CONSULTORIA DE ESTUDO SOBRE A PRODUÇAO DE AÇAÍ NO ESTADO DO AMAPÁ

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSULTORIA DE ESTUDO SOBRE A PRODUÇAO DE AÇAÍ NO ESTADO DO AMAPÁ"

Transcrição

1 - TERMO DE REFERÊNCIA - CONSULTORIA DE ESTUDO SOBRE A PRODUÇAO DE AÇAÍ NO ESTADO DO AMAPÁ 1. ANTECEDENTES O Estado do Amapá possui uma área de km², o que representa aproximadamente 2% do território brasileiro. Sua população está estimada em habitantes e apesar da baixa densidade populacional (4,69 habitantes/km 2 ), a população tem taxa de crescimento de 3% ao ano, em parte devido à migração de estados vizinhos. Mais de 80% da população do Amapá vive em áreas urbanas e com isso tem acesso a serviços sociais essenciais, como saúde e educação. Sua capital, Macapá, abriga habitantes (520 mil habitantes se somados também à população da cidade de Santana), o que representa mais de 59,5% da população total do Estado, segundo dados do IBGE. As principais atividades econômicas produtivas do Amapá são oriundas do setor primário, principalmente da produção mineral, aproveitamento madeireiro de reflorestamentos (celulose) e economia do açaí. O Estado possui 97% de sua cobertura florestal original, com 73% do seu território dentro de áreas protegidas (Figura 01), apresentando assim um grande potencial de uso sustentável dos seus recursos florestais (Governo do Estado do Amapá, 2009). Figura 01: Mapa de áreas protegidas do Amapá. A combinação de políticas de desenvolvimento econômico, modelo de ocupação e conservação do patrimônio natural contribuiu para que, entre 2004 e 2005, o Amapá fosse o Estado com maior aumento do IDH do país, pulando de 0,762 em 2004, para 0,780 no ano seguinte. O maior fator deste avanço foi o indicador renda 1 (CEPAL/PNUD/OIT, 2008). 1 CEPAL, PNUD, OIT (2008). Emprego, desenvolvimento humano e trabalho decente: a experiência brasileira recente. Disponível em: Acesso em abril de

2 Atualmente a CI-Brasil desenvolve projetos no Amapá financiados por parceiros corporativos (Walmart e Fundo Vale), bancos e fundos de desenvolvimento internacionais (KFW e FFEM) e com fundos próprios (Global Conservation Fund). A criação de economias verdes é o foco da organização, que vem apoiando a implementação de áreas protegidas, fortalecimento institucional e projetos de capacitação para o manejo. Açaí no Amapá O Estado do Amapá é o terceiro maior produtor de açaí do Brasil, respondendo com aproximadamente 1% da produção brasileira. Em primeiro lugar está o Estado do Pará que responde com 94% da produção nacional. Embora a participação na produção nacional seja relativamente pequena, o açaí é uma atividade de grande importância para a economia do Amapá. No ano 2010 o açaí teve a 5ª posição no PIB amapaense, com a receita de US$7,6 milhões, e, no ano de 2009, o açaí teve a 4ª posição no PIB amapaense, com a receita de US$ 10,2 milhões (CHELALA; 2011). No Amapá, o processamento e comercialização do açaí é geralmente feito conjunto e em pequena escala. O SEBRAE estima a existência de pontos de venda de açaí nos municípios de Macapá e Santana, com aproximadamente pessoas envolvidas no processamento artesanal do fruto. Não integram essas estimativas os agentes tradicionais da cadeia produtiva: produtor atravessador amassadeira. Considernado a larga escala, pesquisas realizadas pela Universidade Federal do Amapá revelam que as cinco maiores empresas de processamento de polpa de açaí, em efetivo funcionamento no Distrito Industrial de Santana (AP), geraram em 2010 apenas aproximadamente 300 empregos formais. Sendo assim, observa-se que grande parte dos empregos gerados no setor, tem o caráter da informalidade. Figura 02: Vegetação aluvial onde ocorrem açaizais de várzea, principalmente no complexo insular do Marajó, na fronteira do Pará com o Amapá. Fonte: RADAM (2012). A maior produção de açaí no Amapá fica na região sul, que em 2006 produzia pouco mais de toneladas ano do fruto, 72,3% da produção do Estado (IBGE; 2006). Porém, sabe-se que parte significativa da produção do fruto que desembarca em Santana e Macapá vem dos açaizais dos campos de várzea do complexo insular do Marajó, já em terras paraenses. 2. OBJETIVOS Desenvolver estudo sobre o estado-da-arte da cadeia produtiva do açaí no Estado do Amapá e definir estratégias para organizar e fomentar o seu o manejo e produção sustentável na região. 2

3 Especificamente, os objetivos são: A. Diagnóstico da cadeia produtiva do açaí no Amapá: Sistematizar e analisar informações secundárias/primárias sobre a cadeia produtiva do açaí no Amapá. Deve-se considerar, entre outros, os seguintes temas: - Espécies e distribuição geográfica, estoques e comportamento produtivo atual e potencial de açaizais nativos e plantados; produção e comercialização técnico-econômica (práticas de manejo, vendas internas e externas, etc.); Indicar número de produtores diretamente envolvidos com a produção, beneficiamento, comercialização e exportação; Número de produtores com áreas certificadas (FSC, Fairtrade, Orgânica, etc.). -Organizações e empresas que atuam na economia do açaí, incluindo o potencial de processamento e verticalização dessas; valor e potencial econômico da produção em diferentes regiões/municípios produtores; - Programas, aspectos políticos, legais e linhas de financiamento existentes para a produção de açaí no Amapá, etc.; Número de produtores que já acessaram/acessam linhas de crédito do Pronaf Floresta, Protaf e outras linhas de crédito para o manejo e/ou plantio de açaí junto ao BASA, BB, AFAP e outros bancos. Total de inadimplência do setor e apresentação de dados por município; - Avaliar principais vias de acesso e formas para a extração e escoamento no estado; - Contribuição de açaizais à proteção/provisão de serviços ambientais, em especial a proteção de áreas inundáveis e ecossistemas costeiros; Sobreposição de açaizais com Áreas Protegidas e áreas com outras restrições de uso de solo, etc.; - Levantamento de produtos e subprodutos associados à cadeia do açaí (polpa, caroço, palmito, palha e artesanato), volume comercializado, valor médio, etc. B. Identificar as principais ameaças e potencialidades para a dinamização de arranjos produtivos e propor estratégias para organizar e fomentar o seu manejo e produção sustentável no Amapá. - Identificar lacunas de informação (publicações e estudos específicos) e conhecimento técnico de atores envolvidos (organizações, empresas, cooperativas e produtores); - Distribuição geográfica, marco legal e político, programas de governo, linhas de financiamento/incentivos, práticas de manejo-produção, transporte, beneficiamento e comercialização, mercado local e externo, capacitação, organização e empoderamento social, propostas para novas pesquisas sobre o tema, etc. 3. DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS CONTRATADOS O desenvolvimento do trabalho deverá contemplar as seguintes atividades e obedecer aos seguintes prazos: 1.1 Apresentar o Plano de Trabalho, que deverá conter: (i) proposta de atividades e cronograma; (ii) materiais necessários e proposta de metodologia de coleta, sistematização e análise de informações; 1.2 Levantamentos de informações secundárias (publicações, artigos, dados institucionais, etc.); 3

4 1.3 Levantamentos de informações primárias (entrevistas, verificações em campo, etc); 1.4 Sistematização e análise de informações e redação de relatório preliminar (1) contendo resumo de informações encontradas; 1.5 Elaboração de oficina participativa para apresentar diagnóstico e discutir estratégias para organizar e fomentar o seu manejo e produção sustentável na região. 1.6 Redação e entrega dos relatórios preliminar (2) e final, contendo o diagnóstico da cadeia produtiva do açaí e proposta de estratégia para organizar e fomentar o seu manejo e produção sustentável na região. 1.7 Elaboração de publicação técnico-científica. 4. PRODUTOS Serão considerados produtos da consultoria: Plano de Trabalho; Relatório preliminar (1) sobre o diagnóstico da cadeia produtiva; Relatórios preliminar (2) e final do estudo técnico e estratégia de organização e fomento ao manejo e produção sustentável na região. Publicação técnico-científica sobre o estudo realizado. 5. QUALIFICAÇÕES Para o desenvolvimento das atividades e produtos previstos, o CONTRATADO deverá apresentar os seguintes requisitos: - Formação em engenharia florestal ou áreas co-relatas as ciências ambientais; - Experiência em pesquisa/estudos, sistematização de informações e publicações sobre o setor extrativista do açaí ou algum outro produto não madeireiro na Amazônia; - Desejável experiência profissional em órgãos ou instituições de pesquisa, órgãos governamentais formuladores e executores de políticas para o setor extrativista. 6. SUBMISSÃO DE CURRÍCULOS E PROPOSTAS Os interessados deverão enviar Currículo, Carta de Interesse e Proposta Financeira/Orçamento para o Gerente de Projetos do Amapá / CI-Brasil, Felipe Veluk Gutierrez, com o título Estudo sobre produção de açaí no Amapá até o dia 27/09/ AVALIAÇÃO/SELEÇÃO Seleção de Currículos, Propostas Financeiras e Entrevistas. Todos os candidatos serão notificados sobre seu avanço, ou não, no processo de seleção. 4

5 8. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO Vigência da : até 31 de Dezembro de Eventualmente, se necessário e mediante justificativa da necessidade e aprovação do doador, o prazo inicial poderá ser ampliado para que a execução do contrato seja feita a contento. O pagamento dos serviços prestados será debitado em 4 parcelas: 20%, após assinatura do contrato e aprovação do Plano de Trabalho; 25% após aprovação do relatório preliminar 1; 25% após aprovação do relatório preliminar 2; 30% após aprovação do relatório final e documento para publicação. 9. DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO O trabalho será realizado em Macapá e municípios do interior do Amapá. O contratado deverá trabalhar de maneira coordenada com a equipe de técnicos de apoio disponibilizados pela CI-Brasil e/ou órgãos do Governo. As despesas com transporte, hospedagem, alimentação e outras que envolvam a logística para a realização das atividades desta consultoria correrão por conta do contratado. O contratado deverá entregar cópias e permitir o uso de todos os documentos que servirem de base para a elaboração dos produtos solicitados neste TDR e comprometer-se em manter a confidencialidade dos dados aos quais tiver acesso e que lhe forem fornecidos por força deste Termo. A e os custos de participação de terceiros para realização de etapas específicas do serviço deverão correr por conta do contratado. Eventuais divulgações de ações ou produtos que envolvem esta consultoria deverão passar pela aprovação da contratante e levar em consideração suas recomendações sobre uso de imagem. 5

6 As atividades mínimas que deverão ser desenvolvidas e os prazos de execução estão apresentadas na tabela abaixo: ATIVIDADES 3.1 Apresentação do Plano de Trabalho 3.2 Relatório preliminar (1) sobre o diagnóstico da cadeia produtiva 3.4 Apresentação do relatório preliminar (2) sobre estudo técnico e estratégia de organização e fomento ao manejo e produção sustentável na região 3.5 Apresentação relatório final e documento publicação PRAZOS Até 10 dias após a Até 60 dias após a Até 75 dias após a Até 90 dias após a IMPORTANTE: Qualquer alteração no cronograma após sua aprovação dependerá de acordo entre as partes. 10. INSUMOS OFERTADOS PELA CONTRATANTE Durante o desenvolvimento do trabalho a CI-Brasil disponibilizará: - Escritório: o contratado poderá utilizar o escritório da CI-Brasil em Macapá, dispondo de mesa, cadeira, internet, água, luz, telefone. Não será disponibilizado computador; - Técnico de supervisão: a CI-Brasil/Governo destacarão um técnico de apoio e supervisão, que poderá auxiliar no desenvolvimento das atividades do contratado e supervisionará sua execução e produtos; - Imagens e Mapas: dispomos de informações georeferenciadas, desde que disponíveis em nossos arquivos e programas. 6

1 - CONTEXTO O Projeto Corredores Ecológicos, componente do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais Brasileiras tem como principal

1 - CONTEXTO O Projeto Corredores Ecológicos, componente do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais Brasileiras tem como principal MINISTÉRIO DO MEIO AMBENTE SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA PILOTO PARA A PROTEÇÃO DAS FLORESTAS TROPICAIS BRASILEIRAS PROJETO CORREDORES ECOLÓGICOS SUB PROJETO CONSOLIDAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA DOS ÓLEOS

Leia mais

EXO ANEXO TEMÁTICO 2: Tema Prioritário II Manejo de Paisagem Linha de Ação Temática 2.1 Manejo Florestal Sustentável

EXO ANEXO TEMÁTICO 2: Tema Prioritário II Manejo de Paisagem Linha de Ação Temática 2.1 Manejo Florestal Sustentável EXO ANEXO TEMÁTICO 2: Tema Prioritário II Manejo de Paisagem Linha de Ação Temática 2.1 Manejo Florestal Sustentável 1. Objetivos da Chamada de Projetos para esta Linha de Ação Temática O objetivo da chamada

Leia mais

Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará.

Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará. TERMO DE REFERÊNCIA Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará. 1. Título: Diagnóstico de oportunidades para

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria para promover estudos, formular proposições e apoiar as Unidades

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional CONSULTOR SÊNIOR Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo

Leia mais

TDR N O 11/2011 Diagnóstico Socioeconômico e Ambiental da região do Projeto REDD+ Jari/Amapá Módulo Regulamentações, Programas e Projetos

TDR N O 11/2011 Diagnóstico Socioeconômico e Ambiental da região do Projeto REDD+ Jari/Amapá Módulo Regulamentações, Programas e Projetos São Paulo, 11 de abril de 2011. Ref.: Termo de referência para realização de proposta técnica e financeira para diagnóstico socioeconômico e ambiental módulo regulamentações, programas e projetos da região

Leia mais

PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO

PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratar consultoria por produto para formular

Leia mais

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno.

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno. TERMO DE REFERÊNCIA nº 030/2012 Responsável: Fábio Leite Setor: Unidade de Gestão de Programas Rio de Janeiro, 10 de julho de 2012. Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar

Leia mais

EDITAL Nº 003/2009/BRA/06/032 CÓDIGO ARRANJOS PRODUTIVOS

EDITAL Nº 003/2009/BRA/06/032 CÓDIGO ARRANJOS PRODUTIVOS EDITAL Nº 003/2009/BRA/06/032 CÓDIGO ARRANJOS PRODUTIVOS O Projeto BRA/06/032 comunica aos interessados que estará procedendo à contratação de consultoria individual, na modalidade produto, para prestar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional CONSULTOR JÚNIOR Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007 INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007 Consultoria especializada (pessoa física) para elaborar e implantar novas metodologias

Leia mais

As ações do Pacto serão delineadas de acordo com as seguintes prioridades:

As ações do Pacto serão delineadas de acordo com as seguintes prioridades: Finalidade A conservação da biodiversidade e de demais atributos da Mata Atlântica depende de um conjunto articulado de estratégias, incluindo a criação e a implantação de Unidades de Conservação, Mosaicos

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA MONITORAMENTO DE PROJETOS DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES DESENVOLVIDOS POR MEIO DE TÉCNICAS DE NUCLEAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DOS TERMOS

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria Financeira de conciliação das informações repassadas pelos

Leia mais

Termo de Referência PROBIO II 103/2014

Termo de Referência PROBIO II 103/2014 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO PROJETO NACIONAL DE AÇÕES INTEGRADAS PUBLICO-PRIVADAS PARA BIODIVERSIDADE PROBIO II FUNDO NACIONAL PARA O MEIO AMBIENTE (Global Environmental Facility

Leia mais

Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura

Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura Termo de Referência para Contratação de Consultoria - TR Modalidade Pessoa Física Vaga Código TR/PF/IICA-005/2010 PCT BRA/09/001 - Acesso e uso da energia elétrica como fator de desenvolvimento de comunidades

Leia mais

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO Termo de Referência CONSULTORIA PARA AVALIAÇÃO DOS FINANCIAMENTOS DO BANCO DA AMAZÔNIA BASA, PARA FORTALECIMENTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA BRASILEIRA, COM DESTAQUE PARA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 O Presidente do Instituto Pauline Reichstul-IPR, torna público que receberá inscrições para o processo seletivo de pessoal para atuação no projeto Ações Integradas

Leia mais

CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015

CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015 Programa Áreas Protegidas da Amazônia Departamento de Áreas Protegidas Secretaria de Biodiversidade e Florestas Ministério do Meio Ambiente CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015 APOIO FINANCEIRO AO PROCESSO DE

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA Nº 04

TERMO DE REFERENCIA Nº 04 TERMO DE REFERENCIA Nº 04 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA APOIO NA ELABORAÇÃO DE PRODUTO REFERENTE À AÇÃO 02 DO PROJETO OBSERVATÓRIO LITORAL SUSTENTÁVEL - INSTITUTO PÓLIS EM PARCERIA COM A PETROBRAS. Perfil:

Leia mais

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO I. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PROJETO BRA/11/021 - PROGRAMA DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS COM INCLUSÃO SOCIAL (PSA)

Leia mais

MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE DEPARTAMENTO DE FLORESTAS

MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE DEPARTAMENTO DE FLORESTAS MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE DEPARTAMENTO DE FLORESTAS Referência: Agenda para a criação de instrumentos de financiamentos e crédito para o setor florestal Interessado: DFLOR/SBF/MMA. 1. ANTECEDENTES: O

Leia mais

Coordenação Geral de Promoção ao Etnodesenvolvimento. Reunião Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Brasília, 01 de julho de 2011.

Coordenação Geral de Promoção ao Etnodesenvolvimento. Reunião Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Brasília, 01 de julho de 2011. Coordenação Geral de Promoção ao Etnodesenvolvimento Reunião Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Brasília, 01 de julho de 2011. Mapa Visão e Missão Funai Mapa Estratégico: Proteger e promover

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Serviços para geração de sistema de monitoramento territorial integrado em terras indígenas

TERMO DE REFERÊNCIA Serviços para geração de sistema de monitoramento territorial integrado em terras indígenas TERMO DE REFERÊNCIA Serviços para geração de sistema de monitoramento territorial integrado em terras indígenas 1. APRESENTAÇÃO A The Nature Conservancy (TNC) é uma organização sem fins lucrativos que

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Coordenação de Agroecologia / PROBIO II.

TERMO DE REFERÊNCIA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Coordenação de Agroecologia / PROBIO II. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO PROJETO NACIONAL DE AÇÕES INTEGRADAS PUBLICO-PRIVADAS PARA BIODIVERSIDADE PROBIO II FUNDO NACIONAL PARA O MEIO AMBIENTE (Global Environmental Facility

Leia mais

AVISO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA 2 /2010

AVISO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA 2 /2010 O Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal divulga processo seletivo simplificado para contratação de 06 consultores pelo prazo de vigência do objeto, com permissibilidade de renovação dos contratos

Leia mais

PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos

PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos Pra começo de conversa, um video... NOVO PROGRAMA Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL 2014-2018 3 ELABORAÇÃO DO NOVO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional 1. Função no Projeto: Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2. Nosso Número BRA/12/010 3. Antecedentes A missão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA AGÊNCIA BRASILEIRA DE COOPERAÇÃO - ABC INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA - IICA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E

Leia mais

Termo de Referência nº 2014.0918.00043-7. 1. Antecedentes

Termo de Referência nº 2014.0918.00043-7. 1. Antecedentes Termo de Referência nº 2014.0918.00043-7 Ref: Contratação de consultoria pessoa física para desenvolver o Plano de Uso Público para a visitação do Jardim Botânico do Rio de Janeiro concentrando na análise

Leia mais

I.INTRODUÇÃO 1.1 CONTEXTO E JUSTIFICAÇÃO

I.INTRODUÇÃO 1.1 CONTEXTO E JUSTIFICAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA RECRUTAMENTO DE UM CONSULTOR INDIVIDUAL A CARGO DE REALIZAÇÃO DO PERFIL DE GÉNERO EM AGRICULTURA DAS ZONAS DE INTERVENÇÃO DO PRIASA I.INTRODUÇÃO 1.1 CONTEXTO E JUSTIFICAÇÃO O Projeto

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE. Reserva Extrativista Chico Mendes

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE. Reserva Extrativista Chico Mendes MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE Reserva Extrativista Chico Mendes Termo de Referência 2013.0729.00042-4 1 - Identificação Contratação de Serviço Pessoa

Leia mais

Documento de Projeto. Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite

Documento de Projeto. Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Documento de Projeto Projeto Número: 00061740 BRA/08/011 Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite Este projeto tem como objetivo

Leia mais

Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2. 1. Antecedentes

Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2. 1. Antecedentes Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2 Ref: Contratação de consultoria pessoa física para realização de um plano de sustentabilidade financeira para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, no âmbito da

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA MONITORAMENTO DE PROJETOS DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES DESENVOLVIDOS POR MEIO DE SISTEMAS AGRO- FLORESTAIS 1. IDENTIFICAÇÃO DOS

Leia mais

Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira. Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro

Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira. Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Perfil - 2-1. Fatos sobre Brasil 2. Contexto Florestal 3. Estratégias para

Leia mais

PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO DO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO DO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO DO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) TERMO DE REFERÊNCIA Perfil: TI - SEPNUM (Pleno) 1. HISTÓRICO No Brasil, o uso da informação meteorológica

Leia mais

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ Acordo de Doação Nº TF016192 TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL DE LONGO

Leia mais

EDITAL 02/2011 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO

EDITAL 02/2011 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO EDITAL 02/2011 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO ENVIO DA PROPOSTA Caixa Postal nº 8575 CEP:.70.312-970 - Brasília-DF Observação: O CANDIDATO DEVERÁ OBRIGATORIAMENTE INFORMAR NA CAPA DO ENVELOPE

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERENCIA PROCESSO LICITATÓRIO Nº 010/2011- FAO/GCP/BRA/070/EC

ANEXO I TERMO DE REFERENCIA PROCESSO LICITATÓRIO Nº 010/2011- FAO/GCP/BRA/070/EC FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS ORGANISATION DES NATIONS UNIES POUR L ALIMENTATION ET L AGRICULTURE ORGANIZACION DE LAS NACIONES UNIDAS PARA LA AGRICULTURA Y LA ALIMENTACION ORGANIZAÇÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS PARA EDUCAÇÃO DO CAMPO E DIVERSIDADE COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PLANO DE TRABALHO 123: GEOPROCESSAMENTO E CADASTRAMENTO DE PROPRIEDADES DO OESTE BAIANO

TERMO DE REFERÊNCIA PLANO DE TRABALHO 123: GEOPROCESSAMENTO E CADASTRAMENTO DE PROPRIEDADES DO OESTE BAIANO TERMO DE REFERÊNCIA PLANO DE TRABALHO 123: GEOPROCESSAMENTO E CADASTRAMENTO DE PROPRIEDADES DO OESTE BAIANO 1 - Identificação da Consultoria GEO 1 Prestação de serviço especializado de consultoria pessoa

Leia mais

(E-MAIL): marfa.alessandra@seagro.to.gov.br. Fortalecimento dos Serviços Públicos Selecionados

(E-MAIL): marfa.alessandra@seagro.to.gov.br. Fortalecimento dos Serviços Públicos Selecionados NOME DO PROJETO: PROJETO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL INTEGRADO E SUSTENTÁVEL PDRIS Nº ACORDO EMPRÉSTIMO: 8185-0/BR NÃO OBJEÇÃO - (TERMO DE REFERÊNCIA) Nº DO TDR: 02/2015 DATA: 01/02/2015 COMPONENTE: SUBCOMPONENTE:

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS CUL 07-09 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS CUL 07-09 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS CUL 07-09 01 Vaga 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria de pessoa física para realizar ações e organizar atividades

Leia mais

1. Objetivos da Chamada de Projetos para esta Linha de Ação Temática

1. Objetivos da Chamada de Projetos para esta Linha de Ação Temática ANEXO TEMÁTICO 5: Tema Prioritário V - Projetos Comunitários Linha de Ação Temática 5.1 Projetos Comunitários (comunidades tradicionais e povos indígenas) 1. Objetivos da Chamada de Projetos para esta

Leia mais

SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI

SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2011 PERFIL: Consultoria Técnica para o Programa de Apoio

Leia mais

Estrutura de projeto de Serviços Ambientais

Estrutura de projeto de Serviços Ambientais Estrutura de projeto de Serviços Ambientais 1 Definição do escopo NOME: PAE SERINGAL MATA GRANDE - BEIRA DA BR, ESTADO DO ACRE OBJETIVOS: CONTER O DESMATAMENTO DENTRO DO PAE ATRAVÉS DE ATIVIDADES EXTRATIVISTAS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA N.º

TERMO DE REFERÊNCIA N.º MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA Declaração de trabalho, serviços e especificações A Contratada deverá executar o trabalho e realizar os serviços a seguir, indicados de acordo com as especificações e normas

Leia mais

Etapa 01 Proposta Metodológica

Etapa 01 Proposta Metodológica SP Etapa 01 Proposta Metodológica ConsultGEL - Rua: : José Tognoli, 238, Pres., 238, Pres. Prudente, SP Consultores Responsáveis, SP Élcia Ferreira da Silva Fone: : (18) 3222 1575/(18) 9772 5705 João Dehon

Leia mais

ESPECIALISTA PARA ELABORAÇÃO DE CARTILHA SOBRE USO EFICIENTE E SEGURO DE ENERGIA ELÉTRICA NAS LÍNGUAS INDÍGENAS KADIWÉU E KINIKINAU

ESPECIALISTA PARA ELABORAÇÃO DE CARTILHA SOBRE USO EFICIENTE E SEGURO DE ENERGIA ELÉTRICA NAS LÍNGUAS INDÍGENAS KADIWÉU E KINIKINAU MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERACAO PARA A AGRICULTURA IICA PROJETO ESTRATÉGIAS DE ATENDIMENTO POR ENERGIA ELÉTRICA A COMUNIDADES RURAIS NO ÂMBITO DO PROGRAMA LUZ PARA

Leia mais

CHAMADA PARA SELEÇÃO DE BOLSA NA MODALIDADE APOIO CIENTÍFICO - RES

CHAMADA PARA SELEÇÃO DE BOLSA NA MODALIDADE APOIO CIENTÍFICO - RES CHAMADA PARA SELEÇÃO DE BOLSA NA MODALIDADE APOIO CIENTÍFICO - RES A Fundação Flora de Apoio à Botânica, com a anuência do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, em consonância com a

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

Oportunidades no Financiamento do Setor Florestal. Oduval Lobato Neto Gerente Executivo de Gestão de Programas Governamentais

Oportunidades no Financiamento do Setor Florestal. Oduval Lobato Neto Gerente Executivo de Gestão de Programas Governamentais Oportunidades no Financiamento do Setor Florestal Oduval Lobato Neto Gerente Executivo de Gestão de Programas Governamentais Seminário: Políticas ambientais como fonte de novos negócios para Instituições

Leia mais

Seleção de Serviços Consultoria Sistema Prisional

Seleção de Serviços Consultoria Sistema Prisional Seleção de Serviços Consultoria Sistema Prisional Brasília, 18 de julho de 2013. Prezado(a) Senhor(a), O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime - UNODC, no âmbito do Projeto K07 solicita a apresentação

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 040/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: ARRANJO INSTITUCIONAL O Projeto BRA/06/032 comunica

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 041/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: CARTEIRA DE LONGO PRAZO O Projeto BRA/06/032

Leia mais

Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias

Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias TERMO DE REFERÊNCIA Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias 1. Contexto e Justificação O Programa conjunto sobre o Empoderamento da Mulher

Leia mais

PLANO SAFRA DA PESCA E AQUICULTURA 2015/2016

PLANO SAFRA DA PESCA E AQUICULTURA 2015/2016 PLANO SAFRA DA PESCA E AQUICULTURA 2015/2016 PLANO SAFRA DA PESCA E AQUICULTURA 2015/2016 Pilares do PSPA CRÉDITO PROMOÇÃO PROMOÇÃO DO DO CONSUMO PESQUEIRO PSPA INFRAESTRUTURA ASSISTÊNCIA TÉCNICA COMERCIALI

Leia mais

PNPCT Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais

PNPCT Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais Políticas Públicas PNPCT Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais A PNPCT reafirma a importância do conhecimento, da valorização e do respeito à diversidade

Leia mais

ACORDO DE DOAÇÃO TF 91.515. TERMO DE REFERÊNCIA nº 009/2009

ACORDO DE DOAÇÃO TF 91.515. TERMO DE REFERÊNCIA nº 009/2009 PROJETO NACIONAL DE AÇÕES INTEGRADAS PÚBLICO-PRIVADAS PARA BIODIVERSIDADE PROBIO II FUNDO NACIONAL PARA O MEIO AMBIENTE (Global Environmental Facility - GEF) ACORDO DE DOAÇÃO TF 91.515 TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Edital 03.2014 TERMO DE REFERÊNCIA 01

Edital 03.2014 TERMO DE REFERÊNCIA 01 Edital 03.2014 TERMO DE REFERÊNCIA 01 ELABORAÇÃO DE PLANOS DE SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA PARA EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS SOLIDÁRIOS ORGANIZADOS EM REDES DE COOPERAÇÃO NOS TERRITÓRIOS DA MATA SUL/PE, MATA

Leia mais

Projeto Agricultura de Baixo Carbono e Desmatamento Evitado para a Redução da Pobreza no Brasil

Projeto Agricultura de Baixo Carbono e Desmatamento Evitado para a Redução da Pobreza no Brasil CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ELABORAÇÃO, E IMPLEMENTAÇÃO DE UM PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA O PROJETO AGRICULTURA DE BAIXO CARBONO E DESMATAMENTO EVITADO PARA A REDUÇÃO DE POBREZA NO BRASIL. País - Brasil Projeto

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO

TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO 1. IDENTIFICAÇÃO DO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1 UGP Nº 002/ 2012. 2. IDENTIFICAÇÃO DO CONTRATANTE 2.1 Contratante A Secretaria de Desenvolvimento

Leia mais

PROGRAMA DE PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE INOVAÇÕES PARA A COMPETITIVIDADE DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS (APL) DO ESTADO DE PERNAMBUCO (PROAPL).

PROGRAMA DE PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE INOVAÇÕES PARA A COMPETITIVIDADE DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS (APL) DO ESTADO DE PERNAMBUCO (PROAPL). 1 BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO REPRESENTAÇÃO NO BRASIL PROGRAMA DE PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE INOVAÇÕES PARA A COMPETITIVIDADE DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS (APL) DO ESTADO DE PERNAMBUCO (PROAPL).

Leia mais

Subcomponente 2.3 Integração das comunidades

Subcomponente 2.3 Integração das comunidades Programa Áreas Protegidas da Amazônia Departamento de Áreas Protegidas Secretaria de Biodiversidade e Florestas Ministério do Meio Ambiente TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR(A) PARA O PROGRAMA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA DE BIODIVERSIDADE E FLORESTAS (SBF) DIRETORIA DE ÁREAS PROTEGIDAS (DAP) PROGRAMA ÁREAS PROTEGIDAS DA AMAZÔNIA (ARPA) TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0 OBJETIVO:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL Projeto BRA 06/024 - PREMEF 1 I. INTRODUÇÃO A missão do Tesouro Nacional é

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS 1 DO OBJETO 1.1. Este Edital tem como objeto a seleção pública de Pessoa Física autônoma, especialista, para exercer a função de Consultor Técnico

Leia mais

Consultor/a Local Pesquisa OPM Nordeste exceto Bahia e Maranhão

Consultor/a Local Pesquisa OPM Nordeste exceto Bahia e Maranhão PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES CCBB SCES, Trecho 2, Lote 22 Edifício Tancredo Neves, 1º andar Cep 70200-002 Brasília / DF Telefone (61) 3313-7101 Central de Atendimento

Leia mais

EDITAL 1. APRESENTAÇÃO

EDITAL 1. APRESENTAÇÃO 1 EDITAL MONITORAMENTO INDEPENDENTE DA COBERTURA VEGETAL DO TERRITÓRIO DE IDENTIDADE EXTREMO SUL / COSTA DAS BALEIAS, ÁREA DE ATUAÇÃO DA FIBRIA E DA SUZANO NO EXTREMO SUL DA BAHIA 1. APRESENTAÇÃO A Fibria

Leia mais

Ministério do Meio Ambiente Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. PROBIO II Acordo de Doação Nº TF 91.

Ministério do Meio Ambiente Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. PROBIO II Acordo de Doação Nº TF 91. Ministério do Meio Ambiente Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ PROBIO II Acordo de Doação Nº TF 91.515 ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS DE CONSULTORIA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultor para a elaboração e execução do Projeto Conceitual e do Planejamento

Leia mais

1. Antecedentes. TERMO DE REFERÊNCIA nº 012/2014

1. Antecedentes. TERMO DE REFERÊNCIA nº 012/2014 TERMO DE REFERÊNCIA nº 012/2014 Ref: Contratação de escritório de advocacia especializado em Direito Tributário para elaboração de Parecer relacionado à incidência de tributos federais e municipais sobre

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature Conservancy

Leia mais

Programas Nacional de Desenvolvimento do Turismo Manaus, julho de 2008

Programas Nacional de Desenvolvimento do Turismo Manaus, julho de 2008 Programas Nacional de Desenvolvimento do Turismo Manaus, julho de 2008 Carta-consulta Instrumento utilizado pela Comissão de Financiamentos Externos COFIEX para identificação e avaliação de propostas de

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 066-C

FICHA PROJETO - nº 066-C FICHA PROJETO - nº 066-C CONSOLIDAÇÃO Grande Projeto LOGO Instituição Parceira 1) TÍTULO: Frutos do Cerrado - Fortalecimento Organizacional e Produção Sustentável de Agricultores Extrativistas do Tocantins

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratante: Unidade de Gestão Local do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias II na SMA UGL/PDRS SMA

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratante: Unidade de Gestão Local do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias II na SMA UGL/PDRS SMA TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA APOIAR A DEFINIÇÃO DO ESCOPO DO PROJETO DE ECONOMIA DOS ECOSSISTEMAS E DA BIODIVERSIDADE DE SÃO PAULO (TEEB SÃO PAULO) 1. IDENTIFICAÇÃO DO TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Gabinete do Deputado ODAIR CUNHA PT/MG

CÂMARA DOS DEPUTADOS Gabinete do Deputado ODAIR CUNHA PT/MG PROGRAMAS ABERTOS MINISTÉRIO DA PESCA Código do Programa 5800020130061 Administração Pública Estadual ou do Distrito Federal Programa 20.122.2113.2000.0001.0001 - Adminstração da Unidade - Nacional A atividade

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2015.1013.00021-7/2015

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2015.1013.00021-7/2015 TERMO DE REFERÊNCIA nº 2015.1013.00021-7/2015 CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PARA A UNIDADE DE PROGRAMAS PARA ATENDIMENTO ÀS DEMANDAS DOS PROJETOS APOIADOS PELO FUNDO BRASILEIRO PARA A BIODIVERSIDADE FUNBIO.

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA 001

TERMOS DE REFERÊNCIA 001 TERMOS DE REFERÊNCIA 001 CONSULTORIA TÉCNICA PARA PREPARAR INFORMAÇÕES PARA SUBISIDIAR O MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DE RESULTADOS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS RELACIONADAS COM O ODM #7 1. Objetivo Contratação

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, EM SÃO FÉLIX DO XINGU, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature

Leia mais

BANCO DA AMAZÔNIA. Seminário FNO-ITINERANTE 2012. São Gabriel da Cachoeira (AM). 24/04/2012

BANCO DA AMAZÔNIA. Seminário FNO-ITINERANTE 2012. São Gabriel da Cachoeira (AM). 24/04/2012 BANCO DA AMAZÔNIA Seminário FNO-ITINERANTE 2012 São Gabriel da Cachoeira (AM). 24/04/2012 Município de São Gabriel da Cachoeira - AM Principais Destaques. Considerado um ponto estratégico pelo país e,

Leia mais

Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP

Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP Prezado(a)s, Gostaríamos de agradecer por sua participação e pelas contribuições recebidas no âmbito da consulta

Leia mais

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA 1 APRESENTAÇÃO Este conjunto de diretrizes foi elaborado para orientar a aquisição de equipamentos

Leia mais

PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO NO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) BRA/OMM/011/001 TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO NO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) BRA/OMM/011/001 TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO NO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) BRA/OMM/011/001 TERMO DE REFERÊNCIA Perfil: Especialista em TI para atuar no aprimoramento do

Leia mais

Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica

Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica R E A L I Z A Ç Ã O : A P O I O : A Razão Diversos estados e municípios também estão avançando com suas políticas de mudanças

Leia mais

20º Edital PPP-ECOS/Fundo Amazônia/2014

20º Edital PPP-ECOS/Fundo Amazônia/2014 20º Edital PPP-ECOS/Fundo Amazônia/2014 Prazo para envio das propostas 08 de agosto de 2014 O Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-ECOS) concede doações de até 90 mil reais a associações sem

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PCT BRA/IICA/05/004 PAN DESERTIFICAÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA PCT BRA/IICA/05/004 PAN DESERTIFICAÇÃO INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA PCT BRA/IICA/05/004 PAN DESERTIFICAÇÃO 1 IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Projeto de Cooperação Técnica PCT BRA/IICA/05/004 PAN Desertificação

Leia mais

Envolva-se! Venha ser um membro do FSC!

Envolva-se! Venha ser um membro do FSC! Envolva-se! Venha ser um membro do FSC! O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro de nossas florestas, da fauna, da flora e dos povos que nela habitam. Um planeta com qualidade

Leia mais

EDITAL PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS. Apoio:

EDITAL PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS. Apoio: EDITAL PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS Apoio: Recife, 2015 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. OBJETIVOS... 3 3. PUBLICO ALVO... 3 4. ATORES... 3 5. ESPAÇO FÍSICO... 4 6. SERVIÇOS OFERECIDOS...

Leia mais

APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO

APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO Objetivo O objetivo das Diretrizes é apoiar os países a

Leia mais

CONSULTORIA PARA SISTEMATIZAÇÃO E ELABORAÇÃO DE TEXTO DE BOA PRÁTICA NA PRODUÇÃO DE ALGODÃO PELA AGRICULTURA FAMILIAR NA PARAÍBA, BRASIL

CONSULTORIA PARA SISTEMATIZAÇÃO E ELABORAÇÃO DE TEXTO DE BOA PRÁTICA NA PRODUÇÃO DE ALGODÃO PELA AGRICULTURA FAMILIAR NA PARAÍBA, BRASIL Projeto GCP/RLA/199/BRA: Fortalecimento do Setor Algodoeiro por meio da Cooperação Sul-Sul Termos de Referência: ESPECIALISTA EM SISTEMATIZAÇÃO DE EXPERIÊNCIAS (01 Consultor/a): CONSULTORIA PARA SISTEMATIZAÇÃO

Leia mais

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD.

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 203. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. GESTÃO EAD Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE. Reserva Extrativista Chico Mendes

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE. Reserva Extrativista Chico Mendes MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE Reserva Extrativista Chico Mendes Termo de Referência nº 2013.0930.00022-3 1 - Identificação Contratação de Serviço de

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) SITE - DRS

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) SITE - DRS INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) SITE - DRS 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria em serviços na área de tecnologia da informação, para o desenvolvimento

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Estratégia de Mobilização de Recursos do CPF (Matrix B)

Estratégia de Mobilização de Recursos do CPF (Matrix B) Estratégia de Mobilização do CPF (Matrix B) Matriz de Resultados B Área Prioritária 1: Indicação Necessários (US$ Milhões de Dólares) Estimativa Recursos Meta de do total de Disponíveis Mobilização (Gap)

Leia mais