INFORMATIVO PRODUÇÃO ANIMAL. N o

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMATIVO PRODUÇÃO ANIMAL. N o"

Transcrição

1 INFORMATIVO PRODUÇÃO ANIMAL N o

2 Informativo da Produção Animal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) Animais de Grande Porte São os bovinos (bois e vacas); bubalinos (búfalos e búfalas); eqüinos (cavalos e éguas); asininos (jumentos e jumentas) e muares (burros e mulas). BOVINOS O rebanho bovino estadual é Segundo o IBGE, no estado de Sergipe os bovinos cabeças e equivale a 0,57% do representam a maioria dos animais de grande porte rebanho nacional, e 4,15% do rebanho bovino da Região Nordeste. No ranking estadual o município de Lagarto possui o maior rebanho (5,2%), seguido do município de Tobias Barreto (4,5%) e N. S. da Glória (4,2%). A Regional Glória concentra mais de ⅓ do rebanho estadual. Em segundo lugar apresentase a Regional Lagarto com mais de ⅕ do rebanho. Conforme pode ser observado no Gráfico 1 Representação rebanho bovino. 9% 5% 22% Reg.Estância Reg.Glória Reg.Propriá Produção de Leite 12% 18% Reg.Itabaiana Reg.Lagarto Reg.Aracaju A quantidade de leite produzido no estado, em 2014, foi de milhões de litros. Em termos financeiros a atividade leiteira gerou R$ milhões de reais, a um preço médio de R$ 0,97 o valor unitário do litro. Os sete municípios maiores produtores estão localizados na Regional Glória, correspondendo a mais da metade da produção estadual (54,5%), caracterizando bacia leiteira do Estado. Tabela 1 Ranking municípios produtores. Leite (Mil litros) % 1º Nossa Senhora da Glória ,7% 2º Porto da Folha ,8% 3º Poço Redondo ,3% 4º Canindé de São Francisco ,1% 5º Gararu ,3% 6º Monte Alegre de Sergipe ,9% 7º Aquidabã ,4% 8º N. S. de Lourdes ,2% 9º Feira Nova , 10º Carira ,6% Página 2

3 Informativo da Produção Animal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) EQUINOS BUBALINOS Os eqüinos no estado de Sergipe formam um rebanho de cabeças, o equivalente a 1,3% do rebanho nacional, e 5,5% do rebanho bovino da Região Nordeste. No ranking estadual o município de Lagarto possui o maior rebanho (6,4%), e no ranking nacional ocupa o 197º município com maior rebanho. O 2º maior rebanho encontra-se no município de Tobias Barreto (4,7%), seguindo por Aquidabã (3,7%) e Poço Redondo (3,6%). O rebanho estadual é muito reduzido e restringe a 143 cabeças. Localizadas em apenas 05 municípios e em duas. Tabela 2 Ranking municípios produtores Rebanho Regional SEBRAE 1º Boquim 32 22% Lagarto 2º Estância 20 14% Estância 3º Itabaianinha 65 46% Estância 4º Lagarto 16 11% Lagarto 5º Santa Luzia do Itanhy 10 7% Estância Gráfico 3 Representação nas Regionais. se Aracaju A Regional Glória concentra mais de ¼ do Propriá rebanho estadual. Em segundo lugar apresentase a Regional Lagarto com mais de ⅕ do rebanho. Conforme pode ser observado no Lagarto Glória Itabaiana Gráfico 2 Representação rebanho. Estância 66% REGIONAIS SEBRAE 28% 23% 1 15% 13% 11% Página 3

4 Informativo da Produção Animal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) Animais de Médio Porte A Regional Glória concentra mais de ⅓ do rebanho estadual. Em segundo lugar apresentase a Regional Itabaiana com mais de ¼ do rebanho. Conforme pode ser observado no São os suínos (porcos e porcas); caprinos (bodes e cabras); e ovinos (carneiros e ovelhas). SUÍNOS O rebanho de suínos estadual é cabeças. Equivale a 0,26% do rebanho nacional e a 1,76% da Região Nordeste. No ranking estadual o município de Nossa Senhora da Glória possui o maior rebanho, conforme pode ser observado na tabela abaixo. Tabela 3 Ranking municípios sergipanos. Rebanho 1º Nossa Senhora da Glória ,1% 2º Itabaiana , 3º Tobias Barreto ,4% 4º Ribeirópolis , 5º Porto da Folha ,9% 6º Lagarto ,2% 7º Aquidabã ,1% 8º Salgado ,1% 9º Poço Redondo , 10º Canindé de São Francisco ,7% 7% 9% 5% 19% Reg.Estância Reg.Glória Reg.Propriá 26% Reg.Itabaiana Reg.Lagarto Reg.Aracaju Gráfico 4 Representação nas. CAPRINOS O rebanho de caprinos estadual é o menor dentre os animais de médio porte e equivale a cabeças. Mais da metade do rebanho de caprinos do estado de Sergipe (54,4%) encontra-se concentrado em cinco municípios: Lagarto (15,9%), Tobias Barreto (13,4%), Canindé do São Francisco (9,5%), Poço Redondo (7,9%) e Poço Verde (7,9%). Página 4

5 Informativo da Produção Animal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) A Regional Lagarto concentra quase a metade do rebanho estadual. Em segundo lugar apresenta-se a Regional Glória com mais de ⅓ do rebanho. Conforme pode ser observado no Gráfico 5 Representação do rebanho. Tabela 4 Ranking municípios sergipanos. Rebanho 1º Tobias Barreto ,6% 2º Lagarto , 3º Poço Verde ,9% 4º Simão Dias ,6% 5º Poço Redondo ,7% 6º Nossa Senhora da Glória ,9% REGIONAIS SEBRAE 46% 7º Riachão do Dantas ,6% 8º Gararu , 9º Canindé de São ,8% 10º Carira ,3% 4% 9% 3% 4% Metade do rebanho de ovinos do estado de Sergipe concentra-se na Regional Lagarto. Em segundo lugar apresenta-se a Regional Glória com mais de ¼ do rebanho. Conforme pode ser observado no OVINOS Gráfico 6 Representação nas Regionais. Segundo o IBGE, no estado de Sergipe os ovinos Aracaju Propriá 3% 4% representam a Lagarto 5 maioria dos animais de médio porte. Glória Itabaiana 7% 26% Estância 1 No ranking estadual os municípios de Tobias Barreto (14,6%) e Lagarto (13,) possuem os maiores rebanho. No ranking nacional dos municípios ocupam o 98º e 107º respectivamente. Página 5

6 Informativo da Produção Animal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) Animais de Pequeno Porte GALINHAS O rebanho estadual de galináceos galinhas - é cabeças, equivalente a 0,85% do rebanho nacional, e 4,49% da Região Nordeste. No ranking estadual o município de São Cristovão possui o maior plantel, seguido dos municípios de Areia Branca, Simão Dias e Salgado, conforme pode ser observado na tabela abaixo. Tabela 5 Ranking municípios sergipanos. Plantel 1º São Cristóvão ,7% 2º Areia Branca ,8% 3º Simão Dias ,8% 4º Salgado ,5% 5º Estância ,7% 6º Itaporanga d'ajuda ,7% 7º Lagarto ,7% 8º Itabaiana ,8% A maioria do plantel de galinhas no estado de Sergipe agrupa-se nas Regionais Itabaiana e Lagarto. A Regional Aracaju também concentra ⅕ do plantel. Conforme pode ser observado no Gráfico 7 Representação nas. 3% Produção de Ovos 2 28% 11% 26% 12% Estância Itabaiana Glória Lagarto Propriá Aracaju A quantidade de ovos de galinha produzida no estado, em 2014, foi de mil dúzias. Em termos financeiros o valor da produção gerou R$ milhões de reais, a um preço médio de R$ 2,93 o valor unitário da dúzia. Os municípios de São Cristovão (Regional Aracaju) e Areia Branca (Regional Itabaiana) concentram a maioria da produção de ovos de galinha do estado. Tabela 6 Ranking municípios produtores. Produção (Mil dúzias) % 1º São Cristóvão ,1% 2º Areia Branca ,3% 9º Nossa Senhora das Dores ,2% 10º Indiaroba ,6% Página 6

7 Informativo da Produção Animal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) ABELHAS (APICULTURA) e 0,93% da Região Nordeste. A produção sergipana corresponde 0,26% da produção nacional O valor da produção correspondeu a 887 mil reais, a um preço médio de R$ 8,79 o quilograma de mel de abelha. Somente 29 municípios sergipanos informaram a produção de mel de abelha. No ranking estadual os municípios de Lagarto de Poço Verde, ambos da Regional Lagarto, concentram a maioria da produção de mel do estado de Sergipe, o equivalente a 62,4%, conforme pode ser visto na tabela abaixo. Tabela 7 Ranking municípios produtores. Produção (quilograma) % 1º Lagarto - SE ,7% 2º Poço Verde - SE ,7% 3º Arauá - SE ,4% 4º Estância - SE ,9% 5º Salgado - SE ,9% 6º Japaratuba - SE ,4% AQUICULTURA Segundo o IBGE, a Aqüicultura em Sergipe concentra-se na produção de Tambaqui, Tilápia e Camarão. Tabela 8 Principais produtos. Produção da aquicultura (Quilogramas) Valor da produção (Mil Reais) Tambaqui Tilápia Camarão A maioria da produção de tambaqui concentra no município de Propriá (59,3%), em segundo lugar no ranking da produção encontra-se o município de Neópolis (29,3%). Somente 20 municípios informaram a produção de tambaqui no estado de Sergipe. A tilápia é produzida somente em 34 municípios sergipanos. Os principais municípios produtores são: Propriá (41,8%), Pirambu (13,), Itaporanga d Ajuda (6,7%) e Amparo do São Francisco (6,4%). A produção de camarão se concentra em apenas 16 municípios sergipanos. O município de Brejo Grande é o maior produtor com 22, da produção estadual, seguindo de Nossa Senhora do Socorro com 20,2%, São Cristovão com 15,6% e Indiaroba com 10,7%. Página 7

INFORMATIVO PRODUÇÃO VEGETAL

INFORMATIVO PRODUÇÃO VEGETAL Vegetal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) INFORMATIVO PRODUÇÃO VEGETAL N o 02-2015 Página 1 Vegetal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) Lavoura Temporária Abrange

Leia mais

Sergipe. Relatório 2011 COORDENAÇÃO GERAL: ERALDO DA SILVA RAMOS FILHO

Sergipe. Relatório 2011 COORDENAÇÃO GERAL: ERALDO DA SILVA RAMOS FILHO Sergipe Relatório 2011 COORDENAÇÃO GERAL: ERALDO DA SILVA RAMOS FILHO APOIO DATALUTA Banco de Dados da Luta pela Terra - Sergipe Relatório 2011 Coordenação LABERUR Laboratório de Estudos Rurais e Urbanos

Leia mais

TABELA DA COMPETIÇÃO

TABELA DA COMPETIÇÃO Página1 TABELA DA COMPETIÇÃO REGIONAL VIII FUTSAL DRE 07 Aracaju 2010 Página2 SIGLAS DAS S Legenda Município Legenda Município Legenda Amparo do São Francisco ASF Indiaroba ID Pinhão PI Aquidabã AQ Itabaiana

Leia mais

CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO

CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 15/01 Santo Amaro das Brotas (Padroeiro) 20/01 Poço Verde (Padroeiro) 20/01

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS

CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 15/01 Santo Amaro das Brotas (Padroeiro) 20/01 Poço Verde (Padroeiro) 20/01

Leia mais

CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO

CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 05/01 N. Sra. da Glória (Festa dos Santos Reis) 15/01 Santo Amaro das Brotas

Leia mais

LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015

LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015 LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015 TETO DA PREVIDÊNCIA: R$ 4.663,75 (quatro mil, seiscentos e sessenta e três reais e setenta e cinco centavos) SALÁRIO MÍNIMO: R$ 788,00 (setecentos

Leia mais

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014 Sergipe nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, dos três candidatos à reeleição para a Câmara dos Deputados, apenas dois obtiveram êxito, ou seja, houve uma renovação de 75% em

Leia mais

4º Balanço JANEIRO/ABRIL 2012

4º Balanço JANEIRO/ABRIL 2012 SERGIPE 4º Balanço JANEIRO/ABRIL 2012 O CÍRCULO VIRTUOSO DO DESENVOLVIMENTO Sergipe Apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2) não para de bater recordes, garantindo que o investimento

Leia mais

SERGIPE. 5º Balanço. maio/setembro 2O12. O círculo virtuoso do desenvolvimento

SERGIPE. 5º Balanço. maio/setembro 2O12. O círculo virtuoso do desenvolvimento SERGIPE Sergipe O círculo virtuoso do desenvolvimento 5º Balanço maio/setembro 2O12 Apresentação A segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) continua quebrando recordes. A cada balanço

Leia mais

A ILHA FM ARACAJU (102,3 MHZ)

A ILHA FM ARACAJU (102,3 MHZ) MÍDIA KIT 2016 A Rede Ilha completa 16 anos em 2016 e temos muito que comemorar. Além da Ilha FM Aracaju (102,3 Mhz), contamos com a Ilha FM Propriá, Ilha FM Estância e Ilha AM Tobias Barreto, em pontos

Leia mais

Anexo III - Demonstrativo Anual - Exercício 2007. Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico - CIDE

Anexo III - Demonstrativo Anual - Exercício 2007. Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico - CIDE SE 07 ; Anexo III; 1 / 5 Processo nº: 50000.061533/2006-30 Anual - Diário Oficial da União em 21 de dezembro de 2006, seção I, página 121 1ª Alteração - Diário Oficial da União em 08 de junho de 2007,

Leia mais

Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Sergipe

Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Sergipe Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Sergipe Setembro de 2013 MUNICÍPIO NOME DA BIBLIOTECA ENDEREÇO BAIRRO CEP Amparo de São Francisco Biblioteca Pública Municipal Antonio Freire de Souza Rua João

Leia mais

APRESENTAÇÃO. de pessoas com o Programa Luz para Todos e mais de 6,4 milhões com o Programa Minha Casa, Minha Vida.

APRESENTAÇÃO. de pessoas com o Programa Luz para Todos e mais de 6,4 milhões com o Programa Minha Casa, Minha Vida. SERGIPE APRESENTAÇÃO Com mais de 40 mil empreendimentos por todo o território nacional, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) completa três anos e quatro meses com alta execução. Até abril deste

Leia mais

ADICIONAL DE 1% DO FPM SERGIPE

ADICIONAL DE 1% DO FPM SERGIPE ADICIONAL DE 1% DO FPM SERGIPE Dezembro de 2011 François E. J. de Bremaeker Salvador, dezembro de 2011 2 A Associação Transparência Municipal (ATM) é uma instituição brasileira sem fins lucrativos e de

Leia mais

&203(7Ç1&,$ 5(6Ë'82 $*1' $8',Ç1&,$6 )(,726 '(63-8/ $WpÃ,1, 5($7 $54 686 &$37-8/ $1' 0$5& 5($/ 1Ã5($/ 029,0 (;$5 '2Ã72 1ª VARA CÍVEL 568 157 270 419 237 48 4 3 11 0 19 1.670 34 24 10 671 272 2ª VARA CÍVEL

Leia mais

AS EXPERIÊNCIAS DE REGIONALIZAÇÃO NO BRASIL (III):

AS EXPERIÊNCIAS DE REGIONALIZAÇÃO NO BRASIL (III): AS EXPERIÊNCIAS DE REGIONALIZAÇÃO NO BRASIL (III): O CASO DO ESTADO DE SERGIPE. Aula 10 META Analisar o processo de organização espacial do Estado de Sergipe como consequência da necessidade de se regionalizar

Leia mais

1.2. A inscrição dos conselheiros será realizada pela Sociedade Semear, obedecidos aos critérios estabelecidos neste Edital.

1.2. A inscrição dos conselheiros será realizada pela Sociedade Semear, obedecidos aos critérios estabelecidos neste Edital. EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO BÁSICA DA ESCOLA DE CONSELHOS DE SERGIPE PARA CONSELHEIROS TUTELARES E CONSELHEIROS MUNICIPAIS DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - 2011 A

Leia mais

Aspectos Agroeconômicos da Cultura da Mandioca: Características e Evolução da Cultura no Estado de Sergipe entre 1990 e 2004

Aspectos Agroeconômicos da Cultura da Mandioca: Características e Evolução da Cultura no Estado de Sergipe entre 1990 e 2004 ISSN 16781953 Dezembro, 6 98 Aspectos Agroeconômicos da Cultura da Mandioca: Características e Evolução da Cultura no Estado de Sergipe entre 1990 e 4 ISSN 16781953 Dezembro, 6 Empresa Brasileira de Pesquisa

Leia mais

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014 Sergipe nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, dos três candidatos à reeleição para a Câmara dos Deputados, apenas dois obtiveram êxito, ou seja, houve uma renovação de 75% em

Leia mais

HORÁRIO DESTINO CAT. NÚMERO ATLETAS 07:00

HORÁRIO DESTINO CAT. NÚMERO ATLETAS 07:00 GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DEF CIDADE SEDE: Aracaju DATA: 15/10/2016 DIA: sábado CONTATOS: Yonah 98814-4312 (TIM) 98836-6170 (OI) 99978-2750 (VIVO)

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 39/2014, de 20 de janeiro 2014

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 39/2014, de 20 de janeiro 2014 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 39/2014, de 20 de janeiro 2014 Seleção de Tutores do projeto Caminhos do Cuidado - Formação em Saúde Mental (crack, álcool e outras drogas) para Agentes Comunitários de Saúde e Auxiliares/Técnicos

Leia mais

Agricultura: Convencional. Produto Min. Max Mais Freq. Max Freq. Freq. Freq. Freq. Freq. Pag.: 1 / 6. UNI= /kg

Agricultura: Convencional. Produto Min. Max Mais Freq. Max Freq. Freq. Freq. Freq. Freq. Pag.: 1 / 6. UNI= /kg Produto Min. Mais AVES FRANGO (+ 1.300 Kg.) AVES FRANGO (1.100-1.300 Kg.) AVES FRANGO (600-700 g.) AVES FRANGO (700-900 g.) AVES FRANGO (900 g. - 1.100 Kg.) BOVINO BOVINO BOVINO PESO BOVINO BOVINO BOVINO

Leia mais

Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe

Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe Nº Município/Lei de Criação Endereço/ E-mail Telefone 01 Amparo do São Francisco 09/07 02 Aracaju 1º Distrito 03 Aracaju 2º Distrito 04 Aracaju 3º Distrito 05 Aracaju

Leia mais

NÚMEROS DA PECUÁRIA PARANAENSE Ano 2017

NÚMEROS DA PECUÁRIA PARANAENSE Ano 2017 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA RURAL Elaboração: SEAB/DERAL/DCA/PECUÁRIA Data: 04/01/2017 NÚMEROS DA PECUÁRIA PARANAENSE Ano

Leia mais

Aspectos Agroeconômicos da Cultura do Milho: Características e Evolução da Cultura no Estado de Sergipe entre 1990 e 2003

Aspectos Agroeconômicos da Cultura do Milho: Características e Evolução da Cultura no Estado de Sergipe entre 1990 e 2003 ISSN 1678-1953 Dezembro, 2005 85 Aspectos Agroeconômicos da Cultura do Milho: Características e Evolução da Cultura no Estado de Sergipe entre 1990 e 2003 República Federativa do Brasil Luiz Inácio Lula

Leia mais

PRODUÇÃO E CONSUMO DE PESCADO NO BRASIL

PRODUÇÃO E CONSUMO DE PESCADO NO BRASIL PRODUÇÃO E CONSUMO DE PESCADO NO BRASIL Bianca Schmid SEPAGRO-SP Data 24/01/2014 ABORDAGEM DO PESCADO PELO IBGE PESQUISA INDUSTRIAL ANUAL PRODUTO (PIA- PRODUTO) Unidade de investigação: estabelecimento

Leia mais

REVISAO ORTOGRÁFICA E FORMATAÇÃO NAS NORMAS GARANTIA DE QUALIDADE

REVISAO ORTOGRÁFICA E FORMATAÇÃO NAS NORMAS GARANTIA DE QUALIDADE REVISAO ORTOGRÁFICA E FORMATAÇÃO NAS NORMAS Elaboramos revisão ortográfica e gramatical nas novas regras de ortografia, pois sabemos da importância de entregar um trabalho acadêmico perfeito. A formatação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E MEIO AMBIENTE Tab 220 - Censo Agropecuário 2006 - Resultados Preliminares Descrição Valor Unidade Número de estabelecimentos agropecuários 2052 Estabelecimentos Área dos estabelecimentos agropecuários Número de estabelecimentos

Leia mais

Boletim do Mercado de Trabalho

Boletim do Mercado de Trabalho Boletim do Mercado de Trabalho Ano 02 Março de 2014 Boletim do Mercado de Trabalho Ano 02 Março de 2014 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe Reitor - Ailton Ribeiro de Oliveira

Leia mais

TABELA DA COMPETIÇÃO

TABELA DA COMPETIÇÃO TABELA DA COMPETIÇÃO REGIONAL VI FUTSAL DRE 06 N. S. das Dores 2010 1 SIGLAS DAS CIDADES Legenda Município Legenda Município Legenda Amparo do São Francisco ASF Indiaroba ID Pinhão PI Município Aquidabã

Leia mais

Cana-de-açúcar Cultivada desde a época da colonização inicialmente no Nordeste, aproveitava o solo de massapé, o clima tropical e a proximidade do litoral e os elevados valores no mercado europeu. Os maiores

Leia mais

CAMPEONATO SERGIPANO DE JUNIORES TABELA / EDIÇÃO 2016 TABELA ARACAJU - SE

CAMPEONATO SERGIPANO DE JUNIORES TABELA / EDIÇÃO 2016 TABELA ARACAJU - SE CAMPEONATO SERGIPANO DE JUNIORES TABELA / EDIÇÃO 2016 TABELA ARACAJU - SE CAMPEONATO SERGIPANO DE JUNIORES 2016 1º FASE - CLASSIFICATÓRIA GRUPO A 1ª RODADA 11.06.16 Sáb. 15:15 Confiança X Lagarto Sabino

Leia mais

GRACCHO FORRO E FOLIA NÃO 0100 PRÉ - CAJU 2009 SIM 0100 PRÉ - CAJU 2009 XVI - VAQUEJADA DE MARUIM 2009 SOCORRO FOLIA 2009 SIM 32.884.

GRACCHO FORRO E FOLIA NÃO 0100 PRÉ - CAJU 2009 SIM 0100 PRÉ - CAJU 2009 XVI - VAQUEJADA DE MARUIM 2009 SOCORRO FOLIA 2009 SIM 32.884. Convenente Emenda Fonte Objeto BLOCOS DE TIO GRACCHO FORRO E FOLIA PRÉ - CAJU 2009 PRÉ - CAJU 2009 X CAVALGADA BRIDOES DE OURO 2009 XVI - VAQUEJADA DE MARUIM 2009 SOCORRO FOLIA 2009 SIM 32.884.108/0001-80

Leia mais

Mapa da Defensoria Pública em Sergipe

Mapa da Defensoria Pública em Sergipe Comissão dos Aprovados no Concurso para o cargo de Defensor Público Substituto do Estado de Sergipe do ano de 2012. Mapa da Defensoria Pública em Sergipe Aracaju Sergipe 2013 1 Agradecemos à Defensoria

Leia mais

CTNBF. Realocação Espacial da Cocoicultura nos Principais Municípios Produtores do Estado de Sergipe; 1990, 1995, 2000 e 2005.

CTNBF. Realocação Espacial da Cocoicultura nos Principais Municípios Produtores do Estado de Sergipe; 1990, 1995, 2000 e 2005. ISSN 1678-1953 Maio, 2008 130 CTNBF COMISSÃO TÉCNICA NORTE/ NORDESTE BRASILEIRA DE FEIJÃO Realocação Espacial da Cocoicultura nos Principais Municípios Produtores do Estado de Sergipe; 1990, 1995, 2000

Leia mais

Produção da Pecuária Municipal

Produção da Pecuária Municipal Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Produção da Pecuária Municipal 2011 Data 18/10/2012 Produção da Pecuária Municipal Variáveis investigadas: Efetivo dos rebanhos: Animais existentes em

Leia mais

Aula9 A FORMAÇÃO DO ESPAÇO URBANO E SUAS REGIÕES. Vera Maria dos Santos. META Explicar a formação do espaço urbano e das suas regiões.

Aula9 A FORMAÇÃO DO ESPAÇO URBANO E SUAS REGIÕES. Vera Maria dos Santos. META Explicar a formação do espaço urbano e das suas regiões. Aula9 A FORMAÇÃO DO ESPAÇO URBANO E SUAS REGIÕES META Explicar a formação do espaço urbano e das suas regiões. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula, o aluno deverá: Entender o processo de formação do espaço

Leia mais

CLIPPING ABERT DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO - DIA RADIODIFUSÃO SEÇÃO I MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES GABINETE DO MINISTRO

CLIPPING ABERT DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO - DIA RADIODIFUSÃO SEÇÃO I MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES GABINETE DO MINISTRO SEÇÃO I MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.309, DE 27 DE JULHO DE 2015 O MINISTRO DE ESTADO DAS COMUNICAÇÕES, no uso de suas atribuições, observado o disposto no Decreto nº

Leia mais

REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES

REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art.1º São objetivos da 6ª Conferência Estadual das Cidades: I propor a interlocução entre autoridades e gestores

Leia mais

*Consulte informações no site. LINHA DE FINANCIAMENTO PARA O VALE DO RIBEIRA. TAXA DE JURO ZERO* E LONGO PRAZO PARA APOIAR O DESENVOLVIMENTO DO VALE.

*Consulte informações no site. LINHA DE FINANCIAMENTO PARA O VALE DO RIBEIRA. TAXA DE JURO ZERO* E LONGO PRAZO PARA APOIAR O DESENVOLVIMENTO DO VALE. LINHA DE FINANCIAMENTO PARA O VALE DO RIBEIRA. TAXA DE JURO ZERO* E LONGO PRAZO PARA APOIAR O DESENVOLVIMENTO DO VALE. OBJETIVO Promover o desenvolvimento econômico dos municípios situados na região do

Leia mais

Fundações estatais marcaram ato, gerando mais recursos para investimentos.

Fundações estatais marcaram ato, gerando mais recursos para investimentos. Diário Oficial Estado de Sergipe Huse Nº 26742 Aracaju/Sergipe sexta-feira, 07 de junho de 2013 Governo do Estado e MS implantam programa SOS Um ato histórico e de importância estratégica para promover

Leia mais

Pecuária na Região Nordeste 2000 a 2014

Pecuária na Região Nordeste 2000 a 2014 Pecuária na Região Nordeste 2000 a 2014 Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste ETENE Célula de Informações Econômicas, Sociais e Tecnológicas CIEST Fortaleza, Junho de 2015 Pecuária na Região

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO DE NÍVEL MÉDIO NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE Nº 001/2017

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO DE NÍVEL MÉDIO NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE Nº 001/2017 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO DE NÍVEL MÉDIO NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE Nº 001/2017 O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, no uso das atribuições conferidas

Leia mais

Farmácias e Drogarias Credenciadas no Aqui Tem Farmácia Popular

Farmácias e Drogarias Credenciadas no Aqui Tem Farmácia Popular Farmácias e Drogarias Credenciadas no Aqui Tem Farmácia Popular Estabelecimentos no Estado de Sergipe MUNICÍPIO BAIRRO ENDEREÇO FARMÁCIA DDD TELEFONE AQUIDABA CENTRO AVENIDA MAYNARD GOMES, CASA 960 DROGARIA

Leia mais

ANEXO AO COMUNICADO: PAUTA PARA CÁLCULO DO ICMS DE GADO E CARNE ORIGINADAS DE SÃO PAULO

ANEXO AO COMUNICADO: PAUTA PARA CÁLCULO DO ICMS DE GADO E CARNE ORIGINADAS DE SÃO PAULO I - GADO EM CONDIÇÕES DE ABATE DISCRIMINAÇÃO UNIDADE VALOR - R$ BOI CABEÇA 2.550,00 NOVILHO PRECOCE (BOVINO) CABEÇA 2.250,00 BÚFALO CABEÇA 2.240,00 BÚFALO PRECOCE (IDADE ATÉ 24 MESES) CABEÇA 2.100,00 VACA

Leia mais

REDE AVALIAÇÃO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DOS PLANOS DIRETORES PARTICIPATIVOS

REDE AVALIAÇÃO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DOS PLANOS DIRETORES PARTICIPATIVOS REDE AVALIAÇÃO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DOS PLANOS DIRETORES PARTICIPATIVOS Relatório Estadual de Avaliação dos Planos Diretores Participativos de Sergipe Pesquisadoras Responsáveis: Lívia Miranda Fernanda

Leia mais

FACULDADE PIO DÉCIMO

FACULDADE PIO DÉCIMO Governo de Sergipe Secretaria de Estado da Educação Departamento de Recursos Humanos- DRH SEGUNDA CHAMADA DO RESULTADO DA SELEÇÃO PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DAS FACULDADES PIO DÉCIMO, FAMA E IFS SEED

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 24 /2015/CONEPE. O CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO da Universidade Federal de Sergipe, no uso de suas atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 24 /2015/CONEPE. O CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO da Universidade Federal de Sergipe, no uso de suas atribuições legais, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 24 /2015/CONEPE Regulamenta o Vestibular para o ingresso nos cursos

Leia mais

Leite de Cabra Departamento de Ciências Econômicas UFSJ. Orientador.: Prof. Ívis Bento de Lima

Leite de Cabra Departamento de Ciências Econômicas UFSJ. Orientador.: Prof. Ívis Bento de Lima Leite de Cabra Departamento de Ciências Econômicas UFSJ Orientador.: Prof. Ívis Bento de Lima Leite de Cabra Uma função social no Município de Coronel Xavier Chaves Aluno: Alexandre Rodrigues Loures A

Leia mais

Boletim de preços de produtos agropecuários e florestais do Estado do Acre

Boletim de preços de produtos agropecuários e florestais do Estado do Acre Laranja: Acre importa cerca de 400 toneladas por ano. Mercado local consome mais laranja do que o Estado produz. Esta edição do boletim de preços traz uma análise sobre a produção de laranja no Acre. Os

Leia mais

ESTUDO TÉCNICO Nº 002/2015

ESTUDO TÉCNICO Nº 002/2015 ESTUDO TÉCNICO ESTUDO TÉCNICO Nº 002/2015 Brasília, 09 de junho de 2015. ÁREA: Agricultura TÍTULO: Analise dos dados da produção da aquicultura municipal REFERÊNCIA: Pesquisa Pecuária Municipal 2013 PALAVRAS-CHAVE:

Leia mais

Centros Espíritas de Sergipe

Centros Espíritas de Sergipe Centros Espíritas de Sergipe Aracajú CENTRO DE ESTUDOS DA DOUTRINA ESPÍRITA AVENIDA CANAL STA MARIA, S/N, LOT.STA MARIA - DUTRA CEP: 49060-590 - ARACAJU - SE CENTRO ESPÍRITA AMOR E CARIDADE RUA RIACHÃO,

Leia mais

Comentários. Introdução

Comentários. Introdução Comentários Introdução A Pesquisa da Pecuária Municipal 2006 reflete uma situação de quase estabilidade para os efetivos de bovinos e aves, relativamente ao ano de 2005. O efetivo de bovinos teve queda

Leia mais

Perspectivas do Ensino da Reprodução Animal

Perspectivas do Ensino da Reprodução Animal UBI Portugal Perspectivas do Ensino da Reprodução Animal Prof. Dr. Halim Atique Netto Reprodução Animal e a Medicina Veterinária ria Ciclo Profissionalizante Reprodução Animal e a Medicina Veterinária

Leia mais

AGRICULTURA, PECUÁRIA E INDÚSTRIA TRANSFORMADORA RELATÓRIO DE CONJUNTURA

AGRICULTURA, PECUÁRIA E INDÚSTRIA TRANSFORMADORA RELATÓRIO DE CONJUNTURA AGRICULTURA, PECUÁRIA E INDÚSTRIA TRANSFORMADORA RELATÓRIO DE CONJUNTURA AEP / GABINETE DE ESTUDOS Julho de 2006 1. Sectores a montante da indústria agroalimentar Os sectores a montante da indústria agroalimentar

Leia mais

Figura 1 - Precipitação pluviométrica acumulada - Brasil - 2011

Figura 1 - Precipitação pluviométrica acumulada - Brasil - 2011 Comentários pecuária brasileira, no ano de 2011, foi afetada pelo agravamento da A crise de algumas das mais importantes economias mundiais, sobretudo a europeia. Como reflexo da desaceleração econômica

Leia mais

O Mapa das Desigualdades Sociais do Brasil e Sergipe e os reflexos na educação pública

O Mapa das Desigualdades Sociais do Brasil e Sergipe e os reflexos na educação pública 1 2.4. Breve análise econômica sobre os municipios/se Apesar de nossa análise mostrar diversos pontos posivos na evolução dos indicadores econômicos de Sergipe, percebe-se entre os municípios sergipanos

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE MUNICÍPIO DE JAPOATÃ CONCURSO PÚBLICO N.º 001/2012 EDITAL PÚBLICO N.º 006/2012 LOCAIS DE APLICAÇÃO DAS PROVAS OBJETIVAS

ESTADO DE SERGIPE MUNICÍPIO DE JAPOATÃ CONCURSO PÚBLICO N.º 001/2012 EDITAL PÚBLICO N.º 006/2012 LOCAIS DE APLICAÇÃO DAS PROVAS OBJETIVAS A Comissão do Concurso Público n.º 001/2012 da Prefeitura de Japoatã/SE, devidamente constituída pelo Decreto n.º 326/2011, no uso de suas atribuições legais, resolve publicar os locais onde as PROVAS

Leia mais

1º lugar em audiência na região.

1º lugar em audiência na região. Janeiro a Dezembro 2016 1º lugar em audiência na região. HISTÓRIA A Rádio Regional de Cícero Dantas é parte do sonho de um homem que amava a comunicação e queria que a Diocese tivesse um veículo de evangelização

Leia mais

Santa Maria - RS

Santa Maria - RS MERCADO INTERNO E DE EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA ZOOTEC 2016 SIMPÓSIO III: MARKETING E EMPREENDEDORISMO Santa Maria - RS 13-05-2016 POSIÇÃO DO BRASIL

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE 2 DE JULHO DE 2014

PROGRAMAÇÃO DE 2 DE JULHO DE 2014 PROGRAMAÇÃO DE 2 DE JULHO DE 2014 Para que você possa se programar com antecedência e maior segurança, a ENERGISA informa que necessitará interromper o fornecimento de energia para realizar manutenção

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTADO DE MINAS GERAIS SEMINÁRIO ESTRUTURA E PROCESSO DA NEGOCIAÇÃO COLETIVA CONJUNTURA DO SETOR RURAL E MERCADODETRABALHONOESTADO DE ESTADO CONTAG CARACTERÍSTICAS C C S GERAIS TABELA 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTADO DE MINAS

Leia mais

CLIPPING ABERT DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO - DIA RADIODIFUSÃO SEÇÃO I AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

CLIPPING ABERT DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO - DIA RADIODIFUSÃO SEÇÃO I AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES SEÇÃO I AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 10.179, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014 A SUPERINTENDENTE DE OUTORGA E RECURSOS À PRESTAÇÃO DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, SUBSTITUTA, no

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos Quadro de Servidores Cedidos para o Ministério Público

Gestão de Recursos Humanos Quadro de Servidores Cedidos para o Ministério Público 1 1436 ADEILTON CARLOS DOS SANTOS AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS - 1ª Não se aplica 08/10/2015 requisitado ITAPORANGA D'AJUDA PREF. MUNICIPAL DE ITAPORANGA 30/11/2016 182 ADEILTON DE OLIVEIRA FIEL 3º SARGENTO

Leia mais

PRODUÇÃO DE LEITE. Parte 1. Prof. Dr. André M. Jorge UNESP-FMVZ-Botucatu. Prof. Dr. André Mendes Jorge FMVZ-Unesp-Botucatu

PRODUÇÃO DE LEITE. Parte 1. Prof. Dr. André M. Jorge UNESP-FMVZ-Botucatu. Prof. Dr. André Mendes Jorge FMVZ-Unesp-Botucatu PRODUÇÃO DE LEITE Parte 1 Prof. Dr. André M. Jorge UNESP-FMVZ-Botucatu Produção mundial de leite das diferentes espécies de animais Período 1992-2002 Produção de Leite (t) Variação (%) Animais 1992 1996

Leia mais

Fiscal Responsibility and Local Development: an Analysis of Municipalities from the State of Sergipe in the period 2007/2010

Fiscal Responsibility and Local Development: an Analysis of Municipalities from the State of Sergipe in the period 2007/2010 ISSN 1806-9029 Responsabilidade Fiscal e Desenvolvimento Municipal: Uma análise dos municípios sergipanos no período 2007/2010. Andrea Paula Gomes Barreto Cajazeira Bacharel em Economia pela Universidade

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam Belchior INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta Wasmália Bivar Diretor-Executivo Nuno

Leia mais

ALIMENTOS COMPOSTOS PARA ANIMAIS DE EXPLORAÇÃO ANO DE

ALIMENTOS COMPOSTOS PARA ANIMAIS DE EXPLORAÇÃO ANO DE FABRICANTE DE ALIMENTOS COMPOSTOS PARA ANIMAIS COMUNICAÇÕES OBRIGATÓRIAS RELATIVAS AO FABRICO NACIONAL ALIMENTOS COMPOSTOS PARA ANIMAIS DE EXPLORAÇÃO ANO DE (ALÍNEA D) DO ART.º 5º DO DECRETO-LEI N.º 247/2002,

Leia mais

Educação. SEED amplia. programa de reforma. de escolas. Secretaria de Estado da Educação de Sergipe. Ano 2014

Educação. SEED amplia. programa de reforma. de escolas. Secretaria de Estado da Educação de Sergipe. Ano 2014 Educação Secretaria de Estado da Educação de Sergipe Ano 2014 SEED amplia programa de reforma de escolas A estrutura administrativa da Secretaria de Estado da Educação é composta de : Departamentos administrativos,

Leia mais

RELATÓRIO DETALHADO DA SITUAÇÃO DOS MUNICÍPIOS SERGIPANOS

RELATÓRIO DETALHADO DA SITUAÇÃO DOS MUNICÍPIOS SERGIPANOS RELATÓRIO DETALHADO DA SITUAÇÃO DOS MUNICÍPIOS SERGIPANOS MUNICÍPIO ALIMENTAÇÃO ESCOLAR TRANSPORTE ESCOLAR PASSIVOS TRABALHISTAS 1. AMPARO DO SÃO FRANCISCO A Alimentação escolar é fornecida, porém de forma

Leia mais

Economia de MS e a globalização

Economia de MS e a globalização Economia de MS e a globalização Sumario 1. Economia de Mato Grosso do Sul pag.1 2. Agricultura e Pecuária pag.4 3. Setor Industrial e Energético pag.5 4. O extrativismo mineral pag.8 5. Turismo pag.10

Leia mais

Boletim de preços de produtos agropecuários e florestais do Estado do Acre

Boletim de preços de produtos agropecuários e florestais do Estado do Acre Acre: produção de milho aumenta 11% em relação à safra anterior A safra 2013 de milho no Acre registrou crescimento na quantidade produzida, 11%, e na área plantada, 5% em relação a 2012. No total, foram

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Sergipe

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Sergipe 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Sergipe Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar

Leia mais

ISSN Outubro, Mudança da Atividade Canavieira nos Principais Municípios Produtores do Estado de Sergipe de 1990 a 2005

ISSN Outubro, Mudança da Atividade Canavieira nos Principais Municípios Produtores do Estado de Sergipe de 1990 a 2005 ISSN 1678-1953 Outubro, 2007 122 Mudança da Atividade Canavieira nos Principais Municípios Produtores do Estado de Sergipe de 1990 a 2005 ISSN 1678-1953 Outubro, 2007 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Leia mais

Disciplina: Matemática Data da realização: 26/10/2015

Disciplina: Matemática Data da realização: 26/10/2015 Ficha da semana 4º ano A/ B/ C Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

Sergipe SERGIPE JANEIRO-ABRIL/2013

Sergipe SERGIPE JANEIRO-ABRIL/2013 Sergipe SERGIPE 7º Balanço JANEIRO-ABRIL/2013 apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) melhora a vida de milhões de brasileiros que vivem nas grandes cidades e fora dos centros urbanos.

Leia mais

Definição. O prefixo agro tem origem no latim agru que. significa terra cultivada ou cultivável. Assim define-se agricultura como sendo o conjunto

Definição. O prefixo agro tem origem no latim agru que. significa terra cultivada ou cultivável. Assim define-se agricultura como sendo o conjunto Definição O prefixo agro tem origem no latim agru que significa terra cultivada ou cultivável. Assim define-se agricultura como sendo o conjunto de técnicas desenvolvidas pelo ser humano com o objetivo

Leia mais

APRESENTAÇÃO. O PAC 2 entra no ano IV e já é possível sentir o seu legado um país mais competitivo, de vida para todos.

APRESENTAÇÃO. O PAC 2 entra no ano IV e já é possível sentir o seu legado um país mais competitivo, de vida para todos. SERGIPE APRESENTAÇÃO Com mais de 30 mil empreendimentos espalhados por todo o território nacional, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) completa três anos com alta execução. Até 31 dezembro

Leia mais

SISTEMA DE CONTAS CORRENTES Layout do Arquivo de Crédito (Convênios) Versão 2.10 1. CONTEÚDO DO ARQUIVO DE LANÇAMENTOS

SISTEMA DE CONTAS CORRENTES Layout do Arquivo de Crédito (Convênios) Versão 2.10 1. CONTEÚDO DO ARQUIVO DE LANÇAMENTOS 1. CONTEÚDO DO ARQUIVO DE LANÇAMENTOS 01 HEADER 02 REGISTRO DE LANÇAMENTOS 03 TRAILLER Tipo 0. Deverá ser o primeiro registro do arquivo. Contém a identificação do conveniado. Tipo 1. Estes registros correspondem

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE GRADUAÇÃO E PESQUISA GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE GRADUAÇÃO E PESQUISA GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA REITORIA DE PÓS-GRADUAP GRADUAÇÃO E PESQUISA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAP GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA CENÁRIOS DOS CORPOS D ÁD ÁGUA NA SUB-BACIA BACIA HIDROGRÁFICA DO EM

Leia mais

ITABIRA. Tabela 1. Estrutura Fundiária do Município de Itabira

ITABIRA. Tabela 1. Estrutura Fundiária do Município de Itabira ITABIRA Aspectos gerais O município de Itabira pertence à microrregião de Itabira, e à mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte, conta com uma área de 1.256,5 Km 2 Com uma altitude máxima de 1.672m

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014

PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014 PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014 Para que você possa se programar com antecedência e maior segurança, a ENERGISA informa que necessitará interromper o fornecimento de energia para realizar manutenção

Leia mais

Boletim de preços de produtos agropecuários e florestais do Estado do Acre

Boletim de preços de produtos agropecuários e florestais do Estado do Acre Madeira beneficiada movimentou 46 milhões de reais no Acre em 2011 Esta edição do Boletim de Preços traz uma análise da produção de madeira beneficiada e da oferta de lenha no Acre. Em 2011, a cadeia produtiva

Leia mais

Perspectivas e Cenários para a Pecuária Bovina. Enio Bergoli Secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca

Perspectivas e Cenários para a Pecuária Bovina. Enio Bergoli Secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca Perspectivas e Cenários para a Pecuária Bovina Enio Bergoli Secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca Produção mundial de carne bovina (em mil ton de equivalentes carcaça

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL BANCO DE DADOS REGIONAL. Variável: Produção Agropecuária 1

OBSERVATÓRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL BANCO DE DADOS REGIONAL. Variável: Produção Agropecuária 1 OBSERVATÓRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL BANCO DE DADOS REGIONAL Variável: Produção Agropecuária 1 A variável Produção Agropecuária do Banco de Dados Regional reúne dados estatísticos relativos aos principais

Leia mais

Poder de Compra do Salário-mínimo em Termos das Carnes Bovina, Suína e de Frango, no Período de 1970 a 2010

Poder de Compra do Salário-mínimo em Termos das Carnes Bovina, Suína e de Frango, no Período de 1970 a 2010 Análises e Indicadores do Agronegócio ISSN 1980-0711 Poder de Compra do Salário-mínimo em Termos das Carnes Bovina, Suína e de Frango, no Período de 1970 a 2010 Nos últimos meses, tem sido muito comentada

Leia mais

Edital DED, N.º 01, de 16 de maio de 2016

Edital DED, N.º 01, de 16 de maio de 2016 Processo Sel etivo par a Transfer ênci a Ext erna Educação a Di stância EAD 2016/ SEMESTRE Edital DED, N.º 01, de 16 de maio de 2016 A Universidade Tiradentes Unit, com sede em Aracaju - SE, na Av. Murilo

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 18 de junho de Nº Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 18 de junho de Nº Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça Page 1 of 272 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 18 de junho de 2009. Nº 2875 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral -

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 15 de julho de 2009. Nº 2891. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 15 de julho de 2009. Nº 2891. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça Page 1 of 257 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 15 de julho de 2009. Nº 2891 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral -

Leia mais

Agenda nos estados AGOSTO. Apoiador Institucional: Moyses de Oliveira Leal. Apoiador institucional: Anderson Tavares Correia.

Agenda nos estados AGOSTO. Apoiador Institucional: Moyses de Oliveira Leal. Apoiador institucional: Anderson Tavares Correia. Apoiador Institucional: Moyses de Oliveira Leal Data: 31 de julho a 2 de agosto de 2013. Horário: 13h30. Região: 10 Bahia Territórios de Identidade Extremo Sul / Costa do Descobrimento. Município pólo:

Leia mais

Figura 1: Itinerário principal da ligação Salvador / BA - Aracaju / SE

Figura 1: Itinerário principal da ligação Salvador / BA - Aracaju / SE 1.1 Ligação SALVADOR / BA - ARACAJU / SE A ligação Salvador / BA - Aracaju / SE deverá ser atendida por meio de 01 itinerário principale por 1 itinerário(s) secundário(s), conforme mostrado(s) no(s) subitem(ns)

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO E LOCALIZAÇÃO DO ESTABELECIMENTO AGROPECUÁRIO IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO NO SETOR

IDENTIFICAÇÃO E LOCALIZAÇÃO DO ESTABELECIMENTO AGROPECUÁRIO IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO NO SETOR MUNICÍPIO X Censo Agropecuário Versão /0/ 0 IDENTIFICAÇÃO E LOCALIZAÇÃO DO ESTABELECIMENTO AGROPECUÁRIO IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO NO SETOR 0 - UF 0 - MUNICÍPIO 0 - DISTRITO 0 - SUBDISTRITO 0 - SETOR

Leia mais

Construção de Indicadores de Pobreza: Aplicação do Índice de Pobreza Humana Municipal no Estado de Sergipe 1

Construção de Indicadores de Pobreza: Aplicação do Índice de Pobreza Humana Municipal no Estado de Sergipe 1 Construção de Indicadores de Pobreza: Aplicação do Índice de Pobreza Humana Municipal no Estado de Sergipe 1 Cássio Rolim Professor Doutor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico da UFPR

Leia mais

CAMPUS ARACAJU CENTRO RUA LAGARTO, 264 B. CENTRO ARACAJU/SE CURSO PERÍODO MODALIDADE VAGAS DURAÇÃO (ANOS) 6º 10 8º 10.

CAMPUS ARACAJU CENTRO RUA LAGARTO, 264 B. CENTRO ARACAJU/SE CURSO PERÍODO MODALIDADE VAGAS DURAÇÃO (ANOS) 6º 10 8º 10. Edital DED/UNIT, N.º 03, de 16 de maio de 2016. A Universidade Tiradentes Unit, com sede em Aracaju - SE, na Av. Murilo Dantas, n.º 300, Bairro Farolândia, CEP 49.032-490, considerando a legislação vigente

Leia mais

Cidade Cargo Nº Candidato AMPARO DO SÃO FRANCISCO Prefeito 10 ANTONIO DE SOUZA NETO Prefeito 40 ATEVALDO VERÍSSIMO CARDOSO Prefeito 12 MARIELZE

Cidade Cargo Nº Candidato AMPARO DO SÃO FRANCISCO Prefeito 10 ANTONIO DE SOUZA NETO Prefeito 40 ATEVALDO VERÍSSIMO CARDOSO Prefeito 12 MARIELZE Cidade Cargo Nº Candidato AMPARO DO SÃO FRANCISCO Prefeito 10 ANTONIO DE SOUZA NETO Prefeito 40 ATEVALDO VERÍSSIMO CARDOSO Prefeito 12 MARIELZE VIEIRA ROSA DE SANTANA AQUIDABÃ Prefeito 13 ANA CRISTINA

Leia mais

AVALIAÇÃO PRELIMINAR DOS TIPOS HIDROQUÍMICOS E QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NOS DOMÍNIOS HIDROGEOLÓGICOS DO ESTADO DE SERGIPE

AVALIAÇÃO PRELIMINAR DOS TIPOS HIDROQUÍMICOS E QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NOS DOMÍNIOS HIDROGEOLÓGICOS DO ESTADO DE SERGIPE AVALIAÇÃO PRELIMINAR DOS TIPOS HIDROQUÍMICOS E QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NOS DOMÍNIOS HIDROGEOLÓGICOS DO ESTADO DE SERGIPE Silva, Cristiane Neres 1 ; Negrão, Francisco Inácio 1 ; Silva, Denize Ribeiro

Leia mais

UNIVERSIDADE TIRADENTES CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE COORDENAÇÃO DE ENFERMAGEM DAYANE CAMPOS CORREIA DOS SANTOS

UNIVERSIDADE TIRADENTES CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE COORDENAÇÃO DE ENFERMAGEM DAYANE CAMPOS CORREIA DOS SANTOS UNIVERSIDADE TIRADENTES CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE COORDENAÇÃO DE ENFERMAGEM DAYANE CAMPOS CORREIA DOS SANTOS LEVANTAMENTO DA LONGEVIDADE ENTRE IDOSOS NO ESTADO DE SERGIPE Aracaju 2016 DAYANE

Leia mais

Boletim de preços de produtos agropecuários e florestais do Estado do Acre

Boletim de preços de produtos agropecuários e florestais do Estado do Acre Preço de farinha de mandioca aumenta 240% Nesta edição, o Boletim de Preços destaca o aumento do preço médio pago pela saca de farinha de mandioca no Vale do Juruá, AC, que variou 240% entre junho/2012

Leia mais

PARAÍBA AGRONEGÓCIOS ª FEIRA AGROPECUÁRIA DA PARAÍBA

PARAÍBA AGRONEGÓCIOS ª FEIRA AGROPECUÁRIA DA PARAÍBA P R O G R A M A Ç Ã O GERAL 19.09.15 Entrada dos animais: Bovinos, Caprinos e Ovinos 06:00 às 22:00 Pesagem Animais (Bovinos) 08:30 Entrada dos animais: cavalos, éguas, potros e potras da raça Mangalarga

Leia mais