AccuSine SWP A. Instalação. Filtro harmônico ativo 2/2015.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AccuSine SWP A. Instalação. Filtro harmônico ativo 2/2015."

Transcrição

1 AccuSine SWP A Instalação Filtro harmônico ativo 2/2015

2 Informações legais A marca Schneider Electric e quaisquer marcas registradas da Schneider Electric Industries SAS referidas neste guia são propriedades exclusivas da Schneider Electric SA e de suas subsidiárias. Elas não podem ser usadas para quaisquer fins sem a permissão por escrito do proprietário. Este guia e seu conteúdo estão protegidos, no sentido de código de propriedade intelectual francês (Code de la propriété intellectuelle français, referido daqui por diante como "o Código"), de acordo com as leis de direitos autorais que cobrem textos, desenhos e modelos, bem como leis de marcas comerciais. Você concorda em não reproduzir, exceto para seu próprio uso e não comercial conforme definido no Código, total e parcialmente o guia em qualquer meio sem a permissão por escrito da Schneider Electric. Você também concorda em não estabelecer quaisquer links de hipertexto para este guia ou seu conteúdo. A Schneider Electric não concede quaisquer direitos ou licença para o uso pessoal e não comercial do guia ou de seu conteúdo, exceto uma licença não exclusiva para consultá-lo com base no "estado em que se encontra", por sua própria conta e risco. Todos os direitos reservados. O equipamento elétrico deve ser instalado, operado, reparado e mantido somente por pessoal qualificado. A Schneider Electric não assume qualquer responsabilidade por quaisquer consequências que resultem do uso deste material. Uma vez que padrões, especificações e desenhos mudam de quando em quando, solicite a confirmação das informações fornecidas nesta publicação.

3 A Índice analítico Informações importantes sobre segurança...5 Precauções de segurança...6 Segurança em eletricidade...8 Especificações...9 Especificações de entrada...9 Características técnicas...9 Proteção de alimentação...10 Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 20 A...10 Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 30 A...12 Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 45 A...14 Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 60 A...16 Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 90 A...18 Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 120 A...20 Tamanho recomendado dos cabos...22 Tamanhos de cabo de energia recomendados...22 Tamanhos de cabo de sinal recomendados...22 Sensores de corrente fechados...22 Sensores de corrente redondos abertos...24 Sensores de corrente retangulares abertos...24 Ambientais...25 Dissipação de energia térmica...25 Pesos e dimensões...26 Diagramas de linha única A, 30 A, 45 A ou 60 A A ou 120 A...27 Dois 20 A, 30 A, 45 A ou 60 A em paralelo...27 Dois 90 A ou 120 A em paralelo...28 Montagem mecânica...29 Espaço livre...29 Filtro harmônico ativo autônomo...30 Dois filtros harmônicos ativos no gabinete...31 Dois filtros harmônicos ativos lado a lado...32 Preparação para a instalação...33 Conectar cabos chatos...34 Conectar cabos chatos para filtros harmônicos ativos de 90 A e 120 A...34 Conectar cabos chatos para instalações paralelas...35 Monte os sensores de corrente nos cabos ou nos barramentos...36 Conecte os sensores de corrente B-024 3

4 A Conectar contatos secos...38 Contatos de entrada e saída...39 Sistema de comunicação Modbus e JBUS...40 Interface RS Topologia RS485 de conexão entre gabinetes utilizando dois cabos...41 Topologia RS485 de conexão entre gabinetes utilizando quatro cabos...42 Configurar conexão RS Interface de conexão RS Polarização...43 Matching...43 Escolher o cabo de conexão...44 Polarização e/ou término através do conector externo...44 Polarização e/ou Matching através do painel MERY B-024

5 Informações importantes sobre segurança Informações importantes sobre segurança A Leia estas instruções atentamente e examine o equipamento para familiarizar-se com ele antes de tentar instalá-lo, operá-lo, repará-lo ou fazer sua manutenção. As mensagens de segurança a seguir podem aparecer neste manual ou no equipamento para alertar sobre possíveis riscos ou chamar a atenção para informações que esclarecem ou simplificam um procedimento. O acréscimo deste símbolo a mensagens de segurança de Perigo ou Atenção indica que existe um risco elétrico que resultará em lesões se as instruções não forem seguidas. Este é o símbolo de alerta de segurança. Ele é usado para alertá-lo sobre possíveis riscos de lesões. Observe todas as mensagens de segurança com este símbolo para prevenir possíveis lesões ou morte. PERIGO PERIGO indica uma situação perigosa que, se não evitada, resultar em morte ou lesões graves. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. ATENÇÃO ATENÇÃO indica uma situação perigosa que, se não evitada, poderá resultar em morte ou lesões graves. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte, ferimentos graves ou danos do equipamento. CUIDADO CUIDADO indica uma situação perigosa que, se não evitada, poderá resultar em lesões leves ou moderadas. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em ferimentos graves ou danos do equipamento. AVISO AVISO é usado para referir-se a práticas não relacionadas a lesões físicas. O símbolo de alerta de segurança não será usado com este tipo de mensagem de segurança. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em danos do equipamento. Observação O equipamento elétrico deve ser instalado, operado, consertado e deve ter sua manutenção realizada somente por funcionários qualificados. A Schneider Electric não assume nenhuma responsabilidade por quaisquer consequências decorrentes do uso deste material B-024 5

6 A Informações importantes sobre segurança Um funcionário qualificado é aquele que tem habilidades e conhecimento relacionados à construção, instalação e operação do equipamento elétrico, e recebeu treinamento de segurança para reconhecer e evitar os risco envolvidos. Precauções de segurança PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Todas as instruções de segurança neste documento devem ser lidas, compreendidas e seguidas. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Leia todas as instruções no manual de instalação antes de instalar ou trabalhar com este filtro harmônico ativo do AccuSine SWP. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Não instale o filtro harmônico ativo até que todo o processo de construção tenha terminado e a sala de instalação esteja limpa. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO O produto deve ser instalado de acordo com as especificações e os requisitos definidos pela Schneider Electric. Eles dizem respeito, em especial, a proteções externas e internas (disjuntores upstream, disjuntores da bateria, cabeamento, etc.) e requisitos ambientais. Caso esses requisitos não sejam atendidos, a Schneider Electric não assumirá quaisquer responsabilidades. Após completar a fiação elétrica do filtro harmônico ativo, não inicie o sistema. A inicialização deve ser executada somente pela Schneider Electric. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO O filtro harmônico ativo deve ser instalado de acordo com as normas locais e nacionais. Instale o filtro harmônico ativo de acordo com: IEC (incluindo proteção contra choque elétrico, proteção contra efeito térmico, e proteção contra incêndio), O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves B-024

7 Informações importantes sobre segurança A PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Instale o filtro harmônico ativo em um ambiente com temperatura controlada, isento de condutores contaminantes e umidade. Instale o filtro harmônico ativo em uma superfície não inflamável, firme e nivelada (por exemplo, concreto) que possa suportar o peso do sistema. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO O filtro harmônico ativo não foi projetado para os seguintes ambientes incomuns e, por conseguinte, não deve ser instalado neles: Gases prejudiciais Misturas explosivas de pó ou gases, gases corrosivos ou calor condutivo ou radiante de outras fontes Umidade, pó abrasivo, vapor ou em um ambiente de umidade excessiva Fungos, insetos, pestes Ar com alto teor de sal ou fluido refrigerante contaminado Grau de poluição maior do que dois de acordo com IEC Exposição a vibrações, choques e inclinações anormais Exposição à luz solar direta, fontes de aquecimento ou campos eletromagnéticos potentes. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Não perfure paredes para passar cabos ou conduítes com a placa de cobertura instalada e não perfure paredes próximas ao filtro harmônico ativo. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. RISCO DE ARCO VOLTAICO ATENÇÃO Não faça modificações mecânicas no produto (incluindo remoção de partes do gabinete, furos e cortes) que não estejam descritas no Manual de instalação. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte, ferimentos graves ou danos do equipamento. ATENÇÃO RISCO DE AQUECIMENTO EXCESSIVO Respeite os requisitos de espaço em volta do filtro harmônico ativo e não cubra a ventilação do produto quando o filtro harmônico ativo estiver em operação. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte, ferimentos graves ou danos do equipamento B-024 7

8 A Segurança em eletricidade Informações importantes sobre segurança PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO O equipamento elétrico deve ser instalado, operado, consertado e deve ter sua manutenção realizada somente por funcionários qualificados. O filtro harmônico ativo deve ser instalado em um local com acesso restrito (apenas pessoal qualificado). Utilize equipamentos de proteção pessoal (PPE) apropriados e siga as práticas seguras de trabalho elétrico. Desligue a fonte de alimentação do filtro harmônico ativo antes de trabalhar com o equipamento de forma geral ou em seu interior. Antes de trabalhar no filtro harmônico ativo, verifique possibilidade de tensão perigosa entre todos os terminais, incluindo o aterramento protetor. O filtro harmônico ativo contém uma fonte de energia interna. Poderá existir uma tensão perigosa mesmo quando essas unidades não estiverem conectadas à alimentação elétrica. Antes de instalar ou fazer a manutenção do filtro harmônico ativo, certifique-se de que as unidades estejam desligadas (OFF) e que a alimentação elétrica e as baterias estejam desconectadas. Aguarde cinco minutos antes de abrir o filtro harmônico ativo para permitir a descarga dos capacitores. Deve ser instalado um dispositivo de desconexão (por exemplo, um disjuntor ou chave) para possibilitar o isolamento do filtro harmônico ativo de fontes de alimentação, de acordo com regulamentos locais. Este dispositivo de desconexão deve ser visível e de fácil acesso. O filtro harmônico ativo deve estar adequadamente ligado à terra e, devido a uma alta corrente de fuga, o condutor de aterramento deve ser conectado primeiro. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves B-024

9 Especificações Especificações A Especificações de entrada Tensão nominal (V) % + 15% Tipo de conexão 3 cabos (3P) 4 cabos (3P+N) 1 Frequência de entrada (Hz) 50 (60 +/- 4) Características técnicas NOTA: Valores típicos em um sistema trifásico de 400 V 50 Hz. 20 A 30 A 45 A 60 A 90 A 120 A Tipo de compensação Corrente nominal no neutro Ordens de harmônicos compensados RMS (a capacidade de condicionamento diminui com a frequência das ordens a serem condicionadas) 3 x In em cada fase (resultado da recombinação harmônica no neutro) H2 a H50 (configuração de parâmetro possível) Compensação global ou seletiva Capacidade dinâmica em di/dt > 100 ka/s > 200 ka/s > 400 ka/s Tempo de resposta THDI Overload (sobrecarga) Corrente inrush 40 ms THDI da carga/thdi de entrada 10 à corrente nominal do filtro harmônico ativo se: THDI da carga > 40% THDI de entrada > 4% a corrente nominal do filtro harmônico ativo se THDI da carga < 40% taxa de compensação de redução global THDI = harmônica-i/fundamental-i Limitado à corrente nominal Possível operação com a corrente nominal Menos que a corrente nominal sem autotransformador correspondente 1. A operação é possível em uma carga monofásica ou desbalanceada) B-024 9

10 A Especificações Proteção de alimentação NOTA: As proteções devem ser determinadas de acordo com as normas em vigor e de acordo com os requisitos de seletividade. Esses modelos servem somente de orientação e não envolvem a responsabilidade da Schneider Electric. NOTA: É fornecida uma etiqueta, como mostrado aqui, que deve ser aplicada ao dispositivo de desconexão upstream (por exemplo, disjuntor). Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 20 A NOTA: Is = corrente de dimensionamento Neutro não distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 32 A 3 polos Unidade de disparo: tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 2,4 e 3,6 In Neutro não protegido Proteção contra fuga à terra: 500 ma Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C60 32 A 3P Unidade de disparo: Curva Z Proteção contra fuga à terra: Módulo C60 Vigi; configuração a 500 ma Neutro distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 100 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 40 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Proteção contra fuga à terra: dependente da instalação Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX100 4p3d Unidade de disparo: Micrologic2 100 A / Configuração de Ir= 40A Proteção contra fuga à terra: Vigicompact MH ou MB, configuração dependente da instalação B-024

11 Especificações A Sistema de ligação à terra TNC Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 32 A 3 polos Unidade de disparo: tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 2,4 e 3,6 In Neutro não protegido Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C60 32 A 3P Unidade de disparo: Curva Z Sistema de ligação à terra TNS Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 100 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 40 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX100 4p3d Unidade de disparo: Micrologic2 100 A / Configuração de Ir= 40 A B

12 A Especificações Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 30 A NOTA: Is = corrente de dimensionamento Neutro não distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 32 A 3 polos Unidade de disparo: tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 2,4 e 3,6 In Neutro não protegido Proteção contra fuga à terra: 500 ma Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C60 32 A 3P Unidade de disparo: Curva Z Proteção contra fuga à terra: Módulo C60 Vigi; configuração a 500 ma Neutro distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 100 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 40 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Proteção contra fuga à terra: dependente da instalação Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX100 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 100 A / Configuração de Ir= 40 A Proteção contra fuga à terra: Vigicompact MH ou MB, configuração dependente da instalação Sistema de ligação à terra TNC Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 32 A 3 polos Unidade de disparo: tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 2,4 e 3,6 In Neutro não protegido Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C60 32 A 3P Unidade de disparo : Curva Z B-024

13 Especificações A Sistema de ligação à terra TNS Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 100 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 40 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX100 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 100 A / Configuração de Ir= 40A B

14 A Especificações Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 45 A NOTA: Is = corrente de dimensionamento Neutro não distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: In = 63 A 3 polos Unidade de disparo: tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 3,2 e 4,8 In Proteção contra fuga à terra: 1000 ma Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C60 63 A 3P Unidade de disparo : Curva B Proteção contra fuga à terra: Módulo C60 Vigi; configuração a 1000 ma Neutro distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 160 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 63 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Proteção contra fuga à terra: dependente da instalação Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX160 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 160 A / Configuração de Ir= 63A Proteção contra fuga à terra: Vigicompact MH ou MB, configuração: dependente da instalação Sistema de ligação à terra TNC Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: In = 63 A 3 polos Unidade de disparo: Tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 3,2 e 4,8 In Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C60 63 A 3P Unidade de disparo : Curva B B-024

15 Especificações A Sistema de ligação à terra TNS Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 160 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 63 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX160 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 100 A / Configuração de Ir=63 A PE N B

16 A Especificações Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 60 A NOTA: Is = corrente de dimensionamento Neutro não distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 80 A 3 polos Unidade de disparo: Tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 3,2 e 4,8 In Proteção contra fuga à terra: 1000 ma Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C120H 80A 3P Unidade de disparo : Curva B Proteção contra fuga à terra: C60 Vigicomodule ; configuração a 1000 ma Neutro distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 250 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 100A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Proteção contra fuga à terra: configuração dependente da instalação Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX250 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 250 A / Configuração de Ir= 100 A Proteção contra fuga à terra: Vigicompact MH ou MB, configuração dependente da instalação Sistema de ligação à terra TNC Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: In=120 A 3 polo Unidade de disparo: Tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 3,2 e 4,8 In Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C120H 80 A 3P Unidade de disparo : Curva B B-024

17 Especificações A Sistema de ligação à terra TNS Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 250 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 100 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX250 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 250 A / Configuração de Ir= 100 A B

18 A Especificações Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 90 A Neutro não distribuído NOTA: Is = corrente de dimensionamento Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: In = 63 A 3 polos Unidade de disparo: Tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 3,2 e 4,8 In Proteção contra fuga à terra: 1000 ma Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C60 63 A 3P Unidade de disparo : Curva B Proteção contra fuga à terra: Módulo C60 Vigi; configuração a 1000 ma Neutro distribuído Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 160 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 63 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Proteção contra fuga à terra: configuração dependente da instalação Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX160 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 160 A / Configuração de Ir=63 A Proteção contra fuga à terra: Vigicompact MH ou MB, configuração dependente da instalação B-024

19 Especificações A Sistema de ligação à terra TNS Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 160 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 63 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX160 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 100 A / Configuração de Ir= 63A Sistema de ligação à terra TNC Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: In = 63 A 3 polos Unidade de disparo: Tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 3,2 e 4,8 In Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C60 63 A 3P Unidade de disparo : Curva B B

20 A Especificações Proteção e conexão recomendada ao bloco de terminais do filtro harmônico ativo 120 A Neutro não distribuído NOTA: Is = corrente de dimensionamento Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 80 A 3 polos Unidade de disparo: Tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 3,2 e 4,8 In Proteção contra fuga à terra: 1000 ma Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C120H 80 A 3P Unidade de disparo : Curva B Proteção contra fuga à terra: C60 Vigicomodule ; configuração a 1000 ma Neutro distribuído NOTA: Is = corrente de dimensionamento Sistema de ligação à terra TT Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 250 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 100 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Proteção contra fuga à terra: configuração dependente da instalação Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX250 4p3d Unidade de disparo: Micrologic2 250 A / Configuração de Ir=100A Proteção contra fuga à terra: Vigicompact MH ou MB, configuração dependente da instalação B-024

21 Especificações A Sistema de ligação à terra TNC Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 80 A 3 polos Unidade de disparo: Tipo de proteção de circuito eletrônico: Magnético entre 3,2 e 4,8 In Proteção contra fuga à terra: 1000 ma Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: C120H 80 A 3P Unidade de disparo: Curva B Proteção contra fuga à terra: C60 Vigicomodule ; configuração a 1000 ma Sistema de ligação à terra TNS Especificações do disjuntor: Dimensionamento do disjuntor: 250 A 4 polos / 3 polos protegidos Unidade de disparo: Limiar térmico: Ir = 100 A Limite magnético: Im= 2 x Ir Neutro não protegido Recomendações da Schneider Electric: Disjuntor: NSX250 4p3d Unidade de disparo : Micrologic2 250 A / Configuração de Ir=100 A B

22 A Especificações Tamanho recomendado dos cabos Tamanhos de cabo de energia recomendados Os tamanhos dos cabos devem atender às normas em vigor. Classificação Tamanho recomendado dos cabos (mm²) Conexão do bloco de terminais (mm²) Diâmetro do terminal olhal (mm) Comprimento máximo dos cabos de alimentação (m) Fases Neutro 20 A 2, A A A A 10 por filtro harmônico ativo 120 A 16 por filtro harmônico ativo 50 por filtro harmônico ativo 70 por filtro harmônico ativo Tamanhos de cabo de sinal recomendados Conector Tamanho recomendado dos cabos (mm²) Tipo de condutor recomendado Observação Bloco de terminais de contato seco 0,5 mínimo 2,5 máximo Cabos multicore (não fornecidos) Bloco de terminais de parafusos removível (fornecido) Sub-D de 9 pinos Cabo blindado (não fornecido) Conector macho com contatos fêmea no filtro harmônico ativo; a blindagem deve ser conectada nas duas extremidades. Sensores de corrente fechados NOTA: Os sensores de corrente devem ser comprados separadamente. Classificação Dimensões externas H1 / H2 / L / P (mm) Primário B1 / B2 (mm) Diâmetro máximo do cabo (mm) Secundário Diâmetros de bornes na parte A (mm) Tamanho do cabo (cabos trançados de dois núcleos) (mm²) Comprimento máximo de cabos (não fornecidos) (m) 300/1 500/1 76 / 106 / 76 / ou 5, dependendo do fornecedor 1000/1 90 / 106 / 77 / / /1 165 / 194 / 95 / (22) Somente barramento < B1 x B2 2000/1 165 / 194 / 95 / (22) Somente barra coletora Mínimo 0,75 (recomendado) ao máximo 2, B-024

23 Especificações A Classificação Dimensões externas H1 / H2 / L / P (mm) Primário B1 / B2 (mm) Diâmetro máximo do cabo (mm) Secundário Diâmetros de bornes na parte A (mm) Tamanho do cabo (cabos trançados de dois núcleos) (mm²) Comprimento máximo de cabos (não fornecidos) (m) 3000/1 180 / 209 / 115 / (32) Somente barra coletora 4000/1 180 / 209 / 115 / (32) Somente barra coletora N/A B

24 A Especificações Sensores de corrente redondos abertos NOTA: Os sensores de corrente devem ser comprados separadamente. Classificação Externo Primário Secundário Dimensões (mm) Distância central da fixação E (mm) Diâmetro de parafusos (mm) Diâmetro máximo do cabo Cabo Tamanho do cabo (cabos de dois núcleos) (mm²) Comprimento máximo de cabos (m) 600/1 D2 = 96,5 L = 128 P = D1 = 48 Kit de fiação fornecido (5 m) Mínimo 0,75 (recomendado) ao máximo 2, /1 D2 = 137,5 L = 298 P = 34 D1 = 69 ou barramento D3 = 206 Sensores de corrente retangulares abertos NOTA: Os sensores de corrente devem ser comprados separadamente B-024

25 Especificações A Potência Externo Primário Secundário Dimensões (mm) Diâmetro máximo do cabo Diâmetro de parafusos (mm) Tamanho do cabo (cabos de dois núcleos) (mm²) Comprimento máximo de fios (m) 600/1 D2 = 120 L = 157 P = 34 D1 = 52 D3 = 82 5 Mínimo 0,75 (recomendado) ao máximo 2, /1 D2 = 150 L = 239 P = 34 D1 = 82 D3 = 162 Ambientais Temperatura Elevação Operação Armazenamento Armazenamento Operação 20 A 30 A 45 A 60 A 90 A 120 A -25 ºC a 70 ºC 0 ºC a 40 ºC. 25 C é recomendado metros 1000 m sem redução de carga > 1000 m com 10% de redução da carga por 1000 m adicionais Umidade relativa durante a operação Classe de proteção Cor Som audível de acordo com o ISO 3746 Ar forçado por ventiladores internos (entrada pela parte inferior e saída pela parte superior) 20% a 95% (sem condensação) IP20 RAL 9002 (cinza-claro) <58 dba <59 dba <62 dba <64 dba <65 dba <67 dba 1000 m³/h 2000 m³/h Dissipação de energia térmica Classificação 20 A 30 A 45 A 60 A 90 A 120 A Dissipação de energia térmica (W) < 1000 < 1200 < 1900 < 2400 < 3800 < B

26 A Especificações Pesos e dimensões Classificação Peso (kg) Altura mm Largura mm Profundidade mm 20 A e 30 A A e 60 A A e 120 A 2 x x x Diagramas de linha única PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Isole todas as interconexões dos filtros harmônicos ativos antes da instalação ou do serviço. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. NOTA: A posição dos sensores depende da instalação. NOTA: O filtro harmônico ativo é conectado em paralelo com a carga. NOTA: O filtro harmônico ativo será alimentado a partir de um alimentador de saída separado. Esta linha deve ser protegida por um disjuntor. O filtro harmônico ativo usa esta linha para enviar harmônicos destinados a compensar os harmônicos de carga de volta para a rede elétrica. É possível conectar dois, três ou quatro filtros harmônicos ativos com a mesma classificação em paralelo para compensar cargas mais altas. Cada filtro harmônico ativo usa independentemente medições de corrente de três sensores, não importa qual seja o estado do outro filtro harmônico ativo. Dois cabos entre os filtros harmônicos ativos permitem o monitoramento de todos os filtros harmônicos ativos conectados para estabelecer a quantidade de harmônicos a serem fornecidos. Cada circuito de energia permanece independente e tem sua própria proteção. 20 A, 30 A, 45 A ou 60 A B-024

27 Especificações A 90 A ou 120 A Dois 20 A, 30 A, 45 A ou 60 A em paralelo B

28 A Especificações Dois 90 A ou 120 A em paralelo B-024

29 Montagem mecânica Montagem mecânica A Filtros harmônicos ativos de 90 A e 120 A são compostos de dois filtros harmônicos ativos com as mesmas dimensões que os filtros harmônicos ativos de 45 A e 60 A. Esses filtros harmônicos ativos podem ser colocados lado a lado ou um em cima do outro (sujeito aos requisitos para a instalação no que respeita à ventilação). Classificação Distância central da fixação Diâmetro de parafusos de fixação (mm) Largura (mm) Altura (mm) 20 A e 30 A A e 60 A Espaço livre NOTA: As dimensões do espaço livre são publicadas somente para o fluxo de ar e o acesso para serviço. Consulte os códigos e normas de segurança local para obter requistos adicionais em sua área local. NOTA: O filtro harmônico ativo deve ser montado verticalmente e distante de qualquer fonte de calor (sistema de aquecimento, transformador, motor etc.). Pode ser instalado em um gabinete ou fixado contra uma parede. NOTA: Deixe um espaço livre de pelo menos 600 mm à frente do gabinete para a abertura da porta B

30 A Montagem mecânica Filtro harmônico ativo autônomo B-024

31 Montagem mecânica A Dois filtros harmônicos ativos no gabinete B

32 A Montagem mecânica Dois filtros harmônicos ativos lado a lado B-024

33 Preparação para a instalação Preparação para a instalação A PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Desenergize o filtro harmônico ativo antes de realizar o procedimento. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Conecte o condutor protetor PE ou PEN primeiro. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Use luvas de isolamento adequadas nos bornes elétricos de conexão para evitar o risco de choque elétrico. Consulte IEC O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. NOTA: O filtro harmônico ativo do AccuSine SWP é adequado para todos os tipos de sistema de aterramento, exceto para TI. 1. Verifique se o disjuntor do filtro harmônico ativo em seu painel de distribuição de baixa tensão se encontra na posição aberta (O). 2. Remova as placas de proteção dianteira e inferior do filtro harmônico ativo para acessar o bloco de terminais de conexão. 3. Encaixe a placa de proteção inferior do bloco de terminais de energia com as buchas para a passagem do cabo. Se vários furos forem feitos para passar os cabos, recorte um slot comum a todos os furos para impedir a geração de correntes parasitas. 4. Conecte o condutor PE ou PEN ao bloco de terminais aparafusado. 5. Conecte os cabos de energia (L1, L2 e L3) ao bloco de terminais. Verifique se a sequência de fase está correta. NOTA: Fixe os cabos próximo ao bloco de terminais para evitar tensão mecânica nos condutores. NOTA: Se os cabos forem puxados, a conexão de PE ou PEN deve ser a última a ser sujeita à força aplicada B

34 A Conectar cabos chatos Conectar cabos chatos PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Desenergize o filtro harmônico ativo antes de realizar o procedimento. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. RISCO DE ARCO VOLTAICO ATENÇÃO Fixe os cabos de sinal próximo aos conectores para evitar tensão mecânica nos condutores. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte, ferimentos graves ou danos do equipamento. Conectar cabos chatos para filtros harmônicos ativos de 90 A e 120 A NOTA: A fiação é conectada através da parte inferior, na frente do filtro harmônico ativo. 1. Remova a placa de proteção frontal. 2. Conecte o filtro harmônico ativo mestre da placa MERY ao filtro harmônico ativo escravo da placa DUMY. 3. Feche corretamente os conectores do condutor. 4. Fixe os cabos chatos próximo aos conectores para evitar tensão mecânica nos condutores ou no condutor que blinda o aterramento B-024

35 Conectar cabos chatos A Conectar cabos chatos para instalações paralelas 1. Conecte a placa MERY à placa PARY em todas as unidades de filtro harmônico ativo. 2. Conecte as placas PARY entre as unidades de filtro harmônico ativo (somente entre unidades mestre para 90 ou 120 A), criando um circuito. 3. Coloque as tiras de placa PARY em todas as unidades de filtro harmônico ativo de acordo com a ilustração. Filtro harmônico ativo número 1 Filtro harmônico ativo número 2 Filtro harmônico ativo número 3 Filtro harmônico ativo número B

36 A Monte os sensores de corrente nos cabos ou nos barramentos Monte os sensores de corrente nos cabos ou nos barramentos PERIGO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO VOLTAICO Desenergize o filtro harmônico ativo antes de realizar o procedimento. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em morte ou ferimentos graves. RISCO DE MONTAGEM INCORRETA CUIDADO Respeite e verifique a ordem da fase e a polaridade dos sensores de corrente. O não cumprimento destas instruções poderá resultar em ferimentos graves ou danos do equipamento. 1. Anexe as três etiquetas fornecidas aos três sensores de corrente. 2. Monte os três sensores de corrente em cada um dos cabos/barramentos L1 e L2, (e L3 se o neutro estiver sendo usado) suprindo a carga. 3. Aperte os parafusos em ambos os lados dos sensores. 4. Fixe o sensor de corrente aos cabos/barramentos usando os bornes de fixação fornecidos B-024

37 Conecte os sensores de corrente Conecte os sensores de corrente A NOTA: Passe os cabos de sinal distantes dos cabos de energia. Filtros harmônicos ativos de 20 A, 30 A, 45 A e 60 A Filtros harmônicos ativos de 90 A e 120 A 1. Instale a tira X1 na posição MAINT na placa CCTY. 2. Remova a placa CCTY que está conectada à placa TIFY por meio do conector XR4. 3. Vire a placa CCTY. 4. Conecte o cabos de sinal S1 e S2 dos três sensores de corrente aos terminais XR1, XR2 e XR3 na placa CCTY. NOTA: Os cabos de sinal são fornecidos com os sensores de corrente para cabos (S1, azul, S2, marrom). Os cabos de sinal não são fornecidos com os sensores de corrente para barramentos. 5. Ajuste a placa CCTY novamente à placa TIFY com o conector XR4. 6. Fixe os cabos de sinal próximo aos terminais para evitar tensão mecânica nos condutores. 7. Reinstale as placas de proteção dianteira e inferior do filtro harmônico ativo. 8. Feche a porta. 9. Feche o disjuntor de entrada B

38 A Conectar contatos secos Conectar contatos secos NOTA: Capacidade de quebra de contato: P = 2 VA, U = 30 V máx., I = 1 A máx. NOTA: A conexão com o bloco de terminais pode ser feita enquanto o filtro harmônico ativo está em funcionamento. NOTA: Estes contatos estão em conformidade com os requisitos extra seguros de isolamento de baixa tensão. 1. Passe os cabos pela parte inferior do gabinete e conecte o seguinte cabo: A. Cabo de contato seco (não fornecido) B. Conector removível com polarização (fornecido) 2. Fixe os cabos de sinal próximo aos conectores para evitar tensão mecânica nos condutores. 3. Configure o bloco de terminais de contato seco: Duas chaves sem tensão: Filtro harmônico ativo em operação/parado. Uma chave sem tensão: operação limitada de corrente B-024

39 Contatos de entrada e saída Contatos de entrada e saída A Pino Descrição 10 (Não usado) 9 Comum 8 Filtro harmônico ativo interrompido 7 Filtro harmônico ativo em execução 6 Comum 5 Operação normal 4 Operação limitada 3 Comum 2 Filtro harmônico ativo interrompido 1 Filtro harmônico ativo em execução NO NC NO NC NO NC B

40 A Sistema de comunicação Modbus e JBUS Sistema de comunicação Modbus e JBUS Visão geral NOTA: O cabo de comunicação pode ser conectado ao Sub-D sem desligar o filtro harmônico ativo. Esta interface está em conformidade com os requisitos adicionais seguros de isolamento de baixa tensão A. Conector SUB-D fêmea de 9 pinos para a conexão com o padrão de comunicação EIA RS485 Função O sistema de comunicação, que suporta o padrão EIA RS485, permite a transmissão para uma ferramenta de computador de um conjunto de informações relativas ao estado da operação do filtro harmônico ativo. O protocolo de comunicação usado é compatível com os padrões JBUS e MODBUS. Os termos JBUS e MODBUS neste documento podem, portanto, ser usados de maneira intercambiável. NOTA: Os endereços do parâmetro são dados como Hexa" e são equivalentes aos endereços do MODBUS na sintaxe "%MW Hexa" de IEC61131 com índices baseados em 0. Interface RS485 Para um funcionamento adequado, a polaridade das linhas de dois e quatro cabos EIA RS485 deve ser definida como apenas um ponto e as linhas terminadas na extremidade. O princípio encontra-se ilustrado em Topologia RS485 de conexão entre gabinetes utilizando dois cabos, página 41 e Topologia RS485 de conexão entre gabinetes utilizando quatro cabos, página B-024

41 Sistema de comunicação Modbus e JBUS A Topologia RS485 de conexão entre gabinetes utilizando dois cabos A. Unidade principal B. Placa de um filtro harmônico ativo intermediário C. Placa de um filtro harmônico ativo de fim de linha D. Polaridade E. Conexão de fim de linha F. Matching G. Transmitir/receber dados Rp = resistor de polarização Ra = resistor de fim de linha (adaptação) B

42 A Sistema de comunicação Modbus e JBUS Topologia RS485 de conexão entre gabinetes utilizando quatro cabos A. Unidade principal B. Placa de um filtro harmônico ativo intermediário C. Placa de um filtro harmônico ativo de fim de linha D. Polaridade E. Conexão de fim de linha F. Matching G. Receptor escravo H. Transmissor mestre I. Transmitir dados J. Receber dados Rp = resistor de polarização Ra = resistor de fim de linha (adaptação) B-024

43 Sistema de comunicação Modbus e JBUS Configurar conexão RS A Interface de conexão RS485 NOTA: As microchaves (SA3 X e SA2 X) estão na posição aberta quando o filtro harmônico ativo é entregue. Conector do filtro harmônico ativo visto de baixo pino 1: 0 volts pino 2: RP_5V pino 3: Ra_A pino 4: RD-(B ) pino 5: TD-(B) pino 6: RP_0V pino 7: Ra_B pino 8: RD+(A ) pino 9: TD+(A) Polarização O uso e a lógica requerem o dispositivo mestre da rede para polarizar a linha (resistências Rp). Matching O matching (resistências Ra) deve ser realizado em ambas as extremidades da linha. Para evitar o não matching da linha ao desconectar um dispositivo, providencie um ou dois terminadores matching. Filtro harmônico ativo é um dispositivo escravo. Contudo, sua interface de conexão RS485 pode ser polarizada e conjugada em todas as topologias de conexão escolhidas, seja por conector externo seja por microchaves no painel MERY do filtro harmônico ativo B

44 A Sistema de comunicação Modbus e JBUS Escolher o cabo de conexão A escolha de cabos depende do setor relevante da aplicação, das taxas de fluxo e do ambiente em questão. Os cabos de transmissão a seguir podem ser escolhidos: Setor industrial Setor terciário Um, dois ou três pares de condutores por cabo Blindagem por par de condutores Condutores multifilares Pares torcidos blindados de telefone podem ser usados Um, dois ou três pares de condutores por cabo Blindagem de cabo, se necessário Pares de telefone blindados ou não blindados podem ser usados Doméstico Um ou dois pares de condutores por cabo Pares de telefone podem ser usados Proteção Todas as blindagens são aterradas em ambos os lados. Polarização e/ou término através do conector externo Interface RS485 de dois cabos A polaridade e/ou o término devem ser manipulados por jumpers na ligação do conector macho do cabo. NOTA: A polarização pode ser executada somente na recepção ou transmissão. A. Interface com polaridade e término. B. Interface com polaridade e sem término. C. Interface sem polaridade e com término. D. Interface sem polaridade e sem término L+ L- 5 9 L+ L- 5 9 L+ L- 5 9 L+ L- - A - - B - - C - - D - Interface RS485 de quatro cabos A. Interface com polaridade e término B. Interface com polaridade e sem término. C. Interface sem polaridade e com término. D. Interface sem polaridade e sem término R+ R- T+ T R+ R- T+ T R+ R- T+ T R+ R- T+ T- - A - - B - - C - - D B-024

45 Sistema de comunicação Modbus e JBUS A Polarização e/ou Matching através do painel MERY Visão geral após a remoção da tampa protetora A. Interruptores de configuração da conexão RS485 B. Chave fechada: na posição superior C. Chave aberta: na posição inferior SA2 SA3 Configuração dos microinterruptores NOTA: Ao configurar os microinterruptores, é vital que o filtro harmônico ativo seja desenergizado para funcionar sem risco na área reservada aos painéis. NOTA: A polarização é possível na recepção e na transmissão B

46 A Sistema de comunicação Modbus e JBUS Exemplo de topologia de dois cabos A. Linha polarizada e terminada do filtro harmônico ativo B. Linha não polarizada e não terminada do filtro harmônico ativo C. Filtro harmônico ativo não polarizado, mas terminado, se fim de linha D. Transmitir/receber dados E. SA2 1 F. Polaridade G. SA2 3 H. Conexão de fim de linha I. Matching J. SA2-2 K. SA3 4 L. SA2 4 Rp = resistor de polarização Ra = resistor de fim de linha (adaptação) B-024

47 Sistema de comunicação Modbus e JBUS A Exemplo de topologia de quatro cabos A. Linha polarizada mas não terminada do filtro harmônico ativo B. Linha não polarizada e não terminada do filtro harmônico ativo C. Filtro harmônico ativo não polarizado, mas terminado, se fim de linha D. Transmitir dados E. Polaridade F. SA2-2 G. Conexão de fim de linha H. SA2 3 I. SA2 1 J. SA3 4 K. SA2 4 L. Receber dados M. SA3-2 N. Matching O. SA3 1 P. SA3 3 Rp = resistor de polarização Ra = resistor de fim de linha (adaptação) R- = nome do sinal de recepção sem valor de resistência R+ = nome do sinal de recepção sem valor de resistência B

48 Printed in. Schneider Electric Schneider Electric Avenida das Nações Unidas, São Paulo - SP Brasil + 55 (11) Uma vez que padrões, especificações e design mudam de vez em quando, peça para confirmar as informações fornecidas nesta publicação Schneider Electric. All rights reserved B-024

Instalação. AccuSine SWP A. Filtro harmônico ativo

Instalação. AccuSine SWP A. Filtro harmônico ativo Instalação AccuSine SWP 20 480 A Filtro harmônico ativo Índice ESTAS INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA SÃO IMPORTANTES GUARDE-AS... 1 Etiqueta de identificação... 1 Normas de segurança/ Precauções especiais...

Leia mais

Medidor Trifásico SDM630D

Medidor Trifásico SDM630D Medidor Trifásico SDM630D MANUAL DO USUÁRIO Conteúdo 1 INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA... 3 1.1 PESSOAL QUALIFICADO... 3 1.2 FINALIDADE... 4 1.3 MANUSEIO... 4 2 INTRODUÇÃO... 5 2.1 ESPEFICICAÇÕES... 5 3 DIMENSÕES...

Leia mais

AVISO. Guarde Estas Instruções Utilize somente de maneira informada pelo fabricante. Caso tenha alguma pergunta, comunique-se com o fabricante.

AVISO. Guarde Estas Instruções Utilize somente de maneira informada pelo fabricante. Caso tenha alguma pergunta, comunique-se com o fabricante. GE Iluminação Guia de Instalação Luminária LED Albeo Iluminação Linear (Série ALC4) Características 5 anos de garantia Classificada para locais úmidos ANTES DE INICIAR Leia cuidadosamente estas instruções.

Leia mais

Segurança do usuário. Segurança elétrica. Impressora a laser Phaser 5500

Segurança do usuário. Segurança elétrica. Impressora a laser Phaser 5500 Segurança do usuário Sua impressora e os suprimentos recomendados foram projetados e testados para atender a exigências de segurança rígidas. A atenção às seguintes informações garantirá uma operação contínua

Leia mais

Fonte Bivolt 24 Vdc / 5 A

Fonte Bivolt 24 Vdc / 5 A Descrição do Produto A fonte de alimentação é uma solução para aplicações de uso geral no que se refere a alimentação de controladores programáveis, sensores e comando de quadro elétricos. Tem uma saída

Leia mais

AccuSine SWP A. Operação. Filtro harmônico ativo 02/2015.

AccuSine SWP A. Operação. Filtro harmônico ativo 02/2015. AccuSine SWP 20 480 A Operação Filtro harmônico ativo 02/2015 www.schneider-electric.com Informações legais A marca Schneider Electric e quaisquer marcas registradas da Schneider Electric Industries SAS

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12 MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12 SINAIS DE ATENÇÃO! Atenção! Alta Voltagem 230/240V Atenção! Superfície quente! Vapor quente ou líquido. Atenção!

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC-250ED

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC-250ED A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP

Leia mais

Resumo da segurança do usuário

Resumo da segurança do usuário Impressora em cores Phaser 7300 Resumo da segurança do usuário Sua impressora e os produtos de consumo recomendados foram projetados e testados para atender a exigências de segurança rígidas. A atenção

Leia mais

1. S e u f r i g o b a r D a d o s t é c n i c o s D i a g r a m a e l é t r i c o... 4

1. S e u f r i g o b a r D a d o s t é c n i c o s D i a g r a m a e l é t r i c o... 4 Conteudo: 1. S e u f r i g o b a r.................................. 3 2. D a d o s t é c n i c o s............................. 3 3. D i a g r a m a e l é t r i c o.............................. 4 4.

Leia mais

Fonte de Alimentação Remota

Fonte de Alimentação Remota GE Iluminação Guia de Instalação Fonte de Remota (Para as Séries EP e E) Características Para aplicação em locais remotos Adequado para locais secos ou úmidos ATES DE IICIAR eia cuidadosamente estas instruções.

Leia mais

Manual de Instalação Elétrica

Manual de Instalação Elétrica Manual de Instalação Elétrica Nobreaks NHS 1. ESCLARECIMENTOS Este material contempla um guia rápido de instalação e adequação da infraestrutura elétrica necessária para a posterior energização do nobreak.

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções ELECTRONIC 150 (60 Hz / 220 V)

bambozzi Manual de Instruções ELECTRONIC 150 (60 Hz / 220 V) A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES TR1B/2003

MANUAL DE INSTRUÇÕES TR1B/2003 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 - Centro - CEP 15990-668 - Matão (SP) - Brasil Fone (16) 3383-3800 - Fax (16) 3382-4228 bambozzi@bambozzi.com.br - www.bambozzi.com.br CNPJ

Leia mais

Fonte Full Range Vac/Vdc 24 Vdc/ 3A

Fonte Full Range Vac/Vdc 24 Vdc/ 3A Descrição do Produto A fonte de alimentação é uma solução para aplicações de uso geral no que se refere a alimentação de controladores programáveis, sensores e comando de quadro elétricos. Tem duas saídas

Leia mais

As seguintes mensagens de segurança irão aparecer neste manual para alertar possíveis perigos. CUIDADO CUIDADO

As seguintes mensagens de segurança irão aparecer neste manual para alertar possíveis perigos. CUIDADO CUIDADO Guia de instalação Smart-UPS X Torre/Rack-Mount 2U 3000 VA Mensagens Importantes de Segurança Leia as instruções com cuidado para se familiarizar com o equipamento antes de tentar instalar, operar, usar

Leia mais

RELÉ DE ESTADO SÓLIDO SSR1

RELÉ DE ESTADO SÓLIDO SSR1 SSR1 Manual do usuário MAN-PT-DE-SSR1-01.00_15 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso SSR1. Para garantir o uso correto e eficiente do SSR1, leia este manual completo e atentamente para entender

Leia mais

Usando o adaptador global Avaya PoE (Power Over Ethernet) com porta única

Usando o adaptador global Avaya PoE (Power Over Ethernet) com porta única Usando o adaptador global Avaya PoE (Power Over Ethernet) com porta única Versão 1 Edição 1 Agosto de 2016 2016, Avaya, Inc. Todos os direitos reservados. Apesar dos esforços empenhados para garantir a

Leia mais

RELÉ DE NÍVEL RLM-450

RELÉ DE NÍVEL RLM-450 RLM-450 Manual do usuário Série: J MAN-DE-RLM-450 Rev.: 2.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso RLM-450. Para garantir o uso correto e eficiente do RLM-450, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Instruções de operação

Instruções de operação Instruções de operação Pressostato diferencial modelo A2G-40 Pressostato diferencial modelo A2G-40 Instruções de operação modelo A2G-40 Páginas 3-10 06/2017 WIKA Alexander Wiegand SE & Co. KG Todos os

Leia mais

ETE 30 Transdutor Multigrandezas

ETE 30 Transdutor Multigrandezas ETE 30 Transdutor Multigrandezas Modo de uso Dados Técnicos Conexões elétricas Dimensões Protocolo de comunicação ABB Instrumentação 1 Dados Técnicos Entrada Tensão Corrente Limite do sinal Consumo Freqüência

Leia mais

Detector de Sequência de Fase e Rotação de Motores

Detector de Sequência de Fase e Rotação de Motores Manual do Usuário Detector de Sequência de Fase e Rotação de Motores Modelo 480403 Introdução Parabéns por adquirir nosso Detector de Sequência de Fase e Rotação de Motores Extech Modelo 480403. Este instrumento

Leia mais

DMX LINK MANUAL DE OPERAÇÃO

DMX LINK MANUAL DE OPERAÇÃO DMX LINK MANUAL DE OPERAÇÃO INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA Este equipamento foi desenvolvido para uso interno. Mantenha-o protegido contra umidade, respingos ou excesso de poeira e calor. Para prevenir fogo ou

Leia mais

Symmetra PX. 250/500 kw 400/480 V Instalação única e em paralelo 04/2016.

Symmetra PX. 250/500 kw 400/480 V Instalação única e em paralelo 04/2016. Symmetra PX 250/500 kw 400/480 V Instalação única e em paralelo 04/2016 www.schneider-electric.com Informações legais A marca Schneider Electric e quaisquer marcas registradas da Schneider Electric Industries

Leia mais

Terminador com Diagnóstico de Fonte

Terminador com Diagnóstico de Fonte Descrição do Produto O módulo é uma terminação ativa para redes PROFIBUS, com diagnóstico de fontes redundantes. É aplicado nas extremidades de segmentos de redes PROFIBUS-DP para assegurar o perfeito

Leia mais

Multimedidor Mult-K [1] Introdução Mult-K Foto ilustrativa [2] Princípio de funcionamento [5] Precisão Mult-K

Multimedidor Mult-K [1] Introdução Mult-K Foto ilustrativa [2] Princípio de funcionamento [5] Precisão Mult-K [1] Introdução O Multimedidor Mult-K é um instrumento digital microprocessado, para instalação em porta de painel, que permite a medição de até 44 parâmetros elétricos em sistema de corrente alternada

Leia mais

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE SERVIÇOS E CONSUMIDORES SUBSISTEMA MEDIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-321.0015 MEDIDOR ELETRÔNICO DE ENERGIA ELÉTRICA COM SAÍDA RS485 1/8 1. FINALIDADE Estabelecer os requisitos a

Leia mais

Derivador e terminação para rede RS485

Derivador e terminação para rede RS485 Descrição do Produto O derivador/terminador é um módulo integrante da Série Ponto de controladores programáveis. Sua função é facilitar a instalação de diversas UCPs da Série Piccolo e Ponto com interface

Leia mais

Refrigerador de Vinho Termelétricos

Refrigerador de Vinho Termelétricos Refrigerador de Vinho Termelétricos Adega Modelo ADG03 1 Manual de Instrução Por favor, leia com cuidado e siga todas as normas de segurança e instruções de funcionamento antes de usar. I. Importantes

Leia mais

3M Terminal Contrátil a Frio QT-II Série 5620

3M Terminal Contrátil a Frio QT-II Série 5620 3M Terminal Contrátil a Frio QT-II Série 5620 Corpo Isolador em Borracha de Silicone Classe Tensão 3,6/6 kv a 8,7/15 kv Ambientes Internos Boletim Técnico Março 2014 Descrição do produto Os conjuntos de

Leia mais

Dimensões da LB-100 LED Balls. Todas as dimensões em mm. Desenho sem escala.

Dimensões da LB-100 LED Balls. Todas as dimensões em mm. Desenho sem escala. Dimensões da LB-100 LED Balls Todas as dimensões em mm. Desenho sem escala. LB-100 LED BALLS Manual do Usuário Rev.1 2010-2011 SGM. As informações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. A SGM e

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELOS: SUNNY, SUNNY CONTR FHARO Obrigado por adquirir o. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o em local seguro para consultas

Leia mais

Módulo de Expansão de Entrada de Encoder EEN1 SCA06

Módulo de Expansão de Entrada de Encoder EEN1 SCA06 Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas Módulo de Expansão de Entrada de Encoder EEN1 SCA06 Guia de Instalação, Configuração e Operação Índice ÍNDICE 1 INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA...

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELO: Obrigado por adquirir o. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o em local seguro para consultas futuras. Este aparelho

Leia mais

Fontes de Alimentação

Fontes de Alimentação ProLine Tecnologia de Interface Fontes de Alimentação Fonte de alimentação de 24 Vcc A Tarefa Os transmissores e condicionadores de sinais não alimentados pela malha de medição precisam de alimentação

Leia mais

AMPLIFICADOR DE PICK-UP XF-100

AMPLIFICADOR DE PICK-UP XF-100 AMPLIFICADOR DE PICK-UP XF-100 Manual do usuário Série: D MAN-DE-XF-100 Rev.: 2.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso XF-100. Para garantir o uso correto e eficiente do XF-100, leia este manual

Leia mais

STRING BOX SOLUÇÃO FOTOVOLTAICA MANUAL DO USUÁRIO 2 ENTRADAS / 1 SAÍDA

STRING BOX SOLUÇÃO FOTOVOLTAICA MANUAL DO USUÁRIO 2 ENTRADAS / 1 SAÍDA STRING BOX SOLUÇÃO FOTOVOLTAICA 2 ENTRADAS / 1 SAÍDA MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Simbologia 03 Instruções de Segurança Introdução Estrutura Básica 03 04 05 Instalação e Operação 06 Dados dos Fusíveis 07 Dados

Leia mais

Manual de Referência e Instalação

Manual de Referência e Instalação Manual de Referência e Instalação Introdução Obrigado por adquirir nosso produto. Sobre este Guia: Este documento apresenta as operações das Câmeras CT-833D, CT-853DS e CT-840DVF. Mantenha-se atualizado

Leia mais

Instruções de segurança POINTRAC PT31.TX*D****(*)* NCC Ex d [ia Ma] I Mb

Instruções de segurança POINTRAC PT31.TX*D****(*)* NCC Ex d [ia Ma] I Mb Instruções de segurança POINTRAC PT31.TX*D****(*)* NCC 11.0389 Ex d [ia Ma] I Mb 0044 43791 Índice 1 Validade................................................. 3 2 Geral...................................................

Leia mais

BORNE RELÉ RR-100. Manual do usuário Borne Relé MAN-PT-DE- RR-100 Rev.:

BORNE RELÉ RR-100. Manual do usuário Borne Relé MAN-PT-DE- RR-100 Rev.: RR-100 Manual do usuário Borne Relé MAN-PT-DE- RR-100 Rev.: 1.00-11 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso RR-100. Para garantir o uso correto e eficiente do RR-100, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Instruções de segurança POINTRAC PT31.TX*G****(*)*

Instruções de segurança POINTRAC PT31.TX*G****(*)* Instruções de segurança NCC 11.0389X Ex d [ia Ma] I Mb 0044 Document ID: 43781 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições de utilização... 5 5 Proteção contra danos causados

Leia mais

RELÉ AMPLIFICADOR RP 200. Manual do usuário Série: J RELÉ AMPLIFICADOR MAN-DE-RP 200 Rev.:

RELÉ AMPLIFICADOR RP 200. Manual do usuário Série: J RELÉ AMPLIFICADOR MAN-DE-RP 200 Rev.: RP 200 Manual do usuário Série: J MAN-DE-RP 200 Rev.: 2.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso RP 200. Para garantir o uso correto e eficiente do RP 200, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Driver de LED da série 5

Driver de LED da série 5 369793f 1 05.04.16 Os drivers de LED da série 5 oferecem uma solução de alto desempenho para qualquer espaço, em qualquer aplicação, enquanto oferecem escurecimento suave contínuo até 5% da corrente de

Leia mais

Indicador Digital TM-2000/AN. Manual de usuário Série: E Indicador Digital MAN-DE-TM2000AN Rev.: 02.00/08

Indicador Digital TM-2000/AN. Manual de usuário Série: E Indicador Digital MAN-DE-TM2000AN Rev.: 02.00/08 Indicador Digital TM-2000/AN Manual de usuário Série: E Indicador Digital MAN-DE-TM2000AN Rev.: 02.00/08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso Indicador Digital TM200/ANX. Para garantir o uso correto

Leia mais

Manual instruções bomba submersível poço

Manual instruções bomba submersível poço Manual instruções bomba submersível poço Bomba Submersível Poço 1. Recomendações Antes de proceder à instalação, leia atentamente o conteúdo deste manual. Ele pretende fornecer toda a informação necessária

Leia mais

Transdutor Digital MKM-01

Transdutor Digital MKM-01 [1] Introdução O Transdutor é um instrumento digital microprocessado, para instalação em fundo de painel, que permite a medição de até 33 parâmetros elétricos em sistema de corrente alternada (CA). Para

Leia mais

ÍNDICE. 1. Geral Conteúdo da embalagem Configuração do cabo Conectores Comprimento do cabo 5

ÍNDICE. 1. Geral Conteúdo da embalagem Configuração do cabo Conectores Comprimento do cabo 5 Manual ÍNDICE 1. Geral 3 2. Especificações 3 2.1 SHP550 V2 Visão geral 3 2.2 SHP650 V2 Visão geral 3 2.3 Tensão de alimentação e proteções 4 2.4 Certificações de segurança 4 3. Conteúdo da embalagem 4

Leia mais

TC transformadores de corrente

TC transformadores de corrente corrente Função Os transformadores de corrente de razão Ip*/5A fornecem ao secundário uma corrente de 0 a 5 A que é proporcional à corrente medida no primário. Estão disponíveis em duas famílias principais:

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit

Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um

Leia mais

Multimedidor Digital de Painel. Manual do Usuário

Multimedidor Digital de Painel. Manual do Usuário Multimedidor Digital de Painel Manual do Usuário 1. Introdução Este modelo de Multimedidor Digital de Painel JNG permite a medição de vários parâmetros elétricos em um único equipamento para medição, incorporando

Leia mais

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA XCSL240C

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA XCSL240C FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA (Input: 90~132Vac / 185~264Vac - Selecionável) (Output: 24Vdc/10A) XCSL240C Manual do usuário Fonte de Alimentação Chaveada MAN-PT-DE-XCSL240C Rev.: 1.00-12 Introdução Obrigado

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DA FONTE DE ALIMENTAÇÃO MODELO PS-5000

MANUAL DE INSTRUÇÕES DA FONTE DE ALIMENTAÇÃO MODELO PS-5000 MANUAL DE INSTRUÇÕES DA FONTE DE ALIMENTAÇÃO MODELO PS-5000 outubro de 2011 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso da fonte ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ESPECIFICAÇÕES...

Leia mais

ADAPTADOR RJ-45 PARA BORNE AA-400

ADAPTADOR RJ-45 PARA BORNE AA-400 ADAPTADOR RJ-45 PARA BORNE Manual do usuário Adaptador RJ-45 para Borne MAN-PT-DE-AA400 Rev.: 1.00-11 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso. Para garantir o uso correto e eficiente, é imprescindível

Leia mais

Termostato touchscreen SMART 3000 Guia de início rápido

Termostato touchscreen SMART 3000 Guia de início rápido by Uni-Line Termostato touchscreen SMART 3000 Guia de início rápido www.robertshaw.com 2015 Robertshaw 7/15 352-00219-001 RevB Portuguese INFORMAÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA AVISO: RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO

Leia mais

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA XCSD30C

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA XCSD30C FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA (Input: 90~264Vac/100~370Vdc) (Output: 24Vdc/1.2A) XCSD30C Manual do usuário Série: I Fonte de Alimentação Chaveada MAN-DE-XCSD30C Rev.: 01.00_09 Introdução Obrigado por ter

Leia mais

BAMBOZZI PICCOLA 400T - 60 HZ EDIÇÃO 48/00 PÁGINA 02

BAMBOZZI PICCOLA 400T - 60 HZ EDIÇÃO 48/00 PÁGINA 02 41143LP4800 ITEM QUANT. DISCRIMINAÇÃO Nº DA PEÇA 01 01 Filtro transiente ETB5-35481 02 02 Placa dissipadora ETB5-55323 03 08 Bucha fêmea isolante ETB19976 04 08 Bucha macho isolante ETB30187 05 04 Suporte

Leia mais

Flexinivo FN Conteúdo 1 Página Funcionamento / Dimensões ------------------------------------------------------------------------------------------------------- Dados técnicos -------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Medidor TKE-120. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida

Medidor TKE-120. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida [1] Introdução O Medidor TKE-120 é um instrumento para instalação em fundo de painel, que permite a medição do consumo de energia ativa (Wh) ou reativa (VArh) em sistemas de corrente alternada (CA). Possui

Leia mais

Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact

Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact Performance industrial. Seccionamento sob carga. Interruptor-seccionador com bases para fusíveis NH Fupact INFD de 63 a 630A. Fupact reduz os custos

Leia mais

PETK Kit de alimentação e terminação final

PETK Kit de alimentação e terminação final Kit de alimentação e terminação final PETK-1 para BSX, VSX, RSX, RRT PETK- para HTSX, KSX, KSR, KRT PETK- para HPT, FP PETK--ECM para HPT, FP PETK--ZT para HPT, FP Adquira separadamente para utilizar em

Leia mais

w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r

w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r TRUE CHARGE MINI modelo: ECB110F10-A/00 (6V) modelo: ECB110F15-A/00 (12V) Manual de Instruções e recomendações de segurança LEGENDA: TRUE CHARGE MINI Risco de

Leia mais

ACS7F V - 60Hz ACS9F V - 60Hz ACS12F V - 60Hz M A N U A L D E I N S T A L A Ç Ã O

ACS7F V - 60Hz ACS9F V - 60Hz ACS12F V - 60Hz M A N U A L D E I N S T A L A Ç Ã O ACS7F-02-220V - 60Hz ACS9F-02-220V - 60Hz ACS12F-02-220V - 60Hz M A N U A L D E I N S T A L A Ç Ã O SUMÁRIO MANUAL DE INSTALAÇÃO Instalação da Unidade Interna Posição da Unidade Externa Fixando a Unidade

Leia mais

SIVACON S4. Acoplamento elétrico e mecânico de painéis. siemens.com.br. Conteúdo PERIGO ATENÇÃO OBSERVAÇÃO IEC /2. Instruções de Serviço

SIVACON S4. Acoplamento elétrico e mecânico de painéis. siemens.com.br. Conteúdo PERIGO ATENÇÃO OBSERVAÇÃO IEC /2. Instruções de Serviço SIVACON S4 siemens.com.br IEC 61439-1/2 Instruções de Serviço PERIGO Tensão perigosa. Perigo de morte ou ferimentos graves. Desligue e bloqueie toda a energia, que alimenta este aparelho, antes de executar

Leia mais

DR.BELL APPARATEBAU GMBH

DR.BELL APPARATEBAU GMBH SISTEMA DE IGNIÇÃO IMPULSE SÉRIE:BH CONTEÚDO Informações Gerais 02 Funcionamento 02 Montagem 03 Instalação 03 Manutenção 03 Procedimentos de Segurança 04 Especificação 04 Conexões 04 Características 04

Leia mais

BORNE COM 8 RELÉS RR-400

BORNE COM 8 RELÉS RR-400 RR-400 Manual do usuário Borne com 8 Relés MAN-PT-DE-RR400 Rev.: 2.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso RR-400. Para garantir o uso correto e eficiente do RR-400, leia este manual completo

Leia mais

Instruções para montagem

Instruções para montagem Created by EBCCW 00:06 by EBCCW 96:05 00:06 5125244 Instruções para montagem Edição 1.0 Garra Created by EBCCW 96:05 00:06 Created by EBCCW 00:06 by EBCCW 96:05 00:06 5125244 Instruções para montagem Garra

Leia mais

Installation Job Aid (Portugues do Brasil) for Avaya Virtual Services Platform 7000 Series

Installation Job Aid (Portugues do Brasil) for Avaya Virtual Services Platform 7000 Series Installation Job Aid (Portugues do Brasil) for Avaya Virtual Services Platform 7000 Series Para obter ajuda Release 10.3.1 NN47202-305-PT-BR Issue 02.02 May 2014 Para conhecer toda a linha de serviços

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

MANUAL PARA INSTALAÇÃO ELÉTRICA RESFRIADOR DE ÁGUA SERIE POLAR MODELOS: PA-01 ~ PA-120 PW-09 ~ PW-120 PRECAUÇÕES INFORMAÇÕES GERAIS DE SEGURANÇA

MANUAL PARA INSTALAÇÃO ELÉTRICA RESFRIADOR DE ÁGUA SERIE POLAR MODELOS: PA-01 ~ PA-120 PW-09 ~ PW-120 PRECAUÇÕES INFORMAÇÕES GERAIS DE SEGURANÇA MANUAL PARA INSTALAÇÃO ELÉTRICA RESFRIADOR DE ÁGUA SERIE POLAR MODELOS: PA-01 ~ PA-120 PW-09 ~ PW-120 PRECAUÇÕES INFORMAÇÕES GERAIS DE SEGURANÇA ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS...3 QUADRO ELÉTRICO...3 DIMENSIONAMENTO

Leia mais

Testador de rotação de fases sem contato

Testador de rotação de fases sem contato Guia do Usuário Testador de rotação de fases sem contato Modelo PRT00 Introdução Parabéns por ter adquirido este medidor Extech. O PRT00 é usado para se determinar com rapidez e precisão a sequência trifásica

Leia mais

INSTALAÇÃO DE INSTRUMENTAÇÃO

INSTALAÇÃO DE INSTRUMENTAÇÃO Elaborado por José Carlos de Andrade Visto Aprovado por José Francisco Campos Moreira Visto CONTROLE DE REVISÃO Revisão Data Item Natureza das alterações 0 21/09/2005 - Emissão inicial 1 26/06/2006 2 3

Leia mais

Sartor Indústria e Comércio LTDA CNPJ / Rua Evaristo de Antoni Nº 1062 Bairro São José CEP: CAXIAS DO SUL RS BRASIL

Sartor Indústria e Comércio LTDA CNPJ / Rua Evaristo de Antoni Nº 1062 Bairro São José CEP: CAXIAS DO SUL RS BRASIL Sartor Indústria e Comércio LTDA CNPJ. 94.277.084/0001-59 Rua Evaristo de Antoni Nº 1062 Bairro São José CEP: 95041-000 CAXIAS DO SUL RS BRASIL KCEi 1KVA A 4 KVA CARO USUÁRIO, Queremos desde já agradece-lo

Leia mais

Coletor solar (EA0031/EA0023) Manual de instruções. Manual de instruções. Coletor Solar EA0031/EA0023

Coletor solar (EA0031/EA0023) Manual de instruções. Manual de instruções. Coletor Solar EA0031/EA0023 Manual de instruções Coletor Solar EA0031/EA0023 Índice 1. Especificações técnicas... 3 2. Cuidados... 3 3. Tubo do Coletor Solar... 4 3.1. Componentes... 4 3.2. Parâmetros... 5 4. Coletor Solar... 5 5.

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 2 mm. Superfície frotal

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 2 mm. Superfície frotal Designação para encomenda Características Distância de conexão elevada 2 mm nivelado Homologação ATEX para zona 2 e zona 22 Acessório BF 8 EXG-08 Dados técnicos Dados gerais Função de comutação Normalmente

Leia mais

WG 21. A Tarefa A fonte de alimentação repetidora WG 21 é usada para alimentar transmissores

WG 21. A Tarefa A fonte de alimentação repetidora WG 21 é usada para alimentar transmissores ProLine Tecnologia de Interface Fontes de Repetidoras (Ex) Para alimentar transmissores a 2 fios intrinsecamente seguros e transmissores inteligentes. As Vantagens A tem separação protetora e alta isolação

Leia mais

PROFISSIONAL POWER AMPLIFIERS IHR 400L

PROFISSIONAL POWER AMPLIFIERS IHR 400L IHR 400L PRECAUÇÕES IMPORTANTES ATENÇÃO: DEVEM SER SEGUIDOS TODOS OS PROCEDIMENTOS E PREUCAÇÕES DESCRITOS NESTE MANUAL. SE OS EQUIPAMENTOS NÃO FOREM DEVIDAMENTE ATERRADOS PODEM APRESENTAR RISCO DE CHOQUE

Leia mais

1. Informações de segurança

1. Informações de segurança 1. Informações de segurança A operação segura desses produtos só pode ser garantida se forem devidamente instalados, comissionados, utilizados e mantidos por pessoal qualificado de acordo com as instruções

Leia mais

Informações de segurança

Informações de segurança Informações de segurança A operação segura desses produtos só pode ser garantida se forem devidamente instalados, comissionados, utilizados e mantidos por pessoal qualificado de acordo com as instruções

Leia mais

No-break. 650i / 650 / 850i / 850 / 1200i / 1200 / 2200 i / Protege seus dados e equipamentos eletrônicos

No-break. 650i / 650 / 850i / 850 / 1200i / 1200 / 2200 i / Protege seus dados e equipamentos eletrônicos 5E 650i / 650 / 850i / 850 / 00i / 00 / 00 i / 00 No-break Protege seus dados e equipamentos eletrônicos Eaton 5E 650i / 650 / 850i / 850 / 00i / 00 / 00i / 00 Instruções de segurança importantes Leia

Leia mais

Manual de montagem. Conjunto completo equipamento básico frontal e traseiro. Última atualização: V

Manual de montagem. Conjunto completo equipamento básico frontal e traseiro. Última atualização: V Manual de montagem Conjunto completo equipamento básico frontal e traseiro Última atualização: V4.20160114 30322558-02-PT Leia e respeite este manual de instruções. Guarde este manual de instruções para

Leia mais

CONVERSOR CA/CC TRM-250N

CONVERSOR CA/CC TRM-250N TRM-250N Manual do usuário Conversor CA/DC MAN-PT-DE-TRM250N Rev.: 1.00-12 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso TRM-250N. Para garantir o uso correto e eficiente do TRM-250N, leia este manual completo

Leia mais

Testador de rotação de fases sem contato

Testador de rotação de fases sem contato Manual do utilizador Testador de rotação de fases sem contato Modelo PRT00 Traduções adicionais do manual do usuário disponíveis em www.extech.com Introdução Parabéns por ter adquirido este medidor Extech.

Leia mais

Manual de Instruções. Aquecedor Eléctrico de Pátio com cinzeiro ZHQ1080-RDSH

Manual de Instruções. Aquecedor Eléctrico de Pátio com cinzeiro ZHQ1080-RDSH Manual de Instruções Aquecedor Eléctrico de Pátio com cinzeiro ZHQ1080-RDSH Por favor, leia estas intruções com atenção antes de usar o seu novo Aquecedor Elétrico de Pátio. Ao desempacotar o Aquecedor

Leia mais

Manual de montagem. Adaptação da tomada frontal ISOBUS. Última atualização: V

Manual de montagem. Adaptação da tomada frontal ISOBUS. Última atualização: V Manual de montagem Adaptação da tomada frontal ISOBUS Última atualização: V4.20160114 30322559-02-PT Leia e respeite este manual de instruções. Guarde este manual de instruções para utilização futura.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOR INTERIOR CE 100 Q MOTOR EXTERIOR CE 100 P

MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOR INTERIOR CE 100 Q MOTOR EXTERIOR CE 100 P MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOR INTERIOR CE 100 Q MOTOR EXTERIOR CE 100 P BEST 2 AVISOS O ar aspirado não deve ser canalizado por uma conduta já utilizada para evacuar fumos produzidos por aparelhos alimentados

Leia mais

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Separador de Linha FDCIO181 Manual do Produto. Visão Geral

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Separador de Linha FDCIO181 Manual do Produto. Visão Geral Separador de Linha FDCIO181 Manual do Produto Visão Geral Característica O Separador de Linha FDCL181 é usado para detectar e isolar a parte de curto-circuito do FD18-BUS. Os isoladores são conectados

Leia mais

Luminárias LED Lumination (Séries BL42, BL44 e BL45)

Luminárias LED Lumination (Séries BL42, BL44 e BL45) GE Lighting Guia de Instalação Luminárias LED Lumination (Séries BL42, BL44 e BL45) ANTES DE INICIAR Leia cuidadosamente estas instruções. AVISO RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO Desligue a energia antes da inspeção,

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MDC-300ED +55 (16)

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MDC-300ED +55 (16) A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características:

Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características: Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características: Entrada para sensor de nível 4 20mA Entrada para sensor de condutividade RS485 Comando e monitoramento remoto da bomba Fácil

Leia mais

ProLine Tecnologia de Interface. Transmissores de Temperatura para Alta Tensão. ProLine P 44000

ProLine Tecnologia de Interface. Transmissores de Temperatura para Alta Tensão. ProLine P 44000 ProLine Tecnologia de Interface Transmissores de Temperatura para Alta Tensão Medição precisa de temperatura sob altas tensão de até 6,6 kv. Quando é preciso medir temperaturas com termômetros de resistência

Leia mais

Multimedidor MKM-G. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandezas medidas.

Multimedidor MKM-G. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandezas medidas. [1] Introdução O Multimedidor MKM-G é um instrumento digital microprocessado, para instalação em porta de painel, que permite a monitoração dos parâmetros básicos de um GMG (grupo moto gerador). Pode ser

Leia mais

abb Características Ficha técnica IDM G5 Multimedidor Display gráfico de LCD com backlight com gráfico de barras de intensidade de corrente e tensão.

abb Características Ficha técnica IDM G5 Multimedidor Display gráfico de LCD com backlight com gráfico de barras de intensidade de corrente e tensão. Ficha técnica IDM G5 Multimedidor Multimedidor para sistemas trifásicos ou monofásicos com medição de 58 variáveis elétricas. Possui display de LCD com backlight e gráfico de barras de intensidade de corrente

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 40 mm

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 40 mm Designação para encomenda Características Cabeça do sensor pode ser substituída e rodada 0 mm não nivelado DC de 3 fios Fecho de montagem rápida LED de indicações Homologação ATEX para zona 2 e zona 22

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAFETYMAX

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAFETYMAX DOCUMENTAÇÃO (LEGAL) REGULAMENTAR E NORMATIVA APLICÁVEL REGRAS TÉCNICAS DAS INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE BAIXA TENSÃO - Portaria 949-A/2006 de 11 de Setembro. DIRECTIVA DE BAIXA TENSÃO 2006/95/CE - Decreto

Leia mais

Dispositivos de proteção recomendados e dimensões dos condutores

Dispositivos de proteção recomendados e dimensões dos condutores Instalação e configuração Dispositivos de proteção recomendados e dimensões dos condutores Planeamento Planeamento FV É da responsabilidade do técnico de instalação determinar e estabelecer a proteção

Leia mais

Manual abreviado Unidade de iluminação O3M950 O3M /00 03/2016

Manual abreviado Unidade de iluminação O3M950 O3M /00 03/2016 Manual abreviado Unidade de iluminação O3M950 O3M960 80236594/00 03/2016 Índice 1 Relativo a este manual 4 1.1 Símbolos usados 4 1.2 Advertências utilizadas 4 2 Instruções de segurança 4 2.1 Instrução

Leia mais

GERADOR DE CORRENTE GRD 100

GERADOR DE CORRENTE GRD 100 GRD 100 Manual do usuário Gerador de Corrente MAN-PT-DE-GRD100 Rev.: 2.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso GRD 100. Para garantir o uso correto e eficiente do GRD 100, leia este manual completo

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES FONTE CARREGADOR DE BATERIA USINA Fonte Chaveada Usina 30A-14,4V Antes de Efetuar qualquer ligação em sua fonte, leia atentamente o manual de instruções. Apresentação Parabéns, você

Leia mais

Instruções para montagem e instalação. Sensor de Inclinação EC2082

Instruções para montagem e instalação. Sensor de Inclinação EC2082 Instruções para montagem e instalação R Sensor de Inclinação EC2082 Instruções de segurança Esta descrição faz parte dos sensores. Contém textos e gráficos referentes à manipulação adequada do sensor.

Leia mais