Ruby on Rails. Aprendizado evolutivo do Ruby até o desenvolvimento de aplicações em Rails

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ruby on Rails. Aprendizado evolutivo do Ruby até o desenvolvimento de aplicações em Rails"

Transcrição

1 on Rails Aprendizado evolutivo do até o desenvolvimento de aplicações em Rails

2 on Rails Aprendizado evolutivo do até o desenvolvimento de aplicações em Rails

3 Roteiro Primeiro Dia Básico OO Rails Básico Segundo Dia Rails Avançado

4 Palestrantes Glauco Roberto Munsberg dos Santos Acadêmico da C. Computação Presidente da Empresa Júnior Hut8 Presidente do CREJ glaucoroberto.com (53)

5 Palestrantes Daniel Krolow Retzlaff Acadêmico da C. Computação Dir. Adm. Fin. da Empresa Júnior Hut8 (53)

6 Vamos testar! $ ruby -v ruby 2.1.* $ rails -v rails 4.1.*

7 on Rails Introdução ao

8 Introdução a Uma linguagem Dinâmica, Open Source com foco na Simplicidade e na Produtividade. Tem uma sintaxe elegante de leitura natural e fácil escrita.

9 Introdução a Curiosidades da Linguagem/Historia O seu criador: Yukihiro Matz Matsumoto Linguagens Favoritas: Perl, Smalltalk, Eiffel, Ada, e Lisp Nascido : 1995 Debutou: 2006

10 Introdução a Curiosidades da Linguagem/Historia Eu queria uma linguagem interpretada que fosse mais poderosa que o Perl e mais orientada a objetos do que o Python

11 Introdução a Curiosidades da Linguagem/Historia A quarta linguagem mais usada. Cresce a 10% ao ano.

12 O que faz o Rails? on Rails é um framework de desenvolvimento web (gratuito e de código aberto) otimizado para a produtividade sustentável e da diversão do programador. Ele permite que você escreva código de forma elegante, favorecimento a convenção ao invés de configuração.

13 O que faz o Rails? Curiosidades do Framework/Historia Rails foi criado em 2003 por David Heinemeier Hansson;

14 O que faz o Rails? Conceitos básicos de estrutura e organização do framework DRY - Don't Repeat Yourself A idéia por traz deste conceito no Rails, é a de proporcionar ao programador métodos que abstraia ao máximo todo o desenvolvimento do projeto.

15 O que faz o Rails? Conceitos básicos de estrutura e organização do framework CoC - Convention over Configuration On Rails é estudando bastante todas as suas técnicas para seguir rigorosamente seus "padrões de sucesso".

16 O que faz o Rails? Conceitos básicos de estrutura e organização do framework Agilidade On Rails segue fielmente a maioria dos conceitos do desenvolvimento Agile, TDD, BDD e DDD.

17 O que faz o Rails? Conceitos básicos de estrutura e organização do framework Foco no negócio Ao criar um projeto, 90% do tempo será investido fazendo o que mais agrega valor ao sistema, que são as regras de negócio, layout, usabilidade, modelagem e testes, os outros 10% serão gastos configurando algumas bibliotecas (GEMs).

18 O que faz o Rails? Conceitos básicos de estrutura e organização do framework A favorita das startups Muitas das startups estão adotando Rails em alguns dos seus projetos, pois permite a eles se empenharem no que mais almejam, que é inovar em seus projeto, desenvolvendo-o em curto prazo.

19 O que faz o Rails? Conceitos básicos de estrutura e organização do framework Problemas grandes, soluções pequenas Diferente das "linguagens clássicas" (Java, C#, C++, PHP) possui uma sintaxe simplista e muitos métodos poderosos que facilitam muito a vida do programador.

20 O que faz o Rails? Conceitos básicos de estrutura e organização do framework Problemas grandes, soluções pequenas Diferente das "linguagens clássicas" (Java, C#, C++, PHP) possui uma sintaxe simplista e muitos métodos poderosos que facilitam muito a vida do programador.

21 O que faz o Rails? Conceitos básicos de estrutura e organização do framework Problemas grandes, soluções pequenas Diferente das "linguagens clássicas" (Java, C#, C++, PHP) possui uma sintaxe simplista e muitos métodos poderosos que facilitam muito a vida do programador.

22 on Rails Mãos a Obra!

23 Introdução ao $ irb $ ruby <file>

24 Introdução ao diz = Meu nome é meu nome puts diz diz[ meu nome ] = glauco roberto puts diz puts diz.upcase

25 Variável ou Classe?

26 Variável ou Classe? 1.class a.class self.class

27 Métodos da classe

28 Métodos de Classe $ 1.methods $ 1.methods.sort

29 Método e Retorno

30 Método e Retorno def soma a, b a + b end soma 1,2 soma(1,2)

31 Método e Retorno def teste(*parametros) parametros.each { parametro puts parametro } end teste 1,2,3,4,5,6,7 teste("a",1,2.2)

32 Procs e Bloco de Código

33 Procs e Bloco de Código p1 = lambda do puts olá código p1 end p2 = Proc.new { puts olá código p2 } p2.call p1.call

34 Existem constantes em?

35 Procs e Bloco de Código Constante = 1 Constante = 2

36 Strings e Symbols o que são?

37 Procs e Bloco de Código a = texto1 b = O #{a} está inserido puts b

38 Procs e Bloco de Código puts puts puts puts puts algo.object_id algo.object_id : algo.object_id :algo.object_id :symbol.object_id

39 Intervalo Numérico

40 intervalo Numérico a = b = a.each do v puts #{v} end b.each do v puts #{v} end

41 Valor Booleano

42 Valor Boleano def testa_valor val if val puts #{val} é considerado verdadeiro pelo else puts #{val} não é considerado verdadeiro pelo end end

43 Array

44 Array arr1 = [] arr1 = [ a,1,:aaaa] arr2 = arr2.inject(0) do val, it val + it end

45 Hashes

46 Hashes h = {1 => valor algo, b => 1234, :posicao_tal => :posit }

47 If / elsif / else / end

48 Classes e Métodos a = 0 if a == puts elsif a puts else puts end 0 zero == 1 um não sei que numero é este

49 case / when / else / end

50 Classes e Métodos a = 5 case a when 1..3 puts entre 1 e 3 when 4 puts a é 4 when algo puts É algo! else puts Nenhuma anterior end

51 while

52 Classes e Métodos i = [11,21,3,54,6] while b = i.pop puts b end

53 for

54 Classes e Métodos for i in 1..5 puts i end for a in %w{a b c d} puts a end

55 Escopo

56 Hashes $nome #Var. #Var. #Var. #Var. Local de Instância de Classe global

57 Classes e Módulos

58 Classes e Métodos class Carro def = = = = aushaiu1ash end attr_accessor :fabricante, :modelo, :ano attr_reader :chassi attr_writer :<Outra coisa qualquer> end clio = Carro. new Renaut, clio, 2000 puts clio.modelo

59 Classes e Métodos require./arquivo_anterior class Clio < Carro = Renault = clio def initialize(ano) end end

60 Classes e Métodos require arquivo_anterior_1 class Fabrica def self.clio Clio.new(2003) end def self.megane Carro.new Renault, Megane, 2003 end end

61 Padrões Importantes

62 ClienteEspecial -> cliente_especial.rb Classe -> Primeira maiuscula

63 Rails Aplicação em On Rails

64 Rails on Rails $ rails new app $ rails s

65 Rails on Rails $ rails g scaffold task title:string description:text completed:boolean

66 Rails on Rails $ rake db:migrate

67 Rails on Rails # You can have the root of your site routed #root 'welcome#index' root :to => "tasks#index"

68 Rails Comandos em Rails

69 Rails $ rails COMMAND generate console server dbconsole new (alias (alias (alias (alias g ) c ) s ) db ) // $ rails s

70 Rails $ bundle update install $ rake db:migrate

71 Rails Um bom livro...

72 Rails

73 Evoluir uma Aplicação

74 on Rails $ rails generate migration task created_at:datetime

75 on Rails $ rake db:migrate

76 Vamos melhorar o Visual?

77 on Rails # Build JSON APIs with ease. Read more: https://github.com/rails/jbuilder gem 'jbuilder', '~> 2.0' # bundle exec rake doc:rails generates the API under doc/api. gem 'sdoc', '~> 0.4.0', group: :doc # Spring speeds up development by keeping your application running in the background. Read more: https://github.com/rails/spring gem 'spring', group: :development gem "twitter-bootstrap-rails"

78 on Rails $ bundle update

79 on Rails $ rails generate bootstrap:install static

80 on Rails * defined in the other CSS/SCSS files in this directory. It is generally better to create a new * file per style scope. * *= require bootstrap_and_overrides *= require_tree. *= require_self */

81 on Rails Use Font Awesome icons (default) To use Glyphicons sprites instead of Font Awesome, replace with "require twitter-bootstrap-static/sprites" =require twitter-bootstrap-static/fontawesome "twitter/boostrap"

82 on Rails $ rails g bootstrap:themed Tasks

83 on Rails Vamos Melhorar! $ rails g controller Principal $ rails g bootstrap:themed Principal

84 on Rails index.erb.html <div class="list-group"> <a href="#" class="list-group-item disabled"> Cadastros Básicos </a> <a href="/tasks" class="list-group-item">trasks</a> </div>

85 on Rails routes resources :principal root 'principal#index'

86 on Rails Aplicações Avançadas

87 on Rails A Hut8 está com um problema: Quer ter um cadastro de empregados e saber algumas informações como Nome Sobrenome Idade Gênero Categoria na Empresa para contato Como fazer isso de forma rápida?!

88 on Rails $ rails g scaffold Nivel tipo:string

89 on Rails $ rails g scaffold Sexo tipo:string

90 on Rails $ rails g scaffold Funcionario nome:string sobrenome:string data_nas:date sexo: references nivel:references string

91 on Rails $ rails g scaffold Empresa nome_do_projeto:string funcionario:references data_da_fundacao:date

92 on Rails Principal/index.erb.html adicionar: <a <a <a <a href="/nivels" class="list-group-item">niveis</a> href="/sexos" class="list-group-item">sexos</a> href="/funcionarios" class="list-group-item">funcionarios</a> href="#" class="list-group-item disabled"> Programas </a> <a href="/empresas" class="list-group-item">empresa</a>

93 on Rails No arquivo da model nivel.rb: has_many :funcionarios No arquivo da model sexo.rb: has_many :funcionarios No arquivo da model funcionario.rb: has_many :empresas

94 on Rails # Na controller funcionario_controller.rb # Add Nivel a Tabela Funcionario if = Funcionario.find(params[:nivel]) end # Add Sexo a Tabela Funcionario if = Funcionario.find(params[:sexo]) end

95 on Rails # Na Controller empresa_controller.rb # Add Funcionario a Tabela Empresa if = Empresa.find(params[:funcionario]) end

96 on Rails Vejamos o que deu :D

97 on Rails # No_form.html.erb do funcionario <div> <p> <%= f.label :sexo_id %><br /> <%= f.collection_select(:sexo_id, Sexo. order( tipo ), :id, :tipo, {:prompt => true}) %> </p> </div> <div> <p> <%= f.label :nivel_id %><br /> <%= f.collection_select(:nivel_id, Nivel.order( tipo ), :id, :tipo, {:prompt => true}) %> </p> </div>

98 on Rails # Na index.html.erb do funcionario: <td><%= funcionario.sexo.tipo %></td> <td><%= funcionario.nivel.tipo %></td> #Na show, assim: <p> <b>sexo:</b> %> </p> <p> <b>nivel:</b> %> </p>

99 on Rails # Na _form.html.erb do Empresa: <p> <%= f.label :funcionario_id %><br /> <%= f.collection_select(:funcionario_id, Funcionario.order( nome ), :id, :nome, {:prompt => true}) %> </p></div>

100 on Rails # Na index.html.erb da empresa: <td><%= empresa.funcionario.nome %></td> # Na show.html.erb da empresa: <p> <b>funcionario:</b> %> </p>

101 on Rails Aplicações Avançadas - Com Estilo

102 on Rails $ rails g bootstrap:themed nivels $ rails g bootstrap:themed sexos

103 on Rails Validações

104 on Rails class Nivel < ActiveRecord::Base has_many :funcionarios validates :tipo, presence: true end

105 on Rails Validações Avançadas

106 on Rails class Task < ActiveRecord::Base validates :title, length: { minimum: 2 } validates :description, length: { maximum: 500 } end

107 on Rails Semear

108 on Rails Sexo.create(tipo:"Masculino") Sexo.create([{tipo:"Feminino"},{tipo:"Não declarado"}]) Nivel.create([{ tipo: "Diretor"},{tipo:"Conselheiro"}, {tipo:"associado"}, {tipo:"trainee"} ])

109 on Rails Meu Layout

110 on Rails <nav class="navbar navbar-default" role="navigation"> <div class="container-fluid"> <div class="navbar-header"> <a class="navbar-brand" href="#"> <img alt="brand" src="<%= image_tag 'hut8_logo.jpg', :style => "height: 50px;" %>"> </a> </div> </div> </nav> <div class="container"> <div class="col-md-12"> <%= yield %> </div> </div>

111 on Rails Multiplos Layouts

112 on Rails <div class="container"> <div class="col-md-3"> MENU </div> <div class= col-md-9 > <%= yield %> </div> </div>

113 on Rails class NivelsController < ApplicationController before_action :set_nivel, only: [:show, :edit, :update, :destroy] layout "application_menu"

114 on Rails Internacionização

115 on Rails config.i18n.available_locales = [:en, :"pt-br"] config.i18n.default_locale = :"pt-br"

116 on Rails class PrincipalController < ApplicationController before_filter :set_locale def set_locale I18n.locale = params[:locale] I18n.default_locale end end

117 on Rails <ul class="nav navbar-nav navbar-right"> <% if I18n.locale == I18n.default_locale %> <%= link_to "English", :locale=>'en'%> <% else %> <%= link_to "Portugues", :locale=>'pt-br'%> <%end%> </ul>

118 on Rails Espero que tenham gostado :)

Programação Web Aula 8 - Rails (Introdução)

Programação Web Aula 8 - Rails (Introdução) Programação Web Aula 8 - Rails (Introdução) Departamento de Informática UFPR 7 de Abril de 2014 1 Rails Básico Mágica Princípios Características Criando uma aplicação Levantando o Servidor Examinando o

Leia mais

O Framework Rails. Diego Rubin http://diegorubin.com @diegorubin

O Framework Rails. Diego Rubin http://diegorubin.com @diegorubin O Framework Rails Diego Rubin http://diegorubin.com @diegorubin Introdução David Heinemeier Hansson (DHH) 2004 MVC Restful Meta-Framework Convention over configuration Rails 3.1 Ferramentas Rake Bundler

Leia mais

Ruby. Simplicidade e produtividade

Ruby. Simplicidade e produtividade Ruby Simplicidade e produtividade Ruby é... Uma linguagem de tipagem dinâmica e forte, com gerenciamento de memória automático, open source com foco na simplicidade e na produtividade. Tem uma sintaxe

Leia mais

C o m p u t a ç ã o M ó v e l Brayan Neves

C o m p u t a ç ã o M ó v e l Brayan Neves Computação Móvel Brayan Neves Criando e configurando um novo projeto } Modelagem } Criação do projeto } Configuração } Criação de um novo componente } Visualização do novo componente } Editando campos

Leia mais

Ruby. Conceitos básicos. Prof. Ms. Leonardo Botega. Diego Gabriel Pereira

Ruby. Conceitos básicos. Prof. Ms. Leonardo Botega. Diego Gabriel Pereira Ruby Conceitos básicos Prof. Ms. Leonardo Botega Diego Gabriel Pereira Quem somos nós Leonardo Botega Bacharel em Ciência da Computação UNIVEM Mestre em Ciência da Computação UFSCar Doutorando em Ciência

Leia mais

Ruby e Ruby on Rails

Ruby e Ruby on Rails Ruby e Ruby on Rails Universidade Federal de São Carlos Anderson Kenji Mise kenji@vardump.com Ruby? linguagem de programação orientada a objetos (tudo é objeto) Ruby on Rails? RoR é um framework para desenvolvimento

Leia mais

Começando com Ruby on Rails @gibsongabriel

Começando com Ruby on Rails @gibsongabriel Começando com Ruby on Rails @gibsongabriel Yukiriho 'Matz' Matsumoto http://ruby-lang.org/pt/ Ruby é uma linguagem de programação interpretada, com tipagem forte e dinâmica, que tem como foco a simplicidade

Leia mais

Alunos. Hudson Martins da Silva Laércio Pedro Hoppe

Alunos. Hudson Martins da Silva Laércio Pedro Hoppe Alunos Hudson Martins da Silva Laércio Pedro Hoppe Desenvolvida no Japão em 1995, por Yukihiro "Matz" Matsumoto. Linguagem de script. Mais poderosa do que Perl, e mais orientada a objetos do que Python.

Leia mais

Sistema Gerador de Anúncios para Compra e Venda On-line. Leandro de Oliveira ol.leandro@gmail.com

Sistema Gerador de Anúncios para Compra e Venda On-line. Leandro de Oliveira ol.leandro@gmail.com Sistema Gerador de Anúncios para Compra e Venda On-line Leandro de Oliveira ol.leandro@gmail.com Roteiro da Apresentação Motivação Conceitos e Tecnologias Objetivos do trabalho Sistema SideCart Conclusões

Leia mais

Entendendo Rails. Fabio Akita Surgeworks Brazil Rails Practice Manager www.akitaonrails.com

Entendendo Rails. Fabio Akita Surgeworks Brazil Rails Practice Manager www.akitaonrails.com Entendendo Rails Fabio Akita Surgeworks Brazil Rails Practice Manager www.akitaonrails.com 37signals Criado por David Heinemeier Hansson, em 2004 Extraído do aplicativo Basecamp Feito em Ruby, em vez de

Leia mais

Práticas de Desenvolvimento de Software

Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 3. 09/03/2015. Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 3 - Introdução à linguagem de programação Ruby Oferecimento Ruby (1) Ruby Ruby (2) Ruby Linguagem de programação dinâmica, de código aberto,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL Secretaria-Executiva

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL Secretaria-Executiva Projeto PNUD BRA/12/018 - Documento técnico com complementação da documentação de instalação e uso da plataforma Noosfero contendo conceitos e tutoriais. Consultora: Daniela Soares Feitosa Contrato n o

Leia mais

Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki. Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby

Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki. Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby Por que Ruby? Sintaxe limpa e intuitiva: Por que Ruby? Fortemente orientada à objetos Note que não temos os tipos primitivos,

Leia mais

1º passo: Instalando a rvm.

1º passo: Instalando a rvm. Tutorial de instalação de múltiplos ambientes Ruby 1.8.7 e 1.9.2, Ruby on Rails 2.3.11 e 3.0.7 e MySQL no Ubuntu 10.04. Nem sempre é fácil a preparação de um ambiente de desenvolvimento web completo. Às

Leia mais

Instalando o ambiente de desenvolvimento

Instalando o ambiente de desenvolvimento capítulo 1 Instalando o ambiente de desenvolvimento Antes de começarmos nosso estudo de Rails, é importante instalar o ambiente necessário. Para obter melhor proveito deste livro, você precisará dos seguintes

Leia mais

História. Nasceu em 1993, numa discussão entre Yuhikiro Matsumoto e um colega.

História. Nasceu em 1993, numa discussão entre Yuhikiro Matsumoto e um colega. 1 1. Overview 2 História Nasceu em 1993, numa discussão entre Yuhikiro Matsumoto e um colega. Matz procurava por uma linguagem de script orientada a objetos. A primeira versão estável de Ruby (1.2) foi

Leia mais

Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki. Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby

Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki. Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby Recapitulando... Escopos Constantes Tipagem Métodos Input Estruturas de Controle e Repetição Classes Nativas Blocos

Leia mais

Luiz Arão Araújo Carvalho Bacharel em Ciência da Computação Desenvolvedor RedeSat-TO maximusmano@gmail.com http://www.maxonrails.wordpress.

Luiz Arão Araújo Carvalho Bacharel em Ciência da Computação Desenvolvedor RedeSat-TO maximusmano@gmail.com http://www.maxonrails.wordpress. Parte II Luiz Arão Araújo Carvalho Bacharel em Ciência da Computação Desenvolvedor RedeSat-TO maximusmano@gmail.com http://www.maxonrails.wordpress.com Rails - Instalação Windows gem install rails Plataformas

Leia mais

Programação Web Aula 10 - Testes, Javascript, Ajax

Programação Web Aula 10 - Testes, Javascript, Ajax Programação Web Aula 10 - Testes, Javascript, Ajax Bruno Müller Junior Departamento de Informática UFPR 28 de Abril de 2014 1 Ambientes de Execução 2 Testes Um exemplo Acrescentando Validação Validação

Leia mais

Linguagem de Programação. Helder Lucas S. Silas Valdemar

Linguagem de Programação. Helder Lucas S. Silas Valdemar Linguagem de Programação Helder Lucas S. Silas Valdemar Perl, Smalltalk, Eiffel, Ada e Lisp. Mais poderosa do que Perl, e mais orientada a objetos do que Python. Yukihiro Matsumoto Matz Coral ou Ruby?

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA UTILIZAÇÃO DE RUBY ON RAILS PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO COM BANCO DE DADOS LEGADO ELLISON MAEDA ORIENTADOR: GÉCEN DE MARCHI MARINGÁ

Leia mais

V1.1 SITE EM UM SITE 11/2015 MINUTOS APRENDA A PROGRAMAR IMAGINE FAZER O SEU PRIMEIRO PROGRAMA EM 180 SEGUNDOS WWW.DESAFIO3MINUTOS.COM.

V1.1 SITE EM UM SITE 11/2015 MINUTOS APRENDA A PROGRAMAR IMAGINE FAZER O SEU PRIMEIRO PROGRAMA EM 180 SEGUNDOS WWW.DESAFIO3MINUTOS.COM. 11/2015 UM SITE SITE EM EM UM 3 APRENDA A PROGRAMAR IMAGINE FAZER O SEU PRIMEIRO PROGRAMA EM 180 SEGUNDOS MINUTOS V1.1 WWW.DESAFIO3MINUTOS.COM.BR ELIELBARONE RUBY ON RAILS O que é? Ruby on Rails é um framework,

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS COM GRAILS + IREPORT

DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS COM GRAILS + IREPORT DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS COM GRAILS + IREPORT Prof. Marcos Vinicius Fidelis Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Ponta Grossa Universidade Estadual de Ponta Grossa ROTEIRO O Legado Vitórias

Leia mais

Tutorial Ruby versão 0.3 djalmaoliveira@gmail.com SOBRE O TUTORIAL

Tutorial Ruby versão 0.3 djalmaoliveira@gmail.com SOBRE O TUTORIAL SOBRE O TUTORIAL Este tutorial cobre alguns aspectos da linguagem Ruby, mostra de forma simples algumas de suas características através de exemplos e curtas descrições de conceitos, não se propondo ser

Leia mais

II Semana de Tecnologia da Informação. Rails Framework

II Semana de Tecnologia da Informação. Rails Framework II Semana de Tecnologia da Informação Rails Framework Rails Instalação Ruby versão 1.8.7 Linux: ftp://ftp.ruby-lang.org/pub/ruby/1.8/ruby-1.8.7-p174.tar.gz ou apt-get install ruby (Debian/Ubuntu) Windows:

Leia mais

RUBY ON RAILS. Entrar nos carris. Daniel Zacarias 16 de Janeiro, 2010

RUBY ON RAILS. Entrar nos carris. Daniel Zacarias 16 de Janeiro, 2010 RUBY ON RAILS Entrar nos carris + Daniel Zacarias 16 de Janeiro, 2010 TÓPICOS Ruby REST MVC Rails Ecossistema Resumo Ruby REST MVC Rails Ecossistema Resumo RUBY, UMA JÓIA DE LINGUAGEM Linguagem dinâmica,

Leia mais

Nos Trilhos com RAILS. Sylvestre Mergulhão

Nos Trilhos com RAILS. Sylvestre Mergulhão Nos Trilhos com RAILS Sylvestre Mergulhão Necessidades Desenvolver para a web Desenvolver para a web de forma organizada Desenvolver para a web de forma fácil de manter Desenvolver para a web de forma

Leia mais

Ajax com R ails, interatividade e usabilidade ao alcance de todos

Ajax com R ails, interatividade e usabilidade ao alcance de todos Ajax com R ails, Por Rodrigo Urubatan Ferreira Jardim Rodrigo Urubatan: SCJP 1.4 e SCWCD; Trabalha com arquitetura de sistemas J2EE e treinamento; Já desenvolveu projetos utilizando as linguagens Delphi,

Leia mais

Versão 0.1. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com

Versão 0.1. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com Versão 0.1 Manual FoRc Última Atualização: Maio/2007 Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com Sumário 1. O que é FoRc?... 3 2. O que é Adobe Flex?... 3 3. O que é Ruby on Rails?... 3 4. Flex + Ruby on Rails?...

Leia mais

Versão 0.1.0. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com

Versão 0.1.0. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com Versão 0.1.0 Manual FoRc Última Atualização: Maio/2007 Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com Sumário 1. O que é FoRc?... 3 2. O que é Adobe Flex?... 3 3. O que é Ruby on Rails?... 3 4. Flex + Ruby on Rails?...

Leia mais

Tutorial Básico. Instalando e testando o Ruby on Rails no Windows

Tutorial Básico. Instalando e testando o Ruby on Rails no Windows Tutorial Básico Instalando e testando o Ruby on Rails no Windows Ana Luiza Dias Organização do Tutorial: Passos para a instalação...pág 2 Passos para a criação de um projeto rails...pág 3 Passos para acompanhar

Leia mais

Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop

Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop Apresentação da ferramenta Professor: Danilo Giacobo Página pessoal: www.danilogiacobo.eti.br E-mail: danilogiacobo@gmail.com 1 Introdução Visual

Leia mais

Introdução ao Desenvolvimento de Aplicações Web com Ruby on Rails

Introdução ao Desenvolvimento de Aplicações Web com Ruby on Rails Capítulo 3 Introdução ao Desenvolvimento de Aplicações Web com Ruby on Rails Daniel Cárnio Junqueira, Renata Pontin de Mattos Fortes Abstract This chapter presents the concepts of the framework Ruby on

Leia mais

Dominando Action Script 3

Dominando Action Script 3 Dominando Action Script 3 Segunda Edição (2014) Daniel Schmitz Esse livro está à venda em http://leanpub.com/dominandoactionscript3 Essa versão foi publicada em 2014-05-02 This is a Leanpub book. Leanpub

Leia mais

Centro Universitário Metodista Benne1 Rio de Janeiro, Dezembro de 2009. Rafael Polo e Sabrina Arêas

Centro Universitário Metodista Benne1 Rio de Janeiro, Dezembro de 2009. Rafael Polo e Sabrina Arêas Centro Universitário Metodista Benne1 Rio de Janeiro, Dezembro de 2009 Rafael Polo e Sabrina Arêas Contexto 60 s - Primeiros sistemas de informação corporativos. 70 s Desenvolvimento e comercialização

Leia mais

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice Índice 1. Introdução... 2 1.1. O que é um ambiente de desenvolvimento (IDE)?... 2 1.2. Visão geral sobre o Eclipse IDE... 2 2. Iniciar o Eclipse... 3 2.1. Instalação... 3 2.2. Utilizar o Eclipse... 3 3.

Leia mais

FRWTC800 - Desenvolvimento Web com Ruby on Rails

FRWTC800 - Desenvolvimento Web com Ruby on Rails FRWTC800 - Desenvolvimento Web com Ruby on Rails SOBRE A FRAMEWORK A Framework (www.frwtc.com) atua diretamente com profissionais do segmento de tecnologia em busca de capacitação, atualização e certificação,

Leia mais

Programação WEB. Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida. Aula III Introdução PHP

Programação WEB. Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida. Aula III Introdução PHP Programação WEB Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida Aula III Introdução PHP Introdução PHP PHP=Hypertext Pre-Processor Linguagem de script open

Leia mais

Estruturas de controle no nível de sentença

Estruturas de controle no nível de sentença Estruturas de controle no nível de sentença Linguagens de Programação Marco A L Barbosa cba Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Leia mais

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA (ICET) CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO. O Paradigma da Orientação a Objeto

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA (ICET) CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO. O Paradigma da Orientação a Objeto UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA (ICET) CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO O Paradigma da Orientação a Objeto Apresentada em Cumprimento Parcial dos Requerimentos para

Leia mais

Minicurso de Python Aula 1. Raphael Lupchinski Marcelo Millani

Minicurso de Python Aula 1. Raphael Lupchinski Marcelo Millani Minicurso de Python Aula 1 Raphael Lupchinski Marcelo Millani Introdução Python é uma linguagem de programação poderosa e fácil de aprender Possui estruturas de dados eficientes e de alto nível, além de

Leia mais

Linguagens de programação

Linguagens de programação Prof. André Backes Linguagens de programação Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve ser descrito em termos de 1 s ou 0 s

Leia mais

SQL Procedural. Josino Rodrigues Neto josinon@gmail.com

SQL Procedural. Josino Rodrigues Neto josinon@gmail.com SQL Procedural Josino Rodrigues Neto josinon@gmail.com SQL Procedural Agregada em SQL-92 As ferramentas têm nomes para suas linguagens SQL procedurais/embutidas Oracle : PL/SQL Postgres PL/Pgsql SQL Server

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 6 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM NOVEMBRO / 2014 2 de 6 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

Allisson Barros 12/0055619 Daniel Luz 13/0007714 Leandro Bergmann 14/0149007 Luiz Fernando Vieira 13/0013757 Uriel Silva 12/0137232

Allisson Barros 12/0055619 Daniel Luz 13/0007714 Leandro Bergmann 14/0149007 Luiz Fernando Vieira 13/0013757 Uriel Silva 12/0137232 Allisson Barros 12/0055619 Daniel Luz 13/0007714 Leandro Bergmann 14/0149007 Luiz Fernando Vieira 13/0013757 Uriel Silva 12/0137232 Início da Implementação Python 0.9.0 alt.sources Python 1.0 Python 2.0

Leia mais

TÍTULO: UM ESTUDO SOBRE METAPROGRAMAÇÃO: AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO PYTHON E RUBY

TÍTULO: UM ESTUDO SOBRE METAPROGRAMAÇÃO: AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO PYTHON E RUBY TÍTULO: UM ESTUDO SOBRE METAPROGRAMAÇÃO: AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO PYTHON E RUBY CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA

Leia mais

%w(akita On Rails) * 2.0 - Rolling with Rails 2.0 - O Primeiro...

%w(akita On Rails) * 2.0 - Rolling with Rails 2.0 - O Primeiro... %w(akita On Rails) * 2.0 Rolling with Rails 2.0 - O Primeiro Tutorial Completo - Parte 1 escrito por AkitaOnRails em January 31st, 2008 @ 11:44 PM Estou muito feliz vo que meu Rails 2.0 Screencast foi

Leia mais

Breve introdução. Uma breve introdução. Simplicidade e Poder. Rápido Dinâmico Robusto

Breve introdução. Uma breve introdução. Simplicidade e Poder. Rápido Dinâmico Robusto Breve introdução Uma breve introdução Rápido Dinâmico Robusto Simplicidade e Poder Linguagem dinâmica Arquitetura Mapeamento Objeto Relacional Convenção DRY YAGNI KISS Groovy MVC Hibernate Sobre configuração

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE II. Aula 07 A linguagem de programação C# e sua sintaxe

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE II. Aula 07 A linguagem de programação C# e sua sintaxe DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE II Aula 07 A linguagem de programação C# e sua sintaxe Na aula passada... Avaliamos o conceito de Integrated Development Environment (IDE); Aprendemos um pouco da evolução do

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA RIO GRANDE DO NORTE Programação de Computadores Um pouco de diversão - libgosu O exemplo desenvolvido nesta apresentação é o mesmo do tutorial GOSU,

Leia mais

OOP - Java. Artur Duque Rossi Mestrado em Modelagem Computacional Universidade Federal de Juiz de Fora

OOP - Java. Artur Duque Rossi Mestrado em Modelagem Computacional Universidade Federal de Juiz de Fora OOP - Java Artur Duque Rossi Mestrado em Modelagem Computacional Universidade Federal de Juiz de Fora 1 Sumário Java Aviso! História do Java Programação Orientada à Objetos Os quatro pilares da OOP Abstração

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

Objetivos do mini curso. Conhecer a linguagem. Noção de programação utilizando Python. Aprender o báscio.

Objetivos do mini curso. Conhecer a linguagem. Noção de programação utilizando Python. Aprender o báscio. Objetivos do mini curso Conhecer a linguagem. Noção de programação utilizando Python. Aprender o báscio. Conteúdo Uma visão da linguagem: O modo python de programar O interpretador dinâmico Salvando e

Leia mais

Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação

Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação A representação de algoritmos em uma pseudo-linguagem mais próxima às pessoas é bastante útil principalmente quando o problema a ser tratado envolve

Leia mais

Programação Funcional. Capítulo 1. Introdução. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2015.

Programação Funcional. Capítulo 1. Introdução. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2015. Programação Funcional Capítulo 1 Introdução José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2015.1 1/13 1 Paradigmas de programação 2 Programação funcional 3 A Crise

Leia mais

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA COMBA DÃO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS 2012-2015 PROGRAMAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 2 Mecanismos de Controlo de

Leia mais

2 echo "PHP e outros.";

2 echo PHP e outros.; PHP (Hypertext Preprocessor) Antes de qualquer coisa, precisamos entender o que é o PHP: O PHP(Hypertext Preprocessor) é uma linguagem interpretada gratuita, usada originalmente apenas para o desenvolvimento

Leia mais

Partial View: Um padrão para reutilização de views na arquitetura MVC

Partial View: Um padrão para reutilização de views na arquitetura MVC Partial View: Um padrão para reutilização de views na arquitetura MVC RICARDO VIANA, Universidade Federal do Ceará THALISSON OLIVEIRA, Universidade Federal do Ceará FERNANDO TRINTA, Universidade Federal

Leia mais

Paradigmas de Linguagens de Programação. Aspectos Preliminares

Paradigmas de Linguagens de Programação. Aspectos Preliminares Aspectos Preliminares Cristiano Lehrer Motivação (1/6) Aumento da capacidade de expressar idéias: Difícil conceituar estruturas quando não se pode descreve-las. Programadores são limitados pelas linguagens.

Leia mais

Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows

Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows Hae Yong Kim 13/08/2014 Este documento explica como fiz para instalar compilador MinGW-GCC e ambiente de desenvolvimento Netbeans em Windows.

Leia mais

5 Detalhes da Implementação

5 Detalhes da Implementação Detalhes da Implementação 101 5 Detalhes da Implementação Neste capítulo descreveremos detalhes da implementação do Explorator que foi desenvolvido usando o paradigma MVC 45 e o paradigma de CoC 46 (Convention

Leia mais

Autor: Ricardo Francisco Minzé Júnior - ricardominze@yahoo.com.br Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5.

Autor: Ricardo Francisco Minzé Júnior - ricardominze@yahoo.com.br Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5. Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5. Talvez a primeira vista você ache estranha a palavra Camada em programação, mas o que vem a ser Camada? Segundo o dicionário: Camada 1 - Qualquer matéria

Leia mais

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 3

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 3 AULA Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 3 Continuando nossa saga pelas ferramentas do Visual FoxPro 8.0, hoje vamos conhecer mais algumas. A Ferramenta Class Designer A Class Designer é a ferramenta

Leia mais

JavaScript. JavaScript é uma linguagem de script usada em navegadores web. É uma linguagem dinâmica, estruturada e orientada em objetos.

JavaScript. JavaScript é uma linguagem de script usada em navegadores web. É uma linguagem dinâmica, estruturada e orientada em objetos. JavaScript JavaScript é uma linguagem de script usada em navegadores web. É uma linguagem dinâmica, estruturada e orientada em objetos. Pode ser usada dentro do próprio arquivo HTML ou estruturada em um

Leia mais

Ruby on Rails do Básico ao Avançado

Ruby on Rails do Básico ao Avançado Ruby on Rails do Básico ao Avançado Aula 01 Introdução ao Ruby, Instalação e Linguagem 1 Se você se inscreveu neste curso, obviamente está interessado em aprer ou avançar seu conhecimento sobre Rails e

Leia mais

Alfamídia Programação: Desenvolvendo com C#

Alfamídia Programação: Desenvolvendo com C# Alfamídia Programação: Desenvolvendo com C# Todos os direitos reservados para Alfamídia Prow AVISO DE RESPONSABILIDADE As informações contidas neste material de treinamento são distribuídas NO ESTADO EM

Leia mais

Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML

Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML Objetivos Detalhar conceitos sobre TAGS HTML: elementos, atributos, elemento vazio, links. Implementar páginas de internet com uso da linguagem HTML; Ferramentas Necessárias

Leia mais

Grails 2.1.0 e as novidades

Grails 2.1.0 e as novidades _capa Grails 2.1.0 e as novidades Novidades na versão 2.1.0. Neste artigo vamos aprender e conhecer sobre o framework Grails. Vamos desenvolver uma aplicação para web de forma ágil, aprender sobre as convenções

Leia mais

Linguagens de Programação. Introdução. Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp

Linguagens de Programação. Introdução. Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp Linguagens de Programação Introdução Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp Motivação Algumas questões filosóficas Por quê existe mais de uma linguagem de programação?

Leia mais

Abordagem baseada numa visão evolutiva do desenvolvimento de software, afetando o processo como um todo Protótipo de software é um sistema que...

Abordagem baseada numa visão evolutiva do desenvolvimento de software, afetando o processo como um todo Protótipo de software é um sistema que... Prototipação Abordagem baseada numa visão evolutiva do desenvolvimento de software, afetando o processo como um todo Protótipo de software é um sistema que... deve ser construído rapidamente e com baixo

Leia mais

Fundamentos de Programação II. Introdução à linguagem de programação C++

Fundamentos de Programação II. Introdução à linguagem de programação C++ Fundamentos de Programação II Introdução à linguagem de programação C++ Prof. Rafael Henrique D. Zottesso Material cedido por Prof. Msc. Everton Fernando Baro Agenda IDE HelloWorld Variáveis Operadores

Leia mais

Algoritmos em Javascript

Algoritmos em Javascript Algoritmos em Javascript Sumário Algoritmos 1 O que é um programa? 1 Entrada e Saída de Dados 3 Programando 4 O que é necessário para programar 4 em JavaScript? Variáveis 5 Tipos de Variáveis 6 Arrays

Leia mais

O que é um framework?

O que é um framework? O que é um framework? Um framework, ou arcabouço, em desenvolvimento de software, é uma abstração que une códigos comuns entre vários projetos de software provendo uma funcionalidade genérica. (Wikipedia)

Leia mais

PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK

PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK MVC PROGRAMMING AND ZEND FRAMEWORK Rodolfo Vinícius Moimas Dias Centro Universitário Filadélfia de Londrina UniFil Rafael Francovig Cavicchioli Centro Universitário Filadélfia

Leia mais

Estudo de caso de solução integrada ao AutoCAD através da API.NET para conversão de desenhos

Estudo de caso de solução integrada ao AutoCAD através da API.NET para conversão de desenhos Estudo de caso de solução integrada ao AutoCAD através da API.NET para conversão de desenhos Augusto Cesar Silva Brighenti Álamo Soluções em TI A sessão será um estudo de caso de uma solução de integração

Leia mais

Rails & Javascript Faça isso direito! Dicas de como organizar o javascript em apps Rails não SPA

Rails & Javascript Faça isso direito! Dicas de como organizar o javascript em apps Rails não SPA Rails & Javascript Faça isso direito! Dicas de como organizar o javascript em apps Rails não SPA $ whoami Cezinha Anjos. Comecei programando num Apple II e gravando programas em fitas cassetes há 26 anos

Leia mais

PostgreSQL o SGBD das 1001 linguagens Diogo Biazus diogob@gmail.com

PostgreSQL o SGBD das 1001 linguagens Diogo Biazus diogob@gmail.com PostgreSQL o SGBD das 1001 linguagens Diogo Biazus diogob@gmail.com Um dos grandes diferenciais do PostgreSQL em relação à maioria dos outros sistemas de bancos de dados é a presença de diversas linguagens

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

A Linguagem Python: Uma visão geral. Prof. Alberto Costa Neto Programação em Python

A Linguagem Python: Uma visão geral. Prof. Alberto Costa Neto Programação em Python A Linguagem Python: Uma visão geral Prof. Alberto Costa Neto Programação em Python Python é a linguagem do interpretador Python e daqueles que são capazes de conversar com ele. Um indivíduo que fala Python

Leia mais

Introdução a lógica de programação. Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express

Introdução a lógica de programação. Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Introdução a lógica de programação Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Roteiro da aula Linguagem de Programação Visual C#: Introdução a C# através de comandos de entrada

Leia mais

Para testar seu primeiro código utilizando PHP, abra um editor de texto (bloco de notas no Windows) e digite o código abaixo:

Para testar seu primeiro código utilizando PHP, abra um editor de texto (bloco de notas no Windows) e digite o código abaixo: Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

O Primeiro Programa em Visual Studio.net

O Primeiro Programa em Visual Studio.net O Primeiro Programa em Visual Studio.net Já examinamos o primeiro programa escrito em C que servirá de ponto de partida para todos os demais exemplos e exercícios do curso. Agora, aprenderemos como utilizar

Leia mais

Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre Linguagens de Programação* (*Mas Tinha Medo de Perguntar) Diego Padilha Rubert FACOM

Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre Linguagens de Programação* (*Mas Tinha Medo de Perguntar) Diego Padilha Rubert FACOM Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre Linguagens de Programação* (*Mas Tinha Medo de Perguntar) Diego Padilha Rubert FACOM Por quê? O aprendizado em Algoritmos e Programação visa lógica de programação

Leia mais

PHP Conference Brasil

PHP Conference Brasil CakePHP Elton Luís Minetto Agenda O que é o CakePHP Conceitos básicos Requisitos Instalação Configuração Aplicação de exemplo O que é o CakePHP Cake é um framework para PHP que usa padrões de desenvolvimento

Leia mais

Introdução a ActionScript 3.0

Introdução a ActionScript 3.0 Introdução a ActionScript 3.0 Profa. Flávia Pereira de Carvalho Fontes: Adobe Flash CS4 Design para Web Processor Alfamídia Classroom in a Book Guia de Treinamento Oficial da Adobe Crie, Anime e Publique

Leia mais

Criação de Servlets Name Directory Build WAR JSP/Servlet frameworks Launch URL Package Class name Generate header comments

Criação de Servlets Name Directory Build WAR JSP/Servlet frameworks Launch URL Package Class name Generate header comments Criação de Servlets 1. Crie um novo projeto através do Menu File New Project. 2. Acesse o Menu File New. 3. Na janela Object Gallery que surgirá, selecione a guia Web. 4. Escolha o ícone que corresponde

Leia mais

JSP - ORIENTADO A OBJETOS

JSP - ORIENTADO A OBJETOS JSP Orientação a Objetos... 2 CLASSE:... 2 MÉTODOS:... 2 Método de Retorno... 2 Método de Execução... 2 Tipos de Dados... 3 Boolean... 3 Float... 3 Integer... 4 String... 4 Array... 4 Primeira:... 4 Segunda:...

Leia mais

Desenvolvimento de um Portal Web para Viajantes Utilizando Ruby on Rails e Bootstrap

Desenvolvimento de um Portal Web para Viajantes Utilizando Ruby on Rails e Bootstrap FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA BACHARELADO EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO Trabalho de Conclusão de Curso Atividade Prática de Desenvolvimento de Software Jackson Hélio de Cerqueira 8386 André Marcos Silva (Orientador)

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Tópicos de Ambiente Web Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Roteiro Motivação Desenvolvimento de um site Etapas no desenvolvimento de software (software:site) Analise

Leia mais

Organização de Computadores Software

Organização de Computadores Software Organização de Computadores Software Professor Marcus Vinícius Midena Ramos Colegiado de Engenharia de Computação (74)3614.1936 marcus.ramos@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~marcus.ramos Objetivos: Entender

Leia mais

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Programação Web com PHP Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Agenda O que é PHP? O que da pra fazer com PHP? Como a web funciona? Onde, quando e por que

Leia mais

Aplication blackboxing

Aplication blackboxing Aplication blackboxing Além da mentalidade monolítica Diogo Terror escalabilidade de código? escalabilidade de código! Diogo Terror Real Terror Estamos contratando recrutamento@boo-box.com Features++

Leia mais

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza PHP e Banco de Dados progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net PHP e Banco de Dados É praticamente impossível

Leia mais

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério.

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. EDSON GONÇALVES Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. AGRADECIMENTOS Primeiramente gostaria de agradecer

Leia mais

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br Desenvolvimento Web Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas http://www.saymonyury.com.br Vantagens Informação em qualquer hora e lugar; Rápidos resultados; Portabilidade absoluta; Manutenção facilitada

Leia mais

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE CODIFICAÇÃO PHP CODING STANDARDS

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE CODIFICAÇÃO PHP CODING STANDARDS MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE CODIFICAÇÃO PHP CODING STANDARDS versão 1.0 W7BR Soluções e Tecnologia contato@w7br.com Sumário INTRODUÇÃO... 3 Observação... 3 FORMATO DO ARQUIVO PHP... 4 Identação... 4 Codificação

Leia mais

Escrito por Sáb, 15 de Outubro de 2011 01:19 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:32

Escrito por Sáb, 15 de Outubro de 2011 01:19 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:32 Preço R$ 129.00 Compre aqui Curso de PHP O.O usando Adodb, aprenda a criar uma loja virtual (carrinho de compras) até a geração do boleto bancário. Usei: Mysql e Dreamweaver cs4. São 163 videoaulas, 2

Leia mais

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul Informação e Comunicação: Habilitação Técnica de Nível Médio Técnico em Informática Programação Android na IDE Eclipse PROGRAMANDO ANDROID

Leia mais

Aula 02: C# - Estruturas de Decisão

Aula 02: C# - Estruturas de Decisão Aula 02: C# - Estruturas de Decisão Estruturas de decisão: if if...else Switch Exercícios em Sala de Aula Normalmente, os comandos em um programa são executados um depois do outro, na seqüência em que

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas

Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas Manual de padrões e convenções para desenvolvimento de sistemas PHP Versão Conteúdo 1.

Leia mais