INSTRUMENTO COMPLEMENTAR AO AVISO DE PROCURA DE IMÓVEL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTRUMENTO COMPLEMENTAR AO AVISO DE PROCURA DE IMÓVEL"

Transcrição

1 SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE LOGÍSTICA, ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS COORDENAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS INSTRUMENTO COMPLEMENTAR AO AVISO DE PROCURA DE IMÓVEL Locação de Imóvel para Abrigar a Sudene em Recife PE 1. OBJETO 1.1. Locação de imóvel comercial que atenda às necessidades da SUDENE, localizado na cidade de Recife/PE A área total privativa será de no mínimo de m² (dois mil, novecentos e vinte e cinco metros quadrados), conforme especificado no item 2 do Anexo I Programa de Necessidades da Sudene O(s) proprietário(s) (pessoa jurídica ou física) deverá(ão) atender às exigências de adequações e benfeitorias no imóvel, tais como: instalação de rede lógica, elétrica (comum e estabilizada), hidrossanitária, telefônica, projeto e instalação de divisórias, equipamentos de ar-condicionado tipo VRF e cortinas tipo persiana. 2. APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA 2.1. A proponente deverá apresentar a proposta em conformidade com o modelo do Anexo II Formulário para Apresentação da Proposta de Locação A proposta deverá ser entregue pessoalmente, em envelope lacrado e identificado, na Coordenação de Serviços Gerias, localizada na Praça Ministro João Gonçalves de Souza, s/n, Edifício Sudene, Engenho do Meio, Recife/PE, CEP: , 5º andar, ala Norte, sala 5N Os envelopes deverão conter a seguinte identificação: À Sudene - Coordenação de Serviços Gerais Proposta para locação de imóvel 2.4. Serão recebidas propostas até às 17 horas do dia 30/01/2015; 2.5. Não serão recebidos envelopes após data e horário marcado no subitem anterior; 2.6. A proposta deverá ser apresentada sem emendas, rasuras, correção (corretivo líquido e outros) ou entrelinhas, nos campos que envolvem valores, quantidades e prazos, que possam comprometer a sua interpretação; 1

2 2.7. Deverão constar da proposta o valor mensal do aluguel e dos encargos de locação exigíveis, bem como o CPF ou CNPJ da proponente; 2.8. A proposta deverá ter validade mínima de 60 (sessenta) dias; 2.9. A proposta deverá indicar a data máxima para a entrega das chaves, a qual não poderá ultrapassar 15/04/2015; A proposta deverá estar assinada pelo proprietário ou seu representante, desde que possua poderes para tal, o que deverá restar demonstrado documentalmente; Para obtenção de informações relativas a este procedimento, utilize o endereço de Na análise das propostas será verificada a regularidade fiscal, trabalhista e previdenciária da proponente, de acordo com a legislação que prevê a contratação com a administração pública. 3. CONTRATAÇÃO 3.1. Após a análise das propostas, verificado que um dos imóveis atende às necessidades da Entidade, será formalizado um instrumento de contrato para reger a relação entre as partes, com fulcro na Lei 8.245/91 e 8.666/93, e demais normas pertinentes. 4. PRAZO DE VIGÊNCIA DA LOCAÇÃO A SER DISCIPLINADO POR MEIO DE CONTRATO 4.1. O prazo de vigência do contrato será de 36 (trinta e seis) meses, podendo, por interesse da Administração, ser prorrogado por períodos sucessivos; 4.2. Os efeitos financeiros da contratação só serão produzidos a partir da entrega das chaves, precedido de vistoria do imóvel. 5. OBRIGAÇÕES DA LOCATÁRIA 5.1. São obrigações da LOCATÁRIA: Pagar o aluguel e os encargos da locação exigíveis, no prazo estipulado no Contrato; Servir-se do imóvel para o uso convencionado ou presumido, compatível com a natureza deste e com o fim a que se destina, devendo conservá-lo como se seu fosse; Realizar vistoria do imóvel, antes da entrega das chaves, para fins de verificação minuciosa do estado do imóvel, fazendo constar do Termo de Vistoria os eventuais defeitos existentes; Restituir o imóvel, finda a locação, nas condições em que o recebeu, conforme documento de descrição minuciosa, elaborado quando da vistoria inicial, salvo os desgastes e deteriorações decorrentes do uso normal; Comunicar à LOCADORA qualquer dano ou defeito cuja reparação a esta incumba, bem como as eventuais turbações de terceiros; 2

3 Realizar o imediato reparo dos danos verificados no imóvel, ou nas suas instalações, provocados por seus agentes, funcionários ou visitantes autorizados; Não modificar a forma externa ou interna do imóvel, sem o consentimento prévio e por escrito da LOCADORA, exceto para os casos de simples adequações no layout, como remanejamento e instalações de divisórias, portas e interruptores; Entregar à LOCADORA os documentos de cobrança de tributos e encargos condominiais, cujo pagamento não seja de seu encargo, bem como qualquer intimação, multa ou exigência de autoridade pública, ainda que direcionada à LOCATÁRIA; Pagar as despesas de consumo de energia elétrica, água e esgoto, caso esses valores não estejam inclusos no valor do condomínio; Permitir a vistoria do imóvel pela LOCADORA ou por seus mandatários, mediante prévia combinação de dia e hora; Acompanhar e fiscalizar a execução do objeto do contrato; Atestar as notas fiscais/faturas, por meio de servidor(es) competente(s) para tal; Aplicar as sanções administrativas regulamentares e contratuais; Outras eventualmente previstas no contrato a ser firmado. 6. OBRIGAÇÕES DA LOCADORA 6.1. São obrigações da LOCADORA: Entregar o imóvel em perfeitas condições de uso para os fins a que se destina, e em estrita observância às especificações de sua proposta, no prazo estabelecido no item 2.9 deste documento (item retificado); Permitir a adaptação do layout às necessidades de ambientes e áreas do edifício, a fim de proporcionar o funcionamento adequado dos diversos serviços, seções e equipes da Sudene, conforme as necessidades da Sudene, estabelecidas no Anexo I deste documento; Atender às exigências de instalação de pontos telefônicos, rede elétrica, sistemas de condicionadores de ar tipo VRF, combate a incêndio e rede de lógica, bem como sistema hidráulico e instalações de cortinas tipo persiana; Garantir, durante o tempo da locação, o uso pacífico do imóvel; Manter, durante a locação, a forma e o destino do imóvel; Responder pelos vícios ou defeitos anteriores à locação; Auxiliar a LOCATÁRIA na descrição minuciosa do estado do imóvel, quando da realização da vistoria; Fornecer à LOCATÁRIA recibo discriminando as importâncias pagas, vedada a quitação genérica; 3

4 Pagar as taxas de administração imobiliária, se houver, e de intermediações, nestas compreendidas as despesas necessárias à aferição da idoneidade do pretendente; Pagar a Taxa de Prevenção e Extinção de Incêndio TPEI, o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana IPTU e Taxa de Limpeza Pública TLP; Outras eventualmente previstas no contrato a ser firmado. 7. DO PAGAMENTO 7.1. O pagamento dos aluguéis será em moeda corrente nacional, por meio de Ordem Bancária ou Boleto, até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao vencido, desde que o recibo/boleto, ou documento de cobrança correspondente, tenha sido apresentado pela LOCADORA com antecedência mínima de 7 (sete) dias úteis Antes de qualquer pagamento, serão verificadas as seguintes comprovações, sem prejuízo de verificação por outros meios, cujos resultados serão impressos, autenticados e juntados ao processo de pagamento: Regularidade do cadastramento e da habilitação contratada, através de consulta on-line ao Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, nos termos do Decreto nº 3.722, de 2001; do Decreto nº 4.485, de 2002, ou, na impossibilidade de acesso ao referido Sistema, mediante consulta aos sítios eletrônicos oficiais ou à documentação mencionada no artigo 29 da Lei nº 8.666, de 1993; Apresentação de Certidão Negativa de Débitos Trabalhista CNDT, nos termos do Título VII-A da Consolidação das Leis do Trabalho, sobre inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho, de que trata a Lei nº , de DA RESCISÃO 8.1. A LOCATÁRIA poderá rescindir o Termo de Contrato, sem qualquer ônus, em caso de descumprimento total ou parcial de qualquer cláusula contratual ou obrigação imposta à LOCADORA, sem prejuízo da aplicação das penalidades cabíveis Também constitui motivo para a rescisão do contrato a ocorrência das hipóteses enumeradas no art. 78 da Lei nº 8.666, de 1993, com exceção das previstas nos incisos VI, IX e X, que sejam aplicáveis a esta relação locatícia Caso, por razões de interesse público, devidamente justificadas, nos termos do inciso XII do artigo 78 da Lei n 8.666, de 1993, a LOCATÁRIA decida devolver o imóvel e rescindir o contrato, antes do término do seu prazo de vigência, ficará dispensada do pagamento de qualquer multa, desde que notifique a LOCADORA, por escrito, com antecedência mínima de 90 (noventa) dias Nesta hipótese, caso não notifique tempestivamente a LOCADORA, e desde que esta não tenha incorrido em culpa, a LOCATÁRIA ficará sujeita ao pagamento de multa equivalente a 02 (dois) meses de aluguel, segundo a proporção prevista no artigo 4 da Lei n 8.245, de 1991, e no artigo 413 4

5 do Código Civil, considerando-se o prazo restante para o término da vigência do contrato Nos casos em que reste impossibilitada a ocupação do imóvel, tais como incêndio, desmoronamento, desapropriação, caso fortuito ou força maior, entre outros, a LOCATÁRIA poderá considerar o contrato rescindido imediatamente, ficando dispensada de qualquer prévia notificação ou multa, desde que, nesta hipótese, não tenha concorrido para a situação O procedimento formal de rescisão terá início mediante notificação escrita, entregue diretamente à LOCADORA ou por via postal, com aviso de recebimento Os casos da rescisão contratual serão formalmente motivados nos autos, assegurado o contraditório e a ampla defesa, e precedidos de autorização escrita e fundamentada da autoridade competente. 9. DA EXECUÇÃO E FISCALIZAÇÃO DO CONTRATO 9.1. A fiscalização será exercida no interesse da Administração e não exclui nem reduz a responsabilidade da LOCADORA, inclusive perante terceiros, por quaisquer irregularidades, e, na sua ocorrência, não implica corresponsabilidade do Poder Público ou de seus agentes e prepostos A fiscalização do contrato será objeto de acompanhamento, controle, fiscalização e avaliação por servidor especialmente designado para assegurar o perfeito cumprimento do contrato O representante da Administração anotará em registro próprio todas as ocorrências relacionadas com a execução do contrato. Recife, 22 de janeiro de Jayme Loyo de Arruda Falcão Coordenador de Serviços Gerais José Wilson Galdino Engenheiro Civil Coordenação de Serviços Gerais Área de Engenharia Rebeca Ramalho Rêgo Arquiteta Coordenação de Serviços Gerais Área de Engenharia APROVO Em, 22 de janeiro de Brivaldo José de Vasconcelos Soares Coordenador Geral de Logística, Administração e Finanças Substituto 5

6 SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE LOGÍSTICA, ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS COORDENAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS ANEXO I PROGRAMA DE NECESSIDADES DA SUDENE 1. JUSTIFICATIVA 1.1. A Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste Sudene, autarquia de natureza especial criada pela Lei Complementar nº 125, de 03 de janeiro de 2007, vinculada ao Ministério da Integração Nacional MI, que tem por finalidade promover o desenvolvimento da região Nordeste, de forma a colocá-la em equilíbrio com as demais regiões e inovar e modernizar as estratégias dos setores produtivos, por meio da introdução e disseminação de técnicas de gestão de informações, ampliação e gestão do conhecimento e inteligência competitiva, encontra-se em fase de reestruturação Atualmente ocupa um espaço de aproximadamente m² no Edifício Sudene, de propriedade da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), localizado no bairro de Engenho do Meio, tendo o encargo, ao longo dos últimos anos, de gerenciar o condomínio de todo o edifício, embora ocupe apenas cerca de 30% de sua área útil total, onde se encontram alocados 214 (duzentos e catorze) servidores ativos permanentes, 25 (vinte e cinco) servidores em cargos de comissão, 51 (cinquenta e um) estagiários e 35 (trinta e cinco) servidores que serão transferidos do Ministério da Integração Nacional MI, totalizando 325 (trezentos e vinte e cinco) pessoas a serviço desta Autarquia Ademais, as instalações disponíveis são inadequadas para o pleno funcionamento do Órgão, requerendo investimentos em sua infraestrutura em todo o prédio, a serem feitos pelo proprietário do imóvel, conforme notificações recebidas pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, tendo em vista que o local possui: banheiros feminino e masculino em precárias condições de utilização, inclusive necessitando de serem adaptados para pessoas com deficiência; copas com as instalações hidráulicas em más condições, necessitando a substituição integral das tubulações; instalações elétricas precisando de reparo, com substituição total de tubulações e fiações, além de modernização nas subestações; fachadas e esquadrias deterioradas, necessitando reparos ou substituições em todo o edifício; salas de trabalho, em sua maioria, sem adequadas condições de climatização, necessitando de ações de melhoria do conforto térmico para os usuários; e sistema de prevenção e combate a incêndios necessitando ser substituído, a fim de preservar a segurança patrimonial e dos usuários Deste modo, considerando a necessidade de reparos em todas as instalações do prédio, o uso parcial da Sudene e sua impossibilidade de custear a totalidade 6

7 desses investimentos em uma edificação que não é de sua propriedade, a locação de um imóvel que abrigue as novas instalações da Superintendência justifica-se e torna-se imprescindível para o seu pleno funcionamento, para que sejam realizadas as reformas necessárias no Edifício Sudene. 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 2.1. ESTIMATIVA DA ÁREA A área total privativa mínima será de 2.925m² (dois mil, novecentos e vinte e cinco metros quadrados), sendo essa área obtida pela multiplicação da quantidade total de servidores (325) pela área de 9m² (nove metros quadrados) por pessoa Essa estimativa inclui toda área de expediente dos servidores, as áreas de copa, banheiros, salas de reunião, centro de processamento de dados, depósitos e sala de limpeza CARACTERÍSTICAS E CONDIÇÕES NECESSÁRIAS DO IMÓVEL A SER LOCADO O imóvel a ser locado, deverá, obrigatoriamente, observar os seguintes requisitos: Área total privativa de no mínimo 2.925m² (dois mil, novecentos e vinte e cinco metros quadrados), em andares preferencialmente contíguos; Disponibilizar auditório com capacidade mínima de 100 pessoas para eventual locação; Estar localizado no Município de Recife, tendo em vista que a maioria dos servidores está domiciliada nesse Município; Proximidade aos pontos de acesso a sistema de transporte coletivo, num raio máximo de 200 metros; Possuir adequada acessibilidade, atendendo às disposições previstas na NBR 9050 e Lei nº /2000; Estar livre, desembaraçado e desimpedido de coisas e pessoas na data da celebração do contrato de locação; Disponibilizar garagem privativa demarcada para veículos em número não inferior a 160 (cento e sessenta) vagas, sendo no mínimo 80 (oitenta) vagas no estacionamento do empreendimento e no máximo 80 (oitenta) vagas em estacionamento locado num raio de no máximo 200 (duzentos) metros do empreendimento. O custo fica a cargo do Locador; Imóvel deverá estar em perfeitas condições de uso, com habite-se até a data do recebimento das chaves, em especial atenção às normas que regem as instalações de prevenção e combate a incêndio. Para os casos de inexistência de habite-se, a área técnica da SUDENE, no exame 7

8 das propostas, atestará a viabilidade de cumprimento do prazo, informado pela empresa, para atendimento deste requisito; O teto, o piso e as paredes deverão ser revestidos de cores claras, com ausência de pontos de infiltração, mofos e manchas; As janelas e as portas deverão estar em perfeito funcionamento de abertura e fechamento de fechaduras, bem como as demais benfeitorias requeridas nos termos do item 1. OBJETO subitem 1.3, na forma de layout a ser informado pela SUDENE; Os elevadores deverão estar em perfeito estado de conservação, apresentando condições plenamente seguras de utilização, em concordância com as normas da ABNT e liberados para funcionamento por meio de laudo do técnico responsável; Disponibilidade de Gerador de Energia para cobertura de 100% do prédio; Disponibilidade de ar-condicionado tipo VRF, a razão mínima de 800 BTU s/h por metro quadrado; Lajes com capacidade de suporte de peso, em vista do uso de arquivos permanentes, de acordo com a prescrição contida na Norma NBR 6120, item Recife, 22 de janeiro de José Wilson Galdino Engenheiro Civil Coordenação de Serviços Gerais Área de Engenharia Rebeca Ramalho Rêgo Arquiteta Coordenação de Serviços Gerais Área de Engenharia 8

9 SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE LOGÍSTICA, ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS COORDENAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS ANEXO II FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DE LOCAÇÃO Tendo em vista o interesse da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste Sudene em locar imóvel para acomodar seus servidores para desenvolver as atividades desempenhadas por esta Autarquia, solicitamos que, se for de seu interesse, apresente proposta conforme especificado abaixo: Dados Gerais Nome do Empreendimento oferecido para locação: Endereço Completo: Proponentes : PJ CNPJ, nome do representante e número de telefone para contato; PF CPF, nome do representante e número de telefone para contato. Informações relacionadas à Estrutura Citar os pavimentos disponíveis para locação, preferencialmente contíguos, compondo no mínimo 2.925m² (dois mil, novecentos e vinte e cinco metros quadrados): Área disponível por pavimento (m²): Disponibilidade de auditório - quantidade, tamanho em m 2 e capacidade mínima para 100 (cem) pessoas para eventual locação: Quantidade de elevadores e capacidade por lotação: Quantidade de escadas (saídas de emergência): Estacionamento privativo de no mínimo 80 (oitenta) vagas no imóvel a ser locado: Disponibilidade de estacionamento formal de no máximo 80 (oitenta) vagas no raio de 200 (duzentos) metros do imóvel a ser locado: Demonstrar que o imóvel possui adequada acessibilidade, atendendo às disposições previstas na NBR 9050 e Lei nº /2000: Informar da disponibilidade de gerador de energia para cobertura de 100% do imóvel: Informar capacidade de suporte de peso dos pavimentos, em vista de uso de arquivos permanentes: 9

10 Informar da disponibilidade de ar-condicionado tipo VRF, a razão mínima de 800 BTU s/h por metro quadrado que deve estar em pleno funcionamento no ato de entrega das chaves do imóvel a ser locado: Informar que o teto, o piso e as paredes serão revestidos de cores claras, com ausência de pontos de infiltração, mofos e manchas, bem como que as janelas e portas estarão em perfeito funcionamento de abertura e fechamento de fechaduras: Outras características relacionadas à Estrutura (relacionar, caso haja): Informações relacionadas ao Condomínio Valor do Condomínio: Serviços inclusos no valor do Condomínio: Outros serviços oferecidos pelo Condomínio: Informações relacionadas ao Aluguel Estimativa do valor do aluguel por m 2 (com revestimentos e instalações): Assinale os itens que estão inclusos na estimativa de valor do aluguel por m 2 : ( ) piso ( ) rede hidráulica ( ) ar-condicionado tipo VRF ( ) forro ( ) rede lógica ( ) iluminação ( ) rede elétrica ( ) cortinas tipo persianas ( ) sist. de prevenção de incêndio ( ) Estacionamento formal de no máximo 80 (oitenta) vagas no raio de 200 (duzentos) metros do imóvel a ser locado Prazo para entrega do empreendimento: Outra Informações: - Breve relato sobre os pontos de acesso ao sistema de transporte coletivo; e - Anexar a proposta de locação a comprovação da regularidade fiscal, trabalhista e previdenciária do proponente, de acordo com a legislação que prevê a contratação com a administração pública (LOCAL), de janeiro de REPRESENTANTE LEGAL DA EMPRESA (Nome, assinatura e carimbo) 10

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR A SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE EM RECIFE - PE.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR A SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE EM RECIFE - PE. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR A SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE EM RECIFE - PE. A Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE) comunica que pretende

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR A SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO CENTRO-OESTE EM BRASÍLIA- DF.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR A SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO CENTRO-OESTE EM BRASÍLIA- DF. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR A SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO CENTRO-OESTE EM BRASÍLIA- DF. A Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste SUDECO, comunica que

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE QUÍMICA DA 21ª CRQ XXI, através da Comissão Permanente de Licitação (CPL), no uso de suas atribuições e de acordo com o disposto no Artigo

Leia mais

CADERNO DE ORIENTAÇÕES LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA

CADERNO DE ORIENTAÇÕES LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA Dezembro de 2013 SUMÁRIO 1. OBJETO... 3 2. GENERALIDADES... 3 3. DO EDIFÍCIO... 4 4. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, ELETRÔNICAS, DADOS E VOZ... 4 5. INSTALAÇÕES DE REFRIGERAÇÃO...

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº 001/2015

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº 001/2015 Página 1 de 5 EDITAL DE CHAMAMENTO A COMPANHIA POTIGUAR DE GÁS (POTIGÁS), por intermédio da sua Diretoria Executiva, na forma das disposições contidas no artigo 24, inciso X, da Lei 8.666/93 e alterações

Leia mais

PROJETO BÁSICO LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO POSTO DE ATENDIMENTO VEICULAR- PAV NO MUNICÍPIO DE JOÂO NEIVA.

PROJETO BÁSICO LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO POSTO DE ATENDIMENTO VEICULAR- PAV NO MUNICÍPIO DE JOÂO NEIVA. PROJETO BÁSICO LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO POSTO DE ATENDIMENTO VEICULAR- PAV NO MUNICÍPIO DE JOÂO NEIVA. Vitória, 23 de Julho de 2014. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Título do Projeto:

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº 118DV/2015

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº 118DV/2015 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº 118DV/2015 MUNICÍPIO DE WENCESLAU GUIMARÃES, pessoa jurídica de direito público, através de seu órgão administrativo Prefeitura Municipal, CNPJ nº 13.758.842/0001-59, representado

Leia mais

DECRETO Nº 23581. De 09 de janeiro de 2006

DECRETO Nº 23581. De 09 de janeiro de 2006 DECRETO Nº 23581 De 09 de janeiro de 2006 Cria a Comissão de Locação de Imóveis e estabelece procedimentos para celebração, prorrogação e rescisão de contratos de locação. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS,

Leia mais

CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE BENS IMÓVEIS QUADRO RESUMO

CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE BENS IMÓVEIS QUADRO RESUMO CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE BENS IMÓVEIS QUADRO RESUMO CONTRATADA/ADMINISTRADORA: HB IMOBILIÁRIA LTDA., estabelecida na Avenida Hermes Fontes, nº 1950, Luzia, Aracaju, Sergipe, CEP: 49045-760, inscrita

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO 024/2014 EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA

CHAMAMENTO PÚBLICO 024/2014 EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA CHAMAMENTO PÚBLICO 024/2014 EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA O DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO DETRAN ES, através da Coordenação de Gestão

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Locação de imóveis

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Locação de imóveis Pág.: 1/6 1 Objetivo Esta Norma estabelece os procedimentos referentes à celebração, renovação e rescisão dos contratos de locação de imóveis efetuados pela COPASA MG, exclusivamente para o exercício de

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 1. OBJETO 1.1. O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP), Autarquia Federal de abrangência estadual, por meio de sua Presidência, de acordo com suas atribuições

Leia mais

CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL. Esta cartilha visa orientar e contribuir

CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL. Esta cartilha visa orientar e contribuir CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL Esta cartilha visa orientar e contribuir objetivamente as pessoas de um modo geral e aos nossos clientes candidatos a LOCATÁRIOS, informando o passo a passo,nahoradeselocarumimóvel.

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONTRATO Nº 139/PGM/2014 - PROCESSO Nº 08.00110-00/2014

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONTRATO Nº 139/PGM/2014 - PROCESSO Nº 08.00110-00/2014 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO - SEMUSA, DE UM LADO E DO OUTRO, SPX PARTICIPAÇÕES

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA FINS NÃO RESIDENCIAIS

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA FINS NÃO RESIDENCIAIS 1 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA FINS NÃO RESIDENCIAIS Pelo presente instrumento particular de contrato, que tem de um lado FUNDAÇÃO FACULDADE DE MEDICINA, entidade de direito privado sem fins lucrativos

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº:

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº: CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº: LOCADOR: Salão de Beleza ou (Estética), situado na Rua, Bairro, CEP, Cidade, Estado, inscrito no CNPJ sob o número, Alvará Municipal

Leia mais

Câmara de Vereadores de Timbó Estado de Santa Catarina

Câmara de Vereadores de Timbó Estado de Santa Catarina CONTRATO DE LOCAÇÃO nº 03/2014. PARTES: ADMINISTRADORA DE BENS SJM LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob nº 07.474.629/0001-12, com sede na Rua Germano Brandes Sênior, nº 711,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Decreto Nº 41.043, de 25 de julho de 1996 Estabelece normas para a locação de imóveis pela Administração Centralizada e Autárquica do Estado e dá providências correlatas MÁRIO COVAS, Governador do Estado

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL PRIMEIRO TERMO DE RENOVAÇÃO AO CONTRATO Nº 064/PGM/2013 PROCESSO Nº 04.

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL PRIMEIRO TERMO DE RENOVAÇÃO AO CONTRATO Nº 064/PGM/2013 PROCESSO Nº 04. PRIMEIRO TERMO DE RENOVAÇÃO AO CONTRATO Nº 064/PGM/2013, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA DO MUNICÍPIO / PGM, DE UM LADO E DO OUTRO, A EMPRESA PARAISO COMERCIO DE CONFECÇÕES

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR AS UNIDADES DA PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL EM BRASÍLIA-DF.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR AS UNIDADES DA PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL EM BRASÍLIA-DF. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA ABRIGAR AS UNIDADES DA PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL EM BRASÍLIA-DF. A União, por meio da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, comunica que pretende

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO 026/2014 EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA

CHAMAMENTO PÚBLICO 026/2014 EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA CHAMAMENTO PÚBLICO 026/2014 EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA O DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO DETRAN ES, através da Coordenação de Gestão

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 087/2009 Contrato para locação de imóvel para abrigar o Cartório Eleitoral da 79ª Zona Eleitoral Içara/SC, autorizado pelo Senhor Eduardo Cardoso,

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO 049/2014 EDITAL DE INTERESSE DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA OU JURIDICA

CHAMAMENTO PÚBLICO 049/2014 EDITAL DE INTERESSE DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA OU JURIDICA CHAMAMENTO PÚBLICO 049/2014 EDITAL DE INTERESSE DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA OU JURIDICA O DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO DETRAN ES, através da Coordenação de Gestão

Leia mais

ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO

ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO 1. CLÁUSULA PRIMEIRA - CONDIÇÕES GERAIS 1.1. A PARTE proprietária dos itens de infra-estrutura cedidos e a PARTE a qual será feita

Leia mais

Av. Presidente Vargas, 1261 CEP: 20071-004 - Centro - Rio de Janeiro Tel: +55 (21) 2532-2661

Av. Presidente Vargas, 1261 CEP: 20071-004 - Centro - Rio de Janeiro Tel: +55 (21) 2532-2661 TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PROJETO DOS SISTEMAS DE CFTV DA BIBLIOTECA PARQUE ESTADUAL DE MANGUINHOS BPM JUSTIFICATIVA A Biblioteca Parque Estadual de Manguinhos é um

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 49.377, DE 16 DE JULHO DE 2012. (publicado no DOE n.º 137, de 17 de julho de 2012) Institui o Programa

Leia mais

*Decreto 26.200/2012: DECRETO Nº 26.200, DE 16 DE JULHO DE 2012. DISPÕE SOBRE A REGULAMENTAÇÃO DA LEI COMPLEMENTAR Nº 489, DE 31 DE MAIO DE 2012.

*Decreto 26.200/2012: DECRETO Nº 26.200, DE 16 DE JULHO DE 2012. DISPÕE SOBRE A REGULAMENTAÇÃO DA LEI COMPLEMENTAR Nº 489, DE 31 DE MAIO DE 2012. *Decreto 26.200/2012: DECRETO Nº 26.200, DE 16 DE JULHO DE 2012. DISPÕE SOBRE A REGULAMENTAÇÃO DA LEI COMPLEMENTAR Nº 489, DE 31 DE MAIO DE 2012. O Prefeito Municipal de Chapecó, Estado de Santa Catarina,

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS DA CEG 1.º PARTES a) CEG: COMPANHIA DISTRIBUIDORA DE

Leia mais

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física:

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física: INSTRUÇÕES BÁSICAS O que é necessário para alugar um imóvel na Bandeirantes Imóveis? Para alugar quaisquer dos imóveis disponíveis na carteira de locação da Bandeirantes Imóveis siga os seguintes passos:

Leia mais

1 de 5 03/12/2012 14:32

1 de 5 03/12/2012 14:32 1 de 5 03/12/2012 14:32 Este documento foi gerado em 29/11/2012 às 18h:32min. DECRETO Nº 49.377, DE 16 DE JULHO DE 2012. Institui o Programa de Gestão do Patrimônio do Estado do Rio Grande do Sul - Otimizar,

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 064/2013 Contrato para locação de imóvel para abrigar o Cartório da 27ª Zona Eleitoral São Francisco do Sul/SC, autorizado pelo Senhor Eduardo

Leia mais

UNISITES COMUNICAÇÃO DE DADOS Rua Capitão José Verdi, 2068 - São José do Rio Preto, SP Cep. 15025-530 - Tel. (17) 2136-2555.

UNISITES COMUNICAÇÃO DE DADOS Rua Capitão José Verdi, 2068 - São José do Rio Preto, SP Cep. 15025-530 - Tel. (17) 2136-2555. CONTRATO DE MANUTENÇÃO E COMPARTILHAMENTO DE ESTRUTURA CONTRATO: 150709.1 DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS DO CONTRATO 1. DAS PARTES CONTRATANTE: ABZ ALARMES COMERCIAL RIO PRETO LTDA ME; CNPJ. 10.540.188/0001-14;

Leia mais

4.1. 15 (quinze) dias após a entrega do equipamento e aceite da respectiva nota Fiscal pelo CONTRATANTE;

4.1. 15 (quinze) dias após a entrega do equipamento e aceite da respectiva nota Fiscal pelo CONTRATANTE; TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A LOCAÇÃO DE GERADOR JUSTIFICATIVA PARA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO A realização dos eventos RECGASTRÔ Food Truck no Parque e Mercado do Artesão, ambos no Parque Santana, situado

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Estado do Paraná

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Estado do Paraná CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA SEDIAR A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICIPIO DE LONDRINA E BARRETO IMÓVEIS S/S LTDA. DISPENSA N.º DP/SMGP- Nº0490/2009- Art. 24, X, da

Leia mais

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS II - GLOSSÁRIO PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU HARTFORD CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA E HABITAÇÃO SEMUR EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 004/2014

SECRETARIA MUNICIPAL DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA E HABITAÇÃO SEMUR EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 004/2014 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 004/2014 A Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação, Órgão da Administração direta municipal, através de seu Secretário Municipal de Regularização Fundiária,

Leia mais

Rua Frei Caneca, 1398/1402 Consolação São Paulo/SP - CEP 01307-002.

Rua Frei Caneca, 1398/1402 Consolação São Paulo/SP - CEP 01307-002. TERMO DE CONTRATO EMERGENCIAL Nº. 246/2014 PROCESSO Nº: 2014.0.320.090-0 CONTRATANTE: AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL CONTRATADA: G4S INTERATIVA SERVICE LTDA. CNPJ/MF Nº: 02.812.740/0001-58 OBJETO DO CONTRATO:

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, as partes, de um lado, na qualidade de LOCADOR, e doravante assim designado, Landlord, e, de outro

Leia mais

apresentação da fatura na Secretaria de Administração. Macapá-AP, 23 de julho de 2013. SALIM SANTIAGO LEITE

apresentação da fatura na Secretaria de Administração. Macapá-AP, 23 de julho de 2013. SALIM SANTIAGO LEITE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONVIDADO: CARTA CONVITE REPETIÇÃO X Carta-Convite nº: 005/2013 Processo nº : 3003838/2013 TELEFONE/FAX ENDEREÇO CIDADE ESTADO AP O Ministério Público do Estado do Amapá

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Atualizado em 22/10/2015 CONTRATOS ADMINISTRATIVOS São contratos celebrados pela Administração Pública sob regime de direito público com particulares ou

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 079/2007 Contrato para prestação de serviços de guarda de veículo em garagem coberta, em período integral, autorizado pelo Senhor Eduardo Cardoso,

Leia mais

ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE

ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE O presente Anexo III faz parte integrante do Contrato de Credenciamento ao Sistema Elavon ( CONTRATO ) registrado no 5º Oficial de Registro de Títulos e Documentos

Leia mais

CG DA MODALIDADE TRADICIONAL PU CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01

CG DA MODALIDADE TRADICIONAL PU CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ZURICH BRASIL CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 17.266.009/0001-41 ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA.

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA. CONTRATO Nº 003/2013 - PARANACIDADE CONTRATO DE SEGURO, POR PREÇO GLOBAL FIXO QUE ENTRE SI CELEBRAM O SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE E A EMPRESA MARÍTIMA SEGUROS S/A, NA FORMA ABAIXO: O Serviço Social

Leia mais

ANEXO I - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INGRESSO DO PROCESSO DE ALVARÁ PROVISÓRIO

ANEXO I - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INGRESSO DO PROCESSO DE ALVARÁ PROVISÓRIO ANEXOS AO DECRETO Nº 25.023 DE 28 DE DEZEMBRO DE 2009 ANEXO I - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INGRESSO DO PROCESSO DE ALVARÁ PROVISÓRIO 2.Cópia do contrato de locação do imóvel onde funcionará a atividade,

Leia mais

CARTA CONVITE N 04/2012 CONVÊNIO 760683/2011 SDH/PR

CARTA CONVITE N 04/2012 CONVÊNIO 760683/2011 SDH/PR CARTA CONVITE N 04/2012 CONVÊNIO 760683/2011 SDH/PR TIPO: MENOR PREÇO O Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Glória de Ivone CEDECA-TO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro

Leia mais

DECRETO Nº 37426 DE 11 DE JULHO DE 2013. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e

DECRETO Nº 37426 DE 11 DE JULHO DE 2013. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e DECRETO Nº 37426 DE 11 DE JULHO DE 2013 Regulamenta a aplicação da Lei Complementar nº 126/13 e da Lei nº 6400/13, que instituem, por AUTOVISTORIA, a obrigatoriedade de realização de vistorias técnicas

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014 Define os procedimentos relativos à concessão de auxílio-moradia

Leia mais

CÁRITAS BRASILEIRA SECRETARIADO NACIONAL

CÁRITAS BRASILEIRA SECRETARIADO NACIONAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS N.º 002/2014 CONVÊNIO CÁRITAS BRASILEIRA E SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SDHPR CONVÊNIO SICONV N.º 791032/2013 A Cáritas Brasileira torna público para

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. N 082 82/201 /2015 Contrato para locação de imóvel para abrigar postos de atendimento biométrico na cidade de São José/SC SC,, autorizado pelo

Leia mais

Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial

Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial Ao alugar um imóvel é necessário documentar a negociação por meio de um contrato, de preferência, escrito. O inquilino deve ler atentamente todas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1 Contratação de serviço de fornecimento de assinatura de jornais impressos e revistas, assim como acesso às matérias on line dos respectivos jornais e revistas para

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1- DO OBJETO Visa este Termo de Referência à contração de empresa especializada

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013 MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013 EDITAL CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 23062.008112/2013-11 DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº XXX/2013 Contrato de Locação nº XXX/2013 que entre

Leia mais

Instrução Normativa 004 de 16 de maio de 2005 da Bahia

Instrução Normativa 004 de 16 de maio de 2005 da Bahia Instrução Normativa 004 de 16 de maio de 2005 da Bahia Publicado no D.O.E. de 17 de maio de 2005. Orienta os órgãos da Administração Pública do Poder Executivo Estadual, quanto à incorporação de imóveis

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA Estado do Espírito Santo

CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA Estado do Espírito Santo CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA ES. CONTRATO Nº. 001/2014. PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO Nº. 018/2013. Contrato de Prestação de Serviços que celebram a CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA e ESSENCIALNET

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA Pelo presente instrumento particular, a A.TELECOM S.A. inscrita no CNPJ/MF sob o nº 03.498.897/0001-13, com sede na Alameda Campinas, 1070

Leia mais

ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RONDÔNIA GERÊNCIA DO PROGRAMA LUZ PARA TODOS

ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RONDÔNIA GERÊNCIA DO PROGRAMA LUZ PARA TODOS TERMO DE REFERÊNCIA Nº. 002 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE AUDITORIA CONTÁBIL Porto Velho, 24 de Fevereiro de 2014. 1. OBJETO Prestação de serviços especializados em auditoria

Leia mais

ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009

ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009 1 - DO OBJETO ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009 Contratação de empresa para fornecimento de seguro veicular de 03 (três) veículos pertencentes à Superintendência de Seguros Privados - SUSEP.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

PROJETO BÁSICO 1. DO OBJETO. 1.1. Locação de Imóvel. 1. DO OBJETIVO

PROJETO BÁSICO 1. DO OBJETO. 1.1. Locação de Imóvel. 1. DO OBJETIVO PROJETO BÁSICO 1. DO OBJETO 1.1. Locação de Imóvel. 1. DO OBJETIVO 2.1. Atender as necessidades das sedes (Administrativa) das Unidades: UAAF1 Cabedelo, Coordenação Regional 06, Procuradoria Federal Especializada

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº: 003 -TERRACAP PROCESSO Nº: 111.004.762/2013 Pregão Presencial Nº: 29/2013 VALIDADE: 12 meses, a partir da publicação no DODF. Aos dias do mês de

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEL

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEL CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEL, que entre si fazem, GMI - Grupo Mineiro de Imóveis Ltda, inscrita no CNPJ sob o n.º 42.771.485/0001-67, CRECI PJ 2427, estabelecida nesta

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 102/2013 Contrato para locação de imóvel comercial para armazenamento e manutenção das urnas eletrônicas,, depósito de móveis e backup do CPD do

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito privado com sede na Rua Sampaio Viana, 44 - Paraíso,

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMNISTRAÇÃO E LOGÍSTICA

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMNISTRAÇÃO E LOGÍSTICA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMNISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Minuta de Contrato Nº /2008 Contrato de Locação de imóvel que entre

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 02/2015

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 02/2015 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Praça 7 de setembro, s/n, Cidade Alta Natal/RN Fone: (84) 3616.6200 website: www.tjrn.jus.br E-mail: contratos@tjrn.jus.br

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito

Leia mais

EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA

EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA EDITAL DE PROCURA DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL DE PESSOA FÍSICA E/OU JURIDICA Conselho Regional de Enfermagem do Estado de Rondônia - COREN-RO, Autarquia Publica Federal criada pela Lei 5.905/1973, devidamente

Leia mais

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO 035/2014 A Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (FATEC), inscrita no CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, sediada na Cidade Universitária, em Santa Maria /RS, neste ato representada pelo Diretor Presidente,

Leia mais

Estado do Amazonas Prefeitura Municipal de Benjamin Constant Gabinete da Prefeita Fls.1/10

Estado do Amazonas Prefeitura Municipal de Benjamin Constant Gabinete da Prefeita Fls.1/10 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL URBANO Contrato de Locação de Imóvel nº 001/2014 Processo nº 001/2014 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL URBANO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE BENJAMIN CONSTANT/AM, E À EMPRESA

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL

CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PM930T4 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

Rio de Janeiro: Decreto Regulamentador de Autovistoria

Rio de Janeiro: Decreto Regulamentador de Autovistoria Rio de Janeiro: Decreto Regulamentador de Autovistoria Regulamenta a aplicação da Lei Complementar 126 de 26 de março de 2013 e da Lei 6400 de 05 de março de 2013, que instituem a obrigatoriedade de realização

Leia mais

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973.

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. *ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. CONTRATO DE LOCAÇÃO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE BEM MÓVEL Contrato

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº09/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CABOCLO MOVEIS E ELETRO LTDA- ME. CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO, pessoa jurídica de

Leia mais

AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES

AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES CARTA CONVITE: N 001/2012 A AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA, situada à Avenida Universitária, n 23, Parque das Palmeiras, Paripiranga (BA),

Leia mais

RESOLUÇÃO SMF Nº 2835 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2015

RESOLUÇÃO SMF Nº 2835 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2015 RESOLUÇÃO SMF Nº 2835 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2015 Disciplina os procedimentos referentes aos benefícios fiscais instituídos pela Lei nº 5.780, de 22 de julho de 2014. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA,

Leia mais

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROJETO BÁSICO GESER Nº 04/07 FISCALIZAÇÃO DA OBRA DE IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1. OBJETO Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de fiscalização

Leia mais

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016 CONTRATO Nº 038/2014 MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS O MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS, Estado de Minas Gerais, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 18.677.633/0001-02,

Leia mais

Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação / CREDE 12 Quixadá/CE E-mail: gerlania.oliveira@crede12.seduc.ce.gov.br

Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação / CREDE 12 Quixadá/CE E-mail: gerlania.oliveira@crede12.seduc.ce.gov.br Carta Convite Nº 0013/2015 Natureza da Despesa: Serviços de Hospedagem Fonte do Recurso: Função Programática nº 22100022.12.362.073.19509.0500000.33903900.10.0.40-13837 Data da Emissão: 28/05/15 Data da

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 ATA DO REGISTRO DE PREÇOS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO.

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO. EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO...., brasileiro, casado, médico, portador da Cédula de Identidade RG nº... - SSP/SP, inscrito no CPF/MF sob nº... com

Leia mais

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE O Presidente da Fundação Nacional de Artes - Funarte, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V artigo 14 do Estatuto aprovado pelo

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO POR TEMPORADA

CONTRATO DE LOCAÇÃO POR TEMPORADA CONTRATO DE LOCAÇÃO POR TEMPORADA IRINALDA CARNEIRO DE MENEZES,brasileira,casada, advogada,portadora do RG Nº 510.955 SSP/PE, Residente e domiciliada na Rua José Paraíso, 103- Apto. 402- Edf. Castelo de

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

O 10. QUADROS DA NBR 12.721/2006, COM ART O 11. ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO O 12. ATESTADO DE IDONEIDADE FINANCEIRA O 13. CONTRATO-PADRÃO

O 10. QUADROS DA NBR 12.721/2006, COM ART O 11. ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO O 12. ATESTADO DE IDONEIDADE FINANCEIRA O 13. CONTRATO-PADRÃO LISTA DE DOCUMENTOS 1 Lei 4.591/64, Provimento nº 260/CGJ/2013. O incorporador deverá apresentar, no Ofício de Registro de Imóveis, os seguintes documentos, organizados nesta ordem. CHECK LIST O 1. MEMORIAL

Leia mais

5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o

5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o 5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS AVENÇAS PARTES CONTRATANTES COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o n.... e no RG sob o n...., residente

Leia mais

Ar Condicionado Split System Hi-Wall

Ar Condicionado Split System Hi-Wall COTAÇÃO ELETRÔNICA: 027/2013 COMPRASNET Termo de Referência Ar Condicionado Split System Hi-Wall Sala dos Administradores Almoxarifado Unidade Pedro de Toledo 1- OBJETO Contratação de empresa especializada

Leia mais

CONTRATO Nº 2015/001

CONTRATO Nº 2015/001 CONTRATO Nº 2015/001 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO MÉDIO VALE DO ITAJAÍ - CIMVI E JF SITES OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS HOSPEDAGEM DE WEBSITE. O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA

TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA 1- Objeto da Licitação: Prestação de serviço para contratação de seguro de vida em grupo para os empregados da Empresa Municipal de Informática S.A - IplanRio, visando

Leia mais

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: INVEST CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 93.202.448/0001-79 (NOME FANTASIA DO PRODUTO): INVESTCAP TRAD-PU 03 (12M) MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900283/2013-20

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL,

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, CONTRATO Nº 13/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SERGIPE (COREN/SE) E A

Leia mais

RESOLUÇÃO CGSIM Nº 29, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2012.

RESOLUÇÃO CGSIM Nº 29, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2012. RESOLUÇÃO CGSIM Nº 29, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2012. Dispõe sobre recomendação da adoção de diretrizes para integração do processo de licenciamento pelos Corpos de Bombeiros Militares pertinente à prevenção

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA UTILIZAÇÃO DO FGTS (Check list) Modalidade: AQUISIÇÃO À VISTA (DAMP 1)

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA UTILIZAÇÃO DO FGTS (Check list) Modalidade: AQUISIÇÃO À VISTA (DAMP 1) (I) DO COMPRADOR ( ) Ficha Cadastral do Proponente (Original, preenchida, datada e assinada) ( ) Documento de Identidade de todos os compradores e seus respectivos cônjuges, se for o caso ( ) CPF de todos

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH Documentos pessoais do requerente; Certidão Negativa do IPTU; Documento de responsabilidade técnica emitido pelo CREA ou CAU; Declaração do engenheiro ou arquiteto responsável pela obra; Aprovação do projeto

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DG DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO - DGA TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO

DIRETORIA DE GESTÃO DG DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO - DGA TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 010/2014 OBJETO Contratação de empresa especializada para execução dos serviços de instalação e fornecimento de vidros temperados incolor em imóveis da Eletrobrás Distribuição Rondônia,

Leia mais