 b) 25 c) 49 d) 29 16

17 PROPOSTA DE REDAÇÃO Maus cidadãos Se existe alguma coisa a respeito da qual o mundo inteiro está 100% de acordo é que o fumo faz mal à saúde; não apenas de quem fuma, mas também, embora não se saiba claramente com que grau de intensidade, de quem está por perto de um cigarro aceso. Não parece haver nenhuma necessidade, assim, de continuar querendo provar algo que todos consideram mais do que provado. Também não dá para ver como ainda seria possível, em pleno ano de 2008, encontrar algum pecado novo para acrescentar à lista de tudo aquilo que o fumo faz de mal, ou pode fazer, ou se imagina que faça. As medidas de repressão que se poderiam tomar contra o cigarro, enfim, já foram tomadas. É proibido fumar, hoje, em praticamente qualquer local fechado onde haja mais de uma pessoa. Os fumódromos, onde se imaginava que o cidadão poderia fumar sem incomodar ninguém, estão em via de extinção. Nos países que o Brasil considera como os mais iluminados da Terra, os preços foram aumentados até o limite máximo que os governos acham possível impor: o equivalente a mais de 12 reais o maço na França, mais de 15 reais na Inglaterra. Está banida no planeta inteiro, ou quase, toda e qualquer propaganda de cigarro. Não existe à venda uma única carteira que não traga com destaque as mais severas advertências contra os males do fumo no Brasil, por sinal, elas vêm acompanhadas de imagens especialmente repulsivas, mostrando um homem sem perna, pulmões reduzidos a uma pasta de carvão e daí para pior. Já não seria o suficiente? Não. O esforço no Brasil, agora, é para proibir os cigarros nos últimos espaços que ainda lhe estão abertos as áreas reservadas a fumantes nos raros locais públicos, fora do ar livre, que escaparam até o momento das placas dizendo que é proibido fumar. Salvo vetar o cigarro por lei, coisa que os governos não querem fazer para não perder bilhões em impostos, o que ficaria faltando? Essa parece ser, assim, a última fronteira a ser ganha pelos inimigos do fumo. (...) (GUZZO, J. R. Maus cidadãos. In: Veja, São Paulo: ABRIL, setembro de 2008, p.154) 17

18 Assembleia aprova proibição de fumo em local fechado Se a lei for sancionada pelo governador, cigarro será banido de restaurantes, bares e empresas de São Paulo A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou ontem, por 69 a 18 votos, o projeto de lei que proíbe o fumo em locais fechados e parcialmente fechados, públicos e privados, em todo o Estado. O texto, que vai à sanção do governador José Serra (PSDB) em 15 dias, não permite nem os fumódromos. Aos fumantes sobrarão apenas casas, vias públicas e cultos religiosos em que o fumo faça parte do ritual. A nova lei entra em vigor 90 dias após a sanção e ficou definido que o Estado deve realizar campanhas educativas e oferecer tratamento a fumantes que queiram deixar de vício. Órgãos que estudam o tabagismo apontam que 200 mil pessoas morrem todos os anos no Brasil por problemas causados pelo fumo e 24% das crianças são, de alguma forma, fumantes passivas. O tratamento de pessoas com câncer em decorrência do tabaco consome R$ 373 mil dos cofres da Secretaria de Estado da Saúde por dia, segundo o governo, e o Instituto Nacional do Câncer (Inca) considera que 22 pessoas morrem por hora vítimas do cigarro no País. (...) Luisa Alcalde. Quarta-feira, 8 de abril de Fonte: Acesso em 22/10/2009 Com base nos textos apresentados acima, redija um texto dissertativo-argumentativo, discutindo as idéias expostas acima e expressando sua opinião sobre a lei que combate o fumo nos locais públicos. Lembre-se: Sua redação não pode ser escrita a lápis. O texto deve ter no mínimo 120 palavras. 18

19 19

20 GABARITO (rascunho)

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53 Rio de Janeiro Sumário Para início de conversa 9 Família, a Cia. Ltda. 13 Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35 Cardápio de lembranças 53 O que o homem não vê, a mulher sente 75 Relacionamentos: as Cias.

Leia mais

Método PHAST TABELA DE CONTEUDOS METODOLOGIA PHAST... 2

Método PHAST TABELA DE CONTEUDOS METODOLOGIA PHAST... 2 Método PHAST TABELA DE CONTEUDOS METODOLOGIA PHAST... 2 Fases do método PHAST... 3 1. Técnica: Historias Comunitárias... 4 2. Técnica: Enfermeira Felicidade... 5 3. Técnica: Mapeamento comunitário... 6

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Estratégia de Leitura Elementos de Referência. Reference devices ou elementos de referência

Estratégia de Leitura Elementos de Referência. Reference devices ou elementos de referência Estratégia de Leitura Elementos de Referência Reference devices ou elementos de referência Ao ler textos sobre qualquer assunto, em qualquer área de conhecimento, todo leitor percebe uma relação de REFERÊNCIA

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Governo de Minas Gerais CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 2ª ETAPA Provas abertas: Matemática, História e Redação em Língua Portuguesa.

Leia mais

Empresário. Você curte moda? Gosta de cozinhar? Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço.

Empresário. Você curte moda? Gosta de cozinhar? Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço. Empresário Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço. Sophie Kinsella, Jornalista Econômica e autora Você curte moda? Gosta de cozinhar? Ou talvez apenas goste de animais?

Leia mais

Uma do norte e outra do sul 3. Glória e Lúcia moram em partes diferentes da cidade. Depois de ouvi-las, complete as lacunas.

Uma do norte e outra do sul 3. Glória e Lúcia moram em partes diferentes da cidade. Depois de ouvi-las, complete as lacunas. Rio, de norte a sul Aproximando o foco: atividades Moradores da Zona Norte e da Zona Sul O din-dim 1. Ouça Kedma e complete as lacunas: Quem mora na Zona Norte na Zona Sul é quem tem mais. Na Zona Su na

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

Anna Catharinna 1 Ao contrário da palavra romântico, o termo realista vai nos lembrar alguém de espírito prático, voltado para a realidade, bem distante da fantasia da vida. Anna Catharinna 2 A arte parece

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicas-para-jovens Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos As dinâmicas de grupo já fazem parte do cotidiano empresarial,

Leia mais

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com Clínica Maló Paulo Maló CEO www.clinicamalo.pt Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas que aqui figuram em linguagem

Leia mais

Portanto, é mister que sejam proibidas quaisquer propagandas de cigarros em todos os meios de comunicação.

Portanto, é mister que sejam proibidas quaisquer propagandas de cigarros em todos os meios de comunicação. Atividade extra A passagem da ciência para a tecnologia e seus efeitos sobre a linguagem Questão 1 No texto abaixo identifique as partes que o compõem, sinalizando o início e o fim da Introdução, do Desenvolvimento

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Questionário Linha de Base: Educadores Estado: Cidade: Nome Pesquisador: Sala N : Professor N : [Estes dados devem ser preenchidos pelo pesquisador] Boas vindas Caro(a) Educador(a): O objetivo deste questionário

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS. 3º ano 1º trimestre / 2015. Nome: Data: / /.

ROTEIRO DE ESTUDOS. 3º ano 1º trimestre / 2015. Nome: Data: / /. ROTEIRO DE ESTUDOS 3º ano 1º trimestre / 2015 Nome: Data: / /. Querido (a) Aluno (a), Elaboramos este roteiro com dicas sobre os conteúdos trabalhados no 1º trimestre e que serão abordados nas avaliações

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Rica. Eu quero ser... Especial ???????? Luquet. Um guia para encontrar a rota da prosperidade. Apoio: por Mara. Elas&Lucros

Rica. Eu quero ser... Especial ???????? Luquet. Um guia para encontrar a rota da prosperidade. Apoio: por Mara. Elas&Lucros ???????? Apoio: Rica Eu quero ser... Um guia para encontrar a rota da prosperidade por Mara Luquet 81 Era uma vez... Era uma vez uma princesa, dessas que passeiam pelos campos e bosques e são muito bonitas

Leia mais

2.ª DCS/2011 CIÊNCIAS ECONÔMICAS LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

2.ª DCS/2011 CIÊNCIAS ECONÔMICAS LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. assinatura do(a) candidato(a) ADMISSÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR.ª DCS/0 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Prova Dissertativa Ao receber este caderno, confira atentamente se os dados

Leia mais

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 1 Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 Entrevistador- Como o senhor vê a economia mundial e qual o posicionamento do Brasil, após quase um ano da quebra do

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO: O LIXO QUE VIROU LUXO

PROJETO DIDÁTICO: O LIXO QUE VIROU LUXO PROJETO DIDÁTICO: O LIXO QUE VIROU LUXO Maria do Socorro dos Santos EEEFM José Soares de Carvalho socorrosantosgba@gmail.com Paula Priscila Gomes do Nascimento Pina EEEFM José Soares de Carvalho paulapgnascimento@yahoo.com.br

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Clipping Eletrônico Quinta-feira dia 16/07/2015

Clipping Eletrônico Quinta-feira dia 16/07/2015 Clipping Eletrônico Quinta-feira dia 16/07/2015 Jornal Acrítica Cidades Pág. C4 16 de Julho de 2015. Jornal Acrítica Política Pág. A7 16 de Julho de 2015. Av. Mário Ypiranga, 1695 Adrianópolis Jornal

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil

Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil CMSB 1 O que é corrupção? Corrupção é um termo genérico que define a má conduta de utilizar o poder ou autoridade para conseguir obter vantagens e fazer uso

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C CONTEÚDOS DO EXAME Líderes religiosos, Motivação e Liderança Convivência com o grupo; Amizade e sentido de grupo Os projetos Solidários; O que é um projeto? Olhares sobre

Leia mais

Elaboração de Projetos

Elaboração de Projetos Elaboração de Projetos 2 1. ProjetoS Projeto de Vida MACHADO, Nilson José. Projeto de vida. Entrevista concedida ao Diário na Escola-Santo André, em 2004. Disponível em: .

Leia mais

A medida da lei de cotas para o ensino superior

A medida da lei de cotas para o ensino superior Versão 2, 1/12/2008 A medida da lei de cotas para o ensino superior Simon Schwartzman Qual o verdadeiro alcance da lei de cotas para o ensino superior aprovada pelo Congresso Nacional no Dia da Consciência

Leia mais

Temario Serie 1. Introducción / Lección 1. Competencias: Gramática: Vocabulario: Las Introducciones. Nombres Tudo bem!

Temario Serie 1. Introducción / Lección 1. Competencias: Gramática: Vocabulario: Las Introducciones. Nombres Tudo bem! Temario Serie 1 Introducción / Lección 1 Introducciones Nombres Tudo bem! Las Introducciones > muito prazer, tudo bem, com licença Vocabulario: com licença por favor obrigado, obrigada muito prazer bom

Leia mais

Associação Lar do Neném

Associação Lar do Neném Criança Esperança 80 Associação Lar do Neném Recife-PE Marília Lordsleem de Mendonça Abraço solidário Todas as crianças são de todos : esse é o lema do Lar do Neném, uma instituição criada há 26 anos em

Leia mais

Adjunto adnominal. Os dois primeiros colocados disputarão a medalha de ouro. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj: adn.

Adjunto adnominal. Os dois primeiros colocados disputarão a medalha de ouro. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj: adn. Professor Jailton Adjunto adnominal é o termo da oração que sempre se refere a um substantivo que funciona como núcleo de um termo, a fim de determiná-lo, indeterminá-lo ou caracterizá-lo. adj. adn. adj.

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo São Paulo-SP, 20 de outubro de 2004 Meus queridos companheiros e minhas queridas companheiras

Leia mais

Duplo sentido e ironia / Maria Irma Hadler Coudry. Caro Aluno:

Duplo sentido e ironia / Maria Irma Hadler Coudry. Caro Aluno: 1 Caro Aluno: Essa atividade pós-exibição é a quinta, de um conjunto de 7 propostas, que têm por base o primeiro episódio do programa de vídeo Viagem ao cérebro. As atividades pós-exibição são compostas

Leia mais

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa Meio Ambiente 4 0 a O - fu dame tal Cuidar da vida também é coisa de criança Justificativa PROJETOS CULTURAIS Na idade escolar, as crianças estão conhecendo o mundo (Freire, 1992), sentindo, observando,

Leia mais

GABARITO ITA - 2013/2014

GABARITO ITA - 2013/2014 GABARITO ITA - 2013/2014 INGLÊS PORTUGUÊS 01. A 21. B 02. E 22. C 03. A 23. A 04. B 24. D 05. B 25. A 06. A 26. C 07. E 27. B 08. E 28. E 09. E 29. D 10. D 30. E 11. C 31. C 12. B 32. B 13. D 33. A 14.

Leia mais

O que fazer em meio às turbulências

O que fazer em meio às turbulências O que fazer em meio às turbulências VERSÍCULO BÍBLICO Façam todo o possível para viver em paz com todos. Romanos 12:18 OBJETIVOS O QUÊ? (GG): As crianças assistirão a um programa de auditório chamado Geração

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE 12:43 Page 1 INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE Jardins é Page 2 LIXO UM PROBLEMA DE TODOS Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso de todos. Uma pessoa é capaz

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

Tens Palavras de Vida Eterna

Tens Palavras de Vida Eterna Catequese 40ano Tens Palavras de Vida Eterna Agenda da Palavra de Deus pela minha vida fora ANO A Durante as férias, mantenho-me em contato! CONTATOS DA PARÓQUIA Morada: Telefone: Correio eletrónico: Sítio:

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

Processo Seletivo 1.º Semestre 2012 004. Prova Dissertativa

Processo Seletivo 1.º Semestre 2012 004. Prova Dissertativa Processo Seletivo 1.º Semestre 2012 004. Prova Dissertativa Técnico Concomitante ou Subsequente ao Ensino Médio Instruções Confira seu nome e número de inscrição impressos na capa deste caderno. Assine

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 05/2014

PROCESSO SELETIVO EDITAL 05/2014 PROCESSO SELETIVO EDITAL 05/2014 CARGO E UNIDADES: Professor de Educação Infantil e Fundamental (MACAÍBA) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova:

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação Nome: Nº 8º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português Data: Professor(a): Érica Beatriz Nota: Leia o texto de Clarice Lispector e veja

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe do período composto: parte II Período

Leia mais

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo.

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Sonhos Pessoas Para a grande maioria das pessoas, LIBERDADE é poder fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Trecho da música: Ilegal,

Leia mais

CADERNO DE PROVA 2.ª FASE. Nome do candidato. Coordenação de Exames Vestibulares

CADERNO DE PROVA 2.ª FASE. Nome do candidato. Coordenação de Exames Vestibulares CADERNO DE PROVA 2.ª FASE Nome do candidato Nome do curso / Turno Local de oferta do curso N.º de inscrição Assinatura do candidato Coordenação de Exames Vestibulares I N S T R U Ç Õ E S LEIA COM ATENÇÃO

Leia mais

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos)

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos) Geografia QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETAMENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR

TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR CADERNO DE PROVA CARGO: ESTAGIÁRIO DO DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Vamos falar sobre câncer?

Vamos falar sobre câncer? Vamos falar sobre câncer? O SIEMACO sempre está ao lado dos trabalhadores, seja na luta por melhores condições de trabalho, lazer e educação ou na manutenção da saúde, visando a promoção e ascensão social.

Leia mais

Você conhece a Faculdade Sagrada Família? Quais os cursos que a FASF irá ofertar?

Você conhece a Faculdade Sagrada Família? Quais os cursos que a FASF irá ofertar? 1 Você conhece a Faculdade Sagrada Família? A FASF iniciou as suas atividades no ano de 2011, após ter passado por todos os processos burocráticos exigidos pelo Ministério da Educação para sua abertura

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO E EDUCAÇÃO-SEED COLÉGIO ESTADUAL MARCELINO CHAMPAGNAT-ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PROGRAMA DE

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO E EDUCAÇÃO-SEED COLÉGIO ESTADUAL MARCELINO CHAMPAGNAT-ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PROGRAMA DE GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO E EDUCAÇÃO-SEED COLÉGIO ESTADUAL MARCELINO CHAMPAGNAT-ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL-PDE PROJETO DE INTERVENÇÃO NA ESCOLA-PDE

Leia mais

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados...

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... Apostila de Fundamentos Arrependimento Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... (Atos 3:19) A r r e p e n d i m e n t o P á g i n a 2 Arrependimento É muito importante

Leia mais

Projeto - Mães empreendedoras: Minha mãe, nossas mães

Projeto - Mães empreendedoras: Minha mãe, nossas mães Projeto - Mães empreendedoras: Minha mãe, nossas mães A proposta a seguir refere-se a um Projeto Didático (PD) elaborado para trabalhar com as crianças do 1º e 2º períodos da Educação Infantil (4 e 5 anos

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. Eu quero não parar coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - de consigo.o usar que eu drogas f o? aç e Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

Líder: o fio condutor das mudanças

Líder: o fio condutor das mudanças Líder: o fio condutor das mudanças Por Patrícia Bispo para o RH.com.br Para quem imagina que liderar pessoas significa apenas delegar ordens e cobrar resultados a qualquer custo, isso pode significar o

Leia mais

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por:

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por: COLÉGIO DE APLICAÇÃO DOM HÉLDER CÂMARA AVALIAÇÃO: EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES I DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR(A): ANA PAULA DA VEIGA CALDAS ALUNO(A) DATA: / / TURMA: M SÉRIE: 9º ANO DATA PARA ENTREGA:

Leia mais

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:...

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:... ALEGRIA PERSONAGENS: Duas amigas entre idades adolescentes. ALEGRIA:... TATY:... Peça infanto-juvenil, em um só ato com quatro personagens sendo as mesmas atrizes, mostrando a vida de duas meninas, no

Leia mais

ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA

ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA Nome: Nº Ano: 6º Data: / /2012 Bimestre: 2º Professora: Samanta Disciplina: P1 Orientações para estudo: refaça os exercícios propostos (inclusive folha extra) e as avaliações

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Das 12 às 22horas (Segunda a Sexta) Das 8 às 11horas (Sábado) Internet www.unifafibe.com.br Até 24 de setembro de 2015

Das 12 às 22horas (Segunda a Sexta) Das 8 às 11horas (Sábado) Internet www.unifafibe.com.br Até 24 de setembro de 2015 Caro Estudante, A finalidade deste manual é oferecer aos candidatos as informações necessárias para uma boa preparação ao Processo Seletivo do. Além do calendário do Processo Seletivo, este manual traz

Leia mais

C.LEO Jean Rasia. Diretoria de Preparação de Lideranças

C.LEO Jean Rasia. Diretoria de Preparação de Lideranças C.LEO Jean Rasia Diretoria de Preparação de Lideranças Planejamento de Campanhas O que é Planejamento É um processo contínuo e dinâmico que consiste em um conjunto de ações intencionais, integradas, coordenadas

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Reunião de junho na Sede da Associação

Reunião de junho na Sede da Associação Ano 1 Lagedo, Domingo, 03 de agosto de 2014 N o 3 Reunião de junho na Sede da Associação Reunião na Sede da Associação. foto: Mirene Moraes, 29/06/2014. A reunião estava marcada para ter início as 13:00h.

Leia mais

Equações do primeiro grau

Equações do primeiro grau Módulo 1 Unidade 3 Equações do primeiro grau Para início de conversa... Você tem um telefone celular ou conhece alguém que tenha? Você sabia que o telefone celular é um dos meios de comunicação que mais

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I FORTALECENDO SABERES CIÊNCIAS NAT. CIÊNCIAS HUM. CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Conteúdo:

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I FORTALECENDO SABERES CIÊNCIAS NAT. CIÊNCIAS HUM. CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Conteúdo: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I Conteúdo: - Alguns aspectos que interferem na saúde das pessoas - Saúde como Direito Constitucional dos brasileiros

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2013/2 DIREITO

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2013/2 DIREITO QUESTÃO 0 HISTÓRIA Leia atentamente o fragmento de texto abaixo: Atenas caminhava para a guerra civil, à medida que os pobres começavam a organizar-se e a exigir o perdão das dívidas e a redistribuição

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 SERVIÇO SOCIAL

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 SERVIÇO SOCIAL assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se

Leia mais

Avaliação Parcial de Rendimento em Leitura - 03

Avaliação Parcial de Rendimento em Leitura - 03 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO - SIAQUE ESCOLA: PROFESSOR: ALUNO: DATA / / PORTUGUÊS - 4ª SÉRIE / 5º ANO TURMA: TURNO: DATA: / / - Instruções gerais: - Este instrumento de verificação

Leia mais

DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 1ª TURMA:

DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 1ª TURMA: DISCIPLINA: SOCIOLOGIA PROFESSORA: Ana Carolina Maciel NOME COMPLETO: I N S T R U Ç Õ E S DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 1ª TURMA: 1. Este trabalho

Leia mais

Na Internet Gramática: atividades

Na Internet Gramática: atividades Na Internet Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia os documentos Modo subjuntivo geral e Presente do subjuntivo, no Banco de Gramática. 1. No trecho a seguir, extraído da

Leia mais

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO Uma prova, para avaliar tantos candidatos deve ser sempre bem dosada como foi a deste ano. Houve tanto questões de interpretação (6) como de gramática

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S C ONCURSO PÚBLICO 03 / JUNHO / 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 7 CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS RECEPCIONISTA E TELEFONISTA PROVAS: PORTUGUÊS MATEMÁTICA

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente?

::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente? O Meio Ambiente ::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente? Seu João: Não sei não! Mas quero que você me diga direitinho pra eu aprender e ensinar todo mundo lá no povoado onde eu moro. : Seu João,

Leia mais

DESENVOLVENDO HABILIDADES CIÊNCIAS DA NATUREZA I - EM

DESENVOLVENDO HABILIDADES CIÊNCIAS DA NATUREZA I - EM Olá Caro Aluno, Você já reparou que, no dia a dia quantificamos, comparamos e analisamos quase tudo o que está a nossa volta? Vamos ampliar nossos conhecimentos sobre algumas dessas situações. O objetivo

Leia mais

1. o DESENHO INDUSTRIAL (BACHARELADO) TESTE ESCRITO-PRÁTICO PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS. 3. a ETAPA

1. o DESENHO INDUSTRIAL (BACHARELADO) TESTE ESCRITO-PRÁTICO PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS. 3. a ETAPA U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A UnB CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS CESPE 1. o Vestibular 2002 Programa de Avaliação Seriada Subprograma 1999 3. a ETAPA PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS

Leia mais

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista Uma longa viagem começa com um único passo. - Lao-Tsé Ser Otimista não é uma tarefa fácil hoje em dia, apesar de contarmos hoje

Leia mais

O Açúcar. Leia este poema de Ferreira Gullar. Com que adoço meu café esta manhã em Ipanema.

O Açúcar. Leia este poema de Ferreira Gullar. Com que adoço meu café esta manhã em Ipanema. 8 Gramática -Revisão 8º ano DATA: /09/15: Unidade Centro Aluno (a) Professora: MARIA DO CARMO Leia este poema de Ferreira Gullar. O Açúcar O branco açúcar que adoçará meu café Nesta manhã de Ipanema Não

Leia mais

APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice Aula 1 - Área de trabalho e personalizando o sistema... 3 A área de trabalho... 3 Partes da área de trabalho.... 4 O Menu Iniciar:...

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante?

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Do you know how to ask questions in English? Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Note que tanto

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com Tema:Humor Você vai ler a seguir um fragmento da peça teatral Lua nua, de Leilah Assunção, que foi encenada em várias cidades do país entre 1986 e 1989, sempre com grande sucesso de público e de crítica.

Leia mais

40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional

40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional 40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional Essas 40 dicas são ótimas e assino embaixo. Foram passadas para mim pelo amigo Luiz Rodrigues, aluno também do Curso Online de Design Web. A fonte

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA PROVA OBJETIVA PROCESSO SELETIVO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Prezado candidato(a), você recebeu o seguinte material: - um caderno de questões contendo 30 (trinta) questões

Leia mais