Questões Parasitologia- 1ª Prova

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Questões Parasitologia- 1ª Prova"

Transcrição

1 Universidade Federal do Pampa Curso de Nutrição Disciplina Parasitologia Questões Parasitologia- 1ª Prova - Ascaridíase 1- A patogenia da Ascaridíase é complexa, pois envolve vários tipos de formas pela qual o verme agride seu hospedeiro. Cite e descreva cada uma das formas. 2- Complete as questões: a) O Ascaris lumbricoides tem como seu hábitat o intestino. Neste local podem ficar na ou presos á mucosa. b) Morfologicamente os ovos do Ascaris lumbricoides pode ser:, e ovo embrionado. No ovo embrionado há a presença da em seu interior. c) possuem a extremidade posterior encurvada, enquanto possuem essa extremidade retilínea. d) O Ascaris lumbricoides é um helminto que pertence à classe dos devido à característica que seu corpo apresenta. e) A larva L3 tem sua eclosão no e após ocorre migração das larvas por órgãos como fígado, e pulmões. 3- De qual forma ocorre a contaminação pelos ovos do Ascaris lumbricoides e quais as medidas profiláticas para evitar essa parasitose? -Ancilostomose 1- O ciclo biológico dos parasitos Ancylostoma duodenale e do Necator americanus divide-se em ambiente externo e vida parasitária. Marque verdadeiro ou falso para as questões a seguir: ( ) O ciclo biológico meio externo compreende os processos que ocorrem no solo, desde a eliminação dos ovos nas fezes transformação em L1 Eclosão Formação de L2 L3 que é a larva filarioide infectante. ( ) A larva do tipo rabditoide pode ser infectante tanto por via oral, quanto através da pele entrando ativamente se o indivíduo estiver com comprometimento do sistema imune.

2 ( ) A larva L3 após entrar na pele passa por vários locais do corpo até chegar ao pulmão e alvéolos, local onde ocorre sua muda para L4. ( ) As condições de boa oxigenação, elevadas temperaturas e umidade > 90 % são ideais para o desenvolvimento da larva L1 nos ovos eliminados no ambiente através das fezes de uma pessoa contaminada. ( ) O ciclo biológico Monoxeno é aquele ao qual possui mais de um hospedeiro. ( ) As larvas filarioides movimentam-se e se alimentam no solo, devido a essa capacidade elas podem permanecer por muito tempo antes de encontrar seu hospedeiro definitivo. 2- Em relação à morfologia das espécies Ancylostoma duodenale e Necator americanus descreva as principais características de cada um dos parasitos causadores da Ancilostomose. 3- Um paciente com ancilostomose possui um comprometimento nutricional devido à ação espoliadora dos vermes, ou seja, apropriação de seus nutrientes. Quais os comprometimentos e qual a conduta nutricional deve ser exercida pelo profissional nutricionista? -Tricuríase 1- A tricuríase é causada pelo helminto Trichuris trichiura e este parasitismo possui características. Leia as alternativas e marque as corretas. I- O aspecto desse parasito lembra um chicote, pois possui a extremidade anterior afilada e a extremidade posterior maior. II- O hábitat do Trichuris trichiura é o intestino delgado humano, sendo que sua porção posterior fica penetrada na mucosa intestinal e a porção posterior exposta no lúmen para reprodução dos parasitos. III- A larva após ser ingerida acidentalmente através de um alimento ou água contaminada eclode no intestino delgado do ser humano, na região duodenal. IV- A transmissão pode ocorrer através da ingestão de ovos de um solo contaminado, alimentos, geofagia, exceto por veiculação por insetos como moscas. V- Diferentemente de outros ciclos biológicos, a larva de estágio 1 (L1) é do tipo infectante para o ser humano, sendo seu destino quando ainda no solo: não resistir a baixas umidades e insolação direta ou permanecer no solo e contaminar. Quais as alternativas corretas:

3 a) Alternativas II, III e V. b) Alternativas I, II, IV e V. c) Alternativas I, II, III e V. d) Alternativas I, III e V. e) Todas as alternativas. 2- Descreva quais os sinais e sintomas de um indivíduo com tricuríase nas fases de infecção leve, moderada e intensa? Dentre esses, qual é um fator indicativo da infecção por Trichuris trichiura? - Estrongiloidíase 1- Na estrogiloidíase, as larvas rabditóides eliminadas nas fezes de indivíduos parasitados podem seguir dois ciclos: o direto e o indireto. Qual(is) diferença(s) podemos observar entre estes dois ciclos? 2- Quais os tipos de lesões podem ser encontradas em indivíduos infectados com Strongyloides stercoralis? 3- O ciclo biológico do Strongyloides stercoralis possui características que o diferem dos demais parasitismos estudados. Com base em seus conhecimentos, analise as alternativas corretas: I- Fêmeas partenogenéticas liberam dentro do organismo humano os ovos que são eliminados junto com as fezes, por isso avalia-se a quantidade de ovos nas fezes das pessoas com essa parasitose. II- Em relação às formas rabditoide e filarioide formadas durante o ciclo biológico do parasito, apenas a forma filarioide é infectante. III- Durante o ciclo biológico ocorrem à passagem das larvas por vários órgãos como coração, fígado, pulmões até que sejam deglutidas e cheguem ao seu hábitat. IV- O ciclo é Monoxênico, possuindo um único hospedeiro definitivo que é o ser humano, porém o ciclo pode ser direto ocorrendo no solo, região perianal ou dentro do intestino ou indireto que ocorre em ambiente externo. V- A reprodução pode ser assexuada, na qual as fêmeas partenogenéticas não requerem a fecundação com machos ou sexuada que ocorre com fêmeas e machos de vida livre. Marque as questões corretas:

4 A) Alternativas I, II e III. B) Alternativas II, IV e V. C) Alternativas II, III, IV e V. D) Alternativas I, III, IV e V. E) Todas as alternativas. - Teníase e cisticercose 1) Relacione os termos com os conceitos abaixo e marque as alternativas corretas: (A) Teníase (B ) Cisticercose (C) Taenia solium (D) Taenia saginata (E) Cisticercose humana ( ) Doença causada devido a ingestão acidental dos ovos da T.solium que levam a formação de cisticercos, o qual podem alojar-se em várias regiões do corpo humano causando com maior gravidade a neurocisticercose, que é a presença de cisticercos no cérebro. ( ) Forma de parasitismo decorrente da interação do ser humano com os cisticercos do suíno ou bovino através de ingestão de carne crua ou mal cozida, ocasionando a presença da forma adulta da tênia. ( ) Espécie do parasito que possui como hospedeiro intermediário os suínos e a única a qual os ovos podem causar a cisticercose humana. ( ) Forma de parasitismo devido ao contato com solo contaminado com ovos da tênia, na qual o hospedeiro intermediário o animal pode desenvolver dentro do organismo. ( ) Espécie de parasito que tem como hospedeiro intermediário os bovinos, sendo que seus ovos não causam comprovadamente a cisticercose em humanos. 2) Descreva de que formas o ser humano pode desenvolver a teníase, qual a forma de contaminação, porque ocorre e quais os processos do seu ciclo biológico. Descreva cada etapa. 3) O complexo Teníase-Cisticercose é causado pelos parasitos Taenia solium e Taenia saginata. Em relação a estas formas de parasitoses marque as alternativas verdadeiras.

5 I- O homem pode causar a cisticercose no suíno se este ingerir os ovos, mas o suíno não é o responsável pela cisticercose humana que ocorre através de autoinfecção externa, autoinfecção interna e heteroinfecção, através da ingestão acidental de ovos viáveis e não dos cisticercos. II- Um indivíduo contaminado pode liberar as proglotes grávidas que no solo liberaram seus ovos, mas não ocorre a eliminação dos ovos nas fezes. III- Pode ser chamada de solitária, mas um indivíduo com teníase em casos raros pode abrigar mais de uma tênia. Além disso, sua característica sexual é hermafrodita. IV- Alguns fatores que são agravantes para o aumento de casos do complexo Teníase-Cisticercose são: criação de suínos livres ou confinados em locais precários, privada ou esgoto em contato com criação suína, criação em área urbana, hábito coprofágico do animal e a ingestão de carne crua ou mal passada com presença de cisticercos. V- Pertencem as classes dos platelmintos, com característico corpo achatado, dividido em escólex ou cabeça, colo ou pescoço e estróbilo ou corpo. Taenia solium e Taenia saginata, possuem 2 ventosas importantes para sua fixação à mucosa intestinal. Marque as alternativas corretas: A) Alternativas I, III e IV. B) Alternativas I, II, III e IV. C) Alternativas II, IV e V. D) Alternativas I, II, IV e V. E) Todas as alternativas. - Ascaridíase Gabarito 1) Ação espoliadora: Consumo de grande quantidade de macronutrientes (proteínas, lipídeos e carboidratos) e vitaminas A e C; Subnutrição e depauperamento físico e mental; Déficit nutricional em crianças. Ação tóxica: Reação entre antígenos parasitários X anticorpos do hospedeiro (urticária, convulsões, edema) Ação mecânica: Obstrução intestinal devido intensa carga parasitária.

6 Localização ectópica: Deslocamento do helminto para locais não habituais, espontaneamente ou por medicação Ascaris errático, podendo causar obstrução do duto colédoco, canal de Wirsung pancreatite aguda ou eliminação do parasito pela boca. 2) a) delgado, luz intestinal; b) ovo fértil, infértil, larva; c) Machos, fêmeas; d) Nematelmintos; e) intestino delgado, coração. 3) A contaminação ocorre pela ingestão acidental de ovos através de um alimento, água que tenham entrado em contato com as fezes, seja por irrigação de água contaminada como plantio em um solo contaminado. As medidas profiláticas são: as fezes devem ser destinadas em local próprio, não ocorrendo defecação em solos; lavar as mãos constantemente, higienizar as frutas, legumes e verduras consumidos, proteger os alimentos, pois moscas e outros insetos podem veicular os ovos, criação de instalações e diagnosticar e tratar as pessoas com ascaridíase. - Ancilostomose 1) V- F- V-V-F-F 2) Ancylostoma duodenale: são cilindriformes, com a extremidade anterior curvada dorsalmente. Apresentam dentes que fixam-se a mucosa do intestino delgado na qual sugam sangue do hospedeiro. As fêmeas são maiores que os machos e estes apresentam a extremidade posterior maior devido à presença de bolsa copuladora. Necator americanus: cilindriformes, com extremidade anterior bem recurvada, contendo lâminas cortantes na boca. Fêmeas maiores que os machos e estes têm a presença de bolsa copuladora e extremidade posterior expandida. 3) Os parasitos são conhecidos por realizar hematofagismo, ou seja, sugar o sangue de seu hospedeiro. Utilizando o sangue para se nutrir causa ao seu hospedeiro o ser humano a anemia, ocasionando redução da hemoglobina. A anemia causa vários sintomas: tontura, fadiga, palpitação. Mesmo com a eliminação dos vermes, o nutricionista deve orientar o paciente na alimentação de quantidades adequadas de ferro e em alguns casos o sulfato ferroso para reversão da anemia. - Tricuríase 1) Alternativas I, III e V 2) Infecção leve: assintomática; Infecção moderada: dores de cabeça, dor epigástrica e no baixo abdômen, diarreia, vômitos, redução da ingesta alimentar; Infecção grave: anemia, desnutrição e prolapso retal. Este último é um indicativo específico dessa infecção e ocorre em casos mais graves. - Estrongiloidíase 1) No ciclo direto, ocorre o desenvolvimento para a larva filarioide (tipo infectante) a qual tem capacidade de infectar o ser humano via pele ou ingestão oral. Já no ciclo indireto ocorre o desenvolvimento intermediário da fêmea ou macho de vida livre, os quais se reproduzem liberando o ovo. Este desenvolve a larva rabditoide e depois a larva filarioide infectante. 2) Lesões cutâneas devido à forma de entrada das larvas do parasito através da pele.

7 Lesões pulmonares decorrentes da migração larvária por esse órgão ocasionando alterações,como desenvolvimento de novas larvas filarioides se a fêmea parasita ficar retida no pulmão. Lesões intestinais que são causadas pela ação seja mecânica ou irritativa no local, além de outras atividades em seu hábitat natural como oviposição, eclosão e migração. 3)Alternativas II, IV e V. - Teníase e cisticercose 1) E-A-C-B-D 2) A contaminação ocorre via ingestão dos cisticercos presentes na carne bovina ou suína, a qual se for consumida sem a cocção adequada (estiver crua ou mal passada) e for uma carne de procedência duvidosa sem fiscalização e inspeção pode contaminar o ser humano. Se ocorrer essa ingestão o cisticerco vai chegar até o estômago e sofrer ação do suco gástrico havendo a abertura deste e tornando-se visível o escólex (cabeça). Fixa-se pela cabeça no intestino delgado e transforma-se para tênia adulta sendo que três meses após a ingestão, ocorre a eliminação das proglotes grávidas. Esses ovos serão liberados através das fezes de um humano contaminado e se entrar em contato com um animal hospedeiro vai contaminá-lo. Por isso é importante às fezes serem destinadas em um local próprio para seu descarte e a população ter as instalações sanitárias e as medidas de cuidado a fim de evitar a continuação desse ciclo. 3) Alternativas I, III e IV.

Características Gerais

Características Gerais Características Gerais São vermes achatados; Ausência de sistema respiratório/circulatório Outros sistemas muito simples; Apresentam simetria bilateral; São parasitas; Características Gerais Platelminto

Leia mais

Parasitoses - Ve V rminoses Prof. Tiago

Parasitoses - Ve V rminoses Prof. Tiago Parasitoses - Verminoses Prof. Tiago INTRODUÇÃO PLATELMINTOS E NEMATÓDEOS: RESPONSÁVEIS POR ALGUMAS PARASITOSES CONHECIDAS COMO VERMINOSES. TENÍASE E ESQUISTOSSOMOSE SÃO CAUSADAS POR PLATELMINTOS; ASCARIDÍASE

Leia mais

Ascaris lumbricoides. Fernanda Aparecida Gonçalves da Silva. Nutrição

Ascaris lumbricoides. Fernanda Aparecida Gonçalves da Silva. Nutrição Ascaris lumbricoides Fernanda Aparecida Gonçalves da Silva Nutrição Introdução O A.lumbricoides é encontrado em quase todos os países do globo, estimando-se que 30% da população mundial estejam por ele

Leia mais

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Módulo 3 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS 1 Ao abrir o envelope com o resultado de seu exame parasitológico de fezes, Jequinha leu Positivo para ovos de Ascaris

Leia mais

TEMA: VERMINOSES HUMANAS

TEMA: VERMINOSES HUMANAS TEMA: VERMINOSES HUMANAS COLEGIO ESTADUAL MARIO AUGUSTO TEIXIRA DE FREITAS NOME: DEISIANE FELZEMBOURGH N 10 2 ANO TURMA: F VESPERTINO PROFESSORA: CAROLINA INTRODUÇÃO Verminoses é um grupo de doenças causadas

Leia mais

PARASITAse alimenta dos tecidos ou fluídos de outro, no caso, o HOSPEDEIRO. Ectoparasitas superfície externa do hospedeiro. Endoparasitas dentro do

PARASITAse alimenta dos tecidos ou fluídos de outro, no caso, o HOSPEDEIRO. Ectoparasitas superfície externa do hospedeiro. Endoparasitas dentro do BA. 07 -Parasitismo: aspectos gerais e protozooses Apostila 1 Página 39 Generalidades PARASITAse alimenta dos tecidos ou fluídos de outro, no caso, o HOSPEDEIRO. Ectoparasitas superfície externa do hospedeiro.

Leia mais

25/03/2014. Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral;

25/03/2014. Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral; FILO PLATYHELMINTES FILO NEMATODA(NEMATELMINTOS) Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral; Revestimento Vida livre : muco e

Leia mais

Platelmintos. Principais Verminoses: Esquistossomose ou Barriga d`água. Teníase. Cisticercose

Platelmintos. Principais Verminoses: Esquistossomose ou Barriga d`água. Teníase. Cisticercose Platelmintos Principais Verminoses: Esquistossomose ou Barriga d`água. Teníase. Cisticercose Esquistossomose ou Barriga d`água Agente Etiológico: Schistosoma mansoni. Hospedeiro Intermediário: Biomphlaria

Leia mais

CAPÍTULO 14 SISTEMA POLIEDRO DE ENSINO PROFESSORA GISELLE CHERUTTI

CAPÍTULO 14 SISTEMA POLIEDRO DE ENSINO PROFESSORA GISELLE CHERUTTI CAPÍTULO 14 SISTEMA POLIEDRO DE ENSINO PROFESSORA GISELLE CHERUTTI Origem grega helmin: verme platy: achatado Variam de milímetros a metros de comprimento Surgiram na Terra há cerca de 600 milhões de anos.

Leia mais

Sinais da. Boa Nutrição. Alice Silveira Granado. CRN 3 : 17638 Nutricionista

Sinais da. Boa Nutrição. Alice Silveira Granado. CRN 3 : 17638 Nutricionista ç Sinais da ç Boa Nutrição Alice Silveira Granado CRN 3 : 17638 Nutricionista Crescimento Adequado Funcionamento Regular do Intestino Dentes Fortes e Saudáveis Bom Apetite Boa Imunidade Peso Adequado Pele

Leia mais

Filo Platyhelminthes. Planos de Simetria

Filo Platyhelminthes. Planos de Simetria Filo Platyhelminthes Características: Do grego, platy = plano + helmins = verme Animais de corpo alongado e achatado dorsoventralmente; Maioria aquática (marinhos e dulcícolas). Os terrestres vivem em

Leia mais

Principais parasitoses causadas por platelmintos: Teníase

Principais parasitoses causadas por platelmintos: Teníase Aula 22 Verminoses Muitas parasitoses humanas são causadas por vermes, entre elas encontramos a teníase, a cisticercose, a esquistossomose, a ascaridíase, a ancilostomíase, a elefantíase. Os vermes podem

Leia mais

Aula 4. Atividades. Mapeado o genoma do Schistosoma mansoni, parasito causador da esquistossomose

Aula 4. Atividades. Mapeado o genoma do Schistosoma mansoni, parasito causador da esquistossomose Aula 4 1. Leia a notícia a seguir. Atividades IV. o mapeamento genético do verme pode auxiliar no controle dos problemas ambientais, como a falta de saneamento básico. V. resolverá definitivamente os problemas

Leia mais

Taxonomia. Taeniidae ase, Cisticercose e Hidatiose Hospedeiros. Morfologia - Adulto. Morfologia Adulto

Taxonomia. Taeniidae ase, Cisticercose e Hidatiose Hospedeiros. Morfologia - Adulto. Morfologia Adulto Taxonomia Família Taeniidae ase, Cisticercose e Hidatiose Hospedeiros Filo Plathyhelminthes Classe Cestoda Família Taeniidae Gênero Taenia Taenia saginata Taenia solium Gênero Echinococcus Echinococcus

Leia mais

Data: /10/14 Bimestr e:

Data: /10/14 Bimestr e: Data: /10/14 Bimestr e: 3 Nome : Disciplina Ciências : Valor da Prova / Atividade: 2,0 Objetivo: Instruções Lista de Recuperação Professo r: 7 ANO Nº Ângela Nota: 1.Quais são as características dos artrópodes?

Leia mais

DEFINIÇÕES AGENTE ETIOLÓGICO: HÁBITAT: INFECÇÃO: INFESTAÇÃO:

DEFINIÇÕES AGENTE ETIOLÓGICO: HÁBITAT: INFECÇÃO: INFESTAÇÃO: AGENTE ETIOLÓGICO: o responsável por causar uma certa doença (agente infeccioso). HÁBITAT: local em que o parasita vive e pode ser encontrado. INFECÇÃO: instalação e reprodução de um parasita dentro de

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE HEPATITE É uma inflamação do fígado provocada, na maioria das vezes, por um vírus. Diferentes tipos de vírus podem provocar a doença, que se caracteriza por febre, icterícia

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS VERMINOSES PROFª. MAGDA 22 E 23/05/2013

LISTA DE EXERCÍCIOS VERMINOSES PROFª. MAGDA 22 E 23/05/2013 LISTA DE EXERCÍCIOS VERMINOSES PROFª. MAGDA 22 E 23/05/2013 01 - (MACK SP) As verminoses representam um grande problema de saúde, principalmente nos países subdesenvolvidos. A falta de redes de água e

Leia mais

NOÇÕES DE PARASITOLOGIA (3) PROF. C. FREDERICO

NOÇÕES DE PARASITOLOGIA (3) PROF. C. FREDERICO NOÇÕES DE PARASITOLOGIA (3) PROF. C. FREDERICO VERMINOSES TENÍASE AGENTES ETIOLÓGICOS GICOS: Taenia solium saginata,, platelmintos da classe Cestoda. e Taenia CONTÁGIO GIO: Direto,, através s do consumo

Leia mais

Introdução a HELMINTOLOGIA

Introdução a HELMINTOLOGIA Introdução a HELMINTOLOGIA CLASSE TREMATODA O nome vem da palavra grega trematos, que significa dotado de buracos. CLASSE NEMATODA O nome vem da palavra grega nema, que significa fio. Schistosoma mansoni

Leia mais

REINO ANIMAL OS INVERTEBRADOS PROFESSORA PRISCILA

REINO ANIMAL OS INVERTEBRADOS PROFESSORA PRISCILA REINO ANIMAL OS INVERTEBRADOS PROFESSORA PRISCILA PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS VERMINOSES - DOENÇAS CAUSADAS POR VERMES: PLATELMINTOS: NEMATELMINTOS: TENÍASE (Taenia solium ou Taenia saginata) NEUROCISTICERCOSE

Leia mais

BIOLOGIA - AULA 09: VERMES I (platelmintos e nematelmintos)

BIOLOGIA - AULA 09: VERMES I (platelmintos e nematelmintos) BIOLOGIA - AULA 09: VERMES I (platelmintos e nematelmintos) I. PLATELMINTOS São também conhecidos como vermes achatados. Dentre eles, os mais representativos são as planárias, tênias e o esquistossomo.

Leia mais

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Orientação para pacientes com Cálculo (pedra) da vesícula. Quem pode ter pedra (cálculo) na vesícula? Pedra ou calculo da vesícula e uma doença bastante comum.

Leia mais

GASTROTRICHA (~430sp) ROTIFERA (1800 sp) NEMATODA (~12000 sp) Kynorhyncha (75 sp) Loricifera (?) Priapulida (18 sp)

GASTROTRICHA (~430sp) ROTIFERA (1800 sp) NEMATODA (~12000 sp) Kynorhyncha (75 sp) Loricifera (?) Priapulida (18 sp) GASTROTRICHA (~430sp) ROTIFERA (1800 sp) NEMATODA (~12000 sp) Kynorhyncha (75 sp) Loricifera (?) Priapulida (18 sp) São todos: bilatérias Protostômios trato digestivo completo pseudocelomados* Maioria

Leia mais

Tempo de Ciências. SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro)

Tempo de Ciências. SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro) Tempo de Ciências 8 SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro) Objetivos Alimentação e nutrientes Conhecer os tipos de nutrientes e seus

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE III

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE III REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 AULA: 18.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE III 2 REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Reino Animal 3 REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Apesar da grande diversidade, quase todos os animais

Leia mais

e) Doença do Sono ou Tripanossomíase Africana:

e) Doença do Sono ou Tripanossomíase Africana: a) Disenteria ou Amebíase: Doenças causadas por Protozoários Parasita Entamoeba histolytica Sintomas Dores abdominais, diarréia, náuseas, etc. Transmissão Água e alimentos contaminados b) Tricomoníase:

Leia mais

Nematóides mais comuns em Seres Humanos e Animais

Nematóides mais comuns em Seres Humanos e Animais Nematóides mais comuns em Seres Humanos e Animais 1- Ascaridíase gênero Ascaris 2- Ancilostomíase gênero Ancylostoma 3- Oxiuríase gênero Enterobius 4- Filaríase gênero Wuchereria Ascaris O gênero Ascaris

Leia mais

VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS

VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS 1 VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS 2 3 Como muitas mulheres, Ângela Helena tem uma vida corrida. Ela trabalha, cuida da família, faz cursos e também reserva um tempo para cuidar

Leia mais

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): Ano: 6º Nº Professor: Sonali Componente Curricular: Ciências

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): Ano: 6º Nº Professor: Sonali Componente Curricular: Ciências COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): Ano: 6º Nº Professor: Sonali Componente Curricular: Ciências Quantos reinos de seres vivos há na natureza? Essa pergunta já

Leia mais

2ªsérie 2º período B I O L O G I A

2ªsérie 2º período B I O L O G I A 2.2 B I O L O G I A 2ªsérie 2º período QUESTÃO 1 O filo Platyhelminthes inclui tanto formas de vida livre como organismos endo e ectoparasitas. Considerando a biologia destes animais, marque a opção que

Leia mais

Platelmintos, vermes achatados

Platelmintos, vermes achatados Platelmintos, vermes achatados Animais triblásticos, bilaterais, com cefalização e sistema excretório Equipe de Biologia Relação filogenética do filo platelmintos Planária como exemplo de platelminto Dorsal

Leia mais

Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA)

Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA) www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA) Versão de 2016 1. O QUE É A PFAPA 1.1 O que é? PFAPA significa Febre Periódica, Estomatite

Leia mais

Platelmintos e Nematelmintos

Platelmintos e Nematelmintos Simuladão 2º ano Platelmintos e Nematelmintos 01 - No início do século, o Jeca Tatu, personagem criado por Monteiro Lobato, representava o brasileiro de zona rural, descalço, mal vestido e espoliado por

Leia mais

Características dos Nematoides

Características dos Nematoides Nematoides Características dos Nematoides Possuem o corpo cilíndrico e alongado, com pontas afiladas e musculatura desenvolvida. Apresentam tamanhos variados. Tubo digestório completo (boca e ânus). Podem

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos revisão: 01 Identificação do produto e da Empresa Nome do Natureza Química: Desinfetante de uso geral Autorização de Funcionamento / MS Nº: 3.04500.8 Produto Registrado na ANVISA/MS Nº: 3.0453434.6 Publicação

Leia mais

Cestódeos intestinais: Taenia sp. Profa. Alessandra Barone Prof. Archangelo Fernandes www.profbio.com.br

Cestódeos intestinais: Taenia sp. Profa. Alessandra Barone Prof. Archangelo Fernandes www.profbio.com.br Cestódeos intestinais: Taenia sp. Profa. Alessandra Barone Prof. Archangelo Fernandes www.profbio.com.br Taenia sp. Reino: Animalia Filo: Platyhelminthes Classe: Cestoda Família:Taeniidae Gênero:Taenia

Leia mais

Escola Básica Integrada 1,2,3 / JI Vasco da Gama

Escola Básica Integrada 1,2,3 / JI Vasco da Gama Escola Básica Integrada 1,2,3 / JI Vasco da Gama INFORMAÇÕES PARA A PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE CIÊNCIAS NATURAIS - 2º CICLO Ano Letivo: 2012 /2013, 1ª fase Objeto de avaliação: O Exame de Equivalência

Leia mais

Os Platelmintos. Caracteristicas exclusivas

Os Platelmintos. Caracteristicas exclusivas Os Platelmintos Caracteristicas exclusivas 1) Apresentam o corpo achatado. 2) Apresentam uma cabeça com um par de ocelos, que são órgãos sensíveis a luz. A função do ocelo é detectar quando o ambiente

Leia mais

Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: INVERTEBRADOS: PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO

Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: INVERTEBRADOS: PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: INVERTEBRADOS: PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS Belém /PA BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO 1. Dentre os grupos de doenças citados abaixo diga a quais filos

Leia mais

Ciências da Natureza

Ciências da Natureza Ciências da Natureza Os alimentos como veículo de nutrientes Trabalho realizado por: Ana Moreira nº2 6ºD Disciplina de: Ciências da Natureza Professora: Sandra Freitas Fajões, Dezembro,2011 Introdução

Leia mais

Nematódeos parasitas do ser humano. Prof.: Chico Pires

Nematódeos parasitas do ser humano. Prof.: Chico Pires Nematódeos parasitas do ser humano Prof.: Chico Pires Ascaris lumbricoides Ascaris lumbricoides (lombriga) Doença: Ascaridíase Modo de transmissão: Ingestão de alimentos e de água contaminados por ovos

Leia mais

APROVADO EM 10-04-2012 INFARMED. Folheto informativo: Informação para o utilizador. UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii

APROVADO EM 10-04-2012 INFARMED. Folheto informativo: Informação para o utilizador. UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii Folheto informativo: Informação para o utilizador UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois contém

Leia mais

Ancilostomídeos 04/04/2012. Parasitos adultos dióicos Ovos Larvas rabditóides Larvas filarióides. Introdução. Taxonomia

Ancilostomídeos 04/04/2012. Parasitos adultos dióicos Ovos Larvas rabditóides Larvas filarióides. Introdução. Taxonomia Universidade Federal de Pelotas Instituto de Biologia Departamento de Microbiologia e Parasitologia Introdução Ancilostomídeos Agentes etiológicos da Ancilostomose (Amarelão, Opilação, Anemia dos mineiros).

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) VANTAGE LIMPA CARPETES E TAPETES

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) VANTAGE LIMPA CARPETES E TAPETES Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Código interno: 7519 (12/500 ml) Aplicação: Limpar Carpetes e Tapetes. Empresa: BOMBRIL S/A TELEFONE DE EMERGÊNCIA: 0800 014 8110

Leia mais

Entamoeba histolytica Sahudinn, 1903

Entamoeba histolytica Sahudinn, 1903 Entamoeba histolytica Sahudinn, 1903 Filo Sarcomastigophora Apresenta núcleo simples, flagelos, pseudópodos ou ambos. Ordem Amoebida: tipicamente uninucleado, sem flagelos. Subordem Tubulina: corpo cilíndrico,

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS Nome: Nº 7º Ano Data: / / 2015 Professor(a): Nota: (Valor 2,0) A - Introdução Neste ano, fizemos um estudo sobre a diversidade de seres vivos do nosso planeta.

Leia mais

BIOLOGIA 2ª Série. Plantão Dirigido Biologia 2º ano 2º período

BIOLOGIA 2ª Série. Plantão Dirigido Biologia 2º ano 2º período E n s i n o M é d i o Plantão Dirigido Biologia 2º ano 2º período 1. (Fuvest) Atualmente, os seres vivos são classificados em três domínios: Bacteria, Archaea e Eukarya. Todos os eucariotos estão incluídos

Leia mais

VERMINOSES HELMINTÍASES (causadas por Asquelmintes ou Nematelmintes ) 1. Ascaris lumbricoides (Ascaridíase, Lombriga, ou Bicha)

VERMINOSES HELMINTÍASES (causadas por Asquelmintes ou Nematelmintes ) 1. Ascaris lumbricoides (Ascaridíase, Lombriga, ou Bicha) Diotto Biologia VERMINOSES HELMINTÍASES (causadas por Asquelmintes ou Nematelmintes ) Eu ouço, e esqueço Eu vejo, e eu lembro Eu faço, e eu entendo. 1. Ascaris lumbricoides (Ascaridíase, Lombriga, ou Bicha)

Leia mais

CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL

CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL Novartis Biociências S.A. Comprimido mastigável 1.250 mg de carbonato de cálcio (equivalente a 500 mg de cálcio elementar) CALSAN carbonato de cálcio Comprimidos mastigáveis.

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO. Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê!

A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO. Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê! A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê! IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO Sabemos que o começo do processo de amamentação nem sempre é fácil. Ele ocorre em um momento

Leia mais

Gripe H1N1, o que os Pais precisam saber!

Gripe H1N1, o que os Pais precisam saber! 1 Gripe H1N1, o que os Pais precisam saber! O que é a gripe H1N1? A gripe H1N1, também conhecida como gripe A, é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito,

Leia mais

Análises para monitorar a Função Hepática

Análises para monitorar a Função Hepática Análises para monitorar a Função Hepática Catabolismo protéico Professora: Renata Fontes Medicina Veterinária Período: 3 o Tipo Componentes das membranas celulares Hormônios peptídicos (p. ex., insulina,

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS CURSO: NUTRIÇÃO

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS CURSO: NUTRIÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS CURSO: NUTRIÇÃO Taenia sp Profª Cyntia Cajado Taxonomia Filo: Platyhelminthes Classe: Cestoda Família: Taenidae Hermafroditas Corpo achatado dorsoventralmente Gênero:

Leia mais

CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST ESPECÍFICA - BIOLOGIA PROF(A): Ana Léa de Oliveira 25/06/2014

CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST ESPECÍFICA - BIOLOGIA PROF(A): Ana Léa de Oliveira 25/06/2014 CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST ESPECÍFICA - BIOLOGIA PROF(A): Ana Léa de Oliveira 25/06/2014 1) (UECE 2009.2) Podemos afirmar corretamente que no desenvolvimento embrionário de metazoários, arquêntero

Leia mais

Você sabe lavar as mãos? Introdução. Materiais Necessários

Você sabe lavar as mãos? Introdução. Materiais Necessários Intro 01 Introdução Será que quando você lava as mãos você consegue realmente eliminar os microorganismos presentes na pele? Veja a seguir como você pode conferir isso. Cadastrada por Raquel Silva Material

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO 1. INTRODUÇÃO CIÊNCIAS DA NATUREZA - 2º CICLO (PROVA 02) O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2015 pelos alunos que

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) Página 1 de 7 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: Nome do produto: PRATICE LIMPADOR Códigos internos: Pratice Limpador Cerâmica e Porcelanato - 07175 Pratice Limpador Laminados - 07176 Pratice Limpador

Leia mais

Introdução à Parasitologia

Introdução à Parasitologia Parasitologia Médica CBS06625 Carlos Eugênio Silva Aulas teóricas e práticas* Verificações Nota, conceito e aprovação Referências bibliográficas Representação Discente Todas as informações relativas à

Leia mais

ACESSOS VASCULARES PREVENÇÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE ENFª FRANCIELE TONIOLO ENFª LUIZA CASABURI

ACESSOS VASCULARES PREVENÇÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE ENFª FRANCIELE TONIOLO ENFª LUIZA CASABURI ACESSOS VASCULARES PREVENÇÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE ENFª FRANCIELE TONIOLO ENFª LUIZA CASABURI A inserção de CVP é atualmente uma prática indispensável

Leia mais

ANÁLISES CLÍNICAS. conhecimento que trabalha com o estudo de. alguma substância de forma a coletar dados e

ANÁLISES CLÍNICAS. conhecimento que trabalha com o estudo de. alguma substância de forma a coletar dados e ANÁLISES CLÍNICAS ANÁLISES CLÍNICAS A análise clínica é o ramo de conhecimento que trabalha com o estudo de alguma substância de forma a coletar dados e apontar diagnósticos a respeito da saúde do paciente.

Leia mais

MITOS E VERDADES DA CARNE SUÍNA

MITOS E VERDADES DA CARNE SUÍNA Informativo Técnico N 03/Ano 02 março de 2011 MITOS E VERDADES DA CARNE SUÍNA Gustavo Nogueira Diehl * Pesquisas realizadas na década de 90 mostraram que a população brasileira considerava como principal

Leia mais

Trabalho de biologia

Trabalho de biologia Trabalho de biologia Grupo: Kaio Moraes(20) Leonardo Silveira(21) Matheus Ramôa(23) Paulo Reis(25) Pedro Guido(26) Pedro Neves(27) Raphael Barbosa(30) Índice : Histórico da doença Agente causador Ciclo

Leia mais

Zika vírus. Confira todos os sintomas para saber se está com Zika vírus

Zika vírus. Confira todos os sintomas para saber se está com Zika vírus Zika vírus Os sintomas da Zika incluem febre baixa, dor nos músculos e articulações, além de vermelhidão nos olhos e manchas vermelhas na pele. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, e os

Leia mais

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS TÍTULO: MANUAL DE PARASITOLOGIA CLÍNICA LABORATORIAL CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: BIOMEDICINA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS AUTOR(ES):

Leia mais

Características Gerais Classe Turbellaria Classe Trematoda Classe Cestoda. Platelmintos. Prof. Thiago Lins do Nascimento. tiagolinsnasc@gmail.

Características Gerais Classe Turbellaria Classe Trematoda Classe Cestoda. Platelmintos. Prof. Thiago Lins do Nascimento. tiagolinsnasc@gmail. Platelmintos Prof. Thiago Lins do Nascimento tiagolinsnasc@gmail.com 2014 1 / 33 Sumário Características Gerais 1 Características Gerais 2 Características garais Sistema Digestório 3 Risco à saúde: esquistossomose

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas ribossomo). CAPSULA CITOPLASMA

Leia mais

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com alterações hepáticas ou renais graves.

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com alterações hepáticas ou renais graves. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Fluibron A cloridrato de ambroxol APRESENTAÇÕES Solução para nebulização. Cada flaconete contém 7,5 mg/ml de cloridrato de ambroxol. Embalagem com 10 flaconetes contendo 2

Leia mais

TECMED - Cursos Profissionalizantes

TECMED - Cursos Profissionalizantes Helmintos:... 2 Classificação:... 2 Platyhelmintes... 2 Tubellaria:... 2 Trematoda:... 2 Cestoda:... 2 Nemathelmintes... 2 Annelida... 3 Digestão:... 3 Respiração:... 3 Circulação... 4 Musculatura... 4

Leia mais

Exercícios de Ciências

Exercícios de Ciências nome: n o : 7 o urma Ivana Fundamental a no: t : e nsino: data: p rofessor(a): b imestre: nota: Exercícios de Ciências 1) (1,0) Começamos nosso estudo do reino animal pelo grupo dos Poríferos, os invertebrados

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 06 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 Os milagres sempre acontecem na vida de cada um e na vida de

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA DAS INFECÇÕES VIRAIS L A B V I R - I C B S U F R G S 2015

EPIDEMIOLOGIA DAS INFECÇÕES VIRAIS L A B V I R - I C B S U F R G S 2015 EPIDEMIOLOGIA DAS INFECÇÕES VIRAIS L A B V I R - I C B S U F R G S 2015 EPIDEMIOLOGIA Estudo das doenças em populações, investigando os seus determinantes, a sua dinâmica e distribuição. VÍRUS Partícula

Leia mais

BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS

BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS 2 apresentação coquetel Galera Com o Programa Saúde na Escola, uma iniciativa do Governo Federal, os alunos da rede pública também estão aprendendo a melhorar os hábitos de alimentação

Leia mais

PARASITISMO E SAÚDE HUMANA

PARASITISMO E SAÚDE HUMANA PARASITISMO E SAÚDE HUMANA Antes de começar O que é um parasita? O que é um hospedeiro? Qual a diferença entre um ciclo monoxeno e um heteroxeno? Qual a diferença entre endemia, epidemia e pandemia? Endemia

Leia mais

Exercícios Animalia: Poríferos e Nematelmintos

Exercícios Animalia: Poríferos e Nematelmintos Exercícios Animalia: Poríferos e Nematelmintos 1. (UERJ) A visão de uma medusa, um delicado domo transparente de cristal pulsando, sugeriume de forma irresistível que a vida é água organizada. Jacques

Leia mais

Corpo Esses animais têm um corpo mole e não segmentado, muitas vezes dividido em cabeça (com os órgãos dos sentidos), um pé muscular e um manto que protege uma parte do corpo e que muitas vezes secreta

Leia mais

Carboidratos No momento em que você está lendo e procurando entender suas células nervosas estão realizando um trabalho e, para isso, utilizam a

Carboidratos No momento em que você está lendo e procurando entender suas células nervosas estão realizando um trabalho e, para isso, utilizam a A química da Vida A Água A água é o componente biológico essencial à manutenção da vida animal e vegetal. No entanto existem organismos que possuem homeostase (equilíbrio interno) submetida às condições

Leia mais

FACULDADES NORDESTE - FANOR CURSO DE GRADUAÇÃO EM GASTRONOMIA

FACULDADES NORDESTE - FANOR CURSO DE GRADUAÇÃO EM GASTRONOMIA FACULDADES NORDESTE - FANOR CURSO DE GRADUAÇÃO EM GASTRONOMIA CARLA VITORIA CAVALCANTE DE FREITAS LARISSA PEREIRA AGUIAR JANAINA MARIA MARTINS VIEIRA LARISSA PONCIANO LIMA COSTA CARLILSE DA SILVA GOMES

Leia mais

ANÁLISE DOS EFEITOS SOCIOAMBIENTAIS NAS HELMINTOSES EM MINAS GERAIS ENTRE 1996-2007

ANÁLISE DOS EFEITOS SOCIOAMBIENTAIS NAS HELMINTOSES EM MINAS GERAIS ENTRE 1996-2007 ANÁLISE DOS EFEITOS SOCIOAMBIENTAIS NAS HELMINTOSES EM MINAS GERAIS ENTRE 1996-2007 O objetivo deste estudo será a elaboração de modelos preditivos para a ocorrência das helmintoses (ascaridíase, ancilostomíase,

Leia mais

Bacterioses: Aula Programada Biologia. Prof. : Chico Pires

Bacterioses: Aula Programada Biologia. Prof. : Chico Pires : Aula Programada Biologia Prof. : Chico Pires Difteria (crupe) Agente Etiológico: Corynebacterium diphtheriae Forma de transmissão: Pelo ar contaminado e pela saliva Sintomas: Inflamação das tonsilas

Leia mais

Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg

Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO GASTRIUM (omeprazol) APRESENTAÇÕES

Leia mais

Os parasitas são tratados mesmo com o paciente assintomático... Se você flagrar algum parasita no exame de fezes, você deve tratar o paciente.

Os parasitas são tratados mesmo com o paciente assintomático... Se você flagrar algum parasita no exame de fezes, você deve tratar o paciente. Parasitologia Estuda dois grupos de m-os: A) Protozoários Seres unicelulares e invisíveis a olho nu. Amebas: Entamoeba hystolitica; Entamoeba díspar; Entamoeba coli; Endolimax nana. Giardia lamblia. Cryptosporidium.

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA DAS POPULAÇÕES HUMANAS. a DiSTRIBUIÇÃO DESIGUAL DA SAÚDE PELAS POPULAÇÕES: PARASITOSES

QUALIDADE DE VIDA DAS POPULAÇÕES HUMANAS. a DiSTRIBUIÇÃO DESIGUAL DA SAÚDE PELAS POPULAÇÕES: PARASITOSES QUALIDADE DE VIDA DAS POPULAÇÕES HUMANAS a DiSTRIBUIÇÃO DESIGUAL DA SAÚDE PELAS POPULAÇÕES: GUIA DO PROFESSOR (Áudio) SAÚDE SEM MISTÉRIO: Parasitoses (Softwares) CICLO DE VIDA DE PARASITAS: Schistosoma

Leia mais

3. (1,0) Podemos afirmar que o inseto Jesus participa de uma teia alimentar. Por quê?

3. (1,0) Podemos afirmar que o inseto Jesus participa de uma teia alimentar. Por quê? QiD 2 6º ANO PARTE 4 CIÊNCIAS 1. (1,0) Leia o texto abaixo e identifique a que palavras correspondem os números 1 e 2. Os componentes bióticos de um ecossistema formam a 1 desse lugar, que é representada

Leia mais

Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE. 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia;

Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE. 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE OBJETIVOS: Ao final desta lição os participantes serão capazes de: 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; 2. Citar e demonstrar 3 diferentes técnicas

Leia mais

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA.

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA. GRETIVIT (acetato de retinol cloridrato de tiamina riboflavina cloridrato de piridoxina cianocobalamina colecalciferol nicotinamida ácido pantotênico sulfato ferroso sulfato de magnésio sulfato de manganês)

Leia mais

PESQUISA RECENTE DEMONSTROU QUE OS CONSUMIDORES CONSIDERAM A CARNE SUÍNA : PONTOS FORTES : É SABOROSA ( 92% das respostas )

PESQUISA RECENTE DEMONSTROU QUE OS CONSUMIDORES CONSIDERAM A CARNE SUÍNA : PONTOS FORTES : É SABOROSA ( 92% das respostas ) CARNE SUÍNA : MITOS E VERDADES Renata Segismundo Med.Veterinária rsnutron@terra.com.br PESQUISA RECENTE DEMONSTROU QUE OS CONSUMIDORES CONSIDERAM A CARNE SUÍNA : PONTOS FRACOS : FAZ MAL E É PERIGOSA (35%)

Leia mais

ECHINOCOCCUS GRANULOSUS

ECHINOCOCCUS GRANULOSUS ECHINOCOCCUS GRANULOSUS ALMEIDA, Fabiana SPIGOLON, Zenilda NEGRÃO, Arthur José Discentes do Curso de Medicina Veterinária da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Garça NEVES, Maria Francisca

Leia mais

Platelmintos e nematódeos

Platelmintos e nematódeos PARTE II Unidade D Capítulo 11 Platelmintos e Seções: 111 Filo Platyhelminthes (platelmintos ou vermes achatados) 112 Filo Nematoda ( ou vermes cilíndricos) Antes de estudar o capítulo Veja nesta tabela

Leia mais

LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg

LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: LORATADINA Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÃO Comprimido de 10mg em embalagens contendo 12 comprimidos.

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PARA O ESTUDO DAS PARASITOSES EM PORTUGAL:HELMINTAS INTESTINAIS EM CRIANÇAS ESCOLARES DO CONCELHO DE PALMELA.

CONTRIBUIÇÃO PARA O ESTUDO DAS PARASITOSES EM PORTUGAL:HELMINTAS INTESTINAIS EM CRIANÇAS ESCOLARES DO CONCELHO DE PALMELA. UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA INSTITUTO DE HIGIENE E MEDICINA TROPICAL MESTRADO EM CIÊNCIAS BIOMÉDICAS CONTRIBUIÇÃO PARA O ESTUDO DAS PARASITOSES EM PORTUGAL:HELMINTAS INTESTINAIS EM CRIANÇAS ESCOLARES DO

Leia mais

ALTERAÇÕES TORÁCICAS CORREÇÕES CIRÚRGICAS

ALTERAÇÕES TORÁCICAS CORREÇÕES CIRÚRGICAS Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde ALTERAÇÕES TORÁCICAS CORREÇÕES CIRÚRGICAS Prof. Dr. Luzimar Teixeira 1. Técnica cirúrgica corrige não só a região anterior do

Leia mais

FILO PLATYHELMINTHES. nitrogenados e o excesso de água da cavidade corporal eliminando-os através de canais para o meio externo.

FILO PLATYHELMINTHES. nitrogenados e o excesso de água da cavidade corporal eliminando-os através de canais para o meio externo. FILO PLATYHELMINTHES nitrogenados e o excesso de água da cavidade corporal eliminando-os através de canais para o meio externo. Lesma do mar (platelminto turbelário) O filo Platyhelminthes (do grego platýs,

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EXAMES LABORATORIAIS

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EXAMES LABORATORIAIS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EXAMES LABORATORIAIS PARASITOLOGIA HUMANA O que é parasitologia? É a ciência que estuda os parasitas, os seus hospedeiros e relações entre eles. Parasitas são seres vivos que retiram

Leia mais

22 - Como se diagnostica um câncer? nódulos Nódulos: Endoscopia digestiva alta e colonoscopia

22 - Como se diagnostica um câncer? nódulos Nódulos: Endoscopia digestiva alta e colonoscopia 22 - Como se diagnostica um câncer? Antes de responder tecnicamente sobre métodos usados para o diagnóstico do câncer, é importante destacar como se suspeita de sua presença. As situações mais comuns que

Leia mais

Os Invertebrados. Prof. Luis Bruno

Os Invertebrados. Prof. Luis Bruno Os Invertebrados Prof. Luis Bruno Os Poríferos Animais simples que habitam o planeta; Não apresentam órgãos; Sésseis; Maioria de ambiente marinho, mas existem poucas espécies de água doce; São animais

Leia mais

Caminho da comida. Introdução. Materiais Necessários

Caminho da comida. Introdução. Materiais Necessários Intro 01 Introdução Os platelmintos são vermes achatados interessantes e semelhantes aos seres humanos em alguns aspectos. Um deles é a presença do sistema digestório. Mas, diferente do nosso, o sistema

Leia mais

Contaminação: água e alimentos contaminados com fezes de pessoas portadoras do vírus.

Contaminação: água e alimentos contaminados com fezes de pessoas portadoras do vírus. SAÚDE AMBIENTAL DOENÇAS CAUSADAS PELA FALTA DE SANEAMENTO BÁSICO HEPATITE A Doença causada por vírus. Contaminação: água e alimentos contaminados com fezes de pessoas portadoras do vírus. Falta de higiene,

Leia mais