Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires"

Transcrição

1 LEI Nº 5.217, DE 28 DE DEZEMBRO DE Autoriza o Poder Executivo a celebrar convênio com o Hospital São Sebastião Mártir, com sede neste Município, e dá outras providências. AIRTON LUIZ ARTUS, PREFEITO MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES. FAÇO SABER, em cumprimento ao disposto no artigo 49, inciso IV, da Lei Orgânica do Município, que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º Fica o Poder Executivo autorizado a celebrar Convênio, objetivando o repasse de recursos financeiros ao HOSPITAL SÃO SEBASTIÃO MÁRTIR - HSSM, inscrito no CNPJ/MF sob o nº / , estabelecido na Rua Tiradentes, nº 824, neste Município, na forma estabelecida pelo art. 116 da Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações. Art. 2º O valor do repasse será composto por recursos financeiros a serem repassados pelo e pelos Municípios Referenciados (Mato Leitão, Passo do Sobrado e Vale Verde), destinados a realização de serviços de Saúde aos usuários do Sistema Único de Saúde, conforme discriminado a seguir: I - Repasse de recursos financeiros em complementação aos valores pagos pelo SUS para manutenção de serviços de pronto atendimento no valor de R$ ,69 (duzentos e treze mil, oitenta reais e sessenta e nove centavos) mensais. II - Repasse de recursos financeiros em complementação aos valores pagos pelo SUS para manutenção das internações hospitalares no valor de R$ ,21 (duzentos e cinquenta mil, trezentos e sessenta e sete reais e vinte e um centavos) mensais. III - Repasse de recursos financeiros em complementação aos valores pagos pelo SUS para manutenção de consultas especializadas no valor de R$ 2.977,03 (dois mil, novecentos e setenta e sete reais e três centavos) mensais. IV Repasse de recursos financeiros em complementação aos valores pagos pelo SUS para Facoemulsificaçao com implante de lente intra-ocular dobrável(código SUS ) no valor de R$ 7.948,22(sete mil, novecentos e quarenta e oito reais e vinte e dois centavos)mensais. V - Repasse de recursos financeiros referentes a incentivos Estaduais e Federais recebidos pelo Município, Fundo a Fundo, no valor de R$ ,22 (cento e vinte e seis mil, quinhentos e sessenta e sete reais e vinte e dois centavos), conforme cronogramas de repasse Estadual e Federal. Art. 3º Os recursos referidos nos incisos I, II, III e IV do art. 2º, que somam R$ ,15 (quatrocentos e setenta e quatro mil, trezentos e setenta e três reais e quinze centavos) mensais, serão repassados ao Hospital São Sebastião Mártir pelo, sempre até o 5º dia útil de cada mês. 1º Os Municípios Referenciados assumirão Termo de Compromisso com o Município de Venâncio Aires, para o repasse de recursos financeiros, por meio de rateio e com base no critério populacional, nos termos dos incisos I, II e III do art. 2º. 2º O repasse dos recursos referidos no caput será efetuado pelo Município de Venâncio Aires ao HSSM, e está condicionado à efetiva contribuição de cada um dos Municípios Referenciados.

2 Art. 4º Os recursos referidos no inc. V do art. 2º serão transferidos pelo Município de Venâncio Aires ao HSSM, conforme repasses da União e do Estado ao Município, sempre até o 5º dia útil após o ingresso do recurso no Fundo Municipal de Saúde. Art. 5º O repasse dos recursos financeiros ficará condicionado à apresentação do PLANO DE TRABALHO E APLICAÇÃO por parte da entidade interessada, e à sua aprovação antecipada pelo Poder Executivo, assim como à celebração do respectivo convênio e comprovação dos requisitos de credenciamento estabelecidos no art. 5 da Lei n 3.629, de 20 de dezembro de Art. 6º As despesas decorrentes da aplicação da presente Lei correrão à conta da seguinte dotação orçamentária: 08 Secretaria Municipal de Saúde Programas Secretaria de Saúde - ASPS Manutenção do Pronto Atendimento Plantão 24 Horas Fonte de recurso ASPS Manutenção dos Serviços Médicos/Hospitalares/Ambulatoriais Fonte de recursos: ASPS Programas Secretaria de Saúde FMS Manutenção do Pronto Atendimento Plantão 24 Horas Fonte de recurso 1100 Transferência Municípios Referenciados Internações e Pronto Atendimento Manutenção dos Serviços Médicos/Hospitalares/Ambulatoriais Fontes de recursos: 4650-Integrasus 4680-IAC Reestruturação Hospitais Filantrópicos 4230 Recursos Hospitais Públicos Municipais 4590 Teto Financeiro Média e Alta Complexidade 1100 Transferência Municípios Referenciados internações e pronto atendimento Art. 7º A Entidade beneficiada deverá prestar contas dos recursos financeiros recebidos, observados prazos e formas descritos no Termo de Convênio, e nos seguintes termos: I com relação aos recursos descritos nos incisos I, II, III e IV do art. 2º, a prestação de contas deve acontecer em consonância com a Norma Interna nº 008/2005 (alterada em 02 de fevereiro de 2010), nos prazos e com a documentação exigida em Termo de Convênio; II com relação aos recursos descritos no inc. V do art. 2º, a prestação de contas deve acontecer em consonância com o que dispõe as Legislações do Estado e da União, devendo a mesma ser encaminhada aos respectivos entes com cópia ao Município. 1º Em caso excepcional e justificado, poderá ser concedida prorrogação do prazo para prestação de contas à entidade, desde que devidamente fundamentado, protocolado e aceito o pedido pela Administração Municipal. 2º Decorridos 30 (trinta) dias da data limite para a entrega da prestação de contas, ou estando a prestação de contas em desacordo com o estabelecido no Termo de Convênio, a entidade será notificada para a devolução, total ou parcial, do recurso e inscrita em débito junto ao Município.

3 Art. 8º Os repasses financeiros autorizados por esta Lei serão efetuados pelo período de 12 (doze) meses a contar da assinatura do respectivo Convênio, podendo ser prorrogados por igual período, mediante Termo Aditivo ao Convênio. Art. 9º As cláusulas constantes do Termo de Convênio integrante desta Lei, inclusive a que se refere aos valores de repasse, serão revistas através de Aditivo ao Termo de Convênio, desde que aprovada a alteração respectiva pela Comissão de Avaliação e Acompanhamento de Auxílios do Município, bem como mediante aprovação do Poder Legislativo. 1º Excetuam-se do disposto no caput os repasses constantes do inc. V do art. 2º, os quais são determinados pelas Legislações da União e do Estado. Art. 10. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a partir de 1º de janeiro de GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES, em 28 de dezembro de AIRTON LUIZ ARTUS Prefeito Municipal Registre-se e Publique-se Leandro Pitsch Secretário de Administração

4 MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES RS HOSPITAL SÃO SEBASTIÃO MÁRTIR - HSSM TERMO DE CONVÊNIO Nº 025/2012. Termo de convênio que entre si celebram, de um lado o MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES, inscrito no CNPJ sob nº / , neste ato representado por seu Prefeito Municipal, Sr. Airton Luiz Artus, inscrito no CPF/MF sob nº , residente e domiciliado na Rua Osvaldo Aranha, nº 291, nesta cidade, doravante denominado MUNICÍPIO, e de outro lado o HOSPITAL SÃO SEBASTIÃO MÁRTIR, inscrito no CNPJ/MF sob n / , estabelecido na Rua Tiradentes, nº Bairro Centro, neste Município, neste ato representado pela Presidente da Comissão de Intervenção instituída através do Decreto nº 4.912, de 20 de julho de 2011, Gisele Spies Chitolina, inscrita no CPF/MF sob n , doravante denominado ENTIDADE, devidamente autorizados pela Lei nº 5.217, de 28 de dezembro de 2012, conveniam mediante as seguintes cláusulas: CLÁUSULA PRIMEIRA: DO OBJETO DO CONVÊNIO O presente Convênio tem por objeto a realização de serviços de saúde aos usuários do Sistema Único de Saúde, mediante concessão de recursos financeiros ao HOSPITAL SÃO SEBASTIÃO MÁRTIR, provenientes: I - da complementação dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) pelo Município de Venâncio Aires e Municípios Referenciados (Mato Leitão, Passo do Sobrado e Vale Verde), destinados à manutenção das despesas com Pronto Atendimento Municipal, Internações Hospitalares, Consultas Especializadas e Procedimentos de Facoemulsificação com implante de lente intra-ocular dobrável, definidas no Plano de Aplicação; e II - do repasse de recursos financeiros de incentivos Federais e Estaduais a Hospitais, recebidos pelo, Fundo a Fundo. CLÁUSULA SEGUNDA: DOS RECURSOS FINANCEIROS Para a execução do objeto definido na CLÁUSULA PRIMEIRA, o valor do repasse será composto por recursos financeiros a serem repassados pelo e pelos Municípios Referenciados, conforme discriminado a seguir: I - Repasse de recursos financeiros em complementação aos valores pagos pelo SUS com as seguintes finalidades:

5 1- Repasse de recursos financeiros ao hospital em complementação aos valores pagos pelo SUS com as seguintes finalidades: Valor Mensal Valor Anual 1 A) Manutenção dos serviços do Pronto Atendimento Municipal visando garantir atendimento de plantão 24 horas com capacidade de atender a demanda de forma eficiente e eficaz através do custeio de: a) profissionais médicos em regime de plantão para clínica geral com dois plantonistas nos períodos de maior demanda, períodos estes que serão definidos pela Comissão de Avaliação e Acompanhamento; b) manter o atendimento de outras especialidades, a saber: cirurgia geral, pediatria, obstetrícia, cardiologia, traumatologia, anestesia entre outras que se façam necessárias; c) custeio de exames de patologia clínica, rx, tomografias, ecografias, endoscopias e broncofibroscopia; d) custeio da folha de pagamento dos demais profissionais que atuam no pronto atendimento de forma direta ou indireta, desde que devidamente identificada na contabilidade em centro de custo; e) custeio de materiais ambulatoriais e medicamentos destinados ao pronto atendimento deste que devidamente identificados nas saídas do almoxarifado e farmácia f) custeio de procedimentos de colocação de gesso, troca e retirada de gesso e imobilização não gessada , ,28 Venâncio Aires , ,08 Passo do Sobrado , ,41 Mato Leitão 7.166, ,94 Vale Verde 5.746, ,86 1 B) Manutenção dos serviços de internação hospitalar visando garantir a realização de internações de forma eficiente e eficaz através de: a) profissionais médicos nas diferentes especialidades; b) custeio de exames de patologia clínica, rx, tomografias, ecografias, endoscopias e outras modalidades de exames necessários; c) contratação de terceiros para realização de serviços auxiliares de diagnóstico e terapia; d) custeio de folha de pagamento dos demais profissionais que atuam nas internações de forma direta ou indireta desde que devidamente identificados na contabilidade em centros de custo; e) custeio de materiais ambulatoriais e medicamentos destinados a internação desde que devidamente identificados nas saídas do almoxarifado e farmácia f) custeio de procedimentos de biopsia de pleura, drenagem ortotraqueal, passagem de cateter central monulumen g) sangrias , ,52 Venâncio Aires , ,57 Passo do Sobrado , ,12 Mato Leitão 8.720, ,67 Vale Verde 7.076, ,17 1 C) Complementação aos valores pagos pelo SUS para consultas especializadas de nefrologia, otorrinolaringologia e de avaliação pré e pós operatória , ,41 Venâncio Aires 2.492, ,22 Passo do Sobrado 222, ,72 Mato Leitão 141, ,78 Vale Verde 119, ,69 1 D) Complementação aos valores pagos pelo SUS para: Facoemulsificação com implante de lente intra-ocular dobravel (código SUS ) ,65 Venâncio Aires 7.948, ,65 TOTAL , ,86

6 II - Repasse de recursos financeiros referentes a incentivos Estaduais e Federais recebidos pelo Município, Fundo a Fundo: 2 - Repasse de recurso financeiros ao Hospital referente incentivos estaduais e federais recebidos pelo Município Fundo a Fundo: Valor Mensal Valor Anual Programa Nacional de Incentivo a Parceria entre Hospitais Filantrópicos sem fins lucrativos INTEGRASUS , ,84 Programa de Reestruturação de hospitais filantrópicos IAC , ,56 Incentivo Retaguarda SAMU Estadual , ,00 Incentivo ao atendimento em traumato/ortopedia de média complexidade - Estadual , ,00 Incentivo aos leitos psiquiatricos e internações em drogas e alcool - Estadual , ,00 Incentivo a atenção básica - Estadual 6.315, , , ,64 Parágrafo primeiro: O assinará Termo de Compromisso com os Municípios Referenciados, estabelecendo as condições para recebimento, repasse ao Hospital e prestação de contas dos recursos financeiros provenientes dos respectivos Municípios. Parágrafo segundo: A complementação dos recursos SUS fica limitada aos quantitativos constantes no contrato original, sendo que os ajustes quadrimestrais de excedentes não serão complementados. CLÁUSULA TERCEIRA: DA FORMA DE REPASSE Os recursos constantes na Cláusula Segunda serão repassados ao Hospital São Sebastião Mártir da seguinte forma: I - Os referentes ao item I da Cláusula Segunda serão repassados ao Hospital São Sebastião Mártir em 12 parcelas mensais até o 5º dia útil de cada mês, sendo R$ ,13 (quatrocentos e vinte e dois mil, duzentos e oitenta e sete reais e treze centavos) mensais provenientes do Município de Venâncio Aires, R$ ,35 (vinte e três mil, cento e quatorze reais e trinta e cinco centavos ) mensais provenientes do Município de Passo do Sobrado; R$ ,37 (dezesseis mil, e vinte e oito reais e trinta e sete centavos) mensais provenientes do Município de Mato Leitão e R$ ,31 (doze mil novecentos e quarenta e três reais e trinta e um centavos) mensais provenientes do Município de Vale Verde. II - Os recursos referentes ao item II da Cláusula Segunda serão transferidos pelo Município de Venâncio Aires ao Hospital conforme repasses dos incentivos pela União e pelo Estado ao Município sempre até o 5º dia útil após o ingresso do recurso no Fundo Municipal de Saúde. Parágrafo único. Os Municípios referenciados assumirão Termo de Compromisso comprometendo-se pelo repasse ao dos recursos financeiros descritos na Cláusula Segunda, inciso I, o qual ficará responsável pelo repasse dos mesmos ao Hospital; sendo o recebimento do recurso dos Municípios Referenciados a condição de repasse destes pelo ao Hospital. CLÁUSULA QUARTA: DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA Os repasses dos recursos financeiros ao Hospital São Sebastião Mártir se darão a conta das seguintes dotações Orçamentárias: 08 Secretaria Municipal de Saúde Programas Secretaria de Saúde - ASPS Manutenção do Pronto Atendimento Plantão 24 Horas

7 Fonte de recurso ASPS Manutenção dos Serviços Médicos/Hospitalares/Ambulatoriais Fonte de recursos: ASPS Programas Secretaria de Saúde FMS Manutenção do Pronto Atendimento Plantão 24 Horas Fonte de recurso 1100 Transferência Municípios Referenciados internações e Pronto Atendimento Manutenção dos Serviços Médicos/Hospitalares/Ambulatoriais Fonte de recursos: 4650-Integrasus 4680-IAC Reestruturação Hospitais Filantrópicos 4230 Recursos Hospitais Públicos Municipais 4590 Teto Financeiro Média e Alta Complexidade 1100 Transferência Municípios Referenciados internações e pronto atendimento CLÁUSULA QUINTA: DA RESPONSABILIDADE DO MUNICÍPIO Visando manter a prestação de serviços de saúde aos usuários do Sistema Único de Saúde o MUNICÍPIO compromete-se a: I - Realizar o repasse dos recursos financeiros conforme montantes e condições dispostos neste Termo de Convênio; II - Conferir a prestação de contas realizada pelo Hospital São Sebastião Mártir e sua utilização no objeto do convênio; e III - Fiscalizar os serviços prestados pela instituição através do Serviço de Auditoria Médica Municipal e da Comissão de Avaliação e Acompanhamento instituída através de Portaria. CLÁUSULA SEXTA: DA RESPONSABILIDADE DO HOSPITAL Visando manter a prestação de serviços de saúde aos usuários do Sistema Único de Saúde de forma eficiente e eficaz, o HOSPITAL compromete-se a: I - Aplicar os recursos recebidos nas finalidades definidas no presente Termo de Convênio; II - Garantir o atendimento em pronto atendimento de plantão 24 horas aos usuários do SUS mantendo: profissionais médicos em regime de plantão para clínica geral com dois plantonistas em períodos de mais demanda, atendimento de outras especialidades (cirurgia geral, pediatria, obstetrícia, cardiologia, traumatologia, anestesia entre outras que se façam necessárias), estrutura de demais profissionais da área de saúde e administrativos necessários ao adequado funcionamento do pronto atendimento, realização de exames de patologia clínica, RX, tomografia, ecografia e endoscopia, fornecimento de materiais ambulatoriais e medicamentos, procedimentos de colocação de gesso, procedimentos de troca e retirada de gesso e imobilização não gessada que se façam necessários ao adequado atendimento do usuário; III - Garantir no mínimo 60% (sessenta por cento) em internações hospitalares realizadas, medidas por paciente-dia ou serviços ambulatoriais disponíveis aos usuários do SUS, mantendo: profissionais médicos nas diferentes especialidades e demais estrutura de profissionais da saúde e administrativos necessários a adequada prestação do serviço, realização de exames de patologia clínica, RX, tomografia, ecografia, endoscopia e outros exames necessários ao tratamento do paciente internado, realização de serviços auxiliares de diagnóstico e terapia, fornecimento de materiais ambulatoriais e medicamentos, procedimentos de biopsia de pleura, drenagem ortotraqueal, passagem de cateter central monulumen e sangrias aos pacientes internados; IV - Garantir a realização a usuários do SUS de consultas especializadas de nefrologia, otorrinolaringologia e de avaliação pré e pós-operatória;

8 V - Manter contas específicas para a movimentação dos recursos financeiros recebidos, sendo: uma conta para o recebimento e movimentação dos recursos a serem aplicados no Pronto Atendimento, uma conta para o recebimento e movimentação dos recursos a serem aplicados nas Internações, uma conta para recebimento e movimentação dos recursos a serem aplicados em consultas especializadas; uma conta para o recebimento e movimentação dos recursos dos incentivos Federais Integrasus e de Reestruturação de Hospitais Filantrópicos (IAC); VI - Realizar a prestação de contas dos recursos recebidos conforme regulamentado neste Termo de Convênio; VII - Cumprir com o Plano Operativo no que se refere às metas quantitativas e qualitativas, sendo este integrante de Contrato a ser firmado entre as partes com valores pagos pela tabela SUS complementados pelos repasses do presente Termo de Convênio. VIII - Realizar o pagamento de qualquer indenização por danos causados a terceiros, decorrentes da ação ou omissão por parte de seus funcionários e/ou associados, quando no pleno exercício de suas funções específicas. CLÁUSULA SÉTIMA: DA PRESTAÇÃO DE CONTAS A entidade deverá prestar contas dos recursos recebidos em atenção à Norma Interna nº 008/2005 (alterada em 02 de fevereiro de 2010) e a Legislação que originou o repasse de recursos da União e dos Estados à entidade na modalidade Fundo a Fundo, conforme discriminado no quadro a seguir: Prestação de contas do repasse de recursos financeiros pelo e Prazo Municípios Referenciados em complementação aos valores pagos pelo SUS destinado ao Plantão 24 horas a) Ofício de encaminhamento contendo o número da parcela e o período a que se refere a prestação de contas b) Extrato bancário referente ao período de utilização c) Demonstrativo resumido do saldo anterior, entradas, saídas, saldo financeiro e conciliação bancária (Anexo I Norma Interna 008/2005) d) Demonstrativo detalhado dos pagamentos realizados (Anexo I Norma Interna 008/2005) e) Documentos fiscais que deram origem aos pagamentos acompanhados dos comprovantes de transferência e depósitos diretamente ao beneficiário f) Declaração da documentação original (Anexo II Norma Interna 008/2005) g) Declaração da escrituração do recurso recebido (Anexo III Norma Interna 008/2005) h) Relatório contendo: o custo direto do pronto atendimento 24 horas no mês da prestação de contas; o número de atendimentos discriminado por Município; o número de consultas realizadas discriminadas em clinica geral e em cada uma das especialidades. Prestação de contas do repasse de recursos financeiros pelo e Municípios Referenciados em complementação aos valores pagos pelo SUS destinado às internações hospitalares a) Ofício de encaminhamento contendo o número da parcela e o período a que se refere a prestação de contas b) Extrato bancário referente ao período de utilização c) Demonstrativo resumido do saldo anterior, entradas, saídas, saldo financeiro e conciliação bancária (Anexo I Norma Interna 008/2005) d) Demonstrativo detalhado dos pagamentos realizados (Anexo I Norma Interna 008/2005) e) Documentos fiscais que deram origem aos pagamentos acompanhados dos comprovantes de transferência e depósitos diretamente ao beneficiário f) Declaração da documentação original (Anexo II Norma Interna 008/2005) g) Declaração da escrituração do recurso recebido (Anexo III Norma Interna 008/2005) h) Relatório contendo: o custo direto das internações hospitalares no mês da prestação de contas; o número de internações discriminadas por área e por Município; Prestação de contas do repasse de recursos financeiros pelo e Municípios Referenciados em complementação aos valores pagos pelo SUS destinado a consultas de nefrologia, otorrinolaringologia e de avaliação pré e pós operatória Mensalmente até o dia 30 do mês subsequente ao do repasse Prazo Mensalmente até o dia 30 ao mês subsequente ao do repasse Prazo

9 a) Ofício de encaminhamento contendo o número da parcela e o período a que se refere a prestação de contas b) Extrato bancário referente ao período de utilização c) Demonstrativo resumido do saldo anterior, entradas, saídas, saldo financeiro e conciliação bancária (Anexo I Norma Interna 008/2005) d) Demonstrativo detalhado dos pagamentos realizados (Anexo I Norma Interna 008/2005) e) Documentos fiscais que deram origem aos pagamentos acompanhados dos comprovantes de transferência e depósitos diretamente ao beneficiário f) Declaração da documentação original (Anexo II Norma Interna 008/2005) g) Declaração da escrituração do recurso recebido (Anexo III Norma Interna 008/2005) h) Relatório contendo: o número de consultas discriminadas por especialidade e por Município; Prestação de contas do repasse de recursos financeiros referente a incentivos Estaduais e Federais recebidos pelo Município Fundo a Fundo: Mensalmente até o dia 30 ao mês subsequente ao do repasse Prazo Programa Nacional de Incentivo a Parceria entre os Hospitais Filantrópicos sem fins lucrativos com o SUS (INTEGRASUS) e Programa de reestruturação de hospitais filantrópicos (IAC) a) Ofício de encaminhamento contendo o número da parcela e o período a que se refere a prestação de contas b) Extrato bancário referente ao período de utilização c) Demonstrativo resumido do saldo anterior, entradas, saídas, saldo financeiro e conciliação bancária (Anexo I Norma Interna 008/2005) d) Demonstrativo detalhado dos pagamentos realizados (Anexo I Norma Interna 008/2005) e) Documentos fiscais que deram origem aos pagamentos acompanhados dos comprovantes de transferência e depósitos diretamente ao beneficiário f) Declaração da documentação original (Anexo II Norma Interna 008/2005) g) Declaração da escrituração do recurso recebido (Anexo III Norma Interna 008/2005) h) Relatório de atividades contendo avaliação das metas quantitativas e qualitativas que compõem o plano operativo. Incentivo Retaguarda Salvar/SAMU, Incentivo ao atendimento em traumato/ortopedia de média complexidade, Incentivo aos leitos psiquiátricos e internações em drogas e álcool, Incentivo da Atenção Básica Mensalmente até o dia 30 ao mês subsequente ao do repasse Quadrimestralmente Conforme prazo estabelecido pelo Estado a) Relatório de atividades em modelo padrão estabelecido pelo Estado 1º Durante os pagamentos das parcelas é permitido que permaneçam saldos em conta bancária, sendo que por ocasião do pagamento da última parcela os saldos devem ser devolvidos ou, em caso de continuidade do Convênio, podem ser reprogramados. 2º Ficam permitidos os pagamentos de despesas com competência do mês anterior ao da aprovação do presente Convênio. 3º Em caso excepcional e justificado, poderá ser concedida prorrogação do prazo para prestação de contas à entidade desde que devidamente fundamentado, protocolado e aceito pela Administração. 4º Decorridos 30 (trinta) dias da data limite para a entrega da prestação de contas ou estando a prestação de contas em desacordo com o estabelecido no Termo de Convênio, a entidade será notificada para a devolução total ou parcial do recurso e inscrita em débito junto ao Município. CLÁUSULA OITAVA: DAS ALTERAÇÕES DO TERMO DE CONVÊNIO As cláusulas do Termo de Convênio, inclusive a que se refere a valores de repasse, poderão ser alteradas através de Aditivo ao respectivo Termo, o qual deve ser aprovado pelo Poder Legislativo. CLÁUSULA NONA: DA VIGÊNCIA O Termo de Convênio terá vigência pelo período de 12 (doze) meses, podendo ser prorrogado por igual período mediante Termo Aditivo.

10 CLÁUSULA DÉCIMA: DA RESCISÃO Qualquer das partes poderá rescindir, motivadamente, o presente Convênio, desde que comunique à outra com antecedência mínima de 30 (trinta) dias, sem que caiba qualquer indenização às partes. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA: DO FORO As partes convenentes elegem o Foro da Comarca de Venâncio Aires para dirimir quaisquer dúvidas decorrentes do presente Convênio. Estando assim justas e acordadas, as partes assinam o presente Termo de Convênio em 03 (três) vias de igual teor e forma, na presença das testemunhas instrumentárias. Venâncio Aires, 28 de dezembro de AIRTON LUIZ ARTUS Prefeito Municipal GISELE SPIES CHITOLINA Presidente da Comissão Intervencionista TESTEMUNHA TESTEMUNHA

EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013

EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013 EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013 O MUNICÍPIO DE SERAFINA CORRÊA, RS, comunica aos interessados que está procedendo o CHAMAMENTO PÚBLICO, a contar de 21 de junho de 2013, no horário compreendido

Leia mais

CONTRATO DE RATEIO N 1/2015. l - PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE RATEIO N 1/2015. l - PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE RATEIO N 1/2015. l - PARTES CONTRATANTES O MUNICÍPIO DE CASTELO, inscrito no CNPJ sob N 27.165.638/0001-39, com sua sede administrativa na Prefeitura Municipal, situada na Av. Nossa Senhora

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE CIDADANIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE CIDADANIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO FIRMADO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO MENOR DE PASSO FUNDO SEPLAN 054/2007 O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de direito público, inscrito

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 031, DE 07 DE MAIO DE 2015. GABINETE DO PREFEITO

PROJETO DE LEI Nº 031, DE 07 DE MAIO DE 2015. GABINETE DO PREFEITO PROJETO DE LEI Nº 031, DE 07 DE MAIO DE 2015. GABINETE DO PREFEITO Autoriza subvenção para o CONSEPRO - CONSELHO DE DEFESA E SEGURANÇA COMUNITÁRIA e dá outras providências. Art. 1º. Fica o Poder Executivo

Leia mais

TERMO DE CREDENCIAMENTO CONTRATO N. 380/2013 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/2013

TERMO DE CREDENCIAMENTO CONTRATO N. 380/2013 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/2013 TERMO DE CREDENCIAMENTO CONTRATO N. 380/2013 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/2013 TERMO DE CREDENCIAMENTO PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE, AMBULATORIAIS E HOSPITALARES.

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires LEI Nº 5.605, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 Autoriza o Poder Executivo a conceder repasse de recursos financeiros, constituído de Contribuição, à Associação Carnavalesca do Interior de Venâncio Aires ACIVA,

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires PROJETO-DE-LEI Nº 006, DE 09 DE JANEIRO DE 2013 Poder Executivo Autoriza o Poder Executivo a conceder repasse de subvenção social à ASBERV ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE EVANGÉLICA RESTAURANDO VIDAS. Art. 1º Fica

Leia mais

Lei de Criação 372 13/02/1992

Lei de Criação 372 13/02/1992 CONTRATO N. º 002/CMM/2014 Estado de Rondônia Câmara Municipal de Ministro Andreazza Lei de Criação 372 13/02/1992 CONTRATO QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO A CÂMARA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA RO, E

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipal de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipal de Venâncio Aires LEI Nº 5.372, DE 12 DE SETEMBRO DE 2013 Autoriza o Poder Executivo a conceder repasse de recursos financeiros, constituído de Contribuição, à Associação Nego Foot Ball Club, e celebrar convênio. AIRTON

Leia mais

CONTRATO Nº 189/2012

CONTRATO Nº 189/2012 CONTRATO Nº 189/2012 Pelo presente instrumento particular, o MUNICÍPIO DE CANDELÁRIA, Pessoa Jurídica de Direito Público, com sede na Av. Pereira Rego, 1665, representada neste ato por seu, Sr. LAURO MAINARDI,

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO BREJÃO CNPJ: 01.616.680/0001-35 SETOR DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO BREJÃO CNPJ: 01.616.680/0001-35 SETOR DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS PREGÃO PRESENCIAL N. 015/2016 CONTRA TO DE FORNECIMENTO DE PRODUTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS Contrato N. 019.2016, que entre si celebram o Município de São Francisco do Brejão -

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS Contrato que entre si fazem, na melhor forma de direito, de um lado (nome da operadora), com sede na rua..., nº..., bairro..., em (nome da cidade), (Estado), inscrita

Leia mais

3.1. Para execução dos SERVIÇOS objeto do presente CONTRATO, o CLIENTE deverá pagar à LIGHT o montante de R$ [XXXX] (xxxx por extenso xxxx).

3.1. Para execução dos SERVIÇOS objeto do presente CONTRATO, o CLIENTE deverá pagar à LIGHT o montante de R$ [XXXX] (xxxx por extenso xxxx). CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM, LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A, DE UM LADO, E XXXXXXXXXXX, DE OUTRO LADO. LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A, com sede na Av. Marechal Floriano

Leia mais

BAHIA. QUARTA-FEIRA, 19 de Setembro de 2012 ANO VI N 379 ORGÃO/SEC./ UNIDADE 03.04.00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

BAHIA. QUARTA-FEIRA, 19 de Setembro de 2012 ANO VI N 379 ORGÃO/SEC./ UNIDADE 03.04.00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO BAHIA. QUARTA-FEIRA, 19 de Setembro de 2012 ANO VI N 379 Atos Oficiais LEI N. 476/2012 DE 19 DE SETEMBRO DE 2012. Autoriza o Poder Executivo Municipal, proceder, ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social

Leia mais

RESUMO DAS ATIVIDADES DE JANEIRO A JUNHO/2013.

RESUMO DAS ATIVIDADES DE JANEIRO A JUNHO/2013. RESUMO DAS ATIVIDADES DE JANEIRO A JUNHO/2013. Hospital de pequeno porte, Filantrópico, sem fins lucrativos, conveniado com o SUS Sistema Único de Saúde, conforme metas de quantidade e qualidade. METAS

Leia mais

CONVÊNIO 13/13 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CONVÊNIO 13/13 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONVÊNIO 13/13 TERMO DE CONVÊNIO QUE ENTRE SI, CELEBRAM O MUNICÍPIO DE GUANAMBI E A EMPRESA J.A.R ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA LTDA, PARA OS FINS E NA FORMA INDICADA. Aos seis dias do mês de maio do ano dois

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. 4050

PROJETO DE LEI Nº. 4050 PROJETO DE LEI Nº. 4050 Institui o Centro de Especialidades Odontológicas CEO Tipo 2, dispõe sobre a contratação temporária de pessoal, nos termos da Lei Municipal nº. 2.854/2011 e do art. 37, IX, da Constituição

Leia mais

CONTRATO N. 020/2013 02 DO OBJETO

CONTRATO N. 020/2013 02 DO OBJETO Estado de Mato Grosso CÂMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS CNPJ. 00.177.279/0001-83 INSTRUMENTO CONTRATUAL de prestação de serviços de interprete de libras na Termo de Dispensa nº 03/2013. CONTRATO N. 020/2013

Leia mais

TERMO DE ADESÃO E RESPONSABILIDADE:

TERMO DE ADESÃO E RESPONSABILIDADE: TERMO DE ADESÃO E RESPONSABILIDADE: A ASSOCIAÇÃO DOS ACADÊMICOS DE ESPIGÃO DO OESTE, associação privada, inscrita no CNPJ sob o n.º 05.383.191/0001-31, com sede social à Av. Sete de Setembro, n.º 2743,

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. /2015 CAPEAMENTO ASFÁLTICO Pelo presente instrumento particular de prestação de serviços, o MUNICÍPIO

MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. /2015 CAPEAMENTO ASFÁLTICO Pelo presente instrumento particular de prestação de serviços, o MUNICÍPIO MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. /2015 CAPEAMENTO ASFÁLTICO Pelo presente instrumento particular de prestação de serviços, o MUNICÍPIO DE IBIRAPUITÃ, pessoa jurídica de direito público interno,

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA FORNECEDORA DE SERVIÇOS DE INTERNET PARA TODAS AS SECRETARIAS MUNICIPAIS. São João da Urtiga, 20 de janeiro de 2016.

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA FORNECEDORA DE SERVIÇOS DE INTERNET PARA TODAS AS SECRETARIAS MUNICIPAIS. São João da Urtiga, 20 de janeiro de 2016. Exmo. Sr. Prefeito Municipal de São João da Urtiga RS A Secretaria Municipal de Administração através de sua Secretária, abaixo assinado, vem à presença de Vossa Senhoria requerer que sejam tomadas as

Leia mais

PORTARIA Nº 72, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2012

PORTARIA Nº 72, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2012 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 15 de Novembro de 1889 PORTARIA Nº 72, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2012 Estabelece normas gerais de consolidação das contas dos consórcios públicos a serem observadas na gestão

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Mangaratiba Gabinete do Prefeito

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Mangaratiba Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 3442, DE 07 OUTUBRO DE 2015. ESTABELECE NORMAS PARA O REQUERIMENTO DE LICENÇA TEMPORÁRIA PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS EM GERAL, NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO ADMINISTRATIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA CONSTRUÇÃO DE ALAMBRADO NO ASILO BETEL, QUE ENTRE SI FAZEM O MUNICÍPIO DE CASTILHO e a empresa A. a Z. COMÉRCIO, REPRESENTAÇÃO E SERVIÇOS

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL

TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL Tendo em vista desenvolver esforços conjuntos nos domínios da cooperação e intercâmbio técnico e cultural, o CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE, pessoa

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO /2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO /2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO /2015 Convenção Coletiva de Trabalho, que entre si ajustam a FEDERAÇÃO NACIONAL DOS EMPREGADOS EM POSTOS DE SERVIÇOS DE COMBUSTÍVEIS E DERIVADOS DE PETRÓLEO - FENEPOSPETRO,

Leia mais

CONTRATANTE: C I ou CNPJ: Órgão Expedidor: CPF Endereço: Cidade: Estado:

CONTRATANTE: C I ou CNPJ: Órgão Expedidor: CPF Endereço: Cidade: Estado: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS A DISTÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NAS ATIVIDADES NOTARIAIS E REGISTRAIS modalidade à distância CONTRATANTE: C I ou CNPJ: Órgão Expedidor: CPF

Leia mais

1º O parecer do (a) Assistente Social, que deverá estar de acordo com os critérios abaixo:

1º O parecer do (a) Assistente Social, que deverá estar de acordo com os critérios abaixo: Lei 3914/2016 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE BENEFÍCIO EVENTUAL PARA INDIVÍDUOS E FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE, TEMPORÁRIA NO MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ. Prefeito Municipal de Balneário Camboriú,

Leia mais

ICMS SÃO PAULO. Livro EXCELL.indd 44 10/04/14 17:11

ICMS SÃO PAULO. Livro EXCELL.indd 44 10/04/14 17:11 ICMS SÃO PAULO Livro EXCELL.indd 44 10/04/14 17:11 INSTRUMENTO PARTICULAR DE COMPRA E VENDA DE CREDITOS DE ICMS - ESTADO DE SÃO PAULO DE FORMA ONEROSA contratante, CNPJ. Endereço, cidade, estado, na cidade

Leia mais

2.2 Estruturar ação de oficina de integração com gestores, trabalhadores, usuários e familiares da RAPS, redes de saúde e rede intersetorial.

2.2 Estruturar ação de oficina de integração com gestores, trabalhadores, usuários e familiares da RAPS, redes de saúde e rede intersetorial. Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas. II Chamada para Seleção de Redes Visitantes

Leia mais

CNPJ nº 04.446.959/0001-06. Rua Dr. Lauro Pinto, 245 - Lagoa Nova - CEP 59064-250 - Natal/RN. TERMO DE CONTRATO nº /2009

CNPJ nº 04.446.959/0001-06. Rua Dr. Lauro Pinto, 245 - Lagoa Nova - CEP 59064-250 - Natal/RN. TERMO DE CONTRATO nº /2009 CNPJ nº 04.446.959/0001-06. Rua Dr. Lauro Pinto, 245 - Lagoa Nova - CEP 59064-250 - Natal/RN. TERMO DE CONTRATO nº /2009 Pelo presente instrumento particular de Contrato para Convênio Comercial, de um

Leia mais

O Calendário do curso estará sujeito a sofrer alteração no decorrer do mesmo.

O Calendário do curso estará sujeito a sofrer alteração no decorrer do mesmo. TERMO DE CONTRATAÇÃO E MATRÍCULA CURSO DE GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA-SOCESC, pessoa jurídica de direito privado, com sede na Rua Albano Schmidt nº 3333, Bairro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. RESOLUÇÃO do CNE (ainda depende Homologação do Ministro da Educação)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. RESOLUÇÃO do CNE (ainda depende Homologação do Ministro da Educação) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO do CNE (ainda depende Homologação do Ministro da Educação) Regulamenta o art. 52, inciso I da Lei 9.394, de 1996, e dispõe sobre normas e

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2010

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2010 CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2010 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ESTANTES E ARMÁRIOS DE AÇO ATRAVÉS DE REGISTRO DE PREÇOS, QUE ENTRE SI FAZEM A DE PRIMEIRO GRAU E A EMPRESA PROCESSO Nº /2010-EOF A DE PRIMEIRO

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010.

LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. Estabelece e regulamenta a atribuição de adicionais e a concessão de gratificações gerais aos servidores públicos da Administração Direta, Autárquica

Leia mais

ClRe CONSÓRCIO INTERMUNICIP AL DA REGIÃO

ClRe CONSÓRCIO INTERMUNICIP AL DA REGIÃO ClRe CONSÓRCIO INTERMUNICIP AL DA REGIÃO ~~âi~~~ CENTRO DO ESTADOIRS - CIICENTRO. -.': ->,. "'--t.. CONTRATO DE PROGRAMA W 26/2015 Contrato de Programa que, nos termos do autorizado no Contrato do Consórcio

Leia mais

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA DECRETO Nº 43, de 23 de fevereiro de 2001 DOE 01.03.2001 Altera o Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº 35.245, de 26 de dezembro de 1991, implementando

Leia mais

MUNICÍPIO DE COQUEIRO BAIXO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Município da Canção Italiana

MUNICÍPIO DE COQUEIRO BAIXO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Município da Canção Italiana CONTRATO ADMINISTRATIVO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LAVAÇÃO DE VEÍCULOS E AFINS Nº61/2015 O MUNICIPIO DE COQUEIRO BAIXO-RS, pessoa jurídica de direito privado, com sede na Avenida Itália, nº1660, na

Leia mais

M.S PRESTADORA DE SERVIÇOS EM POÇOS ARTESIANOS

M.S PRESTADORA DE SERVIÇOS EM POÇOS ARTESIANOS CONTRATO 172/2014 CREDOR VALOR 32.010,00 DATA 23.10.2014 M.S PRESTADORA DE SERVIÇOS EM POÇOS ARTESIANOS CONTRATO FIRMADO ENTRE O MUNICÍPIO DE ÁGUA BOA MT E A EMPRESA M.S PRESTADORA DE SERVIÇOS EM POÇOS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Votorantim

Prefeitura Municipal de Votorantim PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N.º 013/2016 PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N.º 006/2016 Dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2017 e dá outras providências. ERINALDO ALVES DA SILVA, PREFEITO

Leia mais

Minuta de Instrução Normativa

Minuta de Instrução Normativa Minuta de Instrução Normativa INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº [NÚMERO], DE Dispõe sobre o Plano Anual de Atividades de Auditoria Interna (Paint), os aspectos relativos aos trabalhos de auditoria e o Relatório Anual

Leia mais

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, FINANÇAS E PLANEJAMENTO. CONTRATO DE LOCAÇÃO N. º 121/2015

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, FINANÇAS E PLANEJAMENTO. CONTRATO DE LOCAÇÃO N. º 121/2015 SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, FINANÇAS E PLANEJAMENTO. CONTRATO DE LOCAÇÃO N. º 121/2015 PREÂMBULO Que entre si celebram o MUNICIPIO DE CHAPADÃO DO CÉU GO e LED3 INFORMÁTICA AUDIOVISUAL LTDA - ME conforme

Leia mais

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO NORMA Nº: NIE-CGCRE-140 APROVADA EM DEZ/2015 Nº 01/07 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Histórico

Leia mais

LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal

LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal ALTERA DISPOSITIVOS NA LEI Nº.1.303, DE 08 DE JULHO DE 2009, QUE REGULAMENTA NO MUNICIPIO DE CAMPO NOVO DO PARECIS O TRATAMENTO

Leia mais

LEI Nº 856/2013. Art. 2º O art. 2º da Lei Municipal nº 808/2012 passa a ter a seguinte redação:

LEI Nº 856/2013. Art. 2º O art. 2º da Lei Municipal nº 808/2012 passa a ter a seguinte redação: LEI Nº 856/2013 Altera a Lei Municipal nº 808/2012, que dispõe sobre a Implantação das Equipes de Saúde da Família - ESF, cria vagas, altera referência de cargo e fixa valor, cria gratificação e dá outras

Leia mais

SC Nº 075/2016 CONTRATO Nº 001/2016 QUE, ENTRE SI, CELEBRAM A PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDRO DE TOLEDO E S. J. BATISTA PUBLICIDADE - ME.

SC Nº 075/2016 CONTRATO Nº 001/2016 QUE, ENTRE SI, CELEBRAM A PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDRO DE TOLEDO E S. J. BATISTA PUBLICIDADE - ME. CONTRATO Nº 001/2016 QUE, ENTRE SI, CELEBRAM A PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDRO DE TOLEDO E S. J. BATISTA PUBLICIDADE - ME. SC Nº 075/2016 De um lado, O Município de Pedro de Toledo, neste ato representado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 15/98 EMENTA: Revoga a Resolução Nº 71/89 deste Conselho e estabelece normas sobre afastamento para Pós-Graduação no Brasil e no Exterior dos servidores da UFRPE. O Presidente do Conselho

Leia mais

CONVÊNIO N O 0.07/2 O O 9

CONVÊNIO N O 0.07/2 O O 9 ~-PODER LEGISLATIVO SENADO FEDERAL CONVÊNIO N O 0.07/2 O O 9 Que entre si celebram o SENADO FEDERAL e a CAIXA ECON6MICA FEDERAL. A UNIÃO, por intermédio do SENADO FEDERAL, CNPJ no00.530.279/0001-15, doravante

Leia mais

Processo n. 109.169/07 CONTRATO N. 2008/225.0

Processo n. 109.169/07 CONTRATO N. 2008/225.0 Processo n. 109.169/07 CONTRATO N. 2008/225.0 CONTRATO CELEBRADO ENTRE A CÂMARA DOS DEPUTADOS E A CAPITAL EMPRESA DE SERVIÇOS GERAIS LTDA., PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MICROFILMAGEM E DIGITALIZAÇÃO DE

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. Estabelece procedimentos relacionados com a instrução de processos de autorização para funcionamento, alterações

Leia mais

Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas.

Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas. PORTARIA MF Nº 160, DE 6 DE MAIO DE 2016 DOU de 09.05.2016 Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas. O MINISTRO DE

Leia mais

FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO

FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO Regulamento do Fundo de Reserva Unimed/ADUFG Sindicato Aprovado em Assembleia Geral dos usuários do Convênio ADUFG SINDICATO/UNIMED realizada em 16 de novembro de

Leia mais

Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4049, DE 29 DE AGOSTO DE 2013.

Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4049, DE 29 DE AGOSTO DE 2013. 1 Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4049, DE 29 DE AGOSTO DE 2013. Regulamenta a Lei nº 9.322, de 25 de julho de 2013, que autoriza o Chefe do Executivo a Instituir o Programa Passe Livre Estudantil no âmbito

Leia mais

CCT 2005/2006 - Sindirepa e Sirvepa

CCT 2005/2006 - Sindirepa e Sirvepa CCT 2005/2006 - Sindirepa e Sirvepa CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2.005/2.006. CATEGORIA ECONÔMICA SINDIREPA-PR Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado do Paraná. CNPJ

Leia mais

Contrato de Compra e Venda

Contrato de Compra e Venda Contrato de Compra e Venda A compra de qualquer produto na loja virtual Pegolia, de propriedade da NICLO S COMERCIAL LTDA, inscrita no CNPJ/MF sob o nº. 43.372.119/0004-40, com sede na Rua Jaceru, nº 63,

Leia mais

2. ATOS DO DIRETOR-GERAL

2. ATOS DO DIRETOR-GERAL 2.1. INSTRUÇÃO NORMATIVA 2. ATOS DO DIRETOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA DE 7 DE MARÇO DE 2010 O DIRETOR-GERAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo

Leia mais

RESOLUGÃO CFP N 002/98 de 19 de abril de 1998. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUGÃO CFP N 002/98 de 19 de abril de 1998. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUGÃO CFP N 002/98 de 19 de abril de 1998 "Altera a Consolidação das Resoluções do Conselho Federal de Psicologia, aprovada pela Resolução CFP N 004/86, de 19 de outubro de 1986." O CONSELHO FEDERAL

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE001009/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 21/07/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR034284/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.010483/2015-40 DATA DO

Leia mais

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES DE ÓRGÃOS E ENTIDADES ESTADUAIS Exercício 2011

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES DE ÓRGÃOS E ENTIDADES ESTADUAIS Exercício 2011 Exercício 2011 JANEIRO 17 O titular do Poder Executivo deverá enviar cópia do PPA atualizado, da LOA e da LDO juntamente com os anexos. Órgãos: deverão enviar a prestação de contas do mês de dezembro/2010.

Leia mais

1 Os contratos de que tratam o caput serão por prazo determinado, com duração de 12 (doze) meses, podendo ser renovado por prazo de igual período.

1 Os contratos de que tratam o caput serão por prazo determinado, com duração de 12 (doze) meses, podendo ser renovado por prazo de igual período. LEI COMPLEMENTAR Nº 250 DE 14 DE OUTUBRO DE 2014. REGULAMENTA A CONTRATAÇÃO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E DE PROGRAMAS PSF PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA E PACS PROGRAMA DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA - FAEPU, no uso

Leia mais

p GOVERNO DO ESTADO DE SAO PAULO

p GOVERNO DO ESTADO DE SAO PAULO ;~. ~ s~- p GOVERNO DO ESTADO DE SAO PAULO ~ ~ PROCESSO SCI N 146223/2014 INTERESSADO: Unidade de Fomento e Difusão de Produção Cultural ASSUNTO: 2 Termo de Aditamento ao Contrato de Gestão n 01/2014 com

Leia mais

Edição Número 2 de 02/01/2004, páginas 12 e 13.

Edição Número 2 de 02/01/2004, páginas 12 e 13. Edição Número 2 de 02/01/2004, páginas 12 e 13. PORTARIA Nº 2.458, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas atribuições, e Considerando a necessidade de criar mecanismos

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/LCPA/SBPA/2016

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/LCPA/SBPA/2016 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/LCPA/SBPA/2016 CHAMAMENTO PÚBLICO COM OBJETIVO DE PROSPECÇÃO DE MERCADO PARA AVALIAÇÃO DO NÚMERO DE INTERESSADOS NA CONCESSÃO DE USO DE ÁREAS E INSTALAÇÕES, DESTINADAS

Leia mais

LEI 8.849, DE 28 DE JANEIRO DE 1994

LEI 8.849, DE 28 DE JANEIRO DE 1994 LEI 8.849, DE 28 DE JANEIRO DE 1994 Altera a legislação do Imposto sobre a Renda e proventos de qualquer natureza, e dá outras providências. Faço saber que o presidente da República adotou a Medida Provisória

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO

CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO (minuta) Pelo presente instrumento, de um lado SINDICATO DOS SERVENTUÁRIOS DA JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ, CNPJ 84.409.051/0001-61, representada neste

Leia mais

LEI N.º 1209, DE 12 DE SETEMBRO DE 2013

LEI N.º 1209, DE 12 DE SETEMBRO DE 2013 LEI N.º 1209, DE 12 DE SETEMBRO DE 2013 Autoriza o Poder Executivo a firmar convênio com a Casa de Recuperação de Drogados Maanaim, visando ao atendimento de pessoas com dependência de álcool e outras

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº. 002/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº. 002/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº. 002/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1. Pregão Presencial Tipo Menor Preço Global para contratação de Empresa Especializada para prestação de serviços de limpeza

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 679/2013 28 DE NOVEMBRO 2013

LEI MUNICIPAL Nº. 679/2013 28 DE NOVEMBRO 2013 LEI MUNICIPAL Nº. 679/2013 28 DE NOVEMBRO 2013 DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL DO MUNICÍPIO DE GOVERNADOR JORGE TEIXEIRA-RO, PARA O QUADRIÊNIO (2014 A 2017), E CONTÉM OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A PREFEITA MUNICIPAL

Leia mais

Senado Federal Subsecretaria de Informações DECRETO Nº 2.794, DE 1º DE OUTUBRO DE 1998

Senado Federal Subsecretaria de Informações DECRETO Nº 2.794, DE 1º DE OUTUBRO DE 1998 Senado Federal Subsecretaria de Informações DECRETO Nº 2.794, DE 1º DE OUTUBRO DE 1998 Institui a Política Nacional de Capacitação dos Servidores para a Administração Pública Federal direta, autárquica

Leia mais

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Teresópolis, Guapimirim e Magé

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Teresópolis, Guapimirim e Magé Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Teresópolis, Guapimirim e Magé Fundado em 01 de março de 1996 Entidade reconhecida no Arquivo de Entidades Sindicais do MTE sob o nº 46000-006947/96

Leia mais

As partes acima identificadas têm, entre si, justo e acertado o presente Contrato de Prestação de Serviços, que se rege pelas cláusulas seguintes.

As partes acima identificadas têm, entre si, justo e acertado o presente Contrato de Prestação de Serviços, que se rege pelas cláusulas seguintes. CAI~A Contrato de Prestação de Serviços - Arrecadação de Contas Grau de sigilo #PÚBLICO I - Das Partes CONTRATANTE- PREFEITURA MUNICIPAL DE NAZAREZINHO pessoa JURIDICA de direito PÚBLICO constituída sob

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO DECRETO Nº 11.887, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. Dispõe sobre o Estágio Remunerado de estudantes matriculados em Instituições Públicas ou Privadas de Ensino Superior e Médio Profissionalizante e dá outras

Leia mais

REGULAMENTO DO FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO FGTS UNIBANCO C - PETROBRÁS CNPJ Nº 03.916.755/0001-29 DO FUNDO

REGULAMENTO DO FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO FGTS UNIBANCO C - PETROBRÁS CNPJ Nº 03.916.755/0001-29 DO FUNDO REGULAMENTO DO FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO FGTS UNIBANCO C - PETROBRÁS CNPJ Nº 03.916.755/0001-29 DO FUNDO Artigo 1º - O FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO FGTS UNIBANCO C - PETROBRÁS, doravante designado, abreviadamente,

Leia mais

LEI N 2908 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2001.

LEI N 2908 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2001. LEI N 2908 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2001. CRIA CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO NO PLANO DE CARREIRA DA SECRETARIA DE SAÚDE, LEI N 1811 DE 18 DE OUTUBRO DE 1994, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. GLAUCO SCHERER, PREFEITO

Leia mais

Tabela Própria para Convênios e Credenciamentos. Instruções de TAXAS E DIÁRIAS Anexo III

Tabela Própria para Convênios e Credenciamentos. Instruções de TAXAS E DIÁRIAS Anexo III TRE-SAÚDE Tabela Própria para Convênios e Credenciamentos Instruções de TAXAS E DIÁRIAS Anexo III TRE-SAÚDE Tabela Própria para Convênios e Credenciamentos I. DO ATENDIMENTO 1. O atendimento é o ato de

Leia mais

AUTORIZAÇÃO PARA COMPRA DE MATERIAL/SERVIÇO

AUTORIZAÇÃO PARA COMPRA DE MATERIAL/SERVIÇO AUTORIZAÇÃO PARA COMPRA DE MATERIAL/SERVIÇO OBJETO: Contratação de empresa especializada na criação de um web site personalizado para a Câmara Municipal de Vereadores de Tunápolis, SC, gerenciável, próprio

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 23.380. Dispõe sobre o Adicional de Qualificação no âmbito da Justiça Eleitoral.

RESOLUÇÃO Nº 23.380. Dispõe sobre o Adicional de Qualificação no âmbito da Justiça Eleitoral. Publicada no DJE/TSE nº 142, de 27/7/2012, p. 9/11 RESOLUÇÃO Nº 23.380 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 19.823 (29839-23.2007.6.00.0000) CLASSE 19 BRASÍLIA DF Relatora: Ministra Cármen Lúcia Interessado: Tribunal

Leia mais

Institui, na forma do art. 43 da Constituição Federal, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia SUDAM, estabelece a sua composição, natureza

Institui, na forma do art. 43 da Constituição Federal, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia SUDAM, estabelece a sua composição, natureza Institui, na forma do art. 43 da Constituição Federal, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia SUDAM, estabelece a sua composição, natureza jurídica, objetivos, área de competência e instrumentos

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 732, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 732, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 732, DE 2011 Altera o 2º do art. 4º da Lei nº 10.522, de 19 de julho de 2002, que dispõe sobre o cadastro informativo dos créditos não quitados de órgãos e entidades

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 10/2015, DE 26 DE MARÇO DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº 10/2015, DE 26 DE MARÇO DE 2015. PROJETO DE LEI Nº 10/2015, DE 26 DE MARÇO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO DOAR ÁREAS DE TERRAS DE SUA PROPRIEDADE AO FUNDO DE ARRENDAMENTO RESIDENCIAL FAR, ADMINISTRADO PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E DÁ

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NOME: ENDEREÇO: CIDADE: C.P.F.: PROFISSÃO: Cirurgião Dentista R.G.: C.R.O.: SERVIÇOS CONTRATADOS: Departamento Pessoal DURAÇÃO DO CONTRATO: INDETERMINADO R$ - VENCIMENTO:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO. Especialização em Políticas e Gestão da Educação

PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO. Especialização em Políticas e Gestão da Educação PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO Especialização em Políticas e Gestão da Educação Curso de Pós Graduação lato sensu UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO EDITAL

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 271, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014 A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI COMPLEMENTAR:

LEI COMPLEMENTAR Nº 271, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014 A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI COMPLEMENTAR: 1 Gabinete do Prefeito LEI COMPLEMENTAR Nº 271, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014 Institui o Sistema Financeiro de Conta Única do Poder Executivo no Município de Goiânia e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR DECRETO Nº 4.105, DE 29 DE JANEIRO DE 2009. ALTERA O REGULAMENTO DO ICMS, APROVADO PELO DECRETO Nº 35.245, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1991, PARA IMPLEMENTAR DISPOSIÇÕES DOS PROTOCOLOS ICMS 107, DE 16 DE NOVEMBRO

Leia mais

SEMINÁRIO MACRORREGIONAL SOBRE O CONTROLE SOCIAL REGIÃO METROPOLITANA. 31 de outubro de 2013 Auditório da Fetag Porto Alegre - RS

SEMINÁRIO MACRORREGIONAL SOBRE O CONTROLE SOCIAL REGIÃO METROPOLITANA. 31 de outubro de 2013 Auditório da Fetag Porto Alegre - RS SEMINÁRIO MACRORREGIONAL SOBRE O CONTROLE SOCIAL REGIÃO METROPOLITANA 31 de outubro de 2013 Auditório da Fetag Porto Alegre - RS LEI COMPLEMENTAR N 141/2012 E O PROCESSO DE FINANCIAMENTO DO SUS Sistema

Leia mais

TERMO DE ACORDO E COMPROMISSO PARA FORMAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO, VENDAS DE COTAS DE CONSÓRCIO, E DE AUTOS NOVOS EM GRUPOS DE CONSÓRCIOS.

TERMO DE ACORDO E COMPROMISSO PARA FORMAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO, VENDAS DE COTAS DE CONSÓRCIO, E DE AUTOS NOVOS EM GRUPOS DE CONSÓRCIOS. TERMO DE ACORDO E COMPROMISSO PARA FORMAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO, VENDAS DE COTAS DE CONSÓRCIO, E DE AUTOS NOVOS EM GRUPOS DE CONSÓRCIOS. Pelo presente termo de acordo e compromisso para administração, de um

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaguaré ESTADO DO ESPIRITO SANTO

Prefeitura Municipal de Jaguaré ESTADO DO ESPIRITO SANTO ATA DO PREGÃO Nº 000007/2016 Aos oito dias do mês de abril do ano de dois mil e dezesseis, às 10h:00min, na sala de licitações da Prefeitura Municipal de Jaguaré - ES, reuniu-se o pregoeiro e a equipe

Leia mais

CONTRATO DE PARTICIPAÇÃO DE FUNDO DE ARRECADAÇÃO

CONTRATO DE PARTICIPAÇÃO DE FUNDO DE ARRECADAÇÃO CONTRATO DE PARTICIPAÇÃO DE FUNDO DE ARRECADAÇÃO CONTRATADA: Comissão Organizadora dos Eventos de Formatura do mês de Dezembro de 2010 do curso de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, denominada

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DO PROGRAMA DA PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS (PPR), DISCIPLINADO PELA LEI Nº 10.101/2000-2008

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DO PROGRAMA DA PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS (PPR), DISCIPLINADO PELA LEI Nº 10.101/2000-2008 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DO PROGRAMA DA PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS (PPR), DISCIPLINADO PELA LEI Nº 10.101/2000-2008 O BANCO SANTANDER S/A, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 90.400.888/0001-42, estabelecido

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 022/2013 EXTRATO DO CONTRATO N 129 /2013

PREGÃO PRESENCIAL Nº 022/2013 EXTRATO DO CONTRATO N 129 /2013 PREGÃO PRESENCIAL Nº 022/2013 EXTRATO DO CONTRATO N 129 /2013 CONTRATANTE: O MUNICÍPIO DE CAETITÉ - BAHIA, ente de Direito Público Interno, inscrito no CNPJ sob o n.º 13.811.476/0001-54, com sede à Praça

Leia mais

A PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições legais,

A PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições legais, Publicado no Diário da Justiça n. 175, de 18.9.200 8, p. 1 INSTRUÇÃO N. 022/2008-PR Revoga a Instrução 011/2000-PR Dispõe sobre a conceituação, o recebimento, registro, armazenamento, controle de estoque

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO FUNDAC Nº 06/2015 XXIV GINCANA DE CONTAGEM 2015

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO FUNDAC Nº 06/2015 XXIV GINCANA DE CONTAGEM 2015 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO FUNDAC Nº 06/2015 XXIV GINCANA DE CONTAGEM 2015 O Presidente Interino da Fundação Cultural do Município de Contagem-Fundac, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA-GERAL DA UNIÃO CONTRATO Nº 09/2002

DEFENSORIA PÚBLICA-GERAL DA UNIÃO CONTRATO Nº 09/2002 DEFENSORIA PÚBLICA-GERAL DA UNIÃO Processo nº 08038.002328/2001-34 CONTRATO Nº 09/2002 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL URBANO SITUADO NA CIDADE DE PALMAS, ESTADO DE TOCANTINS, QUE CELEBRAM DE UM LADO A UNIÃO,

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DO PROJETO DE TRABALHO TÉCNICO SOCIAL EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL: ALPHA.

Leia mais

PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS ADMINISTRATIVOS PCA

PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS ADMINISTRATIVOS PCA PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS ADMINISTRATIVOS PCA APRESENTAÇÃO O Plano de Cargos, Carreiras e Salários Administrativos PCA da Faculdade Atenas Maranhense FAMA faz parte da política de atração e

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Em conformidade com a Resolução CNE/CES n 1, de 08 de Junho de 2007 e o Regimento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO N. 12/2015 REFORÇO DO ESPORÃO DA PRAIA DO SUL - ERICEIRA

CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO N. 12/2015 REFORÇO DO ESPORÃO DA PRAIA DO SUL - ERICEIRA Aos dez dias do mês de Março do ano dois mil e quinze, no edifício dos Paços do Município de Mafra, perante mim, Ana Maria Ferreira Loureiro Pereira Viana Taborda Barata, Licenciada em Direito, Directora

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo LEI Nº 2.147, DE 10 DE FEVEREIRO DE 2014. Autoriza o Executivo Municipal de Pareci Novo a conceder auxílio financeiro ao Grupo da Terceira Idade Bem Viver. O PREFEITO MUNICIPAL DE PARECI NOVO, RS, no uso

Leia mais