ALUGUER DE EQUIPAMENTOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ALUGUER DE EQUIPAMENTOS"

Transcrição

1 LUGUR QUIPMNTOS O QUIPMNTO RTO SMPR FUNIONR.

2 LUGUR QUIPMNTOS

3 LUGUR QUIPMNTOS NTRO POIO NIONL entro poio Nacional

4 LUGUR QUIPMNTOS MPRS MHrent é ua epresa especializada no aluguer de equipaentos de: LVÇÃO MOVIMNTÇÃO TRRS OMPTÇÃO TRRNOS GRORS NRGI nossa issão é optiizar os seus investientos de aquisição, anutenção e utilização de activos através de soluções de aluguer de equipaentos que axiize a eficiência e rentabilidade da sua operação contribuindo para o seu sucesso. Para isso, contaos co os nossos serviços de consultoria técnica, a nossa rede de delegações, ua das aiores e ais recentes frotas de equipaentos certificados de Portugal, u serviço único de assistência e anutenção disponível 24H, be coo ua foração e certificação que proporcionaos aos nossos clientes para axiizar eficiência e segurança. QURMOS RSNTR VLOR O SU NGÓIO, OM O QUIPMNTO RTO, SMPR FUNIONR entro poio Nacional 3

5 PORQUÊ LUGR? O luguer te sido adoptado por ilhares de epresas nos países ais avançados, coo a solução ideal na gestão de equipaentos. s vantagens são claras: 1. RIONLIZÇÃO FINNIR devido ao enor investiento, redução do capital parado e aos enores custo de anutenção. 2. OPTIMIZÇÃO OPRIONL devido à aior possibilidade de escolha de áquinas que perite ter o equipaento certo para cada trabalho, sepre. 3. MXIMIZÇÃO FIIÊNI PROUTIVI através da utilização dos elhores equipaentos para cada trabalho. 4. Garantia do UMPRIMNTO LI e deais regulaentações, sepre actualizadas. 5. Garantia de SGURNÇ co equipaentos e condições, co a devida anutenção e inspecção 4 entro poio Nacional

6 LUGUR QUIPMNTOS 3. VRI FROT lé dos ais odernos, a variedade de equipaentos da MHrent possibilita aos seus parceiros ua escolha acertada e específica para cada tipo de intervenção. PORQUÊ MHRNT? Ofereceos 6 razões incontornáveis para escolher a MHrent coo parceiro para o aluguer de equipaentos: 1. SSISTÊNI TÉNI 24/7 equipa de ssistência Técnica da MHrent conta co profissionais de excelência, co vasta experiência, assegurando aos nossos parceiros de negócio u apoio técnico rápido e eficiente, disponível 24 horas por dia, através no núero QULI OS QUIPMNTOS frota de equipaentos MHrent é coposta pelos ais odernos equipaentos disponíveis no ercado nacional, aliada a ua rigorosa anutenção interna nos ais de 1000 equipaentos disponíveis. 4. PROXIMI staos sepre próxios dos nossos parceiros de negócios, através de ua rede de delegações co cobertura nacional (Lisboa, Porto, Pobal e lgarve). 5. SGURNÇ FORMÇÃO Garantios as condições áxias de segurança exigidas por lei, através de certificações e inspecções periódicas realizadas aos nossos equipaentos be coo por via do serviço de foração certificado por organizações especializadas e reconhecidas undialente, coo é o caso da. 6. RONHIMNTO NO MRO Sendo ua das principais epresas alugadoras de equipaentos, a MHrent é reconhecida no ercado pelo valor acrescentado que fornece nas relações sustentadas co ais de cinco il clientes, procurando sepre a elhor solução para as necessidades específicas dos nossos parceiros, co o equipaento certo, sepre a funcionar entro poio Nacional 5

7 SRVIÇOS MHRNT LUGUR QUIPMNTOS ontaos co a frota ais recente de equipaentos disponíveis e Portugal, nua selecção de cerca de equipaentos de diferentes arcas e odelos, peritindo satisfazer as necessidades ais exigentes, co ua resposta adequada para cada caso específico e de fora a axiizar a sua eficiência, eficácia e rentabilidade de cada operação. SSISTÊNI TÉNI ispoos de ua copleta e experiente rede de ssistência Técnica própria, equipada co odernos eios de intervenção, tendo ua capacidade de resposta e qualquer ponto de Portugal ontinental, disponível 24h através do nosso NTRO de POIO NIONL FORMÇÃO MHrent dispõe diversos prograas de foração sobre segurança e operação de várias categorias -de equipaentos, cuprindo os requisitos e padrões ais exigentes e aprovados por organizações internacionais de reconheciento undial, coo é o caso da IPF. 6 entro poio Nacional

8 LUGUR QUIPMNTOS FORMÇÃO SGURNÇ MHrent fornece diversos prograas de foração sobre segurança e operação de várias categorias de equipaentos. s acções de - foração estão estruturadas cuprindo padrões reconhecidos - undialente de fora a satisfazer os requisitos ais exigentes. Graças ao elevado investiento que te vindo a ser realizado, a MHrent é o 1º centro de foração aprovado pela IPF e Portugal co a aior equipa de instrutores e quantidade de acções realizadas e todo o território nacional e tabé no estrangeiro. PSS TORI À PRÁTI! Os cursos, leccionados por especialistas e segurança e prevenção, proove u treino teórico e prático do uso diversos equipaentos. pós copletar o curso, levará consigo toda a docuentação de frequência dos cursos credenciados ursos disponíveis: Qualificação de Manobradores de PLTFORMS LVTÓRIS Qualificação de Manobradores de MOVIMNTÇÃO RGS Qualificação de Manobradores de MOVIMNTÇÃO TRRS Mais inforações e Federação Internacional de Plataforas éreas (IPF. International Powered ccess Federation) proove o uso seguro e eficaz de equipaento de acesso e alturas no undo inteiro, no sentido ais aplo, provendo consultoria e inforação técnica, influenciando e interpretando a legislação e noras e ediante suas iniciativas de segurança e prograas de foração. Trata-se de ua organização se fins lucrativos que é propriedade dos seus ebros, incluindo fabricantes, copanhias de locação, epreiteiras e usuários entro poio Nacional 7

9 NTRO POIO NIONL U núero de telefone, u serviço único. O nosso NTRO POIO NIONL foi criado co o objectivo de optiizar o nosso serviço ao cliente. o u único núero de telefone, os nossos clientes tê acesso a u atendiento personalizado e especializado que dá ua resposta iediata a todas as questões relacionadas co: disponibilidades dos nossos equipaentos, pedidos de assistência técnica, requisitos de aluguer desde a prieira abordage até ao final do contrato. ssi, o nosso NTRO POIO NIONL assue-se coo ua das ais iprescindíveis ferraentas para todos os nossos clientes que procura respostas iediatas e soluções personalizadas (o custo de cada chaada é apenas o de ua noral chaada local!). MHrent na Net! O nosso site é ais ua fonte de inforação útil sobre o que fazeos e coo podeos assistir os nossos clientes a solucionar probleas. No nosso site poderá encontrar toda a nossa frota disponível para aluguer, respectivas fichas técnicas, condições gerais, legislação as não só! evido à constante actualização da nossa frota e equipaentos, poderá encontrar no site os elhores usados disponíveis para venda. 8 entro poio Nacional

10 LUGUR QUIPMNTOS ONTTOS entro poio Nacional LINH entro poio Nacional MIL entro poio Nacional PORTO POML LISO LGRV ontactos gerais -MIL TL FX ON STMOS PORTO Rua do Pontão, 71 e Modivas GPS N 41º W 8º POML I2 ao k 158,4 - Rendinha Rendinha GPS N 39º W 8º LISO Quinta da Marquesa III Palela Quinta do njo GPS N 38º W 8º LGRV strada Nacional 125 k 85 Lugar de onseguinte Vale Judeu Quarteira GPS 37º W 8º entro poio Nacional 9

11 ÍNI SOR MHRNT RZÕS PR LUGR PORQUÊ MHRNT SRVIÇOS MHRNT NTRO NIONL POIO FORMÇÃO SGURNÇ ONTTOS LVÇÃO LVÇÃO PSSOS TSOURS LÉTRIS TSOURS ISL RTIULS LÉTRIS RTIULS ISL PLTFORMS TLSÓPIS PLTFORMS VRTIIS PLTFORM LGRT PLTFORM SOR VÍULOS LVÇÃO RGS MPILHORS TLSÓPIOS MPILHORS ONVNIONIS: LÉTRIOS, ISL GÁS MPILHORS TOO-O-TRRNO MPILHORS RTRÁTIS MPILHORS STKRS entro poio Nacional

12 LUGUR QUIPMNTOS MOVIMNTÇÃO TRRS MINI SVORS TÉ 5 TON. MII SVORS TÉ 8 TON. SVORS TÉ 24 TON. MINI PÁS RRGORS MINI RTROSVORS RTROSVORS OMPTÇÃO ILINROS OMPTÇÃO PÉ ILINROS TÉ 2,5 TON. ILINROS TÉ 12 TON. PROUÇÃO NRGI GRORS GRORS TÉ 50kV GRORS TÉ 100kV GRORS MIS 100kV TRNSPORT PSSOS PIK UPS entro de poio Nacional 11

13 LVÇÃO LVÇÃO PSSOS PLTFORMS LVTÓRIS TSOURS LÉTRIS TSOURS ISL RTIULS LÉTRIS RTIULS ISL TLSÓPIS VRTIIS LGRT PLTFORM SOR VÍULO entro poio ao Nacional liente

14 LUGUR QUIPMNTOS entro de poio Nacional 13

15 LVÇÃO LVÇÃO PSSOS TSOURS LÉTRIS o a ajuda de epilhadores adequados para a elevação de cargas, as tesouras perite aos operários ua fora segura e estável para trabalhare. F O SU PRIRO IL PR: Pinturas e edifícios; Instalação de r ondicionado Instalação de tectos falsos Instalações eléctricas Trabalhar e interiores. aracterísticas: Requere pavientos co superfícies lisas; ccionadas por baterias; o autonoia para u dia inteiro de trabalho; stabilidade à áxia altura; eslocaento e obras. LTUR TRLHO OMPRIMNTO LRGUR MIS LTUR IMNSÕS PLTFORM x+f PSO PI RG XT MÁX. INLINÇÃO UTORIZ graus 6 MTROS 8 MTROS 10 MTROS 12 MTROS 14 MTROS ST OPT OMP W N OMP ST ST ,88 1,88 2,32 a 2,44 2,45 2,32 a 2,44 2,26 a 2,45 2,41 3,1 a 2,4 0,76 0,76 0,81 1,2 0,8 a 0,84 1,20 1,2 1,2 a 1,75 1,9 2 2,0 a 2,27 2,14 2,16 a 2,27 1,16 a 1,4 2,38 2,01 a 2,81 0,68X1,73 0,68X1,73 0,66x1,57 a 0,92x2,3 0,92x2,3 0,8x2,26 0,92x2,3 a 1,15x2,26 1,20x2,3 1,65x2,81 a 1,65x2, a a a a a a a entro poio ao Nacional liente OPT / N = STRITO OMP = STNR W = LRGO

16 LUGUR QUIPMNTOS LVÇÃO LVÇÃO PSSOS TSOURS ISL tesoura perite aos operários ua fora segura e estável para trabalhare O SU PRIRO IL PR: Trabalhos todo-o-terreno Trabalhos no exterior cabaentos e telhados Lipeza industrial ventos desportivos aracterísticas: aixo consuo lta capacidade de carga Mobilidade e elevação stabilidade à áxia altura LTUR TRLHO OMPRIMNTO LRGUR MIS LTUR IMNSÕS PLTFORM PSO PI RG INLINÇÃO SUPORTÁVL x+f % 10 MTROS 12 MTROS 15 MTROS 18 MTROS 22 MTROS L ST ST ST ST ,65 3,86 a 4,12 3,89 a 4,12 4,12 a 4,9 4,8 1,8 2,25 a 2,39 2,25 a 2,30 2,25 a 2,6 2,4 2,37 1,97 a 2,57 2,19 a 2,57 2,6 2,96 1,5x2,5+1,2 1,8x3,9a2,18x3,81 1,8x3,9 1,8x3,9 2,3x4, a a a a a a a a ST = STNR = STRITO L = LRGO entro de poio Nacional 15

17 LVÇÃO LVÇÃO PSSOS RTIULS LÉTRIS s plataforas articuladas eléctricas são recoendadas para espaços apertados onde a sua rotação é eficaz, ajudando o utilizador a ovientar-se. O SU PRIRO IL PR: F G Trabalhos e zonas de difícil acesso a outro tipo de equipaentos Todos os trabalhos que ne cessite de rotação 360º Instalações léctricas Trabalhos aeronáuticos onstrução e anutenção de edifícios Lipeza industrial aracterísticas: Mobilidade e elevação Máxia estabilidade à áxia altura Segurança 11 MTROS 12 MTROS 14 MTROS 15 MTROS 15 MTROS 20 MTROS ST ST ST LTUR TRLHO LN HORIZONTL 6,14 6,63 6,9 8,45 7,47 13,54 OMPRIMNTO 5,49 5,25 5,5 a 6,5 6,6 6,53 10,16 LRGUR MIS LTUR 1,22 2,01 1,35 1,99 1,5 a 1,75 1,97 1,5 2 2,08 2,26 2,41 2,54 STO FxG 0,76x1,22 0,8x1,2 0,76x1,2 0,8x1,2 0,76x1,83 0,76x1,83 PSO a PI RG INLINÇÃO SUPORTÁVL % entro poio ao Nacional liente ST = STNR = STRITO L = LRGO

18 LUGUR QUIPMNTOS LVÇÃO LVÇÃO PSSOS RTIULS ISL s plataforas articuladas diesel são ideais para trabalhos exteriores e locais abertos, pois são particularente eficazes podendo alcançar até 40 etros e total segurança. O SU PRIRO IL PR: Trabalhos e zonas de difícil acesso a outro tipo de equipaentos; Todos os trabalhos que necessite de rotação 360º; Instalações léctricas; Trabalhos aeronáuticos; onstrução e anutenção de edifícios; Lipeza industrial. aracterísticas: Mobilidade e elevação; stabilidade à áxia altura; aixo consuo de cobustível. F G 12 MTROS 16 MTROS 18 MTROS 20 MTROS 26 MTROS 32 MTROS 40 MTROS ST ST ST ST ST ST LTUR TRLHO a LN HORIZONTL 6,1 7,5 7,5 a 8, ,1a 13,5 15,7 15,8 20,8 19,25 OMPRIMNTO 5,5 5,5 5,5 a 7,6 7,6 8,83 a 8, ,13 11,16 14,46 LRGUR (c/eixos MIS abertos) LTUR 1,85 2,15 1,8 2 2,11 a 2,3 2,08 a 2,5 2,3 2,2 2,38 a 2,45 2,54 a 2,67 2,38 3,05 2,67 2,44 2,50(3,33) 2,46 (-3,81) 2,7 3,05 STO FxG 1,2x0,8 1,80x0,76 0,99x2,44 a 1,8x0,8 0,9x2,44 a 1,8x0,8 0,91x2,44 a 1,8x0,8 1,8x0,8 0,9x2,44 2,44x0,8 0,9x2,44 PSO PI RG NÍVL SONORO INLINÇÃO SUPORTÁVL d(a) % a a a /104 75/ / ST = STNR = STRITO L = LRGO entro de poio Nacional 17 3

19 LVÇÃO LVÇÃO PSSOS PLTFORMS TLSÓPIS s plataforas telescópicas são utilizadas para aplicações que necessita de cobrir longas distâncias de terreno onde não é possível colocar outra platafora. O SU PRIRO IL PR: F G eolições; onstrução de edifícios; Manutenção de pontes e edifícios cabaento e/ou anutenção de obras de arte de grande diensão; ventos; Trabalhos e locais de difícil acesso. aracterísticas: Maior alcance horizontal 22 MTROS 23 MTROS 28 MTROS ST ST ST ST = STNR LTUR TRLHO LN HORIZONTL OMPRIMNTO LRGUR MIS LTUR 17,3 10,21 2,41 2,57 19,05 10,6 2, ,86 a 23,6 12,2 a 12,4 2,5 2,79 a 3,05 STO FxG 0,91x2,44 0,8x1,8 0,91x2,44 PSO PI RG a 340 NÍVL SONORO d(a) nd 66,5 80 INLINÇÃO SUPORTÁVL % a entro poio ao Nacional liente

20 LUGUR QUIPMNTOS LVÇÃO LVÇÃO PSSOS MPILHORS VRTIIS Os epilhadores verticais são ideais para locais de acção apertados onde não exige u grande deslocaento, as si de flexibilidade. guenta até duas pessoas e tê u raio de virage uito pequeno, obtendo ua aior rotatividade. O SU PRIRO IL PR: Trabalhos de anutenção; rruação e arazéns; ventos; Inventários e entrepostos ou arazéns da grande istribuição; Trabalhos e locais congestionados ou co pouco espaço de anobra. aracterísticas: s reduzidas diensões perite a circulação através de entradas estreitas; Máxia estabilidade à áxia altura. F LTUR TRLHO LN HORIZONTL OMPRIMNTO LRGUR LTUR STO PSO P. RG F Y x Z kg kg 8 MTROS 10 MTROS ST ST ,39 2,76 2 2,9 0,99 1,06 1,99 1,99 0,9 x 0, TNSÃO V 24 INLINÇÃO SUPORTÁVL % ST = STNR entro de poio Nacional 193

21 LVÇÃO LVÇÃO PSSOS LGRTS s lagartas são o tipo de platafora certa para trabalhar e locais de acesso congestionado. O seu peso reduzido perite trabalhar e pisos ais sensíveis e a largura perite o acesso por passagens ais estreitas. O SU PRIRO IL PR: entro poio ao Nacional liente F LTUR TRLHO LN HORIZONTL OMPRIMNTO LTUR STO OMPRIMNTO TRNSPORT LTUR TRNSPORT LRGUR TRNSPORT PSO F kg P. RG NÍVL SONORO kg d GRINT % LRGUR LRGUR OPRIONL 30 MTROS 30 12,6 4,6 3,75 1,25x0,8x1,1 8,0 1,99 1, nd 25 1,10 4,60 Locais de difícil acesso; Manutenção e entros oerciais; Terrenos íngrees; Lipeza e Manutenção de interiores; Pintura de Interiores de edifícios; Reparação de edifícios co acesso dificultado; Manutenção de edifícios históricos ou obras de arte aracterísticas: opacta e anuseável Fácil anobraento stabilidade à áxia altura

22 LUGUR QUIPMNTOS LVÇÃO LVÇÃO PSSOS PLTFORMS SOR VÍULOS ste tipo de platafora te u rápido poder de deslocação, sendo a platafora ideal para intervenções regulares de anutenção e locais distantes entre si, dando a áxia segurança e estabilidade. O SU PRIRO IL PR: Locais de difícil acesso, devido ao seu reduzido taanho; Trabalhos de anutenção que exija obilidade; Trabalhos na iluinação pública; Instalação de publicidade; ventos; Instalação de redes por cabo. F aracterísticas: Pode ser conduzido co carta de condução de ligeiros; utorizadas a circular e vias públicas; Operacional a partir do cesto. PSO 13 MTROS 14 MTROS 18 MTROS 4x4 ST ST LTUR 2,4 3 3 LRGUR OMPRIMNTO PI RG (áx.) kg 1,7 2,1 2,1 5,04 5,6 6, ÁR O STO YxV 1400x x x1400 LTUR MÁX. TRLHO LTUR MÁX. PLTFORM 11, LN VRTIL F 6,5 9 9 ST = STNR entro de poio Nacional 213

23 LVÇÃO LVÇÃO RGS MPILHORS TLSÓPIOS MPILHORS ONVNIONIS: LÉTRIOS, ISL GÁS MPILHORS TOO-O-TRRNO MPILHORS RTRÁTIS MPILHORS STKRS entro poio ao Nacional liente

24 LUGUR QUIPMNTOS entro de poio Nacional 23

25

26 LUGUR QUIPMNTOS LVÇÃO LVÇÃO RGS MPILHORS TLSÓPIOS O epilhador telescópico, linear ou rotativo, é o equipaento ideal para a elevação e ovientação de cargas pesadas, sendo ainda possível conjugar este equipaento co diversos acessórios. O SU PRIRO IL PR: levação de carga para grandes alturas; eslocar ateriais e obra co rapidez; nfrentar inclinações e obstáculos; onstruções etálicas; levação de carga industrial; aracterísticas: aldes várias capacidades; xtensão de grua; Gancho grua. PSO 12 MTROS ST 9410 a MTROS 17 MTROS ROTTIVO ST a LTUR 2450 a LRGUR 2350 a a 2440 OMPRIMNTO 5790 a a 7470 PI RG LTUR MÁX. LVÇÃO PI MÁX. À LTUR MÁX. LN MÁX. HORIZONTL PI MÁX. O LN MÁX a a a a a a 700 ST = STNR entro de poio Nacional 253

27 LVÇÃO LVÇÃO RGS MPILHORS ONVNIONIS O epilhador convencional é o equipaento ideal para a anobra de cargas e arazéns, co a áxia segurança e eficiência. O SU PRIRO IL PR: Movientação de cargas e arazéns. aracterísticas: stabilidade à áxia altura. 1,5 TON. 2,5 TON. 3 TON. 6 TON. 7 TON. PSO 2900 a a LTUR 2091 a a LRGUR 1135 a a OMPRIMNTO a a P. RG 500 LTUR MÁX. LVÇÃO a a OMPRIMNTO GRFOS 800 a MOTORIZÇÃO V 24v / 80v a 80v 80v iesel iesel = iesel G=GPL = léctrico entro poio ao Nacional liente

28 LUGUR QUIPMNTOS LVÇÃO LVÇÃO RGS MPILHORS TOO-O-TRRNO O epilhador todo-o-terreno é o equipaento ideal para a anobra de cargas e terrenos irregulares, assegurando a áxia estabilidade no transporte da carga. O SU PRIRO IL PR: Movientação de cargas no exterior; Movientação de cargas para todo o tipo de terreno. aracterísticas: stabilidade à áxia altura. 2,5 TON. ST PSO 4350 LTUR 1990 LRGUR 1450 OMPRIMNTO 4045 P. RG 500 P. RG 1100 LTUR MÁX. LVÇÃO OMPRIMNTO GRFOS 1100 MOTORIZÇÃO iesel entro de poio Nacional 273

29 LVÇÃO LVÇÃO RGS MPILHORS RTRÁTIS O epilhador retráctil está preparado para trabalhar e interiores e exteriores no transporte e arazenaento de cargas. O SU PRIRO IL PR: razéns co espaço de anobra reduzido; Inventários e entrepostos e superfícies da grande distribuição. aracterísticas: stabilidade à áxia altura. 1,4 TON. 2 TON. PSO 3440 a LTUR 2900 a LRGUR OMPRIMNTO 2404 a P. RG 600 LTUR MÁX. LVÇÃO OMPRIMNTO GRFOS a MOTORIZÇÃO 48V 48V entro poio ao Nacional liente

30 LUGUR QUIPMNTOS LVÇÃO LVÇÃO RGS MPILHORS STKRS versatilidade do epilhador stacker são equipaentos extreaente versáteis no acondicionaento de ercadorias e altura. sua siplicidade de uso e espaços reduzidos é ua das elhores características deste equipaento. O SU PRIRO IL PR: razéns co espaço de anobra reduzido; Inventários e entrepostos e superfícies da grande distribuição. aracterísticas: stabilidade à áxia altura. 1,6 TON. PSO 1060 a 1251 LTUR 2010 LRGUR 850 a 1150 OMPRIMNTO 1905 a 2068 P. RG 500 LTUR MÁX. LVÇÃO OMPRIMNTO GRFOS a MOTORIZÇÃO 24V entro de poio Nacional 293

31 MOVIMNTÇÃO TRRS MINI SVORS TÉ 5 TON. MII SVORS TÉ 8 TON. SVORS 24 TON. MINI PÁS RRGORS MINI RTROSVORS RTROSVORS entro poio ao Nacional liente

32 LUGUR QUIPMNTOS entro de poio Nacional 31

33 MOVIMNTÇÃO TRRS SVORS MINI SVORS TÉ 5 TONLS ste tipo de escavadora é bastante eficiente na abertura de valas e espaços confinados, podendo ainda ser utilizado co acessórios para perfuração e lipeza. O SU PRIRO IL PR: F scavação de pequeno porte; eolição; Perfuração; bertura de valas. G cessórios: Martelos hidráulicos; alde de lipeza; ngate rápido. PSO 1,5 TON. 2 TON. 2,5 TON. 3,5 TON. 5 TON. RSTOS RSTOS RSTOS RSTOS RSTOS a a a 5280 LTUR a a 2736 LRGUR OMPRIMNTO LN MÁX. O NÍVL O SOLO PROFUNI MÁX. SVÇÃO LTUR MÁX. SRG PROFUNI MÁX. ORT VRTIL FORÇ ROMPIMNTO F G kn entro poio ao Nacional liente , a a a a , a a a a a a a a a a a a ,9 a 9,6 20,2 a 26,1

34 LUGUR QUIPMNTOS MOVIMNTÇÃO TRRS SVORS MII SVORS TÉ 8 TON. ste tipo de escavadora é bastante eficiente na abertura de valas, podendo ainda ser utilizado co acessórios para perfuração e lipeza. O SU PRIRO IL PR: Perfuração de áreas de édio porte; bertura de valas; eolição. cessórios: Martelos hidráulicos; alde de Lipeza; ngate rápido. F G 6,5 TON. 8 TON. RSTOS RSTOS PSO LTUR LRGUR OMPRIMNTO LN MÁX. O NÍVL O SOLO PROFUNI MÁX. SVÇÃO LTUR MÁX. SRG PROFUNI MÁX. ORT VRTIL FORÇ ROMPIMNTO F G kn 29, entro de poio Nacional 333

35 MOVIMNTÇÃO TRRS SVORS SVORS TÉ 24 TON. stes equipaentos alia a força, agilidade, a ovientação e a capacidade de perfuração. O SU PRIRO IL PR: eolição; Perfuração; bertura de valas; scavação de édio e grande porte. cessórios: Martelos hidráulicos; ngate rápido; alde de lipeza; Vários baldes adicionais; RIpper. PSO 15 TON. 18 TON. 20 TON. 22 TON. 24 TON. RSTOS ROS RSTOS RSTOS RSTOS LTUR LRGUR OMPRIMNTO LN MÁX. O NÍVL O SOLO PROFUNI MÁX. SVÇÃO LTUR MÁX. SRG PROFUNI MÁX. ORT VRTIL FORÇ ROMPIMNTO F G kn 9, entro poio ao Nacional liente , , ,8 19,6

36 LUGUR QUIPMNTOS MOVIMNTÇÃO TRRS RRGORS MINI PÁS RRGORS Pá carregadora é versátil e ágil nos espaços ais apertados. É o equipaento ideal para transporte de cargas ligeiras e, utilizando os seus acessórios, para lipeza de terrenos. O SU PRIRO IL PR: Transporte de pequenas cargas; Lipar qualquer superfície; Trabalhar reduzidas áreas de trabalho. cessórios: ngate rápido; Vassoura co colector; Porta garfos + garfos; Roda supleentar copleta. MÁQUIN L PSO LTUR LRGUR OMPRIMNTO PI RG LN MÁX. À LTUR MÁX. LTUR MÁX. SRG LTUR MÁX. RG FORÇ ROMPIMNTO PI kn 20,7 3 0, ,34 0, entro de poio Nacional 353

37 MOVIMNTÇÃO TRRS RTROSVORS MINI RTROSVORS ini retroescavadora, alé de peritir a ovientação de terras, é o equipaento ideal para escavações rápidas ou a reoção de terras e áreas reduzidas. MÁQUIN PSO LTUR LRGUR OMPRIMNTO NTRO RG 400MM L LN MÁX. À LTUR MÁX. PROFUNI MÁX. SVÇÃO LTUR MÁX. SRG LTUR MÁX. RG FORÇ ROMPIMNTO kn ,05 PI 3 0,28 O SU PRIRO IL PR: arregar ateriais a granel; Transportar e colocar ateriais e paletes; xecutar escavações e reoção de terras e áreas reduzidas; Lipar qualquer superfície. cessórios: ngate rápido; Porta garfos + garfos; Martelo hidráulico; Vassoura de lipeza co colector. LNÇ PROFUNI MÁX. SVÇÃO LN MÁX FRONTL (NÍVL SOLO) LN MÁX LTRL (NÍVL SOLO) LTUR MÁX. SRG LTUR MÁX. TRLHO FORÇ ROMPIMNTO kn , entro poio ao Nacional liente

38 LUGUR QUIPMNTOS LUGUR QUIPMNTOS MOVIMNTÇÃO TRRS RTROSVORS RTROSVORS retroescavadora é o equipaento perfeito para escavações e ovientação de terras, apresentando toda a sua versatilidade e podendo ser cobinada co diversos acessórios. MÁQUIN O SU PRIRO IL PR: arregar e espalhar todo o tipo de ateriais a granel; Transportar e colocar ateriais e paletes; xecutar todo o tipo de escavações e reoção de terras; Trabalhar co lâina de nivelaento. cessórios: Vários baldes retro adicionais; ngate rápido; Martelo hidráulico; alde de lipeza. PSO 8070 LTUR 3610 LRGUR 2360 OMPRIMNTO 5620 NTRO RG 500MM NTRO RG 500MM co engate rápido 6x R 2000 L LN MÁX. À LTUR MÁX PROFUNI MÁX. SVÇÃO LTUR MÁX. SRG LTUR MÁX. RG FORÇ ROMPIMNTO kn 64,1 LNÇ PROFUNI MÁX. SVÇÃO LN MÁX FRONTL(NÍVLSOLO) LN MÁX LTRL(NÍVLSOLO) LTUR MÁX. SRG LTUR MÁX. TRLHO FORÇ ROMPIMNTO F 5940 G 3840 H 5530 kn entro de poio Nacional 373

39 OMPTÇÃO ILINROS OMPTÇÃO PÉ ILINROS OMPTÇÃO M VÍULO ILINROS OMPTÇÃO M VÍULO TÉ 2,5 TON. ILINROS OMPTÇÃO M VÍULO MIS 12 TON entro poio ao Nacional liente

40 LUGUR QUIPMNTOS entro de poio Nacional 39

41

42 LUGUR QUIPMNTOS OMPTÇÃO ILINROS ILINROS PÉ O cilindro apeado é o equipaento ideal para a copactação de áreas ais reduzidas, apresentando ua excelente perforance co u investiento bastante acessível. O SU PRIRO IL PR: opactar qualquer superfície; cessos reduzidos; opactação de terrenos co área reduzida; opactação de acessos / entradas a propriedades privadas/garagens. 600 KG PSO (ROLO LISO/ ROLO PÉS RNIRO 600 LTUR 1150 LRGUR OMPRIMNTO LRGUR ROLO LISO 600 IMTRO ROLO LISO VLOI TRLHO (FRNT) 1 2 h VLOI TRLHO (TRÁS) h 0-2 VLOI TRNSP./SLO. h 0-5 LIV SM VIRÇÃO % 35 LIV OM VIRÇÃO % 35 VIRÇÃO Hz 55/0,44 FORÇ NTRIFUG (MÁX.) kn entro de poio Nacional 413

43 OMPTÇÃO ILINROS TÉ 2,5 TON. Os cilindros e veículo co estas diensões são usualente utilizados e operações cirúrgicas de anutenção e reodelação de excertos de estrada, sendo a opção ais rentável e a ais adequada para este tipo de trabalhos. O SU PRIRO IL PR: opactação de qualquer tipo de superfície; opactação de reduzidas áreas; Manutenção rodoviária; Manutenção de excertos de estrada ,5 TON. PSO LTUR LRGUR OMPRIMNTO LRGUR ROLO LISO IMTRO ROLO LISO VLOI TRLHO (FRNT) 1 2 h VLOI TRLHO (TRÁS) h 0-11 VLOI TRNSP./SLO. h 0-10 LIV SM VIRÇÃO % 40 LIV OM VIRÇÃO % 30 VIRÇÃO Hz 62/O,51 FORÇ NTRIFUG (MÁX.) Hz RUÍO MÁQUIN entro poio ao Nacional liente

44 LUGUR QUIPMNTOS OMPTÇÃO ILINROS O SU PRIRO IL PR: ILINROS PSOS stes cilindros e veículos são adequados para obras que requere a copactação de grandes extensões de terreno, sendo a opção perfeita para a copactação de qualquer tipo de terreno. opactar terra e gravilha; nfrentar grandes extensões de terrenos; cessos a propriedades privadas onstrução ou anutenção de ruas e pracetas. 3 2 cessórios: Rolos de pés de carneiro. 7,5 TON. 11,5 TON. PSO ROLO LISO a LTUR LRGUR OMPRIMNTO a LRGUR ROLO LISO IÂMTRO ROLO LISO VLOI TRNSP./SLO. VLOI TRLHO LIV SM VIRÇÃO LIV OM VIRÇÃO VIRÇÃO-GRU1 VIRÇÃO-GRU2 FORÇ NTRÍFUG (MÁX.) h 0-11 h % % Hz / Hz / kn 0-6, /2,0 26/0, ,5 a ,5 a 7, a 65 31/1,95 36/0,9 a 40/0, , /1,78 40/0, entro de poio Nacional 43

45 PROUÇÃO NRGI GRORS GRORS TÉ 50KV GRORS TÉ 100KV GRORS MIS 100KV entro poio ao Nacional liente

46 LUGUR QUIPMNTOS entro de poio Nacional 45

47 PROUÇÃO NRGI OUTROS GRORS GRORS TÉ 50KV Os geradores são instruento iportante na realização de inúeros trabalhos. Os nossos geradores assegura o abasteciento de energia que precisa para qualquer situação. O SU PRIRO IL PR: Pequenos eventos; Garantir energia e locais onde não existe distribuição de eletricidade; Garantir energia durante u curto período de tepo. 20kVas 30kVas 45kVas 16kW 24kW 32kW POTÊNI (kva) ONTINU MRGÊNI H OMPRIMNTO a LRGUR 840 a a LTUR a PSO 720 a a a % 2,9 4,2 5,5 ONS./ RG 75% 4 6,1 7,8 100% 5,4 7,8 a 8,9 10,3 PI PÓSITO (LT) UTONOMI 3/4 RG (H) NÍVL SONORO (db a 7) 38 a 50,5 60 a a 12,6 9,1 a 20, a 124 8,3 a 15, kvas = 0,8 kw entro poio ao Nacional liente

48 LUGUR QUIPMNTOS PROUÇÃO NRGI OUTROS GRORS GRORS TÉ 100KV Os geradores são instruento iportante na realização de inúeros trabalhos. Os nossos geradores assegura o abasteciento de energia que precisa para qualquer situação. O SU PRIRO IL PR: Pequenos eventos; Garantir energia e locais onde não existe distribuição de eletricidade; Garantir energia durante u curto período de tepo. 60kVas 80kVas 100kVas 48kW 64kW 80kW POTÊNI (kva) ONTINU MRGÊNI H OMPRIMNTO LRGUR LTUR PSO % 6,2 9,8 11,8 ONS./ RG 75% 10,2 14,1 17,1 100% 15,3 18,77 22,6 PI PÓSITO (LT) UTONOMI 3/4 RG (H) NÍVL SONORO (db a 7) 1 kvas = 0,8 kw ,5 11, a 178 9,6 a 10, entro de poio Nacional 473

49 PROUÇÃO NRGI OUTROS GRORS GRORS OM MIS 100KV Os geradores são instruento iportante na realização de inúeros trabalhos. Os nossos geradores assegura o abasteciento de energia que precisa para qualquer situação. O SU PRIRO IL PR: 150kVas 200kVas 300kVas Ter energia e locais onde não existe distribuição de electricidade; ventos ao ar-livre; onstrução civil e industria; plicações de eergência ou de auento de capacidade; ventos desportivos; Filagens e abientes exteriores. 120kW 160kW 240kW POTÊNI (kva) ONTINU MRGÊNI H OMPRIMNTO LRGUR LTUR PSO % 18,2 20,7 29,7 ONS./ RG 75% 26,5 30,6 42,9 100% 34,7 41,1 57,7 PI PÓSITO (LT) UTONOMI 3/4 RG (h) NÍVL SONORO (db a 7) ,5 13, , kvas = 0,8 kw entro poio ao Nacional liente

EMPILHADORES TELESCÓPICOS TURBO

EMPILHADORES TELESCÓPICOS TURBO MPLORS TLSÓPOS TRO SL PRT M TOS S RÇÕS STL MNORL XTRORNÁRS MORNO MOTOR N TR Q MPR OM S NORMS ROPS // M PROTOS NTNS New olland oferece, na gaa de a etros de altura de elevação, odelos para que o cliente

Leia mais

Building Services. Circuladores para sistemas de aquecimento, sanitários e refrigeração Série ECOCIRC TLC FLC

Building Services. Circuladores para sistemas de aquecimento, sanitários e refrigeração Série ECOCIRC TLC FLC Circuladores para sisteas de aqueciento, sanitários e refrigeração Série ECOCIRC TLC FLC Série Ecocirc TLC FLC O otivo da escolha A vasta gaa de circuladores da ITT Lowara é a sua prieira escolha devido

Leia mais

XRV 1000 SD5 XRW 1000 SD5 XRXS 566 XRYS 557 / 577 OEM OILTRONIX. Atlas Copco Compressores de Ar Portáteis Maior produtividade em todas as situações

XRV 1000 SD5 XRW 1000 SD5 XRXS 566 XRYS 557 / 577 OEM OILTRONIX. Atlas Copco Compressores de Ar Portáteis Maior produtividade em todas as situações Atlas Copco Copressores de Ar Portáteis Maior produtividade e todas as situações XRV 1000 SD5 XRW 1000 SD5 XRXS 566 XRYS 557 / 577 OEM OILTRONIX A Atlas Copco é líder undial e copressores de ar portáteis,

Leia mais

Sistema de Armazenamento

Sistema de Armazenamento razenaento Sistea de razenaento Profissional Tipos aús aús JOMSTER Núero de s aús STORGEMSTER aús Monster ox 4 apacidade ( ) 0.25-0.7.5 Pág...4.4.5 rários e ancadas rários JOMSTER ancadas STORGEMSTER cessórios

Leia mais

JCB Multicarregadora Telescópica 531-70 DIMENSÕES ESTÁTICAS ALTURA MÁX. DE ELEVAÇÃO: Dimensões em m. Dimensões em m 531-70 531-70 2.49 0.

JCB Multicarregadora Telescópica 531-70 DIMENSÕES ESTÁTICAS ALTURA MÁX. DE ELEVAÇÃO: Dimensões em m. Dimensões em m 531-70 531-70 2.49 0. CARGA MÁX. ÚTIL ALTURA MÁX. DE ELEVAÇÃO: 3.1 Ton. 7 Metros DIMENSÕES ESTÁTICAS Diensões e 531-70 Diensões e 531-70 A Altura total 2.49 H Altura ao solo 0.40 B Largura total (aos pneus)* 2.23 Raio de virage

Leia mais

Manipulação, Armazenamento, Comercialização e Utilização de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP)

Manipulação, Armazenamento, Comercialização e Utilização de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) É ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO DE OPERAÇÕES DE DEFESA CIVIL Departaento de Proteção Contra Incêndio, Explosão e Pânico NORMA TÉCNICA n. 28/2008 Manipulação,

Leia mais

ACESSÓRIOS PARA CARREGADORES ACESSÓ- RIOS PARA CARREGADORES ORIGINAIS STOLL.

ACESSÓRIOS PARA CARREGADORES ACESSÓ- RIOS PARA CARREGADORES ORIGINAIS STOLL. ACESSÓRIOS PARA CARREGADORES ACESSÓ- RIOS PARA CARREGADORES ORIGINAIS STOLL. PARA USO UNIVERSAL PARA UM TRANSPORTE SEGURO ROBUST EM QUALQUER CASO 2 QUALIDADE E RENDIMENTO. Os acessórios de orige da STOLL

Leia mais

Conheça nossos produtos e soluções hidráulicas. Conte com a nossa parceria.

Conheça nossos produtos e soluções hidráulicas. Conte com a nossa parceria. Hydro Z Unikap atua na construção civil, e instalações hidráulicas prediais, residenciais, coerciais e industriais, co ais de il itens produzidos confore as noras vigentes, garantindo total segurança na

Leia mais

RETROESCAVADEIRA COMPACTA 1CX

RETROESCAVADEIRA COMPACTA 1CX RTROSVDIR OMPT POTÊNI MÁ. DO MOTOR. 6,kW (9 hp) PROUNDIDD MÁ. D SVÇÃO D RTRO:,55 etros PIDD MÁ. D RRGDIR: 60 H K D G DIMNSÕS, OM MÁQUIN STÁTI Modelo da áquina ltura total ltura total (cabine baixa) Largura

Leia mais

PESO OPERACIONAL MÁXIMO POTÊNCIA LÍQUIDA DO MOTOR

PESO OPERACIONAL MÁXIMO POTÊNCIA LÍQUIDA DO MOTOR PESO OPERACIONAL MÁXIMO POTÊNCIA LÍQUIDA DO MOTOR 21190kg 172HP Diensões e ilíetros Copriento da esteira sobre o solo Copriento total do chassi Largura do Chassi Largura da áquina co sapatas de 50 Largura

Leia mais

NOVA TC10 PENSE EM PEQUENO

NOVA TC10 PENSE EM PEQUENO NOVA TC10 PENSE EM PEQUENO PEQUENA, MAS CONCEBIDA NA PERFEIÇÃO O ENCAIXE PERFEITO Com apenas 760 mm de largura, a nova micro escavadora sem traseira saliente Terex TC10 é suficientemente estreita para

Leia mais

Catálogo de Produtos. Linha de compactação Tecnologia em concreto

Catálogo de Produtos. Linha de compactação Tecnologia em concreto Catálogo de Produtos Linha de copactação Tecnologia e concreto Copactadores de Percussão SRV 550 SRV 620 Diensões de Sapata 62 Até 18 280 3,0 Diensões de Sapata 65 Até 21 320 3,0 copactação de solos coo

Leia mais

3CX Tier III JCB - RETROESCAVADORA DIMENSÕES ESTÁTICAS. PROFUNDIDADE MÁX.ESCAVAÇÃO DA RETRO: 5.97 metros CAPACIDADE MÁX. DO BALDE FRONTAL: 1.

3CX Tier III JCB - RETROESCAVADORA DIMENSÕES ESTÁTICAS. PROFUNDIDADE MÁX.ESCAVAÇÃO DA RETRO: 5.97 metros CAPACIDADE MÁX. DO BALDE FRONTAL: 1. POTÊNCIA MÁX. MOTOR: 85HP ou 92HP PROFUNDIDADE MÁX.ESCAVAÇÃO DA RETRO: 5.97 etros CAPACIDADE MÁX. DO BALDE FRONTAL: 1.0³ DIMENSÕES ESTÁTICAS As retroescavadoras JCB são foradas por u chassis onobloco de

Leia mais

Soluções em manejo florestal eficiente.

Soluções em manejo florestal eficiente. Soluções e anejo florestal eficiente. Leveza Utiliza ateriais co alta resistência e chapas de espessura reduzida, oferecendo baixo peso e garantindo aior capacidade de carga. Baixo Custo Laço de angueiras

Leia mais

GUINDASTE PARA TERRENO ACIDENTADO - SRC 350. Capacidade de 35 toneladas

GUINDASTE PARA TERRENO ACIDENTADO - SRC 350. Capacidade de 35 toneladas GUINDASTE PARA TERRENO ACIDENTADO - SRC 0 01 Produto internacional desenvolvido co a colaboração de especialistas de dois países, baseado na platafora de R&D China e nos Estados Unidos; A lança totalente

Leia mais

TELETRUK TLT25/30/35. Capacidade máx. de 3.500 kg Capacidade máx. de 2.400 kg a um alcance de 2 m Altura de levantamento máx. de 5.

TELETRUK TLT25/30/35. Capacidade máx. de 3.500 kg Capacidade máx. de 2.400 kg a um alcance de 2 m Altura de levantamento máx. de 5. TLTRUK TLT5/0/5 apacidade áx. de.500 kg apacidade áx. de.00 kg a u alcance de ltura de levantaento áx. de 5.50 FIIÊNI USTO PROPRI. J TLTRUK FZ TUO O QU UM MPILHIR OM MSTRO ONVNIONL FZ... MUITO MIS. RUZIR

Leia mais

ESCAVADEIRA HIDRÁULICA SOBRE ESTEIRAS JS220 LONGO ALCANCE

ESCAVADEIRA HIDRÁULICA SOBRE ESTEIRAS JS220 LONGO ALCANCE PESO OPERACIONAL MÁXIMO: 23.742 POTÊNCIA DO MOTO: 128 kw (172HP) DIMENSÕES, COM A MÁQUINA PARADA Diensões e ilíetros A Copriento da esteira sobre o solo B Copriento total do chassi C Vão livre - contrapeso

Leia mais

EMPILHADEIRAS A COMBUSTÃO

EMPILHADEIRAS A COMBUSTÃO EMPILHADEIRAS A COMBUSTÃO Uma empilhadeira é uma máquina industrial utilizada para levantar e carregar materiais, normalmente através de garfos de metal que são inseridos por debaixo da carga. Geralmente,

Leia mais

2 O Preço Spot de Energia Elétrica do Brasil

2 O Preço Spot de Energia Elétrica do Brasil 2 O Preço Spot de Energia Elétrica do Brasil Inicialente, vai se expor de ua fora uita sucinta coo é criado o preço spot de energia elétrica do Brasil, ais especificaente, o CMO (Custo Marginal de Operação).

Leia mais

QY60K WORLD CLASS TRUCK CRANE. 60 t. 42m. 58m GUINDASTE TELESCÓPICO HIDRÁULICO. Capacidade Máxima MÁX. Altura Máxima de Elevação da Lança Telescópica

QY60K WORLD CLASS TRUCK CRANE. 60 t. 42m. 58m GUINDASTE TELESCÓPICO HIDRÁULICO. Capacidade Máxima MÁX. Altura Máxima de Elevação da Lança Telescópica GUINDASTE TELESCÓPICO HIDRÁULICO QY6K WORLD CLASS TRUCK CRANE Capacidade Máxia MÁX 6 t Altura Máxia de da Telescópica MÁX 2 Altura Máxia de Telescópica + JIB MÁX 5 Distribuidor Exclusivo QY6K GUINDASTE

Leia mais

A escolha inteligente em conforto

A escolha inteligente em conforto Refrigerante Condicionadores de Ar Split A escolha inteligente e conforto FUJITSU GENERAL DO BRASIL High Wall Inverter ASBA09J ASBA12J C C 9.000 12.000 ASBA09L C 9.000 H 10.000 ASBA12L C 12.000 H 14.000

Leia mais

Aparelho de elevação ABS 5 kn

Aparelho de elevação ABS 5 kn 1 597 0503 PT 01.2013 pt Instruções de ontage e de serviço Tradução das instruções originais www.sulzer.co Instruções de ontage e de serviço Instruções de ontage e de serviço para aparelho de elevação

Leia mais

A MOVICORTES ANGOLA integra o Grupo MOVICORTES S.A., com actividade em Portugal, Espanha, Angola e Moçambique.

A MOVICORTES ANGOLA integra o Grupo MOVICORTES S.A., com actividade em Portugal, Espanha, Angola e Moçambique. CATáLOGO de GAMA de construção, mineração e obras públicas A MOVICORTES ANGOLA representa e distribui em Angola, equipamentos de construção e obras públicas de marcas de referência, pela sua qualidade,

Leia mais

Escavadeiras Hidráulicas 312C 312C L

Escavadeiras Hidráulicas 312C 312C L Escavadeiras Hidráulicas 312C 312C L Pesos Peso e Operação* 13.140 kg 28.970 lb Motor Modelo do Motor 3064 T Caterpillar Potência Bruta 70 kw 94 hp Potência no Volante 67 kw 90 hp Mecaniso do Giro Torque

Leia mais

CARREGADEIRA E RETROESCAVADEIRA 3CX ECO

CARREGADEIRA E RETROESCAVADEIRA 3CX ECO POTÊNIA MÁXIMA DO MOTOR: 63kW (85HP) ou 68,6kW (92HP) PROFUNDIDADE MÁXIMA DE ESAVAÇÃO: 4,75 etros APAIDADE MÁXIMA DA ARREGADEIRA: 1,1³ G H F D E J B K A DIMENSÕES GERAIS As retroescavadeiras JB conta co

Leia mais

Talhas Elétricas de Corrente Troles Elétricos e Manuais

Talhas Elétricas de Corrente Troles Elétricos e Manuais Talhas Elétricas de orrente Troles Elétricos e Manuais Talha Elétrica de orrente odestar Talha Elétrica de orrente odestar ap. No.( t) *Vel. Elevação Motor (P) Trao correntes ap. No.( t) *Vel. Elevação

Leia mais

100m. aprox. 5m. Legenda. Detalhes croquis / anotações. Desenhos: PLANTA DO TÉRREO ELEVAÇÃO DOS EDIFÍCIOS PLANTA TÉRREO

100m. aprox. 5m. Legenda. Detalhes croquis / anotações. Desenhos: PLANTA DO TÉRREO ELEVAÇÃO DOS EDIFÍCIOS PLANTA TÉRREO Térreo: Meça e desenhe as diensões principais e eleentos que observar na planta. Preste atenção no edifício e divisão de lotes, entradas, canteiros, obiliário urbano, diensões livres do passeio, etc. Elevação

Leia mais

Plataformas Aéreas de Trabalho & Manipuladores Telescópicos

Plataformas Aéreas de Trabalho & Manipuladores Telescópicos Plataformas Aéreas de Trabalho & Manipuladores Telescópicos Mills, uma História Entrelaçada ao Desenvolvimento do Brasil Fundada em 1952, a Mills tornou-se líder na prestação de serviços e soluções de

Leia mais

OS PRIMEIROS PASSOS DA CONFIABILIDADE NA MANUTENÇÃO DOUGLAS LINO MARCHALEK ENGº ELETRICISTA - UTFPR ANTONIO WOTECOSKI ENGº ELETRICISTA - UTFPR

OS PRIMEIROS PASSOS DA CONFIABILIDADE NA MANUTENÇÃO DOUGLAS LINO MARCHALEK ENGº ELETRICISTA - UTFPR ANTONIO WOTECOSKI ENGº ELETRICISTA - UTFPR OS PRIEIROS PASSOS DA CONFIABILIDADE NA ANUTENÇÃO DOUGLAS LINO ARCHALEK ENGº ELETRICISTA - UTFPR ANTONIO WOTECOSKI ENGº ELETRICISTA - UTFPR APRESENTAÇÃO CONSIDERAÇÕES E QUESTIONAENTOS O PRIEIRO PASSO EXEPLO

Leia mais

Estudo da Resistividade Elétrica para a Caracterização de Rejeitos de Minério de Ferro

Estudo da Resistividade Elétrica para a Caracterização de Rejeitos de Minério de Ferro Estudo da Resistividade Elétrica para a Caracterização de Rejeitos de Minério de Ferro Hector M. O. Hernandez e André P. Assis Departaento de Engenharia Civil & Abiental, Universidade de Brasília, Brasília,

Leia mais

www.gardipool.be O conceito único em piscinas de madeira

www.gardipool.be O conceito único em piscinas de madeira www.gardipool.be O conceito único e piscinas de adeira 2 GardiPool é u conceito único e piscinas baseado nos nossos anos de experiência na indústria adeireira. É u produto totalente integrado desde a árvore

Leia mais

PC160LC-7B ESCAVADEIRA HIDRÁULICA. POTÊNCIA NO VOLANTE 111 1 HP (82,4 kw) @ 2200 rpm PESO OPERACIONAL 17000 kg. CAPACIDADE DA CAÇAMBA 0,65-1,2 m 3

PC160LC-7B ESCAVADEIRA HIDRÁULICA. POTÊNCIA NO VOLANTE 111 1 HP (82,4 kw) @ 2200 rpm PESO OPERACIONAL 17000 kg. CAPACIDADE DA CAÇAMBA 0,65-1,2 m 3 POTÊNCI NO VOLNTE 111 1 HP (82,4 kw) @ 2200 rp PESO OPERCIONL 17000 PC160LC-7 CPCIDDE D CÇM 0,65-1,2 3 O odelo ostrado pode incluir equipaentos opcionais ESCVDEIR HIDRÁULIC Escavadeira Hidráulica PC160LC-7

Leia mais

Agora com. Delegação em Lisboa Tel. 21 231 89 19 Tlm 96 764 46 22 N O R M A L I Z A D O S. Aluguer MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS

Agora com. Delegação em Lisboa Tel. 21 231 89 19 Tlm 96 764 46 22 N O R M A L I Z A D O S. Aluguer MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS Agora com Delegação em Lisboa Tel. 21 231 89 19 Tlm 96 764 46 22 N O R M A L I Z A D O S Aluguer SOLUÇÕES DE ACESSO MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS BASES SIMPLES / DUPLAS - ALUMÍNIO EN 1004 classe 3 EN 1298 DE

Leia mais

ecotec pro O futuro é Vaillant Vaillant, especialistas em Condensação www.vaillant.pt info@vaillant.pt

ecotec pro O futuro é Vaillant Vaillant, especialistas em Condensação www.vaillant.pt info@vaillant.pt O futuro é Vaillant Vaillant, especialistas e Condensação ecotec pro www.vaillant.pt info@vaillant.pt Caldeira ural ista de condensação, co pré-aqueciento de A.Q.S. Vaillant Group International GbH Berghauser

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO. www.construlink.com. Copyright 2003 - Construlink.com - Todos os direitos reservados.

GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO. www.construlink.com. Copyright 2003 - Construlink.com - Todos os direitos reservados. GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO FICHA TÉCNICA STET Nº 10 Nº de pág.s: 5 8 de Agosto de 2003 www.construlink.com COMPACTADORES DE ASFALTO CB-214D, CB-224D, CB-225D, CB-334D e CB-335D A família de

Leia mais

Normas para o Projeto das Estradas de Rodagem

Normas para o Projeto das Estradas de Rodagem MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM Noras para o Projeto das Estradas de Rodage Aprovadas pelo Senhor Ministro da Viação e Obras Públicas consoante Portarias núeros

Leia mais

Plano de ação sectorial de racionalização das TIC no MEC 2.0

Plano de ação sectorial de racionalização das TIC no MEC 2.0 Plano de ação sectorial de racionalização das TIC no 2.0 Horizonte 2014-2016 Grupo de Projeto para as Tecnologias de Inforação e Counicação 1 Título: Plano de ação sectorial de racionalização das TIC no

Leia mais

Andaime para fachadas UNI 70/100

Andaime para fachadas UNI 70/100 válido a partir de 01-08-2015 Stark gerüstet. Andaie para fachadas UNI 70/100 s Português 2 Índice Índice Modelo Vantagens do sistea 2-3 Vantagens do sistea 4-5 Arações 6-7 Pranchas 8 Pranchas Acessos

Leia mais

170W-7. Equipamento Opcional. Equipamento Padrão ROBEX 170W-7

170W-7. Equipamento Opcional. Equipamento Padrão ROBEX 170W-7 quipaento Padrão quipaento Opcional abine padrão ISO abine totalente e aço, co apla visibilidade e cliatizada Janelas co vidros de segurança Lipador de pára-brisas tipo basculante Janela dianteira dobrável

Leia mais

Construção de um sistema de Realidade Virtual (1 a Parte) O Engine Físico

Construção de um sistema de Realidade Virtual (1 a Parte) O Engine Físico Construção de u sistea de Realidade Virtual (1 a Parte) O Engine Físico Roberto Scalco, Fabrício Martins Pedroso, Jorge Tressino Rua, Ricardo Del Roio, Wellington Francisco Centro Universitário do Instituto

Leia mais

Livre Instalação Refrigeração & Congelação 2013

Livre Instalação Refrigeração & Congelação 2013 Livre Instalação Refrigeração & Congelação 0 Índice Página Liebherr trás ais ideias inovadoras A nova gaa Liebherr 0 estabelece novos padrões ao nível da refrigeração e congelação que satisfaze os ais

Leia mais

Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos. Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes. www.plmaquinas.com.

Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos. Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes. www.plmaquinas.com. Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes www.plmaquinas.com.br Andaime Tubular Equipamento leve e econômico que destina-se

Leia mais

IT - 22 ARMAZENAGEM DE LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS

IT - 22 ARMAZENAGEM DE LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS IT - 22 ARMAZENAGEM DE LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS SUMÁRIO ANEXO 1 Objetivo A - Tabelas de distanciaentos 2 Aplicação B - Detalhe de arruação de arazenage fracionada 3 Referências Norativas e Bibliográficas

Leia mais

Tubos Jaquetados e com Isolamento

Tubos Jaquetados e com Isolamento www.swagelok.co s Jaquetas e co Isolaento Características Disponíveis nos taanhos 1/4" a " e 6 a 12 e aço inoxidável 316/316L e cobre s e aço inoxidável co e se costura Jaqueta e PVC para baixa teperatura

Leia mais

Armazenagem de Líquidos Inflamáveis e Combustíveis

Armazenagem de Líquidos Inflamáveis e Combustíveis SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bobeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 27/2004 Arazenage de Líquidos Inflaáveis e Cobustíveis SUMÁRIO ANEXOS

Leia mais

Livre Instalação. Refrigeração & Congelação 2010

Livre Instalação. Refrigeração & Congelação 2010 Nos estabelecientos especializados encontrará os frigoríficos e congeladores Liebherr, onde a assistência e o aconselhaento está nas ãos de profissionais. Encastre Refrigeração & Congelação 00 O revendedor

Leia mais

ALUGUER DE ANDAIMES E OUTROS EQUIPAMENTOS

ALUGUER DE ANDAIMES E OUTROS EQUIPAMENTOS DE ANDAIMES E OUTROS A Equipleva disponibiliza aos clientes um serviço de para certos equipamentos, nomeadamente: ANDAIMES I PLATAFORMAS DE CARGA I PÓRTICOS EM ALUMÍNIO PORTA-PALETES TODO-O-TERRENO proporcionando,

Leia mais

NPT 024 SISTEMA DE CHUVEIROS AUTOMÁTICOS PARA ÁREAS DE DEPÓSITOS

NPT 024 SISTEMA DE CHUVEIROS AUTOMÁTICOS PARA ÁREAS DE DEPÓSITOS Outubro 2011 Vigência: 08 Janeiro 2012 NPT 024 Sistea de chuveiros autoáticos para áreas de depósitos CORPO DE BOMBEIROS BM/7 Versão: 01 Nora de Procediento Técnico 104páginas SUMÁRIO 1 2 3 4 5 Objetivo

Leia mais

Nome. Instituição. Linha de ação

Nome. Instituição. Linha de ação Noe RESERVATÓRIO DE MADEIRA TRATADA PARA CAPTAÇÃO DE ÁGUA DA CHUVA Instituição ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PROFESSOR MANSUETO BOFF Linha de ação Atualente, devido ao cresciento populacional, a água te se

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG.. Cabos Elétricos e Acessórios 02.1. Geral 02.2. Noras 02.3. Escopo de Forneciento 02 T-.1. Tabela 02.4. Características Construtivas 04.4.1. Aplicação 04.4.2. Diensionaento 04.4.3.

Leia mais

TAURULIFT LINE. MANIPULADORES COMPACTOS COM CAPACIDADE DE CARGA DE 1.350, 2.000, 2.300 & 3.000 Kg. www.ausa.com

TAURULIFT LINE. MANIPULADORES COMPACTOS COM CAPACIDADE DE CARGA DE 1.350, 2.000, 2.300 & 3.000 Kg. www.ausa.com TAURULIFT LINE MANIPULADORES COMPACTOS COM CAPACIDADE DE CARGA DE 1.350, 2.000, 2.300 & 3.000 Kg www.ausa.com A LINHA TAURULIFT É A GAMA DE MANIPULADORES COMPACTOS MAIS AMPLA DO MERCADO T 144 H plus T

Leia mais

Armazenagem de Líquidos Inflamáveis e Combustíveis

Armazenagem de Líquidos Inflamáveis e Combustíveis SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bobeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 27/2004 Arazenage de Líquidos Inflaáveis e Cobustíveis SUMÁRIO ANEXOS

Leia mais

1ª LISTA DE DINÂMICA E ESTÁTICA. está inicialmente em repouso nas coordenadas 2,00 m, 4,00 m. (a) Quais são as componentes da

1ª LISTA DE DINÂMICA E ESTÁTICA. está inicialmente em repouso nas coordenadas 2,00 m, 4,00 m. (a) Quais são as componentes da Universidade do Estado da Bahia UNEB Departaento de Ciências Exatas e da Terra DCET I Curso de Engenharia de Produção Civil Disciplina: Física Geral e Experiental I Prof.: Paulo Raos 1 1ª LISTA DE DINÂMICA

Leia mais

Segurança e Produtividade Marcelo Massaharu Yamane

Segurança e Produtividade Marcelo Massaharu Yamane Segurança e Produtividade Marcelo Massaharu Yamane Plataformas Tesoura Elétrica Características operacionais - Ideal para serviços que demandam maior espaço no deck de trabalho ou baixos níveis de ruído,

Leia mais

EMPILHADEIRA TELESCÓPICA JCB TELETRUK

EMPILHADEIRA TELESCÓPICA JCB TELETRUK EMPILHADEIRA TELESCÓPICA JCB TELETRUK A pequena empilhadeira mais versátil do mundo. Primeiro, pegue a base de uma empilhadeira industrial. Adicione então a lança telescópica de um manipulador telescópico.

Leia mais

ATIVIDADE DE COMPOSTAGEM

ATIVIDADE DE COMPOSTAGEM ATIVIDADE DE COMPOSTAGEM 1. Identificação Epresa/Interessado: Endereço: Bairro: Município: CEP: CNPJ/CPF: Telefone: Fax: E-ail: Atividade: Localização do epreendiento (Endereço): Bairro: CEP: Contato:

Leia mais

Projetos de Redes Aéreas Urbanas de Distribuição de Energia Elétrica

Projetos de Redes Aéreas Urbanas de Distribuição de Energia Elétrica Projetos de Redes Aéreas Urbanas de Distribuição Revisão 05 07/2015 NORMA ND.22 ELEKTRO Eletricidade e Serviços S.A. Diretoria de Operações Gerência Executiva de Engenharia, Planejaento e Operação Rua

Leia mais

Andaime Modular COMBI

Andaime Modular COMBI Stark gerüstet. Andaie Modular COMBI s Português válido a partir de 15.04.2013 Índice Estrutura do sistea 2-5 Eleentos de suporte verticais 6 Eleentos de suporte horizontais 7-8 Reforço diagonal 9 Revestientos

Leia mais

CONTEÚDO 7/1/14. Sustentabilidade do negócio do algodão (CONT.) Pessoas mantêm interesse económico de culhvar algodão hoje e amanhã

CONTEÚDO 7/1/14. Sustentabilidade do negócio do algodão (CONT.) Pessoas mantêm interesse económico de culhvar algodão hoje e amanhã 7/1/14 CONTEÚDO XII SEACF, aputo 17 e 18 de Junho de 2014 SUSTENTABILIDADE DO NEGÓCIO DO ALGODÃO: NECESSIDADE CONSTANTE, CONCEITO E UDANÇA E APRENDIZAGE PERANENTE NORBERTO AHALABE IA OZABIQUE 1. ABORDAGE

Leia mais

Plano de ação sectorial de racionalização das TIC no Ministério da Solidariedade e da Segurança Social

Plano de ação sectorial de racionalização das TIC no Ministério da Solidariedade e da Segurança Social Plano de ação sectorial de racionalização das TIC no Horizonte 2012-2016 Grupo de Projeto para as Tecnologias de Inforação e Counicação 1 Título: Plano de ação sectorial de racionalização das TIC no Ministério

Leia mais

TEORIA ELETRÔNICA DA MAGNETIZAÇÃO

TEORIA ELETRÔNICA DA MAGNETIZAÇÃO 113 17 TEORA ELETRÔNCA DA MANETZAÇÃO Sabeos que ua corrente elétrica passando por u condutor dá orige a u capo agnético e torno deste. A este capo daos o noe de capo eletro-agnético, para denotar a sua

Leia mais

Prismas, Cubos e Paralelepípedos

Prismas, Cubos e Paralelepípedos Prisas, Cubos e Paralelepípedos 1 (Ufpa 01) Ua indústria de cerâica localizada no unicípio de São Miguel do Guaá no estado do Pará fabrica tijolos de argila (barro) destinados à construção civil Os tijolos

Leia mais

Livre Instalação Refrigeração & Congelação 2012

Livre Instalação Refrigeração & Congelação 2012 Livre Instalação Refrigeração & Congelação 0 A técnica do frio ais avançada CBNPes 3756 Índice Página Liebherr trás ais ideias inovadoras A nova gaa Liebherr 0 estabelece novos padrões ao nível da refrigeração

Leia mais

Contextualização 01/03/2013. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais

Contextualização 01/03/2013. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais Contextualização A transformação da matéria-prima em produto acabado requer que pelo menos um dos três elementos básicos de produção (trabalhador, máquina e material) seja movimentado. Para a maioria dos

Leia mais

Estudo da viabilidade económica da implementação de uma microturbina

Estudo da viabilidade económica da implementação de uma microturbina Departaento de Engenharia Mecânica Rao de Terodinâica e fluidos Gestão da Energia Estudo da viabilidade econóica da ipleentação de ua icroturbina Coordenação do trabalho: Professor Fausto Freire André

Leia mais

Ficha de Dados de Segurança

Ficha de Dados de Segurança Ficha de Dados de Segurança SECÇÃO 1: Identificação da substância/istura e da sociedade/epresa 1.1. Identificador do produto: Tinteiro EPSON T6309 1.2. Utilizações identificadas relevantes da substância

Leia mais

Simulado 2 Física AFA/EFOMM 2012. B)30 2 m. D)50 2 m. 1 P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r w w w. f u t u r o m i l i t a r. c o m.

Simulado 2 Física AFA/EFOMM 2012. B)30 2 m. D)50 2 m. 1 P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r w w w. f u t u r o m i l i t a r. c o m. Prof. André otta - ottabip@hotail.co Siulado 2 Física AFA/EFO 2012 1- Os veículos ostrados na figura desloca-se co velocidades constantes de 20 /s e 12/s e se aproxia de u certo cruzaento. Qual era a distância

Leia mais

GRUAS CENTRO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA. UFCD 5811 Sistemas de transporte e elevação de carga Formador: David Inverno.

GRUAS CENTRO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA. UFCD 5811 Sistemas de transporte e elevação de carga Formador: David Inverno. CENTRO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA UFCD 5811 Sistemas de transporte e elevação de carga Formador: David Inverno GRUAS 16 Valores (Formador David Inverno) Introdução Gruas No âmbito da UFCD

Leia mais

Tecnologia Global, Soluções Locais

Tecnologia Global, Soluções Locais Medição de Teperatura Se Contato, Iageaento Térico e Visão de Processos Industriais Tecnologia Global, Soluções Locais Terôetros Infraverelhos Fixos Pontuais e Portáteis Raytek Faília Marathon MR Terôetro

Leia mais

EMPILHADEIRAS ELEVADORAS TODO-O- TERRENO E SEMI INDUSTRIÁIS DE 1.300 até 5.000 kg FORKLIFT LINE. www.ausa.com

EMPILHADEIRAS ELEVADORAS TODO-O- TERRENO E SEMI INDUSTRIÁIS DE 1.300 até 5.000 kg FORKLIFT LINE. www.ausa.com EMPILHADEIRAS ELEVADORAS TODO-O- TERRENO E SEMI INDUSTRIÁIS DE 1.300 até 5.000 kg FORKLIFT LINE www.ausa.com FORKLIFT LINE A GAMA LÍDER EM EMPILHADEIRAS COMPACTAS TODO-O- TERRENO E SEMI-INDUSTRIAIS C 11

Leia mais

UHE Igarapava Como o monitoramento do entreferro evitou danos de grande monta no gerador

UHE Igarapava Como o monitoramento do entreferro evitou danos de grande monta no gerador UHE Igarapava Coo o onitoraento do entreferro evitou danos de grande onta no gerador utores: Raiundo Jorge Ivo Metzker, CEMIG Marc R. Bissonnette, VibroSystM ndré Tétreault, VibroSystM Jackson Lin, VibroSystM

Leia mais

CAC. Quando um equipamento de ar condicionado cria as condições ideais, SAMSUNG. Experimente o estilo e funcionalidade da gama comercial

CAC. Quando um equipamento de ar condicionado cria as condições ideais, SAMSUNG. Experimente o estilo e funcionalidade da gama comercial Quando u equipaento de ar condicionado cria as condições ideais, * SMSUNG CC 2009 Syste ir Conditioner Experiente o estilo e funcionalidade da gaa coercial * Iaginação é Real solução perfeita para qualquer

Leia mais

Plano de ação setorial de racionalização das TIC no Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social

Plano de ação setorial de racionalização das TIC no Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social Plano de ação setorial de racionalização das TIC no Horizonte 2012-2016 Versão de Trabalho Dezebro 2014 Grupo de Projeto para as Tecnologias de Inforação e Counicação 1 Título: Plano de ação setorial de

Leia mais

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa E. alternativa A. gasto pela pedra, entre a janela do 12 o piso e a do piso térreo, é aproximadamente:

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa E. alternativa A. gasto pela pedra, entre a janela do 12 o piso e a do piso térreo, é aproximadamente: Questão 46 gasto pela pedra, entre a janela do 1 o piso e a do piso térreo, é aproxiadaente: A figura ostra, e deterinado instante, dois carros A e B e oviento retilíneo unifore. O carro A, co velocidade

Leia mais

Ideen bewegen mehr GAMA DE PRODUTOS REABILITAÇÃO TRANSPORTE TECNOLOGIA MÉDICA

Ideen bewegen mehr GAMA DE PRODUTOS REABILITAÇÃO TRANSPORTE TECNOLOGIA MÉDICA Ideen bewegen mehr > GAMA DE PRODUTOS REABILITAÇÃO TRANSPORTE TECNOLOGIA MÉDICA AAT Alber Antriebstechnik GmbH Ehestetter Weg 11 72458 Albstadt Tel.: 0 74 31.12 95-0 Fax: 12 95-35 www.aat-online.de info@aat-online.de

Leia mais

Excelência. locações e transporte Ltda. www.excelenciaguindastes.com.br

Excelência. locações e transporte Ltda. www.excelenciaguindastes.com.br www.excelenciaguindastes.com.br A Guindastes e uma empresa de Goiânia Goiás QUEM SOMOS que presta serviço em todo território nacional no segmento de Locação de Guindastes, Locação de Munck, Grupo Geradores,

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Energias Renováveis 1º ano. Módulo Q 2 Soluções.

Curso Profissional de Técnico de Energias Renováveis 1º ano. Módulo Q 2 Soluções. Curso Profissional de Técnico de Energias Renováveis 1º ano Docuento de apoio Módulo Q 2 Soluções. 1. Dispersões 1.1. Disperso e dispersante Dispersão Ua dispersão é ua istura de duas ou ais substâncias,

Leia mais

Soluções de armazenagem

Soluções de armazenagem Soluções de armazenagem Seja qual for o seu produto, temos a solução ideal para o armazenar 50 anos a oferecer soluções de armazenagem 3 Presença em mais de 70 países 3 11 centros de produção 3 4 centros

Leia mais

Conta com um grupo de engenheiros e projetistas sempre apontando soluções tanto para os mais simples projetos quanto para os mais complexos.

Conta com um grupo de engenheiros e projetistas sempre apontando soluções tanto para os mais simples projetos quanto para os mais complexos. C A T Á L O G O w w w. e s c a l a r e q u i p a m e n t o s. c o m. b r A ESCALAR iniciou as suas atividades em 2002 e sempre teve como seu principal objetivo atender às necessidades especiais do setor

Leia mais

Indíce. 1. Identificação... 3. 2. Introdução... 4. 3. Características e Controle dos Postes... 5. 4. Designação... 6. 5. Postes Seleccionados...

Indíce. 1. Identificação... 3. 2. Introdução... 4. 3. Características e Controle dos Postes... 5. 4. Designação... 6. 5. Postes Seleccionados... Indíce 1. Identificação.................................................... 3 2. Introdução...................................................... 4 3. Características e Controle dos Postes...................................

Leia mais

pá carregadeira compacta série e

pá carregadeira compacta série e pá carregadeira compacta série e 321E PERFECT IN EVERY MISSION casece.com.br experts for the real world since 1842. pá carregadeira compacta série e 321E Repleta de recursos inovadores e apoiada pelo suporte

Leia mais

PC 26MR. Mini-escavadora PC26MR-3. POTÊNCIA MOTORA 15,5 kw / 21 HP @ 2.500 rpm PESO OPERATIVO 2.550-2.800 kg CAPACIDADE DO BALDE 0,035-0,085 m³

PC 26MR. Mini-escavadora PC26MR-3. POTÊNCIA MOTORA 15,5 kw / 21 HP @ 2.500 rpm PESO OPERATIVO 2.550-2.800 kg CAPACIDADE DO BALDE 0,035-0,085 m³ PC 26MR Mini-escavadora PC26MR-3 POTÊNCIA MOTORA 15,5 kw / 21 HP @ 2.500 rpm PESO OPERATIVO 2.550-2.800 kg CAPACIDADE DO BALDE 0,035-0,085 m³ Num relance A nova mini-escavadora compacta PC26MR-3 é o fruto

Leia mais

MANIPULADORES TELESCÓPICOS JLG

MANIPULADORES TELESCÓPICOS JLG MANIPULADORES TELESCÓPICOS JLG MANIPULADORES TELESCÓPICOS JLG CHEGANDO ATÉ VOCÊ Sua produtividade está em jogo no momento em que você sobe na cabine do manipulador telescópico. A linha de manipuladores

Leia mais

Capítulo VII. Por Sérgio Feitoza Costa*

Capítulo VII. Por Sérgio Feitoza Costa* 44 Equipaentos para subestações de T&D Capítulo VII Distâncias de segurança de subestações e sisteas de proteção contra incêndios e subestações Este fascículo ve apresentando conceitos de engenharia para

Leia mais

COMO CONSTRUIR UM GALINHEIRO MÓVEL

COMO CONSTRUIR UM GALINHEIRO MÓVEL COMO CONSTRUIR UM GALINHEIRO MÓVEL Alessandra Maria da Silva, Med. Veterinária, MSc Incaper Linhares-ES Eduardo Ferreira Sales, Engº Agrícola, MSc Incaper Linhares-ES Márcia Neves Guelber Sales, Med. Veterinária,

Leia mais

Posto de transformação compacto de manobra interior MT/BT até 1000 kva - 24/36 KV KIOBLOC. índice. apresentação 2. características 3.

Posto de transformação compacto de manobra interior MT/BT até 1000 kva - 24/36 KV KIOBLOC. índice. apresentação 2. características 3. Posto de transformação compacto de manobra interior MT/BT até 1000 kva - 24/36 KV KIOBLOC índice apresentação 2 características 3 componentes 4 instalação 5 gama 6 escolha 8 planos 10 MERLIN GERIN 3 apresentação

Leia mais

WH 609. Multicarregador telescópico WH609. ALTURA DE CARGA 9.000 mm CAPACIDADE DE CARGA 3.500 kg PESO OPERATIVO 8.660 kg

WH 609. Multicarregador telescópico WH609. ALTURA DE CARGA 9.000 mm CAPACIDADE DE CARGA 3.500 kg PESO OPERATIVO 8.660 kg WH 609 Multicarregador telescópico WH609 ALTURA DE CARGA 9.000 mm CAPACIDADE DE CARGA 3.500 kg PESO OPERATIVO 8.660 kg Num relance O WH609 pertence à família de multicarregadores telescópicos Komatsu,

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto abaixo e responda às questões propostas. Viajar para dentro

LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto abaixo e responda às questões propostas. Viajar para dentro 14 e 85 LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto abaixo e responda às questões propostas 1 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 Viajar para dentro Os brasileiros estão viajando ais. Pouco iporta o destino: a verdade é que

Leia mais

Impermeabilização de túnel com geomembrana de PVC

Impermeabilização de túnel com geomembrana de PVC RESUMO Para atender ao plano de recuperação da Estação da Luz (TM) no centro da cidade de São Paulo e visando facilitar o deslocaento dos usuários dos serviços de transporte de assa, a Copanhia Paulista

Leia mais

Transformadores e bobinas de alta frequência

Transformadores e bobinas de alta frequência Transforadores e bobinas de alta frequência 007 Profª Beatriz Vieira Borges 1 Transforadores e bobinas de alta frequência ideal v 1 v úcleo de ferrite i 1 i + + v 1 v - - v 1 1 1 v i 1 i 007 Profª Beatriz

Leia mais

Empilhador de armazenagem tridireccional ETX 513/515. Capacidade de carga de 1250/1500 kg.

Empilhador de armazenagem tridireccional ETX 513/515. Capacidade de carga de 1250/1500 kg. Empilhador de armazenagem tridireccional ETX 513/515. Capacidade de carga de 1250/1500 kg. ETX 513 com garfos telescópicos (opcional) Capacidade de carga 1250 kg Elevação máxima 10 000 mm ETX 515 com garfos

Leia mais

Andaime de fachada UNI 70/100

Andaime de fachada UNI 70/100 Stark gerüstet. Andaie de fachada 70/100 s Português válido a partir de 15.04.2013 Índice Estrutura / vantagens do sistea 2-3 Quadros verticais 4-5 Revestientos 6 Acessos a andaies interiores 7 Acessos

Leia mais

Aula 6 Primeira Lei da Termodinâmica

Aula 6 Primeira Lei da Termodinâmica Aula 6 Prieira Lei da Terodinâica 1. Introdução Coo vios na aula anterior, o calor e o trabalho são foras equivalentes de transferência de energia para dentro ou para fora do sistea. 2. A Energia interna

Leia mais

A Teoria dos Jogos é devida principalmente aos trabalhos desenvolvidos por von Neumann e John Nash.

A Teoria dos Jogos é devida principalmente aos trabalhos desenvolvidos por von Neumann e John Nash. Teoria dos Jogos. Introdução A Teoria dos Jogos é devida principalente aos trabalhos desenvolvidos por von Neuann e John Nash. John von Neuann (*90, Budapeste, Hungria; 957, Washington, Estados Unidos).

Leia mais

Lista de disponibilidades Agricelos. Tractores e Material agrícola (www.agricelos.pt.vu www.tractores.pt.vu) KUBOTA B 6000 com frese

Lista de disponibilidades Agricelos. Tractores e Material agrícola (www.agricelos.pt.vu www.tractores.pt.vu) KUBOTA B 6000 com frese Lista de disponibilidades Agricelos Tractores e Material agrícola (www.agricelos.pt.vu www.tractores.pt.vu) KUBOTA B 6000 com frese Motor Kubota de 2 cilindros em muito bom estado. Inclui frese como nova

Leia mais

55MR. Escavadeira Compacta PC55MR-3. POTÊNCIA 39,6 HP @ 2.400 rpm. PESO OPERACIONAL 5.160-5.350 kg. CAPACIDADE DA CAÇAMBA 0,07-0,18 m³

55MR. Escavadeira Compacta PC55MR-3. POTÊNCIA 39,6 HP @ 2.400 rpm. PESO OPERACIONAL 5.160-5.350 kg. CAPACIDADE DA CAÇAMBA 0,07-0,18 m³ PC 55MR As fotos neste folheto são meramente ilustrativas, podendo incluir opcionais ou configurações diferentes do equipamento padrão. Escavadeira Compacta PC55MR-3 POTÊNCIA 39,6 HP @ 2.400 rpm PESO OPERACIONAL

Leia mais

Duas décadas a movimentar o futuro de Angola.

Duas décadas a movimentar o futuro de Angola. Duas décadas a movimentar o futuro de Angola. Obras Públicas e Mineração Construção Compactação Perfuração Fundações Floresta Agricultura Geração Energia Movimentação Carga Produtos e Serviços OBRAS PÚBLICAS

Leia mais